Você está na página 1de 4

DISCURSO

 DE  FORMATURA  DA  TURMA  2016  –  TERCEIRO  ANO  DO  ENSINO  


MÉDIO  
 
Senhores  Pais,  Mestres,  Amigos,  Familiares  e  Formandos  do  Ensino  Médio  da  
Turma  de  2016,  da  Escola  Estadual  Coronel  Ernesto  Figueiredo.  
 
Hoje  é  um  dia  especial!  Um  Ciclo  termina  e  imediatamente,  outro  ciclo,  muito  
maior  tem  início.  
 
É  como  um  portal  se  abrindo  diante  de  nossos  olhos  esperançosos  pelo  futuro.  
 
Nós  todos,  que  aguardamos  por  esse  dia,  temos  a  honra  de  ver  cumprida  uma  
etapa  importante  na  vida  de  cada  um  dos  formandos  presentes.  
 
Não  é  a  toa  que  parecia  que  esse  dia  nunca  iria  chegar!    
 
Para  os  alunos,  terminar  o  Ensino  Médio  era  uma  tarefa  maior  do  que  
imaginavam.  Para  os  pais,  que  acompanhavam  o  cotidiano  dos  filhos,  lidar  com  a  
ansiedade,  e  com  os  tantos  apelos  da  vida  fora  da  escola,  também  não  foi  fácil.  
Quanto  aos  professores,  coordenadores,  diretores,  funcionários  e  auxiliares  da  
escola...  Bem,  estes  enfrentaram  a  ebulição  da  adolescência,  os  questionamentos  
e  desejos  pertinentes  à  idade  e  ainda  assim,  tiveram  que  dar  conta  de  transferir  o  
conteúdo  pedagógico,  motivando,  compreendendo,  se  adequando,  a  cada  aula,  
aos  desafios  propostos  pelos  alunos.  
 
Os  diplomas  têm  o  nome  dos  alunos,  mas  todos  os  participantes  desta  aventura  
que  é  o  Ensino  Médio  se  formam  hoje.  Todos  os  que  passaram  por  vocês,  mesmo  
que  não  estejam  presentes,  fisicamente.  Professora  Alessandra:  eles  estão  
colando  grau!  Vamos  agradecer  a  este  coletivo  incrível  que  proporcionou  a  
chegada  até  aqui.  
 
(PALMAS)  
 
E  agora,  as  boas  notícias!  
 
Não  há  mais  professor  cobrando  lição  de  casa!  
 
Não  há  mais  pai  e  mãe  sacudindo  você  para  acordar  para  ir  para  a  escola!  
 
Não  há  mais  sala  do  Professor  Antônio  e  do  Coordenador  Anderson  para  chamar  
sua  atenção  quando  as  coisas  não  andam  bem...  Nem  Dona  Adriana  perguntando  
sobre  faltas  e  atrasos...  
 
Por  quê?  
 
Porque  assim  que  você  deixar  essa  escola  hoje,  com  seu  diploma  e  notação  oficial  
de  Formado  no  Ensino  Médio,  você  é  o  responsável  pela  continuidade  de  seu  
desenvolvimento  e  fará  o  seu  caminho.  Uau!  Que  maravilhoso!  
 
Mas  há  algumas  notícias  não  tão  boas...  
 
Não  há  mais  professor  cobrando  lição  de  casa!  
 
Não  há  mais  pai  e  mãe  sacudindo  você  para  acordar  para  ir  para  a  escola!  
 
Não  há  mais  sala  do  Professor  Antônio  e  do  Coordenador  Anderson  para  chamar  
sua  atenção  quando  as  coisas  não  andam  bem...  Nem  Dona  Adriana  perguntando  
sobre  faltas  e  atrasos...  
 
Por  quê?  
 
Porque  você  é  um  adulto  e  apesar  de  continuar  a  ter  suporte  por  parte  de  seus  
familiares  e  amigos,  grande  parte  de  sua  formação,  a  base,  a  estrutura,  foi  
cumprida  e  no  Ensino  Superior  não  há  professor  preocupado  com  sua  gripe,  ou  
que  conhece  seus  pais  e  que  cumprimenta  sua  família  na  festa  da  cidade.  Muito  
menos  chefe  que  vai  se  importar  se  você  está  sofrendo  com  uma  nova  paixão  e  se  
puder  ser  dono  de  seu  próprio  negocio,  seus  funcionários  não  querem  nem  saber  
se  hoje  você  está  disposto  a  fazer  o  que  tem  que  ser  feito...  Estão  todos  esperando  
que  você  seja  responsável.  Sem  aviso,  sem  conselho,  sem  desculpa.  
 
