Você está na página 1de 34

ANATOMIA

HUMANA
Faculdade Anísio Teixeira
Curso de Férias
Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto
Sistema Nervoso
• Tecido Nervoso

• Compreende basicamente dois tipos celulares

• Neurônios – unidade estrutural e funcional do sistema nervoso


que é especializada na comunicação rápida: receber, processar e
enviar informação;

• Células Glias – células que ocupam os espaços entre os


neurônios e tem como função sustentação, revestimento ou
isolamento e modulação da atividade neural.
Sistema Nervoso
• Neurônios

• São células altamente excitáveis que se comunicam entre si ou


com outras células efetuadoras usando uma linguagem elétrica;

• Corpo celular – é o centro metabólico do neurônio, responsável


pela síntese de todas as proteínas neuronais. Local de recepção de
estímulos;

• Dendritos – geralmente curtos e ramificados, não são


mielinizados. Estrutura especializada em receber estímulos;

• Axônio – estrutura responsável por gerar e conduzir o potencial de


ação. Possui forma e tamanho variáveis.
Sistema Nervoso
• Tipos de neurônios

• Função sensitiva – os nervos sensitivos captam


informações do meio interno e externo do corpo e as
conduzem na SNC;

• Função integradora – a informação sensitiva trazida ao


SNC é processada ou interpretada;

• Função motora – os nervos motores conduzem a


informação do SNC em direção aos músculos e às glândulas
do corpo levando as informações do SNC.
Sistema Nervoso
• Conceito

“As funções orgânicas, bem como a


integração do animal no meio ambiente estão
na dependência de um sistema especial
denominado sistema nervoso.”
Sistema Nervoso
• Divisão do sistema nervoso

• Sistema nervo central (SNC)

• Porção de recepção de estímulos de comando e desencadeadora


de respostas.

• Constituídos por estruturas localizadas no esqueleto axial (coluna


vertebral e crânio)

• Medula espinhal e encéfalo


Sistema Nervoso
• Sistema nervoso periférico

• Esta porção está constituída pelas vias que conduzem os


estímulos ao sistema nervoso central ou que levam até aos
órgãos efetuadores as ordens emanadas da porção central.

• Compreende os nervos cranianos e espinhais, os gânglios e as


terminações nervosas.
Sistema Nervoso
• Meninges
• O encéfalo e a medula espinhal são envolvidos e protegidos por
lâminas (membranas) de tecido conjuntivo, chamadas de
meninges.
• Dura-máter – mais espessa;
• Aracnóide – esta entre a dura-máter e a pia-máter. Possui
projeções ou fibras que vão até a pia-máter constituindo uma rede
semelhante a uma teia de aranha. É separada da dura-máter por um
espaço capilar denominado espaços ubdural, separa-se da pia-
máter pelo espaço subaracnóide onde circula o líquor.
• Pia-máter – mais fina, esta intimamente ligada ao encéfalo e a
medula espinhal;
Sistema Nervoso
Sistema Nervoso
• Sistema nervoso central

• Vesícula primordiais

• SNC se origina do tubo neural

• Prosencéfalo – regiões laterais do prosencéfalo aumentam


originando o telencéfalo e o diencéfalo;

• Mesencéfalo – desenvolve-se se subdivisão;

• Rombencéfalo – subdivide-se em metencéfalo e mielencéfalo;

• Medula primitiva
Sistema Nervoso
• Partes do sistema nervoso central
• Da transformação das vesículas primordiais originam-se as partes
mais importantes do sistema nervoso
• Telencéfalo e diencéfalo – originam o cérebro, chamados de
hemisférios cerebrais (origem telencefálica);
• Mesencéfalo – permanece com mesma denominação;
• Metencéfalo – origina o cerebelo e a ponte
• Mielencéfalo – origina o bulbo
• O restante do tubo neural primitivo origina a medula primitiva e
consequentemente a medula espinhal.
Sistema Nervoso
• Ventrículos encefálicos e suas comunicações

• A luz do tubo neural primitivo permanece e apresenta-se


dilatada em algumas das subdivisões daquela vesícula,
constituindo os chamados ventrículos;

