Você está na página 1de 515

1.1.

Criação de Esboço – Estudo de Caso 1

Com a opção de criação de esboço em peças novas, toda vez que inicializarmos um novo
arquivo de peça, o SolidWorks criará esse tipo de entidade.
Portanto, dá-se início à criação de uma nova peça (menu Arquivo, Novo).
Clique no menu arquivo, Novo.

Selecione Peça e clique em OK.

2
Observa-se que a interface do SolidWorks mostra ao usuário algumas pistas de criação
de um novo arquivo de peça com o seu esboço. O sinal mais claro que poderemos
averiguar é o canto de confirmação na área do modelo.

Canto de
confirmação

O segundo sinal da criação do esboço poderá ser observado no Feature Manager do


arquivo, conforme a imagem abaixo:

Esboço no
Feature Manager

3
Observa-se que o Command Manager foi inicializado na guia de Esboço com todos os
comandos para esse tipo de ambiente de trabalho.

Clique na seta ao lado da


ferramenta retângulo.

Seleciona-se o Comando Retângulo Central.

Clique em retângulo central.

O Comando “Retângulo” possui 5 variações que poderão ser aplicadas conforme o tipo de
projeto. Observe abaixo os tipos de retângulo.

4
5
6
Para a peça que será criada neste estudo de caso, utilizaremos o comando Retângulo
Central. Observe que o ponto central do retângulo será a própria origem e o segundo
ponto poderá estar localizado em qualquer local da área de modelo.

2° Clique no
Espaço

1° Clique na
Origem

Certifique-se que o template está com as dimensões em milímetros. Existe um atalho na


barra de status, que fica na parte inferior da tela do SolidWorks (O botão para escolher
em qual unidade desejar trabalhar está no canto inferior direito, praticamente em cima do

relógio do Windows).

Barra de status

7
Outro caminho é pelo menu Opções. Clique em Opções (ou clique em
Ferramentas, Opções).

Selecione ao lado de opções do sistema as Propriedades do documento (Propriedades do


template de peça).

Verifique em Unidades, se o Sistema de unidades selecionado é o MMGS (milímetro,


grama, segundo).

8
Clique em OK para confirmar a operação.

O objetivo de mostrar o menu opções para sistemas de unidades serve


simplesmente para ilustrar as várias opções e caminhos para se chegar ao mesmo
resultado que encontramos ao trabalhar com o SolidWorks.

9
Verifique na aba Esboço o comando “Dimensão Inteligente”. Selecione o comando.

Clique para selecionar o comando

Com o comando Dimensão inteligente habilitado, selecione a linha a qual será adicionada
a dimensão.
2° Clique para
posicionar a
dimensão.

1° Clique sobre a
linha que será
dimensionada.

À medida que o usuário insere as dimensões, o SolidWorks já solicita o valor das mesmas
com uma janela similar à que encontramos abaixo. Basta a inserção de um valor e a sua
confirmação.

2° Confirmação da Dimensão

1° Inserção do Valor

10
Insira a segunda dimensão, com valor de 70mm, para que a peça fique com o mesmo
layout da imagem abaixo.

Adicione os círculos conforme imagem abaixo.


Para adicioná-los, selecione a ferramenta Círculo no Command Manager.

Selecione a ferramenta círculo

2° Clique no espaço

1° Clique

Repita o mesmo procedimento para adicionar os quatro furos.

11
Pressione a tecla CTRL, selecione os quatro círculos para definir a relação de igualdade
(para que os quatro círculos possuam os mesmos diâmetros).
Essa prática é altamente recomendada para evitar que existam muitas dimensões
poluindo o desenho.

Nota: Observe que não importa qual foi o diâmetro que o SolidWorks adotou para os
quatro círculos, pois nenhum deles possui uma dimensão definida.

Adicione duas linhas tracejadas no centro das linhas dividindo o retângulo em partes
iguais, e a dimensão de diâmetro em um dos círculos (o diâmetro será igual aos outros
círculos).

12
Nota: Clique na seta ao lado da ferramenta linha e selecione a opção Linha de centro.

Adicione as linhas conforme ilustração.


1° Linha de centro

2° Linha de centro

Adicione relações de simetria para definirmos totalmente o esboço.


Para adicionar a relação de simetria selecione os pontos centrais dos círculos e a linha de
centro.

13
1° Selecione os pontos centrais e a
linha de centro

2° Clique em Simétrico

Adicione relação Simétrica entre os pontos centrais conforme imagem abaixo.

Relação Simétrica

14
Adicione relação Simétrica entre os pontos centrais conforme imagem abaixo.

Relação Simétrica

Adicione relação Simétrica entre os pontos centrais conforme imagem abaixo

Relação Simétrica

15
Insira um novo retângulo de ponto central e dimensione-o conforme ilustração abaixo.

Observe no canto inferior direito na barra de status a mensagem “Totalmente definido”,


esta mensagem significa que o nosso esboço está pronto para ser utilizado na criação do
produto 3D.

Observação:
No SolidWorks existem três estados de esboço, , e
.

Subdefinido: Quando você começa um esboço, pode arrastar entidades para alterar sua
forma ou posição. Neste retângulo, as linhas pretas da esquerda e inferior (1) estão fixas
na origem, mas você pode arrastar as linhas superior e direita (2). A cor azul indica que a
entidade não é fixa, ou seja, sua geometria não está totalmente definida.

2
1

16
Totalmente definido: Adicionar dimensões na linha superior e na linha à esquerda fixa
os tamanhos de todos os lados do retângulo devido às relações de igualdade implícitas
entre os lados superior e inferior, e direito e esquerdo. O retângulo em si é fixo na origem.
Todas as entidades ficam pretas, indicando que o retângulo está totalmente definido.

Sobredefinido: As dimensões redundantes sobredefinem um esboço. O retângulo


vermelho está sobredefinido. Quando você insere dimensões, elas são consideradas
dimensões acionadoras. Ter duas dimensões acionando a mesma geometria é uma
condição inválida. Uma caixa de diálogo aparece, permitindo que você designe as
dimensões que estão redundantes no desenho como dirigida.

A criação do sólido tridimensional da peça será realizada com o recurso “Ressalto/Base


Extrudado”. Para acessá-lo, clica-se na aba recursos do Command Manager e seleciona-
se o comando conforme a imagem abaixo.

17
1° Selecionar a 2° Selecionar o
aba de Recursos recurso “Ressalto
do Command /base extrudado”
Manager.

Quando a extrusão é iniciada, o software pergunta a profundidade da extrusão conforme a


imagem abaixo. No campo adequado, defina uma profundidade de 30 mm.
O resultado final deverá ser semelhante ao da imagem abaixo:

2° Confirmar a
criação da extrusão.

1° Definir um
valor numérico
para a
profundidade da
extrusão.

No Command Manager, selecionar a aba “Avaliar” e clicar sobre o comando


“Propriedades de massa”.

18
O comando “Propriedades de massa” será utilizado constantemente como ferramenta de
avaliação das peças que criamos durante o treinamento. Nesse exemplo, não
avaliaremos a massa, pois ainda não determinamos propriedades dos materiais. Apenas
observe o volume da peça.

Observa-se que no Feature Manager existe um novo item denominado como “Extrusão 1”
e ao lado do seu nome existe um sinal de mais (+). Ao Clicar sobre esse sinal, observa-se
que o esboço construído para a extrusão está alocado dentro da extrusão.

Clicar para O esboço exibido no


expandir e exibir Feature Manager.
o esboço.

Ao clicar sobre a extrusão ou sobre o esboço, pode-se contar com a edição das entidades
de forma rápida e direta. Esse é um dos principais benefícios de um software baseado em
recursos como o SolidWorks.

19
Clica-se sobre a “Extrusão 1” e seleciona-se a opção “Editar Esboço”. Efetua-se um duplo
clique na dimensão que possui 140 mm e modifica-se para 160 mm.

Clica-se no canto de confirmação da área de modelo para atualizar o modelo sólido


conforme executado no esboço.

No Feature Manager, clica-se sobre o recurso “Extrusão 1” e seleciona-se a opção “Editar


Recurso”.

20
Clica-se no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do
sólido.

No Command Manager, seleciona-se a aba “Avaliar” e clica-se sobre o comando


“Propriedade de massa” para verificar o volume da geometria.

Salve o arquivo “Estudo de caso 1” na sua pasta de exercícios da lição 01.

21
1.2. Criação de Esboço – Estudo de Caso 2

A primeira etapa para a elaboração de uma peça como a que será executada neste
estudo de caso é a escolha de qual vista das dispostas acima será utilizada como
referência dos esboços e extrusões.

22
A escolha sempre envolve a identificação dos esboços na geometria sólida e disposição
clara de dimensões. Nesse caso, a partida será executada pela vista abaixo.

Clique no menu arquivo, Novo.

23
Selecione Peça e clique em OK.

Essa peça será criada por linhas, arcos e círculos para que possamos desenhá-la com
uma maior plasticidade e que lembre a peça como realmente ela é. Na aba de esboço do
Command Manager, seleciona-se o comando Linha.

A geometria é criada com poucos cliques a partir da origem, conforme demonstrado na


imagem abaixo.

24
2° Clicar em um 3° Clicar em um ponto
ponto vertical acima horizontalmente alinhado
da origem. com o anterior.

1° Clicar na 4° Clicar em um ponto


origem. verticalmente alinhado
abaixo do ponto anterior.

Sem terminar o comando de linha, pode-se iniciar o comando de execução de arcos


pressionando a tecla “a” do teclado. Observa-se que é apenas clicar e não segurar essa
tecla. No comando de Arco, sem pressa, executa-se um movimento com o mouse que
simule o formato do arco com saída no ponto final da linha.

1° Com o comando linha


ainda ativo, pressionar a tecla
“A” no teclado.

2° Movimentar o mouse em
um movimento circular para
obtermos o formato do círculo.

3° Clicar no ponto
final do círculo.

25
Com o comando linha ainda ativo, clica-se na origem para fecharmos a geometria da
peça. Caso seja necessário, pressionar ESC para encerrar o comando linha, clicar sobre
a linha recém-criada e adicionar uma relação horizontal para efetuar o alinhamento da
mesma.

2° Selecionar a
relação Horizontal.

1° Clicar sobre a linha.

Selecionar as linhas verticais para igualarmos o comprimento das mesmas.

3° Marcar a relação 2° Com o Ctrl pressionado,


Tornar igual. selecionar a segunda linha
vertical.

1° Clicar sobre uma


das linhas verticais.

26
Dimensionar as entidades conforme a imagem abaixo:

Observar que nem sempre o círculo estará alinhado com a origem como no exemplo da
imagem acima. Para resolver o problema, selecionar a linha horizontal inferior, o ponto
central do círculo (a tecla Ctrl deverá ser pressionada) e adicionar a relação de
coincidência.

3° Clica-se para
adicionar uma
coincidência.

1° Clicar sobre a
linha horizontal.
2° Com o Ctrl
acionado seleciona-se
o ponto central do
arco.

27
Com isso, a geometria estará totalmente definida conforme a imagem abaixo:

No Command Manager, selecionar a aba de esboço e clicar sobre o comando círculo.

28
Adicionar um círculo baseado no ponto central do arco.

2° Clicar em uma
área livre para a
inserção do
círculo.

1° Clicar no
ponto central
do arco.

Adicionar uma dimensão de diâmetro para o círculo criado no valor de 50 mm, conforme a
imagem abaixo:

29
Criar um segundo retângulo para que se possam representar as variações de alturas que
a peça possuirá. O único cuidado que se deve tomar é a inserção do retângulo fora do
ponto central das linhas verticais. Para isso, na aba de esboço do Command manager,
seleciona-se o comando Retângulo com cantos em 3 pontos.

Selecione a ferramenta

O retângulo será inserido conforme a imagem abaixo:

3° Clique para
definir a altura

1° Clicar nesse 2° Clique para definir


ponto para iniciar o comprimento
o retângulo.

30
Com isso, basta inserir uma dimensão para definir a altura do retângulo no valor de 65
mm.

A geometria deverá estar totalmente definida conforme a imagem abaixo:

31
A criação do sólido será realizada com o recurso “Ressalto/Base Extrudado”. Para
acessá-lo, clica-se na aba recursos do Command Manager e seleciona-se o comando
conforme a imagem abaixo.

2° Selecionar o
1° Selecionar a recurso “Ressalto
aba de Recursos /base extrudado”
do Command
Manager.

Nesta peça existirá uma diferença se compararmos sua extrusão com a da peça anterior.

Duas regiões
para extrusão.

32
Observe que a peça possui mais de uma região para extrusão, o SolidWorks nos
disponibilizará uma opção para seleção de contornos e regiões.
Em princípio, será trabalhado apenas o uso de regiões. Observe abaixo o campo do
Property manager de extrusões para seleção das regiões da peça.

Local onde devem ser


selecionadas as regiões

Observar que as opções de


seleção de contorno estão
disponíveis na parte inferior do
Property manager de extrusão.

33
Selecionar a região ressaltada na imagem clicando nela na área de desenho do
SolidWorks. Definir a extrusão com 125 mm de profundidade.

125 mm de
profundidade
Clicar nesta
região.

O Property manager
confirma a seleção de
uma região.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para conformar a modificação do


sólido.

34
Ao observar o modelo sólido, vê-se que o modelo não possui o esboço visível para ser
utilizado em mais outra extrusão. Para que o esboço seja utilizado para uma segunda
extrusão, procure-o armazenado internamente na “Extrusão 1” no Feature Manager.
Clique no sinal de expansão (+) para que possamos visualizar o esboço.

Antes de inicializar o comando extrusão, selecione o esboço clicando sobre o mesmo no


Feature manager. No Command manager, clique para ativar a aba de recursos e o
recurso de extrusão.

1° Clicar no esboço 2° Verificar que o


no Feature Manager. esboço fica visível 3° Ativar o recurso
na área do modelo. extrusão.

Deve-se selecionar a outra região da peça para extrusão e definir a profundidade como 35
mm.

Botão central do
mouse (Roda).

35
Definir como
35 mm a
profundidade.

Clicar nesta
região

O Property
manager
confirma a
seleção de uma
região.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do sólido.

36
A peça necessita de uma furação conforme a imagem a seguir:

Para executar a furação, clicar sobre a face correspondente no modelo, esperar o menu
de contexto e selecionar a opção Criar Esboço. Deve-se tomar cuidado, pois o menu de
contexto nos fornece duas opções de esboço:

Editar esboço – Para editar o esboço responsável pela criação do sólido;

Esboço – Para criar um esboço na face selecionada.

37
2° Seleciona-se
o comando
Esboço.

1°Clica-se sobre
a face do sólido.

No Command Manager, selecionar a aba de esboço e clicar sobre o comando círculo.

38
Desenhar os círculos conforme a imagem abaixo:

2° Clica-se para
abrir o primeiro
círculo.

1°Clica-se no
ponto central do
círculo.

3°Clica-se no
para inserir o
ponto central de
outro círculo. 4° clica-se no
espaço para
inserir o círculo.

Para o posicionamento dos círculos, deve-se adicionar um alinhamento horizontal entre


seus pontos centrais.

1°Clica-se no
primeiro ponto
central do círculo.

2°Clica-se no segundo
ponto central de
círculo. 3° Adicionar a
horizontalidade
entre os pontos.

39
Adicionar a igualdade entre os diâmetros dos círculos

1° Clicar sobre a
borda circular do
primeiro círculo.

3° Adicionar
a relação de 2° Clicar sobre a
igualdade. borda circular do
segundo círculo.

Adicionar as dimensões conforme a imagem abaixo:

Aresta lateral

Nenhuma outra dimensão será necessária para essa peça. Podemos ainda substituir a
dimensão de 17,500 mm por uma relação de Ponto médio entre o centro dos círculos e o
ponto médio da aresta lateral da face onde os círculos se encontram.

40
Clique com o botão direito do mouse sobre a aresta lateral e selecione Seleciona o ponto
médio, após, com a tecla Ctrl pressionada clique para selecionar o centro dos dois
círculos e estabeleça uma relação Horizontal.

Para a construção da furação da peça, será utilizado o comando Corte Extrudado. Com o
comando Ressalto/Base Extrudado acabamos construindo uma geometria sólida normal
ao plano e, com esse comando, é um corte efetuado normal ao plano de esboço.
No Command Manager, seleciona-se a aba recursos e inicializa-se o comando “Corte
extrudado”:

Como não existem intersecções de entidades de esboço, a seleção de contornos e


regiões não se fará necessária. Ao invés de definir uma profundidade para o corte,
modifica-se de extrusão de tipo “cego” para “passante”.

Clicar no canto de confirmação para efetuar o corte passante.

41
O modelo deverá se assemelhar ao exibido na imagem abaixo:

Salve o arquivo “Estudo de caso 2” na sua pasta de exercícios da Lição 01.

42
Modelagem de peças - Exercício 3

Crie a peça abaixo conforme os passos descritos.

Desenhe o esboço abaixo:

Um cuidado no dimensionamento de ângulo: basta acionar o comando “Dimensão


Inteligente” e selecionar as linhas, uma é a linha de referência e a outra é a linha que
assumirá a inclinação.

43
Criar duas linhas tangentes interligando os círculos.

44
Criar dois oblongos utilizando o comando “Ranhura Reta”. Pode-se também utilizar a
ferramenta 'Offset de entidades' com a distância de 10 mm.

1° Clicar no
ponto inicial.

3° Clicar no ponto
de abertura do
oblongo. 2° Clicar no
ponto final.