Lembre-­‐se  de  que  você  é  um  adulto...  E  o  mundo  é  grande.    
 
Mas,  por  ser  tão  grande,  todos  os  sonhos  cabem  nele  e  precisamos  falar  disso,  
porque  não  interessa  o  que  vai  acontecer  com  você  ao  sair  daqui,  queremos,  
todos  nós,  garantir  que  você  se  lembre  de  onde  veio  e  que  continuará  sonhando  
em  realizar  as  coisas  mais  diferentes  para  modificar  esse  mundo.  
 
O  que  me  lembra  que  eu  preciso  contar  como  fazer  isso.  É  um  dever  dos  oradores  
de  turma  desde  a  Grécia  Antiga,  revelar  esse  segredo...  
 
Querem  saber  como  mudamos  o  mundo?  
 
(ESPERAR  A  RESPOSTA)  
 
Não  ainda.  Tenho  que  fazer  um  pouco  mais  de  suspense,  porque  pode  haver  
alguém  aqui,  além  dos  Formandos,  que  já  se  esqueceu  do  que  disse  o  seu  orador  
de  turma,  ou  que,  por  mil  motivos,  não  esteve  em  sua  própria  formatura...  
 
Alguém  mais  quer  saber  como  se  muda  o  mundo?  
 
(AGUARDAR)  
 
Certo,  acho  que  estão  preparados.  
 
Não  é  com  uma  afirmação;  é  com  uma  pergunta  que  se  muda  o  mundo.  
 
Prestem  atenção...  A  pergunta  é:  
 
ESTOU  FAZENDO  O  MEU  MELHOR  NESTE  EXATO  INSTANTE?  E  SE  NÃO  ESTOU,  
COMO  POSSO  FAZER  O  MEU  MELHOR,  AGORA?  
 
A  mudança  que  queremos  ver  lá  fora,  meus  queridos  Formandos,  só  tem  lugar  a  
partir  de  você  e  se  expande  para  tudo  e  todos  os  que  tocar.  É  dentro  de  nós  que  
ela  nasce  e  alcança  o  exterior  como  um  raio  de  luz.  
 
Esta  é  a  última  lição  da  escola  e  como  representante  de  todos  os  seus  mestres,  
desde  a  Educação  Infantil,  até  aqui,  peço,  a  gentileza  de  repetirem,  Formandos,  a  
pergunta  que  muda  o  mundo:  
 
ESTOU  FAZENDO  O  MEU  MELHOR  NESTE  EXATO  INSTANTE?  
 
(AGUARDAR)  
 
E  SE  NÃO  ESTOU,  COMO  POSSO  FAZER  O  MEU  MELHOR,  AGORA?  
 
(AGUARDAR)  
 
Acho  que  eles  entenderam  e  merecem  nossos  aplausos!  
 
(PALMAS)  
 
Olhem  a  minha  cara!  Eu  desconfio  que  alguém  fez  um  spoiller  do  meu  grande  
segredo!    
 
Posso  dizer  isso  pelo  breve  espaço  de  tempo  em  que  convivi  com  vocês,  em  sala  
de  aula  e  fora  da  escola.  E  quando  estivemos  juntos,  pedi  a  vocês,  apenas,  e  tão  
somente,  comprometimento.  E  sabem  o  que  eu  vi?  
 
Eu  vi  mais;  eu  vi  vocês  fazerem  o  seu  melhor,  sempre  que  puderam.  Eu  
presenciei  dedicação,  atenção,  generosidade,  responsabilidade,  fidelidade  aos  
seus  princípios,  amizade,  companheirismo  e  alegria.    
 
Bem,  às  vezes,  alegria  demais.  Muitas  vezes  uma  alegria  tão  contagiante  que  era  
impossível  que  a  aula  prosseguisse,  mas  saibam,  a  vida  monótona  do  dia  a  dia  só  
prossegue  com  alegria  e  vocês  a  tem  de  sobra!  
 