• Ventrículos laterais (direito e esquerdo) – luz do telencéfalo

• III ventrículo – luz do diencéfalo, comunica-se livremente


com o ventrículos laterais através do forame interventrícular

• IV ventrículo – luz do rombencéfalo, é continuado pelo canal


central da medula e comunica-se com o espaço subaracnóide.
Sistema Nervoso
• Divisão anatômica
Sistema Nervoso
• A maior parte do encéfalo corresponde ao cérebro

• Na superfície de cada hemisfério cerebrais apresentam-se


sulcos que delimitam giros.

• O cérebro pode dividido em lobos correspondentes ao osso


que faz fronteira

• Lobo frontal
• Occipital
• Parietal
• Temporal
Sistema Nervoso
• O tronco encefálico origina 12 pares de nervos
denominados cranianos – saem pela base do crânio através
de forames ou canais

• Da medula originam-se 31 pares de nervos espinhais que


partem da coluna vertebral através de forames denominados
intervertebrais
Sistema Nervoso
• Disposição das substâncias branca e cinzenta no sistema
nervoso central

• Substância branca

• Fibras nervosas mielínicas

• Substância cinzenta

• Corpos de neurônio
Sistema Nervoso
• Medula

• A substância cinzenta forma um eixo central de substância


cinzenta envolvido por substância branca;

• Colunas anterior

• Coluna posterior

• Substância intermédia central e lateral

• Coluna lateral
Sistema Nervoso
• Tronco encefálico

• Substancia cinzenta apresenta-se fragmentada no sentido


longitudinal, ântero-posterior e látero-lateral;

• Formam massas isoladas de substância cinzenta

• Núcleos dos nervos cranianos

• No SNC o núcleo é um acúmulo de corpos neuronais com


aproximadamente, a mesma estrutura e função.
Sistema Nervoso
• Cérebro e cerebelo

• Apresenta uma massa de substância branca revestida


externamente por uma fina camada de substância cinzenta;

• Substância branca

• Córtex cerebral – no cérebro

• Córtex cerebelar – no cerebelo

• Substância cinzenta

• Núcleos centrais – no cerebelo

• Núcleos da base – no cérebro


Sistema Nervoso
• Sistema nervoso periférico

• Terminações nervosas

• Gânglios

• Nervos

• São classificados de acordo com as estruturas que inervam, isto


é , conforme sua função. Um nervo possui componentes
funcionais.
• Fibra que estimula ou ativa um músculo é chamada de motora
Sistema Nervoso
• Fibras nervosas eferentes – que saem do SNC

• Motora

• Fibras nervosas aferentes – que chegam ao SNC

• Sensitivas
Sistema Nervoso
• Terminações nervosas

• Existem na extremidade de fibras sensitivas e motoras

• Placa motora – fibras nervosas motoras

• Fibras nervosas sensitivas – são estruturas especializadas em


receber estímulos físicos.

• Bastonetes
• Receptores do ouvido
• Gustativos

• Sensações dolorosas são captadas por terminações nervosas livres

• Não há especialização
Sistema Nervoso
• Gânglios

• Quando o acumulo de corpos celulares de neurônios ocorre


fora do SNC eles são chamados de gânglios

• Nervos

• São cordões esbranquiçados formados por fibras nervosas


unidas por tecido conjuntivo. Possuem como função levar
ou trazer impulsos ao ou para o SNC

• Nervos cranianos
• Nervos espinhais
Exercícios
• Qual dos folhetos embrionários dá origem ao sistema nervoso?
• Cite as vesículas encefálicas primordiais.
• Explique o desenvolvimento das estruturas neurais das
vesículas encefálicas primordiais até o desenvolvimento
completo do sistema nervoso central.
• Descreva a divisão do sistema nervoso central e periférico
baseado em critérios anatômicos e funcionais.
• Quais são os dois tipos celulares encontrados no tecido
nervoso?
• O que são neurônios?
• Quais são os nervos cranianos? Caracterize.
• Quais são os nervos espinhais? Caracterize.