Você está na página 1de 3

Exercícios de fixação

1) A análise de quaisquer problemas em mecânica dos fluidos começa necessariamente, seja


de modo direto ou indireto, com declarações das leis básicas que governam o movimento do
fluido. Pergunta-se: quais são aquelas aplicáveis a qualquer fluido?

2) Sabe-se que a engenharia hidráulica faz uso das equações da mecânica dos fluidos para
estudar o escoamento da água. Pergunta-se: Quais são as equações básicas da hidráulica?

3) Quais são as propriedades físicas de interesse da água para engenharia hidráulica?

4) Diferenciar regime laminar de turbulento. Indicar situações que ocorrem esses escoamentos.
Como fazemos para classifica-los.

5) Qual a diferença de escoamento foçado e escoamento livre?

6) Defina volume de controle e superfície de controle. Como isso se aplica na hidráulica, ou


seja, exemplifique.

7) Água é descarregada de um tanque cúbico com 3m de aresta por um tubo de 3cm de


diâmetro. A vazão no tubo é de 7 l/s. Determine a velocidade de descida da superfície livre da
água do tanque e calcule quanto tempo o nível da água levará para descer 15cm. Calcule
também a velocidade de descida da água na tubulação.

8) Um bocal convergente de 100mm x 50mm é colocado num sistema para assegurar uma
velocidade de 5m/s na extremidade menor do bocal. Calcular a velocidade, a montante do
bocal e a vazão escoada.

9) Calcular a força requerida para segurar um esguicho de mangueir ade incêndio que tem
63mm de diâmetro na entrada e 19mm na saída, quando esta despejando 4 L/s de agua para
atmosfera.
10) Uma vazão de 75 L/s esta escoando numa curva de 90º, diâmetro de 300mm, posicionada
num plano horizontal, onde a carga de pressão é 40m. Determine o valor e a direção da força
que atua neste ponto da instalação.

11) Uma redução com 1,5m de diâmetro a mntante e 1m a jusante, assentada no plano
horizontal, apresentou 400kPa de pressão na seção de montante quando transportava 1,8 m 3/s
de água. Calcule a força horizontal que esta peça deve provocar no bloco para sua ancoragem.

12) Os reservatórios I e II da figura abaixo, são cúbicos. Eles são cheios pelas tubulações,
respectivamente em 100s e 500s. Determinar a velocidade da água na seção A indicada,
sabendo-se que o diâmetro da tubulação é 1m.

13) O diâmetro de uma tubulação que transporta água em regime permanente varia
gradualmente de 150mm, no ponto A, 6m acima do referencial, para 75mm, no ponto, 3m
acima do referencial. A pressão no ponto A vale 103 kN/m2 e a velocidade é de 3,6m/s.
Determine a pressão no ponto B.

14) Um projeto fixou a velocidade V1 para uma vazão Q1, originando um diâmetro D1.
Observou-se que a Q1 não atende a demanda, ela deverá ser dobrada, o que deve ser feito?

15) Água escoa na tubulação da figura. Calcular o diâmetro necessário (d) para que as leituras
manométricas sejam as mesmas, conforme figura abaixo.
16) A água se move com uma velocidade de 5,0 m/s em um cano com uma seção reta de 4,0
cm2. A água desce gradualmente 10 m enquanto a seção reta aumenta para 8,0 cm2. Pede-se:
a) Qual é a velocidade da água depois da descida?
b) Se a pressão antes da descida é 1,5 x 105Pa, qual a pressão depois da subida?

17) Um cano com diâmetro interno de 2,5 cm transporta água para o porão de uma casa a uma
velocidade de 0,90 m/s com uma pressão de 170 KPa. Se o cano se estreita para 1,2 cm e
sobe para o segundo piso, 7,6 m acima do ponto de entrada, pede-se:
a) A velocidade no segundo piso
b) A pressão da água no segundo piso