Isso  tudo  é  a  essência  do  que  vocês  são  e  a  vida  “lá  fora”  vai  tentar,  de  todas  as  
formas,  colocar  vocês  num  molde,  numa  forma,  numa  caixinha  e  depois  numa  
prateleira  que  tem  o  nome  de  “mais  um”.  
 
Não  aceite  isso,  jamais!  Você  não  é  mais  um!  Você  é  sua  essência,  seus  sonhos  e  
seu  poder  de  transformação.  Você  é  o  seu  melhor  a  cada  instante  e  nós  
esperamos  que  tomem  conta  do  futuro  e  se  empenhem  na  construção  de  um  
mundo  pautado  no  bem,  no  justo  e  no  correto,  com  mais  semelhanças  e  menos  
diferenças  e  onde  cada  um  possa  ter  a  chance  de  também  expressar  o  seu  
melhor,  nunca  comparativamente.  Não  se  trata  de  ser  melhor  que  alguém  e  sim,  
de  ser  o  melhor  que  você  mesmo  pode  ser.  
 
Vocês  chegaram  até  aqui  por  mérito  próprio  e  porque  confiamos  que  poderiam.  
 
Também  fizemos  o  nosso  melhor  com  as  ferramentas  que  tínhamos  em  mãos.  
Uns  transmitiram  conhecimento,  outros  lhes  pouparam  do  trabalho  para  que  
estivessem  na  escola,  outros  cozinharam,  outros  dirigiram  um  ônibus  de  
transporte  escolar,  outros  mantiveram  as  salas  limpas,  as  portas  abertas,  os  
livros  em  ordem,  as  luzes  acesas  e  nesse  instante...  as  luzes  acesas  são  vocês.  
 
Tudo  o  que  aconteceu  para  chegarem  aqui  faz  parte  de  vocês,  inseparável,  
indestrutível  e  eterna.  
 
Fizemos  isso  e  confiamos  em  vocês  porque  entendemos  que  sonhos  são  
extensivos.  Talvez  eu  não  tenha  ainda  conseguido  realizar  a  transformação  que  
imaginei  quando  estava  aí,  nessa  posição  de  ouvinte  na  Cerimônia  de  Colação  de  
Grau.  Mas  do  que  é  feito  o  mundo  senão  do  tecido  dos  sonhos  compartilhados?  
Meus  desejos  se  amplificam  em  cada  olhar  que  vejo  agora,  assim  como  o  de  seus  
pais,  familiares,  e  do  todos  os  mestres  aqui  presentes.  Nós  nos  multiplicamos  em  
vocês  e  agora,  como  iguais  participantes  da  sociedade  dos  adultos,  teremos  a  
oportunidade  de  trocar  experiências  e  aprender  com  vocês  como  viver  a  nova  
etapa,  que  vocês  construirão.  
 
Percebem  como  este  momento  é  verdadeiramente  especial?  Tem  noção  do  tanto  
de  gratidão  e  cumplicidade  que  se  forma  neste  pequeno  ponto  no  espaço?  
 
Olhem  para  os  lados  e  memorizem  esta  cena.  A  alegria,  gratidão,  sensação  de  
dever  cumprido  deve  ter  lugar  de  destaque  em  nossas  memórias  e  cada  vez  que  a  
vida  oferecer  um  gole  amargo,  lembrem-­‐se  deste  retrato.  Você  venceu  uma  
etapa,  aconteceu,  você  é  capaz  de  qualquer  coisa  quando  faz  o  seu  melhor.  
 
Não  há  mais  nada  a  falar  além  de:  honre  toda  a  energia  dispendida  e  toda  
confiança  creditada,  permitindo  que  o  mundo  se  transforme  a  partir  de  você.  
 
Formandos  da  Turma  de  2016  da  Escola  Estadual  Coronel  Ernesto  Figueiredo:  
 
Nosso  coração  está  em  festa.  Sejam  abençoados  pelo  Altíssimo  e  sintam-­‐se  
amados  por  todos  nós.  
 
Vida  longa  aos  Formandos  e  aos  seus  sonhos!  
 
Parabéns!