Você está na página 1de 10

Estudo de sistemas construtivos e concepção de modelos estruturais

As 6 figuras abaixo mostram as possibilidades mais comuns de se posicionar o


pilar de uma estrutura independente em relação à fachada. Essa escolha é
fundamentalmente arquitetônica, ou seja, deve ser vista como uma síntese dos
problemas que o aruqiteto acredita que o edifício deve resolver. Assim, a
escolha de cada uma dessas posições têm implicações na aparência externa e
interna do edifício, no seu conforto ambiental, na leitura do espaço interno e
externo e na forma de ocupação dos espaços internos. Apesar das imagens
representarem uma estrutura em concreto armado, esses conceitos também se
aplicam a outros materiais, como o aço, pois elas se referem não ao material e
sim ao conceito de estrutura independente.
Os esquemas abaixo (desenho sem escala) mostram alguns dos sistemas de
estrutura independente em concreto armado mais comuns. As figuras 1, 2 e 3
mostram estruturas moldadas "in loco", ou seja, a concretagem foi feita na
obra, exatamente na posição em que a estrutura deve ficar. A figura 4 mostra
uma estrutura pré-moldada, também conhecida como pré-fabricada. Ela foi
moldada em uma fábrica ou em um canteiro de obras capaz de realizar essas
peças, e depois de curada, é levada e posicionada na construção. Na figura
esquemática o pilar, a viga e a laje são pré-moldados.

Exercício 1:
O projeto da garagem de barcos do Clube Santapaula, situado na cidade de
São Paulo às margens da represa Guarapiranga, foi feito pelos arquitetos João
Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi. Nele há uma característica
arquitetônica marcante: a cobertura do edifício é uma só, feita em concreto
armado aparente e apoiada sobre oito pontos, indicados na planta do
pavimento superior. Essa cobertura foi pensada como uma estrutura de ponte,
com apoios articulados, como se pode ver nas fotos. Escolha a alternativa que
define como ocorre a relação entre estrutura e arquitetura neste projeto, do
ponto de vista dos apoios.
1.
Apo
io
3.
da
Vist
cob
a
ertu
da
ra
cob
da
ertu
gar
ra
age
mo
m
stra
de
2. Vista indicando ndo
bar
dois dos apoios a
cos
da cobertura rela
,
ção
em
entr
pés
e
sim
esp
o
aço
est
e
ado
estr
de
utur
con
a
ser
vaç
ão.
FACHADA PARA AVENIDA
PROJETO DA GARAGEM DE BARCOS DO CLUBE SANTAPAULA, ARQ.
ARTIGAS E CASCALDI
A - A escolha do concreto armado aparente confere à obra um ar “brutalista”, característico
dos projetos feitos na época por um grupo de arquitetos. A importância do material ficar
exposto e a exploração das suas possibilidades plásticas e estruturais (como, por exemplo,
vencer grandes vãos) não são parte do conceito arquitetônico da obra, que se concentra em
sua horizontalidade.
B - A solução arquitetônica reúne um conceito estrutural (uso de apoios articulados fixos) e o
desejo de criar uma estrutura visualmente leve, apoiada em 8 pontos nítidos. Para obter
esse efeito há uma distância entre as paredes internas (ver planta) e a cobertura. Além
disso, os oito apoios articulados fixos são feitos de tal maneira que o usuário pode vê-los em
funcionamento, permitindo apenas o deslocamento da estrutura em uma direção.
C - A proposta dos arquitetos era demonstrar as possibilidades construtivas que o concreto
possibilita. Isso foi feito através do posicionamento de uma grande cobertura de concreto
armado aparente composta por duas grandes vigas longitudinais, unidas por três lajes
nervuradas (ver corte longitudinal). Essas duas grande vigas apóiam-se sobre 8 pilares que
nascem diretamente das fundações. A pouca transparência visual da obra garante a sua
qualidade plástica.
D - O conceito arquitetônico presente na obra se baseia na utilização do concreto armado
aparente na maior parte da obra e na necessidade de permitir que ele se movimente
livremente, evitando o surgimento de trincas e fissuras. Para alcançar esse resultado no
projeto, os arquitetos optaram por posicionar sobre a garagem uma cobertura única,
caracterizada como uma extensão das paredes de contenção situadas no pavimento inferior.
E - A proposta arquitetônica é que a estrutura da cobertura e sua lógica de funcionamento
fizessem parte integrante da estética da construção, conferindo uma grande leveza e
transparência à obra. Por isso não há praticamente nenhum elemento arquitetônico que
impeça a visualização dos apoios articulados móveis (ver fotos), com a cobertura apenas
pousando sobre os ambientes que compõem a garagem, sem tocá-los (ver plantas e corte).

