Você está na página 1de 56
Caderno de Atividades Tecnologia em Logística Disciplina Responsabilidade Social e Meio Ambiente Coordenação do Curso
Caderno de Atividades Tecnologia em Logística Disciplina Responsabilidade Social e Meio Ambiente Coordenação do Curso

Caderno de Atividades

Tecnologia em Logística

Disciplina Responsabilidade Social e Meio Ambiente

Coordenação do Curso Jefferson Levy Espindola Dias

Autores Prof. Bruno Tonhetti Galasse Profa. Cristina Betioli Ribeiro

Chanceler Ana Maria Costa de Sousa Reitora Leocádia Aglaé Petry Leme Pró-Reitor Administrativo Antonio Fonseca
Chanceler Ana Maria Costa de Sousa Reitora Leocádia Aglaé Petry Leme Pró-Reitor Administrativo Antonio Fonseca

Chanceler

Ana Maria Costa de Sousa

Reitora

Leocádia Aglaé Petry Leme

Pró-Reitor Administrativo

Antonio Fonseca de Carvalho

Pró-Reitor de Graduação

Eduardo de Oliveira Elias

Pró-Reitor de Extensão

Ivo Arcangêlo Vedrúsculo Busato

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

Luciana Paes de Andrade

Diretor Geral de EAD

José Manuel Moran

Diretora de Desenvolvimento de EAD

Thais Costa de Sousa

Gerente Acadêmico de EAD

Fábio Cardoso

Coordenadora Pedagógica de EAD

Adriana Aparecida de Lima Terçariol

Coordenadora de Controle Didático- Pedagógico EAD

Geise Cristina Lubas Grilo

Diretor da Anhanguera Publicações

Luiz Renato Ribeiro Ferreira

Núcleo de Produção de Conteúdo e Inovações Tecnológicas

Diretora

Carina Maria Terra Alves

Gerente de Produção

Rodolfo Pinelli

Coordenadora de Processos Acadêmicos

Juliana Alves

Coordenadora de Ambiente Virtual

Lusana Verissimo

Coordenador de Operações

Marcio Olivério

Como citar esse documento:

GALLASE, Bruno Tonhetti; RIBEIRO, Cristina Betioli.

Responsabilidade Social e Meio Ambiente. Valinhos,

p. 1 - 54. Disponível em: <www.anhanguera.com>.

Acesso em: 1 fev. 2012.

© 2012 Anhanguera Publicações

Proibida a reprodução final ou parcial por qualquer meio de impressão, em forma idêntica, resumida ou modificada em língua portuguesa ou qualquer outro idioma. Diagramado no Brasil 2012.

Legenda de Ícones Leitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta
Legenda de Ícones Leitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta

Legenda de Ícones

Legenda de Ícones Leitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando
Legenda de Ícones Leitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando

Leitura ObrigatóriaLegenda de Ícones Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando Glossário Referências

Agora é a sua vezLegenda de Ícones Leitura Obrigatória Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando Glossário Referências

VídeosLegenda de Ícones Leitura Obrigatória Agora é a sua vez Links Importantes Ver Resposta Finalizando Glossário

Links Importantes Ver Resposta Finalizando
Ver Resposta Links Importantes Finalizando
FinalizandoLinks Importantes Ver Resposta

GlossárioLeitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando Referências Início 4

ReferênciasLeitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando Glossário Início 4

InícioLeitura Obrigatória Agora é a sua vez Vídeos Links Importantes Ver Resposta Finalizando Glossário Referências 4

Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm
Nossa Missão, Nossos Valores Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm

Nossa Missão, Nossos Valores

Desde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm sido o principal motivo do seu crescimento. Buscando permanentemente a inovação e o aprimoramento acadêmico em todas as ações e programas, ela é uma Instituição de Educação Superior comprometida com a qualidade do ensino, pesquisa de iniciação científica e extensão. Ela procura adequar suas iniciativas às necessidades do mercado de trabalho e às exigências do mundo em constante transformação. Esse compromisso com a qualidade é evidenciado pelos intensos e constantes investimentos no corpo docente e de funcionários, na infraestrutura, nas bibliotecas, nos laboratórios, nas metodologias e nos Programas Institucionais, tais como:

· Programa de Iniciação Científica (PIC), que concede bolsas de estudo aos alunos para o desenvolvimento de pesquisa supervisionada pelos nossos professores.

· Programa Institucional de Capacitação Docente (PICD), que concede bolsas de estudos para docentes cursarem especialização, mestrado e doutorado.

· Programa do Livro-Texto (PLT), que propicia aos alunos a aquisição de livros a preços acessíveis, dos melhores autores nacionais e internacionais, indicados pelos professores.

· Serviço de Assistência ao Estudante (SAE), que oferece orientação pessoal, psicopedagógica e financeira aos alunos.

· Programas de Extensão Comunitária, que desenvolve ações de responsabilidade social, permitindo aos alunos o pleno exercício da cidadania, beneficiando a comunidade no acesso aos bens educacionais e culturais.

A fim de manter esse compromisso com a mais perfeita qualidade, a custos acessíveis, a Anhanguera privilegia o preparo dos alunos para que concretizem seus Projetos de Vida e obtenham sucesso no mercado de trabalho. Adotamos inovadores e modernos sistemas de gestão nas suas instituições. As unidades localizadas em diversos Estados do país preservam a missão e difundem os valores da Anhanguera.

Atuando também na Educação a Distância, orgulha-se de oferecer ensino superior de qualidade em todo o território nacional, por meio do trabalho desenvolvido pelo Centro de Educação a Distância da Universidade Anhanguera - Uniderp, nos diversos polos de apoio presencial espalhados por todo o Brasil. Sua metodologia permite a integração dos professores, tutores e coordenadores habilitados na área pedagógica com a mesma finalidade: aliar os melhores recursos tecnológicos e educacionais, devidamente revisados, atualizados e com conteúdo cada vez mais amplo para o desenvolvimento pessoal e profissional de nossos alunos.

A todos bons estudos!

Prof. Antonio Carbonari Netto Presidente do Conselho de Administração — Anhanguera Educacional

Sobre o Caderno de Atividades
Sobre o Caderno de Atividades

Caro (a) aluno (a),

O curso de Educação a Distância acaba de ganhar mais uma inovação: o caderno de atividades digitalizado. Isso significa que você passa a ter acesso a um material interativo, com diversos links de sites, vídeos e textos que enriquecerão ainda mais a sua formação. Se preferir, você também poderá imprimi-lo.

Este caderno foi preparado por professores do seu Curso de Graduação, com o objetivo de auxiliá-lo na aprendizagem. Para isto, ele aprofunda os principais tópicos abordados no Livro-texto, orientando seus estudos e propondo atividades que vão ajudá-lo a compreender melhor os conteúdos das aulas. Todos estes recursos contribuem para que você possa planejar com antecedência seu tempo

e dedicação, o que inclusive facilitará sua interação com o professor EAD e com o professor-tutor

a distância.

Assim, desejamos que este material possa ajudar ainda mais no seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Um ótimo semestre letivo para você!

e profissional. Um ótimo semestre letivo para você! José Manuel Moran Diretor-Geral de EAD Universidade

José Manuel Moran

Diretor-Geral de EAD

Universidade Anhanguera – Uniderp

Thais Sousa
Thais Sousa

Diretora de Desenvolvimento de EAD

Universidade Anhanguera – Uniderp

Caro Aluno, Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro: “Sustentabilidade na Prática:
Caro Aluno, Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro: “Sustentabilidade na Prática:

Caro Aluno,

Caro Aluno, Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro: “Sustentabilidade na Prática: Fundamentos,

Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro: “Sustentabilidade na Prática:

Fundamentos, Experiências e Habilidades”, dos autores Adriana Camargo Pereira, Gibson Zucca da Silva e Maria Elisa Ehrhardt Carbonari, editora Anhanguera Publicações, 2011, Livro-Texto 413.

Roteiro de Estudo
Roteiro de
Estudo

Prof. Bruno Tonhetti Galasse Profa. Cristina Betioli Ribeiro

Responsabilidade Social e Meio Ambiente

Este roteiro tem como objetivo orientar seu percurso por meio dos materiais disponibilizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Assim, para que você faça um bom estudo, siga atentamente os passos seguintes:

1. Leia o material didático referente a cada aula.

2. Assista às aulas na sua unidade e depois disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem para você; (sugestão: Assista às aulas na sua unidade e também no Ambiente Virtual de Aprendizagem).

3. Responda às perguntas referentes ao item “Habilidades” deste roteiro.

4. Participe dos Encontros Presenciais e tire suas dúvidas com o tutor local.

5. Após concluir o conteúdo dessa aula, acesse a sua ATPS e verifique a etapa que deverá ser realizada.

Tema 1a sua ATPS e verifique a etapa que deverá ser realizada. PANORAMA MUNDIAL ícones: e q

PANORAMA MUNDIAL

ícones: e q a t s m u r i f i n c o
ícones:
e q
a
t
s
m
u
r
i
f
i
n c
o
l p
b
w
x
d
y
g
x
l
i
k j
h
z
Conteúdos e Habilidades Conteúdo Nesta aula, você estudará: • Os principais conceitos que configuram o
Conteúdos e Habilidades
Conteúdos e Habilidades

Conteúdo

Nesta aula, você estudará:

• Os principais conceitos que configuram o panorama mundial da sustentabilidade ambiental.

• O impacto das mudanças climáticas na biodiversidade.

• A necessidade de revisão das práticas humanas de intervenção no meio ambiente.

• A responsabilidade ambiental: ação imediata; atuação em conjunto; incorporação da mudança nas atitudes e nas infraestruturas tecnológicas que interferem de maneira degradante no meio ambiente.

Habilidades

Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões:

• Qual é a importância da preservação dos ecossistemas para a manutenção da harmonia vital no planeta?

• Como se identifica os tipos de ações humanas que provocam mudanças climáticas e qual é o impacto na sustentabilidade ambiental?

• Quais são os caminhos para viabilizar uma mudança efetiva nas práticas humanas de intervenção no meio ambiente?

• O que é a fase da conscientização, rumo à ação?

• O que é a fase da conscientização, rumo à ação? AULA 1 Assista às aulas
• O que é a fase da conscientização, rumo à ação? AULA 1 Assista às aulas

AULA 1

Assista às aulas nos polos presenciais e também disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem para você.

Leitura Obrigatória
Leitura Obrigatória

Panorama mundial

Quando se busca a construção de uma sociedade sustentável, é importante compreender a dinâmica dos

ecossistemas e sua capacidade de absorver as alterações no meio ambiente provocadas pelo homem,

pois isso determina a qualidade de vida no planeta. Ecossistemas são unidades naturais complexas que

pois isso determina a qualidade de vida no planeta. Ecossistemas são unidades naturais complexas que basicamente se constituem de dois grandes grupos: o primeiro composto de organismos vivos e

o segundo, de seres não vivos. Porém, para a existência de um ecossistema esses dois grupos são

inseparáveis e se inter-relacionam. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011)

Ainda dentro de alguns conceitos da ecologia, encontra-se o de comunidade, em que se verifica um conjunto de seres vivos, de um mesmo ecossistema que interagem entre si. Você pode achar ainda o tema de diversidade biótica, que consiste na variedade de espécies e organismos de uma comunidade.

De toda forma, a natureza age em todos os tempos e espaços a fim de proporcionar o equilíbrio, essencial para a manutenção da vida no planeta. A atuação do ser humano, no entanto, vem sendo caracterizada para o desarranjo e a desarmonia, trazendo por isso, inúmeras e funestas consequências.

O desenvolvimento das sociedades humanas, sobretudo o que prosseguiu à Era Industrial, moldou um

modelo econômico de caráter predatório para os sistemas ambientais, isto é, criou-se uma dinâmica de exploração não sustentável dos recursos naturais, de modo a levá-los, futuramente, ao esgotamento.