45
Observar que os dois oblongos possuirão os mesmo pontos iniciais e finais.
Dimensionar os oblongos conforme a imagem abaixo:

Terminar o desenho do esboço conforme descrito abaixo:

 Coincidir o ponto central da linha vertical dos oblongos com o ponto final da
linha de centro horizontal;

 Desenhar duas linhas horizontais saindo dos quadrantes dos oblongos até o
círculo central.

46
Incorreto

Observe que o ponto final da linha superior não coincide com a linha que tangencia o
círculo maior.

47
Correto

Realizar as extrusões conforme as imagens abaixo:

 Utilizar a opção “Plano Médio” nas opções de direção da Extrusão.


 Definir profundidade de 30 mm e selecione a região conforme imagem.

48
Definir profundidade de 20 mm na região ressaltada na imagem abaixo.

Definir profundidade de 90 mm na região ressaltada na imagem abaixo.

49
Definir profundidade de 20 mm na região ressaltada na imagem abaixo.

Definir profundidade de 30 mm na região ressaltada na imagem abaixo.

50
Verificar o Feature Manager. Utilize a opção de visualização da 'Árvore de projetos
planificada' para expandir os recursos e mostrar os itens por ordem de criação. Clique
com o botão direito do mouse no nome do arquivo localizado no topo da Árvore de projeto
(ou Feature Manager).

Observe o símbolo no item 'Esboço1'.

Este ícone ao lado do esboço significa


que o mesmo esboço está sendo
utilizado em processos diferentes, ou
seja, é um esboço compartilhado.

51
Para finalizar criaremos um filete utilizando a opção de face.

52
Salve o arquivo “Exercício 1” na sua pasta de exercícios da Lição 02.

53
Modelagem de peças - Exercício 4

Crie a peça abaixo conforme os passos descritos.

54
Um cuidado no dimensionamento de ângulo: basta acionar o comando “Dimensão
Inteligente” e selecionar as linhas que possuirão a inclinação.

55
Realizar as extrusões com plano médio conforme abaixo:

- Definir profundidade de 60 mm nas regiões destacadas.

Definir profundidade de 30 mm nas regiões destacadas.

56
Criar um esboço na face destacada com um círculo centralizado dimensionado conforme
abaixo. Utilizar um corte extrudado com a condição final passante para efetuar a
modificação do sólido.

Na face selecionada, criar um retângulo com as dimensões informadas e efetuar um corte


extrudado passante.
Selecione a
face e clique
em esboço.

57
Esboço nesta face

Para arredondar a saliência frontal, recomenda-se a utilização do filete de tipo “redondo”.


Isso facilitará a atualização da geometria mantendo o semicírculo tangente entre as faces
paralelas.

1° Selecionar
a opção
“Filete
Redondo”.
2° Selecione
as faces na
sequência
correta.

3° Utilizar a Face 1
opção
Visualização
completa.
Face 2. Face 3

58
Para o filete redondo funcionar, recomenda-se selecionar as faces em ordem sequencial.
Define-se a primeira face, seleciona-se a face ao lado, assim por diante. Confirmar a
criação do filete.

Realizar a furação concêntrica ao arco criado pelo Filete Redondo conforme destacado na
imagem abaixo:

Para desenhar o círculo de ½ já concêntrico ao arco: acionar o comando círculo,


aproximar da aresta circular do filete redondo. O SolidWorks destacará o seu centro,
clique sobre este ponto e abra o arco.
Criar um Corte extrudado passante com o esboço desenhado.

59
Salve o arquivo “Exercício 2” na sua pasta de exercícios da Lição 02.

60
Modelagem de peças - Exercício 5

Abra um documento de peça,

Abra um esboço no plano Frontal.

61
Esboce as linhas abaixo.

Defina o valor de 60 mm para a linha inclinada e a abertura entre as linhas de 125°.

Criaremos agora um Offset de entidades, Clique no ícone .


Determine o valor como 20mm e clique sobre uma das linhas.

62
Confirme o recurso utilize a ferramenta de arco e linha para fechar o esboço.

Segure Ctrl e clique sobre o ponto central do arco e a origem, defina uma coincidência
entre eles.

63
64
Abaixo o esboço com a relação de coincidente determinada pela seleção acima.

Insira o valor de 85 mm nas entidades abaixo para definir o esboço.

65
Clique em recursos Ressalto/Base extrudado. Defina a extrusão em Cego 10 mm.

Confirme o recurso. Clique na face destacada abaixo e inicie um esboço novo.

66
Com a ferramenta de Ranhura Reta, faça o esboço abaixo clicando por primeiro no ponto
central do arco para criação da ranhura.

Com a ferramenta de Dimensão Inteligente segure a tecla Shift do teclado e clique sobre
os dois arcos da ranhura. Insira a dimensão de 43 mm.

67
Insira também a dimensão de 8 mm.

Clique sobre a linha tracejada da ranhura, segure Ctrl e clique na aresta externa do sólido
para adicionar a relação de paralelo.

68
Com o esboço totalmente definido crie um corte extrudado passante.

69
Confirme o recurso e visualize a peça após o corte.

Abra um esboço na parte superior da peça conforme a imagem abaixo.

70
Faça o esboço de um círculo.

Adicione uma relação de tangente entre o círculo e a aresta oposta do sólido.

Imagem após a relação de tangente.

71
Clique sobre o ponto central do círculo e a vértice mais próxima do sólido, adicione uma
relação de vertical.

Determine o diâmetro do circulo conforme abaixo.

Abra um novo círculo com o diâmetro de 20 mm concêntrico com o de 45 mm.

72
Faça um recurso de Ressalto/Base Extrudado com 10 mm de espessura, inverta a
direção se necessário. Selecione a região que fica entre os dois círculos para extrusão em
contornos selecionados.

73
Confirme o recurso. Visualize o modelo.

Adicione um filete de 25 mm na aresta abaixo.

74
De 10 mm na aresta oposta.

E um filete de 25 mm na junção do círculo com a face plana.

75
Confirme o recurso e observe a peça após a criação dos filetes.

Salve e feche o arquivo.

76
Estudo de caso 1 – Modelagem de Peças 6

Existe uma série de situações que foram suprimidas nas peças da lição anterior, mas que
passarão a fazer efeito nas próximas peças. Nesta peça serão abordados os seguintes
itens:

Extrusão através da seleção de contornos


Utilização do Assistente de Perfuração
Segue abaixo uma imagem da peça finalizada:

Clique no menu arquivo, Novo.

77
Selecione Peça e clique em OK.

Clique em Esboço, para habilitar as ferramentas de esboço.


Crie o esboço conforme a imagem abaixo:

78
Neste mesmo esboço, podemos inserir a saliência a 45°. Observe a relação
Perpendicular entre as linhas destacadas.

79
Basta inserir as linhas e inserir as relações perpendiculares conforme ilustração abaixo.

Observe que através da técnica de extrusão por seleção de contornos, podemos


selecionar regiões do esboço para adicionar ou não material.

80
Após, insira a dimensão de 34,5mm para definir o esboço.

A criação do sólido tridimensional da peça será realizada com o recurso “Ressalto/Base


Extrudado”.
Para acessá-lo, primeiro clicar na aba Recursos do Command Manager e selecionar o
comando Ressalto/base extrudado conforme a imagem abaixo:

2° Clique

1° Clique

81
Definir a profundidade de 130 mm e selecionar a opção Plano médio.
Expandir a opção Contornos Selecionados e selecionar a região do esboço conforme
imagem abaixo.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do sólido.

Criar uma nova extrusão para a criação da saliência da base.

82
Clicar no recurso Ressalto/base extrudado, clicar sobre o esboço e selecionar as regiões
da imagem abaixo, definindo a profundidade de 125 mm e selecionando a opção Plano
médio.

Selecione estas regiões


2°Clique

1° Clique

3° Clique

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do sólido.

Criar uma nova extrusão para a saliência inclinada. Clicar no recurso Ressalto/base
extrudado, clicar sobre o esboço e selecionar a região conforme imagem abaixo, definindo
a extrusão com profundidade de 60mm e selecionando a opção Plano médio.

83
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do
sólido.

Para realizar acabamentos nos cantos, deve-se utilizar o comando Filete.

Para este recurso, selecione as arestas abaixo para que se possa arredondar os
principais cantos da peça.

84
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do sólido.

85
Clicar na face sinalizada abaixo, no Command Manager selecionar a aba recursos e
clicar sobre o Assistente de Perfuração.

1° Clique

2° Clique

Observar nas próximas etapas que a furação será gerada em duas faces
simultaneamente devido a dois fatores:

As faces são co-planares: Neste tipo de face, o SolidWorks reconhecerá que o furo
baseado na primeira face estará posicionado na mesma altura na segunda.
Igualdade de comprimento: As duas regiões possuem a mesma altura e todos os furos
possuirão o mesmo comprimento, neste caso serão passantes.
Observar que o assistente de perfuração é um recurso dividido em duas etapas:

86
-Tipo: onde são definidas as dimensões e características da furação.
- Tipo de Furo: Definição do tipo de furação (escariado, com rebaixo, furo com rosca,
rosca cônica);
- Padrão: Norma que contém a definição dos tamanhos de furo para o tipo que foi
selecionado (ANSI, ISO);
- Tipo: Definição do tipo de elemento no qual será baseada a furação (parafuso, Broca);
- Tamanho: Dimensão de diâmetro da furação definido em normas;
- Ajuste: Definição do ajuste do furo com um parafuso (normal, apertado ou com folga);
- Condição final: Definição do comprimento da furação.

Posições: Definição de um esboço com pontos para inserção dos furos. Cada ponto será
um furo.

Nota: Observe que podemos adicionar dimensões e relações para posicionarmos


corretamente estes pontos, que equivalem ao ponto central do furo.
Definir a furação da peça deste estudo de caso conforme a imagem abaixo:

88
1° Definição do tipo de furo.

2° Norma pela qual a furação será


dimensionada.

3° Definição do tipo de componente


pelo qual será dimensionada a
furação.

4° Dimensionamento do
diâmetro da furação.

5° Definição do ajuste.

6° Condição Final.

Clicar na aba Posições no Property manager do comando Assistente de perfuração para a


inserção dos furos conforme a imagem abaixo:

89
2° Observe que o Command Manager
mostrará a ativação da inserção de pontos.

1° Clique.

Adicione quatro furos concêntricos com as arestas dos filetes. Para posicionar o ponto,
realize os procedimentos abaixo:
- Posicione o mouse sobre a aresta circular.
- Observe que o SolidWorks exibe o ponto central do raio.
- Clique sobre o ponto central.

2° Clique sobre
o ponto central.

1° Posicione o mouse
sobre a aresta.

Realize o mesmo procedimento para a inserção dos outros 3 furos.


O posicionamento da furação necessita do término do comando de inserção de pontos de
esboço. Portanto, clicar na tecla “Esc” do teclado.

90
Enquanto você tiver a aba de posicionamento do assistente de perfuração, a tecla “Esc”
não encerrará o recurso Assistente de perfuração, apenas a entidade de esboço.

Para deletar furos indesejados no modelo, clique com o botão direito do mouse sobre o
ponto central, e selecione a opção “Excluir”.

Dica: Você também pode apenas selecionar o ponto central e clicar na tecla “Delete” do
teclado para excluir entidades indesejadas.

Com a inserção de todos os furos em seus respectivos lugares, o modelo deverá estar
disposto conforme abaixo:

91
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação do
sólido.

Para realizar a furação restante, seleciona-se a face destacada na imagem abaixo e


inicializa-se o assistente de perfuração.

Face selecionada

Para as informações de roscas serem definidas corretamente, devem-se observar mais


alguns parâmetros no Property manager do recurso do assistente de perfuração,
conforme imagem abaixo:

92
1° Selecione o tipo
de furo Tarraxa.

2° Defina a norma.

3° Defina o tipo de furo.

4° Defina o diâmetro do furo.

6° Altere a profundidade do furo.

5° Defina a profundidade da rosca. Quando


há uma indicação em amarelo, o software
nos alerta para uma modificação dos
parâmetros normatizados.

7° Definir o esquema de representação de


rosca. A opção destacada na imagem ao
lado representa a rosca com textura
simplificada e de visualização rápida.

Selecionar a guia de posições no Property manager, clicar na tela para inserir os pontos
com a furação na posição prévia de inserção dos pontos.

Clique em Posições

Para uma maior facilidade de edição das posições dos pontos, evite as seguintes
situações:

Inserir os pontos em arestas;


Inserir algum ponto na origem do esboço;
Buscar um alinhamento de pontos visualmente, pois isso não adiciona relações
geométricas de alinhamento (horizontal, vertical).

93
Neste exemplo em que estamos trabalhando, os pontos poderão estar em posições
similares às que encontramos na imagem abaixo:

Para o posicionamento de qualquer ponto de posicionamento de furação, além das


relações de esboço, podemos utilizar geometrias de esboço como auxílio, entre elas:

Retângulos
Círculos
Polígonos
Linhas

Neste exemplo, pode-se conferir na imagem abaixo que será utilizada a inserção de um
retângulo. Todas as dimensões e linhas de centro poderão ser associadas a eles.

94
Para o término da definição da furação, devem-se arrastar os pontos e posicioná-los nos
cantos dos retângulos conforme a imagem abaixo:

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do corte


extrudado.

Com a inserção de todos os furos em seus respectivos lugares, o modelo deverá estar
disposto conforme abaixo:

95
Para visualizar a textura da rosca nos furos, é necessário ativá-la manualmente.
Clique com o botão direito do mouse na pasta Anotações, clique na opção Detalhes.

96
Observe que abrirá uma caixa de diálogo das Propriedades da anotação, selecione a
opção Representação de rosca sombreada e clique em ok.

1° Habilite esta opção.

2° Clique em OK.

Na aba de “Recursos” do Command Manager, selecionar o Recurso “Filete”.

Selecionar a aresta ressaltada na imagem abaixo e definir um raio de 5 mm. Não se


esqueça de verificar se o filete a ser criado é do tipo de raio constante.

97
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do filete.

Na aba de “Recursos” do Command Manager, selecionar o Recurso “Filete”.

Selecionar as arestas ressaltadas na imagem abaixo e definir um raio de 6 mm. Não se


esqueça de verificar se o filete a ser criado é do tipo de raio constante.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do filete.

98
Ao observar a imagem abaixo, pode-se averiguar que a furação é interceptada pelo
ressalto com a furação.

Para corrigir este problema, selecionar o recurso responsável pela furação no Feature
manager. No Fly out menu, selecionar a opção Editar recurso.

2° Selecionar o
ícone Editar
Recurso.

1° Clicar sobre o
recurso.

99
No campo de especificação do furo, marcar a opção “Exibir dimensões personalizadas” e
dimensionar o recurso conforme a imagem abaixo:

1° Marcar a caixa
de seleção.

2° Digitar os valores
para customização
da furação.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a modificação da


furação.

Verificar que a peça foi concluída com sucesso conforme a imagem seguinte:

Salve o arquivo como “Estudo de caso 1” na sua pasta de exercícios da Lição 03.

100
Exercício 7 – Modelagem de Peças

Criar as peças conforme os passos descritos.

Clique no menu arquivo, Novo.

101
Selecione Peça e clique em OK.

Clique em Esboço, para habilitar as ferramentas de esboço.


Visualize a imagem abaixo para definir a igualdade entre linhas, assim como os seus
respectivos alinhamentos.

102
103
Dimensionar o esboço conforme a imagem abaixo:

Nota: Verifique a fixação de qualquer entidade em relação à origem.

104
Construir as extrusões de sólido conforme as imagens que seguem.

Selecione apenas as duas regiões da parte inferior do esboço para uma extrusão de 265
mm em plano médio.

Selecione todas as regiões para construir uma extrusão de 84 mm Plano médio.

105
Selecione a região próxima ao furo de 60 mm de diâmetro para uma abertura de 30 mm
através de uma extrusão de corte em plano médio.

106
Utilize o recurso de filete para criar arredondamentos com raio de 30 mm nas arestas
destacadas:

107
Na face destacada na imagem abaixo, criar quatro círculos com diâmetro igual a 30 mm.
Observe as seguintes informações:

- Cada círculo deverá estar centralizado em relação a um arco criado pelo filete.

- Não adicione dimensão de 30 mm nos quatro círculos. Dimensionar apenas um dos


quatro e adicionar uma relação de igualdade entre as entidades.

Criar uma extrusão passante para efetuar a furação.

108
Selecione a face abaixo e desenhe o esboço definido ao lado.

2°Clique em esboço
para iniciar um novo
1° Selecione esta face.
esboço na face
selecionada.

Desenhe o esboço conforme ilustração abaixo.

109
Na criação da chaveta, não realizar cortes com o comando aparar.

Nota: Para adicionar a dimensão da linha ao quadrante do círculo, mantenha a


tecla Shift pressionada durante o comando “Dimensão Inteligente”.

110
2° Pressione a tecla “Shift” do
teclado e clique no círculo.

1° Clique na linha.

Sem utilizar o comando “Aparar esboço”, iniciar o recurso de corte extrudado e selecionar
todas as regiões. Definir a profundidade como passante.

111
A peça deve estar conforme a ilustração abaixo após concluída.

Salve o arquivo “Exercício 1” na sua pasta de exercícios da Lição 03.

112
Exercício 8 – Modelagem de Peças

Abra um novo arquivo de peça;

Salve o documento como Suporte angular.

113
Inicie um esboço no plano de referencia DIREITO,

Crie o esboço conforme imagem abaixo observe que a medida está sendo inserida
em polegadas (pode-se identificar pela simbologia „pol.‟ após o número). Isto não é
problema, pois o SolidWorks faz a conversão de medidas automaticamente, na caixa de
diálogo modificar.

