Você está na página 1de 2

Testes de validação utilizado no protótipo de baja na equipe Carpoeira Baja SAE

Teste de tração do motor :

É necessario saber qual a melhor relação de torque e rotação para o protótipo, para garantir um bom desempenho em provas de velocidade e também em provas de tração.

Objetivo: Testar e determinar qual a melhor relação torque/rotação para ser utilizada no protótipo de Baja SAE de acordo com as dimensões e as condições de uso do protótipo.

Pode-se utilizar dinamômetros de bancada .

Motor: Briggs Stratton 10 hp ; 305 cc

Teste de aceleração e velocidade :

A prova de aceleração e velocidade é uma das mais importantes provas dinâmicas em uma

competição de Baja Sae. Por isso é importante testar anteriomente o protótipo em relação a esses quesitos.

Objetivo: Medir velocidade média do protótipo em uma distância de 30 metros.

Pode-se utilizar sensores para medir a velocidade, ópticos ou de contato.

Medir o torque de esterçamento da direção:

A

prova de conforto garante muitos pontos a equipe durante a competição. Além da segurança

e

manobrabilidade do veículo também é avaliado a ergonomia, que é um dos quesitos mais

pontuados nessa prova . Um dos itens mais criticados é o esforço de esterçamento do volante

da direção .

Objetivo: Medir o torque de esterçamento do volante da direção , com esses dados o subsistema de direção/suspensão poderá modificar o projeto para atender as normas de ergonomia .

Poderá ser utilizado um dinamometro simples para essa medição . Ou um volante dinamométrico.

Teste de relação de transmissão:

Além da relação de torque/rotação do motor, a relação de transmissão influencia no desempenho do protótipo em provas de aceleração e tração . Como o Baja sae ultiliza uma transmissão continuamente variável e é necessario saber qual a melhor pré carga utilizada no sistema para garantir uma boa aceleração em uma distância de 30 metros.

Objetivo: Dimensionar atravéz de cálculos ou validação a melhor pré carga no sistema de CVT que resulte na melhor aceleração em uma distancia de 30 metros.

Utilizar referências bibliográficas para cálcular a pré carga, ou criar sistema para medir o tempo que o protótipo percorre 30 metros .

Bancada de validação para o sistema de freios:

Apesar de não valer pontos na competição a prova de frenagem é de enorme importancia, pois ela determina se o protótipo é seguro e o classifica para participar das provas dinâmicas que valem 30% da pontuação final .

Objetivo: Validar o sistema de freio do protótipo atravez de uma bancada de teste. Esse teste deve determinar se o sistema de freio atende os requisitos do regulamento da competição .

Pode-se utilizar o princípio do dinamômetro inercial .