Você está na página 1de 125
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

PROJETO PEDAGÓGICO DOCURSO DE BACHARELADO EM ESTATÍSTICA

JI-PARANÁ, NOVEMBRO DE 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

SUMÁRIO

  • 1. APRESENTAÇÃO ........................................................................................................5

  • 2. JUSTIFICATIVA ..........................................................................................................6

  • 3. IDENTIFICAÇÃO .........................................................................................................8

  • 4. PERFIL DO PROFISSIONAL .......................................................................................9

  • 5. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NO BACHARELADO EM ESTATÍSTICA

10

  • 5.1. Competências e Habilidades de Caráter Geral

10

  • 5.2. As Competências e Habilidades de Caráter

11

  • 6. CONTEÚDOS CURRICULARES DE FORMAÇÃO GERAL E DE FORMAÇÃO

ESPECÍFICA

...................................................................................................................

13

  • 7. O FORMATO DOS ESTÁGIOS

13

  • 7.1. Objetivos:..................................................................................................................

14

  • 7.2. Metodologia:

14

  • 7.3. Avaliação: .................................................................................................................

14

 
  • 7.4. Conteúdo Programático:

15

  • 7.5. Ética:

15

8.

CARACTERISTÍCAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

16

8.1.

Atividades Acadêmico-Científico-Culturais

16

8.1.1 Trabalho de Conclusão de Curso TCC (Total de 120 Horas)

16

2

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

8.1.2.

Atividades Extra-Curriculares (120 horas)

17

  • 8.1.2.1. - Monitorias (Máximo de 40 horas)

17

8.1.2.2 - Eventos Educacionais não promovidos pelo DME/ JP. (Máximo 60 horas)

18

  • 8.1.2.3. -

Eventos promovidos pelo

DME/JP (Máximo de 60 horas)

18

  • 8.1.2.4. - Estágio nos laboratórios da instituição (Máximo de 40 horas)

19

8.1.3 - Atividades Culturais (Máximo de 40 horas)

19

9.

ESTRUTURA DO

20

  • 9.1. - Grade Curricular

20

  • 9.2. -Disciplinas Optativas

23

  • 9.3. Carga Horária

-

.........................................................................................................

23

  • 9.4. Prazos para Integralização

-

24

  • 9.5. - Vagas Oferecidas e Número de Turmas

24

Corpo Docente

  • 9.6. ..........................................................................................................

25

9.7

- Instalações

26

  • 9.7.1. Descrição do espaço físico destinado ao curso de Estatística

26

  • 9.7.2. Descrição da Infra-Estrutura Administrativa e Técnica da Biblioteca

26

9.8.

Ementas

27

ANEXOS

109

3

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

ANEXO

I RESOLUÇÕES

110

ANEXO

II - AVALIAÇÃO

114

ANEXO III FICHAS PARA ESTAGIO SUPERVISIONADO

115

124

4

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

1. APRESENTAÇÃO

Este projeto pedagógico apresenta a proposta do Curso de Graduação de Bacharelado em Estatística, oferecido pela Universidade Federal de Rondônia Campus de Ji-Paraná. O Município de Ji-Paraná está localizado no centro do Estado de Rondônia, com população circunvizinha estimada em 310.000 habitantes. Como os demais municípios do Estado, Ji-Paraná cresce enfrentando sérios problemas de infra-estrutura e atualmente convive com a falta de profissionais habilitados em Estatística para atuar nos diversos setores públicos e privados. A situação geográfica desta cidade permite atender os acadêmicos de vários municípios, tais como: Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Ariquemes, Mirante da Serra, Presidente Médici, Ouro Preto e Jaru. Este Campus iniciou suas atividades na década de 80, tendo na área de Ciências Exatas o oferecimento do curso de Ciências com habilitação em Matemática, o qual foi reconhecido pelo MEC em 1987. Esta licenciatura permaneceu até 1991. Posteriormente confirmou-se, através do Plano de Desenvolvimento Institucional PDI, que o perfil dos cursos no campus de Ji-Paraná priorizaria a área de Exatas e Engenharias. No entanto, o curso de Pedagogia, já consolidado em sua importância para a região, continuaria sendo oferecido para formar profissionais que possam atuar na Educação Básica, bem como para orientar os aspectos pedagógicos dos demais cursos criados. Atualmente, o campus de Ji-Paraná conta, em ordem de criação, com os cursos de graduação em Matemática, Pedagogia, Física e Engenharia Ambiental e, ainda, com um curso de Pós-Graduação em Educação Matemática que já vem sendo oferecida há sete anos.

O curso de Bacharelado em Estatística permitirá uma interdisciplinaridade com todas as demais áreas existentes no Campus de Ji-Paraná, pois sua ação integra-se aos estudos da Física, da Engenharia e da Pedagogia, e em diversas áreas do setor produtivo (bancos, IBGE, indústria, comércio, órgãos públicos, etc.). Em outras palavras, sua

5

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

importância se insere na compreensão de grande volume de informações referentes à Saúde, Meio Ambiente, Fenômenos físico-químicos, Controle de qualidade, Educação, dentre outros.

2. JUSTIFICATIVA

A todo o momento, as pessoas são surpreendidas por informações sobre fatos e/ou fenômenos em diversas áreas do conhecimento. Tais informações chegam ao público através de percentuais que resultam de mensurações realizadas por uma determinada ciência: a Estatística. Trata-se de uma ciência que consiste em um conjunto de métodos usados para obter, organizar e analisar informações. A partir dos resultados obtidos por essa ciência, é que se projetam ações que não apenas favorecem determinados acontecimentos, se estes forem benéficos à sociedade, mas também podem inibi-los, quando estes forem maléficos à sociedade ou ao desenvolvimento de algum fenômeno. Desta forma, a Estatística auxilia a sociedade a ter uma visão geral sobre os problemas, a prever fatos e fenômenos e também a buscar soluções, fornecendo métodos e técnicas para uma investigação mais confiável, em qualquer área do conhecimento. No mundo atual, um profissional com formação em Estatística certamente encontrará um bom lugar no mercado de trabalho, haja vista que muitos concursos já estão oferecendo vagas para essa profissão e muitas empresas privadas estão contratando estatísticos. Qualquer outro profissional, por melhor que seja no domínio da Estatística, se não tiver a formação específica nessa área, não poderá concorrer às vagas oferecidas para o Estatístico. Visando atender às demandas do mercado de trabalho, ampliar o Departamento de Matemática do Campus UNIR de Ji-Paraná e, ainda, considerando o fato de que, no Estado de Rondônia, não há instituição superior de ensino que ofereça tal curso, o

6

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Conselho Departamental chegou à conclusão de que a implantação do curso de Estatística é uma boa proposta de criação de um novo curso na área de Ciências Exatas. Sendo assim, através deste projeto, o Departamento de Matemática do Campus da UNIR, em Ji-Paraná, propõe-se a implantar um curso de Estatística para formar profissionais nessa área, a fim de atender aos interesses do mercado de trabalho em nível nacional, às necessidades do Estado de Rondônia no que se refere à formação desse profissional e, ainda, para cumprir um dos papéis da universidade: detectar problemas sociais e apontar soluções.

7

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

3. IDENTIFICAÇÃO

INSTITUIÇÃO: Universidade Federal de Rondônia. REITOR: Prof. Dr. José Januário de Oliveira Amaral. ÓRGÃO: Departamento de Matemática e Estatística. CAMPUS: Ji-Paraná. DIRETOR: Prof. Dr. Günter Brucha. CHEFE DE DEPARTAMENTO: Prof. Msc. Lenilson Sergio Candido. ASSUNTO: Proposta Pedagógica do Curso de Bacharelado em Estatística. JUSTIFICATIVA: Projeto pedagógico para o curso de Bacharelado em Estatística vem promover os objetivos da Missão do Campus de Ji-Paraná, ainda em vigor nos documentos disponibilizados no site da UNIR (PDI, Regimento Geral); Vem promover as necessidades reais de Rondônia já que será o primeiro curso no Estado, bem como, alinha-se a Política do Governo Federal no tocante a necessidade de expansão da Universidade Pública. CURSO: Bacharelado em Estatística. RECONHECIMENTO: Processo de criação. Nº DE VAGAS: 50 TOTAL: 200 (duzentos) POR TURMA: 50 (cinqüenta) DURAÇÃO DO CURSO: 8 (oito) semestres. TURNO DE OFERECIMENTO: Matutino/Noturno. PERIODICIDADE PARA NOVAS ENTRADAS: Semestral ou Anual, conforme decisão do CONSEC do Campus de Ji-Paraná.

8

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

4. PERFIL DO PROFISSIONAL

A Profissão de Estatístico foi estabelecida pela Lei nº 4.739 de 15 de julho de 1965. O Decreto nº 62.497 de 1º de abril de 1968 aprovou o regulamento da Profissão de Estatístico no Brasil. A Designação profissional de Estatístico é privativa:

  • dos possuidores de diploma de curso superior em Estatística no país e no exterior;

  • dos que, comprovadamente na data de promulgação da Lei nº 4.739, ocupavam ou estavam exercendo o cargo de Estatístico em entidades

públicas ou privadas, ou fossem professores de estatística. De acordo com o artigo 6º da Lei 4.739, "o exercício da profissão de estatístico" compreende:

  • a) planejar e dirigir a execução de pesquisas ou levantamentos estatísticos;

  • b) planejar e dirigir os trabalhos de controle estatístico de produção e de qualidade;

  • c) efetuar pesquisas e análises estatísticas;

  • d) elaborar padronizações estatísticas;

  • e) efetuar perícias em matéria de estatística e assinar os laudos respectivos;

  • f) emitir pareceres no campo da Estatística;

  • g) o assessoramento e a direção de órgãos e seções de Estatística;

  • h) a escrituração dos livros de registro ou controle estatístico criados em lei.

A fiscalização do exercício da profissão é realizada pelo Conselho Federal de Estatística (CONFE) e Conselhos Regionais (CONRE). No Estado de Rondônia, essa fiscalização é exercida pelo Conselho Regional de Estatística 1ª região (CONRE1) que abrange os estados do Acre, Amazonas, Goiás, Rondônia, Roraima e Distrito Federal. Para exercer a profissão de estatístico, é necessário obter o registro profissional junto ao CONRE de sua região de atuação profissional.

