Você está na página 1de 8

EXAME DE BIOCEL II

ÉPOCA NORMAL 2015/2016


(Nota 1: As perguntas de verdadeiros e falsos correspondem exatamente ao que estava no exame)
(Nota 2: Algumas perguntas de “desenvolvimento” podem não corresponder exatamente ao que estava no exame)

PROVA ESCRITA DE BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR II


Época Normal
2º Semestre 2015/2016

27 de junho de 2016
A duração da prova é de 2 horas.

Todas as alíneas têm o mesmo valor (0,58), sendo por isso bastante penalizado o facto de
deixar alíneas em branco.
ATENÇÃO: Cada alínea pode conter duas ou mais perguntas. Responda diretamente às
perguntas de uma forma concisa mas completa.
ATENÇÃO: Telemóveis não são permitidos durante a realização do exame. Quem for visto
com telemóvel terá o exame ANULADO.

10 PERGUNTAS DE VERDADEIROS E FALSOS


(5 ALÍNEAS CADA):
(Exatamente iguais ao exame)

Assinale nas seguintes 10 perguntas e em todas as alíneas se as frases são Verdadeiras (V)
ou Falsas (F).

1 – O que é que se pode afirmar acerca dos diferentes tipos de células?:


a) Nem todas as células dos metazoários têm núcleo. ___
b) Os cílios vibráteis são uma característica das células eucariotas. ___
c) As células vegetais não têm citoesqueleto. ___
d) Todas as células estaminais podem dar origem a qualquer tipo de célula. ___
e) Uma célula germinal é uma célula diferenciada. ___

2 – As células estaminais embrionárias:


a) Provêm de embriões no estádio de blastocisto no caso das Células Estaminais
Embrionárias de murino. ___
b) São pluripotentes. ___
c) Podem desenvolver um tumor chamado teratoma se forem injetadas num embrião
num estádio mais tardio ou num tecido adulto. ___
d) Podem ser retiradas de embriões humanos jovens ou de células germinais fetais.
___
e) Podem, com um tratamento adequado, formar células estaminais neurais. ___
3 – Na célula epitelial típica, pode-se observar:
a) Nas faces laterais, desmossomas que estão em contato com os microfilamentos de
actina. ___
b) Na face basal, hemidesmossomas em contato com filamentos intermédios. ___
c) Na face apical, microvilosidades sustentadas por microtúbulos. ___
d) Nas faces laterais, “tight junctions” que limitam a passagem pelo espaço
intercelular. ___
e) Nas faces laterais, fibras de stress em relação com os filamentos intermédios. ___

4 – O retículo endoplasmático rugoso:


a) Também se designa por retículo endoplasmático granuloso. ___
b) Uma das suas funções é a destoxificação de moléculas hidrófobas. ___
c) Permite a síntese e entrada de proteínas de secreção. ___
d) Está em continuidade com o retículo endoplasmático liso. ___
e) Tem como função a síntese de lípidos. ___

5 – Nas células humanas a importação de proteínas para o retículo


endoplasmático rugoso:
a) Necessita sempre de uma sequência sinal situada na extremidade N. ___
b) É geralmente co-traducional. ___
c) Precisa da fixação da partícula SRP à sequência sinal quando é co-traducional. ___
d) Necessita de uma sequência sinal com cerca de 20 aminoácidos em que pelo menos
8 aminoácidos centrais são apolares. ___
e) Não necessita da proteína Bip. ___

6 – As proteínas importadas pela mitocôndria:


a) Corresponde a uma translocação co-traducional. ___
b) TIM 23 permite a entrada de proteínas que vão para o espaço intermembranar,
para a matriz mitocondrial e para a membrana interna. ___
c) TIM 22 permite a inserção das proteínas na membrana interna, sobretudo as que
têm vários domínios transmembranares. ___
d) O complexo TOM permite a importação das proteínas do citoplasma para o espaço
intermembranar. ___
e) Na membrana externa das mitocôndrias encontram-se os complexos TOM, formados
por várias subunidades proteicas que permitem a entrada de proteínas mitocondriais
codificadas pelo núcleo ou o posicionamento dessas proteínas na membrana externa. ___

7 – Os peroxissomas:
a) Têm um diâmetro com cerca de 500 nm ou seja 0,5 m. ___
b) Têm este nome porque sintetizam peróxido de hidrogénio. ___
c) Estão essencialmente ligados ao metabolismo lipídico no Homem. ___
d) Permitem destoxificar por oxidação de algumas moléculas nas células hepáticas e
renais. ___
e) Distinguem-se morfologicamente dos lisossomas. ___

