Você está na página 1de 2

Exemplo no Sector Energético

Esquema da Proposta de Implementação do Sistema de Contabilidade Ambiental da EDP

Apresenta-se, como exemplo, um esquema completo com a proposta de implementação do sistema de


contabilidade ambiental da EDP (Gaspar, 2003).

Proposta de implementação do sistema de contabilidade ambiental da EDP

Expressão de:
– Interesse da empresa no projecto
FASE 0 – Arranque do Projecto  – Benefícios a atingir
– Mandato da equipa de projecto
– Prazo para apresentação de resultados

APROVAÇÃO DO PROJECTO
Envolvimento do C.A. EDP – Holding

CONSTITUIÇÃO EQUIPA PROJECTO Ligação a interlocutores funcionais:


– Gab. Ambiente – Holding – Dep. Contabilidade empresas
– Gab. Consolidação Contabilística – – Dep. e Interlocutores Ambiente nas
Holding  instalações
– Gab. Sistemas Informação – Holding – Dep. Logística
– Gab. Ambiente – EDP Produção – Dep. Jurídicos empresas e Holding
– Estrutura Ambiente – EDP Distribuição – Dep. Comunicação empresas e Holding

FASE 1 – Identificação e Recomendações
LEVANTAMENTO DETALHADO
– Custos ambientais directos, indirectos e gerais
– Benefícios ambientais
– Situações que possam configurar responsabilidades, e responsabilidades contingentes de carácter
ambiental
– Pessoal afecto a funções de Ambiente (full-time e part-time)
– Formas actuais de registo da informação

ELABORAÇÃO DO DOCUMENTO DE RECOMENDAÇÕES
– Definição detalhada de itens a incluir e a excluir
– Regras para quantificação de actividades e equipamentos parcialmente ambientais
– Regras para tratamento contabilístico de cada item
– Alterações necessárias ao sistema de informação

APROVAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES
C.A. EDP – Holding

FASE 2 – Alterações ao Sistema de Informação

ALTERAÇÕES AO SISTEMA DE INFORMAÇÃO
– Codificação activos ambientais existentes
– Codificação obras de investimento em ambiente (total ou parcial)
– Codificação de despesas correntes ambientais
– Registo de mão-de-obra afecta a actividades de ambiente
– Codificação de passivos e provisões ambientais
– Alocação de custos ambientais gerais
– Criação de estrutura de contas ambientais
– Parametrização de relatórios internos e externos

FASE 3 – Formação
– Objectivos do sistema
 – Benefícios esperados

ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS – Casos de estudo de sucesso


– Manual de Procedimentos – Conceitos básicos
– Manual de Utilização – Funcionamento geral
– Utilização prevista da informação
– Formação específica de utilizadores

ACÇÕES DE FORMAÇÃO
– Gestores
– Utilizadores sistema

ENTRADA EM FUNCIONAMENTO