A Avaliação Ecossistêmica do Milênio (AEM), publicada pela Organização das Nações Unidas (ONU),

apresentava em 2005, através de 1.360 cientistas, as consequências da atuação do homem na natureza de maneira não planejada. Esses mesmos cientistas, ao fazerem essa análise, traçam sugestões para uma forma de produção e consumo de maneira mais sustentável. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011).

Dentre os problemas destacados no AEM, você encontrará em seu Livro-Texto a explicação dos seguintes itens:

• Extinção e ameaça de várias espécies.

• Pressão sobre os ecossistemas com crescimento em escala global.

• Tecnologia e conhecimento a favor do meio ambiente.

• Esforços coordenados dos diversos setores públicos e privados.

Em especial, a partir do século XX, segundo a ONU, o homem realizou modificações rápidas e extensivas nos ecossistemas. Isso ocorreu especialmente pela reorganização da forma de vida, fazendo com que a demanda por alimento, vestuário, mobiliário aumentassem em uma escala que a natureza não comportasse. Não apenas por esse motivo, mas também pelo fato de o ser humano se preocupar apenas com a extração de bens e matérias do meio ambiente sem repô-los, dando um gap (intervalo) muito grande entre a extração e sua reposição.

Além desse diagnóstico a AEM pôs em circulação o conceito de serviços ambientais, conforme você

encontrará no Livro-Texto. Esses serviços, no entanto, encontram-se prejudicados pela atuação do homem. Ou seja,

encontrará no Livro-Texto. Esses serviços, no entanto, encontram-se prejudicados pela atuação do homem. Ou seja, a natureza que beneficia o homem, não dá conta de produzir seus serviços resultantes da interação de seus ecossistemas.

Alguns desses serviços são: serviços de suporte, como produção de oxigênio, erosão natural; serviços de provisão, como água doce e combustíveis; serviços reguladores, como de clima e enchentes. Há ainda uma quarta categoria de serviço criada para a manutenção dos demais: serviços culturais, como valores estéticos, espirituais, entre outros.

Como você já compreendeu, o planeta tem sofrido enormemente devido à atuação não planejada,

predatória e exclusivamente extrativista do homem ao longo dos últimos anos. Com essa mentalidade,

o ser humano acarretou para si e para outras espécies desastres ambientais, tais como terremotos e

tsunami. A título de exemplo, prevê-se que até o final do século XXI a temperatura da Terra aumente entre 1,8°C a 4°C. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011). Verifica-se também segundo Ward apud CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. da; PEREIRA, A. C. (2011) que durante os últimos 35 anos, quatro espécies por dia deixaram de existir em nosso país. É possível afirmar, diante do descobrimento recente de novas espécies, que se pode chegar ao nível de extinção de espécies que sequer foram conhecidas e dadas como existentes.

Tal conduta, que envolve a emissão de gases poluentes (como o gás carbônico, o metano e o óxido

nitroso), o uso ambientalmente irresponsável de meios de transporte, a prática de uma agricultura nociva ao meio ambiente etc., que provocam, dentre outros problemas, alterações climáticas de sério risco à sobrevivência dos seres vivos na Terra. Isso faz com que alguns países tenham que buscar alternativas para a sobrevivência da sua população, uma vez que algumas atividades, como a agricultura, sofrem com mudanças repentinas no clima ou no constante aumento de temperatura e consequentemente mudança na quantidade e momentos das chuvas e causados pelo aumento desses gases que contribuem para

o efeito estufa (algo benéfico desde que equilibrado). O desequilíbrio gerado na agricultura de alguns países é fator chave para decidir se a população passará ou não fome, bem como quais alternativas terão que ser encontradas para fontes alternativas de alimentos e de renda.

A civilização atual ainda não encontrou formas inteligentes de reduzir a emissão de gases do efeito estufa. A maior ameaça que enfrentamos hoje é a negação da situação insustentável em que vivemos. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011)

Alguns organismos internacionais, como a ONU, têm se mobilizado e dado grandes contribuições nessa área. O Protocolo de Quioto, por exemplo, é fruto de debates e fóruns internacionais na tentativa de uma mudança e do firmamento do compromisso entre nações para um crescimento mais sustentável.

Embora haja a necessidade sempre do esforço internacional, nacionalmente os diversos setores que compõe o país devem se movimentar a fim de criarem normais, leis, bem como modificar as relações

do homem com o ambiente e por conta disso, tentar diminuir os prejuízos causados diariamente

do homem com o ambiente e por conta disso, tentar diminuir os prejuízos causados diariamente em benefício do comércio e da indústria não planejada.

Por todos esses fatores, faz-se necessária a disseminação dos conhecimentos sobre a preservação do meio ambiente e sobre os meios para se agir, de maneira concreta e possível, em prol da sustentabilidade, a fim de que você possa em sua atuação pessoal e profissional, apresentar alternativas e atitudes que visam à colaboração com a manutenção do planeta.

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para responder as questões seguintes leia o capítulo 1
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para responder as questões seguintes leia o capítulo 1
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para responder as questões seguintes leia o capítulo 1

Agora é a sua vez

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para responder as questões seguintes leia o capítulo 1 do

INSTRUÇÕES

Para responder as questões seguintes leia o capítulo 1 do Livro-Texto. Nele, você encontrará as definições dos principais conceitos para que possa se embasar na hora de discutir com seus colegas. O professor EAD dará as instruções sobre quais questões serão avaliativas e devem ser postadas no ambiente virtual de aprendizagem.

PONTO DE PARTIDA

Você já conhece as metas do milênio, que foram divulgadas em vários meios de comunicação. A partir dessas oito metas, construa em grupo um documento com justificativas de quais metas são prioridade para o desenvolvimento da região onde você mora.

Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu!

Questão 1
Questão 1

Defina com as suas palavras o que é Efeito Estufa. A partir de sua definição responda: ele é prejudicial ou benéfico à vida humana? Justifique.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 2
Questão 2

Assinale a(s) alternativa(s) que corresponde ao texto abaixo.

Segundo CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C. (2011), na visão da ONU, o homem realizou, a partir da segunda metade do século XX, modificações rápidas e extensivas nos ecossistemas numa intensidade maior e impossível de ser comparada com outros períodos da história da comunidade. Na maioria das vezes, isso ocorreu devido à:

a) Necessidade de atender a demandas crescentes

de alimentos.

b) Necessidade de desenvolvimento educacional.

c) Necessidade de água doce.

d) Necessidade de planejamento sustentável.

e) Necessidade de fibras e energia.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 3
Questão 3

Acesse o arquivo Cartilha do uso racional da água. Disponível em: <http://www.tribosparceiros.org.br/

Biblioteca/Cartilha%20uso%20racional%20agua.

pdf>. Acesso em: 29 abr. 2011.

Nesse material, você aprenderá como se faz o cálculo de consumo de água, bem como as possibilidades de economizá-la. A partir disso, faça uma tabela relacionando seu consumo pelo período de uma semana. Em seguida, relacione quais são os hábitos em que está ocorrendo desperdício e calcule quantos litros de água você

pode economizar por semana.

Observação: você pode multiplicar o resultado por 4,5 para ter quantos litros de água você economizará durante o mês. Com esse dado pegue sua última conta de água e calcule quanto de dinheiro você começará a economizar todos os meses.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 4
Questão 4

Quais são os gases que compõem o efeito estufa?

a) Gás carbônico; Hélio; Metano.

b) Óxido nitroso; Metano; Butano.

c) Dióxido de carbono; Xenônio; Nitrogênio.

d) Gás carbônico; Metano; Óxido nitroso.

e) Argônio; Hélio; Metano.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 5
Questão 5

Acesse o site do CEMPRE – Compromisso Empresarial para Reciclagem – Serviços e Fichas Técnicas. Disponível em: <http://www.cempre.org. br>. Acesso em: 29 abr. 2011.

Agora, pesquise:

a) Quais são os tipos de material que podem ser

vendidos para a reciclagem?

b) Que tipos de produtos podem ser feitos a partir

b) Que tipos de produtos podem ser feitos a partir desses materiais recicláveis? Verifique seu desempenho

desses materiais recicláveis?

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão6
Questão6

O Pacto Global foi anunciado no Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos (Suíça), em 1999. O pacto prevê a adoção de dez princípios relacionados aos direitos humanos, ao trabalho, ao meio ambiente e à corrupção. Assinale a alternativa que melhor relaciona os princípios às suas áreas correspondentes. Adote: Direitos Humanos (DH); Direitos do Trabalho (DT); Proteção Ambiental (PA); Corrupção (C).

I. Apoiar

uma

abordagem

de

associação

no

trabalho.

II. Impedir violações de direitos humanos.

 

III. Abolir o trabalho forçado.

 

IV. Eliminar

a

discriminação

no

ambiente

de

trabalho.

V. Respeitar e proteger os direitos humanos.

VI. Abolir o trabalho infantil.

VII. Combater a corrupção em todas as suas formas.

VIII. Encorajar tecnologias que não agridem o meio ambiente.

a) I-PA; II-C; III-DH; IV-DT; V-DT; VI-DH; VII-DT; VIII-C.

b) I-DH; II-DT; III-DH; IV-PA; V-DT; VI-C; VII-PA; VIII-DH.

c) I-DH; II-DT; III-DT; IV-PA; V-C; VI-DT; VII-DT;

VIII-DH. d) I-PA; II-C; III-DT; IV-DH; V-PA; VI-DH; VII-C; VIII- DT. e) I-DT; II-DH; III-DT;

VIII-DH.

d) I-PA; II-C; III-DT; IV-DH; V-PA; VI-DH; VII-C; VIII- DT.

e) I-DT; II-DH; III-DT; IV-DT; V-DH; VI-DT; VII-C; VIII-PA.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 7
Questão 7

A Organização das Nações Unidas (ONU) desenvolve alguns papéis em caráter mundial importantíssimos. Discorra sobre alguma publicação desse órgão relacionando como ele pode afetar seus hábitos de vida.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 8
Questão 8

Os serviços ambientais são os benefícios que os seres humanos obtêm da natureza e que são produzidos pelas interações que ocorrem no interior dos ecossistemas. A partir disso assinale a(s) alternativa(s) que corresponde(m) às categorias que eles foram divididos:

a) Serviços reguladores.

b) Serviços educacionais.

c) Serviços culturais.

d) Serviços ambientais.

e) Serviços econômicos.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 9
Questão 9

Diante dos sinais de mudança climática, identifique quais são as categorias e os setores que mais são afetados na região em que você reside. Aponte alternativas para diminuição desses sinais.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 10
Questão 10

Pesquise sobre o Protocolo de Quioto e assinale a alternativa que melhor corresponde à sua finalidade.

a) Regulamenta a emissão de gases.

b) Regulamenta a coleta seletiva.

c) Regulamenta a distribuição de água.

d) Regulamenta o descarte de esgoto.

e) Regulamenta o tratamento de água e esgoto.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

LINKS IMPORTANTES VÍDEOS IMPORTANTES à propaganda da WWF FINALIZANDO Quer saber mais sobre o assunto?
LINKS IMPORTANTES VÍDEOS IMPORTANTES à propaganda da WWF FINALIZANDO
LINKS IMPORTANTES
VÍDEOS IMPORTANTES
à
propaganda
da
WWF
FINALIZANDO
VÍDEOS IMPORTANTES à propaganda da WWF FINALIZANDO Quer saber mais sobre o assunto? Então: Acesse o

Quer saber mais sobre o assunto? Então:

Acesse o site Carta da Terra em Ação. Disponível em: <http://www.cartadaterrabrasil.org/prt/text. html>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nesse site, você poderá ler na íntegra a Carta da Terra, uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção de uma sociedade global justa.

