Você está na página 1de 301

AS EQUAÇÕES DE FRIAS

Tom Godwin
Esta é uma obra de ficção. Todos os personagens e acontecimentos
retratados neste livro são fictícios e qualquer semelhança com pessoas
reais ou incidentes é mera coincidência.

Copyright © 2003 por Tom Godwin.


Os sobreviventes foi publicado pela imprensa do Gnome em 1958 e
reeditado em 1960 pela pirâmide livros sob o título espaço prisão. "A
colheita"foi publicado pela primeira vez em aventurar-se em julho de
1957. "Quebra" foi publicado pela primeira vez em se , em outubro de
1956. "A mãe da invenção" foi publicado pela primeira vez em
espantosa em dezembro de 1953. "— E Devious Line of Duty" foi
publicado pela primeira vez em analógico , em dezembro de 1962.
"Empatia" foi publicado pela primeira vez no fantástico , em outubro de
1959. "Nenhuma espécie Alone" foi publicado pela primeira vez no
universo , em novembro de 1954. "O Golfo entre" foi publicado pela
primeira vez em espantosa , em outubro de 1953. "As equações de frias"
foi publicado pela primeira vez em espantosa em agosto de 1954.

Todos os direitos reservados, incluindo o direito de reproduzir este livro


ou partes em qualquer forma.

A Baen Books Original

Baen empresas de publicação


P.O. Box 1403
Riverdale, NY 10471
www.Baen.com

ISBN: 0-7434-3601-6

Arte da capa por Clyde Caldwell

Primeira impressão, abril de 2003

Biblioteca de dados de catalogação-na-publicação do Congresso


Godwin, Tom.
As equações de frias & outras histórias / por Tom Godwin; edição e
compilado por Eric Flint.
p. cm.
ISBN 0-7434-3601-6 (pbk.)
1. Ficção científica americana. 2. Vôo espacial — ficção. I. título: frio
equações e outras histórias. II. Flint, Eric. III. título.
PS3557.O3175C65 2003
813'. 54 — dc21
2002043995

Distribuído pela Simon & Schuster


1230 Avenida das Américas
Nova York, NY 10020
Produção Windhaven Press, Auburn, NH
Impresso nos Estados Unidos da América
Prefácio

por Barry Malzberg


A história do título deste volume, "The Cold equações," é talvez a mais famosa e
controversa de todos os contos de ficção científica. Quando ele apareceu pela primeira
vez na edição de agosto de 1954 da Astounding, gerou mais correio de leitores do que
qualquer história anteriormente publicados na revista. Desde então, foi reimpressos
milhares de vezes (quase todos os cursos universitários na ficção científica
rotineiramente incluem-lo em listas de leitura). Tem sido a base de um filme de
televisão e um episódio de The Twilight Zone , e antes que haviam sido adaptado para
rádio e televisão muitas, muitas vezes.
Seu impacto mantém-se. Em l990 o final da era objecto de um debate furioso na
intelectualmente ambiciosos (ou simplesmente pretensioso; você decide) New York
Review of Science Fiction , em que a história foi anatomized como anti-feminist, proto-
feminista, hard-edged realismo, fantasia Molinho para a auto-ilusão, misógino patologia
rotineira, cripto-fascista, etc., etc. Um correspondente sugeriu pederastia mal escondido.
Influência dos debatedores sobre uma história de mais de quatro décadas de idade
foi extraordinária, e o debate não terminou tanto como que tipo de expirado de exaustão.
Filha adotiva de Godwin, Diane Sullivan, disse, concluindo que Godwin-se sempre
senti as mulheres eram "para ser amado e protegido" e AJ Budrys em um tom da mesma
forma funerário observou que 'As equações frias' era o melhor conto que Godwin nunca
escreveu e ele não escrevê-lo."
Mas, é claro, ele fez. Eu vou ter mais a dizer sobre a história do conto no meu
posfácio (veja abaixo), mas por agora é suficiente. Aqui, em um único volume, são os
melhores escritos do Tom Godwin. Ele começa com o romance mais popular, Os
sobreviventes e fecha com a sua lendária história, "As equações de frias."
OS SOBREVIVENTES
Nota do editor: Este é o meu favorito de todos os escritos de Godwin.
Algumas das minha predileção por este romance curto, eu admito, é,
talvez, simplesmente saudade. Os dois primeiros romances de ficção
científica que já li foram Robert Heinlein Cidadão da galáxia e... um
presente. Entre elas, as duas histórias incutiram um amor de ficção
científica em um garoto de treze anos que agora tem durou por mais de
quatro décadas. Mas deixando isso de lado, acho que esta história mais
do que qualquer outro capta os temas que se repitam constantemente na
ficção de Godwin: o valor de coragem e lealdade.

Godwin tinha um lado sombrio para ele, que se reflete no The Survivors,
como é na maioria de suas histórias, mas, também, como na maioria —
em última análise, é uma história de triunfo. Mais ainda, em alguns
aspectos, do que em qualquer outro romance de ficção científica eu já li.
Eric Flint

