OKARAN

1. Se alguém soldar dois pedaços de ferro, jamais poderá separá-los. (A união faz a força) 2. Consultaram Ifa para saber sobre a enxada, mas ninguém ousou dizer que ela fora destruída. (Não adianta perder tempo com coisas sem proveito) 3. A água com que se lavam as mãos depois de cair no chão será absorvida pela terra, e dela nada restará. (O mal quando combatido também será absorvido pela terra (fazer ebó)) 4. Se o saco de carregar a criança estiver bem amarrado ao colo, mesmo que vire a criança não cairá no chão. (Cuidado para não abortar) 5. Uma árvore abatida deixa em pé uma parte do seu tronco. (O mal cortado pela raiz - uma atitude sempre deixa conseqüências) 6. A rede de pesca não pode capturar o hipopótamo. (Os obstáculos serão vencidos. A pessoa só passa pelo que tiver que passar)

EJIOKO
1. Aquele que trança uma corda não saberá trançar a terra. Não se pode levantar a mão e agarrar o sol. (Ninguém pode ir além dos seus limites) 2. A terra não se assenta sobre a cabeça de uma criança. () 3. A casa de estuque é muito bonita, mas dentro dela faz muito calor. (Perigo de aborto) 4. A mulher está no meio da gravidez e seu filho já tem os pés sobre a terra. (Perigo de aborto) 5. Se o bracelete de ferro for colocado no fogo sairá dali incólume, mas tu não sairás do fogo em que agora te encontras. (Risco de acidente) 6. Um belo dia Kaja, com todos os seus amuletos, será vítima de um acidente. (Risco de acidente) 7. O rio que atravesso corre sobre um leito repleto de vegetação. (Bom resultado no que a pessoa deseja)

É embaixo do sol que o martelo malha a bigorna pesadamente. mas superará) 7. (Ogum está dando uma chance. (Ebó para se livrar de situação embaraçosa com autoridades) 5. comprou uma seda vermelha e ficou parecendo uma chispa de fogo. Se o pênis ficou ereto todas as vaginas serão penetradas. A árvore que conhecer o aço terá seu desenvolvimento interrompido.fazer ebó) 6. se no entanto nada cortou. (Ebó para se livrar da morte e derrotar o inimigo) 3. tem que saber aproveitar). (Impotência) 5. (Ebó . não hesitavam em abatê-lo. deve adaptar ao seu bico uma pinça de ferro. Quando os caçadores o viam. (Herança . por vaidade. Quando os homens se encontram com o rei também devem se esconder. Todos os pássaros compraram roupas brancas. mas o fogo que ilumina a cauda do pássaro kese não se extinguirá jamais. e ninguém morre disso. voltará para casa. A madeira recurvada não precisa mais se preocupar com suas costas. (Conserve a modéstia para não se dar mal) 4. Todo fogo se apaga. o pássaro vermelho Gê não poderá entitular-se rei. Quem diz azeite vermelho não diz azeite rançoso. Se o macho foi ao campo e cortou muita madeira. (Os desejos serão realizados) 4. Quando o gavião está encolerizado todos os pássaros se escondem. (Controle a curiosidade para não se dar mal) 2. (Problema de impotência em breve) IOROSUN 1. (Os esforços serão recompensados) 8. Todos estão sujeitos ao sofrimento e provas impostos pela vida. . ainda assim voltará para casa. a águia. (Quem deseja o mal do cliente verá este mal virar-se contra si) 3. Guda entrou em ereção. Enquanto existir Hon. A flecha do seu marido penetrou o corpo de um animal. A faca que ataca o sorgo come seu cadáver (espiga). Se um pássaro pretende capturar um seleiro.ETAOGUNDÁ 1. A mulher do caçador não grita em vão. (Terá dor e sofrimento. mas Gê. (Risco de vida) 2.Triunfo sobre inimigos). 6. Ninguém conhece tudo o que existe no fundo do mar.

