Você está na página 1de 7

www.euvoupassar.com.

br

Curso de Direito Administrativo - 2018


Matéria: Direito Administrativo – Professor: Gustavo Knoplock

DIREITO ADMINISTRATIVO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

BASEADO NO LIVRO
MANUAL DE DIREITO ADMINISTRATIVO
11 ª EDIÇÃO - 2018
GUSTAVO MELLO KNOPLOCK
EDITORA MÉTODO/GEN

Administração Pública:
- Abrange os três Poderes, nas suas funções administrativas.

Página 1
www.euvoupassar.com.br

Características comuns às entidades da Administração Indireta

● Exigência de concurso público


● Exigência de licitação pública
● Proibição de acumulação de cargos
● Criação e extinção por lei (CUIDADO!!)

Art. 37, XIX da CF:

Somente por lei específica poderá ser:


- Criada autarquia
- Autorizada a criação de empresa pública, sociedade de economia mista e fundação

Apenas as autarquias são de fato CRIADAS por lei, as demais têm a sua criação
apenas AUTORIZADA por lei; de qualquer forma, a criação de todas dependerá de lei
prévia.

Direito Público X Direito Privado

● Direito privado: ​Estuda as relações entre pessoas que se encontram no


mesmo nível de direitos e obrigações: Direito civil, empresarial;
● Direito público: ​Estuda as relações entre pessoas que NÃO se encontram no
mesmo nível, pessoas que têm prerrogativas especiais: Direito administrativo,
constitucional...

Página 2
www.euvoupassar.com.br

Diferenças entre as entidades da Administração Indireta

AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES EMPRESAS PÚBLICAS E


SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA
● Prestam serviço público
● Sem fins lucrativos ● Serviço público OU atividade
● Personalidade jurídica de direito econômica
público (regra) ● Com OU sem lucro
● Pessoal: ● Personalidade jurídica de direito
privado
Servidor (estatutário)
● Pessoal:
Empregado (celetista) *
Empregado (celetista)

Comentários
● As fundações em regra são pessoas de direito público, mas, devido ao texto do
artigo 37, XIX da CF, poderão ser constituídas com personalidade jurídica de
direito privado, sem prerrogativas.
● A EC 19/98 alterou o caput do artigo 39 da CF, acabando com a obrigatoriedade
do RJU para o pessoal da Administração Direta, autárquica e fundacional, mas
essa alteração encontra-se suspensa por liminar na ADI 2135/07

Prerrogativas da Administração Direta, autarquias e fundações

● PROCESSO ESPECIAL DE EXECUÇÃO (pagamentos por precatórios – CF art.


100);
● BENS SÃO IMPENHORÁVEIS;
● IMUNIDADE TRIBUTÁRIA – CF art. 150 § 2º
● PRIVILÉGIOS PROCESSUAIS: prazo maior para contestar e recorrer das
decisões judiciais; pagamento das custas judiciais somente ao final, quando
vencidas; as sentenças proferidas contra ela estão sujeitas ao duplo grau de
jurisdição obrigatório; prescrição quinquenal de suas dívidas passivas;

Diferenças entre autarquia e fundação

AUTARQUIA FUNDAÇÃO
● Atividade típica de Estado ● Atividade atípica mas de
(aquela que é vedada à iniciativa interesse público, na área social
privada) (educação, pesquisa, saúde...)
● Serviço público personificado ● Patrimônio personificado

Página 3
www.euvoupassar.com.br

Diferenças entre empresa pública e sociedade de economia mista

EMPRESA PÚBLICA SOC. ECONOMIA MISTA


● Capital social 100% público ● Capital misto (maioria do capital
● Qualquer forma societária (S/A, votante deve ser público)
Ltda...) ● Obrigatoriamente uma Sociedade
● Foro da Justiça Federal (estatais Anônima
federais) ● Foro da Justiça Estadual

Agência

Título concedido a uma entidade da Administração Indireta por determinado motivo e


com finalidade específica:

● Agência reguladora
● Agência executiva

Agência reguladora
● Autarquia ​destinada a regular determinada atividade de interesse público,
devendo fiscalizar as empresas do setor, aplicar sanções e editar atos
normativos.
● É uma autarquia de regime especial, ​com superpoderes, tais como o
mandato fixo de seus dirigentes, não estando sujeitos à exoneração pelo chefe
do Executivo. As prerrogativas de cada agência serão definidas na lei que a
criou.