Acesse o site do Pacto Global. Disponível em: <http://www.pactoglobal.org.br/>. Acesso em: 29 abr. 2011. Você terá a oportunidade de se inteirar sobre esta iniciativa desenvolvida pelo ex-secretário- geral da ONU, Kofi Annan.

desenvolvida pelo ex-secretário- geral da ONU, Kofi Annan. • Assista Brasil. Disponível em:

Assista

Brasil.

Disponível

em:

<http://www.youtube.com/

watch?v=Z9N1FX0Bmn4>. Acesso em: 29 abr. 2011. A animação mostra o prejuízo à vida,

referente aos gases emitidos pelos diversos tipos de máquinas e motores.

gases emitidos pelos diversos tipos de máquinas e motores. Neste tema, você pôde entender alguns conceitos

Neste tema, você pôde entender alguns conceitos sobre meio ambiente e fez uma breve conscientização sobre o panorama mundial ambiental. É importante que você estude sobre as diferenças entre biosfera, ecossistema e outros conceitos a fim de poder trabalhar com mais propriedade sobre este assunto.

Ao longo do tempo, você perceberá que mudanças de atitudes neste momento lhe propiciarão melhores condições de vida e de trabalho. Pense e procure sobre a importância do trabalho cooperativo e colaborativo.

Caro aluno, agora que o conteúdo desta aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos!

Tema 2 FUNDAMENTOS DA SUSTENTABILIDADE ícones: t s m u r i i n c
Tema 2
Tema 2

FUNDAMENTOS DA SUSTENTABILIDADE

ícones: t s m u r i i n c o l p w x
ícones:
t
s m
u
r i
i
n c
o
l p
w
x
y
b
x
g
d
i
k j
l
e q
f
a
z
h
Conteúdos e Habilidades
Conteúdos e Habilidades

Conteúdo

Nesta aula, você estudará:

• As principais questões que envolvem o conceito de sustentabilidade.

• As definições para sustentabilidade, a partir do conceito estabelecido pela ONU.

• O tripé da sustentabilidade, as três dimensões fundamentais para ser sustentável.

Habilidades

Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões:

• Quais são o conceito e as definições de sustentabilidade?

• O que é o conceito de sustentabilidade? Como se pode ser definida?

• Quais são os fatores críticos para a execução do desenvolvimento sustentável?

críticos para a execução do desenvolvimento sustentável? AULA 2 Assista às aulas nos polos presenciais e

AULA 2

Assista às aulas nos polos presenciais e também disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem para você.

Leitura Obrigatória Fundamentos da sustentabilidade Normalmente, quando se fala em sustentabilidade, costuma-se pensar em
Leitura Obrigatória
Leitura Obrigatória

Fundamentos da sustentabilidade

Normalmente, quando se fala em sustentabilidade, costuma-se pensar em preservação do meio am- biente. Essa associação não deixa de ser verdadeira, mas corresponde a apenas uma dimensão do conceito. Porém o conceito de sustentabilidade, bem como de desenvolvimento sustentável está mais arraigado do ponto de vista filosófico ao modo como fazemos e tomamos algumas atitudes.

Para se pensar sustentável, é necessário verificar toda a cadeia que envolve determinadas coisas, a fim de evitarmos termos ilusão daquilo que se chama sustentabilidade.

Indubitavelmente, o conceito de sustentabilidade está ancorado em três aspectos: desenvolvimento econômico, qualidade ambiental e qualidade social.

O conceito de sustentabilidade começou a ser cunhado em 1972, por meio de conferências sobre o Meio Ambiente Humano promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Anos mais tarde, na década de 1980 a ONU retomou a questão na Noruega, na Comissão Mundial de Meio Ambiente e De- senvolvimento, conhecida por Comissão Brundtland. Mais adiante novas comissões, fóruns e debates contribuíram para adoção de estratégias práticas, consequência dos movimentos anteriores já feitos.

Uma sociedade sustentável é aquela que não coloca em risco os recursos naturais – água, solo, vida vegetal, ar – do qual depende. Assim, o desenvolvimento sustentável é o modelo de desenvolvimento que segue esses princípios. É diferente, portanto, do modelo tradicional de desenvolvimento, que se baseia exclusivamente em aspectos econômicos, tais como o aumento da produção e consumo. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C. , 2011)

Partindo disso, você começa a entender que quando se fala em sustentabilidade busca-se o desen- volvimento que seja viável e que permita a manutenção da máquina econômica, ou seja, que permita que as empresas continuem produzindo e fazendo com isso que mais empregos sejam gerados. A partir do momento que continuam produzindo, porém, necessitam de mais matéria-prima e recursos como energia, algo que acarreta ao meio ambiente. Dessa forma, necessita-se de pensar em continuar o re- querimento desses recursos sem o prejuízo ambiental. Esse modelo simplifica esse tripé: econômico, social e ambiental.

No Livro-Texto, você poderá encontrar mais informações sobre como essa suscitação de conceitos pas-

sou para um plano de ação mais amadurecido e fortalecido, passando inclusive pelo nosso país

sou para um plano de ação mais amadurecido e fortalecido, passando inclusive pelo nosso país em uma importante conferência denominada Rio-92 ou Eco-92.

O que é importante entender é que um desenvolvimento sustentável para ser pleno não pode ser reali- zado pelo cidadão comum, empresas e setor púbico, de maneira isolada. Pelo contrário, é necessário um amadurecimento por parte da gestão como um todo, a fim de se começar a pensar em um modelo que permita a participação de todos em tudo, ou que pelo menos seus interesses individuais e suas necessidades sejam consideradas quanto a necessidade de decisões e atitudes.

A satisfação das necessidades e aspirações humanas é o principal objetivo do de- senvolvimento. As necessidades essenciais de um grande número de pessoas nos países em desenvolvimento por comida, roupas, habitação e emprego não têm sido atendidas e, mais do que necessidades básicas essas pessoas têm aspirações legíti- mas pela melhoria da qualidade de vida. Um mundo onde a pobreza e a iniquidade são endêmicas sempre estará sujeito a crises ecológicas e a crises de outra natureza. O desenvolvimento sustentável requer o atendimento das necessidades básicas de todos e a extensão a todos das oportunidades de satisfazer suas aspirações de uma vida melhor. (BRUNDTLAND apud CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C. , 2011)

Sem dúvida de que para um desenvolvimento integrado entres os três aspectos já apresentados e das necessidades latentes existentes em específico em cada um desses três aspectos sugere a necessi- dade de líderes e formadores, os quais se denominam stakeholders.

Esse termo foi cunhado em 1984 pelo filósofo Edward Freeman e caracteriza os seres que são afetados pelo desempenho de uma organização. Nesse sentido, encontramos no Livro-Texto três tipos de stake- holders: internos – empregados, por exemplo; da cadeira de valor – fornecedores e clientes; externos – comunidades, órgãos públicos, imprensa, entre outros. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011)

Para o sucesso de qualquer projeto a participação dos stakeholders é importante. Em se tratando de uma mudança de paradigma a participação é fundamental, pois trabalharão com informação comparti- lhada, servindo de consulta, participação nos processos de decisão, além da conquista do engajamento de outros.

Além de projetos sustentáveis, os stakeholders contribuem para aplicação e movimentação em investi- mento social privado. Cada vez mais as empresas percebem sua função social além da fabricação de produtos ou da venda de serviços. Elas começam a perceber ainda de maneira tímida sua responsabi- lidade perante a sociedade, uma vez que extrai do ambiente a matéria-prima para seu produto final e também devolve à comunidade um produto pronto.

Com isso, algumas empresas investem na Responsabilidade Social Empresarial (RSE) que, segundo o Instituo Ethos,

Com isso, algumas empresas investem na Responsabilidade Social Empresarial (RSE) que, segundo

o Instituo Ethos, abrange duas dimensões: uma, da relação ética e transparente com todos os públicos com os quais se relaciona e outra, estabelecendo metas empresarias que impulsionam o desenvolvi- mento sustentável da sociedade e a preservação ambiental e cultural. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C., 2011)

É preciso, no entanto, que você não confunda RSE com filantropia. Apesar de ter nascido dela, RSE

trata-se do compromisso que as empresas percebem ter perante a sociedade e por isso, não fazem um favor, mas promulgam o desenvolvimento integral social.

No Brasil, esse tipo de trabalho é ainda pouco divulgado e/ou desenvolvido, porém mais difícil ainda

é ter uma forma concreta de sua mensuração. É possível, segundo o Livro-Texto, buscar classificar o

que está sendo desenvolvido dentro do tripé da sustentabilidade, a fim de se saber os avanços que os órgãos estão fazendo a respeito. Verifique, em seu Livro-Texto, o Índice de Sustentabilidade Empre- sarial (ISE), Dow Jones Sustainability Indes World (DJSI), Balanço Social Ibase/Betinho entre outros.

Por fim, você deve entender sobre os fatores críticos para a sustentabilidade que versam sobre go- vernança corporativa, em que diversas áreas externas da empresa se correlacionam para um objetivo comum, além do consumo responsável e o planejamento na produção e distribuição de bens e serviços.

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para realizar estas atividades leia previamente o capítulo 1
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para realizar estas atividades leia previamente o capítulo 1
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Para realizar estas atividades leia previamente o capítulo 1

Agora é a sua vez

INSTRUÇÕES

Para realizar estas atividades leia previamente o capítulo 1 do Livro-Texto. Atente-se às orientações do professor EAD para saber quais questões serão desenvolvidas individualmente e quais serão em grupo. Aprofunde seu conhecimento discutindo conceitos e visões a respeito do assunto com seus colegas de sala.

PONTO DE PARTIDA

Reúna-se em grupo, procure fazer uma lista das atividades que vocês desenvolvem semanalmente. Após a elaboração dessa lista, identifique quais atividades estão ligadas às práticas sustentáveis. Depois dessa etapa, marque quais atividades que podem se tornar sustentáveis e justifique de que forma.

Você pode montar junto de sua sala um documento que firme o compromisso para práticas sustentáveis no polo de sua região que deverá ser cumprido até o final de sua graduação.

Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu!

Questão 1
Questão 1

Qual é alternativa que melhor representa as dimensões do tripé da sustentabilidade?

a) Local, global e glocal.

b) Social, filantrópica e ambiental.

c) Pluvial, Eólica e Aérea.

d) Econômica, ambiental e social.

e) Econômica, industrial e empresarial.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 2
Questão 2

Leia o texto extraído do Livro-Texto:

“Numa perspectiva mais ampla, são considerados stakeholders os cidadãos beneficiados pelo desenvolvimento, incluindo pessoas de baixa renda, grupos como mulheres, crianças, grupos étnicos e religiosos e as comunidades complexas nas quais elas vivem”.

A partir dessa definição, você se considera um stakeholder? Justifique sua resposta com elementos do texto.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 3
Questão 3

Após a leitura do Livro-Texto e da seção Por dentro do tema deste caderno, defina com suas palavras o conceito de sustentabilidade.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 4
Questão 4

Assinale a alternativa que corresponde à empresa que não se foca na diminuição da desigualdade, perante a impossibilidade do Estado de atender às demandas sociais.

a) Instituto Ethos.

b) Instituto

Brasileiro

Econômicas.

de

Análises

Sociais

e

c) Ministério do Meio Ambiente.

d) Grupo de Institutos, Fundações e Empresas – GIFE.

e) Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável – CEBDS.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 5
Questão 5

Referente às afirmações sobre os indicadores de sustentabilidade empresarial.

