Você está na página 1de 11

THM

18

PROTEÇÃO CONTRA GELO E CHUVA

18.1 - PÁRA-BRISAS COM AQUECIMENTO


18.1.1. DESCRIÇÃO E ESPECIFICAÇÕES
18.1.2.FUNCIONAMENTO DOS PÁRA-BRISAS COM AQUECIMENTO
18.1.3.FUNÇÕES DE SEGURANÇA, TRANSFERÊNCIA E TESTE
18.1.4.LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES

18.2 - LIMPADORES DE PÁRA-BRISA


18.2.1.FUNCIONAMENTO DOS LIMPADORES DE PÁRA-BRISA
18.2.2.LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES

18.1
THM

18.1 - PÁRA-BRISAS COM AQUECIMENTO

18.1.1. DESCRIÇÃO E ESPECIFICAÇÕES

33H2 33H1 3

S1

1 2 S2

Os pára-brisas do lado do piloto (33H2) e do co-pilo-


to (33H1) são equipados com uma malha elétrica de 1 - Malha de aquecimento
aquecimento que evita a formação de gelo e embaça- 2 - Painel de vidro
mento. Cada pára-brisa com aquecimento é constituí- 3 - M aterial plástico transparente
do de dois painéis sobrepostos (2) e (4) tratados es- 4 - Painel de vidro
pecialmente para resistir aos choques térmicos e 33H1 - Pára-brisa esq. com aquecimento
montados por colagem sobre um material plástico 33H2 - Pára-brisa dir. com aquecimento
transparente (3). Uma malha de aquecimento (1) e S1 - Sonda de temperat. em operação
duas sondas de temperatura (S1) e (S2) estão entre S2 - Sonda de temperat. de emerg.
os dois painéis de vidro. Somente uma sonda per-
manece em funcionamento.
ESPECIFICAÇÕES DOS PÁRA-BRISAS
A outra, não conectada, permanece permanece dis-
ponível (conexão rápida) em caso de pane da pri- · Malha de aquecimento
meira sonda. Cada malha de aquecimento está asso- - Fio de níquel:...........Diâmetro 30 microns
ciada a um cartão eletrônico de regulação e transfe- - Alimentação: ..........trifásica, 200V/400Hz
rência que comanda a abertura ou o fechamento dos - Superfície de aquecimento: .......23,5 dm2
relés de alimentação em função da temperatura de- - Potência específica: ...................55W/dm2
tectada pela sonda. - Potência nominal: .........................1300W
Em caso de pane da sonda, a malha é alimentada e · Sonda de temperatura
regulada a partir do cartão eletrônico da outra malha - Fio de níquel: ......... Diâmetro 14 microns
(função de transferência). - Resistência à 20ºC: .....600 Ohm ± 2,5%
Um inversor permite o auto-teste da instalação.

NOTA: Opcionalmente, pode ser montado na aerona- ESPECIFICAÇÕES DOS CARTÕES ELETRÔNICOS
ve um pára-brisas central com aquecimento.
· Limites de início da regulação
- Sinal "energizado": ..................... T < 25ºC
- Sinal "desenergizado":................ T > 30ºC

· Transferência
- Ocorre automaticamente em caso de pane da sonda.

18.3
THM

18.1.2.FUNCIONAMENTO DOS PÁRA-BRISAS COM AQUECIMENTO


( 1 )Funcionamento normal: Regulação · Aumento da temperatura (T > 30ºC)
O relé de comando (34H), alimentado através da cha- A resistência da sonda (S1) aumenta. O circuito ló-
ve 41H e dos contatos do relé de transferência (K1) e gico de regulação interrompe a alimentação do relé
do relé de regulação (K2), está energizado, fechando (K2) que desarma. O relé de comando (34H) não
o circuito de alimentação da malha de aquecimento está mais excitado e corta a alimentação da malha
33H. de aquecimento.
Os circuitos lógicos de re- · Queda da temperatura (T < 25ºC)
gulação controlam indepen- A resistência da sonda (S1)
dentemente a temperatura Cartão de
diminui. O circuito lógico de
WARN alarme âmbar WARN
dos pára-brisas. regulação comanda a alimen-
SHLD tação do relé (K2) que fecha
o circuito. O relé (34H) está
excitado e a malha de aque-
cimento alimentada.
WDSCR.LH WDSCR.RH

