Você está na página 1de 5

20/02/2016

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015­Federal­LegisWeb

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015­Federal­LegisWeb Login Senha INICIAL | QUEMSOMOS | PRODUTOS | NOTÍCIAS |

Login

Senha

LegislaçãoFederalAGENDATRIBUTÁRIA SISTEMAS SUBST.TRIBUTÁRIA Inicial / Acessar «Voltar DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015

Acessar
Acessar

«Voltar

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015

PublicadonoDOem31ago2015

PublicadonoDOem31ago2015 InstituioRegistroNacionaldeVeículosemEstoque­RENAVE.

InstituioRegistroNacionaldeVeículosemEstoque­RENAVE.

OPresidentedooConselhoNacionaldeTrânsito,adreferendumdoConselhoNacionaldeTrânsito­

CONTRAN,nousodasatribuiçõesquelheconfereoart.12,incisoI,daLeinº9.503,de23de

setembrode1997,queinstituioCódigodeTrânsitoBrasileiro,econformeoDecretonº4.711,de29

demaiode2003,quedispõesobreacoordenaçãodoSistemaNacionaldeTrânsito;

ConsiderandoaediçãodaLeinº13.154,de30dejulhode2015;

Considerandoanecessidadederegulamentaçãodosartigos124,incisoIII,134,parágrafoúnicoe330,

§6º,doCódigodeTrânsitoBrasileiro;

ConsiderandooqueconstadoProcessoAdministrativonº80000.022551/2015­58,

Resolve:

Art.1ºFicainstituídooRegistroNacionaldeVeículosemEstoque­RENAVE,destinadoaviabilizar

aescrituraçãoeletrônicadoslivrosderegistrodemovimentodeentradaesaídadeveículos,conforme

previstonoart.330doCódigodeTrânsitoBrasileiro­CTB.

20/02/2016

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015­Federal­LegisWeb

§1ºORENAVEseráadministradopeloDepartamentoNacionaldeTrânsito­DENATRAN.

§2ºORENAVEéumsistemacompostopordadosdoDENATRAN,daSecretariadaReceitaFederal

doBrasiledasSecretariasdeFazendaEstaduais,representadaspeloConselhoNacionaldeFazenda­

CONFAZ,tendoporbaseaNotaFiscalEletrônica­NFe.

Art.2ºAspessoasjurídicascujoobjetosocialsejaacomercializaçãodeveículosnovosouusados,

quandoreceberemveículosemseusestabelecimentos,independentementedonegóciojurídico

celebrado,deverão:

I­EmitirNotaFiscalEletrônicadeVeículos;

II­AutorizaroDENATRANateracessoaoarquivoXML,emcampoespecíficodaNF­e.

§1ºOdescumprimentodoprevistonesteartigoimpediráoregistrodoveículoouaatualizaçãodeste

juntoaoDETRAN.

§2ºOdispostonesteartigoaplica­setambémaorecebimentodeveículoemconsignação.

Art.3ºODENATRANcriarámecanismosdeinteroperabilidadecomaSecretariadaReceitaFederal

doBrasileassecretariasdefazendaestaduais,parafinsdeidentificaçãodacadeiadominialedo

estoquedeveículos.

Parágrafoúnico.ODENATRANeosdepartamentosestaduaisdetrânsito­DETRANcompartilharão

informaçõescomaSecretariadaReceitaFederaldoBrasileassecretariasdefazendaestaduaissobre

odomíniodeveículos.

Art.4ºApartirdaentradadoveículonoestabelecimento,apessoajurídicareferidanoart.2ºserá

consideradaresponsávelportodasaspenalidades,taxaseencargosdetrânsitoincidentessobreo

veículo,atéadatadenovatransmissãoregistradanoRENAVE.

§1ºNocasodeaquisiçãodeveículo,aanotaçãonoRENAVEdaentradadoveículoem

estabelecimentodaspessoasreferidasnoart.2ºgeraosmesmosefeitosdacomunicaçãodevenda

previstanoart.134doCódigodeTrânsitoBrasileiro,esubstituiocomprovantedetransferênciada

propriedadeprevistonoart.124,incisoIII,daqueleCódigo.

§2ºApessoajurídicaquereceberoveículoseráincluídanacadeiadominialdoveículonoSistema

RENAVAM.

§3ºNocasodeveículoentregueàspessoascitadasnoart.2ºemconsignação,oproprietário

permaneceresponsávelpelopagamentodastaxaseencargosdetrânsitoincidentessobreoveículo.

§4ºNoscasosemqueaentradadeveículoemestabelecimentodapessoajurídicareferidanoart.2º

sedersematransferênciadapropriedade,ainscriçãodatransmissãodoveículonoRENAVEtorna

indisponíveloregistronoRENAVAMdenovatransmissãopeloseuanteriorproprietário,salvono

casodeentregaemconsignação.

Art.5ºNoscasosemqueaentradadeveículoemestabelecimentodapessoajurídicareferidanoart.

2ºsedersematransferênciadapropriedade,estapessoajurídicateráoprazodeumanopararealizar

estatransferência,parasiouparapessoafísicaoujurídicanãoenquadradanoart.2º,sobpenade

inscriçãodeimpedimentoadministrativonoregistrodoveículonoRENAVAM,eaplicaçãodapena

previstanoart.233doCTB.

20/02/2016

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015­Federal­LegisWeb

Parágrafoúnico.Odeslocamentodeveículoentrepessoasjurídicasreferidasnoart.2ºseráregistrado

noRENAVEnaformadaqueledispositivo,esóobrigaráàemissãodenovoCRVseultrapassadoo

prazoprevistonocaputousehouvertransferênciadepropriedade.

Art.6ºAtransferênciadepropriedadedoveículopelaspessoasjurídicasreferidasnoart.2ºparao

comprador,juntoaoDETRAN,poderáserrealizadamedianteapresentaçãodoCRVdoveículoedo

documentoauxiliardaNF­edecompradoveículo.

Parágrafoúnico.Atransferênciadoveículosomentepoderáserefetuadaparaocomprador

discriminadonaNF­edesaídadoRENAVE.

Art.7ºOdispostonoart.6ºficacondicionadoàemissãodaNF­edevenda,tendoocompradorcomo

destinatário,eàregularidadedoregistrodacadeiadominialnoRENAVE.

Art.8ºODENATRANeditaránormaregulamentandoasespecificaçõestécnicasdoRENAVE,a

partirdoqueserãoadotadososprocedimentosprevistosnestanorma.

Art.9ºEstadeliberaçãoentraemvigornadatadesuapublicação.

RONALDOS.CAMARGO

Emexercício

ÚltimasLegislações

20/02/2016

LegisWeb

DeliberaçãoCONTRANNº144DE28/08/2015­Federal­LegisWeb

LegisWeb®2016­InformaçãoRápidaeConfiável­www.legisweb.com.br­saibamais