P. 1
GL 15: Como escrever uma carta formal

GL 15: Como escrever uma carta formal

1.0

|Views: 30.562|Likes:
Um guião com instruções sobre como escrever cartas formais.
Um guião com instruções sobre como escrever cartas formais.

More info:

Direitos Autorais:Attribution Non-commercial Share Alike

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

01/09/2014

pdf

• • •

Venho solicitar a V. Exa. se digne conceder-me uma audiência... Solicito a atenção de V. Exa. para o assunto que passo a expor: Em resposta ao anúncio publicado no jornal... do passado dia..., venho apresentar a V. Exas. a minha candidatura ao lugar de ... Na sequência da conversa telefónica com..., venho comunicar a V. Exa. a minha disponibilidade para... Venho informar V. Exa. de que estou inteiramente ao vosso dispor para uma possível colaboração com a vossa empresa. Como é do conhecimento de V. Exa., encontro-me actualmente a desempenhar as funções de... Venho solicitar a atenção de V. Exas. para os factos que passo a expor. Vimos chamar a atenção de V.Exas. para a seguinte situação:

• •

Se pretendes fazer Um pedido a uma instituição ou a uma entidade, deves saber como escrever formalmente esse pedido. O pedido a fazer Deve ser claro, mas há regras para o fazer e essas regras devem ser seguidas.
Fontes:

BE/CRE ESCOLA SECUNDÁRIA/3 JOSÉ CARDOSO PIRES

GUIÕES SOBRE LITERACIA DA INFORMAÇÃO

15

• • • • • •

Como Escrever Uma carta formal
Precisas de contactar com uma organização ou instituição para um trabalho? Aprende aqui como deves escrever uma carta formal para fazeres um pedido.

Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares
Ministério da Educação

Fórmulas de encerramento: Agradecendo antecipadamente a atenção de V. Exa., apresento os meus melhores cumprimentos, Com os (meus/nossos) melhores cumprimentos, Atentamente,

URL: http://www.rbe.min-edu.pt/

Universidade Aberta
Como escrever uma carta

A ter em conta:
• Escrever uma carta formal • • • • •
não é o mesmo do que escrever a um amigo ou a um familiar. As cartas formais têm de conter fórmulas no início e no fim. O assunto deve ser indicado no início. A carta deve ser clara, estar bem escrita e não conter erros. O que é pedido deve ser logo explicitado no primeiro parágrafo. Se optares por um email, as regras para o escrever são as mesmas.

URL: http://www.univ-ab.pt/PINTAC/ carta_normas.htm
Página visitada em 12 de Dezembro de 2009

BE/CRE ESCOLA SECUNDÁRIA/3 JOSÉ CARDOSO PIRES

Página da BE/CRE na Internet: http://bibesjcp.no.sapo.pt Blogue da BE/CRE na Internet: http://becreesjcp.blogspot.com Página da escola na Internet http://www.esjcp.pt Correio electrónico do prof. bibliotecário: joaocrcosta@gmail.com Rua Vergílio Ferreira — Torres da Bela Vista 2660-350 Stº António dos Cavaleiros Tel.: 21 989 77 40 Fax: 21 989 77 43 Correio electrónico: esjcp.becre@gmail.com http://bibesjcp.no.sapo.pt
Realizado por João Carlos Costa professor bibliotecário

COMO DEVO FAZER PARA ESCREVER UMA CARTA FORMAL?

A carta formal
O que é uma carta formal?
A carta é uma modalidade de redacção livre, pois nela podem aparecer a narração, a descrição, a reflexão ou uma pequena dissertação dada sob a forma de um parecer. A finalidade da carta, aquilo a que se destina e a quem se destina, é que determina a abordagem, a linguagem e os aspectos formais. Pode ser endereçada a um amigo, a propósito de um negócio, de um interesse pessoal, pode ser dirigida a um ente amado, a um familiar, a uma secção de jornal ou revista, etc.

A estrutura da carta formal
Que estrutura devo utilizar?
Devemos começar sempre por colocar o nome de quem envia a carta no canto superior esquerdo, seguido da respectiva morada. O tipo de letra pode ser um pouco mais pequeno. Podemos ainda colocar um número de telefone e/ou de fax, tal como um endereço de correio electrónico. Seguidamente, algumas linhas abaixo, mais à direita, coloca-se o destinatário, a pessoa ou entidade a quem se dirige a carta: nome, morada, código postal. O nome deve vir precedido de Exmo. Senhor, Exma. Senhora, ou Exmos. Senhores. Se a carta é dirigida a uma entidade ou a uma organização, e não sabemos o nome da pessoa responsável, podemos colocar apenas a palavra A. Segue-se, logo abaixo, o local em que nos encontramos e a data do dia. Numa carta formal, sobretudo quando se trata de um pedido, devemos colocar uma linha com a indicação Assunto e, à frente dessa palavra, indicar muito sinteticamente a que se destina a carta. Segue-se, então, o texto, que deve, logo de início, expressar o assunto da carta, e só depois conter as justificações. Quem trabalha em empresas, instituições e organismos lida diariamente com muita correspondência, e por isso necessita de saber de imediato qual o assunto da carta recebida. Depois do texto, devemos incluir uma fórmula de despedida, precedida de uma outra de agradecimento. Seguir-se-á uma linha de assinatura, que deve ser sempre manuscrita, mas seguida do nome da pessoa que assina.

Remetente

Joana Fernandes 12º ano, turma E Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Rua Vergílio Ferreira Torres da Bela Vista 2660-350 Stº António dos Cavaleiros

Destinatário

Exmo. Senhor Dr. José de Almeida Pavão Largo da Memória, 14 1349 -045 LISBOA

Data Assunto Santo António dos Cavaleiros, 12 de Fevereiro de 2010

Assunto: Pedido de documentação
Fórmula inicial de cortesia

Exmo. Senhor, Vimos, por este meio, pedir a colaboração do seu Instituto para que nos enviassem toda a documentação possível sobre o 10º Aniversário da Convenção dos Direitos da Criança. Esta documentação destina-se à realização de um trabalho que a turma do 12º E da Escola Secundária José Cardoso Pires está a tentar concretizar no âmbito da disciplina de Área de Projecto. Agradecemos desde já a atenção dispensada. Com os nossos cumprimentos,

Texto da carta

Então o que pode variar na carta?
A estética da carta é que pode variar consoante a finalidade. Se o destinatário é um órgão do governo, um organismo oficial ou uma instituição, a carta deve observar procedimentos formais como a disposição da data, do vocativo (nome, cargo ou título do destinatário), do remetente e da assinatura. Se se tratar de correspondência comercial ou oficial – comunicados, ofícios, memorandos emitidos por órgãos públicos – a linguagem é muitas vezes feita de expressões de uso comum ao contexto que lhes é próprio. O que é importante reter é que existem modelos que devem ser seguidos, e ainda fórmulas de tratamento, para iniciar a carta, fórmulas de despedida, para a finalizar, e a sua estrutura deve obedecer a um determinado padrão.

Fórmula final de despedida

Linha de assinatura

______________ Joana Fernandes

As fórmulas
Que fórmulas existem?
Fórmulas iniciais:

• • • • • •

Exmo. Senhor, Exma. Senhora, Exmo(a). Senhor(a), Exmos. Senhores,

Texto inicial consoante o assunto: Junto envio a documentação referente ao... Venho enviar a documentação... / Envio em anexo o meu Curriculum Vitae...

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->