Você está na página 1de 20

PUB

Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • 1051 •1


27 fevereiro 2020
Ano 19
quinta-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Pavilhão multiusos
da Guarda no Rio Diz
Há acordo para a construção do futuro Centro de Exposições Transfronteiriço nos terrenos da fábrica Tavares. Será a Greenfield, um fundo de investimento, a fazer a obra
depois de pagar 2 milhões de euros ao município e cerca de 950 mil euros à Sociedade Têxtil Manuel Rodrigues Tavares. As negociações foram concluídas na semana
passada e as escrituras deverão ocorrer já na próxima semana Pág.5

Associação Comercial
Pinhel
Mais de 50
mil visitantes
na Feira das
Tradições
Certame decorreu no fim de
semana e, mais do que o número
de visitantes, autarca Rui Ven-
chega ao fim
tura quer voltar a superar «a
O tribunal vai decretar a liquidação da Associação Comercial da Guarda (ACG) depois da Assembleia
qualidade da feira» nas próxi- de Credores ter chumbado o plano de recuperação da instituição. É o fim da centenária Associação de
mas edições ______________ 10 Comércio e Serviços do Distrito da Guarda Pág.4

Guarda Guarda

Green Endogenous Ministério Público arquiva


assume requalificação inquérito a ex-secretária
do Hotel Turismo de Álvaro Amaro
O Grupo MRG assinou na sexta-feira o contrato de cessão de posição contratual a favor Mãe da funcionária da Câmara da Guarda tinha sido apanhada a destruir documen-
da nova concessionária que está sediada no Porto e foi constituída há quinze dias_ 4 tos da autarquia na trituradora da Unidade Local de Saúde ___________________ 7

PUB

Política
José Albano Marques deixa caminho livre
a Alexandre Lote na Federação do PS
da Guarda
Antigo líder federativo e presidente da secção de Celorico da Beira garante que não
houve «negociação ou exigência para quaisquer lugares federativos ou na Segurança
Social» para desistir da candidatura____________________________________________ 8
2• • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Entrevista
Cara
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara
Rui Santos
João Mendes Rosa «Depois de seis Presidente da direção e membro funda-
dor do Moto Clube da Covilhã – “Lobos

anos de estagnação
O director do Museu da Guarda volta da Neve”
a surpreender-nos como curador de uma
exposição a não perder. A mostra “Domínios Idade: 42 anos

queremos fazer da
do Olhar”, que será inaugurada esta quinta-
feira na cidade mais alta, traz à Guarda um Naturalidade: Covilhã
variado espólio de obras de alguns dos mais
consagrados autores portugueses, de Alma- Profissão: Técnico de vendas
da Negreiros a Amadeu de Souza-Cardoso ou
Nadir Afonso, Rui Chafes, Helena Almeida e
Vítor Pomar, entre outros.
concentração dos Livro preferido: “Os Filhos da Droga”,
de Christiane F.

“Lobos da Neve” um Filme preferido: “Easy Rider”, de Dennis


Hopper

Carlos Chaves Monteiro


O presidente da Câmara da Guarda
marco para o futuro» Hobbies: BTT e motociclismo

P - O Motoclube da Covilhã foi vocámos uma reunião pública através


atraiu um grande investidor para a cons-
fundado em março de 1998, mas a das redes sociais na data dos 20 anos do
trução do CET. O negócio irá permitir à
concentração dos “Lobos da Neve” já Moto Clube. Nesse encontro apelámos
autarquia encaixar dois milhões de euros
se realizava antes disso. Onde nasceu aos antigos sócios e a toda a população
com a venda da antiga fábrica de lanifícios
esta tradição? e obtivemos uma grande receptivida-
Tavares e a construção do Multiusos. Desta
R - Isto começou com um grupo de por parte da comunidade. Foi-nos
forma, Chaves Monteiro conseguiu resolver
de amigos, que decidiram de forma concedida uma sede, em Peraboa, sem
o impasse e a polémica à volta da escolha
informal realizar um encontro motard custos, o que foi uma grande ajuda por
da localização, numa semana em que con-
na Serra da Estrela em 1988. Na altura parte da Junta de Freguesia/ Câmara.
tribuiu decisivamente para a reabertura do
os fundadores – naturais de Lisboa, Os sócios começaram a regularizar
processo de requalificação do Hotel Turismo
Porto e outros pontos do país – or- as suas cotas e a ficar mais do nosso
da Guarda.
ganizaram essa concentração no lado. Apesar de haver vontade de mui-
Covão D’Ametade – o que hoje ta gente, não foi possível realizar a
seria impensável. Eu não estive concentração logo no ano seguinte.
presente nessa concentração, Preferimos antes consolidar a nos-
mas pelo que sei estiveram cerca sa situação para que depois fosse
de 50 pessoas no evento cuja possível organizar algo em grande,
organização ficou apelidada mais tarde – que é o que estamos
de “Lobos da Neve”. O sucesso a fazer agora.
desta primeira edição levou a
Governo que todos os anos se repetisse P – Quais as expectativas
o encontro. As duas edições se- para a concentração deste ano?
A redução anunciada das portagens guintes decorreram nas Penhas R – Depois de seis anos de
nas ex-scut ficou, mais uma vez, aquém das da Saúde, no Clube Nacional de estagnação queremos fazer desta
expectativas. O desconto será de 20% para Montanhismo e depois no antigo concentração um marco para o futuro.
veículos de classe 1 e 2, a partir da sétima Sanatório. Nós tomámos as rédeas e Quisemos organizar uma coisa a sério,
viagem. Isto significa que nos primeiros fundámos o Moto Clube em 1998, mas que nos permitisse recuperar o espíri-
seis dias o condutor paga o valor total da só avançámos com a realização de ati- to das concentrações do passado. Foi
portagem, mas, entre o sétimo e 15º dia vidades de forma autónoma em 2000, muito por essa razão que preferimos
de viagem haverá uma redução de 20 por altura em que, após conversarmos com não a fazer em 2019, porque quisemos
cento. A partir do 16º dia o desconto ascen- os fundadores dos “Lobos da Neve”, primeiro estabilizar a situação do clube.
de a 40 por cento. Além destas reduções, associámos este nome à designação do Este ano a festa tem um orçamento de
o desconto que já existia para os veículos Moto Clube da Covilhã. Nessa altura o 30 mil euros. É sempre um risco muito
de mercadorias vai passar a ser aplicado clube começou quase como uma brin- grande, pois só no fim é que teremos o
aos de passageiros, com um acréscimo cadeira. Só cerca de um ano mais tarde dinheiro necessário para pagar todas
de 5 por cento. Um pequeno avanço na abrimos o grupo a sócios e as pessoas as despesas. Um valor destes é sempre
mitigação das despesas em portagens, começaram lentamente a aderir. Com muito elevado para um clube com a
mas insuficiente nas expectativas dos o aumento das atividades começou a nossa dimensão. À parte disso, este ano
utilizadores. haver cada vez mais gente interessada estamos com mil inscrições limitadas
em juntar-se ao Moto Clube. Hoje temos ção no pavilhão da ANIL, que “matou” – isto é, inscrições que contemplam o
254 sócios. completamente o espírito do evento. campismo, as refeições e as atividades
Isto não se pode organizar em espaços – e esperamos depois ter muitos visi-
P - O clube esteve inativo entre fechados, o importante é criar antes tantes, já que é um evento aberto ao
ACG 2013 e 2018. Quais os factores que
levaram a essa estagnação?
condições para que as pessoas estejam
bem ao ar livre. Assim a concentração
público. Temos um programa bastante
dinâmico, onde incluímos concertos,
É o fim de uma história com mais R - A última concentração antes foi-se tornando uma coisa muito resi- espetáculos de “freestyle”, um “bike
de cem anos: o tribunal vai decretar a desse período de inactividade foi em dual, que já não trazia nada à cidade, e o show” e os tradicionais shows eróticos.
liquidação da Associação de Comércio e 2014, e o evento não correu bem. Nessa interesse foi-se perdendo. O clube tinha Além disso vamos ter a megafogueira,
Serviços do Distrito da Guarda (ACG) no altura eu não fazia parte da direção, dívidas, o património que tínhamos que estará acesa durante os três dias.
seguimento da assembleia de credores mas pelo que tenho conhecimento os desapareceu… Acabámos por estar seis O evento termina no domingo, quando
ter chumbado o plano de recuperação da problemas ficaram a dever-se um pouco anos sem qualquer actividade. realizamos uma bênção em memória do
instituição. Depois de anos de dificuldades à mudança de presidência na Câmara padre José Fernando, o padre motard,
a maior associação do distrito, com quase da Covilhã. Na altura “penduraram-se” P - Qual foi o mote para retoma- que nos era muito querido. Já o espaço
dois mil associados, dificilmente poderá muito no apoio da autarquia, mas essas rem a actividade? O que despertou onde estamos – no Parque de Campis-
renascer das cinzas. ajudas diminuíram consideravelmente esse interesse? mo do Tortosendo, Ponte Pedrinha – é
com a mudança política, o que criou R - Em 2018 havia alguma nostalgia brutal. Antes estava completamente
problemas. Depois disso foi um acumu- no ar. Após conversarmos bem sobre o devoluto e agora foi todo revitalizado,
lar de insucessos. Talvez o pior deles assunto decidimos arrancar novamente o que será uma mais valia para toda a
tenha sido a realização da concentra- com o clube e retomar a atividade. Con- população daqui para a frente.
repetição Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • •3

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

Razões para ser otimista,


pela Guarda
A gestão da coisa pública passa quase sempre pela capacidade
de gerir a relação entre os diferentes interesses, públicos e privados,
pessoais e coletivos, em que o maior interesse da comunidade se deve
sobrepor ao conjunto dos interesses individuais. Quando é assim, os
governos atuam em prol de todos e o interesse comum é salvaguar-
dado. Mais, os governos devem ter a capacidade de corrigir os seus
próprios erros e, quando é preciso, voltar atrás nas suas decisões
por forma a conseguir que o interesse público e o maior interesse do
coletivo se sobreponham às vontades, escolhas ou opções do próprio
poder político e do decisor público.
A construção do Centro de Exposições na Guarda foi finalmente
decidida. Vai ser, como há muito se esperava, no Rio Diz, na antiga
fábrica têxtil Tavares. E esta é uma decisão acertada da Câmara da


Guarda.
As instalações fabris foram adquiridas em 2001 pela autarquia
à família Tavares para, no contexto da intervenção Polis, fazer parte
da zona de requalificação
urbana então delineada.
Previa-se que toda a en-
costa fosse transformada
em zona de lazer e em equi-
pamentos de interesse am-
biental, e nas instalações
A construção do fabris deveria nascer um
museu da água. O contrato
Centro de Exposições então elaborado previa o
na Guarda foi pagamento de cerca de
opinião
Fidélia Pissarra O comboio da batata finalmente decidida.
Vai ser, como há
dois milhões de euros, que
a autarquia demorou uma
dúzia de anos a pagar.
Mais ou menos mascarado, o “veio no comboio infância não existia ali um parque infantil, podemos Quando Álvaro Amaro
da batata” sempre primou por definir, com exatidão, explicar-lhes que “veio no comboio da batata”. muito se esperava, anunciou a construção
o atraso caraterístico a alguém. Por isso, recuperar O mesmo, de resto, em que costumam viajar no Rio Diz, na antiga de um multiusos todos
expressão tão rica de significado parece-me decisi- as decisões, apresentadas como essenciais para olharam para aquela lo-
vo para voltar a identificar quem, incapaz de maior a cidade. Tardam tanto que acabam como o IPG, fábrica têxtil Tavares calização. A autarquia era
ligeireza, prima por chegar atrasado a todo o lado, ou a Plataforma Logística, de tão estafados já proprietária do espaço e com esse equipamento requalificava-se
dificultando a vida de quem espera. Se, em vez de não adiantaram lá grande coisa. Se calhar, já nos finalmente a zona do Rio Diz. A gestão política posterior, já com
ter de explicar que construir um parque infantil na aviávamos com o que há cá, deixando-nos de velei- Chaves Monteiro ao leme do município, foi errática e, entre arrufos
rua Vergílio Ferreira (Virgílio, na placa toponími- dades fúteis. Concordando em que vender cantos e e divergências, atrasou a possibilidade de acordo. O presidente da
ca), como parece ir acontecer, já não fará muito recantos não seja coisa para ocorrer aos que só se Câmara da Guarda chegou mesmo a indicar o Parque Urbano (Polis)
sentido, porque as crianças da rua já são adultas, sentem autarcas quando, de esferográfica na mão, para a construção do CET no lugar do atual “iglô”, o que motivou o
pudéssemos rematar com qualquer coisa a lembrar percorrem mandatos a assinar aquisições, talvez maior desagrado da população. Na Assembleia Municipal deu-se voz
que são manias de se viajar com os tubérculos, já seja altura de refletir sobre se queremos preservar ao protesto e a presidente (eleita pelo PSD) votou pela proposta do
descrevíamos perfeitamente este nosso prodígio a identidade das gentes e locais, ou se, pelo contrá- BE contra o partido porque foi eleita (uma excentricidade que permitiu
de conseguir chegar sempre depois da hora. rio, queremos continuar a imitar outros que é o que várias leituras). Depois de Chaves Monteiro ter conseguido encontrar
O “sintético”, existente no lugar, ainda serviu temos feito. O concelho do lado tem um passadiço, um investidor interessado em construir o CET, arrastavam-se os pés
para os jovens de meia cidade lhe virem partir é isso que nos falta. A aldeia lá da ponta tem uma por causa da localização. Finalmente o acordo “tripartido” entre au-
os equipamentos à bolada, como assumo que casa mortuária? Venha de lá o tijolo e a areia que tarquia, Têxtil Tavares e Greenfield, com o fundo a comprar à Câmara
os mais pequenos não terão a mesma liberdade já cimentamos uma também. Os distritos, abaixo da Guarda as velhas instalações fabris e à família Tavares os terrenos
de movimentos, o parque infantil nem para ser e acima, têm uma universidade? Pois nós temos entre a fábrica e a estrada do Rio Diz. O desenho do negócio é muito
“partido” pelos utilizadores servirá. Na melhor um politécnico, que só não é universidade, porque, interessante, com os depauperados cofres da autarquia a receberem
das hipóteses, a ser construído, pode vir a dar já se sabe, chegou tarde. O vizinho tem um centro dois milhões de euros e a cidade deverá ter dentro de dois anos um
jeito a alguma tribo, de destruidores dos equi- hospitalar? Pois nós havemos de ter o Parque da equipamento de interesse público, mesmo que de domínio privado.
pamentos públicos, de última geração. Ao fim Saúde mais desconexo e incoerente que conse- Uma excelente solução que permitirá, também, a requalificação daquela
e ao cabo, daqui a vinte anos também irão ser guirmos arquitetar. Ainda assim, como uma boa zona da cidade.
precisas intervenções para propor em campanha notícia vem sempre a tempo, resta-nos a esperança Ao mesmo tempo, vislumbra-se solução para outro dos pontos
eleitoral e, à falta de remodelações, das remo- de que, mesmo chegando no tal comboio esperado negros da cidade: o Hotel Turismo. Encerrado há quase 10 anos,
delações, no mesmo centro de sempre, alguém pela peanha da rotunda, ainda chegue uma. Pode o grupo concessionário, a MRG, assinou finalmente o contrato de
se lembrará de vir remodelar o tal futuro parque até vir no “comboio da batata”, convinha-nos era Cessão de Posição Contratual para a requalificação do edifício e a
infantil. Entretanto, quando as antigas crianças que chegasse antes de a janela do pequeno fim de reabertura do icónico hotel. Apesar de o novo concessionário, a Green
da vizinhança perguntarem porque é que na sua semana dos nossos filhos se fechar. Endogenous, não ter histórico nem currículo no setor, deseja-se que
PUB
o contrato patrocinado pelo Turismo de Portugal e pela Câmara da
Guarda permita a reabertura do Hotel Turismo em breve.