Sem a lama estar misturada à água do rio. (Se a mulher do cliente o estiver enganando. (Ela come de duas mãos. (Se o cliente sofreu algum dano causado por alguém mais poderoso do que ele. O crânio velho de um homem diz ao crânio jovem de um homem: "Eu já estou completamente seco. tu vês a morte. os cânticos que cantei. (Se quiser ser bem sucedido deve apressar-se na realização dos seus planos)”. 3. se alguém me golpear não correrá nenhum sangue. correrá algum sangue. 5. (O cliente está temeroso dos perigos que o ameaçam antes da sua iniciação em Ifá. senão o que abre a boca aos teus pés (a morte) te impedirá de comer. (A casa do cliente é pobre. O inhame não se parte quando é retirado da terra. os sacrifícios que ofereci não bastaram. Mas tu. 3. . verá o que se passa no fundo. O sentido é o mesmo da sentença anterior). OBARÁ 1. diz-se da mulher adúltera)." (O cliente deve oferecer um sacrifício para livrar-se de um acidente que o ameaça). mas será partido quando for retirado das cinzas. Oxê! Tudo que fiz. é melhor deixar como está. se te racharem. O excesso de folhas atrai a atenção do lenhador. Se o pote que contém o medicamento estiver por perto a doença não será muito grande. (o cliente deve fazer urgentemente os sacrifícios expiatórios (adra) do odu). que tem os olhos claros. pois qualquer atitude que venha a tomar só agravará a situação de forma desfavorável para ele). morrerá praticando adultério). 6. 7. é o peixe Xwa que vem buscar fora dela para nela depositar. O bem estar que encontramos na água fresca. 4. O inhame grelhado diz ao homem. Azãgadá (a morte) grelhou o inhame para o visitante e o convidou para comer. Se tu me vês. 4. O porco espinho espetou a fêmea do leopardo e o leopardo não pôde fazer nada contra ele. Não é por possuir muitas folhas que o arvoredo deve se considerar um rei. mas se tornará rica pelo seu esforço e merecimento. Sua iniciação não poderá matá-lo se fizer os sacrifícios apropriados). Aviti (a morte) chegou! (Era costume oferecer-se inhame grelhado aos condenados à morte. o peixe Zoken. (O cliente deve agir com mais descrição para não se prejudicar de alguma forma). (O cliente está ameaçado por uma doença e deve oferecer os sacrifícios prescritos). 2. 2. Se o cliente for rico deverá oferecer sacrifícios para que a fortuna não o abandone). (O cliente descobrirá coisas que se passam em sua casa e que lhe são ocultas).OXÊ 1. A mulher que come de duas mãos acabará encontrando a morte. além do Rio Ajaghe (que simboliza a morte): “Se pretendes me comer deves apressar-te.

Se o vento sopra muito forte nas folhas do espinheiro. 4. O leopardo não pode capturar o cão que está protegido por uma grade de ferro. que embora consiga concretizar a maldade que está arquitetando. (O cliente encontra-se em sérias dificuldades). (O cliente. (a mesma interpretação da sentença acima). Que Aklasu possa sempre farejar no ar o cheiro da morte. Se um grande pedaço de carne foi perdido. O buraco abriu a boca. (O cliente. ninguém penetra num bosque de espinhos envolto somente num pedaço de pano. A morte não pode te alcançar. devem envelhecer juntos. Oh. Um rio não pode mudar seu curso ara fazer guerra com outro rio. 3. (O cliente não deve querer obter coisas que por direito não lhe pertençam usando para isso métodos espúrios). uma vez que se uniram. não tem forças para eliminá-la).ODI 1. nem separa-se de um ente querido. (O cliente é um malvado muito bem instruído. (O cliente não deve expor-se em demasia para não ver seu prestígio abalado ou diminuído). EJIONILE 1. . O iroko e a parasita que o envolve. 6. jamais chegará a acumular fortuna). A vontade do homem é bater na mosca que o incomoda. 6. Um ladrão não pode roubar um cadáver e fazê-lo desaparecer. a doença não pode te alcançar. jamais poderá tirar algum proveito do seu ato). por ser perdulário e não saber administrar o seu dinheiro. Aklasu encontra um corpo sem vida e diz: "Graças a Ejiogbe ainda existe alimento para mim. As pequenas contas brancas dos colares das sacerdotisas de Obatalá demonstram que inegavelmente elas são suas esposas. 4. (Fazendo o ebó indicado o cliente estará protegido contra tudo). 2. 5. O buraco não abre a boca se nada houver para ser engolido. embora conheça a origem de seus problemas. (O cliente encontra-se em perigo eminente de morte). mas nenhum deles pode lhe fazer mal). 3. A ira do homem que tem uma chaga não pode espantar a mosca que pousa na ferida. os processos judiciais não podem te alcançar. 2. e o ebó fará com que a verdade seja descoberta). procure-o atrás da cerca. Oh Ejiogbe! Que o cheiro da morte jamais se oculte do cão. (O cliente vem sendo enganado dentro de sua própria casa. mas o medo da dor impede que ele bata na ferida. as ervas não brotam aos seus pés. (O cliente não deve abrir mão de nada do que é seu. (O cliente tem inimigos dentro de sua própria casa. Qualquer dessas atitudes lhe trará graves consequências). 5. Ifa Ejiogbe! O brilho do sol desbotará a bela coloração vermelha do agidibãun (espécie de preá de pelo avermelhado) que vive na montanha.

se instala na margem do rio. Sem dinheiro não se consegue dinheiro). 4. (O pombo nascido só . (O cliente deverá observar se o seu signo é bom. Se for para seu bem Osa Meji devolverá tudo que perdeu). Para que isto aconteça deverá ser feito o seguinte: Pegar 41 nervuras de dendezeiro. Se Aydohwedo (Dan. como se fosse um cotonete. o sacerdote inscreverá o signo de Osa Meji sobre o yerosun que será derramado dentro da cabaça. se tu não me deres o teu sangue me darás a tua carne. Em cada uma coloca uma bolinha de algodão. e encharcar as bolinhas com saliva. reaproximará a terra e o mar e voltará sozinho a sua casa. O passarinho que caiu na arapuca procurava a fortuna e encontrou seu akaama (a casa dos dias ruins).sabendo-se que os pombos chocam dois ovos de cada vez . A mesma saliva que prepara o visgo. Depois envolve tudo em pano vermelho e entrega numa estrada). atingindo o mar sem nada encontrar. Dangbe. Isto serve de proteção contra qualquer malefício). (O cliente terá somente um filho se não oferecer os sacrifícios prescritos)). 3. 8. o Terrível. 7. (Se alguém fizer mal ao cliente verá o malefício voltar-se contra si próprio. devolva rápido o meu pássaro! Em qualquer lugar que ele esteja o teu pássaro será devolvido! (O cliente que tudo perdeu suplica que seus bens sejam devolvidos. 9. é a que solta o passarinho capturado. Rápido. dormistes bem sobre a terra? Despertastes bem sobre a terra? Eu te saúdo. Não existe árvore maior do que o iroko! Não existe mulher maior que Iyami! (O cliente não precisa temer que seus rivais triunfem sobre sua pessoa). (Quem pretende possuir algum bem em sua vida deverá começar com alguns elementos. A mulher vestida de vermelho será vítima de um acidente ao passar por uma estrada. 5. (Se o cliente cometeu uma falta poderá redimir-se sem sofrer a punição que seria imposta a qualquer outro na mesma situação). O pombo. . Passá-las no yerosun onde foi inscrito o signo de Osa Meji e depois colocar sobre o telhado da casa. 6. Eji Osa! Estes três adivinhos consultaram Ifa para Osa Meji. Aquele que pretende capturar um cavalo não se ponha a caminho sem levar sorgo.OSA 1. (O cliente ficará rico mas esquecerá que o ajudaram nos tempos de pobreza). O vento não pode balançar a pedra como se fosse ma trança de cabelo. Aydohwedo). (Aydohwedo e Osa Meji são igualmente poderosos). nenhum animal poderá mais saciar a sede. ele não deve temer a influência de outros signos. Um ebó deverá ser feito para afastar morte: uma galinha vermelha será sacrificada sobre uma cabaça cheia de epo pupa.procura seu irmão por toda a terra. Fá Aydegwi afirma: "Eu ficarei com este pano vermelho para salvar-te da morte e para conservar teu sangue e tua carne!" (A mulher do cliente não deverá mais usar roupas vermelhas para que não morra num acidente. 2. filho único.

em todos os buracos. O homem necessita de roupas para ser admitido na casa de Olorun (morrer nu é um ewó. que no final. sairá vitorioso). O rato vermelho diz: "Eu faço meu ninho em todas as casas. Ofun Meji! Nada poderá deter o filho do incesto diante do segredo! (O cliente está livre de morrer acidentalmente). (O cliente deve oferecer um adimu a Oxalá para evitar que algo de ruim lhe aconteça). e logo depois de conseguir. 4. (O cliente conhecerá a velhice). a água misteriosa do mar. 3. os tecidos são coisas do destino. em todos os armazéns. morrerá). quebra de um tabu). O sabão se dissolve sobre a cabeça e desaparece. Os rios secam. (O cliente deve oferecer o sacrifício sem medir as despesas dele provenientes). 2. mas Lo-To. Fazer ebó recomendado para evitar que a previsão aconteça. 4. (Os inimigos nada poderão contra o cliente. 5. e não para afastá-las. não seca jamais. Se Oxalá não der a ordem. (O cliente viverá por muito tempo e será bem sucedido.OFUN 1. As roupas são como as pessoas. nenhuma guerra arrazará o país. OWORIN 1. (O cliente conhecerá a velhice). A guerra não pode abater o rochedo. 2. os metais são coisas do destino. 3. (O cliente penará muito antes de conseguir o que deseja. será ele quem deverá dirigir a empresa). O dinheiro é uma coisa do destino. (Se o cliente se propõe a qualquer tipo de empreendimento com outra pessoa. mas deverá permanecer em vigilância constante para não ser prejudicado pela influência negativa de Ofun Meji). No dia em que o lavrador recolher os seus grãos será a minha morte". as pessoas são como as roupas. . (O cliente receberá a recompensa pelos seus esforços). É diante daqueles que dão generosamente que as pessoas se curvam. e não diante dos que são avarentos. O gancho serve para puxar as coisas para junto de nós. Não se deve jamais colocar uma esteira de má qualidade sobre uma esteira de junco. 5. mas a cabeça continua no mesmo lugar.

