Você está na página 1de 2

Disciplina: Introdução ao Filosofar

Prof. Dr. Vanderlei Carbonara


A ser postado no Webfólio e apresentado na aula de: 13/04/2018
Trabalho Discente Efetivo - TDE

Nome: Ana Paula de Oliveira Marcante

Orientações para o desenvolvimento da atividade:

● Leitura do Livro SOUZA, Ricardo Timm de,. Sobre a construção do sentido: o pensar e o
agir entre a vida e a filosofia. São Paulo: Perspectiva, 2008.

● Análise dos seguintes aspectos do texto:


o Concepção de existência;
o Modos de abordagem da ideia de crise ao longo do texto;
o A ideia de temporalidade subjacente a toda a obra;
o Abordagem sobre as três ameaças de morte da filosofia;
o Concepção de sentido presente no texto.

● Para cada um dos pontos indicados para análise faça o registro escrito das principais
ideias (tanto cite trechos da obra – sempre vinculando numeração de página para
localização das ideias; quanto registre com suas palavras as ideias, conceitos e
argumentos identificados).

Concepção de “[a partir deste “saber” estamos definitivamente inscritos na existência.


existência E estamos determinados a persistir nela.]” (p. 27)
De acordo com o autor, percebemos que a existência é percebida a
partir do momento do nascer e principalmente em tomar conta de si, o
saber-se.
Modos de abordagem A crise não é vista como um problema e também não deve ser uma
da ideia de crise ao banalidade e sim uma situação de decisão e tensão que poderá
longo do texto acarretar em importantes momentos transitórios, que pode ser por
exemplo, a passagem de uma fase à outra, como a passagem da
infância para a adolescência.
“[...] significa o rompimento de uma lógica do passado e o
equacionamento e interpretação precisos das condições do presente.”
(p. 30)
A ideia de A ideia de temporalidade está ligada às várias experiências existentes
temporalidade e as expectativas sobre o desenvolvimento delas.
subjacente a toda a
obra

Abordagem sobre as Infância: Na fase dos porquês e o descobrimento e deslumbre do


três ameaças de mundo.
morte da filosofia Adolescência: Quando surge a vontade de mudar o mundo e a não
aceitação de algumas “normalidades”.
Vida adulta: A ameaça surge em algum momento de crise, o indivíduo
já anestesiado pelas tarefas do cotidiano, não mais se questiona pelo
real, mas no momento de crise, como por exemplo em casos de
doenças ou algum problema que o coloque em contato novamente com
as questões de existência.
Concepção de Existe um enfoque e cuidado do autor em termos de organização e
sentido presente no estruturação de como a filosofia ocorre em muitas etapas da nossa
texto vida. Realaciona-se muito bem a questão de temporalidade, crise e
existência nos três momentos de ameaças a morte da filosofia.
Entrelaça-se a questão de desconstrução do óbvio.

● Com base na análise feita até então, agora escreva um breve texto (10 a 15 linhas
aproximadamente) indicando a concepção de filosofia presente no texto de Tim de Souza.
Concepção de Filosofia:
Vejo o autor perpassando por vários caminhos para conceber a estruturação da filosofia, como
que ordenadamente. A importância das crises e renascimento em cada uma delas também um
ponto aberto à concepções de o que seria filosofia em cada uma dessas fases. Há também a
questão de desconstrução do que é óbvio, análise que permeia em todas as fases e que em
minha opinião é a que mais deve-se ter um olhar sensível, crítico, lógico e racional após
entender por qual fase estamos passando, pois o óbvio passa despercebido. Em meio á isso
tudo vejo também a ideia de temporalidade sempre presente, como a idealização de
desenvolvimento e expectativa sobre nossas vidas. Consigo fazer uma relação disso tudo com
a ideia de existência, que a cada novo momento mostra a importância do saber-se em meio à
crise, temporalidade e permanente desconstrução do óbvio.

Encaminhamento: faça a sua elaboração neste mesmo arquivo, identifique-o no cabeçalho,


salve-o no seu computador e depois anexo-o no Ambiente Virtual da Disciplina, no Webfólio, pasta
“Sobre a Construção do Sentido”. Prazo para a postagem: 13/04/2018.