Você está na página 1de 1

LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA 2.

DOS SERVIDORES EM GERAL:


1. Constituição Estadual: a) AGENTES:
a) Da administração pública; i. Cargo:
b) Do poder judiciário; 1. Efetivo – provimento por concurso;
c) Das funções essenciais à justiça; 2. Em comissão – chefia, direção ou
d) Da seguridade social escalão.
ii. Função:
Constituição Estadual de Alagoas 1. Vínculo de terceirização temporária
1. DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: para atendimento de interesse
a) PRINCÍPIOS: legalidade, impessoalidade, público excepcional;
moralidade, publicidade, eficiência 2. Função de confiança;
(economicidade), interesse público, 3. Conjunto de atribuições.
planejamento e continuidade. iii. Emprego: empresas públicas ou S.E.M,
b) ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: sempre celetistas;
i. Direta: desconcentrada; iv. Permanente vs Temporário.
ii. Indireta: descentralizada; v. Estável.
iii. Fundacional: fundações públicas. b) PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO
c) DIRETRIZES ESPECÍFICAS: (exceto empresas públicas e SEM):
i. Acessibilidade aos cargos, funções e i. Concurso público;
empregos a brasileiros; ii. Provimento em comissão e função de
ii. Publicidade dos atos, programas, obras…; confiança preferencialmente a
iii. Responsabilidade objetiva da administração; servidores;
iv. Responsabilidade subjetiva do agente; iii. Reserva de percentual a portadores de
v. Indispensabilidade de licitação*; deficiência;
vi. Comprovação da aplicação efetiva e regular iv. Contratação por tempo determinado para
do erário; atendimento de necessidades de
vii. Imprescindibilidade da lei para criação de excepcional interesse público;
cargo, função e emprego; na administração v. Revisão geral e periódica da
direta, autárquica ou fundacional; remuneração;
viii. Imprescindibilidade de lei para vi. Extensibilidade dos servidores inativos a
estabelecimento de quantitativo e padrões direitos e vantagens;
remuneratórios; vii. Isonomia de vencimentos de cargos de
ix. Total transparência, informação e idêntica natureza ou assemelhados –
publicidade no âmbito das licitações e tirantes vantagens pessoais ou
contratações diretas; decorrentes de natureza e local de
x. Vedação ao aumento de pessoal nos últimos exercício;
180d de mandato do gestor de órgão/poder; viii. Precedência da adm. fazendária;
xi. Vedação à realização de operação de crédito ix. Prazo mínimo para inscrição em
por ARO nos últimos 180d de mandato do concurso de 30d;
gestor de órgão/poder; c) RESPONSABILIDADE PELOS
xii. Vedação à contração de obrigação de PREJUÍZOS AO ERÁRIO, DO
despesa nos últimos 2 quadrimestres quando AGENTE, por quebra de isonomia ou
impossível de se realizar até o fim do pagamento de vantagens indevidas,
mandato ou, quando se estendendo ao obrigando-se a ressarcimento devido;
exercício seguinte, não haja caixa para tanto. d) DIREITOS COMUNS:
d) PRINCÍPIOS DA ADMINSTRAÇÃO PÚB.: i. Irredutibilidade de remuneração*;
i. Publicidade (via DOGR) de todos atos e ii. Piso vencimental > 1/40 da maior rem.;
contratos como requisito de validade; iii.
ii. Publicidade mensal de todos recursos
arrecadados/recebidos ao mês anterior;
iii. Prestação de contas de todas as despesas ao
TCE;
iv. Prestação de demonstrativo de contas ao dia
10 de cada mês a ALE;
v. Impedimentos de contratação pública por
força de parentesco até terceiro grau.