9

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

5. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NO BACHARELADO EM ESTATÍSTICA

As Competências e Habilidades no Bacharelado em Estatística estão separadas em dois grupos que são: Competências e Habilidades de Caráter Geral e Competências e Habilidades de Caráter Específicas.

5.1. Competências e Habilidades de Caráter Geral

O curso de Estatística pretende nortear as ações didáticas e pedagógicas para formar profissionais dotados de uma consciência crítica e espírito científico, capazes de elaborar e reconstruir o conhecimento de forma a intervir na realidade tornando-se sujeito de

propostas próprias e aptos a participarem e contribuírem para o avanço democrático da sociedade brasileira. Este posicionamento vai de encontro as Leis de diretrizes e Base da Educação Brasil. Neste curso pretende-se formar Estatísticos para atuar nas instituições públicas e/ou privadas, que possam atuar dentro das condições legais anteriormente explicitadas no perfil profissional. Das competências e Habilidades gerais podemos estabelecer que o Bacharel em Estatística seja capaz de:

  • a) Dominar alguns dos grandes modelos científicos de diversas ciências, de modo a poder contribuir nas várias situações que se exige o tratamento de um grande volume de informações e a tomada de decisões a partir das análises;

  • b) Desenvolver habilidade no uso de programas de computação, como os: SAS, MINITAB, SPSS, MATLAB, STATISTICA, Ox, R - versão pública da linguagem S, WINBUGS, que ampliam e agilizam a capacidade de visão sobre os dados disponíveis e dos não disponíveis, de modo a serem eficientes ferramentas de investigação, de aprendizado e de modelagem dos problemas abordados;

10

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

  • c) Realizar um processo dialético de tese, antítese e síntese das várias disciplinas da matemática, da própria estatística de modo a compreender esta como uma ciência articulada e não como conteúdos estanques entre si, além disso, que se torne apto a repassar esta compreensão nas relações futuras com os demais profissionais em que atuará na solução de problemáticas que necessitem da ação cooperativa e multidisciplinar, ajudando-os a compreender e a usar a estatística na tomada de decisões que necessitem da estruturação dos seus pensamentos e raciocínios na forma indutivos e dedutivos;

  • d) Produzir conhecimento no âmbito científico, em particular na área de Estatística ou correlatada, com a geração de métodos e materiais que permitam melhor adequação às novas problemáticas contemporâneas no âmbito dos volumes de dados produzidos.

5.2. As Competências e Habilidades de Caráter Específico

Das Competências e Habilidades Especificas, temos que o Bacharel em Estatística será capaz de:

  • a) planejar e dirigir a execução de pesquisas ou levantamentos estatísticos;

  • b) planejar e dirigir os trabalhos de controle estatístico de produção e de qualidade;

  • c) efetuar pesquisas e análises estatísticas;

  • d) elaborar padronizações estatísticas;

  • e) efetuar perícias em matéria de estatística e assinar os laudos respectivos;

  • f) emitir pareceres no campo da Estatística;

  • g) o assessoramento e a direção de órgãos e seções de Estatística;

  • h) Formular propostas de intervenção em seu futuro ambiente de trabalho, a partir da compreensão da realidade brasileira;

11

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

  • i) Gerenciar a dinâmica das relações que estabelece no âmbito ético- profissional, nos espaços em que atuará;

  • j) Contribuir de forma ativa para a melhoria da realidade brasileira, a partir da compreensão da organização dos sistemas que investigar e do papel social que exercer;

  • k) Elaborar e executar projetos e ações interdisciplinares;

  • l) Selecionar e usar recursos e estratégias metodológicas adequadas às problemáticas investigadas.

12

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

6. CONTEÚDOS CURRICULARES DE FORMAÇÃO GERAL E DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA

O curso contém os seguintes conteúdos de formação específica:

Matemática: Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Analítica, Álgebra Linear, diversas optativas, das quais recomendam-se: Seminários de Resolução de Problemas, Complementos de Matemática Elementar e Matemática Financeira, Equações Diferenciais Ordinárias, Introdução à Lógica. Matemática Aplicada: Cálculo Numérico. Estatística: Estatística Descritiva, Probabilidade I e II, Inferência Estatística I e II, Amostragem, Planejamento de Experimentos, Análise de Regressão, Séries Temporais, Estatística Multivariada, Demografia, Controle Estatístico da Qualidade, Processos Estocásticos, Inferência Bayesiana e Bioestatística. Computação: Introdução à Computação, Princípios de Desenvolvimento de Algoritmos e Estruturação de Banco de Dados. Educação / Pedagogia: Metodologia Cientifica, Língua Portuguesa, Língua Inglesa.

7. O FORMATO DOS ESTÁGIOS

DISCIPLINA: Estágio Supervisionado. CARGA HORÁRIA: 200 horas, sendo 180 horas em Instituições públicas ou privadas que executem atividades ligadas à estatística.

13

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

 
  • 7.1. Objetivos:

Integrar o aluno no meio e nas condições do mercado de trabalho; Promover o desenvolvimento do sentimento de segurança de suas

7.2. Metodologia:

capacidades técnicas e de interrelações pessoais por parte do aluno nos tipos de ambientes que provavelmente deverá atuar na condição de profissional; Oportunizar ao aluno condições de exercitar na prática os conhecimentos

estatísticos vivenciados no curso, aprofundando sua compreensão no processo dialético entre teoria e prática.

Escolha da(s) instituição(ões) públicas ou privadas para a realização do estágio supervisionado (convênios); Envio de ofício e visita à(s) instituição(ões) para acompanhamento do aluno

  • 7.3. Avaliação:

que está fazendo o estágio supervisionado.

Participação e assiduidade com lista de presença assinada pela Supervisão ou Direção da instituição; Acompanhamento do interesse e dedicação do aluno praticante; Apresentação do relatório de estágio supervisionado.

14

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

7.4. Conteúdo Programático:

Operacionalização dos objetivos e fundamentos básicos da instituição que atuar, detectando os fatores internos e externos do processo estatístico elaborado e ou executado. Mecanismos operacionais e técnicas específicas utilizadas no exercício da função. Aplicação dos conhecimentos teóricos obtidos durante o curso de Bacharel em Estatística.

7.5. Ética:

O aluno deve analisar e sintetizar fundamentado, não expressando críticas apoiadas apenas no senso comum (eu acho) sobre o que observar. Sua observação deve se deter nos aspectos técnicos e éticos explicitadas pelo conselho Federal e Regional. Observação: As fichas para preenchimento do Estágio se encontram no anexo III deste projeto.

15

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

8. CARACTERISTÍCAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

8.1. Atividades Acadêmico-Científico-Culturais

Das 240 horas previstas para estas atividades, 120 horas serão computadas pelo trabalho de conclusão de curso TCC. Às 120 horas restantes deverão ser cumpridas durante os 4 anos de duração do curso (recomenda-se que o aluno cumpra, pelo menos, 15 horas em cada semestre), sendo a execução e planejamento de responsabilidade do aluno, sob orientação do departamento, respeitando os seguintes critérios:

8.1.1 Trabalho de Conclusão de Curso TCC (Total de 120 Horas)

Tema livre dentro da área de estatística e suas aplicações; O aluno deve escolher um professor orientador; O aluno deve apresentar o pré-projeto um ano antes do término do curso; O aluno deve realizar uma pré-apresentação seis meses antes do término do curso; A defesa pública do TCC deve ser realizada no final do último semestre letivo; O aluno deverá gerar um artigo (Congressos e/ou Revistas) para publicação referente ao tema do trabalho desenvolvido no TCC; O aluno só poderá solicitar diploma ou certificado de conclusão de curso após a entrega da versão final do TCC com as devidas correções indicadas pela banca; Em caso de reprovação o aluno deverá refazer seu TCC e apresentá-lo posteriormente, podendo haver troca de tema ou de orientador.

16

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

8.1.2. Atividades Extra-Curriculares (120 horas)

8.1.2.1. - Monitorias (Máximo de 40 horas)

Para exercer a atividade de monitor, o aluno deve satisfazer estas condições:

O aluno deve ter cursado a disciplina que deseja ser monitor, com

aproveitamento maior ou igual a 80%; Os monitores estarão sob responsabilidade do professor titular da disciplina;

O horário da monitoria deverá ser definido pelo professor titular da disciplina e pelo monitor;

A carga horária de monitoria será computada até um máximo de 40 horas, distribuída durante os quatro (4) anos do curso de Estatística; O aluno poderá exercer monitoria além desta carga horária.

Ao

final

da

monitoria

será

expedido

um

certificado

de

monitoria,

pelo

departamento, a pedido do professor titular da disciplina. O pedido para exercer monitoria fica a critério do professor titular da disciplina, bem como o número de vagas desejadas.

17

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

8.1.2.2 - Eventos Educacionais não promovidos pelo DME/ JP. (Máximo 60 horas)

São considerados eventos: Congressos, Encontros e Seminários, realizados fora do domínio do DME/ JP. Ao apresentar os certificados de participação nestes eventos, os discentes poderão exigir o total da carga horária, conforme os itens a seguir:

Carga horária máxima de 60 horas, distribuída entre os quatro anos do curso. Se o discente realizar apresentação de artigo nestes eventos educacionais, o mesmo terá computado um valor de 10 horas por apresentação. Na participação do discente em eventos educacionais, na condição de ouvinte, será considerada a carga horária explicita no certificado de participação.

8.1.2.3. - Eventos promovidos pelo DME/JP (Máximo de 60 horas)

Os eventos promovidos pelo DME/JP terão computados como carga horária máxima até 60 horas, distribuídas entre os quatro anos do curso de Estatística. A organização da “Semana de Exatasficará sob responsabilidade dos alunos do último semestre e dos professores do departamento. Em cada realização do evento “Semana de Exatas”, a carga horária máxima será de até 20 horas. A participação dos discentes, como ouvintes, em uma carga horária máxima de 20 horas, deverá ser comprovada mediante apresentação do certificado de participação. Em outros eventos a serem realizados pelo DME/ JP, a carga horária será estipulada pelo departamento. Observação: Na apresentação de trabalhos pelos discentes na “Semana de Exatasa carga horária será registrada nos Seminários promovidos pelos alunos.

