Você está na página 1de 4

TERMO DE REFERÊNCIA

1. OBJETO

Execução de serviços de coleta de passivo ambiental, nos quais se enquadram: coleta e transporte,
tratamento térmico e disposição final dos resíduos oleosos, da lama das caixas separadoras de água e óleo e
dos resíduos de troca e limpeza (filtros, luvas, estopas, embalagens etc.).

Os serviços relacionados devem seguir normas estabelecidas em edital.


Preço Unitário Preço Total
Descrição Und Quant
(R$) (R$)
Tratamento térmico por incineração de filtros
l 200 0,30 60,00
de óleos lubrificantes usados
Tratamento térmico por incineração de
estopas, filtros de combustíveis, Epi’s,
l 200 0,30 60,00
serragem e demais materiais contaminados
com óleos e graxas
Tratamento e disposição final em Aterro
Classe I de lama de fundo de caixa kg 01 0,60 0,60
separadora de água/óleo
Tratamento térmico por incineração de filtros
und 01 2,20 2,20
de ar
Tratamento e disposição final em Aterro
kg 01 0,80 0,80
Classe I de lonas de freios
Descontaminação e reciclagem de lâmpadas
und 01 1,40 1,40
fluorescentes
Coleta, transporte, tratamento e destinação
tambor 14 60,00
final dos resíduos
42.792,80
TOTAL

1.1 JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO

O 11º BECnst, por força de suas atribuições, vem tentando constantemente garantir uma gestão de
resíduos industriais que reduza ao mínimo os seus efeitos no ambiente e na saúde pública.

Para bem cumprir tais atribuições, existe preocupação constante da administração do 11º BECnst,
entre outras, em destinar de forma adequada e de acordo com a legislação ambiental vigente os passivos
ambientais utilizados na manutenção desta Organização Militar.

Por ser executante direto, o 11º BECnst necessita licitar serviços a fim de cumprir com o
planejamento e a execução ordinárias e extraordinárias dos serviços a ele atribuídos.

1.2 FUNDAMENTOS

Acompanhar a coleta, transporte, tratamento térmico e destinação final de resíduos industriais


produzidos por esta Organização Militar em consonância com as normas vigentes, conforme segue:

a) a coleta deve ser sempre realizada de forma segura e que não acarrete prejuízos ao meio
ambiente;
b) o transporte deve ser realizado por veículos especiais e devidamente licenciados junto a
Fundação Estadual do Meio Ambiente - FEAM. Além disso, é importante que os veículos
possuam seguro ambiental e que exista um contrato de atendimento e emergência com alguma
empresa especializada no processo;
c) os equipamentos de incineração devem atender a todas as normas técnicas e ambientais vigentes;
d) os resíduos deverão ser destinados aos aterros sanitários classe I. É importante que estes aterros
sejam licenciados pela Fundação Estadual do Meio Ambiente - FEAM.

2. ESPECIFICAÇÕES E NORMAS TÉCNICAS

 ABNT/NBR 10.004/2004 – Resíduos Sólidos – Classificação


 ABNT/NBR 13.221/2007 – Transporte Terrestre de Resíduos
 ABNT/NBR 11.174/1990 – Armazenamento de Resíduos Classe II – não inertes e III – inertes –
procedimento.
 ABNT/NBR 11.175/1990 – Incineração de Resíduos Sólidos Perigosos – padrões de desempenho
– procedimento.
 Resolução CONAMA nº 23 de 12 de dezembro de 1996 – dispõe sobre o movimento
transfronteiriço de resíduos.
 Resolução CONAMA nº 362 de 23 de julho de 2005 – estabelece diretrizes para o recolhimento e
destinação de óleo lubrificante usado ou contaminado.

4. DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS

Devem ser seguidas as seguintes exigências:

1)O CONTRATADO é responsável pela qualidade do serviço, comprometendo-se a refazê-lo em caso de


recusa por parte do CONTRATANTE;

2)Os serviços deverão obedecer às especificações técnicas podendo ser solicitado à comprovação desse
padrão de qualidade no momento da realização do serviço contratado.

