Você está na página 1de 15
MARREMática Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística Compilado e traduzido do inglês por Edgar Manuel
MARREMática
Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística
Compilado e traduzido do inglês por Edgar Manuel Cambaza
2015
Ficha técnica Título: MARRE Mática : Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística Autor: Tradução e

Ficha técnica

Ficha técnica Título: MARRE Mática : Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística Autor: Tradução e
Ficha técnica Título: MARRE Mática : Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística Autor: Tradução e

Título:

MARREMática: Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística

Autor:

Tradução e edição:

Licença:

C ontacto:

STUDYSmarter, The University of Western Australia Edgar Manuel Cambaza Creative Common’s Share Alike and Attribution edycambaza@yahoo.com.br (Edgar Cambaza)

Ficha técnica Título: MARRE Mática : Guia de Sobrevivência para Matemática e Estatística Autor: Tradução e

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro pode ser reproduzida ou transmitida por quaisquer formas ou meios, electrónicos ou mecânicos, incluindo fotocópias, gravações ou qualquer outro tipo de arquivamento de informações, sem autorização por escrito dos autores.

Prefácio

Prefácio As Guias de Sobrevivência produzidas pela equipe STUDY Smarter da Universidade da Austrália Ocidental (UWA)

As Guias de Sobrevivência 1 produzidas pela equipe STUDYSmarter da Universidade da Austrália Ocidental (UWA) têm ajudado muitos estudantes a aprimorar as suas habilidades académicas necessárias para garantir o sucesso na vida universitária. As guias fornecem conselhos sucintos sobre tópicos académicos incluindo como escrever ensaios, conceber apresentações orais eficazes, ler efectivamente textos académicos e pensar, ler e escrever criticamente.

Através da iniciativa e engenhosidade de Edgar Cambaza, um ex -estudante e tradutor das Guias de Sobrevivência , a comunidade lusófona pode agora beneficiar das guias. A equipe do STUDYSmarter espera que estas contribuam para o desenvolvimento das competências académicas de todos aqueles que as usarem.

Dra. Cheryl Lange Conselheira da Língua Inglesa e Capacidade de Aprendizagem STUDYSmarter – Apoio ao Estudante Universidade da Austrália Ocidental

Prefácio As Guias de Sobrevivência produzidas pela equipe STUDY Smarter da Universidade da Austrália Ocidental (UWA)

Caro estudante,

O problema que os estudantes têm com disciplinas relacionadas com a Matemática é frequente e deve ser quase universal. Para uns, elas são lógicas e bonitas. Para outros, parece tudo um pesadelo. A minha experiência diz que o medo da Matemática é pior do que a própria disciplina. Muitos estudantes não conseguem dominá-la porque já entram na universidade convencidos de que não vão conseguir. Vejo mentes brilhantes que se atrasam no curso por causa de Matemática. E muitos deste estudantes nem chegam a utilizar a Matemática com a mesma profundidade na sua vida profissional.

Este Guia de Sobrevivência foi produzido por profissionais de modo a ajudar os estudantes a lidarem com as dificuldades que poderão enfrentar no estudo da Matemática, Estatística e outras disciplinas relacionadas. É desejo meu que o estudante aprenda muito desta guia, ultrapasse sem problemas os desafios por detrás das fórmulas e teorias matemáticas de modo que possam despender mais a sua “energia mental” noutras disciplinas que são o foco do seu curso.