18

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

8.1.2.4. - Estágio nos laboratórios da instituição (Máximo de 40 horas)

Serão considerados os estágios realizados nos laboratórios da UNIR, Campus de Ji- Paraná, mediante a apresentação de um projeto de autoria do estagiário com a anuência de um professor orientador e aprovado pelo DME/JP.

8.1.3 - Atividades Culturais (Máximo de 40 horas)

São consideradas atividades culturais, aquelas realizadas pelos alunos, sem remuneração. Cada atividade deverá ser comprovada através de certificado ou declaração emitida pela instituição envolvida, conforme os itens a seguir:

Trabalhos comunitários realizados para entidades públicas. (Por exemplo:

APAE, orfanatos, asilos, etc) A carga horária máxima será de até 8 horas; Membros de comissão editorial de jornais acadêmicos, a carga horária máxima será de até 4 horas; Publicação em veículos de comunicação reconhecidos pelo DME/JP; a carga horária máxima será de até 4 horas; Teatro (apresentação/organização) para comunidade acadêmica da UNIR, a carga horária máxima será de até 20 horas; Outras atividades aprovadas pelo DME/JP, a carga horária máxima será de até 8 horas.

19

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

9. ESTRUTURA DO CURSO

Procurando atender as exigências do MEC no que tange a carga horária para cursos de Estatística, também procurando atender as necessidades regionais e locais no sentido de formação de profissionais de Estatística, o DME/JP apresenta a nova grade curricular, bem como sua estrutura para o curso de Estatística da UNIR em Ji-Paraná.

9.1. - Grade Curricular

 

1º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cod

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E1

Matemática Básica

-

80

-

80

04

 

E2

Inglês Instrumental

-

80

-

80

04

 

E3

Língua Portuguesa

-

80

-

80

04

 

E4

Estatística Básica I

-

80

-

80

04

 

E5

Introdução a Ciência da Computação

-

80

-

80

04

 
 

400

-

400

20

 
 
 

2º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cód

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E6

Cálculo I

E1

120

-

120

06

 

E7

Geometria Analítica e Vetorial

-

80

-

80

04

 

E8

Estatística Básica II

E4

80

-

80

04

 

E9

Álgebra Linear

E1

80

-

80

04

 

E10

Metodologia da Pesquisa Científica

-

40

-

40

02

 
 

400

-

400

20

 

20

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

 

3º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cód

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E11

Banco de dados

E5

80

-

80

04

 

E12

Probabilidade I

E6-E8

120

-

120

06

 

E13

Cálculo II

E6

120

-

120

06

 

E14

Demografia

E8

60

20

80

04

 
 

380

20

400

20

 
 
 

4º Semestre

 
   

Pré

Carga Horária

   

Cod

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E15

Cálculo Numérico

E13

80

-

80

04

 

E16

Probabilidade II

E12

80

-

80

04

 

E17

Inferência I

E12

80

80

04

 

E18

Amostragem

E12

80

-

80

04

 

E19

Cálculo III

E13

80

-

80

04

 
 

400

400

20

 
 
 

5º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cod

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E20

Análise de Regressão

E17

80

20

100

05

 

E21

Análise Multivariada

E9,E17

40

40

80

04

 

E22

Processos Estocásticos

E16

60

 

60

03

 

E23

Inferência II

E16, E17

80

 

80

04

 

E24

Optativa I

 

80

 

80

04

 
 

340

60

400

20

 

21

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

 

6º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cod

Disciplina

 

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E25

Seminários de Estatística

E23

20

20

40

02

 

E26

Séries Temporais

E20

100

20

120

06

 

E27

Planejamento de Experimentos

E23

80

40

120

06

 

E28

Controle Estatístico da qualidade

E8

80

-

80

04

 

E29

Optativa II

-

80

 

80

04

 
 

360

80

440

22

 
 
 

7º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cód

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E30

Estatística Não Paramétrica

E23

60

20

80

04

 

E31

Introdução Inferência Bayesiana

E17

80

 

80

04

 

E32

Estágio Supervisionado

-

20

180

200

10

 

E33

Optativa III

-

80

-

80

04

 
 

240

200

440

22

 
 
 

8º Semestre

 
   

Pré

 

Carga Horária

   

Cód

Disciplina

Requisito

Teórica

Prática

Total

Créditos

 
   

E34

Bioestatística

E23

 
  • 60 80

20

 

04

 

E35

Pesquisa de Mercado e Opinião

E18

 
  • 80 80

 

04

 

E36

Optativa IV

   
  • 80 80

 

04

 

E37

Trabalho de Conclusão de Curso TCC

-

 
  • 20 120

100

 

06

 
 

240

120

360

18

 

22

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Atividades Extra-Sala

 

120

 
 

Total

Teórica

 

Prática

Total

 
 

2760

 

480

3240

 

Total de Créditos: 162

9.2. -Disciplinas Optativas

Todas as disciplinas abaixo têm Carga Horária de 80 horas e quanto à opção de oferecimento ficará a critério do Departamento de Matemática e Estatística.

Cód.

Disciplina

   

CH

E38

Matemática Financeira

   

80

E39

Aspectos Estatísticos da Economia

   

80

E40

Equações Diferenciais

 

E19

80

E41

Álgebra Linear II

 

E9

80

E42

Geoestatística

 

E16 E23

80

E43

Tópicos em Estatística

 

E16 E23

80

9.3. - Carga Horária

Total: 3.240 horas assim distribuídas:

Práticas: 480 horas, incluindo: Estágio Supervisionado 180 horas. Teóricas: 2.760 horas

23

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

9.4. - Prazos para Integralização

Prazo mínimo: 8 semestres; Prazo máximo: 16 semestres

9.5. - Vagas Oferecidas e Número de Turmas

O curso

prevê a entrada

semestral ou

anual

de uma

turma com

50

alunos,

alternando nas entradas nos períodos matutino ou noturno. O regime de matrícula

permanece por créditos, de acordo com a legislação da UNIR.

24

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

9.6. Corpo Docente

O Departamento de Matemática e Estatística DME, da Universidade Federal de Rondônia oferece um curso: Licenciatura Plena em Matemática e Estatística e seu corpo docente é composto pelos seguintes professores:

     

Regime de

Nome

Formação

Maior Titulação

Trabalho

Ana Fanny Benzi de Oliveira

Matemática

Mestre

D.E.

Aparecida Augusta da Silva

Matemática

Doutora

D.E.

Ariveltom Cosme da Silva

Matemática

Doutor

D.E.

Beatriz Machado Gomes

Química

Doutora

D.E.

Dílson Henrique Ramos Evangelista

Estatístico

Mestre

D.E.

Emerson da Silva Ribeiro

Matemática

Mestre

D.E.

Fernando Luiz Cardoso

Matemático

Doutorando

D.E.

Lenilson Sergio Candido

Matemático

Mestre

D.E.

Marcos Leandro Ohse

Matemático

Mestre

D.E.

Marlos Gomes de Albuquerque

Matemático

Mestre

D.E.

Reginaldo Tudeia dos Santos

Matemática

Mestre

D.E.

Ricardo José Souza da Silva

Agrônomo

Doutor

D.E.

Roziane Sobreira dos Santos

Estatística

Mestre

D.E.

25

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

9.7 - Instalações Físicas

9.7.1. Descrição do espaço físico destinado ao curso de Estatística

O Campus da UNIR em Ji-Paraná está localizado numa área de aproximadamente 5 mil m 2 construídos, os prédios existentes neste campus estão distribuídos desta forma:

Descrição

Quantidade

Biblioteca

1

Museu de Ciências

1

Laboratório de Matemática

1

Protocolo

1

 

1

Sala da Direção Sala de Professores

1

Sala de TV e Vídeo

1

Sala de TV Escola

1

Salas de Aula.

10

Sanitário Feminino.

1

Sanitário Masculino.

1

Secretaria

1

9.7.2. Descrição da Infra-Estrutura Administrativa e Técnica da Biblioteca

A biblioteca está atualmente situada numa área de 126 m 2 , dividida em duas salas acervo e sala de estudo - é administrada pelo Conselho de usuários da Biblioteca, possui regimento próprio. Quanto ao atendimento fica a cargo de duas funcionárias que se revezam nos períodos; matutino, vespertino e noturno. A consulta às fichas do acervo ainda é feita pelo processo manual, uma vez que a mesma está em fase de informatização do acervo.

26

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

9.8. Ementas

1º SEMESTRE

27

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Matemática Básica

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E1

EMENTA Revisão dos programas de álgebra ministrados no 2 o grau: números reais e complexos; funções, polinômios; logaritmos; exponenciais; análise combinatória; trigonometria; produtos notáveis; binômio de Newton, Somatório e Produtório. Noções de Lógica Proposições. Conectivos. Operações Lógicas. Construções de Tabela Verdade. Tautologias, Contradições e Contingências. Implicação e equivalência Lógica. Sentenças Abertas. Quantificadores.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Números Reais e Complexos. Função Linear, Função Polinomial, Função Racional, Função Módulo, Função Exponencial e Logarítmica e as Principais Funções Trigonométricas.

Unidade II Análise Combinatória, Produto Notável, Somatório e Produtório.

Unidade

III

Proposições

e

Conectivos.

Classes

de

Proposições.

Negação.Conjugação.Disjunção. Condicional. Bicondicional.

Unidade IV Operações lógicas e construção de Tabela Verdade. Fórmulas Proposicionais. Tabelas Verdades: negação, conjunção, disjunção, condicional, bicondicional. Tabela Verdade de uma Fórmula Qualquer. Número de Linhas de uma Tabela-Verdade. Função Verdade. Parêntesis.

28

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade V Tautologias, Contradições e Contingências. Fórmulas Tautológicas. Contra- Válidas e Indeterminadas.

Unidade VI Implicação e equivalência Lógica. Propriedades: Conjunção, disjunção, distributivas, absorção, negação, De Morgan. Redução do número de conectivos.

Unidade VII Sentenças Abertas. Sentenças Abertas.

