Você está na página 1de 20

PUB

Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • •1

PUB
1018
11 julho 2019
Ano 19
quinta-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Unidade de topo da GNR vai


ser instalada na Guarda
Unidade de Emergência, Proteção e Socorro será instalada na antiga sede da Infraestruturas de Portugal, na Avenida
Francisco Sá Carneiro, e terá 100 oficiais e guardas para coordenar ações de proteção civil em todo o país Pág.5

Pinhel será Cidade do Vinho


Legislativas
PS e PSD apostam em
mulheres para liderar

em 2020
listas na Guarda “Capitalidade” vai acontecer no ano em que Pinhel assinala os 250 anos de eleva-
ção a cidade e a Feira das Tradições, o maior certame de Inverno da Beira Interior,
Ana Mendes Godinho e Ester Amo-
rim deverão ser as cabeças de comemorará um quarto de século Pág.7
listas de PS e PSD, respetivamente,
às legislativas de outubro num
círculo que este ano apenas vai
eleger apenas três deputados para
a Assembleia da República. Mas já
é certo que os próximos tempos
serão de polémica e contestação
por causa dos lugares _________ 4
hos

Marquês d’ Alm Quinta-feira • 11


de julho de 2019

eida

•9

Grande Reserv
a Branco
2017 é o me
lhor vinho
da Beira Inte
O Marquês rior d’Almeida Grande
Agrícola Robored Reserva branco
o Madeira, foi o 2017, da CARM
Vinhos da Beira grande vencedor – Casa
Interior. do 12º Concurso
Este DOC foi considera de
dido por Aníbal do o melhor
Coutinho e constituí vinho a concurso pelo júri
Especial vin

sete femininos. presi-


Os prémios foram do por sete elementos masculin
um jantar de gala entregues no sábado os e
realizado no castelo à noite durante
presença de cerca de Trancoso que
de 250 convidad contou com a
prémio de Melhor os.
Vinho no Feminino Atribuídos pela primeira vez,
Interior Reserva foi para o Alpedrin o
Branco 2018, ha DOC Beira
prémio de Melhor da Adega Cooperat
Imagem a Concurso iva do Fundão,
Beira Interior foi conquistado eo
Colheita Seleciona pelo Souvall DOC
Ferraz, produtor da Branco 2017,
es de Lúcia & Américo
prémio de Melhor radicados em Vale Flor, no concelho
DOC Beira Interior Imagem no Feminino foi para da Mêda. Já o
Biológico Reserva o Quinta do Cardo
As provas cegas Síria Branco 2015,
nho, e o júri atribuiu do concurso decorreram na da Agrocardo.
Guarda,
correram 87 vinhos 12 medalhas de ouro e 14 medalha a 17 e 18 de ju-
Comissão Vitiviníco de 31 produtores. Para o presiden s de prata. Con-
la
o concurso, o evento Regional da Beira Interior (CVRBI),te da direção da
foi «uma excelente que
Interior, tanto
ao nível dos vinhos jornada de promoçã organizou
considera que as como do patrimón o da Beira
novidades introduzi io».
imagem no feminino das este ano – melhor Rodolfo Queirós
e melhor vinho imagem,
ganhas» porque no feminino – foram melhor
deram «apostas
uma escolha paritária «mais notoriedade» à região
entre homens e ao permitirem
foi pioneira, já mulheres. «A Beira
que foi
um concurso com a primeira vez em Portugal Interior
estas valências que se realizou
Rodolfo Queirós », sublinha o responsável.
samos que fazer acrescenta que,
uma escolha «na era da imagem,
melhor imagem da melhor imagem pen-
no
como diz o ditado feminino, fazia todo o sentido, em geral,
“os olhos também até porque
melhor vinho comem”» . Já a escolha do
no feminino foi
evidenciou que, «uma
apesar dos vinhos excelente aposta» porque
profissionais do terem sido
sector, «os gostos avaliados por
foram diferente são
s». Para o presiden relativos e os resultados
provada que «o te da CVRBI, esta
melhor vinho é a prova
mais». O responsá é o que
vel considera também cada um de nós gosta
para «dar mais que o evento
projeção à Beira
incondicional» Interior» e agradececontribuiu
do município u o «apoio
Amílcar Salvador, de Trancoso e
na realização da do seu presiden
«Foi um evento gala final. te,
enquanto apaixona que nos deve orgulhar todos
dos e defensor os
conclui Rodolfo es deste fantástico beirões,
Queirós. território»,
é promovido anualme O Concurso de Vinhos da
nte pela Comissão Beira Interior
da Beira Interior Vitivinícola Regional
(CVRBI) e pelas
da Guarda (NERGA) Associaç
Empresarial da e de Castelo Branco ões Empresariais
Beira (AEBB – Associaç
Câmara de Trancoso Baixa), tendo contado com ão
. o apoio da

PUB

Restaurante
Servimos Almoç • Wine Bar •
os e Jantares Garrafeira

Largo Dr. Amandio


Paul, 5 • 6300
Guarda (Junto
à Sé) • 961 765
480 • www.nob
revinhosetal.com
• www.facebook.com
/nobrevinhosetal

PUB
Covilhã Empresas
AAUBI lança projeto Trabalhadores da Dura
para apoiar idosos desconhecem futuro
A Associação Académica da Universidade da Os funcionários da empresa de compo-
Beira Interior (AAUBI) propõe-se identificar nentes para automóveis de Vila Cortês
e acompanhar idosos dos concelhos de Bel- do Mondego (Guarda) protestaram nova-
monte, Fundão e Covilhã para combater a mente esta quarta-feira à porta da fábrica
exclusão social desta faixa etária. A iniciativa contra a incerteza que paira sobre o futuro
foi aprovada e está a votos para ser incluída da unidade, que deverá perder o principal
no Orçamento Participativo Jovem (OPJ) _ 6 cliente em agosto _____________________ 20
PUB

Novas Instalações
Rua Marquês de Pombal, nº 45 Rch Também nas

GUARDA Passamos atestados para carta de condução


Tel. 969 431 832 • Tel. 271 227 360
(ao lado da Papelaria Véritas)
Galerias do Intermarché (Guarda)
www.ergovisaoguarda.com Tel. 924 290 689 • Tel. 271 225 114
2• • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

Cara
Entrevista
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara

«O desafio
Luís Máximo
Comissão Vitivínicola Árbitro de Categoria C2 da arbitragem
de elite da FPF
da Beira Interior

que tenho
Naturalidade: Unhais da Serra (Covilhã)
O Concurso de Vinhos da Beira Interior
teve o seu encerramento no passado sá-
Idade: 29 anos
bado, em Trancoso, onde foram entregues
os prémios e anunciados os vencedores da

pela frente na
Profissão: Gestor de produção/ estudante
competição regional. O desenvolvimento do
concurso tem contribuído para a promoção
Currículo: Mestre em Ciências Farmacêu-
dos vinhos da região e a melhoria da pro-
ticas e mestre em Engenharia e Gestão
dução vitivínicola regional. As marcas pro-

arbitragem é
Industrial; Tirou o curso de árbitro em
duzidas na Beira Interior podem ainda não
2007, tendo subido à 3ª categoria na-
ser as mais cobiçadas nas prateleiras, mas
cional em 2011; em 2013 ascendeu à
os néctares - como o Marquês D’Almeida
2ª categoria nacional e à elite da mesma
Branco vencedor do último concurso - são

um patamar
em 2016. Em 2017 desceu à 2ª categoria
cada vez mais apreciados por quem percebe
nacional, tendo atingido a elite novamente
do setor.
em 2019.

Filme preferido: “Em Busca da Felicida-

diferente a
de”, de Gabriele Muccibno
Pinhel Livro preferido: “Labirinto de Mágoas”,
A “Cidade Falcão” será também “Cidade de Daniel Sampaio

todos os níveis»
do Vinho” em 2020. A eleição aconteceu
na sexta-feira durante a Assembleia Inter- Hobbies: Ler, conversar e treinar
municipal da Associação dos Municípios
Portugueses do Vinho, que decorreu no
Peso da Régua, a localidade eleita no ano P - Vai passar a integrar a elite da parecem estar algo desmotivados. A meu
passado. Com esta vitória, Pinhel, é «a maior arbitragem portuguesa. Como encara ver, falta acompanhamento e formação
produtora de vinho da região», como refere este desafio? para os mais novos e é indispensável uma
o autarca Rui Ventura, que vê a sua cidade R -Trata-se de um desafio aliciante, mais cuidada “gestão da carreira” para os
a destacar-se num sector em crescimento mas também de grande responsabilidade. mais velhos. Na região, é justo também
na região, e vê como os vinhos de Pinhel Chegar aqui é o resultado de 12 anos de destacar e valorizar o bom trabalho de-
voltam a ser uma referência pela qualidade. muita dedicação e trabalho diário a nível senvolvido pelo Conselho de Arbitragem
físico, técnico e mental. A arbitragem na da Associação de Futebol da Guarda. É
2ª categoria nacional (Campeonato de constituído por jovens e tem feito um
Portugal) obriga já a uma dedicação se- trabalho excepcional na formação, no
manal, em média, de 20 horas. Portanto, desenvolvimento e na promoção dos
Carlos Chaves Monteiro para se chegar ao patamar das competi- árbitros do distrito. Hoje, a Guarda tem
A vinda para a Guarda do Comando da ções profissionais são necessários sacri- várias figuras de destaque na arbitragem
Unidade de Emergência, Proteção e Socorro fícios e uma visão “quase profissional” da nacional e penso que é um exemplo a
da GNR é a primeira vitória do novo pre- actividade. Ainda assim, tenho a sorte de seguir pelas associações distritais do
sidente da autarquia. Ainda que a decisão fazer tudo isto com grande paixão, o que interior.
se deva a uma determinação legislativa, o torna tudo muito mais fácil e viável. O de-
município foi capaz de influenciar a tutela safio que tenho pela frente corres- P- A arbitragem é sem-
para garantir este organismo que será de ponde a um patamar diferente a pre muito criticada. O que
âmbito nacional. Espera-se que Carlos Cha- todos os níveis. Estamos a falar o levou a escolher esta
ves Monteiro tenha mais argumentos para a de futebol profissional, onde vertente do desporto?
instalação de empresas e de mais serviços as estruturas, a organização, R- Não perco muito
na cidade. as práticas e a competição tempo a pensar sobre isso,
são, em toda a linha, comple- faz parte. Iniciei a minha
tamente profissionais. carreira de árbitro aos 17
anos, muito por culpa do
P - Acredita ter condi- Campeonato do Mundo de
ções para ficar integrado 2006. Esse Mundial foi de
nesse escalão de forma de forma profissional, com vontade de ir altíssimo nível, não só no
permanente? mais além. Espero que este trabalho pos- futebol jogado mas também
R - Antes de pensar se terei ou sa corresponder também a uma evolução nos árbitros. Lembro-me que, para dirigir
DURA Automotive não condições para integrar por muito contínua na carreira. O desporto atual a final, se analisássemos o quadro de ár-
tempo este escalão é importante pensar obriga a uma multidisciplinaridade de bitros da competição, existiam, à vontade,
Apesar da aproximação da data de
primeiro em quais são as competências competências, tanto a nível físico, técnico, dez nomes de grande credibilidade para
concretização da anunciada saída do maior
necessárias para estar neste patamar. Eu como, principalmente, a nível mental e o o fazer. Além disto, sempre tive o futebol
cliente da fábrica, a administração da
sei quais são, pelo que me resta traba- trabalho desenvolvido deve ir ao encon- presente em minha casa. O meu pai jogou
DURA Automotive continua a deixar no ar
lhar para alcançá-las. O desporto a este tro disso mesmo. a nível distrital e nacional, os meus avôs
a incerteza perante o futuro. Os trabalhado-
nível não permite estagnação, obriga a são apaixonados por desporto (o meu
res concretizaram esta quarta-feira, frente
melhoria constante e contínua e é nesta P - Como avalia a arbitragem dis- avô materno foi inclusive árbitro), o meu
à empresa de Vila Cortês do Mondego,
base que está o meu foco: trabalhar com trital da região? irmão jogou futebol comigo na formação
mais uma paralisação fortemente motivada
vontade de evoluir! R - A arbitragem no distrito de Caste- do Futebol Clube Estrela de Unhais da
pela dúvida sobre o destino dos postos
lo Branco está a atravessar um período de Serra (o clube da minha terra) e, por-
de trabalho. «Queremos que nos seja
P - Acha possível um dia chegar a alguma indefinição. Existem jovens com tanto, penso que nasci num ambiente
comunicada qual a decisão», afirma Paulo
árbitro da categoria principal deste bastante potencial a iniciar a atividade, propício a enveredar por uma qualquer
Ferreira, da comissão de trabalhadores,
escalão? Quais as maiores dificuldades existem outros árbitros já com alguma área do desporto. Depois da experiência
que lamenta que estes «sejam obrigados a
que enfrenta para o conseguir? maturidade que se estão a lançar, há como jogador de futebol na formação,
permanecer nesta incerteza diariamente».
R - Não adianta idealizar ou sonhar outros com créditos já firmados que es- escolhi a arbitragem. Hoje percebo que
se depois não aliarmos a isso um traba- tão na altura do “tudo ou nada” e depois é, de facto, a minha grande paixão des-
lho realista e de suporte. Como disse, existem os mais “veteranos”, muitos deles portiva e aquilo que me mantém ligado
comprometo-me apenas em trabalhar com passado rico na arbitragem, que me à modalidade.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • •3

