Seminário Assembléia de Belém-PA

Teológico da Deus em

TRADIÇÃO,EDUCAÇÃO E PENTECOSTES

APOCALIPSE

Professor: Marinaldo Carvalho Aluna: Diana Flexa Thó dos Santos

Belém 2010 Seminário Teológico da Assembléia de Deus em Belém-PA

TRADIÇÃO.EDUCAÇÃO E PENTECOSTES APOCALIPSE Trabalho a ser entregue ao professor Marinaldo Carvalho da disciplina Os Evangelhos para obtenção de nota parcial. Belém 2010 INTRODUÇÃO .

Possivelmente esse desprezo para com o Apocalipse deve-se à visão que as pessoas têm dele. o fizeram apenas nos três primeiros capítulos. Por outro lado. é o livro que tem despertado reações sempre as mais antagônicas possíveis. como decorrência. e imagens fortes. . beleza. se o leram.Apocalipse! Talvez o livro menos lido em todo o Novo Testamento. com muita certeza. ou. Há aqueles que o amam por seu conteúdo. É provável que a maioria dos cristãos nunca tenham lido esse livro. O Apocalipse. outros sentem um verdadeiro “pavor” do livro por não compreenderem-no e devido a estudos ou sermões ouvidos que revelavam uma perspectiva de análise equivocada. é o livro que mais abusos tem sofrido no decorrer da História e.

v 2: “achei-me em espírito”. Is 24-23. João não diz que o que ele vê assentado no trono “é”. Ap 3. Matias (Substituindo a Judas). Simão Pedro. Judas Iscariotes. 4 e 5. será uma visão. Tiago (Filho de Zebedeu). geralmente marrom ou vermelha. mas ele precisa de expressões humanas para descreve-los. 2º)Simeão. . Quando uma pessoa tem uma visão.11). verde ou branca (Êx 28. 10º)Benjamin. que sugere os doze patriarcas da tribos de Israel (1º)Rúben. Mt 3. 6º)Zebulom. agora João está atônito. 7º)Gade. Tomé. e te mostrarei o que deve acontecer depois dessas coisas”. Bartolomeu (Natanael).CENA DE ABERTURA NO CÉU . 4) e Jesus Cristo (cp. e têm a mesma estrutura: A visão do trono de Deus: v 1: depois de ouvir o conteúdo das cartas às sete igrejas. ela ainda pode permanecer sensível ao que se passa ao seu redor.11-22) podem ser anjos que participam no governo do universo (Sl 89. da forma mais humana possível.54-60. único. Estes dois capítulos falam sobre Deus (cp. Sardônio: Pedra semipreciosa alaranjada ou vermelha(Ap 4. o que ele vê não é humano. Ele não está ainda “no Espírito”. separado. João.Mateus. 9º)Naftali. mas no céu. simbolizando dessa maneira a unidade dos salvos em todos os tempos (Ef 2. soberano. João volta para seu estado normal de consciência. Esmeralda: Pedra preciosa de cor verde. ele não está na terra. v 3: “é semelhante no aspecto”.3).ele é santo. v 4: “Vinte e quatro tronos”: 24 é o número de uma cifra completa. 11º)Efraim.16). receberam a coroa da glória (1Pe 5. Ap 21. “O arco-íris”: significa que a tempestade para Seu povo já passou. Estevão estava consciente da presença dos homens maus que o apedrejavam quando viu os céus se abrindo e o Filho do Homem em pé à mão direita de Deus (At 7. Certamente o que João está para ver. muito apreciada desde os tempos antigos (Ap 21. 3º)Levi.4. 8º)Dãm.19). Filipe. Judas (não o iscariotes). governamental.20. Tiago (Filho de Alfeu). Ex 24. mas ele descreve sua visão. vendo a porta do céu aberta e Jesus lhe chamando: “sobe para aqui. 5). “O trono”: o termo “trono” aparece 17 vezes nos capítulos 4 e 5. “Depois” aqui significa no futuro.4-5). 4º)Judá. não literal. no céu.cp. 5º)Issacar. 12º)Manassés)e os doze apóstolos (André.7. Simão Zelote. agora vem a bonança e o renovo.11) “Coroas de Ouro na cabeça”: esse é o simbolismo de que esas pessoas assentadas nos vinte e quatro tronos são vencedoras. mas também amarela. mas “semelhante” (forma humana de expressão) a: Jaspe: Pedra semipreciosa de várias cores. Ele não está vendo que existem coisas como descreverá mais a frente. ou seja.