Unidade VIII

Quantificadores. Quantificadores. Proposições

Quantificadas.Quantificadores Restritos. Conjunto-Verdade. Conjunto-Universo. Negação das Fórmulas com mais de um Quantificador. Comutatividade e não Comutatividade dos

Quantificadores

BIBLIOGRAFIA

CASTRUCCI, Benedito. Introdução à Lógica Matemática. 6ª ed. São Paulo: GEEM:

Distribuição Livraria Nobel S.A., 1984.

FILHO, Edgard de Alencar. Lógica Matemática. São Paulo: Nobel, 1992. GELSON, Iezzi. Fundamentos da Matemática Elementar: Conjuntos, Funções. 10ª edição. São Paulo: Atual, 2006.

IEZZI, Gelson & MURAKAMI Carlos. Fundamentos da Matemática. Vol.1. 7ed. São Paulo: Atual,1998.

29

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Inglês Instrumental

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E2

EMENTA

Conscientização e transferência de estratégias de leitura em língua materna para a língua inglesa. Aquisição de estratégias de leitura em língua inglesa e noções da estrutura da mesma língua. Compreensão de textos. Aquisição de vocabulário.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Conscientização e transferência de leitura com textos do cotidiano (letra de músicas, textos de revistas e jornais).

Unidade II Compreensão de textos na área de matemática e estatística (livros, artigos), Exercícios variados para a aquisição do vocabulário passivo. Estudo das estruturas básicas da língua: Sintagma nominal e verbal.

BIBLIOGRAFIA

Textos retirados da época nas diversas mídias (jornais, revistas, livros, sites).

Livros indicados na bibliografia do curso.

30

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Língua Portuguesa

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E3

EMENTA

Análise do discurso; coesão; coerência e argumentação; anafóricos; figura e tema. Estratégias de leitura: seleção, previsão, verificação, identificação, idéia principal. Formas de iniciar parágrafos. Correção gramatical: ortografia oficial; acentuação gráfica em vigor; Pontuação; concordância nominal e verbal; regência verbal e nominal; crase.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I - Análise do discurso. Coesão textual; coerência argumentativa; coerência figurativa; coerência narrativa; anafóricos.

Unidade II - Figura e tema. Textos com figuras diferentes e temas iguais; textos com temas e figuras diferentes; como identificar a figura de um texto; como identificar o tema de um texto.

Unidade III - Estratégias de leitura e suas aplicações: Seleção; Previsão; Verificação; Identificação; idéia principal;

Unidade IV - Formas de iniciar um parágrafo (declaração, definição, oposição, ilustração, citação indireta, etc.).

Unidade V - Correção gramatical: Ortografia; Pontuação; acentuação gráfica; sintaxe de regência e de concordância; crase.

31

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

ANDRADE, Maria Margarida. LÍNGUA PORTUGUESA: noções básicas para cursos superiores. 4ª. ed., São Paulo: Atlas, 1995.

ANDRÉ, Hildebrando A. de. GRAMÁTICA ILUSTRADA. 4ª. ed., São Paulo: Moderna, 1991.

BARBOSA, Severino Antônio M. REDAÇÃO: Escrever é desvendar o mundo. 8ª. ed.,Campinas, SP: Papirus, 1992 - (Série educando).

FIORIN, José Luiz. Elementos de Análise do Discurso. 4ª. ed. - São Paulo: Contexto,

  • 1994. (Repensando a Língua Portuguesa).

GARCIA, Othon M. Garcia. Comunicação em prosa moderna. 17ª. ed.,Rio de Janeiro:

Fundação Getúlio Vargas Editora, 1996.

INFANTE, Ulisses. DO TEXTO AO TEXTO: curso prático de leitura e redação. São Paulo: Scipione, 1991.

KATO, Mary Aizawa. O Aprendizado da Leitura. 3 a . ed., São Paulo: Martins Fontes, 1990.

MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar. Português Instrumental. 16ª. Porto Alegre: Sagra DC Luzzato, 1994.

SOARES, Magda Becker e CAMPOS, Edson Nascimento. TÉCNICAS DE REDAÇÃO:

as articulações lingüísticas como técnica de pensamento. 1ª. ed., Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1978.

VANOYE, Francis. Usos da Linguagem - problemas e técnicas na produção oral e escrita. 2ª. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1981.

32

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Estatística Básica I

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E4

EMENTA

Conceitos fundamentais. Tipos de amostras. Séries estatísticas. Distribuição de freqüências. Representação tabular de dados. Gráficos. Ramos-e-folhas. Medidas de posição. Medidas de dispersão. Medidas de assimetria e curtose. Uso de planilhas eletrônicas e internet. Padronização de variáveis. Ajustamento de uma curva normal a uma distribuição de freqüências. Tabela de contingência: medidas de associação entre duas

variáveis.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Introdução Estatística. Conceitos básicos, Organização dos dados. Amostra, Distribuição de freqüência, representação gráfica.

Unidade II Medidas de posição: média, moda e mediana, quantis. Medidas de dispersão:

amplitude, desvio médio, variância, desvio padrão e coeficiente de variação. Medidas de assimetria e curtose.

Unidade III Gráficos. Diagrama de dispersão, box-plot, diagrama de ramo e folha e desenho esquemático. Medidas de associação.

33

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

COSTA NETO, P. L. de O. Estatística Básica. 4. ed. Edgard Blucher , 1977.

FONSECA, Jairo Simon & MARTINS, Gilberto de Andrade. Curso de Estatística. Editora Atlas. São Paulo.

MAGALHÃES, Marcos N.; LIMA, Antonio Carlos P. Noções de Probabilidade e Estatística. 6 a . Ed. São Paulo: EDUSP, 2004.

MORETTIN, Pedro.Alberto; BUSSAB, Wilton de Oliveira. Estatística Básica. 5 a . Ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

TRIOLLA, M. F. Introdução à Estatística. 7. Ed Rio de Janeiro. LTC S. A. 1999.

34

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística

Disciplina : Introdução a Ciência da Computação

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E5

EMENTA

Definição de algoritmo. Programação básica e estrutura de um programa. Representação de Dados. Estudo de uma linguagem de programação. Tipos de dados. Operações. Comando de atribuição. Variáveis e expressões. Comandos estruturados. Vetores. Procedimentos. Funções. Matrizes. Estruturas de dados. Registros. Arquivos e conjuntos. Filas. Noções de recursividade.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I . Conceitos básicos.

Unidade II Introdução à programação e a construção de algoritmos.

Unidade III Estudo de uma linguagem Pascal.

BIBLIOGRAFIA

Software Requirements; Microsoft Press; Wiegers, K.E; 1999.

Managing Software Requirements: A Unified Approach; Leffingwell, Dean; Widrig, Don; Addison Wesley; 1999.

Requirements Engineering; Macaulay, L. A.; Springer-Verlag; 1996.

Mastering the Requirements Process; Robertson, Suzanne; Robertson, James; Addison- Wesley; 1999.

35

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Requirements Engineering: a good practice guide; Ian Sommerville & Pete Sawyer; John Wiley & Sons; 1997.

36

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

2º SEMESTRE

37

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Cálculo I

Carga-Horária : 120 Pré-Requisitos : E1

Créditos : 06 Código :E6

EMENTA

Funções, Limite e Continuidade de Funções; Derivadas e suas Aplicações; Valores

Extremos das Funções; Antidiferenciação.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Função Linear, Função Polinomial, Função Racional, Função Módulo, Função Exponencial e Logarítmica e as Principais Funções Trigonométricas.

Unidade II Limite e Continuidade de Funções. O limite de uma função. Limites laterais. Limites Infinitos. Limites no Infinito. Continuidade de uma função no número. Continuidade. Teorema do Confronto de limites (teorema do sanduiche).

Unidade III Derivadas e suas aplicações. A reta tangente e a derivada. Derivabilidade e Continuidade. Teoremas sobre Derivação de funções algébricas. Derivadas de funções transcendentes (trigonométricas, exponenciais e logarítmicas). A derivada de uma função composta e a regra da cadeia. Derivação Implícita. Derivadas de ordem superior. Aplicações da derivada nas diversas áreas do conhecimento.

Unidade IV Valores Extremos de Funções. Valor funcional máximo e mínimo. Aplicações envolvendo extremos absolutos num intervalo fechado. Função crescente e decrescente e o teste da derivada primeira. O teste da derivada segunda para extremos relativos.

38

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade VI Antidiferenciação. Antidiferenciação. Algumas técnicas de antidiferenciação. Introdução às Equações diferenciais. Aplicações.

BIBLIOGRAFIA

ÁVILA, Geraldo Severo de Souza. Cálculo : Funções de uma Variável. 8°edição. São Paulo. LTC. 2005.

AYRES, Frank. Cálculo Diferencial e Integral. São Paulo: Makron Books, 1994.

GELSON, Iezzi. Fundamentos da Matemática Elementar: Conjuntos, Funções. 10ª

edição. São Paulo: Atual, 2006.

GRANVILLE, W. A. Elementos do Cálculo Diferencial e Integral. Rio de Janeiro:

Editora Científica, 2000.

HOFFMANN, Laurence D Janeiro: LTC, 1982.

..

Cálculo: Um Curso Moderno e Suas Aplicações. Rio de

LEITHOLD,

Louis.

HARBRA, 2004.

O

Cálculo

com

Geometria

Analítica. 3ª edição. São Paulo:

MUNEM, Mustafá A. & Foulis. Cálculo. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1978.

ROMANO, Roberto. Cálculo Diferencial e Integral: Funções de uma Variável. São Paulo: Atlas, 1983.

THOMAS Jr., George B

..

Cálculo. Rio de Janeiro: Guanabara, 2000.

39

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística

Disciplina : Geometria Analítica e Vetorial

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos :

Créditos : 04 Código : E7

EMENTA

Vetores

e

Operações,Sistemas

de

Coordenadas,Estudo

da

Reta,

Estudo

do

Plano,Cônicas Mudanças de Coordenadas Superfícies.

CONTEÚDO PROGRAMATICO

Unidade I Vetores, operações, dependência e independência linear, base, mudança de base, produto vetorial ângulo entre vetores.

Unidade II Equações da reta (vetorial, paramétrica e simétrica)

Unidade III Equações do plano (vetorial, paramétrica e geral)

Unidade IV posição relativa entre planos e retas, perpendicularismo entre retas, planos ângulos.

Unidade V Elipse hipérbole e parábolas

Unidade VI Mudança de coordenadas em R 2 e R 3 , Aplicações.

Unidade VII Superfície esférica, cilíndrica, cônica e de rotação, quádricas.

40

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

BOLDRINI, José Luiz. Álgebra Linear. São Paulo, Harper & Row do Brasil, 1980.

OLIVEIRA, I. Camargo; BOULOS, Paulo. Geometria Analítica: Um tratamento Vetorial. Editora McGraw Hill, 1987.

OLIVEIRA, F. Nuguel. Cálculo Vetorial e Geometria Analítica. Editora Atlas, 1977.

LEITHOLD,

Louis.

HARBRA, 1992.

O

Cálculo

com

Geometria

Analítica.

2°edição.

São

Paulo:

REIS & SILVA. Geometria Analítica. Editora LTC, 1994.

41

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística

Disciplina : Estatística Básica II

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E4

Créditos : 04 Código : E8

EMENTA

Conjuntos. Noções sobre teoria das probabilidades. Variável aleatória. Esperança e variância de variável aleatória. Principais distribuições discretas e contínuas. Introdução a estimação pontual e por intervalo de parâmetros e a testes de hipóteses. Testes de médias e proporções. Teste qui-quadrado. Noções de Regressão linear e correlação. Números índices.

CONTEÚDO PROGRAMATICO

Unidade I Teoria dos Conjuntos. Elementos. Operações com Conjuntos. Conjuntos Finitos e Enumeráveis. Produto Cartesiano. Princípio Fundamental da Contagem. Permutações. Combinações.

Unidade II Noções de Probabilidade. Variável aleatória. Principais distribuições discretas e contínuas

Unidade II Introdução a estimação. Estimação pontual e intervalar. Introdução a teste de hipóteses.

Unidade IV Noções de Regressão e Números Índices.

42

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

COSTA NETO, P. L. de O. Estatística Básica. 4. ed. Edgard Blucher , 1977.

FONSECA, Jairo Simon & MARTINS, Gilberto de Andrade. Curso de Estatística. Editora Atlas. São Paulo.

MAGALHÃES, Marcos N.; LIMA, Antonio Carlos P. Noções de Probabilidade e Estatística. 6 a . Ed. São Paulo: EDUSP, 2004.

MORETTIN, Pedro.Alberto; BUSSAB, Wilton de Oliveira. Estatística Básica 5 a . Ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

TRIOLLA, M. F. Introdução à Estatística. 7. Ed Rio de Janeiro. LTC S. A. 1999.

43

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Álgebra Linear

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E1

Créditos : 04 Código: E9

EMENTA

Sistemas Lineares, Vetores, Transformações Lineares, Produtos Internos, Matrizes e operadores Lineares, Determinante, vetores Valores Próprios e Diagonalização, Formas Bilineares e Quadráticas.

CONTEÚDO PROGRAMATICO

Unidade I - Sistemas Equivalentes, solução de sistemas.

Unidade II - Determinante, interpretação geométrica, propriedades, O teorema de Laplace.

Unidade III - Vetores, operações, Espaços vetoriais, Subespaços, Combinações Lineares Dependência e Independência Linear, bases de um Espaço Vetorial.

Unidade IV - Transformações Lineares, Rotação, Projeção, Reflexão, Núcleo e imagem transformações singulares e não singulares e operações com transformações Lineares.

Unidade V - Representação de uma transformação por matriz, mudança de base.

Unidade VI - Produto Interno, Base ortonormais e processo de Grahm-Shmidt

Unidade VII Vetores e Valores Próprios, Polinômio característico, Diagonalização de Operadores. Unidade VIII Formas Bilineares e Matrizes, formas quadráticas.

44

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

BOLDRINI, José Luiz. Álgebra Linear. São Paulo, Harper & Row do Brasil, 1980.

CARVALHO, João Pitombeira. Álgebra Linear. Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico S.A e Editora Universidade de Brasília, 1979.

LIMA, Elon Lages. Álgebra Linear. Rio de Janeiro, IMPA, 1995.

LIPSCHUTZ, Seymour. Álgebra Linear. São Paulo, McGraw-Hill, 1972.

STEINBRUCH, Alfredo. Álgebra Linear. São Paulo, McGraw-Hill, 1987.

VALLADARES, Renato J. C

..

1990.

Álgebra Linear. Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico S.A,

45

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística

Disciplina : Metodologia da Pesquisa Científica

Carga-Horária : 40 Pré-Requisitos :

Créditos : 02 Código : E10

EMENTA

Terminologia adotada na Metodologia Científica, conceitos básicos e aplicação nos trabalhos científicos; Produção de projeto e relatório de pesquisa; resenha crítica; seminário.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Conceitos básicos do conhecimento científico. Unidade II Tipos de textos acadêmicos. Unidade III Estrutura de relatório de pesquisa. Unidade IV Definições de alguns elementos da estrutura de trabalhos científicos. Unidade V Estilo da redação técnico-científica. Unidade VI ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Unidade VII Anotações: uso de fichas. Unidade VII Orientações para resumir textos e elaborar resenhas. Unidade VIII Expressões latinas usadas em citações. Unidade IX Outras abreviaturas. Unidade X Citações. Unidade XI Roteiro básico para apresentação de seminário. Unidade XII Referências bibliográficas. Unidade XIII Projeto de Pesquisa.

46

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

ANDRADE, Maria Margarida de. Como Preparar Trabalhos para Cursos de Pós- Graduação: Noções Práticas. São Paulo: Atlas, 1995.

BARBA, Clarides Henrich de Barba. Apostila de Metodologia Científica. Porto Velho:

UNIR/RIOMAR, 2003.

COSTA, Marco Antônio F. da. Metodologia da Pesquisa: conceitos e técnicas. Rio de Janeiro: Interciência, 2001.

GARCIA, Othon M. Comunicação em Prosa Moderna.17ed., São Paulo: Fundação Getúlio Vargas Editora, 1996.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 3 ed., São Paulo: Atlas, 1996.

GRANJA, Elza Corrêa. Diretrizes para a Elaboração de Dissertações e Teses. São Paulo: USP, 1998.

LIMA, Teófilo Lourenço de. Manual Básico para Elaboração de Monografia. Canoas:

Ed. ULBRA, 1999.

47

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

3º SEMESTRE

48

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística

Disciplina : Banco de Dados

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E5

Créditos : 04 Código : E11

EMENTA

Conceitos gerais. O modelo conceitual de entidades e relacionamentos. O modelo relacional. Uso de um gerenciador de banco de dados. Linguagem SQL. Uso interativo e noções de programação.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Conceitos Gerais. Evolução histórica dos sistemas de informação. Sistema gerenciador de banco de dados (SGBD); Arquitetura para sistemas de banco de dados; Administrador de BD.

Unidade II Modelagem de dados. Aspectos gerais dos modelos hierárquicos, redes e relacional. Projeto lógico de banco de dados.

Unidade III Modelo relacional. Conceitos; Linguagens de consulta formais; Linguagens de consulta comerciais; formas normais.

Unidade IV Segurança, integridade e privacidade. Introdução a banco de dados orientados a objetos.

BIBLIOGRAFIA

ELMASRI, R.; NAVATHE S. B. Sistemas de Banco de Dados. 4a ed. Editora Addison- Wesley. 2005.

49

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

ELMASRI, R.; NAVATHE S. B. Fundamentals of Database Systems. 4th ed. Addison- Wesley. 2003).

KORTH, H. F.; SUDARSHAN, S; SILBERSCHATZ, A. Sistema de Banco de Dados. 5a ed. Editora Campus, 2006.

RAMAKRISHNAN, R., GEHRKE, J. Database Management Systems. 3th ed. McGraw Hill. 2003.

DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Bancos de Dados. 8ª ed. Editora Campus, 2004.

HEUSER, C.A. Projeto de Banco de Dados. 6a ed. Série Livros Didáticos Instituto de Informática da UFRGS, número 4. Editora Bookman, 2009.

50

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Probabilidade I

Carga-Horária : 120 Pré-Requisitos : E6; E8

Créditos : 06 Código : E12

EMENTA

Experimentos aleatórios. Espaço amostral e eventos. Probabilidade Clássica. Probabilidade Frequencial. Probabilidade Axiomática. Propriedades de probabilidade. Probabilidade condicionada. Eventos Mutuamente exclusivos. Eventos Independentes. Teorema de Bayes. Variáveis aleatórias. Variáveis aleatórias bidimensionais. Funções de variável aleatória. Função de distribuição Acumulada. Principais distribuições discretas e

contínuas de probabilidades. Transformações de Variáveis Aleatórias Unidimensionais. Valor esperado. Desigualdades. Momentos. Função geratriz de momentos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade II Introdução à Probabilidade. Espaço de Probabilidade. Espaços de Probabilidade Finitos. Espaços Finitos Equiprováveis. Definição Clássica; Definição Frequentista; Definição Geométrica; Definição Axiomática. Probabilidade Condicional; Eventos Independentes. Teorema da Multiplicação. Teorema de Bayes e Partições.

Unidade III Definição de Variável Aleatória. Variável Aleatória Discreta. Função de Probabilidade e propriedades. Esperança e Variância de v.a. Discreta. Função de Distribuição Acumulada. Principais distribuições discretas. Variável Aleatória Contínua. Função Densidade de Probabilidade. Função Acumulada Esperança e Variância de uma v.a. Contínua. Distribuições de Probabilidade. Principais v.a contínuas.

Unidade IV Função Distribuição Conjunta: Propriedades; Função Distribuição Bivariada Acumulada; Função Distribuição Marginal Acumulada. Função Densidade Conjunta de

51

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Variáveis Aleatórias Discretas: Variáveis Aleatórias Conjuntamente Discretas; Função Densidade Conjunta Discreta; Densidade Marginal Discreta; Função Densidade Conjunta de Variáveis Aleatórias Contínuas; Função Densidade de Probabilidade Marginal; Distribuição Condicional e Independência; Função Densidade Condicional Discreta; Função Distribuição Condicional de Variáveis Aleatórias Contínuas; Função Densidade de Probabilidade Condicional; Distribuição Condicional Contínua Acumulada; Independência; Esperança; Covariância e Coeficiente de Correlação; Esperança Condicional.

