Você está na página 1de 4

1-Duas cargas elétricas iguais de 2 · 10–6 C se repelem a nova distância entre tais cargas, para que a

no vácuo com uma força de 0,1 N. Sabendo que a intensidade da força elétrica entre elas seja nove vezes
constante elétrica do vácuo é de 9 · 109 N m2/C2, qual a maior que aquela obtida quando as mesmas distavam
distância entre essas cargas? de d0?
a) 0,6 m a) 3 cm
b) 0,7 m b) 4 cm
c) 0,8 m c) 6 cm
d) 0,9 m d) 9 cm
e) 16 cm
2-Duas cargas elétricas puntiformes idênticas e iguais a
1,0 · 10–6 C estão separadas de 3,0 cm, no vácuo. Sendo 7-Duas pequenas esferas A e B, de mesmo diâmetro e
a constante eletrostática no vácuo igual a 9,0 · 109 N · inicialmente neutras, são atritadas entre si. Devido ao
m2/C2, a intensidade da força de repulsão entre as atrito, 5,0 · 1012 elétrons passam da esfera A para a B.
cargas, em newtons, vale: Separando-as, em seguida, a uma distância de 8,0 cm,
a) 1,0 · 10 a força de interação elétrica entre elas tem
d) 1,0 · 10–2 intensidade, em newtons, de:
b) 1,0 a) 9,0 · 10–5
e) 1,0 · 10–3 b) 9,0 · 10–3
c) 1,0 · 10–1 c) 9,0 · 10–1
d) 9,0 · 102
3-São dados dois corpúsculos eletrizados, com cargas e) 9,0 · 104
elétricas q1 e q2, que se atraem com uma força F, Dados:
quando imersos no vácuo. Se forem imersos em óleo, carga elementar = 1,6 · 10–19 C
mantida constante a distância entre as cargas, a força constante eletrostática = 9,0 · 109 N · m2/C2
de atração entre eles:
a) aumenta. 8-Nós sabemos que a força de interação elétrica entre
b) diminui. dois objetos carregados é proporcional ao produto das
c) não se altera. cargas e inversamente proporcional ao quadrado da
d) se anula. distância de separação entre eles. Se a força entre dois
e) inicialmente aumenta para depois diminuir. objetos carregados se mantém constante, mesmo
quando a carga de cada objeto é reduzida à metade,
4-Duas cargas elétricas puntiformes q e q’ estão então podemos concluir que:
colocadas a uma distância d, e a força de interação a) a distância entre eles foi quadruplicada.
eletrostática entre elas tem intensidade F. Substituindo b) a distância entre eles foi duplicada.
a carga q’ por outra igual a 5q’ e aumentando a c) a distância entre eles foi reduzida à quarta parte.
distância entre elas para 3d, a nova força de interação d) a distância entre eles foi reduzida à metade.
eletrostática entre elas terá e) a distância entre eles permaneceu constante.
intensidade:
a) 0,55 F 9-A distância entre o elétron e o próton no átomo de
b) 1,66 F hidrogênio é da ordem de 10–12 m. Considerando a
c) 2,55 F carga elementar igual a 1,6 · 10–19 C e a constante de
d) 5,0 F eletrostática do meio K = 9 · 109 Nm2/C2, o módulo da
e) 7,5 F força eletrostática entre o próton e o elétron é da
ordem de:
5-A força elétrica entre duas partículas com cargas q e a) 10–4 N
q/2, separadas por uma distância d, no vácuo, é F. A b) 10–3 N
força elétrica entre duas partículas com cargas q e 2q, c) 10–9 N
separadas por uma distância d/2, também no vácuo, é: d) 10–5 N
a) F e) 10–7 N
b) 2 F
c) 4 F 10 - Duas esferas puntiformes estão carregadas com
d) 8 F
cargas elétricas idênticas e, quando estão separadas
e) 16 F
por uma distância d, repelem-se, no vácuo, com uma
6-Considere a situação em que duas cargas elétricas força de intensidade F. Faz-se 50 % da carga de uma das
puntiformes, localizadas no vácuo, estão inicialmente esferas passar para a outra. Se as esferas
separadas por uma distância d0 = 12 cm. Qual deve ser permanecerem no vácuo, para que a intensidade da
força de repulsão continue a mesma, será necessário a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5
alterar a distância entre elas para
15-Duas pequenas esferas puntiformes idênticas estão
a) 2d b)d√3 c)d√3/2 d) d√3/3 e)d/2 eletrizadas, sendo –Q a carga da primeira e +5Q a carga
da segunda. As duas esferas são colocadas no vácuo e
11 - Duas pequeníssimas esferas condutoras idênticas separadas por uma distância d, ficando submetidas a
uma força eletrostática F1. A seguir, as esferas são
estão situadas sobre uma mesma reta vertical,
colocadas em contato e, em seguida, separadas por
conforme ilustra a figura ao lado. A esfera A, suspensa
uma distância 4d, sendo agora submetidas a uma força
por um fio isolante inextensível e de massa desprezível,
eletrostática F2. Pode-se afirmar que a relação F1/F2 é
tem massa 2,00 g e está eletrizada com carga QA = 4,0
de:
mC. A esfera B, presa a uma haste rígida, isolante, está
a) 5 b) 20 c) 16 d) 4 e) 80/9
inicialmente neutra. Em seguida, eletriza-se a esfera B
com uma carga elétrica QB = –1,0 nC. Após a eletrização
16-A figura mostra dois pêndulos eletrostáticos A e B
da esfera B, a intensidade da força tensora no fio
feitos com esferas condutoras de mesmo raio, e
isolante
eletrizadas por contato através de outro corpo
a) duplicará.
eletrizado. Dessa forma, pode-se afirmar que
b) triplicará.
c) reduzir-se-á a 1/3.
d) reduzir-se-á de 1/3.
e) permanecerá inalterada