36H (ESQ) 35H (DIR)

Regulação Regulação

Segurança e Segurança e
transferência transferência

PÁRA-BRISA DO CO-PILOTO PÁRA-BRISA DO PILOTO

33H1 - Pára-brisa esquerdo com aquecimento S1 - Sonda de temperatura em operação


33H2 - Pára-brisa direito com aquecimento S2 - Sonda de temperatura de emergência
34H1 - Relé de alimentação esquerdo 45H1-Luz âmbar LH WDSCR ANTI-ICING (antigelo do pára-brisa esq.)
34H2 - Relé de alimentação direito 45H2-Luz âmbar RH WDSCR ANTI-ICING (antigelo do pára-brisa dir.)
35H - Circuito impresso de regulação e de transferência K1 - Relé de transferência
41H1 - Chave de comando de aquecim. do pára-brisa esq. K2 - Relé de regulação
41H2 - Chave de comando de aquecim do pára-brisa dir.

18.4
THM

18.1.2. FUNCIONAMENTO DOS PÁRA-BRISAS COM AQUECIMENTO (Continuação)

( 2 ) Funcionamento anormal: Segurança e transferência


NOTA: Na figura é o pára-brisa direito que está re- O relé (34H2) é então excitado através dos contatos
presentado em pane. "em repouso" do relé (K1) e o circuito de aquecimen-
Em caso de pane no circuito lógico, o circuito de re- to do pára-brisa direito (33H2) passa a ser monitora-
gulação ou de detecção de temperatura (S1), o cir- do pelo outro circuito lógico de regulação.
cuito lógico de segurança e de transferência libera As luzes "SHLD" e "WDSCR.RH" estão acesas.
uma informação de corte da alimentação do relé Para apagá-las, deve-se colocar a chave 41H2 em
(K1), o que impede a excitação do relé de comando "OFF".
(34H2) através do relé (K2). NOTA: A transferência tam-
bém é feita se a alimenta-
Cartão de
WARN alarme âmbar WARN ção do cartão 35H não for
assegurada (defeito de ali-
SHLD mentação ou chave 41H em
"OFF").

WDSCR.LH WDSCR.RH

36H (ESQ) 35H (DIR)

Regulação Regulação

Segurança e Segurança e
transferência transferência

PÁRA-BRISA DO CO-PILOTO PÁRA-BRISA DO PILOTO

18.5
THM

18.1.3. FUNÇÕES DE SEGURANÇA, TRANSFERÊNCIA E TESTE


( 1 ) Circuitos de segurança e de transferência
Em caso de pane da sonda "S" ou de seu circuito (defeito de continuidade ou de isolamento), o circuito lógico de
segurança detecta a variação de resistência da linha (resistência muito forte ou muito fraca ) e, em um determi-
nado limite, corta a alimentação do relé K1:
- a transferência é realizada au-
tomaticamente e o relé 34H é SHLD
alimentado pelo circuito lógico Baixo Alto
do outro pára-brisa.
ANTI-ICING
- as luzes "SHLD" e
"ANTI-ICING" se acendem.

Falha de Falha de
isolamento continuidade
Transferência
(BAIXO) (ALTO)

Relé de comando
(34H)
Segurança e Transferência

Corte da sonda

( 2 ) Circuito de teste
O circuito de teste tem o objetivo de iniciar a transferência para duas posições do seletor de comando "TEST".
- Posição "ALTO": aumento da tensão (corte da sonda);
- Posição "BAIXO": diminuição da tensão (curto-circuito).