1 Do original em inglês Survival Guides.

Edgar Cambaza Assistente Universitário

Departamento de Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Universidade Eduardo Mondlane iv Editado por Edgar C ambaza
Departamento de Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Universidade Eduardo Mondlane iv Editado por Edgar C ambaza
Departamento de Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Universidade Eduardo Mondlane iv Editado por Edgar C ambaza

Departamento de Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Universidade Eduardo Mondlane

iv

Editado por Edgar C ambaza

ÍNDICE

AULAS DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA

1

ESCUTA O QUE O DOCENTE DIZ

1

N ÃO ENTRES EM PÂNICO QUANDO PERDERES O FIO DE PENSAMENTO

1

ALGUMAS NOTAS BREVES SOBRE AULAS DE M ATEMÁTICA OU ESTATÍSTICA

1

ACOMPANHANDO AS AULA S DE MATEMÁTICA E ESTA TÍSTICA

2

ESTUDA A M ATEMÁTICA/ESTATÍSTICA CONSTANTEMENTE AO LONGO DO SEMESTRE

2

C OMEÇA A ESTUDAR NA PRIMEIRA SEMANA

2

ESTRUTURA OS TEUS ESTUDOS DE M ATEMÁTICA

2

EMPERRADO NUM PROBLEMA DE MATEMÁTICA

4

AINDA NÃO LESTE BEM TODO O MATERIAL

4

N ÃO ESTÁS A USAR TODA A INFORMAÇÃO NUMA QUESTÃO

4

C OMETESTE ALGUM ERRO MUITO CEDO

4

N ÃO ESTÁS A GOSTAR DO TÓPICO

5

ESTUDANDO PARA UM TESTE DE MATEMÁTICA OU ESTATÍSTICA

6

A NTES DE TUDO

6

ORGANIZA

6

LÊ

6

R ESUME

6

EXERCITA

6

C ORRIGE

6

P RATICA

7

FAZ UMA REVISÃO

7

MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE

8

D EVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR

8

A M ATEMÁTICA NÃO TEM GRAÇA

8

A MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA NO TEU CU RSO

9

AS AULAS DE M ATEMÁTICA DIFEREM DE OUTRAS AULAS

9

E U AINDA NÃO TENHO A CERTEZA QUE ISTO TRARÁ BENEFÍCIOS!

9

PEQUENAS ANOTAÇÕES SOBRE O ESTUDO DA M ATEMÁTICA OU ESTATÍSTICA

9

AULAS DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA

As aulas envolvendo matemática ou

rígido de passos “perfeitos”. Nas aulas, a

estatística

geralmente

“contam

uma

voz

do

teu

docente

lembra-te

que

a

história” escrita em linguagem algébrica

 

resolução na verdade envolve

a

de modo que grande parte do conteúdo

adivinhação educada, raciocínio lógico e

da

aula

seja

escrito

na

tela

pelo teu

geralmente

vários

atalhos

para

a

docente.

 

mesma solução.

 

É

muito

fácil

desligares

o

cérebro

e

Ninguém se pode concentrar por mais de

simplesmente

 

copiares

tudo

vinte

minutos

 

de

uma

vez

(especialmente

se

não

entendes

o

(especialmente

se

esta

é

a tua terceira

conteúdo).

 

aula no mesmo dia!) e alguns conceitos

Contudo, se fazes isto acabas aborrecido, mais perdido e as tuas anotações tornam- se inúteis.

 

serão

difíceis

primeira.

de

se

perceber

logo

à

ESCUTA O QUE O DOCENTE DIZ

Parece fácil, não é? Na verdade, é difícil ouvir e escrever ao mesmo tempo. Além disto, é fácil pensar-se que toda a história está contida nas linhas da álgebra no quadro. Mas não está. Desenvolve a capacidade de escutar frases como:

“Eu fiz tudo isto para eliminar o x do

denominador”; “Deixei aqui alguns passos que vocês podem preencher mais tarde”;

“Se

este

método

não

é

adequado

...

”;

podem, ao contrário, fazer assim “Isto funciona porque ”; ...

“Depois de se ter experimentado alguns métodos, este funcionou”;

“Agora, esta dica é boa

...

”.

Faz algumas anotações resumidas acompanhando o que aparece no quadro, para que percebas porque se escolheu ou não um passo ou outro detalhe.

Recorrendo-se à audição activa, farás melhores anotações, perderás menos o fio do pensamento do docente e concentrar-te-ás por mais tempo.