Unidade V Desigualdade de Chebyshev; Desigualdade de Jensen; Função Convexa; Momentos; Momento Central; Quantil; Mediana; Momento Fatorial; Função Geratriz de Momentos; Momento Conjunto; Função Geratriz de Momento Conjunta.

BIBLIOGRAFIA

BARRY, J. R. Probabilidade: Um Curso em Nível Intermediário, 1996, Segunda Edição, IMPA, CNPq.

DeGROOT, Morris H.; Schervish, Mark J. Probability and Statistics. 3a. Ed. London:

Addison-Wesley, 2001.

HOEL, P. G.; Port, S. C.; STONE, C. J. Introdução à Teoria da Probabilidade. Rio de Janeiro. Ed Interciência. 1978.

Lipschutz, S. (1972), Probabilidade, 3ª edição, Coleção Schaum, Ed. McGraw-Hill do Brasil, São Paulo.

MEYER, Paul L., Probabilidades: Aplicações à Estatística. Livros Técnicos e Científicos. Rio de Janeiro.

ROSS, S., A First Course in Probability. Maxwell Macmillan International Editions, 1989.

52

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Cálculo II

Carga-Horária : 120 Pré-Requisitos : E6

Créditos : 06 Código : E13

EMENTA

Integral Definida; Aplicações de Integral Definida; Técnicas de Integração.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO.

Unidade I Integral Definida. Propriedades da integral definida. O Teorema do Valor médio para integrais. Teoremas Fundamentais do Cálculo.

Unidade II Aplicações da Integral Definida. Área de uma região Plana. Volumes de Sólidos por Cortes, Discos e anéis circulares. Volumes de Sólidos por Invólucros Cilíndricos. Comprimento de Arco do Gráfico de uma função. Centro de Massa, Centróide e trabalho.

Unidade III Técnicas de Integração. Integração por partes. Integração de potências das funções trigonométricas. Integração por substituição trigonométrica. Integração de funções racionais por frações parciais.

BIBLIOGRAFIA

ÁVILA, Geraldo Severo de Souza. Cálculo : Funções de uma Variável. 5°edição. São Paulo. LTC. 2000.

AYRES, Frank. Cálculo Diferencial e Integral. São Paulo: Makron Books,1994.

GRANVILLE, W. A Editora Científica, 2000.

..

Elementos do cálculo Diferencial e Integral. Rio de Janeiro:

53

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

HOFFMANN, Laurence D Janeiro: LTC, 1982.

..

Cálculo: Um Curso Moderno e Suas Aplicações. Rio de

LANG, Serge. Cálculo. Rio de Janeiro: LTC, 1980.

LEITHOLD,

Louis.

HARBRA, 2004.

O

Cálculo

com

Geometria

Analítica. 2°edição. São Paulo:

MUNEM, Mustafá A. & Foulis. Cálculo . Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1978.

ROMANO, Roberto. Cálculo Diferencial e Integral: Funções de uma Variável. São Paulo: Atlas, 1983.

THOMAS Jr., George B

..

Cálculo. Rio de Janeiro: 1965.

54

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Demografia

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E8

Créditos : 04 Código: E14

EMENTA

Introdução à Demografia. Fontes básicas de dados demográficos. Medidas em Demografia. Análise de natalidade, fecundidade, migração, mortalidade. Tábuas de mortalidade. Modelos de crescimento demográfico. Projeções de população. Utilização de modelos demográficos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Introdução. Objetivo e campo da demografia; O crescimento da população mundial; As teorias populacionais; O desenvolvimento da demografia no Brasil; Mensuração demográfica.

Unidade II Natureza e Fonte de Dados Demográficos. O registro civil; Os censos demográficos; Outras fontes de dados demográficos.

Unidade III Estrutura da População. Estrutura por sexo; Estrutura por idade; A pirâmide populacional; Modelos de População; Outras formas de classificação.

Unidade IV Fecundidade e Nupcialidade. Principais conceitos e medidas; Evolução histórica da fecundidade; Métodos indiretos de cálculo. Principais conceitos e medidas de nupcialidade.

55

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade V Migração. Principais conceitos e definições; Principais fontes de dados; Principais medidas e métodos de cálculo; Tendências históricas dos movimentos migratórios.

Unidade VI Mortalidade. Tendências históricas da mortalidade; Análise da mortalidade por sexo e idade; Coeficientes de mortalidade por tipo de doença e outros; Comparações dos níveis de mortalidade. O uso de métodos de padronização indireta; As tábuas de vida; As tábuas de vida: modelo.

Unidade I Projeções Populacionais. Classificação dos métodos de projeção; Métodos matemáticos; Métodos de razão; Métodos das componentes.

BIBLIOGRAFIA

CARVALHO, S. Introdução a Alguns Conceitos Básicos e Medidas em Demografia. Belo Horizonte. Ed. NBS. 1994.

Revista Brasileira de Estudos de Populações.

LAURENTI, M. J.; LEBRÃO; GOTLIEB. Estatística e Saúde. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 1985.

Metodologia do Censo Demográfico de 1980. Rio de Janeiro: IBGE, 1983.

Metodologia da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio na Década de 70. Rio de Janeiro: IBGE, 1981.

PALMORE; GARDNER. Measuring Mortality, Fertility and Natural Increase: a self- teachering guide to elementary measures. Honolulu: East-West Center, 1986

Revista Brasileira de Estudos de Populações, publicada pela Associação Brasileira de Estudos Populacionais.

SANTOS, LEVY e SZMRECSANYI (org.). Dinâmica da População. Teoria, Métodos e Técnicas de Análise. São Paulo: editora T. A. Queiroz, 1991.

SHRYOCK e SIEGEL .The Methods and Materials of Demography. US Goverment Printing Office, 1980.

56

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

4º SEMESTRE

57

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Cálculo Numérico

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E13

Créditos : 04 Código : E15

EMENTA

Erros. Solução de equações algébricas e transcendentes. Resolução de sistemas de

equações lineares. Integração numérica. Interpolação e extrapolação. Ajustamento de curvas. Métodos numéricos para solução de equações diferenciais.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Erros. Conversão de números inteiros e fracionários decimal binário; Aritmética de Ponto Flutuante; Análise de erros nas operações aritmética de ponto flutuante.

Unidade II Zeros de Funções. Método de Bisseção; Método de Falsa Posição; Método Interativo Linear; Método de Newton Raphson; Método da Secante, Método Especial para raízes de equações polinomiais.

Unidade III Resolução de Sistemas Lineares. Métodos Diretos: Métodos de Eliminação de Gauss, Fatoração LU; Métodos Iterativos: Método Iterativo de Gauss Jacobi, Método Iterativo de Gauss Seidel.

Unidade IV Interpolação. Interpolação Polinomial: Forma de Lagrange para o polinômio interpolador, Forma de Newton para o polinômio interpolador, Forma de Newton-Gregory para o polinômio interpolador; Estudo do Erro na interpolação; Interpolação Inversa; Estudo sobre a escolha do polinômio interpolado; Fenômeno de Runge; Funções Spline (linear) em interpolação.

58

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade V Integração Numérica. Fórmula de Newton-Cotes; Regra dos Trapézios ; Regra de Simpson; Estudo dos Erros

Unidade VI Soluções Numéricas de Equações Diferenciais Ordinárias. Métodos de passo simples: Método de Série de Taulor, Métdo de Euler , Método de Euler Modificado, Método de Runge Kutta de 4.º ordem, Métodos de previsão correção.

BIBLIOGRAFIA

BARROS, L.; Cálculo Numérico. Editora Harbra. 1990.

BARROS SANTOS V.R

..

Curso de Cálculo Numérico. Ao Livro Tecnico S/A

BARROSO, L. C. et al. Calculo Numérico Com aplicações 2ª Edição. São Paulo:

Harbra, 1987.

BARROSO, Leônidas Conceição. Et alli. Cálculo numérico com aplicações. 2º ed. São Paulo, 1987.

GAU, E . Cálculo Numérico e Gráficos. Ao Livro Técnico S/A.

HUMES, e outros. Noções de Cálculo Numérico. McGraw-Hill

MARTINS et alli. Noções de Cálculo Numérico. Editora McGraw Hill do Brasil. São Paulo.

PACITTI & ATKINSON. Programação e métodos computacionais. LTC, 1986

SALVETI, D.D. Elementos de Cálculo Numérico. Companhia Editora Nacional.

SANTOS, Vitoriano

R. .

Curso de Cálculo Numérico. Livros Técnicos e Científicos.

RUGGIERO, Márcia A. Gomes e Lopes, Vera Lucia Rocha; Cálculo Numérico, Aspectos Teóricos e Computacional

RUGGIERO, M. A.G. ; LOPES, Vera L. R

..

Cálculo Numérico. McGraw Hill,1988.

VERRISIMO, Neto. Cálculo Numérico. Editora Nunes.

59

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Probabilidade II

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E12

Créditos : 04 Código : E16

EMENTA

Variáveis aleatórias multidimensionais. Distribuições marginais e condicionais. Independência de variáveis aleatórias. Distribuições de funções de vetores aleatórios. Funções características. Convergência de seqüências de variáveis independentes. Lei dos grandes números. Teorema do limite central.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Vetores aleatórios n-dimensionais. Função de distribuição conjunta vetorial. Vetor aleatório contínuo; densidade conjunta. Distribuições marginais. Densidades condicionais a n variáveis. Variáveis aleatórias independentes. Vetores aleatórios uniformemente distribuídos. Estatísticas de ordem. Distribuição da soma de variáveis aleatórias, caso discreto e contínuo, método da integral de convolução. Distribuições de funções de vetores aleatórios. Método do jacobiano. Variáveis aleatórias independentes normais. Distribuição qui-quadrado e distribuição t de Student. Propriedades. Distribuição F. Esperança de funções de vetores aleatórios. Propriedades. Momentos mistos e covariância. Propriedades básicas da covariância. Coeficiente de correlação. Propriedades. Esperança condicional. Variância condicional. Propriedades mais importantes da esperança e variância condicionais. Função de regressão. Esperanças de vetores aleatórios e matrizes de covariância. Propriedades mais importantes. Distribuição normal multivariada. Distribuição condicional normal multivariada.