114
Assim como cálculos de pequena escala. Basta digitar a unidade pretendida após o
número. Como neste exemplo usamos pol, poderíamos também representar polegadas
inserindo „In‟ ou „Shift + aspas‟.

Outra importante observação a ser feita é de que sempre que houver uma dimensão
em ângulo esta deve ser a primeira a ser inserida, pelo fato de ser a dimensão que mais
influenciará na orientação e deformação do esboço.
Após inserir as três cotas (ângulo de 60º e as duas linhas de 50,29) podemos então
prosseguir para a próxima etapa, vamos utilizar a ferramenta „Offset de entidades‟.
Encontramos a ferramenta no „CommandManager‟, guia „Esboço‟;

115
O „Offset de entidades‟ cria uma cópia das nossas entidades a uma distância qual
determinamos.

Com a ferramenta acionada clique em uma das linhas (qualquer uma,


automaticamente o software entende que vamos criar uma cópia de todo o esboço) ao
clicar na linha uma cópia é projetada, por padrão a distância inicial é 10 mm, vamos
alterar esta medida para 0,40pol (novamente vamos inserir uma medida em polegada e
deixar que o SolidWorks faça a conversão). Observe a imagem,

É possível que a projeção (representada por uma linha na cor amarela) fique abaixo
das entidades de esboço já criadas, porem para resolver isto basta habilitar a opção
„Inverter‟. Confirme a ferramenta.

116
Após a confirmação, feche o contorno do esboço com linhas, conforme imagem
abaixo,

Agora que temos um esboço de contorno fechado e completamente definido,


podemos aplicar os recursos.
Acesse a guia Recursos e clique na ferramenta Ressalto/base extrudado. Agora
temos que analisar nosso projeto, iremos ter uma „mão francesa‟ (termo usado para
aletas, apoios, cantoneiras...) bem no centro da nossa peça, teremos que tomar esse
cuidado ao extrudar nosso modelo. Por isso vamos utilizar a opção Plano médio.

117
Como temos duas regiões com contornos fechados precisamos indicar qual
desejarmos extrudar primeiro, para isso clique na caixa contornos selecionados após
mova o cursor do mouse até o esboço observe que ao posicioná-lo sobre os esboços
teremos duas regiões destacadas em vermelho, clique sobre a região qual foi aplicada o
offset.

118
A medida da extrusão é 1,58pol – a conversão de polegadas para milímetros será
automática. Clique em Ok para confirmar o recurso.

119
Observe que o esboço é ocultado logo após confirmar o recurso,

Isso porque o software entende que já utilizamos este esboço, porem vamos
precisar utilizá-lo em nossa próxima extrusão.
Para reutilizar um esboço devemos ir até a árvore de projetos e selecionar o esboço
desejado clicando com o botão esquerdo do mouse sobre o mesmo.

120
É preciso expandir o recurso qual o esboço está vinculado, para isso basta clicar no

sinal .

Após selecionar o esboço vamos aplicar outro Ressalto/base extrudado, com a


mesma opção de plano médio, a medida agora é 0,20pol,

Confirme o recurso. Agora vamos adicionar alguns filetes ao nosso modelo.

121
Na guia recursos, clique em Filete,

É indiferente a ordem da seleção (Recurso – aresta / aresta – Recurso). Vamos


aplicar dois filetes com raios diferentes, o primeiro terá um raio de 5,08 mm e será
localizado na parte interior da peça onde há o encontro das faces. Observe a imagem,

122
Confirme o recurso. Como precisamos utilizá-lo novamente, podemos utilizar um
atalho do SolidWorks para abrir ferramentas recentes, pressionando o „Enter‟. Este filete
terá um raio de 14,98 mm será localizado na parte posterior da peça, observe a imagem,

Confirme o recurso.

123
Após os filetes vamos criar o esboço das furações. Uma furação terá inclinação
paralela a face (ângulo de 60º que definimos no início do nosso exercício) para isso não
podemos utilizar nenhum dos planos padrões do SolidWorks, vamos utilizar a própria face
como plano para este esboço. Clique na face e selecione esboço no menu flyout que
aparecerá – tome cuidado o menu é sensível a movimento,

124
Ao clicar o esboço é criado e o modelo se posiciona automaticamente Normal à,
crie um esboço conforme imagem abaixo,

Para definir o esboço adicione uma relação „simétrico‟ entre os círculos e a linha de
centro. Existe também uma relação de „igual‟ entre os dois círculos.

125
Agora vamos aplicar o recurso, observe que a intenção agora é criar uma furação,
ou seja, retirar material, por isso, utilizaremos o recurso Corte extrudado. Acesse a guia
Recursos, Corte extrudado,

Será um corte passante, habilite a opção no PropertyManager no campo de


Condição final,

126
Vamos repetir o mesmo processo para a furação na outra face. Selecionar a face, iniciar
o esboço,

Exatamente igual ao anterior,

127
Aplicar o recurso Corte extrudado,

Confirme o recurso. Com isto concluímos nosso modelo,

128
Porém vamos parar por um momento e analisar nosso projeto, temos dois filetes em
nosso modelo, que nada mais são do que atributos estéticos, neste caso como nossa
peça é simples não teremos problemas algum, imagine que tenhamos uma peça mais
complexa onde cada segundo ganho no tempo é importante. Neste caso a inserção dos
filetes deve obedecer a uma ordem para que possamos suprimi-los (cancelar) quando
necessário.
Vamos fazer esta alteração em nossa peça, na árvore de projetos clique sobre o
Filete2 e arraste-o para baixo do Corte-extrusão2. Repita o processo com o Filete1,

Observe que abaixo dos filetes, agora os últimos recursos em nossa arvore, existe
uma barra na cor azul (Barra do tempo), vamos utilizá-la para reverter nosso projeto
escondendo os filetes, sem exclui-os.
Clique sobre a barra e arraste para cima dos filetes, observe o resultado.

129
Com isto concluímos nosso exercício, salve e feche a peça.

130
Estudo de caso 9 – Revolução

Existe uma série de situações que foram suprimidas nas peças da lição anterior, mas que
passarão a fazer efeito nas próximas peças. Segue abaixo uma imagem da peça final.

131
Dá-se início à criação de uma nova peça (menu Arquivo Novo). Efetuar duplo clique
sobre o arquivo “Peça MM”.

A peça conterá inicialmente apenas duas linhas de centro conforme a imagem abaixo
para que sejam utilizadas como referência de simetria para espelhamento de entidades e
eixo de revolução do perfil.

Para uma maior agilidade na construção da peça, será criada apenas metade do perfil a
ser revolucionado, conforme a imagem abaixo:

132
Nota: Observe que é necessário transpassar a dimensão em relação à linha de centro.
Para criar este tipo de dimensão, siga os passos abaixo.
Selecione a ferramenta Dimensão inteligente.
Com a ferramenta Dimensão inteligente selecionada, clique no ponto e na linha de centro
não importando a sequência.

Clique na linha de centro.

Clique no ponto.

133
Arraste o mouse para a esquerda.

Direção do mouse

Clique para adicionar a dimensão.

Repita o mesmo procedimento para criar a dimensão de 141 mm conforme imagem


abaixo.

134
Clique no ponto.

Selecione a linha de centro.

Para um dimensionamento correto das entidades, deve-se excluir a relação de tangência


entre o arco e a linha vertical.

135
Realize a inserção das dimensões conforme imagem abaixo.

Para a criação do restante das entidades que formarão o perfil a ser revolucionado, será
necessária a aplicação do comando de espelhamento de entidades em esboços.

136
Clicar sobre a aba de Esboço no Command Manager e iniciar o comando “Espelhar
entidades”.

Selecionar todas as linhas criadas para o esboço como sendo as entidades a serem
espelhadas e a linha de centro vertical como a referência de espelhamento.

Selecionar as linhas como


entidades a serem espelhadas.

Outra opção é selecionar primeiramente todas as linhas/entidades que vão fazer parte do
espelho, pode-se ainda utilizar o atalho 'Ctrl+a' para selecionar. Neste caso como todas
as entidades do esboço podem ser espelhadas, selecione uma linha e pressione o atalho,
após pressionando apenas a tecla 'Ctrl' clique sobre a linha de centro horizontal (para que
a linha saia da seleção) e abra a ferramenta.

137
Selecione a linha de centro vertical como referência de espelhamento.

Selecionar a linha de centro


vertical como referência de
espelhamento.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a execução do


espelhamento.

O esboço deverá ser semelhante ao visualizado na imagem abaixo:

138
Nota: As dimensões não estão visíveis nesta imagem apenas para fins ilustrativos.

Na continuidade da construção do modelo, dá-se início à construção do sólido pelo


recurso de revolução.

Para ativar o recurso de revolução, selecionar a aba de Recurso do Command Manager e


Iniciar o recurso de Ressalto/Base Revolucionado.

2° Ativar o recurso
Ressalto/base
revolucionado.

1° Selecionar a aba
de recursos no
Command Manager
do SolidWorks.

139
No Property Manager do Recurso de Revolução, selecionar a linha de centro horizontal
como eixo de revolução.

Eixo de Revolução.

140
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do sólido por
Revolução.

Edite o recurso de Revolução.

Selecione o recurso
de Revolução e clique
em Editar recurso.

141
Observe as cotas de 18, 36, 89. 95, 113,5, e 141. Todas elas estão com o símbolo de
diâmetro, uma vez que durante a criação do esboço criamos estas cotas em relação ao
eixo de revolução.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do sólido por
Revolução.

No Feature Manager, clicar sobre o plano direito e esperar a indicação de criação de novo
esboço no menu de contexto.

2°Clique para criar esboço.

1°Clique em Plano direito.

142
Criar um retângulo conforme a imagem abaixo e observar os seguintes detalhes:
Ponto central da linha horizontal está verticalmente alinhado com a origem;
Adicionar uma dimensão da linha superior horizontal com o quadrante inferior do
círculo (pressionar a tecla Shift no processo de adição de dimensão).

Inserir a dimensão da linha horizontal superior até a tangência da aresta circular. Para
esta operação é necessário pressionar a tecla Shift ao selecionar a aresta circular.

1°Selecione a ferramenta dimensão inteligente.

2°Clique na linha.

3°Pressione a tecla Shift e


clique na aresta circular.

143
Insira a dimensão de 6mm, e crie uma relação coincidente entre um dos cantos inferior
do retângulo com a aresta circular.

Construa um corte utilizando a geometria definida no esboço. Inicie o recurso de Corte


extrudado. Para iniciar o recurso de Corte extrudado, selecione no Command Manager na
aba de recursos e ative o recurso.

144
Observar que o perfil, mesmo que colocado em uma condição final de extrusão como
passante, não cortará a peça totalmente, pois o plano de desenho encontra-se no meio da
peça. Verificar a imagem abaixo e o modelo que está em seu computador para chegar às
próprias conclusões.

Para criar
um corte em
ambas
direções,
utiliza-se a opção do Property Manager
conhecida como Direção 2. Selecionar a
caixa para a Direção 2 e selecionar
“Passante” como condição final.

145
Ao visualizar o modelo, observa-se que o corte está sendo executado em dois sentidos
simultaneamente.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do corte


extrudado.

Inicie um novo esboço no Plano direito.


No Feature Manager, clicar sobre o plano direito e esperar a indicação de criação de novo
esboço no menu de contexto.

Desenhar o esboço abaixo para o início da criação dos dentes da coroa.


Selecione o círculo e
marque a opção Para
construção.

147
Dimensione o círculo e crie as linhas de centro.
As linhas de centro em ângulo
O ponto final da linha de centro iniciam no ponto final da linha de
é coincidente no arco. centro vertical.

Inicie a linha de centro


vertical na origem.

Dimensione as linhas de centro em ângulo.

148
Crie um círculo e dimensione-o. Digite 5/8”. O SolidWorks irá
converter a medida em
milímetros.

Nota: Você também pode digitar 5/8 pol, 5/8in, que o SolidWorks também irá converter a
medida para milímetros.

Crie um círculo com o ponto central coincidente no ponto final da linha de centro em
ângulo.

149
Inicie o Círculo no ponto final
da linha de centro.

Dimensione o círculo conforme imagem abaixo.

Adicione uma relação tangente entre o círculo de diâmetro 152,4 com o círculo de
diâmetro 5/8”.

150
Crie um círculo com o ponto central coincidente no círculo de construção conforme
imagem abaixo.

Insira a dimensão de diâmetro do círculo (24,38mm).

151
Insira uma relação de tangência entre o círculo de diâmetro 24,38mm e o círculo de
152,4mm.

152
Espelhe os círculos de diâmetro 152,4 mm e 24,38 mm em relação à linha de centro
vertical.

Selecione estas entidades


para espelhar.

Referência de espelhamento.

Ilustração após o espelhamento dos círculos.


153
Converter Entidades:

Através do recurso Converter Entidades é possível criar uma ou mais curvas em um


esboço, projetando uma aresta, um loop, uma face, uma curva ou um contorno de esboço
externo, um conjunto de arestas ou um conjunto de curvas de esboço no plano de esboço
determinado inicialmente.

A utilização deste recurso automatiza o processo do esboço, poupando tempo para


efetuar outras operações.
Selecione a aresta conforme ilustração.

154
Clique na aresta.

Clique em Converter entidades. Observe que após clicar em Converter entidades,


automaticamente à aresta selecionada é convertida em um Círculo.

155
Para iniciar o recurso de Corte extrudado, selecione no Command Manager a aba de
recursos e ative o recurso.

156
Observe que teremos que selecionar as regiões a cortar. Amplie o Zoom da peça para
que a visualização das regiões fique mais clara.
Em contornos selecionados haverá cinco regiões para selecionarmos. Abaixo a ilustração
exibe três destas regiões que deverão ser selecionadas.

1° Região 3° Região
2° Região

Amplie esta
região (lado
direito).

Observe a região
ao lado

Nota: Observe na ilustração a seguir a imagem ampliada. Entre as extremidades da 1° e


da 2° região será necessário aumentar o zoom para selecionarmos as regiões.

Selecione as duas regiões que estão faltando (lado direito e lado esquerdo).

157
Lado esquerdo

Lado direito

Determine a condição final como Passante. Observe que será necessário habilitar a
direção 2 como Passante, pois o nosso plano de esboço está no meio da peça.

158
Ao visualizar o modelo, observa-se que o corte está sendo executado em dois sentidos
simultaneamente.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do corte


extrudado.

Girar o modelo para averiguar a geometria criada

Observe as regiões Direita e Esquerda.

159
Observe o recurso Extrusão 2. Iremos alterar o nome do recurso.

Clique em Extrusão 2.

Pressione a tecla F2 do teclado, ou clique novamente em Extrusão 2.

160
Renomeie o recurso para Dente da Coroa.

Nota: Observe que é possível alterar os nomes dos recursos e esboços. Esta operação é
bastante eficaz para sabermos onde os recursos serão empregados no processo de
construção do produto.

Observa-se que antes de realizarem-se as cópias do corte, parte-se para a criação do


oblongo circular na área próxima ao centro do círculo.

No Feature Manager, clicar sobre o plano direito e esperar a indicação de criação de novo
esboço no menu de contexto.

161
Desenha-se a geometria de esboço conforme a imagem abaixo. A linha de centro deverá
ser inserida nos quadrantes das arestas circulares e um ponto criado no esboço deverá
ser inserido no meio da linha para referência na inserção do oblongo.

1° Criar linha de centro


horizontal interligando os
quadrantes dos círculos.

2° Inserir um
ponto no meio
da linha
horizontal.

Para a inserção do ponto no ponto médio da linha horizontal, selecione a ferramenta


Ponto na aba de ferramentas de esboço.

Dê um clique no ponto médio da linha de centro para adicionar o ponto.

162
Para a inserção de qualquer oblongo no SolidWorks, existem comandos específicos para
a confecção destas entidades. Observe que na imagem abaixo os comandos que
poderemos encontrar no Command Manager.

Neste caso, será inserida uma “Ranhura em arco no ponto central”. Observe que o seu
processo de criação é muito semelhante ao adotado na criação de arcos.

3° Clicar para criar o


1° Clicar no
ponto final do arco.
ponto central
de inserção da
Ranhura.

4° Clicar para
definir a abertura
da ranhura.

2° Clicar onde
será o ponto
inicial do arco.

Para o posicionamento da geometria criada, observar que no arco em linha de construção


existe um ponto de referência assim como na linha construída na horizontal. Clicar sobre
os pontos e adicionar uma relação de coincidência entre eles.

163
2° Adicionar uma
relação de coincidência
entre pontos.

1° Selecionar os
pontos de centro da
linha e da Ranhura.

Para adicionar a dimensão de ângulo na abertura da ranhura em trinta graus, deve-se


utilizar o comando dimensão inteligente. No Command Manager, na aba “Esboço”,
selecione o comando “Dimensão inteligente”.

1° Clicar no ponto central dos


círculos (origem).

3° Clicar no ponto final


do arco.

2° Clicar no ponto
inicial do arco.

Inserir a dimensão do raio conforme a imagem abaixo.

164
165
Construir um corte utilizando a geometria definida no esboço. Iniciar o recurso de corte
extrudado. Para iniciar o recurso de Corte extrudado, selecione no Command Manager a
aba de recursos e ativar o recurso.

Observar que o perfil, mesmo que colocado em uma condição final de extrusão como
passante, não cortará a peça totalmente, pois o plano de desenho encontra-se no meio da
peça.