SHLD
Baixo Alto

ANTI-ICING

Falha de Falha de
isolamento continuidade
Transferência
(BAIXO) (ALTO)

Relé de comando
(34H)
Segurança e Transferência

· O teste na posição "ALTO" consiste em conectar uma · O circuito lógico de teste corta a alimentação do relé
resistência em paralelo com a resistência R1: diminui- K1:
ção da tensão de referência. - a transferência é realizada e o relé 34H é alimentado
pelo circuito lógico do outro pára-brisa.
· O teste na posição "BAIXO" consiste em conectar uma - as luzes "SHLD" e "ANTI-ICING" se acendem.
resistência em paralelo com a sonda: diminuição da ten-
são do circuito de controle. 18.6
THM

18.1.4. LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES

35H

33H2

34H1 1

33H1 34H2 SHLD

45H3

45H1

ANTI-ICING ANTI-ICING
WDSCR.LH PIT.LH
PIT RH WDSCR.C WDSCR.RH

45H2
ON ON ON ON ON

OFF OFF OFF OFF


OFF

41H2
41H1
41H3

1 - Chave de teste do pára-brisa esquerdo 35H - Circuito impresso de segurança, transfer. e teste
2 - Chave de teste do pára-brisa central (opcional) 41H1 - Chave de comando de aquecim. do pára-brisa esq.
3 - Chave de teste do pára-brisa direito 41H2 - Chave de comando de aquecim. do pára-brisa dir.
33H1 - Pára-brisa esquerdo com aquecimento 41H3 - Chave de com. de aquecim. do pára-brisa central (opc.)
33H2 - Pára-brisa direito com aquecimento 45H1 - Luz WDSCR LH (pára-brisa esquerdo)
34H1 - Relé de alimentação da rede esquerda 45H2 - L u z WDSCR RH (pára-brisa direito)
34H2 - Relé de alimentação da rede direita 45H3 - L u z WDSCR C (pára-brisa central) (opcional)

18.7
THM

18.2 - LIMPADORES DE PÁRA-BRISA


Limpando os dois pára-brisas frontais, os limpadores CARACTERÍSTICAS
de pára-brisa melhoram a visibilidade sob a chuva.
Os braços dos limpadores de pára-brisa (9) são acio- - Velocidade de movimento:
nados a partir de um motor elétrico (5) por dois con- LENTA:..........................140 idas/voltas por minuto
versores (8) que transforma o movimento de rotação RÁPIDA: .......................175 idas/voltas por minuto
do motor em batimentos (sistema haste-manivela). - Ângulo de movimento:.....................................53º
O funcionamento dos limpadores de pára-brisa pode
ser intermitente ou contínuo, com velocidade lenta
ou rápida.
48M2
1 2 3
MAN F

50M
L1 COMANDO COMANDO COMANDO
"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"

L2

COMANDO COMANDO COMANDO JK


"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"
4
Temporização:
10 seg.
Q Q'

10 SINAL
F2 ELÉTRICO DE
6 FIM DE CURSO
9
5
M F1
C
7
8

1-Selet. de veloc. do limp. de pára-brisa 7 - Transmissão flexível F2 - Contato de fim de curso elétrico
2-Botão de comando do co-piloto 8 - Conversor de movimento JK - Circuito bi-estável
3-Botão de comando do piloto 9 - Braço do limpador de pára-brisa L1 - Circuito lógico de comando
4-Temporização de 10 segundos 10-Resistência de velocidade "lenta"(43M) L2 - Circuito lógico de comando
5-Motor do limpador de pára-brisa (45M) C-Came de coman. de fim de curso mec. 50M - Cartão de circuito impresso
6-Enrolamento do motor F1 - Contato de fim de curso mecânico

18.2.1.FUNCIONAMENTO DOS LIMPADORES DE PÁRA-BRISA


( 1 ) Funcionamento MANUAL (intermitente) com do limpador de pára-brisa (M) com velocidade len-
velocidade lenta ta, através da resistência 43M (10). O motor funci-
Com o seletor (1) em "MAN", o estágio de "comando manu- ona enquanto o botão (2) ou (3) estiver pressiona-
al" do circuito lógico (L1) é ativado. Pressionando-se o bo- do.
tão (2) ou (3) aciona-se o estágio "comando manual" do
circuito lógico (L2) e comanda o funcionamento do motor A função de "parada" do limpador de pára-brisa se-
rá vista mais à frente.
18.8
THM