Agência executiva

Autarquia ​ou fundação ​que assina um contrato de gestão com o Poder Público,
visando a uma melhoria da eficiência da entidade, e em contrapartida ganhando um
aumento de sua autonomia.
● Base legal: Lei nº 9.649/98
● Fundamento: CF art. 37 § 8º

Aumento da autonomia para agências executivas

● Pela lei 8.666/93, art. 24 I e II, é dispensável a licitação para compras e


serviços de valores até R$ 8.000,00 e até R$ 15.000,00 para obras e serviços
de engenharia.

Página 4
www.euvoupassar.com.br

● Foi acrescentado o § 1º a este artigo d ​ obrando esses valores para


autarquias e fundações​ qualificadas como ​agências executivas
ENTIDADES
● Entidades estatais, políticas:
● União, Estados, Distrito Federal, Municípios;
● Entidades autárquicas;
● Entidades fundacionais;
● Entidades empresariais, empresas estatais:
empresas públicas e sociedades de economia mista;
● Entidades paraestatais:
Serviços sociais autônomos
Fundações de apoio
OS – Lei nº 9.637/98
OSCIP – Lei nº 9.790/99
OSC – Lei nº 13.019/14

Serviços sociais autônomos: ​“Rede S”: SESI, SESC, SENAI... : Atuam no ensino e
treinamento.

Fundações de apoio: ​auxiliam as universidades públicas,em pesquisa, ensino...


Podem contar com pessoal, instalações e bens da universidade.

OS e OSCIP: ajudam o Estado, sem lucro, atuando na área social

OS OSCIP
● Contrato de gestão ● Termo de parceria
● Vínculo permanente para ● Parceria para prestação de
prestação do serviço, causando a determinado serviço específico,
extinção de órgãos e entidades temporário
da Administração

Página 5
www.euvoupassar.com.br

LEI nº 13.019/2014

A referida lei estabeleceu regras gerais, aplicáveis a todos os entes federados, para a
celebração de parcerias firmadas entre a Administração Pública e qualquer
Organização da Sociedade Civil - OSC.

QUESTÕES PARA FIXAÇÃO

01 (CESPE/MS/ANALISTA ADMINISTRATIVO) ​O agente público, pessoa física,


distingue-se da figura do órgão administrativo, centro de competência
despersonalizado; nesse sentido, pode o Estado suprimir cargo, função ou órgão sem
ofender direitos de seus agentes.

02 (CESPE/MI/ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO) ​As entidades que


integram a administração direta e indireta do governo detêm autonomia política,
administrativa e financeira.

03 (CESPE/MI/ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO) ​Os poderes do Estado


são independentes e harmônicos entre si e suas funções são reciprocamente
indelegáveis

04 (CESPE/CNJ/TÉCNICO JUDICIÁRIO) ​As entidades políticas são pessoas


jurídicas de direito público interno, como a União, os estados, o Distrito Federal e os

Página 6
www.euvoupassar.com.br

municípios. Já as entidades administrativas integram a administração pública, mas


não têm autonomia política, como as autarquias e as fundações públicas.
05 (CESPE/DPF/DELEGADO FEDERAL) ​Os ministérios e as secretarias de Estado
são considerados, quanto à estrutura, órgãos públicos compostos.

06 (CESPE/DPF/DELEGADO FEDERAL) ​A sociedade de economia mista é pessoa


jurídica de direito privado que pode tanto executar atividade econômica própria da
iniciativa privada quanto prestar serviço público.

07 (CESPE/ANTT/ANALISTA ADMINISTRATIVO) ​São pessoas jurídicas de direito


público as autarquias, as fundações públicas e as empresas públicas.

08 (CESPE/ANTT/ANALISTA ADMINISTRATIVO) ​O IBAMA é uma autarquia,


portanto, é um órgão da administração direta e descentralizada

09 (CESPE/MTE/AUDITOR FISCAL DO TRABALHO) ​A sociedade de economia


mista, entidade integrante da administração pública indireta, pode executar atividades
econômicas próprias da iniciativa privada

10 (CESPE/ANTT/ANALISTA ADMINISTRATIVO) ​As fundações públicas podem


ser instituídas com personalidade jurídica de direito público ou privado; a criação das
de direito público depende diretamente de lei específica e a das de direito privado, de
ato próprio do Poder Executivo, autorizado por lei.

Página 7