2. Se o país de Gbodo é bom. (O cliente deverá desprezar uma chance que lhe surgiu na vida. (É necessário que se respeite o inimigo). Um adivinho chamado Boko Bedibedi . 4. (O adivinho não deve desprezar o cliente que venha consultá-lo e que esteja desprovido de recusos). o Xla terá o que comer. . Um crocodilo. mas o camaleão (simbolizado por Shegbo Lisa) jamais se vestirá com um só pano. é a morte!" Fá Ayidogun lhes disse: "Peguem estes peixes e tratem de cozinhá-los. (O resultado do que se pretende será bom. 6. mas se tu não a comeres com parcimônia. de acidentes e de seus inimigos). (As oferendas devem ser feitas mesmo que representem um sacrifício muito dispendioso). no entanto. não pode abocanhar e engolir os talos espinhosos do dendezeiro. Peixes cairam do céu no país de Alagba. (O cliente ficará curado da doença que o atormenta). Se o Xla grita "gu gu!". É sacrilégio ordenar que Xla devore a serpente sagrada. a aspereza do couro de crocodilo não mata o crocodilo. Existem muitas riquezas no país de Xla. (A morte. te fará muito mal". a hiena. 5. (Nada faltará ao consulente). A vida é uma mudança constante. e todos gritaram: "É a morte. mas você não deve ir lá. rei de Saketé. A nodosidade da árvore não mata a árvore. 5. EJIOLOGBON 1. 3. para não correr o risco de morrer). 4. A morte jamais saberá o que há dentro deles". e vice-versa). mas será necessário que se tenha cautela). O olho não pode ver através de um pano negro. É desta forma que Olorun substitui por outra alguma coisa que está faltando. os acidentes e os inimigos não molestarão o cliente). (O cliente que hoje está quase morto ficará bom e amanhã já estará de pé). o sacerdote não deve fazer disto motivo de zombaria. Xla não pode ficar no local onde vive Dangbe (Pithon Real) e ali morrer de fome. lhe disse: "A carne de porco contém muita vida. por maior que seja. 6. (As dificuldades pelas quais o cliente vem passando estão chegando ao final). o nó da corda não mata a corda.EJILAXEBORÁ 1. (O cliente escapará de doenças. jamais zomba de uma divindade. As bestas ferozes o devorarão. outra laranja pede para ser arrancada e comida. (O rico de hoje poderá ser o mendigo de amanhã. Quando a cerca da casa de um Vodum é arrancada. 2. Uma laranja pede para ser plantada. 3. na escuridão da noite. ao ser consultado por Aleshuá. é porque vai se alimentar. Ifa.