I. São ferramentas de diagnóstico adotadas por empresas.

II. Servem para gerencias os impactos de riscos sociais e ambientais.

III. Permite a análise de gastos com mão de obra especializada.

IV. Indica o que o setor público tem feito a favor da sustentabilidade.

V. Permite a análise de práticas sustentáveis.

Estão corretas as afirmativas:

de práticas sustentáveis. Estão corretas as afirmativas: a) I, II, III e IV. b) I, II,

a) I, II, III e IV.

b) I, II, III.

c) I, III e V.

d) I, II, V.

e) I, II, IV e V.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão6
Questão6

Leia o seguinte texto:

“A iniquidade do acesso a recursos naturais leva, por exemplo, a que os ricos tenham acesso mais fácil à água e à energia do que os pobres. Em vários países em desenvolvimento, os pobres pagam de cinco a dez vezes mais pela água encanada do que as camadas mais ricas da população.”

Após a leitura, reflita e responda: você acredita que essa informação é verdadeira? Conhece quais são os valores que estão embutidos em sua conta de água? Aponte uma alternativa para que esse problema seja resolvido.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 7
Questão 7

Suponha que você esteja na fase de elaboração de um Plano de Negócios (documento utilizado por setores administrativos para planejar produtos que ainda não estão no mercado). Você pretende desenvolver um produto para área de cosméticos

(cremes), porém deseja que pelo menos 70% do produto final tenha sido fruto do desenvolvimento

(cremes), porém deseja que pelo menos 70% do produto final tenha sido fruto do desenvolvimento sustentável. Quais são alternativas que você apontaria para conseguir isso?

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 8
Questão 8

Indique a(s) alternativa(s) que melhor corresponde ao conceito de Governança Corporativa:

a) Modo de organização da empresa em hierarquias, cujos cargos de grande responsabilidade são escolhidos por voto.

b) Sistema pelo qual as organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas.

c) Modo de governar as empresas como setor público, dividindo-se o poder em três.

d) Privatização das empresas do setor público para controle da administração.

e) Envolve o relacionamento entre proprietários, conselho administrativo, diretoria e órgãos de controle.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 9
Questão 9

Você já pensou sobre o significado de Consumo Responsável? Defina com suas palavras o conceito de consumo responsável e elenque três alternativas que você mudaria em seus hábitos

de consumo. Após essa etapa, discuta com seus colegas e veja as mudanças que vocês têm em comum.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 10
Questão 10

Indique a alternativa que não corresponde ao conceito de consumo responsável.

a) A compra é apenas uma etapa do consumo.

b) Após a compra, existe o descarte do que foi consumido.

c) Tudo que é consumido pode ser reciclável.

d) É preciso decidir o que consumir e refletir sobre seu porquê.

e) Como consumir e de quem consumir, são perguntas importantes de se fazer.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: VÍDEOS IMPORTANTES • Procure sobre o
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: VÍDEOS IMPORTANTES • Procure sobre o
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: VÍDEOS IMPORTANTES • Procure sobre o
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: VÍDEOS IMPORTANTES • Procure sobre o

LINKS IMPORTANTES

LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: VÍDEOS IMPORTANTES • Procure sobre o jogo

Quer saber mais sobre o assunto? Então:

VÍDEOS IMPORTANTES
VÍDEOS IMPORTANTES

• Procure sobre o jogo Negócio sustentável. Disponível em: <http://www.negociosustentavel.com/ si/site/0001?p=jogo-de-empresas-sustentabilidade>. Acesso em: 29 abr. 2011. Trata-se de um jogo de tabuleiro que trabalha com os conceitos sustentáveis, onde para ganhar é necessária a mobilização de todos os participantes.

• Acesse o portal EcoDebate. Disponível em: <http://www.ecodebate.com.br>. Acesso em: 29 abr. 2011. O EcoDebate é um projeto sem fins lucrativos, desenvolvido para a socialização da informação socioambiental.

• Acesse o site do Ministério do Meio Ambiente e pesquise sobre a Agenda 21. Disponível em:

<www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011. Trata-se de um instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis, em diferentes bases geográficas, que concilia métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica.

• Acesse o site do Instituto Ethos. Disponível em: <http://www1.ethos.org.br/>. Acesso em: 29 abr. 2011. O Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social é uma organização sem fins lucrativos, sua missão é mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de forma socialmente responsável.

• Leia a cartilha sobre Práticas de utilização consciente da energia elétrica da CPFL energia. Disponível em: <http://www.cpfl.com.br/LinkClick.aspx?fileticket=ea0cJ3HPxOw%3d&tabid=1102 &mid=1833&language=pt-BR>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nessa cartilha, você saberá mais sobre como a energia é produzida e chega em sua casa, a fim de que possa pensar em alternativas para a economia no seu consumo.

possa pensar em alternativas para a economia no seu consumo. • Acesse ao vídeo com o

Acesse ao vídeo com o discurso de Severn Suzuki, uma menina canadense de 12 anos que representou a Organização das Crianças em Defesa do Meio Ambiente. Disponível em: <http:// www.youtube.com/watch?v=5g8cmWZOX8Q>. Acesso em: 29 abr. 2011. Esse vídeo da Conferência das Nações Unidas para o meio ambiente e o desenvolvimento, demonstra como as gerações estão se preparando para vivência no planeta.

FINALIZANDO • Neste tema, você aprendeu sobre o conceito de sustentabilidade, fundamental para que possa
FINALIZANDO • Neste tema, você aprendeu sobre o conceito de sustentabilidade, fundamental para que possa
FINALIZANDO • Neste tema, você aprendeu sobre o conceito de sustentabilidade, fundamental para que possa
FINALIZANDO • Neste tema, você aprendeu sobre o conceito de sustentabilidade, fundamental para que possa

FINALIZANDO

• Neste tema, você aprendeu sobre o conceito de sustentabilidade, fundamental para que possa entender os conceitos que surgirão nos próximos temas. Você verificou que a sustentabilidade não se dá apenas em produtos ou serviços, mas compõe uma de agir e gerir grupos, empresas, instituições e operações.

• É importante que você se lembre de sempre que esse conceito é baseado no tripé: econômico, social e ambiental. Apenas com o equilíbrio dessas três partes será possível avançar sobre esse conceito e desenvolver hábitos nele pautados.

Caro aluno, agora que o conteúdo desta aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos!

Tema 3
Tema 3

INOVAÇÕES SUSTENTÁVEIS

Tema 3 INOVAÇÕES SUSTENTÁVEIS ícones: t s m u r i i n c o l
ícones: t s m u r i i n c o l p w x
ícones:
t
s m
u
r i
i
n c
o
l p
w
x
y
b
x
g
d
i
k j
l
e q
f
a
z
h
Conteúdos e Habilidades
Conteúdos e Habilidades

Conteúdo

Nesta aula, você estudará:

• A organização da Nova Economia (ou Economia Verde) para que o desenvolvimento sustentável seja possível.

• Os três elementos fundamentais para a quebra de resistência em relação aos paradigmas da sustentabilidade.

• A dependência do gerenciamento presente dos ambientes para o futuro do desenvolvimento sustentável.

Habilidades

Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões:

• O que é a Nova Economia ou “economia verde”?

• Como se pode alcançar efetivamente uma economia verde?

• Qual é a importância de se obter informações concretas sobre os tipos de ação que já fazem a diferença para a conquista de um desenvolvimento econômico sustentável?

a conquista de um desenvolvimento econômico sustentável? AULA 3 Assista às aulas nos polos presenciais e

AULA 3

Assista às aulas nos polos presenciais e também disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem para você.

Leitura Obrigatória Inovações sustentáveis Você está mais que acostumado a entender que quanto mais uma
Leitura Obrigatória Inovações sustentáveis Você está mais que acostumado a entender que quanto mais uma
Leitura Obrigatória
Leitura Obrigatória

Inovações sustentáveis

Você está mais que acostumado a entender que quanto mais uma empresa produz e vende melhor ela é. Além disso, já assimilou ao longo de sua vida que um dos fatores de sucesso de uma empresa ou mesmo da vida é a prosperidade, ou seja, a capacidade de acumulação de riqueza que se possui.

Ao longo de muitos anos vem se formando pessoas para acreditarem neste conceito de sucesso que se traduz em acúmulo. Ou seja, uma pessoa de sucesso é aquela que conseguiu ao longo de sua vida aplicar, investir e com isso, reter mais dinheiro.

Mas, a pergunta que você deve se fazer é se realmente isso é sucesso? O que define o sucesso? Como você sabe se tem sucesso no que faz ou nas opções que escolher?

Sem dúvida que conquistar posições melhores na empresa e na sociedade é um fator de sucesso, mas será que isso se dá apenas pelo acúmulo de riquezas? Se você pensar bem, o acúmulo de riquezas invariavelmente faz com que muitas pessoas fiquem na pobreza. Por conta disso, a pergunta que deve ser feita é: é dado o nome de sucesso a pessoa que conseguiu ao longo de sua vida deixar mais pessoas mais pobres?

Essas são as perguntas que você deverá se fazer ao longo de sua vida profissional e pessoal. Neste tema, você aprenderá sobre o conceito de economia verde e poderá ver como alguns conceitos até então tomados como certos, têm sido questionados por grandes líderes da humanidade.

Segundo o relatório Prosperity without growth? The transition to a sustainable economy (Prosperidade sem crescimento? A transição para uma nova economia sustentável), lançado em 2009, elaborado pelo professor Tim Jackson, estamos vivendo uma economia em que 2% da riqueza gerada no mundo se dá por um quinto da população, em que seu crescimento dobrou nas últimas décadas sendo que 60% do ecossistema foi degradado pela ação humana direta ou indireta. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C., 2011)

Você não pode se esquecer de que a humanidade possui recursos finitos e que por conta disso, não é possível planejar um crescimento econômico sem se levar em consideração a qualidade de vida das pessoas, em especial as de baixa renda, que são fadadas a nascer nessa condição e nela permanecerem.

O que ocorre é a percepção do “do jeito que está não dá mais”. Ao longo de alguns anos, tem-se buscado alternativas para o desenvolvimento econômico a favor da preservação ambiental e da qualidade de

vida sem desigualdade. Para isso, porém, é preciso aceitar primeiro a existência dessa Nova Economia,

vida sem desigualdade. Para isso, porém, é preciso aceitar primeiro a existência dessa Nova Economia, denominada Economia Verde.

Esse novo modelo impele às pessoas que modifiquem seus hábitos de consumo e sua relação com o planeta, buscando respostas inteligentes para os desafios da sociedade moderna. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011). Faz-se necessário que você se sinta mexido e provocado em modificar suas atitudes diárias em uma rapidez enorme. É deixar de fazer o que faz para instantaneamente introduzir para si novos hábitos de vida.

Você acompanhou em meados de 2008 e 2009 a crise porque passou os Estados Unidos da América por possuir um pensamento de acúmulo de riqueza sem planejamento. Ocorreu que suas fontes financeiras captaram recursos de várias partes do mundo e ofereceram financiamentos de alto risco às famílias sem renda, que por consequência lógica não conseguiram arcar com o compromisso, gerando um problema em cadeia.

Nesse novo modelo econômico, além do investimento em planejamento e desenvolvimento sustentável, há espaço para a inovação e a criatividade. Dessa forma, tem se aberto espaço para profissionais que conseguem captar e desenvolver formas de se reinventar alguns processos de produção seja pela substituição da matéria-prima, ou por outras questões.

Para que não se chegue a um colapso é necessário urgentemente, rever esse modelo econômico para uma formação mais colaborativa, cooperativa que olha para dentro da própria cadeia, ou seja, para todos os envolvidos, para juntos conseguirem enxergar possibilidades.

Grosso modo, pode-se fazer uma metáfora dizendo que em um prédio há seis lojas que se concorrem enormemente a ponto de prejudicarem umas as outras sempre que possível, ao perceberem que o prédio em que estão instaladas possui problemas e pode cair, resolver “deixar as diferenças de lado” para juntas acharem uma solução boa para todas.