18.2.1. FUNCIONAMENTO DOS LIMPADORES DE PÁRA-BRISA (Continuação)

( 2 ) Funcionamento AUTOMÁTICO com velocidade lenta


Com o seletor (1) em "S" (lento), o estágio de "veloci- O dispositivo biestável passa para a posição Q e o es-
dade lenta" do circuito lógico (L1) é ativado. O tágio "comando de velocidade lenta" do circuito lógico
dispositivo biestável (JK) está na posição Q' durante (L2) é desta forma ativado.
a energização o sistema e os contatos de fim de
curso impedem o fun- O contato elétrico de fim de curso (F2) se abre.
cionamento do motor do limpador de pára-brisa.
O motor é alimentado, com velocidade lenta, através da
Pressionando-se um dos botões (2) ou (3), o estado resistência (10)
do dispositivo biestável (JK) é modificado.
Pressionando-se novamente um dos botões (2) ou (3)
provoca a mudança de estado do dispositivo biestável e
o motor pára.

1 2 3
MAN F

50M
L1 COMANDO COMANDO COMANDO
"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"

L2

COMANDO COMANDO COMANDO JK


"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"
4
Temporização:
10 seg.
Q Q'

10 SINAL
F2 ELÉTRICO DE
6 FIM DE CURSO
9
5
M F1
C
7
8
45M

( 3 ) Funcionamento AUTOMÁTICO com velocidade rápida


O funcionamento do limpador de pára-brisa com "velo- - os estágios "comando rápido" dos circuitos lógicos
cidade rápida' é similar ao funcionamento do limpador (L1) e (L2) estão ativados,
com "velocidade lenta". Contudo, há algumas diferen- - a alimentação do motor (5) é direta, sem passar pe-
ças: la resistência 43M (10).
- seletor (1) está na posição F (Fast).

18.9
THM

18.2.1. FUNCIONAMENTO DOS LIMPADORES DE PARA-BRISA (Continuação)

( 4 ) Parada automática dos limpadores

Com os limpadores de para-brisa em funcionamento, A temporização mantém a alimentação do motor durante


pressionando-se um dos botões (2) ou (3) o estado do 10 segundos através do circuito lógico (L2).
dispositivo biestável (JK) é modificado. A parada do limpador de para-brisa em uma posição pré-
determinada (palheta paralela à estrutura da capota) é
O dispositivo biestável (JK) passa para a posição Q' obtida pelo came C. Uma rotação do came corresponde a
comandando o fechamento do contato elétrico de fim de um batimento de ida-e-volta das palhetas do limpador. O
curso (F2) e o acionamento da temporização (4). came C fecha o contato mecânico de fim de curso (F1) e
conecta à massa o enrolamento (6) do motor quando o
braço do limpador de para-brisa atinge a posição de parada.

1 2 3
MS F

50M
L1 COMANDO COMANDO COMANDO
"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"

L2

COMANDO COMANDO COMANDO JK


"MANUAL" "LENTO" "RÁPIDO"
4
Temporização
10 seg.
Q Q'

10 Sinal elétrico
F2 de fim de
curso
9 6

5
M F1
C
7
8
45M

18.10
THM

18.2.2 L
. OCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES

50M

43M
4

45M

WDSCR WIPERS

F F

S S

MAN OFF
48M1

48M2

1 - Transmissão flexível 43M - Resistência (velocidade lenta)


2 - Conversor de movimento 45M - Motor com duas saídas
3 - Braço do limpador de pára-brisa 48M1 - Seletor de velo. do limpador de pára-brisa central (opc)
4 - Palheta do limpador de pára-brisa 48M2 - Seletor de velo. dos limpadores de pára-brisas laterais
5 - Botão de comando (nos coletivos do piloto e do 50M - Cartão de circuito impresso
co-piloto)

18.11