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

Um lugar nas listas…


Os partidos estão em grande reboliço na preparação das
próximas eleições legislativas. Nos próximos dias as dúvidas
ficarão clarificadas, com o anúncio dos nomes que compõem
as candidaturas. Infelizmente os programas, as ideias e pro-
postas são cada vez menos relevantes – os nomes e o lugar
na lista são a única nota relevante. Por isso, a perceção de que
a política passou a ser um mundo de interesses, esquemas e
para oportunistas – mas não, mesmo considerando os muitos
casos de corrupção que têm sido revelados, mesmo olhando
para um histórico de interesses pessoais, de relações familiares,
de participação em esquemas ilícitos, ainda acreditamos que
em política não vale tudo e que os eleitos são idóneos e põem
o interesse comum à frente dos interesses pessoais – temos de
acreditar que é assim e temos de exigir que assim seja!
O presidente do PSD decidiu surpreender com a escolha
de “desconhecidos” para algumas listas. Estranhamente, todos
defendemos a regeneração e renovação da política, mas o que
ouvimos foi um coro de críticas às escolhas de Rui Rio. Com-
preende-se, estamos habituados ao domínio dos “profissionais”
da política e parece estranho que os rostos mais conhecidos
sejam excluídos. A renovação em política não significa neces-
sariamente o rejuvenescimento dos quadros com a ascensão
de jovens; não é apenas uma questão etária, mas antes de dar
lugar a outras pessoas, a outras formas de pensar e de estar
na política e, em última instância, de contrariar maus hábitos,
Da normalização dos vícios e interesses instalados. Nesse sentido, Rio faz bem em
chamar pessoas de fora da “caixa”, falta perceber se é uma
opinião
Fidélia Pissarra “Emplastros” purga sobre adversários internos, uma teimosia pessoal (fazer
diferente) ou um caminho de regeneração.
Na Guarda (que vai eleger apenas três deputados), Rui
Fernando veio do Norte, presumo. Do que me lem- e menor corpo, os emplastros da política costumam
Rio deverá contrariar as previsões «mais óbvias». Como aqui
bro, terá começado a sua “carreira” a correr atrás dos socorrer-se dos fatos gravata para sobressair atrás
escrevi na edição de 28 de fevereiro (https://www.ointerior.pt/
repórteres que, precisamente, reportavam o quotidiano dos que falam para um microfone. O que poderá levar
opiniao/a-miragem-da-europa/) Ester Amorim poderá encabeçar
do FCP. O que, por si só, mais do que alguma presença a pensar que, provavelmente, se o Fernando Emplastro
a lista do PSD, relegando para segundo lugar o ainda presidente
de espírito revela sagacidade no homem. Tivesse ele se vestisse sempre à James Bond, tal qual naquela ses-
da distrital Carlos Peixoto. Depois se verá se Amaro mantém a
escolhido andar atrás dos repórteres de uma qualquer são fotográfica, estaria já de deputado numa qualquer
influência junto do líder, após ser constituído arguido em dois
feira do livro e, com sorte (nossa, evidentemente), só assembleia. Já que, à maioria deles, também nunca se
processos, “defendendo” Peixoto como cabeça-de-lista e um
o veríamos de ano a ano na televisão. ouviu palavra, por isso nem sabemos o que pensam ou
lugar para Cidália Valbom e Carlos Condesso (o PSD deverá
Não sei quem terá nascido primeiro, se o emplastro de onde vêm. Também não lhe conhecemos obra, logo
eleger apenas um deputado). Ângela Guerra vai fazer a sua
Fernando do Norte, que costuma ser simultaneamente não sabemos o que fazem. Às vezes, ou na maioria das
travessia do deserto, para voltar depois de Rio, e a concelhia
adepto do FCP e dos seus adversários, se os outros vezes, nem damos por eles logo à primeira, o certo é
da Guarda quer Tiago Gonçalves na lista.
emplastros todos a quem não vem prurido ao mundo que acabam por persistente e propositadamente se nos
O PS no distrito da Guarda deverá protagonizar uma peque-
por serem, em diferido, apoiantes da República e da tornar familiares.
na “revolução”, com o afastamento natural de Santinho Pacheco
Monarquia. Dadas as muitas semelhanças, acho bem Facto que, por preguiça, não nos ocorre ques-
e Maria Antónia Almeida Santos (que durante quatro anos se
provável que tenham nascido no mesmo dia e aquilo tionar: de onde é que te conheço, és quem, fizeste o
esqueceu que foi eleita pela Guarda) e a escolha de Ana Mendes
mais não seja que caraterística do seu signo astrológi- quê? Assim, ao abdicarmos do direito de mais tarde
Godinho, atual secretária de Estado do Turismo (com ligações
co, porque mesmo não acreditando em coincidências lhes cobrar o que quer que seja, nos tornamos nuns
familiares a Foz Côa), para cabeça-de-lista, seguida por Pedro
que as há, há. Só assim se compreende que tanto o Fer- preguiçosos do escrutínio. Depois acabamos a aceitar
Fonseca (líder da distrital). Se Maria Antónia for “encaixada”
nando, como os seus congéneres da política tenham a com naturalidade as expetativas goradas, preferindo
noutro distrito, Olga Marques será o terceiro nome de uma lista
mesma obsessão por aparecer nas imagens televisivas. não insultar os emplastros políticos que nos lembrámos
que terá o jovem Fábio Pinto no quarto lugar. Como é provável
É como se aquilo fosse a sua missão de vida, o compor de eleger. Os que geralmente, mesmo não se chamando
que Ana Mendes Godinho continue no governo, Pedro Fonseca
o friso de trás no cenário destinado aos protagonistas Fernando e terem mais gravatas do que ele, não passam
e Olga Marques poderão ser os próximos deputados socialistas
de qualquer coisa. Fossem todos os líderes políticos, de emplastros: gente sem história, além da de imagens
pelo distrito.
empresários, artistas em voga, enfim VIP’s de qualquer televisivas em que tudo fazem por aparecer. Porque,
No distrito de Castelo Branco, depois da queda com estrondo
maneira ou feitio, tão perenes como os do PC e do FCP indubitavelmente, a única batalha destes “políticos”
de Manuel Frexes, Luís Santos é o novo rosto da distrital, mas Rio
que em vez de um Fernando teríamos uma miríade emplastro resume-se, em exclusivo, ao acotovelamento
escolheu para liderar a candidatura social-democrata uma mulher:
deles. Por isso, ainda bem que dar tempo a que todos por um ângulo mais favorável num ecrã. Normalmente,
Cláudia André. E o PS deverá confirmar Hortense Martins como
os emplastros políticos se petrifiquem nos palcos, ao valendo-se apenas de uma gravata a condizer com a
cabeça-de-lista, apesar de arguida no processo da “Herdade do
contrário dos dois exemplos, nem sequer seja a regra. de quem orienta câmaras e microfone, isto é gente em
Regato”, e para vergonha de todos os socialistas da Beira Baixa.
Sem grandes sinais distintivos, menos estrábicos quem se costuma por votar.

PUB
4• • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

Ana Mendes Godinho Cláudia André é cabeça


de lista do PSD em
Castelo Branco

e Ester Amorim
Rui Rio
escolheu mais
quatro caras
novas para

lideram listas do PS
cabeças-de-
lista nas le-
gislativas de
outubro para
os círculos eleitorais de Beja, Castelo

e PSD na Guarda
Branco, Setúbal e Santarém.
Em Castelo Branco será Cláu-
dia André quem vai liderar a lista
social-democrata. A candidata, atual
vereadora na Câmara da Sertã, é a
Estruturas distritais estão a ultimar listas para serem aprovadas e apresentadas porta-voz para a Educação, Cultura,
Juventude e Desporto no Conselho
até ao final de julho, o que não se fará sem polémica e contestação Estratégico Nacional, trabalhando
Luis Martins lado a lado com o vice-presidente do
Rui Rio aposta em Ester Bloco recandidata Jorge PSD David Justino.

As legislativas já mexem
Amorim Mendes Legislativas
nas principais estruturas
partidárias da Guarda, que Rui Lino lidera lista do
este ano apenas vai eleger três BE por Castelo Branco
deputados para a Assembleia O Bloco de
da República. Os próximos Esquerda (BE)
tempos prometem polémica anunciou Rui
e contestação no PS e no PSD Lino para lide-
por causa dos lugares nas rar a lista por
respetivas listas, que deverão Castelo Branco
ser lideradas por duas às legislativas
mulheres. de outubro.
O candidato integra o núcleo
Ana Mendes Godinho certa concelhio da Covilhã e é um dos por-
ta-vozes da Comissão Coordenadora
A professora de Gestão no Instituto A lista do Bloco de Esquerda já está
no PS Politécnico da Guarda também é dada como praticamente definida e será encabeçada Distrital de Castelo Branco do BE.
certa num dos dois lugares elegíveis da lista por Jorge Mendes, professor e antigo A lista foi aprovada no sábado pela
do PSD pelo círculo guardense. presidente do Instituto Politécnico da mesa nacional do Bloco. Com Rui
Amiga pessoal do líder Rui Rio e mem- Guarda. Lino vão António Luís Fiúza, Teresa
bro da Comissão de Auditoria Financeira do O nome foi oficializado esta terça- Silvestre, Florinda Guedes, Carlos
partido, Ester Amorim é militante na Guarda feira pela comissão coordenadora dis- Garrido, Helena Ribeiro, Samuel
desde os anos 80 e a sua influência tem vindo trital do partido, que anunciou também Chiquita e Isabel Fians. Natural de
a crescer, embora não lhe seja conhecida o número dois, o professor da Escola Coimbra, Rui Lino é assistente social
nenhuma intervenção política de relevo nos Superior de Educação, Comunicação e e reside na Covilhã, estando ligado
últimos anos. Com a sua escolha, o presi- Desporto do IPG Domingos Monteiro. O a associações e organizações locais,
dente do partido resolve a questão da quota cabeça de lista, que entretanto se filiou nomeadamente o Núcleo 8M Cova
nacional sem grandes contrariedades a nível no BE, assumiu como principal objeti- da Beira, sendo ainda presidente de
local, porque Ester Amorim vive e trabalha vo o reforço da votação do Bloco – há uma associação de desenvolvimento
na Guarda, e dá um ar de renovação à lista. quatro anos foi a terceira força política local.
Não será por acaso que a atual se- Carlos Peixoto, atual líder distrital, deverá mais votada no distrito, tendo obtido
cretária de Estado do Turismo estará ser o segundo candidato do PSD, mas tem em mais de 6.700 votos. Já a eleição de um
esta sexta-feira em Vila Nova de Foz Côa
PSD
risco o seu quarto mandato consecutivo no deputado «é difícil, mas não é impossí-
para participar num plenário de militan- Parlamento por força da redução do número vel», disse Jorge Mendes. Luís Santos é o novo
tes para fazer o balanço do mandato do de deputados eleitos pela Guarda. líder em Castelo Branco
Governo. Com raízes familiares naquele
concelho, Ana Mendes Godinho será a
A presidente da Assembleia Municipal
da Guarda também está na corrida por um
CDS candidata Henrique Luís San-
tos é o novo
principal escolha do partido na Guarda, lugar, o terceiro, enquanto Tiago Gonçalves, Monteiro presidente da
tendo já merecido o apoio de Pedro Fon- presidente da concelhia guardense, deverá Distrital do
seca. De resto, o líder federativo irá em concorrer em quarto lugar. O seu nome já foi PSD de Cas-
segundo lugar, a celoricense Olga Mar- indicado pela secção local à comissão política telo Branco.
ques – antiga presidente das Mulheres distrital para ocupar um dos quatro primei- O sucessor de
Socialistas, mulher de José Luís Cabral, ros lugares da lista. Carlos Condesso, vice- Manuel Frexes,
candidato derrotado na Federação que presidente da Distrital e chefe de gabinete de que se demitiu no início de junho, foi
apoiou Pedro Fonseca, e irmã de José Al- Álvaro Amaro e Carlos Chaves Monteiro na eleito no sábado, com 337 dos 585 vo-
bano Marques – será terceira e o líder da Câmara da Guarda, é outro dos nomes mais tos registados, ou seja, 60,7 por cento
JS Fábio Pinto tem garantido o quarto lu- referidos para a lista do PSD e conta mesmo dos sufrágios.
gar. Estes quatro nomes vão ser indicados com o apoio de algumas concelhias laranjas. O adversário, Álvaro Batista, atual
pela Federação à estrutura nacional do Quem não gostou de ser excluída dos primei- deputado na Assembleia da República,
PS após validação dos órgãos distritais. ros lugares da lista foi a JSD, que já reagiu em obteve 233 votos (39,25 por cento).
A novidade é que, quando foi eleito líder comunicado para fazer saber que Fernando Natural de Castelo Branco, Luís Santos
da Federação, Pedro Fonseca afirmou Melo deve ocupar um lugar elegível, tal como reside na Covilhã e foi a votos com o
que não seria candidato a deputado. A decidido em junho no Conselho Distrital da lema “Compromisso com o Futuro”,
justificação para a mudança é que «to- jota. A O INTERIOR, Carlos Peixoto apenas tendo assumido que pretende «cativar
dos os presidentes da Federação foram disse que a lista deverá ser aprovada na o distrito» para contribuir «positiva-
candidatos nas legislativas, em primeiro, Distrital «no final desta semana ou durante O presidente da Distrital do CDS será o mente» para as eleições legislativas
segundo ou terceiro lugar», recordou a O a próxima», pelo que até lá, «tudo o que se cabeça-de-lista dos centristal nas próximas de outubro.
INTERIOR o dirigente. disser ou escrever é pura especulação». legislativas.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • •5

A fronteira como
destino turístico
Trancoso acolheu
Guarda será sede
do novo Comando
fórum do CEC sobre as
oportunidades do turismo
fronteiriço na raia luso-
espanhola

da Unidade de
O projeto “Destino Fronteira”, vo-
cacionado para o desenvolvimento do
turismo fronteiriço, foi apresentado
em Trancoso na sexta-feira durante

Emergência, Proteção
um fórum promovido pelo CEC/CCIC
– Conselho Empresarial do Centro/
Câmara de Comércio e Indústria do
Centro. A sessão foi organizada em

e Socorro da GNR
colaboração com a Câmara de Tran-
coso e a AENEBEIRA – Associação
Empresarial do Nordeste da Beira.
Trata-se de um projeto plu-
rirregional, a executar ao longo da
fronteira luso-espanhola, com o ob-
jetivo de implementar uma estraté- Organismo de âmbito nacional ficará instalado na antiga sede da Infraestruturas
gia de desenvolvimento turístico da de Portugal, na Avenida Francisco Sá Carneiro
zona raiana como «destino único, LM
integrado, estruturado e baseado Luis Martins
em recursos endógenos». São con-
sideradas oportunidades o turismo
enológico, de natureza, de história A Guarda vai acolher o novo
e património e ligado à água (rios, Comando da Unidade de Emer-
termas, etc.). Na sessão de abertura, gência, Proteção e Socorro da
José Maria Costa, presidente da GNR, que ficará nas antigas insta-
Rede Ibérica de Entidades Trans- lações da Infraestruturas de Por-
fronteiriças de Cooperação (RIET) tugal (IP), na Avenida Francisco Sá
e autarca de Viana do Castelo, subli- Carneiro, que serão alvo de obras
nhou que o turismo de fronteira tem de requalificação.
uma «relevante importância» numa A decisão é do Ministério
região que se extende ao longo de da Administração Interna (MAI)
900 quilómetros e possui «patri- e foi revelada por Carlos Chaves
mónio edificado, como os castelos, Monteiro na reunião de Câmara
e áreas ambientais de excelência». da última segunda-feira. Trata-se
Na sua opinião, desenvolver o de um organismo de âmbito na-
turismo de fronteira é «contribuir cional, que vai suceder aos Grupos
Autarquia vai «ajudar» nas obras de adaptação do edifício, disse Chaves Monteiro
para a valorização do interior de Intervenção de Proteção e
através da reabilitação e recupera- Socorro (GIPS) da GNR, e que vem ser preparada com o Instituto ral. «As pessoas têm que fruir gia de fôlego e a longo prazo» para
ção de muitas casas e património para a Guarda porque o respeti- Politécnico e a seu tempo será o centro da cidade e para que aquela zona. «O centro histórico,
construído, mas será também um vo decreto-lei determina a sua apresentado aos guardenses». isso aconteça é preciso haver que é a joia da coroa da Guarda,
fator de dinamização dos produtos instalação em regiões de baixa E reiterou que a Guarda «tem espaços de atração à zona his- merece uma envolvência entre o
endógenos, da economia local e da densidade. «As negociações com interesse e tudo fará» para man- tórica, e é isso que queremos investimento público e o investi-
fixação de mais jovens». Por sua vez, o MAI concluíram-se agora, sou- ter o comando da Proteção Civil fazer com esta aquisição», con- mento privado», afirmou o verea-
José Couto, presidente do CEC, consi- bemos da decisão na passada no âmbito da futura reforma do siderou Chaves Monteiro. Os dor da oposição, lamentando que
derou que o relacionamento cultural, quinta-feira, mas já têm mais setor que vai criar comandos dois eleitos socialistas votaram o município não instale ali uma
social e económico que existe entre o de um ano», frisou o autarca aos sub-regionais. Para Pedro Fonse- favoravelmente este ponto por incubadora de empresas para os
Alto Minho e a Galiza «é um exemplo jornalistas no final da sessão. O ca, vereador do PS, esta decisão considerarem que é «um fator jovens. Na resposta, Carlos Chaves
a seguir para o resto de Portugal». edil disse também que ainda não do Governo é «um exemplo de positivo» para a dinamização do Monteiro declarou que a Câmara
No entanto, o dirigente lembrou que há prazo para a instalação deste como o setor público pode dar centro histórico. Contudo, Edu- também está a trabalhar nesse
Portugal e Espanha partilham a fron- Comando na cidade mais alta, um contributo importante» para ardo Brito voltou a insistir que a projeto, que será apresentado
teira mais antiga e estável da Europa, onde deverá contar «com cerca o interior e vem reforçar «a capi- Guarda precisa de «uma estraté- «a seu tempo».
«mas continuamos de costas uns de 50 elementos na fase inicial e talidade» da Guarda no contexto
para os outros», no que disse ser
fruto de uma «questão cultural».
um total de 100 posteriormente,
entre oficiais e guardas».
regional. Nesta sessão, o executivo
aprovou por unanimidade a aqui-
Câmara preocupada com atrasos
Já Tomás Martins, presidente
da AENEBEIRA, afirmou que o
Entretanto, o município vai
«ajudar na requalificação» dos
sição de duas casas degradadas
na Praça Velha para acolherem
no Hotel Turismo
turismo tem revelado nos últimos edifícios mais antigos da antiga serviços e espaços culturais após
Na segunda-feira, o executivo manifestou preocupação com
anos «índices ineludíveis de assi- sede da IP, sendo aproveitado serem recuperadas. O presidente
o andamento da requalificação do Hotel Turismo.
nalável crescimento nas regiões parte do edifício novo, para onde da Câmara adiantou que o negó-
O assunto foi abordado por Eduardo Brito, que admitiu que
do interior na procura, oferta e se transferiu recentemente a de- cio implicou o pagamento de 210
«gostaríamos de ver um estilo mais rápido» na intervenção,
investimento». Nesse contexto, será legação da Guarda do Instituto da mil euros pelos imóveis contíguos
apesar de reconhecer que a MRG está dentro dos prazos» do con-
«o principal instrumento de multi- Mobilidade e dos Transportes aos antigos Paços do Concelho,
trato. Uma opinião partilhada por Carlos Chaves Monteiro, para
plicação de oportunidades empre- Terrestres (IMTT). «Atualmente onde funciona a sede da Comuni-
quem este compasso terá a ver com o facto do grupo empresarial
sariais nestas regiões», considerou estão a decorrer contactos entre dade Intermunicipal das Beiras e
estar a tentar encontrar soluções para ocupar os 49 por cento de
o dirigente, enquanto Amílcar Sal- a Infraestruturas de Portugal e Serra da Estrela.
área que não se destinam a hotel. «Há um potencial investidor
vador, presidente do município de a GNR por causa da cedência A área total de construção
na área da saúde e a Câmara vai sugerir que parte desse espaço
Trancoso, lembrou que a “cidade de de instalações, mas há vontade é de 380 metros quadrados. O
possa também ser aproveitado para criar, eventualmente, uma
Bandarra” tem batido recordes em política para concretizar este objetivo é requalificar os edifí-
residência de estudantes, mas o projeto é de iniciativa privada.
termos de visitantes e de dormidas comando nacional vocacionado cios a partir de «setembro ou
Ao município compete dar todas as condições para que avance
fruto da aposta «em eventos e na para a proteção civil na Guarda», outubro» para que a parte do
no mais curto espaço de tempo porque somos facilitadores do
valorização do património». «Hoje, sublinhou Chaves Monteiro. O rés-do-chão seja concessionada
investimento», referiu o edil guardense. Entretanto, a autarquia
Trancoso é um destino turístico in- edil acrescentou que também à economia privada e a parte
anunciou para segunda-feira, pelas 15 horas, a inauguração da
contornável entre o Douro e a Serra a criação do Centro Nacional superior seja vocacionada para
piscina natural da barragem do Caldeirão.
da Estrela», disse o edil. de Educação Rodoviária está «a espaço museológico ou cultu-
6• • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