PS: Apresentamos as mais sentidas condolências à família de


Joaquim Pina Moura pelo seu falecimento. O antigo ministro natural
de Loriga foi colunista e colaborador do jornal O INTERIOR.
4• • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Credores chumbam Guarda

Cessão de
recuperação posição
da Associação contratual
Comercial da Guarda assinada
Tribunal deverá decretar a liquidação da ACG e venda do seu
património para o pagamento das dívidas aos credores finalmente no
Hotel Turismo
AR

O Grupo MRG assinou empresa vai cumprir os pra-


na sexta-feira o contrato de zos de construção estipulados
cessão de posição contratual pelo contrato de concessão,
relativo à requalificação do segundo o qual a unidade deve
edifício do Hotel Turismo, na reabrir em 2022.
Guarda. A nova concessionária Em maio de 2018, a em-
designa-se Green Endogenous, preitada e futura gestão do
SA, está sediada no Porto, e foi Hotel Turismo da Guarda foi
constituída há quinze dias. concessionada por 50 anos ao
Falta agora que o Turismo consórcio formado pelas em-
de Portugal e o Ministério das presas MRG Property SA e MRG
Finanças autorizem esta alte- Construction SA. O respetivo
ração, que deveria ter acon- contrato foi assinado entre o
tecido no Verão passado, mas Turismo de Portugal, dono do
Venda da sede era uma das medidas propostas no plano de recuperação da ACG
não se concretizou. O acordo imóvel, e o grupo empresarial,
Luis Martins suficientes para mobilizar os res- 158.049,19 euros considerados de sub-rogação foi justificado estimando-se um investimento
tantes credores, que desconfiam como créditos privilegiados. pelas dificuldades financeiras total de cerca de sete milhões
da capacidade da instituição em Entre os credores destacam- da MRG Construction SA. Tra- de euros. O concessionário,
O tribunal vai decretar a ser viabilizada. se a FCO, empresa serviços de ta-se de uma das empresas que que vai pagar uma renda anual
liquidação da Associação Co- Em agosto, o relatório do ad- multimédia de São João da Ma- formou, com a MRG Property de 63 mil euros, tem quatro
mercial da Guarda (ACG) depois ministrador da insolvência, a que deira, que reclamava 288.717,34 SA, o consórcio escolhido pelo anos para transformar imó-
da Assembleia de Credores ter O INTERIOR teve acesso, concluía euros; e a ALH, de Coimbra, que Governo para reconstruir a vel numa unidade de quatro
chumbado o plano de recupera- que o valor total de inventário da pedia mais de 192 mil euros. histórica unidade hoteleira no estrelas com 50 quartos, SPA,
ção da instituição. É o fim da cen- ACG é de 860.415,05 euros, re- Seguiam-se o Estado português âmbito do Programa Revive e restaurante e componente for-
tenária Associação de Comércio sultantes do valor patrimonial de (170.544 euros), a CH Business que, no início de julho de 2019 mativa. A reabilitação integra
e Serviços do Distrito da Guarda. bens imóveis (404.705,50 euros), Consulting (100.188,18 eu- se viu forçada a apresentar um o Programa Revive, sendo que
Na votação, realizada na bens móveis (1.915 euros), verba ros), a Monsters anda Company Processo Especial de Revitali- o futuro hotel terá que ocupar,
semana passada, o plano de insol- histórica (4.500 euros), contas (186.641,11 euros) e Miguel zação (CIRE) no Tribunal de «no mínimo, 55 por cento da
vência obteve quase 59 por cento bancárias (747,41 euros) e conta Alves, presidente demissionário Seia. Carlos Chaves Monteiro área bruta de construção». Na
de votos desfavoráveis e apenas de clientes (448.547,14 euros). da ACG (104.362,04 euros). Já so- acredita que é desta que a em- área restante poderão surgir
33,7 por cento de votos favoráveis Estes valores constavam do ba- bre o edifício sede da Associação preitada vai avançar. «É uma serviços e comércio, bem como
dos credores presentes. Ou seja, lancete da instituição, datado de Comercial, cujo valor patrimonial obra que a Guarda espera com uma residência sénior ou uma
não foram alcançados os mais de 31 de dezembro de 2017 e ela- é de 404.705,50 euros, incidem ansiedade e que será muito residência de estudantes. O
dois terços de votos necessários borado em fevereiro de 2019. Já uma promessa de alienação, uma importante para reabilitar Hotel Turismo, que está devo-
para viabilizar a recuperação da o montante apurado na conta de hipoteca legal (Finanças) e outra um edifício emblemático da luto desde 2012, foi projetado
ACG através de um Plano Especial clientes ia ser alvo de «tentativas voluntária (Segurança Social) e cidade e dinamizar o nosso em 1940 pelo arquiteto Vasco
de Revitalização (PER). Algumas de cobrança», que não surtiram sete penhoras requeridas pelas turismo e economia», disse o Regaleira e concluído em 1958,
das medidas propostas para efeito. Pelo contrário, a ACG de- Finanças, Miguel Alves e a empre- presidente da autarquia, que sendo um dos edifícios mais em-
viabilizar a Comercial passavam via na altura 1.372.215,88 euros sa Tecnipronto. continua convicto que a nova blemáticos da cidade da Guarda.
pela venda da sede, bem como aos credores constantes de uma O caso foi despoletado em LM
pela desistência de credores lista provisória. Desse montante, maio de 2019 pela reclamação
como Miguel Alves e Victor Nunes 642.831,29 euros eram crédi- de vencimentos por parte de uma
dos créditos que reclamavam. tos subordinados e 571.335,40 antiga funcionária. Na fundamen-
Mas essas propostas não foram créditos comuns. Havia ainda tação do pedido de insolvência,
entre outros argumentos, a ex-
Câmara disponível para ajudar a trabalhadora justificou a ação
alegando que as dívidas da ACG
recuperar ACG «ultrapassam os ativos conheci-
dos» e que as execuções penden-
O presidente da Câmara da Guarda afirma que a autarquia tes contra ela demonstram «a sua
será «parte da solução» e está disponível para apoiar os co- incapacidade em pagar» as dívidas
merciantes e empresários que queiram recuperar a Associação vencidas, que serão de montante
Comercial. «muito superior» ao do valor do
No entanto, Carlos Chaves Monteiro afasta a possibilidade seu património conhecido. Em ou-
de adquirir o edifício onde funcionou a sede da instituição. «Não tubro do ano anterior, os associados
temos interesse, para já, nesse imóvel», disse o edil a OINTERIOR. da Comercial tinham chumbado
«Fico triste com o chumbo do plano de insolvência porque haven- a proposta da direção presidida
do vontade de recuperar uma instituição centenária do distrito por Miguel Alves, que se demitiu
devia ser dada prevalência à sua viabilização, salvaguardando os posteriormente, de venda da sede
legítimos interesses dos credores», considera. para pagamento das dívidas.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • •5

Guarda
Câmara quer mais e melhores
transportes urbanos
Pavilhão multiusos
A Câmara da Guarda aprovou
por unanimidade a abertura de
um concurso público internacio-
gestão dos transportes públicos.
Nesta sessão, Cristina Cor-
reia voltou a questionar a maioria
será construído
no Rio Diz
nal para a concessão dos trans- social-democrata sobre quantas
portes urbanos de passageiros árvores vão ser cortadas na re-
pelo valor base de 1,2 milhões qualificação das avenidas Afonso
de euros. Serão 215 mil euros Costa e Alexandre Herculano. LM

por ano durante cinco anos – Além desse número, a vereadora


atualmente a autarquia paga à quer saber o motivo deste abate, o
Transdev 150 mil euros. local exato de cada corte e se este
O primeiro procedimento será feito com base em pareceres
deste género na autarquia vai técnicos. A eleita da oposição
ser submetido esta quinta-feira à aproveitou ainda o tema para
Assembleia Municipal. O caderno perguntar se a Câmara possui
de encargos prevê o alargamento «algum inventário arbóreo da
da rede e o ajustamento dos horá- cidade». Na reunião realizada no
rios às necessidades, em especial passado dia 19, Carlos Chaves
na interligação com as partidas e Monteiro anunciou que o municí-
chegadas dos comboios e no re- pio está a reavaliar a continuidade
forço nas horas de ponta. Estas do mercado no centro da cidade
condições deverão também ser a cada terceiro domingo do mês.
estar associadas a «uma me- Em causa estão «as queixas quei-
lhor informação» aos utentes, xa de moradores e comercian-
Além do equipamento, a Greenfield vai requalificar toda a área envolvente
disse Carlos Chaves Montei- tes», tendo o edil admitido que
ro, presidente da autarquia. O a cidade não aderiu à mudança. Há acordo para a da última Assembleia Munici- vestimentos, que assim passará
concurso impõe também uma «Confrontados com estas posi- construção do futuro pal», que aprovou, por maioria, a ser o proprietário de todos os
idade máxima para a frota de ções, é necessário ponderar as Centro de Exposições uma moção do Bloco de Esquer- terrenos da Têxtil Tavares no Rio
autocarros, que deverão ainda vantagens e os inconvenientes da Transfronteiriço nos da (BE) que defendia que o CET Diz pagando quase três milhões
cumprir requisitos ambientais. realização do mercado no centro terrenos da fábrica não fosse construído no Parque de euros (dois milhões à Câmara
Os vereadores do PS votaram da cidade. Mas só quando houver Tavares. Será a Urbano do Rio Diz e pedia ao pelos imóveis adquiridos por esta
o assunto favoravelmente, mas uma alternativa consensual para Greenfield, um fundo executivo para retomar as nego- e 950 mil à família Tavares pelo
disseram ter «reservas em relação vendedores e compradores será de investimento, a ciações com a Sociedade Têxtil terreno para onde o contrato de
ao modelo», tendo sugerido que tomada uma decisão», disse o fazer a obra depois Manuel Rodrigues Tavares. «O 2001 autorizava uma urbaniza-
fosse o município a assumir a presidente da Câmara. de pagar 2 milhões de grupo privado vai construir o ção). Já a obra deverá arrancar
euros ao município e pavilhão multiusos e a Câmara no final deste ano e o edifício será
cerca de 950 mil euros será arrendatária pelo período ainda aproveitado para acolher o
UBI à Sociedade Têxtil de 25 anos, que implicará o pa- futuro Centro Tecnológico Fer-
Universidade e NASA colaboram Manuel Rodrigues
Tavares. As negociações
gamento de uma renda mensal
(ou a pagar anualmente) cujo
nando Carvalho Rodrigues.
Chega assim ao fim a polé-
em sistemas de navegação foram concluídas na valor está a ser calculado» e que mica que marcou o final de 2019,
DR semana passada e as deverá ser «ligeiramente supe- quando a Câmara anunciou ter
escrituras deverão rior ao custo anual do aluguer» desistido de erigir o CET na antiga
ocorrer já na próxima de equipamento amovível para fábrica Tavares porque a empresa
semana. a realização da FIT, segundo o não escriturou os terrenos em
autarca. «Esta é a opção que nome do município apesar deste
Luis Martins melhor acautela os interesses ter pago dois milhões de euros
da Câmara que, neste momento, de acordo com um contrato pro-
não tem recursos financeiros messa de compra e venda. Além
Já está decidido. O futuro para fazer a obra, nem há apoios disso, uma área de 50 mil metros
Centro de Exposições Transfron- comunitários para a compar- quadrados tinha sido hipotecada
teiriço (CET) da Guarda vai surgir ticipar», disse o presidente do pela Sociedade Têxtil à Segurança
nos terrenos da antiga fábrica Ta- município Social por 800 mil euros. Na altu-
vares, no Rio Diz. O equipamento Chaves Monteiro adianta que ra, a autarquia ainda ponderou
com 10 mil metros quadrados a construção do equipamento fazer a obra no Parque Urbano do
A Universidade da Beira Inte- mecanismos de alerta de catás- vai ser construído por um fundo custará «15 a 16 milhões de eu- Rio Diz, mas a contestação política
rior (UBI) está a estabelecer uma trofes naturais, nomeadamente de investimento, designado por ros» e que a Greenfield se com- e popular que se gerou fez Carlos
parceria com a NASA no âmbito terramotos e tsunamis. «O traba- Greenfield, que vai pagar dois prometeu também a requalificar Chaves Monteiro recuar e retomar
de sistemas de navegação por lho desenvolvido é feito através do milhões de euros ao município e «toda a envolvente do pavilhão». as negociações com a família Ta-
satélite através do projeto SEGAL, laboratório SEGAL - Space & Earth cerca de 950 mil euros por todo O edil espera ter condições «na vares. Pelo meio, a Câmara ainda
que instala e monitoriza estações Geodetic Analysis Laboratory», o património da família Tavares próxima semana» para a escritura chegou a arrestar o património da
permanentes de GNSS em todo o criado pela UBI e pelo Instituto naquela zona da cidade, incluindo dos terrenos do Rio Diz poder sociedade, procedimento judicial
planeta», segundo a UBI. de Geofísica Infante D. Luís na uma parcela de terreno que esta- ser feita a favor do fundo de in- do qual deverá agora desistir.
O acordo, que irá continuar área do posicionamento absoluto. va omissa no acordo celebrado
no próximo ano, consiste numa Com a ligação ao JPL, a UBI está com a autarquia em 2001.
ligação científica ao Jet Propul- a cooperar com a instituição Este desfecho deixa sem Estudo propôs sete localizações para o CET
sion Laboratory (JPL) da NASA, que, como laboratório da NASA, efeito o contrato promessa de
no qual a universidade beirã tem «mais contribui para o IGS - In- Há exatamente um ano, o executivo guardense anunciou a es-
compra e venda então estabe- colha dos terrenos do Rio Diz para a construção do Centro de Expo-
assumido a responsabilidade «de ternational GNSS Service, que é lecido com a Sociedade Têxtil
instalar estações permanentes de a base dos sistemas de referência sições Transfronteiriço. A decisão resultou de um estudo elaborado
Manuel Rodrigues Tavares. As pela consultora Ventura Office Global Architects Associates, do Porto,
Global Navigation Satellite Sys- modernos dos países, permitindo negociações entre os herdeiros,
tem (GNSS) em todo o planeta e a georeferenciação de todos os que sugeriu sete possíveis localizações e as previsões de custos de
o município e o investidor priva- cada uma: estádio municipal (21,5 milhões de euros), zona da feira
depois apoiar o JPL na sua manu- objetos (cadastro, construção de do foram concluídas na semana
tenção, através da monitorização infraestruturas e mapas entre quinzenal (13,8 milhões), antiga fábrica Tavares, no Rio Diz (12,7
passada, tendo o acordo sido milhões), terreno junto à rotunda das Portas da Cidade, também
da sua funcionalidade». Segundo outros)», salienta Rui Fernandes, confirmado a O INTERIOR por
a UBI, as estações já instaladas docente do Departamento de conhecida por “rotunda da mão” (13,1 milhões), antiga fábrica da
Carlos Chaves Monteiro. Segun- Delphi, na Estação (13,1 milhões), Quinta da Maúnça (14,9 milhões)
desde a Gronelândia às Ilhas Fiji Informática da UBI e coordenador do o autarca, esta solução «teve
poderão ser essenciais para os deste trabalho. e parque urbano do Rio Diz (10,2 milhões).
em consideração a deliberação
6• • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Lajedo de granito na
S
Sociedade
Rua da Torre criticado
Substituição da “calçada à portuguesa” por pavimento «inadequado» junto à Torre
dos Ferreiros, no centro histórico da Guarda, já deu origem a petição pública
LM
A substituição da calçada traço bem distintivo da nossa
da Rua da Torre dos Ferreiros, cidade!», consideram ainda, ar-
no centro histórico da Guarda, gumentando que «no momento
por lajes de granito similares às em que a Guarda apresenta uma
existentes na Praça Velha está a candidatura a “Capital Europeia
ser contestada pelos munícipes. da Cultura”, não nos parece que
A situação foi denunciada na se- retirar os traços que nos identi-
Covilhã mana passada e gerou polémica ficam como cidade centenária e
Tuna “Já b’UBI nas redes sociais e a criação de
uma petição pela reposição do
histórica sejam uma boa opção».
Para o presidente da Câma-
& Tokuskopus” pavimento. ra, o que está em curso naquela
celebra 30 anos A intervenção integra a rua do centro histórico é «uma
empreitada de requalificação da solução técnica que vai enqua-
com festival Torre dos Ferreiros, que inclui drar lajedo na futura requalifica-
A tuna “Orquestra Aca- a instalação de um elevador ção da Rua Tenente Valadim e já
démica Já b’UBI & Tokusko- exterior, rampas de acesso a foi aplicada na Praça Velha e nas
pus”, da Universidade da essa estrutura, bem como a be- Portas do Sol». Carlos Chaves
Beira Interior, celebra 30 neficiação do acesso interior por Monteiro sublinha que a Divisão
anos de existência e, para escada e a retirada de sirenes e de Património e Salvaguarda da
assinalar a data, a “mais an- de estações meteorológicas do Direção Regional de Cultura do
tiga tuna da UBI” promove topo do monumento nacional. A Centro «não contestou» esta so-
esta sexta-feira e sábado o petição pública – disponível no lução. «É uma questão estética,
Tokuskopus 2020 - Festival endereço http://peticaopublica. não fere em nada o monumento,
de Tunas Masculinas na com/pview.aspx?pi=PT96229 caso contrário a aplicação deste
Covilhã. – sustenta que as recentes al- lajedo tinha sido chumbada»,
Após três anos de inter- terações no pavimento exis- acrescenta o edil, que acrescenta
rupção, o evento tem início tente no início da Rua da Torre que «o presidente da Câmara não
pelas 21h30 de amanhã é «um atentado patrimonial, se rege pelas redes sociais e está
com a serenata, no Largo bem como um total desrespei- disponível para receber as pes-
do Centro Cívico. Estão pro- to pelo caráter identitário da soas». De resto, Chaves Monteiro
gramadas as atuações da zona histórica» da Guarda. Os adiantou que as alterações exigi-
Tuna-Mus – Tuna Médica signatários alegam ainda que das pela entidade competente às
da Universidade da Beira as lajes poderão constituir «um dimensões do edifício de apoio ao
Interior, da Encantatuna – perigo com gelo e chuva», como elevador – que transportará os
Tuna Académica Feminina acontece, nomeadamente, na visitantes para o miradouro do
da Universidade da Beira In- Praça Velha e nas Portas do Sol. topo da torre – foram feitas e
terior, da RTUB – Real Tuna «Devemos cuidar do que existe Câmara da Guarda diz que se trata de uma «solução técnica» aprovada estão autorizadas, encontrando-
Universitária de Bragança, pelas entidades competentes
e a calçada à portuguesa é um se o mesmo já em construção.
da Looney Tuna FPCEUP
– Tuna Académica da FP-
CEUP, da VenusMonti – Tuna IPG
Acdémica da Faculdade de
Direito de Lisboa e do grupo
académico Seistetos. No dia
Futuro Governador Regional do Príncipe
seguinte os grupos visitan-
tes irão a concurso com a reuniu com estudantes são-tomenses DR
tuna anfitriã no auditório O futuro presidente do Go- residências de estudantes de
da Faculdade de Ciências da verno Regional do Príncipe, Filipe forma a colmatar as carências
Saúde da UBI. Nascimento, esteve na Guarda sentidas. «Neste momento serão
na segunda-feira para ouvir os necessárias 120 camas, sobretu-
estudantes daquela zona de São do para estudantes estrangeiros»,
Tomé e Príncipe. O responsável acrescentou Joaquim Brigas.
vai tomar posse em maio. Neste encontro, o presiden-
No Instituto Politécnico da te do IPG aproveitou também a
Guarda (IPG), Filipe Nascimento vinda do recém-eleito Governa-
reuniu com Joaquim Brigas, pre- dor Regional do Príncipe para
sidente da instituição, e depois divulgar a oferta formativa do
com os estudantes oriundos do Politécnico e a disponibilidade
Príncipe para conhecer as suas para realizar formações específi-
necessidades e os problemas que cas e «desenhadas à medida» das
afetam a sua vinda para a Guarda. necessidades da administração
O próximo governador regional pública local e das empresas. Na
comprometeu-se a «estar mais segunda-feira, Filipe Nascimento,
próximo» dos seus concidadãos Por sua vez, Joaquim Brigas lem- novidades na transformação da que se fez acompanhar do presi-
e a agilizar os seus processos de brou que o IPG acolhe atualmente Pousada da Juventude em resi- dente da Associação dos Estudan-
candidatura, tendo ainda sensi- 270 estudantes naturais de São dência», lamentou o responsável, tes do Príncipe em Portugal, Silton
bilizado os presentes para que Tomé e Príncipe, sendo a principal que já encetou contactos com Monforte, reuniu também com
regressem ao país, que necessita dificuldade a falta de alojamento empresas imobiliárias privadas o presidente da Câmara, Carlos
de quadros técnicos qualificados. disponível na cidade. «Não há para que construam na Guarda Chaves Monteiro.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • •7