Além das especificações acima, deverão ser observadas as prescrições a seguir, todas condicionantes
da aceitação da proposta e do recebimento do objeto licitado:

a)Não serão aceitos serviços em desacordo com as especificações constantes do presente Termo de
Referência;

b)Prazo e condições de realização do serviço serão os estipulados no item referente no edital;

c)Nos preços cotados deverão estar inclusos os custos de transporte, carga e descarga, seguro,
impostos, taxas, frete e quaisquer outros que incidam direta ou indiretamente no fornecimento do objeto
desta Licitação.

d)O CONTRATADO encaminhará 2 (dois) dias após a Emissão da Ordem de Serviço por parte do
CONTRATANTE – 11º BECnst , a Anotação de Responsabilidade Técnica – ART junto ao CREA/MG,
referente aos serviços contratados, bem como a Anotação de Responsabilidade Técnica – ART – CREA/MG,
da Fiscalização da Obra - do Representante do CONTRATANTE, sem nenhum ônus ao CONTRATANTE.

3) Cabe ao CONTRATADO emitir o certificado de tratamento térmico e destinação final dos resíduos.

4) O CONTRATANTE deverá segregar os resíduos conforme a legislação vigente, emitir Nota Fiscal de
Saída e acondicionar os resíduos em tambores de 200 litrso e 100 litros com tampas e deverá acondicioná-
los em local apropriado, até que seja realizada a coleta.
5. LOCAL DO SERVIÇO:

11º Batalhão de Engenharia de Construção localizado à Rua Professora Lourdes Naves n° 750 – Bairro
Santo Antonio - CEP 38444-900.

6. PRAZO E CONDIÇÕES DE RECOLHIMENTO DO MATERIAL

6.1 A empresa adjudicatária assumirá inteira responsabilidade com a coleta, transporte, tratamento
térmico e destinação final do objeto desta Licitação, conforme requisitado e dentro da quantidade solicitada,
sendo esta após a emissão da Ordem de Serviço e Nota de Empenho correspondente, no valor do lance final
registrado em ata.

6.2 O material será recolhido mensalmente e deverá ser será realizado mediante vistoria, feita por
técnico do CONTRATANTE – 11º BECnst, designado para tal procedimento.

6.3 O CONTRATADO assumirá inteira responsabilidade por eventuais danos causados em virtude da
prestação do serviço, inclusive com relação às questões ambientais envolvidas.

6.4 O CONTRATADO deverá, a cada recolhimento, emitir um Manifesto de Saída de Resíduos e


posteriormente um Certificado de Saída de Resíduos.

6.5 É vedada a subcontratação parcial de qualquer um dos serviços (coleta, transporte, tratamento e
destinação final) a serem realizados pela CONTRATADA.

7. ADJUDICAÇÃO

A adjudicação será realizada por item pelo Pregoeiro. Caso não haja recurso(s), o item nessa situação
será adjudicado pelo Ordenador de Despesas do 11º Batalhão de Engenharia de Construção.

8. CLASSIFICAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

Os recursos orçamentários correrão às expensas da FUNADON

9. OBSERVAÇOES:

1-A proposta de preços deverá ser digitada em formulário específico disponibilizado pelo sistema
eletrônico e enviada, exclusivamente, por meio deste, contendo as especificações detalhadas do serviço
ofertado, tais como: o preço unitário; o preço total e a descrição complementar;

2-Deverá ser encaminhada a proposta ajustada ao preço final, conforme o modelo constante no ANEXO
V do Edital;

3-A emissão da(s) Nota(s) Fiscal(s) deverá(ão) estar obrigatoriamente em concordância com a(s) Nota(s)
de Empenho, a fim de que não seja protelado o pagamento da despesa, sob pena de ser exigido da
CONTRATADA o refaturamento;

4–Todas composições dos custos unitários relativos aos serviços contratados neste edital, deverão
ser apresentadas pela CONTRATADA na assinatura do contrato;
5-É de inteira responsabilidade da CONTRATADA as medidas mitigadoras de proteção ao meio
ambiente. O CONTRATANTE – 11º BECnst, não se responsabilizará por quaisquer danos ao meio
ambiente, quando da execução dos serviços contratados constantes do objeto desta Licitação;

6- Só será anexado 01 (um) orçamento a este termo de referência em função de são existir no estado de
Minas Gerais 01 (uma) empresa licenciada pela Fundação Estadual do Meio Ambiente – FEAM para prestar
o tipo de serviço solicitado no presente termo.

Pessoas de contato:
Jorge Luiz Cordeiro Ferreira – Cap e Ana Thereza Barbosa da Silva – Asp

Telefones:
(0xx34)3690-5017; (0xx34)3690-5050; (0xx34)3690-5051

Araguari, 03 de agosto de 2.011.

Responsáveis pelo termo de referência

_______________________________________________
ANA THEREZA BARBOSA DA SILVA
Adjunto da Seção Técnica

____________________________________________
JORGE LUIZ CORDEIRO FERREIRA – Cap
Chefe da Seção Técnica