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não fez comentários

Exercício 2:

A imagem abaixo é do interior da residência da sra. Farnsworth, projeto de


Ludwig Mies van der Rohe, feita entre 1946-1951, no estado de Illinois, EUA.
Para que o espaço ficasse amplo, fluído e transparente como pode ser visto
nas imagens, a construção depende de uma série de condições técnicas
construtivas e de soluções arquitetônicas. Identifique a alternativa que melhor
elucida tais condições e soluções.

Imagem 2 –
vista interna
da sala com
armários; ao
Imagem 1 – fundo, atrás
vista externa do móvel
do alpendre baixo situa-
de acesso se o quarto e
à esquerda,
atrás do
armário, a
cozinha.
Imagem 3 –
paisagem
externa vista Imagem 4 -
a partir do Cozinha
interior da
residência

A - A transparência e a fluidez do espaço são garantidas principalmente pelo tipo de


mobiliário utilizado (imagens 2 e 3). Nas imagens fica nítido que a quantidade de móveis é
bastante reduzida, com armários embutidos, e as cadeiras e mesas são delgadas e leves.
B - O uso de panos de vidro verticais e de lajes planas apoiadas em poucos e esbeltos pilares
é fundamental para a sensação de amplidão do projeto, o qual também utiliza a paisagem
externa (imagem 3) para expandir o espaço interno.
C - O conceito de estrutura independente não é utilizado aqui, pois os pilares não seriam
suficientes para gerar os espaços internos da residência, como pode se perceber na imagem
1 e 2. O projeto aplica outros sistemas construtivos para que possa ficar estável e
transparente ao mesmo tempo.
D - O espaço interno é determinado por duas lajes planas que se apoiam em paredes de
alvenaria. Essas paredes estruturais não podem sofrer modificações, pois nela se apóia a laje
superior (ver imagem 1). Por isso a presença do vidro é fundamental, garantindo a
estabilidade da construção.
E - Foi evitado o uso de lajes planas, pois estas não seriam suficientes para garantir a fluidez
espacial pretendida pelo arquiteto (ver imagem 1 e 2). Tornou-se necessário a aplicação de
um tipo de cobertura mais tradicional, feita com telhas cerâmicas.

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não fez comentários

Exercício 3:
O pavimento desenhado abaixo é de uma escola de ensino fundamental que
possui 4 pavimentos no total. Nesse projeto há uma nítida interrelação entre
estrutura e distribuição espacial. Sobre esse projeto é INCORRETO afirmar
que:

A - A escolha de uma estrutura independente contribuiu para que os pilares externos


estejam afastados das paredes e janelas das salas de aula.
B - A existência de ambientes com áreas diferentes em uma construção em que os pilares
possuem, no sentido da maior dimensão da construção em planta, a mesma distância entre
si, só é possível porque as paredes precisam fazer parte da estrutura.
C - O uso de três sequências de pilares posicionadas paralelamente entre si ao longo da
maior dimensão da construção cria um obstáculo no corredor central, mas diminui a
quantidade de pilares em comparação ao uso de quatro sequências de pilares.
D - Do ponto de vista da distância dos ambientes até as saídas da edificação, a instalação de
duas escadas no edifício poderia ser alterada para a colocação de uma escada, cuja largura
seria equivalente às das duas existentes somadas, no centro da edificação.
E - A posição das escadas, localizadas no extremo dos dois intercolúnios externos, possibilita
a criação de um ambiente aberto logo na entrada de cada uma delas. Esses pequenos
espaços abertos, cada um no fim do corredor central não estão indicados na legenda, mas
nitidamente permitem que alguns alunos ali permaneçam sem interromper diretamente a
circulação.

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não fez comentários

Exercício 4:

Observe a estrutura e a construção terminada da capela ao ar livre de São


José de Ribamar, localizada na ilha de São Luís, no Maranhão. O projeto é de
João Filgueiras Lima e foi realizado pelo C.T.R.S. (Centro Tecnológico Sarah
Kubitschek). A imagem 1 mostra a estrutura metálica em teste nas instalações
da C.T.R.S. em Salvador, Bahia. A imagem 2 mostra a capela pronta em São
José de Ribamar. Sobre esse projeto é incorreto afirmar que:

A - A construção da cobertura é feita principalmente por elementos pré-moldados.


B - O edifício é composto de dois elementos principais: a cobertura metálica e a base, com a
escadaria e o altar.
C - Os perfis metálicos mostrados na figura 1 aparecem claramente na figura 2, revelando
como foi feita a montagem da cobertura da capela, evitando a necessidade de
revestimentos.
D - As formas curvas da cobertura da capela são uma consequência do desenho curvo da
estrutura metálica, ainda que esta não seja mais visível depois que a construção está
pronta.
E - A leveza da estrutura metálica facilita a execução do desenho delgado da cobertura da
capela, permitindo inclusive que seja testada antes da execução.

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não fez comentários

Interesses relacionados