Você está na página 1de 3

CONTRATO DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DE ATUAÇÃO

JURÍDICA COM PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS

A advocacia é um negócio baseado na competência,


exposição profissional, construção de redes de
relacionamento, foco de mercado, gestão de imagem
e conquista da confiança dos clientes, amigos e
parceiros. (Sistema de Inteligência e Mercado –
OAB/GO)

ADVOGADO RECEPTOR: MURILO OLIVEIRA BARBOSA, brasileiro, solteiro, advogado,


inscrito na OAB/GO n° 48.278, com atuação profissional na sede localizada na Rua
Santarém, Quadra 244, Lote 08, Parque Amazônia, tel.: 98308.4848, e-mail:
murilobjuris@gmail.com.

ADVOGADO ASSOCIADO/ESCRITÓRIO ASSOCIADO:________________________,


brasileiro, solteiro, inscrito na OAB/GO nº XXXX, com escritório situado na Rua (...) , tel:
,e-mail: / sociedade unipessoal de advocacia, registrada na
OAB/GO sob o nº , CNPJ nº , com escritório profissional localizado na Rua (...) .

Pelo presente Instrumento, RECEPTOR e ASSOCIADO, tem justo e contratado, de forma


irrevogável e irretratável, o presente CONTRATO DE COOPERAÇÃO mediante as
seguintes cláusulas e disposições, sem prejuízo do disposto no Regulamento Geral do
Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil e Código de Ética e Disciplina:

I - DO OBJETIVO

CLÁUSULA PRIMEIRA: O presente contrato tem por objeto regular a cooperação jurídica
entre o RECEPTOR e ASSOCIADO, nos termos do artigo 39 do Regulamento Geral do
Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil de 16 de novembro de 1994.

CLÁUSULA PRIMEIRA: Visa o presente instrumento estabelecer, regras de convivência e


distribuição de honorários entre o RECEPTOR e ASSOCIADO, no exercício de advocacia,
para colaboração recíproca na prestação dos serviços profissionais à cliente
XXXXXXXXXX , na ação judicial XXXXX , nºXXXX , procº XXXXXXXX ... outorgada por
Procuração SEM reserva de poderes ao ADVOGADO RECEPTOR, bem como resultados
patrimoniais daí decorrentes.

II- DOS COMPROMISSOS E DAS RESPONSABILIDADES


CLÁUSULA SEGUNDA: Na vigência do presente instrumento, o ASSOCIADO designa ao
RECEPTOR trabalho técnico-jurídico de assessoria administrativa, extrajudicial e judicial à
cliente suprarreferida, incluindo-se audiências e demais diligencias necessárias para o bom
andamento do feito.

Parágrafo único: O ASSOCIADO e/ou seus prepostos poderão acompanhar e fiscalizar o


andamento dos processos no âmbito do seu Estado designados ao RECEPTOR, ficando
com o direito de receber as vantagens previstas neste acordo de cooperação, de acordo
com a distribuição/rateio de honorários contratuais indicados na CLAUSULA SÉTIMA.

CLÁUSULA TERCEIRA: O ASSOCIADO não poderá fazer uso do nome do RECEPTOR


de forma indevida ou não autorizada, reconhecendo que os clientes têm vínculo processual
direto e exclusivo com o RECEPTOR

Parágrafo único: O recibo de honorários referente a prestação de serviços, será fornecido


pelo ADVOGADO RECEPTOR.

CLÁUSULA QUARTA: O presente instrumento não implica, em absoluto, nenhuma


relação de emprego, previdenciária, tributária ou afim; não havendo subordinação ou
coordenação de quaisquer das partes entre si, que trabalharão com independência
profissional e direcionados a um atendimento mais especializado, ágil e produtivo aos
clientes em comum, cujo objetivo estratégico e logístico é a fidelização destes.

Parágrafo único: Em vista da inexistência de relação de emprego ou dedicação exclusiva,


os contratantes ficam desobrigados de prestação de jornada de trabalho referente à ação
suprarreferida no escritório/local de atuação cooperado, exercendo a advocacia em caráter
particular sem necessidade de prévia autorização do contratante cooperado.

CLÁUSULA QUINTA: Na vigência do presente instrumento, o ASSOCIADO e o


RECEPTOR ficam livres para firmar parcerias com advogados diversos, conforme a sua
necessidade, excetuando-se em qualquer hipótese as condições e interesses do presente
instrumento cooperativo.

CLÁUSULA SEXTA: Competirá a ambos, em ordem cronológica, ASSOCIADO e


RECEPTOR, atender à cliente supramencionada com zelo e profissionalismo, buscando
dar a melhor solução ao caso concreto, propondo e conduzindo a ação cabível de modo
a defender adequadamente o constituinte.

III- DOS HONORÁRIOS


CLÁUSULA SÉTIMA: Os honorários contratuais advindos da ação judicial
suprarreferida serão partilhados na seguinte proporção a cada um dos contratantes
cooperados:

80% ao ADVOGADO RECEPTOR


20% ao ADVOGADO/ESCRITÓRIO ASSOCIADO

Parágrafo único: Fica desde já estabelecido que se uma das partes receber
individualmente quaisquer valores pelos clientes deverá efetuar o repasse à outra parte
contratante no prazo máximo de 48 horas; sobrelevando-se tolerância mínima para a
execução de transferência bancária de qualquer natureza ou compensação de cheques
que venham a interferir no efetivo recebimento dos valores.

IV - DA VIGÊNCIA E RESCISÃO

CLÁUSULA OITAVA - O presente contrato de cooperação específica refere-se apenas à


ação judicial suprarreferida e extende-se pelo prazo de sua tramitação em primeira
instância, de forma irrevogável e irretratável.

V – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

CLÁUSULA NONA: A lealdade, boa-fé e confiança são deveres anexos aos negócios
jurídicos (Arts. 104 a 114 do Código Civil), neles incluído o presente contrato colaborativo

VI - DO FORO

CLÁUSULA DÉCIMA: Fica eleito o Foro da cidade de Goiânia-GO para se dirimir


eventuais dúvidas ou pendências oriundas deste instrumento.

E, por estarem de pleno acordo, firmam o presente, que depois de lido e achado conforme
pelas partes, vai assinado pelas partes e por duas testemunhas, para que produza os
efeitos legais.

Goiânia-GO, 25 de janeiro de 2018.

________________________________
ADVOGADO RECEPTOR
MURILO OLIVEIRA BARBOSA

_________________________________
ADVOGADO ASSOCIADO
AGNALDO BASTOS

____________________________Testemunha1
____________________________Testemunha2