AAUBI lança projeto


S para apoiar idosos
Sociedade da região DR
Sofia Craveiro

A Associação
Académica da
Pinhel Universidade da Beira
Município Interior (AAUBI)
propõe-se identificar
implementa e acompanhar idosos
programa de dos concelhos de
Belmonte, Fundão e
voluntariado Covilhã para combater
juvenil a exclusão social
Promover a participação desta faixa etária. A
dos jovens em ações de vo- iniciativa foi aprovada
luntariado de interesse social e está a votos para ser
e comunitário é o objetivo do incluída no Orçamento
programa “Pinhel nas tuas Participativo Jovem
Mãos” criado recentemente (OPJ).
pela autarquia.
O respetivo regulamento Voluntariado jovem para
foi publicado na segunda-fei- combater o isolamento e exclusão
ra em “Diário da República” social dos idosos. Esta é a propos-
ta candidatada pela Associação Iniciativa pretende «dar um contributo importante à região, garantindo que seja mesmo o Governo a implementá-la»,
e estabelece que o objetivo
Académica da Universidade da refere Afonso Gomes, presidente da AAUBI
é «incentivar o espírito de
iniciativa, de solidariedade Beira Interior (AAUBI) e que está sócio-afetivo» dos idosos para que a ideia avante no primeiro ano, no associativismo estudantil du-
e de pertença comunitária», a votos no Orçamento Participa- seja possível «colmatar as suas transitando assim no nosso plano ram um ano, o que torna muito
fazendo com que os jovens tivo Jovem (OPJ). necessidades, quer através da de atividades para o mandato de complicado executar este tipo de
colaborem em projetos de- A ideia é apoiar e sinalizar angariação de bens materiais ou 2019», adianta o dirigente estu- projetos mais complexos». Apesar
senvolvidos pelo município, os idosos mais carenciados dos acompanhamento a consultas de dantil. A proposta foi apresentada disso, o responsável salienta que,
pelas instituições particula- concelhos de Belmonte, Covilhã saúde programadas», assim como publicamente na Covilhã, em sendo o orçamento participativo
res de solidariedade social e Fundão através do projeto de- outras situações onde seja neces- abril, onde a delegação regional uma iniciativa governamental,
e por associações juvenis nominado “Knock-Knock”. Com sário prestar apoio aos idosos. da zona centro do Instituto Por- «aproveitámos para candidatar
e culturais. O “Pinhel nas esta iniciativa, a associação aca- O presidente da AAUBI considera tuguês do Desporto e da Juven- este projeto, que, se for um dos
Tuas Mãos” pretende ainda démica pretende «implementar que é um projeto «bastante im- tude promoveu uma sessão de vencedores, irá dar um contri-
proporcionar aos jovens «ex- um sistema de apoio» através do portante, principalmente nesta apresentação de ideias para este buto importante à região e à
periências enriquecedoras qual os indivíduos sinalizados região do interior, onde existem Orçamento Participativo. sociedade, garantindo que seja
que lhes permitam ocupar receberiam «mensalmente, na várias localidades isoladas e a O projeto “Knock-Knock” mesmo o próprio Governo a
os tempos livres, com ativi- sua habitação, um estudante população – maioritariamente passou todas as fases e foi aprova- implementá-lo». Após a fase de
dades de natureza cultural, voluntário, promovendo um idosa – começa a não ter condi- do, tendo-lhe sido atribuída uma aprovação, decorrem agora as
ambiental, turística ou social, convívio intergeracional, o com- ções para se deslocar aos centros verba de 35 mil euros. O presi- votações finais até 4 de agosto
geradoras de impacto posi- bate ao isolamento e à exclusão de saúde», explica Afonso Gomes. dente da associação académica da para eleger os projetos vence-
tivo na comunidade e sejam social», de acordo com a AAUBI. A ideia partiu do Departamento UBI considera que este financia- dores. «Espero que todos nos
experiências de valorização O objetivo primordial prende-se de Saúde e Ação Social da AAUBI mento será «uma grande ajuda» possamos unir em torno desta
pessoal». Segundo o regu- com a identificação de «possíveis já no ano passado. «Devido à sua para a concretização da iniciativa, causa e votar em prol da região»,
lamento, podem participar carências ao nível psicológico e complexidade foi impossível levar mas ressalva que «os mandatos apela Afonso Gomes.
jovens dos 14 aos 30 anos,
que terão direito a uma bolsa Fado
para compensação de despe-
sas a atribuir pelo município, Ana de Jesus Lopes venceu concurso “Amália Rodrigues” DR
no valor de dois euros por Ana de Jesus Lopes, residen- Castelo, compositor, produtor
cada hora de ocupação efe- te em Castelo Branco, venceu discográfico e músico; Miguel
tiva (no máximo de 30 horas a sexta edição do concurso de Carvalhinho, professor de gui-
mensais), a um seguro de fado “Amália Rodrigues”, que tarra clássica da ESART/IPCB;
acidentes pessoais e a um decorreu no domingo à noite, e Luís Rodrigues, professor de
certificado de participação. no Fundão. canto na Academia de Música e
A final teve lugar no Lar- Dança do Fundão.
go da Capela do Calvário e foi Promovido pelo município,
protagonizada por sete fadistas o concurso contou inicialmen-
amadores. Os finalistas foram te com dez concorrentes. O
apurados nos ensaios/ elimi- vencedor recebeu 250 euros e
natórias realizadas durante a terá a oportunidade de gravar
tarde no Casino Fundanense por uma maqueta profissional nos
um júri constituído por Alcina estúdios Pé de Vento, de Fer-
Cerdeira, vereadora da Câmara nando Nunes, com a produção
do Fundão; Alexandra Cruchi- de Custódio Castelo. O segundo
nho, professora de Design de classificado levou 200 euros
Moda da ESART/IPCB; Custódio para casa e o terceiro 150.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • •7

Pinhel eleita Cidade do Vinho 2020 Vila Nova de Foz Côa


Homem morto a tiro por recusar casar filha menor
Escolha mereceu o voto da «grande maioria» dos associados presentes na A recusa em alinhar num casamento com a afronta, a família do noivo exigiu o
Assembleia Intermunicipal da Associação dos Municípios Portugueses do arranjado entre famílias ciganas terá es- cumprimento da promessa e ameaçou o
Vinho, reunida na sexta-feira tado na origem da morte de um homem pai de morte, tendo consumado o crime
DR
de 39 anos em Vila Nova de Foz Côa, na em Vila Nova de Foz Côa, para onde o ho-
manhã da passada sexta-feira. Francisco mem tinha fugido há poucos dias. Segun-
Cardoso de Sá foi baleado mortalmente à do relatos de populares, tudo aconteceu
porta de casa, em plena Rua das Atafonas, de forma rápida e sem discussões. Após
alegadamente por elementos da família os disparos, os suspeitos – dois, ao que
do noivo. tudo indica – fugiram sem deixar rasto.
Ao que tudo indica, a vítima, natural Baleada no tórax, a vítima ainda foi
do Fundão mas radicado na Maia, na zona assistida no local por elementos dos bom-
do Porto, teria prometido casar a filha, de beiros e do INEM, tendo sido transporta-
14 anos, com um rapaz de uma família da da para o Serviço de Urgência Básica da
mesma etnia a residir na Lixa. No entanto, cidade, onde foi declarado o óbito. A GNR
o casamento nunca se concretizou por- tomou conta da ocorrência, mas a investi-
que a jovem recusou contrair matrimónio gação transitou para a Polícia Judiciária,
«2020 será, sem dúvida, o melhor ano para Pinhel assumir o título de “Cidade do Vinho”»,
considera Rui Ventura e terá tido o apoio do pai. Confrontada que continua à procura dos suspeitos.

Pinhel será “Cidade do Vinho” em De resto, o autarca destacou o facto desta


2020. A eleição aconteceu na sexta-feira “capitalidade” acontecer em 2020, quando Parlamento europeu
durante a Assembleia Intermunicipal da Pinhel vai assinalar os 250 anos de elevação Álvaro Amaro nas comissões de Política Agrícola e Coesão
Associação dos Municípios Portugueses do a cidade e a Feira das Tradições, o maior O eurodeputado Álvaro Amaro foi elei- que se discute a reforma da PAC, as alte-
Vinho, que decorreu no Peso da Régua, “Cida- certame de Inverno da Beira Interior, come- to membro da Comissão da Agricultura e do rações climáticas, a segurança alimentar
de do Vinho” 2019. A “cidade falcão” venceu morará o quarto de século. «Será, sem dúvida, Desenvolvimento Rural (AGRI) e suplente e a renovação geracional. Paralelamente,
por «grande maioria» o único adversário a o melhor ano para Pinhel assumir o título de da Comissão do Desenvolvimento Regional Álvaro Amaro irá também acompanhar
concurso, Silves, no distrito de Faro. “Cidade do Vinho”», sublinhou Rui Ventura. (REGI) no Parlamento Europeu. a política regional, «cuja dotação atinge
Rui Ventura congratulou-se com a elei- Segundo uma nota do município, ao Segundo um comunicado do gabinete cerca de um terço do orçamento total da
ção, garantindo que Pinhel quer «valorizar longo do próximo ano será desenvolvido do ex-autarca da Guarda, o social-demo- UE, particularmente a regulamentação
cada vez mais» o vinho de Portugal, que um «vasto conjunto de iniciativas que te- crata irá desempenhar funções nas duas relativa aos fundos estruturais e de inves-
considera ser um produto que «marca a rão a vinha e o vinho como denominador comissões parlamentares responsáveis timento e a sua utilização por Portugal»,
diferença» no país. Além disso, a cidade comum». A iniciativa “Cidade do Vinho” tem por políticas que mobilizam «a maior de acordo com o comunicado. Sendo
tem «a responsabilidade acrescida de ser a como objetivo contribuir para valorizar a parte dos fundos europeus», que são membro suplente da REGI, o eleito por-
maior produtora de vinho da Beira Interior riqueza, a diversidade e as características a Política Agrícola Comum (PAC) e de tuguês sublinhou a prioridade da União
e pretende transportar aquilo que é a marca comuns da cultura da vinha e do vinho e Coesão. O eurodeputado acompanhará, Europeia continuar a apostar no «desen-
e qualidade dos vinhos da Beira Interior, de todas as suas influências na sociedade, entre outros dossiers, «o novo quadro volvimento regional e numa maior coesão
não só para o mundo dos enólogos, mas paisagem, economia, gastronomia e pa- institucional e orçamental da agricultura territorial, com particular incidência nos
também para aquele mundo que é o dos trimónio, de forma a permitir um melhor europeia (pós 2020)», num momento em territórios de baixa densidade».
curiosos», afirmou edil aos jornalistas. conhecimento mútuo entre os portugueses.
PUB

ULS Guarda
Problema em frigorífico inutilizou 20 mil euros
de medicamentos
O Conselho de Administração da para os telemóveis que lhes estão adstri-
Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda tos, nem para a Central». A ULS acrescenta
confirmou que foram «inutilizados» medica- que, «passada esta meia hora voltou tudo
mentos, «num valor que ronda os 20 mil eu- à normalidade e a sonda funciona agora
ros», na farmácia do Hospital Sousa Martins, perfeitamente, não se tendo conseguido
devido a uma avaria detetada tardiamente. detetar a causa do problema». Contudo,
O incidente ocorreu no final do mês «por uma questão de precaução para a
de junho. Na quinta-feira, a administração segurança dos doentes, os medicamentos
hospitalar presidida por Isabel Coelho que se encontravam no equipamento, num
esclareceu que «durante meia hora des- valor que ronda os 20 mil euros, não foram
ceu a temperatura de um dos frigoríficos administrados, o que levou a serem inutiliza-
científicos e a sonda não sinalizou o erro dos», confirmou a Unidade Local de Saúde.

Belmonte
Trabalhadores de fábrica de calçado em greve
por salários em atraso
Os trabalhadores da empresa Classic junho, segundo a mesma nota. Este aviso
Belmonte Shoes entraram em greve na foi também partilhado com a Câmara
terça-feira devido a atrasos nos salários. Municipal de Belmonte e a Autoridade
Cerca de dezena e meia de funcionários para as Condições do Trabalho.
estiveram à porta da referida fábrica- que No seguimento da falta de pagamen-
fechou as portas- e informaram que vão to que se verificou até ao mesmo dia, os
proceder à suspensão dos contratos. funcionários deslocaram-se aos escritóri-
«Desde Outubro de 2018 que os os da empresa (no Parque Empresarial
trabalhadores da empresa de calçado de Belmonte) e comunicaram o início da
no parque industrial de Belmonte tem greve. Após este aviso, deslocaram-se à
recebido os vencimentos com atraso, Câmara de Belmonte, para informar desta
tendo nos últimos meses esta situação se situação. No regresso, as portas da fábrica
agravado nos prazos», de acordo com o encontravam-se fechadas.
comunicado enviado pelo Sindicato de Tra- Apesar de anunciarem a suspensão
balhadores do Sector Têxtil da Beira Baixa. dos contratos, os trabalhadores admitem
A administração da firma terá rece- regressar ao trabalho «bastando efetuar
bido um aviso de pré-greve «que dava o pagamento dos salários em dívida e de
à empresa a possibilidade de pagar até imediato estes trabalhadores não efeti-
ao dia 8 de Julho» os salários de maio e vam a suspensão», informa o sindicato.
8• • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

Feira Antiga animou centro histórico de Manteigas


Certame contou com cerca de 30 expositores, uma caminhada, animação teatral e musical durante três dias
LM
O centro histórico de Mantei- que trabalham o burel «de forma é nossa obrigação proporcionar-
gas foi local de visita obrigatória inovadora» e estão a apostar na ex- lhes alguns momentos de des-
no fim de semana com mais uma portação, empregando atualmente contração e animação para que
edição da Feira Antiga. A ativida- «algumas dezenas de pessoas». gostem da estadia, regressem
de foi este ano dedicada ao tema Além dessa evocação, a Feira An- numa outra oportunidade e pas-
“Nos Trilhos do Pastor” e juntou tiga pretendeu também «animar o sem a palavra de que Manteigas
cerca de 30 expositores. concelho e fazer sentir bem quem vale a pena ser visitada», disse
O objetivo era recordar «as veio a Manteigas», num fim de o edil. Segundo Esmeraldo Car-
vivências e tradições em torno semana em que a vila era o centro valhinho, «Manteigas já não tem
de usos e costumes que fizeram das atenções devido à realização turismo sazonal, é visitada ao
parte da nossa história e que con- da prova de ciclismo do Granfondo longo do ano e é cada vez mais um
tribuíram para o desenvolvimento Serra da Estrela, que tinha mais de destino turístico de qualidade».
económico de Manteigas», disse o mil inscritos, e da etapa portuguesa Repartida entre o Largo Dr. João
presidente do município. Esmeral- da Taça do Mundo de Parapente, Isabel e a Praça Luís de Camões,
do Carvalhinho acrescentou que que terminou no sábado. a Feira Antiga, organizada pelo
essa «época áurea» dos têxteis «Há milhares de pessoas em município, incluiu a exposição e
está novamente a despontar em Manteigas, cuja capacidade hote- Feira Antiga pretendeu «fazer sentir bem quem veio a Manteigas» no fim venda de artesanato, bem como
de semana, disse Esmeraldo Carvalhinho
Manteigas graças a duas empresas leira esgotou, pelo que também gastronomia e animação de rua
e musical. Entre sexta-feira e do-
PUB
mingo houve bailes, degustações,
encenações, atuações de ranchos
folclóricos, cantares ao desafio e
fado. No sábado realizou-se uma
caminhada por trilhos da pastorí-
cia na envolvente da vila serrana.

Aldeias Históricas
“Milagre da Lua
Nova” festeja-se
em Linhares da
Beira
As comemorações itineran-
tes do ciclo “12 em Rede - Aldeias
em Festa” prosseguem o seu
caminho para Linhares da Beira
(Celorico da Beira) este fim de
semana.
A partir de sexta-feira, há
música, gastronomia, visitas guia-
das, entre outras atividades, para
lembrar a lenda de “D. Rodrigo
Mendes e o Milagre da Lua Nova”.
A estória relata que no reinado de
D. Sancho I, em 1198, o exército
de Leão preparava-se para tomar
o castelo de Celorico quando D.
Rodrigo Mendes, alcaide do cas-
telo de Linhares, parte em defesa
do irmão, D. Gonçalo Mendes. Os
irmãos saíram vencedores da
batalha numa noite de lua nova,
tendo as tropas leonesas retirado
em debandada. Deste feito ficou a
divisa de Linhares da Beira, cujo
brasão ainda hoje ostenta uma lua
em quarto crescente.
A lenda é o mote para três
dias de festa com teatros de rua,
sessões de “showcooking”, ofici-
nas de cozinha ou cosmética na-
tural, visitas guiadas, entre muitas
outras atividades. Destaque ainda
para o concerto de Samuel Úria
no sábado (22h30), no Largo do
Castelo. Além destas atividades
decorrerá também um batismo de
voo de parapente, pois Linhares
também é conhecida pelas suas
condições meteorológicas ideais
para a prática deste desporto.
A entrada é gratuita, sendo que
algumas atividades requerem
inscrição prévia.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • •9

Marquês d’ Almeida
Grande Reserva Branco
2017 é o melhor vinho
da Beira Interior
O Marquês d’Almeida Grande Reserva branco 2017, da CARM – Casa
Agrícola Roboredo Madeira, foi o grande vencedor do 12º Concurso de
Vinhos da Beira Interior.
Este DOC foi considerado o melhor vinho a concurso pelo júri presi-
dido por Aníbal Coutinho e constituído por sete elementos masculinos e
sete femininos. Os prémios foram entregues no sábado à noite durante
um jantar de gala realizado no castelo de Trancoso que contou com a
presença de cerca de 250 convidados. Atribuídos pela primeira vez, o
prémio de Melhor Vinho no Feminino foi para o Alpedrinha DOC Beira
Interior Reserva Branco 2018, da Adega Cooperativa do Fundão, e o
prémio de Melhor Imagem a Concurso foi conquistado pelo Souvall DOC
Beira Interior Colheita Selecionada Branco 2017, de Lúcia & Américo
Ferraz, produtores radicados em Vale Flor, no concelho da Mêda. Já o
prémio de Melhor Imagem no Feminino foi para o Quinta do Cardo
DOC Beira Interior Biológico Reserva Síria Branco 2015, da Agrocardo.
As provas cegas do concurso decorreram na Guarda, a 17 e 18 de ju-
nho, e o júri atribuiu 12 medalhas de ouro e 14 medalhas de prata. Con-
correram 87 vinhos de 31 produtores. Para o presidente da direção da
Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI), que organizou
o concurso, o evento foi «uma excelente jornada de promoção da Beira
Interior, tanto ao nível dos vinhos como do património». Rodolfo Queirós
considera que as novidades introduzidas este ano – melhor imagem, melhor
imagem no feminino e melhor vinho no feminino – foram «apostas
ganhas» porque deram «mais notoriedade» à região ao permitirem
uma escolha paritária entre homens e mulheres. «A Beira Interior
foi pioneira, já que foi a primeira vez em Portugal que se realizou
um concurso com estas valências», sublinha o responsável.
Rodolfo Queirós acrescenta que, «na era da imagem, pen-
samos que fazer uma escolha da melhor imagem em geral,
melhor imagem no feminino, fazia todo o sentido, até porque
como diz o ditado “os olhos também comem”». Já a escolha do
melhor vinho no feminino foi «uma excelente aposta» porque
evidenciou que, apesar dos vinhos terem sido avaliados por
profissionais do sector, «os gostos são relativos e os resultados
foram diferentes». Para o presidente da CVRBI, esta é a prova
provada que «o melhor vinho é o que cada um de nós gosta
mais». O responsável considera também que o evento contribuiu
para «dar mais projeção à Beira Interior» e agradeceu o «apoio
incondicional» do município de Trancoso e do seu presidente,
Amílcar Salvador, na realização da gala final.
«Foi um evento que nos deve orgulhar todos os beirões,
enquanto apaixonados e defensores deste fantástico território»,
conclui Rodolfo Queirós. O Concurso de Vinhos da Beira Interior
é promovido anualmente pela Comissão Vitivinícola Regional
da Beira Interior (CVRBI) e pelas Associações Empresariais
da Guarda (NERGA) e de Castelo Branco (AEBB – Associação
Empresarial da Beira Baixa), tendo contado com o apoio da
Câmara de Trancoso.

PUB

Restaurante • Wine Bar • Garrafeira


Servimos Almoços e Jantares

Largo Dr. Amandio Paul, 5 • 6300 Guarda (Junto à Sé) • 961 765 480 • www.nobrevinhosetal.com • www.facebook.com/nobrevinhosetal
10 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

«Um bom vinho exige «O nosso vinho diferencia-se


uma boa imagem» pela enologia e viticultura»
Lúcia Ferraz, Lúcia & Américo Ferraz, Lda Celso Madeira, administrador da CARM – Casa Agrícola
Roboredo Madeira

A eleição do Marquês d’Almeida Gran- como o vinho é produzido: «As vinhas são
de Reserva Branco 2017 como o melhor muito bem tratadas, produzem excelentes
vinho da Beira Interior não surpreendeu uvas e a nossa técnica enológica está muito
Celso Madeira. bem apurada, pelo que só podemos ter
«A atribuição deste prémio é muito bons vinhos», considera Celso Madeira,
O Souvall Colheita Selecionada Branco mos na imagem porque gostamos de coisas justa porque é um vinho que se diferencia para quem a Beira Interior pode fazer «be-
2017 entrou para a história dos vinhos da bonitas. A imagem é fundamental e corres- pela enologia e pela viticultura», afirma o líssimos vinhos». O problema, na sua opinião,
Beira Interior ao conquistar a primeira ponde ao interior da garrafa, ao vinho». O administrador da consagrada CARM, que é que a região está «emparedada entre duas
edição do prémio de Melhor Imagem do casal é um dos mais recentes produtores agradece o reconhecimento. «Ser o me- super regiões vitivinícolas», o Douro e o Dão,
Concurso promovido pela Comissão Viti- instalados na região da Beira Interior e lhor é uma distinção que nos deixa muito pelo que desafia os protagonistas do setor,
vinícola. com o Souvall quer apostar «na diferença, satisfeitos», confessa, recordando que foi produtores e responsáveis institucionais, a
A aposta num rótulo apelativo é justi- na qualidade e também na continuidade». a terceira vez que a CARM conquistou o «trabalhar mais» para se afirmar no mercado,
ficada por Lúcia Ferraz com o argumento Isto porque o pai de Américo Ferraz pro- prémio máximo do Concurso de Vinhos sobretudo internacionalmente.
de que «um bom vinho exige uma boa duz vinho «há muitos anos, só que nunca da Beira Interior em cinco participações. O empresário deixa mesmo uma su-
imagem». A produtora, que gere com o tinha engarrafado e agora nós estamos a «Vencemos sempre com brancos e vamos gestão: «Para ganhar notoriedade lá fora é
marido Américo Ferraz este negócio em melhorar ainda mais a qualidade que ele passar a concorrer com tintos porque preciso mandar vinhos para Robert Parker
Vale Flor (Mêda), acrescenta que «apostá- já tinha», refere Américo Ferraz. estamos convencidos que vamos fazer e para a revista “Wine Spectator”. Quando
muito bons produtos», revela o produtor e os provarem e classificarem será tudo mais
PUB empresário agrícola. fácil para a Beira Interior», considera Celso
O segredo deste sucesso está na forma Madeira.

«Cada vez mais se valoriza a


importância do público feminino
no mercado do vinho»
António Madalena, presidente Adega Cooperativa do Fundão

«Vencer esta distinção de Melhor Vi- «São vinhos mais delicados, que oferecem
nho no Feminino 2018 com o Alpedrinha sensações e aromas mais fáceis de iden-
DOC Beira Interior Reserva Branco é um tificar, com sabores mais frescos, e talvez
orgulho e um reconhecimento de qualida- seja essa a razão do aumento desta prefe-
de», considera o presidente da Cooperativa rência», justifica o responsável. Segundo
do Fundão. António Madalena, o Alpedrinha Branco
Para António Madalena, «cada vez é um vinho com «um determinado perfil,
mais se valoriza a importância do público em que acompanhamos o desenvolvimento
feminino, em especial pela sua influência das castas, depois o estágio em madeira...
e sensibilidade no ato de compra», isto Tudo se traduz depois num vinho que é
numa altura em que o consumo de vinhos cada vez mais bem recebido, em especial
brancos está a aumentar de «forma geral, junto de um público que tem importância
com especial enfoque no público feminino». crescente neste mercado, o feminino».
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • • 11

«A nossa imagem evoca a «Este concurso tem subido


biodiversidade da Quinta de nível de ano para ano»
do Cardo»
Luís Leocádio, enólogo da Agrocardo, SA

Agostinho Monteiro, Presidente da Adega Coperativa de Pinhel, e o enólogo Luís Ribeiro


«A qualidade do concurso de vinhos bem as uvas». Uma aposta que já deu resul-
da Beira Interior e a exigência do júri leva a tado, pois a Adega de Pinhel foi recentemente
que as nossas expetativas nem sempre vão contemplada com o prémio “Uva de Ouro”
de encontro à realidade», admite Agostinho do Continente. «O nosso vinho Encostas do
Monteiro, presidente da Adega Cooperativa Côa Branco, que é vendido em exclusivo para
de Pinhel, que obteve duas medalhas de esta grande superfície, recebeu a medalha de
prata nesta edição com os tintos D. Manuel ouro nesta distinção, o que se torna numa
I Reserva do Enólogo 2015 e o Varanda do vantagem para outros vinhos que possamos
O Quinta do Cardo Biológico Reserva alizamos a imagem, que é mais comuni- Castelo Reserva 2014. produzir», refere Agostinho Monteiro.
Síria Branco 2015 foi considerado o vinho cativa, mais fresca e com mais cores do «Esta é uma competição que tem De acordo com o presidente, em 2018,
com a Melhor Imagem no Feminino, um campo para evocar a biodiversidade da subido de nível de ano para ano e que a cooperativa vendeu cerca de 120 mil gar-
prémio que «confirma que a aposta da quinta», explica. O cardo e a formiga são conta com a participação de um júri muito rafas para aquela rede de hipermercados
Agrocardo na atualização da imagem dos dois elementos incontornáveis nos rótu- heterogéneo e exigente, por isso ficamos do grupo Sonae, «o que nos traz reconhe-
seus vinhos foi uma aposta ganha». los da Quinta do Cardo e servem para re- muito felizes com as distinções que nos fo- cimento ao nível da capacidade de resposta
Quem o diz é Luís Leocádio, enólogo forçar a mensagem de que os seus vinhos ram atribuídas», acrescenta o responsável, neste setor». Nesse sentido, a Adega de
da Quinta do Cardo, que recorda que as são biológicos. «Atualmente, a Quinta do para quem a evolução da Adega pinhelense Pinhel está a preparar para setembro o
mudanças nos rótulos começaram há Cardo só tem vinhos biológicos e aposta acontece «em função da reestruturação lançamento de mais dois vinhos Encostas do
quatro anos, quando a empresa iniciou a exclusivamente neste mercado da pro- tecnológica da cooperativa, com a qual cri- Côa Reserva (branco e tinto), «que acredita-
produção e agricultura biológica. ««Atu- dução biológica», refere Luís Leocádio. ámos as condições necessárias para tratar mos que será mais uma aposta de sucesso».

Medalha de Ouro ADEGA COOPERATIVA


PUB

• Quinta dos Currais DOC Beira Interior Síria Branco. 2017 - Quinta dos Currais, Sociedade
Agrícola, Lda
• Quinta do Cardo DOC Beira Interior Biológico Reserva Síria Branco 2015. Agrocardo, S.A
• Marquês D’Almeida DOC Beira Interior Grande Reserva. Branco. 2017. CARM- Casa agrícola
DE PINHEL CRL.
Roboredo Madeira, Lda
• Casas Altas DOC Beira Interior Chardonnay Branco 2017- José Madeira Afonso
• Quinta Da Caldeirinhas Três Castas DOC Beira Interior Biológico Tinto 2014- Aida Ferreira Roda
• Quinta Currais DOC Beira Interior Reserva Tinto 2014- Quinta dos Currais, Sociedade Agrí-
cola, Lda
• Quinta da Arrancada DOC Beira Interior Reserva Branco 2017- Paulo Jorge Rodrigues Lalanda
• Raya IG Terras da Beira Tinto 2014- Horta Gonçalpares Sociedade Agrícola, Lda
• Quinta de São Tiago DOC Beira Interior Premium Reserva Tinto 2015- Sociedade Agrícola
Quinta de S. Tiago, Lda
• Alpedrinha DOC Beira Interior Reserva Branco 2018- Adega Cooperativa do Fundão
• Castelo Rodrigo DOC Beira Interior Síria Branco 2018- Adega Cooperativa de Figueira de
Castelo Rodrigo, Crl
• Quinta dos Currais DOC Beira Interior Colheita Selecionada Branco 2017- Quinta dos Currais
Sociedade Agrícola, Lda

Medalha de Prata
• Convento de Aguiar DOC Beira Interior Reserva Branco 2018- Adega Cooperativa de Figueira
de Castelo Rodrigo Crl
• Quinta da Caldeirinha DOC Beira Interior Biológico Touriga Nacional Tinto- Alda Ferreira
Rocha
• Beira Serra DOC Beira Interior Reserva Tinto 2015- Cooperativa Agrícola Beira Serra, Crl
• Quinta dos Termos DOC Beira Interior Reserva Vinhas das Colmeias Alfrocheiro Tinto 2017-
Quinta dos Termos, Lda
• D. Manuel I DOC Beira Interior Reserva do Enólogo Tinto 2015- Adega Cooperativa de Pinhel, Crl
• Monte Cascas DOC Beira Interior Biológico Tinto 2018- Casa Wines, S.A
• Aforista DOC Beira Interior Reserva Branco 2017- Daniel António Albuquerque Cavaleiro
Saraiva Largo Combatentes da Grande Guerra
• 1808 Portugal DOC Beira Interior Branco 2018- Casa Wines, S.A
• Entre Vinhas DOC Beira Interior Grande Reserva Tinto 2015- Sociedade Agrícola Baraças Apartado – 5 • 6400-348 Pinhel • PORTUGAL
Irmãos Unidos, Lda
• Beyra DOC Beira Interior Superior Tinto 2017- Rui Roboredo Madeira Vinhos, S.A
Tel: +351271413352 / Fax: +351271413371
• Varanda do Castelo DOC Beira Interior Reserva Tinto 2014- Adega Cooperativa de Pinhel, Crl www.acpinhel.com • adega-pinhel@mail.telepac.pt
• Adega do Fundão DOC Beira Interio Private Selection Branco 2018- Adega Cooperativa do
Fundão
geral@acpinhel.com
12 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

Vinhos da Beira Interior entre os mais Produtores a Concurso


requisitados no Nobre Vinhos e Tal

• 2.5 Vinhos de Belmonte, Lda.


• Aida Ferreira Roda
• Adega 23 Agro-Turismo, Lda.
• Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo, Crl.
• Adega Cooperativa de Pinhel, Crl.
• Adega Cooperativa do Fundão, Crl.
• Agrocardo, S.A.
• Anselmo Mendes Vinhos Lda.
• Aromas do Mondego Q. S. Lourenço, Lda.
• Carlos Nelson Nunes Flor
• CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira Lda.
Localizado junto à Sé da da região da Beira Interior, que e implementação dos vinhos da • Casa Agrícola Cova da Raposa, Lda.
Guarda, o “wine bar” Nobre Vi- «está indiscutivelmente entre os região a nível nacional e internacio- • Casca Wines, S.A.
• Cooperativa Agrícola Beira Serra, Crl.
nhos e Tal está de portas abertas vinhos mais pedidos» por turis- nal», mas, em contrapartida, «a di-
• Daniel António Albuquerque Cavaleiro Saraiva
há cerca de dois anos. O seu pro- tas e também pelos guardenses. versidade» a eles associada «pode • Fundação ADFP
prietário, Pedro Nobre, explica Pedro Nobre adianta que, «mais significar uma vantagem» neste • Horta Gonçalpares Sociedade Agrícola, Lda.
que foi o gosto pelo vinho que do que o bairrismo, a escolha mercado muito concorrencial. • José Madeira Afonso
o motivou a entrar no negócio, está relacionada com a qualidade O Nobre Vinhos e Tal é um • Lúcia & Américo Ferraz, Lda.
que já era conhecido dos seus crescente dos vinhos da região». espaço dedicado à degustação • Marialvamed, Lda.
antepassados. Apesar de considerar que de vinhos e gastronomia regio- • Mimos da Beira, Lda.
«O meu avô tinha uma taber- há ainda um «longo caminho a nal, que funciona também como • Monte Barbo, Lda.
na em Aveiro e também produzia percorrer» no que respeita a fa- restaurante «por exigência do • Paulo Jorge Rodrigues Lalanda
vinho», recorda o empresário. zer dos vinhos da Beira Interior público-alvo», refere o proprie- • Quinta dos Currais - Sociedade Agrícola, Lda.
Muitas décadas depois, o neto um cartão de visita da região, tário. O “wine bar” já conquistou • Quinta dos Termos, Lda.
está à frente do primeiro “wine o empresário acredita que «as a distinção de Melhor Carta e • Rui Roboredo Madeira, Vinhos, S.A.
• SABE - Sociedade Agrícola da Beira, S.A.
bar” da Guarda onde há «mais coisas estão a ser bem feitas». Na Serviço de Vinhos 2018 a nível
• Santa Casa da Misericórdia do Fundão
de 380 referências oriundas de sua opinião, a dimensão dos pro- regional, atribuída pela Revista de • Sociedade Agrícola do Monte Escrivão, Lda.
todas as regiões do país». Destas, dutores é um fator que «pode ser Vinhos – Essência do Vinho, tendo • Sociedade Agrícola Quinta de S. Tiago, Lda.
50 são vinhos tintos e 21 brancos um obstáculo para o crescimento atingido a final a nível nacional. • Sociedade Agropecuária Baraças Irmãos Unidos, Lda.
PUB
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • • 13

Património Cinema

Museu do Côa será sede da Rede Aluna da UBI com menção


Nacional de Arte Pré-Histórica honrosa no FEST2019 DR

O Museu do Côa, em Vila tendo em vista a criação de Mação, Macedo de Cavaleiros,


Nova de Foz Côa, foi seleciona- produtos turísticos integra- Meda, Mirandela, Torre de
do entre cerca de 30 entidades dos», adiantou Bruno Navarro, Moncorvo, Montemor-o-Novo,
nacionais para acolher a sede presidente da Fundação Côa Oliveira de Frades, Pinhel,
da futura Rede Nacional de Parque. A rede dedicada à arte Ponte da Barca, Reguengos de
Arte Pré-Histórica. pré-histórica será formalmen- Monsaraz, Torre de Moncorvo,
Esta rede tem como objeti- te constituída no Museu do Valença do Minho, Vila Nova de
vo «criar um organismo inter- Côa a 9 de outubro, data em Foz Côa e Vila Velha de Ródão.
municipal, verdadeiramente que se assinala o Dia Europeu Integram também o projeto a
nacional, que esteja compro- da Arte Rupestre. A Rede Na- Direção Regional de Cultura “Teus braços, minhas ondas”, a mesma afeta a vida de um casal
metido com um conjunto de cional de Arte Pré-Histórica do Alentejo, as Faculdades curta-metragem realizada por que vive na ruína», segundo a
objetivos comuns e que pas- envolve, além da Fundação Côa de Letras das Universidades Débora Gonçalves, obteve uma sinopse, «abordando o desfecho
sam pela partilha de recursos Parque, as Câmaras de Alijó, de Lisboa, Porto e Coimbra, o menção honrosa na 15ª edição do a que a falência e o desespero
humanos e patrimoniais, a Alandroal, Arcos de Valdevez, Instituto de Ciências Sociais FEST2019 - New Directors New condenam».
partilha de conhecimentos Arganil, Arronches, Figueira da Universidade do Minho e o Films Festival. A equipa foi maioritaria-
ou a partilha de experiências, de Castelo Rodrigo, Fundão, Instituto Politécnico de Tomar. Trata-se do projeto final pro- mente constituída por alunos
duzido pela aluna da licenciatura finalistas de Cinema da UBI, que
de Cinema da Universidade da habitualmente obtêm experiência
TMG Beira Interior (UBI). O filme fazia nas diversas funções dos profissio-
Festival Guarda in Jazz a chegar ao fim parte da seleção “Grande Pré-
mio Nacional” do festival que se
nais ligados ao audiovisual durante
a concretização dos filmes de ou-
O festival Guarda in Jazz de cartaz deste festival. Trata-se posições de autores conotados realizou na cidade de Espinho e tros estudantes. Jéssica Almeida
termina no sábado, mas até lá do Carlos Martins Quinteto, um com o espírito do 25 de Abril, integrava 15 trabalhos escolhidos foi a responsável pela produção,
há três propostas em cartaz no grupo formado por alguns dos nomeadamente José Afonso, para «mostrar o que de melhor enquanto Mariana Teixeira teve a
TMG. melhores músicos portugueses José Mário Branco, Sérgio Go- se faz no cinema Português», seu cargo a direção de fotografia.
Esta noite (21h30) será de jazz, caso de Carlos Martins dinho e Fausto, entre outros, segundo a organização. “Teus Inês Brás esteve na direção de
exibido o documentário “Wild (saxofone), João Silva (piano), e temas originais do próprio braços, minhas ondas” foi escrito arte, Lídia Santana e Rui Soares na
Man Blues”, de Barbara Kopple, Carlos Barretto (contrabaixo), Carlos Martins. O Guarda in Jazz e realizado por Débora Gonçalves, direção de som e David Pedrosa na
que acompanhou uma digressão Mário Delgado (guitarra elétri- termina no sábado (21h30) com sob orientação de Luís Nogueira, montagem. O FEST – Novos Reali-
internacional da banda de Woo- ca) e Alexandre Frazão (bateria). a dupla João Ventura (piano) & docente do Departamento de Co- zadores | Novo Cinema teve lugar
dy Allen, um apaixonado pelo O concerto tem por base o álbum Rogério Pitomba (percussão), municação e Artes. É uma curta- entre 24 de junho e 1 de julho,
jazz e clarinetista. Na sexta-feira “Sempre”, que recria com sono- que propõem uma fusão vigo- metragem de 10 minutos sobre «a com um programa competitivo e
(21h30) sobe ao palco o cabeça ridades jazzísticas várias com- rosa de jazz e música popular. crise económica e a forma como não competitivo.

PUB

MARIALVA
19|21JUL aldeias em festa!

MARIA ALVA
PÉS DE CABRA 28-30 JUN. 27-28 SET.
2019

SORTELHA CASTELO
MENDO
06-07 JUL.
PIÓDÃO 11-13 OUT.
TRANCOSO
12-14 JUL.
LINHARES 01-03 NOV.
DA BEIRA IDANHA-
música, 19-21 JUL.
-A-VELHA
gastronomia, MARIALVA 08-10 NOV.
animação de rua, MONSANTO
26-28 JUL.
visitas guiadas, CASTELO 29-30 NOV.
oficinas NOVO ALMEIDA

e muita, 06-08 SET. 27-30 DEZ.


CASTELO BELMONTE
muita festa RODRIGO

www.aldeiashistoricasdeportugal.com / www.cm-meda.pt
14 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019 Publicidade

PUB

Odontopediatria - Medicina dentária para crianças :)

MEDICINA DENTÁRIA | Drª. Rita Vilar | Dr. Alexis Oliveira | Drª. Soraia Rocha
ODONTOPEDIATRIA | Drª. Rita Vilar

GINECOLOGIA / OBSTETRÍCIA | Drª. Cremilda Sousa PODOLOGIA | Dr. Cristóvão Polónio


CIRURGIA GERAL | Dr. Pedro Caldes MEDICINA CHINESA | Drª. Celina Barreto
ENDOCRINOLOGIA | Drª. Daniela Guelho PSICOLOGIA CLÍNICA | Drª. Maggie Vaz
MEDICINA GERAL E FAMILIAR | Drª. Ana Isabel Santos EXAMES PSICOTÉCNICOS | Drª. Liliana Tavares
PNEUMOLOGIA | Drª. Rita Gomes TERAPIA DA FALA | Drª. Ana Rita Gonçalves
PSIQUIATRIA | Dr. João Campos Mendes ENFERMAGEM | Enf. David Centeio
UROLOGIA | Dr. Gustavo Gomes NUTRIÇÃO CLÍNICA | Drª. Inês Costa
PEDIATRIA | Drª. Rita S. Oliveira OSTEOPATIA | Dr. João Araújo
REUMATOLOGIA | Drª. Joana Ferreira MEDICINA INTEGRATIVA | Drª. Sandra Grilo
ORTOPEDIA | Dr. António Mendes | Dr. Eduardo Ferreira COACHING | Drª. Susana Menoita
ACORDOS - Consulte as especialidades abrangidas
CHEQUE DENTISTA | ADVANCECARE | TRANQUILIDADE | SANTANDER TOTTA | ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA MONTEPIO | SSCGD | SAMS CENTRO
SAMS QUADROS | MEDICARE | GENERALI CARE | FUTURE HEALTHCARE | SAÚDE PRIME|VICTÓRIA | EDP MAIS | DECO+ | DENTALREDE

Dr. José João Dra Assunção Vaz Patto Prof. Doutor


Garcia Pires L. Taborda Barata
Neurologista
Especialista pelos Hospitais da Universidade de Coimbra
Consultas de Neurologia
Imunoalergologista
ORTOPEDIA Exames: Electromiografia
e Potenciais Evocados
Asma e Doenças Alérgicas
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
Consultas: CLIFIG – Clínica Fisiátrica da Guarda
CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral - Tel: 275334876
Rua Pedro Álvares Cabral, Edíficio Gulbenkian
Edifício Gulbenkian, s/n Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda;
Telef.: 271 231 397 6300-745 Guarda Tel: 271211905

UNIDADE DE OTORRINOLARINGOLOGIA
Prof. Celso Pereira DA BEIRA INTERIOR
Alameda Pêro da Covilhã,

Imuno-Alergologia 29, r/c Esq – COVILHÃ


Telf: 275 324 236 www.uobi.pt
(Doenças Alérgicas) 2ª a 6ª feira 10-13h e 14-19h
Ass Graduado HU Coimbra / Consultas de Otorrinolaringologia
Fac Medicina UC (Ouvidos, Nariz e Garganta)
- Dra. Rafaela Teles Consultas todos os dias
- Prof. Dr. Rui Cerejeira Atendimento URGENTE
Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela Consultas de Pneumologia/Doenças Alérgicas
Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455 - Dr. Nuno Sousa
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda Terapia da Fala/Voz
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96 - Terap. Ana Rita Fonseca
Fisioterapia Respiratória / Reabilitação Vestibular
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560
- Terap. Tânia Churro
EXAMES: Audiograma; Timpanograma; Reflexos
ADVOGADOS ADVOGADOS Estapédicos; Estudo do Sono; Provas funcionais
respiratórias; Testes Cutâneos de Alergia

Vitor Nascimento António Ferreira, Paula Camilo


& Associados Médico
Bárbara Brigas Sociedade de Advogados, RL
Diogo Cabrita
Telefone: 271 086 518 Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765 Cirurgião geral
e_mails:
e_mails: antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com tratamento de varizes e suas complicações, pequenas
cirurgias, hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2 Marcações : (Clínica Cembi)
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt (ao lado da loja MANGO) Telef.: 271213445
Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda 6300-663 Guarda Protocolo com a Médis

Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura,


80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda •
Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Ana Eugénia Inácio. • Conselho
Editorial: António Ferreira, Nuno Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João
Canavilhas, José Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.
Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra,
António Costa, António Ferreira, António Godinho, Cláudia Quelhas, David
Filipe Pinto Santiago, Diogo Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira, Fidélia Pissarra,
Frederico Lucas, Hélder Sequeira, Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana
Fotojornalista C. Pereira, Joana Dente, João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago
Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel, José Carlos Alexandre, José Carlos
Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento, Melanie Alves, Miguel Castelo
Branco, Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto Gonçalves, Nuno
Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso. Desporto: António Silva, Arlindo
Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado e Rui
Geraldes. • Cartoon: Maurício Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto
Gráfico: Maurício Vieira. • Departamento Comercial: Natalina Martins •
Impressão: FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano Lucas – 3020-265
Coimbra • Telefone 239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.pt • Sede,
Redação e Publicidade: Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825
Guarda N.I.P.C. – P-504847422. • Nº de registo na ERC: 123436 • Depósito
Rua Combatentes da Grande Legal:146398/00 • Tiragem desta edição: 7.200 exemplares • Periodicidade:
Guerra, nº41 • 6200-076 COVILHÃ Semanário • Edição Internet: O Interior • Propriedade: JORINTERIOR
- Jornal • O Interior, Ldª. Detentores de mais de 10% do capital da empresa:
Telef. 275 336 805 • Telem. 919 José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.
487 978 • Telem. 964 196 950 Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-
E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • tecnica/ • Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153
• www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt
fotoacademica@hotmail.com
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • • 15

Trial Atletismo
Mundial volta
a passar por Chuva de recordes no meeting
Gouveia já este
fim de semana DR
da Guarda
A presença de muitos atle-
LM

tas brasileiros e da América


do Sul ajudaram a compor os
resultados no meeting da Guar-
da, com vários recordes da
competição a serem superados,
confirmando as expetativas dos
seus organizadores.
Entre as marcas mais rele-
vantes, destaque para o lança-
mento do disco, com a brasileira
Andressa de Moraes a chegar
aos 63,25 metros (recorde do
Toni Bou
meeting), deixando para trás a
Gouveia volta a receber este sua compatriota Fernanda Mar-
fim de semana a quinta etapa do tins (62,04). Nos 200 metros
Mundial de trial que contará com também houve novo recorde,
os melhores pilotos da modalida- com o triunfo do brasileiro Al-
de. É a terceira vez que a “cidade- demir Júnior em 20s27’, numa
jardim” recebe esta prova, após prova em que os benfiquistas
edições em 2004 e 2018. Diogo Antunes (21s25’) e An-
Está prevista a participação dré Costa (21s34’) estiveram
de mais de uma centena de pilo- bem. Outros dois recordes do
tos para competir nas categorias meeting guardense caíram
TrialGP, Trial2, TrialGP Women nos 400 metros femininos, (Singapura) ganhou nos 400 Ivo Tavares (Benfica) venceu 48,09 metros) e Filipe Vital e
e Trial 2 Women. No sábado, o com Geisa Coutinho a correr metros planos (49s10’). Entre a prova masculina com um Silva, da Real Sociedad (Espa-
“paddock” ficará instalado no em 53s77’, e nos 800 metros, os portugueses, destaque para salto de 7,70 metros e Lucinda nha) venceu o disco com 51,48
centro de Gouveia e as qualifi- ganhos pela equatoriana Andrea a sportinguista Vera Barbosa Gomes venceu a feminina (6,12 metros (segundo no peso com
cações terão lugar pela “ribeira Calderón em 2m08s49’. que fez a melhor marca do m). Nos lançamentos, dois 15,76 metros). A competição
Ajax” ao final da tarde. A prova Nas provas masculinas de ano nos 400 metros barreiras atletas dividiram os triunfos: internacional foi antecedida do
propriamente dita acontece 400 metros, o brasileiro Allison (57s50’) – a guardense Andreia Marco Fortes (Sporting) ven- Meeting Jovem (na foto), que
no domingo, num circuito com dos Santos venceu as barreiras Crespo (Sporting) foi segunda ceu o peso com 18,3 metros contou com a participação de
15 zonas de obstáculos deli- em 49s67’ e Zong Yang Tan –, enquanto no comprimento (foi segundo no disco com 40 atletas.
neado no Parque da Senhora
dos Verdes, em Cativelos. «Seis
delas serão totalmente novas, Automobilismo
pois não foram utilizadas em
2018 e levarão os pilotos até Guarda Racing Days no fim de semana
zonas de raro enquadramento Organizado pelo Clube Escape traçado de 1,5 quilómetros e provas finalíssima para apurar o grande de Mello Breyner. Alinham ainda
paisagístico que irá certamente Livre e pelo município, o Guarda de velocidade nas categorias rali, vencedor da competição. Está Pedro Matos Chaves, Francisco Car-
marcar novamente a passagem Racing Days decorre este fim de todo-o-terreno, “off road” e SSV. confirmada a presença de pilotos valho, Pinto dos Santos, Mário
do campeonato por Gouveia», semana na encosta junto ao Hotel No primeiro dia haverá duas ses- de renome nacional, como Ar- Mendes, Hugo Lopes, João Novo,
anunciou a organização, a cargo Vanguarda, na cidade mais alta. sões de treinos livres, enquanto no mindo Araújo, Rui Sousa, Santinho Alexandre Borges, Mauro Reis,
do clube Talentos e Objetivos, Os pilotos terão pela frente um domingo serão as corridas e uma Mendes, Fernando Peres e Pedro Mário Franco, entre outros.
com o apoio do município ser-
rano, em comunicado. PUB
O espanhol Toni Bou (Mon-
tesa), 12 vezes campeão do
mundo e invicto nas quatro
rondas pontuáveis já realizadas,
é o grande favorito e a principal
atração. Já o italiano Matteo
Grattarola (Gas Gas) lidera o
campeonato de Trial2 e com
três vitórias já contabilizadas
defende uma vantagem de 14
pontos perante o espanhol Ga-
briel Marcelli (Montesa). Nas
senhoras, Gouveia será palco da
segunda prova, tendo a britânica
Emma Bristow (Sherco) ganho a
primeira. Na classe Trial2 femi-
nina vão alinhar quatro pilotos
portuguesas: Mariana Afonso,
Leonor Moreira, Sofia Porfirio
e Rita Vieira, de um total de 20
participantes. Além das provas
para o Mundial, Gouveia será,
pela primeira vez, palco da ter-
ceira etapa do Nacional de trial
que está agendada para a manhã
de sábado no Parque da Senhora
dos Verdes com oito zonas de
obstáculos.
16 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019 Publicidade

Triatlo
MECÂNICO DE PESADOS João Ferreira e Inês Oliveira
Rua do Campo, 5 – 1º Dto - 6300-672 Guarda
Rua do Campo,
Telefone: 5 – 1º Dto - -6300-672
271211730 Guarda
967543140
Lic. Nº 2890 – AMI
Lic. Nº 2890 – AMI
www.predialdaguarda.pt Empresa Luxemburguesa de vencem no Fundão
Telefone: 271211730 - 967543140 www.predialdaguarda.pt
Construção Civil procura Mecânico João Ferreira (Estoril Praia) e Inês Oliveira (Spor-
VENDE ting) foram os grandes vencedores da terceira edição do
2 .
ID:1196 Terreno Com 1300 m ,p/ construção de uma moradia isolada .20.000€
ID:1220 V3 Guarda Vivenda isolada, no centro de aldeia, arrumos…... .27.000€
com experiência em veículos Triatlo David Vaz, que teve lugar no Fundão no domingo.
D:1140B Casa Rustica Toda em pedra, isolada, 10 minutos do centro. .27.500€
pesados (Camiões, Máquinas) para A prova que homenageia David Vaz foi a sexta
D:1143 Casa Rustica Bem localizada, toda em pedra c/ terrenos …. …35.000€
etapa da Taça de Portugal da modalidade e teve início
D:1258 Casa Rustica A necessitar algumas obras de remodelação……40.000€
ID:1158BT4Centro Bem localizado, necessitar obras de remodelação...52.000€ entrada imediata. na Barragem da Marateca e final no Fundão. Os atletas
ID:0790 T2 Centro Em bom estado de conservação, coz. remodelada. .55.000€
ID:1119 T3 Centro Boa localização,3 quartos, 2 wc, 2 varandas,sótão. .60.000€
efetuaram 1.500 metros de natação, 40 quilómetros
ID:0691 T2 Guarda Cozinha mobilada, lareira e despensa, 1wc, sótão. 60.000€ Envie o seu currículo para: de ciclismo e dez quilómetros de corrida. Modalida-
ID:1259 T3 Centro Em bom estado de conservação, todo mobilado…. .65.000€
des que o triatleta do Estoril concluiu em 1h59m37s,
ID:0361 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, garagem…...79.900€
ID:1158 T4 Centro Todo remodelado, 2 wc´s, lavandaria, 4 quartos… ..80.000€
cv.technicien@hotmail.com à frente de João Mansos (Sporting) e de Miguel Silva
ID:0971 T3 Centro Remodelado, roupeiros, sótão, lugar de garagem....95.000€
(Olímpico de Oeiras), segundo e terceiro classificados,
Tel. 00352 621 754 294
ID:0829 T3 Duplex Com lareira, 3quartos, 2wc´s, lugar de garagem… ..95.000€
ID:1253 T3 Guarda Coz. mobilada, recuperador de calor, 2wc, sótão …95.000€ respetivamente. Roger Vicente (GCA Donas) foi o melhor
ID:1254 T3 Guarda Lareira na cozinha, despensa, sótão, garagem … ..95.000€
2
representante da região em absolutos ao terminar no
ID:0000 Vivenda A 10minutos do centro,isolada,c/ 2500m de terreno. .95.000€
25º lugar. Em femininos, a sportinguista terminou com

VIDENTE
2
ID:1105 Casas Rústicas Em pedra c/ 710m de terreno envolvente….100.000€
ID:0577 V3 Nova C/ roupeiros embutidos,3wc´s,varandas,logradouro. 107.500€ o tempo de 2h22m37s. Andreia Ferrum (Olímpico de
ID:1000 V4 Isolada C/4 quartos, 2 wc´s, adega, garagem, quintal… …115.000€
ID:1239 T3 Guarda Aquec. central a lenha e a gás, sótão, garagem… 124.000€ Oeiras), segunda, e Mónica Vera Cruz (Sporting), tercei-
ID:1022 V4 Guarda Coz. e sala comum, aquec. central, garagem…… 145.000€ ra, completaram o pódio numa prova em que a melhor
Com longos anos de experiência
ID:0956B V4 Guarda C/4 quartos, sótão habitável, garagem, quintal.. .150.000€
ID:1236 V5 Guarda Sala e coz. comum c/ lareira,garagem p/2 carros. 185.000€
triatleta da região foi a veterana Maria João Rico (Clube
ID:1199 V4 Guarda Sala c/ lareira,coz.equipada, roupeiros, 4 wc´s... ..189.000€ de Triatlo do Fundão) no 11º lugar da geral. A prova foi
ID:1251 V4 Quinta C/ 3ha, várias arvores de fruto, toda murada…… ..245.000€ Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios, organizada pelo município, Clube de Triatlo local, GCA
ARRENDA empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc. Donas e Associação David Vaz, com apoio técnico da
ID:0972C Escritório Guarda Centro Com 30m² e óptimas vistas………….150€ Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas. Federação de Triatlo de Portugal.
IID:1050 Loja Guarda Espaço amplo, 2 wc´s, e um armazém……… ……...220€
IID:0972B Loja Guarda Com 2 salas, recepção,2 wc´s, bem localizada.…..250€ Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo
ID:1238 T2 Pinhel Coz. c/ lareira, 2 quartos, 1wc, garagem, logradouro ….250€
corre mal em sua vida?
ID:0653 Escritório Centro Todo remodelado, sala ampla c/varanda,1 wc.. 275€ Basquetebol
ID:0886 T3 Centro Cozinha mobilada e equipada, 3 quartos, 2 wc …… ….300€ Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ:
ID:0800 T3 Guarda Todo remodelado, coz. mobilada, 3 quartos,2 wc´s… ..325€
ID:1005B T3 Guarda Coz. c/marquise, 3 quartos,2 wc´s, sótão e garagem. 350€ 271238451 ou 969012923 Guarda participou na Festa
do Minibasquete
2
IID:1240C Loja Guarda Loja para comércio c/ 163 m , 2 wc´s, 2 salas . .….350€
IID:1069 Loja Guarda Licença p/ comércio, 2 pisos, escritório,4 wc´s…. ....400€
ID:0117 T3 Guarda Completamente mobilado e equipado, garagem…. …..500€
António Gil Advogado A Associação de Basquetebol da Guarda participou
com uma equipa feminina e masculina de sub-12 na IXª
Tel. / Fax 271 238 344
Festa Nacional do Minibasquete, que decorreu em Paços
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda de Ferreira entre quarta-feira e domingo.
antonio.gil-5388C@adv.oa.pt Organizada pela Federação Portuguesa de Bas-
quetebol, com o apoio da autarquia local, a atividade
envolveu 320 jovens de 21 associações distritais de todo
o país e contemplou uma parte competitiva, bem como
atividades desportivas e formativas. Um dos momentos
altos foi o jogo Guarda-Castelo Branco, com os jovens
albicastrenses a vencerem por 80-75. Nas meninas,
Aditamento destaque para a vitória da Guarda sobre a seleção de
Loteamento Quinta do Conde Bragança por 57-30.
Processo 2/1999/1001
PUB Amílcar José Nunes Salvador, Presidente da Câmara Municipal do Concelho de Ténis
Trancoso:
Faz saber, que em deliberaçâo tomada por esta Câmara Municipal em sua reunião
realizada a 19 de junho de 2019, e em face do disposto no art.º 27 do Decreto-Lei
Manteiguense vence open de Pinhel
nº 555/99 de 16 de dezembro, com ulteriores alterações, é emitido o aditamento ao Izandro Pereira, de Manteigas, venceu no sábado
Loteamento Quinta do Conde, requerido por Maria Arminda Clara Andrade, contribuinte o Federer Open, que decorreu no sábado, em Pinhel.
fiscal nº 112238173, residente em Rua do Rio Velho - Lote 25 Trancoso, através do qual
é autorizada a alteração do lote 26 sito em Quinta do Conde, União de Freguesias de
O tenista derrotou na final do torneio principal o
Trancoso (São Pedro e Santa Maria) e Souto Maior, concelho de Trancoso, descrito na guardense Duarte Vaz por 2 sets a zero. Para a final do
Conservatória do Registo Predial sob o nº 1231/20000623 e inscrito na matriz n° 2274. torneio de consolação apuram-se Vítor Tavares (Pinhel)
As alterações incidem sobre o Lote nº 26, nomeadamente:
Redução da área de construção de 296,40 m2 para 148,20 m2
e Ivan Antunes (Guarda), mas não foi possível realizar o
Reduçâo do número de pisos de 2 para 1 jogo nesse dia, adianta a organização, que teve o apoio
Mantêm-se inalteradas as restantes caracteristicas inicialmente aprovadas no do município e da Junta de Freguesia de Pinhel. Este
loteamento.
Para conhecimento geral se publica o presente aviso que foi afixado nos lugares fim de semana disputar-se-á em Fornos de Algodres
púbIicos do costume. mais um torneiro pontuável para o ranking do 4º Cir-
Vende-se Trancoso, Setor de Licenciamento de Obras Particulares e Loteamentos, 24 de junho
de 2019.
cuito Distrital de Ténis Amador da Guarda – Ergovisão.
Trata-se do Open Quinta das Courelas, cujas inscrições
Quinta com Casa, cerca de 12 ha Presidente da Câmara Municipal, estão abertas até às 11 horas desta sexta-feira. Podem
à beira do rio Mondego, perto das rotundas participar tenistas amadores, masculinos e femininos,
da A25 e IP2 • Lageosa do Mondego (Amílcar José Nunes Salvador) federados ou não. Mais informações e inscrições através
Contactos: 966473371 • 271926638 O Interior, nº 1018 de 11/07/2019 do site http://tenisguarda.blogspot.com.