Governo
Ministério Público
Descontos nas portagens arquiva inquérito
vão aplicar-se a partir a ex-secretária de
da sétima viagem Álvaro Amaro
AR
Mãe da funcionária da Câmara da
Guarda tinha sido apanhada a destruir
documentos da autarquia na trituradora
da Unidade Local de Saúde
Luis Martins participaram na Feira Farta de
«2015 ou 2016». A funcionária
acrescentou que a máquina
O Ministério Público (MP) encravou e que decidiu, por si
decidiu arquivar o inquérito própria, levar os papéis para
contra a ex-secretária de Álva- casa. Posteriormente, a sua
ro Amaro na Câmara da Guarda mãe decidiu, «sem falar con-
após denúncia de que a mãe sigo previamente», os papéis
de Catarina Paixão destruiu para triturar na ULS.
na Unidade Local de Saúde Das diligências realizadas
(ULS), da qual é funcionária, pela PJ constou a apreensão de
grandes quantidades de do- três sacos de plástico com as ti-
cumentos da autarquia. Mãe ras do papel triturado por Ana
e filha estavam indiciadas da Maria Paixão, num total de 5,7
prática de um crime de favo- quilos, buscas domiciliárias e a
recimento pessoal, enquanto automóveis das suspeitas, bem
a progenitora incorria ainda como pesquisas nas contas de
Além desta redução no valor das portagens, o Governo vai lançar mais medidas para favorecer as regiões do interior, num crime de peculato de uso email de Catarina Paixão e de
que serão exclusivas para zonas de fronteira por utilizar indevidamente a Cecília Amaro. Os resultados
O Conselho de Ministros dia o desconto ascende a 40 por promoção da mobilidade de máquina trituradora da ULS. obtidos não foram conside-
vai realizar hoje uma reunião cento. Para usufruir dos descon- famílias para territórios no inte- A decisão data de 19 de rados «pertinentes» para o
descentralizada, em Bragança, tos não é necessária uma certifi- rior. Agora vão ser também ser fevereiro e o MP conclui que, esclarecimento dos factos e
onde deverão ser anunciados cação do Instituto da Mobilidade anunciados novos programas feitas as buscas e perícias para a descoberta da «verdade
os descontos nas portagens das dos Transportes, mas apenas um direcionados unicamente para necessárias, não foram apu- material», conclui o MP. Con-
ex-SCUT. identificador eletrónico. as zonas de fronteira. O anúncio rados indícios relevantes que frontado com esta decisão, o
A redução irá ser aplicada Além destas reduções, o foi feito por Ana Abrunhosa, comprovem a prática dos cri- presidente da Câmara da Guar-
a partir de julho em sete au- desconto que já existia para os ministra da Coesão Territorial, mes que eram imputados a da considerou que o despacho
toestradas do interior do país, veículos pesados de mercado- em declarações a O INTERIOR, à Catarina e Ana Maria Paixão. confirma que os responsáveis
nomeadamente A23 e A25. Além rias vai passar a ser aplicado margem da inauguração da Feira O juiz titular do processo de da autarquia «não cometeram
destas também a A22 (Algarve), aos de passageiros, com um das Tradições e das Atividades inquérito determinou então quaisquer ilegalidades» e rei-
A24 (Interior Norte), A28 (Nor- acréscimo de 5 por cento. Assim, Económicas, na sexta-feira, em o arquivamento do procedi- terou que «não há, nem houve
te Litoral), A4 (Subconcessão estes veículos passam a usufruir Pinhel. Durante o Conselho de mento em conformidade com nada ilegal» neste caso. «Os
AE transmontana e Túnel do de uma redução de 35 por cento Ministros deverá ser discutido o os «princípios basilares» do documentos não saem dos ser-
Marão) e A13 e A13-1 (Subcon- para quem viaja durante o dia primeiro documento de «estra- direito processual penal “in viços do município, onde estão
cessão Pinhal Interior) verão e de 55 por cento para quem tégia e reflexão» relativo a «uma dubio pro” reu e da presunção e sempre estiveram», afirmou
o preço reduzido, mas não em circule à noite. A iniciativa é da estratégia de desenvolvimento da inocência. Além disso, o Carlos Chaves Monteiro, que
todas as viagens. responsabilidade dos Ministé- que estamos a desenhar só para magistrado invoca também a criticou o «julgamento na pra-
Segundo declarações pres- rios da Coesão Territorial, das a zona de fronteira, que envolva possibilidade «mais razoável» ça pública» de uma funcionária
tadas por Ana Abrunhosa, mi- Finanças e das Infraestuturas. projetos muito específicos nessas de absolvição das arguidas da edilidade.
nistra da Coesão Territorial à Re- Além desta redução no va- áreas territoriais», sublinhou a em eventual julgamento. Ou- No entanto, na sequência
nascença, para os carros ligeiros lor das portagens, o Governo ministra sem entrar em detalhes. vida pelo MP, Catarina Paixão deste caso, Catarina Paixão foi
de classe 1 e 2, os descontos só vai ainda lançar mais medidas Recorde-se que o universo de admitiu que foi a vereadora sancionada disciplinarmente
se aplicam a partir do sétimo dia de discriminação positiva das territórios de baixa densidade Cecília Amaro que lhe pediu com uma pena de suspensão
de viagem. Isto significa que nos regiões do interior. A tutela considerado pelo Governo no para triturar um «aglome- de 20 dias, suspensa pelo
primeiros seis dias o condutor já tinha divulgado programas âmbito dos apoios já divulgados rado de papel» que tinha no período de um ano, por in-
paga o valor total da portagem, destinados ao favorecimento contempla uma área muito abran- seu gabinete e que, segundo cumprimento do dever de zelo
mas, entre o sétimo e 15º dia das zonas de baixa densida- gente que exclui apenas as zonas se apercebeu, alguns desses e de lealdade. A funcionária
de viagem haverá uma redução de – de apoio às empresas e à do litoral Norte e Centro de Por- documentos diziam respeito recorreu, mas não há ainda
de 20 por cento. A partir do 16º contratação no interior, e de tugal e grande parte do Algarve. a listagens de produtores que decisão final.

Guarda
Olano Portugal registou 30,5 milhões de euros de volume de negócios em 2019
A Olano Portugal – Logística Segundo dados da empresa, baseia-se fundamentalmente no Portugal, Espanha, França ou Itá- Em Portugal desde 2009, a
e Distribuição encerrou 2019 na plataforma logística da cidade apoio à indústria transformadora lia». No total, a Olano percorreu Olano Portugal – Logística e Dis-
com um volume de negócios no mais alta foram movimentadas e agroalimentar. Desta forma, re- 16,4 milhões de quilómetros em tribuição faz parte do universo de
valor 30,5 milhões de euros, um mais de 168 mil paletes, 499 colhemos com regularidade e de 2019. E para 2020 a empresa pre- 50 filiais do Grupo Olano a nível eu-
incremento de 4 por cento face mil caixas e 609 contentores. acordo com o plano de produção para um plano de investimentos ropeu. Especialista em transporte,
ao período homólogo. Estes resul- Simultaneamente, foram arma- dos nossos clientes, os seus pro- que passa pela renovação de frota, armazenagem e logística de frio em
tados são referentes à soma das zenadas, em média, mais 26.600 dutos finais que armazenamos e através da aquisição de veículos temperatura controlada, a empresa
atividades da Olano Logística do paletes por mês. João Logrado, mais tarde entregamos aos seus Euro VI, a utilização de painéis so- presta atividade nas fileiras de pro-
Frio e da Olano Transportes Por- diretor-geral da Olano Portugal, clientes finais, sejam eles grandes lares e o aumento da capacidade dutos do mar, congelados, frescos,
tugal, ambas sediadas na Guarda. lembra que «a nossa operação superfícies ou distribuidores em logística em Portugal e na Itália. cárneos e farmacêuticos.
8• • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Alexandre Lote Obituário

Morreu Pina Moura


com via aberta
DR
Morreu, no passado sábado,
o antigo ministro da Economia
e das Finanças Joaquim Pina
Moura. Natural de Loriga, Seia,
Pina Moura tinha 67 anos. Fa-

na Federação do
leceu em casa, em Lisboa, na
sequência de um longo percurso
de doença neurodegenerativa.
Joaquim Pina Moura que

PS da Guarda
foi militante comunista – entre
1972 e 1991 – seria depois um
destacado dirigente do PS com
António Guterres até 1997, e Guarda, entre 1995 e 2005,
ano em que foi nomeado Mi- tendo abandonado o cargo
José Albano Marques garante que não houve «negociação ou nistro da Economia. Dois anos para se dedicar à gestão de
depois tornou-se Ministro das empresas como a Iberdrola –
exigência para quaisquer lugares federativos ou na Segurança Finanças e da Economia, no onde foi presidente – e mais
Social» para desistir da candidatura Governo também liderado por tarde a Galp. Foi colunista de O
DR
Guterres. Foi ainda deputado INTERIOR entre 2004 e 2006.
na Assembleia da República A Câmara de Seia decretou três
pelos círculos do Porto, Lisboa dias de luto municipal.