166
Será necessário habilitar a segunda direção de extrusão.
Selecionar a caixa para a Direção 2 e selecionar passante como condição final.

Ao visualizar o modelo, observa-se que o corte está sendo executado em dois sentidos
simultaneamente.

167
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do corte
extrudado.

Girar o modelo para averiguar a geometria criada.

168
Iremos alterar o nome do recurso de Extrusão (abaixo do Dente da Coroa).

169
Oblongo será o nome do recurso.

Para a multiplicação dos cortes que formarão os dentes da coroa, será necessária a
utilização de recursos de padrão, sendo que neste caso será aplicada a cópia circular.
Observar abaixo uma imagem com os tipos de padrão disponíveis no SolidWorks.

Para iniciar o recurso Padrão circular, procurá-lo na aba “Recursos” do Command


Manager. Abaixo do recurso “Padrão linear” existe uma seta que expande o restante dos
comandos da categoria de padrão. Clique sobre ela e selecione a opção “Padrão circular”.

170
2° Clicar na seta de 3° Clicar sobre o
1° Clicar na expansão dos comando “Padrão
aba de recursos de padrão. Circular”.
“Recursos”.

Todos os recursos de padrão do SolidWorks são baseados em três tipos de cópias:

Recursos: Extrusões, Revoluções, Assistente de perfuração.


Faces: Muito utilizado para cópia de geometrias que não são criadas por um único
recurso.
Corpos: Cópia de geometrias de corpo que está desunido em relação a um outro
corpo. Situação muito aplicável em soldagens e projetos de moldes.

Nos exemplos apresentados nesta lição, serão utilizados apenas recursos de padrão que
copiarão recursos.

Para dar início ao recurso de padrão circular, devem-se seguir as etapas a seguir.

Eixo de referência para o padrão


circular (eixo ou aresta circular).

Definir um ângulo pelo qual as cópias serão


distribuídas. Neste caso, a peça inteira.

Definir a quantidade de cópias


inseridas no ângulo determinado.

Marcar esta opção para que as cópias sejam distribuídas


uniformemente de acordo com o ângulo especificado.

Selecionar os Recursos para padrão.

171
Definir qual recurso será copiado no padrão circular envolve cuidado no método de
criação do modelo.

Neste exemplo, serão necessários 17 cortes para a criação dos dentes da coroa e 4
oblongos na região central da peça.

Observe a importância de nomear os recursos com as suas respectivas aplicações.


Agora ficará mais fácil selecioná-los para o recurso de padrão circular.

172
Primeiramente, iremos criar um padrão dos Dentes da Coroa.
Clique em Recursos para padrão e selecione o recurso Dente da Coroa.

2° Clique (símbolo +) para expandir


e visualizar os recursos.

1° Selecionar a aba Recursos


para padrão.

Selecione o recurso
Dente da Coroa.

Clique em Parâmetros e selecione uma aresta circular para determinar o eixo de


revolução.

173
Defina os parâmetros conforme imagem abaixo.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar o recurso.

Iniciar mais um recurso de padrão para a cópia do oblongo.


No Command Manager, selecionar a aba “Recursos” e ativar o comando “Padrão
Circular”.

2° Clicar na seta de 3° Clicar sobre o


expansão dos comando “Padrão
1° Clicar na recursos de padrão. Circular”.
aba de
“Recursos”.

Selecionar a aresta circular que servirá como eixo para padrão:

174
1° Marcar a caixa
de seleção de eixo
de padrão.

2° Selecionar a
aresta circular como
eixo de revolução.

1° Marcar a opção de
seleção de “Recursos
para padrão”.

Defina os parâmetros para as quantidades de oblongos inseridos conforme imagem


abaixo.

Selecionar o recurso de oblongo para a cópia no padrão.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do recurso de


padrão.

175
Aplique filete de raio constante nas arestas selecionadas.

Verificar que o modelo foi totalmente concluído, conforme a imagem abaixo:

176
Salve o arquivo como “Estudo de caso 1” na sua pasta de exercícios da Lição 04.

177
Estudo de caso 10 – Revolução

Abra um arquivo de peça novo,

Salve o documento como „Parafuso sem cabeça‟.

178
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

179
Aplique um Ressalto revolucionado,

180
No plano de referência Direito, crie o seguinte esboço,

Aplique um Corte extrudado em Plano médio com 15 mm,

181
182
Salve e feche a peça,

183
Estudo de caso 11 – Revolução

Abra um novo arquivo de peça,

Salve o documento como Polia correia.

184
No plano Frontal inicie o esboço,

185
Aplique um Ressalto revolucionado,

No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

186
Confirme e crie um plano.

Usando a linha vertical do esboço anterior e o ponto da linha de 6,5 mm,

No plano criado anteriormente inicie um novo esboço.

187
Crie um esboço conforme a imagem,

188
Aplique uma extrusão em ângulo, habilite a opção. A extrusão será „Até a superfície‟ e o

ângulo de 6º, observe a imagem,

Vamos exibir nosso modelo através de um corte, bem ao centro, para facilitar a criação de
um filete,

189
Aplique um filete com raio de 3 mm,

Copie a Extrusão e o filete para criar outras hastes de sustentação.

Com o Padrão Circular copie a Extrusão e o filete,

190
Salve e feche o arquivo,

191
Exercício 12 – Revolução

Abra um arquivo de peça novo,

Salve o documento como „Pino‟.

192
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

193
Aplique um Ressalto revolucionado,

Crie um Chanfro de 0,5 mm por 45º,

194
Aplique um Filete agora com raio de 0,5 mm,

Na face selecionada abra um novo esboço,

195
Crie o seguinte esboço,

Aplique um Corte extrudado cego com 8 mm,

196
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

197
Aplique um Corte extrudado Até o próximo em duas direções,

Copie o corte ao longo do corpo revolucionado. Utilizando o Padrão circular,

198
Salve e feche o arquivo,

199
Exercício 13 – Revolução

Selecione Peça e clique em OK.

Clique em Esboço, para habilitar as ferramentas de esboço.


Desenhe o esboço conforme a imagem abaixo:

Crie uma revolução das regiões selecionadas conforme ilustração.

200
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação da revolução.

Crie uma extrusão de 75 mm Plano médio das regiões selecionadas conforme ilustração.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação da revolução.

201
Crie um furo na face selecionada e crie um furo com o assistente de perfuração conforme
ilustração.

Centralize o furo em relação à face selecionada.

Nota: Você pode criar o furo coincidente na origem, sem precisar adicionar as dimensões.

202
Aplique um chanfro de 4 mm nas arestas circulares conforme ilustração abaixo.

Aplique filetes de 10 mm nas arestas circulares conforme ilustração abaixo.

Salve o arquivo como “Exercício 2” na sua pasta de exercícios da Lição 05.

203
Exercício 14 – Revolução

Exercício Polia Escalonada.

Abra um esboço no plano Frontal.

Selecione a ferramenta de Linha de Centro.

204
Inicie o esboço abaixo criando a linha de centro horizontalmente. Repare que esta linha
não tem cota.

Selecione a ferramenta Linha e trace o perfil abaixo.

Coloque a dimensão de 130 mm para determinar o comprimento da linha abaixo.

205
Agora vamos começar a colocar as cotas para o diâmetro do perfil, lembrando que para
cotar em diâmetro basta selecionar a ferramenta de Dimensão Inteligente, clicar sobre
uma linha ou vértice e em seguida clicar sobre a linha de centro,deslocar o mouse para
que a cota passe da linha de centro.

Insira os demais valores.

206
Selecione a vértice do diâmetro de 128,segure a tecla Ctrl e clique na origem,usaremos a
relação de esboço de vertical.

207
Vamos selecionar mais duas vértices e deixá-las alinhadas também na vertical conforme
a imagem abaixo.

Insira mais duas cotas,para melhor observar as cotas a serem inseridas,circulamos em


vermelho.

208
Selecione agora a ferramenta de Arco de três pontos.

Esboce o arco abaixo destacado em vermelho.

Selecione a ferramenta de linha e trace na vertical.

209
Selecione o Arco de três pontos e faça outro arco.

210
Continue o esboço criando mais duas linhas na vertical e mais dois arco para fechar o
perfil do eixo.

Colocaremos as cotas de 35 mm para as linhas verticais que criamos na etapa passada.

211
Precisamos alinhar os pontos iniciais e finais de cada arco para que eles não desalinhem
ao colocar o valor do seu raio.Clique sobre o primeiro ponto do arco,segure a tecla Ctrl e
clique no ponto oposto ao primeiro,coloque a relação de horizontal .

212
Faça o mesmo procedimento para os demais arcos. Em destaque a relação de horizontal
dos pontos dos arcos.

Insira o valor do raio de 144 mm apenas em um dos arcos.

Clique sobre o arco cotado e segure Ctrl e selecione os outros três. Indique a relação de
Igual.

213
Colocaremos mais quatro cotas a partir do ponto médio de cada arco.Selecione a
ferramenta de Dimensão inteligente após clique com o botão direito do mouse sobre o
arco e selecione o ponto médio,clique na linha de centro e passe o mouse para baixo no
sentido de cotar diâmetro.

Insira mais as outras três cotas destacadas em vermelho seguindo a orientação acima.
214
Para definir o esboço totalmente,insira mais duas medidas de 35 mm em destaque.

215
Clique sobre o recurso de Ressalto/Base Revolucionado.

Selecione se necessário a linha de centro do modelo para eixo de Revolução. Verifique se


a revolução esta em 360°.

Confirme o recurso.

216
Visualize o modelo.

Faça uma Vista de Sessão no modelo.

Para fazer a vista de sessão, clique sobre o ícone .

Selecione a ferramenta de Filete e determine como raio contante de 4 mm, selecione a


aresta destacada na imagem abaixo com a vista de sessão ativo ainda.Confirme o
recurso.

217
Para desativar a vista de sessão clique sobre o ícone novamente, lembrando que a vista
de sessão foi fundamental para seleção da aresta do filete.
Para finalização do nosso Eixo,criaremos uma chaveta.Inicie um esboço novo na face em
destaque.

218
Faça o esboço abaixo.

219
Pode-se utilizar a tecla "Shift" para pegar a medida exata do quadrante do arco

Clique em recurso e selecione corte extrudado.

Determine a opção passante para o sentido de corte.

220
Confirme o recurso. Visualize o modelo acabado.

Salve e feche o arquivo.

221
Estudo de caso 15 - Revolução

O objetivo deste estudo de caso é mostrar a criação de uma peça cilíndrica com um único
recurso de revolução, acabamento da peça com definição de rosca e utilização do
assistente de perfuração em uma face cilíndrica.

Selecione Peça e clique em OK.

Clique em Esboço, para habilitar as ferramentas de esboço.

222
Desenhar o esboço conforme a imagem abaixo:

Uma vez que a peça foi desenhada livremente, definir as dimensões de diâmetro
conforme a imagem abaixo:

Definir as dimensões conforme a imagem. É recomendável inserir as menores dimensões


e ir para as maiores.

223
Para o término das geometrias de esboço, será necessário inserir um arco.
Preferencialmente utilizar a criação de arco por 3 pontos.

Definir uma coincidência entre o ponto central do círculo com a linha de centro para
centralizar o arco e deixá-lo esférico.

224
Dimensionar o arco com as dimensões definidas na imagem que segue:

A peça está agora totalmente definida e pronta para o recurso de revolução.

225
Para ativar o recurso de revolução, selecionar a aba de Recurso do Command Manager e
iniciar o recurso de Ressalto/base revolucionado.

2° Ativar o recurso
Ressalto/base
1° Selecionar a aba de revolucionado.
recursos no Command
Manager do SolidWorks.

Definir a linha de centro para a revolução e ângulo de 360°.

226
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do recurso de
revolução.

Para inserir uma representação de rosca, será necessária a inserção de um comando de


anotação. Este comando não é um recurso localizado normalmente no Command
Manager, mas somente em menus. Localize o comando no seguinte local:
Menu Inserir  Anotações Representação de Rosca.

Seleciona-se uma das arestas da região cilíndrica de maior diâmetro. Definem-se os


seguintes parâmetros:

- Condição final: Através

- Diâmetro: 12 mm para definir a profundidade da rosca em 2 mm em relação aos 14 mm

do restante da peça
227
- Chamada de rosca: Digite M14

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação da


“Representação de rosca”.

Selecionar a face destacada abaixo e iniciar o recurso do “Assistente de perfuração”. O


recurso encontra-se na aba “Recursos” do Command Manager.

2° Iniciar o Assistente de
Perfuração.

1° Clicar sobre a face


destacada.

Definir os dados da furação de acordo com o que é solicitado.

228
1° Selecionar a
opção “Furo”.

2° Selecionar a
norma que
compreende a
furação.

3° Selecionar o tipo
de furo que a
norma abrange.

4° Selecionar o
diâmetro da
furação existente
na norma.

5° Definição de
profundidade do
furo e condição
final.

Ainda no Property Manager do Assistente de Perfuração, muda-se para a aba de


“Posições” a fim de se localizar o ponto inserido na tela.

Para localizar o ponto no centro do cilindro, realizar os seguintes procedimentos:

 Pressione a tecla “Esc” do teclado para que o software termine a inserção de

pontos para novos furos.

 Adicione a dimensão entre a face e o ponto conforme a imagem abaixo com a

dimensão inteligente.

229
1° Clicar sobre a face
destacada.

2° Clicar sobre
o ponto do furo.

Definir a dimensão com 9 mm para posicionar a furação.

Posicione o ponto seguindo as etapas:


- Selecionar o ponto;

- Com o Ctrl pressionado, selecionar um plano no Feature Manager que intercepta a

peça na transversal;

- Adicionar a relação “No plano” para posicionar o ponto.

1° Selecionar o ponto que


representa o furo.

2° Com Ctrl pressionado,


selecionar o plano superior.

230
3° Criar a relação “No plano”.

O ponto estará totalmente definido e pronto para a conclusão do recurso.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do recurso do


Assistente de furação.

Para iniciar o comando chanfro, é necessário procurá-lo na aba “Recursos” do Command


Manager. Observar que o recurso está agrupado junto ao recurso de filete.

1° Clicar na 2° Clicar na seta de


expansão do filete. 3° Clicar sobre o
aba de
recurso de Chanfro.
“Recursos”.

231
Selecionar a aresta destacada e aplicar o chanfro com os seguintes dados:

Tipo: Ângulo distância


Tamanho: 2 mm
Ângulo: 45°
Selecionar a aresta
destacada.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do recurso de


chanfro.

Peça concluída conforme imagem abaixo:

232
Salve o arquivo como “Estudo de caso 1” na sua pasta de exercícios da lição 06.

233
Exercício 16

Abra um arquivo de peça novo,

234
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

235
Aplique um Ressalto revolucionado,

No plano de referência Frontal inicie o seguinte esboço,

236
Aplique um Corte extrudado Passante,

Copie o corte ao redor do modelo utilizando o Padrão circular,

237
Para finalizar aplique uma representação de rosca no furo superior da ponteira,

238
,

Salve e feche o arquivo

239
Exercício 17

Criar a peça abaixo conforme os passos descritos.

Desenhe o esboço abaixo:

Dimensione o esboço conforme a imagem que segue:

240
Crie um Ressalto base revolucionado conforme a imagem abaixo:

Criar um furo na face selecionada com o assistente de perfuração contendo os seguintes


parâmetros:

- Tipo de furo: Furo

- Norma: Polegada Ansi

- Tipo: Tamanhos de tarraxa fracionada

- Tamanho: 3/8”

- Condição final: Passante

Posicione o furo conforme abaixo:

- Dimensão de 19 mm do ponto em relação à face;

- Selecionar o ponto e o plano frontal para adicionar a relação “No plano”.

241
242
Insira a anotação de rosca conforme os dados abaixo:

Peça criada conforme ilustração abaixo.

Salve o arquivo.

243
Estudo de Caso 18

Abra um arquivo de peça novo,

244
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

Aplique um Ressalto extrudado em Plano médio com 50 mm,

245
Na face selecionada inicie um novo esboço,

Crie o seguinte esboço,

246
Aplique um Corte extrudado,

Crie cópias do corte.

No campo de recurso para padrão, selecionar o recurso no Feature Manager, qual deseja
copiar.

Utilizando o Padrão linear,

247
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação da furação.

248
Salve e feche o arquivo,

249
Estudo de Caso 19

Abra um documento novo de peça,

250
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

Aplique um Ressalto extrudado em Plano médio com 10 mm,

251
Abra um novo esboço na face selecionada,

Crie o seguinte esboço,

252
Aplique um Corte extrudado passante,

Copie o corte para o restante da peça.


Aplique um Padrão linear,

253
254
Salve e feche o arquivo,

255
Exercício 20

Abra um novo arquivo de peça,

Abra um esboço novo no plano Frontal,

256
Crie um esboço conforme imagem abaixo,

Aplique um ressalto extrusão com 83 mm,

257
Confirme o recurso.

258
Aplique outro ressalto extrusão, com 27 mm,

Confirme o recurso.

259
Crie um furo utilizando o assistente de perfuração,

Utilize o centro do raio do filete para posicionar os furos, serão dois.