Unidade II Lei dos Grandes Números e Teorema Central do Limite. Tipos de Convergência.

Convergência em Probabilidade; Convergência em distribuição; Convergência Quase

60

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Certa; Aplicações. Teoremas de Convergência. Relação entre os tipos de convergência. Lei dos grandes números. Lei dos grandes números- Formulação de Bernoulli. Primeira Lei Forte de Kolmogorov. Lei Fraca dos Grandes Números; Lei Forte dos Grandes Números; Teorema Central do Limite para Variáveis i.i.d. Aproximação das distribuições Poisson e Binomial pela distribuição Normal.

BIBLIOGRAFIA

CRAMÉR, H. Elementos da Teoria da Probabilidade e algumas de suas Aplicações.

DeGROOT, Morris H.; Schervish, Mark J. Probability and Statistics. 3 a . Ed. London:

Addison-Wesley, 2001.

FELLER, W. Introdução a Teoria das Probabilidades e suas Aplicações. Parte 1º:

Espaços Amostrais Discretos, Edgard Blucher. São Paulo, 1976.

HOEL, P. G. , PORT, S. C. , STONE, C. S. Introdução a Teoria da Probabilidade. Rio de Janeiro: Luter-Ciência, 1971.

JAMES, B.

R. .

Probabilidade: Um curso em nível intermediário. Projeto Euclides,

IMPA, Rio de Janeiro, 1981.

MEYER, P. L. Probabilidade: Aplicações a Estatística. 2 ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. Editora S.A., 1984.

ROSS,

S.

A.

First Course in Probability. 3 ed. New York: Macmillan Publishing

Company, 1988.

ROSS, S. M. Introduction to Probability Models. 6. Ed. Academic Press, 1997.

61

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Inferência I

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E12

Créditos : 04 Código : E17

EMENTA

População e Amostra. Estatísticas. Espaço paramétrico. Distribuições amostrais. Suficiência. Teoremas de Convergência. Verossimilhança. Famílias exponenciais. Critério para obter estimadores. Estimação Pontual Paramétrica. Estimação intervalar Paramétrica. Distribuição dos Estimadores. Propriedades dos Estimadores. Estimadores de Máxima Verossimilhança e propriedade. Estimadores baseados em estatísticas suficientes.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Amostra Aleatória. Distribuições Amostrais - Conceitos, População. Amostras Aleatórias. Estatísticas. Momentos Amostrais. Média Amostral. Distribuição da Média Amostral (nos Casos de População com Distribuição de Bernoulli, Binominal, Exponencial, Uniforme e Normal). Variância Amostral. Distribuição da Variância Amostral (Caso Normal). Estatísticas de Ordem. Teoremas de Convergência. Tipos de

Convergência (em Distribuição, em Probabilidade e “Quase Certa”). Leis Forte e Fraca dos

Grandes Números. Teorema Central do Limite e Aplicações.

Unidade II Estimação. Estimação Pontual. O Método dos Momentos. Método da Máxima Verossimilhança. Propriedades dos Estimadores (Não tendenciosididade e consistência). Propriedades Assintóticas dos Estimadores de Máxima Verossimilhança. Família Exponencial. Estatísticas Suficientes. Estimador Não Viciado Uniformemente de Mínima Variância. Intervalos de Confiança (Definição, Construção: Método da Qualidade Pivotal e Método Estatístico). Intervalos de Confiança no caso da Distribuição Normal.

62

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BIBLIOGRAFIA

BOLFARINE, H., SANDOVAL, M. C. Introdução à Inferência Estatística. Coleção Matemática Aplicada Sociedade Brasileira de Matemática, 2001.

BICKEL, P. J. and DOKSUM, K. A., “Mathematical Statistics, Basic Ideas and Selected Topics”, 1977, Prentice-Hall.

DEGROOT, M. H. Probability and Statistics. Addison-Wesley Publishing Company,

1989.

HOGG, R., CRAIG, A. Introduction to mathematical statistics. 4 ed. New York:

Macmillan Publishing Co, 1978.

LARSON, H. Introduction to probability theory and statistical inference. New York:

John Willey, 1978.

MOOD, A., GRAYBILL, F., BOES, D. Introduction to the theory of statistics. 3rd. Ed. Singapore: MacGraw Hill, 1974.

63

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina : Amostragem

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E12

Créditos : 04 Código : E18

EMENTA

Teoria estatística da amostragem. As fontes de erros da amostragem e erro operacional. Planejamento da Amostra. Amostragem aleatória Simples, Estratificada, Sistemática e de Conglomerados em um ou mais estágios. Estratificação de conglomerados e esquemas amostrais correspondentes.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Teoria estatística da amostragem. Vantagens do uso de amostragem, principais etapas de pesquisa por amostragem e exemplos. Principais conceitos de população, amostra, estimadores, vícios, erros amostrais, erros não amostrais e precisão. Principais desenhos amostrais

Unidade II Amostragem Aleatória Simples (AAS). Definições, notações, estimadores e propriedades. Limites de confiança. Proporções e porcentagem. Estimação do tamanho da amostra.

Unidade III Amostra Aleatória Estratificada (AAE). Definições, notações, estimadores e propriedades. Limites de confiança. Alocação ótima e proporcional. Comparação entre AAS e AAE. Pós-estratificação.

Unidade IV Amostragem Sistemática. Descrição, estimadores, propriedades e comparação com AAS.

64

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade V Amostragem Aleatória de Conglomerados. Amostragem em um estágio com e sem PPS. Amostragem em vários estágios. O sistema auto-ponderado. Estratificação de conglomerados.

BIBLIOGRAFIA

BARNETT, Vic. Elements of sampling theory. Kent, England: Hodden and Stanghton Educational, 1982.

BOLFARINE, Heleno; BUSSAB, Wilton O. Elementos de Amostragem. São Paulo:

Edgard Blücher, 2005.

COCHRAN, W. G. Sampling techniques. 3 ed. New York: John Wiley & Sons, 1977.

HANSEN, M. H., HURWITZ, W. N., MADOW, W.G. Sample survey methods and theory. New York: John Wiley & Sons, 1953.

KISH, L. Survey sampling. New York: John Wiley, 1965.KISH, L. Statistical design for research. New York: John Wiley, New York, 1988.

LEVY, P.S. and LEMESHOW, S. Sampling of Populations. John Wiley & Sons Inc., New York, 1991.

SHEAFER, R. L., MENDEKALL, W., OTT, L. Elementary survey sampling. 3 ed. Boston: PWS Publishing Company, 1986.

65

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina :Cálculo III

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E13

Créditos : 04 Código: E19

Coordenadas

Polares,

EMENTA

Cônicas,

Séries,

Série

e

Fórmula

de

Taylor,

Diferenciabilidade de Funções de Várias Variáveis.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Coordenadas Polares. Representação polar de curvas; Cálculo de área e comprimento.

Unidade II Cônicas. Seções cônicas; Propriedades e equações reduzidas das elipses, parábolas e hipérboles; Equações de 2ºgrau.

Unidade III Séries. Sequências e limites; Séries e convergência; Testes de convergência; Séries de potências; Séries e polinômios de Taylor.

Unidade IV Funções de Várias Variáveis: Funções de IR n em IR. Gráficos; Curvas e superfícies de nível; Limite e continuidade; Derivadas parciais; Diferencial e Plano Tangente; Derivada direcional, Gradiente; Regra da cadeia; Máximos e mínimos; Método de Lagrange; Problemas de máximo e mínimo.

BIBLIOGRAFIA

ÁVILA, G. S. S. - Cálculo, Volume 02 LTC.

APOSTOL, T. M. - Cálculo. Ed. Reverté Ltda. Volume 1 e 2.

66

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

BOULOS, P. / OLIVEIRA, I. C. - Geometria Analítica (um tratamento vetorial) - McGraw-Hill - SP.

GUIDORIZZI, H - Um Curso de Cálculo, LTC - Volume 02.

LEITHOLD, L. - Cálculo com Geometria Analítica - Harbra, SP, volume 02.

PENNEY,E. D., EDWARDS, JR.C.H. - Cálculo com Geometria Analítica - Ed. Prentice- Hall do Brasil - Volumes 2 e 3.

SIMMONS, G. F. - Cálculo com Geometria Analítica - McGraw-Hill, SP, volume 02.

SWOKOWSKI, E. W. - Cálculo com Geometria Analítica - Ed. McGraw-Hill Ltda. - SP - Volume 2.

67

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

5º SEMESTRE

68

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina: Análise de Regressão

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E17

Créditos : 04 Código :E20

EMENTA

Medidas de Correlação. Regressão linear simples. Estimação dos Parâmetros. Coeficiente de Determinação. Análise dos resíduos. Regressão linear múltipla. Seleção de Variáveis e Construção de modelos. Multicolinearidade. Diagnóstico e validação dos modelos de regressão.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Introdução e Medidas de Correlação. Diagrama de dispersão. Coeficiente de correlação. Relações de dependência e de interdependência. Regressão e correlação. Terminologia, notação e questões específicas. Modelos matemáticos e modelos estatísticos. Conceito de componente aleatório ou erro nos modelos estatísticos. O modelo de regressão na população e na amostra.

Unidade II O modelo de regressão linear simples. Conceitos e pressupostos sobre os componentes do modelo de regressão. Estimação pontual dos parâmetros. Método dos mínimos quadrados. Método da máxima verossimilhança. Propriedades dos estimadores. Variância e erro-padrão dos estimadores. Estimação da variância dos erros. Estimação por intervalo de confiança e teste de hipóteses dos parâmetros. Análise de variância. O coeficiente de determinação.

Unidade III Análise de resíduos. Definição e propriedades dos resíduos. Análise gráfica dos resíduos. Testes estatísticos para os resíduos. Detecção e tratamento de dados atípicos. Teste de falta de ajuste.

