Você está na página 1de 2

Meio ambiente Arborização urbana

Sancionada em julho de 2009, a Lei 13.580, de autoria de Jonas


Preservação ambiental é, para Jonas Donizette, garantir a própria Donizette, institui o Programa Permanente de Ampliação das Áreas Verdes
continuidade da existência humana. “O planeta é um bem precioso e devemos Arborizadas Urbanas. O propósito é atingir, como piso, no maior número de
estar à altura do nosso papel, que é o de manter o ecossistema”, afirma. O municípios paulistas, o Índice de Área Verde (IAV) de 12 m² por habitante,
parlamentar fez do tema uma bandeira de sua atuação política. Além de todas pois o texto determina que terão prioridade para o custeio os projetos a serem
as suas propostas na Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado foi um desenvolvidos em áreas urbanas habitadas que não perfaçam esse piso,
assim como naquelas regiões com alto índice de edificação e de
dos principais articuladores da Lei 13.798/2009, que instituiu a Política
impermeabilização do solo.
Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC). Jonas Donizette é também o autor
Os projetos poderão ser financiados com recursos do Fundo Estadual
da proposta de criar uma linha de crédito verde para empresas que invistam no
de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop), vinculado à Secretaria
controle dos processos poluentes, criou o Programa Permanente de Ampliação
Estadual de MeioAmbiente.
das Áreas Arborizadas Urbanas (Lei 13.580/2009), defende a obrigatoriedade
do controle das garrafas pet em São Paulo, milita pelo uso obrigatório do
biodiesel na frota pública, luta pela ampliação dos programas de educação
ambiental, defende o financiamento das cooperativas e dos trabalhadores de
coleta seletiva, assim como milita pela instituição da Campanha Permanente
de Proteção aos Recursos Hídricos e Incentivo à Redução do Consumo de
Água. Jonas Donizette, da mesma forma, tem se manifestado preocupado com
o tráfego de cargas tóxicas e, por isso, enviou moção à Presidência da
República para cobrar do poder público a exigência de que esses veículos A Lei 13.580/2009, de Jonas Donizette, cria fundo para financiar a
sejam mais bem equipados. arborização das cidades no Estado de São Paulo

Projeto estimula o crédito verde Garrafas pet têm de ser recicladas


Criar uma linha de crédito para que as companhias instaladas no Para Jonas Donizette, conter a degradação ambiental decorrente do
Estado adotem procedimentos ambientais apropriados. Esse é o propósito lixo precisa ir além das propostas de conscientização. Por isso, o deputado
do Projeto de Lei 202, apresentado em abril de 2009 pelo deputado Jonas apresentou, em fevereiro de 2004, o Projeto de Lei 27, que obriga as
Donizette. A proposta se refere à contenção de gases que contribuem para o empresas engarrafadoras que utilizam vasilhames de matéria plástica à
efeito estufa, como o dióxido de carbono, o metano, o óxido nitroso e o coleta e à destinação final desses vasilhames após o consumo. Pelo texto, a
clorofluorcarboneto. publicidade de bebidas e quaisquer outros produtos que estejam contidos
O percentual da isenção sobre a taxa do juro será na razão direta do em vasilhames de matéria plástica deverá incluir mensagem ao público
grau de redução proporcionado pelo bem a ser adquirido. Esse índice pode consumidor para que deixe esses recipientes nos postos de coleta. O
chegar a zero, caso o novo equipamento não emita nenhum gás deputado acredita que, por meio da reciclagem, seja possível reduzir danos
potencialmente danoso ao meio ambiente. ambientais no Estado.
Estado deve utilizar biodiesel Campanha pelos recursos hídricos
O poder público deve assumir a vanguarda na preservação do meio Jonas Donizette apresentou, em abril de 2008, o Projeto de Lei 212,
ambiente, defende Jonas Donizette. Por isso, o deputado apresentou, em que propõe a criação de uma “Campanha Permanente de Proteção aos
março de 2006, o Projeto de Lei 125. Pelo texto, o Estado é obrigado a Recursos Hídricos e Incentivo à Redução do Consumo de Água”. O
utilizar o combustível do tipo biodiesel em sua frota. “A adoção do propósito da iniciativa é desenvolver ações de comunicação na mídia sobre o
biodiesel é oportuna e deve ser estimulada, a fim de estabelecer novo tema, além de incluir atividades educativas na rede pública de ensino. O
padrão de matriz energética”, diz Jonas Donizette. Ele acredita que, com texto ainda prevê parcerias com instituições públicas e privadas, para
isso, será possível uma imediata redução das emissões poluentes. O valorizar esse bem tão vital. “A preservação dos recursos hídricos e a
parlamentar defende ainda que a medida implicará a atenuação dos riscos redução racional do consumo de água necessitam de uma ação que mobilize
de impactos danosos à economia, advindos de uma eventual eclosão de o público para economizar. É preciso estabelecer, pela educação, os
uma crise do petróleo. fundamentos da formação de consciência para as futuras gerações”, destaca
o deputado.

Emenda estimula ensino ambiental


Jonas Donizette defende a educação como uma chave para
garantir, a longo prazo, a disseminação da consciência ambiental. Por
esse motivo, o parlamentar vem destinando, por meio de emendas
orçamentárias, recursos para capacitar pessoas para as ações de uma
política eficaz de educação ambiental e para transformá-las em agentes
multiplicadores das informações sobre as iniciativas necessárias à
preservação. Jonas Donizette quer uma campanha de preservação dos
O deputado tem ainda lutado por verbas públicas para a recursos hídricos para conscientizar a opinião pública
elaboração de material educativo para conscientização sobre esse tema.

Viabilizando a coleta seletiva Mais cuidado com cargas tóxicas


Preocupado com os riscos ambientais decorrentes do transporte de
O financiamento das atividades das cooperativas e dos cargas tóxicas, o deputado Jonas Donizette enviou, em dezembro de 2004,
trabalhadores individuais de coleta seletiva é, além de medida de uma moção de apelo ao sr. Presidente da República para que as carrocerias
caráter social, uma forma de melhoria das condições gerais do meio destinadas ao transporte de cargas perigosas, tóxicas, inflamáveis e
ambiente. Por isso, o deputado Jonas Donizette apresentou, em explosivas sejam construídas com materiais de alta resistência aos
março de 2005, o Projeto de Lei 69. impactos fortes e à corrosão.
O texto autoriza o governo do Estado de São Paulo a criar um “Acidentes assim promovem uma agressão adicional ao ambiental,
programa de crédito a cooperativas e trabalhadores individuais que quase sempre sem possibilidade de reação hábil e tempestiva que impeça
atuam nesse setor, a fim de garantir a sustentabilidade desse graus severos de comprometimento dos recursos atingidos”, afirmou o
segmento produtivo tão estratégico para a melhoria das condições parlamentar.
ambientais.