Parte 1
Sete semanas a constelação tinha sido mergulhar através do hiperespaço com seus
oito mil colonizadores; fugindo como uma coisa caçada com seus comunicadores
silenciados e seus drives gemendo e trovão. Até no controle de sala, Irene tinha sido
dito, as agulhas de mostradores dançadas contra o perigo vermelho dia e noite.
Ela estava na cama e ouviu o barulho abafado, incessante das unidades e senti a
vibração de canto do casco. Devemos ser quase seguros até agora, ela pensou. Athena é
apenas quarenta dias de distância.
Pensamento da nova vida que os esperam todos os fez muito inquieto para
encontram-se ainda mais. Ela levantou-se, sentar-se na borda da cama e ligar a luz. Dale
tinha ido embora, ele tinha sido convocado para ajustar uma das máquinas na sala de
raio-x do navio — e Billy estava dormindo, nada mostrando dele acima as capas mas
uma colheita de cabelos castanhos e nariz peludo de seu ursinho de pelúcia imperfeitos.
Ela estendeu a mão para alisar as tampas, suavemente, para despertar-lhe. Então, o
que aconteceu a coisa que todos temiam.
Da popa do navio veio uma explosão ensurdecedora, chocante. O navio bateu
violentamente, vigas gritavam, e a luz acendeu fora.
Na escuridão, ela ouviu um tiro rápido thunk-thunk-thunk como o sistema de
segurança automático deslizou inter-compartment portas fechadas contra seções do
navio de repente sem ar. As portas ainda estavam thudding fechada quando veio de uma
outra explosão, partir em direção a proa. Então houve silêncio; uma sensação de calma
absoluta e motionlessness.
Os dedos do medo entre ela e sua mente disse-lhe, como o resfriado, unpassionate
voz de um estranho: O Gerns ter encontrado nos.
A luz veio mais uma vez, um brilho fraco, e havia o som macio, abafado de
questionamento vozes nos outros compartimentos. Ela vestida, agitando os dedos e
desajeitado, desejando que Dale viria para tranquilizá-la; para dizer-lhe que nada
realmente sério tinha acontecido, que não tinha sido o Gerns.
Era muito ainda no interior do pequeno — estranhamente assim. Ela tinha acabado
de vestir quando ela percebeu a razão: o sistema de circulação de ar tinha parou de
funcionar.
Isso significava que a falha de poder era tão grande que os regeneradores de ar, eles
próprios, foram mortos. E havia oito mil pessoas na constelação que teria que ter ar para
viver...
Atenção campainha soou ruidosamente nos alto-falantes do sistema de endereço
público que estavam espalhados por corredores do navio. Uma voz que ela reconheceu
que falou do tenente-comandante Lago:
"Guerra foi declarada sobre terra pelo Império Gern há dez dias. Dois cruzadores
Gern atacaram-nos e seus blasters destruíram a popa e proa do navio. Estamos sem uma
unidade e sem poder, mas para algumas baterias de emergência. Eu sou da
constelaçãoúnica sobrevivente oficial e o comandante Gern é embarcar-na dar-me os
termos de rendição.
"Nenhum de vocês vai deixar seus compartimentos até que ordenou a fazê-lo. Onde
quer que você esteja, permanecem lá. Isso é necessário para evitar confusão e ter o
maior número possível em locais conhecidos para futuras instruções. Repito: você não
vai deixar seus compartimentos. "
O alto-falante cortado. Ela ficou sem mover e novamente ouviu as palavras: eu sou
o constelaçãodo único sobrevivente oficial...
O Gerns tinha matado seu pai.
Ele tinha sido o segundo em comando da expedição de Dunbar que tinha descoberto
o mundo de Athena, e seu conhecimento de Atena era valioso para os planos de
colonização. Ele tinha sido esquartejado entre oficiais do navio — e a explosão de Gern
tinha destruído nessa seção do navio.
Ela sentou-se novamente na borda da cama e tentou reorientar-se; aceitar o fato de
que sua vida e a vida de todos os outros tinha abruptamente, irrevogavelmente, foi
alterada.
O plano de colonização de Atena foi encerrado. Eles haviam conhecido tal coisa
poderia acontecer — que foi por isso que a constelação feito pronto para a viagem em
segredo e esperou por meses a chance de escapar através do anel de Gern navios de
espião; que foi por isso que ela tinha correu a toda velocidade, com seus comunicadores
silenciadas assim não haveria nenhuma radiações para o Gerns para encontrá-la por.
Apenas quarenta dias mais teria trazido-os para o mundo verde e virgem de Athena,
quatrocentos anos-luz além do limite da mais externo do Império Gern. Lá, eles
deveriam ter sido salvo de Gern detecção para muitos anos; por muito tempo suficiente
para construir defesas planetárias contra ataque. E lá eles teriam usado recursos ricos do
Athena para fazer navios e armas para defender a terra depleção mineral contra a
inclosure inexoravelmente crescente dos poderosos, friamente calcular colosso que foi o
Império de Gern.
Sucesso ou fracasso do plano Athena tinha significado final vida ou morte para
terra. Eles tinham tomado todas as precauções possíveis, mas o sistema de espião Gern
alguma forma havia aprendido de Athena e a constelação. Agora, a guerra fria não era
mais fria e o plano era poeira...
***
Billy suspirou e agitado no sono menino que não tinha sido quebrado por explosões
que alteraram as vidas de oito mil pessoas e o destino de um mundo.
Ela apertou o ombro e disse: "Billy."
Ele se levantou, tão pequeno e jovem para os olhos que a pergunta em sua mente era
como uma oração angustiada: Querido Deus — o que Gerns fazer para meninos de
cinco anos?
Ele viu seu rosto e a luz ofuscante, e a sonolência se repente foi dele. "O que há de
errado, mamãe? E por que você está com medo?"
Não havia razão para mentir para ele.
"O Gerns nos encontrou e parou nos."
"Oh," ele disse. Sua forma foi o thoughtfulness grave de um menino dobro da sua
idade, como sempre foi. "Eles vão, eles vão nos matar?"
"Se vestir, mel," ela disse. "Pressa, então estaremos prontos quando eles deixam o
Papai voltar para nos dizer o que fazer."
***
Eles eram ambos pronto quando a atenção buzina soou nos corredores. Falou do
Lago, seu tom sombrio e amargo:
"Não há energia para os regeneradores de ar e no prazo de vinte horas vamos
começar sufocando até a morte. Nestas circunstâncias poderia não que não aceito os
termos de sobrevivência, que o comandante Gern nos ofereceu.
"Ele vai falar para você agora e você vai obedecer suas ordens sem protesto. A
morte é a única alternativa."
Em seguida, a voz do Gern [I1] comandanteveio, rápidas e duras e quebradiças:
"Nesta seção do espaço, juntamente com o planeta Athena, é uma extensão do
Império Gern. Este navio deliberadamente invadiu o território de Gern em tempo de
guerra, com a intenção de aproveitar e explorar um mundo de Gern. Estamos dispostos,
no entanto, para oferecer uma clemência não exigida pelas circunstâncias. Terran
técnicos e trabalhadores qualificados em certas áreas podem ser usados nas fábricas que
devem construir em Athena. Os outros não será necessário e não há espaço em cruzeiros
para levá-los.
"Seus registros de ocupação serão usados para você dividir em dois grupos: o
Acceptables e o rejeita. Os rejeitos serão tomados pelos cruzadores para um planeta
terra-tipo perto aqui e à esquerda, junto com as possessões pessoais em seus
compartimentos e fontes adicionais e amplos. O Acceptables será tomado então a
Athena e posteriormente que os cruzadores retornará o rejeita a terra.
"Essa divisão irá dividir famílias, mas não haverá nenhuma resistência a ele. Gern
guardas serão enviadas imediatamente para fazer esta divisão, e você vai esperar em
seus compartimentos para eles. Você irá obedecer suas ordens imediatamente e sem
irritá-los com perguntas. Em primeira instância de resistência ou de rebelião esta oferta
será retirada e os cruzadores vão seguir seu caminho novamente."
***
No silêncio após o ultimato, ela podia ouvir o murmúrio suave, sem palavras de
outros compartimentos, o tom de ansiedade como uma linha escura através dele. Em
cada compartimento de pais e filhos, irmãos e irmãs, estavam vendo uns aos outros pela
última vez...
O corredor fora tocou para o vagabundo de pés; o som de uma dúzia de Gerns
andando com precisão militar rápida. Ela segurou sua respiração, seu coração acelerado,
mas eles foram além de sua porta e até o fim do corredor.
Lá [I2] ela podia ouvir fracamente os compartimentos entrando no exigente nomes e
dizendo, "fora — fora!" Uma vez que ela ouviu um Gern dizer, "Acceptables
permanecerá dentro até novo aviso. Não abra suas portas após os rejeitos foram
retirados."
Billy tocou-lhe na mão. "Não Papai vai vir?"
"Ele — ele não é possível neste momento. Vamos vê-lo em breve."
Lembrou-se que o comandante Gern tinha dito sobre os rejeitos, sendo autorizados a
ter seus bens pessoais. Ela teve muito pouco tempo ficar juntos, o que ela poderia
carregar...
Havia dois pequenos sacos no compartimento e ela correu para embalá-los com as
coisas, ela e Dale e Billy pode ser necessário, não é capaz de saber qual deles, se for o
caso, seria rejeita. Nem ela poderia saber se ela deve colocar roupas para um mundo frio
ou um quente. O comandante Gern tinha dito os rejeitos seriam deixados em um planeta
tipo terra, mas onde poderia ser? A expedição de Dunbar tinha explorado em quinhentos
anos-luz de espaço e tinha encontrado apenas um mundo de terra-tipo: Athena.
Os Gerns eram quase à sua porta quando ela tinha acabado e ela ouviu entrar os
compartimentos em frente à sua própria. Veio o comando e as perguntas difíceis,
lacónico: "fora — apresse-se!" Uma mulher disse alguma coisa em questão de súplica e
lá foi o baque suave de um golpe e as palavras: "fora — não faça perguntas!" Um
momento depois ela ouviu a mulher indo pelo corredor, tentando segurar o choro.
Em seguida, os Gerns foram em sua própria porta.
Ela manteve a mão de Billy e os esperava com seu martelo de coração. Ela segurava
sua cabeça alta e compor-se com toda a determinação que ela conseguiu reunir para que
o Gerns arrogante não iria ver que ela estava com medo. Billy ficou ao lado dela tão alto
quanto permitiria que seus cinco anos, o seu urso de pelúcia em seu braço e apenas a
maneira que sua mão para também, dela mostrou que ele estava com medo.
A porta foi arremessada aberta e dois Gerns caminhou em.
Eles eram homens grandes, escuros, com músculos poderosos, abaulamento. Eles
entrevistaram ela e a sala com um movimento rápido dos olhos que eram como
obsidiana brilhante, suas barras de fina, cruel de bocas em planos lisos, brutais de seus
rostos.
"Seu nome?" agarrado aquele que carregava um feixe de registros de ocupação.
"Ele tem" — ela tentou engolir a colcheia em sua voz e torná-lo fresco e
unfrightened — "Irene Lois Humbolt — sra. Dale Humbolt."
O Gern olhou para os papéis. "Onde está seu marido?"
"Ele estava na sala de raio-x —"
"Você é uma rejeição. Fora — para baixo o corredor com os outros. "
"Meu marido, ele vai ser um —"
"Fora!"
Foi o tom de voz que antecedeu o golpe no outro compartimento e o Gern deu um
passo rápido em direção a ela. Ela apreendeu os dois sacos em uma mão, não querendo
lançar Billy e balançou para trás para se apressar para fora no corredor. O outro Gern
empurrou um dos sacos da mão dela e atirou-o no chão. "Apenas um saco por pessoa,"
ele disse e deu-lhe um empurrão impaciente que enviou a ela e Billy tropeço através da
porta.
Tornou-se parte dos rejeitos que estavam sendo conduzidos como ovelhas para
baixo pelos corredores e para a câmara do Porto. Havia muitas crianças, entre eles, os
jovens queridos assustados e chorando e muitas vezes com apenas um pai ou um irmão
ou irmã para cuidar deles. E foram muitos os jovens que não tinham ninguém em tudo e
eram dependentes de estranhos para tomar suas mãos e dizer-lhes o que devem fazer.
Quando ela estava passando pelo corredor que levou para a sala de raios-x, que ela
viu um grupo de rejeita ser conduzidos até ele. Dale não estava entre eles e ela sabia,
então, que ela e Billy iria nunca vê-lo novamente.
***
"Fora do navio — mais rápido — mais rápido —"
Os comandos dos guardas Gern bati como chicotes em torno deles como ela e os
outros rejeitos lotaram e tropeçaram pela rampa de embarque e sair para o solo rochoso.
Havia a força da gravidade terrível como ela nunca tinha experimentado e eles estavam
em um vale sombrio, estéril, um frio vento gemendo baixo e bater a poeira do alcalóide
em nuvens amargos. Em todo o vale estava colinas irregulares, seus tops brancos layout
de flâmulas de neve vento e o céu estava escuro com pôr do sol.
"Fora do navio — mais rápido —"
Era difícil andar rápido em alta gravidade, carregando o saco em uma mão e
segurando todo peso de Billy, que ela poderia com o outro.
"Eles mentiram para nós!" disse que um homem ao lado dela para alguém. "Vamos
transformar e lutar. Vamos dar — "
Um blaster Gern rachado com um flash azul vívido e o homem [caiu no chão. Ela se
encolheu instintivamente e caiu sobre uma rocha invisível, o saco de roupas preciosos
voando da mão dela. Ela se esforçavam por mais uma vez, seu joelho esquerdo meio
dormente e virou-se para recuperá-lo.
A guarda de Gern já estava com ela, seu blaster ainda na mão. "Fora do navio —
mais rápido."
O barril do seu blaster amarradas em todo o lado da cabeça. "Passar — passar!"
Ela cambaleou em uma chama ofuscante de dor e, em seguida, apressado, segurando
firmemente a mão de Billy, o vento cortando como facas de gelo através de sua roupa
fina e sangue correndo em um fio para baixo sua bochecha.
"Ele bate em você," disse Billy. "Ele te machucar." Então ele chamou o Gern, um
nome que meninos de cinco anos não deveriam saber, com uma selvageria que meninos
de cinco anos não deveriam possuir.
Quando ela parou na margem exterior das rejeições viu-se que todos eles estavam
fora do cruzador, e os guardas estavam indo de volta para ele. Meia milha abaixo o vale
o outro cruzador destacou, os rejeitos com ele e suas rampas de embarque já retiradas.
Quando ela tinha abotoado blusa Billy mais apertada e limpou o sangue de seu
rosto, a primeira explosão das unidades vieram do cruzador mais distante. O mais perto
que soprou um pouco mais tarde e eles juntos, levantavam seu estrondoso do Vale de
enchimento. Subiu mais rápido e mais rápido, diminuindo quando iam. Então eles
desapareceram no céu negro, seu rugido desapareceu e havia deixado apenas os
gemidos do vento em torno dela e em algum lugar uma criança chorando.
E em algum lugar uma voz perguntando, "onde estamos? Em nome de Deus — o
que eles fizeram para nós? "
Ela olhou para a neve streaming de colinas irregulares, sentiu a dura tração da
gravidade e sabia onde eles estavam. Eles estavam no Ragnarok, inferno-mundo de 1,5
gravidade e animais ferozes e febres caudaloso, onde homens não poderiam sobreviver.
O nome veio de um antigo mito teutônico e significa: último dia para deuses e homens.
A expedição de Dunbar tinha descoberto o Ragnarok e seu pai tinha lhe disse dele, de
como ele tinha matado seis dos oito homens que haviam deixado o navio e teriam
matado todos eles se eles haviam permanecido por mais tempo.
Ela sabia onde eles estavam e ela sabia que o Gerns tinha mentido para eles e nunca
iria enviar um navio para levá-los à terra. Seu abandono lá tinha sido pretendido como
uma sentença de morte para todos eles.
E Dale tinha ido embora e ela e Billy morrer sozinho e desamparado...
"Vai ser escuro — tão cedo." Voz de Billy sacudiu com o frio. "Se o Papai não pode
encontrar-no escuro, o que faremos?"
"Não sei," ela disse. "Não há ninguém para nos ajudar e como posso saber — o que
devemos fazer —"
Ela era da cidade. Como ela poderia saber o que fazer em um mundo alienígena
hostil onde exploradores armados tinham morrido? Ela tentou ser corajoso antes o
Gerns mas agora — agora de noite estava na mão e fora dele viria o terror e a morte
para ela e Billy. Eles seriam nunca ver Dale novamente, nunca vê Athena ou terra ou
mesmo o amanhecer sobre o mundo que tinha matado eles...
Ela tentou não chorar e falhou. Mãozinha fria do Billy tocou sozinha, tentando
tranquilizá-la.
"Don 't cry, Mama. Eu acho, eu acho que todo mundo está com medo, também. "
Todos os outros...
Ela não estava sozinha. Como poderia ela ter pensado que ela estava sozinha? Todos
ao seu redor eram outros, como impotente e incerto como ela. Sua história foi apenas de
quatro mil.
"Acho que eles são, Billy," ela disse. "Nunca pensei que, antes."
Ajoelhou-se para colocar seus braços em torno dele, pensando: lágrimas e medo são
armas inúteis; eles nunca podem trazer-nos qualquer amanhãs. Nós vamos ter que
combater o que vier nos matar, não importa o medo como nós somos. Para nós e para
nossos filhos. Acima de tudo, para os nossos filhos...
"Eu vou voltar para encontrar nossas roupas", disse ela. "Você espera aqui para
mim, no abrigo do que rock, e eu não vou ser ido longo."
Então ela lhe disse que ele seria muito jovem para compreender realmente.
"Eu não vou chorar mais, e eu sei, agora, o que devo fazer. Eu estou indo para
certificar-se de que há um amanhã para você, sempre, até o último suspiro da minha
vida."
***
A brilhante estrela azul acinzentado e os outros desapareceram. Dawn tocou o céu,
trazendo com ele uma frieza que geou o aço do rifle nas mãos de John Prentiss e
formado de grânulos de gelo sobre o bigode cinzento. Houve uma agitação na área atrás
dele como o rejeita cansado preparado para enfrentar o novo dia e o som de uma criança
choramingando do frio. Tinha havido nenhuma hora à noite antes de recolher lenha para
incêndios —
"Caçadores!"
O grito de alerta veio de uma guarda externa e sombras negras foram subitamente
varrendo fora a madrugada escura.
Eles eram coisas que poderiam ter sido metade lobo, metade tigre; cada um deles
trezentos quilos de incrível ferocidade com os olhos em chamas como o fogo amarelo
em seus rostos de branco-presas de lobo-tigre. Eles vieram como o vento, em uma onda
preto esvoaçante e rasgou a linha exterior de guarda, como se ele não tivesse existido.
Os guardas internos acionado em um rolo de vibrações de tiros, tentando transformá-
los, e rifle de Prentiss lambeu fora pálidas línguas de fogo como ele adicionou seu
próprio fogo. Os caçadores veio, romper, mas parte delas caiu e os outros foram desviou
pelo fogo, para que eles atingido apenas a borda externa da área onde os rejeitos foram
agrupados.
A que distância eles misturados no solo escuro para que ele não poderia encontrá-los
na mira de seu rifle. Ele só podia assistir impotente e ver que uma mulher de cabelo
escura pegou em seu caminho, tentando correr com uma criança nos braços e já sabendo
que era tarde demais. Um homem estava correndo em direção a ela, lento em alta
gravidade, um machado em suas mãos e sua maldição um rosnar feroz, selvagem. Por
um momento o rosto branco transformou-se no apelo impotente para ele e os outros; em
seguida, os caçadores foram sobre ela e ela caiu, deliberadamente, indo até o chão com
seu filho abraçado em seus braços debaixo dela, para que seu corpo iria protegê-lo.
Os caçadores passaram por cima dela, parando um instante cortar a vida dela e
correram em novamente. Eles desapareceram volta para as trevas exteriores, os guardas
mais distantes que queima inutilmente, e houve um silêncio, mas para que o chorando
histérica, distante de uma mulher.
Tinha acontecido dentro de segundos; o quinto prowler atacar durante a noite e o
mais suave.
***
Amanhecer completo tinha chegado no momento em que ele substituiu os guardas
mortos por último ataque e fez as rondas das outras linhas de guarda. Ele voltou, o lugar
onde os caçadores mataram a mulher, cansadamente andando contra a força da
gravidade. Capotou She lay com o cabelo escuro e manchado com sangue, seu rosto
branco virou-se para o céu a vermelhidão, e viu claramente pela primeira vez.
Foi Irene.
Ele parou, segurando o aço frio da arma e não se sentindo a visão traseira como ele
corte em sua mão.
Irene... Não conhecia que ela era sobre Ragnarok. Ele não tinha visto na escuridão
da noite e ele esperava que ela e Billy eram seguras entre o Acceptables com Dale.
Houve o som de passos e uma menina em negrito em uma saia vermelha parou ao
lado dele, seu olhar indo sobre ele, curiosamente.
"O little boy", ele perguntou, "você sabe se ele está bem?"
"Os caçadores cortar a sua cara, mas ele vai dar tudo certo", disse ela. "Eu voltei
depois de suas roupas."
"Vão cuidar dele?"
"Alguém tem que e" — ela deu de ombros os ombros — "eu acho que eu era suave
o suficiente para eleger-me para o trabalho. Porque — foi sua mãe de um amigo seu? "
"Ela era minha filha", disse ele.
"Oh". Por um momento o olhar arrojado, ousado foi passado de seu rosto, como
uma máscara que tinha deslizado. "Me desculpe. E eu vou cuidar de Billy."
***
A primeira objeção a sua suposição de liderança ocorreu uma hora mais tarde. Os
caçadores tinham retirado com a vinda da luz do dia completo e madeira tinha sido
transportada das árvores para criar incêndios. Maria, um dos cozinheiros do voluntários,
pedia dois homens para carregá-la alguma água, quando ele se aproximou. O menor
homem pegou um dos recipientes desajeitados, apressadamente improvisado de lona e
começou para o riacho. O outro, um homem grande e grosso-peito, não se mexeu.
"Vamos ter de ter água", disse Mary. "As pessoas estão com fome e frio e doente."
O homem continuou a agachamento pelo fogo, suas mãos estendidas para seu calor.
"Nome de outra pessoa", disse ele.
"Mas —"
Ela olhou para Prentiss na incerteza. Ele foi para o homem grosso-peito, sabendo
que haveria violência e recebê-lo como algo para ajudar a afastar a visão do rosto
pálido, frio de Irene sob o céu vermelho.
"Ela lhe pediu para levá-la a alguma água," ele disse. "Pegar".
O homem olhou para ele, estudando-lhe com insolência deliberada, então ele tem a
seus pés, os ombros pesados curvados desafiadoramente.
"Eu terei que configurá-lo reto, velho timer", disse ele. "Ninguém lhe nomeou o
cabeça queijo por aqui. Agora, há o recipiente que você quer cheia e mais lá ", ele fez
um pequeno movimento com uma mão —" é o riacho. Você sabe o que fazer?"
"Sim," ele disse. "Eu sei o que fazer."
Ele trouxe a coronha da espingarda quebrando. Golpeou o homem debaixo do
queixo e houve uma acentuada racha de som como seu jawbone agarrado. Por uma
fração de um segundo, que havia uma expressão de espanto de estupefata no rosto, em
seguida, seus olhos vidrados e ele caiu no chão com sua mandíbula quebrada
configuração torto.
"Tudo bem", disse ele a Maria. "Agora você vá em frente e nome de outra pessoa."
***
Ele descobriu que os caçadores mataram setenta durante a noite. Cem mais morreu
de febre inferno muitas vezes seguido de exposição e morto dentro de uma hora.
Ele foi a meia milha para o grupo que tinha chegado no cruzador segundo assim que
ele tinha comido um atraso pequeno-almoço. Ele viu, antes bastante tinha alcançado o
outro grupo, que a constelaçãodo tenente-comandante, Lago de Vincent, era
responsável por ele.
Lago, um homem alto e duro-jawed com olhos azuis pálidos sob sobrancelhas
pálidas, andados para trás para encontrá-lo tão logo ele reconheceu-o.
"Fico feliz em ver você está ainda vivo," cumprimentou-o lago. "Eu pensei que a
segunda explosão de Gern tem você juntamente com os outros."
"Eu estava visitando midship e não era casa quando isso aconteceu," ele disse.
Ele olhou para o grupo do Lago de rejeitos, em sua miséria e incerteza tanto como
seu próprio e perguntou: "Como foi na noite passada?"
"Mau-mau danado," Lago disse. "Caçadores e febre do inferno e nenhuma madeira
para fogos. Duzentos morreu ontem à noite."
"Eu desci para ver se alguém estava no comando aqui e dizer-lhes que nós teremos
que mover-se para a floresta ao mesmo tempo — hoje. Vamos ter muita lenha para o
fogo lá, alguma proteção contra o vento e combinando nossas defesas, que podemos
ficar fora os caçadores melhor."
Lago concordou. Quando terminou o breve discussão dos planos ele perguntou,
"quanto você sabe sobre Ragnarok?"
"Não muito", respondeu a Prentiss. "Não ficamos para estudá-lo muito longo. Não
existem aqui os metais pesados, ou recursos de qualquer valor. Demos Ragnarok uma
pesquisa rápida e quando o sexto homem morreu ele marcado no gráfico como
inabitável e seguimos nosso caminho.
"Como você provavelmente sabe, aquela estrela azul brilhante é outro sol de
Ragnarok. Sua posição no avanço do sol amarelo mostra a época para ser o início da
Primavera. Quando o verão chega Ragnarok vai balançar entre os dois sóis e o calor
será algo que nenhum ser humano jamais sofreu. Nem o frio, quando o inverno chega.
"Conheço nenhuma planta comestível, embora possa haver alguns. Existem algumas
espécies de roedores como animais — eles são catadores — e um herbívoro chamamos
o bode de madeira. Os caçadores são a forma dominante de vida em Ragnarok e eu
suspeito que sua inteligência é muito maior do que gostaríamos que fosse. Haverá uma
batalha constante para sobrevivência com eles.
"Há um outro animal, não tão inteligente como os caçadores, mas tão perigoso — o
unicórnio. Os unicórnios são grandes e rápidos, e eles viajam em rebanhos. Eu não vi
nenhum aqui até agora, espero que não. As altitudes mais baixas são as esteiras rolantes
de pântano. Eles são puro pesadelos. Espero que eles não vão a estas altitudes mais
elevadas no verão. Os caçadores e a febre do inferno, a gravidade e o calor e o frio e a
fome, será suficiente para que possamos ter de lutar."
"Eu vejo", disse lago. Ele sorriu, um sorriso que era tão sombrio como luar sobre
uma geleira ártica. "Tipo de terra — Lembre-se de que a promessa do Gerns fez os
rejeitos?" Ele olhou para fora através do campo, na neve chicoteamento das montanhas
geladas, os mortos e moribundos e uma menina tentando em vão despertar seu irmão.
"Eles foram condenados, sem razão, sem a chance de viver," ele disse. "Então,
muitos deles são tão jovens... e quando você é jovem é muito em breve ter que morrer."
***
Prentiss voltou ao seu próprio grupo. Os mortos foram enterrados em sepulturas
rasas e inventário foi tirado do prometido "um grande suprimento". Estes foram apenas
os alguns bens pessoais que os rejeitos tinham sido autorizados a ter mais uma pequena
quantidade de alimento que o Gerns tinha tirado da constelaçãode lojas. O Gerns tinha
sido forçado a fornecer os rejeitos pelo menos um pouco de comida — eles abertamente
tinham deixado-os a morrer de fome, o Acceptables, cujas famílias estavam entre os
rejeitos, poderia ter rebelou.
Inventário das armas de fogo e munições mostrou o total a ser muito pequeno. Eles
teriam que aprender como fazer e usar arcos e flechas, logo que possível.
Com a primeira parte dos guardas e operários a segui-lo, Prentiss foi para o Vale do
Tributário que esvaziado em central valley, uma milha ao norte. Foi tão bom um
campismo como poderia ser esperado; grossa e larga manchado com bosques de
árvores, um riacho que corre para baixo de seu centro.
Os trabalhadores começaram a construção de abrigos e ele subiu do lado da colina
mais próxima. Ele alcançou seu topo, sua respiração entrando rápido a gravidade, que
era o equivalente a uma carga metade seu próprio peso e vi que o terreno era como.
Ao sul, além do vale estéril, a terra poderia ser vista caindo em sua varredura longa
para o baixo Sul, onde viveram os unicórnios e rastreadores de pântano. Ao norte das
colinas subiram suavemente para km, então terminado sob a face de declive acentuado
de um planalto imenso. O planalto chegou do oeste ao horizonte oriental, ainda branco
com as neves do inverno e aparecendo tão elevado acima do mundo abaixo que as
nuvens escovado ele e metade obscurecido.
Ele voltou para baixo do Morro como homens do Lago apareceram. Eles
começaram a trabalhar no que seria uma continuação de seu próprio acampamento e
Lago disse que ele tinha visto do Monte.
"Estamos entre as planícies e as terras altas", disse ele. "Este será o próximo a uma
altitude de clima temperada como Ragnarok tem. Nós sobrevivemos aqui — ou mais.
Não há nenhum outro lugar pra gente ir."
Um nublado escureceu o céu ao meio-dia e o vento morrido para baixo para quase
nada. Havia uma sensação de espera de tensão no ar e voltou para os rejeitos, para
acelerar seu movimento para a floresta. Eles já estavam indo em grupos dispersos,
acompanhados por guardas de vagabundo, mas não havia nenhuma organização e seria
muito tempo antes que o último deles foram com segurança no campo de novo.
Ele não poderia ser dois lugares ao mesmo tempo — ele precisava de uma subleader
para supervisionar o movimento de rejeitos e suas posses em floresta e sua colocação,
depois que eles chegaram lá.
Ele encontrou o homem que ele queria já ajudando os rejeitos começar: um homem
fino, tranquilo, chamado Henry Anders, que lutou bem contra os caçadores na noite
anterior, apesar de sua determinação foi maior do que a sua pontaria. Ele era o povo de
tipo instintivamente gostei e confiável; uma boa escolha para o subleader, cuja função é
lidar com a infinidade de detalhes no acampamento enquanto ele Prentiss e uma
segunda subleader que ele iria escolher, manipulado a defesa do acampamento e a caça.
"Não gosto esta possibilidade", disse Anders. "Algo está se formando. Fazer com
que todos se mudou e no trabalho ajudando a construir abrigos, assim que possível."
"Pode tenho a maioria deles lá dentro uma ou duas horas", disse Anders. "Algumas
das pessoas mais velhas, porém, terá que levá-la lenta. Esta gravidade — já está ficando
os corações de alguns deles. "
"Como estão as crianças levando a gravidade?" ele perguntou.
"Os bebês e os muito jovens — é difícil dizer sobre eles ainda. Mas as crianças de
aproximadamente quatro em cima me canso rapidamente, ir para dormir e quando
acorda tem sorte de recuperou fora dele."
"Talvez eles podem adaptar-se em certa medida essa gravidade." Ele pensou que o
Lago tinha dito naquela manhã: assim que muitos deles são tão jovens... e quando você
é jovem é cedo demais para ter que morrer. "Talvez o Gerns cometeu um erro — talvez
crianças terranos não são tão fáceis de matar como eles pensavam. É seu trabalho e
minas e outros para dar às crianças a oportunidade de provar o Gerns errado."
Ele foi sua forma novamente para passar pelo lugar onde Julia, a menina que tinha
se tornado mãe em Billy adotiva, preparava-se para ir para o campo de novo.
Foi a segunda vez para ele Ver Billy naquela manhã. A primeira vez que Billy tinha
sido ainda atordoado com o sofrimento e com a visão de seu avô ele tinha sido incapaz
de impedir a quebra.
"O Gern bate nela," ele tinha soluçou, seu rosto rasgado sangramento novamente
como ela torcida no choro. "Ele machucá-la, e papai tinha ido embora e então — e, em
seguida, as outras coisas que mataram —"
Mas agora ele tinha tido um pouco de tempo para aceitar o que tinha acontecido e
ele foi alterado. Ele era alguém muito mais velho, quase um homem, preso por um
tempo no corpo de um menino de cinco anos.
"Acho que isso é tudo, Billy," Julia estava dizendo como ela recolheu suas posses
escassos e saco de Irene. "Obter seu urso de pelúcia e nós vamos."
Billy foi para seu urso de pelúcia e ajoelhou-se para pegá-lo. Então ele parou e disse
algo que soou como "n º" ele colocou o ursinho de volta para baixo, limpando um pouco
de pó de rosto, como um último gesto de despedida e levantou-se para enfrentar Julia de
mãos vazias.
"Eu não acho que eu vou querer jogar com o meu urso de pelúcia mais," ele disse.
"Eu não acho que eu nunca vou querer jogar em tudo mais."
Então ele foi para caminhar ao lado dela, deixando seu ursinho deitado no chão atrás
dele e com ele para sempre deixando as lágrimas e o riso da infância.
***
O nublado aprofundou-se e em nuvens de tempestade escuras midafternoon veio
dirigindo em do oeste. Esforços foram intensificados para concluir a jogada antes que a
tempestade quebrou, em sua seção do campo e no lago. Os abrigos seria de fundamental
importância e eles estavam sendo construídos dos materiais mais rapidamente
disponíveis; Membros mortos, pincel e a quantidade limitada de lona e cobertores tinha
o rejeita. Eles seriam a proteção inadequada, mas não havia tempo para construir algo
melhor.
Pareceu-me apenas a alguns minutos até que as nuvens negras foram sobrecarga,
rolando e corridas a uma velocidade incrível. Com eles vieram o rugido profundo do
vento elevado que conduzi-los e o vento no chão começou a se mexer, agitada, em
resposta, como um monstro, despertando para a chamada de seu tipo.
Prentiss já sabia que ele queria como seu outro subleader. Ele o encontrou duro no
trabalho ajudando a construir abrigos; Howard Craig, um homem poderosamente
musculoso com um rosto duro e sombrio como um penhasco de granito. Tinha sido
Craig que tinha tentado salvar Irene dos caçadores que de manhã, com apenas um
Machado como arma.
Prentiss conhecia um pouco — e Craig ainda não sabia Irene tinha sido sua filha.
Craig tinha sido um dos engenheiros de campo para o que seria o Athena Geological
Survey. Ele tinha tido uma esposa, uma menina frágil, loira que tinha sido o primeiro de
todos a morrer de febre de inferno na noite anterior, e ele ainda tinha três filhos
pequenos.
"Nós vai parar com os abrigos que já construímos", disse Craig. "Levará o tempo
todo, deixada-para reforçá-los contra o vento. Eu preciso de alguém para me ajudar,
além de Anders. Você é o único que eu quero.
"Enviar que alguns homens jovens e velozes de volta ao acampamento na noite
passada para cortar todas as tiras de peles prowler podem obter. Tudo sobre os abrigos
devem ser amarradas até algo sólido. Veja se você pode encontrar algum outdoorsmen
experiente para ajudá-lo a verificar os trabalhos.
"E diga Anders que as mulheres e as crianças só serão colocadas em abrigos. Não
haverá nenhum espaço para mais ninguém e se qualquer homem, não importa o que a
desculpa, multidões fora uma mulher ou criança eu pessoalmente vou matá-lo."
"Você não precisa preocupar", disse Craig. Ele sorriu com mirthlessness selvagem.
"Eu vou ser feliz cuidar de tais incidentes".
Prentiss viu-lhe que as pilhas de lenha para o fogo Guarda estavam prontas para ser
iluminado quando chegou a hora. Ele ordenou que todos os guardas para suas estações,
lá para descansar o que podiam. Eles teriam sem descanso em tudo depois que veio da
escuridão.
Ele conheceu o lago na extremidade norte do acampamento do seu próprio grupo,
onde se fundiu com o grupo do lago e nenhuma linha de guarda era necessário. Lago
disse que seu acampamento está bem disposto como possível sob as circunstâncias
dentro de uma outra hora. Então o vento nas árvores crescia rapidamente mais forte,
tapa mais difícil e mais difícil em abrigos, e parecia duvidoso que a tempestade poderia
adiar por uma hora.
Mas o lago foi dada sua hora, mais da metade do outro. Depois veio o crepúsculo
profundo, embora não tenha sido bastante sundown. Prentiss ordenou que todos os
incêndios de guarda iluminados e todas as mulheres e crianças em abrigos. Quinze
minutos depois a tempestade finalmente quebrou.
Ele veio como uma chuvada fria rugindo. Completa escuridão veio com ele e a rosa
dos ventos a uma velocidade que fez com que as árvores inclinam-se. Uma hora passou
e o vento aumentou, despedaçar-se em abrigos com uma violência que não tinham sido
construídos para suportar. As amarrações de pele prowler realizada mas a lona e
cobertores foram rasgou em flâmulas que rachou como tiros de fuzil no vento, antes que
eles foram rasgados completamente solto e atirou para a noite.
Um por um, os incêndios de guarda saiu e a chuva continuam, crescendo mais frio e
conduzido em folhas quase horizontais pelo vento. As mulheres e crianças amontoados
na miséria refrigerada no que os abrigos rasgados ainda deram a proteção escassa e não
havia nada que poderia ser feito para ajudá-los.
A chuva virou neve à meia-noite, uma nevasca uivando através da luz do que
Prentiss poderia penetrar mas alguns pés como ele fez suas rondas. Ele andou com
slogging cansaço, forçando-se sobre. Já não era jovem — ele era cinqüenta — e ele
tinha tido pouco descanso.
Ele tinha conhecido, é claro, que a liderança de sucesso envolveria mais sacrifício
de sua parte, do que por parte daqueles que ele levou. Ele poderia ter evitado a
responsabilidade e o seu bem-estar pessoal teria beneficiado. Ele tinha vivido em
mundos alienígenas quase metade da sua vida; com um rifle e uma faca ele poderia ter
vivido, até que o Ragnarok finalmente matou, com muito menos esforço do que o
exigido dele como líder. Mas tal ação tinha sido repugnante para ele, impensável. O que
ele sabia de sobrevivência em mundos hostis pode ajudar os outros para sobreviver.
Assim que ele tinha assumido o comando, tolerando objecções e desconsiderando o
fato de que ele iria ser encurtar sua já reduzido tempo de viver em Ragnarok. Foi, ele
deveria, algum instinto velho que proibiu o indivíduo a ficar de lado e deixe-o morrer
do grupo.
A neve parou de uma hora depois e o vento morrido de uma frígida gemendo. As
nuvens desbastadas, se fragmentou e a estrela gigante olhou para baixo sobre a terra
com sua luz azul, fria.
Os caçadores veio em seguida.
Eles fintou contra o Oriente e linhas de guarda do oeste, em seguida, tecle a linha do
Sul em massa, feroz ataque. Vinte anos tem, passado a guarda Sul abatida e carregado
para o interior do campo. Como eles fizeram a chamada, previamente organizada por
ele no caso de um evento como esse, subiu as linhas de guarda:
"Guardas de emergência, o Oriente e o Ocidente —perto de!"
No acampamento, acima yammering triunfante, demoníacas de caçadores, vieram os
gritos das mulheres, os mais finos gritos das crianças e os gritos e a maldição dos
homens, como eles tentaram lutar contra os caçadores com facas e clubes. Em seguida,
os guardas de emergência — cada terceiro homem das linhas leste e oeste — veio
mergulhar na neve, disparando como eles vieram.
Os caçadores lançaram-se longe de suas vítimas e para os guardas, deixando uma
mulher desconcertar sem rumo com o sangue jorrando de uma artéria cortada e
espirrando escuro a luz das estrelas em azul e branco neve. O ar estava cheio de
rachamento de tiros e rosnando profunda e selvagem dos caçadores. Metade dos
caçadores romperam, deixando sete mortas guardas antes deles. Os outros leigos na
neve onde eles tinham caído e os guardas sobreviventes de emergência virou-se para
apressar a volta para suas estações, recarga, quando iam.
A mulher ferida tinha amassado para baixo na neve, e um homem de primeiros
socorros, ajoelhou-se sobre ela. Ele endireitou-se, abanando a cabeça e se juntou a
outros como procuraram feridos entre vítimas dos caçadores.
Eles encontraram nenhum ferido; só os mortos. Os caçadores mataram com
eficiência sinistra.
***
"John —"
John Chiara, o jovem médico, correu em direção a ele. Seus olhos escuros estavam
preocupados por trás de seus óculos foscas e suas sobrancelhas eram revestidas com
gelo.
"A madeira é embebida," ele disse. "Vai ser algum tempo antes de conseguirmos
incêndios indo. Há bebês que vão congelar até a morte antes disso. "
Prentiss olhou para os caçadores encontrando-se na neve e acenou em direção a eles.
"Eles são quentes. Sua coragem e pulmões tomaram."
"O que —"
Então os olhos de Chiara iluminado com compreensão e ele correu longe sem
dúvidas.
Prentiss passou, a fazer as rondas da guarda. Quando ele voltou, que ele viu que
tinha sido obedecido a sua ordem.
Os caçadores leigos na neve como antes, seus rostos selvagens ainda na sua rosna
morrendo, mas confortáveis e quentes dentro os bebês dormidos.
***
Os caçadores atacou novamente e novamente e quando o sol wan levantado para
brilhe em branco, congelado terra lá foram quinhentos mortos em acampamento de
Prentiss: trezentos pela febre do inferno e duzentos por ataques de vagabundo.
Quinhentos — e que tinha sido apenas uma noite no Ragnarok.
Lago relatou mais de seis centenas de mortos. "Espero", disse com ódio amargo,
"que o Gerns dormi confortavelmente na noite passada."
"Vamos ter de construir um muro em torno do acampamento para aguentar os
caçadores", disse Prentiss. "Nós não ousam continuar usando até que munições pouco
temos à taxa que usamos as duas últimas noites."
"Que será um grande trabalho desta gravidade", disse lago. "Vamos ter a multidão
de ambos os grupos juntos para deixar sua circunferência ser tão pequena quanto
possível."
Foi a maneira que Prentiss tinha planejado fazê-lo. Uma coisa teria a liquidar com
Lago: não poderia haver dois líderes independentes sobre os grupos mesclados...
Lago, olhando para ele, disse, "acho que podemos obter ao longo. Mundos
alienígenas são sua especialidade, em vez de minas. E de acordo com a lei Ragnarok
dos médias, haverá apenas um de nós muito em breve, de qualquer maneira."
Todos foram transferidos para o centro da área de acampamento, naquele dia, e
quando os caçadores chegaram naquela noite, eles encontraram um anel de guardas e
incêndios, através da qual eles poderiam penetrar só com pesados sacrifícios.
Havia calor do sol na manhã seguinte e a neve começou a derreter. Trabalho foi
iniciado na parede paliçada. Ele teria que ser doze pés de altura, para que os caçadores
não consegui saltar sobre ele e, uma vez que os caçadores tinham garras afiadas e
habilidade dos gatos de escalada, seu topo teria que ser superadas com uma fileira de
afiadas estacas projetando para fora-e-para baixo. Estes seriam definidas em soquetes no
trilho superior e amarrados com tiras de pele de vagabundo.
As árvores ao leste do acampamento foram enfeitadas para uma grande distância
com os restos de lona e pano o vento tinha deixado lá. Um grupo de meninos, protegido
por guardas de vagabundo habitual, foi enviado para escalar árvores e recuperá-lo. Tudo
isso, até o menor fragmento, foi entregue às mulheres que eram fisicamente incapazes
de trabalho ajudando na parede paliçada. Eles começaram pacientemente costura a
trapos e farrapos volta em forma utilizável novamente.
O primeiro grupo de caçadores saiu e voltou com seis dos tawny-amarelo afiada
chifres matas bodes, cada um como grande como um veado de terra. Os caçadores
relataram as cabras madeiras como difícil de perseguir e perigoso quando acuado. Um
caçador foi morto e outro ferido por causa de não saber o que.
Eles também trouxeram alguns dos animais coelho tamanho scavenger. Eles eram
todos os pés e dentes e pêlos eriçados, a carne quase não comestível. Seria um
desperdício de munição limitada para atirar mais deles.
Havia uma árvore barked preta que a expedição de Dunbar tinha chamado a árvore
de lance por causa de sua esbelta, diretamente outthrust Membros. Sua madeira era tão
duro quanto hicória e tão elástica como cedro. Prentiss encontrado dois arqueiros
amadores que foram-se de que eles poderiam fazer eficientes arcos e flechas para fora
os membros de árvore de lance. Ele lhes deu o emprego, bem como ajudantes.
Os dias virou de repente quentes, com noites que ainda foram abaixo de zero. A
febre do inferno tomou um pedágio, constante e implacável. Eles precisavam de abrigos
adequados — mas o suprimento de munição e os ataques noturnos prowler feitos com
que a necessidade de uma parede de paliçada ainda mais imperativo. Os abrigos teria
que esperar.
Ele foi à procura de Chiara Dr. uma noite e encontrou-o, deixando apenas um dos
abrigos improvisados.
Um rapaz estava dentro dela, seu rosto liberado com a febre do inferno e seus olhos
muito brilhantes e muito escuros como ele olhou para o rosto de sua mãe que se sentou
ao lado dele. Ela foi distanciada e silenciosa como ela olhou para ele, mas ela estava
segurando a mão dela, firmemente, desesperadamente, como se ela poderia dessa forma
alguma forma mantê-lo de deixá-la.
Prentiss caminhou ao lado de Chiara e quando o abrigo foi atrás deles, que ele
perguntou, "lá não é nenhuma esperança?"
"Nenhuma", disse Chiara. "Nunca há com febre de inferno."
Chiara tinha mudado. Ele não era mais o homem atarracado, alegre, que ele tinha
sido na constelação, cujos olhos castanhos tinham sorriu para o mundo através de
óculos grossos e que tinha riu e brincou que assegurou a seus pacientes que logo tudo
estaria bem com eles. Ele era magro e seu rosto foi desfigurado com preocupação. Ele,
em sua forma tranquila, foi totalmente tão valente como qualquer daqueles que lutaram
os caçadores. Ele trabalhou dia e noite para lutar contra uma forma de morte, ele não
podia ver e contra o qual ele não tinha nenhuma arma.
"O menino está morrendo", disse Chiara. "Ele sabe que ele e sua mãe sabe disso. Eu
lhes disse que poderia ajudar a medicina que lhe deu. Era uma mentira, para tentar
torná-lo um pouco mais fácil para os dois antes que venha o fim. O medicamento que
lhe dei foi um tablete de sal — isso é tudo que eu tenho. "
E então, com a amargura primeira Prentiss já tinha visto ele exibir, Chiara disse,
"você me chamar 'Doctor'. Todo mundo faz. Eu não sou, eu sou apenas uma estagiária
de primeiro ano. Eu faço o melhor que eu sei como fazer, mas não é suficiente — nunca
será o suficiente. "
"O que você tem que aprender que aqui é algo que nenhum médico de terra sabe ou
poderia ensiná-lo", disse ele. "Você tem que ter tempo para aprender — e você precisa
de equipamentos e medicamentos."
"Se eu pudesse ter antibióticos e outras drogas... Eu queria ter um fornecimento do
dispensário, mas o Gerns não me deixou ir."
"Algumas das plantas Ragnarok podem ser de valor se uma pessoa pudesse
encontrar as pessoas certas. Eu acabei de falar com Anders sobre isso. Ele vai lhe
fornecer qualquer coisa possível na forma de máquinas e equipamentos de investigação
— nada no campo que você precisa para tentar salvar vidas. Ele estará no seu abrigo
esta noite para ver o que você quer. Quer experimentá-lo?"
"Sim, claro." Olhos de Chiara iluminado com nova esperança. "Pode levar muito
tempo para encontrar uma cura — talvez nunca teríamos — mas eu gostaria de ter ajuda
para que eu pudesse tentar. Eu gostaria de poder, algum dia mais uma vez, para dizer a
uma criança com medo, 'Tomar este medicamento e de manhã você vai ser melhor,' e
sei que eu disse a verdade. "
Os ataques noturnos prowler continuaram e o fornecimento de munições diminuída.
Seria algum tempo antes de homens eram hábeis no uso de arcos e flechas que estavam
sendo feitas; e trabalho na parede foi empurrado adiante com toda velocidade possível.
Ninguém estava isento de trabalho sobre ele, que poderia tanto como transportar as
estacas pontiagudas. Crianças até os mais jovens trabalharam ao lado de homens e
mulheres.
O trabalho foi feito muitas vezes mais desgastante pela gravidade 1,5. Pessoas
mudou-se fortemente em seus trabalhos e mesmo à noite, que não havia nenhum
surcease de gravidade. Eles poderiam apenas entrar em um coma, como sono em que lá
estava sem descanso real e do qual eles acordaram cansado e dolorido. Todas as manhãs
haveria alguns que não despertar em todos, embora seus corações já som o suficiente
para trabalhar na terra ou Athena.
O trabalho de abate foi reconhecido como necessário, no entanto e lá não eram
nenhuma queixa até a manhã, que ele foi abordado por Peter Bemmon.
Ele tinha visto Bemmon várias vezes na constelação; um homem grande, macio-
enfrentado que tinha deu muita importância ao seu papel como membro do Conselho de
planejamento de Athena menor. Mas até mesmo sobre a constelação de Bemmon tinha
sentido ele mereceu uma posição ainda mais elevada, e sua atitude clientelista antes de
seus superiores tornou-se uma das avarias insinuações sobre sua capacidade em
comparação com seu quando suas costas foram transformadas.
Este ressentimento tomou nova forma no Ragnarok, onde sua antiga posição era
totalmente sem importância para qualquer pessoa e sua falta de quaisquer habilidades ou
experiência ao ar livre fez apenas um trabalhador, entre outros.
O sol estava brilhando impiedosamente quente o dia Bemmon escolheu para
desafiar a sabedoria do Prentiss como líder. Bemmon estava cortando e estacas de afiar,
um trabalho o Anders às vezes-muito-branda lhe dera quando Bemmon insistiu que seu
coração estava à beira do fracasso, de fazer o trabalho mais pesado. Prentiss estava com
pressa e teria ido passado, mas Bemmon ele parou com um comando afiado:
"Você, espere um minuto!"
Bemmon tinha um machado na mão, mas apenas uma aposta lay no terreno; e seu
rosto estava vermelho de raiva, não esforço. Prentiss parado, querendo saber se
Bemmon ia pedir uma mandíbula quebrada e Bemmon veio a ele.
"Quanto tempo", pediu Bemmon, ira fazer sua voz um pouco grossa, "você acha que
eu vou tolerar esta situação absurda?"
"Que situação"? Prentiss perguntou.
"Essa insistência estúpida sobre confinar-me ao trabalho manual. Eu sou o único
membro no Ragnarok do Conselho de planejamento de Athena e certamente você pode
ver que a confusão trapalhão dessas pessoas "— Bemmon indicado o apressada,
trabalhadoras homens, mulheres e crianças em torno deles —" pode ser transformado
em um esforço eficiente, organizado apenas por meio de supervisão adequada. Mas
minhas habilidades ao longo de tais linhas são ignoradas e eu fui forçado a trabalhar
como operário comum — um picador de madeira! "
Ele atirou o machado para baixo violentamente, nas rochas a seus pés, respirando
pesadamente com ressentimento e desafio. "Eu exijo o respeito a que tenho direito."
Prentiss "Olha", disse.
Ele apontou para o grupo, só então passando-los. Uma garota de dezesseis anos de
idade foi dobrada, quase o dobro, sob o peso do pólo ela estava carregando, ela vez
liberado de rosto bonito e sudorese. Por trás de seus dois meninos de doze anos de idade
foram arrastando um pólo ainda maior. Atrás deles vieram várias crianças pequenas,
cada um deles carregando tantas das estacas pontiagudas como ele ou ela poderia andar
sob, não importa se foi apenas um. Todos eles estavam tentando apressar, para realizar o
máximo possível, e ninguém estava reclamando mesmo que eles já estavam
desconcertando com cansaço.
"Então você acha que você tem o direito ao respeito mais?" Prentiss perguntou.
"Essas crianças iriam trabalhar mais, se você foram dando-lhes ordens sob a sombra de
uma árvore — é isso que você quer?"
Lábios na Bemmon diluída e ódio era como um brilho no rosto. Prentiss parecia a
única aposta Bemmon tinha cortado naquela manhã às mãos de brancas, unblistered do
Bemmon. Ele olhou para o Machado de guerra que Bemmon tinha derrubado nas rochas
e no entalhe V quebrado em sua lâmina keen-afiada. Ele tinha sido o melhor dos
machados muito poucos tiveram...
"Da próxima vez que você mesmo nick que Machado vou dividir seu crânio com
ela," ele disse. "Pegá-lo e voltar ao trabalho. Quero dizer que funciona. Você vai ter
quebrado as bolhas em cada dedo hoje à noite, ou você vai passar sobre a força de log
de transporte amanhã. Agora, mova!"
O que Bemmon tinha pensado para ser que sua ira o abandonou antes fúria da
Prentiss. Ele inclinou-se a obedecer a ordem, mas o ódio permaneceu no rosto e quando
o Machado de guerra estava em suas mãos ele fez uma última tentativa de arrogância:
"O dia pode vir quando vou recusamo-na tolerar mais seus sádicas exibições de
autoridade."
"Bom," disse Prentiss. "Quem não gosta de meu estilo é bem-vindo ao tentar mudá-
lo — ou tentar substituir-me. Com facas ou clubes, rifles ou machados quebrados,
Bemmon — qualquer maneira que você quiser- e a qualquer hora que você quer que ele.
"
"Eu —" olhos na Bemmon foram do Machado de guerra em sua mão meio levantada
para a longa faca no cinturão de Prentiss. Ele engoliu com um empurrão convulsivo de
seu pomo de Adão e seu braço de Machado-rolamento de repente murchas. "Eu não
quero lutar — para substituir você —"
Ele engoliu novamente e seu rosto se obrigou a uma tentativa doentia de um sorriso
clientelista. "Eu não signifiquei implicar qualquer desrespeito para você ou o bom
trabalho que você está fazendo. Lamento muito."
Em seguida, ele correu, como um homem feliz escapar e começou a cortar estacas
com uma velocidade incrível.
Mas o ódio sullen não tinha sido escondido pelo sorriso clientelista; e Prentiss sabia
que bemmon era um homem que sempre seria seu inimigo.
***
Os dias arrastaram na rotina cansada, mas cansados músculos lentamente
fortalecidos e mudou-se com um pouco menos trabalhoso esforço de pessoas. No
vigésimo dia a parede foi finalmente concluída e o acampamento foi prova de
vagabundo.
Mas o tempo de primavera foi uma sucessão de louca de calor e frio e tempestade
que causou a febre de inferno tomar seu pedágio a cada dia e não havia nenhum
relaxamento do trabalho esgotante. Abrigos à prova de intempéries tiveram que ser
construídos mais rapidamente possível.
Assim começou o trabalho de construí-las; cansado, às vezes quase
irremediavelmente, mas sem reclamar que não odiar e amaldiçoar o Gerns mais do que
nunca.
Não havia nenhum problema mais de Bemmon; Prentiss tinha quase esquecido dele
quando ele foi publicamente desafiou uma noite por um homem corpulento, ameaçador,
chamado Haggar.
"Você já alardeou que você vai lutar contra qualquer homem que se atreve a
discordar de você," Haggar disse em voz alta. "Bem, aqui estou eu. Nós vamos usar
facas e antes que eles sequer têm tempo para enterrá-lo hoje à noite eu sou Goin' ter
seus stooges expulso e substituído por homens que vai nos dar uma liderança
competente em vez do autoritarismo blunderin'."
Prentiss notei que Haggar parecia ter um pouco de dificuldade pronunciar a última
palavra, que ele tinha aprendido apenas recentemente.
Prentiss "Eu vou ser feliz para acomodá-lo," disse suavemente. "Ir arranjar uma
faca."
Haggar já tinha um, uma faca de açougueiro lâmina longa, e o duelo começou.
Haggar foi surpreendentemente adepto com sua faca, mas ele nunca tinha tido a
formação e experiência em combate que exploradores interestelares, como tinham de
Prentiss. Haggar foi bom, mas muito longe de ser bom o suficiente.
Prentiss não matá-lo. Ele tinha sem escrúpulos em fazer tal coisa, mas seria um
desperdício desnecessário de mão de obra necessária. Ele deu Haggar uma lição
cuidadosamente dolorosa e sangrenta que completamente banido todo seu desejo de
conflito sem ferindo-o seriamente. O duelo acabou dentro de um minuto depois que
começou.
Bemmon, que tinha testemunhado o desafio com grande interesse e depois assisti a
derrota do Haggard com agitação, ficou excessivamente amigável e lisonjeiro para
Prentiss, posteriormente. Prentiss sentiu-se que, embora ele não tinha nenhuma prova,
que tinha sido Bemmon que tinha estimulado o Haggar simplória em desafiando-o para
um duelo.
Se assim, à vista do que tinha acontecido para Haggar deve ter efetivamente
umedecido desejo do Bemmon de vingança porque ele se tornou quase um trabalho de
modelo.
***
Como havia previsto o lago, ele e Prentiss trabalharam bem. Lago calmamente
tomou um papel secundário, de modo nenhum interessado na posse da autoridade, mas
apenas na sobrevivência dos rejeitos. Ele falou da rendição da constelação apenas uma
vez, para dizer:
"Eu sabia que poderia haver apenas Ragnarok nesta seção do espaço. Eu tinha a
ordem de quatro mil pessoas para ir como ovelhas para o que viria a ser seu local de
execução, de modo que quatro mil mais poderia viver como escravos. Que foi meu
último ato como oficial."
Prentiss suspeita que Lago achei impossível não culpar-se inconscientemente para
que circunstâncias haviam forçado a fazer. Era irracional, mas homens conscientes
muitas vezes eram um pouco irracionais em seu sentido de responsabilidade.
Lago tinha dois subleaders: um homem genial, ruivo, chamado Ben Barber, que
teria sido um agricultor em Athena, mas quem fez um bom subleader no Ragnarok; e
um homem ágil, cat-like chamado Karl Schroeder.
Schroeder afirmou ser vinte e quatro, mas nem mesmo as cicatrizes no rosto poderia
fazê-lo a olhar mais de vinte e um. Ele sorriu, muitas vezes, um pouco muitas vezes.
Prentiss tinha visto sorrisos parecido antes. Schroeder foi do tipo que poderia sorrir
enquanto ele matou um homem — e provavelmente tinha.
Mas, se Schroeder foi um lutador nascido e talvez assassino, eram características
que ele gasta inteiramente sobre os caçadores. Ele era o braço-direito do Lago; um
atirador mortal e absolutamente sem medo.
Uma noite, quando o Lago tinha dado Schroeder algumas instruções relativas às
actividades do dia seguinte, Schroeder respondeu-lhe com o sorriso zombeteiro de meia
e as palavras, "Vou ver que ele tem feito, comandante".
"Não"Comandante', "disse lago."Eu — todos nós — deixou nossas fileiras, títulos e
honrarias na constelação. O passado está morto para nós."
"Eu vejo", disse Schroeder. O sorriso desapareceu e ele olhou nos olhos do Lago
como ele perguntou, "e o que acontece com nossas últimas desonra, mazelas e tal?"
"Eles foram deixados na constelação, também," disse o lago. "Se alguém quer
desonra ele vai ter que ganhá-lo tudo de novo."
"Isso soa justo", disse Schroeder. "Isso soa tão justo como alguém poderia pedir."
Ele virou-se e Prentiss viu o que ele tinha notado antes: cabelo preto de Schroeder
estava saindo marrom claro nas raízes. Era uma cor que melhor correspondem a sua tez
clara e era a cor do cabelo que tinha tido um homem chamado Schrader, procurado pela
polícia em Vênus.
Cabelo pode ser tingido, cartões de identificação podem ser falsificados — mas era
tudo algo Prentiss não se importava que erguer em até e se Schroeder deu-lhe razão.
Schroeder foi um homem duro e perigoso, apesar da sua juventude, e às vezes homens
desse tipo, quando os chips foram estabelecidas, exibiu um maior senso de dever, que os
homens macios que piamente falou de respeito pela sociedade — e, em seguida, tinham
medo de enfrentar o perigo para proteger a sociedade e as pessoas alegaram respeitar.
***
Um vagabundo solitário chegou na décima primeira noite após a conclusão da
parede. Silenciosamente, veio na calada da noite, e ele aprendeu a chegar em e rasgar as
amarrações de couro que realizou as estacas pontiagudas no lugar e, em seguida, puxe
as estacas das órbitas. Verificou-se que ele estava removendo o terceiro jogo — que
teria feito uma abertura grande o suficiente para que ele venha — e tiro. Ele caiu para
trás e conseguiu fugir para a floresta, embora cambaleando e sangramento.
Na noite seguinte a paliçada foi atacada por dezenas de caçadores que
simultaneamente começaram a retirar as estacas pontiagudas da mesma forma
empregada por prowler da noite antes. Seu ataque foi voltou com perdas pesadas em
ambos os lados e com uma despesa de enfrentar grande da munição preciosa.
Não poderia haver dúvidas sobre como a banda de caçadores tinha aprendido
remover as apostas: o vagabundo da noite antes tinha lhes disse antes de ele morrer. Era
duvidoso que os caçadores tinham uma língua falada, mas eles tiveram alguns meios de
comunicação. Eles trabalharam juntos e eram altamente inteligentes, provavelmente
aproximadamente incompletamente entre cão e homem.
Os caçadores iam ser um inimigo ainda mais formidável do que pensava Prentiss.
As estacas ausentes foram substituídas no dia seguinte, e os outros foram amarrados
para baixo mais firmemente. Mais uma vez o acampamento foi vagabundo prova —
mas só por enquanto armado guardas patrulhadas as muralhas para matar caçadores
atacando durante o curto período de tempo que levaria a retirar as estacas.
As partes de caça sofreram invulgarmente prowler ataques naquele dia e naquela
noite, como os guardas patrulhados as muralhas, Lago disse Prentiss:
"Os caçadores são tão damnably persistentes. Não é que eles estão com fome — eles
não nos matarem para comer-nos. Eles não têm qualquer razão nos matar — eles nos
odeiam. "
"Eles têm uma razão", disse Prentiss. "Eles estão fazendo a mesma coisa que
estamos fazendo: lutando pela sobrevivência."
Sobrancelhas de pálido do Lago levantou em questão.
"Os caçadores são os governantes de Ragnarok," disse Prentiss. "Eles lutaram sua
maneira aqui, assim como homens na terra, até que eles são mestres de todas as
criaturas em seu mundo. Mesmo dos unicórnios e rastreadores de pântano. Mas agora
nós viemos e eles são inteligentes o suficiente para saber que nós estamos acostumados
a ser a espécie dominante, nós mesmos.
"Não pode haver duas espécies dominantes no mesmo mundo, e eles sabem disso.
Homens ou caçadores — no final um vai ter que descer antes do outro. "
"Suponho que você está certo," Lago disse. Ele olhou para os guardas, um quarto
deles já reduzido para arcos e flechas que eles ainda não tinham tido tempo para
aprender a usar. "Se vencermos a batalha pela supremacia vai ser uma luta longa, talvez
durante um período de séculos. E se ganhar os caçadores — tudo é sobre dentro de um
ou dois anos. "
***
A estrela azul gigante que foi o outro componente do binário de Ragnarok cresceu
rapidamente em tamanho que precedeu o sol amarelo mais distante todas as manhãs.
Quando o verão chegou a estrela azul seria um sol tão quente como o sol amarelo e
Ragnarok seria entre eles. O amarelo sol queimaria a terra por dia e o sol azul seria seá-
lo pela noite que não seria a noite. Então viria a queda breve, seguida pelo inverno
longo, congelado quando o amarelo sol brilharia pálido e frio, muito ao sul, e o sol azul
seria uma estrela novamente, 250 milhões km longe e invisível por trás do sol amarelo
frio.
A febre do inferno diminuída com a conclusão dos abrigos, mas ainda matou a cada
dia. Chiara e seus ajudantes trabalharam com inabalável determinação para encontrar
que uma cura para ele, mas a cura, se houvesse um, iludiu. Os túmulos no cemitério
foram quarenta longa por quarenta de largura e mais foram adicionados a cada dia. A
todos o fato tornou-se óbvio grimly: eles foram desaparecendo rapidamente e eles ainda
tiveram que enfrentar o Ragnarok no seu pior.
Os velhos instintos de sobrevivência, afirmou-se e houve casamentos entre os mais
jovens. Um dos primeiros a se casar foi Julia.
Ela parou para falar com a Prentiss uma noite. Ela ainda usava a saia vermelha,
agora desbotado e remendado, mas o rosto dela estava cansado e pensativo e não mais
em negrito.
"É verdadeiro, John," ela perguntou, "que apenas alguns de nós podem ser capazes
de ter filhos aqui, e que a maioria de nós que tentaram ter filhos nesta gravidade
morreria por ele?"
"É verdade", disse ele. "Mas você já sabia que quando você se casou."
"Sim... Eu sabia." Houve um pequeno silêncio. "Toda a minha vida eu me diverti e
feito como quisesse. A raça humana não precisa de mim e ambos sabíamos que. Mas
agora — nenhum de nós pode ser além de outros ou ter medo de nada. Se somos
egoístas e medo chegará um tempo quando o último de nós vai morrer e não haverá
nada no Ragnarok para mostrar que nós estávamos sempre aqui.
"Eu não quero acabar como aquele. Eu quero ter filhos, viver depois estamos idos.
Então eu vou tentar ter um filho. Eu não tenho medo e não vou ficar".
Quando ele não respondeu imediatamente, disse ela, quase conscientemente, "Vindo
de mim que tudo soa um pouco bobo, eu suponho."
"Parece-me sensato e esplêndido, Julia," ele disse, "e é o que eu pensei que você ia
dizer."
***
Plena primavera chegou e a vegetação que explodiu em folha e bud e flor,
rapidamente, pois sabiam que seus instintos de crescimento em sua estúpido maneira
como curto foi o momento de crescer e reproduzir-se antes da morte de marrom de
Verão veio. Os caçadores foram subitamente desapareceu um dia, a seguir a mola norte,
e por uma semana homens poderiam andar e trabalhar fora da paliçada sem a proteção
de guardas armados.
Em seguida, apareceu o novo perigo, o que eles não esperavam: os unicórnios.
A parede de estacada foi um retângulo azul escuro atrás deles e a estrela azul
queimado com o brilho de uma dúzia de luas, iluminação da floresta na sombra azul e a
luz azul. Prentiss e o caçador andaram um pouco em frente as dois atiradores,
enrolamento para manter-se em clareiras as iluminado pelas estrelas.
"Foi do outro lado do bosque próximo de árvores", o caçador disse em voz baixa.
"Fred se preparava para levar o resto dos bodes madeiras. Ele não deveria ter sido mais
de dez minutos atrás de mim — e já faz mais de uma hora. "
Eles arredondado o bosque de árvores. No início parecia que não havia nada antes
deles mas a clareira vazia, gramada. Então eles viram no chão não mais de vinte metros
na frente deles.
Foi — tinha sido — um homem. Ele estava quebrado e carimbado em deformidade
horrível e algo tinha arrancado de seus braços.
Por um instante houve silêncio morto, então o caçador sussurrou, "o que fez isso?"
A resposta veio em um selvagem, grito agudo e o quilo de cascos de presença. Uma
sombra amorfa ao lado de árvores materializou-se em uma monstruosa carga granel;
uma coisa como um gigantesco touro cinza, oito metros de altura nos ombros, com o
tusked, rosnando a cabeça de um javali e a luz das estrelas brilhando ao longo do
comprimento da curva, vicioso de seu único chifre.
"Unicórnio!" Prentiss disse e empurrou o seu rifle.
Os rifles rachou em um voleio imperfeito. O unicórnio gritou em fúria e golpeou o
caçador, pegando-lhe o seu chifre e arremessando-lhe trinta pés. Dentre os atiradores
caiu sob os cascos do unicórnio, seu grito terminando quase assim que começou.
O unicórnio rasgado o sod em sulcos profundos como ele girou para Prentiss e o
atirador restante; não voltando à maneira de animais de quatro patas de terra, mas a
criação e a fiação em suas patas traseiras. Ele elevou-se acima deles como ele girou, a
ponta de seu chifre quinze metros acima do solo e seus cascos girando em volta como
grandes clubes.
Prentiss tiro novamente, seu olhar sobre o que ele esperava seria uma área vital e o
atirador disparou um instante mais tarde.
Os tiros foram verdadeiros. Balanço do unicórnio trouxe-o em ao redor, mas entrou
em colapso, caindo no chão com o peso de rangendo.
"Nós got it!", disse o atirador. "Nós —"
Ele metade se esforçavam para seus pés e fez um barulho; uma chamada que saiu
durante a noite como a explosão de uma poderosa trombeta. Então ele voltou à terra,
para morrer enquanto seu apelo foi ainda ecoando das colinas perto.
Do Oriente, veio uma explosão de trompete respondendo; um alardeando que foi
soou novamente do Sul e do Norte. Em seguida, veio uma bateria baixo e abafado,
como o martelamento de milhares de cascos.
O rosto do atirador era azul e branco no starlight. "Os outros estão vindo — nós
vamos ter que correr para ele!"
Ele virou-se e começou a correr em direção a granel distante da paliçada.
"Não!" Prentiss comandou, rápidas e duras. "Não a paliçada!"
O atirador continuou correndo, parecendo não ouvi-lo em seu pânico. Prentiss
chamou mais uma vez:
"Não a paliçada — você vai levar os unicórnios nele!"
Novamente o atirador parecia não ouvi-lo.
Os unicórnios estavam chegando à vista, convergindo do Norte e a leste e a Sul, o
rumble de seus cascos inchaço de um trovão que encheram a noite. O atirador seria
chegar a paliçada pouco antes deles e eles iriam, através da parede, como se tivesse sido
feita de papel.
Por um tempo a área dentro da paliçada iria ser cheios de poeira, com o chiar dos
rodando, carregamento unicórnios e os gritos dos moribundos. Aqueles dentro da
paliçada que não têm chance de escapar, o que quer. Dentro de dois minutos ele seria
mais, o último filho que foram encontrado entre os abrigos quebrados e pisoteado em
deformidade sem vida no sangrento à terra.
Dentro de dois minutos toda a vida humana em Ragnarok seria ida.
Havia apenas uma coisa para ele fazer.
Ele deixou cair a um joelho assim seu objetivo seria constante e a mira de seu rifle
pegou de volta do homem correndo. Ele pressionou o gatilho e o rifle rachada
violentamente como ele contrariou contra seu ombro.
O homem girou e caiu duro no chão. Ele torcido, para levantar-se um pouco e olhar
para trás, seu rosto branco e acusando e descrente.
"Você atirou em mim!"
Então, ele caiu para a frente e leigos sem se mover.
Prentiss virou-se para enfrentar os unicórnios e olhar para as árvores no bosque
vizinho. Ele viu o que ele já sabia: eles eram árvores jovens e muito pequeno para
oferecer qualquer fuga para ele. Não havia nenhum lugar para correr, não há lugar para
se esconder.
Não havia nada que ele poderia fazer, mas esperar; nada ele poderia fazer, mas ficar
no starlight azul e assistir Libra de rebanho do diabo em direção a ele e acho que, nos
últimos momentos de sua vida, como forma rápida e inesperada morte poderia vir ao
homem no Ragnarok.
***
Os unicórnios realizada os prisioneiros de rejeitos em sua paliçada o resto da noite e
o dia seguinte. Lago tinha visto as filmagens do atirador e assistia a matar de rebanho de
unicórnio John Prentiss e, em seguida, atropelar o atirador morto.
Ele já tinha dado a ordem para construir uma série rápida de fogos em torno do
interior das paredes paliçada quando os unicórnios pausado rasgar suas vítimas em
pedaços, grunhindo e chiados em triunfo como ossos esmagados entre os dentes e se
atirou as peças para um lado.
Os incêndios foram iniciados e madeira verde foi lançada sobre eles, para torná-los
smolder e fumo para contanto que possível. Então os unicórnios vinham a paliçada e
cada pessoa dentro dela foi para a ocultação dos abrigos.
Lago já tinha dado a sua última ordem: haveria silêncio absoluto até, e se os
unicórnios deixaram; uma calma que iria ser reforçada com punho ou clube, sempre que
necessário.
The unicorns são ainda fora quando veio a manhã. Os incêndios não poderiam ser
reabastecidos; a visão de um homem que se deslocam no interior da paliçada traria o
rebanho inteiro através de carregamento. As horas arrastadas-se por, a fumaça do fogo
morrendo diminuiu para fitas finas. Os unicórnios cresceram cada vez mais ousadas e
suspeitas, aglomerando-se mais próximos às paredes e olhando através das aberturas
entre trilhos.
O sol estava se pondo quando dentre os unicórnios alardeou; um som diferente da
chamada para a batalha. Os outros vomitei suas cabeças para ouvir, então eles se virou e
se afastaram. Dentro de minutos rebanho inteiro foi ido fora da vista através das
madeiras, em direção ao norte.
Lago esperou e assisti até que ele tinha certeza que os unicórnios foram perdidos
para sempre. Então ele ordenou que tudo claro dado e correu para a parede sul, olhar
para baixo em todo o vale árido e espero que ele não vê o que ele esperava ver.
Barbeiro veio por trás dele, a suspirar de alívio. "Que estava perto. É difícil fazer
tanta gente ficar absolutamente tranquila por horas e horas. Especialmente as crianças,
eles não entendem. "
"Vamos ter de sair", disse lago.
"Deixar"? Barbeiro perguntou. "Nós podemos fazer esta paliçada forte o suficiente
para aguentar unicórnios".
"Olhar para o Sul," Lago disse-lhe.
Barbeiro fê-lo e vi o Lago já tinha visto; uma nuvem de poeira, movendo-se
lentamente em direção a eles ampla, baixa.
"Outra manada de unicórnios," disse o lago. "John não sabia migraram — não a
expedição de Dunbar estava aqui tempo suficiente para aprender que. Vai haver rebanho
depois vem através do rebanho e sem tempo para nós, para reforçar as paredes. Vamos
ter que deixar esta noite."
***
Preparações foram feitas para a partida; preparações que consistiam principalmente
de fornecer a cada pessoa com tanto na forma de alimentos ou fontes como ele ou ela
poderia transportar. A gravidade de 1,5, que não era muito.
Eles deixaram quando subiu a estrela azul. Eles apresentado fora através da porta do
Norte e a retaguarda fechou atrás deles. Não havia quase nenhuma conversa entre eles.
Alguns deles virou-se para tomar um último olhar para o que tinha sido o único lar que
nunca tinham conhecido no Ragnarok, então todos eles enfrentaram para a frente
novamente, a noroeste, onde os contrafortes do planalto podem oferecer-lhes Santuário.
Eles encontraram seu santuário no segundo dia; uma crista de calcário mel-penteado
com cavernas. Homens foram enviados para trás de uma só vez para levar a comida e
suprimentos na paliçada da esquerda para a nova casa.
Eles voltaram, de informar que a segunda manada de unicórnios tinha quebrado as
paredes e rasgou o interior da paliçada em destroços. Grande parte dos alimentos e
suprimentos tinha sido totalmente destruída.
Lago enviou-os para trás duas vezes mais para trazer tudo, até o último pedaço de
metal dobrado ou pano rasgado. Eles iriam encontrar usos para tudo isso no futuro.
***
O sistema de cavernas foi extenso, contendo espaço para várias vezes seu número.
As partes mais profundas das cavernas não podiam ser vividas até dutos de ventilação
foram feitos, mas as exteriores cavernas foram em número mais do que suficiente.
Trabalho foi iniciado para eliminá-los do entulho caído, para erguer-se para baixo de
todo o material solto sobrecarga e para nivelar o piso. Uma mola saiu o cume não muito
longe das cavernas e a abordagem das cavernas era tão estreita e íngreme que unicórnios
poderiam embaralhar até só com dificuldade e um de cada vez. E eles devem chegar o
terraço natural na frente das cavernas eles seriam grandes demais para entrar e poderiam
fazer mais do que estar fora e tornar alvos de si para os arqueiros dentro.
Anders foi encarregado de fazer cavernas habitáveis, sua força de trabalho restrito
quase exclusivamente para mulheres e crianças. Lago enviou Barber, com um pequeno
destacamento de homens, para observar as cabras madeiras e saiba que plantas que
comiam. E, em seguida, aprender, experimentar, se tais plantas poderiam com segurança
ser comidas por seres humanos.
A necessidade de sal seria tremendamente aumentada quando o verão chegou. Uma
vez tendo experimentado um lácteo duas semanas no deserto Lago duvidava que
qualquer um deles poderia sobreviver sem ele. Todas as partes do caça, como parte do
barbeiro, foram ordenado a investigar todos os depósitos que podem conter sal, bem
como qualquer fluxo ou lagoa que era branca ao longo das margens.
As partes de caça foram de suma importância e que eram mantidos dos limites de
sua resistência. Acompanhava cada homem fisicamente capaz de fazê-lo. Aqueles que
não poderia matar o jogo poderiam levá-lo para trás para as cavernas. Não havia tempo
de sobra; já os unicórnios foram diminuindo em números, e as cabras bosques eram que
vão mais longe e mais ao norte.
No fim de vinte dias, Lago foi em busca de barbeiro e seu partido, preocupado com
eles. Sua missão era aquela que poderia ser tão perigoso quanto qualquer viagem de
caça. Não havia nenhuma prova de que os seres humanos e criaturas de Ragnarok eram
tão semelhantes a garantir que o alimento para um pode não ser veneno para outro. Foi
uma missão muito necessária, no entanto; carne seca, sozinha, traria graves doenças de
deficiência durante o verão que ervas secas e frutas ajudaria a evitar.
Quando ele localizado parte do barbeiro encontrou barbeiro deitado debaixo de uma
árvore, pálida e fraca de sua experiência mais recente, mas se recuperando.
"Eu era a cobaia ontem," disse Barber. "Alguns pouco roxas bagas que as cabras
bosques mordiscar em algumas vezes, talvez para obter um toque de alguma
determinada vitamina ou algo assim. Eu comi muito muitos, eu acho, porque bater meu
coração como o pontapé de uma mula. "
"Você encontrou alguma coisa em todos os animadores?" Lago perguntou.
"Nós encontramos quatro diferentes ervas que são mais violentos catárticos que
você sempre sonhou. E um pequeno feto prateado que tem gosto de doces com sabor de
baunilha e paraliza duro como uma placa sobre a terceira engolir. É uma hora antes de
você sair para trás dela.
"Mas no lado bom, encontramos três tipos diferentes de ervas que parecem dar tudo
certo. Fomos desenterrá-los e pendurá-las nas árvores secar."
Lago tentou as ervas comestíveis e encontrou-os a ser algo como espinafre no sabor.
Havia uma chance podem conter as vitaminas e minerais necessários. Desde que as
partes de caça viviam exclusivamente na carne, que ele teria que apontar as ervas
comestíveis para todos eles, assim eles saberiam o que comer qualquer um deles deve
sentir os efeitos da deficiência de dieta.
Ele viajou sozinho como ele visitou as diversas partes de caça, encontrando tal
viagem para ser mais seguro cada dia como o encolhimento dos unicórnios se
aproximava do ponto de fuga. Era uma segurança, que ele não boas vindas; Isso
significava que o último do jogo teria ido norte longo antes da carne suficiente foi
tomada.
Nenhuma das partes caça poderia relatar boa sorte. As cabras bosques, rápidas e
fugaz na melhor das hipóteses, foram desaparecendo com os unicórnios. O último
cartucho tinha sido demitido e os arqueiros, melhorando o tempo todo, estavam longe
de ser especialista. Unicórnios, que deveriam ter sido sua fonte principal da carne, eram
invulneráveis a setas, a menos que só tiro a curta distância do lado do pescoço atrás da
cabeça. E no curto alcance os unicórnios, invariavelmente, cobrados e não apresentaram
nenhum tal destino.
Ele fez a longa e difícil subir face sul do planalto, para finalmente ficar na parte
superior. Sem árvores, uma mesa plana, verde que se estendia para o norte para tanto
quanto ele podia ver. Uma cordilheira, ainda coberta de neve, talvez colocar cem milhas
a noroeste; a distância parecia uma nuvem branca, ao nível do mar no horizonte.
Nenhum outro montanhas ou colinas estragou a varredura infinita da planície alta.
A grama era grossa e foram lá e pouco correntes de água produzido pela neve
derretida recentemente. Era uma terra de paraíso para os herbívoros de Ragnarok, mas
para os homens era um lugar áspero, proibindo. A essa altura o ar era tão fino que
somente uma quantidade moderada de esforço feito o trabalho do coração e pulmões
dolorosamente. Difícil e prolongado esforço seria impossível.
Parecia improvável que homens poderiam caçar e se atrevem a ataques de unicórnio
em tal uma elevação mas duas partes de caça foram à frente dele; um sob o Craig
sombrio e sob o imprudente Schroeder, ambas as partes despojadas para os homens
mais jovens, mais fortes entre todos os rejeitos.
Ele encontrou Schroeder um início manhã, levando seus caçadores em direção a um
pequeno grupo de cabras bosques. Dois unicórnios estavam pastando no meio e os
caçadores foram balançando sotavento deles. Schroeder viu vinda e andou para trás um
pouco para encontrá-lo.
"Bem-vindo à nossa terra de tirar o fôlego," Schroeder cumprimentou-o. "Como vão
as coisas com o resto das partes caça?"
Schroeder Gonçalves e havia cansaço sob seus movimentos ainda ágil. Seus bigodes
foram um indomável sorrel eriçado e toda sua bochecha foi a feia cicatriz de uma ferida
meio curada. Outro gash foi rasgado em seu braço e algo tinha golpeado um ouvido. Ele
lembrou o Lago de um tomcat cicatrizes de batalha, indomável, que nunca, enquanto
viveu, quer abandonar a alegria do conflito e perigo.
"Até agora," ele respondeu, "você e Craig são partes só conseguem enfrentar o
planalto".
Ele perguntou sobre a sorte do Schroeder e aprendeu que tinha sido muito melhor do
que os outros devido a matar três unicórnios por um método que Schroeder tinha
pensado.
"Desde que os arqueiros tem que estar ao lado de unicórnios para matá-los,"
Schroeder disse, "ele só chama um homem ser o chamariz e deixe os unicórnios
persegui-lo entre os arqueiros escondidos. Se não houver nenhum mais do que um ou
dois unicórnios e se o chamariz não tem que correr muito e se os arqueiros não percam
ele funciona bem."
"Julgar de sua condição de beat-up," Lago disse, "você deve ter sido o chamariz
cada vez."
"Bem —" Schroeder deu de ombros os ombros. "Foi idéia minha."
"Eu estive pensando sobre uma outra maneira de obter em tiros à queima-roupa,"
disse o lago. "Tirar a pele de cabra madeira, dar-lhe a forma original como perto
possível e um arqueiro dentro dela pode ser capaz de falsificar uma cabra pastando
madeira até que ele pegou o tiro que ele queria.
"Os unicórnios poderiam nunca suspeitar onde as setas veio," concluiu. "E, em
seguida, é claro, eles podem."
"Eu vou tentar isso antes que o dia é longo, sobre os dois unicórnios lá,", disse
Schroeder. "A esta altitude e nesta gravidade meu próprio método é apenas um pouco
mais áspero de um homem."
***
Lago encontrado Craig e seus homens vários quilômetros a oeste, todos eles magro
e barbudo como Schroeder tinha sido.
"Tivemos de inferno," disse Craig. "Parece que cada vez que nós manchamos
algumas cabras bosques, haverá uma dúzia unicórnios no meio. Se tivéssemos fuzis
para os unicórnios... "
Lago disse-lhe do plano para esconder sob peles de cabras bosques e do sistema
chamariz usado por Schroeder.
"Talvez não teremos usar método do Schroeder," ele disse. "Vamos ver se o outro
funciona, vou experimentá-lo o primeiro."
Isso que era para não fazer. Menos de uma hora mais tarde um dos homens que
ajudou a secar a carne e transportá-lo para as cavernas retornadas para relatar o
acampamento atingido por uma doença repentina, estranha que estava matando uma
centena por dia. Dr. Chiara, que tinha recolhido ao dirigir-se em cuidar de doentes, tinha
certeza que era uma doença de deficiência. Anders foi para baixo com ele, indefeso, e
Bemmon tinha assumido o comando; criação de cotas de trabalho diário para aqueles
ainda em seus pés e recusando-se a atender solicitações de Chiara, relativa ao
tratamento da doença.
Lago fez a viagem volta para as cavernas em uma fração do tempo que ele tinha
levado para atingir o platô, andando até que ele estava pronto para soltar e, em seguida,
parando apenas para uma ou duas horas de descanso. Avistou o acampamento do
barbeiro quando saindo do planalto e ele balançou para um lado, para dizer o barbeiro
para abastecimento das ervas enviado para as cavernas de uma só vez.
Ele chegou as cavernas, para encontrar o meio do campo na cama e a outra metade
arrastando sobre desatenta às tarefas que lhes dadas por Bemmon. Anders estava em
estado grave, muito fraco para subir, e Dr. Chiara estava morrendo.
Ele agachou-se para baixo ao lado de palete de Chiara e sabia que não poderia haver
nenhuma esperança para ele. No rosto pálido de Chiara e em seus olhos foi a sombra de
sua própria presciência.
"Finalmente vi o que era" — palavras de Chiara foram muito baixo, difícil de ouvir,
"e eu disse Bemmon o que fazer. É uma doença de deficiência, complicada por
gravidade em alguma forma não conhecida na terra."
E ele parou para descansar e lago.
"Beri-beri — pelagra — tínhamos deficiência doenças na terra. Mas nenhum tão
fatal — tão rapidamente. Eu disse Bemmon — ração de frutas e legumes para todo
mundo. Pressa — ou será tarde demais. "
Novamente ele parou para descansar, o último vestígio da cor de seu rosto.
"E você?" Lago perguntou, já sabendo a resposta.
"Para mim — tarde demais. Eu fiquei pensando de vírus — deve ter visto o óbvio
quanto mais cedo. Como — "
Seus lábios transformou-se um pouco nos cantos e a Chiara dos mortos passado
sorriu pela última vez no lago.
"Como um estagiário maldito idiota..."
Que foi tudo, então, e a câmara estava subitamente muito calma. Lago levantou-se
para sair e para falar as palavras que Chiara nunca poderia ouvir:
"Nós vamos precisa de você e você perca — médico."
***
Ele encontrou Bemmon na caverna de armazenamento de alimentos, supervisionar o
trabalho de dois meninos adolescentes com officiousness crítico, embora ele estava
fazendo nenhum movimento para ajudá-los. À vista do Lago ele correu para a frente, o
sorriso clientelista deslizando em seu rosto.
"Estou feliz que você está de volta", disse ele. "Eu tinha que cuidar quando Anders
ficou doente e tinha tudo em uma bagunça. Eu estive trabalhando dia e noite para
desfazer seus erros e iniciar o trabalho corretamente novamente."
Lago olhou para os dois rapazes de fino-enfrentou quem tiveram aproveitado a
oportunidade para descansar. Eles se inclinou cansadamente na tabela de pólo pesado
que bemmon tinha tido-los movendo-se, seus olhos já aborrecido com doença incipiente
e vê-lo no apelo mudo.
"Ter obedecido a ordem de Chiara?" ele perguntou.
"Ah, não," disse de Bemmon. "Senti-lo melhor para ignorá-lo."
"Porquê?" Lago perguntou.
"Seria um desperdício sem sentido da nossa pequena oferta de frutas e vegetais
alimentos para lhes dar ao povo já morrendo. Eu tenho medo "— o sorriso clientelista
veio novamente —" nós já foi deixá-lo exercer uma autoridade que ele não é o direito
de. Ele é realmente mal mais do que um estudante de medicina e seus diagnósticos são
apenas suposições.
"Ele está morto," Lago disse categoricamente. "Seu último pedido será realizado."
Ele olhou dos dois meninos cansados para Bemmon, contrastando sua magreza e
cansaço com a maneira Pança na Bemmon ainda escavado para fora e seu queixo ainda
cederam com sua carga de gordura.
"Eu vou enviar oeste para baixo para assumir aqui," ele disse para Bemmon. "Você
vem comigo. Você e eu parecem ser os dois únicos em boa saúde aqui e ali muito
trabalho para que possamos fazer."
A expressão de bajulação desapareceu do rosto de Bemmon. "Eu vejo", disse ele.
"Agora que eu já virou confusão em Anders organização, você vai entregar minha
autoridade para outro de seus favoritos e rebaixar-me voltar para o trabalho comum?"
"Criação de cotas de trabalho para pessoas doentes e morrendo não é organização",
disse lago. Ele falou para os dois rapazes, "tanto de você ir deitar-se. West vai encontrar
outra pessoa." Em seguida, a Bemmon, "venha comigo. Ambos vamos trabalhar na obra
comum."
Eles passaram por caverna onde Bemmon dormia. Dois meninos estavam apenas
indo nele, carregando armloads de grama seca para fazer um colchão sob paletes de
Bemmon. Moveram-se lentamente, pesadamente. Como os dois rapazes na caverna de
armazenamento de alimentos eram olhos aborrecido com o início da doença.
Lago parado, para olhar mais de perto para a caverna e verifique se alguma coisa
que ele pensou que ele tinha visto: Bemmon tinha Descartado as peles de vagabundo em
sua cama e no seu lugar foram os cobertores de lã macia; Talvez os únicos sem patch
cobertores que possuía o rejeita.
"Ir para trás a suas cavernas," ele disse para os meninos. "Ir para a cama e o resto."
Ele olhou para Bemmon. Olhos de Bemmon se encolheu, recusando-se a cumprir a
sua.
"O que alguns cobertores que temos são para bebês e crianças muito mais jovens",
disse ele. Seu tom era friamente sem emoção, mas ele não poderia manter os punhos de
apertamento em seus lados. "Você vai devolvê-los ao mesmo tempo e dormir em peles
de animais, assim como todos os homens e mulheres. E se você quer grama um colchão
você vai levá-lo-se, como até mesmo as crianças pequenas."
Bemmon feita sem resposta, seu rosto um vermelho taciturno e ódio brilhando nos
olhos que ainda se recusou a atender do lago.
"Reunir-se os cobertores e devolvê-los", disse lago. "Então venha até a caverna
central. Temos muito trabalho a fazer."
Ele podia sentir o olhar de Bemmon queima contra suas costas, ele virou-se e
pensou o que John Prentiss uma vez disse:
"Eu sei que ele não é bom, mas ele nunca tem coragem suficiente para ir muito
longe o suficiente para me dar uma desculpa para ele talhar para baixo".
***
Homens do barbeiro chegaram no dia seguinte, sobrecarregados com ervas secas.
Estas foram dadas para o gravemente doente como um complemento para a ração de
frutas e legumes e foram dado, por si só, para aqueles não ainda doente. Depois veio o
período de espera; de esperança de que tudo não era demasiado pouco e demasiado
tarde.
Mudando para melhor começou no segundo dia. Uma semana se passaram e os
doentes foram lentamente, progressivamente, melhorar. Não-muito-doentes já estavam
de volta ao estado normal de saúde. Não havia mais dúvidas: as ervas de Ragnarok
impediria uma recorrência da doença.
Foi, Lago pensei, tudo tão simples, uma vez que você sabia o que fazer. Centenas
morreram, Chiara, entre eles, porque eles não têm uma erva comum que cresceu a uma
altitude ligeiramente superior. Não uma única vida teria sido perdida se ele poderia ter
olhado uma semana para o futuro e tinha as ervas encontrado e levado para as cavernas
que muito mais cedo.
Mas a doença não tinha dado nenhum aviso de sua vinda. Nada, no Ragnarok, já
parecia dar aviso antes que ele matou.
Mais uma semana se passaram e caçadores começaram a pingar, Gante e exausto,
relatar todo o jogo indo norte do planalto e não uma criatura única esquerda abaixo. Eles
foram os que tinham tentado e não conseguiu resistir a altitude do planalto. Apenas dois
dos três caçadores retornado entre quem tinha desafiado o planalto. Eles tentaram, todos
eles, o melhor de sua capacidade e os limites de sua resistência.
A estrela azul era então um pequeno sol e amarelo sol brilhou mais quente cada dia.
Grama começou a dourar e murchar nas encostas, como os dias se passaram e Lago
sabia verão era muito próximo. O último grupo de caçadores, mas por Craig e do
Schroeder, retornado. Eles tinham muito pouca carne, mas eles trouxeram com eles uma
grande quantidade de algo quase tão importante: sal.
Encontraram um depósito do que em uma região quase inacessível de penhascos e
desfiladeiros. "Nem mesmo as cabras madeiras podem chegar lá," Stevens, o líder desse
partido, disse. "Se o sal foi um local acessível lá seria uma lambida de sal lá e cabras em
abundância."
"Se cabras bosques cuidam de sal que os animais da terra de maneira fazem," disse o
lago. "Quando a queda vem nós vamos fazer um sal lamber e descubra."
Mais duas semanas se passaram e Craig e Schroeder voltaram com seus caçadores
sobreviventes. Eles seguiram o jogo ao extremo leste da Cordilheira de montanhas
cobertas de neve, mas a migração tinha desenhado lá longe deles, viajar mais longe cada
dia do que eles poderiam viajar. Eles tinham quase esperei muito tempo antes de virar
para trás: a grama no extremo sul do planalto foi virando marrom e os córregos estavam
secos. Eles tem bastante água, mal, escavando furos escoar os leitos secos.
Método do Lago dos unicórnios perseguição sob a ocultação de uma pele de cabra
madeiras tinha trabalhado bem apenas algumas vezes. Depois que os unicórnios
aprenderam a oscilar na direção do vento de qualquer caprinos bosques solitários. Se
eles cheirava um homem no interior da pele de cabra acusou e o matou.
Com o retorno dos últimos caçadores que tudo foi feito que poderia ser feito em
preparação para o verão. Inventário foi tomado de alimentação total e era ainda menor
do Lago temiam. É longe do suficiente para durar até que a queda trouxe o jogo de volta
do Norte e instituiu racionamento muito mais rigorosos do que antes.
O calor aumentou o amarelo sol brilhou mais quente e o sol azul cresceu maior.
Cada dia, a vegetação era marrom e uma manhã veio quando Lago não podia ver
nenhum verde, onde quer que ele se parecia.
Eles numerados onze cento e dez naquela manhã, fora que até recentemente tinha
sido quatro mil. Espantalhos de finos, com fome de onze cento e dez que, já, não
podiam fazer nada mais do que sentar-se desatenta à sombra e espere que o inferno que
estava por vir. Ele pensou que o alimentar, tão lamentavelmente pequenos, e dos meses
teria passado. Ele viu o futuro triste, inescapável para suas acusações: fome. Não havia
nada que ele pudesse fazer para evitá-lo. Ele só poderia tentar prevenir fome completa
para todos por rações de corte para o nível de existência nua.
E isso seria existência nua para o mais forte deles. Os mais fracos já foram
condenados.
Ele tinha todos eles se reúnem na frente das cavernas naquela noite, quando o
terraço estava na sombra do cume. Ele parou diante deles e lhes falou:
"Todos vocês sabem que nós temos apenas uma fração da quantidade de alimento
que precisamos para nos ver durante o verão. Amanhã a ração presente será cortada ao
meio. Que será suficiente para viver, apenas mal. Se que o corte não é feito o alimento
fonte será ido muito antes da queda e todos nós vão morrer.
"Se alguém tiver qualquer alimento de qualquer tipo, que ele deve ser transformado
em para ser adicionado a oferta total. Alguns de vocês podem ter pensado seus filhos e
ocultado um pouco para eles. Eu posso entender por que você deveria fazer isso, mas
você deve transformá-lo. Pode haver alguns que escondeu comida para si, pessoalmente.
Se assim, dou-lhes o primeiro e último aviso: transformá-lo hoje à noite. Se qualquer
oculto alimentos é encontrado no futuro quem escondeu ele será considerado um traidor
e assassino.
"Tudo de você, mas para as crianças, vai para a Câmara ao lado da onde o alimento
é armazenado. Cada um de vocês — e não haverá nenhuma exceção independentemente
como inocentes são — vai levar um pano dobrado bulkily ou vestuário. Cada um de
vocês vai para a câmara sozinha. Vai haver ninguém lá. Você deixar o alimento que
você tem dobrado no pano, se houver e ir a outra saída e volta para suas cavernas.
Ninguém nunca vai saber se o pano que você realizado contido comida ou não.
Ninguém nunca vai pedir.
"Nossa sobrevivência neste mundo, se quisermos sobreviver, pode ser apenas por
trabalhar e sacrificar juntos. Não pode haver nenhum egoísmo. O que qualquer um de
vocês pode ter feito no passado é de nenhuma conseqüência. Hoje à noite vamos
começar de novo. De agora em diante nós confiar um no outro sem reservas.
"Haverá um castigo para qualquer um que trair essa confiança — morte."
***
Anders dar o exemplo, sendo o primeiro a levar um pano dobrado dentro da caverna.
De todos eles, o Lago ouviu mais tarde, que apenas Bemmon dublado qualquer
indignação real; aviso a todos aqueles que, em sua seção da linha que a ordem foi o
primeiro passo para a ditadura absoluta e um sistema de polícia e espião em que lago e
os outros líderes iriam privá-los todos de liberdade e de dignidade. Bemmon insistiu
sobre exibindo o vazio do pano que carregava; uma ação que, tivesse ele conseguiu
persuadir os outros a seguirem o seu exemplo, teria impiedosamente aqueles que têm
eles estavam retornando de alimentos exposto.
Mas ninguém seguiu o exemplo do Bemmon, e nenhum dano foi feito. Quanto ao
lago, ele tinha preocupações sobre sua mente de maior importância do que a inimizade
de Bemmon.
***
As semanas arrastaram por, cada mais e mais terrível de suportar do que o que antes
ele como o calor constantemente aumentado. Solstício de verão chegou e não havia
nenhum escape do calor, mesmo nas mais profundas cavernas. Não havia nenhuma
noite; o sol azul levantou-se no Oriente como o pôr do sol amarelo no Ocidente. Não
havia nenhuma vida de qualquer tipo para ser visto, nem mesmo um inseto. Nada
mudou-se em toda a terra queimada, mas os diabos de poeira a rodando e cintilante,
distorcida miragens.
A taxa de mortalidade aumentou com terrível rapidez. A pequena oferta de leite
enlatado e desidratado, frutas e legumes foi reservada exclusivamente para as crianças,
mas era muito insuficiente em quantidade. As ervas de Ragnarok impediram qualquer
recorrência da doença fatal deficiência mas não forneceram praticamente nenhum
alimento para ajudar a combater o calor e a gravidade. A mais forte das crianças põem
desperdiçado e apático em suas paletes enquanto aqueles não tão fortes morreram a cada
dia.
Cada dia fino e oco-eyed mães viria a confessar-se com ele para salvar seus filhos.
"... que seria necessário tão pouco para salvar sua vida... Por favor, antes que seja tarde
demais... "
Mas havia então deixou de pouca comida e o tempo era ainda muito tempo até que a
queda seria trazer alívio da fome que ele só pode responder cada um com um sinistra e
final no "."
E a última esperança cintilação e morrem em seus olhos e vê-los se afastam, para ir
e sentar-se para as últimas horas ao lado de seus filhos.
Bemmon tornou-se cada vez mais irritado e reclamando que o racionamento e o
calor fez a existência uma miséria; insistindo que lago e os outros eram os culpados pela
falta de alimentos, que os seus esforços de caça tinham sido incompetente e covarde. E
ele implícito, sem realmente dizendo isso, esse lago e os outros tinham proibido ele ir
perto da câmara de comida porque não queria um homem honesto, competente para
verificar-se sobre o que estavam fazendo.
Havia seis cento e três da tarde ardência quando a garota, Julia, poderia estar a sua
constante, vingativo, avarias já não. Lago ouviu falar sobre isso, pouco depois, a forma
como ela tinha ligado Bemmon em um clarão de temperamento ela podia controlar não
e disse:
"Sempre que a boca é ainda é possível ouvir as crianças que estão morrendo hoje —
mas você não se importa. Tudo o que você pode pensar é você mesmo. Você reclamar o
lago e os outros foram covardes — mas você não se atreve a caçar com eles. Você
manter insinuando que eles estão enganando-nos e comendo mais do que nós — mas
seu barriga é o único que tem alguma gordura deixou nele — "
Ela nunca completou a frase. Rosto de Bemmon virou lívido em fúria repentina,
selvagem e ele golpeou, batendo-a contra a parede de rocha tão difícil que ela caiu
inconsciente no chão.
"Ela é um mentiroso!" ele arfado, gritante para os outros. "Ela é um mentiroso podre
e quem repete o que ela disse que vai ter o que ela tem!"
Quando o Lago soube do que tinha acontecido a que ele não enviar para Bemmon
uma vez. Ele perguntou por que reação do Bemmon tinha sido tão rápida e violento e lá
pareciam ser apenas uma resposta:
Barriga era na Bemmon ainda um pouco de gordura. Poderia haver, mas uma
maneira ele poderia ter mantido ele assim.
Ele convocou Craig, Schroeder, Barbeiro e Anders. Eles foram para a câmara onde
Bemmon dormiu e lá, quase ao mesmo tempo, eles encontraram seu cache. Ele tinha
enterrado sob seu palete e escondido nas cavidades ao longo das paredes; carne seca,
frutos secos e leite, conservas de legumes. Era uma quantidade surpreendentemente
grande e muitos dos itens presumivelmente tinham sido esgotados durante o ataque de
doença de deficiência.
"Olha", disse Schroeder, "como ele não perca tempo suavização de seu ninho
quando ele se fez líder."
Os outros não disseram nada, mas ficou com o rosto triste, congelado, aguardando a
próxima ação do lago.
Lago "Trazer Bemmon," disse Craig.
Craig voltou com ele dois minutos mais tarde. Bemmon reforçadas com a visão de
seu cache desenterrado e cor drenada longe do seu rosto.
"Bem?" Lago perguntou.
"Eu não" — Bemmon engolida — "Eu não sabia que estava lá." E, em seguida,
rapidamente, "você não pode provar que eu colocá-lo lá. Você não pode provar que
você agora não trazê-lo em si mesmos para enquadrar-me."
Lago olhou Bemmon, esperando. Os outros assistiram Bemmon como Lago estava
fazendo, e ninguém falou. O silêncio se aprofundou e Bemmon começaram a suar como
ele tentou evitar seus olhos. Ele olhou novamente para as provas contundentes e
quebrou o seu desafio.
"Ele — se eu não tivesse levá-la seria ter sido desperdiçado nas pessoas que estavam
morrendo," ele disse. Ele limpou seu rosto suando. "Já não vai fazê-lo novamente, eu
juro que eu não vou."
Lago falou com Craig. "Você e barbeiro levá-lo para o miradouro."
"O que —" protesto na Bemmon foi cortado como Craig e barbeiro levou-o pelos
braços e saiu-lhe rapidamente.
Lago acabou Anders. "Obter uma corda," ele ordenou.
Anders empalideceu um pouco. "A — corda?"
"O que mais ele merece?"
"Nada", disse Anders. "Não, não, após o que ele fez."
Na saída, eles passaram o lugar onde estava a Julia. Bemmon tinha batido-la contra
a parede com tanta força que uma projeção acentuada do rock tinha cortado um corte
profundo em sua testa. Uma mulher estava limpando o sangue de seu rosto e ela estava
molemente, ainda inconsciente; uma sombra frágil da menina ousada que ela tinha sido
com a nova vida, ela iria tentar dar-lhes uma protuberância pequena quase imperceptível
em sua magreza esfomeada.
***
O mirante foi um outjutting esporão da crista, seiscentos pés de cavernas e na frente
deles. Uma árvore solitária ficou ali, seus membros mortos axiais como armas brancas
através da folha marrom dos membros que ainda viviam. Craig e barbeiro esperaram
embaixo da árvore, Bemmon entre eles. O sol abaixando brilhou quente e brilhante na
face do Bemmon como ele piscou em direção as cavernas com a abordagem de lago e os
outros dois.
Ele virou para olhar para o barbeiro. "O que é — por que será que você me traz
aqui?" Houve o tremor do medo em sua voz. "O que vão fazer comigo?"
Barbeiro não respondeu e Bemmon voltou-se para o lago. Ele viu a corda na mão de
Anders e seu rosto passou de branco com compreensão.
"Não!"
HT atirou-se para trás com uma violência que quase rasgou-lhe soltos. "Não, não!"
Schroeder adiantou-se para ajudar a segurá-lo e Lago tirou a corda de Anders. Ele
fez um laço nele enquanto Bemmon lutou e fez sons animais, ofegante, seus olhos fixos
no fascínio horrorizado na corda.
Quando o laço foi terminado ele jogou a ponta livre da corda sobre o membro
branco acima Bemmon. Ele lançou o laço e barbeiro pegou, para desenhá-lo
confortavelmente em torno do pescoço de Bemmon.
Bemmon parou então lutando e cederam fracamente. Por um momento, parecia que
ele ia desmaiar. Então ele trabalhou sua boca soundlessly até veio de palavras:
"Você não vai, você não pode — pendurar-me realmente?"
Lago falou com ele:
"Nós estamos indo para pendurar você. O que você roubou teria salvado a vida de
dez filhos. Você assistiu as crianças chorar, porque eles estavam com tanta fome e você
prestou-lhes tornar-se demasiado fraco para chorar ou cuidado mais. Você assisti-los
morrer a cada dia e cada noite você secretamente comeu a comida que era suposto para
ser deles.
"Nós estamos indo para pendurar, para o assassinato de crianças e a traição de nossa
confiança em você. Se você tem alguma coisa a dizer, diga agora."
"Você não pode! Eu tinha o direito de viver, comer o que teria sido desperdiçado em
pessoas morrendo! " Bemmon torcido para apelar a quem prendeu, suas palavras rápidas
e irregulares com histeria. "Você não pode pendurar-me — eu não quero morrer!"
Craig respondeu-lhe, com um sorriso que era como o rosnar fina de um lobo:
"Nem fizeram dois dos meus filhos."
Lago acenou com Craig e Schroeder, não esperando por mais tempo. Pisaram para
apreender a extremidade livre da corda e Bemmon gritado o que estava por vir, rasgar
solto das garras de barbeiro.
Em seguida, seu grito abruptamente foi cortado como ele foi empurrado para o ar.
Houve um som de rachar e ele chutou spasmodically, sua cabeça ambiente
grotescamente para um lado.
Craig e Schroeder e barbeiro assistiram-lo com rostos duros, inexpressivo, mas
Anders virou-se rapidamente para longe, para ser de repente e violentamente doente.
"Ele foi o primeiro a trair-nos," disse o lago. "Esnobar a corda e deixá-lo balançar
lá. Se houver quaisquer outros como ele, eles vai saber o que esperar."
O sol azul rosa como eles voltaram para as cavernas. Por trás deles Bemmon
balançou e girou sem rumo na extremidade da corda. Duas sombras longas, pálidas
balançou e rodado com ele; um amarelo a oeste e um azul para o leste.
Bemmon foi sepultado no dia seguinte. Alguém amaldiçoado seu nome e alguém
cuspir no seu túmulo, e, em seguida, fez parte dos mortos passado como eles
enfrentaram o sofrimento pela frente.
Julia recuperado, embora ela sempre usaria uma cicatriz irregular em sua testa.
Anders, que tinha trabalhado estreitamente com Chiara e estava tentando tomar o seu
lugar, acalmou seu medos, assegurando-lhe que o bebê que ela carregava ainda era
muito pequeno para haver muito perigo de queda fazendo-a perdê-lo.
Três vezes durante o próximo mês o vento voltou com força total para baixo fora do
noroeste, trazendo uma poeira cinza que encheu o céu e a terra em uma melancolia
quente, sufocando, através do qual o suns não podia ser visto resistentes.
Nuvens negras uma vez reuniram-se na distância, a derramar um aguaceiro. A
gravidade 1,5 deu a parede de água que varreu para baixo da garganta uma muito maior
força e velocidade que teria tido na terra e pedras do tamanho de pequenas casas foram
atiradas para o ar e quebrados em fragmentos. Mas toda a chuva caiu sobre uma
pequena área e nem uma gota caiu nas cavernas.
Um único fator estava em seu favor e mas para ele poderiam não ter sobrevivido tal
calor intenso e contínuo: não havia nenhuma umidade. Água evaporada rapidamente o
ar quente e seco e glândulas sudoríparas operado no maior grau possível de eficiência.
Como resultado, eles bebiam enormes quantidades de água — o adulto médio
necessário cinco litros por dia. Todas as telas se haviam convertida em sacos de água e
o mesmo princípio de refrigeração por evaporação deu-lhes a água que estava apenas
morna em vez de doentiamente quente, caso contrário teria sido.
Mas, apesar da falta de umidade, o calor ainda era muito mais intenso do que
qualquer outro na terra. Ele nunca deixou, dia ou noite, nunca deixá-los ter alívio de um
momento. Havia um limite para quanto tempo carne humana poderia suportar debaixo
dela, não importa como Valente a vontade. Cada dia o pedágio de quem tinha alcançado
esse limite era maior, como uma maré rapidamente.
Havia três cem e quarenta deles quando veio a primeira chuva; a chuva que
significou o fim do verão. O sol amarelo mudou-se para o Sul e o sol azul encolheu-se
constantemente. Grama cresceu novamente e as cabras bosques voltou, com eles os
jovens que tinham nascidos no norte, já com metade do tamanho de suas mães.
Por um tempo, havia carne e ervas verdes. Depois vieram os caçadores, fazer caça
perigosa. As fêmeas com filhotes foram vistas mas sempre a uma distância grande que
tomaram de caçadores, como os seres humanos, sem chances com as vidas de seus
filhos.
Os unicórnios veio logo atrás os primeiros caçadores, seus filhotes já desmamados e
incrivelmente grandes. Caça tornou-se duplamente perigosa, em seguida, mas os
arqueiros, por necessidade, estavam aprendendo como usar seus arcos com o aumento
da habilidade e letalidade.
Uma lambida de sal para as cabras bosques espero que foi tentada, embora Lago
sentiu duvidoso sobre isso. Eles aprenderam que o sal era algo mata cabras poderiam
tomar ou deixar sozinho. E quando os caçadores foram nas proximidades deixaram-o
sozinho.
O jogo foi seguido por muitos quilômetros ao sul. Os caçadores voltou no dia que a
blizzard primeira veio rugindo e gritando para baixo ao longo da borda do planalto; a
nevasca que marcou o início do inverno longo, frígido. Então eles foram preparados da
melhor forma poderiam ser. Madeira tinha sido transportada em grandes quantidades e
cavernas equipado com portas brutas e um sistema de ventilação. E eles tinham carne —
não como tanto quanto eles precisam, mas o suficiente para evitar a fome.
Lago teve inventário de alimentação quando os últimos caçadores retornado e
realizou inventários de check-up em intervalos irregulares e sem aviso prévio. Ele
encontrou nenhuma escassez. Ele esperava nenhum — Bemmon a sepultura tinha desde
há muito sido obliterado por drifting neve mas a corda ainda pendurada no membro
morto, o laço balançando e girando ao vento.
***
Anders tinha feito um calendário de Ragnarok que Primavera, a partir de dados
dados a ele por John Prentiss, e ele tinha marcado as correspondentes datas de terra
sobre ele. Por coincidência, o Natal veio no meio do inverno. Seria o mesmo
racionamento de alimentos, no dia de Natal, mas pouco marrons árvores foram cortadas
para as crianças e decoradas com tais ornamentos como poderia ser feita a partir dos
materiais à mão.
Houve outro nevasca rugindo para baixo fora do planalto, manhã de Natal; uma
morte branca que trovejou e uivava fora das cavernas a uma temperatura de mais de
oitenta graus abaixo de zero. Mas dentro das cavernas era quente pelos incêndios e sob
as árvores pouco marrons foram brinquedos que haviam sido pacientemente talhados
em madeira ou costurados a partir de sucatas de pano e peles de animais, enquanto as
crianças dormidas. Eram brinquedos brutos e humildes, mas os rostos pálidos, finos das
crianças foram brilhantes com prazer quando eles viram que eles.
Havia o riso de crianças brincando, um som que não tinha sido ouvido por muitos
meses e alguém cantando as músicas de velhas, velhas. Para alguns fugazes horas
naquele dia, para a primeira e última vez no Ragnarok, havia a magia de uma terra natal.
Naquela noite uma criança nasceu Julia, uma palete de peles secas de gramíneas e
vagabundo. Ela pediu para seu bebê antes de morrer e deixá-la tê-lo.
"Eu não estava com medo, eu estava?", perguntou ela. "Mas o desejo não era tão
escuro — eu desejo que eu poderia ver meu bebê antes de eu ir."
Eles levaram o bebê de seus braços, quando ela tinha ido embora e removido do
cobertor que ela mantinha de aprendizado que seu filho era ainda nascido.
Havia duzentos e cinqüenta deles quando veio as primeiras tempestades violentas de
Primavera. Até então tinham nascidas dezoito crianças. Dezesseis anos eram nados-,
oito deles deformado pela gravidade, mas dois eram como qualquer normais bebês na
terra. Houve apenas uma diferença: a gravidade de 1,5 não parece afetá-los tanto quanto
ele tinha os bebês nascido na terra.
Lago, ele próprio, casou-se com essa Primavera; uma menina alta, -de-olho-cinza
que lutou ao lado dos homens na noite de tempestade quando os caçadores invadiram o
campo de John Prentiss. E se casou com Schroeder, o último de todos eles a fazê-lo.
Que Primavera Lago enviado duas classes de arqueiros: aqueles que usaria o
ordinário arco curto e aqueles que usaria os longbows tinha feito nesse inverno.
Segundo a história, os Inglêses Português da época medieval tinham sido sem igual no
intervalo e precisão de suas flechas e armas extra-powerful deve eliminar a perseguição
de curto alcance de cabras madeiras e ter recursos para melhor proteção de unicórnios.
Os arcos trabalharam tão bem que por meados da Primavera ele poderia separar
Craig e outros três de caça e enviá-los em uma expedição de prospecção. Prentiss disse
Ragnarok era desprovida de metais, mas não havia esperança de encontrar pequenas
veias instrumentos na expedição de Dunbar não tinha detectado. Eles teriam que
encontrar o metal ou então, no final, eles iriam voltar em uma fase de Machado de
pedra.
Craig e seus homens retornados quando a estrela azul voltou a um sol e o calor era
mais do que os homens podiam andar e trabalho. Eles tinham viajou centenas de
quilômetros em seu circuito e não encontrei nenhum metal.
"Eu quero olhar para o Sul quando se trata de queda", disse Craig. "Talvez será
diferente lá em baixo."
Não enfrentam a fome que verão como eles tiveram o primeiro verão. A dieta de
carne e ervas secas foi áspero e liso, mas houve bastante dele.
Verão completo veio e a terra foi novamente queimado e sem vida. Não havia nada
a fazer, mas sente-se cansado na sombra e suportar o calor, o conforto psicológico de
desenho que poderiam o facto de solstício de Verão era passado e o suns foram
rastejando sul novamente mesmo que seria muitas semanas antes que houvesse qualquer
diminuição do calor.
Foi então, e por acaso, esse lago descobriu que havia algo errado sobre o movimento
para o sul dos sóis.
Ele estava retornando de Vigia que dia e ele perceberam que era exatamente um ano
desde que ele e os outros tinham caminhado volta às cavernas, enquanto Bemmon
balançou no membro por trás deles.
Ainda era a mesma hora do dia; o sol azul subindo no Oriente atrás dele e o sol
amarelo brilhante em seu rosto como ele tocou no horizonte ocidental antes dele.
Lembrou-se como o sol amarelo tinha sido como a vista frontal de um rifle, definido no
entalhe V mais profundo das montanhas ocidentais —
Mas agora, exatamente um ano depois, não era o entalhe em V. Foi no lado norte do
entalhe.
Ele olhou para o leste, o sol azul. Parecia-lhe que, também, era mais ao norte do que
tinha foi embora com ele, ele tinha nenhum ponto de referência para verificar.
Mas não havia nenhuma dúvida sobre o amarelo sol: ia do Sul, como deveria nessa
época do ano, mas foi atrasada de programação. A única explicação que poderia pensar
em Lago foi um dos que significaria ainda outra ameaça à sua sobrevivência; talvez
maior do que todos os outros combinados.
O sol amarelo caiu completamente por trás da encosta norte do entalhe V e foi para
as cavernas. Ele encontrou Craig e Anders, os dois únicos que podem saber alguma
coisa sobre inclinações axiais de Ragnarok e disseram-lhes o que tinha visto.
"Fiz o calendário a partir dos dados de que John me deu", disse Anders. "Os homens
de Dunbar fez observações e calculado o comprimento do ano de Ragnarok — eu não
acho que eles teriam feito algum erro."
"Se eles não o fizeram," Lago disse, "Estamos em algo".
Craig estava assistindo ele, intimamente, pensativamente. "Como as idades de gelo
da terra?" ele perguntou.
Lago assentiu e Anders disse, "eu não entendo."
"Todos os anos o Pólo Norte se inclina em direção ao sol para nos dar o verão e
longe de dar-nos de Inverno," lago, disse. "O que, é claro, você sabe. Mas pode haver
ainda um outro tipo de inclinação axial. Na Terra ocorre em intervalos de milhares de
anos. A inclinação que produz os verões e invernos continua como de costume, mas
como o passam dos séculos a inclinação em direção ao sol do verão cresce menos, a
inclinação de Inverno longe de maior. A pólo norte inclina mais longe e mais longe as
folhas de sol e gelo descer fora do Norte — uma idade de gelo. Então pára de
progressão do pólo norte do sol, e os lençóis de gelo recuam como ele se inclina para
trás em direção ao sol."
"Eu vejo", disse Anders. "E se a mesma coisa está acontecendo aqui, nós estamos
indo longe uma idade de gelo, mas a um ritmo de milhares de vezes mais rápidos do que
na terra."
"Eu não sei se se trata de inclinação de Ragnarok, sozinha, ou se as órbitas dos sóis
em torno de si adicionar seus próprios efeitos durante um período de anos", disse lago.
"A expedição de Dunbar foi aqui tempo suficiente para verificar-se qualquer coisa como
essa."
"Parecia para mim era mais quente deste verão que anterior," disse Craig. "Talvez só
minha imaginação — mas não vai ser a imaginação em poucos anos se a inclinação em
direção ao sol continua."
"O tempo viria quando nós temos que sair daqui," disse o lago. "Nós teria que ir
para o norte até o planalto de cada mola. Não há nenhuma madeira lá — mas nada a
grama e o vento e o ar rarefeito. Teríamos a migração Sul cada queda."
"Sim... migrar." Rosto de Anders era velho e cansado na dura luz refletida do sol
azul e seu cabelo virou quase branco no ano passado. "Apenas os jovens nunca
poderiam adaptar o suficiente para ir até o planalto sua porção norte. O resto de nós...
mas nós ainda não muitos anos, de qualquer maneira. Ragnarok é para os jovens — e se
eles têm que migrar para a frente e para trás como animais só para permanecer vivo
nunca terá tempo para realizar qualquer coisa ou ser nômades de idade mais de pedra. "
"Eu desejo que nós poderia saber quanto tempo o grande verão será que estamos
indo no", disse Craig. "E como longo e frio grande inverno, quando o Ragnarok inclina-
se longe do sol. Ele não iria mudar nada, mas eu gostaria de saber. "
"Vamos começar fazendo e gravando observações diárias", disse lago. "Talvez a
inclinação vai começar para trás a outra maneira antes que seja tarde demais."
***
Queda parecia vir um pouco mais tarde nesse ano. Craig foi para o Sul assim que o
tempo permitido, mas não havia nenhum minerais só as colinas de metal-estéril
diminuindo de tamanho até que eles se tornaram uma pradaria inclinada para baixo e
para baixo na direção do baixo Sul, onde todas as criaturas de Ragnarok passaram o
inverno.
"Vou tentar novamente para o norte quando chega a Primavera," disse Craig.
"Talvez essa montanha no planalto terá algo."
Inverno chegou, e Elaine morreu em dar-lhe um filho. A perda de Elaine foi um
golpe inesperado; ferir mais do que ele teria pensado sempre que possível.
Mas ele teve um filho... e era sua responsabilidade de fazer tudo o que pôde para
garantir a sobrevivência de seu filho e dos filhos e filhas de todas as outras.
Sua visão alterado e ele começaram a pensar o futuro, não em termos de anos mas as
gerações futuras. Um dia um dos jovens iria sucedê-lo como líder mas os jovens teria
apenas memórias de infância de terra. Ele foi o último líder que tinha conhecido a terra
e a civilização da terra como um homem crescido. O que ele fez enquanto foi líder seria
inclinar o destino de uma nova raça.
Ele teria que fazer tudo o que foi possível para ele fazer e ele teria que começar de
uma vez. Os anos deixada a ele não poderiam ser muitos.
Ele não estava sozinho; outros nas cavernas tinham os pensamentos mesmos que ele
tinha sobre o futuro, mesmo que nenhum deles tinha qualquer plano para realizar o que
eles falaram de. West, que possuía graus em filosofia na terra, disse ao Lago uma noite
como sentaram-se juntos pelo fogo:
"Você já notou a forma como as crianças ouvir quando a conversa vira-se para o que
costumava ser na terra, o que poderia ter sido em Athena, e o que seria se nós
poderíamos encontrar uma maneira de escapar de Ragnarok?"
"Eu tenho notado," ele disse.
"Essas histórias já contêm a meta para as gerações futuras," oeste passou. "Um dia,
de alguma forma, eles vão para a Athena, para matar o Gerns lá e libertar os escravos
Terran e recuperar Athena como seus próprios."
Ele ouviu-os falam do vôo interestelar para Athena que sentou-se por seus fogos e
trabalharam na fazendo arcos e flechas. Foi apenas um sonho que detinham, ainda sem
esse sonho haveria nada antes deles mas a visão de geração após geração, vivendo e
morrendo em um mundo que poderia nunca dar-lhes mais de existência.
O sonho era necessário. Mas, por si só, não foi suficiente. Quanto tempo, na terra,
tinha ele foi desde o Neolítico, a avançada civilização — quanto tempo do tempo
homens estavam prontos para deixar suas cavernas, até que eles estavam prontos para ir
para as estrelas?
Doze mil anos.
Havia homens e mulheres entre os rejeitos, que tinham sido especialistas em várias
áreas. Havia poucos livros que sobreviveram o atropelo dos unicórnios e outros
poderiam ser escritos com tinta feita da casca da árvore preta lança sobre pergaminho,
feito de pele fina interna de couros de unicórnio.
O conhecimento contido nos livros e a aprendizagem dos rejeitos ainda vivos deve
ser preservado para as gerações futuras. Com a ajuda de que aprendizagem talvez eles
realmente poderiam, um dia, de alguma forma, escapar de sua prisão e fazer Athena e as
suas próprias.
Ele disse ao oeste o que ele tinha pensado. "Vamos ter de começar uma escola",
disse ele. "Este inverno — amanhã."
Oeste de cabeça de acordo. "E os escritos devem ser iniciados logo que possível.
Alguns dos livros didáticos exigirá mais tempo para escrever do que Ragnarok, dar-se-á
os autores."
Uma escola para as crianças foi iniciada no dia seguinte e começou a escrita dos
livros. Os livros de pergaminho serviria a dois propósitos. Um seria ensinar as gerações
futuras, coisas que seriam não só ajudá-los sobreviver, mas iria ajudá-los a criar uma
cultura do seus próprios como avançado como o ambiente áspero e escassos recursos de
Ragnarok permitida. O outro seria para avisá-los do perigo de um retorno do Gerns e
ensinar-lhes tudo o que se sabia sobre Gerns e suas armas.
A principal contribuição do Lago seria um longo livro: TERRAN naves espaciais;
TIPOS E FUNCIONAMENTO. Ele adiou sua escrita, no entanto, primeiro, produzir um
livro muito menor mas que pode muito bem ser o mais importante: características de
INTERIOR de A GERN CRUISER. Terran inteligência sabia um pouco sobre Gern
cruzadores e como segundo em comando da constelação , ele tinha visto e estudado
uma cópia desse relatório. Ele tinha uma excelente memória para coisas, quase
fotográficas, e ele escreveu o texto e atraiu uma multidão de esboços.
Ele balançou a cabeça com tristeza com o resultado. O texto foi bom, mas, para
maior clareza, as ilustrações que acompanham devem ser precisas e em perspectiva. E
ele definitivamente não era um artista.
Ele descobriu que Craig poderia levar uma caneta em sua mão poderosa, cicatriz e
desenhar com precisão pura de uma artista profissional. Ele virou os esboços para ele,
juntamente com a massa de especificações. Desde que um dia pode ser de importância
vital, ele faria quatro cópias do mesmo. O texto foi dado uma menina Teen-Age, que
gostaria de fazer três cópias mais do mesmo...
Quatro dias mais tarde Schroeder entregou Lago um texto com alguns esboços. O
título era: operação de GERN BLASTERS.
Inteligência nem mesmo nunca tinha sido capaz de examinar um blaster de mão
Gern. Mas um homem chamado Schrader, em Vênus, matou um Gern com seu próprio
blaster e, em seguida, desapareceu com Gerns enfurecido e intimidados por Gern
venusiana polícia em perseguição. Houve uma alta recompensa por sua captura...
Ele olhou-o mais e disse, "Eu estava contando sobre seu dando-nisso."
Apenas o traço mais desencapado de surpresa mostrou no rosto de Schroeder, mas
seus olhos estavam atentamente assistindo lago. "Então você sabia o tempo todo que eu
estava?"
"Eu sabia".
"Ninguém na constelação sabia?"
"Você foi reconhecido por um dos oficiais do navio. Você teria sido tentado em
mais dois dias."
"Eu vejo", disse Schroeder. "E desde que eu era culpado e não poderia ser devolvido
à terra ou Vênus eu iria ter sido executado na constelação." Ele sorriu ironicamente. "E
você, como segundo em comando, teria sido mestre de cerimônias de minha execução."
Lago juntos as folhas de pergaminho para trás em sua ordem correta. "Às vezes," ele
disse, "oficial de um navio tem que fazer coisas que são contrárias à todos os seus
próprios desejos."
Schroeder desenhou uma respiração profunda, seu rosto sombrio com as memórias
que tinha guardado para si mesmo.
"Foi há dois anos atrás, quando os Gerns ainda estavam falando de amizade para o
governo de terra enquanto eles empurrou os colonos em torno em Vênus. Este Gern...
havia uma menina lá e pensou que ele poderia fazer o que ele queria para ela, porque ele
era um poderoso Gern e ela não era nada. Ele fez. É por isso que eu matei ele. Eu tive
que matar dois policiais venusiana para fugir — que é onde eu coloquei a corda em
volta do meu pescoço. "
"É não o que nós fizemos, mas o que fazemos, que vai viver ou morrer por
Ragnarok", disse lago. Ele entregou Schroeder as folhas de pergaminho. "Diga Craig
para fazer pelo menos quatro exemplares desta. Um dia nosso conhecimento de Gern
blasters pode ser outra coisa que vou viver ou morrer por. "
***
A escola e a escrita foram interrompidos pela caça de Primavera. Craig fez sua
viagem de montanhas cobertas de neve do planalto, mas foi incapaz de manter sua
promessa de prospecção-lo. O planalto foi, talvez, dez mil pés de altitude e a montanha
levantou-se outro dez mil pés acima do planalto. Nenhum ser humano poderia subir
uma montanha tão em uma gravidade de 1,5.
"Eu tentei", disse Lago cansadamente quando ele voltou. "Porra, eu nunca tentei
mais difícil em qualquer coisa na minha vida. Foi demais para mim. Talvez alguns dos
jovens serão melhor adaptada e podem fazê-lo quando crescer."
Craig trouxe de volta várias folhas de mica invulgarmente transparente, cada folha
de um pé de diâmetro e uma dúzia grandes cristais de quartzo de água clara.
"Float, de mais acima na montanha," ele disse. "O mica e cristais existem lá em
cima se nós só poderia alcançá-los. Outros minerais, também — eu garimpou vestígios
no fundo do garganta. Mas nenhum ferro."
Lago examinou as folhas de mica. "Nós poderíamos fazer windows para as cavernas
exteriores destes", disse ele. "Tê-los dupla espessura com um amplo espaço de ar entre
eles, para o isolamento. Quanto os cristais de quartzo... "
"Instrumentos ópticos,", disse Craig. "Binóculos, microscópios, levaríamos muito
tempo para aprender a fazer como clara e impecável como os cristais de vidro. Mas não
temos maneira de cortar e moê-los".
Craig foi no Oriente que caem e a oeste a próxima primavera. Ele voltou da viagem
para o Ocidente com um joelho torcido que nunca iria deixá-lo ir prospecção
novamente.
"Vai levar anos para encontrar os metais que precisamos", disse ele. "As indicações
são de que nós nunca será, mas eu queria continuar a tentar. Agora, meu joelho
condenado tem-me acorrentado a estas grutas... "
Ele reconciliou-se sua claudicação e confinamento da melhor maneira que podia e
terminou seu livro: Geologia e identificação de minerais.
Ele também ensinou uma classe de geologia durante os invernos. Foi no inverno do
ano quatro em Ragnarok que um menino de nove anos de idade entrou para sua classe; o
silêncio, scar-enfrentou Billy Humbolt.
Ele era de longe o mais novo dos estudantes de Craig e os mais atentos. Lago estava
presente um dia quando Craig perguntou, curiosamente:
"Não é muitas vezes um menino de que sua idade é tão interessada em mineralogia e
geologia, Billy. É lá algo mais do que apenas interessam?"
"Tenho de aprender tudo sobre minerais", Billy disse com seriedade prosaico, "para
que quando eu estou crescido acho os metais para que façamos um navio."
"E então?" Craig pediu.
"E, em seguida, nós iríamos para Athena, para matar o Gerns que causou a minha
mãe morrer e meu avô e Julia e todos os outros. E libertar meu pai e os outros escravos,
se eles estão vivos."
"Eu vejo", disse Craig.
Ele não sorrir. Seu rosto foi sombreado e velho como ele olhou para o menino e para
além dele; vendo mais uma vez, talvez, a frágil menina loira e as duas crianças que os
primeiros meses de rápido, violentos tinham tomado dele.
"Espero que ter sucesso", disse ele. "Eu desejo que eu era jovem, então eu poderia
sonhar a mesma coisa. Mas eu não sou... então vamos voltar para a identificação dos
minérios que serão necessários para tornar um navio para ir a Athena e tornar blasters
para matar Gerns, depois que você chegar lá. "
Lago tinha um curral construído cedo na primavera seguinte, com asas camufladas,
para prender alguns dos bodes madeiras quando eles vieram. Seria um enorme passo na
direção de conquistar seu novo ambiente se poderia domesticar as cabras e têm
rebanhos de cabra perto das grutas durante todo o ano. Reunir bastante grama para durar
um rebanho de cabras com o inverno seria um problema, mas em primeiro lugar, antes
que preocuparam-se sobre isso, eles teriam que ver se as cabras poderiam sobreviver os
extremos de calor e frio inverno e verão.
Eles presos dez cabras naquela Primavera. Construíram os guarda-sóis escova —
antes verão os ventos seriam despojado das árvores da maioria de suas folhas secas,
marrons — e um fluxo de água foi desviado por meio do Curral.
Todo o trabalho foi em vão. As cabras morreram de calor no início do verão,
juntamente com o jovem que havia nascido.
Quando veio a queda eles presos seis cabras mais. Eles construíram os abrigos que
seriam tão quentes quanto possível e levou-os uma grande oferta da grama alta ao longo
das margens do creek; o suficiente para durá-los durante o inverno. Mas o frio era
demais para as cabras, e a blizzard segunda matou todos eles.
A próxima primavera e no Outono, e com muito mais dificuldade, eles tentaram o
experimento com pares de unicórnios. Os resultados foram os mesmos.
O que significava que continuaria a ser uma raça de caçadores. Ragnarok não
permitiria que fossem pastores.
***
O passar dos anos, cada um muito parecido com o que antes dele, mas para o rápido
envelhecimento dos antigos, como o lago e os outros chamou-se e o crescimento dos
mais jovens. Nenhuma mulher entre os antigos poderia mais ter filhos, mas tinham
nascidos seis filhos mais normais, saudáveis. Como os dois primeiros, eles não foram
afetados pela gravidade que os bebês nascidos em terra.
Entre os jovens, Lago viu, foi uma diferença distinguishable. Quem tinha sido o dia
que o Gerns tinha deixado-os a morrer muito jovem tinham adaptado melhor do que
aqueles que tinham sido alguns anos mais velho.
O ambiente de Ragnarok tinha atingido em muito jovem com a selvageria
impiedosa. Ele tinha sujeitou-os a um teste de sobrevivência, que foi sem precedentes
na terra. Ele matou por centenas, mas entre eles havia sido aqueles cujo carne e sangue
jovem e órgãos tinham resistido a morte, adaptando na medida do possível.
O dia das antigas quase foi feito e o futuro em breve estará nas mãos dos jovens.
Eles eram os noventa unconquerables fora o que tinha sido rejeita quatro mil; a primeira
geração do que seria uma nova raça.
Ele parecia lago que os anos iam e vinham cada vez mais rápido, como os antigos
diminuiu em números a uma taxa acelerada. Anders tinha morrido no sexto ano, seu
coração, falta-lhe uma noite como ele trabalhou pacientemente em seu laboratório
pouco bruto em continuando o trabalho iniciado por Chiara para encontrar uma cura
para a febre do inferno. Barbeiro, tentando desenvolver uma variedade de ervas que iria
crescer com a baixa elevação das cavernas, foi morto por um unicórnio como ele
trabalhou em seu enredo de teste abaixo das cavernas. Craig foi mancando fora um dia
de Primavera no oitavo ano a olhar para um novo mineral um caçador tinha encontrado
metros das grutas. Uma repentina chuva fria explodiu, refrigeração dele antes que ele
pudesse voltar, e ele morreu de peste do inferno no mesmo dia.
Schroeder foi morto por caçadores no mesmo ano, morrendo de costas para uma
árvore e uma faca ensanguentada na mão. Foi a maneira que ele queria ir — uma vez
disse ao Lago:
"Quando meu tempo vem eu um pouco estaria contra os caçadores. Lutam
arduamente e matar rápido e, em seguida, eles estão completamente com você. Eles não
rasgam você depois que você está morto e slobber e tripudiar sobre as peças, a maneira
como os unicórnios fazem."
As molas veio um pouco mais cedo a cada ano, o cai um pouco mais tarde, e as
observações mostraram o suns progredindo firmemente para o norte. Mas os invernos,
embora mais curto, foram aparentemente tão frios como sempre. Os verões longos
atingiu tal grau de calor no nono ano que Lago sabia que podiam suportar não mais do
que dois ou três anos mais de calor crescente.
Então, no Verão do décimo ano, a inclinação de Ragnarok — o progresso aparente
para o norte dos sóis — parou. Eles estavam no meio que Craig tinha chamado Verão
grande e eles poderiam suportá-la, apenas mal. Não teriam de sair das cavernas.
O suns começou seu desvio para o Sul. As observações foram continuou e
cuidadosamente registradas. Grande queda estava por vir e por trás dele seria grande
inverno.
Grande inverno... a ameaça de ele preocupou-se lago. Como distante para o sul o
suns iria — quanto tempo teriam que ficar? O tempo viria quando o planalto seria
enterrado sob centenas de metros de neve e as cavernas dentro de gelo?
Não havia nenhuma maneira que ele poderia nunca saber ou mesmo acho. Somente
aqueles do futuro nunca saberia.
No décimo segundo ano apenas o lago e o oeste ficaram das antigas. Por lá, em
seguida, oitenta e três ficaram dos jovens, oito crianças Ragnarok-nascido das antigas e
quatro crianças-Ragnarok-nascido dos mais jovens. Não contando-se e a oeste, havia
noventa e cinco deles.
Não foi por muitos para ser o início de uma corrida que iria enfrentar uma idade de
gelo de proporções desconhecidas e sobre elas, sempre, a ameaça de uma chance
retornar do Gerns.
O inverno do ano XV chegou e ele estava realmente sozinho, o último dos antigos.
Cabelos brancos e envelhecidos muito além de seus anos, ele ainda era líder. Mas que
ele poderia fazer pouco diferente de sentar-se por seu fogo e sentir a gravidade o
inverno arrastando no seu coração. Ele sabia, muito antes da Primavera, que era hora de
que ele escolheu seu sucessor.
Ele tinha a esperança de viver para ver seu filho a tomar o seu lugar — mas Jim
tinha apenas 13 anos. Entre os outros era que ele tinha assistido desde o dia, disse Craig
encontrasse metais para construir um navio e matar o Gerns: Bill Humbolt.
Bill Humbolt não era o mais velho entre aqueles que se tornariam líderes, mas ele
foi o mais versátil de todos eles, o mais pensativo e teimosamente determinada. Ele
lembrou o Lago de que homem feroz que tinha sido seu avô e se não fosse para as
cicatrizes que torceu seu rosto em fealdade sinistra que ele teria olhado muito como ele.
Uma violenta tempestade estava rugindo fora das cavernas, a noite que ele disse que
os outros que ele queria Bill Humbolt para ser seu sucessor. Não há objecções e, sem
cerimônia e com poucas palavras, ele terminou seus quinze anos de liderança.
Ele deixou os outros, seu filho entre eles e voltou para a caverna onde ele dormia.
Seu fogo era baixo, até morrer de brasas, mas ele estava cansado demais para construí-la
novamente. Ele deitou-se sobre seu palete e viu, com surpresa, nem medo, que seu
tempo era muito mais perto do que ele pensava. Ele já estava na mão.
Ele recostar e deixa a lassidão coloque-lhe, não combatê-la. Ele tinha feito o melhor
que podia para os outros e agora a viagem cansada acabou.
Seus pensamentos dissolvido em memória do dia quinze anos antes. O rugido da
tempestade tornou-se o trovão de cruzadores Gern, como eles desapareceram no céu
cinzento. Quatro mil rejeita ficou no vento frio e assisti-los ir, as crianças ainda não
entender o que tinha sido condenados a morrer. De alguma forma, seu filho estava entre
eles —
Ele tentou debilmente subir. Não havia trabalho a fazer, muito trabalho a fazer...
Parte 2
Era de manhã cedo como Bill Humbolt sentou-se perto do fogo em sua caverna e
estudou o mapa que Craig tinha feito da montanha do planalto. Craig tinha deixado a
montanha sem nome, e ele mergulhou a sua caneta de tinta para escrever: Craig
montanhas.
"Bill —"
Delmont Anders entrou muito silenciosamente, o que ele tinha que dizer já evidente
em seu rosto.
"Ele morreu ontem à noite, Bill."
Era algo que ele tinha sido esperando para vir a qualquer momento, mas a falta de
surpresa não diminuiu o sentimento de perda. Lago tinha sido a última das antigas, o
último daqueles que haviam trabalhado e lutado e encurtado os anos de suas vidas que
os jovens possam ter a oportunidade de viver. Agora ele tinha ido embora — agora uma
breve era terminou, um valente, sangrento capítulo escrito e terminou.
E ele era o novo líder, que seria o decreto como o próximo capítulo deve ser escrito,
apenas quatro anos mais velhos que o menino que estava olhando para ele com um
apelo inconsciente de reafirmação no rosto...
"Seria melhor dizer Jim," ele disse. "Então, um pouco mais tarde, eu quero falar a
todos sobre as coisas que vamos começar a fazer tão logo chega a Primavera."
"Você quer dizer, a caça?" Delmont perguntou.
"Nenhum — mais do que apenas a caça."
Sentou-se por um tempo depois Delmont esquerda, olhando para trás para baixo dos
anos que tinham precedido naquele dia, volta para a primeira manhã em Ragnarok.
Ele tinha estabeleceu uma meta para si mesmo que de manhã quando ele deixou o
seu urso de brinquedo na poeira atrás dele e caminhou ao lado de Julia no modo de vida
novo e perigoso. Ele havia prometido a mesmo que algum dia ele iria assistir a morrer
de Gerns e implorar por misericórdia como eles morreram, e ele lhes daria a mesma
misericórdia que tinha dado sua mãe.
Medida que envelhecia, ele percebeu que o seu ódio, sozinho, era uma coisa fútil.
Teria de ser uma maneira de deixar o Ragnarok e teria de ser armas com que lutar a
Gerns. Estes seriam coisas impossíveis e fora do seu alcance, a menos que ele teve a
ajuda de todos os outros no esforço coordenado, Unido.
Para fazer alguns desse esforço Unido que ele teria que ser seu líder. Assim há onze
anos, ele estudou e treinou até que houvesse ninguém que poderia usar um arco ou
lança-se completamente como ele poderia, ninguém que pudesse viajar como muito em
um dia ou local um unicórnio emboscada mais rapidamente. E não havia ninguém, com
exceção de George Ord, que havia estudado como muitos livros de texto, como ele
tinha.
Ele alcançou seu primeiro gol, ele era o líder. Para todos eles, existia o segundo gol:
a esperança de um dia saindo de Ragnarok e tendo Athena do Gerns. Para muitos deles,
talvez, era só wishful sonhando mas para ele foi o principal motor de sua vida.
Havia tanto para eles e suas vidas eram tão curtas que fazê-lo. Por enquanto ele era
o líder que não desperdiçaria um dia em idle desejando...
***
Quando os outros foram reunidos para ouvir o que ele tinha a dizer ele lhes falou:
"Vamos continuar onde os antigos tinha que sair fora. Nós estamos melhor
adaptados do que eram, e nós vamos encontrar metais para fazer um navio se houver
alguma para ser encontrado.
"Em algum lugar no Ragnarok, no lado noroeste de uma escala similar para as
montanhas de Craig no planalto, é um vale profundo que a expedição de Dunbar
chamado o abismo. Eles não investigá-lo de perto, pois seus instrumentos não
mostraram nenhum metal lá mas viram estratos em um lugar que era vermelho; uma
descoloração de ferro. Talvez podemos encontrar uma veia lá que era muito pequena
para que possam ter alguma atenção ao. Então nós iremos sobre os Craigs quando a
neve derrete-los."
"Que será no início do verão," George Ord disse, seus olhos negros pensativos.
"Quem vai vai ter tempo de seu retorno para um pouco antes dos caçadores e unicórnios
voltar do Norte ou esperar até que eles todos já migraram para baixo fora do planalto.
Era algo Humbolt tinha sido pensando e desejando que eles poderiam resolver.
Homens poderiam escapar unicórnio ataques onde havia árvores grandes o suficiente
para oferecer segurança e vagabundo mesmo ataques poderiam ser guardados fora onde
havia árvores para refúgio; Spears segurando os caçadores que iria subir as árvores
enquanto setas escolhidas os que estão no chão. Mas não havia nenhuma árvore no
planalto e ser capturado por um grupo de caçadores ou unicórnios lá era morte certa
para qualquer pequeno grupo de dois ou três. Por esse motivo não há pequenos partidos
já subiram no planalto, exceto quando os unicórnios e os caçadores foram idos ou quase
assim. Era uma inconveniência e continuaria para contanto que suas armas foram os
arcos de lenta para recarregar.
"Você deveria para ser a nossa combinação inventor-artesão", disse Jorge.
"Ninguém pode comparar com você neste aspecto. Além disso, você não exatamente
entusiasmado com tal trabalho duro como o alpinismo. Então de agora em diante você
vai fazer o tipo de trabalho que você está melhor equipado para. Seu primeiro trabalho é
fazer-em uma curva melhor. Torná-lo como uma besta, com uma ação de deslizamento
para desenhar e galo a seqüência de caracteres e com uma revista de setas montado em
cima dele."
George estudou a idéia pensativamente. "O princípio geral é simples," ele disse.
"Vou ver o que eu posso fazer."
"Quantos de nós vão ir sobre as montanhas de Craig, Bill?" Dan Barber perguntou.
"Você e eu", respondeu Humbolt. "Um partido de três homens sob Bob Craig vai
entrar em colinas ocidentais e outra parte sob Johnny Stevens vai para as montanhas do
leste."
Ele olhou em direção a caverna adjacente, onde as armas foram guardadas por tanto
tempo, revestido com sebo de unicórnio para protegê-los da oxidação.
"Nós poderíamos fazer pólvora se nós poderíamos encontrar um depósito de Salitre.
Já sabemos onde há pouco enxofre. As armas teriam que ser convertido em flintlocks,
porém, uma vez que não temos o que precisamos para material de escorva do cartucho.
Pior, nós teríamos que usar balas de cerâmicas. Eles seriam ineficientes — muito leve e
destrutivo para os furos. Mas precisaríamos pó para mineração se nós nunca
encontramos qualquer ferro. E, se não podemos ter balas de metais para fotografar o
Gerns, temos bombas para arruiná-los com."
"Imagine", disse Johnny Stevens, "que nunca encontramos os metais para fazer um
navio. Como nós nunca deixará Ragnarok se isso acontecer?"
"Não há outra maneira — uma maneira possível — de deixar aqui sem um navio da
nossa própria. Se não houver nenhum metal será preciso experimentá-lo."
"Por que esperar?" Bob Craig exigiu. "Por que não experimentá-lo agora?"
"Porque as probabilidades seria cerca de dez mil para um em favor do Gerns. Mas
vamos tentar-se tudo mais falhar."
***
George fez, alterados e rejeitou quatro tipos diferentes de bestas antes que ele
aperfeiçoou um arco de recarga que conheceu sua aprovação da crítica. Trouxe-o para
onde Humbolt ficava fora das cavernas cedo uma primavera quando a grama estava
enviando até os primeiros brotos verdes nas encostas sul e o longo inverno finalmente
estava morrendo.
"Aqui é", disse ele, entregando o arco de Humbolt. "Experimentar".
Ele tomou-o, observando o delicado equilíbrio do mesmo. Projetando-se para baixo
do centro do arco, perpendicularmente a ele, foi um estoque dado formato para caber o
aperto da mão esquerda. Sob a trave foi um estoque deslizante para a direita, em forma
de bunda de uma pistola e munidos de um gatilho. Montado um pouco acima e ao lado
da trave foi uma revista contendo setas de curta dez.
A pistola estava em posição perto do forestock. Ele puxou para trás o comprimento
da barra e trouxe a seqüência com ele, esticando-os bem esticados. Houve um clique,
como o mecanismo do gatilho bloqueado a corda no lugar e ao mesmo tempo, um
arranjo de Primavera escondida empurrou uma seta no lugar contra a seqüência de
caracteres.
Ele mirou rápida em uma árvore distante e pressionado o gatilho. Houve um sotaque
como a seta foi ejectada. Ele empurrou o deslizante pistola para frente e para trás para
recarregar, pressionar o gatilho um instante mais tarde. Outra seta foi o seu caminho.
No momento em que ele tinha disparado na décima seta na revista ele estava
filmando na taxa de uma seta por segundo. No tronco da árvore distante, como uma
cerda de bigodes duras, dez setas foram impulsionadas profundamente a madeira em
uma área não maiores do que o peito de um vagabundo ou cabeça de um unicórnio.
"Isso é melhor do que eu esperava para", disse George. "Um homem com um desses
seria igual a seis homens com arcos comuns."
"Eu vou adicionar outro recurso", disse George. "Pacotes de setas, dez para o pacote
em suportes especiais, para o transporte do treme. Para recarregar a revista que você iria
apenas tapa para baixo um novo feixe de flechas, em não mais tempo do que levaria
para colocar uma seta em uma curva normal. Achei que com a prática um homem deve
ser capaz de sair de quarenta flechas em pouco mais de vinte segundos."
George tomou o arco e voltou na caverna de adicionar seu novo recurso. Humbolt
olhou para ele, pensando, se ele pode fazer algo assim fora da madeira e unicórnio do
intestino, o que ele seria capaz de nos dar se ele poderia ter metal?
Talvez George nunca teria a oportunidade de mostrar o que ele poderia fazer com o
metal. Mas Humbolt já tinha certeza de que gênio de George, se nunca tornou-se
necessário, permitiria o plano alternativo para deixar o Ragnarok.
***
As semanas arrastaram para meses e finalmente bastante neve tinha ido embora de
Craigs que Humbolt e Dan Barber poderiam começar. Eles se encontraram nenhuma
oposição. Os caçadores há muito que tinham desaparecido no norte e os unicórnios eram
muito escassos. Eles não tinham nenhuma ocasião para testar a eficácia das novas bestas
automáticas em combate; a falta de oportunidade que irritou o barbeiro.
"Qualquer outro momento, se tivéssemos arcos ordinários," queixou-se, "os
unicórnios iriam ser aparecendo a cobrar-nos de todas as direções."
"Não se preocupe," Humbolt consolou-o. "Esta queda, quando voltarmos, serão."
Chegaram a montanha e parou perto de seu pé onde um riacho desceu, sua água
enlameada com derretimento de Neves e alta. Lá eles caçavam tinha obtido toda a carne
que eles podiam levar. Eles iriam se encontrar nenhum jogo mais quando subiram
cânions da montanha. Uma erva venenosa substituiu a maioria da grama em todas as
gargantas e os animais de Ragnarok tinham aprendido muito antes evitar a montanha.
Eles encontraram o canyon que Craig e seus homens tinham tentou explorar e
iniciou-se ele. Foi lá que Craig tinha descoberto o quartzo e a mica e na medida em que
ele tinha sido capaz de dizer a cabeça que Canyon seria a menor de todas as passagens
sobre a montanha.
O canyon subiu a montanha na diagonal para que a subida não era íngreme, embora
fosse constante. Eles começaram a ver de mica e cristais de quartzo no leito do riacho e
ao meio-dia no segundo dia, eles passaram a última árvore atrofia. Nada cresceu
superior a esse ponto, mas mato espinhoso veneno e eles eram escassos.
O ar estava visivelmente mais fino lá e suas cargas mais pesadas. Uma curta
distância além, eles chegaram a um monumento de pedra pequena; Ponto de volta de
volta de Craig.
No dia seguinte encontraram os cristais de quartzo no lugar. Metros mais longe foi a
veia de que a mica tinha vindo. Outros minerais que Craig tinha a esperança de
encontrar, no entanto, foram apenas traços.
O quarto dia foi uma eternidade de lutando até o canyon de agora-mais íngreme sob
cargas que parecia pesar centenas de quilos; forçando suas pernas protestante para levá-
los a cinquenta passos ao mesmo tempo, no que final do qual eles parariam descansar
enquanto seus pulmões trabalhou para aspirar o ar na respiração rápida, ofegante.
Teria sido muito mais fácil ter ido ao redor da montanha. Mas o abismo era suposto
para ser como uma enorme cavidade escavado para fora do planalto além da montanha,
aro com penhascos km alta. Somente na face ao lado da montanha, estava lá uma
inclinação que conduz para baixo para ele.
Eles pararam para passar a noite onde o riacho terminou com uma pequena mola.
Lá, a neve ainda agarrado às paredes da garganta e lá o desfiladeiro curvo, oferecendo-
lhes a promessa da cimeira apenas ao redor da curva como ele tinha feito todos os dias.
O sol estava quente e brilhante na manhã seguinte como eles fizeram o seu caminho
lento em novamente. O canyon endireitou-se, as paredes íngremes dele aplainar para
fora para fazer um par de ombros irregulares com uma sela entre eles.
Subiu ao topo da sela e, de repente antes deles, houve do outro lado do mundo — e
o abismo.
Muito abaixo deles era um planalto, se estende infinitamente como aquele que
haviam deixado para trás. Mas o abismo dominou tudo. Era um vale gigantesco, com
paredes sheer, cem km comprimento por quarenta milhas de largura, afundou no fundo
do planalto com as partes superiores do seu nível de paredes milhas de altura com o
andar do planalto. Montanha abaixo deles caiu rapidamente afastado, inclinada para
baixo e para baixo para o nível do planalto e, em seguida, sobre, para baixo e para baixo
novamente, no fundo do abismo que era tão profundo seu piso estava meio escondido
por sombras de manhã.
"Meu Deus!" Disse Barber. "Deve ser mais de três milhas sob-nos para baixo, na
vertical. Dez milhas do grau trinta e três por cento — se descemos nós nunca vamos
chegar novamente. "
"Ative novamente aqui se você quiser," disse Humbolt.
"Voltar para trás?" Bigodes de vermelhos do barbeiro pareciam cerdas. "Quem no
inferno disse alguma coisa sobre voltar?"
"Ninguém", Humbolt disse, sorrindo um pouco no flash rápido de barbeiro de raiva.
Ele estudou o abismo, desejando que eles poderiam ter alguma forma de cortar os
cristais de quartzo e binóculos. Foi um longo caminho para olhar a olho nu...
Aqui e ali o abismo empurrado fora braços para o planalto. Todos os braços eram
curtos, no entanto, e mesmo em suas cabeças falésias eram verticais. As sombras da
manhã impediram uma visão clara de muita o abismo e ele podia ver nenhum sinal dos
estratos manchadas de vermelho que eles estavam procurando.
No canto sudoeste do abismo, distante e quase imperceptível, ele viu uma nuvem
fraca subindo do chão do abismo. Era impossível dizer o que era, e ele desapareceu
enquanto observava.
Barbeiro viu, muito e disse, "que parecia fumaça. Você acha que poderia haver
pessoas — ou algum tipo de coisas inteligentes — vivendo lá embaixo? "
"Poderia ter sido o vapor de hot springs, condensada pelo ar fresco da manhã," ele
disse. "Tudo o que foi, vamos olhar para ele quando chegarmos lá."
A subida íngreme ladeira abaixo para o abismo foi mais rápida do que o do canhão,
mas não mais agradável. Carregando um pacote pesado para baixo um grau tal exercida
uma pressão torturante sobre as costas das pernas.
O calor aumentou de forma constante como eles desceram. Eles alcançaram o chão
do vale no dia seguinte e o meio-dia calor era tão grande que Humbolt perguntou se eles
poderiam não ter presos-se no que verão logo iria transformar em um forno monstruoso,
onde não há vida em tudo poderia existir. Pode nunca haver qualquer escolha, é claro —
as montanhas estavam transitáveis, somente quando o tempo estava quente.
O assoalho do vale foi silte, areia e cascalho, eles iriam encontrar nada lá. Eles
partiram em um circuito de paredes do abismo, acompanhando de perto a base.
Em muitos lugares, as paredes de milha-elevado foram sem uma única borda para
quebrar suas faces verticais. Quando eles vieram para o primeiro lugar tão viram que a
terra perto da base estava repleto de poços pouco queer, como pequenas crateras da lua.
Como eles olharam havia uma rachadura como um tiro de canhão e o terreno ao lado
deles entrou em erupção em uma explosão de areia e cascalho. Quando a poeira tinha
cancelado afastado havia uma nova cratera, onde nenhum tinha sido antes.
Humbolt limpou o sangue de seu rosto, onde um fragmento de vôo tinha cortá-lo e
disse: "o calor do sol solta rochas sob a borda. Quando alguém cai uma milha em uma
gravidade de um ponto cinco, ele está viajando como um meteoro."
Que passou, através da zona de perigo. Tal como acontece com o perigo do calor do
abismo, não houve nenhuma escolha. Apenas observando o material que cheio a base
das falésias poderiam eles sabem o que minerais, se for o caso, podem ser acima deles.
No décimo quinto dia viram o estrato de manchada de vermelho. Humbolt acelerou
seu ritmo, correndo para a frente com antecedência de barbeiro. O estrato foi muito alto
na parede para ser alcançado, mas não era necessário examiná-lo no lugar — a base do
penhasco foi empilhada grossa com fragmentos dele.
Ele sentiu o primeiro toque de desânimo como ele olhou para eles. Eles eram um
arenito, luz no peso. O ferro presente era só o que a expedição de Dunbar tinha pensado
que fosse; uma simples descoloração.
Eles fizeram o seu caminho lentamente ao longo do sopé da falésia, examinando a
peça após peça, na esperança de encontrar algo mais do que manchas de ferro. Não
havia nenhuma variação, no entanto, e uma milha mais longe no chegaram à final do
estrato vermelho. Além desse ponto, as rochas eram cinza, sem um vestígio de ferro.
"Para que," disse Barber, olhando para trás a maneira que tinham vindo, "é o que
nós estávamos indo para construir um navio de — manchas de ferro!"
Humbolt não respondeu. Para ele, era mais do que uma decepção. Foi a morte de um
sonho que ele tinha realizado desde o ano ele tinha nove anos e tinha ouvido falar que a
expedição de Dunbar tinha visto manchas de ferro rock em um abismo profundo —
única rocha manchadas de ferro no rosto de Ragnarok. Certamente, ele pensava, haveria
suficiente ferro lá para construir um navio pequeno. Há onze anos, ele trabalhou para o
dia quando ele iria encontrá-lo. Agora, ele tinha encontrado ele — e não era nada. O
navio foi tão longe como sempre...
Mas o desânimo foi tão inútil como manchas de ferro arenito. Ele sacudiu-e virou-se
para o barbeiro.
"Vamos lá", disse ele. "Talvez que nós vamos encontrar alguma coisa no momento
em que o abismo do círculo."
Durante sete dias, eles arriscaram o perigo de morte por rochas de mergulhar para
baixo e não encontraram nada. No oitavo dia, eles encontraram o tesouro que não era
um tesouro.
Eles pararam para a noite apenas dentro da boca de um dos afluentes do abismo.
Humbolt saiu obter uma bebida onde uma gota de água correu pela areia e como ele
ajoelhou-se ele viu o flash de algo vermelho sob ele, quase enterrado na areia.
Ele levantou-se. Era uma pedra de metade do tamanho da sua mão; sombriamente
translúcido e brilhante à luz do sol como o sangue.
Era um rubi.
Ele olhou e viu outro vislumbre um pouco mais distante até o córrego. Foi outro
rubi, quase tão grande quanto o primeiro. Próximo foi uma safira azul impecável.
Espalhados aqui e ali foram menores rubis e safiras, até o tamanho de grãos de areia.
Ele foi mais ao montante e vi amostras de ainda outra pedra. Eles eram incolor mas
ardente com fogo interno. Ele esfregou um deles dura todo o ruby que ainda carregava e
houve um som rangendo como cortar um arranhão profundo o Ruby.
"Eu serei amaldiçoado," ele disse em voz alta.
Houve apenas uma pedra de dura o suficiente cortar um rubi — o diamante.
***
Estava quase escuro quando ele voltou para onde o barbeiro estava descansando ao
lado de seus pacotes.
"O que você encontrou para mantê-lo tão tarde?" Barbeiro perguntou curiosamente.
Ele deixou cair um punhado duplo de rubis, safiras e diamantes, aos pés do barbeiro.
"Dê uma olhada," ele disse. "Em um mundo civilizado que você vê aí iria comprar-
em um navio sem a nossa necessidade de levantar um dedo. Aqui eles são apenas muito
rochas.
"Exceto"os diamantes, acrescentou. "Pelo menos agora temos algo para cortar os
cristais de quartzo com."
***
Eles levaram apenas alguns dos rubis e safiras que na manhã seguinte, mas eles se
reuniram mais de diamantes, em particular à procura da variedade de carbonado cinza e
preto e feio, mas muito duro e resistente. Então eles retomou sua circulando das paredes
do abismo.
O calor continuou seu aumento constante, como os dias se passaram. Só à noite
houve qualquer alívio dele e as noites estavam crescendo rapidamente, mais curtas,
como o sol azul levantou mais cedo cada manhã. Quando o sol amarelo subiu o abismo
tornou-se uma fornalha ardente em torno da borda das quais eles rastejaram como
formigas em algum forno gigantesco.
Não houve nenhuma vida em qualquer forma de ser visto; nenhum animal ou
arbusto ou lâmina de grama. Havia apenas o chão estéril de abismo, uma sombra verde
dura por dois sóis e se contorcendo e ondulado com as ondas de calor, como que um
mar de pesadelo, enquanto acima dos penhascos brilhavam, demasiado e às vezes
parecia estar inclinada até sobre suas cabeças e já caindo sobre eles.
Eles encontraram nenhum mais minerais de qualquer natureza e finalmente
chegaram ao lugar onde tinham visto a fumaça ou vapor.
***
Lá as paredes do abismo recuou para formar um pequeno vale uma milha longa por
uma meia milha de largura. As paredes não fizeram cair verticalmente no chão lá mas
inclinadas para fora na base em uma formação fantástica de telhados naturais e arcos
que chegaram quase ao centro do Vale de cada lado. Coisas verdes cresceram à sombra
sob os arcos e cachoeiras cintilantes em cascata para baixo ao longo de muitos deles.
Um pequeno riacho levado água fora do vale, sair para o abismo de maneira um pouco
antes das areias quentes absorveram ele.
Eles estiveram e assistiram há algum tempo, mas não havia nenhum movimento no
vale diferente de ondulação de plantas verdes como uma brisa agitou-los. Uma vez que
a brisa mudou-se para trazer-lhes o perfume fresco, doce de crescer as coisas e exortá-
los a se aproximar.
"Um lugar como o que não pertence aqui," disse Barber em voz baixa. "Mas ele está
lá. Gostaria de saber o que mais existe?"
"Sombra e água fresca, Humbolt disse. "E talvez as coisas que não gostam de
estranhos. Vamos lá descobrir."
Eles assistiram com cautela enquanto caminhavam, suas bestas em suas mãos. Na
faixa mais estreita, eles viram que os telhados e os arcos eram os restos exteriores de um
sistema de grutas naturais que voltou em paredes do vale. A vegetação cresceu onde
quer que os telhados deram sombra parcial, que consiste principalmente de um arbusto
de folhas de azevinho com flores roxas e uma planta de altura parecida com o milho.
Sob alguns dos telhados o milho estava maduro, os grãos de cor laranja visíveis. Em
outros era não mais da metade crescidos. Ele viu a razão e disse ao barbeiro:
"Há tanto quente e frio molas aqui. As plantas regadas pelas molas quentes iria
crescer quase o ano todo; os regadas pelas molas frias apenas no verão. E o que vimos
no topo da montanha teriam sido a subir vapor das nascentes quentes."
Passaram-se sob o arco após o arco sem ver qualquer vida. Quando eles chegaram
ao vale da extremidade superior e ainda tinha visto nada pareceu evidente que havia
pouco perigo do encontro com quaisquer criaturas inteligentes e hostil. Aparentemente
nada em tudo viveu no vale pouco.