Comboios

Lançado concurso para


renovação da Linha da
Beira Alta entre Cerdeira
e Vilar Formoso
A Infraestruturas de Por- com 100 metros de extensão
tugal (IP), entidade responsá- para o serviço regional. A
vel pela manutenção da rede remodelação dos “lay-outs”
ferroviária nacional, já lançou das estações de Cerdeira,
o concurso público para a Noéme e Vilar Formoso com o
empreitada de modernização respetivo aumento dos com-
do subtroço da Linha da Beira primentos úteis das linhas
Alta entre a Cerdeira e Vilar principais para receção de
«Esta união é um ponto de partida extremamente importante para a vitória nas autárquicas de 2021», disse Alexandre Lote
Formoso. comboios de mercadorias de
Segundo a IP, o concurso 750 metros e otimização das
Luis Martins houve «diálogo» e «convergência» presidente da Câmara de Fornos para a empreitada de “Mo- condições de exploração, a
para unir o partido e «torná-lo de Algodres, «esta união é um dernização do Subtroço Cer- construção de infraestrutu-
ainda mais forte» no distrito: ponto de partida extremamente deira – Vilar Formoso” foi ras de apoio à sinalização e
Alexandre Lote tem o cami- «Quando o PS ganha, ganhamos importante para o objetivo da publicado na quinta-feira em telecomunicações.
nho desimpedido para assumir todos. Esta união é uma vitória vitória nas autárquicas de 2021», “Diário da República”. «Num Está igualmente contem-
a presidência da Federação do de todos os militantes», afir- eleições onde, a nível distrital, quer investimento estimado em 50 plada a execução de novas
PS da Guarda. Na sexta-feira, mou ainda, colocando desde já «ter mais votos, mais Câmaras e milhões de euros, esta obra redes de drenagens, a im-
José Albano Marques desistiu da a fasquia bem alta nas próximas mais mandatos». De resto, Alexan- é desenvolvida no âmbito plementação do sistema de
corrida e manifestou apoio ao autárquicas. «Seremos, em 2021, dre Lote manifestou, desde já, apoio do projeto de modernização Retorno de Corrente de Tra-
vice-presidente da Câmara de a grande força autárquica do a uma eventual candidatura de da Linha da Beira Alta, que ção + Terras de Proteção, a
Fornos de Algodres para «evitar distrito, superando, certamente, José Albano Marques em Celorico integra o programa Ferro- criação de vias variantes ao
um confronto duro e de pro- as atuais sete presidências de da Beira. via2020, e complementa a traçado atual que permitam
fundas ruturas» entre as duas Câmara», augurou. Nessa noite, o fornense de intervenção atualmente em a redução de pendentes e o
candidaturas. Aos jornalistas, José Albano 36 anos apresentou oficialmente curso de renovação de via do aumento de velocidade de
O golpe de teatro deu origem Marques garantiu também que a sua candidatura numa sala subtroço entre Guarda e Cer- circulação, a construção de
a uma conferência de imprensa não houve «negociação ou exi- repleta na sede distrital. Na oca- deira», refere a empresa em obras de arte e de trabalhos
conjunta na sede do partido, na gência para quaisquer lugares fe- sião, o candidato afirmou que comunicado. A IP adianta que de estabilização de taludes.
Guarda, onde o presidente da con- derativos ou na Segurança Social» quer «construir uma Federação a empreitada tem um prazo de A IP adianta ainda que a mo-
celhia de Celorico da Beira e anti- para desistir da candidatura. O assente em três pilares: respei- execução de 729 dias e envolve dernização do troço, com 41
go dirigente federativo justificou mesmo declarou Alexandre Lote, tar a matriz do PS; fomentar a a realização de trabalhos numa quilómetros, entre Guarda e
que houve «entendimento sem para quem a decisão não dará proximidade e abrir o partido à extensão de 25 quilómetros Vilar Formoso, será realiza-
interferência de ninguém» e «em origem a «uma fusão de listas ou sociedade; e criar um projeto ven- daquele subtroço. da em duas fases distintas.
função dos interesses» do partido. de candidaturas» e «muito menos cedor nas próximas autárquicas». Os trabalhos contemplam A primeira fase, já em curso,
«Estaríamos a prejudicar o PS se será a resposta a qualquer exi- Alexandre Lote anunciou também a renovação integral da via corresponde à intervenção
houvesse duas listas», considerou gência ou cedência». No entanto, que Rita Cunha Mendes, atual se- entre as localidades de Cer- de renovação integral do sub-
José Albano Marques, que liderou o agora candidato único, que, em cretária de Estado da Ação Social, deira (concelho do Sabugal) troço Guarda–Cerdeira, com
a Federação de 2008 a 2016. O 2018, perdeu com Pedro Fonseca é a mandatária da candidatura, e Vilar Formoso (concelho de 16 quilómetros de extensão.
vereador da Câmara de Celorico à segunda volta, assumiu sentir-se enquanto António Miguel Carva- Almeida), no distrito da Guar- A segunda fase é relativa à
da Beira acrescentou também que «muito mais confortável» com lho, chefe de gabinete do presi- da. Está também englobada a empreitada que agora se en-
esta saída de cena visa possibilitar esta desistência e reiterou tam- dente da Câmara de Manteigas, construção de plataformas de contra a concurso. O conjunto
a Alexandre Lote «o espaço para bém que o entendimento resulta Esmeraldo Carvalhinho, será o passageiros com 200 metros destas duas empreitadas
a construção de um projeto de de «um enorme ato de ponde- diretor de campanha. As eleições de extensão em estações/ representa um investimento
união, na certeza de uma grande ração das duas candidaturas no estão marcadas para 13 de março apeadeiros para serviços estimado em cerca de 58,7
vitória» nas autárquicas de 2021. respeito e na defesa dos superio- e o prazo para entrega das listas internacional/ Intercidades e milhões de euros.
Segundo o dirigente celoricense, res interesses do PS». Para o vice- termina esta quinta-feira.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • •9

Trancoso Covilhã

Ana Abrunhosa inaugura Concentração “Lobos da Neve”


regressa após paragem de seis anos
nova zona industrial A XXVIª concentração invernal “Lobos presenta um investimento de cerca de 30
da Neve” vai realizar-se este fim de semana, mil euros. A organização espera milhares
no parque de campismo da Ponte Pedrinha, de pessoas num evento que contribuiu
no Tortosendo (Covilhã), após seis anos de para a requalificação do parque de cam-
interrupção. pismo (na imagem) da Ponte Pedrinha,
«Queremos fazer desta concentração que «estava devoluto». Entre sexta-feira e
um marco para o futuro», afirmou Rui San- domingo há concertos, espetáculos de “fre-
tos, presidente do Moto Clube da Covilhã estyle”, “bike show” e os habituais shows
em declarações a O INTERIOR (ver página eróticos. Será ainda cumprida a tradição da
2). O responsável explica que há uma gran- “megafogueira”, que estará acesa durante
de expectativa em relação ao encontro mo- os três dias do evento. No domingo terá
tard, que irá marcar o reinício de atividade lugar uma bênção em memória do padre
do Moto Clube. «Quisemos organizar uma José Fernando, mais conhecido por “padre
coisa a sério, que nos permitisse recuperar motard”. No sábado de manhã realizar-se-á
o espírito das concentrações do passado», a “MotoGota Solidária”, uma campanha de
acrescenta o dirigente. A concentração re- recolha de sangue.
DR

A ministra da Coesão Territorial, Ana «Esta Área de Acolhimento Em-


Abrunhosa, inaugura esta sexta-feira presarial destina-se a captar investi-
(15h30) a Área de Acolhimento Empre- mentos que criem postos de trabalho.
sarial de Trancoso, cujo preço do metro Queremos pequenas empresas e outras
quadrado é de dois euros. com alguma dimensão para tentar fixar
A nova zona industrial fica no lugar as pessoas», disse Amílcar Salvador
do Crujeiro, junto à estrada municipal que a O INTERIOR (ver edição de 30/01).
liga Trancoso a Fiães, e ocupa 4,5 hecta- Na altura, o presidente do município
res. O projeto resulta de um investimento admitia ter «boas expetativas» para
de 845 mil euros, comparticipados em a ocupação destes primeiros lotes e
710 mil euros pelo Programa Operacional recordou que «há mais de vinte anos»
Regional do Centro – Centro 2020. Na que não havia lotes industriais dispo-
altura, Ana Abrunhosa era presidente níveis em Trancoso. De acordo com o
da Comissão de Coordenação e Desen- Regulamento para Atribuição de Lotes,
volvimento Regional do Centro. A fase os critérios de ponderação que vão
de candidaturas para ocupar dez dos 15 graduar as candidaturas são, por esta
lotes disponíveis está a decorrer até 15 ordem, a criação líquida de postos de

Em honra das pessoas


PUB
de abril, podendo concorrer empresários trabalho, o volume do investimento
das áreas da indústria, armazenagem e a atividade económica a instalar. A
e logística, bem como de comércio e Área de Acolhimento Empresarial será
serviços. Os espaços estão devidamente
infraestruturados e têm áreas entre os
gerida pela autarquia. A sua construção
foi adjudicada em novembro de 2018 à
que salvam vidas
1.200 e 3.000 metros quadrados. empresa João Tomé Saraiva, da Guarda.
O Miguel Bonito Vieira sofreu um grave acidente,
Gouveia em Manteigas, no dia 30-12-2019.
EDP Distribuição enterra linha aérea A todas e cada uma das pessoas que integraram as
equipas de bombeiros e INEM, que o encontraram e
de média tensão na cidade DR
assistiram no local e o transportaram para o Hospital,
A todas e cada uma das pessoas do Hospital da
Guarda, equipas médicas, de enfermagem e auxilia-
res, desde a cirurgia aos cuidados intensivos e aos
cuidados intermédios,
A todos agradecemos profundamente todo o saber
e todo o empenho, todo o cuidado e todo o carinho,
cujo somatório salvou a vida do Miguel.
Dir-se-á, como nos disseram sempre que agrade-
cemos pessoalmente, que todas aquelas pessoas se
A EDP Distribuição concluiu uma
intervenção na cidade de Gouveia que
euros. Segundo a empresa, o resultado
final apresenta, «tanto do ponto de
limitaram a fazer o seu trabalho.
consistiu na passagem subterrânea de vista urbanístico, como da qualidade de Assim será.
uma linha de média tensão aérea com serviço técnico, ganhos substanciais e
cerca de 345 metros. afirma-se como de particular relevância Mas é de enaltecer esse profissionalismo e o hu-
«A linha área desmontada cruza- para a cidade». Isto porque «ao eliminar
va a zona de lazer da antiga fábrica alguns dos eventuais constrangimen-
manismo, especialmente quando são, como foram,
das bobinas e terminava em frente tos ambientais provocados pelas suas exercidos de forma excepcional.
ao Centro Republicano», tendo sido redes, a EDP Distribuição garante um
ainda necessário adaptar dois postos aporte significativo na consolidação do Bem Hajam
de transformação de 05/GVA e 82/ serviço prestado e, consequentemente,
GVA. A obra foi realizada pela Área de no reforço da qualidade de vida da po-
Profundamente agradecida,
Rede e Clientes Viseu e representou pulação de Gouveia», refere a elétrica A família
um investimento de cerca de 45 mil em comunicado.
10 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Mais de 50 mil Vila Franca das Naves


Tradição cumprida no domingo Gordo SC

pessoas passaram
pela Feira das
Tradições Numa tarde solarenga, com dos comboios foram algumas
Certame decorreu no fim de semana em Pinhel e mais do que o temperatura muito acima do das “bocas” exibidas no cortejo
número de visitantes, autarca Rui Ventura quer voltar a superar que é habitual para a época, o que, como todos os anos, teve na
tradicional cortejo de Carnaval locomotiva o seu protagonista
«a qualidade da feira» nas próximas edições em Vila Franca das Naves saiu à de abertura. O desfile contou
SC rua em ambiente de grande festa. com a arte, o entusiasmo e o
Mais uma vez a tradição humor contagiante dos jovens
cumpriu-se com o comentário vilafranquenses, tendo ainda
satírico e político a servir de contado com a participação de
mote para a decoração dos um carro alegórico de Rio de Mel
carros alegóricos. A herança e outro de Pala. A iniciativa foi
milionária (do testamento de organizada pela Junta da União
Carmen Rios Domingues) que de Freguesia de Vila Franca das
continua por decidir em tri- Naves e Feital com o apoio do
bunal ou os habituais atrasos município de Trancoso.

Guarda
Freguesias cáusticas no desfile
do Julgamento do Galo DR

«Esta é uma feira que por si só já é uma tradição», considerou Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial

Sofia Craveiro de Pinhel cheios nos três dias do tra estar do que vir falar com as
evento e os terminais de multi- pessoas e estar nestes territórios
banco a ficarem várias vezes sem do interior», declarou a gover-
A Feira das Tradições e das dinheiro disponível» para levanta- nante na cerimónia. Salientando
Atividades Económicas marcou mentos. «É um sinal de que houve sempre a sua posição de compro-
o fim de semana de Carnaval de facto um resultado positivo», misso para com «os territórios
em Pinhel. O Centro Logístico sublinha Rui Ventura. do interior», Ana Abrunhosa as-
da “cidade falcão” tornou-se o À semelhança das últimas segurou que pretende com o seu O galo foi julgado e quei- entes nalguns carros alegóricos.
epicentro da promoção dos pro- edições, participaram cerca de ministério «inaugurar uma nova mado na Praça Velha, para a Da taxa elevada de IMI ao mau
dutos endógenos do concelho e 200 expositores, distribuídos por forma de fazer política, de proxi- Guarda expiar os seus pecados. funcionamento dos transportes
da região, atraindo milhares de diferentes espaços – as freguesias midade». Por sua vez, Rui Ventura O espetáculo culminou o desfile públicos, passando pela falta de
visitantes, e para Rui Ventura «o e os seus saberes e sabores tiveram salientou também a importância carnavalesco protagonizado bilhetes para os espetáculos do
balanço é positivo». grande destaque, bem como uma do certame para o concelho e re- pelas freguesias, 1.200 figuran- TMG ou de médicos no Hospital
O autarca local disse a O INTE- vasta panóplia de atividades econó- gião, destacando que «tudo isto é tes e músicos durante a tarde local, não faltaram casos para
RIOR que o número de visitantes micas, repartidas por mais de 12 mil promoção territorial». Contudo, o de domingo. apontar. Também a operação
«ultrapassou os 50 mil, mas não metros quadrados de área coberta. edil pinhelense chamou a atenção O cortejo foi acompanhado “Rota Final”, que envolveu a
é isso o que mais nos preocupa», «Esta é uma feira que por si «para as desigualdades» de que é por milhares de pessoas, que Transdev e alguns autarcas, foi
apontando a «qualidade da orga- [só] já é uma tradição», afirmou vítima a população que vive neste no final encheram a Praça Velha tema, tal como a “luta de galos e
nização» como o principal fator a Ana Abrunhosa, ministra da Co- território e insistiu que «a luta para assistir ao julgamento do galinhas” que se adivinha para
superar de ano para ano. «Tivemos esão Territorial, que inaugurou o pela abolição das portagens na galináceo. Este ano, as aldeias as autárquicas. O evento foi o
muitas pessoas a elogiarem a qua- certame. «Ainda que haja quem A23 e A25 é fundamental», sendo foram mais cáusticas e incisivas ponto alto do programa de ani-
lidade da organização da feira», ache que presidir a estas feiras muito aplaudido pela assistência. na sátira social e política que o mação “GuardaFolia”, que termi-
sublinhou. Já na economia local o tem pouca dignidade para um «Nunca se esqueça, senhora mi- espetáculo final. As reclamações nou terça-feira em Famalicão da
impacto foi significativo com «ho- membro do Governo, acho que nistra, que a força vem do povo», e as críticas ficaram bem pat- Serra com o Enterro do Entrudo.
téis lotados, todos os restaurantes não há sítio melhor para a minis- sublinhou o autarca.