Cupão de Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • • 17

Futebol Ciclismo

Sp. Covilhã prepara Vitória no Granfondo Serra da Estrela


decidida ao segundo

nova época na Serra


A corrida principal do Gran- de Ciclismo da Guarda) foi 45º.
fondo Serra da Estrela foi deci- No Mediofondo (102 quilómet-
dida ao segundo na Torre, no do- ros) ganhou André Costa (West-
mingo. Marco Prada (individual) bike) em 2h51m47s e Henrique
DR - Nelson Manteigas foi o vencedor ao terminar os Boto (individual) venceu a prova
154 quilómetros do percurso de Minifondo (51 quilómetros)
mais longo da prova reser- em 1h40m03s. Nesta distância,
vada aos ciclistas amadores em Rogério Batista (Grupo BTT de
4h29m47s. Manteigas) foi o melhor ciclista
Pouco mais de um segundo da região com o 21º lugar, a
depois cortou a meta Nuno 45m13s do vencedor. Sediado
Inácio (Lusitano de Évora), em Manteigas, o Granfondo
seguido de Nuno Morgado (in- Serra da Estrela contou com
dividual) na terceira posição a participação de mais de mil
a 13s53’. Vasco Santos (CCDR ciclistas numa organização do
Colmeal da Torre) foi o melhor Clube Chronos, em parceria
representante da região ao ter- com a Ultra Spirit Sports, os
minar no 31º lugar, enquanto o municípios de Manteigas e Seia
guardense Pedro Santos (Clube e o Turismo do Centro.

Laser run
Juliana Guerreiro e Diogo Salvado
são campeões nacionais
O Penta Clube da Covilhã os atletas Laura Dias (juniores),
(PCC) disputou no domingo o Marina Cardona (seniores) e
Campeonato Nacional de Laser Gonçalo Carreira (Master 50)
Serranos derrotaram seleção distrital por 4-0 no sábado
Run, que decorreu em Coimbra, foram vice-campeões nacionais
O Sp. Covilhã vai defrontar em Chaves, regressando ao Santos sócios frente ao Paços de Ferrei- tendo conquistado 14 medalhas nos respetivos escalões. O PCC
o FC Porto B no arranque da IIª Pinto no dia 27 para defrontar o ra, da Iª Liga e treinado por Filó, e dois títulos em sub-17 e sub-19. esteve representado por 25 atle-
Liga, de acordo com o sorteio Cova da Piedade. Pelo meio, no ex-técnico do Covilhã. O plantel Juliana Guerreiro sagrou-se tas dos vários escalões, tendo
realizado na sexta-feira. A jor- dia 29, o Covilhã joga para a Taça vai ficar alojado na Pousada da campeã em sub-17 com uma conseguido 14 pódios, entre
nada inaugural do campeonato de Portugal – cujo sorteio ainda Juventude, nas Penhas da Saúde, vitória categórica no tiro e na os quais os terceiros lugares
secundário está marcada para não aconteceu. Estes são alguns e treinará no Estádio Santos Pinto corrida do seu escalão, tal como obtidos por João Varão (junio-
11 de agosto e o primeiro jogo dos jogos da primeira volta da e no Complexo Desportivo da Co- Diogo Salvado em sub-19. A du- res), Amaro Teixeira (seniores),
dos serranos será disputado no competição. Na Taça da Liga, o vilhã, a cerca de 10 quilómetros pla venceu também a prova de Dulce Ruano (Master 50) e
Santos Pinto. sorteio da primeira fase colocou do local do estágio. Entretanto, o estafeta em sub-19. Por sua vez, Miguel Taborda (Master 60).
Sete dias depois, os coman- o Varzim, também da IIª Liga, no clube assegurou o sexto reforço.
dados de Ricardo Soares des- caminho do Sp. Covilhã. O jogo Trata-se do guarda-redes Carlos
locam-se a Oliveira de Azeméis será a uma só mão e terá lugar no Henriques, de 25 anos, que vem
Judo
para jogar com a Oliveirense Santos Pinto, a 27 ou 28 de julho, cedido pelo Portimonense e na Três pódios para judocas do distrito
e no dia 25 recebem o recém-
promovido do Campeonato de
sendo que o vencedor jogará em
Famalicão, recém-promovido à Iª
última época foi emprestado ao
Paços de Ferreira. É o terceiro
em Valença DR

Portugal Vilafranquense. A 1 de Liga, na segunda fase do troféu, a guardião dos serranos, que já
setembro disputar-se-á o dérbi 4 ou 5 de agosto. contam com Igor Araújo e Bruno
das Beiras, entre Académico de A equipa prossegue a sua Bolas. No sábado, no seu primeiro
Viseu e Sp. Covilhã. Quinze dias preparação e vai estagiar na Ser- jogo treino, o Sp. Covilhã derrotou
depois, os serranos recebem o ra da Estrela de 17 a 20 de julho, uma seleção distrital de Castelo
Leixões e a 22 de setembro jogam dia em que se apresentará aos Branco por 4-0.

Rampa
Luís Fernandes e Flávio Saínhas venceram na Mêda DR
Três clubes do distrito
da Guarda participaram no
tendo os judocas da Guarda ap-
enas competido neste último
A terceira Rampa e de Regu- Torneio Internacional Euroci- escalão. Hugo Oliveira (Sabu-
laridade Sport da Mêda, também dade Valença-Tui, realizado em gal) foi terceiro em -73kg,
terceira prova do Racing Trophy Valença numa organização da enquanto Yev Visochina (Clube
das Beiras, decorreu no domingo Associação de Judo do Distrito de Judo da Guarda) venceu a
na estrada que liga Longroiva à de Viana do Castelo. categoria de -81kg. Já Fábio
sede do concelho. A prova destinava-se aos Lourenço (CDCSS do Pinheiro,
Alinharam 22 participantes, escalões de juvenis e cadetes, Guarda) foi segundo em -60kg.
entre eles três pilotos locais: Rui
Loureiro, Daniela Loureiro e Car-
los Pacheco. Após três passagens,
Patinagem artística
o vencedor da rampa da Mêda foi Equipas da região no pódio do Torneio
Luís Fernandes, enquanto Flávio
Sainhas ficou a quatro milésimas
“Cidade da Covilhã”
e Carlos Pacheco fechou pódio. O 3º Torneio “Cidade da lugares, sete segundos e seis
Já a prova de Regularidade Sport Covilhã” decorreu no sábado, terceiros. Em termos coletivos,
foi ganha por Flávio Sainhas, com numa organização da Academia a Academia de Patinagem da
Luis Fernandes e Micael Ribeiro de Patinagem da Covilhã/UBI. Covilhã venceu em competição,
a completarem o pódio. Presente automóveis, o que é muito bom», motorizados do Guarda Unida Participaram cerca de modalidade em que o Aca-
nesta jornada, António Faria, tendo salientado que «é preciso Desportiva, em parceria com o 100 atletas, repartidos por démico dos Penedos Altos foi
observador da Federação Portu- que eles adiram ao cumprimento município da Mêda. O Racing Tro- 14 escalões diferentes da pré- terceiro. Já o Unidos do Tor-
guesa de Automobilismo e Kar- dos equipamentos de segurança phy das Beiras 2019 prossegue no competição à competição. Os tosendo bisou no pódio, tendo
ting (FPAK) considerou que «há exigidos». As provas foram orga- dia 1 de setembro na Barragem do três clubes do concelho da Co- sido terceiro em pré-competição
mais pilotos a aderir às provas de nizadas pela secção de desportos Caldeirão, na Guarda. vilhã obtiveram oito primeiros e segundo em competição.
18 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

crónica

Júlio Sarmento *
POLÍTICA
Jorge Noutel
crónicaPOLÍTICA

O estilo! O canastro, o salto, a vergonha e a falta dela


Para o bem ou para Costuma dizer-se que a vingança serve- poder voltar para casa. Imaginem-se a tentar tecer, com todas as formalidades inerentes.
o mal, é sempre assim. se fria, mas há alturas da vida em que tanto regressar incógnitos, a meter baixa médica Entretanto, o maior castigo será não poder
Os homens passam. nos dá que seja quente, crua, amarga, pi- por 30 dias para não terem de mostrar a falar com certas pessoas, coisa que se calhar
Frustrados ou conten- cante, salgada, ou outra coisa qualquer! E cara a ninguém, a não atenderem o telefone, nem precisavam de lhe proibir. Como diz o
tes. Num e noutro caso, quando falo de vingança não é no sentido a passarem noites em branco, a pensarem povo, quando uma castanha nos estoira nas
com razão ou sem ela. literal, mas sim numa espécie de justiça no mal causado à família e nas explicações mãos, largamo-la!
Vencidos pela própria divina, reparadora e esperançosa. Nós, que teriam de dar aos amigos, a terem hi- Álvaro Amaro vale por aquilo que repre-
natureza provisória da cidadãos anónimos, temos de nos agarrar pertensão, boca seca, bexiga irritável, falta senta. Faz parte de um sistema político que
vida. a qualquer coisa que nos faça sentir que de apetite, eu sei lá, imaginem a vossa vida vive do arranjo floral das listas partidárias,
A fazer projetos ainda contamos. Esta é uma dessas alturas num inferno! da endogamia em que ex-deputados cedem
sem medida, mas com em que sinto que, afinal, alguns de nós, Mas Álvaro Amaro, felizmente para ele, o lugar às esposas, que propicia a rotação dos
o tempo medido. Par- estão acima daqueles que nos governam. não parece sofrer de nenhuma destas come- políticos pelos bem remunerados tachos na
tindo sempre antes. A Ou que se governam, o que vai tantas vezes zinhas fraquezas. Não pertence ao universo banca, empresas douradas e política, enfim,
ação em meio. Ou sim- dar ao mesmo. provinciano dos homens, é imune a estados que consegue colocar no topo a pior nata das
plesmente projetada. Não vos vou falar, de novo, das eleições de alma e é sobretudo indiferente ao que lhe sociedades.
Ou ainda só sonhada. europeias, da elevada abstenção, da crise possa acontecer. Tiro-lhe o chapéu! A esperança de um homem normal é que
A torre de marfim da democracia que muitos dizem existir, É precisa muita lata, depois de uma coisa abaixo da nata estivesse algo mais transpa-
que abre brechas. E ou de um sem fim de teorias sobre o que destas, para ir calmamente tomar posse do rente e menos mau para a saúde. Mas quando
a teoria da ingratidão aconteceu ou deveria ter acontecido. Vou seu lugar de eurodeputado, ademais afirman- olho para o rasto deixado por Álvaro Amaro
dos povos de novo atu- falar-vos apenas dos representantes eleitos do que jamais usará das prerrogativas da e para o outro processo no DIAP, em que
alizada. e, para evitar repetições, reduzo a coisa a imunidade parlamentar agarradas ao mesmo. também é arguido, juntamente com o atual
Mas há sempre o um que considero dos mais emblemáticos: Na minha forma de ver as coisas é como se presidente da Câmara da Guarda, Carlos
começo de uma nova Álvaro Amaro. eu fizesse uma patifaria a alguém e depois Monteiro, o vereador da Cultura, Victor Ama-
era. E o estilo que não Álvaro Amaro é o expoente máximo lhe dissesse para não se preocupar porque ral, e duas técnicas superiores da autarquia,
morreu! A mesma de- dessa gente e encarna na perfeição a de- um dia o castigo divino se encarregaria de apetece-me saltar da janela do terceiro andar
monstração do génio. gradação a que chegou o nosso sistema me levar deste mundo. Álvaro Amaro sabe aonde vivo! Mas depois lembro-me do que
Coisa sempre sem an- político. Quando uma democracia confunde que é uma questão de tempo até o Parla- Sartre dizia sobre a vergonha: «A vergonha,
tecedente. De criação legalidade com ética, tudo aquilo a que de mento Europeu lhe retirar essa imunidade, isso passa quando a vida é longa». Fico-me
contínua. Fonte per- negativo assistimos já não é o problema, a tal de que ele sabe por isso ser preferível ao perceber que só precisamos de resistir às
manente de soluções, mas sim a consequência dele! Muitos de nós dizer que abdica. Mas não toma a iniciativa primeiras mil tentações para saltar. Álvaro
esbanjando talento. Re- teriam uma vergonha imensa se fossemos de abdicar do cargo. Ou pelo menos de ser Amaro é, afinal, um campeão. Da resistência
citando fórmulas que constituídos arguidos num processo criminal ele a pedir que lha retirem. Vai esperar pelos às tentações, entenda-se. Pelo menos daque-
não variam. Admirando e tivéssemos de pagar 40 mil euros para vários meses que a coisa vai demorar a acon- las que lhe podiam dar cabo do canastro…
tudo e todos, de quem,
aliás, espera sempre a
reverência e a expres-
são de pasmo.
Haverá, porventu-
ra, vantagem em com- agoradigoEU
parar com o passado,

É demais…
mas sempre com des-
opinião
vantagem para este.
Albino Bárbara
Antes não tinha ocorri-
do a ninguém. Ninguém Portugal é um Estado unitário, sem tram com a permissividade permitida e O carteiro toca sempre duas vezes e Fidel
se tinha lembrado. Nin- fronteiras, onde todos gozamos dos mesmos a promiscuidade político-partidária, num diz que ela, a tal, sempre se irá repetir, e se
guém fora capaz. Agora direitos. mercantilismo de conveniência, usando e a referida senhora é para ir depois para o
sim. Tudo é diferente. Em 16 de setembro de 2015 escrevi abusando do maltratado eleitor e, sem pe- (futuro) Governo, que necessidade tem de
Novo, pujante, flores- uma carta (aberta) a Maria Antónia Moreno direm licença, sem conhecerem o terreno, ser candidata a deputada por um pequenino
cente, prometedor. De- Areias de Almeida Santos pedindo-lhe, entre instalam-se durante meia dúzia de semanas círculo de três… No entanto, o que realmente
cretando a felicidade outras coisas, que marcasse a diferença, como autênticos nababos no pobre reino importa é ir votar, sendo forçado a dar razão
geral. que pudesse ser a exceção à regra de todos deste interior profundo. aos anarcas do antigamente: «O que eles
E ali ficará à espe- quantos já foram salteadores/ paraquedistas Pobre pátria a minha que vai permitindo querem é o teu coiro. Oh eleitor».
ra. Cheio de programas. neste rincón serrano que, depois de servi- que estranhos entrem e outros utilizando o Habituemo-nos então ao discurso do
De ideias. A azedar com dos, rumaram a outras bandas e nunca mais estatuto de nascer cá, do avô ou a avó serem Alberto Pimenta, aqui nesta região de baixa
o tempo. Doloroso, ninguém lhes pôs a vista em cima. Maria de cá ou ainda ter raízes por cá, possibilitem densidade (dito assim é bonito e politica-
porque nada é gratuito. Antónia foi mais um destes casos a somar que o Global Positioning System (GPS) os mente correto), onde o escaparate é bem
O estilo a criar raiz. à vasta lista de (notáveis) deputados eleitos traga, nem que seja apenas e tão só durante mais reduzido, para perceber que a promessa
Ninguém é um de- pelo círculo eleitoral da Guarda num quadro a pré-campanha e campanha e fiquem a dos mundos e fundos se concretize na práti-
finitivo ponto de che- de (des)honra política tricolor: Miller Guerra, conhecer (tem essa vantagem) a terra dos ca habitual e corrente, nessa sempre oferta
gada, todos somos um Luís Barbosa, Almeida Santos, Fernando Car- (seus) pretensos antepassados. generosa de umas costeletas de uma pulga
ponto de passagem. dote, António Vitorino, Veiga Simão, Vasco Neste atentado à nossa força e convicção e de um coração de um piolho.
É sempre assim. Os Valdez, Francisco Assis, Miguel Frasquilho, sabe-se agora que o PS poderá propor mais Escrevia em 2015 que o melhor mesmo
homens passam, mas Paulo Campos, António José Seguro, Manuel um salteador/ paraquedista, que de peito era pedir emprestada à Guiné a ilha (dos
o estilo fica! Meirinho, Pina Moura, Arménio Matias, feito e ato ensaiado no simulador do poder pilha) Galinhas e levar para lá definitivamente
Maria Antónia e, isto sem esquecer alguns rosáceo, virá arrebanhar os votos beirões. o Cenáculo, aconselhando a clique partidária
* Antigo presidente que chegaram a aterrar em comissões ins- Dizem-me que Ana Mendes Godinho, da imposição, dos tiques (quase) ditatoriais
da Câmara de taladoras e serviços descentralizados do natural de Lisboa, com raízes por cá (Ah… e dos repeniques barulhentos das luzes da
Trancoso e presidente Estado, uns vindos dos montes hermínios, Ah… Ah) pode ser protagonista de uma tal ribalta a utilizarem esta folha deste mesmo
da Assembleia outros das estepes do oeste e ainda outros quota nacional do secretário-geral rosa, jornal para esconderem a cara, enquanto o
Distrital do PSD da da terra de ninguém. repetindo-se a tal estória, que (não) deixa desabafo (para não ser outro) tem de ser
Guarda Pobre pátria mia onde todos eles en- história e é antes a historieta do passado. mesmo este: Arre porra…é demais.
Quinta-feira • 11 de julho de 2019 • • 19

mitocôndrias e quasares
opinião opinião
António Costa
antoniomanuelcosta@gmail.com
Nuno Amaral Jerónimo
extremo.acidental@gmail.com
Observatório de Ornitorrincos
Pasteurização e Semana banana
É sabido que as propostas e decisões feitas por Nas instituições europeias, António Costa quis fazer
ultrapasteurização socialistas são naturalmente bondosas, mesmo quando
são exactamente iguais a outras vindas de não-socialistas,
algodão doce, mas voltou com o pauzinho enfiado na
geringonça. O primeiro-ministro foi convidado para
essas sim, terrivelmente odiosas. No entanto, a BNS (bon- vários cargos internacionais, desde Boneco da Michelin
Os nossos alimentos derivam de outros or-
dade natural socialista) consegue ainda espantar-me. Os a estátua de Buda na capital da Nepal. Obviamente,
ganismos também fonte de sustento de muitas
cordões humanos que defendiam Coliseus e maternidades recusou. O prestígio da nação ficou garantido com a
entidades. O problema surge quando os micróbios
mudaram-se agora para um prédio em Viana do Castelo. presença de uma árbitra portuguesa no Mundial de Fu-
se desenvolvem na nossa comida e nos podem
Para defender os moradores? Não, em nome da BNS, o tebol Feminino. (Sim, este campeonato existe mesmo,
afetar. Felizmente a ciência deu uma resposta
cordão humano está lá para convencer os moradores a não estou a inventar. Ganhou a América).
simples para a sua contenção.
sair. Talvez se os habitantes do prédio Coutinho viessem Nota final: Não é preciso concordar com o teor
Todos já lemos alguma vez numa embalagem
de barcos do Mediterrâneo ou em artigos da Fátima Bo- dos artigos para defender a sua publicação. A direcção
de leite ou de iogurte a palavra pasteurizado ou
nifácio, caísse o Carmo e a Trindade antes de cair fosse editorial de O INTERIOR, por muita vergonha alheia
ultrapasteurizado. Mas o que significam? A pas-
o que fosse em Viana do Castelo. E muito provavelmente, que já tenha sentido com as coisas por mim escritas
teurização é um processo desenvolvido no século
o director do “Público” haveria de pedir desculpa por ter em mais de 800 edições, nunca me chamou a atenção
XIX por Louis Pasteur que permite reduzir a carga
deixado a caixa das bolachas destapada. nem pediu desculpas publicamente (em privado, será
microbiana dos alimentos líquidos mediante o uso
Na Grécia, a direita moderada ganhou as eleições incalculável quanto já custei à direcção em chamadas
do calor. O produto a tratar é submetido a uma
e acabou finalmente o governo do Syriza apoiado pelos telefónicas). É esse o valor e o custo da liberdade de
temperatura elevada, cerca de 63ºC, durante um
nacionalistas do Aurora Dourada (não confundir com expressão. Se a minha opinião sobre alguns colunistas
intervalo de tempo não superior a 30 minutos. O
“chuva dourada”, essa é a coligação que elegeu Trump). do país tivesse algum efeito censório, muitos deles
objetivo da pasteurização é a eliminação da maio-
Curiosamente, alguns jornalistas deram conta esta já nem dedos teriam. (Calma, senhores do dedo no
ria dos micróbios causadores da perda do sabor e
semana que o Aurora Dourada era um partido neonazi. gatilho do Facebook e no Twittrer, a última frase é um
da qualidade, para além das potenciais infeções.
Em Bruxelas, um tipo que já foi a sombra de Sócra- exagero para efeitos de comicidade. Não quero cortar
Este processo pode acarretar alterações
tes foi eleito vice-presidente do Parlamento Europeu. os dedos de ninguém. Espero enganar-me, mas a BNS
desejáveis, mas também outras, indesejáveis,
Algumas vidas são sempre a descer. lá chegará).
que afetam a integridade física do alimento:
modificação do sabor, cheiro, integridade dos
nutrientes. Para minimizar os efeitos negativos opinião

Mais baixo, por favor!


e otimizar o processo desenvolveu-se o método
da ultrapasteurização, que utiliza elevadas tem-
peraturas (mais de 150ºC) em tempos curtos
(dois segundos). Assim, de maneira simples e Joana Dente* Acredito que tenha sido por esta razão que os ope-
económica, pode controlar-se o desenvolvimento radores de transportes públicos criaram uma espécie de
dos microrganismos indesejáveis. Admito que encontraria mui- manual de instruções sobre a correta utilização dos seus
Atualmente, não apenas se emprega este tas dificuldades se tivesse que serviços. Concretamente, o Metropolitano de Lisboa, já
método nas modernas fábricas de transformação (sobre)viver sem o telemóvel e as em agosto de 2010, lançou aquilo a que chamou “Carta
de alimentos, mas também se utiliza de maneira suas múltiplas funcionalidades. ao Cliente”, onde se podem ler os deveres da empresa e
caseira para esterilizar instrumentos de cozinha, Também admito que a par dos passageiros. Ora, uma das obrigações destes últimos
de recém-nascidos ou inclusivamente para tornar dos telefones móveis, os tablets prende-se com «música incómoda», especificando-se que
a água potável. Em alguns países de África foram tenham vindo facilitar em muito a se devem evitar telemóveis ou outros aparelhos de som
lançadas campanhas para ensinar a população a vida dos pais, que assim entretêm os pequenotes durante a emitir música a um volume audível e incómodo para os
pasteurizar a água através do uso de energia solar horas seguidas. restantes passageiros, que não são obrigados a
para garantir a sua salubridade, ao mesmo tempo Não consigo é compreender, todavia, gostar daquele ritmo!
que se economiza energia de origem orgânica a ideia de que em espaços públicos se Pessoalmente, não consigo tole-
(carvão e madeira) muito escassa em certas zonas faça uso destas tecnologias com som. rar a ideia de ver um casal almoçar
do planeta. Vemos assim como a pasteurização Não vivemos numa sociedade muda, tranquilamente, com o filho ao lado,
tem um amplo espetro de aplicação. evidentemente, e o ruido é uma rea- envolvido pela trilha sonora que vem
O termo pasteurização tem origem em Louis lidade. Mas, em espaços coletivos, do telefone do pai, e que todos os
Pasteur, um químico francês do século XIX que manter uma conversação com o demais sejam também obrigados a
teve um contributo valioso com as suas experi- telefone em alta voz, ver um vídeo ouvir o mais recente êxito da Xana
ências científicas. Filho de um soldado de Napo- com som enquanto se soltam umas Toc-Toc, enquanto se remexem na
leão, em jovem não foi um aluno promissor e na risadas egoístas, ou usar o tablet cadeira, como se tivessem bichos-
altura a sua paixão era maior pela pintura do que para mostrar o Panda e os Caricas carpinteiros, sem ainda assim pode-
pelas ciências. Em 1842 obteve o seu título de aos miúdos, não… O civismo deve- rem dizer nada, porque são crianças e
bacharel. O pai enviou-o para estudar na Escola ria ser razão bastante para as pessoas os papás reagem mal – aliás, muito pior
Normal Superior de Paris, onde se doutorou em frequentarem locais públicos sem que os meninos!
Ciências em 1847. importunar as outras. E dizem-me assim: vê-se mes-
Foi professor de Química na Universidade de E se todos fizéssemos o mes- mo que não tens filhos.
Estrasburgo, de 1847 a 1853, e decano da Univer- mo? Se todos colocássemos o E eu respondo: garanto-vos que
sidade de Lille em 1854. Em 1857 desempenhou o telefone em alta voz quando recordamos euforicamente não obrigarei ninguém a suportar os caprichos deles e que
cargo de diretor de Estudos Científicos da Escola a jantarada de sábado à noite? Como seria se todos jo- provarei que na sociedade atual ainda é possível criarmos
Normal Superior de Paris, cujo laboratório dirigiu gássemos “Candy Crush” com som?! os nossos filhos como os nossos pais nos criaram a nós
a partir de 1867. Desde a sua fundação, em 1887, Recordo-me perfeitamente da professora do ensino – sem música de fundo.
e até à sua morte foi diretor do instituto que tem primário me ter ensinado, aos 5 anos de idade, aquela
o seu nome. máxima sempre atualíssima: «Não faças aos outros aquilo * @pitangaboss
Os seus êxitos tiveram grande importância que não queres que te façam a ti». Jurista / Makeup Artist / Fashion Stylist
em diversos campos das ciências naturais, so-
bretudo na Química e na Microbiologia. Entre
muitos outros contributos, deve-se a Pasteur a
“pasteurização”, que permitiu melhorar a quali- Participe no espaço do leitor.
dade dos alimentos que ingerimos. Pelos seus
avanços na área da Química, com apenas 26
Diga de sua justiça.
anos, foi reconhecido com a ordem da Legião de Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto • 6300-825 Guarda
Honra de França. ointerior@ointerior.pt
opinião
20 • • Quinta-feira • 11 de julho de 2019

rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C 6300-825 Guarda


bilhete postal
Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt

Guarda Incrustados dcabrita@iol.pt


Diogo Cabrita

Trabalhadores da Dura em novo protesto São pedaços da tua ascensão. Teus primos, teus irmãos, teus
Os funcionários da em- cionário estima que cerca de com o maior cliente, apesar de familiares diretos e indiretos, amigos de longa data. Tratam-te por tu.
presa de componentes para 80 trabalhadores se tenham tudo indicar que este venha Visitaram-te em casa. És padrinho dos filhos. Podem ser ex qualquer
automóveis de Vila Cortês do manifestado à porta da Dura mesmo abandonar a produção coisa entre amantes, namoros, pedaços da infância, filhos de amigos
Mondego (Guarda) protestaram Automotive, acompanhados nesta fábrica». Esta saída está dos teus pais, ou os amigos dos teus pais. Estão para te aplaudir a
novamente esta quarta-feira de cerca de duas dezenas de prevista para o final de agosto, subida, o sucesso, o estrondoso dia da promoção. Aplaudem e ululam
á porta da fábrica contra a in- populares e ex-trabalhadores mas «não há até ao momento ne- na ascensão. Os que deves preservar para sempre apagam-se quando
certeza que paira sobre o futuro da fábrica. nhuma carta de despedimento tens poder e aguardam-te na queda. Os incrustados vão começar a
da unidade. A ausência de esclarecimen- impressa», refere Paulo Ferreira, longa lista de pedidos e de favores. Não sabem que os favores se
De acordo com Paulo Fer- tos por parte da administração segundo o qual os funcionários, gastam, não reconhecem limites aos seus pedidos e alapam-se no
reira, dirigente sindical, «o foi a grande motivação de mais que estarão em número exces- teu telefone, abusam da tua rede social, exploram a tua capacidade
turno da meia-noite às 8 da uma paralisação. «Queremos sivo após a saída deste cliente, de dizer que sim. Chegado a ministro, ou a diretor-geral, ou a dono
manhã teve uma adesão de 100 que nos seja comunicada qual a «vão-se revezando neste período de empresa vão aparecer as lapas, bem coladas nas pernas e nas
por cento a este protesto, já no decisão sobre o futuro da fábri- de férias, não sendo ainda notório costas. Nos países pobres será sempre assim. Buscam empregos, au-
turno seguinte, que se iniciou ca», afirma Paulo Ferreira, que o excedente» de recursos huma- mentos de salários, lugares de menos trabalho. Buscam vida melhor
às 7 e termina às 15h30, apenas lamenta «que os funcionários nos na DURA Automotive. sem olhar às suas competências e qualidades. Nos países pobres,
dois trabalhadores iniciaram as sejam obrigados a permanecer A paralisação em Vila Cor- como ser chefe tem vantagens, vão pedir-te para ser chefe. Querem
obrigações laborais». Cenário nesta incerteza diariamente». tês do Mondego coincidiu com presidir, querem gerir, querem ascender contigo. Os incrustados
diferente terá acontecido nos O representante dos trabalha- o protesto da fábrica do Car- são imensos no dia em que lideras uma federação, ou comandas
escritórios, onde «quase todos dores adianta que a direção regado, onde os trabalhadores um lugar que pode distribuir mordomias. Qualquer desses lugares
os funcionários compareceram da empresa comunicou que se reuniram a partir das sete da serve como exemplo. O desporto também é assim. Se treinares tens
ao trabalho». No total, o fun- «ainda está em negociações manhã de quarta-feira. de te preparar para os incrustados pais, os deselegantes gritos das
mães. Se calha, ando a ficar deprimido, porque não sei se há algo
mais a fazer para mudar estas coisas.
Publicação
Manuel Peres Sanches apresenta livro na BMEL
Manuel Peres Sanches apre- A obra resulta de uma in- minou também a expulsão dos
senta este sábado (16 horas) na vestigação sobre a expulsão dos jesuítas e de outras congrega-
Biblioteca Municipal Eduardo padres claretianos do Colégio ções religiosas, antes e depois
Lourenço (BMEL), na Guarda, de Aldeia da Ponte (Sabugal), da República», refere o autor, de
o livro “1908 - 1910 ‘Frades rotulados de jesuítas. «Investi- 69 anos, natural em Aldeia da
jesuítas’ Correm Portugal pela
muita tinta dos jornais”.
gação que revelou a influência
e o poder da imprensa, e deter-
Ponte. O livro será apresentado
por António Rodrigues Lopes.
www.facebook.com/ointerior
PUB

DUAS FORÇAS,
UM FUTURO.
NOVOS HÍBRIDOS PLUG-IN
BMW iPERFORMANCE.

O futuro está aí e vem cheio de vantagens para a sua Empresa, consulte-nos.

Matos & Prata, S.A.


Rua Vila de Manteigas, 1
6300-617 Guarda
Tel.: 271 208 608