Você está na página 1de 2

Útero de Tiamat

February 1, 2018

Lilin Society Publishing

A escuridão eterna é governada pelo deus desconhecido. O universo estava em estado de


ilegalidade e caos ilimitado. Este é o ventre acausal. Neste oceano de caos reinou muitos
tipos de seres espirituais acausais. Esses seres são sem forma e se estendem pela
eternidade, não vinculados pelas leis. Entre eles, havia um que se chamava Sophia.

Sophia ficou paranoica e temia que ela tivesse caído do deus desconhecido. Ela temia que
ela fosse destruída. Foi por esse medo que ela criou o Demiurgo.

Tudo é possível no caos, mesmo na formação da ordem cósmica. O Demiurgo assim


construiu a existência causal, um mundo físico através de dez emanações chamadas
Sephiroth, ou a Árvore da Vida. No mundo causal, tudo foi trazido sob ordem cósmica.
Este estado não natural foi governado pela roda do karma, ou causa e efeito.

O Demiurgo precisava de escravos para louvá-lo e ver a sua criação. Para conseguir isso,
ele roubou as faíscas do universo sem lei, espíritos e as aprisionou em argila. O primeiro
que criou foi o Adam sem espírito. Ele foi moldado da sujeira e o Demiurgo curvou a vida
para ele. Ele serviu o Demiurgo no Jardim do Éden, mas acabou por reclamar ao
Demiurgo por estar sozinho.

O Demiurgo então criou uma fêmea do mesmo solo chamada Lilith. Lilith sentiu isso
porque ela nasceu do mesmo solo que Adam que ela era igual a ele. Adam sentiu que ela
deveria ser submissa a ele porque ele foi criado primeiro. Lilith o deixou, para além do Mar
Vermelho para se acasalar com demônios e ter filhos de demônios.

Mais uma vez, Adam estava sozinho. Ele implorou ao Demiurgo que lhe desse uma
companhia adequada. Naquela noite, enquanto Adam dormia, o Demiurgo tirou uma
costela e, desta costela, criou Eva. Como ela veio de Adão, ela não seria tão dissidente
quanto Lilith e se submeteria a Adão.

Sophia viu o que se tornou de sua criação, viu o tirano que o Demiurgo havia se tornado.
Ela viu que ele trabalhava contra tudo o que era natural e sem lei. Ela ficou consternada
com essa blasfêmia. Ela assumiu a forma de Lilith e entrou em Sitra Ahra.

Quando a Árvore da Vida foi construída, como um processo de causa e efeito, uma Árvore
da Morte foi construída ao lado dela. Este lado da sombra imitava a existência causal na
ilegalidade. Esse caos foi chamado Sitra Ahra. Seu único propósito é destruir a criação,
liberar as faíscas roubadas e retornar a um estado natural de caos cósmico.

Sitra Achra é governada por Satanás, também chamado Lúcifer, o Portador da Luz. Ele
segura o conhecimento da verdade e Sophia, sob o nome de Lilith, tornou-se sua noiva.
Juntos, eles possuem a gnose, ou o conhecimento.

Satanás-Lilith descobriu um caminho para o Jardim do Éden. Neste jardim cresceu uma
grande árvore em que suas raízes chegaram a Sitra Ahra. Os dois deuses tomaram a
forma de uma serpente e entraram no jardim.

Satanás-Lilith tentou Eva a comer a fruta da árvore negra, a do conhecimento. Eva comeu
da árvore seguida de Adão. Adão viu apenas sua própria nudez e ficou envergonhado,
enquanto o universo se abriu até Eva. Ela viu tudo e entendeu a mecânica do universo. Ela
conseguiu a gnose.
Lilith hipnotizou Adão até que ele adormeceu. Enquanto Adão dormia Satanás -Lilith
seduziu a bela Eva e usou seu útero para plantar sua semente.

No dia seguinte Eve acordou e estava com uma criança. O Demiurgo descobriu o que
aconteceu quando Adão confessou sobre comer da árvore proibida. O Demiurgo ficou
furioso e forçou os dois a beberem do rio do esquecimento. Os dois foram expulsos do
Jardim do Éden e banidos para a Terra. O homem teria que passar os dias de sua vida
trabalhando pelo suor de sua sobrancelha enquanto a mulher devia suportar o parto
doloroso.

A semente em Eva cresceu em dois fetos, o filho e filha de Satanás-Lilith. Quando as


crianças nasceram, eram lindas, ao contrário de seus pais, tinham um espírito. Os nomes
eram Qayin e Luluwa. As duas crianças se apaixonaram um pouquinho, desconhecendo
seu sangue caótico. Eles foram nascidos pelo fogo.

Adão e Eva tiveram dois filhos juntos. Este conjunto de gêmeos eram feios e vazios do
espírito que o Qayin e Luluwa tinham. Eles eram nascidos pelo barro e os nomes eram
Abel e Aklia.

À medida que as crianças cresciam e se tornavam adultos, Qayin e Luluwa aprenderam a


arte da feitiçaria. Eles eram trabalhadores árduos, ao contrário de seus irmãos
preguiçosos. Qayin e Luluwa desenvolveram um amor um para o outro que era tão forte
que decidiram se casar.

Abel desejava ter Luluwa como sua esposa por causa de sua beleza. Ele foi ao pai e pediu
para se casar com sua meia-irmã. Adão não sabia o que fazer para que ele, sendo a
ovelha que ele é, consultou o Demiurgo.

O Demiurgo olhou para Adão, Qayin e Able. Ele viu o amor de Qayin e Luluwa um pelo
outro, mas o descartou. Ele decidiu que, para resolver isso, tinha que haver um sacrifício
feito em sua homenagem. Quem o honrar com o maior sacrifício ganharia a mão de
Luluwa em casamento.

Qayin havia rejeitado o demiurgo por sua linhagem real. Ele juntou algumas bagas e as
queimou. O Demiurgo rejeitou a oferta e a fumaça caiu no chão. Abel, que amou seu
criador, sacrificou a primeira de suas ovelhas, queimando a gordura sobre o altar. O cheiro
era agradável para o Demiurgo e ele aceitou o sacrifício quando a fumaça subiu ao céu. O
Demiurgo se decidiu, Abel se casaria com Luluwa.

Qayin ficou dominado pela ira. Seu sangue gritou para vingança. Ele convidou seu irmão
Abel para um campo e o matou, enterrando seu corpo. Este foi o primeiro assassinato,
mas também o primeiro ato de amor. Ambos, o sangue dos gêmeos do fogo queimou
quando o homicídio o despertou. Eles descobriram a gnose e entenderam tudo. Eles
seriam amaldiçoados para sempre pelo Demiurgo, no entanto, eles serviriam de ponte
para Sitra Ahra. Sua descendência seria dura e carregaria a chama negra.

Assim, a humanidade se dividiu em dois tipos. Haviam os Nascidos do Barro, não


iluminados e sem espírito que naturalmente elogiava seu criador e os Nascidos do Fogo,
que eram naturalmente dissidentes e sem lei. Hoje, esses dois tipos de seres ainda
existem.

Book of Belial - Asha’Shedim


Copyright 2017 John Putignano
www.lilinsociety.com
Lilin Society Publishing 2017