SC
Covilhã
“Carnaval do Mundo” atraiu milhares ao centro histórico
A folia foi uma constante nas rante a tarde de domingo o “Car-
ruas da Covilhã durante o fim de naval do Mundo” vestiu-se a rigor,
semana alargado. O programa atraindo milhares de municípes
municipal “Carnaval da Neve” ao centro histórico da Covilhã.
iniciou-se na sexta-feira com o Após o Baile de Mascarados, real-
Corso Social. No sábado davam-se izado durante o serão de segunda-
mais sinais de folia carnavalesca feira na Praça do Município, as
com um concerto do cantor popu- festividades encerraram-se com
lar Virgílio Faleiro, que reuniou o Enterro do Entrudo, ao final da
a população no Pelourinho. Du- tarde de terça-feira de Carnaval.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • • 11

PUB

PUB
12 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

Serra da Malcata
Sabugal e Penamacor querem assumir «Estamos a ganhar a
aposta no turismo»
cogestão da Reserva Natural DR

Crescimento da economia local de Manteigas foi sublinhado


durante a ExpoEstrela
DR

Os municípios do Sabugal no Tejo Internacional. «O rela-


e Penamacor querem assumir cionamento entre Penamacor e
a cogestão da Reserva Natural o Sabugal é fantástico e creio que
da Serra da Malcata, no âmbito temos condições para sermos
da lei aprovada pelo Governo um excelente exemplo de um
que prevê modelos de gestão processo de cogestão em Portu-
de proximidade para áreas gal», acrescentou o edil. Na sua
protegidas. opinião, a alteração do modelo
A intenção foi revelada na de gestão poderá dar um «novo
sexta-feira por António Luís rumo estratégico» à Reserva
Beites, autarca de Penamacor, Natural da Serra da Malcata e
segundo o qual «nos próximos terá «vantagens» para os dois
dias» a proposta será formaliza- concelhos, designadamente ao
da junto da Secretaria de Estado nível da promoção e do retorno
do Ordenamento do Território. económico para os agentes lo-
Atualmente, a primeira experi- cais. Esta área protegida ocupa
ência de gestão colaborativa em 16.348 hectares dos concelhos
áreas protegidas está a decorrer do Sabugal e Penamacor. «A economia de Manteigas valhinho, referindo-se às novas considerando que «podem con-
cresceu indubitavelmente, só unidades hoteleiras que estão trariar a baixa natalidade dos
não o vê quem não quer ver» a ser construídas no concelho. territórios do interior».
Seia A frase de Esmeraldo Carva- «Manteigas vê hoje uma luz ao A ExpoEstrela contou este
Movimentos cívicos reclamam lhinho resume aquilo que foi o fundo do túnel», garantiu o au- ano com a participação de 50 ex-
transparência sobre a exploração de lítio DR
tema em destaque na abertura
da ExpoEstrela, certame que
tarca. O momento solene foi pre-
sidido por Rita Cunha Mendes,
positores, numa mostra de arte-
sanato, gastronomia, comércio,
decorreu durante o fim de se- secretária de Estado da Ação indústria, serviços e animação
mana e terminou na terça-feira Social, cuja intervenção centrou- a cargo de grupos locais e da
de Carnaval. se nas medidas anunciadas região bem como a atuação de
Durante a sessão, realizada pelo Governo «que valorizam e DJ’s. Em simultâneo decorreu
no sábado nos Paços do Conce- discriminam positivamente os também, na sala de exposições
lho, o edil focou o discurso na territórios de baixa densidade». do Centro Cívico, uma mostra
economia de Manteigas e na A governante destacou também das obras da jovem artista plás-
recuperação do concelho após as novas medidas aprovadas tica Bárbara Mendes. O grande
o declínio das fábricas têxteis. pelo seu ministério, como «o mote do certame é a promoção
«Estamos a ganhar a aposta no reforço do abono de família» e dos produtos endógenos e eco-
turismo», disse Esmeraldo Car- a «gratuitidade das creches», nomia local do concelho.
A abertura da feira do quei- movimentos signatários tam-
jo de Seia, no sábado, foi a opor- bém manifestam a sua oposição
tunidade para 18 movimentos à retirada de poder decisório às Serra da Estrela

Videmonte e Lapa dos


cívicos do Norte e Centro en- autarquias locais prevista na
tregarem uma carta aberta ao nova lei, «numa altura em que
dirigida ao primeiro-ministro se promove a transferência de
contra a prospeção e exploração competências para as autar-
de lítio nas suas regiões.
O documento surge na
sequência de um pedido de
quias em tantas matérias».
Para os contestatários, as
propostas de mineração «não
Dinheiros vão ter espaços
transparência entregue ao Mi-
nistério do Ambiente e da Ação
Climática, no passado dia 10 de
fevereiro, em que se solicitava a
representam um contributo
válido para o desenvolvimento
sustentável do nosso território.
Ao contrário, acreditamos que se-
de incubação de ideias
Videmonte (Guarda) e Lapa fruir e criar, e em comunhão com porárias», refere a ADIRAM.
abertura ao público das visitas rão causa de declínio económico
dos Dinheiros (Seia) são duas as comunidades locais», explicam A utilização destes espa-
às autarquias afetadas pelos e de agravamento da emigração».
das três Aldeias de Montanha os promotores em comunicado ços será inicialmente gratuita,
projetos de mineração já anun- Na sua opinião, as regiões iden-
que vão acolher, até setembro, enviado a O INTERIOR. Para tal, havendo posteriormente lugar
ciados. Entregue ao secretário tificadas como locais potenciais
espaços “cowork” e de incuba- será reabilitada a antiga escola a um «pagamento simbólico».
do Estado da Agricultura e do de exploração de lítio podem
ção de ideias. primária da Lapa dos Dinheiros Estes “coworks” rurais terão co-
Desenvolvimento Rural, Nuno «antes ser pioneiras de um de-
Esta primeira fase do projeto e uma casa de habitação, atual- nectividade a Internet e estarão
Russo, que inaugurou o certame senvolvimento genuinamente
da Associação de Desenvolvi- mente sem uso e sob gestão da dotados de tecnologia de ponta
em representação do Governo, sustentável», sendo exigido aos
mento Integrado da Rede das Junta de Freguesia de Videmonte. de forma a que os utilizadores
a carta aberta realça o «pedido governantes «uma visão de longo
Aldeias de Montanha (ADIRAM) O objetivo desta iniciativa é fo- possam trabalhar para qualquer
urgente de estabelecer transpa- prazo para os nossos territórios
também vai envolver Alvoco das mentar «a troca de experiências parte do globo. O projeto é finan-
rência e participação pública» rurais e de montanha». A carta
Várzeas, no concelho de Oliveira e conhecimentos entre as popu- ciado pelo Programa “Juntar +”,
nestes processos, exigindo a foi entregue pelos Movimentos
do Hospital. Nas três localidades lações locais e “freelancers” ou no âmbito do Fundo Ambiental,
publicação da existente propos- ContraMineração Beira Serra e
serão disponibilizados «espaços nómadas digitais, que ali queiram numa candidatura submetida
ta do Decreto Lei das minas. Os Cidadãos por Uma Estrela Viva.
inusitados para trabalhar, usu- ter experiências de trabalho tem- pelas Juntas de Freguesia.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • • 13

Teatro Exposição

Teatro das Beiras estreia peça


de sensibilização ambiental Obras da Gulbenkian
O Teatro das Beiras estreia
no sábado (21h30), no seu
auditório, a sua nova produção,
intitulada “Cá estou eu nas
A peça estará em cena até 27
de março com apresentações
específicas para as escolas,
levando ao palco um “labo-
no Museu da Guarda DR

nuvens”, a partir do poema “A ratório” de conhecimentos e


menina gotinha de água”, de alertas sobre a temática, «sem
Papiniano Carlos. pessimismos desmobilizado-
Trata-se de um espetáculo res, mas antes com vontade
de sensibilização dos mais de pensar como ajudar a nossa
novos para a sustentabilidade casa comum a resistir ao des-
do planeta e tem encenação de gaste do tempo travando o seu
Isabel Bilou e interpretação de definhamento e destruição»,
Inês Viegas, Sílvia Morais, Su- adianta a companhia covilha-
sana Gouveia e Tiago Moreira. nense.

Cinema
Extensão do Cine Eco até sábado
no Sabugal
Até sábado, o Sabugal de Seia em colaboração com o
acolhe a segunda extensão Centro Local de Aprendizagem
do Festival Internacional de da Universidade Aberta. Já no
Cinema Ambiental Cine Eco, sábado (21 horas) será exibida
numa iniciativa que inclui a a longa-metragem “Injustiça”,
exibição de filmes e atividades vencedora do Grande Prémio
com alunos. Ambiente do festival em 2019,
As sessões e atividades bem como o documentário “A
programadas decorrem no au- Gíria de Quadrazais”, de Paulo Um protocolo entre a Fun- Pomar, entre outros artistas, que séc. XVII à contemporaneidade
ditório municipal e no museu Vinhas Moreira, e da curta-me- dação Calouste Gulbenkian chegam à Guarda no âmbito da e foram escolhidas pelo Museu
local. Esta quinta e sexta-feira tragem vencedora do concurso e o Museu da Guarda está na iniciativa “Gulbenkian Itinerante” da Guarda entre o vasto acervo
os estudantes do concelho dos alunos do ensino secundário origem da exposição “Domínios dinamizada para dar a conhecer daquela instituição. A exposição
raiano vão ver curtas-metra- do concelho do Sabugal. No Mu- do Olhar”, que será inaugurada e divulgar o espólio da instituição estará patente até 20 de maio.
gens da última edição do Cine seu do Sabugal estará patente, esta quinta-feira (18 horas) na lisboeta. Para João Mendes Rosa, Também esta quinta-feira será
Eco e «refletir sobre as pro- até 22 de março, a exposição cidade mais alta. diretor do Museu da Guarda inaugurada, na Galeria Evelina
blemáticas ambientais atuais», “Ambiente Suspenso” composta Estarão patentes obras de e curador da exposição, esta é Coelho, a exposição de escultura
adianta a organização, a cargo pelos trabalhos recolhidos em Almada Negreiros, Amadeu de «uma das melhores exposições intitulada “Uma árvore é uma
dos municípios do Sabugal e todas as escolas locais. Souza-Cardoso, Robert e Sara do museu nestes quatro anos escultura à espera de acontecer”
Delaunay, Nadir Afonso, Rui de utopia». A mostra integra do artista plástico alemão Volker
Chafes, Helena Almeida e Vítor pinturas e esculturas que vão do Schnüttgen.
Teatro
Trigo Limpo homenageia Sophia Literatura
na Moagem DR
Eduardo Lourenço, Vergílio Ferreira e Eugénio
de Andrade inspiram rede literária
Os espaços que marcaram a dos três escritores, estando a Ferreira 2020, na categoria de
vida e a obra de escritores como Guarda associada a Eduardo Lou- romance, instituído pelo municí-
Eduardo Lourenço, Eugénio de renço e a Vergílio Ferreira, a Póvoa pio de Gouveia para homenagear
Andrade e Vergílio Ferreira vão de Atalaia (Fundão) a Eugénio o romancista natural de Melo
dar origem a uma rede literária de Andrade, e Melo (Gouveia) a (1916-1996). O galardão já foi
dinamizada pelos municípios da Vergílio Ferreira. A esta iniciativa atribuído às obras “Que possível
Guarda, Fundão e Gouveia. vão também associar-se a Casa ensaio sobre a verdade em Vergí-
O projeto “Ler e Partir: Ge- da Poesia Eugénio de Andrade e lio Ferreira”, da autoria de Maria
ografias Literárias de Eduardo a futura Casa da Palavra Vergílio do Rosário Cristóvão (2018), “Dor
Lourenço, Eugénio de Andrade e Ferreira, bem como as Bibliote- de Ser Quase, Dor Sem Fim”, de
Vergílio Ferreira” resultará de um cas Municipais Vergílio Ferreira Iolanda Martins Antunes (2016),
protocolo que as três autarquias (Gouveia), Eduardo Lourenço “O Cómico em Vergílio Ferreira”,
vão assinar, em Gouveia, este (Guarda) e Eugénio de Andrade de Jorge Costa Lopes (2013),
domingo (15h30). O acordo tem (Fundão). “Diário dos Imperfeitos”, de João
A peça “Para Ti, Sophia”, do a autora descreve o mundo como objetivo «a construção de Paralelamente, na sessão Morgado (2012), e “Estação Ar-
Trigo Limpo Teatro ACERT, está através do olhar dos mais uma rede em torno dos espaços será também anunciado o vence- dente”, de Júlio Conrado (2006),
em cena na Moagem, no Fundão, pequenos. A dramaturgia é de emblemáticos na vida e na obra» dor do Prémio Literário Vergílio entre outras obras.
esta sexta-feira (21h30). Pompeu José – que também en-
O espetáculo acontece no cena –, Raquel Costa e Sandra
âmbito da iniciativa “Há Teatro Santos, enquanto a interpre- Cinema
na Moagem” e é uma adaptação tação está a cargo de António Filme de alunas da UBI nomeado para os prémios Sophia Estudante
de “A Floresta”, de Sophia de Rebelo, Pedro Sousa e Sandra
O filme “O Presidente Veste tinha vencido, em dezembro, lardão de melhor filme de estu-
Mello Breyner Andresen. Com Santos. O ciclo “Há Teatro na
Nada”, realizado por Clara Bor- a respetiva categoria na fase dantes de cinema a nível nacio-
esta produção a companhia Moagem” é desenvolvido em
ges e Diana Agar, foi nomeado exclusiva para os filmes produ- nal. O galardão será entregue
de Tondela pretende home- parceria entre o município
para o Prémio Sophia Estudan- zidos em contexto académico, pela Academia Portuguesa de
nagear a poetisa e escritora do Fundão e a ESTE – Estação
te deste ano. promovida pela Academia Cinema na cerimónia anula dos
inspirando-se em quatro livros Teatral e protagonizado por
A curta-metragem de ani- Portuguesa de Cinema. Esta Prémios Sophia, a festa do ci-
seus que fazem parte do Plano companhias nacionais e inter-
mação das alunas da Univer- produção concorre agora com nema nacional agendada para
Nacional de Leitura e em que nacionais.
sidade da Beira Interior já outros três nomeados pelo ga- 22 de março, no Casino Estoril.
14 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 Publicidade

PUB

Odontopediatria - Medicina dentária para crianças :)

MEDICINA DENTÁRIA | Drª. Rita Vilar | Dr. Alexis Oliveira | Drª. Soraia Rocha
ODONTOPEDIATRIA | Drª. Rita Vilar

GINECOLOGIA / OBSTETRÍCIA | Drª. Cremilda Sousa PODOLOGIA | Dr. Cristóvão Polónio


CIRURGIA GERAL | Dr. Pedro Caldes MEDICINA CHINESA | Drª. Celina Barreto
ENDOCRINOLOGIA | Drª. Daniela Guelho PSICOLOGIA CLÍNICA | Drª. Maggie Vaz
MEDICINA GERAL E FAMILIAR | Drª. Ana Isabel Santos EXAMES PSICOTÉCNICOS | Drª. Liliana Tavares
PNEUMOLOGIA | Drª. Rita Gomes TERAPIA DA FALA | Drª. Ana Rita Gonçalves
PSIQUIATRIA | Dr. João Campos Mendes ENFERMAGEM | Enf. David Centeio
UROLOGIA | Dr. Gustavo Gomes NUTRIÇÃO CLÍNICA | Drª. Inês Costa
PEDIATRIA | Drª. Rita S. Oliveira OSTEOPATIA | Dr. João Araújo
REUMATOLOGIA | Drª. Joana Ferreira MEDICINA INTEGRATIVA | Drª. Sandra Grilo
ORTOPEDIA | Dr. António Mendes | Dr. Eduardo Ferreira COACHING | Drª. Susana Menoita
ACORDOS - Consulte as especialidades abrangidas
CHEQUE DENTISTA | ADVANCECARE | TRANQUILIDADE | SANTANDER TOTTA | ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA MONTEPIO | SSCGD | SAMS CENTRO
SAMS QUADROS | MEDICARE | GENERALI CARE | FUTURE HEALTHCARE | SAÚDE PRIME|VICTÓRIA | EDP MAIS | DECO+ | DENTALREDE

Prof. Doutor
PUB

Dra Assunção Vaz Patto


L. Taborda Barata
Neurologista
Imunoalergologista Consultas de Neurologia
Asma e Doenças Alérgicas Exames: Electromiografia
e Potenciais Evocados
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
Tel: 275334876 CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral -
Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda; Edifício Gulbenkian, s/n
Tel: 271211905 6300-745 Guarda

Prof. Celso Pereira Empresa de transportes admite:


COMERCIAL

Imuno-Alergologia Procuramos profissional com o seguinte perfil:


• Fluente na língua francesa (imprescindível);
(Doenças Alérgicas) • Conhecimentos de língua inglesa;
Ass Graduado HU Coimbra / • Informática na ótica do utilizador;
Fac Medicina UC • Valorizam-se conhecimentos e relações comerciais
no setor de transportes;
Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela Oferecemos:
Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455 • Formação;
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda • Disponibilização de computador portátil;
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96 • Trabalho a partir de casa;
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560 Enviar Curriculum Vitae para Apartado 196, 6300-909 GUARDA

ADVOGADOS ADVOGADOS Médico

Vitor Nascimento António Ferreira, Paula Camilo Diogo Cabrita


& Associados
Bárbara Brigas Sociedade de Advogados, RL
Cirurgião geral

Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765 tratamento de varizes e suas
Telefone: 271 086 518 complicações, pequenas cirurgias,
e_mails:
e_mails: antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Marcações : (Clínica Cembi)
Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt Telef.: 271213445
(ao lado da loja MANGO)
Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda 6300-663 Guarda Protocolo com a Médis

Filipe Pinto
Fotojornalista

Escadas do Quebra Costas, Nº 2 • 6200-170 COVILHÃ


Telef. 275 336 805 • Telem. 919 487 978 • Telem. 964 196 950
E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • fotoacademica@hotmail.com
Autocaravana
Hymer
António Gil Advogado Cama central com
Tel. / Fax 271 238 344 muitos extras
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda
de 2009, 72.000Km
antonio.gil-5388C@adv.oa.pt Tlm: 967017407
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • • 15

Sp. Covilhã atrasa-se com


Atletismo
CA Seia assegura
manutenção na Iª
Divisão de pista
coberta
A equipa masculina do Centro
de Atletismo de Seia (CAS) termi-
empate frente ao Leixões
nou em quinto lugar o Nacional Serranos somaram em Matosinhos o primeiro ponto para a IIª Liga nos três últimos
de clubes da Iª Divisão de pista
coberta, que decorreu no fim de
jogos e recuaram para o oitavo lugar da classificação
semana no Altice Fórum de Braga. DR
Ficha de Jogo
Os melhores resultados dos
Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa)
senenses foram obtidos por Rui
Árbitros assistentes: Pedro Sousa e
Coelho, terceiro classificado nos Nuno Pires
5.000 metros marcha com o tem-
po de 21m06s04’ e por Nelson Estádio do Mar,
Pinto, também terceiro no salto Matosinhos
em altura com 2,10 metros. A Leixões........................ 0
mesma classificação conseguiu Stefanovic, Zé Carlos, Pedro Pinto,
a equipa de estafetas nos 4x400 Bura (Pedro Monteiro, 29’), Derick
metros, enquanto António Rodri- Poloni, Amine, Franco, Joca (Aperibé,
gues foi quarto nos 800 metros em 71’), Avto, André Claro e Romário
1m55s67’. A formação do Benfica Baldé (Vítor Bruno, 60’)
Treinador: Manuel Cajuda
revalidou o título em masculinos,
tendo contado com a vitória do Sp. Covilhã................. 0
covilhanense Samuel Barata nos Carlos Henriques, Tiago Moreira,
3.000 metros em 8m09s68’. Já em Brendon, Jaime Simões, Daniel
femininos o Sporting sagrou-se de Martins, Filipe Cardoso, Gilberto,
novo campeão. Na IIª Divisão, a Mica (Rodrigo António, 89’), Rodrigo
Martins, Kukula (Deivison, 77’) e Jean
ACR Senhora do Desterro terminou (Daffé, 67’)
na terceira posição na competição Treinador: Daúto Faquirá
feminina, a meio ponto do segun-
do, o Maia Atlético Clube, e foi Golos: Não houve
quarto em masculinos.
Nas senhoras a equipa de São Ação disciplinar: Cartão amarelo para
Daffé (74’), Deivison (83’ e 90’+2’)
Romão conseguiu uma vitória por Covilhanenses começaram defensivos e foram mais aguerridos no segundo tempo, mas sem consequências práticas e Franco (90’+1’) e André Claro
Bruna Varela no salto em compri- O Sp. Covilhã empatou a zero bretudo na retenção de bola a Os locais deram a volta ao (90’+4’). Cartão vermelho por acu-
mento e quatro segundos lugares em Matosinhos com o Leixões no meio campo para segurar o jogo. texto dos serranos e, aos 34’, An- mulação de amarelos para Deivison
graças a Amélia Vitorino nos 1.500 (90’+2’).
sábado e voltou a “cair” na clas- A estratégia de baixar o ritmo da dré Claro desperdiçou uma boa
metros, Alexandra Lamas nos sificação da IIª Liga. Os serranos partida surtiu efeito na primeira ocasião para marcar. Dois minu- de Rodrigo Martins, aos 59’. O
3.000 metros marcha, Mariana somaram o terceiro jogo sem meia hora, período em que pouco tos depois foi Amine, que, isolado avançado serrano esteve em des-
Silva nos 3.000 metros e a estafeta vencer e são agora oitavos da houve a registar. A exceção foi pelo inevitável Joca, viu Carlos taque no segundo tempo, tendo
nos 4x400 metros. Bruna Varela geral a doze pontos dos lugares protagonizada por Tiago Moreira, Henriques negar-lhe o golo com saído dos seus pés e jogadas os
foi ainda terceira nos 60 metros de subida. aos 27’, com o primeiro remate uma grande defesa. O susto antes melhores lances ofensivos da
barreiras, tal como Amélia Vitorino O encontro da 22ª jornada enquadrado do desafio. O Leixões do intervalo resultou e os visitan- equipa. Contudo, o resultado,
nos 800 metros, Ana Moreira nos foi repartido, com as equipas a também contribuiu para esta fase tes entraram mais determinados que beneficia mais o Leixões, não
60 metros e Liliana Manhente no protagonizarem boas jogadas e al- morna jogando sem intensidade, na segunda parte e conseguiram sofreu alterações.
lançamento do peso. Em masculi- gumas oportunidades de golo em cabendo ao estreante Joca, reforço várias aproximações à baliza de O Sp. Covilhã conta 32 pon-
nos, Gonçalo Uva e Herédio Costa que sobressaíram os dois guarda- cedido pelo Rio Ave, o protago- Stefanovic. O guarda-redes do tos, os mesmos que a Acadé-
venceram no salto com vara e no redes com defesas determinantes. nismo com algumas jogadas de Leixões teve de se aplicar para mica, e este domingo recebe o
lançamento do peso, respetiva- O Covilhã entrou mais cauteloso interesse, como aos 33’, mas sem segurar o empate, com destaque Desportivo de Chaves, atual 14º
mente, enquanto Pedro Martins foi e defensivo, tendo apostado so- consequência. para a enorme defesa a remate classificado.
segundo nos 5.000 metros marcha.
Gracelino Barbosa foi terceiro nos PUB
400 metros e quarto nos 60 metros
barreiras, o mesmo resultado conse-
guiram Fábio Cunha nos 60 metros
e Filipe Grilate no salto em altura.

Parakarate
António Pereira é
campeão nacional DR

O guardense António Pereira


sagrou-se no sábado campeão
nacional de parakarate na com-
petição realizada na Campanhã
(Porto). O karateca do Centro de
Artes Marciais da Guarda foi acom-
panhado da sensei Sandra Olival.
16 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 Publicidade

Ciclismo
David Rodrigues foi 90º
Rua do
Rua do Campo,
Campo, 55 –– 1º
Telefone: 271211730
Telefone: 271
1º Dto
Dto -- 6300-672
6300-672 Guarda
211 730- 967543140
Guarda
– 967 543 140
Lic.NºNº15550
Lic. 2890 –– AMI
www.predialdaguarda.pt
www.predialdaguarda.pt
AMI
na Volta ao Algarve AR
VENDE
ID:1173B Garagem No centro com boa localização. Oportunidade….. .…8.000€
ID:1179 Casa Rústica Zona do Mondego para restaurar com terreno.. .12.500€
ID:1220 Vivenda A 20km da cidade da Guarda, pronta a habitar. Só!.. ..27.000€
ID:1258 Moradia Para remodelar na zona de Sequeira com terreno …..30.000€
ID:1143 Casa Rústica Para remodelar com 42.502m² de terreno……. ..31.000€
ID:1300 T3 Centro A necessitar obras,3 quartos, sala, cozinha, sala….33.500€
ID:1241C Lote Na Guarda para construção de moradia. OCASIÃO!…....35.000€
ID:1238 T2 Pinhel Coz. mobilada c/ lareira, garagem, logradouro…… ..41.000€
ID:0159 Quinta Com 3 poços, tanques 2 casas de apoio. 8.500m². Só!.45.000€
ID:0000 T3 Centro A precisar algumas obras de remodelação……. …..46.900€
ID:1267 Casa Rústica Casa em ruinas p/restaurar com terreno………..58.000€

VIDENTE
ID:0000 T2 CentroCoz.mobilada,lareira c/ recuperador,marquise,sótão 64.900€
ID:1268 Casa Rústica Parcialmente remodelada, logradouro c/ poço ...65.000€
ID:0361 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, garagem…...79.900€
ID:1265 T2 Centro Coz. mobilada, roupeiros, 1 wc, despensa, sótão….84.900€
ID:0829 T3 Duplex Com lareira, 3quartos, 2wc´s, lugar de garagem…. .95.000€
2
ID:0000 Vivenda A 10minutos do centro, c / 2500 m de terreno….…. ...95.000€
ID:1254 T3 Centro Ocasião! Com sótão e garagem. Bem situado!.…....95.000€
ID:0545 V4 Guarda Moradia próxima da Guarda, c/ 4 quartos……… .100.000€ Com longos anos de experiência
ID:0061C T3 Guarda Novos! Cozinha mobilada, lugar de garagem… ..108.000€
ID:1000 V4 Isolada C/4 quartos, 2 wc´s, adega, garagem, quintal… …115.000€
ID:1262 T3 Guarda Aquec.central a lenha, sótão,garagem p/2 carros. 117.500€
Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios,
ID:0997 T3 Guarda Aquec. central, roupeiros, garagem p/ 2 carros.. ...120.000€ empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc.
ID:0580 Lote Para Construção no Bairro do Pinheiro, c/ 945m²…..…. .125.000€
ID:1155 T3 Guarda Aquec. central,lareira, garagem p/2 carros,sótão...132.500€ Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas.
ID:1022 V4 Guarda Coz. e sala comum, aquec. central, garagem…… 145.000€
ID:1269C Prédio Com 4 fracções, logradouro,excelente investimento..150.000€ Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo
ARRENDA corre mal em sua vida?
Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ:
Centro Salas c/ 20 m2, óptimo, para explicações………. .…90€
IID:1075B Salas
ID:0972C Escritório Centro Com 30m², óptimas vistas, 1 wc……………. ..150€ O guardense David Rodrigues (RP-Boavista) terminou
ID:0022 V2 Centro Coz. c/ móveis, 2 quartos, sótão,marquise,pátio,1 wc...200€
2 271238451 ou 969012923 a Volta ao Algarve na 90ª posição da geral, a 33m11s do
IID:1050 Loja Guarda Loja para comércio c/ 110 m , 2 wc´s, c/armazém… 220€
ID:0316 Escritório Centro Com 30m², c /2 salas, 1 wc, boa localização….250€ vencedor, o belga Remco Evenepoel (Deceuninck Quick-Step).
ID:1264B V2 Guarda Todo mobilado e equipado, 10 minutos do centro... ...250€
IID:0972B Loja Guarda Com 2 salas, recepção,2 wc´s, bem localizada…...250€
Trata-se de um bom resultado, a meio da tabela, se
ID:0653 Escritório Centro Todo remodelado, sala ampla c/varanda,1 wc. .275€ tivermos em conta que no pelotão da edição deste ano,
ID:0886 T3 Centro Coz. mobilada e equipada, roupeiro, 2 wc, marquise… 300€
2
IID:1240C Loja Guarda Loja para comércio c/ 163 m , 2 wc´s, 2 salas ……350€ promovida ao calendário UCI ProSeries e que terminou no
IID:0851B Loja Centro Loja r/chão, c/ cave p/ arrumos, bem localizada.…..400€
ID:0455 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, 3 wc, marquise. 480€
domingo em Lagoa, constavam as principais equipas e os
grandes protagonistas mundiais da modalidade. Alinharam
Predial da Guarda campeões olímpicos, campeões mundiais, “estrelas” do top
Vende, Arrenda, Administra imóveis. 100 do ranking mundial e os melhores ciclistas nacionais,
num total de 174 participantes e 25 equipas. O italiano Vin-
cenzo Nibali (Trek-Segafredo), vencedor da “tripla coroa”
BANDARRA do ciclismo – Tour, Giro e Vuelta –, o galês Geraint Thomas
Cooperativa Agrícola do Concelho de Trancoso, Crl
(Team INEOS), vencedor da edição 2018 da Volta a França,
CONVOCATÓRIA o holandês Greg Van Avermaet (CCC Team), o colombiano
Nos termos do n.º 2 do art.º 23.º e art.º 25.º dos Estatutos, convoco os Cooperadores Miguel Ángel López (Astana) e o português Rui Costa (UAE
da Bandarra Cooperativa Agrícola do Concelho de Trancoso, Crl para uma Assembleia
Geral Ordinária, a realizar no dia 15 de Março de 2020, pelas treze horas e trinta
Team Emirates) foram alguns dos nomes sonantes que
minutos, na sede social da mesma, com a seguinte de Ordem de Trabalhos: andaram pelo Algarve no arranque da temporada.
1. Apreciar, discutir e votar o Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2020. Foram adversários de “outro” campeonato para David
2. Apreciar, Votar e Aprovar o Relatório, Balanço e Contas do ano de 2019 Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura, 80 - R/C
3. Eleição dos Órgãos Sociais para o triénio de 2020/2023
Rodrigues, que conseguiu a sua melhor classificação, o
Dto - C • 6300-825 Guarda •
4. Qualquer outro assunto que os Cooperantes julguem de interesse para esta Cooperativa. 74º lugar, na segunda etapa entre Vila do Bispo e o Alto
OBSERVAÇÕES: Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Sofia Craveiro. • Conselho Editorial: da Foia, de 183,9 quilómetros. Nas restantes, o guardense
1 - Nos termos do n.º 1 e 2 do artigo n.º 26.º, se à hora marcada não estiver presente António Ferreira, Nuno Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João Canavilhas, José foi 153º na primeira tirada, que ligou Portimão a Lagos
a maioria dos Cooperadores, a Assembleia Geral realizar-se-á uma hora depois, com Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.
(195,6 quilómetros), 135º na terceira entre Faro e Tavira
qualquer número de presenças.
2 - Relativamente à eleição constante da Ordem de Trabalhos, os membros são eleitos Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra, António (201,9 quilómetros) e 105º na quarta etapa entre Albufeira
por maioria simples de votos, entre os cooperadores no pleno gozo dos seus direitos, Costa, António Ferreira, António Godinho, Cláudia Quelhas, David Santiago, Diogo e o Alto do Malhão (169,7 quilómetros). A prova terminou
em escrutínio secreto, de entre as listas que satisfaçam os seguintes requisitos, Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira, Fidélia Pissarra, Frederico Lucas,
conforme determina o artº 20.º:
com um contrarrelógio individual de 20,3 quilómetros, que
Hélder Sequeira, Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana C. Pereira, Joana Dente,
a) Sejam remetidas ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral com a antecipação João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel, David Rodrigues concluiu na 134ª posição.
mínima de 20 dias em relação à data da Assembleia Geral; José Carlos Alexandre, José Carlos Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento,
b) Sejam subscritas por um mínimo de 20 membros no pleno gozo dos seus direitos;
c) As listas poderão indicar a distribuição de cargos dos candidatos a titulares de
Melanie Alves, Miguel Castelo Branco, Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto Peugeot Partner
Gonçalves, Nuno Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso. Desporto: António
Órgãos Sociais;
Silva, Arlindo Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado
Trancoso, 3 de Fevereiro de 2020 e Rui Geraldes. • Cartoon: Maurício Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto
O PRESIDENTE DA MESA DE ASSEMBLEIA Gráfico: Maurício Vieira. • Departamento Comercial: Natalina Martins • Impressão:
FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano Lucas – 3020-430 Coimbra • Telefone
239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.pt • Sede, Redação e Publicidade:
(Eng.º José Júlio Pais)
Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda N.I.P.C. – P-504847422.
O Interior, nº 1051 de 27/02/2020
• Nº de registo na ERC: 123436 • Depósito Legal:146398/00 • Tiragem desta
edição: 5.200 exemplares • Periodicidade: Semanário • Edição Internet: O Interior •

Faço limpezas em escritórios,


Propriedade: JORINTERIOR - Jornal • O Interior, Ldª. Detentores com 5% ou mais
do capital da empresa: José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.

condomínios e obras. Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-tecnica/ •


Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt de 2015, 106.000Km, c/ GPS, câmara traseira
Zona da Guarda. Tlm: 964835793 • publicidade@ointerior.pt e mais extras. Tlm: 967017407

Cupão de Anúncios Classificados


Envie o seu anúncio classificado para Jornal O Interior, Rua da Corredoura, 80 R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Condições gerais dos classificados
Localização Identificação
do anúncio
1. Preencha o cupão com texto em maiúsculas,
deixando um espaço entre cada palavra. Nome: __________________________________________________________________
Grátis

2. O preço é acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Imobiliário


*

3. É obrigatório o envio do número de contribuinte (NIF).


