Você está na página 1de 25

PROGRAMAÇÃO EM

CALCULADORA HP PRIME (G8X92AA)

Programação BÁSICA e AVANÇADA


(para iniciantes)

Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr.


Leonardo de Azevedo Dornelles (aluno de engenharia)
2018
SUMÁRIO
1 Acessando o menu programação ........................................................................................ 3
1.1 Abrindo o catálogo de programação ............................................................................ 3
1.1.1 Programas ............................................................................................................. 3
1.1.2 Criando um programa ........................................................................................... 3
1.1.3 Apagando um programa ....................................................................................... 4
1.2 Organizar Catálogo de Programas ............................................................................... 5
1.2.1 Ordenar programas ............................................................................................... 5
2 HP Prime: Programação Básica .......................................................................................... 6
2.1 Exemplo 01 .................................................................................................................. 7
2.1.1 Parâmetros iniciais do programa .......................................................................... 7
2.1.2 Declarar variáveis no programa ............................................................................ 7
2.1.3 Atribuir valores iniciais a variável........................................................................ 9
2.1.4 Criando ciclo de repetição .................................................................................... 9
2.1.5 Comando Print .................................................................................................... 10
2.1.6 Inserindo fórmulas .............................................................................................. 10
2.1.7 Imprimir resultados............................................................................................. 10
2.1.8 Comando WAIT ................................................................................................. 11
2.1.9 Condições para continuidade do ciclo ................................................................ 12
2.1.10 Verificando sintaxe do programa ....................................................................... 12
2.2 Executando um programa .......................................................................................... 13
2.3 Utilização: Preenchimento da tabela .......................................................................... 14
2.4 Exercício para treinamento: ....................................................................................... 15
2.4.1 Fazer a programação:.......................................................................................... 15
2.4.2 Alimentar o Programa ........................................................................................ 15
2.4.3 Resposta Programa EQ2G .................................................................................. 16
3 HP Prime: Programação Avançada .................................................................................. 17
3.1 Exemplo 02 ................................................................................................................ 18
3.1.1 Matrizes .............................................................................................................. 19
3.1.2 Programação ....................................................................................................... 20
3.1.3 Fórmula: FXY..................................................................................................... 21
3.1.4 Execução............................................................................................................. 21
3.1.5 Alimentação ........................................................................................................ 21
3.1.6 Utilização ............................................................................................................ 22
3.1.7 Abrindo catálogo de matrizes ............................................................................. 22
3.2 Exercício para treinamento: ....................................................................................... 24
3.2.1 Fazer a programação:.......................................................................................... 24
3.2.2 Alimentar o Programa ........................................................................................ 24
3.3 Comandos Auxiliares ................................................................................................. 25
3.4 Programas auxiliares .................................................................................................. 25
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

1 Acessando o menu programação


1.1 Abrindo o catálogo de programação
Para abrir o catálogo de programas devemos pressionar os botões Shift + 1 na tela HOME

1.1.1 Programas
No catálogo de programas veremos o aplicativo em execução (neste caso o DataStreamer) e
uma série de comandos (Editar, Nova e Mais) no menu inferior da tela

1.1.2 Criando um programa


Para criar um programa novo devemos clicar no comando Nova no menu inferior da tela onde
teremos a opção de nomear o programa e a opção de usar o modo CAS. Selecionando o campo
nome insira o nome de programa desejado usando a tecla Alpha e a letra indicada em laranja
Página 3
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

no teclado, para fixar o Alpha pressione o botão duas vezes e para usar letras minúsculas
pressione a tecla Shift. Após nomear o programa pressione a tecla OK no menu inferior ou
Enter no teclado.

1.1.3 Apagando um programa


No catálogo de programas, selecione o programa a ser apagado com o cursor e clique no menu
inferior sobre a opção Mais e logo após Elimin, confirme a operação clicando em OK.

Página 4
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

1.2 Organizar Catálogo de Programas


1.2.1 Ordenar programas
Há duas formas de ordenação de programas no catálogo de programas: cronologicamente ou
alfabeticamente. A seleção é acessada através do menu inferior na opção Mais e Orden.

Página 5
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2 HP Prime: Programação Básica


Entrar no catálogo de programas
Shift + 1
Criar programa “EX01” (Exemplo 01)

Entrar em “EX01”
Após a criação do programa, automaticamente entrará na tela de edição do programa, caso não
aconteça, acesse o catálogo de programas, selecione o programa e clique na opção Editar no
menu inferior.