O profissional dessa nova economia é aquele que está preparado para enxergar novas soluções, promover ajustes, fazer pesquisa em outras áreas do conhecimento, criar oportunidades sustentáveis, recuperar e promover a harmonia com o meio ambiente e dialogar com diferentes instâncias privadas e públicas para solução de problemas micro e macro.

Com um ranço muito grande da Era Industrial já relatado anteriormente, através de sua característica principal de acúmulo, afirma Peter Senge apud Carbonari et al. (2011) que “a mudança da Era Industrial para um modelo econômico em que a sustentabilidade paute todas as atividades depende de pequenas mudanças de atitude e de ideias inovadoras”.

Contudo todas essas questões devem ser pensadas por todos, lembrando-se que é mais difícil alguém enxergar uma solução sustentável quando não possui nem condições básicas de vida, como geladeira, fogão, luz elétrica e saneamento básico em sua casa.

Trata-se de uma questão urgente, lidar com todos os problemas e achar soluções de curto,

Trata-se de uma questão urgente, lidar com todos os problemas e achar soluções de curto, médio e longo prazo. Para isso, você deve estar preparado para entender este novo conceito profissional dos Empregos Verdes, que não se trata de empregos com produtos voltados para a natureza, mas do pensar profissional voltada para aplicações práticas ambientais e sustentáveis.

Esse novo profissional, independente de sua área de atuação, deverá entender-se como um gestor

integrador de diversas áreas e, por isso, desenvolver sua visão sistêmica, que consiste em olhar para a realidade como um sistema e suas complexidades. Olveira apud Carbonari et al. (2011) define “sistema

é um conjunto de partes integrantes e interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário com determinado objetivo e efetuam determinada função”.

Para que isso ocorra, no entanto, é necessário se dispor a enxergar as coisas com outros olhos, sob uma ótica de grupo, de uma consciência coletiva. E, para isso, a Educação é um fator chave para a afirmação dessa Nova Economia, uma vez que permite o desenvolvimento natural de novas gerações e

o despertar de novos olhares para os mesmos objetos.

Através da Educação, os objetivos de longo prazo podem ser cumpridos com mais lassidão, uma vez que vão se construindo novos hábitos de vida, de consumo e produção.

As instituições de ensino devem entender seu papel dentro do conceito de sustentabilidade não de uma educação sobre coleta seletiva de lixo ou do plantio e poda de plantas e jardins, mas de preparação de crianças, jovens e adultos para essa nova concepção de vida e modelo de civilização. Sendo assim a educação nem meio, nem fim, mas os dois simultaneamente “não é só via crucial para o futuro, como também é parte integrante e razão de ser desse futuro” (In: CARBONARI NETO; CARBONARI; DEMO,

2009).

Para esse desenvolvimento que implica, necessariamente, no diálogo com as várias áreas do conhecimento, ciência e tecnologia podem ser grandes aliadas, a fim de, na cooperação, delinear estratégias para a mudança da lógica de inovação, até hoje voltadas para a lógica econômica tradicional. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C., 2011).

E, no desenvolvimento dessa Nova Economia, conceitos de colaboração também devem ser incorporados advindos e exemplificados principalmente pelas redes sociais, conhecidas principalmente através da internet.

Outro conceito fundamental é o de planejamento participativo, que apesar das muitas críticas, tem conseguido se estabelecer em alguns locais. Ele consiste, segundo Carbonari et al. (2011), em ações coletivas para a mudança da realidade já instaurada, direta ou indiretamente por todos.

Perceba pela observação do comportamento de algumas empresas que os consumidores têm preferido pagar mais por produtos que causam menor impacto ambiental. Aos poucos os consumidores estão modificando profundamente o modo como as empresas e as indústrias estavam organizadas.

Lembre-se que tudo pode ser modificado e melhorado segundo as necessidades humanas, econômicas e sociais

Lembre-se que tudo pode ser modificado e melhorado segundo as necessidades humanas, econômicas e sociais que compõem o tripé da sustentabilidade. É necessário, portanto, que você esteja receptivo e seja um representante desta Economia Verde, a fim de poder, conquistar com mais facilidade, seu lugar no mercado de trabalho.

Afinal, importantes iniciativas vêm acontecendo no campo da produção industrial, como o uso de “tecnologias limpas” para capturar e armazenar carbono; a exploração da luz solar como fonte de energia (renovável); o desenvolvimento do biocombustível. Muitas delas encontram-se em fase experimental, mas são bem-vindas como tentativas de assegurar a sustentabilidade do planeta e precisam de pessoas para torná-las usuais.

Conheço muitos que não puderam quando deviam, porque não quiseram quando podiam.

(Fraçois Rabelais).

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia atentamente o capítulo 3 do Livro-Texto preocupando-se em
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia atentamente o capítulo 3 do Livro-Texto preocupando-se em
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia atentamente o capítulo 3 do Livro-Texto preocupando-se em

Agora é a sua vez

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia atentamente o capítulo 3 do Livro-Texto preocupando-se em entender

INSTRUÇÕES

Leia atentamente o capítulo 3 do Livro-Texto preocupando-se em entender os conceitos nele apresentados. Após o entendimento pleno, ocorrido por meio do diálogo com seus colegas, responda às questões segundo as orientações do professor EAD. Lembre-se que ele indicará quais questões serão avaliativas e devem ser postadas no ambiente virtual de aprendizagem.

PONTO DE PARTIDA

Existem algumas características que apontam as diferenças existentes nos modelos de negócio sustentáveis e os da economia tradicional. Indique como você identifica um negócio sustentável. Após isso, exemplifique dois negócios que têm potencial para se tornarem sustentável, justificando sua resposta.

Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu!

Questão 1
Questão 1

Leia a frase: “o princípio fundamental para a existência de um mundo sustentável é que a vida crie condições para a vida”. Aponte a alternativa que corresponde ao entendimento sugerido:

a) As divisões sociais sempre existirão, lutar para que não haja miséria é inútil.

b) A fome é algo que mata. Porém, não é possível fazer nada para ela se extinguir.

c) O maior problema é que as pessoas não se engajam umas com as outras para poder fazer mudar o que está posto. Não é possível fazer nada sozinho.

d) Ainda que haja diferenças sociais entre as pessoas, é necessário criarmos mecanismos de autonomia social e econômica para os indivíduos.

e) Devemos continuar a não fazer manutenção nas redes de água, sem nos preocupar se as mesmas estão com vazamento.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 2
Questão 2

Acesse o site da Pegada ecológica, no site da WWF. Disponível em: <http://www.wwf.org.br/ wwf_brasil/pegada_ecologica/calculadora>. Acesso em: 29 abr. 2011. Dentro do site há um espaço para o cálculo da sua “pegada ecológica”. Calcule-a e saiba o quanto você utiliza de recursos

da natureza para sustentar seu estilo de vida. Feito

o cálculo, registre-o por escrito e descreva como você pode começar a alterar seus hábitos para preservar o planeta.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 3
Questão 3

Leia o trecho do Livro-Texto a seguir para responder

a questão.

Conforme defende Peter Senge “a mudança da

Era Industrial para um modelo econômico em que a sustentabilidade paute todas as atividades depende de pequenas mudanças de atitude e de ideias inovadoras. Para ele, a transição já está ocorrendo – embora muitas crenças e valores vinculados à sustentabilidade continuem relegados a uma posição secundária em boa parte do planeta”.

A partir do trecho lido, relate suas experiências pessoais e profissionais que indicam que essa transição econômica já está ocorrendo, como salienta Peter Senge.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 4
Questão 4

Conforme afirma Peter Senge, há dilemas diários que tornam o paradigma da Nova Economia possível ou não. Ou seja, por meio de algumas decisões sobre as nossas atitudes e pensamentos, vamos incorporando aos poucos esse novo modelo econômico, que permitirá o desenvolvimento nessas e nas futuras gerações a capacidade de colocar em prática e de forma plena o conceito de sustentabilidade. Alguns conceitos, no entanto, estão arraigados no nosso cotidiano e são tomados como verdades absolutas. Assinale a alternativa que não é considera uma verdade absoluta pela maioria da população:

a) Energia é infinita e barata.

b) Sempre existirá um lugar para jogar o lixo.

c) Nossas atitudes não impactam na vida de outros seres.

d) Os seres humanos são seres especiais.

de outros seres. d) Os seres humanos são seres especiais. e) A água é um recurso

e) A água é um recurso finito e extremamente caro.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 5
Questão 5

Algo que está muito em voga ultimamente é a geração de empregos verdes. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), há quatro grandes desafios porque a economia passa para a geração destes tipos de emprego. Aponte a alternativa que não corresponde a nenhum desses desafios.

a) Necessidade de ampliação da geração de empregos verdes.

b)

Busca

por

benefícios

para

pessoas

empregadas.

 

c)

Transformação de empregos existentes.

 

d)

Eliminação de certos tipos de empregos.

e)

Substituição de empregos que não contribuem para a sustentabilidade.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão6
Questão6

Paulo Freire serve de base para o Livro-Texto, para que os autores desenvolvam o tema Educação para a sustentabilidade. Freire foi um educador brasileiro de destaque internacional. Sua obra versa, principalmente sobre a desigualdade social. Nessa perspectiva, leia o seguinte trecho sobre

Educação como “um processo através do qual os seres humanos e sociedade podem alcançar seu

Educação como “um processo através do qual os seres humanos e sociedade podem alcançar seu potencial mais elevado, o conceito de Educação na sustentabilidade se delineia como uma nova perspectiva educacional que procura integrar todas as pessoas para que elas assumam a responsabilidade de criar um futuro sustentável”.

A partir desse trecho defina qual é a sua responsabilidade diante deste curso, a fim de torná-lo em sua prática, mais sustentável. Aponte alternativas que viabilizem esse conceito em sua graduação.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 7
Questão 7

Identifique o consumo de energia elétrica de seus aparelhos de casa. Identifique também quais possuem o selo de eficiência Inmetro/Procel e quais não possuem. Faça uma tabela de consumo semanal desses aparelhos identificando quais representam mais gastos em sua conta de energia elétrica. Aponte soluções para a diminuição de consumo e consequentemente economia na conta de energia elétrica

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 8
Questão 8

Para a utilização da definição de emprego verde, os autores do Livro-Texto faz uso de Van Jones

(2009). Segundo esse autor, um emprego verde é aquele que não contribui para:

a) Diminuição da oferta de vagas.

b) Preservar a qualidade de vida do colaborador.

c) Preservar o meio ambiente.

d) Melhorar o meio ambiente.

e) Melhorar a qualidade de vida do colaborador

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 9
Questão 9

A sociedade atual tem exigido bastante da inovação e tecnologia para a criação e adaptação de ferramentas e alternativas para conseguir frear os impactos que certos programas têm criado como mudanças climáticas, ambientais, extinção de espécies. Diante desse cenário, você acredita estar preparado para contribuir, enquanto profissional? Quais são as leituras que você têm feito para se preparar e atuar no mercado? Além disso, quais são as redes sociais que você tem participado para ampliar o seu conhecimento sobre essa área?

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 10
Questão 10

Você leu no capítulo 3 do Livro-Texto sobre a importância da visão sistêmica em uma gestão integrada. Percebeu que esse sistema contribui

para o cumprimento do desenvolvimento sustentável pleno. Assinale a alternativa que melhor corresponde à conceituação de visão sistêmica.

a) Olhar para a realidade seccionando-a por partes afins.

b) Olhar para a realidade agrupando assuntos segundo ordens de prioridade.

c) Olhar para a realidade como um conjunto de partes que se integram e se interagem.

d) Olhar para a realidade trabalhando o raciocínio do mais complexo ao mais simples.

e) Olhar para a realidade partindo do concreto para a abstração.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

realidade partindo do concreto para a abstração. Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao
LINKS IMPORTANTES VÍDEOS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Siga no Twitter
LINKS IMPORTANTES VÍDEOS IMPORTANTES
LINKS IMPORTANTES
VÍDEOS IMPORTANTES
LINKS IMPORTANTES VÍDEOS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Siga no Twitter a

Quer saber mais sobre o assunto? Então:

• Siga no Twitter a 3M Inovação através do perfil @3minovacao. A empresa posta links interessantes sobre tecnologia e inovação voltados para a área verde.