12-Nos pontos A, B e C da figura fixamos corpúsculos a) a massa da esfera A é maior que a da esfera B.
eletrizados com carga elétrica idêntica. O corpúsculo b) a esfera B possui carga QB maior que a carga QA da
colocado em A exerce sobre o colocado em B uma força esfera A.
de intensidade F. A força resultante que age sobre o c) a esfera A possui carga QA maior que a carga QB da
corpúsculo colocado em B tem intensidade: esfera B.
a) 4F/9 d) a força elétrica sobre a esfera B é maior do que
b)4F/5 aquela que atua sobre a esfera A.
c) 5F/9 e) a força elétrica sobre a esfera A é maior do que
d) 9F/4 aquela que atua sobre a esfera B.
e)9F/5
17 - Nos vértices do triângulo equilátero ABC da figura
13 - Dois pequenos corpos, A e B, distantes 1,00 cm um são fixadas três cargas elétricas puntiformes e de
do outro, interagem entre si com uma força mesmo sinal.
eletrostática de intensidade F1. A carga elétrica qA deve- A força elétrica resultante sobre a carga A será
se a um excesso de nA prótons em relação ao número a) nula, pois encontra-se equidistante das cargas B e C.
de elétrons do corpo, e a carga qB resulta de um excesso b) vertical para cima, somente se as cargas forem
de nB elétrons em relação ao número de prótons do positivas.
corpo. Num processo eletrostático, o corpo B perde 2 c) vertical para baixo, somente se as cargas forem
nB elétrons, o corpo A mantém sua carga elétrica negativas.
inalterada e a distância entre eles também é mantida. d) vertical para cima, qualquer que seja o sinal das
A nova força de interação eletrostática entre esses cargas.
corpos terá intensidade: e) vertical para baixo, qualquer que seja o sinal das
a) F1 b) 2F1 c) 4F1 d) F1/2 e) F1/4 cargas.

18-Considere a seguinte “unidade” de medida: a


14 -Duas esferas metálicas idênticas, separadas pela intensidade da força elétrica entre duas cargas q,
distância d, estão eletrizadas com cargas elétricas Q e - quando separadas por uma distância d, é F. Suponha
5Q. Essas esferas são colocadas em contato e em em seguida que uma carga q1 = q seja colocada frente
seguida são separadas de uma distância 2d. A força de a duas outras cargas, q2 = 3q e q3 = 4q, segundo a
interação eletrostática entre as esferas, antes do disposição mostrada na figura. A intensidade da força
contato tem módulo F1 e após o contato tem módulo elétrica resultante sobre a carga q1, devido às cargas
F2. A relação F1/ F2 q2 e q3, será
a) 2F b) 3F c) 4F d) 5F e) 9F b) 0,50 m
c) 0,15 m
d) 0,75 m
e) 0,30 m

19-Três cargas +q ocupam três vértices de um


quadrado. O módulo da força de interação entre as 22 - Nos vertices A, B e C de um triangulo retângulo
cargas situadas em M e N é F1. Qual o módulo da força isósceles são fixadas, respectivamente , as cargas +Q,
de interação entre as cargas situadas entre M e P é F 2? +Q e -Q, conforme a ilustração a seguir. No ponto
medio M da hipotenusa do triangulo, e fixada uma
carga puntiforme q, a qual ficara sujeita a acao de uma
forca resultante F . A intensidade de F e:

a) k.q.Q√ 5/ 2
b) k.q.Q √17/ 2
c) k.q.Q√ 5
d) k.q.Q√ 17
e) 2 k.q.Q√ 5

20 - Nos vértices de um triângulo equilátero de lado L


= 3,0 cm, são fixadas cargas q pontuais e iguais.
Considerando q = 3,0 μC, determine o módulo da força,
em N, sobre uma carga pontual q0 = 2,0 μC, que se 23 -Uma pequena esfera A, de carga +Q e massa m,
encontra fixada no ponto médio de um dos lados do encontra-se em repouso nas proximidades de um plano
triângulo. 31-Na figura a seguir, a carga Q1 = 0,5 μC fixa inclinado, quando dela é aproximada, lentamente, uma
em A tem uma massa 3,0 · 10–3 kg. A carga Q2 de massa segunda esfera B, de carga +Q fixa sobre um suporte
1,5 · 10–3 kg é abandonada no topo do plano inclinado, isolante .Devido à repulsão eletrostática, a esfera
perfeitamente liso, e permanece em equilíbrio. desloca-se ao longo da rampa sem atrito, estacionando
Adotando g = 10 m/s2 e K0 = 9,0 · 109 Nm2/C2, podemos na posição ilustrada abaixo. Determine o ângulo α.
afirmar que a carga Q2 vale:
a) 10 μC Dados: Q = 2 µC e m = 0,3 g.
b) 0,50 μC
c) 5,0 μC Dados: sen30°=0,5 , cos30°=√3/2 ;sen37°=0,6
d) 0,25 μC ,cos37°=0,8 ; sen45° =cos45°=√2/2 ; sen53°=0,8
e) 1,0 μC

21-Duas cargas elétricas puntiformes Q1 = Q2 = –1 μC


são fixadas nos pontos O e A de abscissas X0 = 0 e XA = 1
m, respectivamente. Uma terceira carga puntiforme Q3 ,cos53°=0,6 ;sen60°=√3/2 ,cos60°=1/2
= +1,0 μC é abandonada, em repouso, num ponto P de
abscissa x, tal que 0 < x < 1m. Desconsiderando as ações a) 30°
gravitacionais e os atritos, a carga Q3 permanecerá em
b) 45°
repouso no ponto P, se sua abscissa x for igual a:
c) 60°
a) 0,10 m
d) 37°
e) 53°

24 - O módulo força eletrostática entre duas


cargas elétricas pontuais q1 e q2, separadas por
kq1q 2
uma distância d, é F  onde k é uma
d2
constante. Considere as três cargas pontuais
representadas na figura por +Q, -Q e q. O módulo
da força eletrostática total que age sobre a carga
q será
26 -Considere dois pontos materiais A e B no vácuo,
afastados de qualquer outro corpo. O ponto A é fixo e
possui carga +Q. O ponto B executa Movimento
+Q +Q Circular Uniforme (M.C.U.) com centro em A e raio
r, ele tem massa m e carga -q. Desprezando-se as
30º ações gravitacionais, determine a velocidade de B.
Constante eletrostática igual a k 0.
K0 Q q
Gab – v = √
R mr
R

27 - Duas pequenas esferas idênticas A e B são


colocadas sobre uma lâmina de vidro plana e
q horizontal a uma distância d uma da outra. A
esfera A encontra-se inicialmente neutra e B
2kQq eletrizada. Uma terceira esfera C, idêntica as duas
a) R2 primeiras e inicialmente neutra, é posta em
3kQq contato com B e em seguida com A. Pergunta-se
b) a que distância x da esfera A, sobre a reta AB, é
R2
necessário colocar a esfera C para que permaneça
kQ 2 q
c) em equilíbrio.
R2
𝐺𝑎𝑏 − 𝑑(√2 − 1)
 3  kQq
d)  2  2
  R

e)  3  kQ 2 q
 
28- Três cargas de 1 C cada estão fixas nos
 2  R2 vértices de um quadrado de lado 1 m, uma
partícula de carga de 1 C e massa 1 g é
abandonada em repouso no quarto vértice do
25 - Duas pequenas esferas, A e B, de massas iguais quadrado, neste momento começa a sofrer a ação
a 50g e 100g, respectivamente, são colocadas à repulsiva das outras cargas. Determinar a
distância de 30 cm sobre a linha de maior declive de um aceleração da partícula no momento em que ela é
plano inclinado, cujo ângulo de inclinação é 30º. Fixa-se
abandonada. Considere o sistema no vácuo
a esfera B ao plano e fornece-se a cada esfera a mesma
quantidade de carga elétrica. Considerando desprezível
onde k 9.109 Nm2/C2 .e √2 = 1,41
o atrito entre as esferas e o plano, indique qual deverá
ser o valor e o sinal da carga fornecida a cada esfera, de gab- 17.2 m/s2
modo que a esfera A se mantenha em equilíbrio na sua
posição inicial.