260
Abra um esboço na face selecionada,

Crie um esboço conforme a imagem,

261
Aplique um Corte extrudado passante,

Copie o corte a 90º, utilizando o Padrão circular,

262
Salve e feche o arquivo.

263
Estudo de caso 21

Abra um documento novo de peça,

264
No plano de referência Frontal crie o seguinte esboço,

Aplique um Ressalto extrudado em Plano médio com 12 mm,

265
Aplique uma segunda Extrusão também em Plano médio com 5 mm,

266
Aplique ainda uma terceira Extrusão em Plano médio com 15 mm, também utilizando o
primeiro esboço,

Aplique dois filetes, um com raio de 8 mm e outro com raio de 25 mm. Vamos usar a opção de
Filetes de múltiplos raios,

267
No plano Frontal crie o seguinte esboço,

Aplique um Assistente de perfuração,

268
269
Utilizando a face selecionada abra um novo esboço,

Crie o seguinte esboço,

270
Aplique um Corte extrudado em duas direções, passante em ambas,

Aplique um Padrão linear do Corte,

271
Abra um novo esboço na face selecionada,

Crie o seguinte esboço,

272
Aplique um Corte extrudado passante,

Aplique um Padrão linear copiando o ultimo corte,

273
274
Salve e feche o arquivo,

275
Exercício 22

Criar a peça abaixo conforme os passos descritos.

Desenhe o esboço abaixo:

276
Dimensionar o esboço conforme a imagem seguinte:

Criar um ressalto revolucionado de acordo com a imagem abaixo:

277
Utilizar a região salientada para criar uma nova extrusão de 20 mm na condição final
denominada “Plano médio”.

Definir raio de 20 mm nas arestas selecionadas.

278
Definir raio de 15 mm nas arestas selecionadas.

279
Definir raio de 7 mm nas arestas selecionadas.

280
Definir raio de 5 mm nas arestas destacadas.

Definir raio de 3 mm nas arestas destacadas.

281
Criar uma furação centralizada na face circular com as seguintes características:

Furo com tarraxa


Norma: ISO
Tipo: Furo Roscado
Tamanho: M14
Condição final: Até o próximo

Peça pronta conforme imagem abaixo:

Salve o arquivo

282
Estudo de caso 23

Neste estudo de caso, iniciaremos criando um conjunto utilizando técnicas eficazes de


elaboração de projetos mecânicos.

Observe que à medida que o projetista estiver desenvolvendo os seus produtos peça a
peça, ele estará apto a criar a montagem entre eles para verificar como funcionará o
conjunto.

Observe algumas vantagens de uma montagem bem elaborada no SolidWorks:

- Detecção de interferência entre componentes

- Cálculo de massa do conjunto

- Cálculo de centro de gravidade do conjunto

- Elaboração de listas de materiais automáticas

- Criação de vistas explodidas

O mais importante com as peças à disposição do usuário é mentalizar como a montagem


será executada.

Abaixo você tem uma visualização da montagem executada com todos os componentes
encaixados.

283
Os seguintes questionamentos deverão ser feitos pelos usuários na ocasião da criação de
uma montagem:

- Existe algum componente que poderá ser definido como base?


- Quais componentes possuem movimentação?
- Como os componentes interagem entre si?

No ambiente de montagem, após inserir componentes, teremos que posicioná-los. Para


utilizarmos a ferramenta de posicionamento do SolidWorks, será ilustrado abaixo o
funcionamento das suas principais partes.

284
Campo de seleção de
entidades a serem
posicionadas.

Posicionamentos
muito semelhantes
às principais
relações de esboço.

Posicionamentos
com dimensões
lineares e angulares.
Semelhante à
Dimensão Inteligente.

Mudanças no alinhamento das


faces posicionadas.

Ainda no Property Manager do comando Posicionar, pode-se observar a lista de


posicionamentos criados na etapa de posicionamentos ativos.

Segue a lista de
posicionamentos criados no
comando de posicionamento
que está ativo.

Agora, iremos dar início ao processo de criação de montagens.

Para iniciar o arquivo de montagem clicar no menu Arquivo, Novo.

285
2° Clique em novo.
1° Clique no menu arquivo.

Selecione o template de Montagem.

1° Selecione montagem.

2° Clique em OK.

286
1° Observar que o Property
manager do comando
“Inserir componente” é
autoexplicativo. Observar o
que aqui está escrito para
entender como se dará
prosseguimento na lição.

2° Local em que o SolidWorks


lista os componentes que
estão abertos no momento.

3° Clique no botão Procurar


para localizar o arquivo.

Para inserir o primeiro componente na montagem, clique em Procurar para localizar o


arquivo “Aranha”.

Clique no botão Procurar para


localizar o arquivo Aranha

287
Acesse o diretório no qual você armazenou os arquivos do Conjunto Extrator e abra o
componente denominado Aranha.

Selecione o arquivo Aranha

Após a seleção do componente, observe-o na lista de documentos abertos. O


componente será inserido na origem da montagem simplesmente clicando-se no canto de
confirmação na área do modelo.

288
Com a inserção do primeiro componente na origem da montagem, os planos dos arquivos
estarão alinhados assim como as suas respectivas origens.

Observar atentamente que o Command Manager está diferente após a mudança para o
arquivo de montagem, o que é normal. Está disposto abaixo o Command Manager do
arquivo de peça e para o arquivo de montagem também.

Command Manager
Montagem

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

1° Selecionar a aba “Montagem” no 2° Clicar sobre o comando


Command Manager. “Inserir Componentes”.

289
No Property Manager do comando de inserção de componente clicar sobre o botão
“Procurar” para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar o documento Parafuso.

1° Clique no arquivo
Parafuso.

Clique em Abrir.

Observar que o arquivo Parafuso está na lista de componentes abertos e disponíveis para
inserção na montagem.

290
Clique na área gráfica para inserir o componente em qualquer local.

Clique na área gráfica


para inserir o componente
no espaço.

Por que o componente foi inserido livremente no espaço?


Caso se utilize a confirmação da inserção de componentes, corre-se o risco de uma peça
ficar sobre a outra com interferências.
Quando se clica para inserir um componente no espaço, este permanecerá com alguns
graus de liberdade, tais como:

- Deslocamento X

-Deslocamento Y

- Deslocamento Z

- Rotação X

- Rotação Y

- Rotação Z

291
Como o componente foi inserido no espaço, ele encontra-se com liberdade de
movimentação de rotação e translação. Existem comandos de posicionamentos que
posicionam o componente de forma precisa no espaço limitando os seus movimentos. O
mouse pode fornecer um auxílio visual e direto. Para isso, os botões principais do
apontador serão utilizados.

Translação – Clicar com o botão esquerdo no componente, arrastar e soltar para


modificar a posição do componente.
Rotação – Clicar com o botão direito do mouse no componente, arrastar e soltar para
modificar a posição do componente.

Rotação

Translação

Uma vez que o componente está em uma posição mais próxima da que será a definitiva,
pode-se utilizar o comando posicionar.

A ferramenta encontra-se no aba “Montagem” do Command Manager.

2° Clicar no comando
Posicionar.

292
Iremos utilizar o posicionamento mecânico Parafuso para posicionar a aranha e o
parafuso.
Um posicionamento Parafuso restringe dois componentes a serem concêntricos, e
também adiciona um relacionamento de passo entre a rotação de um e a translação do
outro. A translação de um componente ao longo do eixo causa a rotação do outro, de
acordo com o relacionamento de passo.
Da mesma maneira, a rotação de um componente causa a translação do outro.
Assim como outros tipos de posicionamento, os posicionamentos de parafuso não
impedem a interferência ou colisões entre componentes.

1° Clique para visualizar os


posicionamentos mecânicos.

2° Clique no posicionamento
Parafuso.

293
Agora é necessário informar ao SolidWorks quais as faces que irão assumir este
posicionamento. Selecione-as conforme ilustração a seguir.

Selecione esta face


cilíndrica.

Selecione esta face


cilíndrica.

Observe que, após selecionar as faces, o SolidWorks posiciona os componentes de forma


semelhante à do posicionamento concêntrico.

294
Defina os parâmetros conforme ilustração abaixo.

Clique no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do


posicionamento.

Observe que, mesmo após confirmarmos o posicionamento, o comando Posicionar se


mantém ativo. Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na
área de modelo.

Vamos inserir novos componentes na montagem.

Insira o componente Manípulo.

2° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”. 295
No Property Manager do comando de inserção de componente, clicar sobre o botão
procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar a peça Manipulo.

Observe que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis para
inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

296
Clique em algum lugar no espaço para inserir o componente.

Inicie a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command


Manager.

297
Clique sobre as faces cilíndricas dos furos do corpo do Parafuso e do Manípulo conforme
ilustração.

Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento Concêntrico.

298
Clique no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Clique para adicionar o


posicionamento.

Observe que mesmo após confirmarmos o posicionamento o comando Posicionar se


mantém ativo.

Clique em Posicionamentos avançados para expandir o recurso e selecione o


Posicionamento Simétrico.

Ao longo deste treinamento não serão abordados todos os posicionamentos avançados.


Estes posicionamentos serão trabalhados no treinamento Nível II de SolidWorks.

299
Clique para expandir os
Posicionamentos Avançados.

Selecione o Posicionamento
Simétrico.

O posicionamento Simétrico posiciona duas entidades semelhantes a serem simétricas


em relação a um plano ou uma face plana.

Entidades a posicionar (faces).

Seleção do plano de referência.

Na Caixa de seleção Entidades a posicionar, clique nas duas faces planas das
extremidades do componente Manípulo conforme ilustração abaixo.

300
Face 2

Face 1

Nota: Duas faces planas do Manípulo selecionadas.

Na caixa de seleção Plano de Simetria, selecione o plano frontal do Parafuso conforme


ilustração.

Verifique se a seleção das faces e do plano está correta e confirme o posicionamento.


301
Clique no canto de confirmação na área dos posicionamentos.

Clique para adicionar o


posicionamento.

Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na área de modelo.

302
Insira o componente Jumelo.

2° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”.

No Property Manager do comando de inserção de componente, clicar sobre o botão


procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar a peça Jumelo.

Observar que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis


para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

303
Clicar em algum lugar no espaço para inserir o componente.

Inicie a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command


Manager.

2° Clicar no comando
Posicionar.

Clique sobre as faces cilíndricas dos furos do corpo da Aranha e do Jumelo conforme
ilustração.

304
Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento concêntrico.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Clique para adicionar o posicionamento.

305
Observe que, mesmo após confirmarmos o posicionamento, o comando Posicionar se
mantém ativo. Não clique em OK, pois ainda iremos utilizar o comando Posicionar.
Selecione a face plana da Aranha de acordo com a ilustração abaixo.

1° Selecionar esta face


plana da Aranha.

Selecione a face plana do Jumelo conforme ilustração abaixo.

Nota: Observe que o conjunto foi rotacionado para fins de ilustração.

306
Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento Coincidente.

Clique no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na área de modelo.

307
Insira novamente o componente Jumelo.
Sabemos que, para realizar a inserção de um componente, clica-se em Inserir
Componentes.

Clica-se em Procurar.

Seleciona-se o arquivo desejado.

Quando você precisar inserir um componente que já está presente no ambiente de


montagem, é possível realizar o mesmo processo de maneira mais ágil, sem realizar o
procedimento convencional descrito anteriormente.

Siga o procedimento abaixo e verifique o seu funcionamento.

308
Com a tecla “Ctrl” pressionada, clique no componente que deseja copiar e arraste o
mouse.

1º Pressione a tecla Ctrl.

2º Com a tecla Ctrl


pressionada, arraste o
mouse e clique para
adicionar o componente.

Rotacione o componente conforme ilustração abaixo.

309
Clique sobre as faces cilíndricas dos furos do corpo da Aranha e do Jumelo conforme
ilustração.

Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento concêntrico.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Clique para adicionar o posicionamento.

310
Selecione a face plana da Aranha conforme ilustração.

1° Selecionar esta face


plana da Aranha.

Selecione a face plana do Jumelo de acordo com a imagem abaixo.

311
Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento coincidente.

Clique no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.


Clique aqui

312
Selecione as faces cilíndricas dos Jumelos conforme ilustração abaixo.

Selecione as
faces cilíndricas.

Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento concêntrico.

313
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Clique para adicionar o posicionamento.

Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na área de modelo.

314
Insira o componente Garra.

1° Selecionar a aba 2° Clicar sobre o comando


“Montagem” no Command “Inserir Componentes”.
Manager.

Localize o componente.

Observe que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis para
inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

315
Clique em algum lugar no espaço para inserir o componente. Rotacione-o com o botão
direito do mouse conforme ilustração.

Nota: Observe que será necessário rotacionar o componente.

Iniciar a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command


Manager.
316
1° Clicar na aba
“Montagem” do
Command Manager. 2° Clicar no
comando
Posicionar.

Clicar sobre as faces cilíndricas dos furos do corpo da Aranha e da Garra conforme
ilustração.

Selecione estas
faces cilíndricas.

Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento Concêntrico.

317
Clique no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.

Observe que, mesmo após confirmarmos o posicionamento, o comando Posicionar se


mantém ativo. Não clique em OK, pois ainda iremos utilizar o comando Posicionar.

Selecione a face plana da Garra conforme ilustração abaixo.

318
Selecione esta face
plana da Garra.

Selecione a face plana do Jumelo conforme ilustração abaixo.

Verifique que o SolidWorks automaticamente sugere o posicionamento coincidente.

319
Posicionamento Coincidente.

Clique no canto de confirmação na área do modelo para adicionar o posicionamento.


Clique aqui

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Vamos agora criar um Padrão circular dos componentes.

Na aba Montagem, selecione o recurso Padrão circular de componentes.

320
Observe que o Eixo do Padrão será a aresta circular da Aranha.

Selecione a opção “Espaçamento igual” para distribuir uniformemente os componentes ao


longo do Eixo de revolução.

Em Componentes para padrão selecione os dois Jumelos e a Garra.

321
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do padrão
circular dos componentes.

Salve a montagem.

322
Estudo de caso 24

Neste estudo de caso, iniciaremos criando um conjunto explorando os posicionamentos


do SolidWorks. Abaixo você vê um exemplo de peças que serão utilizadas para a
montagem de uma morsa de bancada. O mais importante é mentalizar como a montagem
será executada.

Abaixo está uma visualização da montagem executada com todos os componentes


encaixados.

Na lição anterior, iniciamos um template de montagem e, logo após, realizamos a


inserção dos componentes no ambiente de montagem. Neste exemplo, iremos criar uma
montagem a partir de um documento de peça aberto.

323
Para darmos início à criação correta do arquivo de montagem, feche todos os arquivos
abertos no SolidWorks.

Abra o componente Mandíbula fixa.

Com o componente aberto, dá-se início à criação de uma nova montagem baseada no
arquivo de peça aberto. Para iniciar o arquivo de montagem, clicar no menu “Arquivo
Criar montagem a partir da peça”.

Com isso, o SolidWorks iniciará o arquivo de montagem com o comando inserir


componentes ativado. Observe o Property Manager do comando na imagem seguinte:

324
1° Observar que o Property
manager do comando “Inserir
componente” é
autoexplicativo. Observar o
que aqui está escrito para
entender como se dará
prosseguimento na lição.

2° O SolidWorks coloca na
lista de documentos abertos
somente a peça pela qual a
montagem foi iniciada.

3° Caso algum componente


não esteja na lista de
componentes abertos, clique
no botão procurar para
localizar o arquivo.

Para inserir o primeiro componente na montagem, clique sobre ele na lista de documentos
abertos no Property Manager do comando “Inserir Componente”.

Com a seleção do componente na lista de documentos abertos, insere-se o primeiro


componente na origem da montagem simplesmente clicando-se no canto de confirmação
na área do modelo.

Com a inserção do primeiro componente na origem da montagem, os planos dos arquivos


estarão alinhados assim como as suas respectivas origens.

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

2° Clicar sobre o
1° Selecionar a comando “Inserir
Componentes”.
aba “Montagem” 325
no Command
Manager.
No Property Manager do comando de inserção de componente, clicar sobre o botão
“Procurar” para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar a chapa guia.

1° Clicar sobre o arquivo


da chapa de guia.

2° Clicar para
abrir o arquivo.

Observar que a chapa guia passou a constar na lista de componentes abertos e


disponíveis para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

Clicar sobre o arquivo da


chapa para selecioná-lo.

326
Clicar na área do modelo para inserir o componente em qualquer local.

Como o componente foi inserido no espaço, ele encontra-se com liberdade de


movimentação de rotação e translação.

Utilize o mouse para girar o componente conforme necessário.

- Translação – Clicar com o botão esquerdo no componente, arrastar e soltar para


modificar a posição do componente.
- Rotação – Clicar com o botão direito do mouse no componente, arrastar e soltar para
modificar a posição do componente.

Rotação

Translação

327
Uma vez que o componente está em uma posição mais próxima do que será a definitiva,
pode-se utilizar o comando posicionar.

A ferramenta encontra-se na aba “Montagem” do Command Manager.

1° Clicar na aba
“Montagem” do
Command
Manager.

2° Clicar no
comando
Posicionar.

Clicar sobre as faces que serão coladas entre o corpo da morsa e a chapa guia. Observar
o lado no qual se encontra o escariado do furo.

3° Se necessário ,
inverter o alinhamento
do posicionamento.

1° Clicar na
face da 2° Clicar na face
chapa guia. inferior do corpo
da morsa.

328
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos
posicionamentos.

Clicar nas faces laterais das peças conforme abaixo:

3° Inverter 1° Clicar na 2° Clicar na face


alinhamento se face lateral da lateral do corpo
necessário. chapa guia. da morsa.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

3° Se necessário ,
inverter o alinhamento
do posicionamento.