Apontamentos, fichas

e

livros

criam

frequentemente

a

impressão

de

que

a

resolução

de

problemas envolve

cegamente a sequência de um conjunto

NÃO ENTRES EM PÂNICO QUANDO PERDERES O FI O DE PENSAMENTO

Nas aulas de matemática, é importante que continues a escrever e escutar quando te perdes. Com um bom conjunto de notas, podes recuperar o fio de pensamento mais tarde.

muitas

matérias

em

vídeos do

Youtube. Se algo te escapa ou perdes o

fio

de pensamento, tenta ver uma aula

semelhante na internet e perceber o que não conseguiste na sala de aulas.

ALGUMA S NOTAS BREVES SOBRE AULAS DE M ATEMÁTICA OU ESTATÍSTICA

Procura conhecer os colegas que se

sentam ao teu lado. Eles podem registar coisas que te escapam. Às vezes é até agradável ouvir alguém dizer “eu também perdi-me”; Senta-te à frente se puderes. Lá terás

menos distracções, virás e ouvirás melhor o docente; Tenta ler apontamentos e fichas antes

da aula. Mesmo se te parece difícil, a aula fará mais sentido; As habilidades que usas nas aulas para disciplinas em que fazes ensaios são diferentes.

ACOMPANHA NDO AS AULAS DE MATE MÁTICA E ESTATÍSTICA A chave para estudar disciplinas de Matemática
ACOMPANHA NDO AS AULAS DE MATE MÁTICA E ESTATÍSTICA A chave para estudar disciplinas de Matemática
ACOMPANHA NDO AS AULAS DE MATE MÁTICA E ESTATÍSTICA A chave para estudar disciplinas de Matemática

ACOMPANHA NDO AS AULAS DE MATE MÁTICA E ESTATÍSTICA

A

chave para estudar disciplinas de

Matemática ou Estatística é te recordares que o trabalho de cada semana é frequentemente feito sob as fundações preparadas no trabalho feito nas semanas anteriores.

ESTUDA A M ATE MÁTICA/ E STATÍSTICA CONSTANTEMENTE AO LO NGO DO SEMESTRE

Algumas disciplinas podem ser estudadas em explosões intensas de trabalho, mas não a Matemática! Não podes aprender três semanas de Matemática de uma vez porque ela precisa de tempo para a assimilação do conteúdo de cada semana antes que se possa ligar ao conteúdo da semana seguinte. É melhor estudar por um terço desse tempo a cada semana.

COMEÇA A ESTUDAR NA PRIMEIRA SEMANA

Os conceitos fundamentais de disciplinas de Matemática/Estatística são geralmente ensinados nas primeiras semanas, um momento em que muitos estudantes acabam de voltar das férias. A tua capacidade de aprender e dominar material mais difícil no fim do semestre depende dessas primeiras semanas.

Quanto maior o teu esforço no início, menos terás de fazer mais tarde e menos tenso estarás ao acompanhar a matéria.

ESTRUTURA OS TEUS ESTUDOS DE M ATEMÁTICA

1.

:

à

noite

após cada

aula,

os

apontamentos

calma

e

completamente. Lê novamente antes

da

próxima

aula. Isto

ajudar-te-á a

perceber a fluência lógica das aulas. Escreve: resume os principais conceitos, teoremas, etc., para cada aula;

  • 2. A aprendizagem da Matemática ocorre quando te exercitas. Resolve o

máximo

possível

dos

exercícios

dados pelo teu docente. Quando acabares, tapa as respostas dos exemplos resolvidos dos teus apontamentos e resolve estes

também! Isto pode parecer chato no

início, mas

tudo

acaba-se

tornando

muito claro e ver-te-ás a dominá-los

facilmente. A escrita em Matemática é

como

a

escrita regular. Usa-a

para

 

escrever claramente de modo que as

tuas ideias estejam

registadas e

tu

possas ler novamente mais tarde;

  • 3. Avalia-te. Pergunta-te “porque é que eu não percebi bem aquilo?” ou

“existe uma

maneira mais clara

de

resolver

este

problema?”.

