Você está na página 1de 16

LEI DE INTRODUÇÃO AS

NORMAS DO DIREITO
BRASILEIRO
DIREITO CIVIL I
Prof. Virgilio Meirelles
topreparatorio@gmail.com

Obs: O presente material não dispensa a necessidade de


leitura complementar
DIREITO CIVIL I

LEI DE INTRODUÇÃO AO CÓDIGO CIVIL.


– 1942
Diploma que disciplina a aplicação das leis em
geral.
É uma regra de superdireito, aplicável a todos os
ramos do ordenamento jurídico brasileiro, seja
público ou privado. Mas não é supra
constitucional.
LICC/LINDB
É uma lei que regula as outras leis- direito
sobre direito.
Conjunto de normas sobre normas.
A LICC/LINDB é a própria norma , disciplina a
sua elaboração, vigência, aplicação no
tempo e espaço, fontes e outras.
LINDB

Tem por função regulamentar:


A) inicio da obrigatoriedade da lei ( art. 1º);
B) tempo da obrigatoriedade da lei ( art. 2º);
C) eficácia global da ordem jurídica, não
admitindo a ignorância da lei vigente, que
poderia comprometer a eficácia( art. 3º);
D) Mecanismos de integração das normas,
quando houver lacunas (art. 4º)
LINDB
E) Os critérios de hermenêutica jurídica (art. 5º).
F) O direito intertemporal, para assegurar a
estabilidade do ordenamento jurídico-positivo,
preservando as situações consolidadas ( art. 6º)
G) O direito internacional privado brasileiro( art. 7º a
17)
H) os atos civis praticados, no estrangeiro, pelas
autoridades consulares brasileiras.
LINDB
Os seis primeiros artigos contém disposições
de direito público ( publicidade,
obrigatoriedade das leis)
Os outros artigos se referem aos conflitos de
leis no espaço.
Os arts. 6º ao 18 tratam de direito civil
internacional( competência processual,
homologação de sentença estrangeira,
atribuições consulares em matéria de
casamento)
LINDB
FONTES DO DIREITO
1- Fontes históricas- Digesto, Institutas,
Ordenações do Reino.
2-Fontes formais- Lei, analogia, costume,
princípios gerais do direito.
3- Fontes não-formais- Doutrina,
jurisprudência.
LINDB

Fonte principal = Lei


Fontes acessórias = as demais
Fontes diretas ou imediatas= leis,
costumes ( por si só geram a regra
jurídica).
Fontes indiretas ou mediatas=
doutrina, jurisprudência (contribuem
para que a norma seja elaborada).
LINDB

LEIS- CARACTERISTICAS
1- GENERALIDADE= para todos
2- IMPERATIVIDADE= impõe um dever
3- AUTORIZANTE = autoriza a
reparação
4- PERMANÊNCIA = permanece até ser
revogada.
LINDB

A lei passa por três fases: Elaboração,


promulgação e publicação.
VIGÊNCIA DA LEI
1- INICIO ( art. 3º LINDB)
2- CONTINUIDADE
3- CESSAÇÃO – Expressa ou tácita
( art. 2º, §1º) LINDB
LINDB

CLASSIFICAÇÃO DAS LEIS


IMPERATIVIDADE=
A) COGENTES = ordenam ou proíbem
determinada conduta de forma absoluta,
não podendo ser derrogada pela vontade
dos interessados.
B) DISPOSITIVAS = são permissivas ou
supletivas . Fazem uso da expressão –
salvo estipulação em contrário.
LINDB

Eficácia da Lei no tempo e no espaço.


O Brasil segue o sistema da
territorialidade moderada, sujeita a
regras especiais, que determinam
quando e em que casos pode ser
invocado o direito alienígena ( art. 7º e
ss LINDB)
LINDB

Inicio da vigência –
Salvo disposição em contrário, a vigência
tem inicio no dia da publicação.
Vacatio Legis – que vai da publicação da
lei até o momento do inicio de sua
vigência . ( 45 dias)
LINDB

PRINCIPIO DA CONTINUIDADE
REVOGAÇÃO - supressão da força
obrigatória da lei, retirando a eficácia,
somente pode ser feita por outra lei.
Cessação da vigência da lei .
Pode ser TOTAL= ab-rogação
PARCIAL = derrogação
LINDB

Expressa – nova lei declara que a lei


anterior ou parte dela fica revogada.
Tácita – não tem norma expressa, mas
apresenta incompatibilidade com a lei
antiga ou regulamenta toda a matérias
que tratava a lei anterior – art. 2º §2
LINDB
LINDB
DINIZ. Maria Helena. Curso de Direito Civil
Brasileiro. Teoria Geral do Direito Civil. 26
ed. São Paulo: Saraiva. 2009.
GONÇALVES. Carlos Roberto. Direito Civil.
Parte Geral. 16 ed. São Paulo: Saraiva.
2008.
WALD.Arnoldo . Direito Civil. Introdução e
Parte Geral. 11 ed. São Paulo: Saraiva.
2009. Créditos Prof. Ana Maria anamaria@fesppr.br