8 – A mobilidade das células depende:


a) Dos microfilamentos constituintes dos cílios e flagelos. ___
b) Da polimerização dos microfilamentos no córtex das células em movimento. ___
c) Das vesículas que se movimentam por proteínas motoras ao longo dos MT. ___
d) Das cinesinas e dineínas presentes no córtex da célula. ___
e) Das miosina e actina que formam as fibras de stress. ___
9 – Após a infeção de uma célula por Listeria monocytogenes, a bactéria:
a) Desloca-se ao longo dos microtúbulos utilizando a cinesina. ___
b) Desloca-se ao longo dos filamentos de actina utilizando a miosina. ___
c) Desloca-se secretando filamentos de actina necessários para a sua mobilidade
intracelular. ___
d) Desloca-se empurrada por uma rede de actina que polimeriza ativamente. ___
e) Desloca-se dentro de uma célula infetada e de uma célula para outra utilizando a
actina. ___

10 – As miofibrilhas:
a) São feixes de filamentos que formam as fibras musculares. ___
b) São uma sucessão de sarcómeros. ___
c) Encontram-se em todos os tipos de células musculares. ___
d) São constituídas por fibras de actina e fibras de miosina. ___
e) Cada miofibrilha tem, no total, duas bandas Z. ___
4 GRUPOS DE PERGUNTAS DE “DESENVOLVIMENTO”
(cada uma com várias alíneas):
(27 alíneas ao todo)

11 – O ciclo celular é uma sequência de acontecimentos organizados que resultam


na divisão celular.

a) – Como funcionam os complexos ciclina – cinase dependente da ciclina? Porque é que


estes complexos são específicos para as diferentes fases do ciclo?

b) – Porque é que as leveduras são sistemas potentes para a análise dos genes envolvidos no
ciclo celular?

c) – Baseando-se no esquema seguinte explique como a disponibilidade em nutrientes


provoca a entrada das células da levedura na fase S.

d) – Porque é que o momento START torna irreversível a entrada das células em S? Como se
designa o momento equivalente nas células de mamíferos?

e) – A proteína CDC25C é fundamental para a entrada das células em Mitose. Qual a função
desta proteína e qual o nome do complexo que vai ser ativado?

f) – Qual a função das laminas? Como é que o complexo da alínea anterior se relaciona com
as laminas?
12 – Na membrana celular dos mamíferos existem diferentes transportadores que
permitem a entrada de aminoácidos nas células.

a) – Indique o nome de cada um dos transportadores. Qual o tipo de transporte associado a


cada um? Justifique. (?)

b) – Qual a importância da manutenção do potencial elétrico na entrada de aminoácidos


para a célula? (?)

c) – Estas proteínas foram sintetizadas em que ribossomas? Justifique.(?)

d) – Os eritrócitos são células polarizadas? Justifique.

e) Qual o organito que determina a localização das proteínas na membrana apical ou na


membrana basolateral? Justifique.

f) Qual o organito especializado no transporte de proteínas até à membrana celular? Como


(quais as proteínas) é que estes organitos se movimentam?

g) Grande parte das proteínas extracelulares são glicosiladas. Qual a diferença entre
glicosilação tipo O e tipo N? Em que compartimento celular ocorre a glicosilação tipo O das
proteínas extracelulares?

h) Para que organito são enviadas as proteínas com manoses fosforiladas no carbono 6?
Onde é adicionado a manose? E onde é fosforilada?

i) As proteínas “chaperons” são essenciais para retirar as proteínas das vesículas franjadas.
O que são vesículas franjadas? Porque é importante retirar a franja das vesículas?
j) O movimento das proteínas dentro das células foi estudado através de experiências de
pulse-chase. Em que consistem estas experiências?

k) Explique o seguinte esquema.

l) O que significa o sinal PTS1? Qual a particularidade deste mecanismo de transporte


através da membrana?

m) Acha que mutações nos genes que codificam Pex5, Pex10, Pex12, e Pex 2 podem provocar
o mesmo síndrome de Zellweger? Justifique.
13 – O mecanismo de divisão celular depende de proteínas do citoesqueleto.

a) – Quais as fibras do citoesqueleto representadas no esquema? Qual a proteína


constituinte e como está organizada?

b) – Quais as diferenças entre Fibras polares, fibras do cinetocore e fibras astrais? Assinale
no esquema os MTOC.

c) – Quais as diferenças e semelhanças entre cinesinas e dineínas? Quais as funções das


proteínas em A1, A2, B1 e B2?

d) – Qual é a condição limitante para a ativação do complexo APC + cdc20 na anafase? O


que acontece se essa condição não se verificar?
14 – Durante o desenvolvimento embrionário as diferentes linhas celulares são
originadas pelas células estaminais.

a) – Quais as características de todas as células estaminais? E das células iPS?

b) – Indique 2 locais do corpo humano adulto onde pode encontrar células estaminais. Qual
a importância destas células para o corpo humano?

c) – Porque é que as proteínas Oct4, Sox2 e Nanog são importantes para a manutenção das
células estaminais? Como funcionam?

d) – Quais as células estaminais que já são utilizadas como terapia bem sucedida? Quais as
vantagens das células estaminais embrionárias como agentes terapêuticos?