69

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade IV Regressão linear múltipla. Tratamento matricial do modelo de regressão linear. Equações normais. Conceitos e pressupostos sobre os componentes do modelo. Estimação dos parâmetros e propriedades dos estimadores. Estimação da Variância. Testes de hipóteses sobre os parâmetros. Análise de variância. Estimação da variância dos erros. O coeficiente de determinação múltiplo. Coeficientes de determinação parcial.

Unidade IV Seleção de variáveis e construção de modelos. O Problema da construção e da má especificação do modelo. Critérios para avaliar subconjunto de modelos de regressão. Métodos computacionais para seleção de variáveis (Forward, backward, stepward, outros).

Unidade V Multicolinearidade. Fontes e efeitos da multicolinearidade. Efeitos da multicolinearidade. Diagnósticos. Métodos para tratar a multicolinearidade.

Unidade VI Validação do modelo de regressão. Discussão das técnicas de validação.

BIBLIOGRAFIA

DRAPER, N.R., SMITH, H. Applied regression analysis. 2 ed. New York: John Wiley,

1981.

FONSECA, J. S.; MARTINS, G. A.; TOLEDO, G. L. Estatística Aplicada. 2 ed. Atlas,

1985.

MONTGOMERY, D.C., PECK E. Introduction to linear regression analysis. New York:

John Wiley, 1982.

NETER J., WASSERMAN W., KUTNER M.H. Applied linear statistical models. 2 ed. Howewood: Richard D. Irwin, INC., 1985.

Softwares: Statística, Minitab, SPSS e R.

70

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina: Análise Multivariada

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E9, E17

Créditos : 04 Código :E21

EMENTA

Vetores Aleatórios. Vetores de Média e Matrizes de Covariância e Correlação.

Distribuição Normal Multivariada. Análise de Componentes Principais. Análise Fatorial. Análise de Agrupamentos (cluster). Análise Discriminante. Análise Canônica. Análise de Correspondências.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Introdução a estatística multivariada. Exemplos de Aplicação. Definição de Vetores Aleatórios, Vetores de Médias e Matrizes de Covariâncias e Correlação. Interpretação destas Matrizes. Vetores de Médias Amostrais e Matrizes Covariâncias e Correlações Amostrais. Variância Generalizada e Variância Total.

Unidade II Distribuição normal multivariada. Função Densidade. Estrutura de Média, Covariância e Correlação. Propriedades da Distribuição. Estimação dos Parâmetros da Distribuição Normal Multivariada. Testes de Aderência para a Normal Multivariada.

Unidade III Análise de componentes principais. Teorema da Decomposição Espectral. Construção das Componentes Principais pela Matriz de Covariância e pela Matriz de Correlação. Proporção da Variância Total Explicada pelas Componentes. Estimação das Componentes Principais e dos Escores. Teste sobre Igualdade de Autovalores. Exemplos Práticos de Aplicação.

71

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade IV Análise Fatorial. Apresentação Teórica da Metodologia. Modelo de Fatores Ortogonais. Estimação dos Fatores pelos Métodos de Componentes Principais, de Fatores Principais e de Máxima Verossimilhança. Rotação de Fatores: Rotações Ortogonais e Oblíquas. Estimação dos Escores dos Fatores: Método de Mínimos Quadrados e Método de Regressão. Exemplos Práticos de Aplicação.

Unidade V Análise de Agrupamento: Discussão dos Vários Métodos de Formação de Conglomerados: Variáveis Quantitativas e Qualitativas. Métodos Hierárquicos: Método de Ligação Simples (Single Linkage), de Ligação Completa (Complete Linkage), de Ligação Média (Average Linkage), do Centróide, e de Ward. Métodos para encontrar o Número de Conglomerados Ótimo da Partição. Métodos Não Hierárquicos: Método das K-Médias (K- Means). Método Fuzzy. Exemplos Práticos de Aplicação. Utilização da Análise de Conglomerados na Amostragem Estratificada.

Unidade VI Análise Discriminante. Discriminação e Classificação em 2 grupos. Estimação das Probabilidades de Erro de Classificação. Discriminação e Classificação Multivariada. Função Discriminante de Fischer. Análise de Variância. Discriminação via Modelos Logísticos. Análise Discriminante Não Paramétrica. Exemplos Práticos de Aplicação.

Unidade VII Introdução à Análise Canônica e Análise de Correspondências. Apresentação teórica da metodologia. Formulação geométrica. Exemplos de Aplicação. Introdução e Objetivo de Aplicação da Metodologia. Exemplos Práticos de Aplicação.

BIBLIOGRAFIA

ANDERSON, T. W

..

An introduction to multivariate statistical analysis. Wiley, 1958.

DILLON, W. R., GOLDSTEIN. Multivariate analysis: methods and application. New York. John Wiley, 1984.

72

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

JOHNSON, R. A., WICHERN, D. W. Applied multivariate statistical analysis. 4 ed. New Jersey. Prentice Itall Inc. 1998.

KACHIGAN, S. K. Multivariate statistical analysis. New York: Radius Press, 1991.

MANLY, BRYAN J. F. Métodos Estatísticos Multivariados, 3ª Ed. Artmed.

RENCHER, A. C., Methods of multivariate analysis. New York: John Wiley, 1995.

73

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina: Processos Estocásticos

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E16

Créditos : 04 Código :E22

EMENTA

Introdução aos processos estocásticos. Cadeias de Markov a parâmetro discreto e contínuo. Distribuições estacionárias em cadeias de Markov. Processos markovianos de salto. Processo de Poisson. Processo de nascimento e morte. Processos de segunda ordem. Teoria da renovação. Teoria de filas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Introdução aos processos estocásticos. Definição. Distribuição de Probabilidade. Espaço de parâmetros. Espaços dos estados. Classificação geral dos processos estocásticos. Quanto ao espaço de parâmetros. Quanto ao espaço dos estados. Quanto aos incrementos. Exemplos clássicos de processos estocásticos

Unidade II Cadeias de Markov. Definição. Função de transição. Estados transientes e recorrrentes. Decomposição do espaço de estados Distribuição de probabilidade inicial. Matriz de probabilidade de transição. Probabilidade de transição de ordem superior (em n etapas). Classificação dos estados de uma cadeia. Exemplos de Cadeias de Markov. Distribuição de probabilidade estacionária. Equação de renovação discreta. Critério de recorrência.

Unidade II - Distribuições estacionárias. Estados de recorrência nula e positiva. Teoremas de existência e unicidade de distribuições estacionárias. Aplicações à teoria das filas. Convergência ao estado estacionário.

74

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade III Tipos de processos de Markov. Processos markovianos de salto. Propriedades gerais dos processos de salto. Processo de Poisson. Processo de Nascimento. Processo de Morte. Processo de Nascimento e Morte.

Unidade IV Processo de segunda ordem. Processos de segunda ordem. Função média e função de covariância. Processos gaussianos. Processos de Wiener. Teoria de Fila.

BIBLIOGRAFIA

CINLAR, E

..

Introduction to Stochastic Processes.

HOEL, P., PORT, S.; STONE, C. "Introduction to Stochastic Processes", Waveland

Press.1972.

PAUL, G. H., SIDNETY C. PORT e CHARLES STONE (HOREGLITON MIFFLIN CO), Introduction to Stochastic Processes.

ROSS, S.M. Stochastic Processes. 2 ed. New York, John Wiley & Sons, 1997.

TAYLOR, H. M. KARLIN, S. An Introduction to Stochastic Modeling, Academic Press. In

75

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Curso : Bacharel em Estatística Disciplina: Inferência II

Carga-Horária : 80 Pré-Requisitos : E16, E17

Créditos : 04 Código :E23

EMENTA

Intervalos e regiões de confiança. Testes de hipóteses estatísticas: hipóteses; tipos de erros; nível de significância; p-valor, poder do teste. Testes em grandes amostras. Testes paramétricos exatos. Curva de potência e característica de operação. Lema de Neyman- Pearson. Testes uniformemente mais poderosos. Testes da razão de verossimilhança generalizado. Relação entre intervalos de confiança e testes de hipóteses.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I Estimação por intervalo. Conceito de intervalo de confiança; Intervalos de confiança para parâmetros de uma distribuição Normal; Intervalos de confiança utilizando amostras grandes: I. C. para a média; I. C. para a proporção; I. C. para a variância. Intervalos de confiança para Diferença de Médias Populações Normais, Populações não Normais (grandes amostras). Intervalos de confiança para Diferença de Proporções. Intervalos de confiança para o quociente de variâncias de duas populações Normais. Método Geral para obtenção de intervalos de confiança. Regiões de confiança.

Unidade II Testes de hipóteses estatísticas. Hipótese nula e hipótese alternativa; Erros do tipo I e do tipo II; Região crítica e região de aceitação; Nível de significância e P-valor; Função Poder; Lema de Neyman-Pearson Teste de uma hipótese nula simples contra hipótese alternativa simples; Teste de uma hipótese simples contra uma alternativa composta (testes uniformemente mais poderosos). Testes da razão de verossimilhança

76

Bacharelado em Estatística UNIR, Ji-Paraná

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Campus de Ji-Paraná - RO Departamento de Matemática e Estatística

Unidade III Testes relativos aos parâmetros de uma distribuição Normal. Testes para uma média. Testes para uma variância. Testes relativos à comparação de duas distribuições Normais. Testes para igualdade de médias. Testes para igualdade de variâncias. Testes para igualdade de mais duas médias. Testes relativos à parâmetros de algumas distribuições usuais. Teste para uma proporção (Distribuição Binomial). Testes para a igualdade de duas proporções. Testes para a média da distribuição de Poisson.

Unidade IV Relação entre testes e intervalos de confiança

BIBLIOGRAFIA

CASELLA,

G.;

BERGER,

R.

L.

Belmont, California.1990.

Statistical

Inference,

Wadsworth e Brooks/Cole,

HOGG, R e CRAIG, A. T. Introduction to Mathematical Statistics. 5ª edição. Prentice Hall. N. Jersey. 1995.

LARSON, H. Introduction to probability theory and statistical inference. New York:

John Willey, 1978.

MOOD, A., GRAYBILL, F., BOES, D. Introduction to the theory of statistics. 3rd. Ed. Singapore: MacGraw Hill, 1974.

77