Página 6
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.1 Exemplo 01
Vamos programar as seguintes fórmulas para preencher a tabela abaixo:
x j 1  x j  h , para j 0,1,2,, m 1
h
y j 1  y j  ( k1  k 2 ), para j 0,1,2,, m 1
2
onde k1  f ( x j , y j ) e k 2  f ( x j  h , y j  h k1 ).
ba
Sabendo que x0 0, y0 2, a 0, b 1, h =0,1, m   m 10.
h
Sabendo também que f ( x, y)  x  y  2 .
j xj yj k1 k2
0 0 2
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

2.1.1 Parâmetros iniciais do programa


O comando EXPORT possibilita a entrada de valores iniciais para o programa, neste caso
usaremos para os valores de “X0”, “Y0”, “A”, “B” e “H”.

2.1.2 Declarar variáveis no programa


O comando LOCAL serve para declarar variáveis internas ao programa. Deve ser usado sempre
que usarmos variáveis diferentes das pré-existentes para realizar operações.
Neste caso declararemos as variáveis: “X01”, “Y01”, “K1”, “K2”.
Como já declaramos “X0” e “Y0” nos parâmetros iniciais não precisamos realizar a declaração.

Página 7
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

Sintaxe: LOCAL “Variável”;

Dica: Todos os comandos estão disponíveis no menu inferior, nas opções Comand para
comandos relacionados a variáveis e Modelo para comandos relacionados ao programa. O
comando LOCAL está na opção Modelo → Variável.
Note que todos os comandos devem ser terminados com o “;” no final como na linguagem de
programação C.

Sempre que houver dúvidas sobre a sintaxe de um comando podemos usar a tecla ? Help da
calculadora sobre o comando para consultar a ajuda.

Página 8
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.1.3 Atribuir valores iniciais a variável


Para atribuir valor a uma variável devemos usar o operador “:=”, neste exemplo precisamos
atribuir valores a “M” e “J”.

2.1.4 Criando ciclo de repetição


Para criar um ciclo de repetição com condição de parada podemos usar o comando WHILE.
O comando WHILE realiza os comandos que seguem entre o DO e o END de forma repetida
até alcançar a condição de parada do ciclo.

Sintaxe: WHILE “Condição” DO “Comandos” END;

Neste caso a condição de parada do comando é o número de iterações que o programa deve
executar, portanto, usando a variável “J” para realizar apenas o número de iterações desejadas.

Página 9
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.1.5 Comando Print


Neste exemplo usaremos o comando PRINT para imprimir o valor das variáveis na tela e para
limpar a tela.
Quando o comando PRINT é usado sem argumentos ele tem a função de limpar a tela.

Sintaxe: PRINT (“Argumento”);

2.1.6 Inserindo fórmulas


Para inserir uma fórmula devemos atribuir um valor a variável desejada, esse valor poderá ser
resultado de uma fórmula.

Fórmula 1: K1 = X0  Y0  2
Fórmula 2: K2 = (X0  H)(Y0  H  K1)  2
Fórmula 3: X01 = X0  H
Fórmula 4: Y01 = Y0  H/2  (K1  K2)

2.1.7 Imprimir resultados


Para imprimir resultados usaremos o comando PRINT com argumentos, nesse caso quando o
argumento é inserido entre aspas ele tem a função de texto e fora das aspas representa uma
variável.

Página 10
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

Note que as variáveis aparecem após um sinal positivo, dessa forma elas serão apresentadas
após o texto inserido entre as aspas.

2.1.8 Comando WAIT


Nesse exemplo usaremos o comando WAIT para aguardar o usuário para continuar a execução.
Quando o comando WAIT é usado com argumento “0” ele tem a função de esperar um toque
no teclado para continuar a execução.

Sintaxe: WAIT (“Argumento”);

Página 11
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.1.9 Condições para continuidade do ciclo


Para continuar a progressão do ciclo devemos realizar atribuições as variáveis que devem
progredir com a repetição, neste caso “X0”, “Y0” e “J”.

“X0” tem o valor do “X01”, “Y0” tem o valor de “Y01” e “J” tem o valor incrementado em 1
unidade. No próximo ciclo será feito a nova aplicação das fórmulas onde atribuirá novos valores
em “X01” e “Y01”.

2.1.10 Verificando sintaxe do programa


No menu inferior temos a opção Verif., essa opção verifica a sintaxe do programa e informa
caso haja algum erro no programa será alertado a linha e o cursor direcionado ao ponto do erro.