2° Clicar na face da
direita do corpo do
1° Clicar na face da corpo da morsa.
direita da chapa guia.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

329
Nota: Por padrão foram aceitos os posicionamentos das faces por coincidência entre as
entidades. Mas pode-se selecionar manualmente o tipo de posicionamento antes de se
selecionar o tipo de entidade a ser definida.

Os três posicionamentos criados foram suficientes para concluir a localização da chapa


guia.
Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na área de modelo.

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

2° Clicar sobre o comando


1° Selecionar a aba “Inserir Componentes”.
“Montagem” no Command
Manager.

No Property Manager do comando de inserção de componente, clicar sobre o botão


procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar a mandíbula móvel.

330
Observar que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis
para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

Clicar em algum lugar no espaço para inserir o componente.

Iniciar a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command


Manager.
331
2° Clicar no
comando
Posicionar .

Clicar sobre as faces cilíndricas dos furos do corpo da morsa e da mandíbula móvel

3° Modificar o
alinhamento
caso necessário.

2° Será adicionado
automaticamente uma
relação de concentricidade.

1° Selecionar as
faces cilíndricas
dos furos.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Selecionar as faces superiores clicando sobre elas e adicionar uma relação de


paralelismo.
Observar que a relação de coincidência já funcionaria, mas para garantir o funcionamento
da montagem, mesmo com as modificações de dimensões das peças, é recomendável
utilizar o paralelismo.

332
1° Selecionar as
faces superiores
dos componentes.

2° Selecionar a relação
de paralelismo entre
entidades.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Uma vez que o conjunto começa a ganhar muitos componentes, o posicionamento pode
se tornar uma tarefa problemática. Existem algumas soluções que podemos adotar para
ganhar tempo. Realizar os seguintes procedimentos:

Colocar a montagem na vista isométrica:

No painel de visualização selecionar a vista isométrica

Nota: A vista poderá ser inserida na isométrica pelo atalho de teclado CTRL+7
Na vista isométrica, pressionar a tecla Shift+Seta para cima do teclado duas vezes para
rotacionar o modelo 180°:

333
Selecionar a chapa guia e o corpo da morsa e selecionar a opção de ocultar componentes
no menu de contexto que surge automaticamente na movimentação do mouse.

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

No Property Manager do comando de inserção de componente clicar sobre o botão


procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar a corrediça.

334
Observar que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis
para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

Clique em qualquer local do modelo para inserir o componente.

335
Iniciar a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command
Manager.

1° Clicar na aba
“Montagem” do
Command Manager. 2° Clicar no
comando
Posicionar.

Clicar sobre as faces cilíndricas do furo da corrediça e da furação da mandíbula móvel


para adicionar uma relação de concentricidade.

1° Clicar sobre a
face cilíndrica do
furo da corrediça.

3° Adicionar a
relação de
2° Clicar sobre a concentricidade
face cilíndrica do entre as entidades.
furo com rosca da
mandíbula móvel.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Clicar sobre as faces de contato da corrediça e da mandíbula móvel para adicionar uma
relação de coincidência entre faces.

336
1° Selecionar a face 2° Selecionar a face inferior 3° Adicionar a relação
superior da corrediça de contato da mandíbula de coincidência entre
(sem o chanfro). móvel com a corrediça. as entidades.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Adicionar a relação de paralelismo entre as faces laterais planas da corrediça e da


mandíbula móvel.

2° Clicar na
relação Paralela.

1° Selecionar as faces
laterais da mandíbula
móvel e da corrediça.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar o término do comando


posicionar.

337
Observar o Feature Manager do ambiente de montagens e constatar que ele é diferente
em relação ao que encontramos no ambiente de peças. Com a imagem seguinte
poderemos fazer as seguintes constatações:

As peças referentes ao corpo e a chapa guia estão transparentes, pois os seus


respectivos ícones estão sem coloração;
A mandíbula móvel e a corrediça também estão inseridos na montagem, mas estão
visíveis;
Todos os posicionamentos estão listados no Feature Manager.

Inserir a montagem na vista isométrica.

A montagem com os dois componentes deverá ser semelhante ao que é visualizado


abaixo:

338
No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre
o comando “Inserir componente”.

° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”.

No Property Manager do comando de inserção de componente clicar sobre o botão


procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar o parafuso.

339
Observar que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis
para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

Clique em qualquer lugar do modelo para inserir o componente.

Iniciar a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command


Manager.

Clicar sobre as faces cilíndricas do furo da corrediça e da furação da mandíbula móvel


para adicionar uma relação de concentricidade.

340
1° Clicar nas faces
cilíndricas dos componentes
para adicionar a
concentricidade.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos


posicionamentos.

Clicar sobre as faces planas que possuirão contato do parafuso e da mandíbula.

1° Clicar na face
plana da mandíbula 2° Selecionar a face
móvel. plana de contato do
parafuso.

Abaixo segue uma imagem do encaixe dos componentes:

341
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação dos
posicionamentos.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar o término do comando


posicionar

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

2° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”.

No Property Manager do comando de inserção de componente, clicar sobre o botão


procurar para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar o Manípulo.

342
Observar que a peça passou a constar na lista de componentes abertos e disponíveis
para inserção na montagem. Clique sobre o arquivo para selecioná-lo na lista.

Clique no modelo para inserir o Manípulo em qualquer local.

343
Iniciar a ferramenta “Posicionar” que se encontra na aba “Montagem” do Command
Manager.

Clicar sobre as faces cilíndricas do furo do parafuso com a face cilíndrica externa do
Manípulo.

344
Selecionar a face
cilíndrica do furo com
a face cilíndrica
externa do manípulo.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do


posicionamento.

Para posicionar o componente do manípulo centralizado no parafuso será necessário


utilizar o Feature Manager e selecionar as seguintes entidades:

Plano frontal do componente Parafuso


Plano direito do componente Manípulo

345
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do
posicionamento Coincidente.

Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar o término do comando


Posicionar.

No Feature Manager da montagem, localize os componentes que estão invisíveis,


selecione-os e clique sobre o comando “Exibir componentes” no menu de contexto.

Abaixo segue a visualização da montagem completa:

Salve a Montagem.

346
Estudo de caso 25

Neste estudo de caso, iniciaremos criando um conjunto utilizando técnicas eficazes de


elaboração de projetos mecânicos.

Observe que à medida que o projetista estiver desenvolvendo os seus produtos peça a
peça, ele estará apto a criar a montagem entre eles para verificar como funcionará o
conjunto.

Observe algumas vantagens de uma montagem bem elaborada no SolidWorks:

- Detecção de interferência entre componentes

- Cálculo de massa do conjunto

- Cálculo de centro de gravidade do conjunto

- Elaboração de listas de materiais automáticas

- Criação de vistas explodidas

O mais importante uma vez que as peças estão à disposição do usuário é pensar como a
montagem será executada.

Abaixo você tem uma visualização da montagem executada com todos os componentes
encaixados.

347
Os seguintes questionamentos deverão ser feitos pelos usuários na ocasião da criação de
uma montagem:

- Existe algum componente que poderá ser definido como base?


- Quais componentes possuem movimentação?
- Como os componentes interagem entre si?

No ambiente de montagem, após inserir componentes, teremos que posicioná-los. Para


utilizarmos a ferramenta de posicionamento do SolidWorks, será ilustrado abaixo o
funcionamento das suas principais partes.

Campo de seleção de
entidades a serem
posicionadas.

Posicionamentos
muito semelhantes
às principais
relações de esboço.

Posicionamentos
com dimensões
lineares e angulares.
Semelhante à
Dimensão Inteligente.

Mudanças no alinhamento das


faces posicionadas.

Ainda no Property Manager do comando Posicionar, pode-se observar a lista de


posicionamentos criados na etapa de posicionamentos ativos.

348
Segue a lista de
posicionamentos criados no
comando de posicionamento
que está ativo.

Agora, iremos dar início ao processo de criação de montagens.

Para iniciar o arquivo de montagem clicar no menu Arquivo, Novo.

1°Clique no menu 2° Clique em novo.


arquivo.
Selecione o template de Montagem.

1° Selecione montagem.

2° Clique em OK.

349
1° Observar que o Property
manager do comando
“Inserir componente” é
autoexplicativo. Observar o
que aqui está escrito para
entender como se dará
prosseguimento na lição.

2° Local em que o SolidWorks


lista os componentes que
estão abertos no momento.

3° Clique no botão Procurar


para localizar o arquivo.

Para inserir o primeiro componente na montagem, clique em Procurar para localizar o


arquivo “Corpo principal”.

Clique no botão Procurar para


localizar o arquivo Aranha

350
Acesse o diretório no qual você armazenou os arquivos do Conjunto Extrator e abra o
componente denominado Corpo principal.

Selecione o arquivo Corpo Principal

Após a seleção do componente, observe-o na lista de documentos abertos. O


componente será inserido na origem da montagem simplesmente clicando-se no canto de
confirmação na área do modelo.

Com a inserção do primeiro componente na origem da montagem, os planos dos arquivos


estarão alinhados assim como as suas respectivas origens.

Observar atentamente que o Command Manager está diferente após a mudança para o
arquivo de montagem, o que é normal. Estão dispostos abaixo o Command Manager do
arquivo de peça e para o arquivo de montagem também.

351
Command Manager
Montagem

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

1° Selecionar a aba
“Montagem” no
Command Manager.

2° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”.

No Property Manager do comando de inserção de componente clicar sobre o botão


“Procurar” para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar o documento Gaveta móvel.
1° Clique no arquivo
Parafuso.

Clique em Abrir.

352
Observar que o arquivo Gaveta Móvel está na lista de componentes abertos e disponíveis
para inserção na montagem.

Clique na área gráfica para inserir o componente em qualquer local.

Clique na área gráfica


para inserir o componente
no espaço.

Por que o componente foi inserido livremente no espaço?


Caso se utilize a confirmação da inserção de componentes, corre-se o risco de uma peça
ficar sobre a outra com interferências.
Quando se clica para inserir um componente no espaço, este permanecerá com alguns
graus de liberdade, tais como:

- Deslocamento X

-Deslocamento Y
353
- Deslocamento Z

- Rotação X

- Rotação Y

- Rotação Z

Como o componente foi inserido no espaço, ele encontra-se com liberdade de


movimentação de rotação e translação. Existem comandos de posicionamentos que
arranjam o componente de forma precisa no espaço limitando os seus movimentos. O
mouse pode fornecer um auxílio visual e direto. Para isso, os botões principais do
apontador serão utilizados.

Translação – Clicar com o botão esquerdo no componente, arrastar e soltar para


modificar a posição do componente.
Rotação – Clicar com o botão direito do mouse no componente, arrastar e soltar para
modificar a posição do componente.

Rotação

Translação

Uma vez que o componente está em uma posição mais próxima da que será a definitiva,
pode-se utilizar o comando posicionar.

A ferramenta encontra-se no aba “Montagem” do Command Manager.

354
2° Clicar no comando
Posicionar.

1° Clicar na aba
“Montagem” do Command
Manager.

Iremos utilizar o posicionamento avançado “Largura” para posicionar a gaveta móvel e o


corpo principal.
Um posicionamento Largura restringe dois componentes ao centro, e também adiciona
um relacionamento entre si deixando as medidas iguais.

355
1° Clique para visualizar os
posicionamentos avançados.

2° Clique no posicionamento
Largura.

Agora é necessário informar ao SolidWorks quais as faces que irão assumir este
posicionamento. Selecione-as conforme ilustração a seguir.

356
Selecione esta face
da gaveta.

Selecione faces do
corpo principal

Observe que, após selecionar as faces,

Clique no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do


posicionamento.

Observe que, mesmo após confirmarmos o posicionamento, o comando Posicionar se


mantém ativo. Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na
área de modelo.

357
Vamos adicionar mais um posicionamento conforme ilustração abaixo.

Posicionamento Padrão se coloca a relação de coincidente com relação às faces acima.

Precisamos colocar uma relação de distância para limitar contato entre os componentes

358
Em posicionamentos avançados podemos clicar no ícone de distancia.

Selecione o ícone de distancia (não


clique na caixa de valor, pois ela está
opaca)

359
Distancia atual

Distancia máxima

Distancia mínima

360
Podemos selecionar faces conforme ilustração abaixo:

361
Insira os seguintes valores:
Atual 0
Máximo 400 mm
Mínimo 0

Observe que os componentes têm restrições entre si.

362
Repita os mesmos procedimentos e insira as peças que faltam.

363
Resultado final proposto:

Salve a montagem.

364
Estudo de caso 26

Neste estudo de caso, iniciaremos criando um conjunto utilizando técnicas eficazes de


elaboração de projetos mecânicos.

Observe que à medida que o projetista estiver desenvolvendo os seus produtos peça a
peça, ele estará apto a criar a montagem entre eles para verificar como funcionará o
conjunto.

Observe algumas vantagens de uma montagem bem elaborada no SolidWorks:

- Detecção de interferência entre componentes

- Cálculo de massa do conjunto

- Cálculo de centro de gravidade do conjunto

- Elaboração de listas de materiais automáticas

- Criação de vistas explodidas

O mais importante com as peças à disposição do usuário é pensar como a montagem


será executada.

Abaixo você tem uma visualização da montagem executada com todos os componentes
encaixados.

365
Os seguintes questionamentos deverão ser feitos pelos usuários na ocasião da criação de
uma montagem:

- Existe algum componente que poderá ser definido como base?


- Quais componentes possuem movimentação?
- Como os componentes interagem entre si?

No ambiente de montagem, após inserir componentes, teremos que posicioná-los. Para


utilizarmos a ferramenta de posicionamento do SolidWorks, será ilustrado abaixo o
funcionamento das suas principais partes.

Campo de seleção de
entidades a serem
posicionadas.

Posicionamentos
muito semelhantes
às principais
relações de esboço.

Posicionamentos
com dimensões
lineares e angulares.
Semelhante à
Dimensão Inteligente.

Mudanças no alinhamento das


faces posicionadas.

Ainda no Property Manager do comando Posicionar, pode-se observar a lista de


posicionamentos criados na etapa de posicionamentos ativos.

366
Segue a lista de
posicionamentos criados no
comando de posicionamento
que está ativo.

Agora, iremos dar início ao processo de criação de montagens.

Para iniciar o arquivo de montagem clicar no menu Arquivo, Novo.

1° Observar que o Property


manager do comando
“Inserir componente” é
autoexplicativo. Observar o
que aqui está escrito para
entender como se dará
prosseguimento na lição.

2° Local em que o SolidWorks


lista os componentes que
estão abertos no momento.

3° Clique no botão Procurar


para localizar o arquivo.

Para inserir o primeiro componente na montagem, clique em Procurar para localizar o


arquivo “Corpo principal”.

367
Clique no botão Procurar para
localizar o arquivo Aranha

Selecione o arquivo Batente Janela


Acesse o diretório no qual você armazenou os arquivos do Conjunto Janela e abra o
componente denominado Batente janela.

368
Após a seleção do componente, observe-o na lista de documentos abertos. O
componente será inserido na origem da montagem simplesmente clicando-se no canto de
confirmação na área do modelo.

Com a inserção do primeiro componente na origem da montagem, os planos dos arquivos


estarão alinhados assim como as suas respectivas origens.

Observar atentamente que o Command Manager está diferente após a mudança para o
arquivo de montagem, o que é normal. Está disposto abaixo o Command Manager do
arquivo de peça e para o arquivo de montagem também.

Command Manager
Montagem

No arquivo de conjunto, selecionar a aba montagem no Command Manager e clicar sobre


o comando “Inserir componente”.

1° Selecionar a aba
“Montagem” no
Command Manager.

2° Clicar sobre o comando


“Inserir Componentes”.

No Property Manager do comando de inserção de componente clicar sobre o botão


“Procurar” para localizar a próxima peça.

Com a localização de componentes iniciada, navegar até o diretório que possui o


armazenamento dos arquivos da lição e selecionar o documento Divisão Janela.

369
1° Clique no arquivo
Divisão da Janela.

Clique em Abrir.

Observar que o arquivo Divisão Janela está na lista de componentes abertos e


disponíveis para inserção na montagem.

Clique na área gráfica para inserir o componente em qualquer local.

Por que o componente foi inserido livremente no espaço?


Caso se utilize a confirmação da inserção de componentes, corre-se o risco de uma peça
ficar sobre a outra com interferências.
Quando se clica para inserir um componente no espaço, este permanecerá com alguns
graus de liberdade, tais como:

- Deslocamento X

-Deslocamento Y

- Deslocamento Z

- Rotação X

370
- Rotação Y

- Rotação Z

Como o componente foi inserido no espaço, ele encontra-se com liberdade de


movimentação de rotação e translação. Existem comandos de posicionamentos que
posicionam o componente de forma precisa no espaço limitando os seus movimentos. O
mouse pode fornecer um auxílio visual e direto. Para isso, os botões principais do
apontador serão utilizados.

Translação – Clicar com o botão esquerdo no componente, arrastar e soltar para


modificar a posição do componente.
Rotação – Clicar com o botão direito do mouse no componente, arrastar e soltar para
modificar a posição do componente.

Rotação

Translação

Uma vez que o componente está em uma posição mais próxima da que será a definitiva,
pode-se utilizar o comando posicionar.

A ferramenta encontra-se no aba “Montagem” do Command Manager.

371
2° Clicar no comando
Posicionar.

1° Clicar na aba
“Montagem” do Command
Manager.

Iremos utilizar o posicionamento padrão para posicionar a Divisão Janela e o corpo


principal.
Um posicionamento coincidente restringe dois componentes ao centro, e também
adiciona um relacionamento entre si deixando as medidas iguais.

1° Clique para visualizar os


posicionamentos padrão.

2° Clique no posicionamento
coincidente

372
Agora é necessário informar ao SolidWorks quais as faces que irão assumir este
posicionamento. Selecione-as conforme ilustração a seguir.

Selecione esta face


da gaveta.

Selecione faces do
corpo principal

Observe que, após selecionar as faces,

Clique no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do


posicionamento.

Observe que, mesmo após confirmarmos o posicionamento, o comando Posicionar se


mantém ativo. Para concluir o comando Posicionar, clique no canto de confirmação na
área de modelo.

373
Vamos adicionar mais um posicionamento conforme ilustração abaixo.

Posicionamento Padrão vamos colocar relação de coincidente com relação às faces


acima.

Precisamos colocar uma relação de distância para limitar contato entre os componentes

374
Em posicionamentos avançados podemos clicar no ícone de distancia.

Selecione o ícone de distancia (não


clique na caixa de valor, pois ela está
opaca)

375
Podemos selecionar faces conforme ilustração abaixo:

376
Insira os seguintes valores:
40 mm

Observe que os componentes têm restrições entre si.

377
378
Repita os mesmos procedimentos e insira as peças que falta.

379
Vamos inserir componente Divisão Janela com puxador.

Podemos adicionar relações entre os componentes conforme as ilustrações a abaixo:

380
381
Podemos observa que nosso modelo está sem uma restrição de posicionamento, vamos
aplicar um posicionamento avançado de distancia.

Valor maximo de 1100 mm.

Para finalizar nossa montagem podemos adicionar uma relação de largura entre
componentes para centralizar nosso modelo.

382
Observe a imagem a baixo para selecionar as faces.

Resultado final proposto:

383
Salve a montagem.

384
Estudo de caso 27

Neste estudo de caso, iremos iniciar construindo um conjunto denominado Lustre de teto
para iniciarmos o método de modelagem em contexto do SolidWorks.

Segue abaixo uma visualização da montagem com apenas alguns componentes


posicionados.

385
Com o componente aberto, dá-se início à criação de uma nova montagem baseada no
arquivo de peça aberto.
Clique no menu “Arquivo Criar montagem a partir da peça”.

Confirme a inserção do componente na lista de documentos abertos clicando no canto de


confirmação na área do modelo.

386
Insira o componente denominado Disco de apoio

Crie um posicionamento Coincidente entre as faces selecionadas na ilustração abaixo.

387
Crie um posicionamento concêntrico entre as faces selecionadas.

Insira o componente denominado Pá do ventilador.

388
Crie um posicionamento Coincidente entre as faces selecionadas conforme ilustração
abaixo.

Crie um posicionamento Concêntrico entre as faces selecionadas conforme ilustração


abaixo.
Marque opção Travar rotação

Insira o componente denominado Pino.


389
Crie um posicionamento Concêntrico entre as faces selecionadas.

Crie um posicionamento Coincidente entre as faces selecionadas, conforme ilustração.

390
Crie uma copia do componente denominado Pino preciomando CTRL + clique esquerdo e
arraste, após fazer isso repita o processo para colocar restrições no novo Pino.

391
Podemos criar um Padrão de componentes conforme ilustração.

Após habilitar recurso vamos selecionar o eixo de rotação.

Em seguida selecione as peças a rotacionar:

392
Clicar no canto de confirmação na área do modelo para confirmar a criação do
posicionamento.

Insira o componente denominado Lustre

Adicione as seguintes relações conforme ilustração a baixo:

393
394
Salve a montagem.

395
Clique na aba Montagem e selecione Vista explodida.

396
Etapa de explosão - Um ou mais componentes selecionados explodidos para uma só
posição.
Cadeia - Uma pilha de dois ou mais componentes selecionados explodidos ao longo de
um eixo, usando Espaçar componentes automaticamente após arrastar.

Configurações
Componentes da etapa de explosão - Exibe os componentes selecionados para a etapa
de explosão atual.
Direção de explosão - Exibe a direção selecionada para a etapa de explosão atual.
Clique em Inverter direção , se necessário.
Distância de explosão - Exibe a distância em que o componente se move para a etapa
de explosão atual.
Aplicar - Clique para visualizar as alterações feitas nas etapas de explosão.
Concluído - Clique para concluir as etapas de explosão novas ou alteradas.

Opções
Espaçar componentes automaticamente após arrastar - Espaça automaticamente um
grupo de componentes igualmente ao longo de um eixo.
Ajuste do espaçamento entre componentes da cadeia - Ajusta a distância entre os
componentes posicionados por Espaçar componentes automaticamente após arrastar.
Selecionar peças da submontagem - Quando marcado, permite selecionar
componentes individuais de uma submontagem. Quando desmarcado, permite selecionar
toda a submontagem.
Reutilizar a explosão da submontagem - Usa as etapas de explosão definidas
anteriormente em uma submontagem selecionada.

Clique em Etapas de explosão, selecione o componente Eixo. Observe que uma tríade irá
aparecer na área gráfica, clique no eixo amarelo e arraste conforme ilustração abaixo.

1º Clique no pino.

2º Arraste.

397
Observe que uma etapa de explosão foi criada. Siga o mesmo procedimento para explodir
os outros componentes.

Podemos adicionar uma rotação com nova versão Solidworks 2014.


Ao clicar no eixo de rotação defina uma rotação maxima 359.999º (se colocar 360º não
conseguirá completar objetivo)

Clique no componente Pá do ventilador e posicione-o conforme ilustração.

398
Selecione os dois componentes abaixo.
Marque opção Espaçar componentes automaticamente após arrastar.

Confirme a explosão clicando em OK.

Para retornar à visualização da montagem com os componentes posicionados, clique com


o botão direito em um componente e clique em Recolher.

399
Para exibir no estado explodido novamente a montagem, clique com o botão direito sobre
a montagem na árvore de projetos e selecione Explodir.

1º Clique com o
botão direito sobre 2º Clique
a montagem. em Explodir.

Salve a montagem.
400
Estudo de caso 28 – Criação de template de Peça

Neste estudo de caso, iremos criar um template de Peça com as unidades em milímetros.
Acesse o menu arquivo, clique em novo.

Selecione o template de Desenho.

Selecione Peça

Vamos definir as unidades do documento.


Acesse o menu Ferramentas, Opções, ou clique diretamente no ícone de atalho Opções.

Na aba Propriedades do documento, clique em Unidades e selecione MMGS (milímetro,


grama, segundo).

401
Clique em OK para confirmar a alteração.

Acesse o menu Arquivo e clique em Propriedades.

Observe que o SolidWorks irá abrir as Informações de resumo. Estas informações serão
muito importantes para a criação da folha de desenho, pois a partir delas podemos criar
uma comunicação entre o detalhamento e a peça, com a qual iremos buscar informações
das peças para o detalhamento.

Então, é muito importante adicionar todas as informações necessárias no template de


peça para depois podermos utilizá-las no detalhamento.

402
Digite na aba Nome da propriedade Projetista, na aba Valor/expressão em texto digite
Projetista A (você pode digitar o seu nome) e tecle Enter para inserir a próxima linha.

Insira as informações conforme ilustração abaixo.

Caso desejar, você pode optar por escrever outro Setor e Código conforme achar
conveniente.

Observe as setas ao lado do campo Nome da propriedade. Clique na seta e selecione


material. No campo Valor/expressão em texto selecione Material. Assim que modelarmos
uma peça neste template e especificarmos um material, o campo Valor calculado será
automaticamente preenchido com o nome do material.

403
Você pode digitar Material

Adicione a próxima propriedade pressionando Enter.


No campo Nome da propriedade digite “Massa”. No campo Valor/expressão em texto
selecione “Massa”.

Clique em Massa

404
Você pode adicionar o número de informações que julgar necessário. Para este estudo de
caso estas informações serão suficientes.

Clique no menu arquivo, selecione Salvar como.

Clique em Salvar como

Observe que o SolidWorks pré-seleciona o formato de peça padrão (sldprt). Clique na


seta ao lado para visualizar os outros formatos disponíveis.

O formato de um arquivo de template de peça é “prtdot”. Para salvarmos como template


de peça, selecione o tipo de arquivo Part Templates (prtdot). O nome do arquivo será
Template mm.

Acesse o diretório onde está armazenada a pasta Templates Personalizados, para


salvarmos nosso template neste diretório.

405
Verifique suas informações conforme imagem abaixo e após clique em Salvar.

Local do template

Nome do arquivo

Formato do arquivo

O Template mm está concluído. Feche o arquivo.

406
Clique para fechar
o arquivo .

Agora, iremos realizar o mesmo processo para criar um template em Polegadas.

Acesse o menu arquivo, clique em novo.

Os templates estão prontos para serem utilizados. Precisamos apenas informar ao


SolidWorks que possuímos templates personalizados informando o local da pasta onde
eles estão armazenados.
Feche todos os documentos abertos do SolidWorks. Acesse o menu Opções.

Clique em Locais de arquivos.

407
Neste local, informamos ao SolidWorks onde estão armazenados nossos templates. Por
este motivo criamos a pasta Templates Personalizados. Clique em Adicionar e procure a
pasta Templates Personalizados.

1º Clique em Adicionar.

2º Selecione a
pasta Templates
Personalizados.

3º Confirme.

408
Observe que, além dos diretórios padrão do SolidWorks, o local da pasta Templates
Personalizados foi adicionado aos locais de arquivos do SolidWorks. Clique em OK para
confirmar a operação.

Observe que irá surgir uma mensagem para confirmar o novo local de pesquisa do
SolidWorks. Clique em Sim para confirmar a operação.

Clique no menu Arquivo para iniciar um novo documento. Observe a opção Avançado.

Clique em Avançado.

409
Observe ao clicar em avançado surgem templates de Peça, Montagem e Desenho.

Verifique as três abas que estão disponíveis: Templates, Tutorial e Templates


Personalizados.
Estas abas são o diretório onde estão armazenados os templates. Clique na aba Tutorial
e verifique que ela possui alguns templates.

Clique na aba Templates Personalizados. Observe que ela possui os dois templates de
peça que criamos anteriormente, o Template mm e o Template polegadas.

410
Selecione o Template mm e clique em OK.

Clique em OK.

Selecione o Template mm.

Crie um esboço conforme imagem abaixo.

Extrude com uma profundidade de 30mm.

Crie um esboço na face selecionada conforme ilustração abaixo.


411
1° Clique na face.
2° Clique em esboço para
iniciar um esboço na face
selecionada.

Crie um esboço conforme ilustração abaixo.

Crie um corte extrudado com 10 mm de profundidade.

412
Sua peça deve estar semelhante à ilustração abaixo.

Iremos especificar um material para a peça construída.


Clique com o botão direito em Material na árvore de projetos do Feature Manager.

413
2° Clique em Editar material.

1° Clique
com o botão
direito.

Observe que a biblioteca do SolidWorks possui diversos materiais. Cada um destes


materiais possui propriedades próprias. Clique (+) em SolidWorks materials para expandir
e visualizar os materiais disponíveis.

Clique (+) em Aço para expandir e selecione o Aço AISI 1020.

414
Clique na aba Propriedades e observe as informações do material.

Clique em Aplicar e em seguida clique em Fechar.

415
2º Clique em Fechar.
1º Clique em Aplicar.

Observe o campo Material e a peça com a textura do material aplicado.

Salve.
416
Estudo de caso 29 – Criação de template

Neste estudo de caso, iremos efetuar o processo de criação de template de desenho. Na


lição anterior criamos dois templates de peças, um em milímetros e o outro em polegadas.
Criamos também uma peça, que denominamos “exemplo”, que iremos utilizar nesta lição
para aproveitar as propriedades que atribuímos a ela.

Inicie um novo arquivo de Desenho. Clique no menu Arquivo, Novo.

2° Clique em novo.

1° Clique no menu arquivo .

Selecione Desenho e clique em OK.

Selecione Desenho

Clique em OK

Selecione o tamanho de folha A4 e clique em OK.


Selecione o tamanho de folha padrão A4 e clique em OK.

417
Caso o SolidWorks iniciar a ferramenta Vista de modelo à esquerda, pressione a tecla
“ESC” para encerrar este comando.
Clique com o botão direito na folha e selecione a opção Editar formato da folha.

418
Selecione todas as linhas e anotações e clique no botão Delete.

Clique na aba Esboço e selecione a ferramenta Ponto.

Crie dois pontos conforme ilustração abaixo.

419
Selecione o ponto conforme ilustração e informe os parâmetros das coordenadas X e Y
com valor igual a Zero e após clique em Fixar.

2º Fixe o ponto
nas coordenadas
especificadas.

1º Coordenadas X e Y = Zero.

Selecione o segundo ponto conforme ilustração e informe os parâmetros das


coordenadas X 210 mm e Y 297 mm e após clique em Fixar.

420
Estes pontos serão utilizados para servir como referência para o dimensionamento das
linhas que farão parte do selo da folha.

Clique na aba Esboço e selecione a ferramenta Retângulo e crie um retângulo conforme


ilustração abaixo.

421
Adicione linhas conforme ilustração abaixo.

Com o auxílio da ferramenta Dimensão inteligente, posicione as linhas conforme


ilustração abaixo.

422
Vamos inserir o logotipo no template de desenho.
Clique no menu Inserir, Imagem.

Localize o arquivo “LogoDesenho” localizado na pasta da Lição 15 .

Posicione a imagem conforme ilustração abaixo.

423
Clique no menu Exibir e selecione a opção Ocultar/Exibir anotações.

Ocultar/Exibir anotações permite alternar a visibilidade de


anotações em um desenho. Ocultar uma dimensão é
diferente de excluí-la. Ao ocultar uma anotação, ela ainda
estará presente na vista.

Observe que ao selecionar a ferramenta surgirá um ícone de seleção na área de trabalho.


Clique nas dimensões para selecioná-las e após pressione a tecla Enter.

Nota: Também é possível clicar com o botão direito do mouse em uma


anotação e selecionar Ocultar.
424
Caso queira visualizar novamente as dimensões, selecione a ferramenta Ocultar/Exibir
anotações no menu Exibir. As dimensões irão aparecer novamente, basta selecionar as
dimensões que deseja visualizar e clicar na tecla Enter.

Clique na aba Anotação e selecione Nota.

Serão necessários dois cliques, um clique para adicionar a anotação e um clique para
confirmar a inserção da caixa de texto. Pressione a tecla ESC para encerrar o comando.

Com o auxílio da tecla Ctrl, copie as caixas de texto. Serão necessárias 14 caixas de
texto. Posicione-as conforme ilustração abaixo.

Especifique as anotações conforme imagem abaixo.

425
Clique com o botão direito na área gráfica e selecione a opção Editar Folha.

Observe que ao clicar em Editar folha não podemos editar as anotações da folha de
desenho.

Precisamos inserir uma vista de desenho da peça Exemplo criada na lição anterior.
Clique em paleta de vistas e localize o arquivo.

426
Selecione o arquivo Exemplo e clique em Abrir.

Insira a vista Frontal da peça na folha de desenho.

Clique com o botão direito na área gráfica e selecione Editar formato da folha.

427
Clique na anotação sem texto que está ao lado de Projetista. Observe que surge um
menu à esquerda. Clique em Formato do texto e selecione a opção Vincular à
propriedade.

1° Clique

2° Clique em
Vincular à
propriedade

Selecione a opção Modelo na vista especificada nas propriedades da folha.

428
Clique na Seta para visualizar as opções disponíveis.

Anotações do
template de peça

Selecione a anotação projetista e clique em OK.

429
Observe que o SolidWorks buscou a informação que está armazenada no arquivo de
peça.

A anotação está sendo exibida em azul, pois estamos no modo editar formato da folha.
Quando estivermos no modo Editar Folha, ela assumirá a cor Preta padrão. Caso desejar
alterar a cor de algumas anotações, utilize Layers.

Layer: No SolidWorks podemos especificar cores e espessura de linha para anotações


individualmente através de Layers.

Realize o mesmo procedimento para a anotação Setor. Clique na anotação e selecione


Vincular à propriedade, Modelo na vista especificada e selecione a anotação Setor.

Realize o mesmo procedimento para Código, Material e Massa.

430
Selecione a anotação de Escala, clique em Vincular à propriedade, clique em documento
atual e selecione SW – Escala de folha.

Selecione a anotação do canto inferior direito. Ela será vinculada à folha de desenho.

431
Clique em Vincular à propriedade, selecione Documento atual, clique na seta para
visualizar as anotações, selecione a SW-Tamanho de formato de folha e clique em OK.

Podemos criar layers para definir propriedades personalizadas de linhas e anotações de


um desenho. Observe no canto inferior esquerdo e clique na opção Propriedades da
layer.

432
Nota: Caso não estiver visualizando esta opção, clique com o botão direito sobre o
Command manager e selecione Layer.

Clique em Novo para criar uma nova layer.

433
Denomine a layer como Layer 1. A lâmpada deve estar ativada para que a anotação fique
visível. Clique no quadrado da Cor para selecionar a cor Azul. Após selecionar a cor Azul,
confirme clicando em OK.

Clique em Estilo e selecione o estilo de linha Sólida.

Clique em Espessura e selecione a espessura 0,18mm e clique em OK.

434
Clique na seta ao lado de Propriedades da layer e observe que a Layer 1 está disponível.

Crie uma nova Layer. Clique em Propriedades da layer.

Clique em Novo para criar uma nova Layer.

Defina as opções desejadas para criar a Layer 2, clique em OK.

435
Caso deseje aplicar uma layer em alguma anotação, basta clicar na anotação desejada e
selecionar a Layer.

Clique com o botão direito na área gráfica e selecione Editar folha.

