Você está na página 1de 7

17/05/2011

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
FACULDADE DE TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

Sistemas de Classificação dos


Solos

Prof. Gregório Luís Silva Araújo, D.Sc.

Brasília, DF

Sistemas de Classificação dos Solos

CLASSIFICAÇÃO DOS SOLOS: Apesar das limitações a que estão sujeitas as


diferentes classificações, constituem elas um meio prático para a identificação dos
solos.
a) Classificação Trilinear:

Lemo (loam): mistura de areia


silte e argila

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

1
17/05/2011

Sistemas de Classificação dos Solos

CLASSIFICAÇÃO DOS SOLOS: Apesar das limitações a que estão sujeitas as


diferentes classificações, constituem elas um meio prático para a identificação dos
solos.

b) Classificação Unificada:

 É utilizada na construção de barragens;


 Classifica o tipo de solo e suas características;
 Uma classificação é constituída de duas letras. Ex.: GW, SP, SW etc.

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

Sistemas de Classificação dos Solos

a) Classificação Unificada (Sistema Unificado de Classificação dos Solos – SUCS): Tipos


de Solos e suas propriedades

G Pedregulho
S Areia
M Silte Principais Tipos de Solo
C Argila
W Bem Graduado
P Mal Graduado
Dados Complementares dos Solos
H Alta Compressibilidade
L Baixa Compressibilidade
Pt Turfas

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

2
17/05/2011

Sistemas de Classificação dos Solos

a) Classificação Unificada (Sistema Unificado de Classificação dos Solos – SUCS):

1º Passo: Verificar % que passa na #200 (Se é maior ou menor que 50%).

2º Passo (a): Sendo essa % menor que 50%, o solo é G ou S. Se a porcentagem de areia for
maior que a de pedregulho, o solo é S. Caso contrário, o solo é G.

2º Passo (b): Se a porcentagem que passa na #200 for maior que 50%, o solo é M, C ou O. Isso
irá depender da carta de plasticidade.

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

a GW Cu ≥ 4 e 1≤Cc ≤3
% P # 200 ≤ 5%
Sistemas de Classificação dos Solos GP Cu < 4 e 1>Cc>4

G>S:G a,d GC
% P # 200 ≥ 12% GC
GM GM
5 < % P # 200 < 12 GW-GC, GP-GM, etc
% P # 200 ≤ 50
b SW Cu ≥ 6 e 1≤Cc ≤3
% P # 200 ≤ 5%
SP Cu < 6 e 1<Cc<3
b,d SC
S>G:S SC
% P # 200 ≥ 12%
SM SM
5 < % P # 200 < 12 SW-SC, SP-SM, etc
CL IP 58
C
CH CH
ML OH
% P # 200 > 50 M CL
MH
MH
OL 7 OL
O 4 ML
OH LL
20 50 100

a) Pedregulhos com 5 a 12% de finos requerem os símbolos duplos: GW-GM, GW-GC, GP-GM,
GP-GC.
b) Areias com 5 a 12 % de finos requerem símbolos duplos: SW-SM, SW-SC, SP-SM, SP-SC.
c) Se 4≤IP≤7 e é representado na área hachurada da Carta de Casargrande, usa-se o símbolo
duplo GC-GM ou SC-SM.
d) Se 4≤IP≤7 e é representado na área hachurada da carta de casargrande, usa-se o símbolo
duplo CL-ML.

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

3
17/05/2011

a
Sistemas de Classificação dos Solos
a,d

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

Sistemas de Classificação dos Solos

Carta de Casagrande

60
Índice de Plasticidade (IP)

50

40

30 CH
OH
20
CL
OL MH
10 CL
CL-M
C L-MLL ML
0 ML

0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100
Limite de Liquidez (LL)

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

4
17/05/2011

Sistemas de Classificação dos Solos

c) Sistema de Classificação H.R.B.:

 Sistema utilizado na engenharia rodoviária (estradas)

 Pelas características, classifica o tipo de solo

 1º Passo: Verificar % que passa na #200 (Se é maior ou menor que 35%).

 Se for menor que 35% o solo pode ser A-1, A-2 ou A-3. Se for maior, o solo pode ser A-4, A-5,
A-6 e A-7.

 Algumas classificações são função do índice de grupo: Trata-se de um valor que varia de 0 a
20, e indica a “capacidade de suporte” do terreno de fundação de um pavimento. Solos ótimos
posssuem IG = 0 e solos ruins possuem IG=20. É dado pela fórmula:

IG = 0,2a + 0,005ac + 0,01bd


Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

Sistemas de Classificação dos Solos

c) Sistema de Classificação H.R.B.: IG = 0,2a + 0,005ac + 0,01bd


a = % do material que passa na peneira 200 menos 35%.
a = P200-35
amin = 0%
amax = 40%
b = % do material que passa na peneira 200 menos 15%.
b = P200-15
bmin = 0%
bmax = 40%

c = Valor do limite de liquidez menos 40%.


c= LL-40%
cmin = 0%
cmax = 20%

d = Valor do índice de plasticidade, menos 10%.


d= IP-10%
dmin = 0%
dmax = 20%

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

5
17/05/2011

Sistemas de Classificação dos Solos

Classificação Geral Solos Granulares (P200 <35%) Solos Silto-argilosos (P200 ≥ 35%)
Grupos A-1 A-3 A-2 A-4 A-5 A-6 A-7
A-7-5
Subgrupos A-1-a A-1-b A-2-4 A-2-5 A-2-6 A-2-7 A-7-6
P10 <50 - - - - - - - - - -
P40 <30 <50 >50 - - - - - - - -
P200 <15 <25 <10 <35 <35 <35 <35 >35 >35 >35 >35
LL - - - <40 >40 <40 >40 <40 >40 <40 >40
IP <6 <6 NP <10 <10 >10 >10 <10 <10 >10 >10
Índice de Grupo (IG) 0 0 0 0 0 <4 <4 <8 <12 <16 <20

Fragmentos
de pedra, Areia Pedregulhos e areias Solos Solos
Tipos de Material
pedregulho Fina siltosas ou argilosas siltosos argilosos
e areia

Classificação como subleito Excelente a bom Regular a ruim

A-7-5: IP ≤ LL-30
A-7-6: IP>LL-30

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

Sistemas de Classificação dos Solos

Exercício 01: Classifique os seguintes solos pelo sistem de classificação da


AASHTO

Solo
Descrição A B C D E
Porcentagem mais fina que a peneira No 10 83 100 48 90 100
Porcentagem mais fina que a peneira No 40 48 92 28 76 82

Porcentagem mais fina que a peneira No 200 20 86 6 34 38

Limite de Liquidez 20 70 --- 37 42


Índice de Plasticidade 5 32 NP 12 23

Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo

6
17/05/2011

Sistemas de Classificação dos Solos

Exercício 02: Determine a classificação dos solos abaixo pelo sistema


unificado:

Solo A Solo B
Limite de Liquidez 30 26
Limite de Plasticidade 22 20
Geotecnia 01 – Prof. Gregório Luís S. Araújo