Página 12
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.2 Executando um programa


Para executar um programa, primeiro precisamos voltar ao catálogo de programas pressionando
a tecla Esc. No catálogo de programas com o curso sobre o programa toque na opção Execut
no menu inferior.
Quando o programa iniciar, devemos alimentar os parâmetros iniciais do programa

Como nesse programa usamos o comando PRINT serão exibidos os resultados das operações
no Terminal.

Página 13
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

Para continuar a execução devemos pressionar qualquer tecla do teclado conforme o comando
WAIT usado.

2.3 Utilização: Preenchimento da tabela


j xj yj k1 k2
0 0 2 0 0,1
1 0,1 2,005 0,095 0,1855
2 0,2 2,019025 0,180975 0,2628775
3 0,3 2,041217625 0,258782375 0,332904138
4 0,4 2,070801951 0,329198049 0,396278244
5 0,5 2,107075765 0,392924235 0,453631811
6 0,6 2,149403568 0,450596432 0,505536789
7 0,7 2,197210229 0,502789771 0,552510794
8 0,8 2,249975257 0,550024743 0,595022269
9 0,9 2,307227608 0,592772392 0,633495153
10 1 2,368540985

Página 14
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.4 Exercício para treinamento:


Crie um programa chamado “EQ2G”.
Tome a equação do 2o grau ax 2  bx  c  0 com a  0 .
b 
Programar a fórmula de Bhaskara: x  com   b 2  4ac .
2a
Declarar 3 parâmetros e criar 3 variáveis
“A”, “B”, “C” e “X1”, “X2”, “DELTA”

2.4.1 Fazer a programação:


Fórmula DELTA:
DELTA = B^2 – (4*A*C)
Fórmula X1:
 B  DELTA
X1 =
2A
Fórmula X2:
 B  DELTA
X2 =
2A

2.4.2 Alimentar o Programa


Resolver a equação: x 2  4 x  21  0
 x1  3
Resposta: 
 x2  7

Página 15
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

2.4.3 Resposta Programa EQ2G

Página 16
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3 HP Prime: Programação Avançada


Entrar no catálogo de programas
Shift + 1
Criar programa “EX02” (Exemplo 02)

Entrar em “EX02”

Página 17
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.1 Exemplo 02
Vamos programar as seguintes fórmulas para preencher a tabela abaixo:
x j 1  x j  h , para j 0,1,2,, m 1
h
y j 1  y j  ( k1  k 2 ), para j 0,1,2,, m 1
2
onde k1  f ( x j , y j ) e k 2  f ( x j  h , y j  h k1 ).
ba
Sabendo que x0 0, y0 2, a 0, b 1, h =0,1, m   m 10.
h
Sabendo também que f ( x, y)  x  y  2 .
j xj yj k1 k2
0 0 2
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Página 18
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.1.1 Matrizes
Neste exercício trabalharemos com matriz, que estão definidas de M0 – M9, para inicializar
uma matriz usamos o comando REDIM que redimensiona a matriz indicada para o tamanho
indicado. Quando o tamanho indicado for menor que o atual, todos os elementos fora do
tamanho serão apagados e quando o tamanho indicado for maior que o atual, será atribuído o
valor 0 aos novos elementos.

Sintaxe: REDIM(Matriz,{Tamanho});

Para exibir a matriz ao final do programa usamos o comando EDITMAT que permite editar ou
visualizar a matriz indicada conforme o “somente leitura”. Se o argumento for diferente de 0
será permitida apenas a visualização da matriz indicada.

Sintaxe: EDITMAT(Matriz, “Título”, somente leitura);

Página 19
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.1.2 Programação
EXPORT EX02(FXY,X0,Y0,A,B,H) \\ Parâmetros do programa
BEGIN
LOCAL K1,K2; \\ Declaração de variáveis
M:=(B-A)/H; \\ Cálculo de iterações
J:=0; \\ Inicialização de “J”
REDIM(M1,{1,1}); \\ Inicialização da Matriz M1
WHILE J<=M DO
U:=X0; \\ Atribui o valor alimentado de X0 em U
V:=Y0; \\ Atribui o valor alimentado de Y0 em V
K1:=EVAL(FXY); \\ k1  f ( x j , y j )
U:=X0+H; \\ u  x j  h
V:=Y0+H*K1; \\ v  y j  h k1
K2:=EVAL(FXY); \\ k 2  f ( x j  h , y j  h k1 )
M1(J+1,1):=J; \\ Atribui J para a lin. J+1 e col. 1 de M1
M1(J+1,2):=X0; \\ Atribui X0 para a lin. J+1 e col. 2 de M1
M1(J+1,3):=Y0; \\ Atribui Y0 para a lin. J+1 e col. 3 de M1
M1(J+1,4):=K1; \\ Atribui K1 para a lin. J+1 e col. 4 de M1
M1(J+1,5):=K2; \\ Atribui K2 para a lin. J+1 e col. 5 de M1
X0:=X0+H; \\ Próximo X0
Y0:=Y0+H/2*(K1+K2); \\ Próximo Y0
J:=J+1; \\ Próximo J
END;
EDITMAT(M1,"RESULTADO",1);
END;

