Você está na página 1de 9
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

ENSINO FUNDAMENTAL

2015

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO

HISTÓRIA / GEOGRAFIA

OBJETIVOS GERAIS

Construir o raciocínio histórico-geográfico desenvolvendo a consciência crítica do educando;

Compreender o tempo histórico e o espaço geográfico como objetos de investigação da ciência;

Instrumentalizar o educando para a compreensão do espaço geográfico como produção social e histórica;

Compreender a inter-relação entre sociedade, natureza e trabalho na produção do referencial humano;

Construir a noção de tempo histórico;

Identificar as transformações das sociedades e o homem como agente/objeto dessas transformações;

Reconhecer a importância da memória histórica como referencial de identidade sócio-cultural;

Compreender, através da construção de conceitos, o mundo em que vive.

1

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

EIXO TEMÁTICO: CONSCIÊNCIA COLETIVA E CIDADANIA

 

BLOCOS TEMÁTICOS

ESPAÇO/TEMPO

NATUREZA/SOCIEDADE

TRABALHO/CULTURA

A representação gráfica e suas linguagens

A população na perspectiva da

As identidades e diferenças

O ser humano no espaço e no tempo

O homem e a construção dos diversos ambientes

Estudo de indivíduos ou grupos sociais que, por sua atuação, promoveram ou promovem mudanças histórico-geográficas.

Construção de linhas de tempo a partir de diferentes referenciais

mobilidade, das condições de vida, da especialidade e territorialização das culturas

A relação cidade/campo

Organização do território e as novas territorialidades do espaço geográfico

Formação familiar tipos de famílias e grupos nos tempos históricos

étnicas, culturais, religiosas, nacionais e sociais, demarcando os

lugares e as regiões, no contexto histórico em que estão inseridas.

O espaço histórico/geográfico e as relações sócio-ambientais, culturais, políticas e econômicas.

Reconhecimento e valorização das atividades de trabalho como forma de interação humana e de transformação do ambiente

Transição gradativa do espaço vivido imediato para o espaço concebido

Vida cotidiana da população brasileira: espaços doméstico e público; religiosidade; festas regionais, educação e alimentação.

Relação entre proteção e

Fontes históricas: constituição, recuperação, identificação e preservação de materiais diversos.

Transição gradativa da escala temporal concreta para a escala

As questões relativas à propriedade coletiva e individual

2

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
temporal abstrata preservação do ambiente, qualidade de vida e saúde COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS

temporal abstrata

preservação do ambiente, qualidade de vida e saúde

preservação do ambiente, qualidade de vida e saúde COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL

COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL

QUADRO CONCEITUAL

COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL
qualidade de vida e saúde COMPETÊNCIAS GERAIS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ENSINO FUNDAMENTAL QUADRO CONCEITUAL

3

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

AUTONOMIA

E

ORDENAÇÃO DOS CONTEÚDOS A PARTIR DOS ASPECTOS HISTÓRICO/ GEOGRÁFICOS

As definições relacionadas às ciências histórico/geográficas, assim como os temas relacionados, deverão estar diluídas nas quatro séries;

Sugere-se como recursos metodológicos a leitura, interpretação e confecção de gráficos e

tabelas, como formas de representação da realidade;

Em relação a geoastronomia, não há preocupação em definir todos os elementos do Universo, mas perceber o planeta Terra como um todo e também como espaço geográfico;

Ao refletir sobre o conceito de sociedade é necessário ir além das formas de organização dos grupos e entre estes, mas também o reflexo dos mesmos nas formas de estratificação e de relações de poder;

Ênfase na compreensão dos conceitos básicos de cultura e sociedade, que tornam possível a consciência do aluno de sua identidade social, viabilizando a construção de uma consciência de si mesmo para além da simples apreensão de seu papel social, mas a construção da noção de diferença e a percepção do outro no tempo e no espaço;

Os objetivos propostos em cada série devem proporcionar um certo sentido cronológico e um enfoque mais voltado para o social, a partir das concepções de mundo, história e sociedade, bem como com a realidade em que a escola está inserida.

DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS HISTÓRIA/GEOGRAFIA 1º ANO

4

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
1º PERÍODO Aspectos históricos: Quem sou eu? o Sou assim o A minha história Aspectos
1º PERÍODO Aspectos históricos: Quem sou eu? o Sou assim o A minha história Aspectos

1º PERÍODO

Aspectos históricos:

Quem sou eu?

o

Sou assim

o

A minha história

Aspectos geográficos:

Brincar, observar e conhecer.

Observando o que nos rodeia.

Diferentes relações

Conhecendo o que está ao nosso

redor

A moradia:

Diferentes tipos de moradia

Por dentro da casa

2º PERÍODO

Aspectos históricos:

Vivendo em família:

Diferentes famílias

Quem é quem na família

Regras de convivência na família

Aspectos geográficos:

A escola

A importância da escola

O espaço da escola

A sala de aula

No caminho da escola:

O caminho da escola

Os elementos da natureza e os

elementos construídos pelo ser

humano.

Registrando os caminhos

3º PERÍODO

Aspectos históricos:

Convivendo na escola:

A escola

Quem é quem na escola

Regras e combinados para conviver na

escola.

Entre amigos:

A importância de se relacionar

Regras de convivência

Aspectos geográficos:

O caminho nas ruas

Trânsito e sinalização

Segurança no trânsito

Meios de transporte

Meios de comunicação:

Como e porque se comunicar

Os meios de comunicação

Como e porque se comunicar  Os meios de comunicação DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS – HISTÓRIA/GEOGRAFIA 2º
DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS – HISTÓRIA/GEOGRAFIA 2º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO
DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS – HISTÓRIA/GEOGRAFIA
2º ANO
1º PERÍODO
2º PERÍODO
3º PERÍODO

5

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

ASPECTOS HISTÓRICOS:

ASPECTOS HISTÓRICOS:

ASPECTOS HISTÓRICOS:

Muito Prazer

Um lugar para morar

É hora de diversão

 

Você e seu nome

Quem mora aquí?

Hora de brincar

Você tem história

Era uma vez uma casa

Brinquedo tem história

Amigos aqui e ali

Lugares de Aprender

É bom ser criança

 

Estar junto

Conviver e aprender

O direito das crianças

Compartilhando as decisões

Escolas de outros tempos

O trabalho infantil

É

bom ter família

ASPECTOS GEOGRÁFICOS:

ASPECTOS GEOGRÁFICOS:

Você não vive só

As ruas

Familia sempre

A moradia onde vivemos

As ruas são diferentes umas das outras

 

A moradia por dentro

Localizando e identificando ruas

Que fome

A localização da moradia

 

De dar agua na boca

Lugares e caminhos

Alimentando-se ao longo do tempo

A sala de aula

Da casa à escola

ASPECTOS GEOGRÁFICOS:

Objetos e organização de sala de aula

O trânsito

Representação de sala de aula

Bairro, trabalho e convivência

A

moradia

Trabalho nas ruas do bairro

Os diferentes tipos de moradia

A escola

Convivência e vizinhança

A construção da moradia

As diferentes escolas

 

As dependencias da escola

Trabalho e conservação da escola

Os profissionais da escola

Problema do lixo na escola

 

DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS HISTÓRIA E GEOGRAFIA 3º ANO

6

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS HISTÓRIA/GEOGRAFIA

1º PERÍODO

1º PERÍODO

2º PERÍODO

2º PERÍODO

3º PERÍODO

3º PERÍODO

GEOGRAFIA

HISTÓRIA

O

O

BAIRRO O LUGAR PARA VIVER

lugar onde eu moro

Moradias de ontem e hoje

Dois modelos históricos de construção

O dia a dia no bairro

Localização dos bairros

Bairros no campo e na cidade

Ruas e bairros

Gente que faz!

