Você está na página 1de 16

IME ITA

Álgebra Linear 07 - (UNICAMP SP) Uma matriz real quadrada P é


dita ortogonal se PT = P–1, ou seja, se sua
01 - (FUVEST SP) transposta é igual a sua inversa.
⎡sen θ cos θ 0 1⎤ a) Considere a matriz P abaixo. Determine os
⎢ ⎥ valores de a e b para que P seja ortogonal.
sen θ cos θ 0 0⎥
A matriz ⎢ é inversível, se e Dica: você pode usar o fato de que P–1P = I,
⎢sen θ 1 0 0⎥
⎢ ⎥ em que I é a matriz identidade.
⎢⎣ 0 0 1 0⎥⎦ ⎡ − 1 / 3 − 2 / 3 − 2 / 3⎤
somente se: P = ⎢− 2 / 3 a − 1/ 3⎥
⎢ ⎥
a. θ ≠ nπ / n ∈ Z ⎢⎣− 2 / 3 b 2 / 3 ⎥⎦
b. θ ≠ 2nπ/n ∈ Z b) Uma certa matriz A pode ser escrita na forma
π A = QR, sendo Q e R as matrizes abaixo.
c. θ ≠ + nπ /n ∈ z
2 Sabendo que Q é ortogonal, determine a
π solução do sistema Ax = b, para o vetor b
d. θ ≠ + nπ/n ∈ Z dado, sem obter explicitamente a matriz
4 A.
e. θ ∈ R Dica: lembre-se de que x = A–1b.
⎡ 1/ 2 − 1 / 2 − 2 / 2⎤ ⎡2 0 0 ⎤
02 - (Mauá SP) Determine as condições que x deve ⎢ ⎥
satisfazer para que a matriz A seja invertível. Q = ⎢ 1/ 2 − 1/ 2 2 /2 ⎥ , R = ⎢0 − 2 0 ⎥ ,
⎢ ⎥
⎛1 2 3 4 ⎞ ⎢ 2 /2 2 /2 0 ⎥ ⎣⎢0 0 2 ⎦⎥
⎜ ⎟ ⎣ ⎦
⎜1 3 x 5 ⎟ ⎡6⎤
A=⎜
1 3 4 3⎟ b = ⎢ − 2⎥ .
⎜ ⎟ ⎢ ⎥
⎜1 6 5 x ⎟ ⎢⎣ 0 ⎥⎦
⎝ ⎠

03 - (ITA SP) Sejam A, B e C matrizes reais 3 x 3, ⎡ i 0 0⎤


satisfazendo às relações AB = C-1, B = 2 A. Se o 08 - (CEFET PR) Considere a matriz A = ⎢0 i 0⎥ ,
determinante de C é 32, qual é o valor do módulo ⎢⎣0 0 i ⎥⎦
do determinante de A ?
na qual “i” é a unidade imaginária. É correto
a) 1/16
b) 1/8 afirmar que A9 é igual a:
c) 1/4 (I3 ⇒ identidade de ordem 3)
d) 8 a) A.
e) 4 b) – A.
c) i . A.
04 - (INTEGRADO RJ) O valor de a tal que d) I3 .
⎡ −11 7 ⎤ ⎡3 7 ⎤
⎢ 5 2 -32 ⎥ seja a matriz inversa de ⎢ e) – I3 .
⎥ é:
⎢⎣ 2 2⎦⎥ ⎣ a 11 ⎦
a) –1 09 - (ITA SP) Seja A ∈ M3x3 tal que det A = 0.
b) 3 Considere as afirmações:
c) 1/5
d) 2 I. Existe X ∈ M3x1 não nula tal que AX é
e) 5 identicamente nula
II. Para todo Y ∈ M3x1, existe X ∈ M3x1 tal que AX
05 - (ITA SP) Sejam as matrizes = Y.
⎡1 0 1 / 2 −1 ⎤ ⎡1 3 −1 / 2 1⎤ 1 5
⎢ ⎥ ⎢ ⎥
− 2 5 2 − 3 1 − 2 −2 3⎥
A=⎢ ⎥ e B=⎢ III. Sabendo que A 0 = 1
⎢ 1 −1 2 1 ⎥ ⎢ −1 1 1 1⎥
⎢ ⎥ ⎢ ⎥ 0 2
⎢⎣ − 5 1 3 / 2 0 ⎥⎦ ⎢⎣ 5 − 1 1 / 2 5⎥⎦
Determine o elemento c34 da matriz C = (A + B) −1 . então a primeira linha da transposta de A é [5 1
2]. Temos que:
06 - (ITA SP) Uma matriz real quadrada A é a) todas são falsas
ortogonal se A é inversível e A −1 = A t . b) apenas (II) é falsa
Determine todas as matrizes 2 x 2 que são c) todas são verdadeiras.
simétricas e ortogonais, expressando-as, quando d) apenas (I) e (II) são verdadeiras.
for o caso, em termos de seus elementos que e) n.d.a
estão fora da diagonal principal.
Matemática – Ney

10 - (UnB DF) Um industrial instalou cinco fábricas, ⎡ 2 1 2⎤ ⎡ 2 1 2⎤


que serão representadas pelos números 1, 2, 3,
4, 5. Ele necessita de instalar uma oficina de
c. ⎢⎢2 2 1⎥⎥ d. ⎢⎢1 2 2⎥⎥
manutenção de máquinas em uma das fábricas. ⎢⎣1 2 2⎥⎦ ⎢⎣1 2 2⎥⎦
Na matriz (C = cij)5x5, o elemento cij representa o
custo (em mil Reais) de transporte de uma
⎡1 2 2 ⎤
máquina da fábrica i para a fábrica j. Na matriz e. ⎢⎢2 2 1⎥⎥
coluna M = (mi1)5x1, o elemento mi1 fornece o ⎢⎣1 1 2⎥⎦
número de máquinas da fábrica i. Considere as
⎡0 5 4 5 4⎤ ⎡5⎤ 14 - (UERJ) João comeu uma salada de frutas com a,
⎢6 0 2 3 1⎥ ⎥ ⎢2⎥
⎢ ⎢ ⎥ m e p porções de 100 g de abacaxi, manga e
matrizes C = ⎢ 4 3 0 2 1 ⎥ e M = ⎢ 3 ⎥ e julgue pêra, respectivamente, conforme a matriz X. A
⎢ ⎥ ⎢ ⎥ matriz A representa as quantidades de calorias,
⎢6 4 3 0 1⎥ ⎢4⎥ vitamina C e cálcio, em mg, e a matriz B indica
⎢⎣ 5 2 3 2 0 ⎥⎦ ⎢⎣ 3 ⎥⎦ os preços, em reais, dessas frutas em 3
diferentes supermercados. A matriz C mostra que
os itens seguintes.
João ingeriu 295,6 cal, 143,9 mg de vitamina C e
00. Para transportar todas as máquinas para a
93 mg de cálcio.
fábrica 4, o custo é de 43.000 Reais.
01. Se x é o custo de transporte de todas as
máquinas das outras fábricas para a fábrica i,
então o custo de retorno dessas máquinas
para as fábricas de origem é x, qualquer que
seja 1 ≤ i ≤ 5.
02. Considerando que as máquinas encontram-se
em igual estado de conservação, como opção
mais econômica, o industrial deverá instalar a
oficina de manutenção na fábrica 5.

11 - (PUC RJ) Calcule a vigésima potência da matriz


⎛1 a ⎞
⎜⎜ ⎟⎟ .
⎝0 1⎠
Considerando que as matrizes inversas de A e B
–1
12 - (UERJ) Considere as matrizes A e B: são A–1 e B , o custo dessa salada de frutas,
A = ( a ij ) é quadrada de ordem n em que a em cada supermercado, é determinado pelas
⎧ 1, se i é par seguintes operações:
a ij = ⎨
⎩− 1, se i é ímpar a) B . A–1 . C
B=(b ij ) é de ordem n x p em que b ij = ji b) C . A–1 . B
–1
c) A–1 . B .C
a) Calcule a soma dos elementos da diagonal
–1 –1
principal da matriz A. d) B .A .C
b) O elemento da quarta linha e da segunda
coluna da matriz produto AB é igual a 4094. 15 - (ITA SP) Sejam A e B matrizes quadradas de
Calcule o número de linhas da matriz B. ordem n tais que AB = A e BA = B . Então, [(A +
B)t]2 é igual a
⎡0 1 0⎤ a) (A + B)2.
⎢ b) 2(At . Bt).
13 - (UERJ) Multiplicando-se A = 0
⎢ 0 1⎥⎥ por X = c) 2(At + Bt).
⎢⎣1 0 0⎥⎦ c) At + Bt.
e) At Bt .
⎡a ⎤ ⎡b⎤
⎢b⎥ ⎢ ⎥ 16 - (ITA SP) Seja A uma matriz real 2 x 2.
⎢ ⎥ , obtêm-se AX = ⎢ c ⎥ , que é uma
⎢⎣ c ⎥⎦ ⎢⎣ a ⎥⎦ Suponha que α e β sejam dois números distintos,
e V e W duas matrizes reais 2 x 1 não-nulas, tais
permutação dos elementos de X. Existem cinco que AV = αV e AW = βW. Se a, b ∈ R são tais
outras matrizes de mesma ordem da matriz "A", que a V + b W é igual à matriz nula 2 x 1, então
com apenas elementos 0 e 1, que, multiplicadas a + b vale
por X, formam as outras permutações dos a) 0
elementos de X. A soma destas cinco matrizes é: b) 1
⎡1 2 2 ⎤ ⎡ 2 1 2⎤ c) –1
a. ⎢⎢2 1 2⎥⎥ b. ⎢⎢1 2 2⎥⎥ d) 1
2
⎢⎣2 2 1⎥⎦ ⎢⎣2 2 1⎥⎦
e) − 1
2