Página 20
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.1.3 Fórmula: FXY


Até agora não foi dada a função FXY. No programa ela foi considerada na forma geral.
O programa acima é utilizado em cálculo numérico. É o método de Runge-Kutta de Segunda
Ordem (Método de Euler Aprimorado) que aproxima equações diferenciais ordinárias (EDO).
Alimentação: muda para cada exercício.
Digitar a equação em modo algébrico, que no caso é: ‘UV2’

f ( x, y )  x  y  2

3.1.4 Execução
Digitação: digitando a equação
Aspas simples indicam que o valor inserido representa uma função, por isso devemos inserir o
valor de FXY usando as aspas usando Shift + ( ).

3.1.5 Alimentação
Fazer FXY  ‘U-V+2’
Fazer X0  0
Fazer Y0  2
Fazer A  0
Fazer B  1
Fazer H  0,1

Página 21
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.1.6 Utilização
Para executar o programa com os parâmetros inseridos use o botão OK no menu inferior.

Percebe-se que não é possível visualizar toda a matriz. Para isso podemos usar o touch ou as
teclas de navegação.

3.1.7 Abrindo catálogo de matrizes


Para acessar o catálogo de matrizes, onde se encontram as matrizes M0 – M9, usamos a
combinação Shift + 4 e selecionamos a matriz desejada, no caso a matriz M1 usada no exemplo
02.

Página 22
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

O resultado será uma matriz com (m+1) linhas por 5 colunas onde:
j xj yj k1 k2
0 0 2 0 0,1
1 0,1 2,005 0,095 0,1855
2 0,2 2,019025 0,180975 0,2628775
3 0,3 2,041217625 0,258782375 0,332904138
4 0,4 2,070801951 0,329198049 0,396278244
5 0,5 2,107075765 0,392924235 0,453631811
6 0,6 2,149403568 0,450596432 0,505536789
7 0,7 2,197210229 0,502789771 0,552510794
8 0,8 2,249975257 0,550024743 0,595022269
9 0,9 2,307227608 0,592772392 0,633495153
10 1 2,368540985

Página 23
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.2 Exercício para treinamento:


Apagar programa EQ2G. Criar o novo programa EQ2G. Entrar em EQ2G.
Tome a equação do 2o grau ax 2  bx  c  0 com a  0 .
b 
Programar a fórmula de Bhaskara: x  com   b 2  4ac .
2a
Declarar 3 parâmetros e 1 variável
“A”, “B”, “C” e “DELTA”

3.2.1 Fazer a programação:


EXPORT EQ2G(A,B,C)
BEGIN
LOCAL DELTA;
PRINT();
DELTA:=B^2-(4*A*C);
IF (DELTA>0) THEN
PRINT("As raízes são " +(−B+√DELTA)/2*A +" e " +(−B-√DELTA)/2*A);
ELSE IF(DELTA=0) THEN
PRINT("A raiz é " +(−B+√DELTA)/2*A);
ELSE IF(DELTA<0) THEN
PRINT("Não há raízes reais");
END;
END;
END;
END;

3.2.2 Alimentar o Programa


Resolver a equação: x 2  4 x  21  0
 x1  3
Resposta: 
 x2  7
A=1
B = -4
C = -21

Página 24
Prof. Lauro Cesar Galvão, Dr. Página: http://paginapessoal.utfpr.edu.br/laurogalvao

3.3 Comandos Auxiliares


TOOLBOX MENU

Clicando na tecla na tela HOME o menu inferior irá mostrar funções disponíveis para
trabalho.

UNITS MENU

Clicando Shift + na tela HOME o menu inferior irá mostrar unidades e constantes
disponíveis para trabalho.

3.4 Programas auxiliares


Biblioteca de programas: https://www.hpcalc.org/prime
Teclado touch: https://www.hpcalc.org/prime/utils/virtualkb.zip

Página 25