Observe que as anotações foram referenciadas ao arquivo de peça exemplo. Ela contém
as informações que estão no detalhamento. Ao editar alguma propriedade no documento
de peça, o SolidWorks atualiza automaticamente a folha de desenho.

436
Delete a vista frontal. Selecione a vista e clique no botão Delete do teclado.

Observe que as anotações estavam vinculadas com a peça exemplo. Como a vista da
peça foi removida do desenho, as anotações ficarão em branco, pois o SolidWorks não
tem uma vista de desenho para buscar estas informações.

Agora que o template está pronto, clique em Salvar Como.

Selecione o formato Templates de desenho (drwdot), denomine o arquivo como Template


de detalhamento, salve na pasta Templates Personalizados.

437
Esta é uma mensagem automática do SolidWorks que ocorre quando o desenho
armazenou uma vista de desenho, mesmo que temporariamente. O SolidWorks informa
que irá remover as informações das vistas do documento.

Clique em OK nesta mensagem para confirmar a criação do template.

O template de desenho está concluído. Feche o documento.

438
Agora, cada vez que precisarmos criar um desenho, iremos utilizar o arquivo template de
detalhamento.

Caso deseje criar novos templates para outros formatos de folha, como A0, A1, A2 e A3,
siga o mesmo procedimento efetuado nesta lição.

Templates

439
Exercício 29 – Detalhamento da peça Exemplo

Acesse o menu arquivo, clique em novo.

Clique em Avançado.

Clique para visualizar o


diretório dos templates
personalizados.

Clique em Templates Personalizados e selecione o arquivo Template de detalhamento e


clique em OK.

440
441
Clique em Paleta de vistas e selecione a peça Exemplo.

Observe que ao inserir a vista na folha de desenho, as anotações foram automaticamente


preenchidas. Pressione a tecla ESC para encerrar o comando vista projetada.

442
Clique na vista e excluir após de um Ctrl + Q para atualizar e salve.

443
Estudo de caso 30 – Detalhamento bloco

Acesse o menu arquivo, clique em novo.

Clique em Avançado.

Clique para visualizar o


diretório dos templates
personalizados.

Clique em Templates Personalizados e selecione o arquivo Template de detalhamento e


clique em OK.

444
Selecione o Template
de detalhamento.

Clique em Paleta de vistas e selecione a peça Exemplo.

445
Selecione a vista frontal. Com o mouse pressionado, arraste a vista para a folha de
desenho e solte o botão do mouse para inseri-la. Observe que o SolidWorks continua com
a projeção da vista automaticamente após a inserção da vista Frontal.

Arraste o mouse para a direita e dê um clique para adicionar uma vista lateral.

446
Adicione as vistas Superior e Isométrica conforme ilustração abaixo.

Você pode posicionar as vistas de desenho conforme necessário. Para posicioná-las,


clique sobre uma das arestas e arraste. Posicione a vista Isométrica. Clique na aresta e
arraste a vista.

447
Posicione a vista conforme ilustração abaixo.

Clique na vista Superior e selecione o estilo de exibição Linhas ocultas visíveis.

Repita o mesmo procedimento para a vista lateral.

448
Você pode aplicar escala na vista Isométrica para reduzi-la. Selecione a vista Isométrica,
clique em Escala para expandir as configurações de escala disponíveis.

Clique em Escala

Selecione a opção Usar escala personalizada.

Selecione
esta opção.

449
Clique na seta ao lado da escala 1:2. Observe que o SolidWorks possui diversos tipos de
escala padrão e também permite definirmos a escala manualmente.

Selecione a escala 1:5 na lista.

Confirme a alteração na Vista de desenho.

450
Clique na aba Anotação e em Itens do modelo.

Clique na Vista Frontal e na guia Dimensões selecione Marcado para desenho.

Organize as dimensões conforme imagem abaixo.

451
Exclua a vista lateral. Clique na vista com o botão direito e selecione a opção Excluir.

452
Utilize a ferramenta Itens do modelo para inserir a espessura da peça na vista Superior.

Utilize Dimensão Inteligente para adicionar a dimensão da profundidade do furo.


Selecione as linhas em destaque na ilustração

Nota: Observe que a dimensão irá ficar na cor cinza, pois não foi adicionada no desenho
da peça. Esta dimensão não poderá ser modificada no detalhamento, pois não foi
adicionada na construção da peça.

453
Dê um duplo clique na dimensão de 100 mm. Altere o valor para 120 mm e clique em OK.

Observe que irão aparecer linhas sobre as vistas do desenho, informando que o desenho
foi modificado e necessita ser atualizado.

454
Clique em reconstruir para atualizar o desenho.

Observe que as linhas desaparecem e as dimensões do desenho são atualizadas.

455
Clique com o botão direito sobre qualquer uma das vistas e selecione a opção Abrir
exemplo (Abrir Peça).

Observe ao abrir a peça ao lado da Extrusão 1 o símbolo de Reconstrução. Clique em


reconstruir para atualizar o documento (Ctrl + B).

456
Edite o esboço da Extrusão 1 e verifique que a dimensão de 100 mm foi atualizada para
120 mm devido à alteração realizada no desenho.

Selecione a vista Isométrica e clique em Sombreado com arestas.

Observe que a vista é ilustrada sombreada semelhante à visualização de peça.

457
Pressione a tecla Ctrl +Tab para alternar para a janela do desenho.

Salve o desenho como “Desenho de exemplo” na sua pasta de exercícios da Lição 16.

458
Estudo de caso 31 – Detalhamento do suporte

Clique em Avançado.

Clique para visualizar o


diretório dos templates
personalizados.

Clique em Templates Personalizados, selecione o arquivo Template de detalhamento e


clique em OK.

Selecione o Template
de detalhamento.

Clique em Paleta de vistas e selecione a peça “Estudo de caso 02” elaborada na lição 03.

459
Insira as vistas conforme ilustração abaixo.

Clique na aba Anotação e selecione a ferramenta Itens do modelo.

Defina Origem como Todo o modelo, habilite a opção Importar itens para todas as vistas,
selecione as dimensões marcadas para desenho e habilite Chamadas de furo.

460
Selecione Todo o modelo.

Habilite esta opção.

Selecione Marcado
para desenho.

Selecione Chamada de furo.

Organize o desenho conforme achar necessário.

461
Insira uma Chamada de furo no furo roscado na vista Isométrica. Clique na aba anotação
e selecione Chamada de furo.

Clique na aresta circular do furo.

Clique na área gráfica para inserir a chamada de furo

462
Esta peça não possui as propriedades personalizadas que foram inseridas no template de
peça mm e no template polegadas, logo, o SolidWorks não possui informações para
preencher as anotações do selo.

Observe o selo da folha:

Podemos abrir a peça e inserir as propriedades necessárias. Ao retornar para o


detalhamento, este será atualizado automaticamente, e as informações do selo serão
preenchidas automaticamente.

Clique com o botão direito em qualquer vista do desenho e clique em Abrir peça.

463
Ao abrir a peça, clique com o botão direito em Material, Editar material.

Selecione AISI 304, clique em Aplicar e após clique em Fechar.

464
Observe que o material selecionado é exibido no Feature Manager e a peça
assume a textura.

Material
especificado

Clique no menu Arquivo, e selecione Propriedades.

Clique na aba Personalizar e insira as propriedades conforme ilustração abaixo. Clique


em OK.

465
Salve o documento.

Feche o documento.

Observe que o Selo é atualizado automaticamente com as informações da peça.

Salve o arquivo..

466
Estudo de caso 32 – Detalhamento Mandíbula

Clique em Templates Personalizados e selecione o arquivo Template de detalhamento e


clique em OK.

Localize o arquivo de montagem Morsa.

Insira uma vista Frontal na folha de desenho.


467
Pressione a tecla ESC para encerrar o comando de projeção de vista.

Altere a escala da folha para 1:2.

468
Dê um clique com o botão direito na área gráfica, clique em propriedades, altere a escala
de 1:5 para 1:2. Clique em OK para confirmar a alteração.

Clique na aba Exibir layout selecione o recurso Vista de posição alternativa.

469
Selecione a vista de desenho e clique em OK.

Observe que o SolidWorks abre automaticamente a montagem e habilita o recurso Mover


componente. Clique no Parafuso e arraste o mouse como se fosse abrir a Morsa.

470
Mova o componente conforme ilustração abaixo.

Clique em OK para confirmar o comando.

Observe que automaticamente retornamos para o detalhamento. Os componentes que


foram movidos simulam o movimento no desenho através de uma representação em
linhas tracejadas.

Insira uma vista Isométrica.

471
Clique na vista Isométrica, clique em Estilo de exibição para visualizar as opções de
visualização e selecione Sombreado com arestas.

Clique com o botão direito na vista e selecione propriedades.

472
Verifique as informações de configuração.

Clique na seta ao lado da configuração nomeada, e selecione a opção Predeterminado.

473
2° Clique
1° Clique

3° Clique

Habilite a opção Exibir no estado explodido e clique em OK.

474
Habilite
esta opção

Selecione a vista Frontal e clique em Vista projetada.

475
Crie uma vista projetada conforme ilustração abaixo.

476
Exclua a vista Frontal do desenho.

Crie uma vista de posição alternativa da vista projetada para representar a abertura da
Morsa.

Clique na aba Exibir Layout e selecione o recurso Vista de posição alternativa.

477
Selecione a vista projetada e clique em OK.

Observe que o conjunto é aberto e o recurso Mover componente acionado.

Arraste o componente Parafuso conforme ilustração abaixo.

478
Clique na aba Anotação e selecione Nota.

Insira uma anotação conforme ilustração abaixo.

479
Clique na anotação, no menu à esquerda em formato do texto insira um ângulo de -30º e
clique em OK.

Selecione a vista explodida, clique na aba Anotação e selecione Balão automático.

Posicione os balões conforme ilustração abaixo.

480
Insira uma lista de materiais.

Posicione conforme ilustração abaixo.

Clique na célula C, selecione Propriedades da coluna no menu flutuante.

Na guia nome da propriedade selecione Material.

481
Clique com o botão direito sobre a célula C selecione Inserir Coluna direita.

Selecione a célula D, clique em Propriedades da coluna.

482
Na guia nome da propriedade selecione Massa.

Posicione a lista de materiais conforme ilustração abaixo.

Salve.
483
Estudo de caso 33 – Detalhamento Dispositivo de furar anéis

Clique em Templates Personalizados e selecione o arquivo Template de detalhamento e


clique em OK.

Clique em Paleta de vistas e localize o arquivo “Dispositivo de furar anéis” e clique em


Abrir.

484
Observe na Paleta de vistas que o SolidWorks cria automaticamente todas as vistas da
montagem.

Insira a vista frontal na folha de desenho.


Selecione a vista frontal. Com o mouse pressionado arraste a vista para a folha de
desenho, solte o botão do mouse para inserí-la. Pressione a tecla ESC para encerrar o
comando de projeção da vista.

485
Clique na aba Exibir Layout e selecione a ferramenta Seção de corte parcial.
A seção de corte parcial é parte de uma vista de desenho, não é uma vista separada. Um
perfil fechado, por padrão com o auxílio de spline, define a seção de corte parcial. O perfil
pode ser criado antes de iniciar o comando utilizando outra geometria de esboço.
O material é removido até uma profundidade especificada pelo usuário para expor
detalhes internos. Especifique a profundidade através de um número ou selecionando
uma geometria em uma vista de desenho.
Observe que não é possível criar uma seção de corte parcial em uma vista de detalhes,
de seção ou de posição alternativa. Caso criar uma seção de corte parcial em
uma vista explodida, não poderá recolher a vista.

486
Referência de profundidade: Selecione uma
geometria, como uma aresta ou um eixo, na
mesma vista ou em uma vista relacionada.

Exibe a seção de corte parcial durante a


alteração da profundidade.

Somente para montagens. O SolidWorks ajusta


automaticamente para que os componentes vizinhos
alternem padrões de hachurado em incrementos de 90 graus.

Somente para montagens. Exclui componentes


de fixação do seccionamento.

Crie uma spline conforme ilustração abaixo.

487
Clique em OK.

488
Habilite as opções Visualização e Hachurar automaticamente, e defina profundidade de
52,5mm. Clique em OK.

Insira uma vista Isométrica no desenho.

489
Posicione a vista conforme ilustração abaixo.

Clique com o botão direito na vista Isométrica e selecione Propriedades.

490
Habilite a opção Exibir no estado explodido e clique em OK.

Observe que a vista Isométrica é exibida no estado explodido.


Exibir no estado explodido só é permitido ser habilitado quando a montagem possuir as
etapas de Explosão, ou seja, é necessário explodir a montagem para que no
detalhamento possa exibir no estado explodido.

491
Clique na aba Anotação e selecione a opção Balão automático.

492
Neste exemplo iremos utilizar o Layout
de balão Direito

Selecione a opção de posição do balão


iniciando nas arestas dos componentes

Selecione as Configurações de balão


Estilo, Tamanho, Texto do balão

Estilo de linha de chamada: Para editar é necessário desabilitar a opção Usar exibição do
documento.

493
O SolidWorks permite configurar o estilo das
linhas de chamada dos balões.

Estilo de Quadro: Para editar é necessário desabilitar a opção Usar exibição do


documento.

Layer: O SolidWorks permite aplicar layer aos balões automaticamente.


494
Também é possível inserir layers diferentes nos balões individualmente.

Insira os balões conforme ilustração abaixo.

495
Vamos inserir uma lista de materiais.
Clique no menu Inserir, Tabelas, Lista de materiais.

496
Posicione a tabela conforme julgar melhor. Talvez seja necessário mover as vistas para
posicionar a tabela.

497
Clique sobre a célula C. Observe que irá surgir um menu flutuante com opções de
configuração da coluna. Clique em Propriedades da coluna.

Observe que irão surgir as propriedades da coluna. As propriedades personalizadas são


referenciadas aos componentes da montagem. Iremos referenciar a coluna ao material de
fabricação dos componentes da montagem.
Pressione a tecla ESC para sair do modo de edição da coluna.

Clique com o botão direito sobre uma das vistas do desenho e selecione a opção Abrir
(Abrir dispositivo de furar anéis.sldasm).

498
Ao clicar para abrir a montagem, observe que o SolidWorks alterna do ambiente de
desenho para o ambiente de montagem.

499
Clique com o botão direito no componente Suporte e selecione Abrir peça.

Clique com o botão direito em Editar material.

500
Clique em (+) Aço, selecione AISI 304, clique em Aplicar e após clique em Fechar.

1º Clique

2º Clique

3º Clique 4º Clique

Observe que o material foi adicionado ao componente Suporte.

501
Clique no menu Arquivo e selecione Propriedades.

Insira as propriedades Material e Código, conforme ilustração abaixo. Após clique em OK.

Salve e feche o documento.

502
Observe que ao retornar à montagem o componente Suporte possui um ícone de
reconstrução.

Pressione a tecla CTRL + B, ou clique em reconstruir.

503
Clique com o botão direito sobre o componente Eixo e selecione a opção Abrir peça.

Observe que estamos no ambiente de peça. Iremos realizar a mesma operação realizada
no componente Suporte.

504
Clique com o botão direito em Editar material.

Clique em (+) Aço, selecione AISI 304, clique em Aplicar e após clique em Fechar.

1º Clique

2º Clique

3º Clique 4º Clique

505
Observe que o material foi adicionado ao componente Eixo.

Clique no menu Arquivo e selecione Propriedades.

Insira as propriedades Material e Código, conforme ilustração abaixo. Após clique em OK.

506
Salve e feche o documento.

Pressione a tecla CTRL + B, ou clique em reconstruir.

Realize estas mesmas operações para os outros componentes da montagem (Porca,


Bucha e Arruela).
Os códigos podem continuar na mesma sequência.
507
- Porca 0003
- Bucha 0004
- Arruela 0005

Salve a montagem.

Clique em Salvar todos.

Clique sobre a célula C. Observe que irá surgir um menu flutuante com opções de
configuração da coluna. Clique em Propriedades da coluna.

Clique na seta ao lado de Nome da Propriedade e selecione a propriedade Material, e


após pressione a tecla ESC.

508
Observe que ao selecionar a propriedade material, o SolidWorks preenche
automaticamente os campos com os respectivos materiais dos componentes da
montagem.

Selecione a célula D, clique com o botão direito e selecione a opção Inserir Coluna direita.

Clique na célula D, observe que surge o menu flutuante, selecione a opção Propriedades
da coluna.

509
Selecione a propriedade Código, e após pressione a tecla ESC.

Posicione as vistas de desenho e tabela conforme julgar conveniente.

510
Observe que o selo do desenho não está preenchido.
Lembre-se que as anotações estão vinculadas à vista de desenho que está inserida na
folha. Logo, o arquivo da vista de desenho (arquivo de montagem Dispositivo de furar
anéis) deve conter as informações para o vínculo das anotações do desenho.
Então iremos precisar adicionar estas informações no arquivo de montagem.

511
Clique com o botão direito em uma das vistas de desenho e selecione a opção abrir
Montagem (abrir dispositivo de furar anéis.sldasm).

Agora iremos inserir as propriedades personalizadas no documento de montagem.

512
Clique no menu arquivo e selecione Propriedades.

513
Insira as propriedades conforme ilustração abaixo.

Salve e feche montagem.

Observe que ao retornar ao detalhamento o Selo é atualizado automaticamente e as


propriedades personalizadas adicionadas ao arquivo de montagem são exibidas.

514
Salve o desenho

515