2
Exercícios Complementares

17 - (ITA SP) 1.Mostre que se uma matriz quadrada 2. +⊥ A que transforma a matriz Am x n numa
não-nula A satisfaz a equação: outra matriz A’’1 x n onde cada elemento da única
A3 + 3A2 + 2A = 0 (1) linha de A’’ é obtido somando-se os elementos
então (A + I)3 = A + I, em que I é a matriz da coluna correspondente de A.
identidade. Nestas condições, se A for a matriz identidade de
⎡ −1 1 ⎤ ordem p a expressão +/(+⊥A) vale:
2. Sendo dado que A=⎢ ⎥ satisfaz à a) 2p
⎣ 0 − 2⎦
b) p
equação (1) acima, encontre duas matrizes c) p2
não-nulas B e C tais que B3 + C3 = B + C = d) p . m
A. Para essas matrizes você garante que o e) 2 x 2
⎡ x ⎤ ⎡0⎤
sistema de equações ( B − C) ⎢ ⎥ = ⎢ ⎥ .
⎣ y ⎦ ⎣0⎦ 21 - (UNIFICADO RJ) Cláudio anotou as suas
médias bimestrais de matemática, português,
ciências e estudos sociais em uma tabela com
⎡1 1⎤
18 - (UFC CE) Considere a matriz A = ⎢ ⎥ de quatro linhas e quatro colunas, formando uma
⎣0 1⎦ matriz, como mostra a figura:
ordem 2x2. Então pode-se afirmar que a soma A 1º b 2º b 3º b 4º b
+ A2 + ... + An é igual a: matemática ⎛ 5,0 4,5 6,2 5,9 ⎞
⎡1 n ⎤ ⎜ ⎟
a) ⎢0 1 ⎥ português ⎜ 8,4 6,5 7,1 6,6 ⎟
⎣ ⎦ ciências ⎜ 9,0 7,8 6,8 8,6 ⎟
⎜ ⎟
⎡n n 2 ⎤ est. sociais ⎜⎝ 7,7 5,9 5,6 6,2 ⎟⎠
b) ⎢ ⎥
⎣⎢0 n ⎦⎥ Sabe-se que as notas de todos os bimestres têm
o mesmo peso, isto é, para calcular a média
⎡1 n (n + 1) / 2⎤ anula do aluno em cada matéria basta fazer a
c) ⎢0 ⎥
⎣ n ⎦ média aritmética de suas médias bimestrais. Para
gerar uma nova matriz cujos elementos
⎡n (n 2 + n ) / 2⎤
d) ⎢ ⎥ representem as médias anuais de Cláudio, na
⎣⎢ 0 n ⎦⎥ mesma ordem acima apresentada, bastaria
multiplicar essa matriz por:
⎡n n ⎤
e) ⎢0 n ⎥ 1
a)
⎣ ⎦ 2
⎡1 1 1 1⎤
19 - (UFRJ) O agente id Ota inventou o seguinte b) ⎢4
código secreto para a transmissão de datas de ⎣ 4 4 4 ⎥⎦
certos fatos importantes: o código transforma ⎡1⎤
uma data d-m-a, onde d é o dia, m é o mês e a ⎢ 12 ⎥
representa os dois últimos algarismos do ano, em ⎢2⎥
c) ⎢1⎥
uma nova tripla de números d´-m´,a´, de
acordo com a regra: ⎢2⎥
⎢1⎥
⎛ − 2 3 1 ⎞ ⎛ d ⎞ ⎛ d´ ⎞ ⎣2⎦
⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
⎜ − 1 2 1 ⎟ ⎜ m ⎟ = ⎜ m´ ⎟ 1
d)
⎜ − 2 3 1 ⎟ ⎜ a ⎟ ⎜ a´ ⎟ 4
⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠
O código revelou-se um desastre. De fato, várias ⎡1⎤
⎢ 14 ⎥
datas originais distintas (d,m,a) correspondem a ⎢4⎥
um mesmo código transmitido (d´, m´, a´). e) ⎢1⎥
Por exemplo, as datas 1/1/97 e 2/2/96 ⎢4⎥
correspondem ao mesmo código 98-98-98, pois: ⎢1⎥
⎣4⎦
⎛ − 2 3 1 ⎞ ⎛ 1 ⎞ ⎛ - 2 3 1 ⎞ ⎛ 2 ⎞ ⎛ 98 ⎞
⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎡1 1⎤
⎜ − 1 2 1 ⎟ ⎜ 1 ⎟ = ⎜ - 1 2 1 ⎟ ⎜ 2 ⎟ = ⎜ 98 ⎟ 22 - (UFC CE) Considere a matriz A = ⎢ ⎥ de
⎜ − 2 3 1 ⎟ ⎜ 97 ⎟ ⎜ - 2 3 1 ⎟ ⎜ 96 ⎟ ⎜ 98 ⎟ ⎣0 1⎦
⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ordem 2x2. Então pode-se afirmar que a soma A
Id Ota pensou em alterar o coeficiente central da
+ A2 + ... + An é igual a:
matriz, a22, igual a 2, para um outro valor k.
Determine, se possível, os valores de k que ⎡1 n ⎤ ⎡n n 2 ⎤
fazem o código funcionar bem.
a) ⎢0 1 ⎥ b) ⎢ ⎥
⎣ ⎦ ⎢⎣0 n ⎥⎦
20 - (FCChagas SP) Dada uma matriz Am x n e as ⎡1 n (n + 1) / 2⎤ ⎡n (n 2 + n ) / 2⎤
operações: c) ⎢0 ⎥ d) ⎢ ⎥
⎣ n ⎦ ⎢⎣ 0 n ⎥⎦
1. +/ A que transforma a matriz A numa outra
matriz A’m x 1 onde cada elemento da única coluna ⎡n n ⎤
de A’ é obtido somando-se os elementos da linha e) ⎢0 n ⎥
correspondentes de A. ⎣ ⎦

3
Matemática – Ney

23 - (UFG GO) Dadas as matrizes 28 - (UEM PR) Sobre matrizes e determinantes,


⎛ cos θ − sen θ ⎞ ⎛ sen θ cos θ ⎞ assinale a(s) alternativa(s) correta(s).
M = ⎜⎜ ⎟⎟ e N = ⎜⎜ ⎟⎟ 01. Se o determinante de uma matriz quadrada A
⎝ sen θ cos θ ⎠ ⎝ cos θ − sen θ ⎠ é 10 e se a segunda linha for multiplicada por
Onde θ é um ângulo compreendido entre 0 e π/2 1
rad. 4 e a quinta linha por , então o
Abaixo estão relacionadas algumas operações 2
envolvendo estas matrizes. As igualdades determinante da matriz resultante é 20.
corretas são: 02. Uma matriz quadrada A de ordem 3 é tal que
seus elementos satisfazem aij + aji = 0 para
⎛0 1⎞
01. M.N = ⎜⎜ ⎟⎟ ; todo 1 ≤ i, j ≤ 3. Então, det(A) ≠ 0.
⎝1 0⎠ 04. Se uma matriz quadrada A de ordem n tem
02. det M + det N = 2; determinante satisfazendo a equação det(A2)
04. M.N = N.M; + 2det(A) + 1 = 4, então o det(A) é igual a 1
⎛ 2 0⎞ ou – 3.
08. M + N = ⎜ ⎟ no caso em que θ = π/4 rd;
⎡k 1 − 1⎤
⎜ 2 0⎟
⎝ ⎠ ⎢ ⎥
08. Se A é a matriz dada por ⎢1 1 2 ⎥ , então o
16. N–1 = N, onde N–1 é a inversa de N;
32. det kM = k det M, onde K ∈ R. ⎣⎢k 0 k ⎦⎥
único valor de k que torna o determinante de
24 - (ITA SP) Sejam A = (ajk) e B = (bjk) duas A2 nulo é zero.
matrizes quadradas n x n, onde ajk e bjk são, 16. A equação matricial Xt ⋅ A ⋅ X = 3 onde A é a
respectivamente, os elementos da linha j e ⎡ 3 4⎤
coluna k das matrizes A e B, definidos por matriz dada por ⎢ ⎥ , tem como solução o
⎣− 4 3⎦
⎛j⎞ ⎛k⎞
a jk = ⎜⎜ ⎟⎟ , quando j ≥ k , a jk = ⎜⎜ ⎟⎟ quando j < k e ⎡x ⎤
⎝k⎠ ⎝j⎠ conjunto das matrizes X 2×1 = ⎢ ⎥ , tais que x2
⎣ y⎦
jk ⎛ jk ⎞
b jk = ∑ (−2) p ⎜⎜ ⎟⎟ . + y2 = 1.
p =0 ⎝ p⎠ ⎡1 0 0⎤
O traço de uma matriz quadrada (cjk) de ordem n ⎢ ⎥
32. Se A = B ⋅ C, onde B = ⎢ 13 1 0⎥ e
x n é definido por ∑ np =1 c pp . Quando n for ímpar, o ⎢4 ⎥
1 1⎥
traço de A + B é igual a ⎣⎢ 3 ⎦
a) n(n − 1)/3 ⎡3 2 4 ⎤
b) (n −1)(n + 1)/4 ⎢ ⎥
C = ⎢0 13 23 ⎥ , então o determinante de A é
c) (n2 − 3n +2)/(n − 2) ⎢⎣0 0 − 4⎥⎦
d) 3(n − 1)/n
e) n − 1)/(n − 2) igual a – 4.