Quanto

mais lutas

com

os exercícios, mas

claro

será

o

teu

entendimento

de

matemática.

Propõe

e

resolve

tuas

próprias questões à medida do

possível.

Se

estás

a

perder

muito

tempo, procura alguém que te possa ajudar;

  • 4. Cria um grupo de estudo. Partilha o teu conhecimento. Ao explicares aos outros, consolidarás os teus conhecimentos (o “efeito tutor”).

O

“gráfico de

aprendizagem”

da

Matemática não é uma recta. Podes sentir que a tua compreensão do

conteúdo

é

lenta

à

primeira, especialmente no início

ACOMPANHA NDO AS AULAS DE MATE MÁTICA E ESTATÍSTICA A chave para estudar disciplinas de Matemática

do

semestre. Isto é normal. Continua a

trabalhar

arduamente,

com

empenho,

consulta outras pessoas e controla o teu

progresso

porque

é

necessário

tempo

para que as ideias matemáticas sejam desenvolvidas nas aulas e depois precisa-

se de mais tempo ainda para que o teu cérebro as possa processar.

EMPERRAD O NUM PROBLEMA DE MATE MÁTICA

Então não consegues terminar (ou talvez até começar) um exercício ou trabalho de matemática? Não é possível consultar os teus docentes/monitores/colegas por enquanto. O que fazer?

EMPERRAD O NUM PROBLEMA DE MATE MÁTICA Então não consegues terminar (ou talvez até começar)

Aqui estão três razões pelas quais podes ficar emperrado e o que tu podes fazer nessas circunstâncias.

AINDA NÃO LESTE BEM TODO O MATERIAL

“Bem, eu estive na aula e dei uma vista

nos apontamentos entender”.

mas

não

consegui

Frequentar as aulas é apenas uma parte do processo de aprendizagem e os problemas de Matemática geralmente pedem que apliques um método ou uma fórmula que apareceu nalgum local óbvio, provavelmente cercado por uma caixa. Na universidade, os docentes esperam frequentemente que tu tenhas uma capacidade maior de explorar tópicos mais complexos e por isso deves fazer mais esforço.

Solução: pega os apontamentos e livro da disciplina, encontra um lugar calmo e bom e começa a ler. Começa onde achas

que podes encontrar o que procuras. Lê ao contrário e vê se eles usam conceitos ou definições que não entendes para descobrires o que eles pretendem dizer. Escreve um resumo do tópico à medida que vais lendo e virás como os conceitos estão ligados de modo a criar um fluxo lógico das ideias.

NÃO ESTÁS A USAR TOD A A INFORMAÇÃO NUMA QUES TÃO

Muitos problemas da Matemática são resolvidos montando-se um quebra- cabeças! Se falta uma peça ele não pode

ser resolvido. A peça em

falta pode ser

um número ou uma palavra que te

escapou durante a leitura, ou mesmo uma fórmula ou um resultado visto durante as aulas.

Solução: Lê devagar toda a questão, realçando quaisquer palavras -chave ou informações numéricas. Se constatares que não te escapou nada, então vasculha os teus apontamentos para ver se há fórmulas ou teoremas que, juntamente com a informação que já tens, produzirá uma nova informação.

COMETESTE ALGUM ERRO MUITO CEDO

Em Matemática, um simples erro pode-se multiplicar por todo o teu trabalho, criando outros erros à medida que caminhas para a solução.

Solução: Para localizares a fonte do teu erro, volta à primeira linha e examina com cuidado. Se estás convencido que fizeste bem, passa para a linha seguinte. Ao encontrares o problema numa linha, procede a partir daí até que o exercício esteja resolvido.

Dica:

Na manipulação algébrica, tenta

substituir

as

variáveis por números

simples para ver se duas linhas produzem exatamente a mesma resposta numérica.

Se não consegues encontrar um erro, vê se os teus amigos conseguem!