Humbolt parou sob um arco amplo, onde a brisa foi feita a fresco e úmido por spray
de água que ele tinha vindo através de. Barbeiro passou, a olhar sob o arco adjacente.
Cavernas levaram na parede de ambos arcos e como ele ficou ali Humbolt vi algo
deitado na boca da caverna mais próxima. Era um pequeno montículo de milho laranja;
encontrando-se em uma pilha pura como se tudo o que tinha deixado ele lá tinha a
intenção de voltar depois.
Ele olhou para o outro arco, mas barbeiro estava em algum lugar fora da vista. Ele
duvidou que tudo o que tinha deixado o milho poderia ser muito de uma ameaça —
animais perigosos eram mais aptos a comer carne do que de milho — mas ele foi para a
caverna com sua besta pronta.
Ele parou na boca da caverna para deixar seus olhos se acostumaram à escuridão
dentro dela. Como fêz assim as coisas dentro saiu-lhe ao encontro.
Eles emergiram em vista; seis pequenos animais do tamanho de esquilos, cada um
de uma cor diferente. Eles caminharam sobre patas curtas como ursos em miniatura e os
olhos escuros no rosto de urso-esquilo foram fixados nele com intenso interesse. Eles
pararam na frente dele, lá ficar em uma linha pura e continuar o fascinado encarando
acima de cinco metros.
Aquele amarelo no centro riscado distraidamente em seu estômago com uma pata
peludo e ele baixou o arco, sentindo-se um pouco tola em ter incomodado para elevá-lo
contra animais, tão pequenos e inofensivos.
Então ele que metade trazida-lo novamente como amarelo abriu sua boca e disse em
um tom que realizada a antecipação distinta:
"Acho que vamos comer você para jantar."
Ele disparou olhares para a direita e esquerda, mas não havia nada perto dele exceto
os seis animais. Um amarelo, tendo falado, estava encarando silenciosamente com
alguma curiosidade em seu rosto peludo. Ele queria saber se algum miasma ou algum
perfume da vegetação do vale tinha entortado sua mente em insanidade súbita e
perguntou:
"Você acha que vai fazer o que?"
Ele abriu sua boca novamente, para gaguejar, "eu — eu —" então, com uma nota de
alarme, "Hey..."
Ele disse não mais e o próximo som foi o de barbeiro, correndo em direção a ele e
chamando, "Hey — Bill — onde está você?"
"Aqui," ele respondeu, e ele já tinha certeza de que ele sabia por que o pequeno
animal tinha falado com ele.
Barbeiro veio e viu os seis ursos de esquilo. "Seis!" ele exclamou. "Há um na
caverna próxima — a maldita coisa me falou!"
"Eu pensava assim," ele respondeu. "Você disse que teríamos para o jantar e, em
seguida, ele disse, 'Você acha que você vai fazer o que?' não é?"
Rosto do barbeiro mostrou surpresa. "Como você sabia que?"
"Eles são telepáticos entre si", disse ele. "O amarelo lá repetiu o que o que você
falou você ouviu dizer e ele repetiu o que o amarelo que me ouviu dizer. Tem que ser
telepatia entre eles."
"Telepatia —" Barbeiro olhou para os seis pequenos animais, que olhou para trás
com sua curiosidade fascinada undiminished. "Mas por que devem eles querem repetir
em voz alta o que eles recebem telepaticamente?"
"Eu não sei. Talvez em algum estágio de sua evolução, apenas parte deles eram
telepatas e os telepatas transmitidos avisos de perigo para os outros dessa forma. Na
medida em que vai, por que um papagaio repete o que ele ouve?"
Houve um scurry do movimento por trás de barbeiro e outro de animais pequenos,
um branco, apressados por eles. Foi a amarela e ficaram juntos como eles olhou para
cima. Aparentemente, eles foram companheiros...
"Que é outro — esses são os dois que zombaram de nós," Barbeiro disse e assim
lhes deu o nome pelo qual seria conhecidos: escarnecedores.
***
Os escarnecedores foram carne fresca — mas eles aceitaram os seres humanos com
tanta simpatia e confiança que o barbeiro perdeu todo seu desejo de ter uma ceia ou para
qualquer outro momento. Eles tinham um suprimento limitado de carne seca e haveria
muita laranja milho. Eles não iriam passar fome.
Eles descobriram que os escarnecedores tinham aposentos em cavernas legais e
aqueles aquecido por fontes de água quente. Não havia evidência que eles estiver
hibernando durante o inverno nas cavernas quentes.
Não havia nenhum minerais no Vale dos escarnecedores e eles partiram para
continuar o seu circuito do abismo. Não começ muito até que o calor se tornou tão
grande que os afluentes do abismo começaram indo seco. Eles viraram para trás então,
para esperar no vale pouco, até que vieram as chuvas de outono.
***
Quando o longo verão foi encerrado pela primeira chuva eles retomou a sua viagem.
Eles levaram uma oferta do milho laranja e dois dos escarnecedores; amarelo e seu
companheiro. Os outros escarnecedores assistiram-los a deixar, pé silenciosa e solene na
frente de suas cavernas como se temiam que eles talvez nunca vê seus dois
companheiros ou os seres humanos novamente.
Os dois escarnecedores foram agradável companhia, andando em seus ombros e
conversando qualquer bobagem que me veio à mente. E, às vezes dizendo coisas que
não eram bobagens, fazendo Humbolt maravilha se escarnecedores poderiam em parte
ler mentes humanas e entender mal o significado de algumas das coisas que eles
disseram.
Eles encontraram um lugar onde Salitre era muito fina e irregularmente distribuída.
Eles rasparam todos os filmes dele que eram visíveis e adquirir uma pequena
quantidade. Eles completou seu circuito e alcançou o sopé da encosta íngreme, longa
dos Craigs sem encontrar nada mais.
Foi uma subida impressionante que estava diante deles; uma classe tão íngreme e
barrada com tantas bordas de baixas para cima que quando seus pés se recusou a levá-
los mais longe eles rastreados. O calor ainda era muito grave e não haveria nenhuma
água, até que chegaram à Primavera além do cume da montanha. Um vento ardente,
nascido no chão escaldante do abismo, seguindo-os até a montanha todos os dias. Suas
cantinas de couro estavam quase secas, quando a noite chegou e eles foram não mais de
um terço do caminho até o topo.
Os escarnecedores tornou-se silenciosa, como a elevação aumentada, e quando eles
pararam a noite que Humbolt vi que nunca iria viver para atravessar a montanha. Eles
estavam respirando rápido, suas corridas de corações, como eles tentaram extrair
oxigênio suficiente do ar fino. Eles beberam algumas gotas de água, mas eles não
tocaria o milho que ele lhes ofereceu.
O mocker branco morreu no meio do dia seguinte, eles pararam para um descanso.
Amarelo rastreado debilmente para seu lado e morreu poucos minutos depois.
"Assim que é isso," disse Humbolt, olhando para baixo para eles. "As únicas coisas
no Ragnarok que nunca confiou-nos e queria ser nossos amigos — e que o matou."
Eles beberam o último de sua água e passou. Eles fizeram acampamento seco
naquela noite e sonhos de correntes frias de água atormentaram seu sono exausto. No
dia seguinte foi uma eternidade infernal em que andou e caiu e rastreado e andou e caiu
novamente.
Barbeiro enfraqueceu-se firmemente, sua respiração, crescendo para um chocalho
ofegante. Ele falou uma vez naquela tarde, para tentar sorrir com os lábios secos,
inchados e dizer entre seus suspiros ofegante, "seria o inferno — ter que morrer — tão
sedento como este."
Depois que ele caiu com o aumento da frequência, cada vez mais lento e mais fraco
em levantar-se novamente. Metros aquém da cimeira, que ele caiu para a última hora.
Ele tentou levantar-se, falhou e tentou rastejar. Ele falhou em que, também e recolhido o
rosto para baixo no solo rochoso.
Humboldt foi até ele e disse entre seus próprio trabalhadas entradas de ar, "esperar,
Dan — vou em — trazer-lhe água para trás."
Barbeiro levantou-se com um grande esforço e olhou para cima. "Não adianta",
disse ele. "Meu coração — demais —"
Ele caiu para a frente novamente e nesse momento que ele estava muito ainda, sua
ânsia desesperada não mais.
***
Ele parecia Humbolt que era meia vida depois que ele finalmente chegou a
Primavera e a água fria e clara. Ele bebeu, o prazer mais em êxtase, ele nunca tinha
experimentado em sua vida. Então o prazer drenado afastado como ele parecia ver Dan
Barber tentando sorrir e parecia ouvi-lo dizer: "seria o inferno — ter que morrer — tão
sedento como este."
Ele descansou por dois dias antes, ele estava em condições de continuar em seu
caminho. Ele alcançou o planalto e vi que os bodes madeiras tinham sido migrando Sul
por algum tempo. Na manhã do segundo dia, ele subiu em um rolo suave na planície e
conheceu três unicórnios face a face.
Carregaram uma vez, gritando com antecipação. Ele tinha sido equipado com um
arco comum, que ele teria sido morto dentro de segundos. Mas a besta automática
derramada uma chuva de flechas em rostos dos unicórnios que lhes causaram a oscilar à
parte em dor e espanto furioso. O momento que eles tinham suficiente para expor a área
por trás de suas cabeças balançou as setas tornou-se fatal.
Escapou de um unicórnio, três setas eriçado em seu rosto. Ele observou-o à distância
de um pouco de quando, gritando e balançando a cabeça em fúria perplexo. Então ele se
virou e desapareceu em um swell na planície, funcionando como um cervo.
Ele retomou a sua marcha para o Sul, correndo mais rápido do que antes. O
unicórnio tinha liderado a norte e que poderia ser para mas um propósito: trazer bastante
reforços para terminar o trabalho.
***
Ele chegou as cavernas à noite. Ninguém estava acima, mas George Ord,
trabalhando em sua oficina-laboratório de combinação.
George olhou para o som de sua entrada e vi que ele estava sozinho. "Assim que
Dan não fazê-lo?" ele perguntou.
"O abismo pegou," ele respondeu. E então, cansado, "o abismo — encontramos a
maldita coisa."
"O estrato vermelho —"
"Foi apenas manchas de ferro."
"Fiz uma pequena fundição piloto enquanto você se foi", disse George. "Eu estava
esperando que o estrato vermelho seria o minério. As outras partes prospecção —
nenhum deles encontrou nada. "
"Vou tentar novamente na próxima primavera", disse ele. "Nós vamos encontrá-lo
em algum lugar, não importa quanto tempo leva."
"Nosso tempo pode não ser tão longo. As observações mostram o sol ser mais ao sul
do que nunca."
"Então nós vamos fazer o uso duplo do tempo que temos. Vamos Cortar as partes de
caça ao limite e enviar mais partes de prospecção. Nós vamos ter um navio para
encontrar o Gerns novamente."
"Às vezes," George disse, seus olhos negros estudando ele pensativamente, "acho
que isso é tudo que você vive, Bill: para o dia quando você pode matar o Gerns."
George disse isso como uma declaração de um fato, sem censura, mas Humbolt não
poderia manter uma borda da aspereza de sua voz, ele respondeu:
"Enquanto eu sou líder que é todos nós todos vamos viver para."
Ele seguiu o jogo Sul que caem, levando consigo Bob Craig e Anders jovem.
Centenas de quilômetros ao sul das cavernas, que eles vieram para as terras baixas; uma
terra de muita água e vegetação e vastos rebanhos de cabras unicórnios e madeiras. Era
um país extremamente perigoso, devido à concentração de unicórnios e caçadores, e só
as bestas automáticas combinadas com nunca cessar de vigilância permitiu-lhes
sobreviver.
Lá eles viram as esteiras rolantes; coisas medonhas que rastreado em múltiplas
pernas como centopéias de três toneladas, suas bocas com seis mandíbulas e pingando
uma saliva fedorento. A mordida de um rastreador era venenosa, instantaneamente
paralisar mesmo para um unicórnio, embora não imediatamente matá-los. As esteiras
rolantes comeram suas vítimas de uma só vez, no entanto, rasgando a carne de seus
ossos ainda viva e indefesa.
Embora os unicórnios temiam as esteiras rolantes, os caçadores odiavam-as com
uma intensidade fanática e fizeram uso de sua agilidade superior para matar cada
rastreador encontraram; rasgando no rastreador até o rastreador, em uma loucura de
raiva, bit-se e morreu de seu próprio veneno.
Eles tinham tomado dentre os longbows poderosos com eles, além de seus bestas, e
mataram um rastreador com ele um dia. Como eles o fizeram uma banda de vinte
caçadores veio de repente sobre eles.
Vinte caçadores, com a vantagem da surpresa em curto alcance, poderiam ter abate-
los. Em vez disso, os caçadores continuaram seu caminho sem tanto como um
desafiador rosnar.
"Agora," Bob Craig perguntou, "que fez isso?"
"Eles viram que nós apenas tinha matado um rastreador", disse Humbolt. "Os
indexadores são seus inimigos e acho que deixando-na viver era sua maneira de mostrar
apreço."
Suas novas explorações de planícies revelaram não minerais — mas nada de
material aluvial de profundidade desconhecida — e não havia nenhuma razão para ficar
mais tempo, exceto que o retorno às cavernas era impossível, até que a primavera
chegou. Eles construíram abrigos à prova de ataque nas árvores e estabeleceram-se para
esperar o inverno.
Eles começaram a norte com a primeira onda de cabras bosques, mas nada de falta
de sucesso para mostrar para seus meses de tempo e esforço.
Quando eles estavam quase às grutas eles vieram para o vale árido onde o Gerns
tinha arrebanhados os rejeitos fora os cruzadores e ao lugar onde tinha sido a da
estacada. Era um lugar só, as paredes de paliçada, caído e dispersas e os túmulos de mãe
na Humbolt e todos os outros há muito obliterado pelos cascos das legiões de unicórnio.
Memórias amargas foram acionado novamente, tingida por anos com nostalgia, e a
estacada foi longe atrás deles antes que o humor negro o deixou.
O milho laranja foi plantado naquela Primavera e o número de partes de prospecção
foi duplicado.
O milho brotou, cresceu debilmente e morreu antes do seu vencimento. As partes de
prospecção retornado um por um, cada um Relatar sem sucesso. Ele decidiu, que caem,
que tempo era muito precioso para perder — eles teriam que usar o plano alternativo
que ele tinha falado de.
Ele foi para George Ord e lhe perguntou se seria possível construir um transmissor
de hiperespaço com os materiais que eles tinham.
"É uma maneira que nós poderíamos ter uma chance de sair daqui sem um navio da
nossa própria", disse ele. "Por atrair um cruzador Gern aqui e, em seguida, levá-lo longe
deles."
George sacudiu a cabeça. "Um transmissor de hiperespaço pode ser construído, dado
bastante anos de tempo. Mas seria inútil sem o poder. Tomaria um gerador de tal
tamanho que nós teríamos que derreter cada arma, faca, Machado, temos todas as peças
de aço e ferro. E então nós seríamos quinhentos quilos curtos. Em cima disso, teríamos
de ter pelo menos trezentos quilos mais de cobre para fios adicionais."
"Eu não sabia que levaria um gerador de grande", disse ele após um silêncio. "Eu
tinha certeza que poderíamos ter um transmissor."
"Tirem-me o metal e nós podemos", disse George. Ele suspirou agitada e não havia
quase ódio em seus olhos como ele olhou para as paredes inclosing da caverna. "Você
não é a única pessoa que gostaria de deixar a nossa prisão. Tirem-me oito cem libras de
cobre e ferro e eu vou fazer o transmissor, de alguma forma."
Oitocentos quilos de metal... No Ragnarok, que era como pedir para o sol.
Os anos passaram e cada ano havia o mesmo esforço, a mesma falta de sucesso. E a
cada ano o suns foram mais ao sul, marcando a chegada do fim de todos os esforços que
não aquele para sobreviver.
No ano trinta quando o Outono chegou mais cedo do que nunca, ele foi forçado a
admitir para si mesmo o fato sombrio e amargo: ele e os outros não eram da geração que
iria escapar de Ragnarok. Eles eram nascido na terra — eles não foram adaptados para
Ragnarok e não poderia vasculhar um mundo de 1.5 gravidade para metais que pode
não existir.
E a vingança foi um luxo que ele não poderia ter.
Uma pergunta cresceu em sua mente onde havia apenas seu ódio para o Gerns antes.
o que seria das futuras gerações em Ragnarok?
Com a pergunta uma cena de sua infância sempre voltando a ele; uma noite de
Verão no primeiro ano em Ragnarok e Julia sentado ao lado na luz das estrelas quente...
"Você é meu filho, Billy," ela disse. "O primeiro que eu tive. Agora, antes tão por
muito tempo, talvez eu vou ter outro. "
Hesitante, não querendo acreditar, pediu, "que alguns deles disseram sobre como
você pode morrer então — isso realmente não vai acontecer, será ele, Julia?"
"... Pode." Em seguida, seu braço tinha ido em torno dele e ela disse, "se eu vou
deixar em meu lugar uma vida que é mais importante do que o meu já era.
"Lembrar-me, Billy e esta noite, e o que eu disse a você, se você nunca deve ser
líder. Lembre-se que é somente através das crianças que já pode sobreviver e chicote
neste mundo. Protegê-los enquanto eles são pequenos e indefesos e ensiná-los a lutar e
ter medo de nada, quando eles são um pouco mais velhos. Nunca, nunca deixá-los
esquecer como eles chegaram a ser em Ragnarok. Um dia, mesmo se é cem anos de
agora, o Gerns virá novamente e eles devem estar prontos para lutar, pela liberdade e
por suas vidas."
Ele tinha sido muito jovem então para entender como realmente ela havia falado, e
quando tinha idade suficiente seu ódio para o Gerns tinha cegou para tudo, mas seus
próprios desejos. Agora, ele podia ver...
As crianças de cada geração iriam ser melhor adaptadas para Ragnarok e viria a
adaptação completa. Mas todas as gerações do futuro potenciais escravos do Império
Gern, gratuito, que permaneceu despercebidos.
Era inconcebível que o Gerns nunca deve passar por Ragnarok por todo tempo para
vir. E quando eles finalmente vieram a progressão lenta, monótona de décadas e séculos
pode ter trazido uma falsa sensação de segurança para o povo de Ragnarok, pode ter
virado as histórias do que a Gerns fez para os rejeitos em lendas e nos mitos que
ninguém mais acreditava.
O Gerns teria-se ser levado para Ragnarok antes que poderia acontecer.
***
Ele foi para George Ord novamente e disse:
"Há um tipo de transmissor que nós poderíamos fazer um gerador para — um
simples transmissor de espaço normal, ponto-traço, sem um receptor."
George previsto o disco de corte diamantado em que ele estava trabalhando.
"Levaria dois cem anos para o sinal chegar ao Athena na velocidade da luz," ele
disse. "Então, quarenta dias depois ele chegou lá, um cruzador de Gern viria teimam
investigar."
"Eu quero aqueles do futuro saber que o Gerns vai estar aqui, o mais tardar daqui a
duzentos anos. E com sempre a chance de que um cruzador de Gern no espaço poderia
pegar o sinal em qualquer tempo antes disso."
"Eu vejo", disse George. "A espada de Dâmocles paira sobre suas cabeças, para
fazê-los lembrar."
"Você sabe o que aconteceria a eles se eles já esqueceram. Você é tão velho como
estou — você sabe o que o Gerns fez para nós. "
"Eu sou mais velho que você está", disse George. "Eu tinha nove anos quando o
Gerns deixou-nos aqui. Mantiveram-se meu pai e minha mãe e minha irmã tinha apenas
três. Eu tentava mantê-la quente segurando que ela, mas a febre do inferno tem-a
naquela primeira noite. Ela era muito jovem para entender por que eu não poderia
ajudar seus mais... "
Ódio queimado em seus olhos na memória, como algum fogo que tinha sido
depositado, mas nunca tinha morrido. "Sim, eu me lembro o Gerns e o que eles fizeram.
Eu não quero que ele tem de acontecer para os outros — o transmissor será feito para
que ele não vai. "
***
As armas foram derretidas, junto com outros artigos de ferro e aço, para fazer os
castings para o gerador. Tubos de cerâmicos foram feitos para levar água da nascente
para uma roda d'água. O longo e lento trabalho de converter a miscelânea de
dispositivos eletrônicos, muitos deles quebrado, em componentes de um transmissor
prosseguiu.
Foi cinco anos antes que o transmissor estava pronto para teste. Era o início do
outono do ano trinta e cinco anos depois e a água que jorrou do tubo espirrou em gotas
frias contra Humbolt, como a roda de água foi posta em marcha.
O gerador começou a cantarolar e George observado a saída do mesmo e o
transmissor, como registrado por vários metros que ele tinha feito.
"Fraco, mas ele vai chegar a estação de monitoramento de Gern em Athena," ele
disse. "Ele está pronto para enviar — o que quer dizer?"
"Fazer algo curto," ele disse. "Torná-lo ' chamada de Ragnarok.' "
George pronta seu dedo sobre a tecla de transmissão. "Isto irá definir as forças em
movimento que nunca pode ser recuperado. O que fazemos aqui esta manhã vai causar
muita Gerns — ou pessoas Ragnarok — morrer. "
"Vai ser o Gerns que morrem", disse ele. "Enviar o sinal."
"Como você, penso a mesma coisa," disse George. "Eu tenho que acreditar porque
essa é a maneira que eu quero que seja. Espero que o que está certas. É algo que nós
nunca saberemos.
Ele começou a pressionar a tecla.
***
Um menino foi dada a tarefa de operar a chave e o sinal saiu diariamente até que o
congelamento de Inverno parou a roda d'água que equipava o gerador.
O envio dos sinais foi retomado quando a primavera chegou e as partes de
prospecção continuaram sua busca và para metais.
O suns continuou movendo Sul e anualmente as molas veio mais tarde, as quedas
mais cedo. Na Primavera de quarenta e cinco, ele viu que ele teria de fazer sua decisão
final.
Então eles diminuiu até eles numerados apenas sessenta e oito; o cinza Young Ones
e envelhecendo rapidamente. Não havia mais qualquer uso para continuar a prospecção
— se quaisquer metais eram para ser encontrados estavam na extremidade norte do
planalto, onde a neve já não derreter durante o verão. Eles eram muito poucos mais de
preparar para o que os antigos temiam que tenham a cara — grande inverno. Isso
exigiria o trabalho de todos eles.
Folhas de mica foram derrubadas de Craigs, as cimeiras que foram profundamente
enterradas sob a neve mesmo em pleno verão. Fogões eram feitas de barro refractário e
mica, que daria a luz e calor e seria mais eficiente do que de lareiras. As cavernas mais
íntimos estavam preparadas para ocupação, com várias portas para manter o frio e com
dutos de ventilação laboriosamente escavado e saídas de fumo.
Havia sessenta no Outono de cinqüenta, quando tudo tinha sido feito que poderia ser
feita para se preparar para o que pode vir.
***
"Há muitos da esquerda nascido na terra agora," Bob Craig disse-lhe uma noite
como sentaram-se à luz bruxuleante de um fogão. "E não tenha havido tempo para haver
muitos de Ragnarok-nascido. O Gerns não iria obter muitos escravos se devem vir
agora."
"Eles poderiam usar porém muitos encontraram", ele respondeu. "Os mais jovens,
que são os melhores adaptados a esta gravidade, seria excepcionalmente forte e rápida
em um mundo de uma gravidade. Existem trabalhos perigosos onde um escravo forte e
rápido é muito mais eficiente e consumo de máquinas complexas, caras."
"E quereriam alguns espécimes para estudo científico", disse Jim lago. "Eles querem
cortar em jovens e ver como eles são construídos que está adaptado a este mundo de
gravidade e um meio".
Ele sorriu com o mirthlessness frio que sempre lembrou Humbolt de seu pai — o
lago que tinha sido a constelaçãodo tenente-comandante. "De acordo com os livros que
o Gerns nunca tentar torná-lo um segredo que quando um médico Gern ou biólogo corta
os músculos ou órgãos de um não-Gern para ver o que o torna carrapato, ele quer que
sejam ainda vivo e ticking como ele faz isso."
Dezessete anos Don Chiara falava, disse lentamente, pensativamente:
"Escravidão e vivissecção... Se o Gerns deve vir agora, quando há tão poucos de
nós, e se nós devemos lutar melhor podemos e perder, é melhor para quem foi o último
de nós à esquerda para colocar uma faca no coração das mulheres e crianças do que o
Gerns deixá-los."
Ninguém fez qualquer resposta. Não houve resposta tornar-se, nenhuma alternativa
para sugerir.
"No futuro haverá mais de nós e será diferente", disse ele finalmente. "Na terra do
Gerns foram sempre mais forte e mais rápido do que os seres humanos, mas quando os
Gerns vem para Ragnarok eles vão encontrar uma raça que não é realmente humana
mais. Eles vão encontrar uma corrida antes que eles vão ser como cabras bosques antes
caçadores."
"Se só eles não vêm muito em breve," disse Craig.
"Que foi a chance que tinha de ser tomada", ele respondeu.
Ele se perguntou novamente como ele falou, como ele tinha me perguntei tantas
vezes nos últimos anos, se ele lhes tinha dado todas as sua sentença de morte quando ele
ordenou o transmissor construído. No entanto, as gerações futuras não podem ser
autorizadas a esquecer... e aço não poderia ser moderado sem primeiro empurrando-o no
fogo.
***
Ele foi o último dos mais jovens, quando ele acordou uma noite no Outono de
cinqüenta e seis e encontrou-se com a febre do inferno. Ele não invocar qualquer um
dos outros. Que nada podiam fazer para ele e ele já tinha feito tudo que podia para eles.
Ele tinha feito tudo que podia para eles... e agora ele iria deixar quarenta e nove
homens, mulheres e crianças para enfrentar as forças desconhecidas de Inverno grande
sobre eles penduraram a espada que ele havia forjado: o perigo crescente de detecção
pelo Gerns.
A pergunta veio novamente, nítidas com o conhecimento que era demasiado tarde
para ele mudar nada disso. Fiz para organizar a execução de meu povo?
Em seguida, através da neblina vermelha da febre, Julia falou-lhe fora passado;
sentando-se novamente ao lado no crepúsculo de Verão e dizendo:
Lembro-me, Billy, e esta noite, e o que eu disse a você... ensiná-los a lutar e ter
medo de nada... nunca deixá-los esquecer como eles chegaram a ser em Ragnarok...
Ela parecia muito próximo e real, e a dúvida desapareceu e foi embora. Ensiná-los a
lutar... nunca deixá-los esquecer... Os homens de Ragnarok eram apenas peles-
folheados caçadores que agachado em cavernas, mas eles iria crescer em números, com
o tempo. Cada geração seria mais forte do que a geração antes e ele tinham forças em
movimento que traria a última geração do julgamento de combate e a oportunidade para
a liberdade. Quão bem eles lutaram nesse dia iria determinar seu destino, mas ele estava
certo, mais uma vez, o que o destino seria.
É andar como conquistadores antes Gerns espancado e humilhado.
Parte 3
Era inverno do ano 85 e a temperatura era de cento e seis graus abaixo de zero.
Walter Humbolt ficou na frente do túnel de gelo que levou através do glaciar a cavernas
e olhou para o céu.
Era meio-dia, mas não havia nenhum sol no céu iluminado pelas estrelas. Muitas
semanas antes que o sol tinha deslizado abaixo do horizonte Sul. Por um tempo um halo
dim marcaram sua passagem cada dia; em seguida, que, demasiado, tinha desapareceu.
Mas agora foi a vez do halo aparecer novamente, para anunciar o sol voltar.
Frost encheu o céu, fazendo com que as estrelas cintilam como ele rodou
infinitamente para baixo. Ele piscou contra ele, seus cílios tentar congelar a suas
pálpebras inferiores no movimento e se virou para olhar para o norte.
As luzes do Norte havia uma gigantesca cortina que encheu um terço do céu,
ondulação e acenando em dobras que pulsated em vermelho e verde, rosa e lavanda e
violeta. Sua reflexão reluzia sobre o glaciar que inclinada para baixo das cavernas e
brilhava suavemente sobre a geleira de outra. aquele que cobriu a estação do
transmissor. O transmissor tidos há muito tempo em cavernas, mas o gerador e a roda
d'água ainda estavam lá, congelado em um túmulo de gelo.
Há três anos o glaciar tinha vindo a crescer antes das cavernas e face sul do planalto
foi enterrado sob a neve durante dez anos. Apenas algumas cabras bosques nunca veio
ao norte do país ao sul das cavernas e eles ficaram apenas durante o breve período entre
a última neve da Primavera e a primeira neve do outono. Sua residência de Inverno
ficou em algum lugar perto do Equador. O que tinha sido chamado o baixo sul foi um
desperdício congelado, sem vida.
Uma vez que eles tinham pensado em ir para o vale no abismo onde os
escarnecedores iriam ser hibernando em suas cavernas quentes. Mas mesmo que
poderiam ter ido até o platô e realizada a incrível façanha de atravessar o glaciar
coberto, blizzard-não rasgado Craigs, eles teriam encontrado nenhum alimento no Vale
dos escarnecedores — apenas um pouco milho os escarnecedores tinham guardado, que
seria rapidamente esgotados.
Não havia nenhum lugar para que possam viver, mas em cavernas ou como
nômades migrar com os animais. E se eles migraram para o Equador cada ano que eles
teriam que deixam atrás de si todos os livros, ferramentas e tudo o que pode um dia ter-
lhes dado uma forma civilizada de vida e talvez um dia mostraram-lhes como escapar de
sua prisão.
Ele olhou novamente para o Sul, onde deve ser o halo, pensando: eles devem ter
feito sua decisão lá até agora. Eu sou seu líder — mas eu não posso forçá-los a
permanecer aqui contra a sua vontade. Poderia só peço-lhes para considerar o que
significaria se deixamos aqui.
Neve rangeu sob os pés como mudou-se agitada. Ele viu algo encontrando-se sob o
manto de gelo e foi para ele. Era uma seta que alguém tinha deixado cair. Ele pegou,
com cuidado, porque o frio intenso fez o eixo tão frágil como o vidro. Ele iria recuperar
sua força normal quando tomados em cavernas —
Houve o som de passos e Fred Schroeder saiu do túnel, vestido como ele estava
vestido com peles de volumosos. Schroeder olhou para o Sul e disse: "Parece estar
começando a ficar um pouco mais leve lá."
Ele viu que era; um pequeno e fraco paling do céu negro.
"Eles falaram sobre o que você e eu disse a eles", disse Schroeder. "E sobre como
nós esforcei-me ficar aqui tanto tempo e como, mesmo se o sol deve parar à deriva, Sul,
este ano, vai ser anos de gelo e frio nas cavernas antes de Big Spring vem."
"Se deixamos aqui o glaciar vai cobrir as cavernas e preenchê-las com gelo", disse
ele. "Todos que nós já tivemos vão ser enterrados em lá e todos que nós vamos ter
deixado serão nossos arcos e flechas e peles de animais. Nós vamos tomar uma estrada
de sentido única volta à idade da pedra, para nós e nossos filhos e seus filhos."
"Eles sabem que", disse Schroeder. "Nós ambos lhes disse."
Ele fez uma pausa. Eles assistiram o céu do Sul virar mais leve. As luzes do Norte
inflamadas despercebidas por trás deles, como o halo pálido do sol invisível lentamente
iluminou-se ao máximo. Seus rostos eram brancos com perto de congelamento, em
seguida, e eles viraram para voltar para as cavernas. Schroeder "Tinham feito sua
decisão", continuou. ' Eu acho que você e eu fiz-lhes uma injustiça quando nós
pensamos que eles tinham perdido a sua determinação, quando nós pensamos que eles
podem querer seus filhos da mão um machado de pedra e dizer, ' aqui — Tomai e deixá-
lo ser o símbolo de tudo o que você está, ou tudo o que você nunca vai ser.'
"A decisão foi unânime — nós vai ficar por enquanto é possível para nós sobreviver
aqui."
***
Lago de Howard ouviu professor Morgan West Leia o diário de Walter Humbolt,
escrito durante o inverno terrível de trinta e cinco anos antes:
"Todas as manhãs a luz para o sul era mais brilhante. Na manhã do sétimo dia,
vimos o sol — e que não era devido até a manhã do oitava!
"Vai ser anos antes de nós pode parar de lutar contra o recinto da geleira, mas
temos alcançado e passado os mortos do grande inverno. Chegámos a parte inferior e é
a única direção que podemos ir no futuro."
"E assim," disse West, fechando o livro, "estamos aqui nas cavernas hoje à noite por
causa da teimosia de Humbolt e Schroeder e todos os outros. Eles tinha pensado apenas
de seu próprio bem-estar, eles tinham admitiu a derrota e ido a forma migratória da
vida, que iria estar sentado ao lado de fogueiras de grama em algum lugar ao sul esta
noite, nosso modo de vida que não contenha planos ou aspirações maiores que siga o
jogo e para trás através dos anos.
"Agora, vamos fora para terminar a lição de hoje à noite."
Professor oeste liderou o caminho para a noite estrelada fora das cavernas, Howard
Lake e as outras crianças a segui-lo. Oeste apontou para o céu, onde o grupo de estrelas
que chamavam a constelação de Athena brilhou como uma seta enorme alta no Oriente.
"Lá", disse ele, "além da parte superior da ponta de seta, é onde nós íamos quando o
Gerns parou nos cento e vinte anos atrás e nos deixou para morrer em Ragnarok. Até
agora é que o sol do Athena não pode ser visto aqui, até agora que ele vai ser outra
centena e quinze anos antes de nossa primeira sinal chega lá. Por que é, então, que você
e todos os outros grupos de crianças tem que aprender coisas como história, física, a
linguagem de Gern e a forma de um blaster Gern de fogo?"
Subiu a mão de cada criança. Oeste selecionado oito anos Clifton Humbolt. "Diga-
nos, Clifton," ele disse.
"Porque," Clifton respondeu, "um Gern cruiser pode passar por alguns anos-luz a
qualquer momento e pegar nossos sinais. Então temos de saber tudo sobre eles e como
combatê-los, porque não há muitos de nós ainda. "
"O Gerns virá nos matar," little Marie Chiara disse, seus olhos escuros grandes e
sérios. "Eles vêm para nos matar e fazer escravos fora os que eles não matam, como
fizeram com os outros há muito tempo. Eles são terríveis média e horrível inteligente e
temos de ser mais esperto do que eles são".
Howard olhou novamente a constelação de Athena, gostaria, espero que eles vêm
pouco como eu sou velho o suficiente para combatê-los, ou mesmo esta noite...
"Professor", ele perguntou, "como um cruzador de Gern ficaria se ele veio hoje à
noite? Ele viria de seta Athena?"
"Provavelmente seria," respondeu a oeste. "Você gostaria de ver sua explosão do
foguete, como um rastro brilhante de fogo —"
Um rastro brilhante de fogo estourou de repente, vindo da constelação de Atena e
sendo iluminando os bosques e colinas e os rostos assustados como ele arqueado para
baixo em direção a eles.
"Cabe a eles!" , exclamou uma voz de agudos e houve uma agitação rápida do
movimento como Howard e as outras crianças mais velhas empurrou as crianças mais
jovens atrás deles.
Em seguida, a luz desapareceu, deixando um brilho escurecimento onde tinha sido.
"Apenas um meteoro," disse o oeste. Ele olhou para a linha de crianças mais velhas
que foram protectingly em pé na frente os mais jovens, rochas em suas mãos com que
para afastar o Gerns, e ele sorriu da maneira que ele tinha quando ele estava satisfeito
com eles.
Howard assistiu a trilha de meteoro desvanece-se rapidamente a invisibilidade e
sentiram seus batimentos cardíacos lentos desde a primeira emoção selvagem ao
desapontamento de cinzento. Apenas um meteoro...
Mas um dia ele poderia ser o líder e, então, certamente, o Gerns viria. Se não, ele
iria encontrar alguma maneira de fazê-los vir.
***
Dez anos mais tarde Howard Lago foi líder. Havia trezentos e cinqüenta deles então
e Big Primavera estava a caminho de se tornar grande Verão. A neve tinha ido embora
da extremidade sul do planalto e mais uma vez o jogo migrou até os vales a leste de
cavernas.
Havia muitas coisas a fazer agora que o inverno grande foi passado e que poderiam
ter a chance de fazê-las. Eles precisavam de um forno de cerâmica maior, uma oficina
maior com um torno de madeira, mais diamantes para fazer rodas de corte, mais cristais
de quartzo para fazer binóculos e microscópios. Eles novamente poderiam explorar o
campo da química inorgânica, apesar de resultados no passado tinham produzido nada
de valor, e eles poderiam, dentro de alguns anos, retomar a prospecção de metal acima
do planalto — o projeto mais importante de tudo.
Suas armas pareciam ser perfeito como era possível, mas quando veio a Gerns que
seria necessário alguns rápidos e certos meios de comunicação entre as várias unidades
que iria lutar contra o Gerns. Um líder que não poderia se comunicar com suas forças e
coordenar as suas acções seria impotente. E tinham sobre Ragnarok uma forma de
comunicação, se treinados, que o Gerns não poderia detectar ou interferir
eletronicamente: os escarnecedores.
Os Craigs foram ainda brancos e intransitáveis com neve que verão mas a neve foi
recuando mais cada ano. Cinco anos mais tarde, no Verão de cento e trinta - cinco, os
Craigs eram transitáveis por algumas semanas.
Lago conduziu um grupo de oito sobre eles e para baixo para o abismo. Eles
levaram consigo duas pequenas gaiolas, construído em madeira e vidro e feito
hermético com a colagem de medusabush forte. Cada gaiola foi equipada com uma
bomba de ar simples e um manômetro.
Eles trouxeram de volta dois pares de escarnecedores cativos tão interessados e
confiantes, juntamente com uma oferta de milho laranja e uma grande quantidade de
diamantes. Escarnecedores, em suas gaiolas de pressão mantida, não estavam mesmo
cientes do aumento da elevação como foram executados ao longo do cume alto dos
Craigs.
Para o lago e os homens com ele a subir o backup a longo, ladeira da montanha foi
uma subida dura de fazer em um dia, mas não mais do que isso. Era difícil acreditar que
ele tinha tomado Humbolt e barbeiro quase três dias para escalá-lo e que o barbeiro
tinha morrido na tentativa. Ele lembrava as velhas bestas que Humbolt e outros tinham
usado. Eles eram finos, com uma leve tração, tais como os meninos de geração atual
utilizado. Ele deve ter necessária coragem para os antigos ataques de unicórnio com
curvas tão finas que só a pequena área atrás de mandíbula do unicórnio era vulnerável a
suas flechas de ousar...
***
Quando as cavernas foram alcançadas, iniciou-se uma redução muito gradual de
pressão nas gaiolas mocker; aquele que iria cobrir um período de semanas. Um par de
escarnecedores sobreviveu e tinha dois jovens que caem. Os escarnecedores jovens,
como a primeira geração de filhos nascidos de Ragnarok, muitos anos antes, eram mais
adaptados ao seu ambiente do que seus pais eram.
Foi plantado o milho laranja, usando um método de adaptação um pouco semelhante
à utilizada com os escarnecedores. Ele poderia ter funcionado tinha o milho laranja não
é necessário um longo período de tempo atingir a maturidade. Quando o Inverno chegou
apenas alguns grãos haviam formado.
Eles foram salvos para sementes do próximo ano, para continuar o processo de
adaptação lenta.
Pelo quinto ano a geração mais jovem de escarnecedores estava bem adaptado à
elevação das cavernas, mas para uma suscetibilidade a uma forma rapidamente fatal de
pneumonia que foi necessário para mantê-los de se expor ao frio, ou para quaisquer
mudanças bruscas de temperatura.
Sua inteligência foi surpreendente e eles pareciam estar parcialmente receptivos aos
pensamentos humanos, como Bill Humbolt tinha escrito. No final do décimo quinto ano
que sua formação tinha atingido um estágio de perfeição que um mocker transmitir ou
não transmitir com apenas o indizível pensamento de seu mestre para dizer-lhe que deve
ser. Além disso, eles iriam transmitir a mensagem para qualquer mocker seu mestre
pensamento dirigido. Presumivelmente todos os escarnecedores receberam a mensagem,
mas apenas o mocker, a quem ele dirigia-se repetiria em voz alta.
Eles tinham o seu método de comunicação. Eles tinham sua besta automática para
rápido, combate de perto e seus arcos de longo alcance. Eles foram totalmente
adaptados à gravidade 1.5 e seus reflexos eram quase como aqueles caçadores —
Ragnarok tinha se separado há muito tempo rápido de mortos.
Havia oito cento e dezenove nesse ano, no início da Primavera de cento e cinquenta,
e eles estavam impacientes para a vinda do Gerns e pronto.
Em seguida, o transmissor, que tinha sido em operação novamente por muitos anos,
um dia.
George Craig tinha acabado verificando-lo quando lago chegou. Ele olhou para seus
instrumentos, muito semelhante em aparência a um esboço do velho George Ord —
uma semelhança que tinha sido transmitida a ele por sua mãe e disse:
"Todo o circuito é ido ou pronto para ir. É já operado por muito mais tempo do que
deveria ter."
"Isso não importa", disse lago. "Ele tem servido o seu propósito. Nós não reconstruí-
lo."
George VI interrogativamente.
"Ele tem servido o seu propósito", disse ele novamente. "Ele não nos esqueçamos
que o Gerns virá novamente. Mas isso não é suficiente, agora. O primeiro sinal não vai
atingir Athena até o ano 02:35. É os mortos de Inverno grande novamente, então. Eles
terão que lutar contra o Gerns com arcos e flechas que o frio vai fazer tão frágil como o
vidro. Eles não têm uma chance."
"Não," disse George. "Eles não têm uma chance. Mas o que podemos fazer para
mudar isso?"
"É algo que eu estive pensando," ele disse. "Vamos construir um transmissor de
hiperespaço e trazer o Gerns antes que o inverno grande vem."
"Vamos?" George perguntou, levantando as sobrancelhas escuras. "E o que usamos
para os trezentos quilos de cobre e quinhentos quilos de ferro, que teríamos que ter que
fazer o gerador?"
"Certamente podemos encontrar quinhentos quilos de ferro em algum lugar no
Ragnarok. O extremo norte do planalto pode ser a melhor aposta. Quanto o cobre — eu
duvido que nós nunca vai encontrá-lo. Mas há emendas de uma argila de bauxita, como
nas colinas ocidentais — eles estão certos que contêm alumínio em pelo menos em certa
medida. Então nós vamos fazer os fios de alumínio."
"O minério teria-se que ser refinado para puro óxido de alumínio, antes de que
poderia ser fundido", disse George. "E você não pode smelt minério de alumínio em um
forno comum — apenas em uma fornalha elétrica com um gerador que pode fornecer
uma amperagem alta. E nós teríamos que ter minério de Criolita para servir como o
solvente no processo de fundição.
"Há uma emenda de criolita em colinas do leste, de acordo com os mapas antigos,"
disse o lago. "Poderíamos fazer um gerador de maior derretendo tudo que temos. Não
seria grande o suficiente para alimentar o transmissor de hiperespaço, mas ele deve ser
suficientemente grande para minério de alumínio do smelt."
George considerou a idéia. "Eu acho que nós podemos fazer isso."
"Quanto tempo até que possamos enviar o sinal?" ele perguntou.
"Dado o metal extra que é necessário, a construção do gerador é um trabalho
simples. O transmissor é o que vai levar anos — talvez contanto que cinqüenta. "
Cinquenta anos...
"Não pode nada ser feito para torná-lo mais cedo?" ele perguntou.
"Eu sei", disse George. "Você gostaria para o Gerns vir enquanto vocês ainda estão
aqui. Assim que todos os homens em Ragnarok. Mas mesmo na terra, a construção de
um transmissor de hiperespaço foi um trabalho longo, lento, com todos os materiais que
eles precisavam e todas as ferramentas especiais e equipamentos. Aqui nós vamos ter
que fazer tudo à mão e para materiais temos apenas quebradas e queimadas
quinquilharias. Vai demorar cerca de cinqüenta anos — não pode ser ajudado. "
Cinquenta anos... mas que traria o Gerns antes de Inverno grande veio novamente. E
lá foi a crescente chance que um cruzador de Gern seria em qualquer dia interceptar os
primeiros sinais. Eles já eram mais de meio caminho para Atena.
"Derreta o gerador," ele disse. "Começar a fazer um maior. Amanhã os homens vão
sair depois de bauxita e criolita e quatro de nós vão subir o planalto para procurar em
ferro".
***
Lago selecionado Gene Taylor, Tony Chiara e Steve Schroeder para ir com ele. Eles
foram bem no seu caminho pela luz do dia na manhã seguinte, no ombro de cada um de
um mocker que observou a atividade e novas cenas com olhos brilhantes, interessados.
Eles viajaram a luz, pois eles teriam carne fresca todo o caminho e feita de ervas e
milho somente para os escarnecedores. Uma vez, gerações antes, tinha sido necessário
para os homens a comer ervas para evitar doenças de deficiência, mas agora as doenças
de deficiência, como a febre do inferno, eram desconhecidas para eles.
Eles carregavam sem bússolas desde as radiações dos dois sóis constantemente
criado tempestades magnéticas que causou agulhas de bússola balançar tanto quanto
vinte graus dentro de uma hora. Cada um deles levado um par de binóculos poderosos,
no entanto; binóculos que haviam sido esculpida diamante no chifre do unicórnio negro
Marfim-como e com lentes e prismas de quartzo de corte de diamante.
As bandas mais importante de cabras bosques seguiram o avanço da Primavera até o
platô e eles seguiram as cabras de madeiras. Eles não poderiam ir à frente de bodes, as
cabras já estavam pressionando logo atrás o derretimento da neve. Sem morros ou
cumes foram vistos como as semanas se passaram e parecia lago que eles andariam para
sempre pelo chão rolante infinito da planície.
Início do verão chegou e eles andaram em uma terra que era verde e agradavelmente
fresco em um momento quando a vegetação ao redor das cavernas iria ser queimada
marrom e sem vida. As cabras bosques cresceram menos no número, então, como
alguns deles parou para o resto do verão em suas latitudes escolhidos.
Eles continuaram em e finalmente viram, para norte, o que parecia ser uma
protuberância quase infinitesimal no horizonte. Eles chegaram a dois dias mais tarde.
uma terra de colinas verdes, com medo, aqui e ali, com imperfeitas afloramentos de
rocha e uma terra que subiu lentamente e firmemente superior como ele foi para o norte.
Eles acamparam naquela noite em um pequeno vale. A palavra dele era branca com
os ossos de cabras madeiras que tinham ficado muito tempo a queda antes e foi pego
por uma nevasca precoce. Ainda havia carne sobre os ossos e os roedores do Tesouro
afundados entre as carcaças, festejando.
"Nós vamos dividir agora," ele disse que os outros na manhã seguinte.
Ele atribuiu a cada um deles sua posição; Steve Schroeder ao seu curso em paralelo
trinta milhas à sua direita, Gene Taylor trinta milhas de ir à sua esquerda e Tony Chiara
ir trinta milhas à esquerda de Taylor.
"Vamos tentar manter essas distâncias," ele disse. "Nós não pode olhar sobre o país
em detalhe, dessa forma, mas nos dará um bom exame geral dele. Não temos muito
tempo, deixou até agora e nós vamos fazer tantos km para o norte como podemos a cada
dia. As cabras bosques nos dirá quando é hora de voltar para trás."
Eles separaram com despedidas casuais, mas para Steve Schroeder, que sorriu
ironicamente os ossos de cabras bosques no vale e perguntou:
"Que é suposto para dizer as madeiras cabras?"
***
Dica, o mocker preto, -de-nariz-branco no ombro do Lago, manteve a torcer o
pescoço para assistir a partida dos outros, até que ele tinha atravessado a colina próxima
e as outras foram ocultadas.
"Tudo bem, dica," ele disse depois. "Você pode relaxar seu pescoço agora."
"Descontrair — tudo bem — tudo bem," disse de ponta. Então, com uma súbita
explosão de energia que era característico de escarnecedores, ele começou a balançar
para cima e para baixo e o canto no tempo com seus movimentos, "tudo bem tudo bem
tudo bem tudo bem —"
"Cale-se!" ele ordenou. "Se você quer falar bobagem, eu não me importo, mas não
dizer 'tudo bem' mais."
"Tudo bem", ponta acordado amigavelmente, fixando-se para baixo. "Cale-se se
você quer falar bobagem. Eu não me importo."
"E não abate a Pontuação como esse. Alterar o significado totalmente. "
"Mas não diga tudo bem mais" ponta passou, ignorando-o. "Alterar o significado
totalmente."
Em seguida, com outra onda de animação, dica começou a pescar no bolso da
jaqueta com Patinhas mão-como. "Dica de fome — dica com fome."
Lago desabotoou o bolso e deu a dica de uma folha de erva. "Percebo que não há
nenhuma conversa sem sentido quando você quer pedir algo comer."
Dica levou a folha de erva, mas ele falou novamente antes que ele começou a
comer; lentamente, como se tentando seriamente expressar um pensamento:
"Dica de fome — não sem sentido."
"Às vezes", disse ele, virando a cabeça para olhar para a ponta, "você
escarnecedores me dar peculiar sensação de que você está mesmo à beira de se tornar
uma raça nova e inteligente e não enganar."
Dica balançou seus bigodes e pouco para a folha de erva. "Não engana," ele
concordou.
***
Ele parou para passar a noite em uma oca com paredes íngremes e construiu um
pequeno incêndio de musgo morto e grama para afastar o frio que veio com o escuro.
Ele chamou os outros, gostaria primeiro de Schroeder, então essa dica seria transmitir a
mocker na Schroeder:
"Steve"?
"Aqui," dica respondeu, em uma imitação detectável de voz de Schroeder. "Sem
sorte".
Ele pensou em Gene Taylor e chamado, "Gene?"
Não havia nenhuma resposta, e ele chamou de Chiara. "Tony — você poderia ver
qualquer rota do Gene hoje?"
"Parte dela," Chiara respondeu. "Eu vi uma manada de unicórnios sobre essa
maneira. Por que — não responde a ele? "
"Não."
"Então," Chiara disse, "eles devem ter pegou."
"Você encontrou alguma coisa hoje, Tony?" ele perguntou.
"Nada mais que pura andesito. Nem mesmo uma mancha de ferro."
Foi o mesmo tipo de formação estéril que ele próprio estava andando durante todo o
dia. Mas ele não esperava sucesso tão cedo...
Ele tentou mais uma vez chamar Gene Taylor:
"Gene... Gene... você está lá, Gene? "
Não houve resposta. Ele sabia que nunca seria.
***
Os dias tornaram-se semanas com rapidez espantosa como eles penetraram mais ao
norte. As colinas tornou-se mais robustos e havia invasões de granito e outras
formações para prometer uma chance de encontrar o metal; uma promessa que incitou-
no mais rápido como seu tempo cresceu mais curta.
Duas vezes, ele viu algo branco na distância. Uma vez que era os ossos de outro
bando de cabras madeiras que tinha amontoados e congelado à morte alguns primeiros
nevasca do passado, e uma vez que era os ossos de uma dúzia de unicórnios.
As noites chillier, o suns mudou-se mais rápido e mais rápido para o Sul. Os animais
começaram a migrar, um movimento quase imperceptível no início, mas que aumenta a
cada dia. A primeira geada veio e a migração começou em sério. No terceiro dia foi uma
maré apressada.
Dica foi estranhamente silenciosa naquele dia. Ele não falou que o sol do meio-dia
havia desmarcado Brumas frias, pesadas de manhã. Quando ele falou foi dar uma
mensagem de Chiara:
"Howard... último relatório... Goldie está morrendo... pneumonia... "
Goldie foi mocker Chiara, seu significa apenas de comunicação — e não haveria
nenhuma maneira de dizer-lhe quando eles estavam voltando.
"Vire de volta hoje, Tony," ele disse. "Steve e eu vai continuar por alguns dias
mais."
Houve resposta e ele disse rapidamente, "voltar, voltar para trás! Reconhecer que,
Tony. "
"Voltando..." o reconhecimento veio. "... tentou salvá-la..."
A mensagem parou e não havia um silêncio que mocker Chiara nunca iria quebrar
novamente. Ele andou, com ponta de estar muito pequena e tranquila em seu ombro. Ele
tinha cruzou outra colina antes dica movida, pressione up perto dos que escarnecedores
de maneira fizeram quando estavam sós e segurar firmemente a ele.
"O que é, dica?" ele perguntou.
"Goldie está morrendo", disse o ponta. E então, novamente, como um sussurro
suave, triste, "Goldie está morrendo..."
"Ela era seu companheiro... Me desculpe."
Dica de som um pouco whimpering, e o homem chegou até ao seu lado de seda de
curso.
"Sinto muito", disse ele novamente. "Sinto muito como o inferno, menino".
***
Por dois dias que ponta sentou solitária e silenciosa no ombro, não está mais
interessado em novas cenas, nem mais aliviar a monotonia com sua tagarelice. Ele se
recusou a comer até a manhã do terceiro dia.
Então o êxodo de cabras bosques e unicórnios tinha diminuiu para quase nada; o céu
um chumbo cinza por meio de que o sol não podia ser visto. Que à noite ele viu o que
ele tinha certo seria a última banda de cabras bosques e tiro um deles.
Quando ele foi para ele ele estava quase com medo de acreditar o que ele viu.
O cabelo acima de seus pés era vermelho, descoloridos com a mancha de barro do
rolamento de ferro.
Ele examinou mais de perto e vi que o cabra tinha aparentemente regadas em uma
mola, onde a lama foi regado de uma veia ou formação de ferro-rolamento do material.
Ele tinha feito tão razoavelmente recentemente — havia ainda minúsculas partículas de
argila, aderindo ao cabelo.
O vento agita, frio e úmido com seu aviso de uma tempestade se aproxima. Ele
olhou para o norte, onde a noite tinha virado as nuvens de cinza preto, e chamado de
Schroeder:
"Steve — qualquer sorte?"
"Nenhuma", respondeu Schroeder.
"Eu só matei um bode," ele disse. "Ele tem manchas de ferro em suas pernas, que
ele ficou em alguma primavera mais ao norte. Eu vou tentar encontrá-lo. Você pode
voltar para trás na parte da manhã."
"Não," Schroeder opôs-se. "Posso ângulo sobre e apanhar com você em um par de
dias."
"Você vai voltar na parte da manhã," ele disse. "Vou tentar encontrar este ferro. Mas
se eu for pego por uma nevasca é até você para dizer-lhes nas cavernas que achei ferro e
dizer-lhes onde é — você sabe que os escarnecedores não podem transmitir o que agora.
"
Houve um silêncio curto; então Schroeder disse, "tudo bem, eu vejo. Eu vou cabeça
sul na parte da manhã."
Lago tomou uma rota no dia seguinte que seria provavelmente o que as cabras
bosques tinham vindo para baixo, parando em cada topo do cume para estudar o país
pela frente através de seus binóculos. Estava nublado durante todo o dia, mas ao pôr do
sol, que o sol apareceu muito brevemente, para enviar seus últimos raios pelas colinas e
pintar de vermelho em zombaria do ferro procurou.
Muito à frente dele, pequeno mesmo através de copos e tornados visíveis apenas por
causa da posição do sol, era um ponto na base de uma colina que era mais vermelha do
que o sol tinha feito outras colinas.
Ele estava confiante de que seria o barro vermelho que estava à procura e ele correu
em, não parando até que a escuridão fez mais progressos impossível.
Dica dormiu dentro de sua jaqueta, enrolada contra seu peito, enquanto o vento
soprava cru e frio durante toda a noite. Ele estava a caminho novamente com o primeiro
toque da luz do dia, o céu mais escuro do que nunca e o vento girando aleatórios flocos
de neve antes dele.
Ele parou para olhar para trás ao sul de uma vez, pensando, se eu voltar agora eu
poderia sair antes dos hits da blizzard.
Então, veio outro pensamento: estas colinas todos têm a mesma aparência. Se eu não
ir para o ferro enquanto estou tão perto e sabe onde ele está, ele pode ser anos antes eu
ou alguém poderia encontrá-lo novamente.
Ele passou e não olhar para trás novamente para o resto do dia.
Por midafternoon superiores colinas ao redor dele estavam escondidas sob as nuvens
e a neve aproximava-se mais difícil e mais rápido como o vento levou os flocos contra
seu rosto. Começou a nevar com um peso que trouxe uma meia escuridão quando ele
finalmente chegou à colina tinha visto com os óculos.
Uma mola foi na base do mesmo, borbulhando de argila vermelha. Acima da sujeira
vermelha levou cem pés a um dique de granito e parou. Ele correu até a colina que foi
rapidamente clareamento com neve e viu a veia.
Ele definido contra o dique, curto e estreito, mas rubro-negro com o ferro contido.
Ele pegou um pedaço e senti o peso dele. Foi pesado — era puro óxido de ferro.
Ele chamou Schroeder e perguntou: "Você está para baixo fora das colinas altas,
Steve?"
"Estou em inferiores", respondeu de Schroeder, as palavras provenientes um pouco
abafado onde a ponta estava dentro de sua jaqueta. "Parece negra como o inferno, o seu
caminho."
"Achei o ferro, Steve. Ouvir — estes são os mais próximos de Marcos pode dar-
lhe... "
Quando terminou, ele disse, "que é o melhor que posso fazer. Você não pode ver o
barro vermelho, exceto quando o sol está baixo no sudoeste, mas eu vou construir um
monumento no alto do Morro para encontrá-lo por."
"Sobre você, Howard," Steve perguntou: "quais são suas chances?"
O vento estava subindo para um gemendo alto próximo as bordas do dique de
granito e a veia já era invisível sob a neve.
"Não parece que eles são muito bons," ele respondeu. "Você provavelmente vai ser
líder quando você voltar na próxima primavera — eu disse ao Conselho que eu queria
que se qualquer coisa que me aconteceu. Manter as coisas da maneira que gostaria de
ter. Agora, vou ter que correr para chegar ao monumento construído no tempo. "
"Tudo bem", disse Schroeder. "So long, Howard... boa sorte."
Ele subiu ao topo da colina e viu pedregulhos lá ele poderia usar para construir o
monumento. Eram grandes — ele pode esmagar a ponta contra o peito em pegá-los — e
ele tirou sua jaqueta, para envolvê-la em torno de ponta e deixá-lo deitado no chão.
Ele trabalhou até que ele estava ofegante para respiração, o vento conduzindo a neve
mais difícil e mais difícil contra ele até que o frio parecia ter penetrado até o osso. Ele
trabalhou até o monumento era demasiado elevado para as mãos dormentes levantar
qualquer mais pedregulhos ao seu topo. Até então era alto o suficiente para que ele deve
servir o seu propósito.
Ele voltou a olhar para a ponta, a terra já quatro polegadas profundas na neve e a
escuridão quase total.
"Dica", ele chamou. "Dica — dica —" andou para trás e para frente em toda a
encosta na área onde ele pensou que tinha deixado ele, tropeçando em pedras enterradas
na neve e invisível na escuridão, chamada contra o vento e pensamento, eu não posso
deixá-lo morrer sozinho aqui.
Então, de uma protuberância que ele não tinha visto na neve sob ele, veio um
lamento solitário, assustado:
"Ponta fria — ponta fria —"
Ele ajuntou a neve fora de sua jaqueta e ponta unwrapped, colocá-lo dentro de sua
camisa ao lado de sua pele nua. Patas na ponta eram como gelo e ele estava tremendo
violentamente, o primeiro sintoma de pneumonia que matou escarnecedores tão
rapidamente.
Dica tossiu, uma deslocação, chocalho, pouco som e whimpered, "machucar — ferir
—"
"Eu sei", disse ele. "Seus pulmões machucar — maldita-lo para o inferno, eu desejo
eu poderia ter deixado você ir para casa com Steve."
Ele colocou sobre o casaco de frio e fui descer o Morro. Não havia nada que ele
poderia fazer um fogo — somente a grama curta de meio-verde, já enterrada sob a neve.
Ele virou o Sul na parte inferior do Morro, determinando a direção do vento e começou
a teimosa marcha para o Sul que poderia ter, mas um fim.
Ele andou até que suas pernas anestesiada frio iriam levá-lo não mais distante. A
neve estava quente quando ele caiu para a última hora; quente e macio, afastaram-se
sobre ele, e sua mente estava nublado com uma agradável sonolência.
Isso não é tão ruim, ele pensou, e havia algo como surpresa com a sonolência.
Lamento não pode fazer o que eu tinha que fazer — fazê-lo o melhor que pude...
Dica já não estava tossindo e o pensamento de ponta foi o único que foi tingida com
pesar: espero que ele não era ainda doendo, quando ele morreu.
Ele sentiu a ponta mexa muito debilmente contra seu peito, em seguida, e ele não
sabia se era sua imaginação ou se nesse último estado onírico foi ponta pensamento que
veio a ele; quente e fechar e tranquilizar-lhe:
Não ferir nenhum frio agora — tudo agora — vamos dormir agora...
Parte 4
Quando a primavera chegou Steve Schroeder foi líder, como Lago tinha queria. Era
um dever e uma responsabilidade que seria sob circunstâncias diferentes de qualquer um
dos líderes diante dele. A triste luta acabou por um tempo. Eles foram adaptados e
crescente em número; indo em grande Verão e em um renascimento que iria durar
cinquenta anos. Eles teriam meio século para desenvolver seu ambiente até seu limite
máximo. Então viria grande queda, destruir tudo o que tinham feito, e o Gerns viria,
para destruí-los.
Foi seu trabalho para garantir que por então eles seriam mais fortes do que qualquer
um.
***
Ele foi o norte com nove homens, tão logo o tempo permitido. Foi difícil refazer a
rota do verão antes, sem bússolas, entre as colinas que pareciam o mesmo tanto quanto
seus binóculos poderiam chegar, e era verão quando viram o Monte com o monumento.
Eles encontraram ossos do Lago algumas milhas ao sul-, espalhadas pelos catadores
como estavam os ossos pequenos de sua mocker. Eles enterrado-los juntos, homem e
mocker e fui silenciosamente diante em direção a colina.
Eles trouxeram uma pequena broca de diamante de manivela com eles para furos em
granito duro e pó preto para jateamento. Eles minaram a veia, classificando o minério de
resíduos e economia de cada partícula.
A veia foi presa e estreitas na superfície muito rapidamente. A uma profundidade de
seis metros foi uma costura de lâmina de faca; a dez pés foi apenas uma coloração
vermelha na parte inferior do seu eixo.
"Que parece ser tudo isso", disse ele aos outros. "Vamos enviar homens aqui ano
que vem para ir mais fundo e mais longe ao longo de seu curso, mas eu tenho uma idéia
que nós apenas tenho extraído toda a única veia de ferro em Ragnarok. Será suficiente
para o nosso propósito."
Eles costurou o minério em sacos de couro forte e, em seguida, prospecção, sem
sucesso, até que chegou a hora da última banda de unicórnio passar caminho Sul. Eles
preso dez unicórnios e prejudicadas as pernas, com outras cordas atingindo de chifre
para perna de cada lado para impedi-los de volta balançando a cabeça ou mesmo
levantando-os altos.
Eles esperavam a captura e mancando de unicórnios para ser um trabalho difícil e
perigoso e ele foi. Mas quando eles estavam terminados os unicórnios indefesos. Eles
poderiam mover-se desajeitadamente sobre a pastar, mas que não poderia cobrar. Só
poderiam ficar com fumos e cabeça abaixada e rumble.
Sacos do minério foram amarrados em uma manhã fria e os homens montados. As
cordas de chifre-perna foram soltos para que podem viajar os unicórnios e os unicórnios
entraram em um frenesi de traçamento e criação, gritando com raiva que tentavam
empalar seus pilotos.
As lanças curtas, esfaqueamento no ponto sensível atrás as mandíbulas dos
unicórnios, frustrado o recuar atirou as cabeças e os unicórnios lentamente foram
forçados à submissão. O último que sofreu derrota temporária e a longa viagem para o
Sul começou, os unicórnios indo no prazo que eles poderiam manter horas.
Cada dia que empurrou os unicórnios, até que eles estavam muito cansados para
lutar durante a noite. Cada manhã, descansou, os unicórnios retomou a batalha. Tornou-
se uma rotina esperada para homens e unicórnios.
The unicorns foram liberados quando o minério foi descarregado no sopé da colina
antes das cavernas e Schroeder foi para a nova turbina, onde o novo gerador já estava no
lugar. Lá George Craig disse-lhe o obstáculo inesperado que tinha aparecido.
"Estamos presos," disse George. "O minério de alumínio não é o que nós pensamos
que seria. É escasso e muito baixo grau, de natureza complexa que nós não pode refiná-
lo para o óxido com o que temos de trabalhar com sobre Ragnarok. "
"Você produziram qualquer óxido de alumínio em tudo?"
"Um pouco. Podemos ter suficiente para o fio em cem anos se manteve no difícil o
suficiente."
"O que mais você precisa — houve suficiente criolita?" ele perguntou.
"Não muito dele, mas suficiente. Nós temos o gerador de setup, caixa de fundição
construído e o revestimento de carbono e hastes prontas. Nós temos tudo que
precisamos para o alumínio do smelt minério — exceto o minério de alumínio. "
"Vá em frente e terminar os detalhes, como instalar o forro," ele disse. "Não
conseguimos esta longe de ser parado agora."
Mas as partes de prospecção, fazendo pleno uso do tempo deixou-os antes de
Inverno fechou, voltou tarde que caem para não relatar nenhum sinal do minério que
precisavam.
Primavera chegou e foi determinado que iriam ser fundição de alumínio antes que o
verão acabou, mesmo que ele não tinha idéia onde o minério seria encontrado. Eles
precisavam de minério de alumínio de uma classe alta o suficiente para que eles
poderiam extrair o óxido de alumínio puro. Especificamente, eles precisavam de óxido
de alumínio...
Então ele viu a resposta para seu problema, tão óbvio que todos eles tinham
esquecido ele.
Ele passou por quatro filhos um jogo na frente de cavernas naquele dia; algum tipo
de um verificador-jogo em que rochas diferentemente coloridas representou as crianças
diferentes. Um rapaz estava usando pedras vermelhas; alguns dos rubis que tinham sido
trazidos de volta como objetos antigos do abismo. Rubis eram de nenhum uso ou valor
no Ragnarok; só bonitas rochas para as crianças brincarem com...
Só muito rock? — rubis e safiras eram corindo, eram puro óxido de alumínio!
Ele passou a dizer George e para organizar uma festa de homens para ir para o
abismo, após todos os rubis e safiras poderiam encontrar. O último obstáculo tinha sido
superado.
O sol de Verão foi quente no dia em que o gerador cantarolava em vida. Caixa de
fundição forrado de carbono estava pronta e a corrente flui entre as varas de carbono
pesado suspendidas a criolita e o forro, transformando a criolita em um líquido. O
esmagado rubis e safiras foram alimentadas na caixa, brilhante e brilhante no céu azul e
de vermelho-sangue cintilações de luz, ser privado pelo atual de sua vida e o fogo, e ser
transformado em algo inteiramente diferente.
Quando chegou o momento de desenhar fora alguns do metal, eles abriram o orifício
no canto inferior da caixa. Alumínio derretido fluiu fora no molde lingote em um
córrego pequeno; mais bonitos para eles do que jamais poderiam ser qualquer jóias,
brilhante e reluzente em sua promessa de que em breve iria pôr termo a mais de seis
gerações de prisão.
***
A fundição de alumínio continuou até que o fornecimento de rubis e safiras no
abismo tinha sido esgotado, mas por fragmentos pequenos e dispersos. Foi o suficiente,
com alguns alumínio acima a quantidade necessária para o fio.
Era o ano de trezentos e cinqüenta e dois quando eles fundidos de alumínio. Em oito
anos mais eles iriam chegar o meio do verão grande; o suns começaria seu longo desvio
para o Sul, não para voltar para cento e cinquenta anos. O tempo foi passando
rapidamente para eles e não havia nada a perder...
A fabricação da cerâmica desenvolveu-se a uma arte, como foi a elaboração de
diferentes tipos de vidro. Teares foram construídos para o segmento de rotação e pano
de lã de cabra madeiras e tinturas vegetais foram descobertas. Partes de exploração
cruzaram o continente para o mar oriental e ocidental; mar salgado e sem vida que eram
limitado por imensos desertos. Não há árvores de qualquer espécie cresceram ao longo
de suas margens e navios não poderiam ser construídos para cruzá-los.
Esforços foram continuou a desenvolver uma inorgânicos campo da química, com
desencorajar os resultados, mas em cento e cinquenta e nove o milho laranja foi com
êxito adaptado à altitude e clima das cavernas.
Não havia suficiente naquele ano para alimentar os escarnecedores todo o inverno,
fornecer sementes do próximo ano e deixar bastante que poderia ser moído e cozido em
pão para todos a gosto.
-Gosto estranho, mas bom. Foi, Schroeder pensou, simbólico de um grande passo
para a frente. Foi a primeira vez em gerações que nenhum deles tinha conhecido
nenhum alimento mas carne. O milho seria torná-los menos dependente de caça e, de
suma importância, foi o tipo de comida que eles teriam que se acostumaram no futuro
— eles não poderiam transportar rebanhos de cabras bosques e unicórnios com eles em
cruzadores de batalha de Gern.
A falta de metais prejudicado-los onde quer que eles se transformaram em seus
esforços para construir mesmo o mais simples máquinas ou armas. No entanto, apesar
de suas perspectivas duvidosas, fizeram uma rifle como arma.
O barril dele era grossa, do material cerâmico mais duro, mais resistente que
poderiam produzir. Era uma coisa pesada, pesada, disparando com uma ação de
pederneira, e ele não pôde ser carregado com muito pó, para que a carga estourar o
cano.
A ignição de pederneira não foi instantânea, a bala de porcelana leve tinha poder de
penetração muito menos do que uma seta, e a coisa cresceu e cuspiu para fora de uma
nuvem de fumaça que teria mostrado a Gerns exatamente onde o atirador foi localizado.
Foi uma interessante curio e a demissão dele foi algo espetacular para Eis mas era
uma arma apta a ser muito mais perigoso para o homem por trás do que para o Gern
objetivou. Bestas automáticas foram muito melhores.
Matas cabras tinham sido presas e alojadas durante os verões em abrigos onde
esguichos de água mantiveram um frio de temperatura suficiente para que possam
sobreviver. Apenas os jovens foram mantidos quando queda veio, para ser protegido
durante o inverno em uma das cavernas. Cada nova geração foi submetida a mais calor
no verão e mais frio no inverno do que a geração antes dele e no ano cento e sessenta
que as cabras bosques foram bem no seu caminho em direção a adaptação.
No ano seguinte eles presos dois unicórnios, para começar o trabalho de adaptação e
domar as gerações futuras deles. Se eles conseguiram eles teriam utilizado os recursos
de Ragnarok ao limite — com exceção do que deve ser seu aliado mais valioso com que
para combater a Gerns: os caçadores.
Há vinte anos, caçadores tinham observado uma trégua em que eles seriam não ir à
caça de homens se homens iriam ficar longe de suas rotas de viagem. Mas não era uma
trégua somente e não há nenhuma indicação de que ele nunca poderia desenvolver-se
em amizade.
Três vezes no passado, meio-crescido caçadores foi capturados e enjaulados na
esperança de domá-los. Cada vez que eles tinham passeado suas gaiolas, olhando
ansiosamente para a distância, recusando-se a comer e desafiante até que morreu.
Para caçadores, como alguns homens, a liberdade era mais preciosa do que a vida. E
cada vez que um prowler tinha sido capturado o livre queridos tinham retaliou com um
ressurgimento dos ataques selvagens.
Parecia haver nenhuma maneira que os homens e os caçadores nunca poderiam
encontrar no terreno comum. Eles estavam alien um ao outro, separados pelo Golfo de
origem em mundos duzentos e cinquenta anos-luz distante. Sua herança comum só foi a
vontade de cada um para a batalha.
Mas, na Primavera de um trezentos e sessenta e um, um pouco durante um dia, o
Golfo foi superado.
***
Schroeder estava retornando de uma viagem que tomou sozinho a leste, descendo o
Cânion longo que levou da face alta do planalto ao país perto das grutas de. Ele correu,
olhando para trás, para as nuvens negras que reuniram-se tão rapidamente na montanha
atrás dele. Trovão rumbled de dentro deles, um rolo de quase contínuo dele como
nuvens derramadas seu dilúvio de água.
Uma tempestade estava chegando e canyon sheer de paredes para baixo que ele
correu de repente tornou-se uma armadilha mortal, sua calma iluminada logo para ser
transformado em rugindo destruição. Havia apenas um lugar ao longo de seu
comprimento de nove milhas, onde ele pode sair e o tempo já era curto em que para
alcançá-lo.
Ele tinha aumentado seu ritmo para um trote quando ele veio a ela, uma escarpa de
rocha quebrada que inclinada até abruptamente para trinta pés para uma prateleira. Uma
borda de onze metros de altura ficou sobre a prateleira e outras, inferiores, bordas
definidas volta dele como etapas de escalada.
Ao pé do tálus, ele parou para escutar, querendo saber como fechar atrás da que
água pode ser. Ele ouviu isso vindo, um som como o rugido de um vento forte o canhão,
e ele mexidos até o talo do rock solta a plataforma na sua parte superior. A prateleira
não era alta o bastante acima do assoalho da garganta — ele seria morto ali — e ele
seguiu cinqüênta pés em torno de uma curva acentuada. Lá reduziu abruptamente, para
mesclar na parede pura do canyon. Impasse...
Ele correu de volta para a parte superior do tálus onde a borda da borda, irregular,
com projeções do rock, foi unreachably muito acima dele. Como ele fez então o urro foi
subitamente uma queda, trovão crescendo e ele viram a chegada de água.
Ele varreu a curva talvez uma centena de milhas por hora, vai de parede a parede do
canyon, a crista dela fervendo e slashing e imponentes quarenta pura pés acima do
assoalho da garganta.
Um prowler estava correndo na frente, correndo por sua vida e perder.
Não havia tempo para assistir. Ele saltou para cima, tão alto quanto possível, sua
besta na mão. Ele pegou a extremidade do arco sobre uma das projeções afiadas do rock
na borda a borda e começou a levantar-se, com medo de se apressar para que a rocha
cortada a corda em dois e deixá-lo de volta.
Prendeu e ficou na borda, seguro, como o vagabundo piscou até o talo abaixo.
Ele correu em torno da prateleira de beco sem saída e volta foi um pouco mais tarde.
Ele viu que seria sua única chance para pular até a plataforma onde ele estava e ele
tentou, deficientes pela encosta íngreme, solta, teve que saltar de.
Ele falhou e caiu para trás. Ele tentou novamente, arremessando-se para cima, com
toda sua força, e suas garras pegou fugazmente o rock áspero um pé abaixo da borda.
Ele começou a deslizar para trás, sem tempo, deixou-o para uma terceira tentativa.
Ele olhou para a borda de segurança que não tinha chegado bastante e então em
cima nele, seus olhos brilhantes e frios com o conhecimento que ele ia morrer e seu
inimigo seriam vê-lo.
Schroeder caiu no seu estômago e alcançado, passado a enorme cabeça preta,
apreender o vagabundo pela parte de trás do pescoço. Ele puxou com toda sua força e as
garras do vagabundo rasgaram nas rochas como ele subiu.
Quando ele estava chegando sobre a borda, segura ele revertida dele e veio a seus
pés um swift, desconfiado, os olhos sobre ele e sua faca já na mão. Como ele fez isso a
água foi passado abaixo deles com um trovão que surdo. Troncos e árvores remate,
pedregulhos caiu junto, e as coisas podiam ser vistas surgindo nas profundezas marrons;
coisas disformes que tinham sido cabras bosques e a granel agredida cinza de um
unicórnio. Ele viu tudo com um olhar lateralmente, sua atenção sobre o prowler.
Ele se volta do bordo da borda e olhou para ele; com cautela, como ele olhou para
ele. Com a cautela foi algo como pergunta e quase descrença.
Borda que eles se ergueram sobre era estreita, mas conduziu para fora da garganta e
à terra aberta além. Ele acenou para o vagabundo a precedê-lo e, hesitando um
momento, fê-lo.
Subiu para fora do cânion e sair para a encosta gramada da montanha. O barulho da
água foi um rumble distante lá e ele parou. O vagabundo fez o mesmo e eles assistiram
os outros novamente, cada um deles tentando entender o que os pensamentos dos outros
podem ser. Era algo que não poderiam saber — eram demasiado alienígenas uns aos
outros e tinham sido inimigos muito longos.
Em seguida, uma rajada de vento varreu-os, dobrando-se e ondulando o capim, e o
vagabundo girado afastado para ir com ele e deixá-lo em pé sozinho.
Sua rota foi tal que divergiu gradualmente do que tomadas pelo prowler. Ele passou
por um bosque de árvores e surgiu em uma clareira aberta no outro lado. Até no cume à
sua direita ele viu algo preto por alguns instantes, já muito longe.
Ele era trinta metros do bosque próximo de árvores, quando ele viu a sombra cinza
aguarda silenciosamente sua vinda dentro deles.
Unicórnio!
Sua besta sacudiu como ele empurrou para trás o aperto da pistola. O unicórnio
cobra, o crepitar de Mato ela rasgou através ele e uma videira chicoteando como uma
corda de seu chifre abaixado.
Sua primeira flecha entrou em seu peito. Ele cambaleou, mortalmente ferido, mas
ainda próximos, e ele empurrou para trás sobre o aperto da pistola para o tiro rápido que
poderia detê-lo.
A seqüência de caracteres de arco rock desgastado quebrou com um som de canto e
o fim do arco bati inofensiva para a frente.
Ele tinha contado na proa e seu fracasso veio uma fração de um segundo tarde
demais para ele se esquivar de longe o suficiente. Seu salto lateralmente foi curto, e o
chifre pegou no ar, rasgando através de suas costelas e quebrá-los, quebrando o osso do
braço esquerdo e rasgar a carne. Ele era atirados quinze pés e ele bateu no chão com um
impacto impressionante, dor lavagem sobre ele em uma onda de cegueira.
Através dele, mal, viu o unicórnio cair e ouvi sua explosão de trompete morrendo
como chamado para outro. Ele ouviu uma resposta chamada em algum lugar na
distância e, em seguida, o tambores distantes de cascos.
Ele reagiu a cegueira e usado seu braço bom para levantar-se. Seu arco era inútil,
sua postura de lança sob o unicórnio e sua faca tinha ido embora. Seu braço esquerdo
balançou impotente e ele não poderia escalar o tronco inferior não possui membros de
uma árvore de lance com apenas um braço.
Ele foi para a frente, mancando, tentando correr para encontrar a sua faca, enquanto
o rufar dos cascos correu em direção a ele. É que uma batalha perdida já que ele iria
fazer com a faca curta, mas ele teria sangue para seu curso...
A grama cresceu alta e grosso, escondendo a faca até que ele podia ouvir o
unicórnio cair por entre as árvores. Ele viu ela dez metros à frente dele, como o
unicórnio rasgou da borda da mata trinta metros de distância.
Ele gritou, estridente com o triunfo, e o chifre arrastados para empalá-lo. Não havia
nenhum tempo para chegar a faca, não tempo para nada, mas o último fugaz visão do
sol e glade e arqueando o céu azul,
Remate algo por trás dele e até a garganta do unicórnio, uma coisa que estava
rosnando selvageria preta com amarelo olhos ardência e brancos dentes cortando — o
vagabundo!
Ele rasgou a garganta do unicórnio, desviando a sua carga, e o unicórnio mergulhou
por ele. O unicórnio virou costas, todo o triunfo de seu guincho e o prowler atacou
novamente. Eles se tornaram um desfoque de redemoinho, o chifre de unicórnio
balançando e esfaquear e os ataques de vagabundo como o empurrão rápido e
implacável de uma pinça.
Ele foi para a faca, e quando ele voltou com ele na mão a batalha acabou já.
O unicórnio caiu e o vagabundo se afastou ele. Um foreleg foi banhada em sangue e
seu peito era exigente com uma ânsia tão rápido que ele poderia não ter sido causado
pela luta com o unicórnio.
Ele deve fui assistir me, ele pensou, com um estranho sentimento de admiração. Ele
estava assistindo do cume e correu todo o caminho.
Seus olhos amarelos piscaram para a faca em sua mão. Largou a faca na grama e
andou para a frente, desarmado, querendo o prowler saber que ele entendeu; que para
eles naquele momento o Golfo de duzentos e cinquenta anos-luz não existia.
Ele parou perto dele e se agachou na grama começar a ligação até seu braço
quebrado para que os ossos não iriam ralar juntos. Ele assisti-lo e, em seguida, começou
a lamber em seu ombro sangrento; Estando tão perto dele que ele poderia ter estendeu a
mão e tocou.
Novamente, ele sentiu o sentimento de admiração. Estavam sozinhos juntos no
glade, ele e um vagabundo, cada cuidando de suas mágoas. Havia uma ligação entre
eles que, por pouco tempo, tornava-se como irmãos. Havia uma ponte para um pouco
enquanto do outro lado do Golfo que nunca tinha sido superado antes...
Quando ele tinha terminado com o braço e o vagabundo tinha diminuído a
hemorragia de seu ombro tomou um passo em direção a crista. Ele se levantou, sabendo
que ia sair.
"Suponho que a pontuação é mesmo agora", disse ele, "e nunca veremos outro
novamente. Caça tão bom — e obrigado. "
Ele fez um som em sua garganta; um estranho som que não era casca nem rosnar, e
ele tinha a sensação que ele estava tentando dizer-lhe algo. Então ele se virou e foi
embora como uma sombra preta em toda a grama e ele estava sozinho novamente.
Ele pegou sua faca e um arco e começou a viagem longa e dolorosa volta às
cavernas, novamente e novamente olhando para o cume atrás dele e gostaria de: , eles
têm um código de ética. Eles lutam pela sua sobrevivência — mas eles pagam suas
dívidas.
Ragnarok foi grande o suficiente para homens e caçadores. Eles poderiam viver
juntos na amizade como homens e cães da Terra viveram juntos. Pode levar muito
tempo para ganhar a confiança dos caçadores, mas certamente poderia ser feito.
Ele veio para a trilha rochosa que levou para as cavernas e lá tomou uma última
olhada no cume atrás dele; sentindo um pungente sentimento de perda e me
perguntando se ele iria ver novamente o vagabundo ou nunca mais sei o
companheirismo estranho, wild conhecia naquele dia.
Talvez ele nunca... mas o tempo viria no Ragnarok quando crianças iria jogar na
grama com filhotes de vagabundo e o tempo viria quando homens e caçadores, lado a
lado, enfrentaria o Gerns.
***
No ano que se seguiu lá foram dois incidentes quando um prowler teve a
oportunidade de matar um caçador no território de vagabundo e não fez. Não havia
nenhuma maneira de saber se o vagabundo em cada caso tinha sido o que ele tinha salvo
do aguaceiro ou se os caçadores, como um todo, foram respeitando o que um homem
tinha feito para um deles.
Schroeder pensou novamente tentando capturar filhotes prowler — muito jovens —
e decidiu que seria um plano estúpido. Tal ato seria destruir tudo o que tinha sido feito
para ganhar a confiança dos caçadores. Seria melhor esperar, mesmo que o tempo foi
crescendo curto e encontrar alguma outra forma.
A queda de cento e sessenta e três veio e o suns foram visivelmente móvel Sul. Que
foi a queda que seu terceiro filho, uma menina, nasceu. Ela foi nomeada Julia, depois a
Julia de há muito tempo, e ela era da última geração que nasceria em cavernas.
Planos já estavam em andamento para construir uma cidade no vale uma milha das
cavernas. A parede de paliçada de unicórnio-prova que iria colocá-lo já estava em
construção, sendo feita de blocos de pedra. As casas seria de pedra serrada de diamante,
de paredes grossas, com espaços de ar morto – entre as paredes duplas para isolar contra
calor e frio. Dosséis de alto, largo de lance pólos de árvore e as folhas de palmeira,
como medusabush seriam construídas ao longo de todas as casas para fornecer sombra
adicional.
As cabras bosques eram totalmente adaptadas nesse ano e domesticadas a tal ponto
que não tinham nenhum desejo de migrar com as cabras selvagens. Houve um pequeno
rebanho deles, então, suficientes para abastecer uma quantidade limitada de leite, queijo
e lã.
A adaptação dos unicórnios prosseguiu nos anos seguintes, mas não sua
domesticação. Era sua natureza ser mal-humorado e traiçoeiro e apenas a ameaça das
lanças nas mãos de seus pilotos, sendo forçados a trabalhar; trabalho que poderia ter
feito facilmente tinham eles não desviaram tanto esforço diariamente para tentar
transformar seus mestres e matá-los. Cada noite, para que eles foram colocados em um
curral com paredes maciças, eles eram quase tão perigosos como unicórnios selvagens.
O lento, meticuloso trabalho do transmissor continuou enquanto o suns movidos
mais ao sul a cada ano. O movimento das cavernas para a cidade foi feito em cento e
setenta e nove, o ano em que morreu a esposa do Schroeder.
Seus dois filhos foram cultivados e casados e Julia, aos dezesseis anos, era uma
mulher por Ragnarok padrões; olhos azuis e cabelos negros como sua mãe, uma Craig,
foi e surpreendentemente bonita de forma imprudente e selvagem. Ela se casou com
Will Humbolt naquela Primavera, deixando seu pai sozinho na nova casa na cidade
nova.
Quatro meses mais tarde ela veio a ele para anunciar com orgulho e emoção:
"Eu vou ter um bebê em apenas seis meses! Se é um menino ele vai ser a idade certa
para ser líder, quando os Gerns vem e nós estamos indo para o nome dele, John, depois
o João, que foi o primeiro líder que já tivemos no Ragnarok."
Suas palavras trouxeram à mente uma pergunta e ele pensou que velho Dale Craig, o
líder que tinha precedido o lago, tinha escrito:
Nós sobreviveram, as gerações que o pensamento de Gerns nunca nasceria. Mas
nunca devemos esquecer as características que segurados que sobrevivência: uma
lealdade inabalável de cada indivíduo para todos os outros e a coragem de lutar e
morrer se necessário.
Por ano, agora, o Gerns virá. Não haverá ninguém para nos ajudar. Os Athena são
escravos, e é provável que a terra tem sido escravizada por agora. Vamos ficar ou cair
sozinhos. Mas se nós de hoje poderia saber que aqueles que se encontram os Gerns
ainda terá a coragem e a lealdade que possibilitaram a nossa sobrevivência, então
saberíamos que o Gerns já são derrotados...
A era de perigo e violência acabou por pouco tempo. A geração mais jovem tinha
crescido durante um período de desenvolvimento pacífico do seu ambiente. Era uma paz
que iria quebrar a vinda do Gerns — mas tinha suavizou a coragem e a lealdade dos
jovens?
Uma semana depois, recebeu sua resposta.
Ele foi subindo a colina naquela manhã, elevada acima da cidade abaixo, quando ele
viu o azul da blusa de lã Julia à distância. Ela estava sentado numa colina, um livro
aberto em seu colo e seu Zagaia deitado ao lado dela.
Ele franziu a testa com a visão. A migração para o Sul principal dos unicórnios
acabou, mas havia muitas vezes solitários retardatários que podem aparecer a qualquer
momento. Ele tinha avisado a ela que um dia um unicórnio iria matá-la, mas ela foi
imprudente por natureza e dado a humores inquietos em que ela não aguentava o
confinamento da cidade.
Ela empurrou a cabeça dela enquanto observava, como se em um som fraco, e ele
viu o primeiro movimento dentro das árvores atrás dela — um unicórnio.
Ele se lançou para a frente, sua discrição abandonada como ela ouvi-lo, e ela veio a
seus pés em um movimento rápido e suave; a lança em sua mão e o livro de derramar no
chão.
Guincho do unicórnio ecoou e ela girou para enfrentá-lo, com dois segundos para
viver. Ele chegou para o seu arco, sabendo que sua ajuda viria tarde demais.
Ela fez a única possível de coisa que pode permitir-lhe sobreviver: ela mudou seu
equilíbrio para tirar proveito do fato de que um ser humano poderia saltar de um lado
um pouco mais rapidamente do que uma besta quadrúpede headlong responsável. Como
ela fez isso ela levantou a lança para o impulso para a área vulnerável logo atrás do
maxilar.
Parecia que o ponto da agulha da buzina preto era não mais do que o comprimento
de um braço de seu estômago quando ela saltou de lado com a rapidez ágil de um
prowler, balançando enquanto ela saltou e empurrando a lança com toda sua força no
pescoço do unicórnio.
O impulso era verdade, e a lança foi profunda. Ela lançou-o e atirou-se para trás
para esquivar os cascos de vôo. A força da carga do unicórnio levou-o passado dela,
mas suas pernas desmoronou sob ele e ele caiu no chão, deslizando um pouco antes de
ele parou. Ele chutou uma vez e colocar ainda.
Ela foi para ele, para recuperar a sua lança, e mesmo de longe havia um ar de
orgulho sobre ela, como ela passou sua vítima volumosa.
Então ela viu o livro, bateu de lado pelos cascos do unicórnio. Farrapos de suas
páginas estavam soprando no vento e ela endureceu, seu rosto pálido a crescer. Ela
correu para ele buscá-lo, o unicórnio esquecido.
Ela estava tentando suavizar as folhas rasgadas, quando ele chegou la. Ele tinha sido
um dos livros antigos, imprimidos em papel real, e era frágil com a idade. Ela tinha sido
confiável o bibliotecário para cuidar bem ele. Agora, a página após página foi rasgada e
ilegível...
Ela olhou para ele, a vergonha e a miséria em seu rosto.
"Pai," ela disse. "O livro — eu —"
Ele viu que o unicórnio era um touro consideravelmente maior do que a média.
Homens, no passado, matou unicórnios com lanças, mas nunca, antes, tinha uma garota
de dezesseis anos fizeram...
Ele olhou para ela, mantendo o seu rosto sem emoção e perguntou severamente,
"você o que?"
"Eu acho, eu acho que eu não tinha qualquer direito de tomar o livro fora da cidade.
Eu desejo que eu não tinha... "
"Você prometeu cuidar bem ele," disse ela friamente. "Acreditava-se a sua promessa
e você fosse confiável para mantê-lo."
"Mas — mas eu não quis danificá-lo — eu não quis!" Ela foi subitamente muito
perto de lágrimas. "Eu não sou um — um bemmon!"
"Volte para a cidade," ele ordenou. "Esta noite traga o livro para a Câmara
Municipal e informe o Conselho o que aconteceu com ele."
Ela engoliu e disse em voz fraca: "sim, pai."
Ela virou e começou lentamente para trás para baixo do Morro, não vendo o
unicórnio como ela passou, a lança sangrenta no final desconsoladamente atrás dela e
sua cabeça pendurada na vergonha.
Ele assistiu ela ir e que era seguro para ele a sorrir. Quando a noite chegou e ela
ficou antes do Conselho, vergonha de levantar os olhos para olhar para eles, ele teria
para ser triste e severo, como ele disse a ela como ela tinha sido confiável e como ela
tinha traído essa confiança. Mas agora, enquanto observava ela descer o morro, ele
poderia sorrir com seu orgulho nela e sei que sua pergunta foi respondida; que a geração
mais jovem tinha perdido nem a coragem nem a lealdade.
***
Julia salvou a vida de uma criança naquela Primavera e quase perdi a ela própria. A
criança estava jogando sob um dossel foi concluída pela metade, quando um vento
repentino, violento atingiu ele e transformou-a em uma armadilha de craqueamento,
quedas de madeiras. Ela chegou a ele na hora de arremessar-lhe a segurança, mas o teto
desabando pego ela antes que ela poderia fazer a sua própria fuga.
Seu peito e garganta foram rasgados pelas extremidades irregulares dos postes
quebrados e para um dia e uma noite, sua vida era uma faísca debilmente cintilação. Ela
começou a reunir na noite de segunda e na terceira manhã que ela foi capaz de falar pela
primeira vez, os olhos escuros e torturados com seu medo:
"Meu bebê — o que ele fez para ele?"
Ela convalesceu lentamente, assombrado pelo medo. Seu filho nasceu cinco
semanas mais tarde e seus medos provaram ter sido infundada. Ele era perfeitamente
normal e saudável.
E com fome — e seios lentamente curas seria secos para semana que vem.
Por uma coincidência que nunca tinha acontecido antes e nunca poderia acontecer
novamente não havia uma única tempo de alimentação mãe adotiva disponível para o
bebê. Havia muitas gestantes, mas apenas três mulheres tinham bebês jovens — e cada
um deles teve gêmeos para alimentar.
Mas havia uma fonte pequena de leite de cabra congelado em gelo casa, suficiente
para ver o jovem Johnny através de até que era tempo para o rebanho de cabra dar leite.
Ele teria que viver em rações curtas até então, mas ele não podia ser ajudado.
***
Johnny foi um mês de idade, quando surgiu a oportunidade para os homens de
Ragnarok para ter seu melhor aliado.
O último dos the unicorns foram indo norte e os caçadores muito já tinham ido. A
estrela azul foi iluminação a noite como um pequeno sol, quando a brisa vem através de
janela na Schroeder trouxe a chiar distante dos unicórnios.
Ele escutou, perguntando. Era um som que não pertenciam. Todo mundo estava com
segurança na cidade, a maioria na cama, e não deve haver nada fora a paliçada para os
unicórnios lutar.
Ele armou-se com a lança e a besta e foi para fora. Ele soltou-se através do portão
leste e foi em direção as sons de batalha. Mais alto quando ele se aproximou, cresceram
mais furiosos, como se a batalha foi atingindo seu clímax.
Ele atravessou o riacho e foi através das árvores além. Lá, em uma pequena
compensação não mais de um quilómetro da cidade, ele veio com a cena.
Um vagabundo solitário estava fazendo um stand contra dois unicórnios. Dois
outros unicórnios no chão, morto e por trás o prowler foi a forma escura de seu
companheiro [deitada na grama. Havia sangue sobre o vagabundo, o starlight azul,
púrpura e regozijo soou em guinchos dos unicórnios, como eles se lançou para ele. Os
saltos do vagabundo eram vacilantes como ele lutou com eles, o último desafio
desesperado de um animal morrendo já.
Ele trouxe o arco e mandou uma saraivada de flechas para os unicórnios. Seus gritos
gloating morreram e eles caíram. O prowler cambaleou e caiu ao lado deles.
Foi sua última de respiração, quando ele chegou, mas na forma como ele olhou para
ele que ele tinha a sensação de que ele queria dizer-lhe algo, que ele estava tentando
viver tempo suficiente para fazê-lo. Ele morreu com o apelo estranho em seus olhos e
não até então ele viu a cicatriz em seu ombro; uma cicatriz como pode foram feita há
muito tempo pelo rip do chifre do unicórnio, um.
Foi o vagabundo que ele tinha conhecido dezenove anos antes.
O solo foi pisado todo por unicórnios, mostrando que os caçadores sitiadas durante
todo o dia. Ele foi para o outro vagabundo e vi que era uma fêmea. Seios mostraram que
ela tinha tido filhotes recentemente, mas ela tinha sido morto pelo menos dois dias. As
pernas traseiras tinham sido quebradas em algum momento, naquela Primavera e eles
estavam ainda só meio curado, torcida e quase inútil.
Em seguida, que foi por isso que os dois foram até agora para trás os outros
caçadores. Caçadores, como lobos, coiotes e raposas da terra, acoplado para a vida e o
macho ajudou a cuidar dos jovens. Ela tinha sido ferida em algum lugar ao sul, talvez
em uma luta com unicórnios, e seu companheiro tinha ficado com ela, como ela
prejudicadas sua maneira lenta ao longo e matou o jogo para ela. Os filhotes tinham
nascidos e, eles tiveram que parar. Em seguida, os unicórnios tinham encontrado e a
fêmea tinha sido muito aleijada para lutar...
Ele olhou para os filhotes, esperando encontrá-los, pisada e morto. Mas eles estavam
vivos, escondido sob as raízes de uma árvore pequena perto de sua mãe.
Filhotes de cachorro vagabundo —vivo!
Eles eram muito jovens, pequeno e cego e indefeso. Ele apanhou-os e sua exaltação
drenado afastado como ele olhou para eles. Eles fizeram pouco sons de fome, quase
inaudível, e mudaram-se debilmente, tentando encontrar os seios de sua mãe e já tão
fraco que eles não poderiam levantar suas cabeças.
Pequenos pedaços de carne fresca foram deixados ao lado de filhotes e pensou de
emoções do que o vagabundo devem ter sido como seu companheiro Lino morto no
chão e ele carne realizada para seus jovens, sabendo que eles eram muito pequenos para
comê-lo, mas impotente para fazer qualquer outra coisa para eles.
E ele sabia por que tinha havido recurso perante o vagabundo como ele morreu e o
que ele tinha tentado a dizer-lhe: salvá-los... como você uma vez me salvou.
Ele levado filhotes volta passado o prowler e olhou para ele de passagem. "Eu vou
fazer o meu melhor", disse ele.
Quando ele chegou a sua casa ele colocava os filhotes na sua cama e construiu um
incêndio. Não havia nenhum leite para lhes dar —, as cabras não seriam jovem pelo
menos mais duas semanas —, mas talvez eles poderiam comer uma sopa de algum tipo.
Ele colocou água para ferver e começou a picar a carne para torná-los um caldo de carne
rico.
Um deles era um macho, o outro uma fêmea, e se ele poderia salvá-los eles lutariam
ao lado dos homens de Ragnarok quando veio a Gerns. Ele pensou que ele iria nomeá-
los como ele trabalhou. Ele nomearia o Sigyn feminino, após a esposa fiel de Loki, que
foi com ele, quando os deuses o condenou a Hel, submundo Teutônica. E ele nomearia
o Fenrir masculino, depois o lobo monstro que iria lutar ao lado de Loki quando Loki
liderou as forças de Hel na batalha final no dia do Ragnarok.
Mas quando o caldo foi preparado e refrigeração suficiente, os filhotes não
poderiam comê-lo. Ele tentou tornando-o mais fraco, tentou fazê-lo misturado com
milho e sopa de erva, erva e milho tentou sopas sozinhos. Eles poderiam comer nada
que ele preparou para eles.
Quando a luz cinza entrou no quarto ele tinha tentado tudo e não tinha. Sentou-se
cansadamente em sua cadeira e assisti-los, derrotado. Eles já não estavam chorando em
sua fome, e quando ele tocou-lhes não se move como haviam feito antes.
Eles seriam mortos antes que o dia acabou e a única chance que homens nunca
tinham tinha que ter caçadores como os seus amigos e aliados seria idos.
Os primeiros raios do amanhecer estavam chegando no quarto, revelando
plenamente a magreza frágil dos filhotes, quando havia um passo fora e voz de Julia:
"Pai?"
"Entrar, Julia," ele disse, não se movendo.
Ela entrou, ainda uma pálida sombra da menina imprudente que tinha lutado um
unicórnio, mesmo que ela foi lentamente recuperando seu estado normal de saúde. Ela
levou o jovem Johnny em um braço, em sua outra mão sua garrafinha de leite. Johnny
estava com fome — nunca houve bastante leite para ele — mas ele não estava chorando.
Crianças de Ragnarok não chorou...
Ela viu os filhotes e os olhos dela saiu.
"Caçadores, caçadores de bebê! Onde você conseguiu-los?"
Ele disse a ela e ela foi para eles, para olhar para baixo para eles e dizer: "se você e
seu pai não tinha ajudado uns aos outros nesse dia eles não seria aqui, nem você, nem
eu, nem Johnny — nenhum de nós nesta sala."
"Eles não vivem fora do dia," ele disse. "Eles têm que ter leite — e não há
qualquer."
Ela chegou para baixo para tocá-los e eles pareciam sentir que era algo diferente.
Eles mexeram, fazendo pequenos choramingando sons e tentar mover suas cabeças para
nuzzle em seus dedos.
Compaixão veio para seu rosto, como uma luz suave.
"Eles são tão jovens", disse ela. "Tão terrivelmente jovem ter que morrer..."
Ela olhou para Johnny e na garrafinha que realizou a sua ração de manhã muito
pequenas de leite.
"Johnny — Johnny —" suas palavras foram quase um sussurro. "Você está com
fome — mas nós não podemos deixá-los morrer. E um dia, para isso, eles vão lutar por
sua vida."
Ela se sentou na cama e colocou os filhotes no colo, ao lado de Johnny. Ela levantou
uma pouco cabeça preta com dedos suaves e uma pequena boca-de-rosa deixou
choramingando como ele encontrou o bocal da garrafa de Johnny.
Olhos cinzento de Johnny escurecida com a tempestade de se aproximar de protesto.
Em seguida, o outro cachorro tocou sua mão, chorando em sua fome, e o protesto
desvanecido como surpresa e algo como compreensão súbita entrou em seus olhos.
Julia retirou a garrafa o primeiro filhote e transferiu para um segundo. Seu choro
cessou e Johnny inclinou-se frente ao tocá-lo novamente e aquele ao lado dele.
Ele fez sua decisão com aprovação de um som e inclinadas para trás contra o ombro
de sua mãe, aguardando pacientemente a sua própria volta e sua presença aceita como
se eles tiveram nascidos seu irmão e irmã.
***
A luz dourada do dia nova brilhou sobre eles, sua filha e neto e os filhotes de
vagabundo, e nele, ele viu o brilhante presságio para o futuro.
Seu papel foi chegando ao fim, mas ele tinha visto o povo de Ragnarok conquistar
seu ambiente, na medida em que o grande inverno nunca iria deixá-lo ser conquistada.
A última geração foi nascendo, a geração que iria cumprir o Gerns, e agora eles teriam
seu aliado final. Talvez fosse o Johnny que levou naquele dia, como o presságio parecia
profetizar.
Ele era o filho de uma linhagem de líderes, nascido de uma mãe que lutou e matou
um unicórnio. Ele tinha ido com fome compartilhar o pouco que tinha com os jovens de
Ragnarok mais orgulhoso e selvagem espécies e Fenrir e Sigyn lutaria ao lado no dia,
ele comandou as forças do inferno-mundo na batalha com o Gerns que pensei que eles
eram deuses.
Poderia esperar ter um líder para coincidir com os Gerns?
Parte 5
John Humbolt, líder, ficou na parede larga paliçada e assisti o sol baixar toque no
horizonte ocidental — longe ao Sul onde havia estabelecido quando ele era criança.
Grande verão acabou e agora, no ano 200, eles já foram três anos em queda grande. Os
Craigs tinham sido intransitáveis com neve por cinco anos e o país na extremidade norte
do planalto, onde o ferro tinha sido encontrado, tinha sido enterrado sob a neve nunca
derrete e geleiras crescentes por vinte anos.
Lá veio o suave tilintar de sinos cerâmicos como o rebanho de leite cabras saiu das
colinas. Duas crianças estavam seguindo e seis caçadores caminharam com eles, para
protegê-los dos unicórnios selvagens.
Não havia muitas das cabras. Cada ano os invernos eram mais longos, que requerem
o armazenamento de uma maior oferta de feno. O tempo viria quando os verões seria
tão curto e tão longos que não poderia acompanhar cabras em todos os invernos. E
então, quando grande inverno tinha fechado nelas, o verão temporadas seria demasiado
curtas para o cultivo do milho laranja. Eles não teriam nada mas a caça.
Eles tinham, ele sabia, chegou e passou o zénite do desenvolvimento do seu
ambiente. De um ponto baixo de quarenta e nove homens, mulheres e crianças em
grutas escuras, eles tinham subido para uma cidade de seis mil. Há alguns anos, eles
tiveram um modo de vida que era quase uma civilização, mas o declínio inevitável já
estava em andamento. Os anos de esterilidade congelado do grande inverno estavam
chegando, e nenhuma quantidade de determinação ou engenho poderia alterá-los. Seis
mil teria de viver pela caça — e cem, no primeiro grande inverno, tinha encontrado
suficiente apenas jogo.
Eles teriam que migrar de duas maneiras diferentes: eles poderiam ir para o Sul
como caçadores nômades — ou eles podem ir para outros, mundos mais justos em
navios que tomaram do Gerns.
A escolha foi muito fácil de fazer, e eles estavam quase prontos.
Na oficina no canto mais distante da cidade o transmissor de hiperespaço estava em
fase de conclusão. A pequena fundição estava esperando para receber o torno e outras
siderúrgicas e transformá-los nos castings para o gerador. Suas armas estavam prontas,
os escarnecedores foram treinados, os caçadores estavam esperando. E no enorme curral
além da cidade quarenta meia-domar unicórnios pisoteados no chão em odiavam do
mundo, o desejo de matar algo. Eles tinham aprendido a ter medo dos homens de
Ragnarok, mas não seria medo de matar Gerns...
As crianças com as cabras chegaram a paliçada e dois dos caçadores, Fenrir e Sigyn,
virou-se para vê-lo em pé na parede. Ele fez um pequeno movimento com a mão e eles
vieram a correr, a saltar acima ao lado na parede de dez metros de altura.
"Para que você tenha vindo a verificar em quão bem os jovens queridos guardam as
crianças?" ele perguntou.
Sigyn lolled fora sua língua e os dentes brancos sorriu para ele em resposta. Em
resposta, Fenrir, sempre o pior dos dois, fez um som em sua garganta.
Caçadores desenvolveram algo como um rapport telepático com seus mestres e
poderiam sentir seus pensamentos e compreender instruções relativamente complexas.
Sua inteligência era maior e de um extremo mais maduro ordem, do que os
escarnecedores pouco, mas suas cordas vocais não eram capazes de fazer com que os
sons necessários à fala.
Ele descansou as mãos sobre os ombros, onde sua pele de ébano foi geado com
cinza. Idade ainda não tinha afetado seu movimento rápido, fluindo, mas eles foram
ficando velhos — eram apenas a algumas semanas, a falta de sua idade. Ele não
conseguia lembrar quando eles não tinham sido com ele...
Às vezes parecia-lhe ele poderia recordar aqueles dias com fome, quando ele e
Fenrir e Sigyn compartilharam juntos no colo de sua mãe, mas provavelmente era
apenas sua imaginação de ter ouvido a história contada assim muitas vezes. Mas ele
poderia lembrar de certos quando ele estava aprendendo a andar e Fenrir e Sigyn,
completo crescido então, andava alto e preto ao lado dele. Ele poderia se lembrar
brincando com filhotes de Sigyn e ele poderia lembrar Sigyn vigiando a todos eles, às
vezes dando seus filhotes, banho e rosto, uma lavagem com igual desrespeito pelos seus
e seus protestos. Acima de tudo ele poderia lembrar os tempos quando ele estava quase
crescido; os dias selvagens, livre, quando ele e Fenrir e Sigyn tinham percorriam as
montanhas juntos. Com um arco e uma faca e dois caçadores ao lado dele, ele sentiu que
não havia nada sobre Ragnarok que eles não poderiam conquistar; que não havia nada
no universo que não poderiam desafiar juntos...
***
Houve uma oscilação do movimento negro e um prowler jovem mensageiro veio
correndo da direção do Conselho hall, um salpico-enfrentado mocker agarrando-se às
suas costas. Ele saltou acima na parede ao lado dele e o mocker, que tinha sido treinado
para lembrar e repetir mensagens textual, respirei tão profunda que suas bochechas
escavado para fora. Ele falou, em uma corrida rápida como uma criança que tem medo,
que ele pode esquecer algumas das palavras:
"Por favor, chegará à sala de Conselho para levar a discussão sobre os últimos
preparativos para a reunião com o Gerns. O transmissor é completo."
***
O torno foi demolido no dia seguinte e a fundição começou a rugir com seu projecto
forçado. Emoção e antecipação correram através da cidade como uma febre. Levaria
talvez vinte dias para construir o gerador, trabalhando dia e noite para que não uma hora
de tempo perdida, quarenta dias para o sinal chegar a Athena e quarenta dias para o
cruzador Gern chegar Ragnarok —
Em cem dias, o Gerns estaria lá!
Os homens que iria participar na luta para o cruzador parar de cortar suas barbas.
Mais tarde, quando foi a vez do Gerns aparecer, eles iriam descartar suas vestes de lã
para os de pele de cabra. O Gerns seria considerá-los como inferiors primitivos no
melhor dos casos e pode ser de vantagem para aumentar a impressão. Faria o despertar
da Gerns um pouco mais chocante.
Uma passagem subterrânea, líder da cidade para a ocultação das madeiras na
distância, há muito tempo havia sido cavada. Por isso as mulheres e crianças iria quando
chegou a Gerns.
Havia uma área de nível do solo, além da parede sul da cidade, onde o cruzador
seria quase certo que a terra. A cidade tinha sido construída com esse pensamento em
mente. Madeiras não estavam muito longe de ambos os lados do local de pouso e
currais de unicórnio foram escondidos neles. Os currais viria a traseira flanqueando o
ataque contra o Gerns.
Os caçadores, é claro, iriam estar disperso entre todas as forças.
***
O gerador foi concluído e instalado na noite do XIX. Charley Craig, um gigante de
um homem cuja barba vermelha deu-lhe uma aparência genially assassina, abriu a
válvula da tubulação de água. A nova turbina de madeira agitou e correias e polias
começaram a girar. O gerador cantarolava, as agulhas dos mostradores subiram cintilou
e estabilizou.
Lake Norman parecia deles Humbolt, seus olhos cinzento pálidos friamente
satisfeito. "Saída completa", disse ele. "Nós temos o poder que precisamos neste
momento."
Jim Chiara foi no transmissor e esperaram enquanto ele jogou switches e estudou
mostradores. Todos os componentes do transmissor tinham sido testado, mas eles não
tiveram o poder testar o conjunto completo.
"É isso", disse finalmente, olhando para eles. "Ela está pronta, após quase duzentos
anos de querer dela."
Humbolt questionou que o sinal deve ser e não vi nenhuma razão por que não deve
ser o mesmo que que tinha sido enviado com tal esperança um trezentos e sessenta e
cinco anos atrás.
"Tudo bem, Jim," ele disse. "Deixe os Gerns saber que nós estamos esperando para
eles — torná-lo 'Ragnarok chamada' novamente."
Sacudiu a chave do transmissor e o sinal de onda de tudo que o Gerns não poderia
deixar de receber saiu a uma velocidade de cinco anos-luz por dia:
Ragnarok chamada — chamada de Ragnarok — chamada de Ragnarok —
Foi o mais longo verão que Humbolt nunca tinha experimentado. Ele não estava
sozinho em sua impaciência — entre todos eles a inquietação inflamado superior como
os dias lentos, arrastados, tornando quase impossível ir sobre suas funções de rotina. Os
escarnecedores suaves sentiu a antecipação de seus mestres para a próxima batalha e
tornaram-se nervoso e apreensivo. Os caçadores sentiu isso e eles passeou sobre a
cidade na escuridão da noite; vendo, ouvindo, em incessante guarda contra o inimigo
misterioso que seus mestres esperaram. Mesmo os unicórnios pareciam sentir o que
estava por vir e rumbled e gritou em seus currais, à noite, olhos vermelhos com o desejo
de sangue e por vezes atacando as paredes de log com golpes que sacudiu a terra.
Os intermináveis dias fui sua sucessão lento e verão deu lugar a cair. O centésimo
dia amanheceu, frio e cinzento, com a aproximação do inverno; o dia do Gerns.
Mas nenhum cruzador veio naquele dia, nem o próximo.
Ele ficou novamente na parede paliçada à noite do terceiro dia, Fenrir e Sigyn ao
lado dele. Ouvia-se o primeiro som escuro, distante do cruzador Gern e ouviu apenas os
gemidos do vento em torno dele.
O inverno estava chegando. Sempre, no Ragnarok, estava chegando o inverno ou a
morte marrom de Verão. Ragnarok foi uma prisão dura e árida, e nenhuma quantidade
de desejo nunca poderia fazer isso caso contrário. Apenas a vinda de um cruzador de
Gern nunca poderia oferecer-lhes a oportunidade sangrenta, violenta, de recuperar a sua
liberdade.
Mas e se o cruzador nunca veio?
Era um pensamento muito escuro e sem esperança, a ser realizada. Eles não estavam
pedindo um grande favor do destino, após duzentos anos de esforçar-se para ele; apenas
a chance de desafiar o Império Gern com arcos e facas...
Fenrir reforçadas, as peles de levantamento sobre seus ombros e um rosnado
silenciado vindo dele. Em seguida, Humbolt ouviu o primeiro sussurro do som; um
estrondoso fraco, distante que não foi o vento.
Ele viu e ouviu, e o som veio rapidamente mais perto, levantando-se em campo e
inchaço no volume. Então ele quebrou através das nuvens, altas e negras e belamente
mortais. Ele andava para baixo sobre seus foguetes das chamas, encher o vale com seu
trovão, e seu coração martelado com Exultação.
Ele tinha vindo — o cruzador tinha chegado!
Ele se virou e caiu dez pés no chão dentro da paliçada. O sinal de alerta foi sendo
soou do centro da cidade; um chifre de unicórnio que deu a chamada que eles tinham
usado em alarmes de prática. Já as mulheres e crianças que ser correndo ao longo dos
túneis que levou à segurança temporária das madeiras além da cidade. O Gerns pode
usar seus blasters de torre para destruir a cidade e todos nele antes da noite acabou. Não
havia nenhuma maneira de saber o que poderia acontecer antes que ele terminasse. Mas
o que quer que fosse, seria a ação que tinham sido querendo.
Ele correu para onde os outros seriam ser reunir, Fenrir e Sigyn loping ao lado dele
e o chifre toque selvagem e selvagem e triunfante, como anunciou o final de dois
séculos de espera.
***
O cruzador estabeleceu-se a terra na área onde ele se esperava a terra, elevando-se
alto acima da cidade com seus blasters de revólver olhando para baixo sobre as casas.
Charley Craig e Lake Norman estavam esperando por ele sobre os passos do altos
de sua própria casa no centro da cidade, onde a elevação deu-lhes uma boa visão do
navio ainda onde as franjas do dossel iriam escondê-los de scanners do navio. Eles
estavam fortemente armados, seus caçadores ao lado deles e seus zombadores sobre
seus ombros.
Noutro lado, sob as linhas conectadas de dosséis escondendo, homens armados
estavam correndo para suas estações prearranged. A maioria deles eram acompanhada
por caçadores, eriçado e rosnando como olharam a nave alienígena. Alguns homens
foram deliberadamente fazendo-se visível não muito longe, cuidando de tarefas sem
importância, com apenas ocasionais e com cuidado desinteressados olhares na direção
do navio. Eles eram a isca, para atrair o primeiro destacamento para o centro da cidade...
"Bem?" Lago normal perguntou, seus olhos pálidos inquietos com sua fome de
violência. "Há em nosso navio — quando tomamos ela?"
"Pouco como podemos obtê-los fora dela," ele disse. "Vamos usar o plano primeiro
tivemos — esperar até que eles enviam uma força total para resgatar o primeiro
destacamento e, em seguida, bater-lhes com tudo o que temos."
Seu mocker preto, -de-nariz-branco foi de pé na porta aberta e observando os
homens apressada e caçadores com interesse preocupado: dica, grande-grande-grande-
grande-neto de mocker que tinha morrido com Howard Lago ao norte do planalto.
Chegou-se para baixo para buscá-lo e conjunto-lo em seu ombro e disse:
"Jim"?
"Os arcos estão prontos", respondeu imitação de agudos na ponta da voz de Jim
Chiara. "Nós vamos preto seus holofotes quando chegar a hora."
"Andy?" ele perguntou.
"O último de nós para esta seção entram agora," Andy Taylor respondeu.
Ele fez sua seleção de todos os subleaders e, em seguida, olhou para o telhado para
perguntar, "tudo pronto, Jimmy?"
Rosto sorridente de Jimmy Stevens apareceu sobre a borda. "Dez bestas são
engatilhadas e esperando aqui. Traga-nos nossos objectivos."
Eles esperaram, enquanto à noite aprofundou-se em perto de Crepúsculo. Em
seguida, a câmara do cruzador deslizou aberto e treze Gerns surgiu, o que, levando-os
usar o uniforme resplandecente de um subcommander.
"Lá vêm eles," disse ele ao lago e Craig. "Parece vai ser capaz de prendê-los aqui e
forçar o comandante a enviar uma força de tamanho. Vamos todos ataque ao som da
trompa e se você pode bater seus flancos traseiros duros o suficiente com os unicórnios
para nos dar uma chance para dividi-los de tal alguns de nós fazer com que o navio
antes que eles percebem na sala de controle que eles deveriam fechar as câmaras
pressurizadas.
"Agora" — ele olhou para o Gerns que vinham em linha reta em direção ao muro de
estacada, ignorando a porta à sua direita — "você seria melhor estar no seu caminho.
Vamos nos encontrar novamente antes de muito tempo no navio."
Fenrir e Sigyn pareciam partir o avanço Gerns lhe pergunta em seus olhos depois
lago e Craig tinham desaparecido, Fenrir rosnando agitada.
"Muito em breve," disse-lhes. "Agora, seria melhor se eles não vêem-lo. Aguarde
dentro, tanto de você."
Eles foram relutantemente dentro, para fundir-se com a escuridão do interior.
Apenas um vislumbre de amarelo ocasional de seus olhos mostrou que eles estavam se
agachou a Primavera apenas dentro da porta.
Ele chamou para o mais próximo desarmado o homem, não é alto o suficiente para
ser ouvido pelo Gerns:
"Cliff — você e Sam Anders vêm aqui. Dizer o resto desvanecer-se fora da vista e
obter armado."
Cliff Schroeder passou o comando ao longo e ele e Sam Anders se aproximou. Ele
olhou para o Gerns e vi que eles estavam dentro de cem pés do — para eles —
unscalable parede da paliçada. Eles vinham sem hesitação —
Um feixe azul pálido amarradas para baixo de uma das torres do cruzador e uma
seção de cinqüenta metros de parede eclodiu em pó com um som como um trovão. O
vento varreu a poeira à parte em uma nuvem gigantesca e a Gerns veio através da
abertura, olhar nem para direita nem esquerda.
"Que, suponho," disse Sam Anders partir ao lado dele, "foi a lição número um para
degenerado selvagens como nós: Gerns, como deuses, não estão a ser dificultada por
barreiras artificiais."
A Gerns andou com uma marcha peculiar que intrigado dele até que ele viu o que
era. Eles estavam tentando vir com o passo militar arrogante que afetaram o Gerns e a
gravidade 1.5 eles foram sucedendo alcançar apenas uma aglutinação pesado.
Eles avançaram progressivamente e à medida que se aproximava mais perto viu que
na mão direita de cada Gern soldado era um blaster enquanto na mão esquerda de cada
um pode ser visto o brilho metálico de cadeias.
Schroeder sorriu em fatias finas. "Parece que eles querem submeter cerca de uma
dúzia de nós a algum questionamento doloroso."
Ninguém mais foi vista em e a Gerns veio em linha reta em direção a três etapas.
Eles pararam de quarenta pés afastado em uma palavra de comando de oficial e Gerns e
homens de Ragnarok trocaram olhares silenciosos; os rostos dos Ragnarok homens
barbudos e inexpressivo, as faces da Gerns sem pêlos e refletindo uma curiosidade
desdenhoso.
"Narth!" O comunicador em falou de cinto do oficial de Gern com autoridade
metálica. "O que eles se parecem? Nós veio duas centenas de anos-luz para ver alguns
legumes animados?"
"Não, comandante," Narth respondida. "Acho que o descarte dos rejeitos duzentos
anos produziu para nós uma recompensa inesperada. Existem três nativos sob o dossel
antes de mim e sua perfeição física e adaptação completa para esta gravidade infernal é
surpreendente".
"Eles poderiam ser usados para substituir máquinas caras em algumas das minas de
mundo exterior", disse o comandante, "fornecendo sua inteligência não é muito,
muitíssimo baixa. Quanto que?"
"Eles podem certamente ser ensinados a executar trabalho manual simples,"
respondeu Narth.
"Get on com seu trabalho," o comandante disse. "Tente pegar alguns dos mais
inteligentes olhando para questionar — não acredito que esses bovinos enviaram que
mensagem e eles vão dizer-nos que fiz. E escolher alguns que jovem, forte para a equipe
médica examinar — que não enrolo e morrem após o primeiro poucos cortes da faca. "
"Nós vai cadeia estes três primeiros," disse Narth. Ele levantou a sua mão em um
gesto imperioso Humbolt e os outros dois e ordenou em acentuados Terrana: "Vem
aqui!"
Ninguém se mudou e ele disse novamente, acentuadamente, "vir aqui!"
Novamente ninguém se mudou e o oficial menor ao lado da Narth disse,
"aparentemente eles não podem mesmo compreender Terran agora."
"Então, vou dar-lhes alguma ação que eles possam compreender," Narth bati, seu
rosto com irritação. "Nós vamos arrastá-los para fora por seus saltos!"
O Gerns avançado propositalmente, três deles Coldrear seus blasters para tornar suas
cadeias pronto. Quando eles tinham passado sob o dossel e não podiam ser vistos o
navio Humbolt falou:
"Tudo bem, Jimmy."
O Gerns congelou em midstride, suspeita piscando em seus rostos.
"Procure no telhado," disse ele em Gern.
Eles olharam, e a suspeita tornou-se espanto escancarado.
"Você pode ser nossos prisioneiros ou você pode ser cadáveres", disse ele. "Nós não
nos importamos que."
O silvo urgente do comando da Narth quebrou sua indecisão:
"Matá-los!"
Seis deles tentaram obedecer, trazendo seus blasters em movimentos que pareciam
curiosamente pesado e lento, como se a gravidade de Ragnarok virou seus braços de
madeira. Três deles quase levantou seus blasters altas o suficiente para disparar nas
etapas a seguir na frente deles antes de setas passaram por suas gargantas. Os outros três
não conseguiu que até agora.
NARTH e as seis restantes foram rigidamente imóveis e ele disse-lhes:
"Soltar seus blasters — rápido!"
Seus blasters bateu no chão e Jimmy Stevens e seus arqueiros escorregou do
telhado. Dentro de um minuto os Gerns foram limitados com suas próprias cadeias, mas
para o oficial, e os engenheiros estavam nas mãos dos homens de Ragnarok.
Jimmy olhou para baixo a linha de Gerns e balançou a cabeça. "Assim que estas são
Gerns?", disse ele. "Era como prendendo um bando de cabras bosques".
"Young ones," Schroeder alterada. "E quase tão perigosa."
Cara da NARTH liberada nas palavras e seus olhos foi para o navio. A visão de
parecia restaurar sua coragem, e seus lábios recuou em um enredo.
"Você tolos — é estúpido, megalomaníaco dung-montes — você acha que você
pode matar Gerns e viva a vangloriar-se sobre ele?"
"Manter a calma," ordenou Humbolt, estudando-o com curiosidade. NARTH, como
todos os Gerns, era diferente do que eles esperavam. Era verdade, o Gerns tinha entrou
na sua cidade, com uma tentativa de arrogância, mas eles eram inofensivos na
aparência, suave do rosto e na barriga e rosnando do Red-faced Narth era como a
arrogância de um roedor scavenger encurralado.
"Prometo-lhe isso," Narth foi violentamente, dizendo "se você não liberar-nos e
voltar nossas armas neste instante eu pessoalmente vou supervisionar o extermínio de
vocês e cada selvagem nesta aldeia com a ciência de morte mais dolorosa pode inventar
e vou —"
Humbolt estendeu a mão e desviou Narth sob o queixo. Dentes da NARTH rachado
alto juntos e seu rosto torcido com a dor de uma língua mordida.
"Amarrá-lo, Jess," ele disse para o homem perto dele. "Se ele abre a boca mais uma
vez, enfiar o pé na mesma."
Ele falou de Schroeder. "Vamos manter três dos the blasters e enviar dois para cada
um dos outros grupos frontais. Que fizeram."
Crepúsculo foi aprofundando na escuridão, e chamou Chiara novamente. "Eles vão
ligar seus projectores qualquer minuto e fazer a cidade como a luz de dia," ele disse. "Se
você pode mantê-los apaguei até alguns de nós têm atingido o navio, eu acho que vou
vencemos."
"Vou ser mantiveram desmaiei," disse Chiara. "Com algumas pontas de sílex setas
para o Gerns."
Ele chamou o lago e Craig, ser dito que eles estavam prontos e esperando.
"Mas estamos tendo inferno mantendo os unicórnios tranquila", disse Craig. "Eles
querem começar a matar algo."
Ele pressionou o interruptor do comunicador, mas estava morto. Eles tinham,
naturalmente, transferidos para algum outro comprimento de onda para que ele não
podia ouvir os comandos. Era algo que ele já tinha antecipado.
Fenrir e Sigyn foram ainda obedientemente dentro da porta, quase frenética com o
desejo de voltar a ele. Ele falou-lhes e eles delimitadas, rosnando em três Gerns
passando e levando-os para branquear a uma cor branco-mortos.
Ele definir dica sobre os ombros do Sigyn e disse, "Sigyn, há um trabalho para você
e fazer na ponta. Um trabalho perigoso. Ouvir — tanto de você... "
Os olhos amarelos de Sigyn e os olhos escuros do mocker pouco olharam para seu
como ele falou com eles e acompanhado suas palavras com as imagens mais fortes,
mais nítida mentais que ele poderia projetar:
"Sigyn, tomar a ponta para a coisa não-homens. Deixá-lo escondido na grama ao
lado do furo grande nele. Dica, você espera lá. Quando os homens não sair você ouvir e
dizer o que eles dizem.
"Agora, você quer entender?"
Sigyn fez um som que significava que ela fez, mas patas de ponta segurava em seu
pulso com pouco frio de repente desapareceu e gemia, "não! Com medo, assustado —"
"Você tem que ir, dica," ele disse, delicadamente desengatar o seu pulso. "E Sigyn
vai esconder próximo a você e cuidar de você." Ele falou a Sigyn. "Quando o corno
chama você correr de volta com ele."
Novamente ela fez o som que significa compreensão e ele tocou os dois no que ele
esperava não seria o último adeus.
"Tudo bem, Sigyn — ir agora."
Ela desapareceu na escuridão da noite vinda, dica, pendurando-se firmemente a ela.
Fenrir ficou com o pêlo levantado nos ombros e meio rosnar no rosto enquanto
observava ela ir e assisti o lugar onde os homens não apareceria.
"Onde está o sardas?" ele perguntou Jimmy.
"Aqui," alguém disse e veio para a frente com o companheiro na ponta.
Ele estabeleceu sardas no ombro e o holofote primeiro veio, brilhando para baixo de
alta até o cruzador. Iluminar-se a área em torno deles em brilho branco duro, sua
reflexão revelando a sombra preta que era Sigyn apenas desaparecendo atrás do navio.
Dois projectores mais veio, para iluminar a cidade. Depois veio o Gerns.
Eles derramaram através da câmara e pela rampa, lá para formar em colunas que
marchou para a frente Gerns como ainda mais apressaram pela rampa atrás deles. Os
projectores brilhavam em seus capacetes de batalha e as lâminas de baionetas aposta nos
seus blasters de longo alcance como rifle. Blasters de mão e granadas penduraram de
seus cintos, juntamente com armas de grossos chama.
Eles eram uma massa sólida, atingindo metade para a paliçada, antes que o último
deles, os comandantes, apareceu. Um deles parou ao pé da rampa para assistir o avanço
da força punitiva e dar a assustada mas fiéis dica as primeiras palavras para transmitir a
sardas:
"Toda a força está a caminho, comandante".
A resposta veio, em simulação de sardas dos tons metálicos do comunicador:
"Os números-chave de the blasters confiscados foram verificados e os raios de
perturbação do mestre integrador definido. Você provavelmente vai ter alguns nativos
deixados vivos para tomar como prisioneiros depois dessas treze acusações explodem
mas continuam com um trabalho que os sobreviventes nunca vão esquecer de limpá."
Assim o Gerns poderia, por controle remoto, definir as cargas totais de blasters
roubados para explodir ao tocar o pino de disparo? Era algo novo, desde os tempos das
antigas...
Ele chamou Chiara e outros grupos, rapidamente, para dizer a eles o que havia
aprendido. "Vamos chegar mais blasters — aqueles que não sabem os números de —
quando atacamos," terminou.
Ele tomou o blaster de seu cinto e colocou-a no chão. As fileiras da frente do Gerns
eram quase a parede por então, uma coluna mais larga que a lacuna que tinha sido
soprada por ele, vindo com determinação silenciosa.
Dois feixes de blaster lanced para baixo de Torres, para quebrar a parede. Poeira
ainda e trovão rumbled como eles varridos ao longo. Um total de trezentos pés de
parede tinha sido destruído quando eles pararam e a poeira escondeu o navio e fez dim
brilhos dos holofotes.
Ele sem dúvida tinha sido destinado a impressioná-los com o poder da Gerns mas
em fazer assim que ele escondeu o Ragnarok forças de Gerns o avanço por alguns
segundo.
"Jim — preto fora suas luzes antes de limpa o pó," ele chamou. "Joe — o chifre!
Vamos atacar agora!"
A primeira seta de longbow atingiu um holofote e seu brilho cresceu dimmer como
ónus da seta — um tubo fino de tinta de árvore grosso lança — salpicado contra ele.
Outro seguido —
Em seguida, a buzina soou, duras e comandando, e ao longe um unicórnio gritou em
resposta. Veio o grito selvagem de um vagabundo, como um som para combinar, e o
ataque estava.
Ele correu com Fenrir ao lado dele e à sua esquerda e direita correu os outros com
seus caçadores. Os grupos de liderança convergiram quando iam através da ampla
abertura na parede. Eles correram, para a nuvem de poeira, e as formas obscuras da
Gerns de repente foram antes deles.
Um feixe de blaster cortar neles e um Gern gritou: "os nativos!" Outros feixes
saltaram para a vida, piscando como olhos azuis pálidos, através da poeira e matando
todos eles tocaram. As vigas caiu como a primeira saraivada de flechas rasgaram através
das fileiras de frente entoadas, ser substituídos por outros.
Carregaram, no azul piscando os blasters e lanças vermelhas das armas de fogo com
as bestas de chocalho e dedilhando na resposta. Os caçadores pulou e lutaram ao lado
deles e pela frente; inferno-criaturas pretas que atingiu o Gerns muito rapidamente para
blaster encontrar antes de gargantas foram rasgadas fora; o som da batalha transformou-
se em uma confusão de fúria rosna, frenéticos gritos e gritos de morte.
Um prowler remate-lhe para se juntar a Fenrir — Sigyn — e ele sentiu a ponta de
dardo acima de seu ombro. Ela fez um som de saudação de passagem, um som que tinha
ido embora como suas mandíbulas fechadas em um Gern.
A nuvem de poeira que limpou um pouco e os projectores olhados para baixo na
cena; não mais brilhante branco mas brilhando através da tinta de árvore rubro-negra
lança como um brilho vermelho-sangue. Uma torre de holofote deslizada fechou e abriu
um pouco mais tarde, a luz limpada. Os arcos imediatamente transformam-a em um
brilho vermelho.
O feixe de dentre os blasters torreta esfaqueado, a blaze um rastro de morte durante
a batalha. Ele deixou como sua própria luz ao comandante Gern revelou que as forças
de Ragnarok eram tão misturadas com as forças de Gern que ele estava matando mais
Gerns do que os homens de Ragnarok.
Então a luta foi tão mão em mão que facas foram melhores do que bestas. O Gerns
caiu como milho colhido; demasiado lento e complicado de usar suas baionetas contra
os homens de Ragnarok mais rápidos e matar como muitos uns dos outros, como os
homens quando eles tentaram usar seus blasters e armas de fogo. Por trás, veio o
comando de um oficial de Gern, gritou alto e magro acima o som da batalha:
"Voltar para o navio — deixar os nativos para blasters do navio para matar!"
Os unicórnios, em seguida, chegaram para cortar a sua retirada.
Eles chegaram a vinte anos do Oriente e vinte do oeste em um trovão de cascos,
gritando e gritando em sua sede de sangue, com caçadores uma onda preta indo antes
deles. Eles atingiu a Gerns; os caçadores cortando pistas através deles enquanto os
unicórnios cobrados por trás, atropelando-os, rasga-los com seus chifres e quebrando-os
com seus cascos como eles ventilada a raiva reprimida de seus anos de confinamento.
Na parte de trás de cada um era um piloto cuja lança longa desviado e esfaqueado na
garganta e barrigas de Gerns.
O retiro foi interrompido e transformado em confusão de trituração. Ele liderou seu
próprio grupo o responsável final, o ataque de prearranged Cunha, e eles se separaram a
força de Gern em dois.
O navio foi de repente apenas para além deles.
Ele deu o último comando lago e Craig: "agora— no navio!"
Ele pegou um blaster ao lado de um Gern caído e correu em direção a ela. Um
oficial de Gern já era da câmara, seu rosto pálido e tenso como ele olhou para trás e sua
mão sobre o fecho. Ele atirou e correu até a rampa como o oficial do corpo rolou isso.
Cascos de unicórnio batem atrás dele e vinte deles varreram do passado, seus pilotos
saltando de costas para a rampa. Vinte homens e quinze caçadores carregadas a rampa
como uma sirene de aviso gritou em algum lugar dentro do navio. Ao mesmo tempo as
câmaras pressurizadas, operadas a partir da sala de controle, começaram a deslizar
rapidamente fechou.
Ele estava em primeiro lugar, com Fenrir e Sigyn. Lago e Craig, juntamente com
seis homens e quatro caçadores, espremido através de mal na hora. Em seguida,
fecharam-se as câmaras pressurizadas e eles foram selados no navio.
Sinos de alarme adicionado seu som para o berrante da sirene e do compartimento
de múltiplos eixos veio o zumbido de elevadores caindo com Gern forças para matar o
homem prendido dentro do navio.
Corriam passado os eixos de elevador sem parar, leve e rápida em gravidade
artificial que foi apenas dois terços do Ragnarok. Eles se separaram forças como há
muito tempo planejadas; três homens e quatro caçadores indo com Charley Craig na
tentativa de tomar o quarto disco, lago e outros três homens indo com ele na tentativa de
levar a sala de controle.
Encontraram a escada de manway e começou a subir, Fenrir e Sigyn
impacientemente apinhamento seus calcanhares.
Não havia nada a nível de sala de controle e eles correram para baixo o corredor
curto que tinham mostrado seus mapas. Eles viraram à esquerda, no corredor que tinha a
sala de controle no seu final e ao fogo concentrado de espera nove Gerns.
Fenrir e Sigyn entrou em Gerns, sob seu fogo antes de eles podem cair os focinhos
de seus engenheiros, com um ataque tão vicioso e inesperado que o que teria sido um
certo e armadilha letal para os seres humanos de repente foi uma chance de lutar.
O corredor se tornou um inferno de vigas blaster que rachou e assobiou como
encontraram e cruzou, jogando pouco microplaquetas do metal das paredes com encaixe
sons e passando por carne com sons como tappings macios. Acabou dentro de segundos,
o último Gern para baixo e um homem ainda de pé ao lado dele, o lago, louro e inerte.
Thomsen e barbeiro foram mortos e Billy West foi apoiando-se contra a parede com
um buraco de blaster através de seu estômago, tentando dizer algo e deslizando para o
chão antes que já foi falado.
E Sigyn foi para baixo, o sangue jorrar e propagação de uma ferida em seu peito,
enquanto Fenrir estava sobre ela com seu rosnando um grito de fúria, ele balançou a
cabeça em busca de uma vida ainda Gern.
Humbolt e Lago correram, Fenrir raging ao lado deles e para a sala de controle.
Seis oficiais, um vestindo o uniforme de um comandante, foram pasmado em
espanto e trazer à tona seus blasters da maneira que parecia tão curiosamente lento de
Humbolt. Fenrir, em sua fúria, matou dois deles como blaster do lago e sua própria
matou três mais.
O comandante foi subitamente sozinho, seu blaster metade levantada. Fenrir saltou
em sua garganta e Humbolt gritou o comando rápido: "desarmar!"
Era algo que os caçadores tinham ensinados na sua formação e dentes de Fenrir
clicado aquém garganta do comandante, enquanto a sua pata enviou o blaster girando
toda a sala.
O comandante olhou-os com a sua cara morena um cinza escuro e sua boca ainda
pasmado.
"Como — como você fez isso?" ele perguntou em forte sotaque Terran. "Apenas o
dois de você —"
"Não falar até você está uma pergunta", disse lago.
"Apenas o dois de você..." O pensamento parece restaurar sua coragem, como vista
do navio tinha restaurado Narth naquela noite, e seu tom tornou-se ameaçador. "Existem
apenas dois de você, e mais guardas vão estar aqui para matá-lo dentro de um minuto.
Render-se para mim e eu vou deixar você ir grátis — "
Lago bateu-lhe com a boca com um sopro indireto que agarrou sua cabeça para trás
em seus ombros e dividir seu lábio.
"Não falar", ele ordenou novamente. "E nunca mentir para nós."
O comandante cuspir um dente e realizada a mão à boca sangrando. Ele não falou
novamente.
Ponta e sardas estavam segurando firmemente a seu ombro e uns aos outros, as
corridas de seus corações como uma vibração, e tocou-lhes tranquilizador.
"Tudo agora — todos seguros agora," ele disse.
Ele chamado Charley Craig. "Charley — você fez isso?"
"Fizemos isso para a sala de unidade — dois nós e um vagabundo," Charley
respondida. "Quanto você?"
"Norman e tenho a sala de controle. Corte seus discos, para jogar pelo seguro. Eu
vou deixar você saber assim que todo o navio é nossa."
Ele foi para o viewscreen e vi que a batalha acabou. Chiara estava deixando o
holofote queimar novamente e caçadores estavam sendo usados para dirigir de volta os
unicórnios do Gerns entregando.
"Eu acho que nós ganhamos", disse ele ao lago.
Mas não havia nenhum sentimento de vitória, nenhum da exaltação que ele pensava
que ele teria. Sigyn estava morrendo sozinho no corredor alienígena fora. Sigyn, que
cuidou ao lado dele e lutou ao lado dele e deu sua vida para ele...
"Eu quero olhar para ela", disse ele ao lago.
Fenrir foi com ele. Ela ainda estava viva, esperando por eles para voltar a ela. Ela
levantou a cabeça e tocou sua mão com sua língua, como ele examinou a ferida.
Não era fatal — não precisa ser fatal. Trabalhou rapidamente, suavemente, para
parar o sangramento que tinha sido drenar sua vida fora. Ela teria que mentir
calmamente por semanas, mas ela iria recuperar.
Quando ele foi feito ele pressionou a cabeça para trás para o chão e disse: "mentira
ainda, menina Sigyn,. até podemos vir a movê-lo Aguarde-nos e Fenrir vai ficar aqui
com você."
Ela obedeceu e deixou-os, o sentimento de vitória e alegria vem a ele na íntegra
então.
Lago ele olhou interrogativamente como ele entrou na sala de controle, e ele disse:
"ela vai viver."
Virou-se para o comandante Gern. "Primeiro, eu quero saber como vai a guerra?"
"Eu," o comandante parecia incerta no lago.
"Apenas diga a verdade", disse lago. "Se você acha que vai gostar ou não."
"Temos todos os planetas, mas própria, a terra", disse o comandante. "Vamos ter,
em breve."
"E os terranos em Athena?"
"Eles ainda — trabalhando para nós lá."
"Agora," ele disse, "você requisitará cada Gern a nave para ir para seus quartos de
dormir. Eles vão deixar suas armas nos corredores fora e eles não vão resistir os homens
que vem a assumir o comando do navio".
O comandante fez um esforço na direção de desafio:
"E se eu recusar?"
Lago respondeu, sorrindo para ele com o sorriso dele que foi não mais do que uma
exibição rápida dos dentes e com a ânsia de selvagem em seus olhos.
"Se você se recusar eu vou começar com os dedos e quebrar todos os ossos de seus
ombros. Se isso não for suficiente vou começar com os dedos e ir para seus quadris. E
então eu vou quebrar suas costas."
O comandante hesitou, suor filmando seu rosto como ele olhou para eles. Então ele
estendeu a mão para ligar o comunicador de todas as estações e dizer para ele:
"Atenção, todo o pessoal: você retornará ao seus bairros ao mesmo tempo, deixando
suas armas nos corredores. Você está condenada a fazer nenhuma resistência quando os
nativos vêm... "
Houve um silêncio quando ele terminou e Humbolt e Lago entreolharam, barbudo e
vestida com peles de animais, mas finalmente em pé na sala de comando de um navio
que era deles; em um navio que poderia levá-los para Athena, a terra, até os confins da
galáxia.
O comandante assisti-los, no rosto o vazio da falta de vontade de acreditar.
"As câmaras pressurizadas," ele disse. "Nós não fechá-los no tempo. Nunca pensei
que você iria ousa tentar tomar o navio — não selvagens em peles de animais. "
"Eu sei", respondeu Humbolt. "Nós foram contando com você para pensar dessa
forma."
"Ninguém esperava que algum de você para sobreviver aqui." O comandante
limpado seus lábios inchados, estremecendo e uma petulância de criança quase entrou
em seu tom. "Você não era para sobreviver."
"Eu sei", ele disse novamente. "Nós já fez questão de lembrar que."
"A gravidade, o calor e o frio e a febre, os animais, porque eles não matá-lo?"
"Eles tentaram," ele disse. "Mas nós lutamos para trás. E tivemos um gol — para
encontrá-lo novamente Gerns. Você deixou-nos em um mundo que tinha sem recursos.
Apenas os inimigos que nos matar — a gravidade, os caçadores, os unicórnios. Então
nós fizemos os nossos recursos. Adaptamos a gravidade que foi suposto para nos matar
e tornou-se mais forte e mais rápido do que Gerns. Fizemos aliados dos caçadores e
unicórnios que deveriam para ser nossos carrascos e usaram esta noite para nos ajudar a
matar Gerns. Então agora temos o navio."
"Sim... você tem o nosso navio." Através da falta de vontade de acreditar no rosto
do comandante e a petulância veio o triunfo da antecipação vingativo. "Os selvagens de
Ragnarok tem um cruzador Gern — mas o que podem fazer com ele?"
"O que podemos fazer com ele?" ele perguntou, quase gentilmente. "Temos
planejado por duzentos anos o que podemos fazer com ele. Nós temos o cruzador e
sessenta dias a partir de agora vamos ter Athena. Que seja apenas o início e você Gerns
vai ajudar-na fazê-lo."
***
Durante seis dias, o navio foi palco de atividade incessante. Homens lotaram,
fazendo perguntas de Gern oficiais e tripulação e calmamente, quebrando os ossos
daqueles que se recusaram a responder ou quem deu respostas que não eram
verdadeiras. Caçadores perseguido pelos corredores, seus olhos amarelos frios
observando cada movimento o Gerns feito. Os escarnecedores pouco começaram a
itinerância do navio à vontade, não é possível mais conter sua curiosidade e confiante de
que os homens e os caçadores não deixaria o Gerns prejudicá-los.
Um mocker foi morto em seguida; o salpico-enfrentado mocker que poderia repetir
mensagens textual. Ele foi até um compartimento de armazenamento onde um Gern foi
trabalhar sozinho e deu-lhe a oportunidade de desabafar com segurança seu ódio de tudo
associado com os homens de Ragnarok. Ele quebrou as costas com uma barra de aço e
jogou, gritando, para o canal de eliminação que levou para o conversor de matéria. Um
prowler ouviu o grito e um instante depois que a Gern gritou; um som que morreu em
sua fabricação como o prowler rasgou sua garganta. Não mais escarnecedores foram
prejudicados.
Um menino de Ragnarok foi morto. Três oficiais de Gern fanáticos roubaram facas
de cozinha e realizado o garoto como refém por sua liberdade. Quando suas demandas
foram recusadas eles cortaram seu coração. Lago encurralado-los alguns minutos mais
tarde e, sem tocar seu blaster, disemboweled-los com suas próprias facas. Ele sorriu
para baixo sobre eles como se contorcia e gemia no chão e seus gemidos foram ouvidos
por um longo tempo pelos outros Gerns no navio antes que eles morressem. Não mais
os seres humanos foram prejudicados.
Eles descobriram que a operação do cruzador era relativamente simples,
basicamente semelhante à operação de navios de Terran, conforme descrito no livro
texto original Lago tinha escrito. A maioria das operações foram realizada por
mecanismos de robô e as operações manuais, voltadas para os reflexos mais lentos de
Gerns, foram facilmente dominadas.
Eles poderiam passar a viagem de quarenta dias para Athena futura aprendizagem e
prática o sexto dia que eles dispostos a afastar-se. Os unicórnios tinham sido dada a
liberdade que eles haviam lutado tão bem para e veículos de reconhecimento foram
emprestados do cruzador para tomar seu lugar. Mais tarde, haveria máquinas e
suprimentos de todos os tipos trazidos por navios do cargueiro da Athena.
Tempo precioso e havia um longo trabalho pela frente. Eles soprado acima de
Ragnarok na manhã do sétimo dia e entraram no mar Negro de hiperespaço.
Então o comandante Gern deixara de qualquer valor a eles. Sua falta de vontade de
acreditar que os selvagens tinham arrancaram seu navio dele havia aumentado até seu
compartimento tornou-se sua sala de controle a ele e ele passou horas rindo e rindo
antes um viewscreen imaginário sobre o qual estavam destruindo blasters do cruzador,
mais e mais, a cidade de Ragnarok e todos os seres humanos nela.
Mas Narth, que queria tê-los torturados até a morte por se atrever a resistir à captura,
tornou-se muito cooperativo. Na sala de controle, sua colaboração foi especialmente
ansiosa. No vigésimo dia de viagem eles deixá-lo ter o que ele estava tentando ganhar a
subterfúgio: acesso ao transmissor quando não homens estavam dentro da distância de
audição. Depois que sua forma mudou abruptamente. Cada dia seu ódio para eles e sua
antecipação secreta tornou-se mais evidente.
O trigésimo quinto dia veio, com Athena cinco dias pela frente — o dia da execução
tinha deixam organizar para eles.
***
Estrelas preenchido viewscreen transdimensional, o sol de Atena no centro.
Humbolt assisti o espaço para o canto inferior esquerdo e a cintilação veio novamente;
um pequeno ponto vermelho que sumiu novamente dentro de um microssegundo, tão
rapidamente que Narth no assento ao lado dele não vê-lo.
Foi a espiada de outro navio; um navio que estava correndo invisível com suas telas
de detector acima, mas que teve de deixá-los cair por um instante a olhar para o
cruzador. Nem mesmo o Gerns nunca tinha sido capaz de conceber uma tela polarizada
detector.
Ele mudou o rumo e a velocidade do cruzeiro, criando um aumento na gravidade
que parecia muito pequena para ele, mas que causou Narth para matou pesadamente em
seu lugar. NARTH endireitado e ele lhe disse:
"Em poucos minutos que vai envolver o navio você enviou."
Mandíbula da NARTH caiu e, em seguida, voltou-se. "Então você espiou em mim?"
"Um dos nossos aliados de Ragnarok fez — o pequeno animal que estava sentado
perto do emissor. Eles são nossos meios de comunicação. Aprendemos que você tinha
arranjado para um navio, em rota para Athena, nos interceptar e capturar-nos."
"Então você sabe?" NARTH perguntou. Ele sorriu, uma torção desagradáveis de sua
boca. "Você acha que saber ajudará qualquer?"
"Nós esperamos que ele," ele respondeu.
"É um navio de guerra", disse Narth. "É três vezes o tamanho deste cruzador, o
navio de guerra mais poderoso e mais novo da frota Gern. Como faz esse som para
você?"
"Soa bem", disse ele. "Nós vamos fazer é nosso carro-chefe."
"Seu carro-chefe — seu 'flagship'!" O último vestígio de pretensão deixou Narth e
deixou seu completo e ódio rankling vêm através de. "Você tem este cruzador por
trapaça e aprendeu como operá-lo após uma moda por causa de uma anomalia de
animal-como reflexa. Por quarenta e dois dias você acidentais mutantes ter dado ordens
aos seus superiores e pensei que você fosse nosso igual. Agora, seu tolo do Paraíso vai
acabar."
O ponto vermelho veio mais uma vez, mais perto, e ele mais uma vez alterado o
curso do navio. Ele tinha ligado o analisador de curso e clicado como posição do
encouraçado correlacionou-se com o de sua aparência anterior. Uma curta linha amarela
apareceu na tela a previsão de seu curso para o futuro imediato.
"E então?" ele perguntou curiosamente, voltando a Narth.
"E, em seguida, levaremos você deixou vivo volta para sua aldeia. As cenas do que
fazemos para você e sua aldeia serão televisionadas para todos os mundos Gern
realizada. Será uma lembrança valiosa para qualquer um que se esqueceram da pena
para resistir Gerns."
O ponto vermelho veio novamente. Ele socou o botão de estações de batalha e o
Conselho respondeu com uma fileira de luzes de prontos.
"Todos os outros Gerns são agora em seus sofás de aceleração", disse ele. "Tira-se
em para manobras de aceleração de alta — nós vamos fazer contato com o navio de
guerra dentro de dois minutos."
NARTH fê-lo, tomar seu tempo, como se fosse algo de pouca importância. "Não
haverá nenhuma manobras. Eles vão explodir a popa e destruir seu carro imediatamente
após o ataque."
Ele firmemente a última tira e sorriu, insultando a garantia no desagrado torcido
dele. "A aparência desse navio de guerra tem muito interrompeu seus planos para
escorar como conquistar heróis entre os escravos em Athena, não tem ele?"
"Não exatamente", respondeu Humbolt. "Nossos planos são um pouco mais amplos
no escopo do que isso. Há dois novos cruzadores Athena, pronta para sair das lojas de
dez dias a partir de agora. Nós vai virar controle de Atena aos seres humanos, é claro,
então vamos dar os três cruzadores e o navio de guerra para trás por meio de Ragnarok.
Lá vai pegar todos os homens de Ragnarok que são nem muito velho nem muito jovem
e vão para a terra. Eles terão rota de treinamento na manipulação de navios. Esperamos
encontrar nenhuma dificuldade em quebrar através das linhas de Gern em torno da terra
e, em seguida, com a adição dos navios terra, facilmente pode capturar todos os navios
de Gern no sistema solar."
"'Facilmente'!" NARTH fez um sorriso de escárnio desdenhoso da palavra. "Você
estava realmente tão estúpido quanto pensar que você freaks biológicos poderia igual
Gern oficiais, que fez uma carreira de guerra espaço?"
"Nós vamos agora superá-las," ele disse. "Uma batalha espacial é um tentando
manter suas vigas de blaster tempo suficiente em uma área do navio inimigo para
romper seus escudos blaster nesse ponto. E, ao mesmo tempo tentar mover e dodge
rápido o suficiente para impedir que o inimigo está fazendo a mesma coisa para você.
Os navios são capazes de acelerações até cinquenta gravidades ou mais, mas o limitator
de aceleração é a proteção que impede que o navio vai em um alto grau de aceleração
ou em uma súbita mudança de direção que iria matar a tripulação.
"Nós de Ragnarok estão acostumados com uma gravidade de um ponto cinco e pode
suportar muito mais elevados graus de aceleração de Gerns ou de qualquer outra raça de
um mundo de gravidade de um. Para podermos tirar proveito do fato de que tivemos a
aceleração limitator este cruzador desconectado."
"Desconectado?" Em conta o desprezo da NARTH desapareceu na consternação
frenética. "Você enganar — você não sabe o que isso significa —você vai mover a
alavanca de aceleração muito longe e matar-nos todos!"
O ponto vermelho cintilou no viewscreen, tremeram e foi de repente um gigantesco
navio de guerra à vista. Ele tocou o controle de aceleração e palavras de próximas da
Narth foram cortadas como seu diafragma cederam. Ele balançou o cruzador em uma
curva e Narth foi batido lateralmente, as correias, cortando-lhe e a carne do seu rosto
puxou desequilibrada pela gravidade. Seus olhos, abaulamento, ficou em branco com
inconsciência.
Os poderosos blasters do encouraçado floresceu como uma fileira de flores azuis
pálidos, concentrando-se na popa do cruzador. Uma sirene de aviso screeched como eles
começaram a quebrar através de escudos do cruzador. Ele caiu na tela do detector que
iria proteger o cruzador de vista, mas não de vigas do blaster e apertou a curva até a
gravidade arrastou-se fortemente no seu próprio corpo.
A sirene de alerta parada como as vigas de blaster do encouraçado foram inofensiva
para o espaço, continuando a seguir o curso de probabilidade em função do curso por
marcadores de destino do encouraçado robô de última posição visível e o cruzador.
Ele levantou na tela do detector, para encontrar o navio de guerra quase exatamente
onde analisadores de curso do cruzador tinham previsto seria. Os blasters do
encouraçado foram ardência sua concentração total do poder de fogo para uma área
atrás e ao lado do cruzeiro.
Eles cederam fora na mira do cruzeiro em sua nova posição e inflamou novamente
um momento depois, chato em popa. Ele caiu na tela do detector e balançou o cruzador
em outra curva, espiral na direção oposta. Como antes, o grito de alarme sirene morrido
como blasters do encouraçado seguido o curso lhes dado pelo curso analisadores e
traçadores de destino que foram construídos para presumir que todos os navios inimigos
foram aceleração-limitator equipado.
O cruzador poderia ter destruído o navio de guerra a qualquer momento — mas eles
queriam capturar sua flagship ileso. A manobra continuou, o cruzador achegar-se para a
batalha. O navio de guerra, em desespero, começou a usar as mesmas táticas de salto e
de esconder o cruzador usado mas foi de pouco proveito — o cruzador de batalha
mudou-se limites de aceleração conhecida e analisadores de curso do cruzador previram
a cada nova posição com uma precisão suficiente.
O cruzador fizeram seu traço final em uma espiral de parafusamento, sua tela de
detector de cintilação e fora. Golpeou-o navio de guerra a uma velocidade
correspondente, com uma batida e toque de metal, como as garras magnéticas fixado o
cruzador como uma sanguessuga ao lado do navio de guerra.
Nessa posição, nem as frente nem popa blasters do couraçado poderiam tocá-lo.
Restava apenas convencer o comandante do encouraçado que mais resistência era inútil.
Isso ele fez com um ultimato simples para o comandante:
"Este cruzador é firmemente presa ao seu navio, o seu limitator de aceleração
desconectado. Suas unidades são de poder suficiente para ambas as naves para a frente
de pressão em um grau muito maior de aceleração que podem resistir a pessoas de
mundos de gravidade de um. Você vai se render ao mesmo tempo ou estamos obrigados
a colocar estes dois navios em uma curva de raio tão curto e uma aceleração tão grande
que você vai ser morto."
Em seguida, ele acrescentou: "se você se render vamos fazer um pouco melhor por
você do que você fez com os seres humanos, duzentos anos atrás — Levaremos você
para Athena."
O comandante, já doente de uma aceleração que teria sido insignificante para
homens de Ragnarok, não tinha escolha.
Sua resposta veio, engasgou com doença de aceleração e a maior doença da derrota:
"Nos rendemos."
***
NARTH recobrou a consciência. Ele viu Humbolt sentado ao seu lado como antes,
com nenhum resgate Gern aglomerando-se em sala de controle com comandos gritou e
desenhadas blasters.
"Onde estão eles?" ele perguntou. "Onde está o navio de guerra?"
"Nós capturou," ele disse.
"Você a capturado — um navio de guerra de Gern?"
"Não foi difícil", disse ele. "Teria sido mais fácil se apenas homens de Ragnarok
tinham sido no cruzador. Nós não queremos acelerar para qualquer peso maior do que o
absolutamente necessário, devido a Gerns sobre ele."
"Você fez isso — você capturou o navio de guerra," Narth disse, seu tom como um
tonto.
Ele molhar os lábios, encarando, como ele contemplou as implicações desagradáveis
dele.
"Você é mutantes de freak que podem capturar um navio de guerra. Talvez você terá
Atena e a terra de nós. Mas "— a animação do ódio voltou para seu rosto —" que boa
vontade ele faz você? Você já pensou sobre isso?"
"Sim," ele disse. "Nós já pensei nisso."
"Você tem?" NARTH inclinou-se para a frente, seu rosto brilhando com a malícia
de seu regozijo. "Você nunca pode escapar as conseqüências do que fez. O Império de
Gern tem os recursos de dezenas de mundos. O Império vai construir uma frota de
navios especiais, uma força contra a qual a tua própria vontade ser nada e enviá-los para
a terra e Athena e Ragnarok. O Império irá esmagar você pelo que você tem feito e se
há sobreviventes de sua raça deixada eles vão encolher antes Gerns para cem gerações
para vir.
"Lembrar que enquanto você está uma postura em seu pouco hora de glória em
Atena e a terra."
"Você insiste em pensar que vamos fazer como Gerns faria," ele disse. "Nós não
demora para fazer qualquer postura. Nós vamos ter uma grande frota, quando deixamos
a terra e nós iremos imediatamente para envolver a frota casa Gern. Eu pensei que você
sabia que íamos fazer isso. Estamos indo para paralisar e capturar a sua frota e, em
seguida, nós estamos indo para destruir seu império".
"Destruir o Império —agora?" NARTH olhou novamente, todo o regozijo ido como
ele viu, finalmente, o fim rápido e inexorável. "Agora — antes de você pode parar —
antes que nós podemos ter uma chance?"
"Quando uma corrida foi condenada a morrer por uma outra raça e luta, luta e
consegue sobreviver de alguma forma, ele aprende uma lição. Ele descobre que ele
nunca mais deve deixar a outra raça estar em posição para destruí-lo. Portanto, esta é a
colheita que você colher das sementes que você semeou no Ragnarok duzentos anos
atrás.
"Você entende, não é?" ele perguntou, quase suavemente. "Há duzentos anos o
Império Gern tem sido uma ameaça à nossa sobrevivência como uma corrida. Agora,
chegou o momento quando nós deve removê-lo."
***
Ele ficou na sala de controle do encouraçado e assisti sol do Athena em viewscreen,
ardente como uma chama branca. Sigyn, totalmente recuperado, foi estendido no chão
perto dele; espasmos e rosnando um pouco em seu sono como ela lutou novamente a
batalha com o Gerns. Fenrir estava passeando no chão, balançando a cabeça preta,
enorme agitada, enquanto a ponta e sardas estavam a analisar com curiosidade fascinada
a coleção de medalhas brilhantes que tinha sido limpado fora da mesa do comandante
Gern.
Lago e Craig deixaram suas estações, tão impacientes como Fenrir e vim para
assistir o viewscreen com ele.
"Um dia mais,", disse Craig. "Nós somos duzentos anos atrasado, mas nós estamos
chegando ao mundo que era para ter sido a nossa casa."
"Nunca é, agora," ele disse. "Qualquer um de nós alguma vez já pensou de que —
que somos diferentes dos humanos e não há nenhum mundo humano jamais poderíamos
chamar casa?"
"Eu pensei," disse o lago. "Ragnarok nos fez diferentes fisicamente e diferentes na
forma como pensamos. Nós poderíamos viver em mundos humanos — mas nós seria
sempre uma raça distante e nunca realmente pertencem lá. "
"Suponho que tenho pensado sobre isso", disse Craig. "E se perguntou o que vamos
fazer quando terminamos com a Gerns. Não estabelecer no Athena ou terra, em um
pouco cabana com um gramado vedado onde seria a aventura para assistir o
tridimensional mostra depois de cada dia em algum emprego seguro, rotineiro."
"Não volta para Ragnarok," disse o lago. "Metais e suprimentos de outros mundos
serão capazes de fazer muito lá, mas a batalha já está ganha. Lá vai ficar apenas o
desenvolvimento pacífico — a construção de uma cidade no Equador para grande
inverno, nivelamento de terrenos, plantação de culturas. Nós poderia nunca estar
satisfeitos com que tipo de uma vida."
"Não," ele disse e sentiu sua própria inquietação mexa em protesto contra a idéia de
estabelecer em algum cofre e seguro ambiente. "Não Athena ou terra ou Ragnarok —
não é qualquer mundo que conhecemos."
"Quanto tempo até que terminamos com o Gerns?" Lago perguntou. "Dez anos? Nós
estaremos ainda jovens em seguida. Onde iremos — todos aqueles que lutaram a Gerns
e todos os que no futuro, que não querem viver as suas vidas no Ragnarok? Onde há um
lugar para nós — um mundo da nossa própria? "
"Onde encontramos um mundo da nossa própria?" ele perguntou e vi as estrelas
nuvens rastejar em direção a eles em viewscreen; caído e ardência e imensa além da
concepção.
"Há uma galáxia para nós explorar", disse ele. "Há milhões de sóis e milhares de
mundos que nos espera. Talvez existam raças lá fora como o Gerns — e talvez há
corridas como estávamos há cem anos que precisam da nossa ajuda. E, talvez, há
mundos lá fora com coisas sobre eles, como nenhum homem jamais imaginadas.
"Vamos, para ver o que está lá. Nossas mulheres vão com a gente e haverá alguns
mundos em que alguns de nós vão querer ficar. E, sempre, haverá mais inquieto que
vêm de Ragnarok. Fora os mundos e os repousos para todos nós. "
"Claro," disse o lago. "Além da fronteira do espaço... onde mais nós nunca
pertenceria?"
Isso foi tudo resolvido, então, e houve um silêncio como o encouraçado mergulhou
através do hiperespaço, o cruzador correndo ao lado dela e seus drives gemendo e como
tinham os drives da constelação de duzentos anos antes de trovão.
A viagem tinha sido interrompida em seguida, e nasceu uma nova raça. Agora eles
estavam acontecendo novamente, a Athena, a terra, até aos confins do Império Gern. E,
para as regiões selvagens, desconhecidas do espaço além.
Aguardado lá seus mundos e lá aguarda seu destino; para ser uma corrida
espalhados por cem mil anos-luz de sóis, de ser um império como a galáxia nunca tinha
conhecido.
Eles, os inquietos, indesejados e esquecidos, os sobreviventes.
A COLHEITA
Nota do editor: eu mencionei, não eu, que Godwin tinha um lado
sombrio para ele? Muito conto que segue, até mais do que "O frio
equações," pode bem merece o título de "o embrenhem história de ficção
científica já escrito." Não sei porque, mas eu amo ele. Talvez seja por
causa do humor irônico que detecto nele. Então novamente, talvez seja
só porque eu sou porcas.

Era tempo de colheita.


O povo do céu esperou onde os últimos vestígios da atmosfera tênues encontraram o
nada do espaço exterior, invisível para as criaturas da terra abaixo que tinha nenhuma
maneira de perceber formas de vida que foram quase pura energia. Harthon e Ledri
esperaram um pouco para além de outros, subindo agitada em cintilante asas no fluxo de
luz do sol.
Por muitos dias, o campo de lançamento tinha envolto o mundo abaixo, turvação e
distorcendo a superfície dela para a percepção das pessoas de céu com a violência de
suas faixas de psico-persuasão. Agora, o campo foi levantado, seu trabalho realizado.
Restava apenas a última pouco de espera antes que o fralings veio; o fralings
irritantemente delicioso, inebriante que encheu o corpo e a mente com um fogo de
cantar, em êxtase...
"Há muitos de nós neste momento", disse Ledri. "Você acha que haverá suficiente
fralings?"
"Claro," Harthon tranquilizou-a. "Há mais do que eles, também, e que aprenderam
como nos enviar tantos como nós precisamos. Haverá mais fralings neste momento do
que nunca."
"A colheita —" pensamento na Ledri era como um suspiro nostálgico. "Que são de
graça! Você se lembra da última uma, Harthon? E a noite nós dançamos para baixo os
moonbeams para atender a fralings a subir, antes que eles já tinham chegado das redes
do Gatherer?"
"Eu me lembro. E depois seguimos o fluxo de sol, até o momento que o mundo e a
Lua foram como uma grande e uma pequena estrela atrás de nós. E nós cantamos... "
"E você. E, em seguida, estávamos com fome novamente e deixamos o fluxo-de-sol
nos levar de volta para a festa onde os outros estavam rindo porque alguém quase
deixou escapar um fraling. Todo mundo estava tão feliz e o mundo e as estrelas eram
tão bonitas. As pobres criaturas para baixo abaixo"— um toque de tristeza veio sobre
ela —" não sabe e nunca sabe como é... "
"Tem que ser assim", disse Harthon. "Você mudaria se pudesse?"
"Oh, não! Eles tem que ficar lá e nós temos que vigiá-los. Mas se eles devem fazer
algo além do nosso controle, os sábios dizem que eles podem fazer algum dia, e então
haveria a última colheita e nunca mais qualquer fralings para nós? "
"Eu sei. Mas isso não pode acontecer por um longo tempo. E isso não é o dia para se
preocupar, um pouco de brilho — não quando a festa começa tão cedo. "
Suas asas tocaram como eles se transformou em sua subida e olharam para baixo
para a grande curva do mundo abaixo. A leste do mar era azul e sem nuvens; o
continente ocidental, indo para a noite e a massa enorme do continente Oriental que sai
a noite. O giro do mundo era visível como eles assistiram; a borda ocidental do
continente ocidental rastejando lentamente na extinção do horizonte.
"As pessoas da terra poderia quando nós estamos assistindo-os como este?" Ledri
perguntou.
"Não. Eles sabem que estamos aqui, mas que é tudo."
"Como é que eles nunca —"
Um pouco sol brilhou em ser o continente ocidental, mais brilhante que o sol real.
Outros seguiram-se, rapidamente; então eles começaram a incendiar a vida no
continente Oriental — dois campos de flores vivas que floresceram rapidamente e foram
embora. Onde tinham sido foram altas, escuras nuvens que subiram mais alto ainda,
inchaço e espalhando, escondendo a terra abaixo.
O Summoner deu a chamada que era como a canção de uma trombeta e aquele que
tinha sido nomeado coletor pronto suas redes distantes.
"Eles estão vindo — o fralings!" Ledri chorou. "Olhar para eles, Harthon. Mas há
tantos"— a preocupação voltou-se para ela —"tantos que talvez esta é a última
colheita."
"Não há que muitos," disse Harthon, e ele Riu de sua preocupação. "Além disso, nós
cuidará hoje à noite?"
A escuridão rápida de seu humor desapareceu e ela riu com ele. "Esta noite vou
dançamos para baixo os moonbeams novamente. E amanhã vou seguimos o fluxo de
sol, mais longe do que nunca."
O fralings aproximava rapidamente, correndo como pássaros de prata brilhantes.
"Eles estão vindo para nós," disse Ledri. "Eles sabem que este é onde deve ir. Mas
como o povo da terra já aprendi de nós?"
"Uma vez, há muitos séculos atrás, um fraling escapou as redes tempo suficiente
para voltar para um pouco. Mas as pessoas fralings e terra não podem se comunicar
muito bem com o outro e as pessoas de terra mal a maioria do que ele tentou dizer-lhes
sobre nós."
O fralings atingiu as redes invisíveis e o produtor deu o comando para desenhá-las
fechadas.
"Let ' s go — os outros já estão começando," disse Harthon, e eles foram com asas
em direção a rede mais perto de piscamento.
"O povo da terra tem um nome para nós?" Ledri perguntou.
"Eles nos chamam de 'anjos', e eles chamam o Gatherer 'Deus'. "
Fralings, finalmente entendendo, estavam tentando freneticamente escapar e o terror
das pequenas era uma assustado, Lamúria de súplica.
"E o que eles chamam o fralings?"
"Chamam-lhes suas almas. Vamos comer os mais pequenos, jovens primeiro — eles
são o melhor e haverá uma abundância para todos. "
QUEBRA-CABEÇA
Nota do editor: na maioria das vezes, porém, histórias de Godwin —
porém sombria situação — são realmente sobre triunfo em face da
adversidade. Aqui, em uma história que também é um verdadeiramente
clássico de ficção científica "problema solver tale", é um esplêndido
exemplo.

Carl Engle ficou de lado como os pilotos preparação Arquivado fora o Argosyna
câmara. Barnes foi o último; gordo e careca e squinting contra o brilho do sol do
Arizona.
"Tudo pronto, Carl," ele disse. "Tinham-nos para verificar e countercheck,
especialmente as unidades".
Engle assentiu com a cabeça. "Bom. Terra de relatórios de controle, o cruzador de
lesma ainda circulando sete cem milhas e eles acho que as lesmas suspeitam algo."
"Malditas centopéias!" Braga, disse. "Eu continuo a dizer que eles são telepáticos."
Ele olhou para seu relógio. Zero hora menos vinte e seis minutos. "Boa sorte, menino e
espero que este Leteano de urdidura do espaço funciona como eles acham que ele vai."
Ele waddled pela rampa de embarque e Engle atravessou a câmara, carrancuda um
pouco como ele jogou os interruptores que iriam retirar a rampa e fechar a câmara atrás
dele. Dúvida de Barnes implícita no sucesso do ônibus espacial urdidura não foi
reconfortante. Se o ônibus não funcionou, a Argosy seria o proverbial local com o
cruzador Slug ansioso para manchá-la bem isso...
Acesso à sala de controle foi acima através da sala que abrigava o vaivém de
urdidura do espaço. Dr. Harding, o físico alto, cerdo-do-campo e seu jovem assistente,
Garvin, olhou brevemente como ele entrou em seguida, voltou sua atenção para seu
trabalho. O computador mestre, emprestado do m.i.t., erguia-se como um refrigerador
colossal muitos marcados ao longo de uma parede. Uma grade de proteção em torno
dela deu um sinal de manter fora contundente e nunca ficou unwatched. Garvin estava
sentado diante dela, os dedos esvoaçando sobre o teclado e o painel de resposta do
computador responder com estranhos símbolos matemáticos.
Ônibus espacial urdidura sentou-se no meio da sala, um cubo de cerca de dois terços
de um metro ao longo da borda, repleta de botões e mostradores e encimado por uma
liga de bola de algum brilho prateado. Dr. Harding estava falando para o comunicador
transdimensional montado ao lado do ônibus.
Engle passou para o computador e esperou fora os trilhos até Gomes terminou com
seu trabalho e se transformou em seu assento para enfrentá-lo.
"A última pergunta de verificação," Gomes disse. "Agora a suar para fora os últimos
vinte minutos."
"Se você tem o tempo, que tal me dizendo sobre o serviço de transporte," disse
Engle, "eu tenho sido mantido no escuro sobre ele; mas pelo que entendi, o ônibus
constrói um campo ao redor do navio, com a bola de prata como o centro do campo, e
neste campo entra em outra dimensão, chamada teia' espaço'. "
"Ah, ela poderia ser descrita dessa forma," Gomes disse, sorrindo um pouco. "Uma
descrição clara não poderia ser feita sem o uso de vários tipos especiais de matemática,
mas você pode dizer que neste campo no espaço normal é como uma bolha de água. A
bolha de ar procura seu próprio elemento, sobe rapidamente até que ele emerge em ar
livre — neste caso, o espaço warp. Esta transição para a urdidura é quase instantânea e o
serviço de transporte automaticamente pára quando a urdidura é totalmente inserida. O
serviço de transporte não é mais necessário; a bolha hipotética não existe mais — tem
encontrado seu próprio elemento e fundiu-se com ele. "
"Eu sei que uma hora de luz de viagem na teia é suposto para ser o equivalente a
vários anos-luz no espaço normal," disse Engle, "mas quando você quiser voltar para o
espaço normal?"
"O processo original é simplesmente invertido: o serviço de transporte cria uma
bolha que não pode existir na teia e procura o seu próprio elemento, o espaço normal."
"Eu vejo. Mas se o serviço de transporte deve — "
Ele nunca completou a pergunta. Dr. Harding caminhou sobre os olhos azuis e
piercing sob as sobrancelhas ferozes como ele fixa-los nele. Ele falou sem preâmbulo:
"Você percebe a importância deste voo de teste com o serviço de transporte, é claro?
Totalmente além da nossa sobrevivência pessoal o cruzador Slug interceptar-nos."
"Sim, Senhor," ele respondeu, sentindo a questão sugeriu um parecer ainda mais
baixo de sua inteligência do que ele pensava Harding realizado.
Urdidura do espaço de projeto existia com a finalidade de enviar a Argosy para
Sirius por meio de um ônibus espacial urdidura e trazendo de volta o Thunderbolt pelo
mesmo método rápido. O Thunderbolt, primeira perto a luz-velocidade do terra
interestelar navio, era um navio enorme; armados, blindados e invencível. Ele tinha sido
construído para atender cada perigo concebível que pode ser encontrado na exploração
interestelar — mas o perigo tinha vindo para o sistema solar da direção da Capella, nove
anos após a saída do Thunderbolt. Oito cruzadores das coisas como centopéia polpudas,
dez-pé chamadas lesmas metodicamente tinham destruído as colónias em Marte e
Vênus e estabeleceram seus próprios postos lá. As defesas de terra da Terra tinham o
inimigo na baía, além da atmosfera um ano porém tal defesa não poderia ser mantida
indefinidamente. O Thunderbolt impunha-se rapidamente e seus drives não poderiam
trazê-lo em menos de dez anos...
"Nós iremos em teia muito além da atmosfera", disse Harding. "A transição não
pode ser feita dentro de uma atmosfera. Desde uma velocidade moderada muito espaço
normal do navio será transformada em uma velocidade maior que a luz quando na teia, é
desejável que fazem o turn-over e desacelerar a uma velocidade muito baixa antes de
entrar na teia."
"Sim, Senhor," ele disse. "Foi informado em que parte e eu vou trazer-nos perto de
uma parada como que permitirão cruzador."
"Vai haver comunicação entre nós durante o vôo", disse Harding. "Eu lhe darei mais
instruções quando tornam-se necessárias."
Ele virou-se com um ar de despedimento. Engle passou para a escada na parede. Ele
subiu até ele e através da câmara de interroom, fechamento da câmara atrás dele; a
segurança de rotina medir no caso de qualquer quarto individual foi puncionado. Ele foi
para o quadro com um vago ressentimento roendo pela primeira vez no seu
normalmente plácida boa natureza.
Na medida em que Harding estava preocupado — e Garvin, muito — ele também
poderia ter sido um babuíno invulgarmente inteligente.
***
Zero hora veio e o Argosy levantada até que a terra era uma bola enorme, curva
abaixo e as estrelas eram pontos brilhantes de luz em um céu negro. O cruzador Slug
girado para interceptá-lo dentro do primeiro minuto de voo, mas parecia mover-se com
lentidão anormal. Deve foram deixando toda a velocidade, e não era...
"Na algo up," controle de solo, disse. "Ele está vindo demasiado lentamente."
"Eu vejo que," ele respondeu. "Ele deve ser cobrindo algo além dele, sua sombra
radar."
Ele foi. Quando ele estava quase livre dos últimos vestígios da atmosfera viu o
cruzador, agora fora e escondido do radar do controle de terra pela sombra radar por
primeiro.
Ele relatou, dando sua posição e o curso como dado a ele pela unidade de
astrogating do robô.
"Vamos ter a maior parte do tempo se eu fizer o turn-over agora e desacelerar,"
terminou.
A voz de Harding veio através do alto-falante auxiliar:
"Fazê-lo."
A Argosy balançou, final para final, e ele desacelerou. O cruzador atrás dele
aumentou sua velocidade, certificando-se de que ele estaria em posição de cortar
qualquer retorno à terra. O outro cruzador alterou seu curso para se cruzam o ponto no
espaço a Argosy logo iria ocupar, e o Argosy foi entre a fechar rapidamente mandíbulas
de uma armadilha.
Ele fez relatórios para controle de terra a intervalos de um minuto. Em 11:49 disse:
"Nossa velocidade se aproxima de zero. Estaremos dentro do alcance do blasters do
cruzador segundo em dois minutos a mais."
Harding novamente lhe falou:
"Vamos em teia agora. Não alterar a desaceleração ou o curso do navio enquanto
estamos na teia.
"Não," ele disse.
Houve um ligeiro murmurar do auto-falante auxiliar como Harding deu algumas
instruções de Garvin. Engle teve um último olhar viewscreen; a terra azul-verde
iminente grande no centro, Orion e Sirius brilhante acima e o sol queimando brilhante e
amarelo à direita. Foi uma cena que ele tinha observado muitas vezes antes, tudo muito
familiar e normal —
O cronômetro tocou 11:50 e normalidade desapareceu.
Terra e sol e estrelas fugiram longe dele, alterando na aparência, como eles foram,
encolhendo, encolhendo. Os mares e os continentes da terra entrou em erupção e
sacudiram e fervida antes que a terra se desvaneceu e desapareceu. O sol mudado de
amarelo para verde para azul, para um pequeno ponto de luz violeta brilhante que correu
a distância para a escuridão da tela de preenchimento e desvaneceu e desapareceu, como
tinha feito a terra.
Então o viewscreen era preto, preto, totalmente, completamente, morto. E o
comunicador que tinha ligado ele com controle de solo foi silencioso, sem o menor
sussurro de som de fundo ou espaço estático.
No silêncio a voz de Harding como ele falou com Gomes veio através do alto-
falante; Intrigado, incrédulo, quase chocado:
"Nossa velocidade não poderia ter sido muito grande —e sol recuou em
ultravioleta!"
Houve o som rápido do apressando passos então o som mais distante das teclas do
computador a ser operado em uma velocidade muito alta. Ele queria perguntar o que
tinha dado errado, mas ele sabia que ninguém iria responder-lhe. E seria uma pergunta
inútil — era óbvio de tom de Harding, que ele não sabia, tampouco.
Ele tinha uma sensação desagradável que primeiro empreendimento de homem em
outra dimensão havia produzido resultados catastróficos. O que tinha causado o sol e
terra a desaparecer tão rapidamente — e que força teve riven e desfigurado a terra?
Então, ele percebeu a importância da instrução de Harding sobre o recuo em
ultravioleta do sol.
Se o navio tinha sido viajando a uma velocidade alta, longe do sol, o comprimento
de onda da luz do sol teria sido aumentaram proporcionalmente a velocidade do navio.
O sol deve ter desaparecido no final uma onda infravermelha do espectro, não o
ultravioleta de onda curta.
Com o pensamento veio a explicação da forma como os continentes e oceanos da
Terra tinham tremia e fervia. O deslocamento da faixa de espectro tinha encurtado raios
normalmente visíveis em radiações ultravioletas invisível curtas, enquanto ao mesmo
tempo anteriormente invisíveis radiações de infravermelhas longo tinham sido
encurtadas em comprimentos de onda visíveis. Tinha havido um deslocamento contínuo
em e passado a radiação ultravioleta e cada comprimento de onda refletiria melhor a
partir de um lugar diferente, montanhas, vales, oceanos, desertos, áreas quentes, áreas
legais — e a constante progressão em ultravioleta tinha revelado cada área em rápida
sucessão e tendo em conta a aparência do movimento agitado.
Assim, não havia nenhuma catástrofe e tudo tinha uma explicação lógica. Exceto
como eles poderiam ter sido aproximando um sol que tinha visto claramente,
visivelmente, corridas longe deles.
"Engle —" a voz de Harding veio através do alto-falante. "Nós vamos voltar para o
espaço normal para fazer uma outra observação. Não sei apenas onde estamos, mas
temos a certeza de ser longe os cruzadores. Não alterar nosso curso ou velocidade.
"Sim, Senhor," ele disse.
Eles saíram do urdume em 11:53. O comunicador burped repente e viewscreen veio
à vida; um vermelho profundo, maçante que iluminou-se rapidamente. Um pequeno
carvão inflamou-se, inchaço em tamanho e mudando de vermelho para laranja para o
amarelo-sol. Terra apareceu como um ponto vermelho nebuloso que ampliado e
resolveu-se em um planeta com continentes distorcidas que tremeram e mudou, para
retomar suas formas naturais e cores. Dentro de alguns segundos, que o sol estava
brilhando como nunca, a terra apareceu grande e verde-azulado antes deles e as estrelas
de Orion brilharam inalterados além. Mesmo sua posição no espaço era a mesma — eles
não tinham movido.
Mas os cruzadores de lesma.
Um era muito próximo e do seu porto frente veio o embaçamento violeta que
sempre precedido de um feixe de blaster. Não havia tempo para escapar — nenhuma
chance em tudo. Ele falou para o mike, duro e urgente:
"Na teia! Há um feixe de blaster vindo —mover! "
Houve um silêncio de abaixo que parecia a última uma eternidade e, em seguida, o
som de um interruptor sendo esbofeteado apressadamente. Ao mesmo tempo, a névoa
violeta antes do cruzador eclodiu no fogo azul e o feixe de blaster lanced fora neles.
Pareceu-me em algum lugar da popa. Saiu a agulha de saída de potência balançou
jerkily como os geradores e as baterias de emergência levou a carga pesada da operação
do ônibus espacial. Havia uma sensação de queda como unidades de gravidade artificial
do navio deixadas de funcionar. O alto-falante auxiliar sacudiu sem palavras e houve
um som como uma corrida difícil de vento através dele, acompanhado de sons batendo
rápidos.
Então o orador foi ainda e não havia nenhum som de qualquer tipo como viewscreen
deslocado para a radiação ultravioleta e terra e estrelas e o sol mais uma vez correram
fora e desapareceram na escuridão.
***
Uma infinidade de luzes acima que o Conselho informou-lhe que os geradores
foram destruídos, a secção de popa crivada e mal ventilada, as baterias de emergência
danificado e reduziram a carga de quarto, a sala de transporte furada e mal ventilada.
E, claro, Harding e Garvin estavam mortos.
Ele sentiu uma onda de raiva fútil. Ele tinha sido desnecessário. Se apenas eles não
tinham considerado ele incompetente encarregadas de nada mais do que a operação do
navio-se apenas tinham instalado um interruptor de emergência para o transporte por
sua placa de controle, não teria havido o atraso de dois segundos, seguindo sua ordem e
teriam sido com segurança na teia antes o feixe do blaster.
Mas eles não tinham confiança dele com responsabilidade e agora ele estava sozinho
em uma urdidura do espaço que ele não entendeu; única e total responsabilidade para o
transporte de repente em suas mãos.
Ele considerou o seu curso de ação e, em seguida, entrou em um terno de pressão.
Ímãs nas solas das suas pesadas botas permitiu caminhar na ausência de gravidade e ele
foi para a câmara de interroom e desceu o que tinha sido parede da sala, então através
do centro do seu piso.
Mas, para o fato de lá foi ninguém na sala, era como última tinha visto ele. O
serviço de transporte, computador e outros equipamentos em suas posições ordenadas
com sua iluminada disca inalterado. Até que um olhou para o gash rasgado no casco e
viu as manchas ao longo de sua borda, onde os ocupantes tinham sido arremessados
através pelo ar escapando.
Ele passou para a próxima sala e no próximo. O dano aumentado, partiu em direção
a popa. Os geradores de energia foram cortados em fitas e baterias de emergência em tal
condição, parecia um milagre que eles estavam funcionando em todos. As unidades
receberam o maior dano; eles eram uma irreconhecível massa de destroços.
Ele fez seu caminho de volta para a sala de transporte, lá para avaliar sua situação.
Primeiro, ele teria que fazer o serviço de transporte quarto habitável; sai do terno de
pressão. Ele teria que pergunta o computador e ele não poderia fazer isso com as luvas
grossas, desajeitadas em suas mãos.
O trabalho não levou muito tempo. Havia placas de reparação do navio e um
pulverizador de plástico de endurecimento rápido. Ele fechou a câmara sternward,
quando ele foi feito e abriu a câmara levando para a sala de controle, bem como os
fechamentos além. Ar encheu a sala de transporte, com apenas uma total perda de
menor pressão de ar. Removido o terno, anexado a um par de solas magnéticas para
seus sapatos, assim que ele poderia operar as teclas do computador sem os movimentos,
mandando-o afastado de flutuação e foi para ele.
Ele nunca tinha sido autorizado a tocá-lo antes, nem mesmo estar perto o suficiente
para ver o que se parecia com o teclado. Agora, ele viu que a parte alfabética do teclado
foi menor em comparação com a parte de matemática, muitos dos símbolos estranhos a
ele.
A operação de uma nave interplanetária exigia um certo conhecimento de
matemática, mas não é o tipo usado pelos físicos teóricos. Ele digitou, mesmo:
SÃO CAPAZES DE RESPONDER ÀS PERGUNTAS APRESENTADAS DE
FORMA NÃO-MATEMÁTICO?
A palavra, sim, apareceu uma vez no painel de resposta e alívio veio a ele como o
levantamento de uma carga pesada.
O computador sabia tanto sobre a urdidura do espaço como Harding, ou qualquer
outra pessoa. Ele estava conectado com seus controles de movimentação e instrumentos
e sabia até que ponto, quão rápido e em que sentidos o voo tinha ocorrido. Tinha ainda
sido dado plantas da construção do navio, no caso da estrutura do navio deve afetar o
desempenho do navio na teia e sabia que cada porca, parafuso, placa e dimensão no
navio.
Era suposto para ser um certo método de procedimento quando questionando o
computador. "Ele sabe — mas ele não pode pensar," Gomes tinham disse uma vez. "Ela
não tem a iniciativa de correlacionar os dados e chegar a conclusões, a menos que o
procedimento de correlação é dado em detalhes."
Talvez ele conseguia esboçar algum método de correlação para o computador. Os
factos da sua situação eram bastante simples:
Ele estava em meio desconhecido, chamado "a urdidura do espaço". Algo não
previsto ocorreu quando um navio entrou na teia e que Harding não tinha ainda
resolvido o mistério quando ele morreu. Os físicos em observação seria capazes de
encontrar uma resposta, mas ele não poderia perguntar-lhes. O movimento do navio não
foi transferido com ele na teia e se ele saiu para o espaço normal a espera Slug
cruzadores iriam desintegrar-se-lhe antes ele falou três palavras para observação.
Havia um lápis e um comprimido de papel pelo computador. Ele usou-os para
calcular o tempo em que a carga nas baterias danificadas atingiria uma baixa crítica,
além de que a carga seria insuficiente para ativar o serviço de transporte.
A resposta foi 13:53. Ele teria que sair do urdume em 13:53 ou permanecer nela
para sempre. Ele tinha muito menos de duas horas agir.
Ele digitou a primeira pergunta para o computador:
QUAL É A POSIÇÃO DESTE NAVIO RELATIVO AO ESPAÇO NORMAL?
A resposta apareceu no painel ao mesmo tempo; as coordenadas de uma posição
mais do que um ano-luz em direção de Ophiuchus.
Ele olhou para a resposta, sentindo-se deve ser um erro. Mas não poderia ser um
erro — o computador não fazer erros. Como, então, poderia o navio ter viajado mais de
um ano-luz durante sua segunda estadia na teia quando ele não tinha movido a todos
durante a primeira estadia? Algum fator da urdidura desconhecida lhe entrou a imagem?
Como uma verificação ele digitou uma outra pergunta:
QUAL FOI A NOSSA POSIÇÃO, RELATIVA AO ESPAÇO NORMAL,
IMEDIATAMENTE ANTES DESSE NAVIO FOI TRANSPORTADO PARA FORA
DA TEIA?
A resposta foi uma luz de posição-dias para Ophiuchus.
Ele digitou: impossível.
O computador respondeu: este conflitos declaração com dados anteriores.
Ele lembrou a importância de manter o computador livre de todos os dados com
defeito ou obscuros e digitei rapidamente: cancelar declaração conflitantes.
CONFLITO instrução cancelada, ele respondeu.
Ele tentou um outro rumo. ESTE NAVIO QUE EMERGIU A URDIDURA DO
ESPAÇO PARA A MESMA POSIÇÃO DE ESPAÇO NORMAL ELE TINHA
OCUPADO ANTES DE ENTRAR NA TEIA.
Ele pensou que o computador iria avançar para dar-lhe algum tipo de explicação.
Em vez disso, ele respondeu jogos: dados reconhecidos.
Ele digitou: explicar esta DISCREPÂNCIA entre espaço WARP e NORMAL
espaço posições.
Ele respondeu: insuficiente para conta para a DISCREPÂNCIA de dados.
Ele perguntou: como você determinar nossa posição actual?
Ele respondeu: por TRIANGULAÇÃO, BASED ON a recessão da terra, o sol,
SIRIUS, ORION e outras estrelas.
MAS o sol RECEDING entrou em ultravioleta, objetou.
Novamente, ele respondeu com a evasiva, dados reconhecidos.
VOCÊ JÁ TEVE ESTE DADOS? Ele perguntou.
SIM.
EXPLICA POR QUE O SOL RECEDING DESLOCADO PARA
ULTRAVIOLETA EM VEZ DE INFRAVERMELHO.
Ele respondeu: dados insuficientes para chegar à explicação lógica.
Ele pausou, ponderando a sua próxima jogada. Estava em alta velocidade pelo
tempo e ele estava aprendendo nada de valor. Ele teria que mover o navio para algum
lugar na teia onde surgimento no espaço normal seria não colocá-lo sob os blasters de
cruzadores Slug. Ele não poderia saber onde mover o navio até que ele sabia onde o
navio estava no presente. Ele não acreditava em posição, dada a ele pelo computador, e
sua posição original de urdidura de espaço certamente não tinha sido um dado pelo
computador.
O computador não tinha a capacidade de usar seu conhecimento para explicar os
dados contraditórios. Ele tinha sido ordenado para calcular a sua posição de urdidura do
espaço por triangulação de retração sol e as estrelas e não foi perturbado pela mudança
contraditórias do sol em ultravioleta. Suponha que haviam sido encomendado para
calcular sua posição por cálculos com base na mudança do espectro do sol e das estrelas
em ultravioleta?
Ele perguntou a ele: o que é a nossa posição, ignorando o TRIANGULAÇÃO e
baseando seus cálculos ON THE SHIFT do espectros de THE SUN e ORION no
ultravioleta?
Deu-lhe as coordenadas de um anos-luz quase dois posição em direção a Orion. Os
cálculos de triangulação tinham mostrado o navio estar indo para trás muitas vezes a
velocidade da luz; os cálculos de espectro-shift mostrou que estar indo para a frente com
aproximadamente a mesma velocidade.
ESTE NAVIO NÃO PODE SER SIMULTANEAMENTE EM DUAS POSIÇÕES,
TRÊS ANOS-LUZ DISTANTE. NEM PODE ELE SIMULTANEAMENTE ESTAR
INDO PARA A FRENTE E PARA TRÁS.
DADOS reconhecidos, ele concordou.
USO QUE DADOS PARA EXPLICAR AS CONTRADIÇÕES DAS DUAS
POSIÇÕES VOCÊ CALCULADO.
DADOS insuficientes para chegar à explicação lógica, ele respondeu.
VOCÊ ESTÁ CERTO DE QUE HOUVE ERRO EM SEUS CÁLCULOS?
NÃO HAVIA NENHUM ERRO.
VOCÊ SABE QUE SE NÓS DEIXAMOS CAIR PARA TRÁS NO ESPAÇO
NORMAL, É EM NENHUMA DAS POSIÇÕES QUE VOCÊ ME DEU?
Ele respondeu com a sinceridade característica: dados mostra nossa duas posições a
ser aqueles dado.
Ele pausou novamente. Ele ainda estava chegando a lugar nenhum enquanto tempo
fugido. Como rapidamente menos de cem minutos poderia passar quando estavam todos
um homem havia deixado para ele...
O computador era um gênio com a iniciativa mental de uma criança imbecil. Poderia
encontrar a resposta para ele, mas primeiro ele teria que levá-lo pela mão e conduzi-lo
na direção certa. Para fazer o que ele teria que saber mais sobre a urdidura.
Ele escreveu: explicar a natureza do espaço WARP AS simplesmente AS possíveis
e sem usando matemática superior do que álgebra.
Ele imediatamente respondeu: isto não pode ser feito.
O cronógrafo Leia 12:30. Ele digitou:
ESTE NAVIO VAI TER QUE VOLTAR DO ESPAÇO NORMAL TARDAR
13:53. ELE DEVE SER MOVIDO PARA UMA POSIÇÃO DIFERENTE AINDA NA
TEIA.
DADOS reconhecidos, ele respondeu.
ESTE NAVIO NÃO PODE OCUPAR DUAS POSIÇÕES AO MESMO TEMPO.
SEUS ARQUIVOS DE MEMÓRIA DEVEM CONTER DADOS SUFICIENTES
PARA QUE VOCÊ POSSA ENCONTRAR A EXPLICAÇÃO DESSE PARADOXO
DE DUAS POSIÇÕES. ENCONTRAR ESSA EXPLICAÇÃO.
SUBMIT método de procedimento, ele respondeu.
NÃO SEI COMO. VOCÊ TERÁ PARA CHEGAR À EXPLICAÇÃO SEM
AJUDA.
Isto não pode ser feito, ele respondeu.
Ele escreveu, com curiosidade mórbida:
SE VOCÊ NÃO ENCONTRAR A RESPOSTA SOZINHA VOCÊ SERÁ
DESTRUÍDO JUNTO COMIGO EM 13:53. VOCÊ NÃO DÁ A MÍNIMA?
Ele respondeu: GIVE A DAMN é A semântica expressão eu não entendo.
ESCLARECE A QUESTÃO.
Ele saiu da cadeira do computador e andou sobre o quarto agitada. Ele passou pelo
viewscreen transdimensional e comunicador e pressionado o botão de sinal do
communicator. Um seletor cintilou em troca, mostrando seu sinal estava saindo, mas
não havia nenhum som em resposta. Se apenas ele poderia fazer contato com os
cérebros em observação —
Ele era percorrer bilhões km East of the sun e percorrer bilhões quilômetros a oeste
do sol. Ele estava correndo mais rápido que a luz em duas direções diferentes ao mesmo
tempo e ele estava sentado imóvel sob os blasters de dois cruzadores de lesma.
Outro pensamento veio a ele: mesmo se ele poderia mover o navio enquanto na teia,
onde ele poderia ir?
Ele teria que vão muito além dos limites exteriores do sistema solar para escapar a
detecções pelos cruzadores Slug. E a que distância o sol seria apenas uma estrela
amarela, incapaz de dinamizar as unidades de energia solar a pouco. Ele não viveria
muito tempo depois que o último do poder foi drenado das baterias e o equipamento de
regeneração de ar deixou de funcionar. Ele não teria coragem mesmo sono, em direção a
última. Não havia nenhum correntes de convecção no ar de um navio sem gravidade, e
era imperativo que o ar circular constantemente. Os ventiladores de circulação de ar que
parem de funcionar enquanto o navio ainda continha ar puro, mas ele teria que mover
continuamente a respirar aquele ar. Deve ele deitar-se para dormir ele iria sufocar a
morte em uma bolha de dióxido de carbono de sua própria fabricação.
Se ele conseguiu emergir no espaço normal em algum momento apenas fora da
atmosfera terrestre, para além da gama de cruzadores, seu navio driveless descerá como
um meteoro flamejante. Se, por algum milagre, ele poderia surgir no espaço normal
apenas alguns centímetros acima do espaço-campo seria a materialização em espaço já
ocupado pelo ar. Tal uma materialização seria simultaneamente fatal para ele e para os
componentes eletrônicos do computador e serviço de transporte.
E se ele não se move o navio, os cruzadores Slug iriam desintegrar-se-lhe. Ele tinha
quatro escolhas hipotéticas de sua maneira de morrer, todos igualmente desagradáveis.
Ele sorriu wanly para seu reflexo no metal luminoso ribeirinhos viewscreen e disse:
"irmão — você tive-o!"
***
Ele foi para a sala de controle, lá para escovar os dedos entre os botões de controle
inútil e olhar para o viewscreen que revelou nada só preto e sem limite.
Qual foi a teia? Com certeza ele deve ter leis físicas definitivas de algum tipo. Era
difícil imaginar qualquer tipo de existência — até mesmo o preto nada a teia — como
sendo totalmente sem regra ou razão. Se ele conhecia as leis a teia que ele pode
encontrar meios de sobrevivência até então escondido dele.
Havia apenas uma maneira que ele poderia aprender sobre a urdidura. Ele teria que
pergunta o computador e continuar questionando até que ele aprendeu ou até que seu
tempo acabou.
Ele voltou para o computador e considerada sua próxima pergunta. O computador
tinha calculado suas posições a partir de observações do sol e outras estrelas na frente
do navio — o que revelaria semelhantes cálculos baseados em observações das estrelas
atrás do navio? Ele digitou:
USE PRIMEIRO O MÉTODO DE TRIANGULAÇÃO E, EM SEGUIDA, O
MÉTODO DE ESPECTRO-SHIFT PARA DETERMINAR A NOSSA POSIÇÃO A
PARTIR DE OBSERVAÇÕES FEITAS DAS ESTRELAS DE OPHIUCHUS.
As respostas apareceram. Eles mostraram o navio a ser acelerando simultaneamente
longe Ophiuchus e em direção a ela.
Ele perguntou: fazer estas duas posições coincidem com aqueles resultantes do
observações de ORION?
Sim, ele respondeu.
Era o paradoxo limitado à linha de vôo?
Ele pediu o computador: o que é a nossa posição, curso e velocidade AS indicado
pelo estrelas em PERPENDICULAR ao nosso curso para diante-para trás; PELAS
ESTRELAS DA URSA MENOR E CRUX?
A resposta apareceu no painel: o navio estava competindo sideward através da
urdidura em duas direções diametralmente opostas, mas em apenas um terço da
velocidade com a qual ele estava correndo para a frente e para trás.
Agora, o navio tinha quatro posições impossíveis e duas velocidades diferentes.
Ele franziu a testa no computador, tentando encontrar algum indício de novos dados.
Distraidamente, ele notou que a mão de um dos mostradores era quase zero na seção
vermelha do mostrador. Ele não tinha notado qualquer dos mostradores registrando em
zona de perigo antes...
Ele empurrou para fora de sua preocupação com a apreensão e digitei: dizer ME IN
NON-TECHNICAL língua o significado da mão perto ZERO ON THE DIAL
ROTULADO MAX. ET. Ref.
Ele respondeu: um de meu circuitos foi danificado pela súbita liberação de pressão
de ar. VAI DEIXAR DE FUNCIONAR NO FINAL DE QUATRO MINUTOS DE
OPERAÇÃO.
Ele bateu o interruptor geral desligado. As luzes da placa saiu, as várias agulhas
giradas para zero, deixando o computador uma estrutura estúpida, assemelhando-se
mais do que nunca um frigorífico de Mato.
Quatro minutos de operação... e ele tinha tantas perguntas a fazer antes que ele
pudesse espero aprender bastante sobre a urdidura para saber o que deveria fazer. Ele
tinha perdido quase uma hora de vida limitada do computador, deixando ele ligado,
quando ele não estava usando. Se só ele lhe tinha dito... mas não era a natureza de uma
máquina para dar voluntariamente informações. Além disso, a mão de retração do
mostrador estava lá para ele ver. O computador não sabia nem se importava que
ninguém tinha pensado que vale a pena ensinar-lhe os rudimentos de sua operação e
manutenção.
Era 12:52. Uma hora e um minuto à esquerda.
Ele colocar o pensamento de lado e concentrou-se sobre o problema de encontrar a
chave para o paradoxo.
Que conjunto concebível de circunstâncias causaria recessão estrelas ter um espectro
de mudança que mostrou-lhes a estar se aproximando do navio? Ou, para reformular a
pergunta, que concebível conjunto de circunstâncias causaria aproxima estrelas parecem
diminuir de tamanho?
A resposta veio com surpreendente rapidez e clareza:
Não havia nenhum paradoxo — o navio estava se expandindo.
Ele considerou a solução, examiná-la para falhas de lógica e encontrei nenhum. Se
ele e o navio foram expandindo o comprimento de onda de luz iria diminuir em
proporção ao tamanho crescente da retina de seus olhos e as placas de scanner de gerada
a transdimensional: se tornaria mais curtos e ir em ultravioleta. Ao mesmo tempo, o
tamanho crescente de si mesmo e o navio faria a terra e o sol relativamente menor e,
portanto, aparentemente receding.
A mesma teoria explicou as duas velocidades diferentes do navio: seu comprimento
foi três vezes seu diâmetro, assim sua expansão longitudinal prosseguiria em três vezes
a velocidade de sua expansão transversal.
Tudo marcado.
Quão grande foi o navio agora?
Ele fez um cálculo aproximativo e quase incredulidade olhou para os resultados. Ele
era um gigante, mais de um terço de um ano-luz altos, em um navio que foi seis anos-
luz de comprimento e dois anos-luz de diâmetro. Distante Centauri, que tinha
necessários trinta anos para chegar o mais rápido navio interplanetário, flutuava setenta
e um metros afastado na escuridão fora do casco.
E o sol e a terra foram no quarto com ele, vai para a bola de focal prateado do
ônibus espacial.
Ele teria que pedir o computador para certificar-se de que sua teoria era válida. Seu
tempo era curto demais criticamente para ele perder algum dele com especulação
baseada em uma teoria errônea.
Ele mudou no computador e ele iluminado para cima novamente. Ele digitou
rapidamente:
ASSUMIR ESTE NAVIO SER IMÓVEL E EXPANSÃO QUE TEORIA
SATISFATORIAMENTE EXPLICAR TODOS OS FENÔMENOS ATÉ ENTÃO
CONTRADITÓRIOS?
Houve uma breve pausa, como o computador avaliados seus dados e, em seguida,
ele respondeu com uma palavra:
SIM.
Ele desligou-o novamente, para esbanjar nenhum de seu curto período de utilidade
até que ele tinha decidido sobre qual devem ser suas dúvidas. Finalmente, ele tinha
alguns motivos para conjecturas; tinha aprendido algo sobre a teia que os designers do
ônibus não tinham suspeitado. Seus cálculos tinham sido corretos quando eles
mostraram que um navio viajaria na teia muitas vezes o espaço normal velocidade da
luz. Mas em algum lugar que tinha sido esquecido algum fator pouco — ou nunca
encontrado — e sua precisa matemática não tinha indicado que a viagem seria
produzida pela expansão.
Natureza abomina o vácuo . E a urdidura de preta e vazia foi um vácuo mais
perfeito do que qualquer um que existiam no espaço normal. O universo do espaço
normal havia milhões de estrelas na galáxia e milhões de galáxias. Na teia, não havia
nada absoluto. Será que as leis físicas da demanda urdidura que importam ser
espalhadas, na emulação de seu vizinho rico na dimensão adjacente? Foi a urdidura com
fome para o assunto?
Ele rejeitou o pensamento como fantasia. Houve alguma explicação que os físicos
eventualmente descobriu. Talvez, havia uma grande diferença de proporção de tamanho
entre as duas dimensões; Talvez a urdidura era muito maior do que o universo do
espaço normal, e a alguma lei co-universal exigiu que objetos, inserindo-se tornam
proporcionalmente maiores.
Nenhum desse aspecto da sua situação, no entanto, foi de importância. Havia apenas
um problema principal que enfrenta-lo: como mover o navio dentro de menos de uma
hora para algum ponto na teia, onde seu surgimento no espaço normal resultaria em
morte instantânea, nem dias de distância e onde ele teria o tempo para tentar levar a
cabo a responsabilidade, assim de repente colocou em suas mãos, de entregar o serviço
de transporte de urdidura do espaço para o Thunderbolt.
A tarefa de longo alcance dependia sua sobrevivência imediata. Ele teve que mover
o navio, e como um homem se mexeu um navio driveless? Ele não pode exigir uma
grande força propulsiva — talvez até mesmo um tanque de oxigênio serviria como um
jato. Exceto que ele não tinha nenhum.
Ele poderia usar parte do ar no navio. Sua libertação súbita deve mover o navio.
Havia um sol muito próximo: Alpha Centauri. Se ele tivesse as ferramentas apropriadas
e o tempo, ele poderia cortar um buraco no casco oposto Centauri... mas ele não tem as
ferramentas nem o tempo.
E que bom que ele se ele poderia surgir no espaço normal à distância desejada da
Centauri? Ele iria dispor de poder para os regeneradores de ar nas unidades de energia
solar, mas não poder suficiente para operar o serviço de transporte. Ele iria respirar e
comer por uma semana. Em seguida, a pequena quantidade de alimentos a bordo do
navio seria ida e ele iria respirar por mais quatro ou cinco semanas. E, em seguida, ele
morreria de fome e seu navio driveless continuaria sua lenta deriva para o sol, tendo
seus ossos e o ônibus com ele.
Ele teria que ir para Sirius e ele teria que chegar a ele a primeira tentativa ou nunca.
Se ele poderia surgir no espaço normal à distância adequada da Sirius, ele teria a energia
para operar o comunicador. O Thunderbolt viria imediatamente quando recebeu sua
mensagem e andorinha segurar a pouco Argosy em sua enorme. O retorno à terra seria o
único rápido através da urdidura e os cruzadores de lesma, tão ousados em busca de
navios interplanetários desarmados, rapidamente deixaria de existir.
Em 13:53 Sirius seria em algum lugar dentro ou perto da proa do navio. O navio não
teria que ser movido mais de dois terços de seu comprimento, vinte metros. Ele poderia
fazer isso, liberando a parte do ar na sala de serviço de transporte através da câmara de
sternward.
Quanto ar?
Ele tentou lembrar fórmulas há muito esquecido. Tantos pés cúbicos de ar em tal e
tal uma pressão quando lançado através de uma abertura de tal e tal um diâmetro
exerceriam uma força propulsora de... O inferno, ele não sabia. E nem mesmo o
computador seria capaz de dizer-lhe porque havia tantos fatores desconhecidos, tais
como a proporção de massa do navio perdida para the blasters de lesma, a forma
irregular da câmara de abertura, o grau de lisura de seu metal...
Ele fez cálculos com lápis e papel. Ele teria que mover o navio com extrema
precisão. Uma hora de luz aquém da distância adequada o colocou longe demais do sol
para que ele poder o comunicador, uma hora de luz para além de colocar-lhe o sol
flamejante coração branco. Uma hora de luz fora de oito ponto seis anos-luz foi
aproximadamente uma parte de setenta e cinco mil. Ele teria que mover o navio com
uma precisão de ponto alguma coisa três centímetros — um centésimo de polegada.
Um centésimo de polegada!
Ele pôs o lápis de volta para baixo, quase desanimada. Ele nunca poderia abrir e
fechar uma câmara e mover uma massa de milhares de toneladas, com uma precisão de
um centésimo de polegada. O muito pensamento era descontroladamente fantástico.
Ele já estava muito mais perto de Sirius do que ele seria se ele tentou obter qualquer
mais de perto. E que foi mais de oito anos-luz dela.
Ele olhou para o cronômetro e viu que as mãos já atingiu 13:20. Trinta e três
minutos deixou para ele. Sirius foi perto — logo seria na proa do navio — e Sirius foi
oito ponto seis anos-luz de distância.
Como poderia ele mover o navio de uma certa distância exata a um centésimo de
polegada? Ele não podia. A resposta foi contundente e feio: ele não poderia.
Ele se levantou e andou pela sala, sentindo-se como um homem que tinha em rápida
sucessão foi condenado, reprieved, recondemned. Ele tinha sido projetado em uma
situação que ele tinha tido nenhum treinamento preliminar qualquer; tinha sido feito
único guardião e operador de um computador e um serviço de transporte de urdidura de
espaço que ele nunca antes tinha sido autorizado a tocar. Ele tinha usado o som, mas
não em todos os mente brilhante natureza lhe dera para resolver o enigma dos paradoxos
e saber onde ele estava e onde ele queria ir. Ele fez muito bem — ele tinha resolvido
todos os problemas de sua sobrevivência e a entrega do serviço de transporte, exceto o
último!
Ele passou pelo ônibus e parei para descansar a mão na bola focal brilhante,
prateada. O sistema solar seria profundamente dentro da esfera; os átomos da bola maior
que a terra, talvez e muito mais inacessível do que o ar mais fino. Os cruzadores de
lesma estaria lá, infinitamente pequena, esperando ele retornar...
Não — raciocínio defeituoso. O sistema solar era como ele tinha sempre sido, não
diminuiu de tamanho e não realmente na bola. Foi apenas que dois pontos diferentes em
duas dimensões diferentes coincidiram na bola...
Ele viu a resposta.
Ele não tem que mover o navio para Sirius — ele tinha somente mover a bola!
***
Seria pouco tempo, muito pouco tempo. Em primeiro lugar, verificar se o serviço de
transporte de urdidura era portátil —
Ele foi. Quando soltaram a braçadeira que segurou-a para o stand levantado
livremente, à direita um cabo pesado por trás dele. Ele viu que era apenas um cabo de
alimentação com uma ficha que se encaixam em uma das tomadas na proa do navio. Ele
deixou o ônibus flutuando no ar, controlado pelo cabo e foi para o computador. Em
seguida, ele teria que saber se Sirius estaria totalmente no navio —
Ele mudou o computador no e digitado:
DETERMINE A DISTÂNCIA DO CENTRO DA BOLA DE FOCAL DO ÔNIBUS
DE URDIDURA PARA A POSIÇÃO DE URDIDURA DO ESPAÇO DE SIRIUS EM
13:53, BASEANDO SEUS CÁLCULOS SOBRE A TEORIA DE EXPANSÃO-
NAVIO.
Deu-lhe a resposta um pouco mais tarde: 18,3496 metros.
Ele visualizado a distância, de seu conhecimento do interior do navio e viu que a
posição seria dentro da sala de peças de reposição para a frente.
Em seguida, para saber exatamente onde, em que o quarto, ele deve colocar o
serviço de transporte. Ele não poderia fazê-lo através da medição da posição actual do
ônibus. A fita de aço mais precisa teria de ser exatamente a temperatura correcta para
uma medida de ser nem muito curto nem muito longo. Ele tinha nenhum tal fita e a
distância da bola focal era apenas uma parte de medição necessário: ele teria que medir
uma certa distância e um precisamente determinado ângulo puramente imaginários
central da linha de eixo do navio a interseção da linha original. Essa é uma medida seria
impossível na época que ele tinha.
Ele considerou que seria a sua última pergunta para o computador. A mão estava
tocando o zero e sua pergunta teria redigido claramente e sujeito a nenhuma
interpretação. Não haveria nenhum acompanhamento perguntas permitidas.
Ele começou a digitar:
ELE É DESEJADO QUE ESTE NAVIO EMERGEM NO ESPAÇO NORMAL
UMA LUZ-HORA DESTE LADO DE SIRIUS EM 13:53. ISSO VAI SER FEITO
MOVENDO O VAIVÉM DE URDIDURA PARA UMA POSIÇÃO TAL QUE O SEU
CENTRO FOCAL SERÁ EM UM ESPAÇO DE URDIDURA POSIÇÃO
COINCIDINDO COM UMA ESPAÇO NORMAL POSIÇÃO UMA LUZ-HORA
DESTE LADO DE SIRIUS EM 13:53. CONSIDERE TODOS OS FATORES QUE
PODEM TER AFETADO AS DIMENSÕES DESTE NAVIO, COMO MUDANÇAS
DE TEMPERATURA, PRODUZIDO POR NOSSO ESPAÇO NORMAL DE
ACELERAÇÃO E DESACELERAÇÃO, AO CALCULAR A POSIÇÃO DE SIRIUS.
EM SEGUIDA, DEFINA O LOCAL EM RELAÇÃO AS CARACTERÍSTICAS
ESTRUTURAIS DO INTERIOR DA SALA. FAZER ISSO DE MODO QUE A
COLOCAÇÃO DO ÔNIBUS ESPACIAL NA POSIÇÃO APROPRIADA EXIGIRÁ O
VALOR MÍNIMO POSSÍVEL DE MEDIR DISTÂNCIAS E ÂNGULOS.
Pareceu-me tomar um tempo demasiado longo para responder à pergunta e ele
esperou agitada, desagradavelmente ciente da mão tocando a zero e se perguntando se a
mente do computador foi confundido pela pergunta; a mente que pensei melhor em
termos de matemática ordenada e não poderia saber ou cuidar dessa medida pelo
transferidor e fita resultaria numa posição fatalmente longe disso descrita pelas figuras
puras, rígidas.
Em seguida, a resposta apareceu, belamente concisa:
POSIÇÃO SERÁ NO CANTO DA SALA, 764,2 CENTÍMETROS ACIMA DA
PLACA DE PISO, 820 CENTÍMETROS PERPENDICULAR AO PAINEL AA, 652.05
CENTÍMETROS PERPENDICULAR AO PAINEL AB.
O computador morreu com um suspiro estranhamente humano. Seu último ato foi
dar-lhe a localização de Sirius, de tal forma que ele poderia com precisão a posição de
bola de focal do ônibus espacial com a ajuda da precisão de medição dispositivos na
sala de conserto do navio.
Ele foi para o ônibus e pegou-a nos braços. Foi totalmente sem peso, e cada etapa
clicando em ímã que tomou na direção da proa do navio trouxe Sirius quase a metade
um ano-luz mais perto.
***
Ele apertou contra o branco brilho de Sirius em viewscreen como seu relatório
conciso ao comandante do Thunderbolt, ele continuou: "eu tenho sobre a oferta de uma
semana de comida. Quanto tempo será até chegar a mim?"
Resposta do comandante veio após a pausa causada pela distância envolvida:
"Estaremos lá dentro de três dias. Vá em frente e comer saudável. Mas a forma
como viajar da terra para Sirius em apenas duas horas? Meu Deus, o homem — que tipo
de uma unidade que tem esse navio? "
"Por isso, não teve qualquer movimentação desde o início," ele disse. "Para chegar
até aqui eu" — ele franziu a testa pensativamente — "você pode dizer eu andei e
transportado de navio".
Mãe da invenção
Nota do editor: esta história, como com a anterior, é uma celebração de
tenacidade e perseverança face a desastres. O inimigo aqui, no entanto,
é simplesmente a natureza. Mas, se enfrenta a morte por causa da
hostilidade inteligente ou desventura acidental, heróis de Godwin nesta
história são cortados do mesmo pano como todos seus "sobreviventes".

Velocidade normal-espaço da Estrela Scoutfoi muito abaixo da luz quando ela caiu
fora do hiperespaço além da borda da Thousand Suns. Duas estrelas últimas colocar
debaixo dela; um binário é composta por um pequeno sol amarelo e um sol maior de
azul e branco. As observações foram feitas e instrumentos observou o mote minúsculo,
brilhante que balançou 400 milhões km fora de sol azul e branco. Outros instrumentos
determinado o novo destino e o Star Scout desapareceu novamente no hiperespaço.
Quando ela caiu, mais uma vez, em espaço normal o brilhando mote tornou-se um
planeta que brilhou como uma gema radiante, grande contra o black void além. O
planeta cresceu como as horas se passaram, enchendo o viewscreen como Blake travado
para a descida em sua atmosfera. Massas de terra e oceanos pequenos foram fracamente
perceptíveis através da neblina ardente, opalescente que cobriu o planeta. A imagem
inchou e ampliado, o excedente funcionando fora dos quatro lados da tela, até o lado
ocidental do continente e uma pequena porção do oceano encheu a tela.
Os quatro homens a desaceleração cadeiras atrás de Blake e realizou-se tão
impotente como pela força, viu a imagem na viewscreen e a várias mãos do analisador
de ar. Mãos começaram a mover-se como a primeira amostra fina do ar foi escavada em
analisador, em seguida, estabeleceu-se em posição alguns minutos mais tarde.
"Respirável". Os cabelo grisalhos falou de Taylor com dificuldade contra a
desaceleração.
"Menos dióxido de carbono que a terra nova," comentou Wilfred. Jovem, curto e
atarracado, ele foi muito menos afetaram a desaceleração que o ex-reitor idoso. "Eu não
consigo entender por que o espectroscópio mostrou a tal uma incrivelmente alta
porcentagem de carbono. Como poderia crosta do planeta, qualquer conter tal excesso
de carbono?"
"O carbono deve ser na crosta, em vez de na atmosfera", disse Taylor. "Ou isso, ou o
velho espectroscópio é errôneo. Sabemos que o analisador de ar é um instrumento novo
e confiável, mas estes espectroscópios Warden velhos, como homens, desenvolvem
excentricidades com a idade. Se tivéssemos um novo — "
"Espera," Blake interrompida, seus olhos nos instrumentos antes dele. "Vou ter de
travar um pouco mais difícil."
A desaceleração maior estabeleceu-se tudo mais profundo em suas cadeiras e
nenhum um falou deles enquanto a seção do continente a viewscreen tornou-se um
deserto nebuloso ou planície por onde corri dim rugas. O excedente deslizou afastado e
as rugas no centro da tela tornou-se uma cadeia de montanhas. Blake assistiu o ponto
branco translúcido no centro da tela que representou o seu ponto de desembarque e viu
que seria ao longo do lado oriental da cordilheira. Ele faria bem como de qualquer outra
seção desconhecida do mundo desconhecido e deixou o navio mantenha seu curso.
A linha verde de um riacho rodeado de árvore apareceu, abraçando o sopé da
montanha, com o ponto branco, entre o rio e a montanha. A área coberta pelo dot
tornou-se um pequeno delta de aluvião de um dos canyons com poucas árvores
espalhadas em toda ela. A delta arrastado para enfrentá-los, retardando a como ele veio,
com o ponto branco em um plano de compensação que parecia ser de alguma areia
curiosamente brilhante.
O Star Scout parado dez metros acima do solo com um staccato de explosões de
tubos de unidade que enviou a areia brilhante rodando em nuvens pesadas, em seguida,
ele caiu, amortecido pelo drive, para tocar o chão com uma mão leve. As aletas de
cauda largas estabeleceu-se na areia e Blake cortou a unidade.
"E nós estamos aqui", comentou.
***
Os outros já foram correndo para ler os dados registrados nos instrumentos; Taylor e
Wilfred, Lenson e Cooke. Blake assisti-los, interessados por suas reações. Nenhum
deles tinha sido fora da nova terra antes, muito menos em um mundo até então
desconhecido de existir, e eles eram tão animados como crianças com um brinquedo
novo. Taylor, mergulhado no ambiente acadêmico de toda a sua vida, foi o mais
entusiasmado de todos eles. Ele dissera uma vez Blake: "com o devido respeito às
paredes ivied de pedra, eles podem se tornar uma prisão. Eu quero ver algumas coisas
que antes eu envelhecem qualquer; espaço profundo e distantes dos sóis e mundos
estranhos — "Lenson, um homem alto e magro, com a graça fácil de um gato, estava
uma cabeça mais alta do que o rosa Wilfred jovem; um tipo agradável de um homem
com um sorriso lento e uma compreensão tolerante das fraquezas dos outros.
Lá foi a marca indefinível de intelectual sobre todos os três deles e entre eles o
paradoxo, Cooke, se destacou como uma ovelha negra entre os brancos. Ele foi, Blake
sabia, totalmente, tão inteligente quanto qualquer um dos outros; ele, como os outros,
tinha sido selecionado por Taylor porque sua inteligência e conhecimento foram
consideravelmente maiores do que a inteligência e o conhecimento da pós-graduação
média. Mas ele não olha a parte. Seu rosto escuro, duro-jawed não era o de um
intelectual. Nem eram seu nariz quebrado e brilhantes olhos negros. Blake assisti ele,
pensando: ele não pertence com os outros; ele pertence na terra velha trezentos anos
atrás, no convés de um navio pirata com uma espada sangrenta na mão.
Mas, para toda sua aparência de ser um homem de violência física sanguine, Cooke
parecia se contentar em não mais do que rir com o que os olhos de preto nos outros e na
vida, se encontrava.
"Terra-tipo em todos os aspectos importantes", disse Taylor. "Gravidade,
temperatura, ar. Não há indicações de todas as bactérias prejudiciais — fomos
incrivelmente felizes. "
"Tivemos sobre uma chance fora vários milhares deste ser um planeta terra-tipo, não
falamos, vermelho?" Lenson perguntado, olhando para Blake.
Blake acenou com a cabeça vermelha. "Alguns mil, desde que este não é um sol de
classe-G. Como Taylor disse, nós estávamos incrivelmente sortudos acertar o jackpot
muito primeira tentativa."
"Então vamos sair e olhar nosso encontrar," disse Cooke, deslocando agitada.
"Vamos sair e brincar na areia e respirar o ar que não respirava um milhão de vezes já.
Taylor olhou interrogativamente para Blake e Blake assentiu com a cabeça. "Não
vejo qualquer razão por que nós não deveria," ele disse. Ele verificar as leituras sobre os
instrumentos de placa de controle do hábito longo e viu a linha vermelha que indicava o
carro na temperatura ambiente. Ele estava subindo rapidamente, e ele virou um botão
marcado: quarto DRIVE — fora de ventilação. Isso iria abrir as portas no quarto disco e
iniciar o soprador para apressando suas grandes volumes de fresco ar exterior através do
quarto superaquecido. "Carro da sala quente poderoso do desacelerando," ele disse
como ele seguiu os outros para o elevador. "Se tivéssemos um pouco mais dinheiro
sobrando, nós poderia ter tido refrigeradores em tamanho instalados."
"Tivemos sorte para raspar dinheiro suficiente para comprar o que temos", disse
Wilfred, soltando o elevador para o nível da cabine.
"Nossas preocupações são, agora," declarou Cooke. "Qualquer pessoa que possua
um mundo terra-tipo não é apenas rica — ele é o Senhor de todos ele inquéritos."
***
Eles pararam no nível cabine apenas o tempo suficiente para adquirir uma arma
cada. "Você não pode dizer o que você pode executar em um planeta alienígena," Blake
disse que pisou no elevador. "Não há sinais de qualquer inteligente, civilizado de vida,
mas pode haver animais. Às vezes os animais não espere para você correr para eles —
Respire fundo e fazer o seu melhor nível para correr em você e tramp você na terra. "
Eles caíram para o bloqueio de ar inferior e passaram por isso. A rampa de
embarque foi cair no chão e eles desceram para a nuvem de poeira que ainda rodado
sobre o navio.
"O ventilador está enchendo a sala de unidade com este ar empoeirado", disse
Blake, espirros. "Eu não sabia que era tão grosso. Mas a porta do quarto de unidade e
nenhum esta poeira pode entrar o resto do navio.
Eles se afastou para fora do navio e a poeira e ficou na areia brilhante, olhando
sobre eles curiosamente. A boca do canyon era visível acima deles, com a neblina
iridescente, escondendo os picos mais elevados. As árvores eram quase como aqueles de
regiões desérticas da terra nova, muito fina espalhados em todo o pé da montanha, e
arbustos violentamente Wolverhampton cresceram entre eles. Alguns deles, Blake
percebeu, estavam em floração com flores exótico bonitos, variando entre rosa delicado
e escarlate vívido.
Cooke, "Bonito", comentou. "Um pouco perigosa para tentar escolher um, eu diria;
os espinhos são picaretas da natureza."
"Devemos nomeá-lo... neste mundo," disse Taylor. "O que é nós chamá-lo?"
"Aurora", Lenson disse instantaneamente. "Ela era a deusa do amanhecer na
mitologia antiga. Ela era bonita e ela usava um véu. Este mundo é lindo e desgasta um
véu — essa névoa brilhante. "
"Um bom nome," Taylor concordou. Ele olhou para o riacho algumas centenas de
metros de distância, o riacho-se escondida por árvores verdes que cresceram grossa ao
longo de suas margens. "Vamos obter uma amostra de água para análise."
Eles caminharam em direção do creek, cada um deles inconscientemente olhando
para trás para o imponente volume do navio quando iam a caminho. Os homens sempre
fizeram que, Blake tinha notado, quando estabelecidas em um planeta alienígena. Eles
iriam de sua nave com seus olhos alertly assistindo para perigo à frente, e eles nunca
deixou de olhar para trás no navio como se para tranquilizar-se que sua massa pesada
ainda estava lá. Era uma coisa normal para fazer; Quando um homem definido para
baixo em um mundo estrangeiro ele estava sozinho e sua única ligação com outros
mundos e outros seres humanos era seu navio. Ele trouxe-lhe ele, sozinho, poderia levá-
lo de volta. Um homem saiu de seu navio, sabendo que ele estaria esperando por ele
retornar, como um cão grande, paciente; espera e pronto para lançar-se para o espaço
em seu comando. Às vezes um planeta alienígena realizada a morte para os bípedes que
aventurou-se a explorá-lo, como as aranha-monstros de 14 Nelson e o navio seria a
espada da vingança para aqueles que viveram a lutar o seu caminho de volta para ele. O
navio iria vingar caído com fúria no trovão de sua voz e aniquilação em sua respiração
flamejante, deixando apenas deriva cinzas onde outrora havia sido coisas alienígenas
que tinham cometido o erro de matar um ser humano.
Sem o seu navio, homens em um mundo hostil, alienígena seria perto-indefesos;
com seu navio, eles eram conquistadores invencíveis.
Cooke "Flores, até mesmo," exclamou enquanto eles se aproximava das árvores pelo
riacho. "Vermelho, azul, amarelo, roxo; verdes árvores e bom ar — o que mais poderia
oferecemos colonos? "
***
Blake tinha sido examinando a areia brilha com a crescente curiosidade e ele parou
para inspecionar um cristal brilhante, metade do tamanho da sua mão. Não era quartzo.
Riscado-la com seu ponto de faca, mas não poderia fazer qualquer impressão. O mesmo
seria verdadeiro de quartzo, mas o cristal não tem a aparência de quartzo. Ele estava
vivo com fogos internos e o sistema de cristal, como ele poderia dizer de sua forma
arredondada, desgastada, distintamente não era o de quartzo. Forma um pouco mais
sobre ele achei que brilhava um rubi profundo vermelho. Ele fez uma pausa para buscá-
lo e, em seguida, correu em uma exclamação animada de Lenson, que tinha ido com os
outros, à margem do córrego. "Olha isso!"
"Isto" foi um cristal no limite de agitando o riacho, águas opalescente, o mesmo
vermelho rubi profundo como o que ele tinha em sua mão, mas um pé de diâmetro.
Próximo fosse outros, menores, cristais de azul e branco, amarelo, vermelho, azul,
verde, com os de azul e branco predominando. Areia, cascalho e rochas do leito do
riacho pareciam ser exclusivamente composto mineral brilhante.
"Você já viu tantos cristais de quartzo em sua vida?" Lenson pedia que os outros.
"Ou tantas cores diferentes? Olhar para este — parece um rubi. "
Blake não conseguiu ouvir a resposta dos outros, um pensamento que ele tinha tido
a primeira análise brilhante areia de repente perder a qualidade fantástica que tinha
causado a rejeitá-lo. Tudo verificado, a falta de qualquer mineral diferente no riacho, o
espectroscópio "errado" que tinha mostrado ao mundo para possuir um percentual
impossível de carbono, o alto índice de refração possuída pelo mineral.
Ele poderia descobrir muito rapidamente.
"Deixe-me ter seu anel de diamante," ele disse para Wilfred.
Wilfred arrancou-o seu dedo e entregou-lhe com um olhar de surpresa de
questionamento. Blake arranhado o diamante no anel em todo o cristal vermelho que
ocupou ainda na mão. Ele deixou sem impressão e repetiu o desempenho em vários
outros cristais espalhados no chão perto dele. Nenhum deles poderia ele produzem o
zero mais fraco com o diamante em anel de Wilfred, não importa o quanto ele se abateu.
"O espectroscópio estava certo", disse ele, querendo saber se os outros o encontraria
como difícil acreditar que ele fez. "Não vejo como poderia ser, mas ele é."
"O que é?" Wilfred perguntou.
"Carbono — todos estes cristais são diamantes!"
Olharam fixamente para ele, incrédula. "Eles não poderiam ser!" Wilfred opôs-se.
Lenson perguntou: "como você pode dizer com certeza? Tem certeza?"
"O diamante neste anel não vai arranhá-los," ele respondeu. "O único mineral que
um diamante não pode arranhar é outro diamante."
"Então, eles realmente são diamantes?" Taylor disse, caindo de joelhos para pegar
um profundo, um azul brilhante que estava ao lado da pedra vermelho rubi que Lenson
tinha encontrado. "Mas as variações na cor, eles são todos os diamantes?"
"Todos os que são de qualquer tamanho," Blake disse-lhe. "A sílica mais suave seria
logo reduzida a pó pela ação abrasiva de diamantes no leito do riacho. Qualquer coisa
de qualquer tamanho apreciável que brilha é certa ser um diamante".
"Hmm-m-m!" Cooke grunhiu e balançou a cabeça em espanto. "Estou muito
satisfeito em ouvir isso, mas ainda é difícil de acreditar. Falar de sorte — aqui nós
afundar nosso último centavo para tornar esta uma viagem, com as probabilidades em
favor da nossa encontrar nada, e a primeira coisa que fazemos é bater um jackpot duplo;
não só um tipo de terra — quase — planeta, mas também uma fortuna ilimitada em
diamantes. Essa sorte é incrível."
"Ele é incrível," Blake concordou. "Não é apenas o tipo de coisa que —"
***
Sua voz foi afogada por um estrondoso abaixo do navio. Ele virou em direção a ela,
assim como os outros, selvagens descrença nos rostos de todos eles. O mesmo
pensamento que passavam em suas mentes ao mesmo instante; eles estavam todos os
cinco lá — não havia ninguém no navio!
O navio tiro em exibição, pulando alto suficiente no ar que eles poderiam vê-lo
acima das árvores que o cercavam. Uma gota de azul e branco chama foi amarração de
um buraco rasgado em sua popa, então a chama desapareceu e o navio pronta vulnerável
por um momento; um monstro de grande, metal parou em pleno vôo e fixado no
contexto do céu nebuloso. Em seguida, caiu de nariz, cauda subiu e caiu. Caiu na
posição horizontal, seu impacto ocultado por árvores, mas o som dele é alto e terrível
ouvir; o grito abafado da rending metal estridente acima do solo-rangendo baque do
impacto.
Blake correu após os outros, na direção do navio. Ele estava vagamente consciente
de alguém gritando, "o —" então ele quebrou através das árvores escondendo e parou,
horrorizado com a visão que encontrou seus olhos.
Naves espaciais foram feitas para suportar a força da gravidade quando em repouso
sobre as barbatanas da cauda; para suportar a pressão da unidade que, se a aceleração ou
desaceleração, era apenas o equivalente a gravitic atração da popa. Eles foram
construídos para possuir grande força longitudinal, com nenhum grande força
transversal necessária. Eles não foram construídos para suportar uma queda horizontal.
O Star Scout foi quebrado em dois.
Taylor parou ao lado dele, branca e abalada.
"O que... o que foi?" alguém perguntou. "O que aconteceu... como pode isso
acontecer?"
"O conversor explodiu," Blake disse, seus sentimentos de lábios estranhamente
duros e insensível. "Foi culpa minha — deveria ter cérebro suficiente para pensar sobre
isso antes que fosse tarde demais."
"O que você quer dizer?" Cooke exigiu.
"Deixei o ventilador vai, condução de ar fresco no quarto carro. O ar estava
carregado com a poeira que despertou quando pousamos, e que a poeira foi
principalmente o pó de diamante."
"Oh!" Olhos de Cooke foram fixados em Blake. "Então foi isso. Pó de diamante —
carbono —catalisador!"
"Mas como?" Taylor perguntou. "Como poderia o pó de diamante chegado em
conversor?"
"Eu não sei." Blake sacudiu a cabeça. "Talvez a equipe de inspeção esqueci de
colocar a tampa para trás sobre a entrada de combustível — talvez os grampos
quebraram enquanto estávamos a caminho. Enfim, foi o que aconteceu — alguma forma
suficiente da poeira tem na entrada de combustível para colocar a quantidade de
catalisador passado uma porcentagem crítica e o conversor explodiu. Não deve ter
comecei o ventilador até que fui em primeiro e fez uma seleção de entrada do
combustível."
"Porquê?" Cooke perguntou. "Você nunca ouviu nada como esta sempre
acontecendo antes?"
"Não."
"Então por que deve você verificou? Você não tinha nenhuma razão para pensar na
entrada de combustível pode ser aberta, e nem você descobriu isso foi o pó de diamante,
até cerca de um minuto antes da explosão. Você não poderia ter feito nada sobre isso em
apenas um minuto."
"Eu suponho que não," Blake concordou, "mas eu não posso ajudar o sentimento
que eu deveria ter sido mais cuidadoso. Mas isso é toda a água debaixo da ponte; aqui
estamos entre nossos diamantes com nenhuma forma de chegar em casa — não por
muito tempo na melhor das hipóteses, estou com medo. Então vamos ver o quão longo
que pode ser, apenas como é grande o prejuízo para o navio."
"Daqui," Cooke observados enquanto caminhavam na direção do navio, "a situação
parece sem esperança. Nosso navio parece exatamente com uma melancia
sobreamadurecida que teve uma queda feia. Ele não só é quebrado em dois, com
algumas vigas segurando as metades partidas juntos, ele é também tipo de achatada
agora, em vez de redonda como ele era uma vez."
"E aberto escancarado em cada costura," acrescentou Wilfred.
***
Eles passaram a popa do navio, onde a borda do furo esfarrapada ainda brilhava
vermelho com metal fundido a metade, e Blake acenou para o sulco profundo soprado
na terra onde o navio tinha estado. "A explosão foi direcional," ele disse. "Se não
tivesse sido, ele iria ter destruído a metade inferior do navio."
"Não fazia tal um grande buraco na popa," Cooke comentou com um retorno de seu
otimismo característico. Nós poderia remendá-la."
"Claro", acrescentou bleakly, "teríamos apenas metade de um navio a unidade e
nenhum conversor para nossa unidade de potência — se tivermos uma unidade deixou."
Eles entraram no navio pelo fosso onde ele tinha quebrado distante, escalando o aço
dobrado e quebrado. O eixo do elevador, agora uma passagem horizontal, era acessível
por subir a chapa enraivecida e rasgada e vigas. Blake fez uma sugestão para a mais
velha Taylor antes que eles subiram no eixo do elevador.
"Gostaria de olhar para a sala de carro e oficina. Então, suponho Cooke e eu fazer
isso enquanto você e os outros ver o que é o dano na metade para a frente do navio?"
"Qualquer coisa que você diz, vermelho," Taylor respondeu. "Eu tenho uma idéia
que vamos encontrar nada além de destroços de qualquer maneira."
"Primeiro, eu vou obter algumas luzes para você," disse Blake.
Ele subiu no eixo do elevador e fez o seu caminho para o nível de abastecimento do
navio. Abrir a porta para a sala entrou com grande dificuldade e a cena no interior,
como revelado pelo seu bolso mais leve, era caos e confusão total. Ele encontrou o
cacifo que mantinha as luzes de emergência sob uma massa de material diverso,
equipamentos e recipientes quebrados e tomou cinco luzes dele.
Ele voltou para a lacuna no navio e jogou três das luzes para os outros. Eles
começaram a subir em sua própria seção do navio e Cooke mexidos até onde ele estava.
"Como ele procurar onde você estava?" Cooke perguntou.
"Apenas um pouco desarrumado," ele respondeu, liderando o caminho para a sala de
unidade.
Eles arrombaram a porta do quarto agora horizontais de carro e um jato de ar quente
atingiu-os. O quarto disco foi bastante bem iluminado pelo buraco que produziu a
explosão do conversor e eles avaliados os danos, não se importando soltar os dez pés no
chão de novo.
"Essa disforme gob lá pelo buraco — que é tudo o que resta do nosso conversor,"
disse Blake. "A explosão foi direcional, tudo bem, e o conversor trabalhava na saída
mínima — se tivesse sido até como quarto de saída, ele não poderia ter permanecido
direcional e a saída de um quarto todo o navio iria ter desaparecido em uma chama de
glória."
Ele piscou sua luz para baixo nos cantos sombrios do quarto e encontrou o que
procurava. "Olhar — ver aquela coisa quadrada metal?" ele perguntou. "Que é a tampa
da entrada de combustível. Com certeza, ele não estava no lugar — eles devem ter
esquecido de apertar para baixo as pinças. "
"E nós pago para fazer isso?" Cooke perguntou amargamente, sua própria luz
intermitente sobre a tampa.
***
Blake moveu sua luz lentamente sobre o conjunto da unidade. Originalmente
equipados com a antiga unidade atômica de Harding, a transformação para o
hiperespaço tinha — por razões financeiras — foi confinado à instalação das unidades
de espaço-shift e a instalação do conversor nuclear para fornecer a energia enorme
exigida pelas unidades de hiperespaço para o navio de espaço normal da chave no
hiperespaço. Embora uma unidade moderna teria sido preferida, sua capital limitado
tinha obrigou-os a comprometer-se deixando a unidade atômica de foguetes intactos e
modificar suas câmaras de combustível para aceitar o combustível sob medido
preparado para ele pelo conversor.
"Como ele se parece?" Cooke perguntou. "Não vejo onde a explosão fez qualquer
dano a ele. Estou certo?"
"Eu acho que você está — a explosão direcional faltou e sua construção foi robusta
o suficiente para que a queda não afetá-lo. Isso é mais do que ousei tinha esperança —
nós pode alterar essas câmaras de combustível volta para a forma como foram e nós
temos uma unidade de foguete novamente.
"Se," acrescentou ele, "podemos encontrar urânio."
"E então? Não podemos ser um pouco mais velhos e fraco quando chegamos em
casa pelo espaço normal, daqui a trinta mil anos?"
"Bem, eu não sei de qualquer posto avançado da civilização, podemos chegar em
menos de duzentos anos," disse Blake, "que seria demasiado para fazer-nos alguma
coisa. No entanto, para chegar em qualquer lugar no hiperespaço, ainda temos de ter um
carro, você sabe. Temos de ter um carro para sair deste planeta para que possamos no
hiperespaço em primeiro lugar. "
"Assim que arrumar o nosso carro e ficar longe daqui — como chegar no
hiperespaço com nenhum conversor para alimentar as unidades de espaço-mudança?"
Cooke perguntou.
"Essa é a pergunta, e eu não sei a resposta. Mas eu estava tomando as primeiras
coisas primeiro. Se podemos encontrar urânio — e certamente podemos — logo
podemos resolver todos os problemas mas que uma. "
Ele passou sua luz sobre o gerador de agachamento que havia servido para abastecer
o navio com energia elétrica antes da instalação do conversor. Pendurados por dois de
seus parafusos de montagem do chão vertical, mas parecia intacta.
"Há em nosso poder — se tivéssemos alguma maneira de armazená-lo," ele disse.
"Se nós poderia conceber um condensador perfeito de capacidade ilimitada, nós poderia
acumular energia suficiente para dar as unidades de espaço-deslocar o soco que pulava
no hiperespaço. Enfim, tudo o que fazemos, nós vamos precisar desse gerador. Nós
vamos precisar de energia elétrica para operar o torno — se ele não é esmagado além do
reparo, soldadura, talvez até mesmo para a refinação de metais com algum tipo de um
forno elétrico. "
"Como nós poder gerador?" Cooke perguntou.
"Isso pode ser feito," disse Blake. "Desde que nós temos um torno para construir o
que queremos."
Ele se afastou da sala de unidade sem mais explicações e Cooke seguiu para a
oficina. Como com todos os outros quartos em nova posição do navio, a porta foi
horizontal, mas oficina foi menor do que a sala de unidade e era não mais do que uma
gota de seis-pé no chão de novo. Blake viu, com uma sensação de grande relevo, que o
torno foi ainda solidamente aparafusado ao chão vertical. Outro equipamento era uma
massa confusa no chão e Curiosamente eles enfiou nela por alguns minutos.
"Não muito na forma de material quebrado aqui," disse Cooke. "Ferramentas de aço
parecem levantar-se muito bem quando um navio faz um whopper de barriga. Eu espero
que o transmissor que se saíram bem."
"Isso é algo que todos nós estamos esperando, mas você é o primeiro a falar em voz
alta sobre o mesmo," disse Blake. "Não vejo como ele poderia ter sobrevivido — um
transmissor é grande, pesado e frágil."
"Eu também não. Acho que é por isso que ninguém se atreveu-se mesmo dizer que
esperava que ele não iria ser esmagado."
"Vamos ver sobre nosso caminhão", disse Blake. "Se o transmissor está esmagado
além do reparo, nós vamos ter que procurar urânio e nós vai ficar pouca chance de
prospecção destes intervalos em pé."
Mais uma vez, a sorte tinha sido com eles. A camioneta estava ilesa, mas para um
pára-choque amassado. Alguns dos seu esmalte vermelho brilhante tinham sido
derrubada pela queda das hastes de broca de diamante, mas a broca de diamante,
propriamente dito, parecia intocado.
"E que abrange as coisas importantes da nossa final do navio, Blake disse. "Vamos
ver o que os outros tinham de sorte."
***
Wilfred foi apenas descendo do eixo do elevador quebrado, transportar uma carga
de alimentos e utensílios de cozinha. "Nós vamos acampar durante algum tempo, parece
que," ele disse. "Com o joelho de pisos novos profundo em destroços e as portas de seis
pés de dez pés acima nas paredes, vivem no navio seria apenas um pouco
inconveniente."
"Vamos ter de cortar uma passagem ao longo da parte inferior do casco do navio",
disse Blake. "Podemos esquivar as vigas e apenas cortar o revestimento velho."
"Como ele parecia lá?" Cooke perguntou. "Quanto o transmissor?"
"Não enviamos qualquer SOS," Wilfred disse categoricamente. "Os tubos do
transmissor são esmagados em fragmentos."
"Fiquei com medo de que seria", disse Blake. "Os outros preciso de ajuda com suas
cargas?"
"Eles poderiam usar alguma ajuda, tudo bem," disse Wilfred, descendo com sua
própria.
Eles cruzaram o fosso e conheceu Lenson e Taylor no eixo do elevador, cada um
com uma carga de sacos de dormir e várias outras coisas necessárias para uma
confortável noite fora. Blake e Cooke aliviou-lhes parte de suas cargas e quatro deles
carregava suas cargas para o local limpo de areia perto de uma das árvores onde Wilfred
montou sua "cozinha".
Blake deixou cair a sua carga e falou com o Taylor. "Para que o transmissor está em
ruínas?" ele perguntou.
"É a fase final do poder", respondeu Taylor. "A fase do carro teve queda muito bem
e nós poderia casal que, exceto —"
"Exceto o quê?"
"No espaço normal que nos daria um intervalo de cerca de 1 bilhão milhas — não
mais do que meio caminho para companheiro de amarelo do nosso Sol. Inútil".
"Oh — assim que nós ainda não ter a chance de usar nosso pequeno palco de driver
no hiperespaço?"
"Os transformadores de sinal de mudança de espaço são destroços completo.
Qualquer sinal que nós enviado, mesmo que tivéssemos nossa etapa final poder intacto,
levaria três vidas para alcançar o posto mais próximo através do espaço normal. Nós
poderia enviar um sinal através do hiperespaço, com nosso palco de movimentação,
para km 60000 bilhões — mas os transformadores de hiperespaço são quebrados e
quebrou e nós poderia nunca, com nossos recursos, substituí-los. Assim que traz à tona
a questão — o que agora? "
"Nossas unidades de mudança de espaço na sala de unidade parecem ser danificada
e não seria difícil mudar as câmaras de combustível de foguete novamente para que nós
pode levantar o navio com um combustível de urânio," Blake respondeu. "E nós temos
que levantar o navio para fazer o salto no hiperespaço sob quaisquer circunstâncias. Se
o urânio é encontrado, só teremos um grande problema a resolver — e é muito grande
— como produzir energia suficiente para ativar as unidades de espaço-shift. Se
necessidade nos obrigou a, eu tenho uma idéia que pode mesmo fazer outro conversor.
Claro, nosso sucesso seria uma coisa incerta e exigiria anos de trabalho, bem como a
sorte, mas é melhor do que apenas desistir — pelo menos, iria tentar ser. "
Ele olhou em direção a boca do canyon nas proximidades. "O urânio é vital
essencial, não importa o que fazemos. Eu vou dar uma voltinha enquanto Wilfred
corrige algo para comer, eu quero ver as formações como, e se eles oferecem qualquer
encorajamento. "
"E, em seguida, vamos falar sobre nossos planos depois que comemos," disse
Taylor. "Um homem tem uma visão mais otimista da sua situação é quando o estômago
está cheio, de qualquer maneira."
***
Blake andou até que ele veio para o primeiro banco de rocha e cascalho, em seguida,
examinou o que ele encontrou com considerável resmungando. As formações
representadas por rochas que tinham lavado para baixo fora da garganta foram quase
como os de qualquer outro planeta tipo terra, com uma incrível exceção; cada pedra, se
perto de granito, perto de riolito, perto de andesito, se alto ou baixo teor de sílica,
contido quase a mesma percentagem elevada de inclusões de cristal de diamante. As
rochas de granulação grossa, como perto de granitos, os cristais de diamante foram tão
grandes como o final de seu dedo mindinho, enquanto os refinado perto inferiores
continham os diamantes como inclusões de minutos. Mas, se o rock foi multa - ou
Coarse-grained, o diamante estava presente em tudo em aproximadamente a mesma
porcentagem alta.
Ele tinha acabado de chegar ao seu primeiro espécime de vida animal do Aurora
quando ele ouviu o apelo distante de jantar anunciando de Wilfred. Ele ignorou o apelo
a um momento, andando mais perto do animal pequeno, marrom-furred. Era do
tamanho de um esquilo, com uma rodada, rosto de olhos escuros e um estômago de
pouca gordo que ele arranhou de forma ausente como ele solenemente assisti sua
abordagem. -Deixá-lo chegar dentro de seis polegadas dele antes que ele saiu em
disparada a poucos metros mais distante longe dele, para parar e retomar seu olhar
solene.
Wilfred chamado novamente e ele voltou-se para o acampamento, o pequeno
animal, olhando para ele como ele foi. Aparentemente, eles teriam nenhum carnivora
feroz de enfrentar na Aurora — o pequeno animal tinha sido sem medo dele, ou quase
assim. Ele não tivesse agido da forma de um animal acostumado a lei do "executar —
ou ser comido!"
***
Pratos foram esfregados com uma generosa quantidade de areia e uma pequena
quantidade de água após a refeição, então Taylor começou a discussão de suas
circunstâncias.
"Nossa solução mais simples seria mandar um SOS," ele disse. "Nós poderia ter
contactado um navio com bastante facilidade na banda de emergência — possivelmente
não mais do que um dia ou assim daqui."
"Um dia ou assim pelo hiperespaço — duzentos anos ou mais no espaço normal,"
comentou de Cooke. "Um homem realmente não percebe quão grandes distâncias
galácticas são até ele fica preso trinta mil anos-luz de casa, será que ele?"
Lenson suspirou e deu o navio quebrado um olhar escuro. "Eu já estou começando a
adquirir uma compreensão desagradável a verdadeira amplitude de distâncias
galácticas."
"Parece-me que temos apenas duas alternativas", disse Blake. "Temos de entrar o
nosso navio ou um SOS no hiperespaço. Nós temos o poder de enviar a SOS através de
hiperespaço, mas o transformador do espaço-mudança que iria enviar o nosso sinal em
hiperespaço é quebrado. As unidades de espaço-mudança que iria enviar o nosso navio
no hiperespaço não estão danificadas, mas não o poder que eles teriam que ter. Que
queremos tentar fazer — criar um conversor de nuclear e tomar nosso navio de volta ou
fazer um transformador de mudança de espaço para a transmissão de um SOS? "
"Não apenas teremos que fazer o transformador que iria enviar o nosso sinal em
hiperespaço, também teríamos de substituir o estágio de poder quebrado do
transmissor," disse Taylor. "O estágio de motorista, mesmo no hiperespaço, teria uma
gama tão limitada que ele não iria alcançar o posto mais próximo. A menos que um
navio aconteceu a vagar dentro de sua escala, que nunca pegou seus sinais. E espaço,
sendo o tamanho que é, que não pode ocorrer dentro de nossas vidas."
"Você acha que seria inútil tentar duplicar o transformador de sinal de mudança de
espaço e os tubos de transmissor?" Wilfred perguntou.
"Estou convencido de que sua duplicação é além de nós," disse Taylor. "Eles
necessitam de ligas especiais, bem como gases raros. Eles exigem a montagem de
precisão delicado; na verdade, as máquinas que montá-las exigiria anos de trabalho para
construir."
"Já temos os meios de colocar nosso navio em hiperespaço", disse Blake. "Tudo o
que precisamos é o poder. Parece-me poderiam mais facilmente descobrir um método
de acumular que o poder do que pudéssemos construir equipamentos eletrônicos de
precisão. Afinal, tudo o que precisamos é uma loja enorme de energia para alimentar o
nosso salto no hiperespaço — uma grande quantidade de energia por um curto período.
A queda de volta para o espaço normal não exige mas uma fração desse poder."
"Se não há nenhuma esperança de enviar um SOS, então nós não qualquer escolha,
mas para isso, temos?" Wilfred perguntou.
"Acho que podemos afirmar que a esperança de enviar um SOS é nulo", disse
Taylor.
Nenhum dos outros dublado qualquer desacordo e Blake disse:
"Se conseguirmos encontrar urânio, não teremos muita dificuldade para mudar as
câmaras de combustível de acordo com o combustível. Provavelmente teremos de
passar mais tempo fazendo o navio — ou a metade de popa dele — hermético
novamente do que qualquer outra coisa. De qualquer forma, a coisa toda é impossível, a
menos que nós sonda até uma unidade atômica. Temos que levantar nossa nave para o
espaço para encaixe-hiperespaço e não adianta conjecturar sobre como nós vamos dar o
segundo passo até que sabemos que podemos tomar o primeiro passo."
Ninguém falou durante alguns segundos e, em seguida, Taylor disse: "acho que
estamos de acordo, então. Agora, o importante é; podemos encontrar o urânio?" Ele
olhou para Blake. "Como sobre ele — o que você acha das possibilidades?"
"Eu não poderia dizer," Blake respondeu. "Eu não vi qualquer um deste país, ainda.
Eu não vi nenhuma evidência de minérios metálicos em rochas regados fora desse
canyon, mas mal podemos esperar para descobrir o urânio que facilmente."
"O que fez você encontrar?" Cooke perguntou.
"Estas formações rochosas são semelhantes às formações de tipo terra, e o teor de
sílica é sobre normal — se uma pessoa descontos o diamante presente. O diamante está
presente em todas as formações, se alto ou baixo teor de sílica, normalmente como
pequena cristais minuciosos. Os cristais maiores que vimos devem ter vindo de
formações pegmatíticas."
"Que são —?" Cooke perguntou.
"Corpos extremamente refinados do rock. Minerais pegmatíticos forma cristais
invulgarmente grande. Sobre Caronte, encontramos um perfeito cristal de quartzo que
pesava mil quilos em uma formação pegmatíticas. Cummings — um velho companheiro
de cabelo branco que tinha nascido na antiga terra — disse que cristais muito maiores
do que tinham sido encontrados na antiga terra no passado.
"Há algo mais sobre pegmatitos", acrescentou. "Pechblenda às vezes é encontrada
em formações pegmatíticas. Assim, possivelmente pode ser que o minério de urânio
encontramos — se encontramos qualquer — será na mesma formação que vêm estas
pedras de diamante. "
"Outra coisa —" Taylor disse, pensativo. "Vamos ter de ter o cádmio. Cádmio e
urânio — se podemos encontrar os dois minérios e refiná-los, nós pode alterar a
unidade. "
"Que vai levar quanto tempo — apenas como uma suposição selvagem?" Lenson
perguntou.
Taylor sorri. "Isso é como perguntar quão alto é para cima. Mas, apenas como um
palpite otimista, diria que de um a dois anos."
Wilfred acenou com a cabeça de acordo. "Eu diria que era sobre a direita — não
menos de um e não mais de dois anos. Nós temos sorte em que temos um torno e outras
ferramentas para trabalhar com, um caminhão para prospecção e todo o equipamento de
mineração que precisamos para o minério de minas, depois vamos encontrá-lo."
"A primeira coisa será arrumar um lugar para viver", disse Taylor, puxando para
cima a perna de calças esfregar um joelho machucado e sem pele. "Como fizemos esta
tarde de escalada e fora essas salas é difícil trabalhar e doloroso."
"Red sugeriu cortar uma passagem ao longo da parte inferior do casco — usando a
parte inferior do casco do piso," Wilfred disse. "Que não deve demorar. Nós pode
reorganizar tudo para acomodar o novo piso e certamente teremos que tomar o torno
para baixo off the wall e configurá-lo novamente no chão."
***
Sua primeira Aurorian pôr do sol parou toda conversa de futuras operações alguns
minutos mais tarde. O sol estava invisível por trás de algum intervalo distante, seus
últimos raios atirando lanças de rubi, esmeralda e ouro em todo o campo de arco-íris
cintilante que foi o céu ocidental. Lanças deslocadas como eles assistiram, alargando e
tremendo com o esplendor de suas cores em constante mudança, até que eles rippled no
céu como as bandeiras de alguns fairyland celestial.
Lenson foi o primeiro a falar, depois as cores começaram a desvanecer-se. "Eu
nunca vi nada parecido," disse ele, quase reverência em sua voz.
"Nem eu," disse Cooke, alastrando-se volta contra seu saco de dormir. "Isso parece
exatamente como minha mãe costumava dizer-me o céu ficaria — antes que ela decidiu
que eu nunca iria lá, de qualquer maneira."
"Provavelmente causado por várias camadas diferentes de correntes de ar, viajando
em velocidades diferentes e com diferentes quantidades de poeira e vapor de água,"
Wilfred oferecidos.
"Huh!" Cooke bufou. "Você sempre tem que ser tão pragmático e prático?"
"Ah, foi impressionante, eu admito, mas havia uma razão simples, todos os dias pela
sua beleza — o que eu sugeri, provavelmente. Pores do sol bonitos em planetas tipo
terra são devido ao vapor de água e impurezas na atmosfera."
"Então, enquanto estamos presos aqui, vamos ser gratos que nossa atmosfera conter
essas impurezas produtoras de belo pôr do sol," Lenson disse.
***
O arrebol desvaneceu-se o céu e a Thousand Suns, revelou-se; um campo de pontos
brilhantes de luz brilhando através da neblina, com brilho suficiente para lançar sombras
fraca ao longo do solo.
"Vamos ter de fazer observações", comentou Taylor. "Eu vou começar a fazer
observações diárias de nosso Sol e seu companheiro. Sabemos que os dias aqui são
cerca de vinte e quatro horas de duração, mas não sabemos se é primavera ou Verão —
ou possivelmente neste mundo não tem nenhuma inclinação sazonal dos pólos. "
"Acho que é primavera," disse Blake. "Os picos mais elevados, vimos através da
neblina foram cobertos de neve. Claro, que não é muito conclusiva evidência."
"Vamos esperar que é primavera," disse Taylor. "Sabemos que o nosso ano é de
cerca de seis anos de terra de comprimento e, com sorte, pode ser capazes de fugir daqui
antes de Inverno vem."
Houve um pouco mais falar de seus planos; em seguida, um por um, eles espalhar
seus sacos de dormir e se arrastou em. Blake, o último a retirar-se, sentou-se para um
tempo assistir o campo dourado a Thousand Suns fizeram da haze, atingindo do
horizonte ocidental até a metade para o zénite. A leste, o céu estava morto preto, com
nenhuma estrela para aliviá-lo. Não havia nenhum nesse sentido; não para um longo,
longo caminho. Aurora recentemente tinha passado o ponto mais distante da Thousand
Suns em sua órbita; uma linha reta passaria-se para seu sol, a fechar pelo companheiro
de amarelo azul e branco do sol, em seguida, na Thousand Suns.
Blake comentou, antes de ir dormir, "você vai ver que escuridão absoluta é antes de
manhã — depois do Thousand Suns ir para baixo e antes do sol raiar."
***
Necessários quinze dias para obter o navio mesmo em parte pela condição de vida.
Houve a passagem a ser cortado, portas para equipar-se para manter para fora a poeira
fina levantaram pelos ventos à tarde, tanque de água do navio a ser equipado com filtros
de sedimentos, as mesas e cadeiras para ser unbolted de suas posições incongruentes no
qual tornou-se as paredes, o caminhão para ser abaixado para fora do navio — um
número infinito de coisas a fazer.
Blake e Cooke esquerda na manhã do décimo sexto dia, deixando os outros três para
continuar o trabalho no e no navio. Eles assistiram Blake e Cooke partem com um certo
wistfulness e Cooke comentou: como eles terreno afastado pela areia, "eu acho que
todos gostaríamos de ir com a gente. Eles têm nada, mas trabalho duro enquanto
estamos fora apreciando o ar fresco e novo cenário."
"Você pode mudar sua mente sobre 'gostando'", disse Blake. "Andar pode ser
trabalho duro quando você fazê-lo todos os dias."
"O que é este caminhão para?" Cooke queria saber.
"Para transportar nossas coisas. Não vamos usar isso mais do que temos de —
podemos fazer novos sapatos à mão, mas não podemos fazer um caminhão novo. "
"Você acha que o pó de diamante vai ser tão ruim?"
"Espero que encontramos o pó de diamante e areia são as exceções e não a regra,
mas todos os indícios o diamante para estar presente em todos os lugares. Se assim,
teremos de usar o mínimo possível de caminhão — se encontramos os minérios que
queremos e, em seguida, o caminhão será indispensável para transportá-los para o
navio. Tudo o que temos de ter para refinar os minérios terá de ser no navio — ou nós
teremos que transportar uma boa quantidade de material e equipamento para o minério.
De qualquer forma, vamos ter de ter este caminhão, para nós seria melhor cuidar dele."
"Eu posso ver o seu ponto," Cooke concordou, "mas eu duvido que nós vamos usá-
lo muito rápido. Afinal, essa coisa foi feita para usar num país onde não havia areia de
sílica, e diamante é menos de cinqüenta por cento mais difícil do que a sílica."
"Se você estivesse correto em que supor, não ficaria preocupado," disse Blake.
"O que você quer dizer — 'se'?" Cooke exigiu. "Quartzo tem uma dureza de sete e
diamante tem uma dureza de dez. Que é menos de cinqüenta por cento mais difícil, não
é?"
Blake suspirou. "Os fatos verdadeiros e desagradáveis são estes: diamante é dito ter
uma dureza de dez, porque é a única coisa mais difícil do corindo s nove. Um
mineralogista chamado Woodell, muito tempo atrás e voltar a velha terra, determinou a
verdadeira dureza do diamante em comparação com sete do quartzo e nove do corindo.
A real dureza varia de diamante de uma fração mais de trinta e seis para uma fração
mais de quarenta e dois."
"Oh". Cooke era pensativo silêncio por um tempo. "Então podemos contar com essa
areia de diamante e poeira, sendo seis vezes mais difícil do que a areia e poeira, que este
caminhão foi feita para resistir."
"Seis vezes mais difícil e também mais difícil."
***
Eles cambaleou através de um pequeno gulch e sobre um plano siltosa, enrolamento
para evitar os arbustos espinhosos que foram espalhados por ele. O ar da manhã ainda e
a poeira que levantou seguiu-os em uma nuvem densa, revestindo seus rostos e roupas
um cinza iridescente, duramente rangendo sempre que duas partes de metal mudaram-se
juntos, como os controles de condução. Eles tinham viajado uma hora, entre a nuvem de
poeira destrutiva, quando Blake disse, "eu me pergunto —"
"Você quer saber o que?" Cooke perguntou, seus olhos negros feitos mais pela
poeira cinza que cobria seu rosto.
"Gostaria de saber se esse pó de diamante não tem-nos atrás de uma bola de oito —
uma grande, brilhante bola oito nomeada Aurora."
Eles trabalharam sua maneira ao longo do sopé sul da montanha, para o planalto a
leste, onde o riacho pode ter suas cabeceiras. Eles prospectados os cânions, um por um,
levando de volta amostras os cascalhos de alicerce para o caminhão, para se deslocar
para partículas de urânio pesado e minérios de cádmio, procuraram, tanto pelo uso de
contadores Geiger cada levavam. Cooke correu o desafio de sua primeira sensação de
aventura despreocupada a uma condição de dor, dor nas pernas e mãos com bolhas.
Suas pás e picaretas usavam afastado com rapidez surpreendente, até mesmo de
escavação nos cascalhos soltos comparativamente das camas canyon, e eles não
encontraram nada.
Chegaram a extremidade oriental da gama, um alto, desolado planalto onde o riacho
tinha sua nascente, e onde as noites eram frias com a brisa do derreter lentamente
devido. Não havia nada lá, mas rochas fluxo estéril e o inevitável diamante assim que
virou-se e trabalharam seu caminho de volta no lado norte da cordilheira. Músculos
moles de Cooke endureceram e seu otimismo habitual retornado, destemido pela falta
de concentrados de metais pesados nas amostras que garimparam ou por contadores
Geiger que permaneceram em silêncio, mas para o clicar intermitente da contagem do
fundo natural.
Duas vezes eles encontraram veias de mole de óxido de ferro e uma vez que eles
encontraram uma veia estreita de minério de cobre de baixa qualidade, mas a montanha
parecia desprovida de qualquer urânio ou de qualquer minério de chumbo-zinco que
pode conter o cádmio precisavam.
Blake cuidou da camioneta com atenção meticulosa, fazendo todo o possível manter
o pó de diamante para fora de suas partes móveis. Mas de nenhuma maneira poderia ser
concebida para manter a poeira fora de tais partes móveis como os tambores de freio, a
bola e soquete da movimentação de roda dianteira, a ligação de alavanca de controle, o
guincho que eles foram obrigados a usar tantas vezes e muitas outras peças móveis. O
filtro de ar lhe causou preocupação mais do que qualquer outra coisa. Ele sabia que uma
certa quantidade de poeira fina foi ficando passado o filtro e no motor, e não havia nada
que ele pudesse fazer sobre isso. Foi um bom filtro, feito para proteger o motor contra
poeira de sílica; qualquer poeira de sílica fina o suficiente obter passado que o filtro
seria fino demais causar qualquer dano antes que ele foi reduzida a um pó impalpável.
Mas o pó de diamante, ele admitiu foi seis vezes mais do que de sílica, bem como mais
difícil — o pó de diamante se recusaria a ser reduzido a um pó impalpável, inofensivo.
Eles arredondado west end da gama cedo no trigésimo dia e viram a linha verde do
creek km de distância. O caminhão ruidosamente trabalhou como Blake transformou-se
um grau suave em direção à boca de um estreito desfiladeiro e ele passou a uma
velocidade mais baixa.
"É uma coisa boa, estamos apenas a cinco milhas do acampamento", disse Cooke.
"Você é cerca de três engrenagens mais baixas do que você seria se este caminhão
estava na mesma condição que estava quando deixamos o acampamento há trinta dias."
"Eu temo que esta será sua última viagem, eu tentei a bebê-lo e manter a poeira fora
dele, mas você apenas não pode colocar uma máquina em um invólucro à prova de
poeira."
***
Deixaram o caminhão sobre o leque aluvial suave nos arredores de portal de
estreitas da garganta e começou a por agora repetitivo processo de prospecção do
canyon. Era final da tarde quando eles encontraram seu primeiro cádmio; uma costura
cinza fina de sulfeto metálico em uma rocha regado de maior na parede da garganta.
"O sulfeto de cinzento é de chumbo e zinco", disse Blake. "Essas manchas de
amarelo-laranja pouco nele são sulfeto de cádmio".
Cooke sacudiu a cabeça. "A porcentagem de cádmio é tão ligeira — e o chumbo e o
zinco é apenas uma fina costura."
"Poderia ter mais partes onde ele está no lugar," disse Blake, olhando o lado do
declive acentuado da garganta. "Não deve ser difícil de encontrar."
Eles localizados-no lugar uma hora depois, na metade lateral da garganta, mas era
apenas uma emenda curta e estreita. Blake tentou em vão cavar nele com a escolha do
seu prospector, o ponto de que há muito tinha sido usado para um esboço sem corte.
Cooke, vão batendo no apertado-grained formação ao lado dele, parou para acender um
cigarro e limpe o suor de seu rosto.
"Temos ácidos e glicerina," ele disse. "Se tivéssemos só alguns furos feitos nesta
rocha, nós poderia preenchê-las com nitroglicerina".
"Há uma chance em mil que pode ficar mais largo em uma profundidade maior",
disse Blake, cessando a sua própria batendo fútil. Mas como podemos faça furos nele?"
"A broca de diamante —" Cooke começou e, em seguida, sua voz ficou.
"Exatamente", disse Blake, vendo o que foi de repente na mente de Cooke. "Como
nós broca diamante-rolamento rocha com uma broca de diamante?"
"Como nós pretendia fazer furos para mineração quando começamos há trinta dias?
Eu não vou discutir sobre a broca de diamante — não vejo como ele poderia perfurar
rocha de diamante-rolamento — mas por que não pensamos de tudo isso antes? "
"Não sabemos com certeza que todas as formações feita a mesma percentagem
elevada de diamante," Blake chamou a atenção. "Nós esperávamos que tal não seria o
caso, lembre-se?"
"Que mundo para viver!" Cooke suspirou. "Tudo o que tentamos fazer é frustrado
por diamantes. Como pode uma superabundância de apenas um elemento consegue
causar tanto sofrimento?"
"Bem" — Blake sacudiu seu cantil vazio e olhou para o oeste onde o sol
desapareceu atrás da parede do cânion — "não pode fazer qualquer um mais aqui,
agora, para que possamos começar bem de volta para o caminhão e ter algo para comer
antes de escurecer."
Cooke levou até a cama do canyon, seus espíritos blithe suficientemente retornado
para ele ser assobiando no momento que ele chegaram. Eles estavam meio caminho para
o portal da garganta quando se tornou de repente mais escura, como se uma nuvem
pesada tinha coberto o sol. Tornou-se mais escura, embora watch Blake disse o sol não
estava completamente pronto para definir, e quando eles estavam quase a falésias do
portal, onde o canyon de repente abriu sobre o deserto, tornou-se ciente de um rugido
baixo acima a trituração de seus passos na areia de diamante. Ele veio do deserto além
do portal; um som como uma cachoeira distante.
Cooke, duzentos metros à frente dele, ainda era assobiar alegremente e, obviamente,
não tinha ouvido falar isso. Blake aumentou seu ritmo e estava quase até com ele
quando Cooke pisou além dos penhascos que ainda esconderam o deserto de Blake.
Cooke parou, então, um olhar de espanto no rosto, olhando na direção do seu
caminhão e deserto além. Então ele tem rodas para gritar de volta ao Blake, "o que é
isso?"
Blake foi ao lado dele, poucos segundos depois, e viu a fonte de som que tinha
ouvido.
Era uma milha de distância; uma parede grande, alta preta, correndo em direção a
eles, sua crista imponente perdido na névoa atmosférica. Ele estava correndo em direção
a eles talvez a cinqüenta milhas por hora, rujir com um profundo, rugido sustentado e
pura frente dela fervendo e ferver.
"O que —?" Cooke começou, mas Blake cortá-lo fora com um simples, "venha!"
Ele correu em direção de caminhão, estimar a distância que eles devem cobrir antes a
parede preta alcançou-os. O caminhão não era muito, mas a parede estava viajando pelo
menos cinqüenta quilômetros por hora.
"É isso —" Cooke começou novamente e, em seguida, deu-se como uma rajada de
vento chicoteou areia na boca e dedicou a sua atenção para manter-se com o frota Blake.
Chegaram o caminhão com a parede preta aparecendo quase sobre eles e pulou
dentro, batendo as portas. "Tempestade de areia", disse Blake, como Cooke começou a
perguntar de novo. Uma mais difícil rajada de vento amarradas no caminhão, picando
seus rostos com areia. "Fechar a janela," Blake disse como ele dobrado até o seu
próprio. "Esses zephyrs do bebê são a guarda de avanço. Eu acho que estamos em para
um real."
***
A parede preta atingiu um momento mais tarde, com um rugido ensurdecedor e
gritando, quebrando na camioneta com golpes selvagens e envolvendo-os na escuridão.
Areia e cascalho cortaram contra o windows com um silvo forte, seco e, sobretudo o
rugido do vento, Blake podia ouvir um bater violento como o vento encontrado um
vazio e soltaram água pode na cama do caminhão e bateu-o para a frente e para trás. O
martelamento cessou abruptamente e Blake tinha uma visão mental de sua água pode ir
em saltos de canguru em toda a montanha.
"... tempo você acha?" Cooke gritou através da escuridão.
"O quê?" Blake pediu, gritando, ele mesmo, para ser ouvida acima o uivo e o rugido
da tempestade.
"Quanto tempo você acha que isso vai durar?"
"Não sei. Às vezes, uma tempestade de areia vai durar uma hora, às vezes de dez
horas."
Ele sentiu-se dentro da caixa de utilitário sob o traço e encontrou uma lanterna. Seu
feixe tinha a aparência de um cone tridimensional no ar cheio de poeira da cabina.
"Como que chegou aqui tão rápido?" Cooke exigiu.
"Ele vem em cada pequena rachadura e frestas", respondeu Blake, piscando a luz
através do pára-brisa. A luz revelou a poeira e areia que flui por eles com uma
velocidade incrível. Houve brilhante brilha no torrent de ar e areia como pedaços
maiores de diamante a luz refletida para um microssegundo e pedaços de vegetação
morta foram sendo realizados ao longo.
Blake desligue a luz e fez-se o mais confortável possível, em sua metade da cabina
pequena. "Você também pode tentar fazer a sua mente em branco contente para um
número indefinido de horas," ele avisou.
Cooke seguiu seu Conselho, reclamando a falta de espaço para as pernas. Ele estava
dormindo dentro de quinze minutos; um fato de Blake, confirmado por um flash rápido
da luz. Blake suspirou invejosa e compor-se para as horas de pensamento fútil e
preocupante que seria sua própria sorte até que o sono veio. Havia, em filosofia o genial
Cooke, uma alegre despreocupação para "Unborn." amanhã e morto ontem Mas,
enquanto ele invejado Cooke para sua atitude despreocupada, ele se perguntou se seria
de estabilidade suficiente para sobreviver o reconhecimento eventual de uma
possibilidade de não-assim-remoto — Prisão de todos os seus esforços para deixar a sua
brilhante que pode vir a ser fútil.
O vento estava agitando o caminhão e rugindo com fúria intacta quando ele
finalmente foi dormir, ainda se preocupar com o pó de diamante que estava sendo
conduzido em cada rachadura minúscula sobre o caminhão onde duas partes de metal
movido contra o outro. Sílica, durante um período de tempo, arruinaria máquinas. Este
foi o diamante, não de sílica; Isto teve uma dureza de quarenta e dois, não sete —
Ele acordou de madrugada, dura e apertada, com Cooke do ronco bem alto no
silêncio que tinha substituído a tempestade. Ele espetou um cotovelo ungentle em
costelas de Cooke. "Acordar — a tempestade é mais."
"Hein?" Cooke piscou e endireitou-se com um gemido. "Minha perna está dormindo
tanto tempo ele — Hey! O que aconteceu com nossos windows"?
"Nós agora temos vidro fosco ao redor," disse Blake, rolando para baixo da janela
opaca no seu próprio lado. "Areia de diamante é muito dura no vidro."
Pisou fora do caminhão no ar manhã calma e olhou para o dano. Cooke veio ao
redor do outro lado e open-mouthed olhou para o lado do metal brilhante, reluzente do
caminhão onde, antes, tinha havido uma espessa camada de esmalte vermelho duro.
"Parece que temos um novo trabalho de pintura," ele disse finalmente. "E nós vamos
ter que bater um buraco no pára-brisa para ver como conduzir ao acampamento.
Blake levantou a tampa do motor e percorreu um dedo o cobertor do pó de diamante
que cobria todas as partes do motor. Ele foi empilhado sobre mais grossa onde tinha
havido graxa ou óleo para segurá-la.
"O que fazemos com isso?" Cooke perguntou.
"Nada. Se devemos tentar limpá-lo, causaria a trabalhar mais profundo. Nós pode
apenas deixá-lo ficar e espero que a graxa manterá a maior parte de se aprofundar mais
em partes móveis."
"Eu me pergunto como eles fizeram para no campo?" Cooke perguntou como Blake
abaixou a tampa do motor.
"Eu estava pensando a mesma coisa. Tivéssemos melhor deixe os desfiladeiros para
ser prospectados entre aqui e acampamento de espera para o momento. Eles estão todos
perto suficiente para acampamento que nós pode sair para olhá-los, de qualquer
maneira."
Eles o opaco do pára-brisa e ficou sob a maneira, a roda e câmbio de marchas
alavanca de direcção grelha duramente. Eles viram algo brilhando metàlica meia milha
mais longe no e ele mostrou-se a que sua água errante pode; apresentado por baixo de
um arbusto de Espinho, despojado de seu esmalte e polido com um alto brilho.
***
Taylor e Lenson estavam esperando fora do navio, quando eles dirigiram-se. A
pergunta e a esperança foi simples de ser visto na cara do Lenson, mas parecia haver
uma ansiedade quase imperceptível tingindo o olhar interrogativo na cara de Taylor.
Blake o motor e subiu para fora. "Nada", disse ele. "Não é um sinal de urânio".
Rosto do Lenson refletiu uma decepção natural mas Taylor parecia ter algo em sua
mente mais grave do que simples decepção. "Então há nenhuma esperança de encontrar
urânio neste intervalo?" ele perguntou.
"Não havia nenhuma indicação qualquer que há qualquer coisa em qualquer lugar ao
longo do intervalo," Blake respondeu. Ele olhou na direção do navio. "Onde está o
Wilfred?"
"Ele saiu mais cedo para passar o dia de prospecção. Nós temos o navio muito bem
fixo no interior e lá não tem sido muito a fazer nos últimos dias. Agora, como sobre
outros minerais? Você encontrou alguma coisa em tudo?"
"Uma costura de fina de minério de chumbo-zinco que carrega uma pequena
percentagem de cádmio. Mas eu não acho que a broca de diamante nunca poderia
perfurar a rocha é."
Lenson sorriu sourly. "Eu sei que ele não é possível", disse ele. "Não temos mais
uma broca de diamante. Enquanto você se foi eu comecei a olhar ao redor e encontrou
uma formação que carregava zircão. Pois vamos precisar zircónio, todos os três
concordamos que seria uma boa idéia para configurar a broca, colocar alguns buracos e
explosão fora algum minério de zircônio-rolamento. Definimos a broca até ontem de
manhã. Por meio da tarde nós tinha gasto seis dos nossos bits de oito diamante e foram
estabelecidas quatro polegadas. Voltei para o barco no final da tarde para obter pouco
mais de óleo para motor da broca — estamos usando ele e ele foi ficando desgastado —
e a tempestade atingiu antes eu poderia voltar para a broca. Eu tinha deixado a broca em
execução; seu progresso foi tão lento que não precisa de alguma atenção. Eu tenho
perdido na escuridão da tempestade e finalmente teve que buraco atrás de um
afloramento até de manhã. Então eu vi onde eu estava e passou a broca. Eu encontrei a
areia soprando nele enquanto ele estava correndo tinha arruinado. Não só o motor, mas
as engrenagens da broca, propriamente dito. "
"Foi sem perda, estou com medo," disse Blake. "Todas as formações Cooke e vi
levado a mesma percentagem elevada de diamante."
"Mas suponha que devemos encontrar algum minério — como nós broca sem uma
broca?" Cooke perguntou. "Ou seja, suponha que encontramos alguns minério que não é
tão duro e cheio de diamantes a tornar impossível a perfuração."
"Nesse caso, seria provavelmente encontramos nós poderia arrumar a broca velha
afinal de contas," disse Blake. Virou-se para Lenson. "Você disse que você estava
usando o motor da broca para algo mais — o que foi isso?"
"Bomba de água," Lenson disse. "Parecia um tolo desperdício de esforço e tempo
para levar água para os tanques do navio em baldes, então pegamos a bomba de água de
alta velocidade pouco que havíamos trazido ao longo para o objectivo de encher os
tanques do navio, levou o motor da broca — nós não estavam usando a broca então —
despojado suficiente tubagem de ar do navio sistema para chegar para o riacho e
configurar nossa bomba de circulação." Ele sorriu novamente. "Durou tempo suficiente
para encher um tanque, então os rolamentos saiu. Nós fixo e uma semana mais tarde,
quando nós usamo-lo novamente, os rolamentos saiu de novo. Finalmente, a última vez
que usei, os rotores foram meio desgastados afastado, bem como os rolamentos e eixos
cortar."
"E o motor estava vestindo, também?"
Lenson assentiu com a cabeça. "O banco foi seca e arenosa onde definimos a bomba
e brisa estavam mexendo sempre até pouco nuvens de poeira. O motor estava em forma
muito ruim encharcado por nossos crânios espessos que o pó era pó de diamante puro e
não de todo inofensivos como parecia antes."
"Agora você volta para a água em baldes?" Cooke observada. "E vermelho e eu
estamos indo para voltar a andar. Este é um mundo cruel para alguém acostumado a
assistência mecanizada."
"Encontrar urânio," disse Taylor, a aura de preocupação ainda sobre ele. "O que
você sugere em seguida?"
"Podemos caminhar através do deserto para o intervalo mais próximo e ver o que
podemos encontrar," disse Blake. "Vai ser lento, fazendo tudo em pé, mas podemos ter
um fornecimento ilimitado de duas coisas sobre este mundo — tempo e diamantes."
"Não." Taylor sacudiu a cabeça. "Tempo é a única coisa não tem. Eu não disse nada
a Len ou Wilfred sobre isso ainda. Eu queria esperar até que todos os cinco de nós
estavam aqui falar sobre o que nós — "
"Olá". Granizo de Wilfred interrompeu Taylor e ele veio correndo em direção a eles.
"Eu vi seu caminhão puxar então se virou e voltou. Alguma sorte?"
"Nenhuma", disse Blake. "Não apenas foi lá para ser encontrado."
"O que foi isso sobre não ter tempo e algo que você não nos disse ainda?" Lenson
perguntou Taylor, os olhos no rosto de Taylor.
Os outros voltaram sua atenção para Taylor como ele falou.
"Eu estive fazendo observações diárias com o trânsito, como você sabe," ele disse.
"Eu observei o movimento aparente do nosso Sol, o sol amarelo e o cluster de mil sóis.
Achei que esta Primavera é — se tarde ou cedo não sei — mas que é sem importância.
Pensei que, em primeiro lugar, o sol amarelo estava balançando em sua órbita em torno
do nosso Sol azul e branco. Você pode ver o sol amarelo — como uma estrela muito
brilhante amarela — com antecedência nosso próprio sol todas as manhãs. De acordo
com minhas observações, o amarelo sol está fazendo um aparente avanço de cerca de
um grau a cada cinco dias na frente do nosso próprio sol. Isso passa a ser o que seu
avanço aparente deve ser como nós swing em nossa órbita, por isso ficou desconfiado e
fez outras observações. Descobri que nos aproximamos a Thousand Suns a uma
velocidade de cem quilômetros por segundo."
"Isso é o que você não nos disse?" Lenson perguntou. "Eu não entendo — nós vai
ser longas desde aqui, ou muito tempo desde poeira, antes nosso binário errante atinja a
estrela mais próxima da Thousand Suns."
"Eu disse que o avanço aparente do sol amarelo é contabilizado por nosso próprio
movimento orbital", disse Taylor. "Não há nenhum movimento orbital do observável sol
amarelo. Este não é um binário — o sol amarelo é um membro da Thousand Suns. "
"Você quer dizer —" Blake começou.
"Em aproximadamente sete um mês e meio os dois sóis vão colidir."
"E a nossa posição em nossa órbita naquela época?"
"Nós vamos para o amarelo sol o raio da nossa órbita — km 400 milhões — antes
da colisão."
***
Lenson altura pouco mudou expressão e a surpresa no rosto de Wilfred endurecido
em teimosia rápida, como se ele já tinha decidido que ele se recusaria a aceitar tal
destino. Cooke inclinou um quadril sobre o pára-choque do caminhão, seus olhos
negros cintilando sobre os outros como ele analisou suas reações. Mas, por uma vez,
feltro de Blake, Cooke foi encontrar nada para diverti-lo.
"Você tem certeza de suas observações foram precisas — que não há nenhuma
esperança nós pode ter já balançou passado o amarelo sol então?" Blake pediu.
"Eu fiz minhas observações tão fiel quanto possível e marcado por erros. Nosso Sol
está se movendo em direção ao sol amarelo a cem milhas um segundo e uma distância
de pouco mais de um e meio bilhões de milhas agora separa-los. Nossa observação
destes sóis não poderia indicar que eles não eram um binário durante o breve período
nós cair no espaço normal — especialmente com nossos meios limitados para tomar as
observações da nave. Era natural para nós supor que dois sóis tão próximos eram um
binário. Apenas observações muito precisas durante o curto tempo que observamos que
eles poderiam ter revelou a verdade e nós tivemos os instrumentos adequados para tais
observações nem qualquer razão para pensar que essas observações foram necessárias."
"Ele não mudaram nossas circunstâncias," Blake chamou a atenção. "Com sete ou
oito meses de graça, nós que desembarcaram para ver o que o planeta tinha a oferecer
em termos de riqueza mineral, de qualquer forma."
"Isso é verdade", disse Taylor. "O resultado seria o mesmo. Então aqui nós somos e
temos, de acordo com meus cálculos mais otimistas, seis meses para caber o nosso
navio com um carro e ficar longe aqui tão rápido quanto possível."
"Seis meses?" Cooke exigiu. "Você disse que é sete e meia."
"Nós vamos ter que ser um longo caminho daqui até lá — Aurora carrega uma
excepcionalmente alta porcentagem de carbono e você sabe o que acontece quando
qualquer processo de conversão nuclear absorve o excesso de carbono."
"Oh-oh-nova!"
"E eles chegarem um longo, longo caminho", disse Taylor.
"As unidades de hiperespaço — o poder para eles —" Wilfred começou.
"Se podemos sempre encontrar uma maneira de lhes poder, ele terá que ser caminho
no espaço," disse Taylor. "Ou que é o mais seguro plano de acção para nós, eu diria."
"Eu concordo", disse Blake. "Se conseguirmos encontrar minério puro o suficiente,
nós possivelmente poderá tirar daqui, dentro de seis meses. Teria que ser
excepcionalmente puro minério — é improvável que podemos encontrar tal minério,
mas não sabemos que é impossível. A primeira coisa que queremos fazer é começar a
ficar tão longe daqui quanto possível e o mais rápido possível. Dado minérios puros o
suficiente, podemos fazer isso, eu acho."
"Você disse 'improvável mas não impossível'", disse Taylor."Quão improvável você
acha é?"
"Se os outros intervalos são semelhantes a este, nossas chances são muito pobres.
Podemos tentar; podemos ir como duas partes diferentes para economizar tempo. Cooke
teve experiência em colinas, agora e poderia ir com um de vocês a gama Norte-nos
enquanto eu fui com a outra a gama Sul-nos. Se não há nada nas faixas adjacentes, eu
diria não adianta olhar mais longe."
"Porquê?" Lenson perguntou.
"Tempo. Tempo e distância. Qualquer minério encontramos tem que ser levado para
o navio em nossas costas — o caminhão está desgastado. "
"Então, vamos começar hoje," sugeriu de Cooke. "Já que nosso tempo é tão curto,
nós não deve perder uma hora de ele. Vamos começar agora mesmo."
Blake olhou para o sol de manhã cedo. "Uma boa idéia. Certamente não teremos
qualquer dias desperdiçar. Vamos dar ao longo de fornecimento de cerca de sessenta
dias de comprimidos de alimentos concentrados, além de reposição de solados e, acima
de tudo, cantinas."
"As tábuas de alimentos concentrados durante dois meses —" Wilfred começou
mesmo, mas foi interrompido.
"Para forragens grosseiras podemos comer bagas de Espinho," Blake disse-lhe.
"Cooke e eu experimentei. Eles são de mau gosto, mas eles são totalmente inofensivos."
Virou-se para Cooke. "Você pode tomar Wilfred em toda a gama de norte e Lenson
melhor é construído para a caminhada através do deserto ao sul do intervalo de Wilfred
é — é cerca de três dias sobre a água em nossas cantinas para chegar nessa faixa Sul."
"E se a faixa Sul não tem nenhum riachos ou nascentes nele — como vai você voltar
através do deserto sem água?" Taylor perguntou.
Blake "Não", disse simplesmente.
Cooke deslizou fora do pára-choque e olhou para o caminhão, balançando a cabeça.
"Se tivéssemos poderia ter este caminhão usar —"
***
Blake e Lenson atingiu a faixa Sul no terceiro dia de vagar através do diamante
brilhante areia do deserto, suas gargantas queimadas e secas e suas cantinas vazias. Eles
encontraram água; um escoamento de água de alcalóide revoltante, mas foi a água. Eles
encontraram um riacho de água doce no dia seguinte eles começaram na frente norte do
intervalo, desmoronar-se fora das montanhas e desaparecendo sob a areia no pé da
montanha. Era uma gama alta, robusta e encontraram outros riachos e nascentes, como
eles foram. Chegaram a seu extremo leste no trigésimo dia e rejeitado em sua face sul.
Eles vieram à última canyon sua encosta sudoeste no quinquagésimo dia e sabiam que
não tinham. Que tinham encontrado uma veia ocasional de óxido de ferro e, uma vez,
uma veia bastante macia de minério de cobre, mas não tinha havido nenhuma indicação
de urânio.
No quinquagésimo quarto dia atingiram o navio novo, Gante e irregular, com
whiskers de Blake vermelhos flamejante desenfreada e barba marrom do Lenson,
dando-lhe o olhar de um pai religioso jovem benigno mas carente.
Como se planta prearranged, Cooke e Wilfred voltaram ao mesmo tempo; Cara-de-
rosa de Wilfred queimada vermelha pelo sol, seus bigodes loiros brotando áspera,
enquanto Cooke usava uma barba preta espessa que, juntamente com os olhos de preto
brilhantes, deu-lhe uma aparência ainda maior de ferocidade piratas.
Taylor estava carregando dois baldes de água para o navio, quando quatro deles
apareceu. Ele estabeleceu os baldes para baixo e esperou.
"Sem sorte", Blake disse que quando eles se aproximaram dele.
"Aqui mesmo", disse Cooke. "Nesse intervalo, fomos para foi tão estéril como um
presente."
"Eu tenho sido continuando minhas observações," disse Taylor. "Tudo verifica com
meus primeiros, e agora estamos sessenta dias mais perto do final. Vamos ter de
começar a realizar algo muito rápido."
"Sei que ele", disse Cooke, coçando a barba preta, manga esfarrapada de camisa
balançando ao vento. "Mas antes de começar qualquer longas conversas sobre o que
faremos em seguida, vamos ter algo para comer, além de bagas de Espinho e pílulas. E
tomar um banho — eu estou tão coberta com pó de diamante que, nua, eu seria brilho
como uma jóia preciosa. "
Taylor pegou seus baldes de água. "Não há água suficiente para todos para tomar
banho", disse ele, "enquanto você não desperdiçá-la. Estive ocupado com outras coisas
ou eu teria tido mais água, transportada para o navio."
"Vamos ter de ter uma bomba", disse Blake, aliviando Taylor de um dos baldes.
"Não adianta gastar transportar água de tempo em baldes."
Lenson ele olhou agudamente para ver se ele estavam brincando.
"Você tomou um olhar para o que que o diamante de sedimentos na água fizeram a
nossa bomba?" ele perguntou. "Arruinou-lo, e foi feito do aço de liga mais difícil."
"Nós não é possível usar qualquer tipo de bomba que tem peças de aço em
movimento", disse Blake. "Não já feita de liga de aço pode resistir a diamante. E, desde
que o aço é nosso mais duramente material sintético, é óbvio que não podemos usar
qualquer tipo de uma bomba que tem peças móveis de metais. Então, vamos não tentar
lutar o diamante com ligas de aço mais difícil — se nós tivemo-los — nós só vai superar
o problema de abrasão fazendo uma bomba que não tem partes móveis. "
"Oh?" Cooke olhou para ele. "Uma solução brilhante, mas para uma coisa — como
podemos mover a água sem o motor fazendo qualquer movimento?"
"Deixamos a água usar sua própria velocidade para forçar a parte de si mesmo mais
elevado do que a fonte — fazemos um carneiro hidráulico."
"Hm-m-m!" Taylor grunhiu em auto-rejeição. "Eu poderia ter tido um feito há muito
tempo, no meu tempo livre, mas nunca pensei em uma solução tão simples. Eu fiquei
pensando de alguma forma de combater a abrasão do diamante, em vez de como evitá-la
completamente."
"Mas um carneiro hidráulico tem partes móveis," Wilfred opôs-se. "As válvulas.
Sem as válvulas alternadamente abrindo e fechando, a ram não iria funcionar. Como
você mantém as válvulas nele?"
"As válvulas são tão simples — uma válvula flutuante e um flap — que todos nós
temos que fazer é pulverizar as válvulas e sedes de válvulas com borracha plástica. O
diamante não pode prejudicar a borracha, a borracha é tão suave que dureza do
diamante não tem efeito sobre ele. "
***
Um chuveiro e uma refeição completa fizeram muito para melhorar seus espíritos, e
fazer a barba fez ainda mais para melhorar sua aparência. Taylor levou acima o assunto
de seu próximo curso de ação e Blake perguntou para sua opinião sobre a conveniência
de mais prospecção de urânio. Blake respondeu à pergunta com uma sugestão.
"Vamos ter de descansar uma semana, apesar de nosso tempo é tão curto," ele disse.
"Desta vez vamos ter dois desertos para atravessar, assim como a montanha entre, e
nossa dieta de sessenta dias passada de alimentos comprimidos e bagas de Espinho tem
todos os quatro de nós na condição de muito fraca. Enquanto nós descansamos até
sugiro que tentamos pensar em alguma alternativa para a unidade atômica. Eu não vou
discutir se o resto de vocês querem continuar à procura de urânio, mas estou com medo
de que é impossível. Sem um caminhão ou qualquer outra forma de transporte, ele faria
nenhum US bom para encontrar o minério. Nós não estamos indo para ser dado o tempo
para transportar o minério para grandes distâncias sobre as costas, desertos e montanhas.
Então, suponho para os próximos seis dias que todo mundo faz uma tentativa em
pensamento algum plano que não seja a unidade atômica?"
"Os planos mais, melhor," disse Taylor. "Se tivéssemos uma seleção grande o
suficiente para escolher, nós poderia escolher um que seria infalível. Mas não vejo
como podemos encontrar uma maneira mais rápida e mais simples para levantar este
navio do que a unidade atômica."
Os outros me senti da mesma forma; eles pareciam muito dispostos a considerar
qualquer plano alternativo mas com nenhuma concepção de qualquer desses planos.
Blake não fez nenhuma menção da idéia em sua própria mente, certo que ele realizou a
sua única esperança de sobrevivência, mas temer sua partida radical de linhas
convencionais de pensar iria levá-los a rejeitá-lo, apesar da magnitude de suas
possibilidades.
Eles fizeram o carneiro hidráulico no dia seguinte e lançou uma linha de tubagem de
ar do navio para um ponto suficientemente montante ao longo do creek pouco ruidoso
para dar a pressão necessária. Pouco antes do sol baixou conectaram o último
comprimento de tubulação para a ram, voltou-se para o navio para aguardar o primeiro
fluxo de água no tanque do navio. É necessário algum tempo para que a tubulação entre
o carneiro e o navio para encher com água, mas a água veio finalmente; um gotejamento
constante de pouco.
"Você sabe," Cooke comentou enquanto observava o fluxo minúsculo, "os antigos
não eram exatamente tolos."
"Finalmente, nós ganhamos uma rodada no nosso campo de batalha com este pó de
diamante," Lenson disse.
"Quero que todos vocês para manter em mente como o fizemos", disse Blake.
"Fizemos utilizando as forças naturais à mão e não tentar lutar a abrasividade do grão de
diamante. Lembre-se, em qualquer planejamento que você faz —você não pode lutar o
diamante com metal!"
"Acho que estamos todos conscientes de que, até agora", disse Taylor.
"Espero que sim. Até podemos reconhecer esse fato, nós não vai chegar a lugar
nenhum."
Nenhuma menção foi feita de seu problema nos dias subseqüentes e Blake esperava
que tal silêncio era indicativo de séria reflexão sobre a sua parte e não meramente uma
aceitação fatalista do status quo.
No sexto dia após o seu regresso reuniram-se na sala central do navio para cada
apresentar o seu plano, se for o caso. Blake adquiridos alguns pequenos itens desde a
sala de reparação e de seu próprio armário apenas antes que a discussão começou.
Taylor fez um rápido resumo de sua situação.
"Pode ter havido apenas três formas possíveis de deixar este planeta," ele disse. "O
mais certo seria enviar uma mensagem para a nova terra, mas isso é impossível. Não
podemos reparar ou duplicar os tubos transmissor quebrou ou transformador de
hiperespaço. Sua construção exige máquinas de precisão muito complexo, bem como
ligas especiais. Nós não pode reutilizar as várias ligas nos tubos quebrados porque a
exposição ao ar transformou-se várias das ligas mais delicadas a poeira.
"O método segundo mais fácil e o mais impossível, seria simplesmente esperam e
esperam que um navio vem no tempo para nos salvar. Eu sei que todos nós rejeitar que.
Isso deixa apenas uma maneira de deixar este mundo antes de queima-se — para fazer
um drive para o nosso navio. E que se resume à pergunta: continuam a procurar urânio e
cádmio ou serão dedicamos nosso tempo e esforço para algum outro método de
levantamento do navio do que uma unidade atômica? "
"Eu tenho mantido minha mente receptivo em branco para seis dias e não uma única
idéia chegou perto dela," disse Lenson. "Não vejo onde temos qualquer escolha — o
que mais nós planejamos com alguma esperança em tudo que não seja uma unidade
atômica?"
"Antes, nós continuar para novos planos," Wilfred disse, "suponha que deixamos
Blake dar sua opinião sobre as chances de encontrar urânio e cádmio em tempo para
fazer uma carro."
"Nós não encontramos nenhuma evidência de qualquer urânio em três cordilheiras
full-grown", disse Blake. "Não há ferro e uma pequena quantidade de cobre, mas não há
elementos radioativos. Não sei se é verdade de todo o continente, mas a seção que
estamos é elementos quase totalmente a luz.
"Eu sou não em favor de qualquer prospecção ainda mais. Nosso tempo é muito
limitado; tudo o que fazemos terá que ser feito sem demora. Ainda mais a prospecção, a
pé, exigiria tempo, muito tempo. Possivelmente o minério que queremos está dentro de
cinqüenta milhas de nós, mas como nós encontrá-lo no tempo, a pé? Mesmo se nós
encontramo-lo e em um estado suficientemente puro, como nós transportá-lo voltar para
o navio em tempo? Nós não temos nenhum caminhão, você sabe; temos apenas nossas
pernas e costas. Se tivéssemos o tempo — e se este mundo nos permitiu usar o
caminhão — ficaria em favor de continuar a prospecção até que nós encontramos os
minérios que precisávamos . O caminhão iria encurtar dias de viagem em horas; seria
transportar o material necessário e equipamento para o minério e transportar o minério
de volta. Mas nós não temos um caminhão mais — e não temos tempo. Na minha
opinião, mais prospecção é um desperdício do nosso tempo curto e precioso."
"Não parece ser alguém que não concorda com você," disse Taylor, quando os
outros permaneceram em silêncio. "Você pinta uma imagem escura, mas é inegável a
verdade dele."
"Você tem um plano?" Wilfred perguntou.
"Eu tenho. Você tem tudo pensado ao longo de linhas convencionais, não é?"
"Essas linhas convencionais de pensamento produziram o navio que nos trouxe
aqui," Wilfred apontou.
"Ele fez, mas o mesmo tipo convencional de pensar nunca vai levantar novamente.
Eu tenho uma idéia pouco convencional e uma pergunta aparentemente simples. Se
você puder responder a minha pergunta, nós saberemos como fazer um carro para o
nosso navio."
Blake extraídos vários itens do bolso: um curto de aço da barra, um quadrado de
alumínio da folha, um pedaço de vidro fino e uma agulha de cerzir grande em um longo
fio. Ele estabelecidas na mesa diante dele e continuou:
"Estou com medo de que o pensamento convencional não funciona em um mundo
não-convencional. Nós já todos foram atacar nosso problema como se nós foram
abandonados em contrapartida de terra nova, com ar livre de poeira e a oferta abundante
de minerais da terra nova. Podemos continuar pensando de uma unidade de foguete
porque uma carro do foguete foi o tipo mais simples de unidade para construir um
mundo de máquinas e minérios radioactivos. Não, temos aqui; não temos recursos do
tipo de terra e equipamentos para combater um ambiente decididamente não-terra-tipo.
Na nova terra utilizamos máquinas — todo o progresso tecnológico humano resultou
dessa coisa simples, a roda. Sem rodas lá nunca teriam sido máquinas, sem máquinas
nunca haveria a unidade atômica. Você todos vimos que não podemos ter rodas neste
mundo. Não podemos ter rodas, não podemos ter qualquer tipo de máquinas peças em
movimento por um mundo de pó de diamante. Nossa própria ciência baseia-se na roda e
se não desenvolvermos uma ciência de substituto para ele, subimos na fumaça em sete
ou oito meses".
Blake pegou a barra de aço. "Há uma força que ninguém mencionou, e é uma força
que todo o pó de diamante, neste mundo nunca poderia faze porque ele não tem partes
móveis —tipo de campo de força."
Ele pegou a agulha pelo seu segmento. "Este é um comum Barra magnética," disse
ele, deixando a agulha clique contra o fim de tudo. "Todos sabemos que pólos opostos
atraem, como pólos repelem. Eu puxar a agulha fora da extremidade do íman e a agulha
encaixa-se volta contra ele no momento que eu liberá-lo porque a sua extremidade
inferior tem sido magnetizada com uma polaridade oposta do que final da barra. Se eu
mudar as extremidades com a barra de ímã, a agulha, em vez de sendo atraída por ele,
balanç afastado fora no thread para ficar longe dela. Eu tenho um pedaço de folha de
alumínio aqui — a repulsão magnética vai para a direita através dele. O mesmo com
este pedaço de vidro."
Ele previsto o ímã e a agulha para trás na tabela. "Quatro tem a formação técnica e
conhecimento — eu sou apenas um engenheiro de mineração bastante competente. Mas
meu bom senso me diz que a razão que não podemos deixar aqui é porque uma força de
campo-tipo, gravidade, prende-nos aqui. Meu bom senso diz-me também que devem ser
os mesmos princípios básicos subjacentes a todas as forças de campo-tipo; magnetismo,
indução, gravidade. Se dois corpos magnetizados podem ser feitos repelem, é
impossível que dois corpos mantidos juntos por atração gravitacional poderiam ser
feitos para repelir os outros?
"Como eu disse, eu acho que os mesmos princípios básicos subjazem a todas as
forças de campo-tipo. Se podemos aprender o que é esse princípio, nós podemos
produzir uma unidade que opera por antigravidade. Assim, esta é a pergunta que eu
queria perguntar-lhe: o que causou a agulha e o ímã a se comportar como eles
fizeram?"
Houve silêncio por um tempo como eles consideraram a proposta de Blake. Wilfred
foi o primeiro a falar.
"É um fenômeno simples," ele disse, "e conhecido por qualquer criança."
"Isso é verdade," Blake concordou. "Qualquer criança sabe o que vai fazer um ímã,
mas algum de vocês sabe mais sobre um ímã do que a hipotética criança? Todos sabem
que um ímã vai fazer — algum de vocês sabe por que ele faz isso? "
"Eu não sei nada de forças magnéticas,-me," disse Lenson, um pouco incerta, "desde
que eles não entrarem meu próprio campo de estudo, mas Cooke provavelmente sabe-
los da Izzard."
"Eu sei que um ímã vai fazer — eu realmente não sei por que ele faz isso," disse
Cooke. "Homens fizeram uso do magnetismo e indução de forças ao longo dos séculos e
o comportamento de tais forças são conhecidos em detalhes precisos — mas ainda não
se sabe o que essas forças são. Você pode manipular uma força para sua própria
vantagem, se você entender o seu comportamento sob diversas condições, mas se você
entender exatamente o que é força, você pode manipulá-lo para seu próprio proveito,
muito mais eficiente. "
"Eu concordo", disse Lenson.
"Não há outra força de tipo de campo que usamos sem compreender totalmente —
nosso hiperespaço," disse Blake. "Teoricamente, ele não deve exigir tal um impulso
enorme do poder para ativar as unidades de espaço-shift — mas temos que usar essa
enorme onda de poder obter qualquer resultado. Dizemos nós 'deslizamento' ou 'saltar'
para o hiperespaço. Nós não. Nós não 'escorregar' essa barreira — vamos quebrar nosso
caminho através dele, com o resultado completo de um conversor de nuclear. Se
podemos aprender o que são forças de campo-tipo, não vejo nenhuma razão por que nós
não poderá então alterar nosso hyperdrive que gerador do navio fornecerá energia mais
do que suficiente para ele."
Cooke, "Uma possibilidade", disse.
Taylor assentiu de acordo, então disse: "mas, enquanto a idéia tem possibilidades
ilimitadas, nós não a menor garantia de que nós vai perceber qualquer um no pouco
tempo que temos."
"Sei que ele", disse Blake. "Eu sei que é uma oportunidade muito, já que nosso
tempo é tão curto. Mas é uma possibilidade, e todos os outros planos que têm sido
fadados ao fracasso antes de começarmos.
"É algo de um desafio", disse Wilfred. "A idéia me atrai. É verdade que na verdade
sabemos relativamente pouco do tipo de campo forças; nosso ambiente foi tal que nosso
progresso técnico levou ao estudo atômico."
***
Blake olhei os quatro homens, ambos surpreenderam e aliviados que eles devem
aceitar seu plano sem argumento; a abordagem só é possível para o problema, ele estava
convencido, que ofereceu alguma esperança. Taylor parecia ser o único que tinha
dúvidas e Blake disse-lhe: "qual é sua própria opinião do meu plano? Você está em
favor de descartar todos os outros planos e concentrando-se no estudo do tipo de campo
de forças?"
"Minhas metade-expressa dúvidas realizando qualquer coisa no tempo que temos
não eram pretende ser uma objeção. É um campo de estudo que sabemos muito pouco, e
é um campo difícil de aprender. Mas eu sou a favor — não, pelo menos, é de acordo
com o uso de máquinas em movimento. Nós pode estudá-lo sob condições controladas,
aqui no navio. Na verdade, eu gostaria de sugerir o estudo de campos de indução como
um acionador de partida — pode manipular campos de indução para se adequar a
mesmos e em todos os tipos de condições. "
"Em toda história do homem," disse Cooke, "desde que o selvagem primeiro quis
saber por que um pedaço do lodestone natural iria atrair grãos de magnetita, ninguém
foi capaz de descobrir o porquê. Mas, enquanto não temos muito tempo, nós temos um
incentivo muito poderoso. E nós sabemos algumas coisas sobre magnetismo. Por
exemplo: todos os metais ferroso ferro com uma valência de dois é magnético. Ferro
férrico, com uma valência de três, não é magnético. Vamos descobrir o porquê — um
átomo de ferro é um átomo de ferro e deve ser magnético se é combinado com oxigênio
ou não. "
"Vamos precisar suco", disse Taylor. "Electricidade simples, à moda antiga."
"Consigamos que," disse Blake. "Gerador do navio não foi danificado, por isso nós
vamos fazer o único tipo de motor de um mundo sem petróleo, carvão ou minérios
radioactivos teriam permitido — um motor a vapor. Temos água, abundância de árvores
para combustível, e temos um torno. Há um tubo de primer-impulso sobressalente que
vai fazer um cilindro perfeito."
"Como sobre o pó de diamante na água?" Taylor perguntou.
"Apenas vapor limpo vai para o cilindro, e o pó de diamante não afetará a caldeira
como cal. Além disso, temos nossos filtros de água nos tanques do navio".
Wilfred pegou a agulha e deixe balançar do thread, segurando o ímã sob ele. "Se
este ímã representado neste planeta, e seu magnetismo era a força da gravidade, com
esta agulha representando nosso navio, equipado com algum acessório para torná-lo
antigravitic na extremidade inferior, como esta agulha é antimagnética —"
Ele deixou a agulha balançar no thread, saltando longe o rechaço do ímã e, em
seguida, balançando-se em mais uma vez, ser parado e expulsos pela força invisível.
"A barreira invisível", disse ele. "O que é? Não é matéria, não como a conhecemos
matéria. Chamamos-lhe uma força, mas exatamente o que é que nenhum material, vidro,
metal ou qualquer outra coisa — pode barra? "
"Eis a questão", disse Taylor. "Ele vai ser uma dura para responder".
Cooke, "Vai", disse, "mas sabemos que a resposta está lá se nós pode encontrá-lo. O
poder que precisamos para mover este navio é ao redor de nós; nós vai ser procurando o
segredo de um poder que nós sabemos existe. "
"E se nós continuou a caçar para o urânio, iríamos estar olhando para algo que
mostram todas as provas não não existe," disse Blake.
Lenson volta empurrou sua cadeira e começou a seus pés. "Agora que sabemos o
que queremos fazer, vamos ter ocupado," ele disse. "Vai levar todos os cinco de nós
muito tempo para construir essa caldeira e o motor, então vamos começar agora
mesmo."
"Eu concordo", disse Cooke. "Estamos indo para um final desagradável a cem
quilômetros por segundo — o pássaro do tempo tem mas de forma um pouco para voar
—"
"E Lo! — o pássaro é a asa!" Wilfred terminou, um raro sorriso no rosto jovem
combativo como ele empurrou para trás sua própria cadeira.
***
O gerador foi reduzido de sua posição de pendurar na parede e fixado um piso novo-
estabelecidas de aço. Uma caixa de engrenagens foi feita a partir das engrenagens do
elevador do navio e as vigias do quarto disco foram equipadas com janelas de glassite;
Windows que foram processados sub-translucent pela primeira tempestade de areia, mas
ainda seriam admitir a luz suficiente para o trabalho. A caldeira e o motor de construção
progrediu lentamente, com o torno pequeno e os tipos limitados de material disponível,
mas eles trabalharam constantemente enquanto a estrela amarela avançada mais longe e
mais longe à frente de seu próprio sol. Ele brilhava no céu amanhecer uma hora de
antecedência de levantar de seu sol, quando eles começaram a construção do motor. No
dia em que eles completaram o motor ele foi dissipando a escuridão Oriental duas horas
antes do sol de azul e branco trouxe o primeiro toque da Alvorada de arco-íris e quase
três horas antes do sol, propriamente dito, apareceu.
Blake, Cooke e Lenson torrado a máquina a vapor no dia completou e deu-lhe um
funcionamento bem sucedido de julgamento; um brinde modesto de um pequeno vidro
cada, devido à quantidade limitada de álcool de cereais no armário de medicina. Taylor
e Wilfred, que nunca bebeu, já tinham ido para a sala central para começar o trabalho de
convertê-la em um laboratório.
"Ela não é bonita", disse Cooke, indicando a caldeira disforme e motor com seu
copo vazio, "mas a beleza é como beleza faz. E ela rodou esse gerador como um topo."
"Ela fez", disse Lenson. "Como você disse do carneiro hidráulico — os veteranos
não eram exatamente tolos."
"Temos todo o poder que precisamos sempre que acontecer de precisar dele", disse
Blake. "Em seguida, assim que chegarmos a sala central convertida, será colocar nossas
idéias para a prova de fogo."
"Eles dizem que o teste de ácido é sempre azedo", disse Cooke. "Será preciso fazer
uma exceção essa regra. E você já percebeu a nossa grande estrela amarela? Agora é
mais de quarenta graus com antecedência o nosso Sol, — dá a ilusão de viajar longe de
nosso Sol, exceto que ele continua a ficar mais brilhante. "
"Estamos já um quinto do caminho a ele", disse Blake.
"A nova criada quando Aurora entra no sol amarelo deve ser espetacular" passou
Cooke. "E, em seguida, o que acontece quando nosso sol grande de azul e branco vai
para a nova? Ele irá produzir uma super-nova? Nenhum homem tem sempre ficava e viu
uma coisa dessas, você sabe."
"Nem nós se não obtivermos será ocupado," disse Lenson. "Tempo, maré e encontro
do Aurora espera nenhum homem — e aqui estamos com vidros vazios em nossas mãos
quando devemos trabalhar."
"Você está certo", disse Cooke, voltando-se para ir. "Segurando um vazio vidro é a
coisa mais inútil que um homem nunca fez."
***
A sala central do navio foi convertida em um laboratório — ou mais próximo a um
laboratório como seu equipamento limitado permitir — e windows glassite grande
foram instalados em furos cortados no casco; uma forma muito melhor de iluminação
do que as lâmpadas de óleo improvisado eles estava usando.
Idéias foram apresentadas nos dias vindouros; alguns que eram não mais do que a
repetição de experiências conhecidas e algumas que eram contrariamente ao aceitaram
teorias dos princípios magnéticos e gravitic. Estes foram, em primeiro lugar, apresentou
um pouco auto-consciente e Blake e Cooke fizeram o seu melhor para desencorajar tal
relutância em afastar-se do pensamento convencional. Como os dias mesclados em
dezenas de dias a relutância apresentar teorias heterodoxas desapareceu e todos os cinco
adotaram a política de aceitar cada nova teoria, como Cooke colocou: "O pressuposto de
que toda a teoria, não importa o quão fantástico, é inocente do crime de invalidez, até
prova em contrário."
Cada experimento foi dado um número, precedido pela letra X para "Experimental"
e os dados adquiridos pela experiência arquivada. Blake, cujos cálculos matemáticos
como um engenheiro de Minas nunca tinham exigido tabelas mais de trigonométricas e
logarítmicas, tornou-se tão proficiente como os outros. Sua falta de aprendizado de
técnica avançada não foi, de certa forma, nenhuma desvantagem — ele não tinha nada a
desaprender. Ele absorveu todos os dados disponíveis sobre o real, observado o
comportamento de tipo de campo de forças e rejeitou a adopção de quaisquer teorias
preconcebidas das causas para tal comportamento, manter sua mente aberta para a
inspeção imparcial de novos conceitos.
Trinta dias passados e, em seguida, outra meia, enquanto a estrela amarela cresceu
lentamente mais brilhante e aumentou a distância aparente entre ele próprio e seu
próprio sol — a aparente ampliação da distância que então foi desmentida pela estrela
amarela do aumentando o brilho. O primeiro entusiasmo de Cooke, Lenson e Wilfred
deu lugar a uma tranquilidade e trabalharam mais horas. Taylor não traiu nenhuma
emoção particular mas ele estava cedo e dormir tarde.
Solstício de verão chegou e o sol cessou sua aparente progresso para o norte e
começou a rastejar para o Sul, quase imperceptivelmente, em primeiro lugar. Ventos do
deserto veio com maior freqüência após o solstício, quente e abrasador e trazendo sua
carga sempre presente de areia e poeira.
Foram na Aurora quatro meses quando Cooke, em um momento de humor sombrio,
risquei um enorme calendário na parede do laboratório. Ele deixou trinta dias grande e
cinco linhas profundas. Cada dia que passou seria preenchido com giz vermelho e os
quadrados vermelhos que movem o calendário, linha após linha, aviso os cinco homens
que trabalharam na sala da falta de seu tempo.
Duas linhas de trinta dias cada um foram risquei um sólido vermelho quando
encontraram a primeira chave para o segredo que significou em suas vidas.
***
117 X colocar sobre a mesa do laboratório, um complexo conjunto de bobinas e
aparelhos eletrônicos, com um pequeno diamante de azul e branco balançando em um
arco pequeno apenas no ponto focal dos campos de indução. O diamante pendurado em
um longo fio, ligado a uma escala de mola delicada com mostrador grande.
Cooke olhou sobre o conjunto, em seguida, ajuntou seu cabelo pesado para trás de
seu rosto e sorriu para os outros. "Isso", disse ele, "deve ser o que nós está procurando."
"Você disse que cada vez," Wilfred lembrou-lhe.
"Vamos descobrir," Blake sugerido, sentindo sua impaciência habitual para
aprender, logo que possível, se seus esforços novamente tinham sido em vão. "Temos a
pressão de vapor total e nosso motor está pronto para girar o gerador sempre que você
fechar o interruptor".
"Isso é o que eu digo — vamos superar o suspense com," Lenson disse. Ele fechou o
interruptor que abriria governadores do motor de vapor e o fraco chuffing no quarto
carro tornou-se um rápido batendo. A agulha sobre o indicador de saída do gerador
começou a subir rapidamente, e todos os olhos foram transferidos para o mostrador da
balança de mola.
"Vinte segundos", disse Cooke, sua atenção, alternando entre o diamante e seu
relógio. "Ele deve acumularam um efeito até então. Se não tem, ele vai olhar como
outra falha e eu vou ter que acho que mais uma vez o sucesso da próxima."
Ninguém falou como eles assistiram o diamante balançar suavemente de longo
segmento. Foi só um pequenos um, não mais de dez grãos de peso; essa pequena e
insignificante massa para resistir a todos os seus esforços para movê-lo.
"Dez segundos", Cooke entoou. "Oito — cruzar os dedos e say a little prayer — três
— dois —agora!"
O diamante continuou a balançar em seu arco de minúsculo e o ponteiro na escala
permaneceu imóvel. Ninguém se mudou nem tirou seus olhos de diamante, mesmo
quando o cheiro de queimada isolamento tornou-se perceptível.
"Ele está sobrecarregado, agora," disse Lenson, mas não fez nenhum movimento
para abrir o interruptor.
"Dar-lhe mais," ordenou Blake. "Dar-lhe a saída completa do gerador — vamos
certifique-se dele e deixá-lo queimar, se quiser."
Lenson bati um outro interruptor fechado e a saída completa do gerador grande
subiu através de 117 X. Uma bobina saiu em um flash de fogo azul e alguém gritou
incrédulo.
No breve instante antes da bobina desapareceu o diamante mudou-se.
"Mudou-se!" Cooke exclamou júbilo. "Nós vamos ter a nossa unidade!"
Houve um minuto de euforia bastante natural e confuso babble de conversa
animada, durante o qual Blake lembrado para abrir o interruptor novamente. O
martelamento silenciado da máquina a vapor morreu afastado e o babble resolveu-se em
conversação coerente.
"Estamos no caminho certo," finalmente, Blake disse decididamente.
"Só fizemos algo que toda a nossa ciência realizou nunca antes," disse Wilfred.
"Criamos uma força de antigravidade".
"Temos um longo caminho a percorrer", disse Taylor. "Nós construímos uma força
de antigravidade que levantou um diamante pesando dez grãos — e tomou a saída
completa do gerador do nosso navio para fazê-lo. Mas agora temos um resultado
comprovado para ir temos o início de uma compreensão dos princípios básicos".
"Quando chegarmos onde queremos que ele, duvido que ele irá suportar qualquer
semelhança com este", disse Blake, indicando o conjunto na mesa com a mão. "Isso só
passou a ser a maneira mais fácil de produzir um pouco da força que estávamos
procurando. Assim, você poderia dizer, a maneira mais fácil de produzir electricidade é
afagar um gato. Mas você não iria tentar fornecer a eletricidade para a cidade por ter o 1
milhão homens envolvidos em acariciar gatos 1 milhão".
"Eu tenho uma teoria", disse Cooke. "Uma vez que aprendemos um pouco mais
sobre essa força que criamos podemos tentar algo mais — vamos tentar inverter o fluxo
gravitic, em vez de construção de uma usina de asfalto contra-fluxo. Eu quero trabalhar
no que a teoria e ver o que o resto de vocês Pense nisso. Tal sistema não deve exigir
quase nenhum poder desde que nenhuma força seria criada, apenas invertida."
"Carro do navio perfeito seria uma carro do tipo de campo", Wilfred disse, "por
razões mais do que um. A razão que eu tenho em mente neste momento é esta: não
haveria nenhum limite para a velocidade de aceleração desde o navio e seus ocupantes
iriam ser envolto na força motriz. Não, para os passageiros, seria como o foguete de
carro onde eles realmente são empurrados pelo assento de suas calças."
Blake assentiu com a cabeça. "Eu estive pensando a mesma coisa. Acho que todos
nós temos, porque a única maneira que nós estamos indo para escapar a essa nova é
acelerar a uma velocidade inédita. Podemos fazer isso quando nós perfeito o que
estamos trabalhando; com o nosso navio e nos envolvia na força motriz nós pode
acelerar imediatamente a qualquer velocidade e com nenhuma sensação de acelerar em
tudo."
"Não mais redes de aceleração e anti-acceleration de drogas", disse Cooke. "Não
mais longos períodos de alcançar a máxima aceleração, então outros longos períodos de
desaceleração. Temos realmente algo — ou terá quando nós terminamos. " Olhou
Taylor. "Quanto tempo vamos ter? Suas últimas observações deu-nos tanto quanto um
dia a mais?"
Taylor olhou para o calendário que Cooke tinha risquei na parede. "Seu calendário
ainda mantém boa — você tem no último dia será o nosso último dia."
"Oitenta e cinco dias — que não é muitos," Lenson disse.
"Não, mas vamos fazer de agora em diante, o progresso", disse Blake. "Nós temos
algo para trabalhar já abrimos uma porta que ninguém nunca abriu antes."
"E se houver outra porta atrás do que nós abrimos?" Lenson perguntou.
Foi Cooke, que respondeu, a finalidade da condenação em sua voz. "Então nós vai
abrir aquele, também."
***
Pergunta do Lenson provou para não ser um ocioso; havia uma porta atrás do que
eles tinham aberto. No countergravity eles criaram leigos a chave para a segunda porta,
a reversão da gravidade, mas ele iludiu como os dias se passaram. Repetiram X 117 e
variações do mesmo até o furo de registro dados experimentais o número X 135. Teoria
de Cooke foi examinada e reexaminada e nenhuma falácia foi encontrada, nem é que
qualquer outra teoria poderia ser construída que se encaixam os fatos que tinham
descoberto. Eles aceitaram a teoria de Cooke como válido, e ninguém questionou a
possibilidade de inverter os fluxos de gravitic com uma quantidade insignificante de
energia.
Todos estavam convencidos do sucesso final — se eles mas poderiam ter o tempo.
Os dias fugiram enquanto eles tentei e tentei novamente. Eles trabalharam mais
horas, todos eles mais finos e a teimosia de bulldog no rosto de Wilfred tornando-se
mais pronunciados. A estrela amarela, arrastou-se mais à frente de seu próprio sol,
crescendo mais brilhante, como foi, e as praças risquei vermelho marcharam através do
calendário. Sua determinação aumentada como seus dias de graça derreteu; uma
determinação expressada por uma silêncio intensidade de esforço por todos, mas Cooke,
cujos esforços intensificados foram acompanhados por consideráveis alegres
especulações sobre os muitos prazeres que Terra Nova teria oferecê-los em seu retorno.
Blake quis saber se fé Cooke em seu eventual sucesso foi tão firme como ele
insistiu, ou se foi apenas uma tentativa psicológica para melhorar não só a moral dos
outros mas também a sua própria. Os quadrados vermelhos tinham rastejou em mais
duas linhas e ao longo do meio através de um terceiro quando ele tem a sua resposta.
***
Foi na manhã após o fracasso de X 144. Tinham trabalhado muito para a noite para
completar a montagem do mesmo, e tinha sido desprovido de resultados observáveis.
Os outros tinham ido para a cama para obter alguns de horas de sono, antes de iniciar a
construção de 145 X mas Blake tinha encontrado sono impossível. O fracasso de 144 X
esgotado todas as possibilidades de apenas um; o um representante a ser construído X
145. Teoricamente, 145 X seria bem sucedido, mas alguns dos outros tinham sido
teoricamente certos do sucesso até seu julgamento havia revelado até então incógnitas.
Após uma hora do fútil querendo saber e conjecturar, Blake tinha desistido do
pensamento de sono e colocar em suas roupas.
Ele andou até o riacho, maravilhando-se novamente com a beleza de um mundo tão
dura e árida. A estrela amarela, agora é brilhante o suficiente para lançar sua sombra
antes dele, foi baixa no Ocidente como ele andou até o riacho e o céu Oriental foi sendo
tocado com o primeiro brilho Esmeraldo que precedeu as bandeiras de arco-íris. Quando
o sol apareceu traria mais um dia de calor e os ventos secos, rodando iria enviar o pó de
diamante ao longo de nuvens de baixa altitude. Mas no silêncio do amanhecer foi fresco
e agradável ao longo do creek com as árvores que fazem fronteira com ele fazendo um
corredor verde folha ao longo do qual ele andou em Aurora enquanto o cheiro fresco do
verde esmeralda, coisas vivas foi sobre ele.
Ele viu a maior parte de algo vermelho, deitada na areia ao lado de uma árvore, e ele
foi até ele. Era um pequeno monte de diamantes de sangue vermelho, e ele viu que
alguém tinha selecionado-los para a sua perfeição impecável. Ele se agachou ao lado
deles, apoiando-se contra o tronco de árvore e um cigarro de iluminação, como ele me
perguntei à toa que eles colocaram lá e por que.
Esqueceu-lhes como ele descansou e assisti a esmeralda do brilho profundo na cor
céu Oriental e o primeiro toque de iridescência vêm a ele. Aurora, para todos os seus
grimness, era um mundo maravilhoso, e ao longo do creek um homem quase poderia
imaginar que ele estava na terra nova, mas para a glória da Aurora e o brilho da areia de
diamante. As folhas da árvore sobre ele balançava suavemente, e entre os cheiros verdes
frescos veio o perfume das flores vermelhas que cresceu ao longo da beira da água; um
perfume que trouxe uma memória breve, nostálgica de rosas briar antiquado no jardim
de sua mãe quando ele era um menino. Ela trouxe as sementes da terra velha quando ela
era uma menina e na velha terra, ela lhe tinha dito, cresceram selvagens.
Foi difícil de acreditar, como ele se sentou ao lado do riacho, que ele e o doce aroma
de flores e folhas farfalhantes, sobrecarga, não eram coisas de alguns estável mundo
onde permaneceriam assim para incontáveis vidas futuras; onde só a lenta, morrendo
lenta do sol finalmente poderia trazer o fim.
***
Cascalho triturado atrás dele e virou-se para ver Cooke. "Nice aqui, não é isso?"
Cooke perguntou, sentando-se para baixo perto dele.
Blake assentiu com a cabeça e, em seguida, disse, "Eu pensei que você estava na
cama?"
"E eu pensei que você fosse", respondeu Cooke. "O que você acha da qualidade dos
diamantes lá ao seu lado?"
"Você é o único que empilhados-los aqui?" Blake perguntou, surpreso. "Quanto
tempo isso foi acontecendo e por que?"
"Desde que eu disse que iria desbloquear essa segunda porta. Nós podemos ter que
deixar aqui em uma pressa, mas nós estão indo para deixar aqui. Eu apenas fiz a coisa
lógica de usar alguns dos meus minutos de reposição a amontoar-se alguns dos
melhores diamantes onde pode obtê-los na ordem curta."
"Você realmente acredita que, ou é este diamante-encontro apenas para reforçar a
sua confiança? Blake pediu, assistindo-lhe curiosamente.
"O que você acha?" Cooke, rebateu.
Blake estudou dele, o maxilar rígido e nariz quebrado, os olhos de preto brilhantes e
vi que eles não eram enganosos, afinal. Em circunstâncias normais, Cooke foi
descontraído e genial, mas agora a máscara de bom humor tinha caído para o momento
e revelou-se o núcleo de aço duro do homem. Cooke, como o bulldog Wilfred, iria ser
teimosamente desafiando seu destino quando Aurora entrou o sol amarelo.
Contudo, embora tal fé teimoso pode vir a ser em vão, ele tinha suas vantagens.
Homens teimosos die hard — às vezes demora mais do que meramente impossíveis
dificuldades para convencer um homem teimoso morrer em tudo.
"Acho que você tem a idéia de direito", disse Blake.
Houve um silêncio como Blake voltou sua atenção para o amanhecer e, em seguida,
Cooke comentou: "nós não teremos mas um pouco mais parecido — antes de deixar
aqui, um sol ou outro será em vista o tempo todo. E, então, a amarela será muito
brilhante para permitir quaisquer efeitos do nascer do sol do outro."
"Aurora não tem muitos dias esquerda."
"O que um show que vai ser!" Cooke meditou. "Primeiro uma nova como Aurora
vai para o sol amarelo, em seguida, o grande sol de azul e branco vai para a nova."
Então ele suspirou e disse, "mas eu odeio sorte de vê-lo. Eu não me importo com os
sóis, mas eu odeio ver Aurora subir em um incêndio, não importa como glorioso que
blaze pode ser. Ela é um mundo difícil em seres humanos, mas ela forçou-na levantar-
pela nossas própria bootstraps. Ela é um belo pequeno diabo e eu odeio vê-la destruída."
Os bons morrem jovens, Blake pensou, vendo o amanhecer de chamas vivas,
ardente vida. Não é que a Aurora era bom. Ela foi cruel e bela; ela era uma prisão
esplêndida, brilhante, tomá-los com ela em seu vôo rápido e silencioso à extinção.
Não foi a forma como um mundo deve morrer. A morte de um mundo deve vir
somente quando o fogo do seu sol saiu. Um mundo deve crescer velho e frio por
milênios Após milênios; morte deve vir devagar e silenciosamente como o de uma
velha, velha. Mas não é assim para Aurora; para sua morte seria rápida e violenta, e ela
iria explodir um sol amarelo em uma nova, como ela morreu.
***
Dois dias depois eles estavam prontos para colocar X 145 para o teste. Era
semelhante ao longo-passado X 117 em que o mesmo diamante azul-branco deslocada
do mesmo segmento longo, mas a montagem foi de uma forma diferente e o motor a
vapor foi frio. Eles tinham feito uma bateria, uma bateria de armazenamento
simplesmente, e 145 X iria ter sucesso ou falhar com pequena corrente da bateria.
A tensão era muito maior do que alguma vez tinha sido em qualquer teste anterior, e
mesmo Cooke não tinha sorriso alegre ou observações. 145 X seria o teste; se não todos
os seus trabalhos que antecederam a que tinha sido para um beco sem saída. E eles têm
nenhum tempo para tentar uma outra abordagem.
"Acho que estamos prontos," disse Cooke. Blake foi para o reostato que controlava
a quantidade de corrente e outros agrupados sobre a 145 X Assembléia.
"Eu vou dar o suco gradualmente," disse Blake. "Embora se ele tanto quanto treme a
corrente total, realmente temos nosso carro."
Blake assisti o diamante como ele virou o botão do reostato. Ele sentiu o fraco
clique dele como ele fez o primeiro contato, então se encolheu involuntariamente como
algo rachado como um tiro de pistola e o diamante, thread e escala desapareceram. Algo
clattered no chão em toda a sala e pergunta surpresa de Lenson foi cortada por um grito
de Cooke: "olhar — a balança!"
Ele correu para onde ele tinha caído e pegou-a, segurando-o para todos verem.
Havia um buraco rasgado através dele.
"Quanto... quanta energia você deu isso?" ele exigiu de Blake.
"Mínimo atual," Blake respondeu.
"Mínimo atual," Wilfred murmurou. "Mínimo atual —e tiro o diamante através da
escala!"
A escala rasgada foi passada de mão em mão e a conversa que ele engendrado era
volúvel e otimista.
Cooke correu fora após outra escala e Blake e Lenson ligado outro reostato em série
com o primeiro e, em seguida, adicionado ainda outro quando Wilfred deu os resultados
dos seus cálculos sobre a régua de cálculo.
Cooke retornado com a escala, um muito maior e um bloco de cobre. "Três"? Ele
levantou suas sobrancelhas em direção as três Reostatos. "Se nós pode ceder uma libra
de cobre com corrente cheia através de três Reostatos, então nós pode levantar mil
navios com nosso gerador."
O bloco de cobre foi suspenso desde a escala, a oscilar para baixo no campo de 145
de X, e Blake disse: "vou tentar corrente mínima de novo, mesmo que pode não ser
suficiente para afetá-lo em tudo. Não podemos esperar que ele faça nada espetacular no
mínimo atual, tenho certeza."
Ele virou o botão de reostato uma fração de uma polegada e sentiu o clique fraco,
seus olhos no bloco de cobre. Houve um rugido, afiado e ensurdecedor no quarto, e o
bloco de cobre desapareceu como o diamante tinha. Golpeou-o puxar um duro de ar
quente e algo ricocheteou de volta para baixo do telhado para agredi-lo dolorosamente
no ombro, um fragmento de metal de escala. Wilfred foi apontando para cima, gritando
algo. " ... Através do telhado!"
Blake olhou para cima e viu o que ele quis dizer; havia um pequeno buraco rasgado
através do casco do navio sobre suas cabeças, um buraco, como seria feito por um bloco
de um quilo de cobre.
"Três Reostatos,"exclamou Cooke. "Não só temos o poder de levantar nosso navio;
nós poderia levantar dez mil deles!"
Cooke começou a fazer cálculos rápidos e Wilfred seguiu o exemplo. Blake, curioso
que era, não viu nenhuma razão para três deles trabalhar simultaneamente sobre o
mesmo problema assim que ele esperou, como fizeram Taylor e Lenson. Taylor estava
sorrindo; a primeira vez em muitos dias tinha visto o velho sorriso.
***
"O problema do poder para o hiperespaço não existe mais," disse Lenson. "Podemos
aplicar os mesmos princípios para sua alteração que fizemos agora uso e nós podem
realmente 'deslizamento' através da barreira ao invés de intimidar o nosso caminho
através dele."
"Nós temos um meio de condução nosso navio e nós temos um meio de ela
escorregar no hiperespaço, Blake disse. "Nós viemos poderosos perto sucedendo nos
nossos planos, vamos ter o tempo para o sucesso de todo o caminho?"
"Tempo"? Lenson olhou surpreso. "Quanto tempo que você quer? Nós temos sete
dias. Isso não é suficiente? "
Blake sacudiu a cabeça. "Não podemos ter o navio pronto nesse curto espaço de
tempo. Para deixar aqui dentro de sete dias, nós vamos ter que — "
"Eu disse dez mil navios?" Olhos negros de Cooke brilhavam com Exultação. "Nós
poderia mover um mundo com o poder em que gerador!"
"Nós realmente já inverteu o fluxo gravitic," Wilfred disse, entusiasmado como
Cooke. "A única potência necessária para mover um objeto que é para o campo de
inversão — ou o que quer que nós devemos chamar ele. Este requisito de energia é
insignificante, com um capital de s."
"Homeward bound"! Cooke, disse. "Seguro e confortável, além da nova a chegar no
hiperespaço!"
"Se queremos dar o hábito de respirar," Blake apontou.
Quatro deles olhou para ele e um de seus rostos caiu como eles perceberam o que
ele se referiu; a coisa que eles tinham esquecido da intensidade de seus esforços para
elaborar uma unidade.
"O navio —" Cooke foi o primeiro a expressar o pensamento na mente de todos
eles. "Vazamentos como uma peneira!"
"Como, em sete dias, podemos terminar corte as duas metades do navio distante, na
extremidade de corte da parede e reparar todas as emendas separadas?" Blake pediu.
"Nós não podemos," disse Taylor. Ele sentou-se, de repente velho e cansado, sua
antiga alegria ido. "Não vejo como nós poderíamos fazer a prova de vazamento do
navio em menos de quatro meses com as ferramentas e materiais que temos." Ele sorriu
novamente, mas sem alegria. "Mas chegamos perto de suceder, não falamos?"
"Nós vamos conseguir", disse Blake. "É um problema difícil, aparentemente, mas eu
tenho uma idéia."
"Como sobre encerrando o navio em um gravitic campo grande o suficiente para
manter seu ar por gravidade simples?" Wilfred perguntou.
"E como grande um campo que teria que ser?" Lenson perguntou.
"Grande", disse de Blake. "Mesmo no hiperespaço, ele nos levará seis meses para
chegar em casa, ou perto de que. Ar tem uma tendência de vazar afastado e dissipar no
espaço bastante facilmente. Eu duvido que nós poderia colocar o navio em um campo
grande o suficiente para manter o ar suficiente para durar nos seis meses — como eu
digo, ele afastado vaza para o espaço muito facilmente. "
"A perda gradual de nosso ar seria uma forma desagradável de morrer", disse
Cooke. "O navio vazamentos, não temos tempo para repará-lo, então o que vamos
fazer? Como resolvemos esse último pequeno problema?"
"Sete dias para fazer o trabalho de reparação de um quatro meses —" Lenson
sentou-se ao lado de Taylor e suspirou. "Parece que nós não pode fazer nosso navio
estanques, no tempo que temos. Mas com certeza há alguma maneira — "
"Há", disse Blake. "Nós temos um método perfeito de chegar em casa e manter o ar
em nosso navio. Deve ser óbvio para todos vocês."
Questionamento parece deu lugar à compreensão do alvorecer. Houve um longo
silêncio, pois consideravam que o plano e, em seguida, disse Cooke, "Afinal de contas,
uma fortuna foi o que partimos para."
"Vamos ter de chamá-los com antecedência", disse Wilfred. "Nós apenas não pode
Barca."
Blake assentiu com a cabeça. "Homeward acoplado, segura e confortável no
hiperespaço — mas, como você diz, vamos ter de rádio-los antecipadamente. Se nós
apenas cano em sem lhes dar uma chance para nos dizer onde estacionar, ele poderia
aumentar inferno feliz com tudo."
***
Redmond, operador de rádio torre de controle do centro espacial 1, terra nova,
ficava confuso. Ele arranhou sua queda de cabelo e inclinou-se mais para o alto-falante.
A voz dele veio distintamente, mas fraca.
"Não é possível você intensificar o volume do seu?" ele perguntou.
"Não", respondeu a voz pequena. "Eu te disse que tínhamos para casal na fase de
motorista — nosso estágio de poder está desaparecido."
"Como longe você está?" Redmond pediu.
"Cerca de 1 bilhão milhas. Você conseguiu o que eu disse a você? Este é o Star
Scout e nós estamos apenas para trás além da Thousand Suns. Nós estávamos indo para
ser pego por uma nova — "
"Eu tenho tudo," Redmond interrompido. "A planeta estava indo para o amarelo sol
e seu alto teor de carbono iria criar uma nova. Você aprendeu a controlar o tipo de
campo forças para que você teria uma unidade para o seu navio. Então você voltou para
a terra nova, ou 1 bilhão milhas fora dele. Mas por que você continuar insistindo que eu
tenho meus superiores envolver um astrofísico para dizer-lhe onde estacionar seu navio?
E outra coisa, você disse que levaria quatro meses para fazer o seu navio estanques e
você tinha apenas sete dias. Como você fez o trabalho de um quatro meses em sete
dias?"
"Não", respondeu a voz fina do alto-falante. "Isso é o que estou tentando dizer, e é
por isso que nós vamos ter que ter um astrofísico definir nosso lugar de estacionamento.
Não temos tempo para reparar o nosso navio, e nós não poderia colocá-lo em um campo
de gravitic grande o suficiente para segurar o ar por seis meses."
Redmond segurava sua queda de cabelo novamente, sentindo-se subitamente tonto.
"Você não significa —"
"sim. Trouxemos o planeta connosco."
— E desonesto do dever
Nota do editor: como regra geral, Godwin não fez nenhuma tentativa
para caber suas histórias em um cenário comum. As duas histórias que
seguem são uma das exceções à regra. Mesmo assim, uma exceção
parcial, porque a única semelhança que eles têm é a aparência em
ambas as histórias das espécies semi-inteligentes distintivos do
Altairians — no caráter de Alonzo nesta história e Loper e rindo menina
na próxima. Acho Godwin encontrei esses estrangeiros, com sua
devoção ao dever, lealdade e coragem inabalável — e o exemplo
ajustaram-se para os seres humanos, que teoricamente eram seus
"superiores" — simplesmente irresistível. Eu também.

"Estamos quase lá, meu menino." O homem grande, cabelo grisalhos, que seria
superior tenente Dale Hunter — agente especial do serviço estratégico, George
Rockford — abriu outra lata de cerveja, seu quinto. "Haverá intriga já em curso quando
este helicóptero estabelece com a gente. Tentativa de homicídio seguirão em breve. O
primeiro vai ser carne para mim. Você vai ser carne para o último."
Rockford estava sorrindo enquanto ele falava; o sorriso genial, envolvendo de um
pai velho amante. Mas os olhos, rodeados por rugas de risos, foram tão ilegíveis como
dois discos de ardósia cinza. Eles eram os olhos de um jogador de poker — ou um
mestre vigarista.
"Eu não entendo, Senhor," disse Hunter.
"Claro que não," Rockford concordado. "É um cem anos-luz de volta à terra. Aqui
na Vesta, tornar claro que lá é uma terra no futuro, você vai fazer coisas que nunca
sonhadas por seus instrutores Terran espaço patrulha lá. Você ficará surpreso, meu
menino. "
Hunter não disse nada, mas sentia-se um crescente desagrado para o Rockford
condescendente. Há apenas algumas semanas Diskar Presidente, ele próprio, tinha dito:
para mais de um século, estes homens verdadeiramente valentes da patrulha do espaço
foram nossa guarda exterior inabalável; ter lutaram e morreram por legiões, que terra
e os outros mundos da República Terran podem permanecer livre —
"Suponho que você sabe," Rockford disse, "que haverá não mais de quatro dias
parar a oligarquia Verdam de alcançar o seu longo tempo ambição de se tornar grande o
suficiente para engolir a República Terran."
"Eu sei", respondeu Hunter.
Jardeen, mundo do companheiro de Vesta, era a chave. Jardeen era grande e
poderoso, com um espaço da Marinha insuperável por qualquer outro mundo único. Um
grande grupo de mundos agora neutro seria seguir o exemplo de Jardeen e Aliança do
Jardeen com mundos Verdam popular significaria o fim rápido da República Terran.
Mas, se Jardeen poderia ser persuadido a aliar-se com a República de Terran, espalhar,
segurando os braços do polvo Verdam começam a murchar —
Falou de Rockford novamente:
"Val Boran, secretário das relações do Jardeen exteriores, é o homem que realmente
vai fazer a decisão do Jardeen. Eu o conheço um pouco. Desde que meu público é do
embaixador de atuar, ele concordou, relutantemente — vir a Vesta para que a fala
poderia ser em um mundo neutro. Com ele será Sonig na Verdam de enviado especial;
um homem pouco astuto que tem trabalhado em Boran durante várias semanas. Ele
parece estar tendo sucesso muito bem, aqui está uma mensagem que recebi da terra esta
manhã. "
Rockford entregou-lhe uma folha do livro verde de comunicações de hiperespaço. A
mensagem foi no código, com tradução de rabiscou na Rockford abaixo:

Inteligência relatórios Verdam forças já reunidas para ataque no setor


A-13, em plena expectativa de Aliança do Jardeen. Propaganda anti-
Terran, salientando o novo incidente de Jardeen, sendo utilizado em
preparação para o que será o seu pedido de "ação defensiva para
proteger inocentes mundos de Terran agressão." Terran forças serão
ultrapassados cinco para um. A necessidade urgente de medida imediata
e conclusivo contador por você na Vesta é óbvia.

Caçador entregou o papel para trás, pensando, é pior do que qualquer um de nós
pensava e querendo saber como comando supremo poderia nunca ter confiado uma
tarefa tão importante para um homem velho beberrões de cerveja de serviço estratégico
— um ramo tão desconhecido que ele nunca tinha ouvido falar dele até seu briefing no
dia antes de deixar a terra.
Ele viu que tinha deixado o deserto para trás e foram subindo a longa encosta de
uma montanha. "A reunião será sobre esta montanha?" ele perguntou.
Rockford assentiu com a cabeça. "O rústico refúgio real. Lyla princesa será nossa
anfitriã. A mãe e o pai foram mortos em um acidente de avião um ano atrás, e era a
única filha. Você também vai começar a atender Narf Senhor das ilhas do mar, seu
marido-pelo proxy, que considera-se como uma rara combinação de assassino de mulher
irresistível e robusto homem entre os homens."
"Marido por procuração?" Hunter perguntou.
"O rei adorava sua filha e seu pedido de morte a ela foi que ela promete se casar
com Lord Narf. Pai de NARF tinha sido amigo do rei e o rei tinha certo que o filho de
seu velho amigo iria sempre amar e cuidar de Lyla. Lyla obedientemente, ao mesmo
tempo, casou-se com a Narf pelo proxy, que é como juridicamente vinculativo noivado
formal sob a lei de Vestan. O prazo de quatro dias a partir de agora é acima e vou ser
formalmente casaram-se. A menos que ela deve fazer a coisa sem precedentes de
renunciar o casamento proxy."
Rockford drenado o último da cerveja da lata. "Esses são os personagens envolvidos
no nosso jogo. Eu tenho um plano. É por isso que eu disse a patrulha do espaço para me
enviar um novo segundo-tenente — jovem, forte, bastante bonito — e dispensáveis. Eu
espero que você pode ser filosófico sobre o último."
"Sir," Hunter disse, incapaz de manter um toque de rigidez fora de seu tom, "é não
exatamente desconhecido na patrulha do espaço, um homem morrer na linha do dever."
"Ah... sim." Rockford foi a respeito dele com diversões perturbador. "Você está
pensando, é claro, de morrer dramaticamente por trás de um par de ardência blasters.
Mas você vai aprender mais rápido, meu menino, que o dever de um soldado é proteger
os mundos que ele representa por qualquer ação vai produzir os melhores resultados,
não importa como cobardia essas ações podem ser."
***
"Atenção, please." Era a voz do piloto. "Agora vamos para a terra."
Hunter precedido Rockford fora do helicóptero e na grama verde de um pequeno
vale, através das quais árvores altas, vermelho-trunked nuvem foram espalhadas.
Árvores de fantasma cinza pálido, com membros knobby, torcidos, densamente
cresceram entre as árvores de nuvem. Havia um grupo de cabanas rústicas, ligadas por
caminhos de cascalho, e um edifício muito maior que ele assumiu seria uma sala de
reuniões...
"Olá".
Ele virou-se e olhou para os olhos castanhos de uma menina. Ela verde laranja e saia
blusa feita um gay splash de cor, o cabelo de vermelho-marrom foi o vento caiu e
despreocupada sobre seus ombros, em sua mão estava um buquê de flores de Primavera.
Mas não havia nenhum sorriso de Primavera nos olhos escuros e a carinha dourada
foi solene e velho além de seus anos.
"Você é tenente Hunter, não é?" ela perguntou no mesmo baixa, calma voz.
"Princesa Lyla!" Parecia haver prazer genuíno em Rockford saudação como ele
correu mais. "Você está procurando mais como uma rainha todos os dias!"
Seu rosto iluminado com um sorriso, tornando-se subitamente jovem e bonita.
"Estou tão feliz de vê-lo novamente, George —"
"Ah... boa tarde."
A voz era alto, gravelly desagradavelmente. Eles viraram e Hunter viu um homem
alto e angular de talvez quarenta cujo sorriso pseudogenial não era compatível com o
seu rosto azedo, queixo quadrado e calcular olhinhos.
Ele falou a Rockford. "Você é o embaixador Rockford, aqui para representar a
República Terran, acredito." Ele empurrou sua cabeça em direção a princesa Lyla, que
já não estava sorrindo. "Minha esposa, princesa Lyla."
"Ah, ela e eu ter sido amigos desde que ela tinha dez anos, Senhor Narf."
"E este jovem" — Narf olhou para Hunter — "é o seu assessor, eu presumo. Lyla,
que você acha de enviar alguém depois de sua bagagem?"
Um servo já estava carregando sua bagagem — e caixas de cerveja na Rockford —
fora do helicóptero. Hunter seguido do outro em direção as cabines. NARF, na
liderança, foi dizendo:
" . . . Ridiculamente primitivo aqui, agora, mas eu estou tendo alguma mobília
decente e bem treinados agentes enviados do meus estates ilha do mar... "
***
A cabine era grande e muito confortável, como Rockford mencionada a princesa
Lyla.
"Estou feliz que você gostar," ela disse. "Val Boran e Sonig enviado já estão aqui e
vamos nos encontrar para jantar no salão central. Eu pensei que se todos nós conseguiu
se relacionar em um ambiente parecido, pode ajudar muito a... "
"Isso me lembra" — Narf olhou para seu relógio — "prometi este Boran ele poderia
ter uma discussão comigo — Vesta-Jardeen condições de pauta. Suponho que ele já está
esperando. Vamos lá, Lyla — você não fará nenhum dano para ouvir e aprender um
pouco sobre negócios interplanetários. "
Por um longo momento que ela olhou Narf silenciosamente, seu olhar pensativo e,
em seguida, ela disse para Rockford, "se você Desculpe-nos, por favor. E estar
preparado para Alonzo para vir delimitadora em minutos que ele descobre que você é
aqui."
Ela caminhou ao lado de Narf na porta e fora dele, a parte superior do seu cabelo
escuro que só mesmo com seu ombro.
"E que" Rockford disse como ele estabeleceu-se na maior, a cadeira mais macia,
"foi Narf rei-de-ser, cuja capacidade de negócio é tal que todas as suas propriedades
herdadas do mar ilha sumiram mas a um Lyla salvo para ele e que deve um total de 10
milhões de unidades monetárias, a todos de garotas para construtores de iate."
"E ela vai se casar com ele?" Hunter perguntou. "Casar-se com esse jackass e deixá-
lo falir seu Reino?"
Rockford deu de ombros. "Você deve ter notado que ela não se parece um pouco
feliz com isso, mas ela é uma moça muito consciente, que considera seu dever mais
solene de manter a promessa que ela fez para seu pai. Para ela, não há escapatória."
"Mas —"
"O seu primeiro dever será cultivar uma amizade com ela. Vou usar ela e você, para
obter o que eu quero."
"Uso nos? "
"Sim. Uma das exigências mais rígidas de caráter de um homem serviço estratégico
é que ele seja completamente sem um."
***
Rockford estava dormindo em sua cadeira uma hora mais tarde, três latas de cerveja
vazia ao lado dele. Caçador de assisti-lo, sua dúvida de competência do Rockford,
crescendo em uma condenação. Rockford tinha falado com conhecimento de causa do
seu plano — e tinha feito nada, mas beber mais cerveja. Agora ele estava dormindo
enquanto tempo — tão limitado e precioso — se passaram. Ele ainda não tinha se
preocupou em resposta à sugestão do caçador que talvez ele deve chamar sobre Val
Boran e neutralizar alguns de propaganda de anti-Terran na enviado Sonig.
Caçador chegou a uma decisão. Se Rockford ainda estava fazendo nada quando
chegou de manhã, ele enviaria uma mensagem urgente ao comando supremo.
Ele foi para fora, para encontrar um servo e aprender como o email foi tratado.
***
"A torre fora!"
Cascalho voou como overgrown pés tentaram parar, e algo parecido com um
cachorro preto enorme pulou de cabeça na esquina e em suas pernas. Ele foi para a
cabeça do chão primeiro sobre o animal, consciente de que ele foi para baixo do
interesse fascinado na face de um servo não tão distante.
"Eu Desculpe, Rootenant."
Ele se levantou, olhar para baixo para o animal doglike. Havia uma expressão em
causa em seus olhos castanhos e um sorriso de desculpas em seu rosto. Ele reconheceu
ele como um dos nativos do mundo fome sombria de quatro de Altair. O Altairians
tinha emigrado para todas as seções da galáxia, para ganhar a vida em qualquer
capacidade humilde eles poderiam preencher. Muitos foram empáticas.
"Eu corro muito rápido para atender o Sr. Rockford, eu acho. São você ferido,
Rootenant?"
Ele puxou uma agulha de árvore de nuvem fora de sua mão e olhou grimly para o
rosto peludo. "No futuro, tentar olhar onde você está indo."
"Oh, eu torre, awr direito. Eu simplesmente não vejo. Meu nome é Aronzo,
Rootenant, e eu ficar aqui awr, a hora e guarda tudo para princesa Ryra. Eu o prazer de
conhecer você e eu wirr executar recados para você e fazer coisas rike mair seus retters,
para doces ou cookies, que não é suposto para comer muita, mas princesa Ryra dizer
wirr não muitos me machucar — "
"Cartas de correio?" Animosidade do caçador desapareceu. "Me desculpe, eu era
rude, Alonzo — tudo minha culpa. Pode escrever uma carta para minha querida mãe
velha hoje à noite, e se você poderia enviá-lo para mim pela manhã — "
***
Esquerda de Rockford, à frente do caçador e ele foi um minuto após a hora marcada
quando Hunter chegou a sala de reuniões. Ele ouviu a voz de Narf interior:
" . . . Márcio deve ter parado para assistir o pôr do sol. Disse-lhe eu queria todos
aqui no tempo — "
A voz baixa de Lyla disse algo e Narf disse, "não é necessário para você defendê-lo,
meu caro. Deixei claro para ele."
Um nova voz falou por trás de Hunter:
"Parece que eu tenho irritado Narf Senhor."
Ele era um homem alto, fradinho, com o rosto escuro, saturnine de um índio. Havia
um ar estranho, indefinível tristeza sobre ele, que lembrou o Hunter do sombrio little
Princess Lyla.
"Você é Val Boran, sir?" ele disse. "Eu sou caçador de tenente —"
No interior, Narf sentou-se no topo da tabela. À sua esquerda era Lyla, Rockford. À
sua direita, era um homem pouco spidery sobre cinqüenta, seu cabelo volta slicked tão
apertado contra o seu crânio, que deu sua cabeça a aparência de uma doninha. Seus
lábios eram de papel fino sob um nariz longo, como os de uma solteirona seca e egoísta,
mas os olhos pouco rodados, correndo atrás de óculos grossos eram frios e astutos e
perdi nada. Ele estaria Sonig na Verdam de enviado especial. Hunter o equipamento
como um homem muito perigoso em sua própria maneira enganosa.
Um servo mostrou-os para os seus lugares na mesa. Rockford e Val Boran trocaram
cumprimentos. No momento em que todo mundo estava sentado, Narf disse: "vai jantar
hoje à noite —"
"Desculpe-me," Lyla disse, "mas o Sr. Sonig não encontrou ainda —"
"Oh... o rapaz lá —" Narf fez um gesto com a mão. "Ajudante do Rockford. Agora,
toca a campainha, Lyla. Aqueles bifes de veado de floresta já estão esfriando. Eu matei
o bicho-me, Senhores Deputados, esta manhã; um corredor longo alcance tiro que exigia
um pouco mais de sorte... "
O jantar foi excelente, mas ninguém parecia notar. NARF foi absorvido na história
de sua rápida ascensão à eminência na guarda espaço Vestan. Houve incidentes bem
humorados:
" . . . Não posso entender por que, mas parece atrair as mulheres como um ímã.
Estou estritamente o tipo masculino do sexo masculino e aprovo isso, mas pode ser um
incômodo soprado quando você é um estandarte indo rápido e seu comandante encontra
um de seus louros arrumados no seu compartimento... "
E havia cenas de drama tenso:
" . . . Fez uma promessa de infância que eu ia nunca contentar com nada menos do
que a sempre ser um homem entre os homens. Parecem ter conseguido bastante bem.
Quando eu vi a tripulação estava quase ao ponto de ajuste da tensão da batalha eu sabia
que, como comandante, eu teria que dar o exemplo que iria inspirar."
Hunter recordou palavras de Rockford de poucas horas antes: "Narf tem que ser o
comandante, finalmente, mas só porque ele era o filho do melhor amigo do rei. Seu
registro é muito medíocre."
Lyla princesa tentou três vezes para iniciar uma conversa de interesse geral e foi
abafada por Narf cada vez. Pretensão do Sonig de ser fascinada por histórias de Narf foi
desmentida pela maneira que seus olhos mantiveram arremessão de Rockford para Val
Boran. Atenção em própria Val mantido mudando de Narf para a Lyla silenciosa, cujos
olhos baixos traíram seu desânimo. Ela assistiu Val debaixo de seus cílios, para desviar
o olhar sempre que seus olhos se encontraram, e Hunter perguntou se ela tinha vergonha
porque Narf tinha dado Sonig assento de honra que deveria ter pertencem a Val.
Claro, a posição de Narf própria na cabeça da tabela foi realmente Lyla.
" . . . Então não há nenhum substituto para a liderança competente, inabalável,"Narf
estava dizendo. "Recebeu uma citação para aquele."
Sonig balançou a cabeça appreciatively. "Seu registro militar ilustra bem o fato de
que as tensões do perigo e da batalha podem trazer em um líder competente o maior tipo
de coragem. Mas parece-me que essas mesmas circunstâncias, se o líder está assustado
ou incompetente, podem produzir facilmente ações histéricas com consequências
desastrosas. Isso é verdade, vossa senhoria?"
Rockford estava assistindo Sonig atentamente e Hunter viu que havia uma
antecipação ansiosa em forma de Sonig.
"Você tem toda a razão," respondeu Narf. "Eu sempre tive a capacidade de
permanecer legal em qualquer crise. Muito importante. Deixe um comandante se
sacudiu e ele pode dar qualquer tipo de ordem. Como o novo Jardeen incidente."
Um silêncio congelado seguido as últimas cinco palavras. Hunter pensou, então, que
é o que a doninha pouco pescava para...
Rockford tranquilamente estabelecido seu garfo. Rosto de Val virou sinistra. Lyla
olhou em alarme rápido e Narf disse:
"Vamos não —"
"Não me entenda mal, Senhores," voz do Narf passou. "Acredito que o comandante
do cruzador Terran não iria ter ordenado fogo sobre o cruzador Verdam sobre um
mundo neutro como novo Jardeen se ele tivesse sido seu racional auto. Nervos de
batalha da guerra fria. Então ele abateu o cruzador Verdam e seus conversores nucleares
explodidos quando caiu na cidade centro de Colônia. Força de uma bomba de
hidrogênio — quarenta mil pessoas inocentes em um microssegundo. Não o
comandante falha realmente — falha do sistema militar que não filtram seus oficiais
instáveis. "
"Sim, vossa Senhoria. Mas é possível "— Sonig falou muito pensativo —" para um
poder político, que é de natureza tal que ele deve ter uma enorme força militar para
manter a sua existência, para a tela completamente todos os seus oficiais? Muitos
oficiais são necessários — pode haver qualquer garantia de que tais tragédias não
ocorram repetidas vezes, até que a maioria dos mundos combinam em exigir o fim da
agressão e a guerra? "
Rockford falou para a Val sombrio:
"Eu sei, Senhor, que sua irmã era uma cidade perdida na colônia. Desculpa. Em
benefício de Mr. Sonig e Senhor Narf, gostaria de mencionar que o cruzador Verdam
disparou o cruzador Terran sobre neutro Jardeen novo em aberta violação da regra
galáctico. Um gabarito atmosférico de Verdam blasters de espaço próprio do cruzador
rasgaram para fora seu lado e deixá-lo cair. O cruzador Terran nunca disparou."
"Mas Sr. Rockford —" Sonig falou muito educadamente. "Não é verdade que certos
dispositivos de segurança evitar feedback atmosférico?"
"Eles fazem — a menos que propositadamente ou acidentalmente desligado."
Sonig levantou suas sobrancelhas. "Você implica um incidente criado, Senhor?"
"Isso não importa", disse Val Boran. Seu tom foi tão desagradável como seu rosto e
era óbvio que ele não acreditam explicação do Rockford. "Cidade de colônia é um
campo de vidro fundido, agora, sumiram de seu povo, e nenhuma quantidade de debater
nunca pode trazê-los para trás."
***
O jantar de sombrio foi finalmente sobre. Rockford parou à porta de sua cabine para
preencher e leve o seu cachimbo.
"Foi uma noite rentável", ele disse a Hunter. "Eu posso começar a planejar em
detalhes agora — após a cerveja um pouco, que é."
Ele vai dormir depois que ele bebe a sua cerveja, Hunter pensou, e nunca haverá
qualquer plano a menos que eu —
Passos macios surgiram o caminho atrás deles. Foi princesa Lyla.
"Quero pedir desculpas", disse ela. "Eu disse Val... Sr. Boran a mesma coisa."
Seu rosto foi um pálido oval a luz das estrelas, suas sombras de olhos escuros. "Me
desculpe que meu marido mencionou o incidente do novo Jardeen."
"Que está tudo bem, Lyla," Rockford disse. "Nenhum dano foi feito."
"Ele é um homem de ex-militares, e acho que é sua natureza de ser mais forte do
que o tato."
"Você certamente não pode condená-lo por isso," disse Rockford. "Na verdade, ele é
um extraordinário contador de histórias de entretenimento. Foi uma noite mais
agradável."
***
"E, de certa forma, foi" Rockford disse quando ela tinha ido embora e eles estavam
na cabine. Ele estava sentado na cadeira mais macia, uma lata de cerveja na mão, como
de costume.
Hunter pensou da forma como ela tinha olhado no starlight e disse: "Por que ela que
que windbag sentar-se à frente da tabela e arruinar a reunião que ela tinha arranjado?"
"Em breve ele vai ser seu marido — suponho que ela sente, ela deve ser fiel a ele."
"Mas —"
"Mas o quê?"
"Nada. É nenhum dos meus negócios."
"Oh?" Rockford sorriu de uma forma que não gostava de Hunter. "Você pensa
assim, hein?"
Hunter mudou o assunto. "São você vai para começar a falar com o Márcio para
desfazer o dano, Narf e Sonig tem feito?"
"Seria um desperdício de tempo, meu menino. Mente do Val Boran já está
formada."
"Então o que vão fazer?"
"Beba seis latas de cerveja e vá dormir."
"Eu pensei que você tinha um plano".
"Eu tenho, um plano mais excelente."
"O que é?"
"Você iria gritar como uma banshee se você soubesse. Você vai aprender — se você
conseguir viver que longo. "
Rockford foi som dormindo uma hora mais tarde, roncando suavemente. Hunter
sentada pensando, ouvindo o murmúrio constante de uma voz vinda da cabine do Val
Boran. Voz do Sonig — usar todos os meios de persuasão, ele poderia pensar, neste
momento, aproveitando o Jardeen novo incidente e do Boran retido pesar sobre a irmã
que ele tinha perdido.
E o representante da República Terran estava deitado gordo e estúpido em uma
névoa de fumaça de cerveja.
Hunter hesitou já não. O destino da terra e a República de Terran pendurado na
balança e altura era desesperadamente limitado — se houvesse agora qualquer momento
a todos.
Pegou papel e caneta e começou a mensagem urgente ao comando supremo, cabeça,
emergência de topo. Ele seria enviado através de comunicações de hiperespaço da
cidade e estenderia a centenas de anos-luz dentro de segundos.
***
Ele foi para cima antes de Rockford na manhã seguinte e saiu para a luz do sol. Ele
olhou esperançosamente para Alonzo, não querendo ser visto enviando a carta de
pessoa. Rockford, apesar de suas stupors bêbados, poderia ser astutamente atento e ele
pode deduzir o conteúdo da carta antes de comando supremo nunca o recebeu.
Foi a alguma distância da cabine quando ouviu a libra de pés acolchoadas atrás dele.
"Rootenant," Alonzo tinha o sorriso de um idiota canino genial. "Quer me mair seu
retter para sua mãe querida minério?"
"Sim, eu tenho a letra aqui."
"O.K. Eu tenho pressa, porque o mair hericopter reaves imediatamente. Cobrar seis
bolinhos de figo ou barras de três doces ou — "
"Aqui — tomá-lo e executado — e não tentar slobber tudo sobre ele."
***
Eles foram servidos café da manhã na cabine. Depois, Rockford passou para uma
breve conversa com a princesa Lyla. Ele voltou e estabeleceu-se na fácil-cadeira, seu
cachimbo na mão.
"Dever de sua manhã não será de todo desagradável," ele disse. "As coisas
desagradáveis e repulsivas vão começar a acontecer com você mais tarde. Talvez esta
tarde."
"O que você quer dizer?"
"Esta manhã você vai ir para um passeio com a princesa Lyla e discutir mudando a
Vestan espaço guarda uma força ao longo das linhas de patrulha do espaço Terran.
NARF é ainda na cama, pelo caminho."
Rockford, acrescentado, "eu vou te dar um pouco de conselho sábio, para seu
próprio bem, tentar não cair no amor com ela."
***
Hunter e Princesa Lyla sentamos juntos no Morro alto, as costas contra o tronco de
uma árvore de nuvem vermelha. Na encosta da montanha para a sua direita colocar a
floresta escura e junglelike de tigre — ele queria saber se era verdade que os Tigres
selvagens árvore nunca deixaram suas fronteiras — enquanto as cabines toylike do
acampamento foram abaixo deles. Inclinação da montanha caiu em baixo para os
desertos, para além de que foram outras montanhas, longe e azure translúcido.
"Foi George quem sugeriu a que vir até nós aqui", disse ela. "Ele sabe que eu faço
isso muitas vezes quando a responsabilidade de ser a rainha de um mundo — eu sou
uma pessoa tão comuns e sem talento — tornar-se demais para mim. Eu sempre me
sinto melhor quando eu sentar aqui e olhar para baixo sobre as montanhas e desertos.
"Sim," ele disse educadamente.
"Uma princesa de decisão pode ser tão sozinha", disse ela. "É por isso que eu
aprecio a amizade de George tanto — nunca por causa de qualquer motivo ulterior, mas
porque ele gosta de mim."
Vou usar ela e você, para obter o que eu quero.
Ele olhou para ela, as linhas de tristeza no rosto que estava velho demais para seus
anos, senti a maneira que ela era tão grata a Rockford, para o que era apenas uma
pretensão sangue frio de amizade, e a antipatia pela Rockford aumentou. Ele não pode
forçar-se a palavra civilmente de Rockford, então ele mudou o assunto:
"Eu entendo que você queria falar comigo sobre a guarda do espaço?"
"Sim. Mesmo um mundo neutro não pode sentir seguro nestes dias e George sugeriu
que".
"Eu vou ser feliz em tudo o que posso ajudar. Naturalmente, a mudança exigirá
tempo."
"Compreendo. Eles dizem que oficiais da patrulha do espaço começar treinamento
aos dezesseis anos, depois de passar os testes de qualificação quase impossível."
"Os testes podem parecer extremamente difícil para um garoto de fazenda do
Kansas. EU — "
"Kansas?" Os olhos iluminados com interesse. "Minha avó era do Kansas! Ela
costumava me dizer sobre as planícies verdes do grão na Primavera, e quão diferentes
eram os desertos de Vesta... "
Era quase meio-dia quando ele pegou sua mão e ajudou-à seus pés, culposamente
percebendo que eles tinham falado durante toda a manhã sem nunca voltar para os fatos
de frios e secos da eficiência militar.
"Foi bom falar-se aqui esta manhã," disse ela. Ela olhou para as cabines e a sombra
caiu novamente em seu rosto. "Mas nada lá em baixo foi alterado, tem?"
Ele manteve a mão dela mais do que era necessário que eles desceram a parte
íngreme da colina. Ela parecia não mente.
Quando eles chegaram a sua cabine, ela disse, "ainda é um pouco de tempo até o
almoço — tempo suficiente para você me dar um esboço da mudança guarda espaço."
Tudo dentro da cabine era feminino. Nenhuma das posses de Narf eram visíveis.
Havia uma pesada porta levando-se em meio de Narf cabine, com um bloqueio enorme
de. Hunter perguntou se era esquerda desbloqueado à noite, pensei do Narf rosto azedo
e olhinhos leering e encontrei o pensamento repugnante.
A resposta a sua conjectura veio com a entrada de um funcionário como eles
próprios assentados.
"Por sua licença, sua Alteza," o servo disse, curvando-se, "Eu vim para fazer Senhor
Narf uma chave para que a porta interna."
"Uma chave"? Houve alarme em seu tom. "Mas nós não estamos casados — ainda
não!"
Uma expressão confusa chegou ao rosto do homem. "Narf Senhor me disse: Sua
Alteza, que lhe ordenou a chave duplicada feito e dado a ele antes de noite. Achei que
eu não poderia fazer isso sem primeiro pedindo a chave para um padrão."
Houve um olhar assustado em seus olhos quando iam para a porta e voltar para o
servo. "Não ... não tente fazer uma chave!"
"Sim, sua Alteza". O servo inclinou e se afastou.
Um falou de voz gravelly familiar por trás deles:
"Ah... uma reunião não programada de pouco, eu vejo!"
Como o servo saiu ele foi Narf, raiva no rosto, já dentro da porta.
"Íamos falar sobre a guarda do espaço," Lyla disse em um tom de emoção. "Tenente
Hunter prometeu mostrar como métodos de patrulha do espaço irão melhorá-lo e —"
"Por coincidência, Sonig e eu estávamos discutindo assuntos militares poucos
minutos atrás," Narf disse. Ele olhou para Hunter. "Receio que Sonig e eu concordo que
o guarda do espaço Terrano é bastante desatualizada, agora. A força da galáxia de
combate é povos guardas na Verdam."
NARF falou com Lyla, "você pode ir em frente e falar com esse tenente, se desejar,
mas é um desperdício de tempo. Eu estou organizando ter Sonig enviar oficiais de
guardas de povos aqui para supervisionar a reconstrução da guarda espaço.
"E agora" — havia insinuação em tom de Narf como ele falou com Hunter-"eu
tenho que dar Sonig uma demonstração da minha habilidade com armas. Ele insiste
sobre ele — ele ouviu de vários dos meus modestos feitos. "
NARF deixou a porta aberta atrás dele para que, girando a cabeça como ele andou,
ele podia Ver os dois dentro.
"Acho que eu também poderia ir", disse Hunter.
Lyla não respondeu. Ela se sentou imóvel, olhando para unseeingly antes dela, e ele
se perguntou se ela estava pensando em como muito em breve Narf seria rei e sua
autoridade tão grande como o dela.
Ela não percebeu quando ele saiu calmamente da sala.
***
Rockford estava esperando na cabine, ainda na cadeira-fácil. "Bem," disse ele, "o
que você acha dela?"
Caçador tentou manter a antipatia pessoal fora de sua resposta friamente formal:
"Se você se referir a sua sugestão de que eu não faça amor com ela, Senhor, posso
garantir que tal sugestão nunca foi necessário. Acontece que eu tenho um código de
ética."
' Eu não disse ' fazer amo.' Eu disse, 'se apaixonar'. Isso é muito ético. Será que você
completar sua discussão com ela?"
"Bem... nenhum."
"Você deve fazer esta tarde, então. Não podemos deixar nada tão importante como
que atrasado."
Hunter olhou para ele, tentando encontrar um pequeno grão de sanidade em ações
do Rockford. O Império de Verdam já tinha Jardeen ao seu alcance; Adiciona Vesta e
fim da terra era inevitável. E Rockford dormia, bebia cerveja e considerado muito
importante que o espaço de Vestan guarda discussões — de uma mudança que nunca
permitiria que Narf — prosseguir sem demora.
Ele andou lentamente em seu próprio quarto. Na situação de frustração pesadelo
havia uma única condenação sà e estável para sua mente agarrar-se a: comando
supremo agora receberia sua mensagem e a resposta que libertaria Rockford de seu
comando de volta do tiro. Talvez ele ainda não era tarde demais —
Então sua mente apresentados como uma nova condenação atingida ele.
Havia uma folha de papel em seu leito — uma mensagem.
Sua mensagem!
. . . SITUAÇÃO EXTREMAMENTE CRÍTICA... VAL BORAN JÁ
CONVENCIDO POR PROPAGANDA NA SONIG... DEVE RELATAR ROCKFORD
É TOTALMENTE INCOMPETENTE, SUA MENTE E SERÃO DESTRUÍDOS PELO
ÁLCOOL... REPETIÇÃO: ROCKFORD É NÃO FAZER NADA, SUA MENTE
DESTRUÍDA PELO ÁLCOOL...
As palavras gritavam acima dele e ele sentiu a doença de quem vê a última
esperança fraca, quebrado e ido. Tudo foi perdido, agora...
Ele foi para fora, sentindo um desejo selvagem de violência acima da doença.
"Rootenant!" Alonzo veio delimitadora para encontrá-lo e deslizou uma parada com
seus pés Pires cascalho de espalhamento e o sorriso idiota no rosto. "Eu mair seu retter e
você me deve cozinhar fig seis —"
Ocorreu a caçador que não era Alonzo que deve ser punido. Ele, Hunter, era o único
que merecia a execução para sempre confiar algo tão importante como a mensagem a
um animal de pronunciamentos.
Ele disse com a velha distinção:
"A... letra... é... dentro."
"Oh?" Alonzo piscou. "Eu mair-se algo, awr direito. Após o Sr. Rockford corrigi-
la."
"Corrigi-lo?"
"Ah, certo. Sr. Rockford, ele até rong antes de você esta manhã para me encontrar e
dizer que você está escrevendo um retter rast noite e eu deve trazê-lo por ele awr seu
errar outra vez. "
Assim, Rockford estava assistindo o tempo todo, fingindo estar em um sono de
bêbado...
"Rootenant —" Alonzo mudou seus pés grandes com impaciência. "Você me deve
fig seis —"
Hunter girado ao redor e caminhou, com medo de que ele pode decidir sufocar o
animal depois de tudo. Uma cultura de vinte mundos era o mesmo como já destruído, e
ele foi mantido em um atoleiro enlouquecedora de desamparo por um alcoólico astuto e
um cão com a mente de uma criança pequena.
"Ah... meu menino!" Rockford saiu da cabine, sorrindo como se nada tivesse
acontecido. "Olhe para sua esquerda, entre aquelas árvores fantasma — Narf é
demonstrar sua habilidade de desenhar rápido para Sonig. NARF é suposto para ser um
homem muito perigoso, você sabe."
Hunter olhou e viu Narf manusearem o blaster de propagação-feixe sem corte, feio
— conhecido por soldados como especial o Coward, porque no curto alcance poderia
não perca e seria sempre aleijado e cegar um homem para a vida, mesmo que ele não
iria sempre matá-lo. Sonig estava de pé, balançando a cabeça de Fuinha e sorrindo em
admiração aberta.
"Claro," Rockford disse, "Sonig não é mencionar a arma de agulha todos os
emissários de Verdam levar as mangas. Ele é lisonjeiro ego na Narf por uma razão —
ele pretende ter Vesta, como Jardeen, costurei o Império Verdam quando ele deixa aqui.
"
"E, na medida em que eu posso ver," Hunter disse friamente, "Sonig nunca vai ter
algo vagamente semelhante a resistência inteligente aos seus planos."
"Ah, sim... na medida em que você pode ver," Rockford acordado amigavelmente.
"Mas você obedecer a minha ordem de tomar Lyla para outra caminhada, e tudo vai
acabar bem. Na verdade, eu vou falar para ela que agora mesmo."
Hunter olhou depois Rockford como ele se afastou. Não poderia haver nenhuma
possível sombra de dúvida — Rockford foi insano!
A brisa deslocado e a voz de Narf veio:
" . . . Certamente nenhuma arma para um homem tímido, este feixe de propagação
blaster. Tem que conhecer o inimigo homem de perto."
"No que diz respeito, também," Sonig disse, "você me faz lembrar de nosso grande
General Paluk. Sua habilidade em combate corpo a corpo era algo que — "
"Rootenant —"
Hunter estremeceu e steeled-se.
"Rootenant —" Alonzo chegou a um impasse flopping ao lado dele. "Eu terr Ryra
princesa e ela dizem que são ruins ser bravo com você. Então eu não louco, mesmo se
você não me deu o meu salário."
"Obrigado," Hunter disse acidly. "Eu estava profundamente perturbado por seu
ressentimento."
"Oh, eu sei, você não rike me. Mas eu acho que você não como dizer como você
age. Mas Rord Narf — ele é. Eu terr você, he awready louco o suficiente para kirr você.
"
"O que? Senhor Narf quer me matar?"
"Ah, ele sabe você awr de awrmost na hord princesa Ryra mão a maneira para baixo
a hirr esta manhã. Sr. Sonig, ele vê você e ele correr e terr Rord Narf e Sr. Boran,
demasiado."
"Mas eu só estava ajudando-à descer o Morro."
"Rord Narf, ele vai dizer dizer coisas sobre isso a princesa Ryra, demasiado. Eu sei.
Ele são awrways dizendo coisas significa a minha princesa Ryra."
Alonzo suspirou, um som que estranhamente parecido em sua tristeza.
"Quem wirr vigiar minha princesa Ryra depois ela estragou Rord Narf? Ele disse, 'A
primeira coisa para ir ao redor aqui wirr ser que animare brabber-boca estúpida que não
valem o que custa para alimentá-lo.' Acho que talvez ele tem medo que se ele já atingiu
Ryra minha princesa, eu wirr kirr dele. " Os olhos castanhos olharam para Hunter, e de
repente eles estavam ao contrário nunca tinha visto; frio com decisão deliberada. "Eu
wirr, demasiado."
***
Hunter ainda era permanente por camarote, pensando que Alonzo disse, quando
retornou de Rockford.
"Eu também parou para ver Val Boran," Rockford disse. "Enquanto você está fora
com Lyla, vamos para a cidade. Lyla está nos dando acesso gratuito a biblioteca real e
os registros de um mundo neutro carregam mais peso do que qualquer coisa que eu
poderia dizer. Não é que ele vai mudar sua mente qualquer — mas ele vai me dar a
oportunidade de trabalhar com ele de outra maneira. "
Rockford entrou em cabine como Val Boran surgiu o caminho, a princesa Lyla
andando ao lado dele. Ela estava dizendo, "... E qualquer coisa que temos na biblioteca
é seu para pedir."
Eles estavam perto o bastante para caçador ver sua expressão como ela olhou para
Val e adicionado com o que parecia um toque do wistfulness, "eu vou ser feliz ir com
você e o Sr. Rockford e fazer o que eu posso para ajudar se você me quer."
"Lyla" — era a voz de grades de Narf, que parecia ter a capacidade de materializar-
se em qualquer lugar — "tenho certeza que o homem sabe seu negócio. Além disso, eu
quero falar com você sobre algo assim que eu terminei a minha discussão com o Sr.
Sonig."
Com isso, Narf começou em para sua cabine. Sonig, perto atrás dele, fez uma pausa
suficiente para curvar a Lyla e dizer com o sorriso sem sentido, "boa tarde, princesa
Lyla. Seu marido estava apenas demonstrando sua maravilhosa habilidade com armas.
Eu seria muito desagrado"— os olhinhos disparou para Hunter e voltar novamente —
"sendo o homem que despertou a ira do seu senhorio."
Sonig seguida Narf, com um último olhar cintilando no Hunter para ver como a
observação tinha caído.
Rockford saiu da cabine com sua maleta e disse para Val, "Estamos prontos para
ir?"
"Eu disse Val" — Lyla falou rapidamente — "que ficaria contente de ir junto e
ajudar de alguma forma que posso." As palavras eram dirigidas a Rockford, mas seus
olhos estavam sobre Val, com a mesma expressão melancólica. "Você quer me?"
Val respondeu a ela com cortesia legal, formal: "o bibliotecário pode encontrar
todos os registros que precisamos, princesa Lyla, sem nossa interromper sua
programação para o dia ou a sua discussão com seu marido. Muito obrigado."
De cara em um instante Lyla tinha a expressão ferida de uma criança rejeitada sem
razão. Então ela olhou longe e Val acabou Rockford e disse, "Eu estou pronto quando
você está, Senhor."
Lyla assisti-los a pé, e ela ainda estava assistindo quando o helicóptero tinha
levantado no ar e desapareceu da vista.
Hunter hesitou, então falou-lhe:
"Eu entendo que você quer falar mais sobre o espaço guarda, princesa Lyla?"
"Princesa Lyla!" Seus lábios enrolado como ela virou-se para enfrentá-lo e ela
parecia cuspir as palavras em ressentimento súbita e inesperada. "Eu amo o som sem
sentido do meu título de figura de proa oficial! É muito melhor do que está sendo
considerado como uma pessoa viva com sentimentos que podem ser feridos!"
"Mas o Princ... Quero dizer — "ele afundava, não tem certeza o que causou a reação
dela.
Ela fez um esforço visível a recompor-se. "Sinto muito", disse ela. "Suponho que
meu... marido... tem toda a razão; uma fêmea imatura não tem nenhum negócio tentando
dominar um mundo e quanto mais cedo o casamento é confirmado, quanto mais cedo
um homem competente pode assumir o trabalho."
"Não," ele disse. "Acho que —"
Ele decidiu que o que ele pensava ser esquerda não ditas.
"Eu vou" — ela olhou para a cabine, ela compartilhou com Narf — "deixá-lo saber
quando podemos falar."
Ela voltou para a cabine, andando lentamente. De dentro do Narf metade veio voz
do som de Narf como ele falou a Sonig:
" . . . Naturalmente, esta coleção de cabeças é nada comparado com o que tenho nas
ilhas do mar... mas algumas interessantes histórias aqui... tomar que neve fox lá... "
Hunter suspirou e vi que tinha parado de Lyla antes de sua porta, como se temendo
entrar. Voz do NARF droned:
" . . . Apenas feridos, assim que eu terminei com uma faca. Mesmo com seu coração
metade cortada, ele ainda queria viver... linda pelagem... casaco para Janalee, a rainha
do strip-tease... sempre tinha um jeito com as mulheres — Lyla poderia dizer-lhe que...
tinha a minha escolha das centenas, mas eu sou deixá-la a ser a minha escolha... "
Viu Lyla metade Levante sua mão, como em algum gesto mudo de protesto, então
ela se virou e se afastou rapidamente; o caminho que levou para as árvores de fantasma
e fora da vista.
Ele esperou, mas ela não voltou. Ele entrou em sua cabana e movido agitada, ouvir
novamente Narf s sadismo--sexo e gozando e vendo novamente como ela virou-se e
quase correu dele —
***
"Rootenant!"
Alonzo estava ofegante, um olhar de apelo frenético em seus olhos.
"Prease herp me... Princesa Ryra... she wirr morrer! "
Ele sentiu seu coração balançar. "Ela está machucada?" ele exigiu e já estava no seu
caminho até a porta.
"Ela está prestes a chorar e ela está indo para onde a árvore depoi de tigres Eles wirr
kirr ela — prease venha comigo! "
Sem mais perguntas, mas fui fora da porta e o caminho, Alonzo correndo pela
frente.
As árvores de fantasma cresceram mais finas como subiram a encosta da montanha,
e as azul esverdeado ou árvores da floresta tigre começaram a aparecer. Cresceram mais
grosso e mais grosso, até o chão era preto com suas sombras e a luz do sol do meio-dia
foi filtrado pela sobrecarga de folhagem. Alonzo foi no final dela, seu nariz no chão, e
Hunter perto correu atrás dele, olhando para o vermelho-e-branco das roupas ela estava
usando e esperando que eles não iriam encontrá-la demasiado tarde.
Eles eram profundamente na floresta quando eles descobriram que ela.
Ela estava imóvel no centro de uma clareira, enfrentando longe dele e olhando tão
pequeno e sozinho como uma criança perdida. Ela parecia estar à espera...
Ele percebeu pela primeira vez sozinho como ela realmente era, com apenas um
alienígena doglike, Alonzo, para amá-la ou o que poderia acontecer com ela, o cuidado
e com um futuro, ela não podia suportar a cara. Mas Rockford tinha sido errado quando
disse, para ela, não há escapatória.
Houve fuga para ela. Ela tinha apenas que esperar, como ela estava esperando agora,
e ele viria o sussurro windlike de corrida de um tigre, através da grama atrás dela...
Ele correu para ela. Ela se virou e viu as manchas de lágrimas agora secar no rosto e
nos olhos a escuridão da derrota total.
"Fiquei com medo de você pode se machucar, Lyla —"
Então, aparentemente sem vontade de sua parte, ele colocou seus braços em volta
dela e ela estava agarrando-se a ele e chorando em abafados soluços e tentando dizer
algo sobre "eu não acho que qualquer pessoa cuidada..."
Foi algum tempo depois, quando seu choro foi terminado, que ele foi lembrado dos
Tigres por Alonzo:
"Rootenant — awr o tempo, alguns tigres estão vindo croser e croser. Nós melhor
levá-la para fora daqui, Rootenant, antes de achar-nos."
Lyla olhou para Alonzo. "Obrigado, Alonzo, para prestar atenção sobre mim e... e
—" pegou a voz dela e ela caiu de joelhos e abraçou a cabeça shaggy apertado contra
ela.
Hunter assistiu à frente, Lyla ao lado dele como eles passaram por árvores densas.
Alonzo andou soft-pé atrás deles, assistindo a parte traseira. Quando vieram as
primeiras árvores do fantasma e o encolhimento das árvores tigre, Hunter pensei que
segura a andar mais devagar e falar com ela.
"Eu vi você passar," ele disse. "Eu não sabia onde até Alonzo veio correndo para me
dizer."
"Eu o ouvi se gabando sobre assassinato e as suas mulheres — eu era fraco, não era
eu?"
"Fraco"?
"Fiquei com medo de encarar o futuro, só porque não é para ser exatamente como eu
pensei que eu queria".
"O que era o tipo que você queria, Lyla?"
"Oh... Eu acho que eu queria um marido que poderia me ver e crianças e noites
juntos no jardim de flor e, bem, bobo, sentimental pouco tudo o que significa muito para
uma mulher."
Ele pensou, mesmo com seu coração metade cortar, ele ainda queria viver... Casaco
para Janalee... a rainha do strip-tease...
Eles passaram a última das árvores tigre e ela disse: "Estamos seguros, agora. Os
Tigres nunca atacam alguém fora de sua floresta."
Ela estava andando lentamente e disse: "nós devemos começar em volta antes de
você está perdido, não devemos nós?"
"Quem iria perder me?", perguntou ela. "Enquanto eu permaneço fisicamente intacto
para a noite do casamento, quem se importa onde ou por que eu fui longe?"
Havia a escuridão fria do inverno em seus olhos como ela falou e em sua voz, o
primeiro Tom de bronze. Ele viu que este já foi o início da mudança que Narf faria nela;
a transformação de uma rapariga e querendo amar e ser amado em uma mulher dura e
cínica.
Ele colocou seu braço em torno de seu ombro, pensando que ele deve dizer a ela que
ele cuidada e que ela nunca deve deixar Narf mudá-la.
"Lyla, eu —"
Ele percebeu como inúteis e tolas palavras soaria. Ela se casaria com Narf, ele iria
voltar para a terra, e eles nunca se encontrar novamente. Não houve nenhuma palavra
para falar sobre esta última caminhada junto, nenhuma maneira de dizer a ela que ele
queria ajudá-la, proteger e cuidar dela. Não há maneira de expressar o sentimento dentro
dele...
Ele fez o que parecia tão natural nas circunstâncias como tinha sido para ele colocar
seu braço ao seu redor na clareira. Ele inclina o seu rosto e inclinou a cabeça para beijá-
la.
E andou com brusco impacto no cotovelo de um galho de árvore fantasma knobby.
***
O sol estava baixo e Crepúsculo foi escurecendo o acampamento quando chegaram
de volta à sua cabine.
"Obrigado, Dale," ela disse. Sua mão apertou o braço. "Eu não sabia que eu tinha
um amigo... mas agora nós teremos que ser estranhos porque —"
Cascalho triturado em voz alta em um dos caminhos nas árvores fantasma e olharam
para trás, ver Narf e Sonig chegando, andando rapidamente. Mesmo à distância, não
havia raiva como uma aura vermelha sobre Narf.
"Bem," Lyla disse suavemente, "aqui vem o meu medicamento."
Sonig parou em sua própria cabine, para ficar apenas dentro da porta, assistindo.
NARF caminhou sobre e parou antes de Hunter e Lyla, seu rosto torcido com ódio
selvagem como ele olhou para Hunter. Ele falou a Lyla com veemência de grade:
"Você fez um excelente trabalho de fazer um rabo de si mesmo — e de mim — não
é? Venha na cabine!"
NARF tomou-a pelo braço, elevando-se sobre ela como ele empurrou seu redor em
direção a porta. Caçador avançou rapidamente, sentindo o flash quente de sua própria
raiva, mas havia a palidez do rosto de Lyla como ela olhou para trás, um recurso para
ele que disse, não! Ele parou, percebendo que Narf fisicamente não prejudicaria a
mulher que faria do rei do Vesta, e que qualquer interferência de sua parte só tornam
tudo mais difícil para ela.
Ele assistiu a dois vão dentro da cabine — em meio de Lyla — e Narf bateu com a
porta fechada atrás deles. Seguiu-se o estrondo rápido do windows que está sendo
fechado, e então começou o discurso abafado de Narf: "... Pode pensar que eu sou um
tolo... Eu vou te dizer algumas coisas . . ."
Sonig ainda estava em pé na sua porta. Sabia que Hunter, sem vê-lo, que o sorriso
de lábios finos seria sobre Sonig rosto.
Ele se virou e andou para trás a sua própria cabine. Não havia nada que ele poderia
fazer, mas retirar — e ouvir à distância e estar prontos para agir se parecia que ela
estava em perigo.
Sentou-se à sua porta na escuridão, ouvindo frases ocasionais em abuso implacável
de Narf. Uma foi: "então prim que você tinha que contrariar o meu pedido por uma
chave para esse bloqueio — então você saiu para jogar com esse segundo tenente..."
Alonzo materializou-se fora da escuridão, vindo tão silenciosamente como uma
sombra. Ele não era mais o palhaço trapalhão. O sorriso de idiota tinha ido embora e
seus olhos eram de fogo verde, inclinado e gato, seus dentes piscando Branco em um
enredo como ele olhou para trás em direção a voz do som de Narf.
"Ela é minha princesa Ryra," disse Alonzo. "Ele está xingando ela. Se ele nunca
machucá-la, eu rasgo de wirr fora sua garganta e seu rio. "
"Ele não vai machucá-la, Alonzo," disse Hunter, desejando que ele poderia ter certo.
"Ele só vai usar palavras sobre ela."
"Ele nunca pergunte dela porque ela fugir — he onry amaldiçoá-la e ameaçá-la
porque ela embaraçá-lo."
"Envergonhar dele?"
"Ele e Sonig, vêem que sai da floresta com seu braço em volta dela. Eles vêem com
gramíneas de alta potência".
"Mas não havia nada de errado nisso —"
"Que são o que Ryra princesa dizer. Ela diz que você onry colocou seu braço em
volta dela, porque ela medo dos Tigres. E, em seguida, ele disse, sobre o outro? E cawr
seus nomes de mau awrful. "
"Que outro?"
"Oh, quando você está dobrando-se para baixo para beijar a princesa Ryra e são
wawrking em árvore."
Ele engoliu. "Eles viram que?"
"Ah, certo. Rord Narf são tão louco ele quer kirr você direito, em seguida, mas
Sonig dizer, 'Espere, tenho uma pran.' Então Sonig dizer, ' são muito ruim, não temos
uma câmera — poderia ter feito que rootenant o estoque raffing dos quarenta mundos.' "
O pensamento fez Hunter engolir novamente.
"O que foi Sonig plano que Narf falou Lyla?" ele perguntou.
"Oh, ele não terr dela. Eu ouço Sonig terr Rord Narf, quando eu espio. Sonig dizer, '
amanhã, podemos ser friendry e nós ret os dois vão para outro wawrk na floresta. E nós
temos câmeras com lente de terescope, e quando beijo e abraço tomamos imagens em
movimento. " "
"Por que, o rato da calha de raça —"
"E Rord Narf dizer: ' isso é o que nós wirr fazer. E então eu wirr kirr dele assim que
nós temos as fotos e wirr she tem aos pés a marca, daí em seguida diante, porque se eu
pubricry mostrar as fotos do que ela fez, she wirr ter vergonha de mostrar seu rosto em
qualquer lugar no Vesta.' "
"Por isso, o —" ele não conseguia pensar em uma expressão adequada.
' E, em seguida, Sonig dizer, ' para se certificar de que ela vai sair amanhã, você
bawr la bom assim she wirr vontade de chorar no shourder do rootenant novamente.' E
Rord Narf dizer, ' eu wirr ser muito grad a terr a vadia pulso o que penso dela, não se
preocupe.' "
"Por isso, ela era apenas uma menina com medo e esse rato pensa ela —"
***
" . . . Voz na sua promessa para seu pai morrer"Narf veio na acusação. "Ele tem ido
agora, e você pode traí-lo, também! Por que você não vá todo o caminho em seus
enganos... seu pai nunca vai saber... "
Alonzo disse, "Eu acho que eu vou voltar e permanecer croser para sua cabine,
Rootenant".
Foi uma hora mais tarde, e voz de Narf tinha resolvido para um rosnado baixo,
constante, quando o caçador ouviu um helicóptero sossegar perto do acampamento. Um
minuto depois, Val Boran foi descrito momentaneamente na porta da cabine, ele dividiu
com Sonig. Seguiu-se a troca de algumas palavras — interrogatório no tom de Val — e,
em seguida, no som de Sonig voz sozinho, que continuou por minuto após minuto.
Sonig está dizendo-lhe tudo sobre ele, pensei que o Hunter, incluindo meu andar em
que a árvore. Mas não haverá uma palavra de simpatia com Lyla.
História do Sonig terminou e Hunter viu Val deixar a cabine. Ele veio para cima o
caminho em direção a Hunter, vulto alto na escuridão que ele parou diante dele. Havia o
brilho pálido de metal no cinto de Val — um blaster. Sua voz veio fria e plana:
"Eu quero falar com você, tenente".
Hunter suspirou, pensando, acho que ele quer me matar, também.
Ele se levantou e disse: "vamos dentro. Fechou a porta atrás de você, eu não quero
seu amigo esticar seus ouvidos para ouvir-nos. "
Val sentou alto mesmo na cadeira, seu rosto como uma escultura em granito escuro
e seus olhos tão brilhante e duro.
"Eu entendo que você levou princesa Lyla em tigre mata hoje." Mão de Val estava
muito perto o blaster. "Eu entendo que você, em seguida, desempenhou o papel de
socorrista afetuoso".
"Você acredita nessa história?" Hunter perguntou.
"Você tem um diferente?"
"Você pode perguntar a Lyla. Ou Alonzo. Alonzo é aquele que veio a mim para
ajuda quando viu que ela estava saindo para morrer."
"Para morrer?" Uma expressão de assustado entrou nos olhos de preto. "She quis
morrer?"
"Eu vou te dizer o que aconteceu," o caçador disse e disse-lhe a história, omitindo
apenas o incidente embaraçoso beijar e sabendo que Sonig não tinha.
Val ficou em silêncio por um tempo depois Hunter terminar de falar, então ele disse,
"não é para mim comentar sobre Senhor Narf caractere ou ações. Ela é sua esposa, por
sua própria escolha. Mas o pensamento de alguém senão levando-a para fora e — "
"Eu sei. Não foi assim." Hunter acrescentou, "Você acha que uma grande
quantidade dela, não é?"
Rosto de Val endurecido e Hunter pensei que ele não iria responder. Então, ele
sorriu um pouco, embora sem humor e disse:
"Desde que cheguei aqui para matá-lo se eu pensei que você merecia, eu suponho
que eu sou obrigado a responder a sua pergunta. Em minha conta para princesa Lyla é o
respeito que qualquer civilizado homem teria para a esposa de outro homem. "
Houve uma implicação não intencional na instrução e Hunter fez uma conjectura:
"Você e Princesa Lyla estavam envolvidos — há quanto tempo?"
Houve surpresa na cara de Val, e algo como dor rapidamente mascarados. "Então
ela já está fazendo é informação pública?"
"Eu aprendi do que de outras fontes de n º. Não sei, é claro, por que você convenceu
a romper o noivado — que é nenhum dos meus negócios, de qualquer maneira. "
"Não", disse Val. "É nenhum de seu negócio. Eu vou te dizer isso: eu não pedi-la a
romper o noivado. Mas enquanto que era o que ela queria, certamente não ia pedir a ela
para mudar sua mente."
Val levantou-se para ir. "Se você não se importa, eu prefiro você disse nada a
princesa Lyla sobre isso visite esta noite. Estou com medo que minha sensação
equivocada de cavalaria me faria parecer um tolo para ela."
Então, como um pensamento depois, Val acrescentou, "Sr. Rockford teve ainda mais
negócios na cidade."
***
Já era tarde quando Narf finalmente deixou parte na Lyla cabine. Ele foi para a
cabine ocupada por Val e Sonig Sonig excitado e dois deles foram para o campo de
helicóptero. Caçador ouviu o helicóptero, deixando para a cidade, poucos minutos
depois. Cabine de Val ficou escuro e depois de um tempo, a luz na cabine de Lyla saiu.
Ele foi para a cama, mas não para dormir. Mais e mais, um solitário little Princess
Lyla agarrado a ele para o conforto, chorando, enquanto ele segurou-a fechar. Ele torceu
e virou agitada como ele pensou que as horas que ela tinha sentado sozinho e sem amor
enquanto Narf derramaram seu ódio e fúria sobre ela.
Havia um anseio para ela, o desejo de abraçá-la e protegê-la, sempre o sono que não
iria deixá-lo. E ele percebeu a razão por que.
Ele pensou que miseravelmente, eu sou apaixonado por ela!
***
Rockford estava na cama, ronco alto, com seis latas de cerveja vazias no chão ao
lado dele, quando o caçador se levantou. Ele foi para fora e encontrou Alonzo esperando
por ele.
"Eles conseguiram awr pranned para kirr você com certeza hoje, Rootenant."
"Como?" ele perguntou.
"Noite de Rast, Rord Narf e Sonig ir para a cidade e Rord Narf, ele contratar quatro
homens mau-rooking com brasters e Sonig contratar mais quatro que são seus
compatriotas, e que trazem estes homens atrás e agora eles estão escondidos na mata. E
eles awrso trazer de volta as câmeras de filme com terescope renses. E Rord Narf raff e
dizer wirr casam princesa Ryra hoje antes de seu corpo morto é coor mesmo."
"Oh?" Hunter disse. Ele pensou o ronco Rockford e suas palavras de dois dias antes:
se você consegue viver que longo. Como, ele se perguntou, poderia o bêbado velho
preguiçoso ter feito uma suposição tão precisa?
"E então" Alonzo disse, "Rord Narf acorda princesa Ryra — onry eu sei que ela não
era asreep — e terr he seu ruv he ela e ter awr awready fez o arranjo para que possam se
casar hoje, logo após runch. E terr ela ela está certo sobre o espaço guarda e she wirr
tem até runch para tawrk a você sobre isso."
Não havia porta no som de Narf abertura e fechamento e Alonzo disse: "vou agora
— Rord Narf pode imaginar que eu são terring as coisas."
Alguns minutos mais tarde Narf e Sonig desceram o caminho em direção a Hunter.
Ambos transportados packsacks — as câmeras, é claro — e ambos transportados
blasters rifle de longo alcance.
"Bom dia, tenente!" NARF estava sorridente e pseudogenial novamente. "Sobre
ontem à noite, às vezes um homem tem que ser severo com sua esposa para
impressioná-la. Coisa muito tola ela fez — pode ter sido morto. Estou com medo que eu
estava tão gravemente abalada com preocupação sobre ela que eu não fiz mesmo
obrigado por trazer de volta."
"Uma bela manhã, tenente!" Sonig estava sorrindo, chegando perto de radiante
como seria permitir que a natureza de seu rosto. "Senhor Narf vai levar-me esta manhã
de caça veado, abordarei algumas lições de um mestre. Você já viu coleção do seu
senhorio de cabeças? Incrível!"
"Mas parece que a coleção de um esportista nunca é bastante completa," disse Narf.
Ele ainda estava sorrindo, mas o ódio estava ardendo como fogo em seus olhos como
ele olhou para Hunter. "Há uma cabeça mais devo ter — pretendo fazê-lo esta manhã."
NARF Sonig ido quando Lyla saiu de sua cabine, seu rosto pálido e foram
desenhados. Val saiu sua cabine e os dois falavam uns aos outros em saudação. Houve
um silêncio, em que nenhum deles parecia saber o que dizer.
Finalmente, desajeitadamente, Val disse, "eu ouvi falar ontem, Lyla. Por que você
vá para a floresta de tigre?"
"Oh... Eu estava apenas andando, eu acho e não percebi onde."
"Você foi até lá para morrer, não é?"
"... Quando você não tem nada deixou —" então ela levantou sua cabeça em um
gesto de orgulho e disse, "Deve importa para você?"
Por um momento Val tinha a aparência de um homem atingido. Então ele se foi e
ele disse em uma voz sem emoção:
"N º eu estava perguntando sobre algo que é apenas o negócio de seu marido. Eu
não vou fazê-lo novamente."
Ele virou-se, de volta para sua cabine.
"Val —" ela tomou um passo rápido após ele, o ar orgulhoso ido e braços
estendidos. "Eu não quis dizer —"
Ele voltou, seu tom educadamente questionando.
"Sim?"
"Eu só queria —" então caiu de seus braços e a vida saiu de sua voz. "O que
importa... tudo o que importa?"
Ela correu em sua cabine e a porta fechada atrás dela.
***
Falou de Rockford da porta atrás de Hunter:
"Bem, meu rapaz, você está pronto para tarefas do seu dia?"
Ele seguiu Rockford dentro, onde Rockford se estabeleceram na cadeira fácil e
yawned.
"Tive uma noite bastante movimentada," ele disse. "Certos eventos ocorreram
ontem à tarde que me obrigou a mudar meus próprios planos até certo ponto. Ou para
defini-los em frente um dia, devo dizer."
Ele fez um esforço para colocar a visão de Lyla em sua mente e perguntou: "Você
fez algum progresso com Val Boran?"
"Não, estou com medo não. Claro, eu não esperava." Rockford bocejou novamente.
"Houve outra mensagem do comando supremo. A situação está piorando. O que me
lembra de seu dever para o dia e o fato de que se você pode viver com ele, você vai ter
feito isso."
Ele é meu superior, pensei Hunter. Ele deveria outrank um General de patrulha do
espaço — e ele é divertido com a situação que ele está aqui para resolver.
"Agora," disse de Rockford, "Lyla enfrenta um futuro sombrio e parece que ela não
tem um amigo no mundo. Ela precisa de um ombro para chorar. Você vai levá-la para
um passeio e fornecer esse ombro."
De alguma forma, mesmo que a ordem tinha nada a ver com a crise de Terrana-
Verdam, ele não tem coração para objeto. Ela tinha sido chorando antes que ela chegou
até sua porta. Mais tarde, depois que ele tinha consolou-a, ele iria exigir que Rockford
descer ao esforço determinado no problema Verdam. Não mais do que uma hora seria
perdida por que...
"Sim, Senhor," ele disse. "Mas no interesse da segurança da princesa Lyla, eu tinha
melhor falar com ela em sua cabine. Alonzo viu Narf e Sonig trazer de volta oito — "
"Assassinos profissionais para eliminar você," Rockford terminou. "Eu sei tudo
sobre ele, e eu sei que Narf levou tempo ontem à noite para passar uma hora com seu
amigo de menina favorita e vangloriar-se ainda a ela que ele ia se casar com Lyla hoje
antes de seu corpo morto tinha tempo para ficar legal.
"Mas você tomar apenas Lyla para outra caminhada e você fará com que o começo
do fim para os mundos de povos Verdam. Você vai ficar na história, meu menino, como
o homem que salvou a República Terran."
Caçador passou pela porta, novamente, sentindo uma sensação febril de irrealidade.
Ele estava a ir adiante e obter soprado em hambúrguer e por algum processo misterioso
conhecido apenas por Rockford, Império Verdam aproximou iria começar a
desmoronar...
Ele não bater em sua porta. Ele não pense nisso como uma violação da sua
privacidade. Ela poderia estar sentindo muito sozinho e indesejados aos cuidados.
Ela não estava chorando como ele pensava que ela seria. Ela estava de pé na janela,
olhando para baixo o deserto cinzento, distante, os olhos vazios como bleakly como ele.
"Olá, Lyla," ele disse.
"Olá, Dale. Eu estava pensando; Este é o dia que eu, como mulher, deve sempre ter
sonhado"— ela tentou sorrir e falhou, e o bronze veio em sua voz —"dia do meu
casamento!"
"Alonzo disse-me sobre isso."
Parecia-lhe que deve acrescentar alguma coisa, tais como desejo sua felicidade —
mas essas palavras seria sem sentido e uma farsa e eles ambos saberia.
Mas não havia nenhuma razão por que, ele deve pôr em perigo ela obedecendo
ordem insana de Rockford. Ele não faria isso —
"Ah... bom dia, Lyla!" Rockford apareceu na porta, jovial, como um Papai Noel.
"Sabia Dale quer ir para um passeio no bosque com você esta manhã de Primavera — e
ele sem dúvida é muito tímido para te dizer isso? Fazê-lo bom para fugir do
acampamento"— houve a sugestão de uma pausa —"enquanto você está ainda livre."
Ele virou um sorriso radiante de Hunter. "Não estão lá como um manequim, menino
— levá-la pelo braço e deixá-la ter uma última caminhada com alguém que se importa
com o que acontece com ela."
Há uma coisa sobre Rockford não compatível com seu ar de apaixonado por
fatherliness: seus olhos eram dura, cinza ardósia, como olharam em Hunter e não havia
nenhum confundir sua expressão. Rockford não tinha feito uma sugestão paternal para
seu próprio divertimento. Ele tinha dado uma ordem que ele se destina a ser obedecido.
***
Hunter e Lyla pisado por bosques de árvores de fantasma e escova de seta, cada uma
com pouco a dizer, Hunter, sentindo-se cada vez mais como um tolo ridículo. Tinham
nenhum destino, sem propósito em sua caminhada, que não acatar o desejo de Rockford
que um total de dez assassinos a chance de abate certo dispensável segundo-tenente.
Ele não colocou seu braço em torno de Lyla enquanto caminhavam. Se eles o
mataram, teria que ser sem que tenham a satisfação das fotos que eles queriam que para
chantageá-la.
Eles chegaram a uma pequena clareira, onde um log de árvore de nuvem fez um
assento convidativo à sombra, e Lyla disse:
"Não importa o quão longe nós caminhamos, tenho de voltar a enfrentá-lo. Vamos
parar por aqui e descansar um pouco."
Ele viu que o desmatamento foi razoavelmente bem selecionado, mas certamente
não completamente assim. Ele teria que fazer.
Ele sentou-se no registo de diversos pés longe dela, não querendo ter a chance dela
ser atropelado por acidente.
Não que eu sou entusiasta de ser atropelado por intenção, sozinho, ele pensou. Que
uma maneira para que um oficial de guarda espaço morrer.
Ele se perguntou se Rockford nunca iria informar a sede que tenente Dale Hunter
morreu no cumprimento do dever — por qualquer lógica torcida neste episódio insano
poderia ser chamado de direito — e ele se perguntou como o rolo de comemoração seria
ler para ele... Exibindo coragem acima e além da chamada do dever, tenente Hunter
sentou-se visivelmente no topo de uma colina e calmamente esperou dez assassinos
para abate-lo...
"É tranquilo e sossegado aqui, não é?" Lyla disse.
Ele estava tentando assistir quatro direções diferentes ao mesmo tempo e ele
percebeu que o giro constante de seu pescoço estava causando o colarinho duro blusa
lentamente, cortar sua garganta. E ele viu que era — no momento, de qualquer forma —
sereno e tranquilo, onde eles se sentaram. O sol estava quente e dourado antes deles,
flores brilhantes docemente perfumadas ar e traça de arco-íris gigante foram tremulando
sobre eles, suas vozes minúsculos como o encanamento de flautas de fada de mil.
"Eu desejo que eu tinha nascido uma menina do país", disse Marina. "Eu gostaria de
ter uma vida como esta e não — o que mina será."
Ele fez a pergunta a que ele tinha que ter a resposta:
"Uma vez você estava indo para se casar com Val e viver em Jardeen, você não
estava?"
"... Então minha loucura não é mais um segredo?"
"Loucura?" ele perguntou.
"Nós nos conhecemos há dois anos atrás, quando eu freqüentava a Universidade de
Belas Artes em Jardeen. Eu era jovem e ingênuo muito mais do que eu estou agora. Eu
pensei que estávamos desesperadamente apaixonado e iria se casar assim que eu
terminei a escola e viveria feliz sempre em seguida e tudo isso."
"E ele não sair dessa forma?"
"Eu tive que fazer essa promessa para Papai e quando eu escrevi a Val sobre isso,
ele pareceu aprovar. Ele não sugere que eu renunciar o casamento de proxy quando o
tempo estava, ou qualquer coisa. Ele apenas escreveu o que eu sabia o que eu queria
fazer. Ele parecia aliviado por estar livre para ir em frente com sua carreira política."
"Eu vejo", disse ele e então, "você não se sentir mal com isso, você, Lyla?"
"Me sinto mal? Eu não iria se casar com Val Boran se ele era o último homem na
Vesta! Não mesmo Senhor Narf é tão egocêntrico como ele é!"
"Você não tem que casar com Narf, ou," ele disse. "Você que sabe".
Ela olhou para o chão e disse com uma voz morta, "eu fiz uma promessa."
"Rockford disse-me que seu pai nunca realmente sabia Narf — que em algumas
vezes, eles se encontraram, Narf colocar sobre o ato de ser um cavalheiro refinado,
muito respeitoso para com a filha do rei."
Ela não respondeu, e disse: "É que a maneira como foi?"
"Sim. Essa é a maneira que foi. Mas como eu poderia dizer Papai, morrendo?"
"Você não poderia, Lyla. Mas se seu pai poderia estar aqui hoje e sei que você sabe
sobre Narf, você acha que ele iria querer que você casar com ele?"
"Não... Acho que não. Mas Senhor Narf me ama em seu próprio caminho, eu acho
— e isso é mais do que qualquer outra pessoa. "
Em seguida, o tom mudou e ela disse, "eu estou tão feliz que você está aqui hoje,
Dale — congratulo-me com o que há alguém que se importa pelo menos um pouco
sobre o que acontece comigo."
Em seu rosto era uma saudade pungente de alguém para amar e confortá-la.
Pareceu-lhe, agora além de qualquer dúvida, que poderá nunca haver nada para ele em
sua carreira, mas solidão. Quão diferente o amor quente de Lyla seria a austeridade fria
das forças armadas e sua sucessão interminável de armas e matar —
***
Mudou-se, sentar-se ao lado dela e colocou seu braço em torno de seus ombros.
"Lyla", ele disse, "eu quero dizer-lhe —"
"Dale... " A palavra foi um soluço desesperado como a compostura quebrou e ela
segurou firmemente a ele, chorando, sua voz vinda abafado como ela pressionou o rosto
contra o peito. "Ajude-me, Dale! Como pode para casar que besta sádica quando é outra
pessoa que eu não posso viver sem, e ele ainda não sabe que eu o amo! "
"Mas ele não!" Ele abraçou-a mais perto, "ele sabe e ele ainda te ama mais do que
você o ama."
"Tem certeza?" Ela levantou um rosto manchado de lágrima, espero que como o sol
através de nuvens sobre ela. "Você está realmente certo que Val me ama, afinal?"
"Val"?
A revelação foi como o choque de concussão deslumbrante de um raio de explosão
passando a sobrecarga de duas polegadas. Sua visão turva e lá foi um estrondoso
horrível em seus ouvidos. Ela ainda estava segurando-lhe conforto e pareceu-lhe que
estava errado, ele deve ser agarrado a ela apoio...
"Dale ... Qual é o problema? "
"Mas eu pensei-" ele engoliu com dificuldade. "Eu pensei que você queria dizer que
eu era o —"
Algo atingiu o topo da cabeça; desta vez, para determinadas, o choque de concussão
de um feixe de blaster passando fechar acima dela. Havia uma rachadura viciosa como o
feixe de dividir a árvore além e, em seguida, uma queda e explosão de fragmentos de
madeira, como um segundo feixe seguiram o primeiro.
Ele rolou de log, levando Lyla com ele. Os arbustos de seta blindagem-los
brevemente, tempo suficiente para que possam alcançar a segurança temporária de um
swale pequeno.
"Dale!" Seus olhos escuros eram largos com surpresa intrigada e um pé pequeno
estava nua da perda de uma sandália. "Alguém baleado em nós!"
Ele pensou, assim Narf tenho suas fotos, afinal.
"Rootenant!" Alonzo veio correndo. "Eles são de que maneira — awr espalhar com
certeza para kirr você."
Alonzo acenou com seu nariz, um movimento que parecia cobrir todo o terreno
elevado para além deles. Pelo menos, o inimigo não estava entre eles e acampamento.
Ainda não.
Veio um grito distante, uma ordem de Narf aos seus homens:
"Todos vocês — baixo que cume! Obter entre caçador e camp!"
"é ele!" Seus dedos agarrou seu braço. "Ele quer matá-lo!"
Eles tinham disparado de uma distância muito grande para a sua própria blaster. Ele
não poderia desafiar-lhes de onde ele ficou agora.
"Eu vou ter que tentar obter alcance deles", disse ele. "Vou voltar —"
"Não!" Apertou seu aperto em seu braço. "Não me deixe, Dale — não deixe que ele
encontrar-me aqui."
Ele olhou para o comprimento da swale. Em sua extremidade inferior da floresta
fantasma começou, densa e escondendo — mas tudo abaixo o comprimento de swale o
snarevines colocar em malhas grossas, violentamente farpadas, sobrepondo-se a um
leito de rochas afiadas e pedregulhos. Ela nunca poderia ter para a segurança das
árvores fantasma no tempo.
NARF tinha suas fotos, agora. O que ele faria com ela na insanidade do seu ódio e
triunfo quando ele chegou a ela?
"Tudo bem, Lyla," ele disse. "Vou ver que você consegue as árvores —"
***
Houve uma queda de explosões e detritos saltou em direção ao céu atrás deles e ao
longo de ambos os lados do swale. O disparo continuou, espalhadas mas muito
efetivamente consistente, e ele disse que como ele desenhou seu blaster, "eu acho que
eles não querem ir embora."
Ele estabeleceu o regulador da fresadora de em menor intensidade para que o feixe
não seria clip perigosos voando fragmentos dos pedregulhos. A vinha verde, resistente
se desintegrou, relutantemente, enquanto os minutos preciosos acelerou por; enquanto
os assassinos sem obstáculos iriam ser correndo para o ponto onde o swale inteira seria
visível a eles e sob o seu fogo.
Alonzo estava acompanhando na parte superior do lado do swale, ignorando o
perigo que ele assistiu o progresso do inimigo e informou o Hunter: "agora eles estão a
meio caminho, Rootenant, correndo mais rápido —"
Eles chegaram a extremidade inferior do swale. A última das videiras se desintegrou
e a floresta fantasma colocar diante deles.
Ele tocou seu mordente na despedida. "Get on ao acampamento, tão rápido quanto
você pode correr."
O disparo deixou abruptamente enquanto ele falava. Houve um silêncio sinistro.
Alonzo veio correndo, seu tom quase um yelp em sua urgência:
"Eles são awrmost onde podem ver-nos! Temos que levá-la para fora daqui,
Rootenant — awrfur de rápido! "
***
"Lyla!"
Era a voz de Val, afiado com preocupação para ela. Ele veio ficando sem as árvores
de fantasma, todos os seus impassiveness frio ido. "São você machucar, mel — você
está ferido?"
"Você veio para mim!" Ela sussurrou as palavras, seu rosto radiante. Então ela
correu para encontrá-lo, seus braços estendidos, chorando, "Val... Ah, Val..."
As armas foram em torno de si.
Então as madeiras eclodiram como dez blasters estabelecidas de uma barragem para
bloquear qualquer fuga para acampar.
"Vou tentar dar-lhe uma chance de passar", disse Hunter rapidamente. "Estar pronto
para isso quando ele vem."
Ele correu em direção à linha de disparo, aproveitando a dissimulação
proporcionadas pelo primeira franja de árvores de fantasma. Eles devem ser quase
dentro de intervalo de sua própria arma, agora —
Novamente, o disparo abruptamente cessou, como se por algum sinal. Lá veio o
delírio furioso de Narf:
"É que ela quer de Boran! Matá-lo também!"
Sonig amaldiçoado com raiva amarga. "Jardeen é perdido para Verdam se qualquer
testemunha escapa — e vamos todos cair, além disso."
Houve um segundo de silêncio, em seguida, o comando de Narf:
"Matar a mulher, também!"
Houve um rugido como um trovão, como a queima começou. A terra tremeu e
detritos encheu o ar com fragmentos de voar. Hunter, ainda correndo em direção do
inimigo coberto de árvores, viu Val tentando Lyla para segurança e viu os dois atirou
para o chão como uma árvore explodiu na frente deles. Eles nunca viveria para subir e
executar novamente —
***
Ele viu o plano do Rockford, no passado, e o seu próprio dever que agora teria que
ser: ele sabia por que Rockford tinha dito deste dia, ", se você pode viver com ele, você
terá feito."
E ele tinha um frio sentimento dentro dele que ele não ia tê-lo feito.
Ele tomou uma respiração profunda e correu em direção do inimigo, fora de
ocultação das árvores fantasma e em campo aberto, onde eles não poderiam deixar de
vê-lo, seu blaster disparando um feixe contínuo que só ficou um pouco aquém do
inimigo, que mostrou-lhes que ele estaria perto o suficiente para matá-los dentro de
segundos, se ele não foi interrompido.
O fogo concentrado com ele, dando a Lyla e Val sua chance de escapar. Ele correu
por meio de um inferno de explosões de bater, torcer e esquivando-se na terra que
tremeu e soltou debaixo de seus pés, enquanto estilhaços de pedra afiada encheu o ar
com sons estridentes, mortal gritando.
Algo que rasgou em seu ombro, gire-o em torno e mandá-lo rolando. Ele se
esforçavam, disparando como ele fez isso e correu bêbados.
Algo atingiu o lado de sua cabeça e ele caiu novamente. Ele tentou levantar-se e
caiu para trás, uma escuridão varrendo sobre ele que ele não poderia manter afastado
apesar de seus esforços para fazê-lo.
Parecia-lhe que o disparo tinha parado de repente, que, em seu lugar, foi o buzz
rouco de um feixe de choque da polícia. Parecia que ele viu helicópteros sobrecarga,
tendo a insígnia azul brilhante da guarda real e, em seguida, não havia nada além da
escuridão.
***
Houve um retorno breve, sonho, a consciência. Ele estava em um helicóptero da
guarda real e Alonzo estava ao lado dele, sorrindo, e dizendo, "você ser O.K.—I grad! E
minha princesa Ryra — a torre para ela agora, Rootenant! "
Ele viu Lyla, a mão em Val, e seu rosto foi brilhante e bonito em sua recém-
encontrada felicidade. Então ela foi curvando-se, beijando-o e dizendo: "Dale... Dale...
como pode nunca Agradecemos o que você fez?"
***
Quando a escuridão levantou a segunda vez que ele estava mentindo, enfaixada, em
um berço na sala de reunião e a voz de Rockford estava dizendo, "... Pronto para ir em
apenas um minuto."
O salão estava cheio de membros da corte real, que tinham vindo para o casamento.
Ele viu as vestes brancas dos dignitários Igreja de Vesta que tinham vindo para oficiar
no casamento. Então ele viu sete homens velhos triste sentados na extremidade da mesa.
O Conselho real — com o poder judiciário dar mesmo sentenças de morte em
crimes cometidos contra a realeza.
Sonig, seu rosto branco e fitando, estava sendo metade levou, metade transportadas,
longe deles.
NARF, nas garras de um outro guarda, foi perante o Conselho e dizendo em tom
incrédulo e sarcástico:
"É que minha frase?"
"Há uma qualificação para isso", disse um do Conselho. "Parece que só agora, tendo
em conta o seu crime, que você ser torturado até a morte —"
O resto das palavras perderam-se como a escuridão varrida para trás. Mas antes de
inconsciência foi completa, quando tudo isso no salão foi longe dele, ele ouviu grito de
Narf; um animal como bawl de protesto, cru e rouco com angústia...
***
"Ah... você está saindo dela, meu menino."
Rockford estava de pé sobre ele. "Deram-lhe uma restauração tiro na Vesta quarenta
e oito horas. Ele vai ser do desgaste em um minuto e limpará a sua cabeça."
Ele sentou-se, e as tonturas desapareceram rapidamente. Ele viu que ele estava no
compartimento de uma nave interestelar, e ele sabia que era Earthbound.
E que Vesta e olhos castanhos Lyla, agora faziam parte do passado...
"Não parece tão triste, meu menino," Rockford disse. "Você vai ter devido crédito e
promoção para a parte inestimável que você jogou em meu plano."
"Mas —"
"Eu sei. Mas ela nunca foi sua. Você encontrará a vida é cheia de desgostos, filho.
"E nós realizamos nossa missão. Crime de NARF ordenadamente invalidado o
casamento de proxy. Então Lyla um precedente novo ao se casar com Val naquele
mesmo dia. Terra nunca teve dois desses amigos leais e gratos como Val e Lyla."
"Você sabia tudo sobre eles, não é?" ele perguntou.
"Serviço estratégico tem que saber tudo. E eu sabia que eles eram ainda no amor,
mesmo que cada um era orgulhosa demais admitir isso. É por isso que eu tinha que
insistir em Val a Vesta. Depois disso, era apenas uma questão de usar você despertar
Val para o fato de que ela fez não amor Narf. E de cuidar de vários pequenos detalhes,
como fingir um pedido oficial para os helicópteros sair duas horas antes do tempo, Val
sair para encontrá-la no momento adequado, e assim por diante. "
Rockford sorriu para ele, "e você aprendeu que uma velha a mente do homem pode
ser mais poderoso do que as frotas de espaço do Império Verdam — e que do dever que
produz os melhores resultados pode às vezes ser muito desonesto."
Ele pensou o painho Sonig e o angustiado bawl que tinha ouvido de Narf.
"Suponho que eles estavam indo para pendurar Narf e Sonig ao mesmo tempo."
"O Conselho teria, sem dúvida. Mas Lyla estava tão feliz que ela implorou o
Conselho a dar-lhes sentenças muito leves — ou apenas deixá-los ir livre. Então, sugeri
um compromisso. O Conselho real considerado muito apropriado."
"O que foi?"
"Para Sonig, nenhuma punição. A tentativa de assassinato, sendo notícia de interesse
público, será transmitida sobre outros mundos, incluindo um relato factual, imparcial de
participação na Sonig nele e Vesta. Pouco depois, Sonig será levado para Verdam e
entregues ao seu próprio governo benevolente. Vesta não vai apresentar nenhuma
acusação."
"Mas Sonig perdeu Jardeen para seu governo. Eles vou executá-lo por isso!"
"Sim, eu tenho medo assim. Serão chamamos Justiça poética?"
"Quanto Narf?"
"Sua sentença foi exilado ao longo da vida em sua propriedade de Sea Island. Ele
será fornecido com todos os luxos que ele foi acostumado, incluindo uma equipe
completa de funcionários. Ele vai continuar a desfrutar de todos os seus bens, incluindo
a sua galeria de pinturas de nus, seus filmes de risqué, sua biblioteca de filmes
pornográfica e assim por diante. Na verdade, uma vez que ele é tão fascinado por
pornografia e um coletor dele, qualquer material pornográfico que pode se tornar
disponível em Vesta no futuro será enviado a ele."
"Isso não é certo... Quero dizer, eles estavam indo para torturá-lo até a morte."
"Não"à morte.' Foi 'até a morte.' Há uma diferença."
"Mas que bawling ruído fez —"
"Ah... que foi devido a uma qualificação restritiva aos termos benignas de seu exílio.
Cada mulher em sua propriedade foi removido antes de chegar lá, deixando homens
servos apenas. Patrulha barcos vão ver a ele que por enquanto ele vive nenhuma mulher
deve nunca pôs os pés sobre as ilhas do mar."
Rockford sorriu novamente. "Senhor Narf conseguiu além de seus sonhos em
manter sua promessa de infância de ser sempre um homem entre os homens."
EMPATIA
A crise com os nativos foi na mão e ainda a ERB não mostrou nenhum sinal de
permitir um oficial do corpo de fronteira para fazer alguma sugestão.
Para o quinto tempo naquele dia que capitão Harold Rider caminhou até a rua
empoeirada única do que tinha sido seu posto de fronteira Corps no Deneb cinco até a
chegada inesperada de quarenta e oito horas antes de Beeling geral e sua unidade do
Conselho de relações extraterrestre. Ele veio para a enorme sede de ERB pré-fabricada
no final da rua. Lá, ainda plantão na porta, foi o guarda furão-enfrentado, que tinha sido
ele afastado duas vezes antes.
A guarda retranqueiro indolently contra a parede, parecia não ver o piloto. Mas
quando o piloto estendeu a mão para abrir a porta, ele veio à vida com uma rápida
contornar que barrou o caminho, endireitando a atenção com suas mãos escovar seu
blaster coldre e clube.
"Nenhuma admissão!" ele agarrou, com a nítido entonação de quem gosta de
autoridade. "Beeling geral e os outros devem não ser perturbados, como eu disse antes."
Ele acrescentou, com atraso deliberado, "— sir."
Piloto retirou sua mão atingindo e considerado o prazer de quebrar o queixo pontudo
e entrando o edifício em todo o estômago do homem. Ele infelizmente demiti-lo como
wishful sonhando. A rivalidade entre o velho corpo de fronteira e a ERB politicamente
poderoso e jovem estava se aproximando de seu clímax decisivo e chegou mesmo a
Deneb. Ele era um superfluity desprezado e indesejado no que tinha sido seu próprio
acampamento e eles gostariam que nada melhor do que uma desculpa para prender e
confiná-lo.
***
Passos rápidos som dentro e a porta balançou aberto. Era coronel Primmer, assessor
do Beeling, girando com a mão ainda na maçaneta da porta e quase se curvar à maneira
bastante característico dele como ele disse, "você está certo então , General Beeling.
Sim, Senhor. Uma vez, Senhor."
Ele voltou e fechou a porta atrás dele. A expressão bajulação desapareceu do rosto
vermelho com a visão do piloto e um olhar frio, peixinho substituí-lo.
"Beeling geral é ocupado demais para vê-lo," ele disse, "se isso é o que você está
esperando ainda."
"É", respondeu ele. "Certamente ele pode poupar alguns minutos. Agora somos duas
agitações longe de um ataque em massa pelos nativos e se o chefe não é tratado apenas
para a direita quando ele vem para a última palestra deste acampamento serão
transformados em uma caneta de abate. Deixe-me dizer — "
"Eu acho", disse Primmer, "que o Conselho de relações extraterrestre pode com
sucesso lidar com um chefe bárbaro sem antes consultar um leigo. Quanto a essa outra
matéria com a qual você venho tentando irritar o geral durante todo o dia: ele pediu-me
para informá-lo que o helicóptero não estará disponível para você, há problemas antes
dele muito mais importância do que a vida do seu cão falante. "
Primmer virou-se para a guarda, demitindo incisivamente Rider. "Vai dizer
Mantingly e Johnson que quero aqui sobre o casal. Dizer Myers para trazer seus
trabalhadores aqui — "
Piloto virou-se e voltou a rua, a saber, novamente, como ele poderia mostrar Beeling
o perigo mortal da situação. Foi um inferno de um problema — como você convencer
um homem que não iria deixá-lo falar com ele?
Ele desvio em torno de um monte de caixas — parte da enorme massa de ERB e
equipamentos que tinha sido apressadamente descarregada a partir do cruzador de
missões especial, antes que ele correu de volta Earthward — e foi recebido por uma
rajada de vento que chicoteou a areia fina, venenosa contra seu rosto. Deneb, quase até
ao horizonte, estava indo para baixo com um roxo halo em torno dele e o deserto ao
sudeste foi um esfumaçado azure. Ele não poderia dizer com certeza através da neblina,
mas o céu sobre o mar distante parecia ter virado preto.
Se uma tempestade estava em andamento há já é demasiado tarde levar o
helicóptero mais de maneira da parte para resgatar a menina rindo, o Altairian. Mas que
fez pouca diferença — ele tinha praticamente nenhuma esperança de alterar conta
desdenhosa do Beeling que ele chamou de "os cães falantes." O helicóptero ficaria
indisponível e ele teria que encontrar outra forma de salvá-la.
***
Toda a força dos trabalhadores e outro pessoal de ERB não-comissionados do
beeling estava no trabalho ao longo da rua, erigir mais construções pré-fabricadas para
abrigar os suprimentos. Ele percebeu novamente a maneira que eles falaram para um
outro em baixou vozes e muitas vezes olhou em direção as colinas irregulares que
cercaram o vale. Um deles, um menino de cabelos vermelhos, saiu e falou-lhe:
"Senhor, eu poderia lhe fazer uma pergunta?"
Ele avaliou o menino automaticamente: dezenove, longe de casa e tentando não
mostrar que ele estava com medo.
"Claro," ele respondeu. "O que é?"
"É verdade que os nativos estavam esperando semanas para esta unidade ERB vir,
então eles poderiam matar todos nós?"
"Eles nem sabia que você existiu até que você chegou aqui," ele disse. "Quem te
disse que?"
"Por que —" o menino olhou de repente desconfortável. "Não me lembro, Senhor."
Ele não pressionou a questão. Teria sido algo que veio para baixo de Beeling ou
Primmer.
Os outros tinham parado para ouvir, todos eles mostrando até certo ponto a mesma
incerteza que foi no rosto do menino ruivo sardento. Eles eram jovens; a ERB
mecanicamente lógico tinha selecionado dezessete a vinte e dois como o preferido para
seus executores do trabalho manual desde homens de que idade foram mais resistentes e
os trabalhadores mais eficientes em mundos não adaptados à vida humana.
A ERB incentivou inscrições de trabalhador com cartazes coloridos que
prometeram: bom pagar e alta aventura esperam por você BEYOND THE STARS.
Pensava-se os meninos, quando eles desembarcaram dois dias e noites antes, que eles
tinham pisado através do limiar da aventura alto prometido e tinham sido tão animados
como crianças. Agora eles eram solene e silenciosa como eles tentaram ajustar-se à
conclusão de que deveria haver nenhuma aventura, nenhum fascínio, em morte rápida e
violenta...
"Pode haver problemas sobre sua vinda," ele disse, "mas ele não vai ser qualquer
coisa que foi premeditado. Há uma chance provavelmente que isso não vai acontecer a
todos. Saberemos em poucos minutos."
Ele se virou e saiu, sentindo-os, silenciosa e muito pensativo atrás dele.
No final da rua foi o pequeno edifício que tinha sido seu escritório até a chegada do
Beeling com a ordem especial que tinha mudado o posto avançado do corpo de fronteira
para uma instalação de campo de contato primário do ERB. Foi lá que ele e os nativos
tinham conheceu e falou tantas vezes no passado e foi lá que o antigo chefe Selsin logo
viria a que pode ser a última reunião.
Ele foi para dentro e viu que seus poucos bens restantes tinham sido empilhados em
um canto pendentes mais disposição. Ele andou sobre a mesa onde o comunicador de
hiperespaço, emprestado do navio de fronteira, estava bloqueado e silenciosa. Uma das
exigências de Beeling primeiras, como novo comandante do posto, tinha sido chave do
communicator de hiperespaço. Beeling não precisa o comunicador — ele tinha um
modelo semelhante em seu edifício-sede — mas um comunicador bloqueado não
poderia ser usado por um médico de fronteira deslocadas para enviar relatórios de não-
autorizados à terra.
O rádio de campo-navio estava dentro do comunicador. Ele ligou-, tentar novamente
alcançar sua nave de fronteira em um Deneb. O resultado foi o mesmo de antes; uma
explosão de gritos, rugindo, divisão de orelha de estática. O sol era quadrado entre os
dois mundos e, já que era um sol branco, sua emissão eletrônica foi tremenda. Contato
com o navio foi totalmente impossível.
Ele mudou o comprimento de onda para que o rádio de ondas curtas pouco sob as
falésias e sinalizado com a tecla de sinal sonoro. Não havia nenhuma resposta, com
excepção de uma moagem dura de estática da tempestade pensou que ele tinha visto, o
que significava que menina rindo ainda deve ficar tendendo para o detector de mineral.
Ele mudou o rádio desligado, querendo saber o que ele poderia ter dito ela se ela
tinha respondeu-lhe.
***
"Capitão —torre!"
Loper, o outro shaggy, cão-como Altairian, veio correndo pela porta, seus olhos
brilhantes de emoção.
"Estão vindo agora — Ah, centenas e centenas. Torre, capitão!"
Ele olhou, onde uma passagem larga, baixa no nordeste levou ao maior país além e
viu os nativos descendo ele. Havia talvez quinhentos deles, chegando com suas
montagens de dragão-fera em uma corrida, seus rifles de longos em suas selas e seus
capacetes de bronze batalha brilhantemente reluzente ao sol da tarde.
Havia nove colunas e um galhardete diferente vibrou na cabeça de cada um. O que
significava que as nove tribos solidamente eram aliadas sob a liderança de Selsin velho
até que o negócio com os seres humanos foi liquidado.
"Mais voltar mais longe," Loper disse. "Muito em breve awr ao nosso redor wirr ser
o grande rif'res que pode kirr-nos. Por quê, comandante?" Havia intrigada pergunta em
seus olhos escuros. "Nós não prejudicá-los."
"Eles estão com medo de que nós pode," ele disse. "Estamos recebendo esta uma
última chance de provar que não vai".
"Se eles não berieve-nos, como logo wirr eles kirr nós?"
"Acho que eles vão nos dar uma chance de sair, primeiro".
"Mas nós não podemos Edson — nosso navio está desaparecido."
"Isso, Loper, é a mosca grande, repulsiva que hoje é na todo o mundo sopa."
As colunas de nativos armados dividir como se chegaram ao fundo do passe e
correram para o norte e o Sul ao longo da borda do vale.
"Eles vão cercar-nos," Loper disse. "Se eles dizem, 'Não passar,' nós têm de ter o
hericopter." Ele olhou de longe os nativos e em direção a falésias. "Ela morrer lá se nós
não venha e ninguém se importa. Eu não entendo."
Loper foi ainda incompreensível que poderia haver seres humanos que não gostava
de Altairians. Conhecia apenas os homens do navio de fronteira, que considerava o
Altairians com o mesmo carinho que eles teriam para fiel e alegre — e às vezes desatino
— crianças de doze anos de idade. Exceto quando chegou a hora de conhecer os nativos
de um novo mundo, quando 'Altairians altamente desenvolvido senso de empatia mudou
seu papel de consultores e treinadores inestimáveis.
***
Navios de fronteira sempre foram undermanned — cada ano os gastos cada vez
mais ampla do ERB forçaram a placa de espaço para cortar o orçamento do corpo de
fronteira para fazer a diferença — e o Altairians diligentemente executadas todas as
tarefas de que eles eram capazes. Quando a ordem veio através de ter um Deneb
pesquisados imediatamente ele tinha necessário enviar toda a sua tripulação e tinha
usado menina rindo para substituir o homem tendendo o eletrônico detector de mineral
que tinha sido criado sob os penhascos do mar. Foi um trabalho que ela poderia
conseguir, uma vez que o detector foi automático perto o suficiente em seu
funcionamento que sua supervisão não necessários nenhum conhecimento técnico. Isso
permitiu-lhe enviar uma equipa completa para um Deneb, enquanto ele permaneceu no
acampamento com Loper para ajudá-lo e continuou as reuniões com os nativos.
Ele tinha a intenção de levar o helicóptero para as falésias seguro vinte horas antes a
grande maré e trazer de volta menina rindo e o detector portátil de mineral. Mas Beeling
ordenou: "nosso único meio de transporte não será permitido deixar este acampamento
até este problema com os nativos é totalmente liquidado."
Então é tarde demais. As três luas de Deneb cinco possuídas complexas órbitas que
trouxe o grande maré a cada dez dias; uma protuberância titanic nas águas dos oceanos
que correu ao redor do mundo a uma velocidade de 500 km por hora. As três luas já
estavam do lado oposto do mundo, balançando-se fechar ao seu redor e trazendo a maré
grande com eles. -Greve dos penhascos de mar alto, unscalable ao nascer do sol e a
menina rindo, tendendo ainda fielmente o detector debaixo deles e esperando que ele
venha para ela, seriam morta instantaneamente.
Aos poucos o pessoal de ERB com que ele conseguiu falar, pedidos persistentes
para o helicóptero, parecia ridículos. "Realmente, capitão," um natty jovem tenente, ele
havia conquistado fora sede disse, "você está tendo a perda de seu mascote muito a
sério. Afinal, você pode pegar uma dúzia de feras na próxima vez que você passar
Altair."...
"Nós não temos muito tempo, o capitão. São, que temos que esperar muito ronger?"
"Não é muito longo, Loper. Só até a falar com Selsin."
"Eu acho vem agora."
As longas colunas ainda estavam vindo para baixo a passagem e se despede na parte
inferior, mas um nativo estava vindo em linha reta em direção o campo em um trote
lento. Foi Selsin.
***
"— lá animada! Mais rápido, todos vocês... "
A voz de Primmer, afiado com tensão, veio da rua. Piloto foi para a janela e olhou
para fora após uma cena de atividade confusa.
Primmer, com dois blasters minado em torno dele, estava tentando postar tantos
guardas quanto possível tão rapidamente quanto possível; todos os trabalhadores e
técnicos entre eles. Eles foram sendo estacionados ao redor da sede, em torno de
helicóptero e ao longo das janelas de suprimentos na rua.
"Caramba!", disse em voz alta.
Beeling poderia ter feito nada pior do que ao encomendar o show de defesa armada
em um momento quando tudo dependia de recuperar a confiança do Selsin.
Abrir a porta do edifício-sede da ERB e Beeling geral saiu, vivamente apesar de seu
excesso de peso barrigudo. Ele entrou na rua com o rosto de lua-de-rosa olhando para a
frente, não olhando uma vez para os nativos. Ele parou um momento para dizer algo
para Primmer que causou a maioria de nervosismo do Primmer para desaparecer depois
veio com o rolamento da finalidade calma.
"Ele não preocupado," Loper disse. "Como pode ele não se preocupar agora?"
Beeling pisou através da porta com satisfação fria em seu rosto e um olhar para o
piloto que disse, que eu tenho sua situação confusa bem na mão, meu homem.
"Boa tarde, em geral," piloto cumprimentou-o e Loper disse polidamente, "Her'ro,
Generar Beering."
Olhos de beeling desviado para Loper em breve curiosidade então, sem responder a
qualquer um deles, ele próprio sentado atrás da mesa.
"Eu presumo que você sabe que estão cercados, piloto?"
Houve a mesma satisfação vingativa em seu tom como no rosto. Distraidamente,
piloto percebeu que sua blusa abaulado com a maior parte de um blaster escondida.
"Eu sabia que eles viriam prontos para a guerra," ele disse. "Quando Selsin fica aqui
teremos nossa uma última chance de evitar isso e venho tentando vê-lo todos os dias
para lhe dizer que nós teremos que mostrar Selsin o respeito que —"
"Meu querido capitão," Beeling interrompido, "tenho estado muito ocupado o dia
inteiro, supervisionando uma revisão de todos os dados e decidir sobre o melhor método
para neutralizar os danos. Eu me sinto bastante certo de que eu sei como falar com o
nativo."
Piloto manteve seu rosto inexpressivo e disse com cuidado, cortesia, "mas você não
poderia encomendar os guardas folga antes Selsin fica aqui, Senhor? Ele vai considerá-
los como prova de desconfiança e inimizade de nossa parte."
A resposta parecia ter ligeiramente diminuída antipatia do Beeling para ele; Próxima
instrução do beeling foi mais pomposa do que sarcástico:
"Pelo contrário, essa exibição de preparação irá revelar aos nativos que estamos bem
conscientes de sua hostilidade e não estão a ser intimidados por ele; que nosso pedido
de amizade é sincero e não Primavera de medo deles."
O piloto olhou novamente os guardas, capazes de contar apenas sete blasters, entre
eles e volta para Beeling. "Você não entende, Senhor — se chamam nosso blefe não
teremos uma chance."
Resposta do beeling foi espalhar um molho de papéis sobre a mesa diante dele e
dizer:
"Aqui estão as folhas de análise; o resultado de quase dois dias de trabalho por mim
e minha equipe e nosso computador. Para sua informação, estes nativos são como
crianças no temor e medo com o que eles consideram nossas armas e na sua ânsia de
possuir as máquinas de labor-saving, os itens de luxo e as novidades bonitas de nossa
sociedade 'adulta'. Drasticamente, apresentando as duas opções — a mão Dom-
carregado ou o punho inflexível — não pode logicamente que pedem nossa amizade e
presentes. "
"Mas não é tão simples," ele protestou. "Eles vão —"
Aborrecimento passado em toda a cara do Beeling e o grau completo de frieza
retornado. "Como eu observei, o procedimento descrito pela análise irá neutralizar os
danos. Dados insuficientes, no entanto, deixam duas perguntas respondidas. Um: por
que seus relatórios nunca mencionou a inimizade consistente dos nativos? "
"Porque nenhuma inimizade nunca existiu. Eles estavam apenas exercendo cuidado
razoável, devido a experiência que eles tiveram com essa outra raça alienígena há
quarenta anos."
"Sim? Em seguida, talvez você pode responder a outra pergunta: por que deve esta
'cuidado razoável' flare tão de repente em uma luxúria para a guerra? o que você fez
para torná-los odiar seres humanos assim?"
"Eu menti para eles. Eles estavam quase prontos para concordar com tudo, mas eles
queriam um pouco mais tempo em que ter certeza que nós não trairia sua confiança
como fez essa outra raça alienígena. Eu dei minha promessa solene como representante
da terra que se entretanto sem reforços. E, dentro de quarenta e oito horas após ter
recebido a sua cópia do meu relatório para o corpo de fronteira, a ERB tinha você e
trinta homens e cem toneladas de suprimentos, a caminho de Deneb.
"Apenas o que você acha os nativos pensaram minha veracidade — da veracidade
de qualquer ser humano — quando esse cruzador caiu fora do céu e homens e
equipamentos começou a rolar fora dele?"
Beeling "Ver", disse acidly. "Você estava inocente vítima das circunstâncias
injustas. Mas, como a ERB informou o Conselho Supremo, você tinha conseguido nada
de concreto em seus seis meses aqui e este mundo era necessário muito mal por terra
para permitir atrasos mais cautelosos. Apesar de angustiado lamentos de protesto do
corpo de fronteira de nós convenceu o Conselho Supremo para transferir o comando
deste posto avançado para o ERB. Eu foi enviado uma vez para analisar a situação,
corrigir quaisquer erros que você tinha feito e obter a cooperação dos nativos tão
rapidamente quanto possível.
"Confio" — a ácido antipatia aumentou — "que explica corretamente minha
presença aqui."
Loper levantado suas orelhas em direção a porta e piloto ouviu o rangido de couro
de sela.
"Espero que seus planos de trabalham a maneira que você pensa," ele disse. "Selsin
é aqui."
***
Selsin foi tão grande que o volume no porta metade escura da sala como ele veio
através de. Ele estava a sete pés de altura, preto como carvão, com músculos que
abaulado e rippled como ele andou. Ele tinha o nariz fino, curvo e apontou as orelhas de
um diabo, enquanto seu verde, brilhantes olhos sob sobrancelhas adicionadas à sua
aparência satânica de inclinação.
Cabeça cinza-azul eriçada estava nu; ele tinha deixado seu capacete em sua sela,
juntamente com seu fuzil e a espada, como um gesto de intenção pacífica.
"Chefe Selsin!" Beeling rosa, sorridente. "Você nos honra. Me desculpe, não havia
ninguém para conhecê-lo — eu disse meu assessor — "
"É sem importância." Selsin falou em Terran acentuado. "Eu vim para ouvi-lo, não o
seu assistente."
"Ah, é claro. Vai se sentar?"
Selsin fê-lo, a cadeira Ranger sob seu peso. Ele esperou para Beeling falar sobre ele
com um sorriso zombeteiro e meia. O sorriso era sem sentido — os músculos da
bochecha dos nativos, foram diferentes dos seres humanos e seus lábios virar para cima
nos cantos, mas poderia ser um pouco desconcertante para um ser humano em primeiro
lugar.
Beeling limpou sua garganta. "Vejo que você veio sozinho. No final do nosso breve
encontro ontem pedi que todos os nove você chefes tribais vêm novamente esta tarde,
assim eu poderia dizer a todos vocês que eu estou aqui para ajudá-lo."
"Você disse-nos que ontem", disse Selsin. "Vim hoje ouvir sua prova".
"Ah, é claro."
Beeling olhou para as folhas de análise, um toque de incerteza em sua maneira. Está
tudo bem, o piloto pensou enquanto observava ele, falar de lidar com os nativos como
um iria lidar com crianças — mas é um pouco difícil de agarrar a essa concepção
quando a criança é um demônio de três-cem libras preto sentado dois metros à sua
frente.
Beeling olhou para a análise. "Queremos a amizade de sua raça", disse a Selsin, e
sua raça precisa de nossa amizade. Estamos aqui no seu mundo só para ajudá-lo a"—
popa reprovação entrou a voz do Beeling —"e ainda você tolamente se prepara para
atacar-nos com seus rifles franzino!"
Não fez mudar a expressão do Selsin. Ele respondeu da forma sem emoção de um
afirmando fatos inalteráveis:
"Não, nunca, temos queria guerra. Mas a promessa de seu mundo feito a minha foi
uma mentira e seu segundo navio veio, trazendo mais homens e grandes pilhas de
objetos estranhos que temos medo são armas — que você está guardando agora como
um guarda de armas. Não sabemos quantos mais de seus navios podem estar a caminho,
agora, com ainda mais homens e armas. Só podemos esperar que se temos de lutar para
o nosso mundo, nós não esperou muito tempo."
"Suas suspeitas são infundadas, seus planos são imprudentes," Beeling disse com
severidade de censura. "Considere, amigo Selsin; Pense o preço terrível que ataque iria
custar-lhe. Você encontraria derrota certa — e para sempre teria revogado nossa
amizade e nossos presentes! "
Cara preta na Selsin parecia girar ainda mais escuro e seus dentes brilhou em um
enredo rápido. "Quarenta anos atrás prometeram amizade e presentes, como você está
fazendo, por outra raça alienígena — o gini-deglin, os três olhos. Eles precisavam de
metal para reparar sua nave e usamos toda a nossa oferta de carvão para cheirava os
minérios que nós tinha minado por eles, para que eles nos disseram que eles eram muito
gratos e dentro de um ano nos traria uma fornalha atômica assim nunca teríamos
acumular carvão novamente. Então, no dia que terminou em reparar sua nave, eles
viraram suas armas em nós. Eles massacraram trinta anos, para levar como carne fresca.
Outros três foram mortos com um gás que não seria mar sua aparência, para que
pudesse ser recheados e colocados em um museu. Um homem, uma mulher e uma
criança — e a criança era minha irmã! "
Selsin se inclinou em direção a Beeling, a cara do seu diabo feia com o ódio
despertou a memória.
"Para eles nós foram apenas os animais que tinham servido o seu propósito. Sua
pretensão de amizade foi uma mentira — deve ter matado todos eles quando sua nave
caiu! "
Cadeira de beeling gritou como ele enfiou para trás e sua mão pawed para os botões
de sua blusa, atingindo em para o blaster escondido. Sua mão fechada em torno da
bunda dela e manteve ele lá, ainda escondido, como ele avaliado Selsin com reflexão
cauteloso. O piloto falou rapidamente, antes que ele pudesse dizer ou fazer algo que
destruiria a fraca última esperança de recuperar a confiança de Selsin.
"Três-eyed-os matam e tirar amostras de cada mundo que visitam, chefe Selsin. Um
dia nossos navios vão conhecê-los e eles vão querer alguns seres humanos como
modelos, também. Eles já estão nossos inimigos assim como vocês."
Selsin estabeleceu-se em sua cadeira e sua ira se desvaneceu.
"Podemos ter pensado nisso," ele disse. "Nós esperávamos que a corrida seria nosso
aliado deve sempre voltam. Mas agora — importa se uma corrida é morta para
alimentar e espécimes ou morta para obtê-lo fora do caminho para as operações de
mineração em todo o mundo? "
Piloto disse Selsin novamente, para o que seria provavelmente a última vez, por que
seu mundo era necessário por seres humanos:
"Política da terra proíbe estritamente colonizar um mundo contra a vontade dos seus
habitantes. Este mundo é duplamente proibido — berílio está presente no pó sobre sua
superfície, de forma que seria fatal para os seres humanos dentro de dois anos.
"Mas precisamos reparação abobadada e reabastecimento bases aqui para nossos
navios de pesquisa, exploração e colonização vinculado para mundos mais longe em.
Este é o mundo apenas dentro de três centenas de anos-luz que tem metal para reparos, e
que tem as terras raras e elementos que possibilitam movimentações de hiperespaço dos
nossos navios. Você tem tal abundância sobre este mundo que cinqüenta séculos de
agora nós teria usado menos de um décimo de um por cento, ainda que pequena
quantidade é tão necessário para nós que, se nós não pode tê-lo teremos de abandonar a
exploração de tudo mais neste sector espacial."
Quando terminou Selsin sentou-se ainda e pensativo, seus verdes olhos sem
hesitação piloto do como se tentando ver dentro da mente do piloto e sei que ele falou
sem engano. Rider teve a sensação de que as suspeitas de Selsin foram oscilando antes
um desejo quase desesperado de acreditar.
Em seguida, Beeling, compostura recuperada, empurrou sua cadeira para a mesa
com outro grito ruidoso. Ele limpou sua garganta de forma profunda, pronta para
retomar a conversa com Selsin, e o piloto cruzou os dedos com uma oração sem
palavras que algo iria acontecer para interrompê-lo antes que ele pudesse novamente a
raiva Selsin.
***
Veio a interrupção: um bip de sinal de rádio ao lado do comunicador do
hiperespaço, a chamada da menina rindo nas falésias.
O piloto pisou o rádio, atingindo passado a Beeling carrancudo para o volume
máximo. Um rugido abafado encheu a sala, quando ele fez assim, estático de moedura e
cair através dele.
"Vá em frente, menina," disse ele no transmissor.
"Um awrfur tempestade vir, Boss" — voz da menina rindo foi difícil ouvir através
do bramido — "fora do mar — um vento que derrubar o detector e espalhe nossas fitas
de gravação e eu tento encontrá-los, mas são tão escuros com brack crouds e vir a chuva
e, em seguida, o mar e as coisas estão nela, coisas que —"
Um rugir mais alto abafada de sua voz. Ele esperou, sabendo que ela estava
assustada. Sempre que ela estava com medo e confrontada com problemas muito
grandes para ela, ela chamou-o "Chefe" e falou rapidamente, correndo a forma de uma
criança.
Sua voz entrou novamente:
"— e então eles me ver rooking para as fitas de gravação e correm atrás de mim,
awrfur grandes coisas com lagostins e bicos e são vem e eu não tenho nenhum prace
para esconder. Terr me o que fazer, chefe — "
"Correr para os penhascos!" ele ordenou, em sua mente a visão da madeireira horda
de duas toneladas elefante caranguejos fechando dela. "Subir tanto quanto você pode até
essa fenda nas falésias, — eles são grandes demais para segui-lo em — e espere por
mim."
"Wirr você vir para mim em breve — antes da maré grande?"
"Eu vou estar lá. Agora, execute!"
"OK, Boss — eu corro."
Ele levantou a mão para o switch, então fez uma pausa como ele ouviu profundo,
rangendo sons através de bramido do vento. Quatro segundos mais tarde, houve um
bater forte, um snap e súbito silêncio. Os monstros tinham esmagado o transmissor em
sua busca da menina rindo.
Ele desligado de seu próprio transmissor e disse, em resposta ao questionamento do
Beeling, olha, irritada, "um tornado local. Às vezes um vai preceder a grande maré e
empurrar uma maré pequena pela frente."
"Eles awrfur crose atrás dela," Loper disse. Ele olhou para Beeling, com
preocupação e acusação em seus olhos. "Devemos para ir atrás dela ontem, mas você n
dizem, '.' agora, talvez awready são pegar ela e kirr dela."
Beeling olhei de relance para Loper com a mesma curiosidade momentânea que
tinha expôs antes e, em seguida, ele deu sua atenção total para Selsin. Ele começou em
um tom de sinceridade liso:
"Você é uma pessoa extremamente inteligente, chefe Selsin, ou você nunca iria ter
subido para sua posição de líder. Portanto, eu sei que você é muito sábio para trair a
confiança do seu povo em você, fazendo a escolha errada dos dois tipos de futuro
ofereceu seu mundo.
"Você deve se recusar a cooperar connosco, seríamos obrigados a redirecionar
nossos navios através de outros setores do espaço e seu mundo veria não mais nós
durante séculos. Você continuaria estagnada aqui — sem dúvida está ciente de que os
recursos do seu mundo são tais que você pode nunca deixá-lo sem nossa ajuda. Sua
riqueza ilimitada de minerais é inútil para você — você não tem nenhum carvão
depósitos, sem árvores, mas nada de arbustos magras com que para fazer uma oferta
insuficiente de carvão vegetal para fundição. Não há nenhum óleo sobre seu mundo;
você não tem nenhum combustível para motores a vapor ou motores de combustão
interna. Seu ambiente vai forçá-lo a permanecer em um estado de barbárie, nômades em
peles de animais, com sua única forma conhecida da vida de privações.
"Isso nós pode alterar para você, de maneiras maravilhosas, além da sua imaginação.
Nós lhe daremos fornalhas atômicas, plantas de processamento, máquinas de fabricação.
Vamos ajudá-lo a construir fábricas que produzem não só todas as coisas que você
precisa mas também luxos além da contagem — os bens de luxo muito mesmo nossa
sociedade usa! E damos-lhe poder ilimitado e sem custos para suas fábricas e casas e
veículos, mostrando-lhe como ele sair de uma rocha que deve ser encontrada em todo o
mundo; uma pedra mágica que chamamos de 'urânio', mas para os quais você
provavelmente não tem sequer um nome."
***
Beeling em pausa, como se para o efeito. Ele estava sorrindo em Selsin, muito
seguro de si.
"Escolha, chefe Selsin! Você irá condenar sua corrida para um futuro de pobreza e
estagnação, recusando-se a colaborar connosco? Ou você vai dar-lhes todas as
realizações e os luxos de uma civilização de três mil anos antes deles — você será o
líder sábio e aceitar esse pagamento enorme que oferecemos para apenas amizade de
sua raça? "
Selsin levantou-se, em seu rosto que uma raiva e ódio como piloto nunca tinham
visto. Ele olhou para baixo para Beeling e deu sua resposta em palavras que veio como
a cuspir de um tigre:
"Amizade de insignificante do meu povo não está à venda hoje, humano!"
Beeling gaped descrença incrédula.
"Você — recusar?"
Selsin virou-se para o piloto.
"Acreditávamos a sua promessa, até seus reforços chegaram. Mesmo assim, ainda
tínhamos uma ténue esperança que seres humanos foram sinceros. Agora eu sei que
estávamos errados. É melhor assim. "
"Você sabe que nós não podemos provar nossas boas intenções", respondeu o piloto.
"Não aqui e agora, nesta sala."
"Eu percebo que. Mas eu queria saber a atitude de seu superior em direção a minha
corrida. Como ele considerava-nos, então provavelmente seriam todos os outros que iria
segui-lo. Meu povo e eu queria saber se nós passaria a ser considerados com respeito,
ou se nós iria ser descartados como uma espécie inferior para ser usado para fins
humanos.
"Eu aprendi. Somos bárbaros para trás, savages simples que podem ser comprados e
então ignorados".
Através da raiva na cara de Selsin algo como pesar mostrou por um momento, algo
como um olhar de despedida.
"Eu não acho que a culpa é sua — mas você é um deles e responsável com eles. Este
é o nosso mundo e nós vivemos aqui e lutar aqui e morrer aqui — mas será inferiors
nenhuma raça aqui. "
Em seguida, o arrependimento foi embora como Selsin voltou-se para Beeling.
"Você será dado até o nascer do sol amanhã Lembre-se de sua nave e deixar este
mundo. Se você e todos os outros seres humanos não são ido até lá, teremos outra
escolha senão remover você."
Então, não esperando por uma resposta, Selsin caminhou até a porta.
Beeling meio rosa, ainda pasmado com espanto. "Esperar —"
***
A porta fechou-se atrás traseira mais larga do Selsin e Beeling ordenou
bruscamente, "chamá-lo de volta, piloto! Algo está errado, ele não entendia minha
oferta. "
Piloto ouviu dragão-besta do Selsin que partem em um trote rápido. "Ele entendeu
você," ele disse para Beeling. "Mas você cozinhou nosso ganso não compreendendo-o."
Beeling "Ele não conseguiu compreender," disse categoricamente. "Ou então — e
eu vou ter que pergunta o computador — ele está blefando, tentando extorquir ainda
mais de nós. Em ambos os casos, ele sabe que não podemos deixar aqui; ele sabe o
cruzador missões especiais voltou à terra e o navio de fronteira não pode receber nossos
sinais."
"Não acreditava que explicação ontem e ele duplamente não hoje".
"Algo está errado", disse Beeling novamente. "A análise mostrou os nativos para
desejar todas as coisas que lhe ofereceu. Eles não têm sequer carrinhos de madeira rodas
— e ainda, em vez da aceitação grata que previu a análise, reação no nativo foi de
inimizade irracional. "
"Você não sabia que a análise foi asneiras sem sentido?" ele perguntou.
Beeling empurrou sua cabeça com uma expressão chocada, como se o piloto tinha
expressado uma heresia obscena. "O que você quer dizer com isso?"
"Todos os seus cálculos baseiam-se no pressuposto de que a espécie estudada é tão
emotionlessly lógica como um dos seus computadores. Que funcionou uma vez, com
essa corrida de formiga-como na Medusa, e ele foi jogado por políticos ERB até agora a
maioria do Supremo Conselho acredita que a afirmação ERB que relações com formas
de vida alienígenas foi reduzida a uma ciência exata da ERB e os métodos de lentos do
corpo de fronteira são worthlessly obsoletos. Mas o ERB falhou em todo mundo desde
Medusa, mesmo que você tenha mantido o fato encoberto, e agora você falhei aqui. Eu
tentei dizer-lhe desde o dia que você veio, que Selsin e sua corrida são individualistas
orgulhosos e seria um erro fatal ao tentar convertê-las em equações matemáticas".
Beeling alisou a análise sob os dedos. "Cometemos um erro; o erro de dependendo
de um leigo Frontier Corps para obter dados adequados para nossa análise, entre os
quais teria sido instabilidade emocional do Selsin. É um erro que não acontecerá
novamente. Posso assegurar-lhe."
"Suponho que você vai enviar um relatório completo à terra, ao mesmo tempo?"
"Um relatório mais completo. Por que você pergunta?" Beeling respondeu.
"Porque de manhã você vai morrer e eu e todos aqueles miúdos lá fora, e você pode
tentar impedir uma coisa acontecendo novamente, dizendo não a ERB, mas o Supremo
Conselho exatamente o que o causou."
"Garanto-vos, que a ERB corretamente irá apresentar os fatos para o Conselho."
"Não, não a verdade dos fatos. Você sabe que, Beeling. "
"Geral Beeling. E o que você está tentando dizer — é você me pedindo para omitir a
menção da incompetência de sua parte que criou essa situação? "
"Eu estou pedindo que diga o Conselho que você seguiu todas as regras nos livros
ERB e fiz exatamente o que a análise disse para fazer e que você e todo mundo aqui vai
morrer porque você fez isso. Diga-lhes que se uma forma de vida se comportou de
acordo com a regra absolutamente previsível e lógica não seria nada inteligente — é um
vegetal. "
Beeling suavizadas as folhas de análise novamente. "Você realmente acha que
poderia dar meus superiores histérico absurdo como esse?"
Ele sabia que outro argumento seria inútil. Ele já tinha explicado para Beeling que
um médico de fronteira, ou qualquer homem primeiro encontro uma raça alienígena,
tinha que basear suas ações sobre as reações dos nativos; Ele teve que desenvolver algo
parecido com um sexto sentido na detecção de suas emoções e deixar que ser seu guia,
ou ele iria tornar-se enredado em mal-entendidos que resultariam em morte para ele e
para a perda do novo mundo por terra.
Beeling se recusou a ouvir e tinha rido definitiva quando o piloto lhe disse que os
Altairians eram muito melhores do que qualquer humano sexto sentido; que todos os
navios de fronteira e ERB devem levar a Altairians e que classificação errônea da ERB
da raça Altairian, como "Animais" injustamente condenou a continuação do metade-
fome em seu mundo estéril, rochoso, negando-lhes a assistência que o Império da terra
deu a todas as carentes formas de vida que tinha sido classificado como "Intelligent
habitantes."
***
Loper mudou-se agitada, sentindo suas emoções e perturbados por eles. Ele falou
com a rapidez e a franqueza de uma criança:
"Uma vez Sersin awrmost berieve-nos, capitão. Ele vem em pensamento com
pergunta e incerto, e esperando, muito, que muito, nós somos seus amigos mas tenho
medo não ser. Então você terr como precisamos de sua amizade e nunca prejudicar sua
corrida, mesmo se eles não querem ser nossos amigos. Sersin torre em você ele awrmost
feliz, awrmost pronto para berieve você e, em seguida, Generar Beering falar awr as
coisas que os seres humanos têm a corrida do que Sersin não tem e dizer com muito
orgulho, ' nós lhe awr estas coisas para mer'rey sua amizade,' Sersin ficar louco e não
espero a awr mais e quando ele Edson ele pensando em combate e kirring. Ele não rike,
mas ele sabe tem que ser. Por que ele tem que ser?"
"Você tem o animal bem treinado", observa Beeling. "Sua capacidade de relacionar
um incidente testemunhado comprova sua alegação de que Altairians são telepáticos, eu
presumo?"
"Loper estava ciente das emoções do Selsin antes que ele nunca entrei nesta sala.
Não é telepatia; é um sentido altamente desenvolvido de empatia. Ele serve ao mesmo
propósito."
"Estou com medo de sua ingenuidade confiar no poder do animal de —"
***
Beeling nunca terminou a frase. Um tambor de repente batia no lado próximo do
vale; um duro, rápido a gagueira que sharp rosa e claro acima a lamentação do vento.
"O que é isso?" Beeling exigiu.
"Um sinal tambor, enviando a palavra em torno da circunferência do vale."
"A palavra"? Para um Beeling instantâneo enfrenta vazio registrado. "Você quer
dizer que realmente pretendem atacar-nos?"
"Bom Deus — você ainda não percebeu que ainda?"
Beeling mastigado seu lábio, seu rosto pensativo, então balançou a cabeça. "Você
deve estar errado. A análise mostrou que eles não ousar nos atacar."
"A análise também mostrei-lhe como ganhar a amizade do Selsin — Lembre-se?"
Beeling olhou pensativo novamente. "Se seu palpite estiver correto, será preciso
preparar um sistema de defesa impenetrável. Quantas armas pesadas você tem aqui e
que tipo? "
"Blasters do navio são sempre as armas de defesa principal de uma unidade de
fronteira. Existem algumas outras armas no navio, também — mas agora tudo está do
outro lado do sol. Há um blaster de mão no meu quarto, e temos os dez blasters seus
homens trouxe."
"Um?— você tem um blaster aqui? " Beeling olhou, "eu pensei que você tinha um
fornecimento de armas — deve cada ação de um homem de fronteira ser um estúpido
estragar?"
"Eu estava tentando fazer amizade com os nativos, não matá-los."
"Onze mão blasters ficar fora milhares de selvagens sedentos de sangue..." Beeling
mastigado seu lábio novamente. "Quanto tempo pode nós adiar os nativos com onze
blasters?"
"Sobre o tempo que uma bola de neve permaneceria firme no inferno."
"Precisamos do navio — como incrivelmente estúpido do que mandá-lo embora.
Nossas vidas estão na balança — "
"Torre!" A voz de Loper interrompido, de onde transferiu-se para a janela do Norte.
"Um fumo signar são vai subir muito."
Beeling balançou com tal pressa que bateu as folhas de análise fora da mesa. Uma
coluna de alta, negra de fumo foi levantando-se do monte alto na cabeça do vale. Ele
poderia ser visto a quilômetros, apesar do ângulo em que o vento estava tornando a
inclinar-se e ele estava rolando mais pretas e superior por segundo.
"Que será convocar todas as forças de reserva do planalto", disse o piloto. "Eles
pensam que nós somos bem armados e vai bater-nos com tudo o que eles têm".
Movimento nervoso de beeling como ele voltou para o piloto mudou abruptamente a
decisão.
"Há apenas uma coisa que podemos fazer — evacuar. Vamos usar o helicóptero."
Piloto sacudiu a cabeça. "O helicóptero é pequeno, para aferição e não pode levar
mais de três. É quinhentos km para o refúgio seguro mais próximo, as ilhas do Norte, e
o helicóptero transporta combustível por setecentos quilômetros. É uma viagem só de
ida."
"Nós iremos assim que você pode verificar o helicóptero para o voo".
"Nós?"
"Coronel Primmer teve apenas algumas horas de tempo de vôo e eu não tive
nenhum. Você será nosso piloto."
Ele balançou a cabeça. "Eu sou tão com medo de morrer na parte da manhã como o
próximo homem mas eu serei amaldiçoado se eu poderia funcionar como que."
Aborrecimento passado em toda a cara do Beeling. "Você vai obedecer minha
ordem e esquecer os ideais heróicos. É apenas estúpido para todos a morrer quando
alguns podem ser salvos com o helicóptero."
"Eu concordo. Mas por que não deixar todo mundo cortar cartões ou desenhar
palitinho, assim todos teriam a mesma chance?"
"Esta instalação de campo não é um jogo de casino. Além disso, há um regulamento
de ERB, onde se lê: «em tempos de perigo crítico e transporte limitado, o comandante
da unidade providenciará para a sobrevivência de seu comando na ordem de
importância de cada indivíduo à unidade como um todo.' "
"Eu vejo", disse ele e pensei: então na ERB você faz até mesmo sua execução pelo
livro?
***
Beeling começou a rabiscar apressadamente uma nota. "Esta é uma ordem para
coronel Primmer, autorizando você a passar a guarda de helicóptero. Verifique se que
você negligenciar nada em preparação para a viagem."
"Eu tenho outras coisas para fazer. Primmer pode verificá-lo. "
Beeling parou de escrever e seu rosto endurecido perigosamente sob sua maciez
rosa. "Como comandante deste posto e seu oficial superior, eu posso ter você trancado
em cadeias por insubordinação, se eu quiser. Você preferiria que?"
"Ele ainda não me força a ser seu piloto. De qualquer forma, você não precisa se
preocupar com minha ausência — o helicóptero com bastante facilidade é tratado que
Primmer pode aterrá-lo com segurança ao seu destino. "
Ele viu que o sol estava se pondo, já uma prata brilhante, fundida no horizonte, e
virou-se para Loper.
"Correr para o galpão de armazenamento e Tirem-me essa bobina de corda pequena.
Estou pronto para começar."
"Onde você está indo?" Beeling exigiu, suspeita em seus olhos e sua mão atingindo
dentro de sua blusa.
Loper correu para a porta, usando duas patas para girar o botão. Ele bateu com ele
fechou-se atrás dele e viu-o piloto da corrida a janela, onde o giro, wind-blown poeira
metade obscurecido no chão. Foi uma coisa boa, ele pensou, que os Altairians eram
imunes ao envenenamento de berílio. Loper e rindo menina nunca veria qualquer outro
mundo outra vez...
"Onde você está indo?"
"Os penhascos do mar", ele respondeu.
"Você acha que você pode esconder os nativos lá?"
"Não se esconder. Para manter minha promessa de menina rindo. A grande onda
está chegando e ela não pode escapar a ela."
Beeling fixamente, como se ele tivesse balbuciou jargão.
"Você — você vai andar a quarenta milhas através da poeira de berílio, através de
nativos armados e homem de matar animais, para salvar um animal — e ainda se
recusam a levantar a mão para ajudar a salvar a vida de seus seres humanos?"
"Ou, para ser específico, a vida de vocês e Primmer. É isso mesmo."
Ele foi para o canto onde seus bens restantes leigos e balançou a cantina ainda cheio
de seu ombro. Ele chutou seu respirador para o lado — ele nunca precisaria novamente
— e pegou a faca de lâmina longa.
Ele enfiou a faca na cintura e disse para Beeling, "estou deixando meu blaster para
os outros a usar."
Beeling seu próprio blaster retirou a sua blusa e colocou-a sobre a mesa com o
focinho apontando para o piloto. Sua mão continuou a descansar nele como ele olhou
para o piloto com o cálculo frio selvagem.
A porta bateu aberto e uma rajada de vento espalhadas as páginas da análise pelo
chão como Loper mergulhou através de. A bobina de corda estava em sua boca, e ele
estava ofegante de sua execução, como ele ele caiu aos pés do piloto.
"Você está pronto para ir, capitão — pode apressar agora, prease?"
"Apenas um minuto, o piloto —"
Beeling estendeu a mão com a chave do transmissor na mão esquerda e
desbloqueado o comunicador de hiperespaço. Sua mão direita não deixou o blaster.
"Você poderia estar interessado em saber qual será o meu relatório," ele disse. Ele
capotou o interruptor do sinal.
"Eu suponho que eu já sei", respondeu o piloto. "Peço-lhe para esquecer nossas
diferenças pessoais e dizer-lhes o verdadeiro motivo por trás do massacre de amanhã.
Ele poderia ir uma maneira longa para salvar a vida dos outros no futuro."
Beeling com a cabeça, sorrindo. "Esse relatório é precisamente o que tenho em
mente. Eu sinto que eles devem saber como seus métodos de Frontier Corps blundering
tinham agitou os nativos em tal um frenesi de assassino anti-humano que minha unidade
ERB chegou demasiado tarde para remediar a situação. É de salientar que todo mundo
perdido a ERB foi devido a incompetência dos homens fronteiriços que precedeu as
unidades ERB lá e criou o ódio e a desconfiança entre os nativos. Deve salientar o erro
trágico de continuar a permitir que leigos Frontier Corps para tentar assumir as funções
de especialistas ERB e serão exorto que o Supremo Conselho deixe este ser o último
sacrifício sangrento, passando a proposta de Harriman agora antes dele; a proposta que
iria dissolver o corpo de fronteira e colocar todos os seus navios e homens sob
supervisão de ERB.
"E é meu dever" — o sorriso do Beeling foi tão vingativo como a picada de uma
vespa — "para relatar suas ações desta tarde. seu flagrante insubordinação, sua recusa
plana para ajudar no transporte dos outros para a segurança, a sua deserção em tempo de
perigo, seu vôo para as falésias, deixando o resto de nós para fazer a luta."
Necessários alguns segundos para o piloto a compreender a extensão da malícia do
Beeling e, em seguida, ele disse, "eu pensei que você estava apenas inexperiente e muito
cego para ver. Eu não sabia da metade dele, eu?"
"Deve ser óbvio para você o que meu relatório vai fazer para o corpo de fronteira
quando ele é lido antes do Supremo Conselho."
Era muito óbvio. Relatório do beeling seria o clímax do esforço total do ERB para
absorver o corpo de fronteira. As escalas já delicadamente equilibradas iriam ser
derrubadas, a proposta de Harriman seria passada, e o corpo deixaria de existir...
"Você ainda quer ir para as falésias?" Beeling perguntou.
Ele viu o objectivo primordial do Beeling. Beeling foi ainda tem medo de deixar o
Primmer inexperiente ser seu piloto.
"Suponho que deve decidir ser seu piloto?" ele perguntou.
"Eu certamente não poderia denunciá-lo como um desertor. Na verdade, eu talvez
seja possível esquecer mencionar vários dos fatos sobre o corpo de fronteira e de você."
Ele fez a não resposta de uma só vez e Beeling, acrescentado, "o que é o bem-estar
de um animal em comparação com sua vida e a existência do corpo de fronteira para
que, eu entendo, você e os outros tem dedicado sua vida?"
Loper fez um choramingar som, olhando para o piloto com o rosto torcido em
apreensão.
"O que são he meio?" Então ele leu a resposta em emoções conflitantes dos dois
homens, e a sua pergunta veio como um gemido desesperado. "São- têm de ser assim?"
***
O comunicador de hiperespaço piscava uma luz laranja e disse em uma voz
metálica:
"O Conselho de relações extraterrestre, centro de comunicações."
Beeling falou para o transmissor: "Conectar-me com supervisão geral, circuito
classificadas AA." Virou-se para o piloto. "Que você terá, piloto?"
Parecia-lhe que ele podia Ver os dois cursos alternativos de eventos com clareza
viva. Ele podia ver a dissolução do corpo de fronteira, seu nome nos registros como um
covarde que tinha corrido em vão — e ele podia ver agachado frio de menina rindo e
assustado a fenda, confiando-lhe para vir para ela antes que a maré negra correu para
fora ao amanhecer para matá-la, sabendo que em sua mente de criança, como que ele
estaria lá em tempo tão certo como ela e Loper tinham correu para ele na hora que a
noite em Vulcan quando ele estava lesionado e indefeso sob a falésia e os lobos de Lua
foram reunindo em torno dele para o matar...
"Escritório de supervisão geral," disse que o comunicador. "AA classificado. Dai-
nos vosso relatório."
"Um momento, por favor," Beeling disse a ele. Para o piloto, ele disse, "eu dar-lhe
exatamente dez segundos — que será?"
Qual seria? Morte e infâmia em penhascos do mar — e sei que o final tinha feito o
que parecia certo e apenas a ele? Ou de vida, segurança e um unmarred registram nas
ilhas do Norte, enquanto rindo menina morreu ainda espera por ele, e ele sabia que ele
era um covarde não menos do que Beeling?
"Agora!"
Lá foi o estalo frágil de ultimato única palavra de Beeling. Ele deu sua resposta:
"Eu vou a falésias."
Por um momento que beeling sentou-se rígida, tão certo que ele tinha sido que a
resposta seria o que ele queria. Então ele se inclinou para a frente, seus lábios finos e
brancos com a intensidade de seu ódio e suas palavras meio engasgada na garganta:
"Você enganar — você idiota incrível! Eu pode legalmente abater você onde você
está como um desertor!"
O focinho do blaster inclinado para cima. Olhos de Loper foi fogo brilhante com
compreensão e suas garras rasgadas no chão como ele atirou-se para trás, em posição
para pular na garganta do Beeling. Piloto chegou para a faca na cintura, avisada por na
Loper ação e sabendo que ele nunca iria viver para jogá-lo. Beeling, na insanidade de
sua fúria, estava indo para o fogo —
***
"Senhor, os nativos são —"
Explosão primmer para o quarto e a cena congelou. Gawked primmer em blaster na
Beeling, a mão do piloto chegar para a faca, então ele tomou o seus próprio blasters e
nivelou-as waveringly no piloto.
"Não toque essa faca!" ele ordenou. Ele virou o rosto vermelho para Beeling. "O
que é, sir — o que ele está tentando fazer?"
Lentamente, quase lamentavelmente, Beeling deixe sua aderência sobre o blaster
relaxar.
"Uma pequena questão de deserção," ele disse Primmer. Ele falou para o piloto. "Eu
mudei minha mente. Você é experiente em iludindo perigo em mundos alienígenas e
você pode ter uma boa chance de se esconder dos nativos, até que um navio vem buscá-
lo. Eu espero que sim. Eu quero viver, sentar-se em sua cela no corredor da morte e leia
sobre o fim do corpo de fronteira, antes de levá-lo e pendurá-lo como um desertor e um
covarde."
Ele acenou em direção a porta com um empurrão rápido do blaster. "Agora vai! Saia
desta sala!"
O piloto pegou a bobina de corda e começou em direção a porta, blaster a Beeling
segui-lo. Primmer falou em protesto:
"Mas o General Beeling! Como um desertor, ele deve ser realizado para a punição
adequada, sir — "
Beeling ele silenciou com um olhar duro e virou-se para o comunicador. Ele
começou seu relatório:
"General David A. Beeling, unidade de vinte, Deneb cinco. Assuntos: Iminente
ataque dos exércitos nativos, devido a relatórios errôneos e incompetência geral do
comandante do corpo de fronteira capitão Harold Rider; Relatório na capitão piloto
rebelião e deserção na véspera do ataque; Detalhes de impraticabilidade perigosa
métodos Frontier Corps e — "
As palavras desapareceram, afogado pelo vento, como piloto e Loper desceram a
rua.
"He rie," Loper disse. "Eles não podem berieve-lo, já não pode pendurar você, eles
podem?
Ele sorriu um pouco. "Não, eles não será capazes de pendurar-me."
Ele angular através da rua, em direção a borda do mato punhal-escova e passado não
muito longe de um dos guardas. Era o menino ruivo, voltado para as linhas inimigas
com sua arma, um martelo de caixa, agarrada firmemente em sua mão. Piloto viu o
número de código sobre as fontes que ele guardava: XG-B-193.
"Eu serei amaldiçoado," ele disse.
"O que ele está guardando?" Loper perguntou.
"Troca de itens e presentes de boa vontade que a ERB designou-se como adequado
para culturas bárbaras deste tipo. Ele deveria para lutar até a morte para proteger três
mil quilos de contas de vidro, espelhos de mão e ímãs de brinquedo vermelho
brilhante."
Eles foram para o bosque e o acampamento foi escondido da vista. O curso de
enrolamento de uma antiga trilha animal levou na direção desejada e eles seguiram até
que contornou a base de uma pequena colina. Ele subiu ao topo do mesmo, com Loper
em seu encalço e olhou para o acampamento. Houve muita atividade ao redor do
helicóptero e ele poderia distinguir o Primmer permanente para um lado e dirigir as
operações de reabastecimento.
Ele olhou para o sudeste, ao longo de sua rota para o mar e ao longo do cume
rochoso que leigos como uma barreira entre ele viu os nativos esperando e assistindo.
"Eu acho", Loper disse, "que eles não querem passar. Eu acho que devemos lutar,
capitão."
"Você vai ficar aqui, nesta colina," ele disse.
"Estadia"? Loper empurrou sua cabeça em surpresa e desafio. "Não!"
"Isso é uma ordem. Eu quero assistir o acampamento até depois que está tudo
acabado com o amanhã."
"Eu não ficar seguro brancos você luta arone!" Loper preparando suas patas largos-
distante e teimosas no chão. "Eu não faço isso!"
***
Ele sentou-se em uma pedra de sol enegrecido. "Ouça, Loper — escutar as razões
por que você tem que me ajudar:
"O governo da terra é de quatrocentos anos-luz de distância e terão de acreditar
história na Beeling; que os nativos são traiçoeiros e odeiam todos os seres humanos e
que o corpo de fronteira goaded-los em massacrar o acampamento inteiro. Os nativos
são honestos em seu medo e a desconfiança dos seres humanos — eles pensam que eles
estão lutando por seu mundo — e não haverá ninguém depois de amanhã para dizer-lhes
que eles estão errados.
"Exceto você e rindo menina. Eles podem escutar-lhe Altairians desde que você
sabe bem a seres humanos e ainda não é humanos. Você deve dizer-lhes que a terra
nunca leva um mundo pela força, que Beeling mesmo significava bem mas não
entendeu, e que todas as coisas que eu lhes disse terra faria para eles teria sido feito. E
você deve ficar aqui até depois de amanhã de manhã e vigiar o acampamento para que
quando um navio vem de terra para investigar você pode dizer os oficiais, exatamente o
que aconteceu aqui e o que causou que isso aconteça. Será tarde demais para salvar o
corpo de fronteira, mas se eles vão ouvir de você não ser tarde demais para eles para
Ver os erros que foram feitos e começam tudo de novo."
A rígida teimosia tinha ido embora de Loper, entendimento e escura miséria em seu
lugar. "Errado — tudo acontecer são awr errado e nunca vejo você novamente!"
"Sim," ele disse, "tudo está tudo errado e disparou para o inferno. Eu estou tentando
salvar a continua a ser o melhor que posso e eu tenho que ter a sua ajuda."
"Eu faço tudo que você diz, capitão."
"Há algum tempo que este será o seu mundo e rindo menina. Talvez por toda sua
vida. Então ser amigos com os nativos e não culpá-los pelo que fizeram. Lembre-se
que."
"Sim, Senhor. Eu me lembro."
Ele olhou para o arrebol de violeta do pôr do sol e levantou-se. "Eu vou ter que
correr ou não vai chegar em tempo. Boa sorte, Loper.
"Adeus, capitão. Eu — eu Desculpa. "
Ele se virou e foi para baixo do morro e em todo o apartamento além. Ele olhou para
trás quando ele quase foi para o cume e viu Loper ainda olhando desesperadamente
depois dele.
***
Ele atingiu o pé da crista e escalou sua encosta íngreme. Três nativos foram
esperando por ele em cima, seus rifles longos em suas mãos e os sorrisos em seus
rostos. No centro foi Resso, um sub-chefe em tribo de Selsin.
"Onde você vai, humano?" Resso perguntou na língua nativa.
"Eu iria para o mar", ele respondeu na mesma língua e disse-lhes por que. "Peço
permissão para passar", disse ele.
Resso esfregou a violação de seu rifle, seus olhos pensativos e duros. "Entre o mar e
aqui são muitos by-paths. Você pode perder o seu caminho e ser problemático para nós
encontrar na parte da manhã."
Ele pegou a longa faca de sua cintura, ele girou no ar e pegou pela lâmina. Os três
rifles centrados nele, como ele fez isso.
"Esta é minha única arma," ele disse para Resso. "Eu acho que pode colocá-lo em
sua garganta antes que eu pode ser morto, mas peço-vos a deixar-me salvar o primeiro
Altairian e combiná-lo contra seus rifles amanhã."
Resso cuspir no chão. "Amanhã vou fazer você comê-lo antes de matá-lo."
Piloto sentiu uma grande sensação de alívio — Resso ia deixá-lo passar...
"Eu quero pedir um favor de vocês", disse ele ao Resso. "O que o Altairians não
serão prejudicados."
Surpresa mostrou-se no rosto de Resso. "Por que nós deve prejudicar os peludos?
Eles são apenas seus escravos e não é responsável para o que fazem os seres humanos. "
"Então você prometeu?"
Resso tomou um passo em frente, carrancudo de raiva rápida. "Você tem a
insolência de questionar o que eu digo? Em sua maneira — executar, humana e
encontrar seu esconderijo! "
Ele foi, passando-os com o taciturno pensado: isso faz ignominiosa saída número
dois. Espero que a minha última um, amanhã, vai ter pelo menos um pouco de
dignidade a ele...
***
O deserto era km de areia de ferro vermelho, através das quais cumes rochosos
leigos como cem arremessados aleatoriamente as barreiras. Alguns dos cumes eram de
pedra calcária, mel, penteada com cavernas naturais. Estes que ele teria que evitar a
todo custo, uma vez que eram as tocas dos cães de areias de dez-pé.
Ele foi não mais do que bem começado quando escuro veio. Ele tinha sem luz e sem
um blaster, ele não teria coragem de usar um, se ele tinha. Atrairia a atenção de areias
cães para milhas ao redor.
A maior parte, seu caminho foi ao longo de trechos relativamente claros da areia
cheia de vento e seu progresso foi bastante rápido. A intervalos, no entanto, ele veio a
densos e largo-espalhando arvoredos de vegetação deserta veneno-Wolverhampton e
estes que teve de contornar com desvios demorados.
Uma vez quase andou sobre um bando de dragão-animais selvagens, pastoreio
silenciosamente na luz das estrelas. Só a sorte do vento em seu favor os impediu de
detecção dele e carregamento. Ele teve que voltar atrás e, em seguida, subir uma longa
crista para contorná-las. Custou-lhe uma hora de tempo.
A última das nuvens desapareceu do céu Oriental, como a tempestade foi o seu
caminho no Golfo Sul. Ele era grato que não tinha desviou interior e transformou o
starlight dim em escuridão total. Sua margem de tempo seria pequena, na melhor das
hipóteses.
Pouco antes da meia-noite ele parou em uma duna de areia, para descansar pela
primeira vez. Foi lá que ele viu uma faísca vermelha pequena, distante; um sinal de fogo
na colina ao norte de campo. Ele piscou por alguns minutos em um código, ele não
entendeu e, em seguida, saiu.
Quando ele não reaparecer no fim de dois minutos mais ele se levantou e retomou a
sua viagem para o mar.
Não muito tempo depois empalideceu o céu a leste; uma brancura que cresceu
rapidamente mais brilhante e obscureceu as estrelas orientais. Era o alvorecer das três
luas; as luas que trouxe a grande maré com eles.
Levantavam-se acima do horizonte em uma formação de vôo Cunha, inundando o
deserto com luz fria, branca. Ele podia ver bem, então, e ele correu mais rápido as
encostas longas que levou para o mar.
O luar brilhante aumentou consideravelmente o perigo de ser visto por um cão de
areia e ele não tinha ido longe quando um gritava de em algum lugar atrás dele. Ele
parou e olhou para trás.
Ele não poderia vê-lo, mas ele viu alguma coisa quando ele olhou para a saliência
rochosa oeste flitting formas de sombra que pareciam ser o dragão-bestas foram
mantendo o ritmo com ele. Ele perguntou que se ele iria ser Resso e os outros, fazendo
com que certos ele não seria difícil de encontrar quando veio a manhã. Eles foram idos
de vista antes que ele poderia ter certo que ele não imaginava vê-los.
Ele correu em novamente. O personagem do deserto tinha mudado como a elevação
diminuiu e uma grama seca, rijo foi substituindo a maior parte da vegetação. Ele mudou
seu curso um pouco para que ele pudesse andar no centro de um vale raso, onde quanto
mais grossa, cresceu escutando o cão areia para gritar novamente.
Ele fez assim, muito mais perto do que antes. Dois mais ele responderam de volta
mais distante e, em seguida, um terceiro. O que fez quatro deles corrida em direção a
ele, cada um deles como um galgo de dez-pé reptiliano com as garras de um tigre e os
dentes e mandíbulas de um tyrannosaurus jovem.
Ele iluminou a grama aos seus pés e, em seguida, começou dois fogos mais de cada
lado da primeira. Dentro desse curto espaço de tempo a estopa seca grama queimava em
uma parede sólida de chama, empurrada para baixo do vale pelo vento no aumento da
velocidade e espalhando-se mais amplo, como foi.
***
Ele teve que correr para chegar na frente dela e então correr ainda mais rápido para
manter pela frente. Através da asfixia fumo ele podia ver nada exceto a vermelha
labareda de fogo atrás dele, mas ele ouviu os cães areias gritando em frustração para
além dela. O som de sua fúria desvaneceu-se como ele correu e então foi embora.
Km mais longe nele inclinado para a esquerda, até a borda do vale onde a grama era
muito fina para queimar, e lá ele descansou até sua ofegante duro tinha desaparecido.
Então ele andou em novamente; que correr mais rápido e mais rápido, como as três luas
se aproximava do zenith. Pouco tempo depois eles tinham passado o zenith é nascer do
sol e a grande maré iria alcançar as falésias.
Ele viu que não mais o dragão fantasma-bestas, mas a fumaça do vale que ele tinha
disparado como uma nuvem através do deserto e visibilidade foi limitada.
O céu Oriental foi relâmpago com o primeiro brilho da madrugada quando ele viu o
distante brilho de luar sobre o oceano. Os atrasos durante a noite tinham sido maiores
do que ele pensava, não haveria nenhuma margem de tempo, em tudo.
Ele passou o resto do caminho em um trote rápido, pronto corda na mão.
O mar ao leste era liso e calmo quando ele chegou ao topo irregular do mar falésias
mas a violeta pálida da madrugada tinha se transformado em um vívido azul e branco.
Nascer do sol e a grande maré foram na mão.
Ele olhou para baixo ao longo da borda do penhasco, a penugem do rosto puro-los
onde a fenda chegou para duzentos pés antes que diminuiu em nada e vi os horrores
com casca vermelha, agrupados em uma massa grossa na parte inferior. Rir menina
estava acima deles, presa firmemente a fenda até acima dela como ela tinha sido capaz
de subir. Ele não estava longe; tateando garras de caranguejos elefante superior foram
quebrando juntos apenas centímetros abaixo dela.
Ele já tinha amarrado uma série de knots na extremidade da corda para que ela
pudesse segurá-lo firmemente entre seus dentes. Ele caiu com nó final sobre o penhasco
e deu a corda um flip para guiá-lo para a fenda.
Ele olhou novamente para o leste, o mar calmo, plana, e naquele instante seu
horizonte abruptamente inchou e levantou e tornou-se uma montanha correndo em
direção a ele.
O elefante caranguejos foram derramando distante, lutando para posições de
segurança onde eles poderiam ancorar-se contra a superfície áspera da rocha e ser
protegidos pela grossa armadura de suas conchas. Rir menina foi subitamente sozinho
em seu refúgio, um amontoado de preto pequeno que assisti a vinda da grande maré no
desamparo congelado.
A corda foi serpenteando para baixo o bico tão rápido quanto ele poderia jogar fora
as bobinas. Ele assobiou para ela enquanto a corda se aproximava dela. Ela empurrou
sua cabeça, quase caindo em sua surpresa e cumprimentou-o em sua língua nativa; uma
palavra que era como o yelp alegre de um filhote de cachorro. Então a ponta da corda
chegou ela, e ela tomou-o entre seus dentes.
***
Ele puxava na corda, trazendo-a mão de volta sobre a mão, enquanto a menina rindo
garras rock tudo que ela poderia ajudar. Ela desapareceu da visão onde a falésia se
tornou vertical e a corda fina, difícil era quase impossível segurar firmemente seu peso
total passar sobre ela.
A maré que correu para dentro, como ele lutou com a corda; a vanguarda de um
Planalto oceânico. Entre ele e as falésias da praia e o mar abaixo a postura como um
vale, então uma bacia estreita, então, de repente um cânion de fuga —
***
Rindo a cabeça da menina bateu na vista e ela veio pawing e lutando sobre a borda
do penhasco. Ela caiu da corda e saltou em direção a ele no bem-vindo em êxtase.
"Você vem para mim! Você — "
A maré atingiu as falésias com um rugido ensurdecedor, fazendo tremer a terra. Ele
tomou o rindo menina pela nuca do pescoço e plana caiu no chão, onde ele poderia
bloquear seu braço livre em torno de uma projeção do rock. Uma sólida massa de água
foi arremessada alta no ar com o impacto, a descer sobre eles com uma força de
esmagamento que bateu a respiração dos seus pulmões e machucado o rosto contra as
rochas. Ocupou grimly para o rock e a menina rir como a massa de água derramada
sobre a falésia, rasgando e rasgando-lhe como ele tentou levá-los com ele.
Eles cambaleou ereto que drenou afastado e correu. Uma segunda massa de água
arremessado em direção ao céu chegou demasiado tarde para mais de banhá-los. Eles
pararam um pouco mais longe, ao longo do topo de uma crista baixa.
Atrás do mar rosnou e rumbled como ele subiu contra as falésias. Rir menina olhou
para trás, tremendo um pouco.
"Eu pensei que você tinha esqueci-me, patrão. Eu estava com medo, e eu esperar e
esperar... "
"Está tudo bem, agora," ele disse. "Você já não terá que ir sob as falésias
novamente."
Ele estava cansado, fraco com perto de exaustão. Ele limpou a água salgada do seu
rosto e viu, como algo que não era mais importante, que o sol estava acima. Seu
trabalho foi feito, seu último dever realizado e a única coisa que aconteceria em seguida
foi algo inevitável e fora de seu controle. Ele viu que a faca tinha ido embora, lavada no
mar — mas que já não importava, tampouco.
"Você vai ir para casa agora," disse a menina rindo. "Não espere por mim. Loper
provavelmente vai começar em seu caminho para encontrá-lo em poucos minutos. Ele
vai falar sobre as coisas que aconteceram nos últimos dois dias. De agora em diante os
dois de você vão fazer tudo o que ele acha que é melhor para você."
Seus olhos eram largos em alarme antes ele tinha acabado, ansioso e
questionamento.
"O que está errado, chefe? O que vai acontecer com você — prease, o que está
errado? "
***
Thudding lento, abafado veio do Oriente, e ele olhou para o fogo brilhante do sol
para ver as dragão-bestas trotando para baixo a crista em direção a ele. Havia seis deles
e mesmo contra o sol, ele podia ver o brilho de capacetes de batalha e os rifles de longos
em toda a sela.
"Ir para casa!" ele ordenou. "Agora!"
Ela olhou da parte de guerra se aproximando volta para ele e atirou sua cabeça em
defiance como Loper tinha feito.
"Não! Você sabe que eles vêm para kirr você — eu posso terr. Eu ficar!"
"Há coisas que você ainda não entende, menina," disse ele. "Por minha causa, ir
agora. Run".
"Eu," ela hesitou, seu senso de dever e sentido de lealdade conflitantes. Ganhou a
lealdade. "Não! Eu não vou!"
Ele não podia permitir-lhe para ficar. Quando os nativos se atirou para baixo ela iria
atacá-los com uma fúria que poderia parar de somente sua própria morte.
Ele se adiantou e bater nela; um golpe duro, patado ao lado da mandíbula que
enviou seu rolamento. Ela tem a seus pés com espanto e dor nos olhos e ele fez o seu
tom áspero e feio:
"Eu não vou pedir você mas este mais uma vez —ir para casa!"
Ela obedeceu, sua cauda se inclinando ela começou com o swale. Ela vez, parou
para olhar para trás com ele, e ele acenou-com um gesto de curt.
Ela tinha ido embora da vista quando os nativos chegaram a ele. Resso não estava
com eles — era Selsin que rodou na liderança.
Eles pararam diante dele em um semi-círculo e viam-se silenciosamente, a zombaria
sorrisos em seus rostos.
"É nascer do sol", disse Selsin.
"É", ele concordou.
"Seguimos você ontem à noite. Eu queria saber se você falou a verdade vai salvar
aquele peludo."
"E agora," ele disse, "eu quero saber se Resso disse a verdade quando ele disse que
ela e seu companheiro não iriam ser prejudicados."
"Ele fez".
Não havia mais nada a dizer, então. Ele esperou, querendo saber se eles foram
deliberadamente atrasando sua execução na esperança de vê-lo a enfraquecer sob a
tensão.
Selsin falou novamente:
"Seu superior e seu assessor escaparam no aviador logo depois que você saiu. O
sinal de fogo à meia-noite disse que eles haviam desembarcado das ilhas do Norte e
foram atirando constantemente em cardumes de bexiga. Eles pareciam pensar que os
peixes eram uma parte do ataque."
Ele tinha a impressão de que Selsin e os outros foram divertidos. Ele podia entender
por que — mas não para si mesmo, havia apenas um doente sentimento de vergonha e o
pensamento: assim que eles mesmo não deixam essas crianças seus blasters?
Selsin "É nascer do sol", disse outra vez, "e não há nenhuma razão para esperar
mais. Tem nada a dizer?"
"Nada", ele respondeu e preparava-se para o impacto de balas.
Mas os rifles de longos não foram levantados. Em vez disso, Selsin deslocada para
baixo da sela e veio a ele.
"Um peludo — Loper — veio-me antes de escurecer e me disse que você tinha dito
a ele na colina. Você sabia que o que você fazia era mais uma prova das boas intenções
do que todas as promessas do mundo?"
"Eu não entendo", disse ele.
"Você afirmou desde o início que os seres humanos respeitado outras formas de vida
e mantiveram suas promessas a eles — mas palavras são apenas pequenos ruídos. Você
provou que tinha alegado quando você passou o que era para ser a última noite de sua
vida em manter a promessa que você fez para um ser que foi bem menos humano do
que até mesmo minha própria corrida."
"Mas o acampamento —" ele não ouso acreditar declarações na que Selsin implícita.
"Eles estavam a ser mortos ao nascer do sol —"
"Eu pedi o ataque adiado até que suas ações poderiam ser julgadas. Agora, não vai
haver nenhum ataque."
***
Ele tentou ver o passado sem sentido sorriso de Selsin, desejando que ele deixou a
menina rindo permanecer assim que ela poderia dizer-lhe se eles apenas estavam
provocando-lhe antes que eles o mataram.
"Você vai montar uma dragão-bestas, se você está pronto agora," disse Selsin.
"Quando você chamar a terra de seu acampamento hoje, falarei para eles, também. Eu
quero não mais mal-entendidos."
"O que você dirá-los?" ele perguntou.
"A verdade de tudo isso, e como a gordura se vangloriou e insultou minha corrida e
então corri. Oferecerei a amizade de minha raça sob a condição de que não mais de sua
espécie já enviados aqui e que você, ou outros de sua escolha, ser responsável por todas
as operações aqui.
"Suponho", acrescentou Selsin, "que seu Supremo Conselho gostaria de ouvir o que
tenho a dizer-lhes?"
Houve um flash de preto em todo o swale e viu a menina rindo, correndo em direção
a eles; desobedecer a sua ordem, afinal de contas e voltar a lutar ao lado dele. Mas agora
ela estava correndo com sua cauda acima, seus dentes brancos sorrindo e felicidade
como algo concreto sobre ela.
Ela era uma Altairian — she sabia que tudo foi de repente, tudo bem. Poderia haver
dúvida tudo o que sobre a sinceridade do Selsin, sobre o futuro que estava à frente de
todos eles.
Mesmo para a corrida da menina rindo, embora não o fez ainda conhecê-la. Loper,
em sua sabedoria simples, tinha feito possível para terra para reconquistar a amizade do
mundo mal necessário. O Conselho, por sua vez, não poderia fazer nenhuma menos do
que de to rapidamente anular classificação a ERB da Altairians como "Animais".
"O Supremo Conselho", disse ele em resposta à pergunta do Selsin, "é que vai se
deliciar com o que você tem a dizer-lhes. Let ' s go".
Nenhuma espécie sozinho
Nota do editor: há um forte componente moral na maioria das histórias
de Godwin. Coragem, por si só, nunca é suficiente. Também deve haver
um sentido subjacente de empatia para outras criaturas. No universo de
Godwin, egoísmo é talvez o último pecado. Já vimos que o tema aparece
muitas vezes em suas histórias. E aqui novamente:

A manhã era, Jim Hart, exatamente como qualquer outra manhã de junho, mas a
presença de Gwen — oito semanas ainda não tinha tempo suficiente para que ele tome-a
como totalmente adquirido como ele nos meses e anos vindouros. Ela cantarolava a
mesma como ela terminou limpando os pratos de pequeno-almoço. Fora na varanda
Susie e seis dos gatinhos, tendo apenas rodou seu próprio pequeno-almoço, estavam
envolvidos na prática de fazer-se pura e limpa, como é a forma de gatos depois das
refeições. O céu estava uma safira impecável azul com o toque do sol quente e suave
como uma bênção, enquanto as cotovias encheu o ar com suas melodias suaves.
Não havia nada sobre beleza suave da manhã pressagiar perigo repentino e vicioso.
Ele verific certificar-se de que ele tinha sua bússola de Agrimensura, como ele ficou
na porta, em seguida, olhou para todo o plano de escova-e-árvore pontilhada que se
estendia até a boca do canyon, a mil metros de distância. Lá a televisão quebrou
abruptamente ao longo do banco alto, íngreme, uma pista principal a partir da cabine
para a ruptura. Não havia nenhum sinal do filhote de cachorro ao longo da trilha, o que
significava Flopper tinha subido garganta — ele tinha feito tantas viagens para a
perspectiva de urânio naquela Primavera que Flopper sabia bem como ele onde eles
estavam indo para o dia.
Gwen limpou o último prato e veio para ficar ao lado dele, inclinou a cabeça dela
contra seu ombro.
"Assim é do dia, que você vai novamente." Ela suspirou. "Estou feliz que este é o
último dia do mesmo."
"Menos de um dia, estarei de volta ao meio-dia. Também, agora está tudo pronto,
achei esse urânio-me e é bom. Minha empresa irá levá-lo, sem dúvida, e então eu vou
ser um proprietário abastado de urânio, em vez de apenas um engenheiro de mineração
empregados. Não que soa como um futuro brilhante e agradável para nós?"
"Soa maravilhosa", ela concordou. "Pode ter a casa o tempo todo e cada jovem
esposa devem ter um homem em volta do lugar — preferência de seu marido. E outra
coisa, "ela olhou para o gato e gatinhos. "Se você tivesse que voltar a trabalhar e eles
mandaram você da América do Sul ou em algum lugar — o que seria de los?"
"Você deu-se responsabilidade quando você apanhou-os. Você não deve ser tão
coração mole. ' Coisinhas pobres — fora por esta estrada solitária e está chovendo e eles
estiver frio e com fome e já sem casa.' Isso é o que você disse, e agora temos de
comprar uma caixa de leite enlatado mensalmente para eles. Se eu tivesse minha
própria maneira — "
"Você fez," Ela apontou docemente. ' Você disse, ' não apenas estar lá — vamos
carregá-los no carro e ir.' "
"Bem," ele considerava sua defesa. "Eu estava fraco naquela noite."
"E o filhote de cachorro, Flopper?" Ela exigiu.
"Outra magia fraca — como o dia que eu finalmente consentiu em casar com você."
"Você concordou?" Ela endireitou-se com indignação. "Você concordou?"
"Mm-hmm." Ele balançou a cabeça com seriedade grave. "Eu senti pena de você."
"Por que, você — você —" ela gaguejou e tentou novamente. "Você consentiu?
Você — "
"Por favor, Gwen, você tem que manter repetindo tudo digo-vos mais e mais?"
"Você me disse — eu não — quer dizer —oh! " Ela atingiu um pequeno punho
contra seu braço. "Você está apenas tentando me faz louco novamente — por que você
está sempre fazendo que?"
"Prática", disse sucintamente e colocar seu braço ao redor de seus ombros para
desenhá-la perto dele. "Quando nós temos o nossa primeira grande luta, não queremos
ser amadores, você sabe."
"Um dia," ela disse, "você vai realmente me faz louco," mas a ameaça de suas
palavras era desmentida pela maneira que ela mais uma vez descansou a cabeça contra o
seu ombro. "Agora, admitir a verdade — você queria dar Flopper uma casa e queria dar
Susie e os gatinhos, uma casa, não é?"
"O.K.—I admiti-lo," ele disse. "Parece ser uma característica humana querer
animais ao redor. Ilógico, mas a natureza humana. "
"Lógica, fooey!" Ela virou a cabeça e fez um rosto para ele. "Uma máquina de
computação é infalivelmente lógica, mas você acha que eu sempre quis se casar com
um?"
Ele levantou suas sobrancelhas. "Certamente espero que não, isso seria ridículo.
Além disso, você iria ficar entediado com a vida-com-um-adicionando-máquina."
"Ia procesá-lo para o divórcio em razão da crueldade mental. Imaginar como a vida
seria se você tivesse sempre seja lógica em tudo o que fiz e nunca fez nada porque perdi
você queria , gosto de ir nadar e jogar jogos e dando casas para cães e dos gatos e — e
— "ela rompeu a olhar por ele, em direção à boca do canyon. "Olhar!" Ela apontou,
súbita emoção em sua voz. "Ali ao lado da trilha, o gatinho malhado. Ele não estava
aqui para pequeno-almoço — lá está ele agora. Susie tem seu quarto um ontem e agora
ele é encontrado um!"
Ele seguiu seu olhar e viu o gatinho malhado meio crescido cerca de trezentos
metros longe e talvez de quinze metros para o lado da trilha. Enquanto observava que o
gatinho dentro de um círculo a poucos passos, cuidadosamente, manter seus olhos em
tudo o que ele estava circulando como ele o fez. Foi, viu, segurando algo na baía, em
uma pequena área de escova, mas ainda não estava fazendo um esforço para matá-lo.
"É mais um", ele disse, voltando-se para a cabine. "Eu vou matá-lo em minha
maneira de trabalhar."
Ele entrou no quarto e voltou com uma pistola automática calibre 38 na mão. "Eu
costumava ser um tiro muito bom com um desses", comentou na explicação. "Uma pá
de faria apenas também, mas acho que vou ver se eu perdi a capacidade de acertar o
lado largo de um celeiro".
"Fazer um bom trabalho," disse ela. "Tão logo eu varrer e fazer algumas outras
coisas, eu vou o riacho para obter alguns agrião para salada. Espero — "ela franziu a
testa preocupado. "Espero que este é o último — eu tenho medo das coisas."
"Susie teria um presente até agora se não fosse por ela ter que tirar tempo para beber
seu leite de café da manhã e lave o rosto. O vento na direção errada para que ela ainda o
cheiro, mas ela teria manchado ele antes que ele ficou muito mais perto da cabine. "
Pisou fora da varanda e iniciou-se a trilha. "Vai ser sobre o meio-dia. Tenha cuidado
quando você vai depois que agrião e não usar aqueles mocassins de fraque idiota."
"Não," ela respondeu, pela primeira vez, não disputando sua opinião de seu calçado.
Ele ainda era uma centena de metros o gatinho malhado quando ouviu o zumbido
baixo e seco. Era uma Cascavel, como ele tinha conhecido seria. Ele foi enrolado, sua
cabeça agitada, tecelagem e o gatinho foi vê-lo com frio intentness. A Cascavel se
afastou o gatinho como ele veio para eles e tentou deslizar afastado para a tampa do
arbusto mais próximo. O gatinho correu ao redor na frente dele, apenas para além da
gama impressionante e cortou a sua retirada.
Parei o snaked, para enrolar e esperar com a cabeça pronta para atacar. O gatinho
ficou antes ele tão imóvel como uma estátua pouco, apenas um tremor fraco para o final
de sua cauda para indicar qualquer emoção. Que e seus olhos. Eles eram, como Hart
observado no anterior tais ocasiões, bastante amplo e verdes e impiedosamente frias.
Sempre havia algo diferente sobre o olhar em um olhos de gato quando ele viu uma
cobra; uma concentração, um estado de alerta de cabelo e um ódio implacável, gelado.
Ainda, apesar da vigilância do gatinho, havia um ar de calma da forma assistiu a cobra,
quase desprezo. Instintivamente sabia que a cobra era mortal perigosa mas que
conhecimento instintivo foi compensado por outro conhecimento instintivo; o
conhecimento que a cobra tinha medo dele e nunca teria deliberadamente vir dentro
impressionante gama de lima. A Cascavel nunca ousaria abordagem o gatinho; ele tinha,
mas um desejo — para escapar.
***
Os dois foram imóveis por alguns segundos com a cobra esperando para atacar, sua
cabeça triangular, dois terços como largura como a mão de Hart, pronta e pronto. Então
a cobra quebrou e tentou dardo longe o gatinho. O gatinho piscou na frente dele, ainda
apenas fora da gama impressionante e a serpente parou a bobina e contorcer-se na
indecisão, sua língua vermelha piscando dentro e fora e seu zumbido subindo mais e
mais alto em campo como sua agitação aumentou.
Hart olhou para trás para a cabine e viu que Susie e os gatinhos estavam ainda na
varanda. Ele levantou a sua voz e chamou-lhe: "Susie —cobra!"
Ele ensinou-à reconhecer a palavra e ela era o alpendre ao mesmo tempo, para vir
trote até a trilha com os cinco gatinhos amarrar fora atrás dela e Gwen pé na porta,
protegendo os olhos contra o sol com uma mão enquanto ela observava.
Ele voltou para a cobra. Não seria longa — não depois Susie chegou lá.
Cabeça da cobra foi tecendo agitada como ele tentou iludir o olhar do gatinho e
encontrar uma maneira de escapar. Ele tentou novamente afastado do dardo, e
novamente o gatinho piscou na frente dele para cortar a sua retirada. A serpente parou,
incapaz de alcançar a segurança do bush, não é possível em seu medo de passar perto do
gatinho. Seu medo era visivelmente aumentando e assim foi seu ódio; um ódio
reptiliano, vicioso para o gatinho meio crescido que estêve antes dele. Mas, maior que o
ódio era o medo; o velho, velho medo instintivo de um gato que era comum a todas as
cobras.
Foi estranho, a maneira cobras gatos temidos. Um strike com que a cabeça larga e
haveria suficiente veneno no corpo do gatinho para matar uma dúzia como ele, mas a
cobra não se atreveu a greve. O gatinho venha dentro impressionante gama, seria strike
— mas ele estava com medo de abordar o gatinho com o objetivo de golpeá-lo. Havia
algo sobre a forma como o gatinho olhou para ele, a falta de fria de medo, que a cobra
não conseguia entender e temido. E quanto mais tempo o gatinho olhou para a serpente,
medo maior o snake se tornaria.
Houve animais que gostava de uma imunidade de picada de uma cascavel; um
porco, protegido por sua gordura, poderia matar uma cascavel; um bando de ovelhas,
protegidas por sua lã, cegamente iria atropelar uma cascavel à morte. Alguns animais
podem matar Cascavel; poderia um cervo, alguns cães pequenos, rápidos podiam. Mas a
Cascavel temiam nenhum destes, gostaria de tentar encontrar qualquer um deles. Ainda
o gatinho, completamente vulnerável com gordura para protegê-lo, nem de lã não
temesse a cobra e sabia que a cobra temia que ele. Era algo peculiar para gatos e cobras;
um inerente ódio e inimizade que voltamos aos primórdios da criação.
Susie trotou acima e tomou a cena com um olhar rápido. O gatinho relaxado como
ele acabou o trabalho as patas mais capazes de sua mãe e ela ficou um momento apenas
para além da impressionante gama, estudando a cobra. Ele enrolado mais perto, medo
de tentar escapar para tal ação tornaria vulnerável, forçando-o para desenrolar, sabendo
que em sua mente reptiliana minúsculo que em carne magra, sábio velho gato antes de
que era morte.
Susie parou apenas brevemente em sua apreciação do mesmo, então ela pisou para a
frente com os olhos fixados no largo-jawed cabeça e seu corpo tão tenso como uma
mola espiral. Ela calmamente, deliberadamente, veio dentro escala impressionante e
esperei por ele para atacar ela, uma pata dianteira ligeiramente levantada. A cobra que
atingiu, então; a única coisa Susie tinha pretendido para que ele faça. Sua cabeça
desviou-se para a frente em um movimento muito rápido para Hart Ver e ao mesmo
tempo, e ainda mais rápido, havia o flash de pata de Susie. Que e seu salto para trás.
Era um borrão de movimento muito rápido para os olhos humanos, a seguir, mas em
que uma fração de segundo a cobra tinha atingido, suas presas tinham encontrado
apenas ar onde Susie tinha sido e, simultaneamente, ele sentiu o rip afiado de suas
garras para baixo sua cabeça venenosa. Em seguida, eles foram preparados novamente,
como antes, mas desta vez havia três barras para baixo em cima da cabeça da serpente
do qual sangue estava começando a escorrer.
Ela se mudou nele novamente, sua navalha de alunos duas fendas nos olhos que
eram como Esmeraldas duras. Ela veio dentro do intervalo e a cobra atacou novamente.
Era o mesmo de antes; a facada invisivelmente rápida de presas de brancas era muito
lenta para igualar a velocidade das garras cortantes. Havia mais sangrentos sulcos para
baixo a cabeça da serpente, quando acabou o desfoque de movimento. Na próxima vez
que haveria ainda mais, e ele iria até a cabeça da cobra foi metade arrancada de seu
corpo e estava morto. Não poderia terminar nenhuma outra maneira; não era a natureza
de um gato para permitir uma cobra para viver.
Havia fúria insana, agora, para o rápido de bobinamento da cobra, o zumbido alto,
estridente de sua cauda e a oscilação frenética de sua cabeça. Ele estava chegando a fase
onde sua raiva e o medo era nada menos que loucura e deliberadamente atacariam
qualquer coisa no mundo — exceto um gato. Hart jogou um cartucho para a câmara da.
38. Ele não tinha nenhum desejo de ver qualquer coisa morrer uma morte lenta, nem
mesmo uma cascavel. Embora, pareceu-lhe, havia algo absolutamente esplêndida sobre
o modo como Susie — e todos os outros gatos — poderia pôr o medo da eternidade no
inimigo tradicional de homem, a serpente.
Como Susie começou a flexibilização volta dentro do alcance do cobra Hart forrado
a mira na sua cabeça e puxou o gatilho. Cabeça da cobra, bateu no chão, o impacto da
bala e os gatos saltou em surpresa assustada o crack da pistola.
Susie olhou para os mortos, contorcendo-se cobra com uma súbita e completa falta
de interesse, deu um olhar que parecia conter nojo definitivo e passou a se sentar à
sombra de um arbusto de Hart.
"Desculpe, Susie — eu sei que você realmente não precisa de qualquer ajuda," ele se
desculpou.
Os gatinhos foram aglomerando-se em torno da serpente, atacando-o na emulação
de luta de sua mãe com ele. Eles eram apenas gatinhos, mas eles estavam aprendendo.
No momento em que eles foram cultivados ele e Gwen teria uma tripulação muito
eficiente para livrar o lugar de Cascavel. Susie, sozinha, tinha matado quatro nos
últimos dois meses que ele sabia de certas — e um deles tinha rastreado dentro da
cabine enquanto Gwen foi ido, colocar enrolada sob a escala de gás butano. Se não
fosse a vigilância de Susie, teria ainda sido lá quando Gwen voltou a preparar o jantar,
as pernas nuas, marrons o alvo para suas presas impressionantes. Por que um ato, por si
só, Susie tinha muito mais do que reembolsou-los para dar a ela e seus gatinhos uma
casa.
Ele pegou a cobra na extremidade de um pau e jogou-o longe na escova. Os gatinhos
assistiram-lo de arco no ar e cair da vista; com a cobra não mais lá, eles perderam o
interesse nos últimos eventos e vagavam para se juntar a sua mãe. Ele ergueu a pistola
na mão, querendo saber se deve tomar com ele ou levá-lo de volta para a cabine. Decidir
um foi tanto problema como os outros, ele acenou para Gwen que ainda estava
assistindo a partir da porta e iniciou-se a trilha.
Ele era alguma distância acima dele quando ele olhou para trás para ver o gatinho
malhado onipresente a segui-lo — ou permite a atrasos na medida necessários para
inspecionar interessantes aromas e insetos ao longo da trilha a seguir. O gatinho
vermelho estava assistindo a um malhado, aparentemente com metade de uma mente
para ir, também. Ele passou — eles não iria segui-lo muito longe o canhão, enfim.
Talvez tanto quanto o riacho; Talvez eles mudam de idéia e retornar para a cabine.
Na borda do sagebrush plana trilha desceu na garganta, seguindo ao longo do lado
da parede íngreme em um grau suave. Ele fez seu caminho ao longo da trilha estreita,
que foi sessenta metros acima do chão do canyon no seu ponto mais alto e até o fundo
da garganta. Foi como ele começou o canhão que ele detectado pela primeira vez o
odor. Foi muito fraco, tão fraco que ele não poderia colocá-lo. Seus pensamentos
estavam sobre a pesquisa faria naquela manhã, e ele foi mal consciente dele, embora
uma parte de sua mente anotou e vagamente foi perturbada por ele. Ele passou, o lugar
ao longo do creek, onde Gwen recolheria o agrião, e há uma brisa quase imperceptível
afastaram-se para baixo de cima-canyon. Ele trouxe o odor mais forte e ele parou, o
mal-estar vago em sua mente de repente despertar para o cuidado com estado de alerta.
Era o odor de uma cobra.
Ele olhou sobre ele, mas não havia nada para ser visto. Ele sabia que ele não poderia
ter começado qualquer do odor da cobra que ele tinha matado em suas roupas, e o odor
vindo abaixo o canhão não era bastante que de uma cascavel; foi totalmente como
ofensiva e reptilianos, mas diferentes.
Ele sacudiu a cabeça, perplexo e pisado. Duzentos metros mais longe na garganta
virou em uma curva e a trilha tomou um atalho através de um crescimento de espesso de
Zimbros. Aqui o odor tornou-se definitivamente mais forte e um sentimento assustador
correu por sua espinha. Ele manteve os olhos no chão, vendo onde ele estava pisando
como ele passou através do mato pesado. Não havia nenhuma dúvida sobre o odor;
enquanto não é bem como o de uma Cascavel, foi certamente o odor de algum tipo de
uma cobra. Ou várias cobras, a julgar pela força dele.
Ele saiu do bosque de árvores e escova para a cama de areia do canyon e olhou para
cima. Não, não de quinze metros na frente dele, havia Flopper — e a coisa que ele tinha
cheirado.
***
O navio de escoteiro Slistian afastaram-se para baixo através da escuridão,
silenciosamente, sem serem detectados. Sesnar assisti o pouco que viewscreen poderia
mostrar na escuridão, seu corpo de serpente dezoito pés enrolado na cadeira do piloto
côncavo na câmara de controle e ouviu pacientemente os pensamentos que emanavam
do dispositivo esférico ao lado dele.
"Há alguma evidência de vida inteligente nas imediações?" perguntou o pensamento
da esfera transmissor.
"Nenhuma", respondeu o pensamento do próprio Sesnar. "Eu sou descendente sobre
uma seção isolada da parte ocidental do continente. Os instrumentos indicam
mineralização considerável nesta área sob mim, incluindo urânio. São as luzes de algum
tipo de uma pequena cidade na distância mais distante, mas isso é tudo."
A esfera não fez nenhum comentário e Sesnar perguntou: "Será esterilizar a área em
que eu á terra?"
É necessário que os habituais dois segundos para a esfera para projetar seu
pensamento através de cem anos-luz de espaço para seu superior em Slistia e outra de
dois segundos para a resposta voltar. "Não. Embora suas observações não mostraram
nenhum grande conhecimento tecnológico por parte dos nativos, eles podem possuir
meios de detectar o uso do raio esterilizador. Eles possuem o atômico e bombas de
hidrogênio, sabemos, e a descoberta em seu planeta de uma nave alienígena, equipada
com uma arma que o raio do esterilizador certamente iria levá-los a tentar interferir com
suas pesquisas preliminares e sua captura de alguns dos nativos para exame e estudo.
Quando você está perto da superfície deve prosseguir em direção à área que dos
instrumentos mostram para conter minérios radioactivos, voando baixo e assistindo para
evidências de habitação, tais como as luzes de residências individuais."
Sesnar devidamente reconhecido a ordem.
Ele não parecia estranho para ele que ele, sozinho, deve ter sido enviado para fazer o
levantamento preliminar do novo mundo, enquanto os nove membros do Conselho de
psicólogo-estrategista permaneceram com Slistia para direcionar suas atividades mais
detalhadas por meio da esfera de transmissor de pensamento. Era meramente friamente
lógico. Os graus de civilização, nenhum Slistian poderia prever e se houver, em anos-
um mundo cem luz afastado. Tal um mundo podem possuir armas defensivas
desconhecidas para o Slistians. Tal coisa nunca tinha acontecido — e não Slistian
duvidou de vitória final do Slistian — mas o inquérito preliminar iria divulgar as armas,
se houver, que possuíram os nativos; iria divulgar os recursos do novo mundo, incluindo
os minérios radioactivos vitais e iria fornecer amostras da vida nativa inteligente para
estudo e vivissecção final. As armas do Slistians foram muitas e mortal, com o poder
hipnótico da mente Slistian a arma mais insidiosamente mortal de todas. Ainda havia
sempre a possibilidade de pequena dos nativos possuindo armas mortais própria e um
scout de exploração, tais como Sesnar, procedeu-se sob a supervisão constante dos
estrategistas psicólogos altamente instruídos, muito sistemáticas, do Conselho de
colonização. O navio escoteiro foi equipado com todos os dispositivos necessários e
instrumento para o levantamento do mundo novo, de mapeamento de seus continentes
para analisar seu ar e determinar quais vírus nocivos podem estar presentes. Ela
carregava equipamento robótico para minas e refinar minérios radioactivos para
alimentar o campo de força que ele jogaria em torno da área mineralizada; a área que
viria a ser a sede da Slistian para seus navios da força de extermínio. Ele carregava um
laboratório bem equipado, onde os espécimes capturados nativos poderiam ser sondados
e questionados pela mente do Sesnar até que suas próprias mentes foram drenados seco
de informações. Depois disso, eles devem ser colocados sobre as mesas e a sobrecarga
de viewscreen permitirá que o Conselho de colonização sob Slistia, como a placa de
força do extermínio, para aprender a estrutura física dos nativos, como Sesnar,
metodicamente, vivisected-los.
***
Foi tudo muito lógico e cuidadosamente planejada. Um navio escoteiro necessária
uma quantidade considerável de combustível de urânio-baseado e limitou-se a oferta
ainda restante sobre Slistia e os dois mundos que slistia tinha capturado. Embora que
ondas poderiam ser transmitidas através de cem anos-luz do espaço em dois segundos, o
corpo material do navio necessários oito meses para percorrer a mesma distância. Um
Slistian poderia, com o navio especialmente equipados, fazer como rápida e completa
um trabalho de levantamento de um novo planeta que poderia fazer uma equipe de
Slistians e Slistians adicionais, além de alimento adicional para a viagem de oito meses,
teria exigido uma quantidade adicional de combustível; combustível que seria
necessária a força de extermínio navios que seguiriam mais tarde. Foi necessário apenas
saber que o novo mundo possuía os minérios radioactivos e de aprender do que meios
de defesa, os nativos pode ter.
Este último foi muito importante; o estudo dos espécimes de vida nativa e suas
armas que dependem da estratégia da força de extermínio. Eles foram muito eficientes
em livrar o mundo de seus nativos e sua eficiência foi devido ao planejamento
cuidadoso de antemão; para equipar a força de extermínio vem com as armas mais
apropriadamente destrutivas para o trabalho.
Sesnar interrompida a descida do navio algumas centenas de metros acima da
superfície e deixá-lo viajar lentamente em direção a mineralização de urânio. Ele estava
quase a massa de uma montanha quando ele viu a luz amarela. Ele notificou seus
superiores ao mesmo tempo.
"Há um retângulo branco-amarelada da luz alguma distância. É aparentemente
artificial luz da janela da moradia de um nativo".
"Passá-lo por". O comando foi do Eska, chefe do Conselho de colonização. "Não
tomar nenhuma chance de deteção neste momento. Passá-lo por e esconder seu navio
perto da área de mineralização maior."
Sesnar continuou em seu caminho, levantando como ele fez isso para limpar o sopé
da montanha. Ele tinha ido a uma distância relativamente curta, o retângulo de luz na
habitação do nativo ainda visível atrás dele, quando os instrumentos lhe disseram que
ele foi diretamente sobre o depósito de urânio. Ele desceu à terra, deixando o controle
robótico digitalizar o terreno sob o navio com seus olhos de radar e selecione um local
seguro e nível. Estabeleceu-se o navio para a terra e ele notificado Eska de fato.
Houve uma certa satisfação sem emoção no pensamento do Eska como ele disse, "a
proximidade da moradia do nativo para o depósito de urânio simplifica as coisas.
Amanhã você pode realizar a captura de índios para o estudo e a construção do campo
de força. Entretanto, deve permanecer no navio."
A última ordem não foi sem boas razões de cautela; algumas criaturas podiam ver
perfeitamente no escuro e não Slistian poderia usar seus poderes hipnóticos em um
animal que não podia ver.
Sesnar esperou até o amanhecer e, em seguida, ele estendeu a mão com os dois
braços pequenos que foram a única interrupção da serpente-como forma de seu corpo e
escolheu acima sua menta-blaster, para encaixá-lo para baixo nos quatro pinos metais
definidos em escalas resistentes do topo de sua cabeça. Ele não tomou nenhuma outra
arma com ele como ele rastejou para trás do navio; ele precisava de nenhuma outra
arma e somente as mais inesperadas circunstâncias poderiam levá-lo a precisar , o poder
hipnótico de sua mente que serve muito bem para forçar outras criaturas para fazer o
que ele quis.
O navio tinha aterrado no fundo de um pequeno canyon. Havia algo na garganta
muito recentemente, ele viu algo que havia cavado algumas trincheiras estreitas entre o
que ele presume-se que o depósito do minério de urânio. Ele relatou o fato para Eska.
"O trabalho dos nativos," obviamente, Eska comentou. "Não seria aconselhável para
levantar o navio no momento. Reconhecer — deve haver algum tipo de um caminho
que os nativos fizeram e conduzirá a habitação. Siga o caminho para uma distância curta
e relatar o que encontrar."
Os pensamentos de Eska, transmitido pela esfera dentro do navio, veio claramente a
Sesnar e ele obedeceu as ordens, pausando apenas o tempo suficiente para experimentar
o menta-blaster em um arbusto pequeno ao lado do caminho. Ele desapareceu em um
sopro de poeira.
O menta-blaster foi uma conquista de Slistian e que poderia ser usado apenas por
Slistians. Era operado por certos padrões de pensamento, o tipo e a intensidade do feixe
regulado à vontade. Desde que o padrão de pensamento que o operou tinha que ser
muito preciso, era inútil para qualquer animal de sangue quente; apenas um Slistian
poderia produzir o padrão necessário com a precisão de máquina como necessário. Era
uma característica de animais de sangue quente, ser emocional até certo ponto e nenhum
animal emocional, não importa como inteligente, poderia certifique-se de suprimir suas
emoções suficientemente para sempre duplicar o padrão de pensamento rígido, precisas.
Embora possa parecer ao animal warm-blooded, inteligente que suas emoções estavam
completamente na seleção e sua mente livre de toda a influência deles, a influência
emocional sobre a lógica pura, fria ainda estaria lá até certo ponto leve, suficiente para
impedir a duplicação exata do pensamento padrão incorporado o menta-blaster.
O menta-blaster foi, Slistians, completamente desnecessária prova que formas de
vida de sangue frio e lógicas eram superiores às formas de vida de sangue quente e
emocionais.
O caminho foi facilmente encontrado e ele seguiu. Ele tinha ido a uma curta
distância, quando o canyon esvaziado em uma muito maior; um cânion que levou na
direção geral do nativo habitação. O caminho seguido o banco riacho abaixo o canhão
maior, e lá, alimentando-se de vegetação verde junto do caminho, ele viu o primeiro
espécime de vida do planeta.
Era um pequeno quadrúpede com longas orelhas e seus ouvidos sensíveis detectado
o sussurro na areia da vinda do Sesnar quase ao mesmo tempo que ele viu. Sentou-se no
alto do patas traseiras a olhar para ele, seu nariz se contorcendo, então ele tem rodas
para limite de distância. Trouxe-o sob controle hipnótico e molemente caiu no chão.
Foi, naturalmente, ainda vivo e consciente; simplesmente realizada indefeso. Sesnar
rastreado para ele e procurou sua mente. Sua mente não realizada nenhuma informação
de qualquer valor, sua inteligência era de uma ordem muito baixa. Obviamente, não era
um membro de forma inteligente do planeta da vida.
Ele tocou o coelho com suas mãos pequenos, lagarto, sentindo a vibração rápida de
seu coração e, em seguida, rasgar uma garra afiada para baixo de sua barriga. As
entranhas fora derramado no chão e ele observou com interesse que o animal era
estritamente herbívoro. Ele relatou o fato para Eska, que, em seguida, ordenou-lhe para
liberar o coelho do controle hipnótico para que sua reação à dor pode ser observada.
No lançamento do controle hipnótico ele saltou alto no ar com um grito estridente e
fino, em seguida, baixou novamente para colocar o flop e chutando na areia, suas
entranhas sangrentas atrás ele. Seus esforços para escapar rapidamente se enfraqueceu e
logo poderia fazer não mais do que deitar e assistir Sesnar com medo intenso em seus
olhos.
"Um alto grau de sensibilidade à dor, com nenhum desejo de destruir o inflictor da
dor," Eska comentou. "Nenhuma vingança instintos independentemente. Essa
característica de não-agressividade completa deve aplicar as criaturas inteligentes, nosso
programa de colonização deve precisa relativamente pouca ajuda do extermínio força."
Sesnar esperado até que o coelho morreu, relatando a sua resistência à morte.
Demorou um tempo extraordinariamente longo para ele morrer — ou seja, para um
animal de sangue quente. A característica sensibilidade à dor de animais de sangue
quente normalmente foi um dos fatores que se apressou a sua morte quando gravemente
ferido. Quando ele finalmente parou ofegante que ele rastejou sobre ele e Eska sentindo
bem satisfeito no seu conjunto, embora a alta resistência à morte não era para ser
desejado.
Ele tinha não rastreado muito distante abaixo o canhão quando ele encontrou o
seguinte quadrúpede, vindo sobre ele de repente onde a trilha girado em torno de uma
curva acentuada na garganta. Ele era trote até a trilha em direção a ele, incapaz de
perfume-o com a brisa soprando momentaneamente o canyon e trouxe-o sob controle no
momento que ele viu. Ele deixou-se de pé sobre suas quatro patas e fui até ele. Foi
consideravelmente maior do que o quadrúpede que ele havia matado, mais curto da
orelha e um completamente diferentes espécies. Ele sondou em sua mente e encontrou
sua inteligência de terceira ordem; muito alta para um animal não-raciocínio.
"Sua mente contém todas as informações sobre a forma dominante de vida?" Eska
perguntou.
"A forma dominante é bípede e este animal vive com dois deles," respondeu Sesnar.
"Tem uma estranha em conta em uma lógica emocional conta."
Ele passou a explicar o carinho do cão para seus mestres e sua afeição por ele da
melhor maneira que podia. Não era uma coisa nova para Sesnar ou Eska — eles tinham
observado dispositivos semelhantes entre outras espécies de sangue quente — mas que
era impossível para eles compreender o desejo de duas criaturas de diferentes espécies
perto uns dos outros e encontrar prazer na companhia um do outro.
Eska demiti-lo sem importância. "Aparentemente o mesmo que a ligação entre os
nativos de Venda e os pequenos animais costumavam manter ao redor antes de nossa
chegada. Ele pode ser denominado uma simbiose das emoções — totalmente ilógico e
não mais do que um outro exemplo de sua inferioridade mental. Que outras informações
que mente do quadrúpede contém?"
"Não é um espécime maduro, mas seus pensamentos são bastante claros. Ele vive
com dois esses bípedes — um macho e uma fêmea — em habitação aqui perto. O
macho bípede é passar esta maneira muito em breve e o quadrúpede tem um forte desejo
para o bípede fazer sua aparição. Ela tem medo de mim mas parece confiante o bípede
irá me matar ou afugentar me."
"Ele não tem dúvida da capacidade do biped para destruí-lo?" Eska perguntou.
"Nenhum qualquer. Embora não possui nenhum conhecimento técnico, é claro e é
incapaz de fornecer-me com todas as informações sobre armas do bípede."
"Eu acho que você vai encontrar a que confiança do animal a invencibilidade do
bípede é devido o respeito do mais fraco para o mais forte", disse Eska. "Uma vez que
as ações e as habilidades do bípede são além da inteligência do quadrúpede para
compreendê-la pressupõe, tendo nenhuma experiência em contrário, que nada pode ser
melhor para o bípede que depende para proteção.
"Agora, se você extrair todas as informações de valor na mente do animal, matá-lo e
esconda-se perto o caminho que é usar o bípede. Uma pesquisa da mente do bípede vai
revelar se existem quaisquer outros bípedes nas proximidades, que não seja o
companheiro do bípede. Se não, você vai capturá-la, também e voltar com os dois a seu
navio. Você então vai lançar um campo de força em torno dessa área e levantar o navio
para completar seu mapeamento do hemisfério oposto. As mentes e corpos a bípede e
seu companheiro podem ser estudado enroute."
"O caminho passa por um denso bosque de árvores de pequenos porte uma distância
muito curta à frente de mim," disse Sesnar. "Que iriam pagar perfeita dissimulação —"
Ele parou, ele pegou a trituração dos passos de dentro das árvores. Ele relatou a
Eska, então assisti o ponto onde a trilha surgiu das árvores. Em alguns momentos, o
criador dos sons apareceu.
"É o bípede."
"Se ele mostra nenhuma hostilidade em relação a você, não trazê-lo sob controle
completo e imediato," ordenou Eska. "Deixá-lo a permanecer em uma semi-trance
hipnótica até que você o questionaram. Ele eventualmente vai perceber que você está
pesquisando sua mente, é claro, e quando isso acontece você vai trazê-lo sob controle
total e proceder da maneira usual. Mas, até que esteja ciente de seu propósito, você pode
extrair informações com pouca dificuldade."
***
Hart pensou Inicialmente que a coisa deve ser uma jibóia que tinham escapado de
um circo. Então ele viu as mãos. Os dois braços brotaram de ombros minúsculos como
dois bullsnakes grossos e terminou nas mãos de lagarto verdes pálidas, o tamanho das
mãos de uma mulher. A parte de frente do corpo foi ereta com a barriga de um amarelo
vitrificado. A cabeça foi amplo e ligeiramente abobadado, balançando no ar cerca de
seis metros acima do solo. Havia algo montado na cabeça da serpente; um objeto plano
com um tubo curto, projetando-se um pouco na frente dele. Ele percebeu apenas
vagamente, sua atenção capturada pelos olhos da cobra.
Eles pareciam possuir uma inteligência, mesmo à distância, e o fascinava. Ele andou
para a frente para vê-las melhor, lembrando a pistola no bolso como algo de importância
ocasional. Os olhos eram muito grandes, morto na cor com aros laranja finos preta.
Havia uma inteligência por trás deles, uma inteligência tão grande como o seu, e ele
podia senti-lo estuda-lo. Algum instinto dentro dele estava tentando avisá-lo —perigo—
mas não foi até ele tinha parado antes da cobra e respirava pesado, nauseante odor de
que quebrou o feitiço.
Cobra! Homens não subir para cobras como um pardal hipnotizado pode fazer —
mas ele só tinha feito isso.
Ele viu a inteligência nos olhos da cobra, para o que era, então; uma avaliação fria,
alienígena com o mesmo desprendimento objetiva com que um entomólogo pode
inspecionar um inseto. Ele não tinha movido e não havia nenhuma ameaça de sua
forma, excepto o alienness dele e a maneira como ele tinha desenhado dele tão
irresistivelmente a ele, mas que foi atenção suficiente. Ele deixe seu slide de mão para o
bolso do quadril e segure o bumbum duro da pistola, não desenhá-lo, mas querendo
pronto se ele precisar dele. Até e se, a cobra fez uma ameaça mover, ele tentaria a
questioná-la. Muito obviamente não era da terra e para matá-lo primeiro e perguntar
depois seria uninformative e estúpido. Ele poderá pretender-lhe nenhum dano; ele iria
esperar e ver e manter a mão sobre a pistola.
Seria mais provável ser de outro planeta do sistema solar. Ele poderia desenhar um
diagrama do sistema solar na areia —não havia nenhum homem perto, mas para Gwen
na cabine— e descobrir de que planeta veio. Vênus devem ser o único, o segundo do
sol —ela deve ser ao longo em alguns minutos—
Ele parou, de repente ciente dos pensamentos aleatórios. Sua mente falou outro: ela
seria depois de agrião e não iria ser armada como ele era —
Ele cortou o pensamento com a realização de refrigeração que a cobra estava
questionando-o. Poderia ser mais nada. Como a fonte de um nervo motor, quando tocou
em um cérebro exposto, vai fazer o músculo correspondente contração muscular, assim
que a cobra estava questionando-lhe; tocando com sua mente em pilhas de memória
adequada, excitando as respostas de memória desejado.
A cobra-coisa queria ele e Gwen. Por que?
As implicações da questão quebraram a hipnose e o instinto de aviso gritava
freneticamente: matá-lo —enquanto você pode!
Seu braço empurrou para chicotear a pistola do bolso — e congelou. Todo o seu
corpo foi abruptamente como imóvel e impotente como se trancado em uma morsa. Ele
não podia mover — ele tinha ouvido o aviso tarde demais.
***
"O bípede tem uma inteligência de primeira ordem", informou Sesnar. "Ficou ciente
do meu controle, antes eu tinha concluído o questionamento e tentou matar-me no
momento que ela percebeu minhas intenções. Eu colocá-lo sob controle total antes que
poderia prejudicar-me, é claro."
"Determinar sua resistência total ao questionamento sob controle muscular,"
ordenou Eska.
Todo o seu corpo do pescoço para baixo foi separado do controle do seu cérebro.
Ele estava de pé diante da cobra e poderia vê-lo assistindo ele, cheirar o odor ele estava
normal e os nervos sensoriais estavam funcionando como sempre. Ele podia sentir o
peso da pistola no bolso e os dedos podiam sentir a bunda dela como prenderam meia
desenhada do bolso. Nervos sensoriais estavam funcionando normalmente, mas suas
ordens aos seus músculos foram sendo cortadas. Sua mente poderia formular os
comandos e tentar enviá-los com todo o seu poder, mas nada aconteceu. Em algum
lugar em seu cérebro, onde o pensamento puro foi transformado em um impulso neural,
a cobra tinha apreendido o controle. Em que estação de retransmissão que seus próprios
comandos foram sendo cortados e comandos da cobra substituídas.
***
Ele tinha cometido um erro grave; ele tinha subestimou seu adversário. Tinha
alcançado para a pistola com a mente aberta, com sua intenção simples lá para a
serpente de ler. Ele deveria ter mantido o pensamento subjugado, deve ter coberto-lo
com outros, mais fortes, pensamentos. Ele tinha aprendido uma lição — talvez não seja
tarde demais. Fisicamente ele era impotente, mas sua mente ainda era dele próprio. Sua
resistência única para a cobra teria ser mental para o momento. No final, se ele fez sem
mais erros, ele pode ganhar o jogo de inteligência e matá-lo antes que ele matou e
Gwen.
Uma pergunta veio da mente da serpente, não o tocar em pilhas de memória como
antes, mas uma pergunta direta.
"Qual é a porcentagem de urânio nas amostras de minério em sua moradia?"
Foi, ele percebeu, um teste da sua capacidade de resistir a questionar. A cobra não se
importaria que o percentual pode ser — foi um teste, o primeiro venceu.
"Por que você quer saber?" ele perguntou.
Resposta da cobra foi tocar rapidamente em pilhas de memória onde colocar a
informação e repetir várias vezes: a percentagem — o percentual—
Três ponto um quatro um cinco nove, ele pensou rapidamente e multiplicar pelo
diâmetro e você tem a circunferência. A circunferência é —a percentagem — o
percentual— o pensamento era insistente, exigindo uma resposta — a circunferência é
pi vezes o diâmetro, e como você gosta dessas cebolas?
A resposta de cobra foi uma maior insistência sobre uma resposta. a percentagem —
a percentagem — a percentagem — Martelou em sua mente, e a resposta estava lá,
ansiosa para responder ao toque da cobra e fazer-se ouvir. Ele estava lá, logo abaixo do
nível de expressão, e ele lutou para mantê-lo lá, submerso, enquanto ele coberto-la com
outros pensamentos.
De acordo com os semanticists, um pensamento não pode ser concebido claramente
sem sua conversão em palavras. Não necessariamente falado, mas o pensamento
concebido com a ajuda das expressões semânticas para delinear, ao pormenor e
esclarecê-lo. Quarenta e um por cento, expressado em palavras, é uma parte muito
definitiva do todo. Quarenta e um por cento como um pensamento não acompanhado
pelo equivalente semântico adequado é uma proporção menor por tempo indeterminado.
Ele não poderia bloquear a cobra de sondagem em suas células de memória, mas ele
poderia deixar a resposta a sondagem evocados permanecem um wordless pensou, uma
impressão em sua mente que foi claro nem a mesmo, mantendo a resposta abaixo do
nível de expressão semântica e cobri-la com outros pensamentos do seu próprio fazer e
falado em voz alta.
a percentagem — a percentagem — Vinha mais difícil, com toda a força da mente
da cobra por trás dele, e ele conheceu ele com cada evasão que ele poderia inventar. Ele
recitou as fórmulas matemáticas para ele, ele disse uma fábula de Esopo, ele deu
porções das leis federais de mineração. A questão implacavelmente acendeu em sua
mente —a percentagem — a percentagem —e suas palavras que manteve a resposta
submergida veio mais rapidamente e mais alto com os momentos, sua concentração
tornou-se mais intensa.
Ele estava dizendo a ele da estrutura cristalográfica de turmalina quando foi
abruptamente fora de sua mente, repousar silenciosamente diante dele, como se meditar.
"Bem", ele perguntou, sua voz soltando a passo normal, "você descobriu alguma
coisa?"
Não deu nenhuma indicação de que ele ouviu falar dele.
***
"A sua resistência ao questionamento é inesperadamente alta", informou Sesnar.
"Tal como todos os animais de sangue quente, seus meios de comunicação vocal e
deixei seus órgãos vocais descontrolada que ele possa acompanhar sua resposta com as
expressões semânticas que daria a resposta a maior clareza. Ele exibiu considerável
astúcia, aproveitando a liberdade dos seus órgãos vocais para usá-los para falar a outros
pensamentos e manter a resposta que desejei submersos."
"A dor vai quebrar sua resistência," respondeu Eska. "A combinação de dor, mais
controle destruirá rapidamente sua capacidade de manter a resposta submergida. Use
seu blaster-menta com cuidado, no entanto, o bípede deve não ser tão gravemente ferido
que é impróprios para interrogatório completo e física estudar quando você levá-la e seu
companheiro para o navio. Use o raio do tipo 4."
***
Ele tinha ganho! O poder da mente da cobra, grande como era, não tinha sido grande
o suficiente para forçá-lo a responder. Foi apenas a primeira vitória — ele ainda foi
mantido tão impotente como antes, mas tinha sido uma vitória. Haveria outros testes,
mas ele sabia, agora, que a cobra-coisa era incapaz de hipnotizando um ser humano. Ele
só poderia assumir o controle do corpo, não da mente.
Flopper estava quinze pés para o lado dele, realizada pelo mesmo controle. Ou mais
ainda — Flopper não poderia virar a cabeça. Ele podia mover os olhos, mas era tudo.
Flopper foi vê-lo agora, medo em seus olhos e um olhar de expectativa esperançosa;
uma fé que seu mestre destruiria a coisa antes deles. Era pateticamente humorístico; Ele
era o Deus do filhote de cachorro e um filhote de cachorro sabe que seu Deus podem
fazer qualquer coisa.
Em seguida, a serpente estava falando com sua mente mais uma vez, muito concisa,
muito ameaçadoramente.
"Você vai me dizer a porcentagem de urânio nas amostras de minério. Você vai me
dizer uma vez e com nenhuma tentativa para submergir a resposta."
Bem, aqui vamos nós outra vez, ele pensou. Ele teve uma premonição desagradável
que desta vez não seria tão fácil — mas ele iria descobrir em breve.
"Ir para o inferno," disse ele.
O tubo na cabeça da cobra brilhava uma violeta profundo e algo parecido com as
lâminas de facas incandescentes esfaqueado no peito e começou a cortar lentamente
através dele. Era um abrasador, queimando de dor que rasgado para baixo de seu
estômago e até sua garganta, para explodir como uma luz branca em seu cérebro.
Aproximava-se novamente a questão —a percentagem — o percentual— amarração em
sua mente como um chicote através do brilho da dor. a percentagem — a percentagem
— A dor se intensificou e rasgou em cada nervo no seu corpo, enquanto a questão
goaded incessantemente: a percentagem — a percentagem — lutou contra ele e o brilho
branco tomou conta de seu cérebro, até que a pergunta era já não uma pergunta, mas
uma faca empurrando novamente e novamente em sua mente enquanto ele era uma
entidade composta por dor e girando em um inferno de agonia, contorcendo-se cego e
estúpido no brilho branco enquanto a questão esfaqueado nele —a percentagem — a
percentagem —
Foi sem sentido, tão sem sentido quanto o seu próprio pensamento em troca: trinta e
cinco por cento, trinta e cinco por cento — Meaningless. Ele tinha ido para lutar contra
algo, ele não conseguia lembrar o que era. Sua mente estava cego pela dor, e ele não
conseguia se lembrar — nada existia mas dor, dor insuportável...
O caos desvaneceu-se lentamente e o brilho branco derreteu. A faca não estava mais
no seu cérebro e o tubo na cabeça da cobra foi cristal branco novamente. Então, ele
sabia que ele tinha perdido.
Seu coração estava batendo violentamente e seu peito era uma intolerável dor e
queimação. Ele olhou para ela. Algo como uma linha de facas afiadas tinha cortado a
meio caminho através dele. Os cortes não foram sangramento — as facas tinham
cauterizado como eles cortaram...
***
"A resistência do bípede foi maior do que o esperado", disse Sesnar. "Eu fui forçado
a cortar e queimá-lo severamente um pouco, mas ainda é capaz de servir o nosso
propósito."
"Vá para o local onde o companheiro do bípede está por vir," Eska ordenada. "Se ela
está lá, retorno com os dois a seu navio. Se não, continue para a habitação e levá-la.
Nada é para ser adquirida pela espera, e há sempre a possibilidade ligeira que outros
bípedes podem fazer uma aparição inesperada. Quanto mais cedo você pode voltar para
o navio com os dois nativos e erguer o campo de força, melhor."
***
Havia um comando da cobra para transformar e avançar. Ele começou a girar, então,
mesmo que o movimento foi iniciado, veio outro comando do cobra: parar.
Ele parou e ficou imóvel. A cobra estava olhando para além dele, algo em zimbros
atrás dele. Toda a sua atenção, mas para seu controle sobre ele, parecia estar em tudo o
que viu. Os segundos fui silenciosamente por como a serpente olhou e como eles
passaram que ele sentiu uma diminuição quase imperceptível do controle; um tremor
fraco para seu braço e a mão como ele tentou forçá-los a obedecer a sua vontade. Algo
nos zimbros foi afrouxando o controle da cobra sobre ele.
Um breve brilho de vermelho dim veio do tubo na cabeça da cobra, existentes em
pouco tempo o suficiente para ser visto e então desaparecendo. Com seu
desaparecimento o controle enfraqueceu-se para o ponto onde ele poderia mover seu
braço. Era como lutar contra o arraste de areia movediça, mas ele poderia movê-lo. Ele
deixou cair os olhos para o destino, o ventre amarelo brilhante onde ele poderia trazer a
pistola com o mínimo de movimento.
A pistola estava quase livre de seu bolso quando a cobra abruptamente voltou sua
atenção para ele; tomando o controle com uma selvageria que rasgou em seus músculos
como um choque elétrico. Seus dedos voaram aberta e a pistola caiu para trás em seu
bolso. Sua mão foi empurrada ao redor e bateu contra a seu lado. A serpente permitido
seus músculos atados a relaxar, então, mas o reforço dos seus músculos do peito tinha
rasgado as feridas e para o que pareceu um longo tempo uma doença e uma negritude
rodado em torno dele, os olhos esbugalhados da serpente pareciam avançar e recuar
através dele.
A negritude dispersos, embora a doença permaneceu, e deixou-o a tontura. A cobra
não estava em movimento e ele poderia, pela primeira vez, pensamentos vagos de
sentido colide com sua mente. Aparentemente a coisa nos zimbros então perturbou a
cobra que era inconscientemente deixar alguns de seus próprios pensamentos chegar
com o controle. Havia uma impressão distinta, que ele estava se comunicando com
outro de seu tipo, mas não havia nenhuma pista sobre a identidade da coisa nos
Zimbros.
"Um animal pequeno de repente apareceu nas árvores atrás o bípede," disse Sesnar.
"Ou seja, eu acho que foi um animal."
"Você pensa era um animal?" Pensamento do Eska foi um silvo de frio. "Qual é o
significado disto? Você não foram enviados nesta missão para desfrutar de adivinhação
—determinar se é um animal. "
"Eu tentei — e eu não poderia!"
"Explique-se. Sinto uma agitação em sua mente. Explicar!"
"Este animal é diferente de qualquer um que já encontrei — se ele é um animal,"
disse Sesnar, sua agitação, tornando-se mais evidente como ele falou. "Eu não posso
determinar o que é porque eu não só não pode controlá-lo —que não posso entrar em
sua mente!"
Eska ficou em silêncio por um tempo. "Isto é incrível", disse ele finalmente. "Não
pode ser! A matemática de Kal, bem como nossos própria séculos de colonização dos
mundos alienígenas, irrefutavelmente provaram que nenhuma criatura warm-blooded
pode resistir ao poder da mente Slistian!"
"Este fiz."
"Talvez", sugeriu Eska, "é uma forma baixa de vida que tem não mente para entrar,
existentes unicamente pelo instinto, como os moluscos fazem."
"É fisicamente muito elevado na escala evolutiva não possuir uma inteligência",
disse Sesnar. "Ele tem a aparência de um animal, mas isto é tudo que eu possa aprender
sobre isso. Eu não posso controlá-lo, eu não posso entrar em sua mente, e — "Sesnar fez
uma pausa, como que temendo revelar o resto. "Ele perturba a minha mente!"
"Impossível!" Eska afirmado categoricamente. "Nenhuma criatura pode perturbar a
mente de um Slistian."
"Fiz um presente", repetiu Sesnar. "Ele me perturba para que eu não posso projeto o
padrão de pensamento em minha menta-blaster. Eu tentei matá-lo, mas apesar de meus
esforços para produzir uma explosão de full-force que eu era capaz de ativar o menta-
blaster para mas um momento e, em seguida, em tal intensidade baixa, que a criatura
nunca senti-lo."
"Sua menta-blaster deve ter desenvolvido um defeito," disse Eska. "Eu me recuso a
acreditar que qualquer criatura assim poderia afetar um Slistian. A criatura ainda está
em exibição?"
"Não. Ele desapareceu quando eu tentei ativar o menta-blaster e agora está me
observando de ocultação das árvores."
"Como você sabe que é?"
"Pode senti-lo me observando."
Eska "seu blaster-menta sem dúvida se tornou defeituoso," disse novamente. "Testá-
lo. Abaixar a cabeça por trás da proteção do bípede e testá-lo."
Sesnar caiu de cabeça baixa e olhos procurou por um destino apropriado. Eles
caíram sobre o quadrúpede, ainda imóvel sob seu controle. Ele serviria o admirável e
era de nenhum outro uso para ele. Com o corpo do bípede entre ele e a coisa nas árvores
a perturbação tinha ido embora da sua mente. Ele sentiu o familiar pensei padrões vêm
facilmente: tipo I, bairro força — fogo!
***
Pensamentos confusos rodou na mente de Hart. Por que a cobra não matou tudo o
que ele viu atrás dele? Começou a fazê-lo — tinha havido o primeiro fulgor dim do tubo
em sua cabeça — e, em seguida, ele tinha parado? Por quê? A cobra tinha sido
perturbada com o que ele viu — por que não tinha ele eliminou?
Ele virou a cabeça, tanto quanto podia, mas as árvores eram diretamente atrás dele e
ele não poderia vê-los. Nem ele poderia dizer o que pode ter sido por reação do Flopper;
costas do filhote de cachorro foi para as árvores, também.
A fé foi ainda em olhos de Flopper. Ele estava com medo da coisa antes deles e não
conseguia entender a terrível paralisia que prendeu, mas ele sabia que com o coração do
todos os seu cão que seu mestre iria ajudá-lo. Então a cobra caiu sua cabeça ao nível do
peito de Hart e olhou diretamente para o filhote. Frenética, implorando a apelação
brilhou nos olhos na Flopper como ele sentiu o que estava por vir.
Houve um flash de azul e branco do tubo na cabeça da serpente e um som de
crepitação. Um sopro de pó escondeu Flopper do vista por um momento. Quando ele
limpou ele estava deitado no chão, quebrado e ainda, uma gota minúscula de sangue
manchando sua boca.
"O blaster funciona perfeitamente, o pensamento padrões são produzidos sem
esforço, quando não estou sob o olhar direto da coisa em árvores", informou Sesnar.
"Prosseguir com o biped para sua habitação," ordenou Eska. "Permiti-lo a manter
sua arma — outra coisa deve aparecer novamente, forçar o bípede para matá-lo."
***
Ele tinha matado Flopper!
Hart sentiu doente com a futilidade do seu ódio para a coisa fedendo, escamosa
antes dele; ele queria, mais do que ele sempre quis qualquer coisa em sua vida, para
chegar a pistola e esvaziá-lo no ventre vitrificado, para assistir a serpente cair e, em
seguida, tramp sua cabeça em uma massa disforme. Ele queria — mas o comando veio
para transformar e ele estava fazendo isso.
Ele se virou e começou a andar para trás abaixo a trilha, a serpente deslizando ao
longo ao lado dele. Eles passaram o mancar pacote pequeno de pêlo preto e branco que
tinha sido Flopper e passou, ignorando o atalho através os zimbros e seguindo o leito de
areia canyon. Foi a coisa ainda tem medo de que ele tinha visto nas árvores? Seu peito
era uma folha de fogo, e seu coração foi slugging pesadamente. Então as árvores foram
atrás deles e eles foram para trás na trilha novamente, passando pelo lugar onde Gwen
tinha a intenção de obter o agrião. Eles estavam indo para a cabine? Eles chegaram ao
lugar onde a trilha escalada o canyon e seu coração bateu mais difícil como eles
começaram até ele. Havia um limite para a lesão e a dor que um homem poderia estar,
não importa quanto ele poderia lutar para ignorá-lo, e ele tinha resistido, prejuízo e dor
de tal forma que seu corpo poderia levar pouco mais do mesmo.
Eles estavam subindo o grau e a cobra poderia ter mas um motivo para ir para a
cabine. Ele queria Gwen; ele queria um par de espécimes da vida nativa para estudar;
espécimes que iria esmagar e examinar como emotionlessly como ele iria esmagar e
examinar uma amostra de minério. Ele não tinha lhe disse, mas ele sabia. Ele seria
forçá-lo a estar lá onde a trilha saiu em cima do banco e o movimento de Gwen para vir
a ele. Ela mesmo agora pode estar começando reunir o agrião; ela seria capaz de vê-lo
facilmente a partir da cabine e ela viria sem dúvida quando ele acenou-lhe para fazê-lo.
Ela não tinha nenhuma razão para suspeitar de qualquer perigo.
Ele teria que fazer alguma coisa —o que? Sua respiração vinha dura e difícil e um
borrão continuava tentando forma diante de seus olhos. Era difícil pensar, mas ele tinha
que pensar. Ele tinha que fazer algo e rapidamente. Ele foi enfraquecendo e seu tempo
de ação foi acabando —
Pare.
Ele parou, a cobra ao lado dele e quis saber por que eles tinham feito o mesmo. Ele
estava olhando acima da trilha, até o topo da subida, e ele sacudiu a cabeça para limpar
as manchas longe de seus olhos. Havia algo cinza lá —
Matá-lo!
Ele viu o que era como sua mão, obedientemente chegou para a pistola. Foi um dos
gatinhos a cinzento. Por que não a cobra matá-lo? Ele pensou de Cascavel, ele havia
matado há muito tempo e ele sabia o que era a cobra-coisa que tinha visto nas árvores,
sabia por que sua mente fria, impiedosa tinha sido tão perturbado.
Matá-lo!
Matá-lo, ele deve matar o gatinho porque a cobra estava com medo dela! A cobra
não poderia matá-lo! Houve uma inundação de esperança por meio dele. Ele tinha um
plano, agora; realizou profunda e vago em sua mente, ele trouxe a mira da pistola em
consonância com a cara do gatinho. Não havia tempo para inspecionar o plano, nem
mesmo a inspeção de hazy sub-conversion teria que ser. Tinha sido ordenado a matar o
gatinho e seus músculos não eram seus próprios; ele não podia desobedecer. Sua mente
era sua própria, no entanto, e ele poderia —
A vista frontal foi na cabeça do gatinho, descrito na visão traseira, e ele fez o seu
pensamento, nítida e clara: esta pistola atira baixa; Devo chamar um grânulo grosso.
Outro pensamento tentou fazer-se ouvir: nenhum — não — ele dispara alto. Ele
afogado com o um de sua própria criação: atira baixo — desenhar um grânulo grosso.
A vista frontal surgiu em obediência para o pensamento que ele estava fazendo nítidas e
claras, a serpente não é possível ler o pensamento que ele estava mantendo submerso. A
visão apareceu no entalhe da vista traseira e ele pressionou o gatilho. O gatinho
assustado desapareceu na escova ao lado da trilha como a bala bati uma polegada sobre
sua cabeça.
eu fiz isso! Lá foi Exultação no pensamento — foi difícil mantê-lo escondido. Havia
um plano que iria trabalhar — ele iria ter trabalhar —
"O que é seu plano?
Pergunta a snake veio dura e frio e os tentáculos acendeu em sua mente —o plano
— o plano —
Sua esperança transformou-se em desespero. Ele deixou parte de seus pensamentos
de chegar até a superfície, e agora a serpente sabia deles —o plano — o plano— o tubo
estava vindo em linha com o peito novamente. Ele, no final, diria a cobra o que ele
queria saber — sua mente seria enviado girando para o brilho de dor e ele deixaria de
ser seu próprio. Mas se ele poderia atrasá-lo por um tempo...
"Eu vou te dizer," ele disse calmamente. Esperou a cobra, o tubo ainda na linha do
peito. "Gatos — eles perseguem ratos," ele passou, coisas suas mente dois; um esforço
frenético para pensar e conversar com calma com a cobra com uma parte e um
planejamento desesperado na escuridão do sub-conversion com a outra parte. "Gatos
perseguem ratos, e eu ia gritar com eles —Susie — cobra!"
Em sua mensagem que ele esperava, com a parte de sua mente que ele mantinha
escondido da serpente, que o tubo seria flash violeta novamente como a serpente
detectado o subterfúgio. Mas não tinha — não para o momento, pelo menos. Susie viria,
ela teve que —
"Eles sempre perseguem estes ratos e a razão que eu mandei para eles —" a cobra
não iria deixá-lo falar bobagem por muito tempo — Susie teria em breve — "enviei para
eles, porque os ratos assustou a esposa do agricultor quando o relógio —" e se ela tinha
ido para trás para a cabine? Se não havia nada para ouvi-lo, mas o gatinho
cinzento?— "atingiu uma. EU — "
"Você está escondendo alguma coisa."
O tubo piscou violeta e sua mente foi cambaleando em brilho branco onde os
tentáculos amarradas como chicotes —o plano — o plano — algo estava dizendo: você
é uma cobra e cobras têm medo de gatos. Liguei para Susie para que você não poderia
usar o tubo — assim poderia matá-lo antes que você poderia matar Gwen e me...
Sua mente saiu fora o brilho, a intensidade ofuscante da dor. Visão voltou e viu a
cobra antes dele, com o tubo, mais uma vez o branco cristal. Ele sabia, agora, do seu
plano — ele tinha resistido o questionamento enquanto ele podia e tudo que ele podia
fazer agora era esperança que Susie tinha ouvido falar dele, que ela estava chegando e
não havia retornado para a cabine, depois de tudo. A cabine foi demasiado longe para
que ela ouviu seu chamado de lá...
A cobra estava assistindo o topo da trilha, suas mãozinhas mexendo. Ele seguiu o
olhar da cobra, para encontrar a trilha vazia. Susie — Susie —pensou —não deixe-nos
agora. É Gwen e eu e talvez todos os seres humanos na terra se essa coisa não é morta.
Apresse-se, Susie e me ajudar, me ajudar para que eu possa matá-lo —
Então, algo apareceu no topo da trilha, algo cinza. Susie! Ela tinha ouvido falar dele!
Ela desceu a trilha sem parar, que flui ao longo do baixo para o chão com os olhos
fixados sobre a serpente. Ela parou de oito pés, falta-lhes, seus olhos de pedra dura e
inabalável em seu olhar.
Matá-lo.
Havia um toque de emoção ao comando desta vez; um toque de urgência onde,
antes, os comandos da cobra tinham sido tão imparcial como seu próprio rosto duro-
dimensionada.
Novamente sua mão levantada a pistola, mas desta vez sua vontade foi atrasando um
pouco. Não muito, mas um pouco. Susie não era um gatinho; ela era um gato maduro
com desprezo do gato maduro para serpentes. Um gato, mesmo um gatinho,
instintivamente sabe a diferença entre uma cobra inofensiva, como uma serpente de
garter e uma cobra venenosa, como uma cascavel. Um pequeno gatinho vai matar uma
cobra garter mas não abordará uma cascavel até que adquiriu a necessária força,
velocidade e experiência. Para todas as suas dimensões, a cobra-coisa antes Susie ainda
era uma cobra; uma cobra sem presas. Não pode prejudicá-la, exceto pela força física e
para isso teria que se mover mais rápido do que ela fez. Toda a sua experiência tinha lhe
ensinou que não cobra poderia nunca igual a própria coordenação do relâmpago. O
efeito de seu olhar sobre a serpente seria muito mais forte do que a de um gatinho; que
era mais forte tornou-se evidente pela maneira em que sua mão estava trazendo a pistola
tão lentamente. Ela não pode prejudicar a cobra, mas tal não seria necessário. Ela tinha
apenas se sentar lá e atormentar a sua mente com seu olhar frio — no final a cobra-coisa
mente e vontade iria quebrar, seu medo se tornaria tão completo que ele perderia todo o
controle sobre ele. E, em seguida, ele iria matar a coisa —
Matá-lo!
O comando era mais urgente, e ele estava levantando a pistola mais rápido, apesar
de seus esforços para prendê-lo de volta. Levaria tempo para seu olhar totalmente afete
a coisa e não ia permitir que. Os locais estavam vindo em linha com o rosto de Susie —
toda a sua vontade não poderia interromper o movimento e ele ia matá-la. Quando ele
atirou-a, ele iria destruir a única esperança de sobrevivência — quando ele puxou o
gatilho ele seria matar-se e Gwen tão certamente como embora o focinho era contra suas
próprias cabeças. Ele tentou o subterfúgio de pensar a pistola tiro baixa, mas ele falhou.
Sua mão trouxe a vista frontal lá em baixo no entalhe da visão traseira e seu dedo que
apertou o gatilho. Concentrou-se sobre o movimento do dedo, esquecer tudo o resto no
esforço para atrasar o aperto do gatilho. O comando veio novamente: matar — quebrou
e ele sentiu o controle diminuir.
Ele veio mais uma vez, mas de forma diferente: matá-los!
-Los? a pistola caiu e não estava mais na linha de Susie. Ele olhou para a trilha e vi
o porquê; os dois gatinhos cinzento foram trote abaixo a trilha. Eles pararam ao lado de
sua mãe, uma de cada lado da suas e seus olhos tão friamente com a serpente como dela.
Nenhum comando adicional veio para o tempo e mãos a serpente vibrou com
nervosismo maior. A pistola ainda estava em sua mão, mas o focinho havia caído para o
chão. Havia seis olhos verdes assistindo a cobra agora, e ele estava ficando preocupado.
Gostaria de tentar outra vez — ele teria que tentar novamente e em breve. Demorou
pouco tempo para o olhar de um gato para quebrar uma cobra e a serpente sabia disso.
Era uma cobra e havia algo sobre a mente impenetrável de um gato que ele temia —
mas era inteligente e sabia que ele ainda poderia escapar se ela agiu rápido o
suficiente...
Cascalho sacudiu para baixo a face do penhasco que costas foi contra. Ele torceu o
pescoço para olhar para cima e viu o gatinho amarelo, fazendo o seu caminho ao longo
da borda sobre sua cabeça. O gatinho parou apenas sobre ele e havia oito olhos frios
assistindo a cobra. Três gatinhos para ir, ele pensou, e, em seguida, alguém vai se
machucar. Havia outra amarelo e o vermelho, e a grande envergadura avistou um
deveria ter sido o que a cobra vi nas árvores — deve vir até a pista de qualquer
momento.
Mais cascalho caiu de borda acima dele; o outro um amarelo. A serpente foi
correndo seu ápice dos gatinhos na borda para Susie e os dois ao seu lado e não viu o
trote de um manchado a trilha e parar perto do fim de sua cauda longa e fina. O
vermelho um estava em um manchado do salto e parou ao lado dele.
Houve um tremendo para as pernas, como o controle diminuiu. A cobra estava
quebrando — ele não podia levantar a arma para atirar a serpente; ele não poderia forçá-
lo a disparar os gatos. Ele sentiu uma alegria através da doença e dor. A cobra iria
quebrar logo, iria quebrar e transformar a fugir. Quando ele fez o controle desapareceria
e ele iria matá-lo. Ele iria esvaziar a pistola para as bobinas verdes malhadas dele...
"Soltar a arma!"
A mão tentou espalhar aberta para soltar a pistola e tentou forçá-lo a cerrar a pistola
mais apertada. Se ele largou a pistola, a cobra iria colhê-lo e usá-lo para matar os gatos
— mas os dedos estavam obedecendo o comando, eles estavam espalhando distante.
Ele rapidamente falou: "Você sabia que existem dois mais no seu rabo?"
Ele tinha o efeito que ele esperava a serpente desviou seu olhar para os dois gatinhos
e, em seguida, houve uma enxurrada de movimento como Chantilly sua cauda longe
deles e mais perto de seu corpo.
Seu aperto foi mais firme sobre a pistola e pela primeira vez, que ele sorriu para a
cobra. "Desconcertante, não são?"
***
"Há sete das criaturas", informou Sesnar. "Eu não tenho certeza se eles podem me
prejudicar fisicamente — eles exibem uma total falta de medo, como se eles podem
possuir algum poder para destruir-me de que eu desconhecia. O bípede agora se tornou
uma ameaça; Eu estou perdendo o controle dele e quando meu controle enfraquece
suficientemente pretende me matar. É muito forte para mim tirar a arma da sua mão,
mas ele está enfraquecendo rapidamente dos efeitos de suas lesões. Tão logo ele
enfraquece suficientemente, tomarei a arma longe. Desde que a arma de primitivos do
biped opera por controle manual, pode usá-lo para matar as outras criaturas. Estou indo
agora para liberar o bípede de todo o controle, mas a mão que segura a arma. Isso fará
com que ele Sinta-se a extensão de suas lesões e reduzi-la a impotência muito
rapidamente. Meu controle, propriamente dito, agrava-se constantemente, mas o bípede
é tão gravemente ferido que não tenho dúvidas que vai ser indefeso muito antes de meu
controle sobre ele é completamente desaparecido."
***
Ele estava de costas para o precipício, seus pés se espalhou um pouco, quando o
controle sobre tudo, mas a mão de repente desapareceu. Joelhos virou-se para borracha
e ele caiu de volta contra o penhasco. Ele não tinha percebido, seus músculos estavam
sob o controle absoluto da cobra, quão fraco que estava. Costas colidido contra a falésia
e ele preparava a seus pés, empurrando tão duramente como permite a sua fraqueza
contra o penhasco para se manter em pé. Não era suficiente e ele começou a cair, sua
espinha dorsal raspagem junto a face de pedra áspera. Por um momento uma dobra em
sua camisa pegou uma projeção e o apoiou, então ele deslizou fora e ele caiu no chão
em uma posição agachada. Parecia que ele caiu com um frasco de terrível e inferno
rippled em seu peito. A doença que inundou-lhe e o blur nublado seus olhos. Ele
colocou toda a sua vontade em um pensamento: Mantenha apertado para a pistola!
O blur desapareceu e ele podia ver a cobra, sua cabeça agora acima dele. Ele estava
sentado com as pernas dobradas debaixo dele e seu coração era um pequeno flub flub
dentro dele. Ele estava suando o suor frio de choque e a mão que realizou a pistola foi
não mais tan mas uma estranha cor acinzentada. Ele assisti-lo e esperei, esperando que o
feitiço iria passar antes que a cobra percebi quão fraca estava.
O pior do que ele fez passar e um pouco de cor voltou para sua mão. Aliviado da
carga fornecendo as pernas com o sangue, seu coração começou a bater um pouco mais
forte, e retirou-se a escuridão que havia girava em torno dele.
A cobra foi em uma bobina próxima a poucos metros antes dele, as bobinas de
deslizamento e deslizando juntos e os braços de serpente-como uma sucessão de
ripplings nervosa.
"Medo, não é?" ele perguntou. "Você precisa de um cão — gatos executar de cães."
Ele manteve a sua mente livre de pensamentos de superfície, dando informações e
passou a isca ele. "Você poderia facilmente controlar um cachorro e forçá-lo a perseguir
todos estes gatos longe."
A cobra fez a pergunta que ele esperava. "O que é um cão?"
"O animal que você matou era um cão".
Ele lamentou que rosto inexpressivo da serpente impediu sua vendo o efeito da
divulgação, mas o pensamento seria desagradável amargor na mente da cobra. Não tinha
nenhuma emoção — mas um. Foi uma emoção que ele tinha que ter; o medo da morte.
Sem que uma espécie nunca iria sobreviver. Ele estava com medo, agora e quanto maior
seu medo tornou-se, tornaria mais fraco seu controle sobre ele. Ele que não tem tempo
de sobra; a escuridão apenas tinha retirado um pouco e ele manteve ameaçando
precipitar-se sobre ele. Ele teria que combatê-lo melhor que ele poderia e ao mesmo
tempo, fazer o que ele poderia para aumentar o medo da cobra.
"Gatos", disse a ele. "Você tem medo deles e não eles tem medo de você. Você sabe
por que não eles tem medo de você?"
"Por que?" A questão era como um silvo rápido, intenso no seu desejo de saber.
"Perguntar-lhes," ele respondeu. "Eles sabem; eles podem dizer. Pergunte-lhes —
olhar para eles, entrar em suas mentes e saiba por que eles não temerá. Vá em frente, vá
em suas mentes — "
Um fio de escuridão estendeu-se a nuvem de seus olhos e ele esperou por ele passar,
segurando apertado para a pistola. Retirou-se da escuridão e ele repetiu: "vá em frente,
vá em suas mentes. Queimá-los como você me fez-fazê-los dizer-lhe — vá em frente —
experimentá-lo. " Ele sorriu até a serpente, torcida e mirthless. "Eles sabem o que está
acontecendo em sua mente; eles sabem como eles estão quebrando você sem nunca
tocá-lo. Por que você não entrar em suas mentes e Saiba porque eles te odeiam e
prendê-lo em desprezo? Olhar em seus olhos — ir profundamente em suas mentes e ver
o que você encontra... "
A nuvem veio novamente e ele deixou sua voz trilha para se concentrar na
exploração para a pistola.
***
"O bípede não enfraqueceu ainda?" Eska perguntou.
"Ele está enfraquecendo muito rapidamente, embora não ainda impotente,"
respondeu o Sesnar.
"Podemos ousar tomar sem riscos — esta situação absurda deve ser sanada
imediatamente," Eska informou-lhe. "O padrão de pensamento de seu blaster-menta no
arquivo e será dado a mesmo e os outros oito membros do Conselho de colonização
apresentarem aqui. O projetor de gravação está a ser criado agora. Assim que são
efectuadas as ligações de passado o padrão de seu blaster serão projetadas para você
com o poder das nove mentes do Conselho de administração por trás dele. Uma vez que
nenhum de nós está sob a influência das criaturas antes de você, a projeção de padrão
será de absoluta precisão e poder irresistível. Sua própria mente precisa servir apenas
como o portador. As conexões finais estão sendo feitas agora e você receberá a projeção
padrão a qualquer momento."
***
Ele sacudiu a cabeça, tentando conduzir afastado a escuridão. Ele retirou,
lentamente e com relutância, pairando perto de fechar nele novamente. Seu tempo
estava acabando — toda a sua vontade e determinação não poderiam segurar
inconsciência por muito mais tempo na baía. Tempo — ele precisava de mais tempo.
Susie e os gatinhos estavam fazendo o melhor que podiam, mas sua única arma era o
olhar verde de seus olhos. No final eles iria quebrar a serpente — mas ele teria que estar
lá para matá-lo quando eles o fizeram. Se ele perdeu a consciência, tudo estaria perdido;
a cobra iria usar a pistola para matar os gatos, ele iria para a cabine onde Gwen foi...
Ele precisava de tempo e ele não poderia tê-lo. Ele teria que trazer todos para um
confronto rápido — no pouco tempo que ele tem. Talvez se os gatos eram mais perto...
Ele chamou de Susie. Sua voz era um vago murmurar e ele tentou mais uma vez,
deixar claro. "Susie, vir aqui — cobra, Susie —cobra!"
Ela veio em seu chamado, com o mesmo silêncio, movimento de fluxo. Parou
próximo ao lado dele, tão perto que seus bigodes agradado as costas de sua mão que
realizou a pistola como ela olhou para cima na cabeça da cobra e contorcendo braços
dela.
***
"O bípede tem chamado a maior das criaturas ao seu lado", informou Sesnar. "Eu
posso ver nada sobre a criatura capaz de prejudicar-me, mas tenho a sensação de uma
ameaça distinta — uma total falta de medo. Ele deve possuir alguns meios de
prejudicar-me de que não tenho conhecimento, caso contrário ele não iria mostrar esta
completa falta de medo. O efeito de seu olhar sobre meu controle sobre a bípede é
consideravelmente maior desta perto e eu tenho medo de adiar por mais tempo. Tenho a
certeza de que o bípede enfraqueceu agora suficientemente para mim tirar a arma da sua
compreensão. Eu não posso esperar mais ou meu controle sobre ele será completamente
desaparecido. Projeto meu padrão de menta-blaster logo que possível mas deve tomar a
arma do bípede agora e matá-lo e as outras criaturas."
"As ligações foram feitas e a carga é construir o revezamento agora", disse Eska.
"No momento em que atinge todo o potencial receberá o padrão".
***
A serpente estabeleceu-se menor em suas bobinas até que sua cabeça estava mal um
pé maior do que o seu próprio. "Quero falar com você", disse ele, inclinando-se para a
frente um pouco em direção a ele. "Não pretendo você nenhum dano."
Subterfúgio! o conhecimento antecipado da intenção da cobra foi um choque
elétrico através da névoa de dor e doença. Subterfúgio— ele estava tentando colocá-lo
desprevenido, um pouco antes de ele roubou a pistola de sua mão.
O confronto havia chegado.
Mudou-se com toda a rapidez desesperada que permitiria sua fraqueza, tentando
trazer a mão esquerda tempo de ajudar a sua mão direita ainda controlado nos
apegarmos a pistola. O movimento começou mal quando a mão da serpente piscou para
fora. No mesmo instante, ele ordenou com toda a força sob seu comando: "liberar a
arma!"
Susie reagiu então, instintivamente e instantaneamente. Foi além de sua capacidade
de entender que a serpente queria somente a pistola; que ele não queria nenhum contato
com ela. Ela tinha sido esperando e observando, seus olhos e corpo coordenado como
uma máquina perfeita e pronto para agir no instante ultra-rápida de seu comando. O
braço de serpente disparou em direção a ela, como uma cascavel de greve, e ela
respondeu a sua ameaça, como ela faria para a greve de uma cascavel. Sua mão foi
ainda quatro polegadas da pistola quando sua pata fez sua barra invisivelmente rápida e
as garras afiadas colocou a mão macia-escalada abrir em quatro talhos longos.
Ele virou seu corpo volta para a barra de suas garras e o controle sumiu de repente,
algo como um grito vindo através do canal onde tinha sido. Foi silenciosa, mas era
terror, completa e absoluta.
Agora! a barriga amarela vidro foi antes dele e o controle tinha ido embora. Ele
levantou a pistola, estimulado pelo medo frenético que a cobra retomaria o controle
quando a vitória era apenas uma fração de segundo. Acima, onde o esmalte revoltante
estava tão perto dele — e em linha — a pistola Latia, cruel e selvagem, e a serpente
balançou o impacto, uma pequena, redonda de buraco no esmalte. Para cima e fogo —
para cima e fogo — era como ele tinha queria que fosse quando a serpente prendeu
indefeso; como ele levantou a pistola e disparou, criados e disparou, os pequenos
buracos negros correu até a barriga vidro enquanto a cobra balançando dos impactos e
inclinando-se mais distante para trás, por sobre a borda da trilha. Havia seis dos buracos
negros pouco nele quando ele derrubou e caiu no desfiladeiro abaixo.
Ele ouviu a batida dele como ele bateu no fundo e ele rastejou até a borda da trilha
para olhar para baixo para ele. Ele estava deitado na areia do chão canyon, enlear sem
rumo, às vezes o verde escuro para trás e, às vezes, de barriga amarela brilhante para
cima.
Foi torcendo e girando como todas as cobras mortas; ele estava indo a lugar
nenhum; já não era uma ameaça.
Ele se afastou e viu que Susie e todos os gatinhos foram alinhados ao lado dele,
olhando para a coisa que tinham ajudado a matar.
"Eu acho", disse a eles, "que o gato velho com fome e os gatinhos magras deu uma
casa para uma noite fria, chuvosa tem reembolsado nos."
***
Ele ainda estava no hospital depois de nove meses, com um mês de lançamento —
quando foi concluída a primeira espaçonave da terra e a cerimônia de batismo. Navio do
cobra-coisa possuía todos os tipos imagináveis de arma, bem como a unidade do hiper-
espaço e os militares deram ordens e prioridade ilimitada, para criar uma frota de
Interceptor de hiperespaço. Tinha havido fitas e registros no navio que não tinha
deixado nenhuma dúvida quanto à missão do cobra-coisa. Indústria tinha combinado
gênio e produção em massa para fazer o impossível; tinha despejou o primeiro
interceptador completo e totalmente armado em menos de nove meses.
Gwen fez sua visita diariamente na tarde do dia do batismo do navio.
"Este será o carro-chefe, acho que você iria chamá-lo," ela disse. "Agora que eles
estão utilizou ferramentas de produção, eles dizem que vai despejar um navio por
semana."
"As coisas podem tentar de novo," disse ele. "Eu não acho que eles vão por algum
tempo; Quando Susie atingiu a cobra ele deixa sua mente aberta à minha própria mente
por um momento — não só sua mente, mas eu podia sentir os pensamentos dos outros
que foi na comunicação com — e eles estavam com medo. Mesmo os outros estavam
com medo, medo, porque o aqui foi aterrorizado por algo que não conseguia controlar
ou entender. Eu acho que essas coisas de serpente tem onde eles estão, pela lógica pura,
sem emoção; Eles passou a ser um formulário mais velho da vida do que as que
conquistaram do universo e seu conhecimento de coisas físicas, tais como armas, era
maior. Suponho que eles tinham planos para, finalmente, conquistando todo mundo
habitável da galáxia. Eles estavam totalmente sem dó nem piedade em seus planos; só
eles, tinham direito à vida, porque, só eles, desenvolveu métodos de destruir todas as
outras formas de vida. Eles sabiam tudo sobre leis da física e eles fizeram uso de seu
conhecimento para desenvolver armas que tornaram invencível. Mas eles desconsiderar
o que gosto de pensar que é uma lei superior a qualquer um, eles sabiam: a lei que
nenhuma espécie sozinho, tem o direito de sobrevivência. "
Gwen sorriu para ele. "A lei que leva as pessoas a sentir pena de cães e gatos
perdidos e com fome e quer dar-lhes uma casa. É uma boa lei, e não tem que ser escrito
para baixo para as pessoas; é apenas a nossa natureza como se fosse a natureza dessa
coisa de cobra para ser fria e lógica em tudo o que ele fez."
"E sua lógica fria causou a morrer," ele disse, "com ele, mesmo que ele morreu,
ainda estranhando nosso afeto ilógico para outras criaturas. E falando de outras
criaturas; como é Susie levando toda a publicidade e a fama?"
"Ela é completamente unphotogenic e desnorteada além. Ela só quer continuar
sendo um gato comum e ela não consegue entender por que todas as pessoas continuam
a chegar para vê-la e tirar sua foto.
"Bem — afinal, ela não pode saber o quão importante era a coisa que ela e o
gatinho. Que coisa era uma cobra e ela foi um gato; ela apenas fez a coisa habitual,
normal para um gato a fazer."
"Ela era procurado no navio baptizado hoje, também," disse Gwen. "Eles queriam
ela existe para percorrer todos os canais de televisão. Eu tive que colocar meu pé para
baixo do plano da idéia, embora".
"Porquê?"
Gwen sorriu novamente. "Porque ela estava muito ocupada fazendo outra coisa hoje
que é a coisa usual, normal para um gato a fazer — ela estava tendo gatinhos."
O abismo entre
Nota do editor: O pano de fundo para as histórias de Godwin de é um
universo que é frio e impiedoso. Mais assim do que qualquer demônio,
porque é uma falta de misericórdia que decorre do fato de que o
universo simplesmente não se importam. Avanços técnicos, o que quer
que seus benefícios, não fundamentalmente alterar essa triste realidade.
De formas diferentes, esse tema está no centro das duas últimas histórias
desta antologia.

1
Ele estava morrendo!
O medo inundou-lhe novamente, escuro e sufocando e fez pior por sua incapacidade
de se mover. Seu médico estava de pé perto dele, vigiando-lhe com olhos escuros,
pacientes, sabendo que ele estava morrendo. Quando um homem está morrendo, deve
haver conforto na presença de um médico que sabe como salvar sua vida. Seu médico
sabia que ele estava morrendo e já tinha feito a coisa que deveria ter guardado ele da
morte; o médico tinha informado o piloto de sua condição através do painel de
comunicações do piloto. Eles tinham riam para ele para uma eternidade sem fim:
observador morrendo de efeitos de aceleração completa. SUGERE-SE A REDUÇÃO
IMEDIATA DE ACELERAÇÃO.
Seu médico o vi morrer com olhos escuros, ninhados e sugeriu ao piloto que a
aceleração seja reduzido.
Mas o assento do piloto estava vazio.
Ele foi o piloto, e o médico sabia que...

Tenente cavaleiro achatado-se atrás do afloramento no cume varridas pelo vento e


levantou a cabeça para olhar em toda a bacia pequena colina 23, surgindo cicatrizado
vermelhas e proibindo a chuva coreano; enganosamente, ameaçadoramente calmo como
se ousada empresa C retomar seu espancamento vão para ele.
"Não olhar perigoso, não é?" Sargento Wenden perguntou, seu arbusto de barba
preta e cinza perto da terra como ele arrastou-se ao lado do cavaleiro. "Real, calmo e
tranquilo. Bom velho Hill vinte - três — tudo o que tem que fazer é levá-la. "
O azul do Pacífico brilhava além Hill 23; se poderia tomar a colina ele iria destruir
um dos últimos remanescentes de uma das últimas às inimigas praias na costa do
coreano. Não seria difícil — se Cullin só iria esperar mais um dia até que a empresa B
surgiu.
"Eu tenho uma idéia que não querem desistir dessa colina," passou o sargento. "Que
é sua última; suas costas estão para o mar e eles estão indo para discutir sobre Givin '-lo
".
Cavaleiro não respondeu, estudar o terreno da colina e da bacia que estava entre;
planejando o melhor caminho para o quarto pelotão, a melhor maneira de dar-lhes uma
chance de lutar.
"Sim, real calma e pacífica," o sargento loquaz repetido. "Gostaria de saber se seus
atiradores sabem que está olhando sobre a crista no-los?"
Sua resposta veio meio segundo mais tarde. um surto de pó de pedra, como uma
bala atingiu entre eles e um grito estridente como ele ricocheteou afastado.
"Acho que eles fazem," ele grunhiu, soltando seus bigodes scuttling e baixas para
trás da crista do cume. Seguido de cavaleiro, e deslizou-se ao fundo a pequena gulch
que correu atrás da crista.
"Claro," o sargento falador comentou filosoficamente, mordendo fora uma mascar
tabaco, "balas vai ser snappin'à nossa volta em mais uma hora, mas não há nenhuma
razão para convidar um deles bater-nos qualquer mais cedo do que ele tem para."
Cavaleiro começou para trás para baixo a gulch enlameado e o sargento vagou ao
lado dele, não atentando para seu silêncio. "Os outros caras estão prestes a chamar essa
guerra um empate, ouço. Com exceção de Coréia, aqui, nem nós nem eles está fazendo
avanços e dizem que as chances de um armistício é muito bom. Espero que sim; Eu
tinha toda a guerra que eu quero e eu já tenho ele figgered fora como eu vou sossegar na
Flórida e criar galinhas — ou Somethin '. Desejo que eles iria declarar o armistício
agora — eles estão escavados que colina e a quarta é Goin ' ter um inferno de um tempo
tentando ser o chamariz e desenhar seu fogo e nem todos nós ser mortos. " Ele scowled
em cavaleiro, sua atitude filosófica, transformando a ira. "Muitos homens estão indo
para morrer em breve e sem motivo. Empresa B será até hoje à noite — por que não
posso esperar até amanhã? "
Cavaleiro deu de ombros. "Ordens".
"sim — ordens!" O sargento bufou disgustedly. "Nossa capitão Cullin quer sua
empresa tomar que hill hoje, então ele pode dizer sede de batalhão para não se
preocupar sobre sendin' qualquer apoio, que tomou o Morro sozinho. Em seguida, he
figgers, quartel-general ficará tão impressionado sua capacidade de fazer tanto com tão
poucos homens que eles vou recomendar ele eleva-se a principal. E , em seguida,"— o
sargento cuspiu violentamente —" ele vai ter um batalhão inteiro dar ordens a, ' lugar de
apenas uma empresa! "
Cavaleiro que metade ouviu o sargento enquanto caminhavam ao longo, seus
pensamentos ocupados com o papel de suicida que seus homens teria que jogar. Eles
seriam o chamariz, como disse o sargento, deliberadamente e talvez fatalmente desenho
a concentração de fogo inimigo sobre si.
" . . . "Eu sou um homem do Exército Regular, disse o sargento. "Eu estive neste
jogo há trinta anos, mas eu não nunca viu um oficial como Cullin. Tudo o que ele pensa
é ele mesmo e sua própria glória. Ele deixou claro para nós que ele foi quando ele
assumiu a empresa. 'Um soldado só é tão bom quanto sua capacidade de obedecer
ordens', diz ele. 'Homens pretende ser soldados,', diz ele, ' e não haverá nenhum
questionamento de qualquer ordem dada a você. Eu quero e terei, absoluta obediência e
disciplina,' diz ele — "
Chamariz.
Seria absurdo, desnecessário abate do quarto pelotão. Permitiria o resto da empresa
para tomar a colina, mas o ataque prematuro não era necessário; o inimigo tinha as
costas do Pacífico e poderiam retirar-se não mais. Eles poderiam recuar não mais longe,
e eles certamente não ousaria ataque.
Por que tinha Cullin escolhido o quarto pelotão como o engodo? Foi por causa do
ódio entre si e Cullin? O quarto foi seu pelotão; enviando-o em uma missão suicida
Cullin pode adicionar o sabor de vingança para o doce sabor da glória.
O quarto foi seu pelotão, e entre ele e os homens da quarta foi o vínculo que tinham
soldado meses de perigo comum; a ligação dos irmãos de armas que às vezes é maior do
que a dos irmãos de sangue. Não dão seu ouro barras de segundo-tenente continência de
respeitosa qualquer parada; em vez disso, eles respeitaram-como um homem, como
Armando que slogged através de lama e chuva ao lado deles, que comeu rações
comeram, que conhecia os seus nomes e humores, que foi com os duros veteranos de
combate e as recolocações jovens nervosas. Não tenente cavaleiro; Reginaldo apenas, a
quem alguém às vezes viria na véspera da batalha e dizer: "este endereço aqui — é
Mary. Se eu não sou tão sortuda desta vez, eu desejo que você escreveria seus algumas
palavras. Apenas diga a ela que eu queria ver ela novamente, mas... bem, basta dizer
que eu disse... o que eu disse — Aw, inferno, Armando — você vai saber o que dizer. "
Ele ia sentar-se à luz de uma lanterna de gasolina nas noites depois da batalha e
escrever as letras; não só para o que lhe tinha perguntado para mas para todos aqueles
que tinha sido "não tão sortuda." Eles eram difíceis de escrever, aquelas letras. Em
breve, agora, se ele próprio não estavam entre aqueles não tão sortudo, ele teria mais
para escrever — muito mais do que nunca.
" . . . O que você diria o causou, Reginaldo?"o sargento estava pedindo.
"O quê?" Cavaleiro trouxe sua mente para o presente. "Como foi?"
"Eu digo, você toma um homem como Cullin — o que você acha faz com que ele
agir dessa forma? Você precisa saber-você sabia-lhe quando você tinha dois filhos, não
é? "
"Eu conheci-o mais da minha vida, desde o tempo nós éramos uns seis anos de
idade," Knight respondido. "Ele sempre foi muito como ele é agora — mesmo quando
criança ele queria manda as outras crianças e torná-los a fazer coisas para ele. Não sei
por que ele ainda não amadureceu emocionalmente também fisicamente. Um psiquiatra
pode ser capaz de rastrear a algo — eu sou um engenheiro de computação, descabido a
infantaria, e não um psiquiatra. "
"Bem, se eu era um destes psiquiatras, claro que peço-lhe se ele vez que não tem um
conjunto de soldados de madeira que ele gostava de jogar com o melhor do que
qualquer outra coisa. Esse é o tipo de soldados que ele quer que todos nós ser —
manequins de madeira que não ousam mudar a menos que ele diz. "
Eles vieram até a foz do gulch e cavaleiro parou ao lado de uma árvore lascada. "Eu
tenho que ir até onde ele tem a sua sede para um briefing de última hora", disse o
sargento. "É um pouco mais de uma hora, ainda, para toda a gente pode também levá-lo
fácil até então. Estarei junto em poucos minutos."
O sargento estiquei o pescoço para olhar passado cavaleiro com interesse repentino
e funesto. "Aí vem ele agora, abaixo do segundo. Acho que ele está fazendo as rondas
pessoalmente neste momento." Ele scowled no capitão se aproximando então, apressou
seu curso tal que apenas seus passos longos, rápidos impediram uma reunião presencial.
***
Cavaleiro esperou ao lado da árvore e capitão Cullin caminhou até ele; um homem
grande, mais pesado que o cavaleiro e quase tão alto, com uma impaciência arrogante
para o arco de seu nariz e implacável no conjunto da mandíbula grossa e a frieza de seus
olhos.
Ele parou antes de Knight, com um olhar após o sargento rapidamente
desaparecendo e acidly, disse: "Se os homens em minha empresa poderiam ser
invocados para exibir tanta determinação quando enviado numa missão como seu
sargento agora exibido para evitar saudar-me, eu acho eu tinha uma unidade de combate
de primeira classe."
"Ele é um bom homem — nenhum melhor," Knight disse. "Ele só não acontecerá se
sentir como em curso para qualquer tal melodrama como: 'Nós, who are about to die,
salute you!' "
"Muito inteligente", Cullin disse friamente. "Apesar de sua sagacidade, em suas
implicações, é um pouco melodramática, propriamente dito. Mas suponha que falamos
de algo um pouco mais importante — a ação de seu pelotão na tomada que hill. Eu
mudei o ataque até meia hora. Os outros pelotões já estão ocupando cargos como
avançado como possível até que seu próprio pelotão Desenha o fogo inimigo. "
"Eu só vim para baixo fora do cume," Knight disse. "Eu sei que a configuração da
terra e eu tenho suas ordens como dado a mim pelo tenente Nayland; para atacar como
melhor podemos ao longo do chão sudoeste da colina e manter o inimigo ocupado
enquanto os outros três pelotões fecha seus flancos. Mas a estratégia é seu próprio,
então estou ouvindo se você tem alguma coisa a acrescentar. De você, recebo o
narcótico diretamente da boca do cavalo."
Neddylation olhando no cavaleiro, rígido linhas ao longo de sua mandíbula e o ódio
profundo de gravação de volta em seus olhos.
"Eu quero lembrá-lo, Knight," ele disse no passado, "que você é meu subordinado
oficial. Promoções do oficial são geralmente em proporção direta à sua capacidade, e ao
mesmo tempo, recebemos bares do nosso segundo-tenente — Lembre-se? Eu sou um
capitão, agora, no comando de uma empresa; você ainda é um segundo-tenente no
comando de um pelotão. Eu sou o comandante e manter que fato na mente em todos os
momentos. Você irá conter sua sagacidade, limitar-se a obedecer ordens e me estender a
mesma cortesia que eu exijo de meus outros líderes do pelotão. É claro que?"
"Muito claro", respondeu o cavaleiro. "Suas ordens têm sido e serão, obedeceram.
Quando na presença de outros eu vou continuar a observar todas as regras de cortesia
militar, como eu tenho no passado. Mas conheço você muito longo e muito bem ter
qualquer desejo de passar por aquelas palhaçadas quando eu e você está sozinhos."
"A disciplina não é um antic," Knight. "O objetivo da disciplina é a condição do
soldado em obediência eficiente. Você irá obedecer-me com cortesia militar completo e
você não irá presumir uma igualdade comigo por causa de nossa amizade passado."
"Nossa amizade passado é um longo caminho passado, e tenho certeza que nenhum
de nós tem qualquer desejo de sempre renová-lo. Eu gostaria de lhe fazer uma pergunta,
embora — por que nos atacar hoje quando empresa B será até hoje à noite? "
"Por uma razão muito boa, porque eu pedi-lo," Cullin disse categoricamente.
"Isso é tudo?" Cavaleiro perguntou.
"O que é suficiente. Não é exigido para buscar qualquer outro motivo."
"' Deles não a razão por que — «... isso é o que você quer, não é?"
"Isso é o que eu pretendo ter."
"Esperando apoio B você não pode ganhar folhas do qualquer grande carvalho, mas
você pode salvar um monte de vidas. Não há nenhuma pressa sobre tomar essa colina
— o inimigo não vai a lugar nenhum. "
"Mantenha seu Conselho a mesmo, cavaleiro. Vítimas são esperadas em qualquer
unidade de combate e esta empresa continuará a ser uma unidade de combate, enquanto
eu estou no comando dele."
"Então dê suas ordens," Knight disse resignadamente frágil. "Vejo que eles estão
seguidos, independentemente do que eu penso deles."
"Veja que você faz. Isso é o que eu quero fora de seu pelotão, e eu não vai tolerar
qualquer desvio dessas ordens — "
2
Quanto tempo ele foi um cérebro vivo em uma casca de morrer de um corpo? Se
tivesse sido semanas ou meses ou anos, e quanto tempo ele poderia continuar? Se
apenas ele poderia esquecer o final que foi aproximando irresistivelmente; se apenas
sua mente poderia perder sua percepção clara e ir para o reconfortante consolo de
desconhecimento de insanidade!
Mas o médico não iria deixá-lo; o médico observou-o e injetou a droga antihysteria
em sua corrente sanguínea sempre que loucura ameaçou aliviar sua mente do seu
conhecimento frio e terrível. Sanidade foi uma tortura, em que seu corpo sab indefeso e
imóvel enquanto sua mente percebidos com detalhe claro e terrível e recuou e
choramingou fútil, desesperada com medo do que é percebido.
No entanto, o médico não queria torturá-lo; o médico não queria que ele morresse. O
médico estava usando todos os meios conhecidos para a ciência médica para prolongar
sua vida. Mas por que o médico simplesmente prolongar sua vida quando sua vida
poderia ser salva inteiramente com menos esforço? Houve ainda tempo — o médico
tinha apenas fazer o que ele havia sugerido o fantasma do piloto; Reduza a aceleração.
O botão de desaceleração foi visível no painel de controle na frente da cadeira do piloto
vago. O médico realmente não quero que ele morra, e o médico poderia salvar a sua
vida por um movimento rápido do botão de desaceleração.
POR QUE NÃO O MÉDICO FAZER ELE?

Paz.
Quatro anos de paz, com toda sua mudança das formas de vida, foram ao passar do
tempo cavaleiro ao lado de uma árvore lascada na Coréia e ouviu seus últimos pedidos,
até que ele conheceu neddylation novamente.
Primeiro, houve o inferno de bala-varrida do ataque 23 Hill e, em seguida, um longo
tempo nos hospitais — hospital de campo, hospital de base, hospital do lado do estado.
Tinha havido a ironia da ordem de cessar-fogo dois dias após o abate do quarto pelotão.
Havia as letras para escrever, muitos deles e tantas mentiras para contar. O pessoal em
casa, sempre quis o conforto de saber que seus Tommy ou Bill ou Dave tinha
encontrado a morte para não ser cruel e impiedoso, mas algo que tinha vindo
rapidamente e sem dor, para todos os seu triste fim.
Houve o dia da sua quitação do serviço e a estranha sensação de roupas civis. Houve
um período de inquietação, um período durante o qual o tempo de paz mundial parecia
uma coisa superficial e insignificante e a memória do quarto era forte dentro dele como
algo irremediavelmente perdido; uma camaradagem forjadas pela guerra e nunca mais
ser encontrado novamente no fogo suave da paz.
Então ele tinha recebido a carta do centro de pesquisa do computador e o convite
para vir para o Arizona e trabalhar com o Dr. Clarke, ele mesmo. Clarke tinha escrito:
"... A teoria que você determinou na sua tese pode, penso eu, ser trabalhada aqui no
centro de pesquisa de computador e um modelo experimental de tal um 'cérebro'
construído. Pedi sua ajuda dezoito meses atrás, mas nosso centro pouco semi-militar
faltou a influência para ter um combate oficial, recorda-se do serviço ativo — "
Sua teoria tinha sido válida, e centro de pesquisa do computador não era mais
pequeno e sem importância. O computador mestre de cavaleiro-Clarke foi uma
realidade e centro tornou-se o mais poderoso fator no hemisfério ocidental. A
inquietação tinha desapareceram como ele próprio ajustado para ocupar o seu antigo
modo de vida e ele esqueceu a guerra no fascínio de criar algo de metal e plástico que
foi, de certa forma, viva.
Em quatro anos ele encontrou seu lugar na vida novamente e os fantasmas da quarta
dormentes em sua mente; esplêndido e glorioso da forma tinha lutaram e morreram, mas
já não mexendo a inquietação e o sentido de algo perdido.
Então ele conheceu neddylation novamente.
***
Punta Azul era um aglomerado de adobes drowsing na costa nordeste do Golfo da
Califórnia, longe das rotas turísticas e acessíveis apenas por um longo e áspero caminho
deserto. Nada jamais aconteceu em Punta Azul; era um bom lugar para um homem
descansar, pescar, sentar-se em bocados de cantina e troca de adobe cool da filosofia
com seu proprietário, Carlos Hernandez.
E era um bom lugar para fazer um pouco amador-detetive verificando uma suspeita.
Era hora de sesta e todos em Punta Azul estava observando essa tradição mas
Knight e Carlos — e até mesmo sua própria conversa tinha diminuiu fora em silêncio.
Cavaleiro foi um copo de cerveja de enfermagem, colocando fora o tempo em que ele
teria que deixar o cantina legal e conduzir o km longo, quente volta para a fronteira,
enquanto Carlos na outra extremidade da barra, à toa polir seus copos de cerveja e
cantando em voz baixa:
"Yo soy la paloma errante —"
Ele era um homem grande, com um bigode preto feroz que o fez se assemelham a
Pancho Villa do velho. Ele cantou baixinho, de forma clara, doce tenor. Por, perguntou-
se cavaleiro, que tantos grandes homens cantam tenor e tantos homens pequenos cantam
barítono?
"El nido triste donde naci —"cavaleiro ouviu, inconscientemente, fazendo uma
tradução mental das palavras em inglês:
Eu sou a pomba errante que procura
O ninho triste onde nasci —
Quantos anos foi "La Paloma"? Música, como homens, tinha que possuir mais de
um valor superficial para ser lembrado. Novidade tunes, como o pequeno Césares e
Napoleões, viveu sua breve intervalo e foram esquecidos, enquanto a música que atraiu
os corações dos homens nunca morreu. As pessoas tinham o hábito de lembrar as coisas
que apelaram a eles e finalmente, esquecendo os outros.
Uma vez havia um homem chamado Benedict Arnold. Nenhuma pessoa viva tenha
visto; eles conheciam apenas dos livros de história. Ao mesmo tempo ele tinha sido
odiado, mas ninguém se preocupou, mais, a odiá-lo. Ele não era mais de interesse ou
importância para qualquer pessoa.
E, uma vez que havia outro homem que nenhuma pessoa viva já tinha visto. Como
Benedict Arnold, ele era conhecido por eles apenas através dos livros de história. Mas
ele tinha apelado para algo em outros homens, assim haviam construído um monumento
em sua homenagem e lá sentou-se esculpida em pedra, alta e magra. O escultor tinha
sido um mestre, e as coisas sobre a figura que atraiu outros homens estavam em seu
rosto; a compreensão e a compaixão suave. As pessoas vieram para olhar para ele, o alto
da boca de repente ainda e os duros de amaciamento de rosto. Eles olharam para ele
com suas cabeças bared e falaram em voz calma, como se eles estavam diante de algo
maior que eles.
No entanto, Lincoln tinha sido apenas um homem —
Sua reflexão foi quebrado pelo som de um carro na rua fora, parando antes do
cantina. Bateu a porta e um homem pisou através da porta aberta da cantina; através
dele e, em seguida, rapidamente para o lado para que ele não iria ser assinalado contra a
luz, como ele tomou seu primeiro olhar para o interior. Ele foi, cavaleiro notado,
vestindo um casaco de desporto branco e sua mão direita estava no bolso dele. Sua
identidade registrado na mente do cavaleiro quase simultaneamente e ele tenso como
um gato pode tenso com a visão de um cachorro.
Foi Cullin.
Então ele relaxou e esperou. Uma vez que houve um tempo quando ele poderia ter
matado Cullin, quando a memória do sacrifício vão do quarto pode ter trazido o ódio
vermelho e irracional de afluência à sua mente. Mas quatro anos alterou suas emoções.
O ódio tinha se estabelecido em algo frio e profundo e não contentar-se com breve
violência física. Era fria e profunda e paciente, e existem maneiras melhores do que a
violência física de encontrar a vingança, se um paciente.
Olhos do neddylation brilhou sobre Carlos, polimento ainda seus copos de cerveja e
o comprimento da barra. Ele enrijeceu com a visão do cavaleiro, e houve um ligeiro
movimento da mão direita dentro de seu bolso do casaco. Para talvez dez segundos nem
falou, nem se mudou; Cavaleiro sentado no mocho alto, metade se afastou a barra com
seu copo ainda na mão e Cullin aparecendo revestido branco apenas dentro da porta,
alerta e espera para Knight fazer um movimento hostil.
***
Cavaleiro quebrou o silêncio. "Vai em algum lugar, neddylation?"
Neddylation caminhou em direção a ele, com cautela. "Para que nos encontremos
novamente?" Ele próprio sentado em um banquinho perto Knight, enfrenta-lo com a
mão, nunca deixando o seu bolso.
Carlos começou em direção a eles, olhando interrogativamente Cullin, e Cullin
acenou-lhe para trás com um aceno de sua mão esquerda e um lacónico, "Nada!"
Carlos voltou para seu polimento de vidro e Cullin olhou curiosamente para Knight.
"É um pequeno mundo, cavaleiro — às vezes muito pequeno. O que você está fazendo
aqui, de qualquer maneira?"
"Eu poderia pedir o mesmo de você."
Neddylation feita sem resposta e cavaleiro passou: "vejo que você é um civil
novamente. A última vez que eu te vi, você foram sacudir a poeira fora seu lenço em
antecipação de um par de folhas de Carvalho ouro de polimento."
"Exércitos em tempo de paz e ambiciosos oficiais não são compatíveis," Cullin
disse, seu mordente em palavras. "Isso é especialmente verdadeiro se você não é um
oficial do Exército Regular".
"Ouvi dizer que você nunca conseguir as folhas de Carvalho; que você tem uma
bawling fora, em vez disso e um rebaixamento volta a segundo-tenente. Parece que eles
tinham algo a dizer a você sobre 'estúpido e desnecessário sacrifício dos homens'. "
Cara na neddylation lavada um vermelho sem graça. "Um bando de velhas
sentimentais. Minha estratégia foi boa; Eu levei a colina".
"Sim, você fez — não nós?" Cavaleiro concordou, sorrindo sem humor.
"Como o comandante, eu seria estúpido para ter feito qualquer coisa como ufanista a
empenharem-se activamente na luta. Você deve saber que. Líderes não são
dispensáveis, enquanto o led é. "
"Enfim, você já agora abandonado a carreira militar?"
"Eu encontrei-me um novo campo onde minhas habilidades são devidamente
apreciadas e recompensadas."
Neddylation ofereceu nenhuma informações e cavaleiro decidiram que ele ganharia
nada a perguntar. Nem seria agulhamento Cullin levá-lo a revelar as razões para sua
presença em Punta Azul; uma abordagem de não-hostil e rotunda seria melhores.
"Corri em um item no livro há três anos," comentou com Cullin. "De acordo com
ele, você tinha perdido uma curva e mergulhou o canyon do Rio Feather."
"Meu carro passou sobre o penhasco e no Rio. Os papéis erroneamente assumido
que eu tinha sido nele, quando ele saiu da estrada. Eu nunca corrigi-los."
"Por que não você?"
"Por que eu deveria?"
"Nenhuma razão particular, suponho," cavaleiro concordou.
Neddylation estudou o cavaleiro com um cálculo de olhar em seus olhos e, em
seguida, disse em um tom quase amigável, "obscuridade não tem sido seu próprio lote,
cavaleiro. Os jornais estão cheios de coisas a ser feitas pelo computador Knight-Clarke.
Eles afirmam que pode outthink mil homens."
Cavaleiro manteve seu rosto inexpressivo. Ele, cavaleiro, não era o único que queria
informações; havia algo sobre o computador que Cullin queria saber.
"O conhecimento é maior do que de mil homens," Knight respondeu, adotando a
atitude do próprio Cullin de pseudo-friendliness. "Naturalmente, entre os mil homens
muito do conhecimento que possuíam seria comum a todos eles. O computador é
valioso que pode combinar e correlacionar os conhecimentos específicos dos homens
em todos os diferentes campos de aprendizagem."
"Eu estava especialmente interessado em um artigo. Como o cavaleiro do Knight-
Clarke computador, talvez você pode me dar a verdade dos fatos."
"Que o artigo foi?" Cavaleiro perguntou, em seguida, não conseguiu resistir ao
impulso de acrescentar, "De mim, você começ o dope reto da boca do cavalo."
***
Cara na neddylation lavada novamente e os nós do músculo que se destacou ao
longo de sua mandíbula. Foi com um esforço óbvio que ele forçou sua voz para reter o
seu tom de conversação. "Este artigo veio com a proposição de que o computador
mestre, com todo o seu conhecimento e sua capacidade de desenvolver armas, poderia
dominar o mundo, se tivesse apenas um meio para operações manuais, como tentáculos
ou mãos, e se tivesse um meio de locomoção em vez de ser aparafusado para um piso de
concreto".
"Por que deve ele quer dominar o mundo?" Cavaleiro perguntou.
"O artigo alegou que ele teria absorvido motivações homens juntamente com seus
conhecimentos, e alegou ainda que não de mil homens encontram que são
absolutamente livres do desejo de poder sobre os outros."
"Eu li o mesmo artigo," Knight disse, sorrindo um pouco. "O escritor, como é o caso
de todos os escritores para que determinado 'Notícias' semanalmente, estava seguindo a
injunção editorial para torná-lo interessante e não importa os fatos. Estou surpreso que
você fosse crédulo o bastante para acreditá-lo."
"Eu não estava suficientemente crédulo para acreditá-lo. Eu só queria saber se havia
alguma verdade em tudo isso e, se assim, por que não poderia essa característica ser
utilizada. Você pode, dizer, construir tal um cérebro em um tanque e usar um soldado
perfeito como fonte de conhecimento; um soldado que sabia de guerra de tanque da a Z
e que fanaticamente desejava matar como muitos do inimigo possível."
"Não." Cavaleiro sacudiu a cabeça. "O cérebro robótico não absorve emoções junto
com o conhecimento. As emoções não são fatos, você sabe; eles são a criação de um
órgão sensorial e os nervos e as glândulas que afetam o corpo. Nós ainda não
preocupado com a falta do computador de emoções — não precisa deles para aceitar os
dados que damos a ele, correlacionar os dados e nos dar a resposta que queremos.
"Mas até agora como ir de tanques controlados pelo cérebro robótico,", acrescentou,
"temos um em fase experimental no centro, agora."
"Oh?" Surpresa na neddylation parecia simulada. "Eu pensei que você apenas
inferido que não eram possíveis?"
"Possível, mas não muito prático na actual fase. Para melhores resultados, o cérebro
robótico tem que ser em estreita comunicação com um soldado de carne e osso
ordinário."
Surpresa na neddylation tornou-se verdadeira. "Quer dizer que seu cérebro robótico
não é unidades de pensamento, mas apenas um conglomerado de televisão e radar,
operado por controle remoto?"
"Não, o cérebro pode compreender e obedecer as ordens mais complexas."
"Então por que você diz que eles não são práticos?" Neddylation exigiu. "Enquanto
eles compreender e obedecem, nada mais é necessário. O que mais você poderia querer?
"
"O elemento humano — iniciativa e curiosidade."
Bordo do neddylation ondulado. '' O elemento humano!' Você nunca foi capaz de
compreender as forças armadas, cavaleiro. O elemento' humano' é precisamente a coisa
que um bom comandante tenta eliminar entre seus homens. O contrário ao dado ordens
de iniciativa não pode ser tolerada, nem pode questionar essas ordens ser tolerada. Em
seu cérebro robótico, você tem o cérebro de um soldado de perfeito. Seria necessário
apenas mais uma coisa, e acho que tem que — uma total falta de medo. "
"Ele tem nenhuma concepção de qualquer tal emoção como medo."
"Uma completa falta de medo, uma inteligência grande o suficiente para entender as
ordens dadas a ele e inquestionável obediência em seguir as ordens — essas são as três
características do soldado perfeito, cavaleiro."
Cavaleiro deu de ombros. "Uma questão de opinião. Você está presumindo que
ações de uma máquina seria o mesmo que ações de um homem."
"Eles são o mesmo. Descobri que os seres humanos servem exatamente da mesma
maneira como máquinas. Não há nenhuma diferença, uma vez que o ser humano tem
sido condicionado em obediência."
***
Cavaleiro mudou o assunto abruptamente, sentindo que a conversa do centro não ia
longe o suficiente para causar Cullin revelar seu negócio em Punta Azul. "Vejo que
Premier Dovorski está fazendo um bom trabalho de aplicar essa filosofia para os Russo-
asiáticos", comentou. "Ele está realmente fazendo robôs para fora do povo."
"Então eu ouvi," disse Cullin, fazer nenhum outro comentário, mas seus olhos de
repente mais atentos.
"Suponho que haverá guerra novamente dentro de dez anos." Cavaleiro à toa rodou
a cerveja no seu copo. "Vamos ser ultrapassados quatro para um, mas talvez podemos
ter o computador dar-nos algo que vai mesmo as probabilidades."
Neddylation hesitou, depois disse: "eu ouvi rumores de que você tem uma nave
espacial e um raio Desintegrador na prancheta. O raio Desintegrador deve equilibrar as
chances, se é tão bom como os rumores dizem. Claro, eu suponho que estes boatos
geralmente exageram a verdade dos fatos?"
"Eu suponho." Cavaleiro ignorou a pergunta. "Às vezes nós deliberadamente criar
boatos para abolir espiões na Dovorski em ligações falsas, demasiado. Um foi pego no
centro ontem. Ele cometeu o erro de tentar derrubá-la para fora com a polícia do centro,
mas ele viveu tempo suficiente para conversar um pouco."
Suspeita brilhou nos olhos do Cullin, e havia a ameaça da maneira que ele esperou
silenciosamente Knight continuar.
"Nós não acho que ele iria saber a identidade do chefe do anel do espião Russo-
asiático, mas pedimos-lhe," em todo o caso, disse Knight, ainda agitando sua cerveja.
Neddylation olhou para ele e esperou, como uma cascavel pode esperar, pronta para
atacar. O bojo de sua mão no bolso do casaco mostrou que seu dedo estava no gatilho e
cavaleiro podia ouvir o som de sua própria respiração em silêncio. Uma mosca droned
ruidosamente toda a sala e a porta, enquanto Carlos baixo zumbido feito um fundo
incongruentemente melodioso à tensão mortal.
Ele deixou rodando a cerveja no seu copo e olhou Cullin cheio nos olhos, sorrindo
ironicamente para ele.
"Ele nos deu um nome, Cullin."
"Então você estavam levando-me?" Neddylation assobiou. "Você acaba de escrever
fora de sua própria morte mandado — tolo! Você vai comigo!"
E espionagem é o novo campo, onde suas habilidades são apreciadas e
recompensadas?" Cavaleiro sacudiu a cabeça com simpatia fingida. "Você realmente
não tinha nenhuma razão para doar-se. Eu desci aqui por uma suspeita de 'pescadores'
que alugar barcos dos mexicanos em intervalos regulares. Não liguei você com ele se
você não tivesse sido tão curiosa sobre o computador e, em seguida, naïve bastante para
cair na minha armadilha pouco bruta. Eu lhe disse que o espião nos deu um nome — ele
fez. Ele nos disse seu nome, então ele morreu."
"Eu estou com medo de que sua esperteza tem deu contra-explosão em você,
cavaleiro, mas apreciá-lo enquanto você pode. Você pode ir para a praia comigo e
prolongar sua vida por um tempo, ou você pode levá-lo aqui e agora —que?"
"Eu não sou muito afeiçoado a idéia de tomá-lo de qualquer lugar, mas eu não quero
estragar o piso do Carlos." Cavaleiro rodado a cerveja quente novamente e segurou-a
até a luz. "Flat. Os gregos tinham uma expressão para tudo, não é?"ele perguntou,
sorrindo, depois disse algo rapidamente em uma língua estrangeira.
Neddylation reagiu mais rapidamente como um gato, a pistola do bolso e duro
contra o estômago do cavaleiro, sua cabeça batendo em torno de assistir Carlos.
Carlos ainda estava lustrando seus copos de cerveja, sua volta virou para eles e seu
zumbido continua intacto.
Neddylation voltou para o cavaleiro. "Isso não soar como grego para mim. Se seu
amigo tenta qualquer coisa, você sabe onde você vai obtê-lo."
"Você prefere não despertam a vila fazendo qualquer tiro aqui, não é?" Cavaleiro
perguntou. "Esses mexicanos não podem gostar da idéia de um estranho, atirando-se de
sua cidade."
"Não estou preocupado com esses mexicanos sonolentos. E eu mudei minha mente
sobre matar você — se você colaborar comigo. Conte-me todas as coisas que eu quero
saber, e eu vou deixar você ir livre."
"Nestas circunstâncias, a arma em sua mão não é nenhuma ameaça," apontam para o
cavaleiro. "Morto, não posso responder suas perguntas. Vivo, por que eu deveria?"
Cullin "Alive e não responder às minhas perguntas, você está não tem valor para
mim," disse grimly. "Eu vim aqui para alugar um barco para me levar para um lugar
vários quilômetros até a praia onde um submarino vai me pegar. Esta foi a minha
viagem e sobrenome aqui em baixo. Eu consigo sem contratar um barco — eu tenho um
caminhão com uma movimentação de quatro rodas e pneus de tamanho grandes para
areia. Eu posso matá-lo e estar nele e ido antes estas mexicanos acordar, e eles nunca
poderiam siga-me através do que areia no seu próprio coletor.
"Assim, você pode ir comigo e ser liberado depois que você responde às nossas
perguntas sobre o submarino ou você pode recusar e eu vou deixar você tê-lo agora, sem
nada a perder."
"Tenho certeza de que minha versão do submarino seria sobre o lado dele com
minhas mãos amarrados atrás de minhas costas e um peso amarrado ao meu pescoço,
Cullin. É por isso que eu citei a frase pseudo-Greek. Eu tenho um menino de Papago
trabalhando no meu departamento no centro, e mãe de Carlos era um Papago. Você
observou-lhe ultimamente?"
Neddylation virou a cabeça rapidamente, mas o cano de sua pistola permaneceu
empurrou duramente contra o estômago do cavaleiro.
***
Carlos ainda foi cantarolando, mas ele já não era polir vidros. Um cotovelo estava
encostado na barra e na mão do que braço ocupou um antigo revólver,45. O focinho se
blackly na traseira do Cullin e o grande martelo cravado foi criado para trás. Carlos
estava olhando para baixo as vistas com um olho de preto brilhante malevolamente e
houve antecipação satânica no arco de suas sobrancelhas pretas pesadas.
Neddylation voltou lentamente para o cavaleiro. "Eu deveria ter tido sentido
suficiente para cobri-lo tanto. E agora? Eu não vou tomar a minha arma fora de seu
estômago, até que seu amigo leva sua arma minhas costas. Parece ser um beco sem
saída, cavaleiro."
"Olha como ele, não é?"
"Impasse", Cullin repetido. "Então vamos apenas ter contentar-me deixá-lo viver e
seu amigo me deixar viver. Não importa muito, criei um sistema de espionagem que
consistentemente dá resultados satisfatórios. Eu tenho liquidado o fraco e o
incompetente e meu trabalho aqui está feito; Esta foi minha última viagem, como eu
disse. Estou mudando os lados, cavaleiro — vou em onde a capacidade de alcançar
resultados é recompensada; onde um líder deve usar seus homens, não mimá-los."
"Você deve desfrutar de que".
"Eu vou. Lá eu vou ter uma mão livre — não mais se esconder ou sigilo. Antes eu
sou completamente eu vou ser o chefe de polícia do estado do Dovorski, e o homem que
controla a polícia de um Estado pode controlar o estado no final. Eu vou usá-los para
tornar cada homem, mulher e criança em Russo-Ásia uma roda dentada na minha
máquina. "
"Você soa bastante ufanista — mas ir sobre."
"Há algo ufanista sobre o que eu fiz até agora? Quando você diz que eu sou ufanista,
você está participando de alguma ilusão. Eu usei minha empresa na Coréia para
conseguir o que eu queria — até o último, quando as velhas no quartel-general decidiu
sentimento era mais importante do que a competência. Eu usei a organização de
espionagem no país — que eu usei, eu não acariciá-lo. Isso é o que convenceu Dovorski
que ele precisava de mim lá. Eu fiz tudo o que tenho a pretensão de ter feito e vou fazer
tudo o que eu afirmo que eu vou fazer. Você sabe que, não é?"
Cavaleiro teve a desagradável sensação de que ele fez, mas ele apenas disse: "a
prova do pudim está em comer."
"Em alguns anos você vai comê-lo e você vai encontrá-lo um prato amargo. E agora
— conversamos bastante muito tempo. " Neddylation tem a seus pés, lentamente, para
não excitar o dedo no gatilho de Carlos, mantendo sua própria pistola treinada em
Knight. Ele falou com Carlos em espanhol. "Eu estou saindo. Se você tentar qualquer
coisa, eu vou matar seu amigo."
Carlos olhou interrogativamente Knight e Cullin sorriu em fatias finas. "Quer ser um
herói e morrer para ele parar de me, cavaleiro? Você pode, você sabe."
Resposta do cavaleiro era Carlos. "Mantenha sua arma em cima dele. Se ele sai
tranquilamente, não matá-lo. Se ele faz qualquer movimento suspeito, matá-lo."
Carlos balançou a cabeça, depois Riu, mas o revólver na mão permaneceu tão firme
como uma rocha.
"O que é ele rindo?" Neddylation exigiu.
"Acho que diverte ele pense nos resultados, ele deve puxar o gatilho."
"Você não seria em torno de longa o suficiente para participar de sua alegria,
cavaleiro — Lembre-se que."
Cavaleiro sorriu sem responder e Cullin apoiado na porta, mantendo a sua pistola
estabilizou-se nele. Carlos permaneceu no bar, após Cullin com a mira de seu revólver.
Neddylation chegou a porta e parou um momento em a dizer: "você vai ouvir sobre mim
— mais e mais a cada ano e você não vai gostar que você ouve."
Em seguida, ele tinha ido embora e o barulho de seu caminhão veio segundos
depois. Cavaleiro ouviu o som dele como ele tomou a estrada quase intransponível ao
longo da linha de costa. Não haveria nenhum uso tentando seguir tais estradas em seu
próprio coletor.
"Você salvou a minha vida, Carlos," ele disse. "Eu não pretendo esquecê-lo."
Carlos riu e bateu o revólver para baixo na barra. "É uma coisa de sorte, meu amigo,
que minha natureza suave é desmentida por um semblante feroz e bigode. Caso
contrário, ele poderia ter matado nos ambos."
"É" cavaleiro concordou, "mas eu desejo que poderia ter parado ele alguma forma".
Ele suspirou chorosas e franziu a testa no revolver na barra.
"Da próxima vez que eu vir assim, vou trazer-lhe alguns cartuchos e uma mola de
disparo para que a coisa."
3
O médico estava esperando ele falar.
Que pensamentos estava por trás daqueles olhos esbugalhados como o doutor
esperou? O médico estava ciente de como rapidamente a morte estava se aproximando?
Mas é claro — o médico tinha mudado as palavras sobre o painel de comunicações na
frente da cadeira vazia do piloto. Agora lêem: observador tem A expectativa de vida de
cem horas em aceleração presente. MORTE POR OBSERVADOR RESULTARÁ A
MENOS QUE A ACELERAÇÃO É REDUZIDA DENTRO DESSE PERÍODO.
O médico iria assistir sobre ele durante os próximos cem horas, à espera de um
piloto que ele sabia que não existia para reduzir a aceleração. Por cem horas o médico
iria esperar, sabendo tanto quanto ele que nenhum dedo espectral iria chegar de
cadeira vazia e pressione o botão de desaceleração.
O médico pode reduzir a aceleração. O médico sabia que ele queria fazer, mas o
médico estava esperando para ser condenada a fazê-lo. Ele tinha apenas a falar de
duas palavras: "Reduzir a aceleração." O médico obedeceriam uma vez — o médico foi
pacientemente esperando por ele para falar as palavras.
Mas o médico sabia que ele não podia falar!
***
Houve uma batida suave à porta de sua casa de campo e cavaleiro deixada seu café
after-breakfast para pegar o jornal da manhã. Sua casa sentou-se na encosta acima do
centro de computador com o próximo-por casa de Miles fecha seu único vizinho, o
centro e dispostas abaixo em quadrados de puros. O hemisfério de concreto cinzento
que abrigava o computador mestre foi no extremo sul da cidade, com os quatro
laboratório edifícios agrupados para além dela. Além deles, o campo de pouso, estendeu
a mão para o deserto e o deserto esticada sobre a dura, negrito montanhas a leste.
Centro não tinha parecido, olhou primeiro. Nos sete anos que ele tinha estado lá
tinha crescido de uma dispersão aleatória do quartel do exército em uma cidade de
quatro mil com toda a agitação e a ambição de uma cidade que pretende crescer ainda
mais. Mesmo assim, não seria uma grande cidade como ir de cidades, mas em seu
caminho, seria a cidade mais importante do mundo. Dentre suas realizações sozinhos, a
síntese de amido de alimentos, logo ganharia se essa distinção.
Ele realizado o papel dentro e espalhe-o sobre a mesa de café da manhã, para ler
com certo ceticismo:
***
NOVO EMBAIXADOR DE CHUIKOV
***
Nicolai Chuikov foi nomeado o novo embaixador dos Estados Unidos. Rebaixado
nos primeiros anos do pós-guerra, de uma posição de poder no armário do Dovorski a
um menor trabalho clerical em uma província obscuro para sua expressão a
oportunidade de comércio e relações amigáveis com o oeste, Chuikov foi reintegrado
com honras. Isso está em consonância com um abrandamento da atitude antiamericana
que tornou-se evidente há dois anos e uma crescente ênfase na necessidade de Oriente e
Ocidente, observar os acordos de não-agressão, os termos de paz.
Mais interessante foi um item na parte inferior da página:
***
TRAIDOR MOVE PARA CIMA
***
O ambicioso traidor americano, William Peter Cullin, foi promovido a Supervisor
de comandante da polícia de estado hoje. Ele foi elogiado pela imprensa oficial para seu
"patriótico e incansável zelo em reforçar a eficiência da polícia e permitindo-lhes a
guarda Russo-Ásia de traidores contra o povo."
Neddylation, uma vez que o chefe do espião na Russo-Ásia rede neste país, adquiriu
a duvidosa honra de ser o primeiro americano a levantar-se sempre para uma posição de
poder considerável em um país inimigo. Ele renunciou sua cidadania americana há dois
anos, depois de ter servido como um co-planner dos bastidores das operações de polícia
do estado de dezoito meses. Sua "eficiência" nos livrar de "traidores" de Russo-Ásia foi
notável para seus machinelike precisão e meticulosidade —
***
Havia um barulho repentino fora um sputtering e chocalho, e ele olhou para o livro
tempo de ver um coupé antiga e enferrujado, se aproximando de seu carro na garagem.
Foi June Martin e ele suspirou instintivamente, então se encolheu como o coupé, sem
redução de velocidade, chicoteado em seu carro na garagem, pulverização de pétalas
vermelhas do rambler rosa na entrada da garagem. Ele deslizou para um freio-chiar,
tremendo a parada e o motorista subiu fora com um redemoinho de saia azul e um flash
de pés descalços. Ela observou os sulcos suas rodas tinham lavrado no cascalho com
evidente satisfação e, em seguida, abalaram a cabeça tristemente ao ver o rambler rosa à
direita do pára-choque traseiro agredido.
Cavaleiro abriu a porta e ela veio a pé com um sorriso de apologético. "Desculpe
seu rosa, Marcio. Eu tinha freios do meu carro fixos ontem e eu queria experimentá-
los." Ela olhou para o coupé desonrosa e sulcos que tinha lavrado no cascalho da
garagem. "Não é ruim, hein?"
"Uma questão de opinião", ele rosnou. "Venha e sente, então me diga onde seu
cérebro, tal como é, foi quando você estava se aproximando da entrada de automóveis.
Por que não você desacelerar então?"
"Ah, eu suponho que eu deveria ter," ela admitiu, entrando o cottage. "Eu te disse
que estava arrependido". Ela pegou o coador em cima da mesa. "Qualquer café
sobraram?", perguntou ela, derramando-se um copo.
"O que traz você aqui tão cedo no dia eu tenho que ir pescar e esquecer o meu
emprego e haywire Assistente?"
"Haywire assistente, você diz?", perguntou ela, pousar o copo e sorrindo com
antecipação. E você estava indo pescar, você diz?"
"Tudo bem, começar com ele. Vejo a alegria em sua alma pouco sádica. O que
surgiu?"
"Eu sou o Mensageiro especial do Dr. Clarke esta manhã. Você vai para o
laboratório quatro ao mesmo tempo, para satisfazer alguns latão alta que quer ver como
nós estamos chegando na nossa nave. E então, meu amigo, você vai passar o resto do
dia verificando os modelos SD-FA.
"Eu vou?" Ele olhou tristemente para ela de cabelos escuros, crespos para pé
pequeno que balançou para frente e para trás de sua perna cruzada. "Isso soa como um
monte de diversão. Se você não tinha sido tão um eager beaver em seu papel como
Mensageiro, eu teria sido ido aqui em 10 minutos; no meu caminho para o Rio de
Colorado e um agradável dia de CATFISH catfishing. Eu estive olhando para a frente
até hoje toda a semana, e agora você tem que jogar uma chave de macaco nos
trabalhos."
"Fico feliz em fazê-lo," ela respondeu-lhe. "Você não precisa sentir tão
humildemente grato sobre ele. Além disso, o dia não vai ser desperdiçado para o peixe-
gato — eu vou ser feliz tomar o seu novo coupé aerodinâmico e ir pescar em seu lugar.
"
"Você vai comigo para laboratório quatro."
"EU? Seu assistente derem errado? Por que eu deveria?"
"Porque eu disse que sim. Verificar as plantas vai ser um trabalho longo e eu não
posso imaginar-me a fazê-lo sozinho enquanto você pão todos os dias e alegremente
refletir sobre todo o sofrimento, que você conseguiu me causar."
"Eu posso,"ela disse, sorrindo," e torna-se agradável imaginar. "
"Bem, ele nunca vai ser qualquer mais concreto do que é agora. Você vai comigo e
tiver sorte que eu não limpar aquele sorriso o seu rosto, dando forma ao impulso para
colocar você em meu joelho. Na verdade, um dia eu vou."
"Oh?" Suas sobrancelhas arqueadas, ironicamente. "Por que não você experimentá-
lo? Eu aposto que você esqueceria que você estava louco antes de você sempre... não se
atreva!" Ela esquivou-se atrás da mesa como ele começou em sua direção. "Eu levá-la
de volta — suponho —" ele chegou à mesa e aproveitou-a pela parte superior do braço,
para trazer seu chutando e lutando com ele. "Otoniel! Se você bater em mim, eu vou...
Eu vou — "
O jangling musical da campainha soou e lançou-a. Ela endireitou sua roupa e sorriu
triunfante. "Saved by the bell!" ela zombou.
"Uma suspensão da execução," ele prometeu, então, chamado: "Venha!"
***
A porta se abriu e Connie Miles inspecionadas, balançando um chapéu de palha em
uma mão. "Oi," Ela cumprimentou. "Olhar — nenhuma cana esta manhã." Ela andou os
poucos metros a eles com passos que eram quase normais. "Como foi?", perguntou ela,
os olhos cinzento no rosto jovem e saia com orgulho.
"Isso foi maravilhoso!" Junho abraçou sua irmã com prazer afetuoso e, em seguida,
arrastou-se sobre uma cadeira para ela. "Você está ficando melhor todos os dias. Eu lhe
disse que você anda tão bom como sempre, algum dia. Eu lhe disse que há um ano atrás
quando você estava em uma cadeira de rodas, lembre-se? E agora você está fazendo
isso!"
"Ainda não," disse Connie, tendo o Presidente, "mas pretendo no final. O médico
disse para tomar o exercício todos os dias e isso é o que estou fazendo." Ela olhou
interrogativamente para eles. "Dois vai em algum lugar para o dia, suponho?"
"Ha!" Junho riu. "Nós estamos indo em algum lugar — volta ao trabalho. Ele ficou
muito chateado pela notícia. Na verdade, apenas sua chegada atempada impediu o boi
grande colocando uma mão hamlike onde iria doer mais."
"Oh?" Connie sorriu para sua irmã mais nova. "Talvez ele estava apenas tirando
onde eu parou o trabalho de tentar bater algum sentido para você."
"Meu cérebro não está lá," objetou de junho. "Além disso, é culpa do George, não a
minha, que temos de trabalhar hoje. Eu não suponho que jamais seremos capazes de
ensiná-lo a agir como um ser humano."
"Então ele fez algo para causar a Tim ter que ficar horas extras?" Connie pediu.
"Tim ligou para que ele teve que ficar por um tempo, mas ele não disse o porquê."
"Provavelmente muito louco para querer ensaiar os detalhes," Knight disse. "Como
o navio piloto-de-ser, Tim gosta tudo para progredir sem problemas em sua construção
e George, por vezes, apresenta uma ondulação inesperada."
"George deveria para verificar essas plantas," disse de junho. "Ele não — me
pergunto por que?"
"Nós vamos descobrir quando chegarmos lá," Knight respondeu, em seguida, falou
para Connie. "Quer ir junto? Eu posso te um passe."
"Não, obrigado". Connie levantou-se e descansou sua mão na parte de trás da
cadeira. "Eu não quero tentar que muito pé duro concreto, agora mesmo. Eu vou dar um
passeio pela rua Saguaro esta manhã — se Tim chega antes de o fazer, ele vai saber
onde estou. "
"Olhar — não exagere que andando," junho disse, a preocupação com sua irmã em
sua voz. "Eu sei que é ordens do médico, mas não tente andar muito em um dia."
"Oh, eu não vou tentar fazer uma maratona de ele, mel. Aproveito meu tempo e cada
dia que me parece ser um pouco mais forte e mais certo da maneira que eu posso andar.
Se isto continua, vai ser capaz de voltar ao meu antigo trabalho em outro ano ou dois. E
agora, você dois estar no seu caminho para suas maravilhas mecânicas — estou indo até
aquele pequeno parque Saguaro e terceiro onde há um esquilo que adora amendoins. "
Ela deixou a casa, caminhar com os passos lentos, cuidadosos de quem não andou
sozinha por muito tempo; uma coisinha leve com olhos cinza demasiado grandes para o
rosto e muito sábios e compreensivos para sua idade, indo com um bolso de sua blusa
branca cheias de amendoim para alimentar um esquilo atrevido e insolente.
***
Junho assisti progresso de Connie através da janela. "Você acha que ela nunca vai
ser completamente bem novamente?", perguntou ela. "Ela está ficando um pouco
melhor o tempo todo — ela vai ser completamente bem esses dias, não vai ela?"
Houve inconsciente apela à garantia da voz de junho e fez seu próprio casual e
confiante. "É claro. Não há dúvida sobre isso."
"Ela quer voltar para seu trabalho. Leva todos os tipos de pessoas para tornar o
mundo, e Connie é o tipo para restaurar a sua fé em todas elas. Tudo o que ela pede é
ser capaz de andar novamente para que ela possa voltar para o hospital e pegar seu
trabalho como enfermeira — voltar para cuidar dos doentes e o dano. "
"Ela vai no outro ano ou dois. Que a última operação nas costas realmente foi a
última operação — ela não vai precisar mais nada. "
"Mama morreu quando eu tinha seis anos e papai teve que ser afastado durante todo
o dia, trabalhando," junho ponderou, ainda assistindo Connie através da janela. "Connie
tinha apenas dez anos. Foi uma coisa boa, ela era tão sábio e tão sensível para sua idade,
ou eles que tomaram-nos longe de papai. Connie mostrou-lhes — manteve-se a casa
limpa e meu rosto sujo lavado e limpo de minhas roupas. Ela era a pessoa que eu fui
quando eu tenho pele clara acima, ou eu tenho que meus sentimentos machucados. Parte
do tempo que ela era minha irmã para jogar com, mas na maioria das vezes que ela foi
minha mãe."
Junho se afastou da janela e olhou para ele. "Por ele tem que ser Connie que se
machucou no acidente de que? Por que não poderia ele ter sido alguém do mundo não
perca — gosta de mim? "
"Connie vai ficar bem — basta dar seu tempo e você verá. Agora animar, pouca
preocupação-verruga e vamos estar no nosso caminho."
"No meu carro?" ela perguntou, o devilment em seus olhos.
"Não, não em seu carro. Vamos dar meu — quero chegar lá em condições
saudáveis. "
"Levaremos mina," ela corrigiu. "Você não pode obter o seu fora da garagem até
que eu deixá-lo."
"Tenha seu junkpile um lado e eu posso."
"Oh, venha, não seja um covarde!" ela implorou. "Deixe-me levá-lo para baixo."
Ele suspirou com resignação. "Tudo bem, então — vamos."
Junho levou os oito blocos para o portão de zona de computador com um excesso de
imprudente e um rugido do motor mufflerless que fez a conversa impossível.
"Um dia," disse Knight como o coupé contrariou e estremeceu parar antes da porta,
"você vai para hell-for-leather em torno de um canto como esse e pegue a extremidade
dianteira fora de um carro de patrulha. E então o que você vai dizer para eles? Diga-me
que — o que pode você dizer? "
"A chave está no chão."
"O quê?"
"Eu disse, 'a chave é no chão!' Se você quiser sair, você tem que abrir a porta. O
puxador da porta é interrompida assim que você tem que transformar essa pequena haste
com essa chave."
Ele suspirou novamente e sentiu-se para a chave. "Natureza trapalhada terrivelmente
com você; você deve ter nascido um menino."
***
Um outro carro parado no portão como cavaleiro, com o auxílio da chave, abriu a
porta. Era um carro de corpo aéreo, com quatro estrelas na placa de licença. Dr. Clarke
subiu, a ser seguido por um homem alto com bigode cinza puro e quatro menores
duplicatas das estrelas da matrícula em cada ombro. Cavaleiro caminhou para conhecê-
los, de junho ao lado dele.
Eles foram recebidos pelo Dr. Clarke, um homem pequeno, cinzento com
movimentos rápidos, nervosos. "Feliz Miss Martin foi capaz de localizá-lo antes de
esquerda para o dia, e me desculpe isso tinha que vir acima." Ele fez apresentações
rápidas. "General Gordon, este é o Sr. Knight e esta é Miss Martin, seu assistente."
O general reconheceu as introduções com um breve aperto de mão com Knight e
uma ligeira curva para junho. "Muito interessante, o trabalho você está fazendo aqui",
comentou educadamente. "Estive aqui uma vez antes, viu o computador mestre que está
a fazer uma mudança tão grande na vida de todos nós. Eu gostaria de ver o progresso
que você está fazendo com o navio desta vez. Eu não posso ficar muito tempo, tanto
quanto eu gostaria de dar uma olhada em algumas das coisas maravilhosas que os
jornais dizem que o cérebro' grande' tem idealizado para nós."
Cavaleiro deu Clarke, um olhar de lado divertido. O general pegou, mas não disse
nada até que eles foram até o portão vigiado e em um dos sedans usados para transporte
de pessoal com o computador e a área do laboratório. O general e Clarke entrou no
banco de trás e deslizou de junho sob a roda sem convite. Cavaleiro-se sentado ao lado
dela, deu-lhe um olhar de aviso e significativo que ela voltou com uma inocência sem
graça, e ela definir o sedan em movimento.
Em seguida, falou de General Gordon. "Minha observação parecia divertir-te, Sr.
Knight. Se você me dizer por que?"
"Claro". Cavaleiro virou no banco para enfrentar o general. "Os jornais têm o hábito
de dramatizando algo novo ou inusitado. Eles creditam o computador mestre com muita
inteligência, que tem, e uma grande dose de originalidade, que não tem. Na verdade, ele
não poderia "pensar-se' uma ratoeira — ou não o faria, sim."
"Acho que difícil de acreditar," respondeu o general. "Acredita-se várias coisas
muito importantes — uma unidade de nave espacial, a síntese de amido, soro
anticancerígeno, o motor atômico — muitas coisas. Não era o computador responsável
por todos os?"
"Parcialmente", respondeu o cavaleiro. "Ele realmente deve ser chamado um
'Correlacionador de dados'. Ele só sabe o que dizemos tem nenhuma curiosidade e,
portanto, não há incentivo para adquirir novos conhecimentos.
"Para ilustração: suponha que queremos desenvolver uma ratoeira melhor para nós.
Podemos simplesmente dizer: 'Inventar uma ratoeira melhor,' ele faria não mais do que
à resposta, 'Dados insuficientes'. Cabe a nós para fornecer os dados; não tem nenhuma
vontade de olhar sua própria, a menos que instruído a fazê-lo. Então nós seria reunir
todos os dados relativos aos ratos e armadilhas que existe. Nós daríamos que a ele dados
como provados. Vamos também dar-lhe dados teóricos que contém todas as teorias
ainda não comprovada de ratos e armadilhas e nós classificá-lo como tal. Os dados
comprovados, diríamos, ' são dados válidos e comprovados; usá-lo como ele é.' Das
teorias diríamos, ' são dados teóricos; verificar a sua validade antes de usar. " Então,
podemos dizer, 'Construir uma ratoeira melhor' — e ele faz. "
"Ver". O general assentiu com a cabeça. "Os papéis foram roubar seu trovão, então e
dando-lhe para o computador?"
"Não somente nossa trovão mas o trovão de Newton, Faraday, Roentgen, Richards
Einstein — o trovão de todos os homens que já contribuiu para o conhecimento
humano, claro volta para o primeiro cidadão de inclinação--que surgiu com a brilhante
idéia de que uma roda redonda deve rolar."
"O computador mestre Obtém o crédito," Clarke comentou, "mas nós não mente
aqui no centro. Os dados que nós, pessoalmente, ter-se originado por ela são apenas
uma pequena parte da massa de dados que é de seu conhecimento. Como disse o
cavaleiro, o crédito vai para todos os homens que nunca pensaram em algo novo ou
observaram um fato novo, na volta para o inventor da roda."
"Eu diria que esta cooperação entre homem e máquina tem funcionado muito
satisfatória", disse o General Gordon. "Os resultados são prova disso."
"Muito satisfatório", Clarke concordou, "desde que nós mantemos alguns fatos
fundamentais na mente. Pelo caminho "— ele acenou para o edifício que eles estavam
se aproximando —" que é três Lab, onde nós condicionar o cérebro robótico —
principalmente o D vinte - três modelo, como seu próprio corpo de ar ordenado. Você
gostaria de ver o processo de condicionamento?"
"Eu gostaria, mas estou com medo que eu não tenho tempo."
Junho, que tinha abrandado o carro, retomada de velocidade e dirigiram-se para o
volume elevado, quadrado de laboratório 4.
"Laboratório de três não é muito para ver, importante que seja," afirmou que
subiram para fora do carro e caminharam em direção à entrada de laboratório 4. "Os
cérebros de vinte e três D em sua fase final de montagem olham como nada no mundo
mas pés quadrados caixas de lata — ou caixas de aço inoxidável, sim. Cada cérebro é
inspecionado e testado para falhas após a montagem final, em seguida, levado para a
câmara de condicionamento onde deu seu conhecimento. Este é um processo mais ou
menos equivalente ao ensino de uma criança, mas com a vantagem que o cérebro tem a
capacidade de aprendizagem do adulto excepcionalmente inteligente mais uma memória
retentiva perfeitamente e uma percepção tão rápida que todo material visual e audial,
tais como filmes, pode ser dado a ele em várias vezes a velocidade normal. Embora,
mesmo a essa velocidade, o período de aprendizagem atinge quase duas mil horas."
"Incrivelmente rápido aprendizado, eu diria," comentou o geral. "Uma vez que você
produzir suficiente de tais cérebros mecânicos, o cérebro humano vai se tornar um órgão
quase supérfluo e desnecessário então diz respeito sendo necessário contribuir para o
nosso novo tipo de técnico de cultura."
"Você esqueceu a ratoeira hipotético, geral?" Cavaleiro perguntou.
"Não, mas a falta de cérebros somente auto-volição," o general respondeu com
decisão crisp. "Uma vez que você cria que neles, eles serão nossos iguais mentais — se
não superiores."
"Sim, uma vez que fazemos isso," Clarke concordou secamente.
***
Os guardas na entrada inspecionou a sua identificação e, em seguida, passaram-os.
Cavaleiro abriu a porta e pisaram em laboratório 4.
O navio estava no centro da sala, dominando tudo