seja do que for. (O cliente será sempre muito bem protegido). 6. Aquela conta quem nada se pode (a Terra) pode insultar os órgãos genitais da mãe da morte e continuar vivendo. A terra vê tudo o que cai sobre ela. 5. mas encontrou seu rumo em Ika Meji) ou (Se oferecer os sacrifícios pedidos pelo odu sua mulher não abortará). de onde estiver conseguirá qualquer coisa.IKA 1. Todas as árvores frutificam. (O cliente. de bom e de ruim). (Se o cliente tem filhos deve prestar atenção para que não corram o risco de morrer durante as próximas chuvas). A âncora foi molhada e a canoa se detém. (Os moradores da casa do cliente estão em perigo). Se um Bukuna sabe fazer corretamente seus sacrifícios. 8. Eis aí o macaco (Kla) sobre o mamoeiro. (O cliente ficará rico). O reis dos Haussa não poderá morrer de outra forma que não seja muito rico. Esta é toda a sua fortuna. as mulheres pertencem ao acaso. As frutas ainda não estão maduras. (A fortuna do cliente foi adquirida com muita maldade). 3. (Se o cliente caiu diante de qualquer situação negativa. 2. Todos os que nascem sob ele desconhecem o medo. o bambu não frutificará jamais. A pequena cabaça onde são guardados os talismãs cai n'água mas não afunda. A cabaça é feita para ser quebrada. se é verdade que eu te enviei ao mundo. . que preservará tudo o que lhe pertence). 7. Não saberá sequer por onde começar). O martelo corajoso crava a bigorna na terra. e mesmo assim a floresta manteve a calma. 4. Iku destruiu a casa. O sol não castiga aquele que procura a sombra. (O cliente esteve perdido na vida. (Os inimigos não poderão tomar nada do cliente. Jamais faltará ouro aos olhos do leopardo. Alguém lançou uma flecha na floresta de Ake. (Esta sentença também é usada no odu Ogundá meji) 3. 4. Chegam mesmo a zombar da própria morte). Aquele que caiu nas águas de um rio não precisa de uma cabaça para levar água aos seus lábios. 6. os filhos pertencem ao acaso. O dinheiro pertence ao acaso. OBEOGUNDÁ (Este signo é dá muita coragem. assim como o macaco da sentença. (Se for corajoso e cumprir com suas obrigações e sacrifícios o cliente derrotará todos os deus inimigos). 1.) 9. Alguém perguntou: "O que fez a terra para não morrer?" e ela respondeu: "Eu abriguei Ifa e encontrei Irete Meji. o milho já está completamente seco. Os caules da cabaceira se estendem por todo o campo do lavrador. (O cliente não sucumbirá aos inimigos). em breve se reerguerá). (O cliente está a salvo). (O cliente estará muito rico quando chegar a hora da sua morte. 2. verá suas chances aumentarem e nada fará para tirar proveito. tua vida será boa". No dia em que chover o lavrador as recolherá e amontoará no lado de seu campo. Uma canoa se dirige ao país dos Haussa e outra canoa se dirige ao país dos Oyó. (O cliente não tem motivo para se preocupar com a morte). 5. (O cliente saberá de tudo o que se passa ao seu redor. Aquele que vem do alto também deve bater cabeça para a terra. Ireté Meji fala: "Meu filho.

mas com suas palavras poderá destruir-se). quando a desgraça chega e quando vai embora". A superfície do óleo de palma em repouso é sempre muito clara. 10. ALAFIA 1. (Alusão ao interior da terra. Otura Meji diz: Ölorun é muito grande". 6. 8. 5. (O cliente encontra-se sob ameaça. (O cliente está deste lado da vida. excrementos e fósseis. . (O cliente deverá oferecer sacrifícios. A terra não apresenta nada de anormal em sua superfície. (O cliente jamais conhecerá a miséria total). para que viva por muito e muito tempo). Gové. Suas palavras impensadas provocarão sua própria morte). por isso deve ser deixado pra lá). A folha ada-mi-na-kpe veio ao mundo e Mawu colocou espinhos em sua borda. (o inimigo não pode fazer nada contra o cliente. Ifa diz: "Estou sempre presente. e outro pé dentro do barro cheio de frutos variados. O índigo existe para tingir o tecido.7. 3. 9. mas no fundo existe muita coisa escura depositada. mas se cavarmos encontraremos cadáveres. (Um perigo inexplicável ameaça o cliente). (O cliente procura confusão com os outros e a resposta virá de sua própria boca. O Sol não pode alcançar a Lua e fazer-lhe qualquer mal. A morte que levará o rei de Agwa encontra-se na floresta de Agwa. Todo aquele que explora a terra (gbe . não devendo ser usado para destrui-lo. ele não é mais forte do que a terra). e assim mesmo não morre. esqueletos. 4. Irete Meji se estende por toda a parte. (O cliente encontra-se ameaçado pela maledicência de alguém muito falador). . até mesmo pelo mar. provocará com sua maldade uma guerra que destruirá o país. O mesmo bico que come o milho. mas a morte do outro lado o ameaça). (O cliente não deverá se escusar de dar esmolas consideráveis). 2. A árvore gbegbe está todos os dias lá nas margens do rio Wewe.vida) acabará encontrando o mar. Eu tenho um pé dentro do barro cheio de nozes de palma. serve para construir o ninho. (O cliente melhorará de vida. que recolhe todos os dejetos e todos os cadáveres). a pequena faladeira.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful