Você está na página 1de 12

Escola Secundaria/3 da Maia

Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas

Trabalho realizado por:
Alexis Milheiro (nº1) Diogo Pereira (nª7) Fernando Almeida (nº10) João Pereira (nº13) 8º C

Maia, 28 de Fevereiro de 2008

Índice
Introdução – pág. 3 Catástrofe natural – pág. 4 Catástrofe artificial – pág. 5 Poluição do solo – pág. 6 Poluição da água – pág. 8 Poluição do ar – pág. 10 Conclusão – pág. 11 Bibliografia – pág. 12

2

Introdução
Realizamos este trabalho porque foi indicado pelo professor de ciências e para ficarmos com mais conhecimento sobre a actualidade e as perturbações no nosso planeta. O tema deste trabalho é a perturbação no equilíbrio dos ecossistemas. Para a sua elaboração efectuámos pesquisas na Internet e em livros. O principal objectivo do mesmo é que quem o leia, possa esclarecer algumas dúvidas que eventualmente tenha e ficar com alguns conhecimentos do que se passa actualmente no nosso planeta.

3

Catástrofe natural
Catástrofe natural é qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e que coloque em perigo a existência da Vida. Alguns exemplos de catástrofes: Secas (correspondem a períodos de tempo com valores de precipitação muito baixos ou inexistentes); • Tempestades tropicais (tem origem no mar e normalmente dão origem a furacões quando chegam a terra); • Sismos (são movimentos bruscos da crusta terrestre. Podem ter origem no mar ou em terra); • Vulcões (são fendas na superfície terrestre por onde libertam gazes, cinzas e lava.

Consequências das catástrofes Secas:
• • •

Os solos degradam-se; Desflorestação; Desertificação.

Tempestades tropicais: • Arrasam extensas áreas • Causam graves inundações Vulcões • Grande poluição atmosférica • Fumos e poeiras que destroem a paisagem, vegetação e por vezes vidas.

4

Catástrofe artificial

O Homem agente perturbador dos ecossistemas causa directamente, com a sua actuação, catástrofes, como as explosões, a guerra, o terrorismo e a poluição. A Guerra: • Gera todo o tipo de sofrimento e morte • Tem as mais variadas origens tais como a guerra pelos recursos e a guerra causada pela intolerância O Terrorismo O terrorismo é um problema dramático das sociedades modernas e tem múltiplas causas. As consequências são conhecidas e divulgadas pela comunicação social.

5

Poluição do solo
A poluição do solo tem como principal causa o uso de produtos químicos na agricultura chamados de agro tóxicos. Eles são usados para destruir pragas e até ajudam na produção, mas causam muitos danos ao meio ambiente, alterando o equilíbrio do solo e contaminando os animais através das cadeias alimentares. Não são apenas os agro tóxicos que poluem os solos. Existem outros responsáveis que causam muitos problemas ao solo. São eles:

Aterros

Os aterros são terrenos com buracos cavados no chão forrados com plástico ou argila onde o lixo recolhido na cidade é depositado. A decomposição da matéria orgânica existente no lixo gera um líquido altamente poluidor, que mesmo com a protecção da argila e do plástico nos aterros, pode não ser suficiente e o liquido vaza e contamina o solo.

Lixo Tóxico

É um outro problema decorrente dos aterros. Como não há um processo de selecção do lixo, alguns produtos perigosos são aterrados juntamente com o lixo comum, o que causa muitos danos ao lençol freático, uma camada do solo onde os espaços porosos são preenchidos por água.

Lixos Radioactivos

Este lixo é produzido pelas “uzinas” nucleares e causam sérios problemas à saúde. O solo ou terra é composto por quatro partes: ar, água, matéria orgânica e mineral. Estes minerais misturam-se uns com os outros. A matéria orgânica mistura-se com a água e a parte mineral e o ar fica

6

guardado em buraquinhos que chamamos de poros do solo, onde também fica a água. São destes poros que as raízes das plantas retiram o ar e a água que necessitam. Por isso é tão importante que não tenha poluição no solo. É como um ciclo: nós plantamos, cuidamos e colhemos os vegetais que por sua vez, serão utilizados em nossa alimentação. Se o solo estiver poluído, os vegetais serão contaminados, portanto não podemos comer. Se nós comermos, também seremos contaminados, o que pode trazer muitos riscos para a nossa saúde. Para sermos saudáveis, temos que começar pela saúde do meio ambiente. Vamos cuidar bem dele.

7

Poluição da Água
Fonte de poluição Designa-se fonte de poluição qualquer actividade que liberte, para o meio ambiente, materiais ou substâncias prejudiciais aos seres vivos.

A água pode ser contaminada de muitas maneiras: Pela acumulação de lixos e detritos junto de fontes, poços e cursos de água; • Pelos esgotos domésticos que aldeias, vilas e cidades lançam nos rios ou nos mares; • Pelos resíduos tóxicos que algumas fábricas lançam nos rios;

8

• Pelos produtos químicos que os agricultores utilizam para combater as doenças das suas plantas, e que as águas das chuvas arrastam para os rios e para os lençóis de água existentes no subsolo; • Pela lavagem clandestina, ou seja, não autorizada, de barcos no alto mar, que largam combustível; • Pelos resíduos nucleares radioactivos, depositados no fundo do mar; • Pelos naufrágios dos petroleiros, ou seja, acidentes que causam o derrame de milhares de toneladas de petróleo, sujando as águas e a costa e matam toda a vida marinha – as chamadas marés negras.

9

Poluição do Ar
Existem diferentes causas de contaminação do ar:

O fumo que sai pelas chaminés das fábricas;

• O fumo que sai pelos tubos de escape dos meios de transporte; • A incineração dos lixos a céu aberto (quer dizer, queimar lixos); • O uso, em demasia, de insecticidas e outros sprays (desodorizantes, desinfectantes do ambiente, etc.);

A poluição do ar pode fazer com que o ar que tu respires te torne doente. Quando respiras ar poluído com frequência, as partículas presentes podem depositar -se nos teus pulmões. A poluição do ar pode provocar dor de cabeça ou irritar a tua garganta e pode também fazer os teus olhos lacrimejarem e irritá-los. A poluição do ar causa prejuízo às plantações e os animais também podem ficar doentes por causa dela.

10

Conclusão
•Devemos preservar o ambiente para que todos nós possamos

viver nele; •Devemos aumentar mais as áreas naturais para um ar mais puro; •Em caso de catástrofes naturais devem ser respeitadas todas as regras internacionais propostas; •Devemos evitar os incêndios fazendo uma vigilância eficaz; •Devemos evitar ao máximo catástrofes naturais.

11

Bibliografia
Antunes, Cristina et al; Descobrir a Terra 8;Areal;2007;Porto http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/solo.htm http://pedacosemblog.blogspot.com/2006/05/perturbaes-no-equilbriodos.html http://www.pwp.netcabo.pt/geografia/catastrofes.htm

12