“Sete Espíritos”: o Espírito Santo é apresentado na Bíblia “como fogo” (Ez 8. “quatro” (Ez 1.3).3) Em Ezequiel 10.7) ·nas duas passagens eles estão associados ao trono (Ez 1.5.10. esses seres são querubins também. v 6: “Mar de vidro”: simboliza a separação entre Deus e o homem. podemos crer que aqui.20). no santo dos santos.20 lemos que os seres viventes são “querubins”. Ap 4. Dessa forma é razoável que eles estejam tão próximos do trono. Ap 4. v 8: “Proclamando”: toda a obra de Deus foi criada com a finalidade de adora-lo eternamente. que somente os fieis. 10. em apocalipse. Assim.5. .18. boi e águia. quanto na eternidade daremos glórias incessantes ao Senhor eternamente.12.28. pois para isso fomos criados.24.2. purificados pelo sangue do Cordeiro poderão nele pisar. Ap 4. Ap 4.8) ·nas duas passagens um arco-íris cerca o trono (Ez 1. Ap 4. leão.6) ·nas duas passagens o número simbólico é o mesmo. v 7: “Seres viventes”: para entender melhor essa visão. Sete simboliza a plenitude da glória de Deus pela ação de Seu Espírito. Comparando essas duas visões paralelas temos: ·nas duas passagens os seres são chamados de “viventes” (Ez 1. Quatro seres viventes: pode simbolizar uma figura da grandeza da criação de Deus que incessantemente glorifica ao Criador.6) ·nas duas passagens as aparências se identificam: homem. você deve estudar os capítulos 1 e 10 de Ezequiel. Ap 4.v 5: “Sete tochas”: tochas eram lâmpadas portáteis da época. um lugar da glória de Deus (Ex 25. At 2.20). Tudo que Ele criou foi para Sua própria glória. Ex 25. Cristal: simboliza a glória divina. os mais poderosos.5) ·nas duas passagens eles estão cheios de olhos (Ez 1. (Ez 1. João tem a visão de algo que se parece com tocha. pois ilumina. Querubins são uma ordem muito elevada de anjos.6) ·nas duas passagens o fogo se move de um lado para outro próximo a eles (Ez 1. tanto na terra quanto no céu. Ap 4. nesse mundo. clareia. Dessa forma.26. Eles guardavam as coisas sagradas de Deus (Gn 3.13.

8) e no capítulo 6 ele começa a abrir os selos. Essas duas descrições mostram Jesus em seu caráter real e vencedor. mas formam uma preliminar à abertura do mesmo. não há nenhuma certeza quanto ao futuro (v. o momento da exaltação de Jesus à direita de Deus através da ressurreição e a posse de seu domínio sobre todo o universo.9-10 que fala do reinado provindo da tribo de Judá) e “raiz de Davi” (Is 11. É importante notarmos aqui que a visão do trono de Deus e de Jesus representa o passado. Os “sete selos” que mantém o livro fechado (possivelmente um pergaminho ou papiro) e que são abertos no capítulo 6 e 8 não fazem parte do conteúdo do livro.9 e 12). Por outro lado. a apresentação de Jesus como aquele que vence através da morte como modelo para os crentes (2. Portanto. bem como a definição da libertação do seu povo e a punição daqueles que se voltam contra a igreja e seu Senhor. Jesus toma o livro (v. João chora muito porque ninguém pode abrir o livro e. tudo o que acontece no Apocalipse é a revelação do conteúdo do livro. Há aqui. . sendo assim. que demonstra o caráter sacrificial da obra de Jesus.4).1 indicando que o Messias viria da família de Davi).5 como “leão da tribo de Judá” (Gn 49. que está nas mãos de Deus (v. Que livro é esse? É o livro que contém o domínio de Deus sobre todas as coisas.6 Ele é apresentado como “Cordeiro como tinha sido morto”. Porém um dos anciãos apresenta Jesus no v.10). possivelmente. Esse aspecto é enfatizado nos dois cânticos que citam a morte de dEle (v.1). no v. Finalmente.A VISÃO DO LIVRO (5) O capítulo 5 começa falando de um “livro” selado com sete selos.

Eles. Deus estava controlando a situação e que Jesus traria o consolo a eles e a punição aos seus perseguidores.CONCLUSÃO O objetivo da visão nos capítulos 4 e 5 é fornecer confiança e força para os crentes diante dos problemas que virão. Mas era importante saber que. não estariam livres de pagar o preço pela sua fé. por serem cristãos. . no final de tudo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful