Você está na página 1de 2

MATERIAL DE APOIO

EXAME DE ORDEM

Curso: Intensivo | Disciplina: Direito Constitucional


Aula: 04 |Data:07/05/2018

ANOTAÇÃO DE AULA

EMENTA

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

O controle de constitucionalidade tem como pressuposto o princípio da supremacia da CF/88. Segundo o qual a
Constituição Federal, é o fundamento de validade e de existência das Leis e dos demais atos normativos, logo
eventual Lei ou ato normativo inconstitucional será considerado nulo porque não terá validade nem terá existência
jurídica.

As normas constitucionais originárias, (isto é), criadas pela assembleia nacional constituinte de 88, não podem ser
declaradas inconstitucionais.
As normas constitucionais derivadas emendas constitucionais e constituição estaduais, podem ser declaradas
inconstitucionais.

Tipos de Inconstitucionalidade, a doutrina adota dois critérios principais, para classificar as inconstitucionalidades.

1- Quanto ao momento de configuração, com base neste critério existem dois tipos de inconstitucionalidade.

a) Inconstitucionalidade por ação, ocorre quando se cria uma Lei o ato normativo que ofende a Constituição.

b) Inconstitucionalidade por omissão, é configurada na hipótese de inercia do legislador em criar Lei


Regulamentadora de norma constitucional de eficácia limitada.

No caso de inconstitucionalidade por omissão cabe duas ações Judiciais Possíveis.


- Mandado de Injunção, art. 5 inciso, LXXI CF/88
- Ação direta de Inconstitucionalidade por omissão (ADO)
art. 103, § 2 CF/88.

Quanto ao vício, com base neste critério há duas espécies de inconstitucionalidade,

a) Inconstitucionalidade material, ocorre na hipótese de a Lei ou ato normativo violar o conteúdo previsto na
CF/88

Exame de Ordem
Damásio Educacional
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

Exemplo, EC tendente a abolir cláusula pétrea, viola o


art. 60, §4.

b) Inconstitucionalidade formal, ocorre na hipótese ou ato normativo não obedecer às regras do processo
legislativo previsto na CF/88.
Exemplo, Projeto de Lei aumentando gastos no poder executivo, proposta por deputado ou senador. Viola art. 61,
§ 1) que prevê que projeto de Lei onerosos aos cofres do poder executivo apenas podem ser propostos pelo
Executivo.

Controle Preventivo e Controle Repressivo de Constitucionalidade

O controle preventivo ocorre antes da promulgação da Lei ou ato normativo, isto é, alcança o projeto.

É realizado pelos três poderes do Estado.

a) Executivo, veta por veto presidencial.


b) Legislativo, parecer da comissão de constitucionalidade e justiça, parecer negativo arquivo projeto CCJ.
c) Poder Judiciário, poder inerente, por meio de uma ação. O parlamentar pode impetrar mandado de
segurança com o objetivo de arquivar o processo legislativo.

O controle repressivo, é realizado pelo poder judiciário depois da promulgação da Lei ou ato normativo.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
2 de 2