25 - (UFU MG) Seja A uma matriz de ordem 3 29 - (UFAC) Considere a função


inversível tal que (A – 2I)2 = 0, em que I é a ∂ : C → M 2 (R )
matriz identidade de ordem 3. Assim, pode-se ⎡x y⎤
afirmar que a matriz inversa A–1 é igual a z = x + yi → ∂ ( z) = ⎢ ⎥
⎣ − y x ⎦
a) I− 1 A b) 2A que a cada número complexo em C associa uma
4
1I matriz quadrada de ordem 2 em M2(R). A
c) 4I – A d)
2 proposição errada dentre as dos itens abaixo é:
2
a) Det (∂ ( z )) = z ; ∀z ∈ C
26 - (FGV ) O montante aplicado de R$ 50.000,00
foi dividido em duas partes, x e y, uma tendo b) ∂ ( z.w ) = ∂ ( z ).∂ ( w ); ∀ z, w ∈ C
rendido 1% em um mês, e a outra 10% no c) ∂ ( z + w ) = ∂ ( z ) + ∂ ( w ); ∀ z, w ∈ C
mesmo período. O total dos rendimentos dessa ⎡1 - 1 ⎤
aplicação foi de R$ 4.000,00. Sendo M, P e Q as d) ∂ ((1 − i) −1 ) = ⎢ ⎥
⎡x ⎤ ⎡50⎤ ⎡1 0,01⎤ ⎣1 1⎦ 2 x 2
matrizes M = ⎢ ⎥ , P = ⎢ ⎥ e Q = ⎢ ⎥, a e) ∂ (1) = 12
⎣y⎦ ⎣4⎦ ⎣1 0,1 ⎦
matriz M pode ser obtida pelo produto:
a) 1 000 ⋅ (Pt ⋅ Q)–1 30 - (UFBA BA) Considerando-se a matriz
b) Pt ⋅ Q ⋅ 1 000 ⎛ u 2 + log v 0 u 2 − log v ⎞
⎜ ⎟
c) Q–1 ⋅ P ⋅ 1 000 B=⎜ 0 2w 0 ⎟ , sendo u, w∈R e
d) 1 000 ⋅ (Qt)–1 ⋅ P ⎜ 2 2 ⎟
⎜ u − log v 0 u + log v ⎟
e) (Q–1)t ⋅ P ⋅ 1 000 ⎝ ⎠
v∈R*+, é correto afirmar:
27 - (IME RJ) Considere uma matriz A, n x n, de 01. A matriz B é simétrica, para quaisquer u,
coeficientes reais, e k um número real diferente w∈R, v∈R*+.
de 1. Sabendo-se que A3 = k A, prove que a 02. O determinante de B é negativo se e somente
matriz A + I é invertível, onde I é a matriz se u ≠ 0 e v > 1 .
identidade n x n.

4
Exercícios Complementares

04. Se u = 6, e v = 0,0001, então existe um 01. a coluna central não contém números
único w∈R tal que os elementos da diagonal compostos.
principal de B são medidas de um triângulo 02. a linha de ordem k contém (2k −1) números
eqüilátero. naturais, k =1,2, …
08. Se u = 0, existem v∈R*+ e w∈R tais que B2 é 04. a quantidade de números naturais escritos
uma matriz nula. até o final da linha k é k2, k =1,2,…
16. Para qualquer w∈R, o sistema de equações 08. a soma de todos os números naturais escritos
BX = 0 tem uma infinidade de soluções até o final da 20.ª linha é 80.200.
⎛x⎞ 16. o número natural 628 é o quarto número da
⎜ ⎟ 26.ª linha.
X = ⎜ y ⎟ se e somente se v = 1 .
⎜z⎟
⎝ ⎠ 34 - (ITA SP) Sejam A e P matrizes reais quadradas
de ordem n tais que A é assimétrica (isto é, A =
31 - (UEM PR) Considere a equação matricial At) e P é ortogonal (isto é, P . Pt = I = Pt . P), P
diferente da matriz identidade. Se B = PtAP
⎡− a 2 a ⎤ ⎡ x ⎤ ⎡ 3⎤ então:
⎢ ⎥⎢ ⎥ ⎢ ⎥ a) AB é simétrica
⎢ 3 a − a ⎥ ⎢ y ⎥ = ⎢1 ⎥ .
b) BA é simétrica
⎢⎣ 2 − 4a − 2⎥⎦ ⎢⎣ z ⎥⎦ ⎢⎣6⎥⎦
c) det A = det B
d) BA = AB
a) Para qual(is) valor(es) de a a equação e) B é ortogonal
matricial possui uma única solução?
Justifique. 35 - (ITA SP) Seja A uma matriz real quadrada de
b) Determine a solução da equação matricial ordem n e B = I – A, onde I denota a matriz
para a = −1 , justificando sua resposta. identidade de ordem n. Supondo que A é
inversível e idempotente (isto é, A2 = A)
32 - (UFAL) Considere: considere as afirmações:
• a matriz A = (aij)2x2, tal que aij = 2j − i;
• que traço de uma matriz quadrada A é a 1. B é idempotente
soma dos elementos da diagonal principal de 2. AB = BA
A; 3. B é inversível
3n 4. A 2 + B2 = I
⎛ 2 2⎞
• o binômio ⎜ x + ⎟ , em que n é um 5. AB é simétrica
⎝ x⎠
número natural. Com respeito a estas afirmações temos:
Use essas informações para concluir se as a) Todas são verdadeiras.
afirmações seguintes são falsas ou verdadeiras. b) Apenas uma é verdadeira.
3 c) Apenas duas são verdadeiras.
00. O traço da matriz inversa de A é .
2 d) Apenas três são verdadeiras.
01. Se At é a matriz transposta de A, então e) Apenas quatro são verdadeiras.
⎡5 3 ⎤
A ⋅ At = ⎢ ⎥. 36 - (UFG GO) Após uma prova de 4 questões
⎣3 2 ⎦ aplicada a 4 alunos, o professor construiu uma
02. Se n é o traço de A , então o 4o termo do matriz (A) onde cada linha corresponde a um
desenvolvimento do binômio dado, segundo aluno e cada coluna às questões da prova,
as potências decrescentes de x, é 168x9. colocou 0 (zero) se o aluno errou a questão e 1
03. Se n = 2, a soma dos coeficientes do binômio (um) se acertou. Com base nesse enunciado
dado é 243. podemos afirmar:
04. Se n = 3, então, no desenvolvimento do 01. Se cada aluno acertou apenas 1 questão a
binômio dado, o termo independente de x é matriz pode ser a matriz identidade se as
168. questões acertadas são distintas;
02. Se um aluno tirou zero na prova o
33 - (UEM PR) Considere os números naturais determinante da matriz é zero;
colocados ordenadamente em linhas da 04. A única situação em que A2 = 0 é se todos os
disposição triangular mostrada na figura e alunos tirarem zero na prova;
suponha que a distribuição continue,
indefinidamente, obedecendo ao mesmo padrão. [ ]
08. Se A = A ij
4x 4
⎧1 se i ≥ j
onde a ij = ⎨ , então um
⎩0 se i < j
1 aluno acertou todas as questões
16. Considere a função f definida em { aij, 1 ≤ i, j
2 3 4
≤ 4}cuja lei de formação é f (aij) = aji Se A =
5 6 7 8 9 I (identidade) a função f é a função nula;
10 11 ... ... ... ... ... 32. Se todos os alunos acertarem todas as
... ... ... ... ... ... ... ... ... questões da prova então de A ≠ 0.

37 - (ITA SP) Sejam A e P matrizes nxn inversíveis


Sobre o exposto, é correto afirmar que:
e B = P–1 AP. Das afirmações:

5
Matemática – Ney

I. BT é inversível e (BT)–1 = (B–1)T. para o ponto 3B. Então, a área do


II. Se A é simétrica, então B também o é. paralelogramo gerado por 2A e 3B é igual a 5
III. det(A – λI) = det(B – λI), ∀λ ∈ R. vezes a área de P.
02. O produto da matriz M pela matriz
é (são) verdadeira(s): ⎛ cos 30° − sen 30° ⎞
a) todas ⎜⎜ ⎟⎟ é uma matiz 2 x 2 cujas
b) apenas I ⎝ sen 30° cos 30° ⎠
c) apenas I e II linhas são as coordenadas dos pontos C e D.
d) apenas I e III Então, a área do paralelogramo gerado por C
e) apenas II e III e D é igual à área de P.

42 - (PUC SP) Seja a matriz A = (aij)3x3, tal que


38 - (ITA SP) Se A é uma matriz real, considere as
definições: ⎧ 7π
cos se i = j
I. Uma matriz quadrada A é ortogonal se e só ⎪⎪ i
a ij ⎨ 7π
se A for inversível e A −1 = A T . ⎪sen se i ≠ j
⎩⎪ j
II. Uma matriz quadrada A é diagonal se e só
O determinante da matriz A é igual a:
se a = 0 , para todo i, j = 1, ..., n, com i ≠ j
ij 3
Determine as matrizes quadradas de ordem 3 a) −
2
que são, simultaneamente, diagonais e
1
ortogonais. b) −
2
39 - (ITA SP) Sejam A e B matrizes 2 x 2 tais que c) –1
AB = BA e que satisfazem à equação matricial A2 1
d)
+ 2AB – B = 0. Se B é inversível, mostre que 2
(a) AB–1 = B–1A e que (b) A é inversível
3
e)
2
⎛2 0 1⎞
⎜ ⎟ ⎛ x − 5 1⎞
40 - (ITA SP) Considere as matrizes A = ⎜ 0 2 0⎟ 43 - (UFMS MS) Sejam A = ⎜⎜ ⎟ e B =
⎜1 0 2⎟ ⎝ 0 5 ⎟⎠
⎝ ⎠
⎛3 0 ⎞
⎛ −1 0 1⎞ ⎜⎜ ⎟ matrizes reais de ordem 2 e f : IR
⎜ ⎟ ⎝ 1 3 − x ⎟⎠
e B=⎜ 0 −2 0 ⎟.
→ IR a função definida por f(x) = 3.det.(A.B) ,
⎜1 0 − 1⎟⎠ onde det.(A.B) denota o determinante da matriz

Sejam λ0, λ1 e λ2 as raízes da equação det(A - produto de A por B . Calcule o valor máximo da
λI3) = 0 com o λ0 ≤ λ1 ≤ λ2. função f.
Considere as afirmações:

I. B = A - λ0I3 44) Qualquer que seja x ∈R, tal que x≠ (k ∈ z) , o
II. B = (A - λ1I3)A 2
III. B = A(A - λ2I3) determinante
1 sec2 x cossec2 x
Então: sen 2 x 1 1 é igual a:
a) todas as afirmções são falsas.
cos2 x tg 2 x cotg 2 x
b) todas as afirmações são verdadeiras
c) apenas I é falsa a) secx . cossecx
d) apenas II é falsa b) 1
e) apenas III é falsa c) –1
d) zero
41 - (UnB DF) Considere os sistema de coordenadas e) n.d.a
cartesianas no plano, cuja origem é denotada por
O = (0,0). Sejam A e B pontos dessse plano, 45 - (FEI SP) Calcule;
distintos da origem. O paralelogramo P, gerado
cos2a cos2a sen 2a
pelos pontos A e B, é aquele que tem os
cos2b cos2b sen 2b
segmentos OA e OB como arestas. A área
cos2c cos2c sen 2c
desse paralelogramo é o determinante det M da
matriz quadrada M, de ordem 2, cujas linhas são
as coordenadas dos pontos A e B. 46 - (FEI SP) Seja M uma matriz quadrada de 3a
Tendo em vista essa informações, julgue os itens ordem; constrói-se uma matriz N em que cada
que se seguem. coluna é a soma das outras duas colunas da
matriz M. Sendo A o determinante de M e B o
00. Se det M = 0, então os segmentos OA e OB determinante de N, tem-se:
são colineares. a) B = 0
01. Sejam 2A o ponto cuja coordenadas são duas b) B = A
vezes as coordenadas de A. Analogamente

6
Exercícios Complementares

c) B = 2A
d) A = 2B I. Se A = At e B = Bt, então AB = (AB)t.
e) n.d.a II. det(A + B) = det A + det B.
III. Se AB = CB, então A = C.
1 1 1 IV. A2 – B2 = (A – B)(A + B).
47 - (UnB DF) Seja f(x) = x b c com a, b, c
A respeito dessas afirmações, assinale a
bc cx bx alternativa correta.
reais não-nulos e distintos. a) Todas as afirmativas são falsas.
As raízes de f(x) = 0 são: b) Apenas a afirmação I é verdadeira.
00. x = a, x = b, x = c c) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras.
01. x = a, x = c d) Apenas a afirmação II é falsa.
02. x = b, x = c e) Todas as afirmações são verdadeiras.
03. x = a, x = b
52 - (ITA SP) Sejam A e I matrizes reais quadradas
48 - (PUC SP) Indica-se por det A o determinante de ordem 2, sendo I a matriz identidade. Por T
de uma matriz quadrada A. Seja a matriz A = denotamos o traço de A, ou seja, T é a soma dos
(aij), de ordem 2, em que elementos da diagonal principal de A. Se T ≠ 0 e
⎧ ⎡π ⎤ λ1, λ2 são raízes da equação det(A - λI) = det(A)
⎪sen .(i + j)⎥, se i = j
a ij = ⎨ ⎢⎣ 4 ⎦ . – det(λI), então:
⎪sen[ x.(i − j)], se i ≠ j a) λ1 e λ2 independem de T
⎩ b) λ1 . λ2 = T
quantos números reais x, tais que –2π < x < 2π, c) λ1 . λ2 = 1
1 T
satisfazem a sentença det A = ? d) λ1 + λ 2 =
4 2
a) 10 e) λ1 + λ2 = T
b) 8
c) 6 53 - (ITA SP) Considere a equação
d) 4 ⎡ 2 2 2 ⎤
e) 2
det ⎢⎢ G ( x ) 2x F( x ) ⎥⎥ = 0 onde
49 - (IME RJ) Calcule o determinante da matriz n x ⎢⎣[G ( x )]2 4x 2 [F( x )]2 ⎥⎦
n em função de b, onde b é um número real tal 4 3
F( x ) = x + x 2− x +1 e G(x ) = x 2 −1 , com x ∈ R, x ≠ 0.
que b2 ≠ 1,
x x
Sobre as raízes reais dessa equação, temos:
b2 +1 b 0 0 … 0 ⎫0 a) Duas delas são negativas.

b b2 +1 b 0 … 0 0 ⎪ b) Uma delas é um número irracional.
0 b b2 + 1 b … 0 0 ⎪ c) Uma delas é um número par.

0 0 b b2 +1 … 0 0 ⎬n linhas d) Uma delas é positiva e outra negativa.
⎪ e) n.d.a.
… … … … … … … ⎪
0 0 0 0 … 2
b +1 b ⎪
0 0 0 0 … b

b2 + 1 ⎭
54 - (ITA SP) Seja C = {X ∈ M2x2; X2 + 2x = 0}.
Dadas as afirmações:
n colunas

I. Para todo X ∈ C, (X + 2I) é inversível.


50 - (UFBA BA) Considere a matriz simétrica A =
II. Se X ∈ C e det (X + 2I) ≠ 0 então X não é
(aij), 1 ≤ i ≤ 3, 1 ≤ j ≤ 3, que satisfaz as
inversível.
seguintes condições:
III. Se X ∈ C e det X ≠ 0 então det X > 0.
I. Se j = i + 1 ou i = j + 1, então aij é a
podemos dizer que:
distância do ponto P ao ponto Q, sendo P e Q
a) Todas são verdadeiras.
interseções da parábola y = x2 – 2x + 1 com
b) Todas são falsas.
a reta y = – x + 1.
c) Apenas (II) e (III) são verdadeiras.
II. Se j = i + 2 ou i = j + 2, então aij é a área do
d) Apenas (I) é verdadeira.
triângulo PQR, sendo o ponto R o simétrico de
e) n.d.a.
Q em relação à origem do sistema de
coordenadas xOy.
55 - (UnB DF) Para A e B matrizes quadradas
III. Se i = j, então aij é o valor máximo da função
quaisquer, de ordem 3, denote por A² o produto
quadrática f(x) = – 2x2 + 4x.
de A por si mesmo e por det A o derminante da
matriz A. julgue os itens.
Assim sendo, escreva a matriz A e calcule o seu
determinante.
00. (A + B) . (A – B) = A2 . B2.
01. det (2A) = 2 det A
51 - (UFU MG) Sejam A, B e C matrizes reais
quadradas de ordem 3. Considere as seguintes
afirmações:

7
Matemática – Ney

02. Somando-se 4 a todos os elementos da 60 - (UFU MG) Sejam A e B matrizes de elementos


⎡1 1 1⎤ reais, quadradas de ordem 3, e represente por I
⎢ ⎥ a matriz identidade de ordem 3. Se A + B = 3 I e
matriz A = ⎢2 1 1⎥ , o determinate da nova
det(A – B) = 1, determine det(A2 + AB – BA –
⎢⎣3 a 1⎥⎦ B2).
matriz será 4det A
61 - (ITA SP) Considere as afirmações dadas a
⎡1 0 0⎤
⎢ ⎥ seguir, em que A é uma matriz quadrada n × n ,
03. Se (det A) = 1, então A = ⎢0 1 0⎥ ou
2

n≥2:
⎢⎣0 0 1⎥⎦
I. O determinante de A é nulo se e somente se
⎡− 1 0 0 ⎤ A possui uma linha ou uma coluna nula.
A = ⎢⎢ 0 − 1 0 ⎥⎥ .
II. Se A = (a i j ) é tal que aij = 0 para
⎢⎣ 0 0 − 1⎥⎦
i > j , com i, j = 1, 2,..., n, então
⎡ a2 (a + 2) 2 (a + 4) 2 ⎤
⎢ ⎥ det A = a11 a 22 ... a n n .
04. Se A = ⎢(a + 2) 2 (a + 4) 2 (a + 6) 2 ⎥ , o det A
⎢(a + 4) 2 (a + 6) 2 (a + 8) 2 ⎥ III. Se B for obtida de A , multiplicando-se a
⎣ ⎦
não dependerá do valor de a.
primeira coluna por 2 + 1 e a segunda por
56 - (MACK SP) A é uma matriz quadrada de ordem 2 − 1, mantendo-se inalteradas as
4 e det A = -6. o valor de x tal que det (2A) = x demais colunas, então det B = det A .
– 97 é:
Então, podemos afirmar que é (são)
a) -12
verdadeira(s):
b) zero
a) apenas II.
c) 1
b) apenas III.
d) 97/2
c) apenas I e II.
e) 194
d) apenas II e III.
1 2 3 x y z e) todas.
57 - (UNIP SP) Se 6 9 12 = −12 , então 2 3 4
x y z 1 2 3 62 - (UECE) Seja X = M + M 2 + M 3 + ... + M k , em que M
vale: ⎡1 1 ⎤
é a matriz ⎢ ⎥ e k é um número natural. Se o
a) -4 ⎣0 1⎦
b) –4/3
determinante da matriz X é igual a 324, então o
c) 4/3
d) 4 valor de k 2 + 3k − 1 é:
e) 12 a) 207
b) 237
58 - (VUNESP SP) Considere as matrizes reais 3x3 c) 269
⎛ a b c⎞ ⎛ m n p⎞ d) 377
⎜ ⎟ ⎜ ⎟
⎜ x y z ⎟ e ⎜ x y z ⎟ . Se indicarmos por A e 63 - (ITA SP) Sejam A e C matrizes n x n inversíveis
⎜ 1 1 1⎟ ⎜ 1 1 1⎟
⎝ ⎠ ⎝ ⎠ tais que det(I + C −1A) = 1 / 3 e det A = 5 . Sabendo-se
B, respectivamente, os determinantes dessas
matrizes, o determinante da matriz
( )
t
que B = 3 A −1 + C −1 , então o determinante de B é
igual a
⎛ a + m + 1 b + n + 1 c + p + 1⎞
⎜ ⎟ 3n
⎜ 1 1 1 ⎟ é igual a: a) 3n b) 2⋅
⎜ 2x 52
⎝ 2y 2z ⎟⎠
1 3n−1
a) – 2A–2B c) d)
5 5
b) 2 A+2B+1
c) 2 A + 2B e) 5 ⋅ 3 n −1
d) – 2A–2B–1
e) 2 A – 2 B – 1. 64 - (MACK SP) O menor valor positivo de α, para
⎧ (sen α) x − y = 0
59 - (UFU MG) Sejam A e B matrizes quadradas que o sistema ⎨ tenha mais de
quaisquer de ordem dois. ⎩x + (4 cos α)y = 0
Indique qual das afirmações abaixo é verdadeira. uma solução, é igual a:
a) (A + B) (A – B) = A2 – B2. a) 75°
b) (A + B)2 = A2 + 2AB + B2. b) 105°
c) se AB é a matriz nula então A ou B são nulas. c) 120°
d) se A e B são inversíveis então A + B é d) 165°
inversível. e) 225°
e) se A e B são inversíveis então AB é inversível.

8
Exercícios Complementares

65 - (FUVEST SP) Dado um número real a, 69 - (ITA SP) Considere o sistema linear
considere o seguinte problema: homogêneo nas incógnitas x1, x2, ..., xn dado
“Achar números reais x1, x2, …, x6, não todos por:
nulos, que satisfaçam o sistema linear: ⎧ a1x1 + (a1 + 1)x 2 + ... + (a1 + n − 1)x n = 0
(r – 2) (r – 3)xr – 1 + ((r – 1) (r – 3) (r – 4) (r – ⎪ a x + (a + 1)x + ... + (a + n − 1)x = 0
6)a + (-1)r)xr + (r – 3)xr + 1 = 0, para r = 1, 2, …, ⎪ 2 1 2 2 2 n

6, onde x0 = x7 = 0”. ⎪ ...............................................................
⎪⎩a n x1 + (a n + 1)x 2 + ... + (a n + n − 1)x n = 0
a) Escreva o sistema linear acima em forma
matricial. Onde a1, a2, ..., an são números reais dados.
b) Para que valores de a o problema cima tem Sobre a solução deste sistema podemos afirmar
solução? que:
c) Existe, para algum valor de a, uma solução a) Se ai > 0, i = 1, 2, ..., n o sistema possui
do problema com x1 = 1? Se existir, uma única solução.
determine tal solução. b) Se ai < 0, i = 1, 2, ..., n o sistema possui
uma única solução.
66 - (ITA SP) A seqüência (a1, a2, a3, a4) é uma c) Se ai > 0, i = 1, 2, ..., n o sistema é
progressão geométrica de razão q ∈ R* com q ≠ impossível.
d) Se ai < 0, i = 1, 2, ..., n o sistema é
⎧ a 1x + a 2 y = c
1 e a1 ≠ 0. Com relação ao sistema ⎨ impossível.
⎩a 3 x + a 4 y = d e) O sistema possui infinitas soluções quaisquer
podemos afirmar que: que sejam os valores dos números a1, ..., an
dados.
a) é impossível para c, d ∈ [-1, 1]
b) é possível e determinado somente se c = d. 70 - (FUVEST SP) Discutir o sistema de equações:
c) é indeterminado quaisquer que sejam c, d ∈ ⎧ ax + by = 0
R. ⎪
⎨ bx + ay = 0
d) é impossível quaisquer que sejam c, d ∈ R*. ⎪x 2 + y 2 = a 2 + b 2 + 1

e) é indeterminado somente se d = cq2

67 - (ITA SP) O sistema abaixo, nas incógnitas x, y 71 - (UnB DF) Sendo um número real qualquer,
e z, considere o sistema de equações:
⎧ 3a x − 9 a y + 3z = 2 a ⎧ x + y + 3z = 1 - m

⎪⎪ a +1 a +1
S : ⎨2x − y + z = 2 + m
⎨3 x − 5y + 9z = 2 ⎪ 3x + 2 y - mz = m
⎪ x +3 y+3 z =1
a −1 a +1 ⎩
⎪⎩ Analise os itens a seguir:
é possível e determinado quando o número a é 00. O sistema S é sempre possível e determinado
diferente de: 01. O sistema S, sempre que possível, é também
determinado
1
a) log 3 2 e (− 1 + log 2 5) . 02. Se m = 0 então a única solução de S é tal
2 que x = 10/22
1 03. Se m torna possível uma solução de de S,
b) log 2 3 e log 2 5 .
2 então qualquer tal soluação satisfaz a
1 equação 2y – (4+m) z = m – 3
c) log 2 1 e log 2 3 . 04. Exixtema pelo menos 2 valores de m para os
2 quais S é impossível
1
d) (− 1 + log 2 1) e 1 (− 1 + log 2 3) .
2 2 ⎛ 0 −1⎞
72 - (UFU MG) Considere a matriz A = ⎜⎜ ⎟⎟ .
1 ⎝ −1 0 ⎠
e) log 3 1 e (− 1 + log 3 5) .
2 Determine quantas soluções tem o sistema linear

68 - (ITA SP) Sejam a, b, c, d números reais não ( )


⎛ x ⎞ ⎛0⎞
A 2 + A 3 + A 222 + A 333 ⎜⎜ ⎟⎟ = ⎜⎜ ⎟⎟ .
⎝ y⎠ ⎝0⎠
nulos que estão nesta ordem em progressão
aritmética. Sabendo que o sistema abaixo:
73 - (ITA SP) Considere o sistema Ax = b, em que
⎧ 4.2 a .x + 2c.y = 2 .2 b
⎪ 3 ⎛ 1 -2 3 ⎞ ⎛1 ⎞
⎨ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
d b
⎪⎩3 .x + 9.3 .y = 81 A = ⎜ 2 k 6 ⎟ , b = ⎜ 6⎟ e k ∈ R .
⎜⎜ ⎟⎟ ⎜⎜ ⎟⎟
é possível e indeterminado, podemos afirmar que ⎝ - 1 3 k - 3⎠ ⎝ 0⎠
a soma desta progressão aritmética é: Sendo T a soma de todos os valores de k que
a) 13 tornam o sistema impossível e sendo S a soma
b) 16 de todos os valores de k que tornam o sistema
c) 28 possível e indeterminado, então o valor de T– S é
d) 30 a) −4 b) −3 c) 0
e) n.d.a. d) 1 e) 4

9
Matemática – Ney

74 - (UFOP MG) Considerando que um sistema de 79 - (UERJ) Observe a tabela de compras realizadas
equações lineares homogêneo 3x3, nas por Mariana:
incógnitas x, y e z , com coeficientes reais, é Loja Produto Preço/unid.(R$) Despesa(R$)
possível e indeterminado, assinale a alternativa caneta 3,00
A 50,00
que não representa uma solução geral desse lapiseira 5,00
sistema.
caderno 4,00
a) {x = 2 t , y = t, z = − 3t , t ∈ R } B 44,00
corretor 2,00
⎧ t ⎫
b) ⎨x = , y = − t, z = t , t ∈ R ⎬ Sabendo que ela adquiriu a mesma quantidade
⎩ 2 ⎭ de canetas e cadernos, além do maior número
c) {x = 2t , y = t + 1, z = t , t ∈ R} possível de lapiseiras, o número de corretores
d) {x = t , y = t, z = t , t ∈ R } comprados foi igual a:
a) 11
75 - (UFPR) Disponho de certa quantia para fazer b) 12
compras. Para comprar um par de tênis, uma c) 13
camisa e uma calça, faltarão R$ 30,00. Se eu d) 14
comprar a calça e a camisa, sobrarão R$ 90,00; e
se eu comprar a calça e o par de tênis, sobrarão 80 - (UERJ) Um comerciante gastou R$250,00,
R$ 10,00. Nessas condições, é correto afirmar: adquirindo as mercadorias A e B para revender.
01. Se eu comprar só a calça, sobrarão R$ Observando a tabela abaixo, calculou e comprou
130,00. o número de unidades de A e B para obter o lucro
02. Se eu comprar o par de tênis e a camisa, máximo.
gastarei R$ 160,00. Preço por unidade(R$)
Mercadoria máximo de unidades libe
03. O par de tênis custa R$ 110,00. rado para o comerciante
04. A camisa custa R$ 50,00. de custo de venda
A 1,00 2,50 100
76 - (FUVEST SP) Um casal tem filhos e filhas. Cada
B 2,00 3,00 200
filho tem o número de irmãos igual ao número
de irmãs. Cada filha tem o número de irmãos Com a venda de todas unidades compradas, o
igual ao dobro do número de irmãs. Qual é o total lucro máximo, em reais, foi:
de filhos e filhas do casal? a) 225
a) 3 b) 250
b) 4 c) 275
c) 5 d) 325
d) 6
e) 7 81 - (UFF RJ) Em um restaurante existem mesas de
3, 4 e 6 cadeiras, num total de 16
77 - (UnB DF) A distância entre duas cidades, A e mesas.Ocupando todos os lugares nas mesas de
B, é de 156 km. De A para B, a extensão das 3 e 4 cadeiras, 36 pessoas ficam perfeitamente
descidas e 0,7 vezes a extensão das subidas. acomodadas. Sabendo-se que o restaurante
Um ciclista pedala a 25 km/h, nas partes planas acomoda, no máximo, 72 pessoas, quantas
da estrada, a 15 km/h, nas subidas, e a 30 km/h, mesas de cada tipo existem?
nas descidas. A diferença entre o tempo de ida e
o tempo de volta do ciclista é de 48 minutos. 82 - (UFF RJ) Um biscoito é composto por açúcar,
Calcule, em quilômetros, a extensão da parte farinha de trigo e manteiga, sendo a quantidade
plana do trajeto, desconsiderando a parte de farinha o dobro da quantidade de açúcar. Os
fracionária de seu resultado, caso exista. preços por quilograma do açúcar, da farinha e da
manteiga são, respectivamente, R$ 0,50, R$ 0,80
78 - (UnB DF) Em uma corrida de motocross, os e R$ 5,00. O custo por quilograma de massa do
competidores devem seguir um percurso de um biscoito, considerando apenas esses ingredientes,
ponto A até um outro ponto B e, em seguida, é R$ 2,42.
retornar ao ponto A pela mesma trilha. Um dos Calcule a quantidade, em gramas, de cada
motociclistas desenvolve uma velocidade ingrediente presente em 1 kg de massa do
constante de 12km/h em trechos de subida, biscoito.
30km/h em trechos planos e 60km/h em trechos
de descida. Um segundo motociclista desenvolve 83 - (UNICAMP SP) Uma empresa deve enlatar
uma velocidade de 10km/h em trechos de subida, uma mistura de amendoim, castanha de caju e
40km/h em trechos planos e 80km/h em trechos castanha-do-pará. Sabe-se que o quilo de
de descida. O primeiro gasta 1h para ir de A até amendoim custa R$5,00, o quilo da castanha de
B e 1h e 10 min para ir de B até A, enquanto o caju, R$20,00 e o quilo de castanha-do-pará,
segundo gasta 1h e 3min para ir de A até B. R$16,00. Cada lata deve conter meio quilo da
Calcule, em quilômetros, a distância que, no mistura e o custo total dos ingredientes de cada
sentido de A para B, corresponde ao trecho de lata deve ser de R$5,75. Além disso, a
subida. Despreze a parte fracionária de seu quantidade de castanha de caju em cada lata
resultado, caso exista. deve ser igual a um terço da soma das outras
duas.

10
Exercícios Complementares

a) Escreva o sistema linear que representa a 89 - (FUVEST SP) Considere o sistema de equações
situação descrita acima. lineares
b) Resolva o referido sistema, determinando as ⎧x + y + z = −2m
quantidades, em gramas, de cada ingrediente ⎪
por lata ⎨ x − y − 2z = 2m
⎪2x + y − 2z = 3m + 5

84 - (UFV MG) Em uma urna vazia são colocadas 20 a) Para cada valor de m, determine a solução
bolas nas cores vermelha e branca. Se (xm, ym, zm) do sistema.
acrescentássemos uma bola vermelha à urna, o b) Determine todos os valores de m, reais ou
número de bolas brancas passaria a ser igual à complexos, para os quais o produto xmymzm é
metade do número de bolas vermelha. igual a 32.
Quantas bolas vermelhas e quantas bolas brancas
existem na urna? 90 - (ITA SP) Sejam a, b, c ∈ R* com a2 = b2 + c2.
Se x, y e z satisfazem o sistema
85 - (UNIFOR CE) Um grupo de amigos comprou
um presente por R$ 6.300,00. Pretendiam dividir
⎧ c cos y + b cos z = a

essa quantia entre si, em partes iguais. Como 2 ⎨c cos x + a cos z = b então cos x + cos y + cos z é
membros do grupo não puderam cumprir o ⎪b cos x + a cos y = c

compromisso, cada um dos restantes teve sua
parcela aumentada de R$ 360,00. O número de igual a:
pessoas do grupo era, inicialmente, a −b a+b
a) . b) .
a) 11 b) 10 c) 9 c c
d) 8 e) 7 b+c c+a
c) . d)
86 - (UNICAMP SP) O IBGE contratou um certo a b
número de entrevistadores para realizar o b2 + c2
recenseamento em uma cidade. Se cada um e)
a
deles recenseasse 100 residências, 60 delas não
seriam visitadas. Como, no entanto, todas as
91 - (ITA SP) Se (x, y, z, t) é solução do sistema
residências foram visitadas e cada recenseador
visitou 102, quantas residências tem a cidade? ⎧ x − y + 2z − t = 0

⎨3x + y + 3z + t = 0 qual das alternativas abaixo é
87 - (INTEGRADO RJ) Num concurso, a prova de ⎪ x − y − z − 5t = 0
Matemática apresentava 20 questões. Para cada ⎩
questão responda corretamente, o candidato verdadeira?
ganhava 3 pontos e, para cada questão a) x + y + z + t e x tem o mesmo sinal.
respondida erradamente ou não respondida, b) x + y + z + t e t tem o mesmo sinal.
perdia 1 ponto. Sabendo-se que para ser c) x + y + z + t e y tem o mesmo sinal.
aprovado deveria totalizar, nessa prova, um d) x + y + z + t e z tem sinais contrários.
mínimo de 28 pontos, o menor número de e) n.d.a.
questões respondidas corretamente para que o
candidato fosse aprovado era de: ⎧x + y - z = 0
a) 12 92 - (PUC RJ) Resolva o sistema ⎨ .
b) 13 ⎩x - y + z = 0
c) 14 Descreva geometricamente o seu conjunto de
d) 15 soluções.
e) 16
93 - (UFMA) Sendo (a, b, c) solução do sistema
88 - (FGV ) “Um galo custa 5 moedas; uma galinha, ⎧x − y + 2Z = 1
⎨ tal que ab = 2c, então um valor de
3 moedas e 3 frangos custam 1 moeda. Com 100
⎩ y + 3Z = 5
moedas, compram-se 100 dessas aves.
a é:
Quantos galos, galinhas e frangos são?”
a) –3 b) –4 c) 2
Esse é o problema chinês do Cento de Aves, que
d) 3 e) 4
foi enunciado pela primeira vez no livro Manual
Matemático, de Zhang Quijian, editado no século
94 - (FUVEST SP) João, Maria e Antônia tinham,
V. O problema ficou famoso e apareceu, mais
juntos, R$ 100.000,00. Cada um deles investiu
tarde, em diversos textos matemáticos na Índia,
sua parte por um ano, com juros de 10% ao ano.
no mundo islâmico e na Europa.
Depois de creditados seus juros no final desse
a) Expresse o enunciado do problema chinês
ano, Antônia passou a ter R$ 11.000,00 mais o
mediante um sistema de equações.
dobro do novo capital de João. No ano seguinte,
b) Dê a solução geral do sistema.
os três reinvestiram seus capitais, ainda com
c) Nessa época, o zero não era considerado um
juros de 10% ao ano. Depois de creditados os
número e, por isso, não entrava na solução
juros de cada um no final desse segundo ano, o
dos problemas. Então, quais as prováveis
novo capital de Antônia era igual à soma dos
respostas que o matemático chinês deve ter
novos capitais de Maria e João. Qual era o capital
encontrado para o problema do Cento de
inicial de João?
Aves?

11
Matemática – Ney

a) R$ 20.000,00 a) Mostre graficamente que esse sistema não


b) R$ 22.000,00 tem solução. Justifique.
c) R$ 24.000,00 b) Para determinar uma solução aproximada de
d) R$ 26.000,00 um sistema linear Ax = b impossível, utiliza-
e) R$ 28.000,00 se o método dos quadrados mínimos, que
consiste em resolver o sistema ATAx = ATb.
95 - (UNICAMP SP) Encontre o valor de a para que Usando esse método, encontre uma solução
⎧⎪ 2x − y+3z=a aproximada para o sistema dado acima.
o sistema: ⎨ x + 2y−z=3 seja possível. Para o valor Lembre-se de que as linhas de MT (a
⎪⎩7x +4y+3z=13 transposta de uma matriz M) são iguais às
colunas de M.
encontrado de a ache a solução geral do sistema,
isto é, ache expressões que representem todas as
101 - (UFAC) Os números reais positivos a e b,
soluções do sistema. Explicite duas dessas
ambos diferentes de 1, soluções do sistema de
soluções.
⎧ b 1
⎪a = 16
96 - (UNICAMP SP) Considere o sistema: equações ⎨ , quando multiplicados, têm
⎪log 1 a = b
⎧ 1 ⎩ 2
⎪x + 2 ( y + z) = p como produto o número:
⎪⎪ 1 a) 2
⎨ y + ( x + z) = p b) 4
⎪ 2
⎪z + 1 ( x + y ) = p c)
1
⎩⎪ 2 2
a) Mostre que se tal sistema tem solução (x, y, 1
d)
z) com x, y e z inteiros, então o parâmetro p 4
é múltiplo inteiro de 17. e) 8
b) Reciprocamente, mostre que se o parâmetro
p for múltiplo inteiro de 17, então este 102 - (FGV ) a. Mostre que existem infinitas triplas
sistema tem solução (x, y, z) com x, y e z ordenadas (x, y, z) de números que satisfazem a
inteiros. equação matricial:
⎡1⎤ ⎡ 2⎤ ⎡ − 1 ⎤ ⎡0 ⎤
⎧ x + y + z = 28 ⎢ ⎥ ⎢ ⎥ ⎢ ⎥ ⎢ ⎥
97 - (MACK SP) As soluções do sistema ⎨ x ⋅ ⎢ 2 ⎥ + y ⋅ ⎢0⎥ + z ⋅ ⎢− 10⎥ = ⎢0⎥
⎩ 2x - y = 32 ⎢⎣− 1⎥⎦ ⎢⎣1 ⎥⎦ ⎢⎣ 7 ⎥⎦ ⎢⎣0⎥⎦
onde x > 0, y > 0 e z > 0 obedecem às seguintes b) Resolva o sistema linear abaixo, nas
restrições: incógnitas x e y, usando o conceito de matriz
a) 2 < x < 8 e 2 < y < 8 inversa:
b) 16 < x < 20 e 0 < y < 8 ⎧2 x + y = a
c) 10 < x < 20 e 2 < y < 10 ⎨
d) 1 < x < 3 e 8 < y < 12 ⎩5x + 3y = b
e) 7 < x < 15 e 9 < y < 11 Use o fato de que a inversa da matriz
⎡ 2 1⎤ −1 ⎡ 3 −1⎤
98 - (FUVEST SP) A=⎢ ⎥ é A =⎢ ⎥
⎣ 5 3⎦ ⎣− 5 2 ⎦
São dados três números naturais a, b e c, com a
< b < c. Sabe–se que o maior deles é a soma dos
103 - (UFC CE) Sejam x e y os números reais
outros dois e o menor é um quarto do maior. Se
positivos que satisfazem o sistema de equações:
a – b + c = 30 então o valor de a + b + c será:
a) 45
b) 60 ⎧⎪log 3 x + log1 / 3 y = 3 + log3 2
⎨ .
c) 900
⎪⎩log3 x + log3 y = 3 + log 3 2
d) 120
e) 150
Assinale a alternativa na qual consta o valor
99 - (ITA SP) Sendo x, y, z e w números reais, numérico de x + y .
encontre o conjunto solução do sistema a) 12
log[(x + 2y)(w − 3z)−1] = 0, b) 18
2x+3z − 8 . 2y−3z+w = 0, c) 24
3 2 x + y + 6z − 2 w − 2 = 0 d) 30
e) 36
100 - (UNICAMP SP) Seja dado o sistema linear:
⎧− x 1 + 2x 2 = 2

⎨2x1 - x 2 = 2
⎪x + x = 2
⎩ 1 2

12
Exercícios Complementares

Gabarito 38 As matrizes de ordem 3 que são,


simultaneamente, diagonais e ortogonais são da
01 a ⎡a 0 0 ⎤
02 x ≠ 2 ⎢ ⎥
forma 0 b 0 tais que a, b, c ∈ {–1, 1}
03 a ⎢ ⎥
04 e ⎢⎣0 0 c ⎥⎦
2 39 a) 1)Se B é inversível, então existe B–1, tal que
05 −
11 B ⋅ B–1 = I .
⎛ ⎞ 2) Sendo AB = BA, temos:
⎛1 0 ⎞ ⎛ -1 0⎞ ⎜ 1- b2 b ⎟
06 ⎜⎜ ⎟⎟, ⎜ ⎟, ⎜ A = A ⇔ A ⋅ I = A ⇔ A ⋅ B ⋅ B–1 = A ⇔
⎜ 0 - 1⎟ ⎟ e
⎝ 0 1⎠ ⎝ ⎠ ⎜ b - 1- b ⎟ ⇔ B ⋅ A ⋅ B–1 = A ⇔ B–1 ⋅ B ⋅ A ⋅ B–1 = B–1 ⋅ A
⎝ ⎠
⇔ I ⋅ A ⋅ B–1 = B–1 ⋅ A ⇔ A ⋅ B–1 = B–1 ⋅ A
⎛ 2 b ⎞ b) A2 + 2AB – B = 0 ⇔ B = A2 + 2AB ⇔
⎜− 1− b ⎟ com - 1 ≤ b ≤ 1 .
⎜ 1- b ⎟
2 ⇔ B = A ⋅ (A + 2B) ⇔
⎝ b ⎠ det B = det [A ⋅ (A + 2B)] = det A ⋅ det (A +
2 1 2B) ≠ 0,
07 a) a= ; b=−
3 3 pois B é inversível.
⎡ 1 ⎤ Se det A ⋅ det (A + 2B) ≠ 0, então det A ≠ 0 e,
b) ⎢ 1 ⎥ portanto,
⎢ ⎥ A é inversível.
⎢⎣ − 4⎥⎦
40 e
08 a 41 00-C; 01-E; 02-C.
09 b 42 a
10 CEC 43 45
⎛ 1 20a ⎞ 44 d
11 ⎜⎜ ⎟⎟ 45 zero
⎝0 1 ⎠ 46 c
⎧ 0, se n é par 47 00-F; 01-F; 02-V; 03-F
12 a) -1 +1 –1 +1 ...(-1)0 = ⎨
⎩− 1, se n é impar 48 b
b) n = 11 b 2n +2 − 1
49 D n =
13 c b2 −1
14 a 50 Sendo A = (aij) uma matriz simétrica tem-se que
15 c aij = aij.
16 a • Da condição I, obtém-se os elementos a12, a21,
17 1. (A + I)³ = (A + I).(A + I).(A + I) = a23 e a32 cujos valores correspondem à distância
(A² + 2A + I).(A + I) = A³ + 3A² + 2A + A + I = A + I , dos pontos P e Q, intersecções da parábola y = x2
como A³ + 3A² + 2A + A = 0, temos que: 0 + A − 2x + 1 com a reta y = −x + 1
+ I = A + I, ou seja, A + I = A + I ⎧⎪ y = x 2 − 2x + 1
Resolvendo-se o sistema ⎨ , obtem−se
⎡0 1 ⎤ ⎡-1 0 ⎤ ⎪⎩ y = − x + 1
2. B = ⎢ ⎥ e C=⎢ ⎥e o sistema
⎣ 0 - 1⎦ ⎣ 0 - 1⎦ x = 0 ou x = 1.
apresentado admite solução (x, y) ≠ (0, 0) Para x = 0 encontra-se y = 1 e para x = 1
18 d encontra-se y = 0, assim P(0,1) e Q(1,0) ou P(1,
19 não há valores de k que solucionem o problema 0) e Q(0, 1) e a distância entre P e Q é 2
com o código.
20 b Logo, a12 = a21= a23 = a32 = 2
21 e
22 d • Da condição II. obtém-se os elementos a13 e a31
23 VFFVVF cujos valores correspondem à área do triângulo
24 c PQR, sendo R o simétrico de Q em relação à
25 a origem e portanto R(−1, 0) se Q (1, 0) ou R (0,
26 DE −1) se Q (0,1)
A área do triângulo PQR em qualquer caso é igual
1 1
27 A2 − A + I é a inversa de A + I a 1.
1− k 1− k Logo, a13 = a31 = 1.
28 53
29 d • Da condição III, obtém-se os elementos da
30 05 diagonal a11, a22 e a33. cujos valores
31 correspondem ao valor máximo da função
32 VFFFF quadrática f(x) = −2x2 + 4x.
33 14 A função quadrática tem valor máximo que ocorre
34 c −4
35 e para x = = 1 . Logo, o valor máximo é f(1) =
2( −2)
36 VVFVFF
37 d 2 e a11 = a22 = a33 = 2.

13
Matemática – Ney

⎛2 2 1 ⎞⎟ 88 a) Sejam x o número de galos, y o número de


⎜ galinhas e z o número de ternos de frangos
A matriz é ⎜ 2 2 2⎟ e o determinante
⎜ ⎟ comprados. Então:
⎜1 2 2⎟ 5 ⋅ x + 3 ⋅ y + 1 ⋅ z = 100 5x + 3y + z = 100
⎝ ⎠ ⇔
x + y + 3z = 100 x + y + 3z = 100
2 2 1 E, supondo que a moeda não tenha
2 2 2 =8+2+2−2−4−4=2 subdivisões, temos U = N 3 .
1 2 2 5x + 3y + z = 100 5x + 3y = 100 − z x = −100 + 4z
b) ⇔ ⇔
x + y + 3z = 100 x + y = 100 − 3z y = 200 − 7 z
51 a
52 d c) 4 galos; 18 galinhas; 3 . 26 = 78 frangos;
53 e 8 galos; 11 galinhas; 3 . 27 = 81 frangos;
54 c 12 galos; 4 galinhas; 3 . 28 = 84 frangos.
55 EEEEC 89 a) (-m – 1, m + 3, -2m – 2);
56 c b) 1, -3 –2i e –3 + 2i
57 d 90 c
58 a 91 c
59 e 92 x = 0, y = z. O conjunto solução é a reta y = z
60 det(A2 + AB – BA – B2) = 27 no plano x = 0.
61 d 93 b
62 d 94 a
63
64
d
b
{ (5
95 a = 2 Z ∈ ℜ / 7 − Z, 7 + Z,− Z
5
)}
⎛ −1 −2 0 0 0 0 ⎞ ⎛ x1 ⎞ ⎛ 0 ⎞
96 a) A proposição é falsa
⎜ ⎟⎜x ⎟ ⎜ ⎟ b) A proposição é falsa
⎜ 0 ( −8a +1) −1 0 0 0 ⎟ ⎜ 2 ⎟ ⎜ 0⎟
65 a) ⎜ 0 0 −1 0 0 0 ⎟ ⎜ x3 ⎟ ⎜ 0 ⎟ ; 97 b
⎜ 0 0 2 1 1 0 ⎟ ⎜ x ⎟ =⎜ 0 ⎟ 98 d
⎜ ⎟⎜ 4⎟ ⎜ ⎟
⎜ 0 0 0 6 ( −8a −1) 2 ⎟ ⎜ x5 ⎟ ⎜ 0 ⎟ ⎧⎛ 31 -8 − 5 ⎞ ⎫
⎜ 0 0 0 0 12 1 ⎟ ⎜ x ⎟ ⎜ 0⎟ 99 V = ⎨⎜ + w ; ; ; w ⎟ t.q.w ∈ R - {- 5}⎬
⎝ ⎠⎝ 6⎠ ⎝ ⎠
⎩⎝ 3 3 3 ⎠ ⎭
b) a = 1 ou a = − 31 ; 100
8 8
c) (1, -1/2, 0, 0, 0, 0) a)
66 e
67 e
68 e
69 e
70 a = b = 0 → SPI
a = ± b ≠ 0 → SPD
a ≠ + b e a ≠ − b → SI
71 FVVVF
72
73 a Cada equação pode ser representada por uma reta no plan
74 c b) x1 = 4/3, x2 = 4/3
75 VVFF 101 c
76 e ⎡1⎤ ⎡2⎤ ⎡ − 1 ⎤ ⎡0 ⎤
77 46 ⎢ ⎥ ⎢ ⎥ ⎢ ⎥ ⎢ ⎥
102 a) x ⋅ ⎢ 2 ⎥ + y ⋅ ⎢0⎥ + z ⋅ ⎢− 10⎥ = ⎢0⎥ ⇔
78 08 ⎢⎣− 1⎥⎦ ⎢⎣1 ⎥⎦ ⎢⎣ 7 ⎥⎦ ⎢⎣0⎥⎦
79 b
80 a ⎧x + 2 y − z = 0
81 4 mesas de 3 lugares ⎪
⇔ ⎨2 x − 10z = 0
6 mesas de 4 lugares ⎪− x + y + 7 z = 0

6 mesas de 6 lugares
82 Açúcar 200g, Farinha 400g, Manteiga 400g Como no sistema linear homogêneo da
página anterior,

⎪ x + y + z = 0,5 1 2 −1
⎪ D= 2 0 − 10 = 0 , conclui-se que o sistema
83 a) ⎨5x + 68z = 17,25
⎪ (x + z) −1 1 7
⎪⎩ y = 3 possível e indeterminado e, portanto, infinitas
b) 250g de amendoim, 125g de castanha de triplas ordenadas (x, y, z) de números
caju e 125g de castanha-do-pará. satisfazem a equação matricial dada.
84 13 vermelha e 7 brancas b) V = {(3a – b; – 5a + 2b)}
85 e 103 c
86 3060 residências
87 a

14
IME ITA