NÃO ESTÁS A GOSTAR D O TÓPICO

perceber que um meio é também dois

quartos. Assim, a questão verdade a perguntar

está

O que é ! + ! ?

!

!

na

Bem, dois quartos mais outro quarto dá- nos um total de três quartos ( ! ).

!

Não

pensa

assim:

“Que

fórmula

devo

Solução: Pensa no contexto da questão.

usar?”

Há uma imagem por detrás de todos os problemas matemáticos. A mais

Em

vez

disso,

pensa

assim:

“Qual

o

importante

 

aptidão

que

um

estudante

significado desta questão?”

pode

ter

é

ver

tal figura

que

está

por

Se há uma formula, a segunda questão vai ajudar a encontrá-la.

Aqui está o exemplo de um problema que é melhor resolvido percebendo-se o significado.

O que é ! + ! ?

!

!

Em vez de lutares para recordar a forma

em

forma

de

fracções,

é

mais

fácil

detrás do problema.

Se experimentaste os quatro métodos e continuas emperrado, assuma-se que pode ser um erro na questão. Pede ajuda ou teu docente/tutor/monitor. Os docentes ficam sempre impressionados quando se torna claro que batalhaste para resolver o

problema sozinho antes de procura- los.

ESTUDANDO PARA UM TE STE DE MATEMÁTICA OU ESTATÍSTICA

Tal como muitas outras avaliações da universidade, os testes de Matemática exigem que entendas uma questão, formules uma solução e depois expresses a solução do modo mais claro possível. Absorver informação e devolver mais é um processo com dois sentidos que exige muita prática.

Aqui está um método rigoroso de estudo

para um teste de Matemática. Ele exige

muito

tempo

mas

vai maximizar o

teu

sucesso.

 

ANTES DE TUDO

A preparação crucial para o exame é ter tentado praticar os exercícios, trabalhos, etc. durante o semestre – mesmo se não tiveste bons resultados.

ORGANIZA

Junta, organiza e faz índice de todas as tuas folhas de actividades, todos os apontamentos, testes passados, todas as

soluções, etc

Procura ter cópias

.. impressas de todos os recursos para a disciplina (o que te encoraja a escrever e evitar distracções dos computadores)!

todos

os

teus

apontamentos,

assegurando-te de que entendes todas as

linhas antes que

continues. Se

ficares

emperrado numa linha, continua a tentar resolver até durante cerca de 10 minutos. Se continuas emperrado, marca a linha e continua. Uma vez terminada toda a leitura, procura alguém que te ajude a esclarecer as linhas que marcaste. Nalgum momento, todas os teus apontamentos vão fazer sentido!

Desenho de R. Crumb RESUME Lê todos os teus apontamentos novamente e escreve-os num novo caderno
Desenho de R. Crumb
RESUME
todos
os
teus
apontamentos
novamente
e
escreve-os
num
novo
caderno (o teu caderno de resumos). Não
escreve
os
exemplos
ou
as

demonstrações, só a teoria principal, as fórmulas, regras e definições.

EXERCITA

Resolve todos os exercícios e testes antigos novamente. Resolve um de cada vez, cobrindo tudo. Avalia o teu esforço. Lista os exercícios que não conseguiste resolver. Repete os testes passados.

CORRIGE

Para cada questão que não conseguiste resolver, tenta de novo e identifica os teus erros. Se não consegues fazer isso sozinho, pede ajuda a alguém!

Escreve uma solução clara das tuas respostas anteriormente incorrecta no teu novo caderno.

Nota: Se

provas,

a disciplina inclui teoremas e

trata

este

material

como

exercícios,

com

as

suas

provas

como

FAZ UMA REVISÃO

soluções.

PRATICA

É muito importante que pratiques testes

ou exames do ano passado até ao ponto em que puderes escrevê-los sem qualquer problema. Pode ser que

necessites de

fazer

este

trabalho

com

amigos para encontrarem

as

soluções.

Uma vez tendo tentado resolver os

exercícios e corrigido, transcreve-os para o teu novo caderno.