4. A identificação é um campo de preenchimento
Vende-se Aluga-se Morada: ________________________________________________________________
obrigatório. A falta de elementos pode implicar a não Trespassa-se Diversos
publicação do anúncio.
5. A “O Interior” reserva-se o direito de rejeitar a
Emprego Código Postal: ________ - _____ Localidade: ___________________________
Euros
2,50

publicidade que não esteja de acordo com a sua Oferece-se Precisa-se


orientação editorial.
6. A recepção de anúncios para cada edição Veículos Contribuinte nº: _________________ Contacto: ______________________
termina 72 horas antes da data da publicação. Vende-se Procura-se
7. Não se aceitam cópias, faxes ou emails deste cupão. Assinatura ________________________________ Data ___/___/______
Euros
4,00

Diversos
* Grátis até à 2ª publicação, a partir
da qual acresce um custo de 2 euros. Para esclarecimentos pode contactar-nos através do telefone 271212153 ou para ointerior@ointerior.pt

Modo de Pagamento: O recibo ser-lhe-á enviado posteriormente


Transferência Bancária (forma mais rápida e vantajosa) Transferência Avulsa Transfira o valor em questão para o NIB indicado e junte
Autorização de pagamento: Exmos Senhores, por crédito na conta abaixo indicada, queiram proceder,
até nova comunicação aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo Jornal O Interior. IBAN: PT50 001000002256785000177 a este cupão o talão comprovativo da transferência.

Banco _____________ Balcão _____________ NIB _________________________ Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________
Nome do Titular _______________________________________________________ Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Numerário
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • • 17

Taça de Honra Futsal

Mêda, Soito, Aguiar da Guarda com três derrotas e uma vitória


no Interassociações de sub-17

Beira e Vilanovenses
nas meias finais DR

A seleção sub-17 da AF a congénere de Viana do Castelo,


Guarda registou uma vitória mas na terça-feira de Carnaval
e três derrotas no Torneio sofreu novo desaire com a for-
Interassociações de futsal mação de Aveiro por 7-2. As
feminino, que decorreu no doze convocadas para o torneio
distrito de Viseu entre sábado são Beatriz Bento (Pinhelen-
e terça-feira. ses), Luana Rodrigues, Beatriz
As guardenses perderam Caldeira, Andreia Cruz, Beatriz
4-2 com Vila Real no primeiro Nunes e Matilde Sequeira (todas
jogo da competição e no domin- do Penaverdense), Joana Seco,
go voltaram a ser derrotadas, Bruna Fonseca e Catarina Ribei-
mas por uma diferença mínima ro (todas NDS Guarda), Mariana
(3-2) frente a Évora. Já na se- Silvestre e Jéssica Nunes (ambas
gunda-feira a seleção orientada do Vila Cortês do Mondego) e
por Vítor Espinhaço venceu 5-3 Sara Alexandra (Trancoso).

Atletismo
“12 Kms Manteigas-Penhas Douradas”
no domingo
Estão encontrados os se- impôs-se com alguma legitimi- e está galvanizada após infligir A 38ª edição da corrida de uma caminhada, não competiti-
mifinalistas da Taça de Honra dade e venceu por 3-1 a equipa a primeira derrota ao líder do montanha “12 Kms Manteigas- va, com cerca de sete quilóme-
da AF Guarda. No domingo, local. Por último, o Nespereira, campeonato na jornada anterior. Penhas Douradas” realiza-se tros. O vencedor da classificação
Soito, Sp. Mêda, Aguiar da Beira único sobrevivente da IIª Divisão De resto, também o Sp. Mêda tem este domingo, numa organi- geral da corrida de montanha
e Vilanovenses carimbaram o na prova, não teve argumentos a tarefa complicada na recção ao zação do Centro de Cultura e recebe 300 euros, enquanto a
“passaporte” para a penúltima para ganhar na receção ao vizinho Trancoso, quarto classificado, Desporto (CCD) dos Trabalha- melhor atleta feminina levará
eliminatória do troféu da asso- Vilanovenses, que venceu 2-0. que continua na corrida pelo pri- dores da Câmara de Manteigas. para casa um prémio de 200
ciação guardense. Os jogos das meias finais es- meiro lugar. Nos restantes jogos, A prova integra a tradicio- euros. A atividade conta com o
A surpresa da tarde aconte- tão agendados para 11 de abril o Manteigas, terceiro, recebe o nal subida de 12 quilómetros apoio da autarquia e, tal como
ceu no Municipal do Farvão, onde e vão opor o Vilanovenses ao Estrela de Almeida, último, e o entre a vila e o lugar das Penhas nas últimas edições, a organiza-
o favorito Gouveia foi afastado Sp. Mêda e o Aguiar da Beira ao Foz Côa joga em casa com o Soi- Douradas, cuja partida está ção doará à APAV – Associação
pelo Soito na marcação de gran- Soito. A final da Taça de Honra to. Celoricense-Aguiar da Beira, agendada para as 10h30 junto Portuguesa de Apoio à Vítima
des penalidades. O jogo terminou está agendada para o Municipal Vilar Formoso-Vilanovenses e aos Paços do Concelho. Há ainda um euro por cada inscrição.
com uma igualdade a duas bolas da Guarda a 16 de maio. Vila Franca-Fornos completam
no marcador, pelo que foi neces- a jornada.
sário recorrer aos penáltis para Campeonato distrital Na IIª Divisão, houve mu- Squash
encontrar o vencedor. A sorte regressa no domingo dança de líder na jornada an- Beatriz Dias é vice-campeã universitária
esteve do lado da equipa raiana terior na sequência da vitória
Beatriz Dias, estudante derada, tendo sido campeã
que marcou três contra apenas Jogada a Taça de Honra, o do Pinhelenses em Freixo de
do Instituto Politécnico da nacional de sub-17 em 2018
um dos serranos e apurou-se Distrital da Iª Divisão regressa Numão. Este domingo, o novo
Guarda (IPG), sagrou-se vice- e vice-campeã de sub-19. Be-
para as meias finais. Os restantes este domingo com a 17ª jornada comandante tem a possibilidade
campeã nacional universitária atriz Dias fez ainda parte dos
encontros confirmaram o triunfo que inclui encontros decisivos de confirmar o primeiro lugar
de squash no torneio realizado convocados para a seleção
das formações mais fortes, tendo para o topo da tabela. na receção ao Paços da Serra.
recentemente no Porto. de Portugal que participou
o Sp. Mêda, líder do campeonato, É o caso do Gouveia-Vila Da nona jornada constam ainda
A aluna de Enfermagem, no Campeonato Europeu de
cilindrado em casa o Sp. Vilar Cortês, entre o segundo e o quinto as partidas Sp. Sabugal-Guarda
na Escola Superior de Saúde sub-19, realizado na Polónia
Formoso por 7-1. Já em Vila Fran- classificado. A equipa do concelho e Nespereira-Freixo de Numão,
da Guarda, é jogadora fe- no ano passado.
ca das Naves o Aguiar da Beira da Guarda tem menos um jogo folgando o Casal de Cinza.

Cupão de Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
18 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

crónica
POLÍTICA
opinião
Maria Afonso A inutilidade das coisas
Honorato Robalo *
Fevereiro teve 28 dias, mas nem por isso o ano foi cho. Os sons das bandas sonoras de cada manhã. A terra,
comum. E que terá o tempo a dizer sobre isso? Que voltas sob os pés, seca e gretada. Outras vezes encharcada por

É hora de decidir! a terra deu à volta de um ano em que acordar e abrir as


cortinas teve sempre um significado diferente. Sentar no
sofá e olhar pela janela. Ver céus de todas as cores em
onde prosseguia sem temores. A loucura de sentir para
saber que se vive. O universo a acercar-se mais. Músicas
anónimas e poesias que velavam desde o início dos tem-
Perante declarações de vários autar- todas as horas do dia. Amar excessivamente as madru- pos. Abismos e mares a arder. Paisagens sonoras.
cas sobre os problemas de funcionamento gadas. Morrer na espera dos poentes. Sentir a chuva nas O Alasca a correr na sua direcção, como se não sou-
das CIM’s, nomeadamente as últimas vidraças, o sopro dos flocos de neve ou o sol tórrido de besse dizer bom dia de outra forma. Mais alguém a avistou
declarações do presidente da Câmara um Verão inusual. ao longo desse ano incomum? À distância foi sentindo as
da Covilhã sobre a congregação de vá- A dor a pôr à prova todos os limites. Físicos, emocio- mãos de certas pessoas. De outras apenas o distanciar das
rias CIM’s, relembro que é fundamental nais, humanos. O movimento de translação a estender-se. mãos. A vida traz e a vida leva. A vida ensina. Aprendemos.
retomar o processo da Regionalização. As estações do ano entrecruzavam-se. A manhã poderia Mas não nos tornamos sábios, nem sequer detentores de
Neste sentido, o grupo parlamentar do trazer a morna carícia de um Verão inicial. Ao cair do dia certezas. Talvez as dúvidas se agigantem. Ela é, provavel-
PCP agendou para a discussão em ple- um gélido vento norte afastaria as aves que, nas horas de mente, tão só um corpo com uma alma insaciável. Ou um
nário da Assembleia da República o seu luz, provocaram o vôo. corpo dorido de dor real.
projeto de resolução nº 148/XIV/1ª, que Às vezes uma inesperada enxurrada apagava o sol do O mundo afinal não pára. Às vezes tem um baloiço,
«estabelece o calendário para a instituição meio-dia e inundava-lhe as mãos. A Primavera cobriu-se talvez dois. Mas num ou noutro momento teremos que
em concreto das Regiões Administrativas de flores amarelas e os orvalhos lambiam-se de tão puros. descer. Não há ninguém atrás de nós que nos empurre. É
durante o ano de 2021». Cheiros a erva cortada e ao feno da infância. Junho foi o quando tomamos consciência que a força está, tem que
Desta forma, o PCP coloca no de- Outono mais dilacerante da vida. Uma folha caiu para ser estar, dentro de nós. É essa força que nos outorga a vida.
bate político uma proposta concreta matéria noutra dimensão. A terra vai continuar a movimentar-se, destemida. Ela
para avançar com a Regionalização nos Num parque, quase bosque encantado, foi-se per- a vacilar. A cair e a levantar-se. A deixar-se ficar um pouco
termos da Constituição da República. dendo nas horas. Montou cavalos voadores e procurou mais estendida na erva, só para que o pulsar da terra lhe
Nunca abandonamos um desiderato reis que acreditassem no regresso da amada. Luas incruste memórias.
constitucional, daí a auscultação das e lobos colonizaram um país descoberto onde cada Hoje quando chegou ao parque o Alasca estava de
Assembleias Municipais sobre os dois morrer e renascer poderia demorar um segundo. Olhos saída. Percebeu que era mais tarde que o habitual. O Alasca
mapas em concreto das Regiões Admi- fechados, sorrisos e mãos abertas. Olhos abertos, sal era o seu relógio.
nistrativas, o referente à legislação de e punhos cerrados.
1998 e que foi submetido a referendo e O banco onde alguém escreveu minha pequena. O ria- * A autora escreve de acordo com a antiga ortografia
outro correspondente às cinco regiões
coincidentes com as CCDR, a aprovação
no primeiro trimestre de 2021 da Lei de
Criação das Regiões Administrativas e a
proposta de convocação de um referen-
do a realizar-se no segundo trimestre de
2021, com vista a proceder-se à eleição
dos órgãos das Regiões Administrativas A transparente ida de Centeno
para o BdP
em data coincidente com as eleições opinião
autárquicas de 2021.
David Santiago
Para além de um desígnio consti-
tucional, há décadas adiado, a criação Há muito ficou claro que os confins de Portugal e da Por outro lado, reabriu a porta do Banco de Portu-
das Regiões Administrativas é parte política nacional não bastam às largas ambições de Mário gal (BdP) ao regresso de Mário Centeno. Voltar como
integrante de um verdadeiro processo Centeno. Qual futebolista no auge da carreira, também o governador seria, desde logo, uma espécie de vingança
de descentralização da organização “Ronaldo das Finanças” está convicto de que só poderá contra Carlos Costa pelo facto deste ter posto Centeno
administrativa do Estado, fundamental expressar toda a sua qualidade economicista nos campos na prateleira ao impedi-lo de chefiar o Departamento de
para o desenvolvimento harmonioso das estrangeiros para então, finalmente, receber o devido Estudos do banco central. E se assumir a liderança do BdP
regiões no combate às desigualdades e crédito internacional. até pode, num primeiro momento, constituir um passo
assimetrias existentes entre territórios. A inviabilizada pasta na nova Comissão Europeia e, atrás, poderá perfeitamente servir depois para dar dois em
A criação das Regiões Administrati- mais determinante ainda, a fracassada ida para o Fundo frente. Isto porque a influência amealhada no Eurogrupo,
vas, para além de dar coerência à organi- Monetário Internacional (FMI), obrigaram a uma redefini- aliada a um ou mais mandatos à frente do regulador, são
zação administrativa do Estado e permitir ção do xadrez em que o ministro português das Finanças o melhor cartão de visita a que Centeno poderia aspirar
a articulação entre os vários níveis de se move. Por um lado, criaram dificuldades adicionais à para liderar o Banco Central Europeu (BCE). Olha-se para
poder central, regional e local, é fator convivência entre Centeno e o primeiro-ministro num Exe- Vítor Constâncio e percebe-se que a eficácia da ação está
determinante para o desenvolvimento cutivo de que ambos se consideram “o” elemento definidor. longe de ser o único critério para entrar no BCE.
regional, o investimento público, a me- António Costa não gostou da tentativa unilateral ensaiada Centeno e Costa não veem qualquer conflito de inte-
lhoria da prestação dos serviços públicos pelo seu ministro líder em popularidade, que queria ver resses na passagem direta das Finanças para a liderança
e o aprofundamento da autonomia do comprometido com a governação nacional e as reformas do regulador, cujo modelo de supervisão proposto em
poder local. Mas a regionalização permite em curso no âmbito da Zona Euro. 2019 pelo ministro ficou na gaveta após diversas críticas
também aprofundar o regime democrático As duras críticas de Costa ao desenho do instrumento geradas, inclusive oriundas de Frankfurt, por colocar em
através da eleição direta dos seus órgãos orçamental para a convergência e competitividade feito causa a independência do BdP. Entretanto, está prometida
e do incentivo à participação popular. por Centeno no Eurogrupo expuseram uma dissonância nova proposta de reforma para breve. Estranhamente tam-
Não há qualquer justificação para que foi, entretanto, agravada pela complexa definição do bém o líder do PSD, Rui Rio, não vislumbra problemas na
continuar a adiar. Orçamento do Estado para 2020. E as dificuldades cres- ida de Centeno para o BdP sem que se cumpra qualquer
As populações podem contar com centes que se antecipam, para uma legislatura com uma período de nojo, fazendo temer que esteja de regresso a
o PCP na concretização das Regiões esquerda cada vez menos unida, vêm dificultar ainda mais velha prática do “centrão”, quando o PS determinava o
Administrativas. No entanto, precisamos a relação entre os egos de Costa e Centeno. líder do banco central e o PSD a chefia da Caixa Geral de
de aliados, desafio todos os autarcas, Dificuldade agravada pelo novo panorama político Depósitos, e vice-versa.
legítimos representantes do povo, que se europeu em que conservadores e sociais-democratas di- Surgem agora também vozes que garantem que a
UNAM na defesa da Regionalização. Já os videm responsabilidades com liberais e ecologistas e em entrada de Centeno no BdP pela porta giratória do sistema
deputados na Assembleia da República que Estados-membros ricos e pobres rivalizam acerca do não põe em causa a independência das instituições, nem a
têm responsabilidades acrescidas na peso das novas e velhas prioridades da União Europeia, necessária vitalidade do sistema de pesos e contrapesos,
implementação de um primado consti- num contexto de definição do próximo orçamento comu- garantias dadas como se alguma vez a democracia saída
tucional. nitário de longo prazo. Circunstância que ajuda a tornar a de 1974 tivesse efetivado tais conquistas. Centeno no
presidência do Eurogrupo, já no verão, o próximo elemento BdP vem apenas confirmar a perpetuação do devorismo
* Militante do PCP de disputa. e rotativismo que marcaram o liberalismo do século XIX.
Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020 • • 19

FIO
de
PRUMO
opinião
opinião
Acácio Pereira
Santinho Pacheco *

Obrigado IPG! Autarcas da CIM, não deem tiros no pé!