As cidades e seus bairros

Um pedaço da cidade

Convivência

Rede de ideia

Rede de ideias

Festa no bairro

Vivendo nas cidades

GEOGRAFIA

HISTÓRIA

TRANSFORMAÇÕES DAS PAISAGENS

Ligando os lugares

 Meios de transporte por terra:

A paisagem e seus elementos

A paisagem é transformada

 Meios de transporte pelas águas e

presente e passado

O passado e o presente na paisagem

Gente que faz!

pelos ares

 Gente que faz!

Histórias de vida e mudanças na

Patrimônio imaterial

paisagem

 O transporte aéreo

Rede de ideias

Rede de ideias

GEOGRAFIA

HISTÓRIA

SERVIÇOS PÚBLICOS

Os indígenas

Quem são sos indígenas

A água e a energia

Rede de ideias

O dia a dia em uma aldeia indígena gente

que faz!

Diversidade cultural

Rede de ideias

Outros serviços públicos

Quem paga pelos serviços públicos

Convivência

Os serviços públicos do lugar onde moro

Trabalho e lazer

É hora hora de se divertir

Profissões antigas e aulas

Representação da paisagem

Convivência

Rede de ideias

Diferentes pontos de vista

REPRESENTANDO PAISAGENS

Fotografias, plantas e maquetes.

Cartas e reclamação

O bairro visto de cima

Como as cidades se desenvolvem?

A maquete

A formação das cidades brasileiras

A maquete dos arredores da escola

O desenvolvimento das cidades

Gente que faz!

brasileiras

Rede de ideias

Convivência

OS ESPAÇOS DO BAIRRO

 Segurança no trânsito

Espaços públicos e privados

O

Espaço de lazer

universo da comunicação

Gente que faz!

 A comunicação imprensa

 Outros meios de comunicação

É hora de lazer!

Rede de ideias

Convivência

 Gente que faz!

 Linha do tempo

Parque e praças no bairro

Rede de ideia

O BAIRRO NO MUNICÍPIO

Como o teatro acontece

O circo é um espetáculo muito antigo

Os limites do município

Gente que faz!

Município: campo e cidade

A administração do município

Memórias de artista: Mauricio de Sousa e

os quadrinhos

Gente que faz!

É hora de aprender e de sonhar

Quem administra o meu município?

O escritor: inventor de historias

Rede de ideias

Convivência

Gente que faz!

O

AMBIENTE EM PERIGO

Teatro de bonecos

ENCONTRAR LUGARES

Fortes e fortalezas: patrimônio histórico

A primeira vila e a primeira capital do

Localizando lugares

Brasil

Encontrando caminhos e ruas

Orientação pelos pontos cardeais

Rede de ideias

Orientação pelo Sol

O

cotidiano do trabalho

Problemas ambientais

 Trabalho no engenho de açúcar

A poluição

 O trabalho nas fábricas

Tipos de poluição

 As fábricas de brincadeiras

Poluição do ar

Poluição das águas

 Gente que faz!

Encontrando as direções

 Memória oral

Poluição sonora e visual

Gente que faz!

Rede de ideias

 Rede de ideias

Encontrando as direções

Convivência

Rede de ideias

Voluntáriado

7

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
 

4º ANO

1° Período

2° Período

3° Período

A história das navegações:

Invasões estrangeiras no Brasil e no ES:

 

Noções de localização através do estudo dos pontos Cardeais e Colaterais;

Os indígenas;

O café no Espírito Santo:

O português;

A produção do café e a riqueza gerada

 

A contagem dos séculos;

A vida dos negros escravos.

As regiões produtoras de café no Brasil.

O entendimento sobre Continente, Países, Regiões, Estados e Municípios;

A grande aventura das Navegações;

A

A formação do nosso povo;

terra privilegiada do Espírito Santo:

A vinda dos imigrantes para os cafezais.

 

Os habitantes da América.

As diferentes formas de relevo do Estado;

O desenvolvimento social e econômico do Estado a partir do café.

A fauna e a flora;

Os portugueses chegam ao novo mundo:

A preservação ambiental;

Um novo personagem fecha a histó-

 

A intencionalidade da chegada de Cabral ao Brasil;

O

As riquezas hídricas do Estado.

bisneto de Henrique descobre relatos da

ria do século XIX, dando início ao século XX:

O clima, a dimensão e a beleza das terras “descobertas” pelos portugueses;

história do Espírito Santo:

A resistência à escravidão: a formação dos Quilombos;

O período pré-colonial do Brasil;

A importância do ouro como elemento de

A história de Queimados;

Os acidentes geográficos da nova terra conhecida pelos portugueses;

O modo de vida dos indígenas.

riqueza e relações comerciais para o europeu;

Consequências da descoberta do ouro para

Os primeiros governantes do Espírito Santo - republicanos e suas obras;

 

as terras capixabas (barreira verde, isolamento

 

e militarização da Capitania do Espírito Santo);

A

volta da liberdade na política brasi-

Henrique chega ao Espírito Santo a bordo da nau Glória:

As mudanças sociais e econômicas do Brasil

a partir do ciclo da mineração;

leira e capixaba:

Os primeiros governantes e suas obras nos anos: 40, 50, 60, 70, 80;

A viagem, a chegada de Vasco Fernandes

A conjuração mineira .

 

Coutinho e a recepção dos índios;

A erradicação dos cafezais e os gran-

A primeira vila e os primeiros tempos da

Por decreto de um príncipe português, o Espírito Santo começa a melhorar de vida:

A vinda da corte portuguesa para o Brasil;

des projetos industriais;

colonização;

As dificuldades encontradas pelo primeiro

O crescimento urbano e a urbanização;

 

donatário da capitania do Espírito Santo.

A importância dos primeiros imigrantes;

A ocupação das terras capixabas;

Conscientização ecológica;

Os anos finais do século XX e a entrada no século XXI:

riquezas minerais, petróleo e gás natural;

A variedade agrícola do Estado;

Valorização do nosso Estado, sua

O Espírito Santo no século XXI:

Mudanças no Brasil e no Espírito Santo:

O trabalho dos Jesuítas destaque para Frei Pedro Palácios e José de Anchieta ;

Como se desenvolveu o engenho de açúcar e

a importância para o desenvolvimento econômico da Colônia.

A importância do rio Doce como via de acesso ao interior da Capitania.

 

A formação dos primeiros grupos políticos

história e seu povo;

 

Valorização dos museus capixabas.

 

8

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN
CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

DISTRIBUIÇÃO DOS CONTEÚDOS HISTÓRIA/GEOGRAFIA 5º ANO

1º PERÍODO

2º PERÍODO

3º PERÍODO

Conceito de História/ Geografia

   

Aspectos históricos:

Aspectos históricos:

Aspectos históricos:

O que é História?

O império luso-brasileiro

O fim da Monarquia

Fontes Históricas os historiadores

O Primeiro reinado

O Brasil republicano

Da Regência ao Segundo Reinado

A Primeira República (1889-

A árvore que virou riqueza

A cultura do café

1930)

A riqueza do açúcar

A Era Vargas

As missões jesuíticas

Dos anos dourados aos anos de chumbo

Entradas e bandeiras

A corrida do ouro

O retorno da democracia

Tropeiros abastecem as Minas

Aspectos geográficos:

Aspectos geográficos:

Aspectos geográficos:

O que é Geografia?

Os climas do Brasil

Quantos somos?

O Sistema Solar e o planeta Terra

A vegetação brasileira

Distribuição da população no território

Terra: continentes e oceanos

O relevo

O Brasil e a América

Os rios do Brasil

A origem do povo brasileiro

Aspectos do território brasileiro

As divisões regionais do Brasil

De um lugar para outro

As desigualdades sociais

Aspectos das grandes divisões do IBGE

Qualidade de vida

9