Neste momento, já tiveste as aulas, e reduziste em duas partes: teoria e prática com um caderno para cada. Estuda-as regularmente até ao teste. Um dia antes do teste, além de leres os teus cadernos quantas vezes forem possíveis, observa novamente testes e exames antigos. No dia do teste, dá-te um teste rápido para te assegurares que te podes recordar das fórmulas e equações importantes.

MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE

MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE DEVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA
MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE DEVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA

DEVES SER UM
GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR

Falso – mesmo que tenhas tido muitas dificuldades com a matemática na escola. Porquê? Bem, as coisas serão diferentes, agora:

1.

A

escola

secundária

focou

os

principais métodos usados na

Matemática

e

introduziu

habilidades

para o pensamento e a investigação

que precisavas. A

Matemática

da

2.

universidade foca muito mais as duas últimas habilidades mencionadas. Na universidade, tu controlas como vais estudar (o que se chama

aprendizagem independente).

Assim, ainda é bom que recordes os

métodos e as fórmulas mas também precisas de alguma imaginação e força de vontade para explorar ideias. Se te esforças, buscas apoio quando precisas e controlas os teus estudos, podes dominar a Matemática.

MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE DEVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA
MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE DEVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA

A MATEMÁTICA NÃO TEM GR AÇA

Naturalmente, adicionar números e lança- los para fórmulas pode não ter piada alguma. Mas esse não é o prato forte da Matemática. De facto, muitos docentes preferem que não se use máquinas de calcular!

A matemática é uma colecção de ideias

intuitivas que vêm sendo construídas durante milhares de anos. Todas as ideias

novas da Matemática levam o Mundo em frente, de algum modo. Isto é mais evidente na tecnologia, onde a Matemática nos traz formas poderosas de armazenar e codificar informação.

MITOS SOBRE A MATEMÁ TICA NA UNIVERSIDADE DEVES SER UM GÉNIO PARA PASSAR A MATEMÁTICA

A MATEM ÁTICA E ESTATÍSTICA NO TEU CURSO

Já te ocorreram estes pensamentos?

Eu

devo

fazer

uma

disciplina

de

Matemática ou Estatística e eu não fui

bom a Matemática na escola;

 

Estou

a

pensar

em

fazer

uma

disciplina

de

Matemática

mas

não

tenho a certeza se é uma boa ideia.

Bem, aqui está o que deves esperar de disciplinas de Matemática.

AS AULAS DE MATEMÁTI CA DIFEREM DE OUTRAS AU LAS

As habilidades

que

precisas

para

aproveitar bem uma aula de Matemática podem ser diferentes (ou mesmo contrárias) às que usas noutras aulas!

E U AINDA NÃO TENHO A CERTEZA QUE ISTO TRA RÁ BENEFÍCIOS!

Faz sentido pensar assim. A Matemática pode-te ajudar a:

Recordar que o processo de estudo

da

Matemática

aumenta

as

habilidades que te ajudam nos teus

estudos e mais ainda (por exemplo, na análise lógica de problemas, proposição de hipóteses interessantes e produção de soluções eficazes); É verdade que muitas pesquisas requerem Estatística mais complexa do que aquela que serás capaz de fazer. É também verdade que grandes

projectos

de

pesquisa empregam

estatísticos que ajudam no desenho

das

experiências

e

análise dos

resultados. Contudo, se entendes as ideias por detrás das análises

estatísticas e

podes

fazer

algum

trabalho

sozinho,

poderás

ser

um

pesquisador melhor;

 

PEQUENAS ANOTAÇÕES SOBRE O ESTU DO DA MATEMÁTICA OU ESTATÍ STICA

A Matemática está-se a tornar mais importante no mundo moderno mas

menos

visível

no

nosso

quotidiano.

Por

detrás

das

aplicações

de

um

smartphone há um programador de

computadores que

recorreu

à

Matemática; Se estiveres motivado a estudar a Matemática, dominarás melhor.