• Leia o artigo Planejamento Participativo E Desenvolvimento Regional Sustentável: Uma análise do método aplicado na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), de Ronald da Conceição e Blas Nuñes. Disponível em: <http://www.usp.br/fau/eventos/paisagemeparticipacao/poderpublico/A03_ pd_rmc.pdf>. Acesso em: 29 abr. 2011. Esse artigo tem o objetivo de contribuir com a discussão analítica sobre o processo de planejamento participativo relacionado ao desenvolvimento regional sustentável.

• Leia o artigo Linha de desmontagem. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/301209/5-logistica- reversa-linha-desmontagem-p-246.shtml>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nesse artigo, você conhecerá algumas formas de trabalho da logística reversa, que consiste em devolver produtos obsoletos à empresa de origem para que esta financie os custos de reciclagem.

• Leia o livro As três ecologias, de Felix Guattari. O livro tem o intuito de analisar as relações dos seres humanos com nosso meio ambiente. Para Guattari, seria necessária uma autêntica revolução política, social e cultural que servisse para reorientar os objetivos do modo de produção de bens materiais e imateriais.

do modo de produção de bens materiais e imateriais. • Assista a um trecho do filme

Assista a um trecho do filme Uma verdade inconveniente. Disponível em: <http://www.youtube. com/watch?v=6xjjZsArLfY&feature=related>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nesse documentário, Al Gore trabalha dados estatísticos para provar a urgência de mudanças na postura sobre nosso planeta.

FINALIZANDO Neste tema, você pôde compreender a importância de entender o conceito dessa Nova Economia,
FINALIZANDO Neste tema, você pôde compreender a importância de entender o conceito dessa Nova Economia,
FINALIZANDO Neste tema, você pôde compreender a importância de entender o conceito dessa Nova Economia,

FINALIZANDO

FINALIZANDO Neste tema, você pôde compreender a importância de entender o conceito dessa Nova Economia, que

Neste tema, você pôde compreender a importância de entender o conceito dessa Nova Economia, que trabalha com diversos atores dentro da cadeia de produção de uma empresa, incluindo, consumidores, fornecedores, colaboradores, entre outros.

Agora, você reúne informações para pensar profissionalmente sobre o cumprimento do compromisso com o tripé da sustentabilidade: econômico, social e ambiental.

Caro aluno, agora que o conteúdo desta aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos!

Tema 4 SUSTENTABILIDADE NO MUNDO CORPORATIVO ícones: t s m u r i i n
Tema 4
Tema 4

SUSTENTABILIDADE NO MUNDO CORPORATIVO

ícones: t s m u r i i n c o l p w x
ícones:
t
s
m
u
r
i
i
n c
o
l p
w
x
y
b
x
g
d
i
k j
l
e q
f
a
z
h
Conteúdos e Habilidades
Conteúdos e Habilidades

Conteúdo

Nesta aula, você estudará:

• A postura que os gestores e os colaboradores devem assumir para que seu modelo de negócios se adapte à nova economia sustentável.

• Os cinco estágios por que passam as empresas em busca de adequação ao desenvolvimento sustentável.

• O perfil do empreendedor da sustentabilidade.

Habilidades

Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões:

• Quais são os cinco estágios por que uma empresa tem que passar para obter desenvolvimento sustentável?

• Quais são as competências, habilidades e atitudes dos profissionais da sustentabilidade, necessárias a um líder?

• Qual é o perfil do empreendedor da sustentabilidade?

• Qual é o perfil do empreendedor da sustentabilidade? AULA 4 Assista às aulas nos polos

AULA 4

Assista às aulas nos polos presenciais e também disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem para você.

Leitura Obrigatória Sustentabilidade no mundo corporativo Você já deve ter se perguntado ao longo dessa
Leitura Obrigatória
Leitura Obrigatória

Sustentabilidade no mundo corporativo

Leitura Obrigatória Sustentabilidade no mundo corporativo Você já deve ter se perguntado ao longo dessa disciplina,

Você já deve ter se perguntado ao longo dessa disciplina, como as empresas e algumas instituições devem caminhar a partir desses conceitos e pilares que pautam a sustentabilidade. Será que começar tudo de novo é uma alternativa?

Sem dúvida que não, as empresas e instituições (como escolas, locais religiosos e outros) devem se preocupar com o tripé da sustentabilidade, levando-se em consideração, a priori, a sua atuação local. Ou seja, em vez de pensar em soluções para o planeta todo, deve-se ter o cuidado de como é possível atuar no próprio bairro, com as pessoas e empresas que lá se encontram.

É importante que para isso ocorrer haja um planejamento estruturado das ações presentes e futuras que se pretende fazer, a fim de que se possa agir com mais assertividade tanto do ponto de vista dos objetivos, quanto da conquista desses stakeholders.

O desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem suas próprias necessidades. Em outras palavras, é o equilíbrio da convivência entre o homem e o meio ambiente. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011).

A palavra de ordem desse novo paradigma é equilibro, seja entre as pessoas, entre homem e meio ambiente, mas entre todos que participam dessa engrenagem diária que faz girar a civilização e a economia, como um todo.

Para que isso ocorra é necessário que as empresas e instituições ouçam seus colaboradores, detectando suas necessidades de qualidade de vida, bem-estar, e verificando no que ela pode, em sua razão de existir, contribuir para uma forma de vida melhor, cumprindo sua atuação social enquanto órgão. Como salienta Carbonari et al. (2011), “uma organização com ou sem fins lucrativos deve agir de maneira socialmente responsável, de modo a atender os interesses de todos os seus principais stakeholders”.

Para o desenvolvimento econômico, no entanto, em específico para as empresas torna-se necessário a mensuração de todos os investimentos, bem como de seus retornos. Isso é preciso para provar que a empresa continuará crescendo e mantendo seus colaboradores, uma vez que essas mudanças geram, entre outras coisas: qualidade na produção; vantagem competitiva; melhora e garantia de matéria- prima; garantia de conformidade com a lei; suporte ao crescimento da comunidade.

Para você ter uma noção melhor de como iniciar e demonstrar a empresa e a

Para você ter uma noção melhor de como iniciar e demonstrar a empresa e a importância do desenvolvimento sustentável, há o modelo à luz das diretrizes internacionais do Global Reporting Initiative (GRI), encontrado em seu Livro-Texto, que se divide em três partes às quais as empresas são convidadas a relatar: perfil; informações sobre a forma de gestão; indicadores de desempenho.

Em resumo é possível saber, segundo Carbonari et al. (2011), quando uma empresa está se desenvolvendo de maneira sustentável quando contribui direta ou indiretamente:

• Para o aumento sistemático nas concentrações de desperdícios de recursos naturais, por exemplo, metais pesados e combustíveis fósseis.

• Para o aumento sistemático nas concentrações de substâncias perigosas produzidas pela sociedade.

• Para a exploração sistemática e indiscriminada dos recursos naturais como desmatamento e pesca predatória.

• Para o abuso de poder político e/ou econômico na sociedade que prejudica a qualidade de vida.

A partir disso, é possível começar a pensar em quais atitudes a empresa, que você trabalha, participa ou gere, começará a ter para se desenvolver de maneira sustentável. Porém, lembre-se que todas as decisões devem demonstrar que a empresa está altamente comprometida e interessada em incorporar os interesses de sua cadeia de valor ao negócio. Entenda como cadeia de valor tudo o que está implícito e explícito no modo como empresas e as instituições agem para o cumprimento de seus objetivos.

Por isso, nessa nova economia é preciso redesenhar empresas circunscritas no modelo econômico tradicional, tornando a nova plataforma mais atraente e economicamente viável para a manutenção e crescimento.

No Brasil, grandes corporações nacionais e multinacionais, como Petrobrás, Vale do Rio Doce, Braskem, Bradesco, Santander e Anhanguera têm buscado desenvolver modelos de negócios com base no tripé da sustentabilidade para assegurar aos principais stakeholders retornos tangíveis (financeiro/econômico) e intangíveis (credibilidade, conhecimento, imagem, capital intelectual) de seus negócios. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z. DA; PEREIRA, A. C., 2011).

Em seu Livro-Texto, você encontrará uma explicação sobre os cinco estágios desenvolvidos por Ram Nidumolu, C. K. Prahalad e M. R. Rangaswami (2009), que as empresas podem trabalhar a inovação em seus modelos de negócios.

Estágio 1 – Conformidade com a oportunidade: consiste em estar de acordo, por exemplo, com a legislação vigente nos três âmbitos: municipal, estadual e federal. Além disso, trata-se de mecanismos

que são instituídos por outros órgãos, o importante é que essa mudança não seja feita

que são instituídos por outros órgãos, o importante é que essa mudança não seja feita com o intuito de um diferencial competitivo, mas que esteja incorporada realmente à gestão, uma vez que “é tentador seguir parâmetros ambientais menos rigorosos pelo maior tempo possível. Mas é mais inteligente aderir aos padrões mais rigorosos” (NIDUMOLU, R.; PRAHALAD, C. K. e RANGASWAMI, M. R., 2009), visto que posteriormente os padrões ficaram mais rigorosos e não haverá surpresa.

Estágio 2 – Cadeia de valor sustentável: compreendidos como aspectos mais subjetivos e filosóficos, são considerados a partir do momento em as empresas incorporam o estágio 1. Dessa forma, colocam em pauta as reuniões dentro e fora da organização, sua preocupação com o desenvolvimento sustentável, vencendo as barreiras internas organizacionais que se traduzem para as novas práticas cotidianas.

Estágio 3 – Produtos e serviços sustentáveis: estágio em que os consumidores buscam alternativas e priorizam produtos sustentáveis, uma vez que a empresa por meio do estágio anterior já se declara com novos propósitos e hábitos. Porém, para tomar a decisão da melhor hora de tornar os produtos sustentáveis é preciso “compreender as preocupações do consumidor e analisar, cuidadosamente, os ciclos de vida do produto” (NIDUMOLU, R.; PRAHALAD, C. K.; RANGASWAMI, M. R., 2009).

Estágio 4 – Novos modelos de negócios: são criados novos negócios que já incluem o desenvolvimento sustentável em toda sua cadeia de produção, encontrando rentabilidade pensando no tripé sustentável legitimado pelos stakeholders.

Estágio 5 – Nova geração de plataformas de negócios: em que começa a se considerar a mudança em toda a empresa, no sentido de sua cultura, sua atuação social e mercadológica, além de outros aspectos. “a sustentabilidade é uma suposição admissível que pode levar à nova geração de plataformas de negócio, colocando em xeque inúmeras hipóteses” (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C., 2011).

Para que todos esses estágios ocorram você precisa estar antenado às mudanças econômicas, sociais e ambientais, para propor novos desafios à empresa, uma vez que estando com os conhecimentos incorporados, você se tornará representante desse novo paradigma.

O objetivo principal é aumentar a base de consumo consciente, fazer com que os custos sociais e globais proporcionem retornos tangíveis e intangíveis sustentáveis e que os recursos naturais se perpetuem em sua ampla e rica diversidade. (CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C. , 2011).

Por fim, entenda que como líder, você tem o grande papel de suscitar esses ideais na empresa que trabalha, principalmente se você se engaja para ser seu próprio chefe, sendo um futuro empreendedor, algo que tem crescido rapidamente no Brasil e contribuído com avanço de muitas pesquisas, por conta da independência que tem um empreendedor e a possibilidade de se concentrar naquilo para que a empresa nasce.

Lembre-se que um líder é aquele que ganha e mantém credibilidade; dialoga constantemente; colabora, educa

Lembre-se que um líder é aquele que ganha e mantém credibilidade; dialoga constantemente; colabora, educa e cria networking; busca novos colaboradores e desperta os antigos; influencia os influenciadores; utiliza iniciativas já existentes; elabora planos de oportunidades.

Torne-se um líder competente pela incessante busca por aquele que acredita, pois o líder é aquele que transpira seus valores e crenças, não agindo só pelo coração, mas pela capacidade de equilibrar intuição e razão.

Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia o capítulo 4 do Livro-Texto atentando-se para os
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia o capítulo 4 do Livro-Texto atentando-se para os
Agora é a sua vez INSTRUÇÕES Leia o capítulo 4 do Livro-Texto atentando-se para os

Agora é a sua vez

INSTRUÇÕES

Leia o capítulo 4 do Livro-Texto atentando-se para os cases de sucesso que aparecem durante o texto. Aguarde as orientações do professor EAD para a execução das questões, respeitando quais devem ser feitas individualmente e em grupo e quais serão postadas no ambiente virtual de aprendizagem.

PONTO DE PARTIDA

Uma das características da Nova Economia e do modelo de desenvolvimento sustentável é a capacidade de empreender das pessoas. Em alguns países, o termo empreendedorismo já foi apropriado pela população geral. Empreender não se trata apenas de abrir um negócio próprio, mas de uma postura, um “jeito” de se estabelecer nas relações econômicas e sociais como quem imprime sua marca. A maioria das empresas e instituições não está contratando pessoas com uma postura passiva que apenas desempenham sua função e vão para suas casas ao final do dia, mas, aquelas que desenvolvem ideias, produtos e participam da vida da empresa.

A partir disso, pesquise quais são as características de um empreendedor social e reflita sobre quais estão em acordo com sua prática profissional atual.

Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu!

às questões a seguir para conferir o que aprendeu! Questão 1 Segundo Michael Porter, é possível
Questão 1
Questão 1

Segundo Michael Porter, é possível definir Cadeia de valor, como sendo:

a)

Conjunto

de

colaboradores.

práticas

voltadas

para

os

b)Aforma como a empresa executa suas atividades, a relação com fornecedores, clientes, entre outros.

c) A manutenção dos sistemas de ganho e perca de produtos.

d) O Órgão responsável por averiguar a precificação de bens e serviços.

e) O conjunto de práticas sustentáveis de uma instituição sem fins lucrativos.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 2
Questão 2

Leia o texto do capítulo 4, retirado do Livro-Texto:

O foco nos serviços que agregam valor não é suficiente na perspectiva da nova economia. É necessário redesenhar a plataforma de negócios das empresas tomando como base os três pilares da sustentabilidade, principalmente, nas dimensões sociais e ambientais.

Com base no trecho lido, identifique quais as empresas que você conhece, que possuem potencial para essa transformação e redija como elas estão se preparando para isso.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado. Questão 3 Referente à mudança

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 3
Questão 3

Referente à mudança organizacional para produtos e serviços sustentáveis, o indicado, segundo o Livro-Texto é:

a) Aplicar a mudança apenas com a criação de novas linhas.

b) Mudar as características do produto e/ou serviço sem comunicar o consumidor.

c) Protelar até que o próprio mercado exija as mudanças.

d) Analisar

o

ciclo

de

vida

do

produto

e

as

preocupações dos consumidores.

e) Esperar leis que regulamentem essas mudanças, para modificação dos produtos no mínimo possível.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 4
Questão 4

A partir de sua pesquisa sobre empreendedorismo realizada na seção Ponto de Partida deste tema. Descreva um bem ou um serviço que seja inédito em sua região e que poderia ser criado pautado no desenvolvimento de uma economia verde.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 5
Questão 5

Suponha que você foi contratado por uma empresa que possui um modelo de negócio sustentável. Essa empresa espera que você tenha uma postura coerente com seu modelo de gestão. A empresa não deve exigir que você:

a) Esteja pronto para promover e aceitar as mudanças em suas práticas para conformidade com as da empresa.

b) Modifique totalmente seus hábitos pessoais (que são externos à empresa).

c) Respeite

a

cultura

organizacional

e

esteja

atento às mudanças de mercado.

d) Tenha um espírito inovador para acompanhar e se apropriar das novas práticas.

e) Seja

proativo

e

entenda

plenamente

os

conceitos de cooperação e colaboração.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão6
Questão6

Segundo Bob Willard, quais são os esforços que devem ser encarados como prioridade para facilitar a missão dos líderes da sustentabilidade?

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 7
Questão 7

Ainda para Bob Willard, há uma lista de sete práticas

com base em sua experiência que possibilita ao

líder sustentável desempenhar seu papel de forma

mais plena. Assinale a alternativa que se encontra

com o maior número dessas práticas.

I. Seja dialógico.

II. Utilize iniciativas existentes.

III. Ganhe e mantenha credibilidades

IV. Elabore planos com ideias exclusivamente

suas.

V. Influencie os influenciadores.

a) I, II e III, apenas.

b) I, II, III e V apenas.

c) I, II, III, IV e V.

d) I, II, IV e V apenas.

e) I, II e IV, apenas

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 8
Questão 8

Explique a diferença existente entre a sustentabilidade como uma imagem competitiva da empresa perante seus concorrentes e a mudança ocorrida na gestão pelos conceitos de desenvolvimento sustentável.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado. Questão 9 a possibilidade da quebra interna
Questão 9
Questão 9

a

possibilidade da quebra interna de resistência organizacional?

Assinale a(s) alternativa(s) que indica

a) Reunião com os colaboradores para discussão de uma cadeia de valores sustentáveis.

b) Decisões vindas hierarquicamente de cima para baixo.

c)

Criação de alternativas empresariais construídas colaborativamente.

d) Substituição

dos

colaboradores

que

não

aceitam as mudanças ocorridas.

e) Encerramento abrupto dos vícios e costumes estabelecidos anteriormente.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

Questão 10
Questão 10

Leia o texto a seguir, retirado do capítulo 4, de seu Livro-Texto para responder a questão a seguir.

Uma parceria entre a prefeitura de Jundiaí e o comércio da cidade permitiu a implantação do projeto Chega de Sufocar o Planeta, que prevê a proibição de sacolas plásticas nos supermercados.

Para fazer suas compras, os consumidores podem utilizar sacolas retornáveis ou sacolas biodegradáveis (mediante o pagamento de R$ 0,19 cada) ou caixas de papelão. A iniciativa teve adesão de 70 estabelecimentos comerciais. A estimativa é eliminar 22 milhões de sacos plásticos por mês no município.

Na mesma linha, o município de Rio Claro, também no estado de São Paulo, aprovou

Na mesma linha, o município de Rio Claro, também no estado de São Paulo, aprovou uma lei que torna obrigatório o uso de embalagens plásticas oxi-biodegradáveis (OBPs) no município a partir de setembro de 2011. Esse tipo de material se decompõe em 18 meses.

Fonte: Jornal da Cidade. Disponível em: <http://

jornalcidade.uol.com.br/rioclaro/dia-a-dia/dia-

a-dia/64851-JUNDIAi:-supermercados-abolem-

sacolas-plasticas>. Acesso em: 29 abr. 2011.

Cabe ao gestor pensar e prever atitudes como essas apontadas no texto, para que seu negócio não sofra com surpresas ocorridas por forças internas ou externas. A partir disso, aponte como você se julga estar preparado para uma postura gestora, independente de seu cargo de ocupação, para que essas questões não atrapalhem no negócio da empresa em que atua.

Verifique seu desempenho nesta questão, clicando no ícone ao lado.

LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Acesse o site do Olhar
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Acesse o site do Olhar
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Acesse o site do Olhar
LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Acesse o site do Olhar

LINKS IMPORTANTES

Quer saber mais sobre o assunto? Então:

LINKS IMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: • Acesse o site do Olhar Digital

• Acesse o site do Olhar Digital na Aba TI Verde. Disponível em: <http://olhardigital.uol.com.br/ produtos/ti_verde>. Acesso em: 29 abr. 2011. Neste site você encontrará notícias, vídeos e dados sobre empresas que têm desenvolvido atitudes verdes.

• Assista aos vídeos do Canal Consciência e Tecnologia do Youtube. Disponíveis em: <http://www. youtube.com/user/conscienciaecologica?blend=8&ob=5>. Acesso em: 29 abr. 2011. Os vídeos trazem perspectivas importantes e interessantes sobre meio ambiente e sustentabilidade.

FINALIZANDO
FINALIZANDO

• AcesseositedoGreenFoudationEducation.Disponívelem:<http://www.greeneducationfoundation. org/>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nesse site americano, você encontrará exemplos de iniciativas ambientais voltadas para diferentes níveis educacionais.

• Leia o material sobre O uso racional da água no comércio. Disponível em: <http://sustentabilidades.

d=3:noticias&Itemid=84f>. Acesso em: 29 abr. 2011. Este material sugere dicas práticas de como economizar e utilizar racionalmente a água.

• Acesse o Portal do Empreendedor. Disponível em: <http://www.portaldoempreendedor.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011. Nesse portal, você encontrará dicas, legislação, benefícios e informações sobre como empreender. Uma alternativa que tem crescido grandemente em nosso país.

• Esse tema finaliza a disciplina de Responsabilidade Social e Meio Ambiente. Com os conceitos desta disciplina você inicia sua caminhada para o percurso sustentável. É importante que você continue com o pensamento voltado para a sustentabilidade, uma vez que pôde ver como as empresas tem cada vez mais se preocupado e mudado sua gestão para este caminho.

mais se preocupado e mudado sua gestão para este caminho. • Busque fazer cursos, ler livros,

• Busque fazer cursos, ler livros, dentre outros recursos e materiais que auxiliarão na sua formação acadêmica, pessoal e profissional, para que possa ser um profissional requisitado e faça diferença na região em que atua.

Caro aluno, agora que o conteúdo desta aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos!

REFERÊNCIAS BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em: <www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011.
REFERÊNCIAS BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em: <www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011.
REFERÊNCIAS BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em: <www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011.
REFERÊNCIAS BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em: <www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011.

REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em: <www.mma.gov.br>. Acesso em: 29 abr. 2011.

CARBONARI, M. E. E.; DA SILVA, G. Z.; PEREIRA, A. C. Sustentabilidade na prática: fundamentos, experiências e habilidades. Valinhos: Anhanguera Publicações Ltda., 2011.

CARTA DA TERRA BRASIL. Portal da Carta da Terra Brasil. Disponível em: <http://www.cartadaterra- brasil.org/prt/text.html>. Acesso em: 29 abr. 2011.

DA CONCEIÇÃO, R. J.; NUÑEZ, B. E. C. Planejamento Participativo e Desenvolvimento Regional Sustentável: Uma análise do método aplicado na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), de Ronald da Conceição e Blas Nuñes. Disponível em: <http://www.usp.br/fau/eventos/paisagemeparticipacao/ poderpublico/A03_pd_rmc.pdf>. Acesso em: 29 abr. 2011.

CPFL ENERGIA. Portal CPFL Energia. Práticas de utilização consciente da energia elétrica. Disponí- vel em: <http://www.cpfl.com.br/LinkClick.aspx?fileticket=ea0cJ3HPxOw%3d&tabid=1102&mid=1833&l anguage=pt-BR>. Acesso em: 29 abr. 2011.

ECODEBATE. Portal EcoDebate. Disponível em: <http://www.ecodebate.com.br>. Acesso em 29 abr.

2011.

EMPREENDEDOR. Portal do empreendedor. Disponível em: <http://www.portaldoempreendedor.gov. br>. Acesso em: 29 abr. 2011.

FECOMERCIO. Federação do Comércio do Estado de São Paulo. O uso racional da água no comér- cio. Abr. 2009. Disponível em: <http://sustentabilidades.com.br/index.php?option=com_content&view= article&id=252:desenvolvimento-sustentavel&catid=3:noticias&Itemid=84f>. Acesso em: 29 abr. 2011.

GREEN FOUDATION EDUCATION. Portal Green Foudation Education. Disponível em: <http://www. greeneducationfoundation.org/>. Acesso em: 29 abr. 2011.

GUATTARI, Félix. As três ecologias. Tradução Maria Cristina F. Bittencourt. Campinas: Papirus, 1990.

INSTITUTO ETHOS. Portal do Instituto Ethos. Disponível em: <http://www1.ethos.org.br/>. Acesso em:

29 abr. 2011.

29 abr. 2011. NEGÓCIO SUSTENTÁVEL. Negócio sustentável, o jogo. Disponível em: <http://www.negociosustenta-

NEGÓCIO SUSTENTÁVEL. Negócio sustentável, o jogo. Disponível em: <http://www.negociosustenta- vel.com/si/site/0001?p=jogo-de-empresas-sustentabilidade>. Acesso em: 29 abr. 2011.

NEIVA, P. Linha de desmontagem. Revista Veja. Ed. 2145, 30 dez. 2009. Disponível em: <http://veja. abril.com.br/301209/5-logistica-reversa-linha-desmontagem-p-246.shtml>. Acesso em: 29 abr. 2011.

OLHAR DIGITAL. TI Verde. Disponível em: <http://olhardigital.uol.com.br/produtos/ti_verde>. Acesso em: 29 abr. 2011.

PACTO GLOBAL. Portal do pacto global. Disponível em: <http://www.pactoglobal.org.br/>. Acesso em:

29 abr. 2011.

RAM NIDUMOLU; PRAHALAD, C.K.; RANGASWAMI, M. R. Why sustainability is now the key driver of innovation. Harvard Business Review. Acesso em: 29 abr. 2011.

YOUTUBE. Canal Consciência e Tecnologia. Disponível em: <http://www.youtube.com/user/conscienci aecologica?blend=8&ob=5>. Acesso em: 29 abr. 2011.

Eco-92 discurso de Severn Suzuki. Disponível em: <http://www.youtube.com/ watch?v=5g8cmWZOX8Q>. Acesso em: 29 abr. 2011.

Uma verdade inconveniente. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=6xjjZsArLfY&f eature=related>. Acesso em: 29 abr. 2011.

WWF Brasil. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=Z9N1FX0Bmn4>. Acesso em:

29 abr. 2011.

GABARITO Tema 1 Panorama mundial Ponto de Partida Resposta: Em grupo, o aluno deve fazer
GABARITO
GABARITO
Tema 1
Tema 1

Panorama mundial

Ponto de Partida Resposta: Em grupo, o aluno deve fazer uma pesquisa da região onde mora para identificar as princi- pais necessidades. A partir dessa pesquisa devem-se cruzar as metas do milênio mais adequadas às primeiras necessidades apontando formas de se fazer cumpri-las.

Questões
Questões

Questão 1 Resposta: O aluno deve ler a literatura a respeito do que é Efeito Estufa, entendendo que é um fe- nômeno necessário à sobrevivência da vida humana, uma vez que faz o controle da temperatura no globo terrestre. O problema é causado pelo excesso de poluição que atenua seus efeitos, aumentan- do a temperatura do planeta.

Questão 2 Resposta: Alternativas A, C, E.

Questão 3 Resposta: Resposta pessoal. É importante que os alunos debatam entre si os resultados encontrados e pensem em soluções para diminuição do consumo.

Questão 4 Resposta: Alternativa D.

Questão 5 Resposta: Os alunos deverão fazer uma pesquisa no site, aproveitando para buscar quais são as coo- perativas similares em sua região. Após isso, debater os itens a e b em grupo.

Questão 6 Resposta: Alternativa E.

Questão 7 Resposta: A Organização das Nações Unidas (ONU) tem sua atuação em países em

Questão 7 Resposta: A Organização das Nações Unidas (ONU) tem sua atuação em países em diversas situa- ções e ocasiões da vida humana. O aluno deve procurar uma publicação desta organização que se relacione com alguma situação cotidiana.

Questão 8 Resposta: Alternativas A, C.

Questão 9 Resposta: O aluno deve estar atendo às mudanças climáticas de sua região, como variação de tem- peratura fora de época, geadas, aumento exacerbado de temperatura e relacionar os motivos e possí- veis soluções.

Questão 10 Resposta: Alternativa A.

Tema 2
Tema 2

Fundamentos da sustentabilidade

Ponto de Partida Resposta: Nesse ponto, é necessário um acompanhamento maior. Os alunos deverão refletir sobre seus hábitos de higiene pessoal, no trabalho e em casa, verificando se descartam o lixo de maneira correta, se utilizam a água com racionalidade, bem como que ações desenvolvem para o desenvol- vimento sustentável. A partir dos apontamentos em grupo, deve-se formular algumas questões que possam ser cumpridas a curto e médio prazo e com isso, todos firmarem um compromisso uns com os outros para combaterem os problemas. É ideal que esse documento fique exposto e que em um outro momento seja lido e verificado quais questões estão sendo cumpridas. O polo pode participar verificando quais questões precisam ser revistas em sua estrutura para permitir o desenvolvimento sustentável.

Questões
Questões

Questão 1 Resposta: Alternativa D.

Questão 2 Resposta: Resposta pessoal. Questão 3 Resposta: A resposta do aluno será pessoal, mas

Questão 2 Resposta: Resposta pessoal.

Questão 3 Resposta: A resposta do aluno será pessoal, mas deve conter o tripé: ambiental, social e econômico.

Questão 4 Resposta: Alternativa C.

Questão 5 Resposta: Alternativa D.

Questão 6 Resposta: C. Para o desenvolvimento e saneamento de uma região são necessárias reformas e ma- terial. Para que isso seja pago a região acaba pagando um valor mais alto sobre o que é consumido. Por conta disso, a frase extraída do Livro-Texto é verdadeira. Após essa constatação e verificação so- bre os valores embutidos deverá apontar alguma solução, como prestação de serviços terceirizados, cobrança do consumo de água equivalente à situação de saneamento da região, entre outros.

Questão 7

Resposta: O aluno pode indicar uma série de alternativas. O importante é que ele perceba que para um produto ser sustentável, não se deve pensar na matéria-prima, mas em toda a cadeia produtiva. São apontadas como alternativas:

- Reflorestamento da matéria-prima.

- Embalagens recicláveis.

- Distribuição com caminhões a biodiesel.

- Reaproveitamento das embalagens de papelão.

- Gestão dos funcionários com formação continuada.

- Tratamento do esgoto.

Questão 8 Resposta: Alternativas B, E.

Questão 9 Resposta: É importante que o aluno entenda que consumir faz parte da vida social e econômica das pessoas. Consumir responsavelmente significa verificar a real necessidade do bem ou serviço consu- mido, bem como sua procedência e de que forma o item será descartado após o consumo.

Questão 10 Resposta: Alternativa C.

Tema 3
Tema 3

Inovações Sustentáveis

Resposta: Alternativa C. Tema 3 Inovações Sustentáveis Ponto de Partida Resposta: No tradicional, as empresas

Ponto de Partida Resposta: No tradicional, as empresas fazem um produto/serviço e vendem para seu mercado. Em um modelo mais moderno, sustentável, as empresas buscam parcerias para diminuir o desperdício de matéria-prima, tempo de produção e com isso, maior geração de empregos indiretos. No modelo tradi- cional, a relação é ganha-perde e no modelo sustentável é ganha-ganha. O aluno deve exemplificar e explicar porque as empresas escolhidas possui um modelo de negócio potencialmente sustentável.

Questões
Questões

Questão 1 Resposta: Alternativa D.

Questão 2 Resposta: Resposta pessoal.

Questão 3 Resposta: O aluno deve fazer uma reflexão sobre seu trabalho e sua ação profissional, caso esteja empregado, na instituição em que atua. A partir disso, deve pensar em quais são as atitudes que es- tão em coerência com a empresa e como ela esta está se preparando para essa nova economia.

Questão 4 Resposta: Alternativa E.

Questão 5 Resposta: Alternativa B.

Questão 6 Resposta: Esse é o momento que o aluno deve fazer um planejamento de como pretende sair do curso que escolheu. Nele, devem conter quais são as intenções e como fará para alcançar essas intenções/objetivos. Além disso, é um momento em que o aluno pode mapear quais são as ações que dependem:

1. Apenas dele. 2. Dele e de outras pessoas. 3. Dele e da Universidade. Questão

1. Apenas dele.

2. Dele e de outras pessoas.

3. Dele e da Universidade.

Questão 7 Resposta: Resposta pessoal.

Questão 8 Resposta: Alternativa A.

Questão 9 Resposta: Resposta pessoal. É importante a socialização neste momento dos perfis das redes sociais e de um banco de dados de artigos e livros indicados uns para os outros.

Questão 10 Resposta: Alternativa C.

Tema 4
Tema 4

Sustentabilidade no Mundo Corporativo

Ponto de Partida Resposta: Resposta pessoal.

Questões
Questões

Questão 1 Resposta: Alternativa B.

Questão 2 Resposta: O aluno deve fazer uma pesquisa nas empresas de sua região e embasar sua resposta em argumentos sólidos. Caso a atividade seja feita em grupo, é interessante que cada grupo apresente seus argumentos, abrindo posteriormente para o debate com os demais colegas.

Questão 3 Resposta: Alternativa D.

Questão 4 Resposta: Resposta pessoal.

Questão 5 Resposta: Alternativa B.

Resposta pessoal. Questão 5 Resposta: Alternativa B. Questão 6 Resposta: O líder é o que está

Questão 6 Resposta: O líder é o que está à frente a princípio de uma ideia. Para que possa contagiar os outros colaboradores e, por consequência, a mudança que quer, deve ser exemplo daquilo que prega. Em uma instituição com hierarquia vertical, isso se torna cada vez mais difícil. Todavia, é possível orga- nizar uma instituição onde as pessoas se respeitem, dialoguem e apontem soluções para problemas comuns. É importante lembrar que o líder é o modelo a ser seguido em carne e osso.

Questão 7 Resposta: Alternativa C.

Questão 8 Resposta: Nesta questão, o aluno tem a oportunidade de condensar todas as informações trabalhadas na disciplina como um todo. É importante que ele ressalte a importância de uma postura sustentável. As empresas não devem entender o selo de sustentabilidade como uma jogada de marketing, mas um símbolo da mudança na hierarquia, nos modelos de negócio que respeitam o consumidor, estando próximos e interagindo com ele, por isso, junto dele sobrevivem. É na verdade um organismo comple- xo em que a sinergia das variadas relações permite a sobrevivência.

Questão 9 Resposta: Alternativas A, C, D.

Questão 10 Resposta: O aluno deve apresentar quais recursos ele utiliza para estar atento às transformações de mercado e adaptação.

FICHA TÉCNICA Supervisão Editorial: Barbara Monteiro Gomes de Campos Juliana Cristina e Silva Diagramação: Glauco

FICHA TÉCNICA

Supervisão Editorial:

Barbara Monteiro Gomes de Campos Juliana Cristina e Silva

Diagramação:

Glauco Berti de Oliveira

Revisão Textual:

Alexia Galvão

Editoração Eletrônica:

Celso Luiz Braga de Souza Filho Glauco Berti de Oliveira Maurício Rodrigues de Moraes

Capa:

Fourmi Comunicação e Arte

55
55
56
56