Deu polémica um estudo do IPG divulgado recentemente, segundo o Escrevi que voltaria a refletir sobre a necessidade de cionamento público da região para aceder aos dinheiros do
qual, cerca de 30% da população residente nas Beiras e Serra da Estrela, construir uma estratégia para o turismo na Guarda. Fá-lo- “Programa 1º Direito” – o que fizeram os autarcas daqui?
vive em condições indignas – o termo é mesmo muito forte – e em situ- ei, de facto, um dia destes. Hoje, porém, permitam-me que Parece mentira, mas vieram dizer que as deficiências
ação de grave carência habitacional. Depois, houve o reconhecimento de escreva sobre a polémica a que assistimos em fevereiro detetadas nas habitações desta região não eram reais, o
que o estudo assentava num território mais restrito, num dos concelhos acerca das condições de habitação na região da Guarda. que significou proclamarem, para todo o país, que a região
da região, e que teria havia uma extrapolação excessiva. Porém, e muito Tudo começou com o anúncio de um estudo do da Guarda, da Serra da Estrela e das Beiras, dispensa pelo
para além da área do estudo, estas conclusões deixam-nos chocados e Instituto Politécnico da Guarda (IPG), segundo o qual menos parte dos milhões de euros a que poderia aceder
indignados. E o assunto foi colocado na agenda! 30% das habitações da região são precárias e necessitam para melhorar o seu parque habitacional.
O objetivo do estudo é fazer o diagnóstico da forma de viver das de melhoramentos. Nas notícias o presidente do IPG, Passo a citar: os municípios que compõem a Comuni-
pessoas e criar soluções habitacionais inovadoras. Com este trabalho de Joaquim Brigas, afirmou que os estudos do Politécnico dade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE)
campo orientado para a sua área de influência, o IPG quer saber responder são um contributo para as candidaturas dos municípios ao «não podem aceitar as conclusões do referido estudo e
às necessidades básicas da população e revitalizar estes territórios de “Programa 1º Direito”: este canalizará apoios públicos para manifestam a sua indignação face à notícia em causa por
baixa densidade. que as casas de famílias com menos rendimentos possam constituir “informação” errónea e sensacionalista». Assinou
O IPG estará a exagerar nas suas conclusões, mas ninguém lhe ter mais condições de habitabilidade, mais conforto térmico, o presidente, Luís Tadeu Marques, autarca de Gouveia.
pode tirar o mérito de ter chamado a atenção para uma realidade que nos saneamento e melhor acessibilidade. Enquanto por todo o país os municípios dramatizam
passava ao lado e envergonha a todos. O “Programa 1º Direito” vai ter 700 milhões de euros até as suas situações para conseguir maiores financiamentos,
Sim, nas áreas mais interiores da Raia e Serra da Estrela vive-se em 2024, em todo o país, para dar habitação adequada a pessoas nesta região os autarcas escondem as necessidades e fazem
condições indignas e infra-humanas e, mesmo nas cidades e vilas, há muita que a não têm – 700 milhões esses a fundo perdido! Isto signifi- figuras de ricos.
miséria encoberta e envergonhada. O conforto térmico das habitações é ca que irão concorrer concelhos de toda a parte a este dinheiro, Dizia Napoleão Bonaparte: «Nunca interrompas um
um conceito sem sentido. sendo que ele, preferencialmente, será dado a quem tiver a sua inimigo que erra». Como não sou inimigo dos presidentes
Se a denúncia pública desta realidade fosse numa área metropolitana, situação melhor caraterizada por um estudo (tal como o IPG fez de Câmara da região, interrompo e peço: não deem tiros no
a correria das televisões, a gritaria dos comentadores, ampliava a notícia para a região da Guarda) e a evidência de maiores necessidades pé neste assunto! Aproveitem!
e pressionava municípios e Governo. Aqui apenas aconteceu uma pausa habitacionais (tal como o IPG as caraterizou).
na rotina. Perante isto – ou seja: perante um bom primeiro posi- * Dirigente sindical
Não conhecia o estudo do Politécnico e muito menos as suas con-
clusões. Mas há muito que me preocupava a situação dos idosos a viver
isolados em aldeias e anexas, ou no ermo território despovoado, cercados
de mato e de medo, sem acessos fáceis, à mingua de tudo.
Já nem queria falar na indignidade da habitação, uma velha quinta de opinião
pedra, coberta de talha vã, às vezes sem vidraças nas janelas, muitas sem
eletricidade, sem água e saneamento, onde o frio toma conta da longa noite;
Nuno Amaral Jerónimo
extremo.acidental@gmail.com
Observatório de Ornitorrincos
metidos entre os cobertores da cama, já nem a lareira empresta algum

Apropriações da actualidade
calor ao triste lar da velhice, sem companhia, sem ternura, sem nada.
Na rotineira cobertura das atividades do Presidente da República, as
televisões bombardeavam-nos com o apoio aos sem abrigo de Lisboa e
Porto. Dos idosos sós do interior nem uma palavra. Condenados a viver Venho aqui, nesta crónica singela, pedir desculpa a todos idade que não me pertenciam.
sozinhos em casas sem condições, são os sem abrigo do mundo rural, e os marshalls dos EUA que em algum momento serviram a sua Nesta era da radicalidade identitária, os disfarces não
merecem atenção e igual tratamento. nação desarmados. Embora criança, sei hoje que cometi o grave devem usar características de outros grupos. Ninguém se deve
Durante o debate orçamental partilhei esta preocupação com a crime de apropriação cultural quando, nos carnavais de 1982 e fazer passar por aquilo que não é. Uma mulher não se deve ves-
ministra Ana Mendes Godinho, e apresentei uma pergunta regimental ao 1983, saí à rua com uma camisa quadriculada de flanela, um tir de homem, um polícia não deve usar bata de enfermeiro, um
Ministro das Infraestruturas e Habitação. Está em preparação um Projeto chapéu abaulado nas laterais, e uma estrela de seis pontas presa português não se deve disfarçar de chinês – por coincidência,
de Resolução. O tema é digno de análise e merece toda a prioridade. por um alfinete onde estava escrito “USA Marshall”. Não trazia qualquer destes três grupos é mais vulnerável ao coronavírus.
O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social não deixa nenhuma pistola, porque a minha mãe proibia expressamente o Como nunca gostei de nenhuma destas celebrações,
os assuntos pela rama; vai à raiz dos problemas e procura as respostas uso de armas de brincar – para esclarecer, a frase anterior não espero alegremente pela abolição do Carnaval e do Halloweem
necessárias. significa que ela concordasse com o uso de armas verdadeiras. pelos espíritos iluminados do politicamente correctíssimo. Até
E como tem feito com os sem abrigo das cidades, vai agir a favor A minha mãe era tão pacifista que não gostava de peixe-espada, esse dia, o melhor a fazer é cada um disfarçar-se apenas de
dos idosos isolados do interior, que são muitos milhares. Chocados? de tiros de partida, ou dos Homens da Luta. si próprio. Que possa haver pessoas que não sabem exacta-
Obrigado IPG! Percebo hoje o sofrimento que posso ter causado aos mente a que grupo identitário pertencem só dá mais força aos
agentes federais norte-americanos desarmados, ao fazer-me argumentos a favor da eutanásia.
* Deputado do PS na Assembleia da República eleito pelo círculo da passar erroneamente por um, apropriando-me culturalmente
Guarda de uma profissão, um vestuário, uma nacionalidade, e até uma * O autor escreve de acordo com a antiga ortografia

Espaço
Público do Leitor
Contributo para a monografia do Rochoso – As alcunhas (Tomo I)
Este modesto aporte será publicado em dois um, nativo, o Dr. Gonçalves Proença, cujo busto população de aproximadamente 300 habitantes! França, jardineiro de uma casa rica, em que
tomos, para dar dignidade ao escrito. foi atempadamente recolhido em tempos de É, portanto, uma terra de doutores, com uma ca- também trabalhava um segundo companheiro
Ninguém duvide que o Rochoso é uma terra revolução; outro, nosso contemporâneo ainda pitação de 0,19 formados por habitante! Em cada no jardim. Acontece que o patrão, tendo ne-
peculiar. A começar pelo nome e pela morfologia no ativo, embora da terra apenas por casamento, 5,26 habitantes um é formado! São rácios clara- cessidade de despedir um dos dois, reuniu-os
do terreno, que faz jus à toponímia: rochedos e o Prof. Adalberto Campos Fernandes, cuja obra mente passíveis de Guiness (de recordes, não e disse-lhes:
barrocos. E esperava-se que neste meio pedre- em matéria de saúde pública tem beneficiado não de cerveja preta) e aliás sem oposição mundial. - Ficará cá a trabalhar o que nesta Primavera
goso não brotasse nada fértil; que a terra fosse apenas os da terra, como todos os portugueses. E “Quod demonstratum est”: É uma terra tiver as flores mais bonitas!
estéril. Puro engano! Pelo contrário, é uma terra já não falo de ministros, presidentes de Câmara, extraordinária! Mas há outra matéria em que o O Zé da Máxima, na melhor tradição pica-
rica em património e em recursos humanos. Com vereadores e quejandos, que de tão abundantes Rochoso será pioneiro: na originalidade e quan- resca do Rochoso, quando nas flores do seu rival
primazia para o poder espiritual. Com grandes não chegam a fazer história. tidade de alcunhas! Não conheço a origem de começaram a brotar os botões, cortou-os todos!
tradições nesta matéria de ordem divina, o clero Porém, mais do que os vultos individuais, grande parte delas. Mas de algumas sei histórias E dizia o Zé da Máxima, com verdade:
dominou, com obra vasta e profícua. Daí o Rocho- interessa salientar a massa encefálica que abunda de que vos vou dar parte, com a devida vénia. - Nessa Primavera o outro nem uma flor
so haver sido considerado a Roma Portuguesa! entre lajedos – ao que parece beneficiando da É fácil entender a origem de Pólvora Fina e teve no seu jardim!
Já em sede de poder temporal, invoco água da Fonte Carvalha, com poderes extraordi- de Raposo. O Rochoso esteve e está pejado de Continuaremos este estudo singelo no II
apenas algumas figuras proeminentes, como nários nas células cinzentas. Pois bem, o Rocho- gente astuta e esperta, daí os nomes. tomo, de alcance mais substancial do tema em
o inefável, poético e visionário Dr. Alberto Dinis so, em estatística precisa, tem 57 almas formadas A esse propósito invoco o Zé da Máxima, apreço.
da Fonseca ou os ministros que povoaram (ou em ensino superior, de bacharéis a licenciados, filho da dita, e que na primeira pessoa contava
ao menos visitaram) estas terras abençoadas: de professores doutores a catedráticos, para uma a história verdadeira de quando trabalhava em Jorge Grancho, antropólogo e historiador
opinião
20 • • Quinta-feira • 27 de fevereiro de 2020

rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda


bilhete postal
Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt

Trancoso Moussa Marega dcabrita@iol.pt


Diogo Cabrita

Feira do Fumeiro regressa Ficará para a história do futebol por-


tuguês. Podia ter sido um dia histórico
o abaixo-assinado que não leram, 3– a
leveza com que se segue o grupo, 4– o

este fim de semana


na Europa se todos os jogadores negros fanatismo das hostes do futebol, 5– a re-
abandonassem o relvado, fossem do dutora cultura que nos leva apenas a ane-
AR Guimarães ou do Porto. Os reguladores dotas, futebol e bitaites. Moussa Marega
estão em silêncio há décadas no fute- já não é jogador, é uma bandeira. Ele é a
bol português. Essencial é erradicar a vontade de mudar a história das claques,
violência (não só no futebol) e também onde há centenas de pretos que gritam
o racismo (não só do futebol). Moussa cânticos racistas – hilariante toleima –,
saiu irritado e farto. Jugou no Guimarães onde há ocupação de espaço de lazer por
e joga agora no Porto. O ataque de que parvos armados e carregando contenda.
foi vítima não se destinava “aos pretos”, Todos os que chamam monhé a António
havia muitos no campo, mas era uma Costa têm sua dose de racismo. Eu sou
provocação usando contexto racista monhé! E se sou neto de indianos por
contra “aquele preto específico”. Já vi sangue hoje sou Moussa por convicção.
coisas parecidas antes. Já vi estúpidos Se fosse preto e estivesse naquele campo
gritarem “preto!” ao benjamim que na tinha saído contigo! Resta filmar, identificar
outra equipa chocou com o seu filho. e exercer as coimas devidas a todos estes
São crianças, Senhor! O que acontece em parvos. Depois há que acabar com as cla-
Guimarães é muito do que é estúpido na ques. Depois há que erradicar do futebol
sociedade: 1– o efeito de manada, 2– a pais, jogadores, treinadores, dirigentes e
força dos inocentes que pactuam com comentadores que se excedam.

A Feira do Fumeiro e dos Sabores 17 horas de amanhã e meia-hora depois


do Nordeste da Beira está de regresso será inaugurada pela ministra da Coesão
a Trancoso. A partir desta sexta-feira, o Territorial, Ana Abrunhosa. O dia de sába-
Pavilhão Multiusos acolhe um certame do começa com o seminário dedicado ao
que terá como protagonistas os «princi-
pais produtores da região de enchidos e
tema das “Oportunidades para uma nova
geração de agricultores”, no auditório do
www.facebook.com/ointerior
fumados, queijos, pão, doçaria regional, pavilhão a partir das 10h30. Ao longo
vinhos, mel, azeites e ainda de artesanato dos dois primeiros dias estão previstas PUB
regional», segundo a autarquia. atuações de grupos de concertinas, de
Este ano participam «cerca de 70 bombos e dos Ranchos Folclóricos de
agentes económicos», oriundos das Trancoso, Sernancelhe e Palhais. A 16ª
Beiras e Serra da Estrela e do Douro, edição da Feira do Fumeiro e dos Sabores
adiantou Tomás Martins, presidente da do Nordeste da Beira repete a 7 e 8 de
direção da Associação Empresarial do março, num fim de semana em que tam-
Nordeste da Beira (AENEBEIRA), que bém se realizará paralelamente uma feira
organiza a feira em parceria com o mu- de automóveis usados e de maquinaria
nicípio. A abertura está prevista para as agrícola no Campo da Feira.

Covilhã

Residentes no concelho
condenados a prisão efetiva por
tráfico de seres humanos
O Tribunal de Coimbra condenou em Espanha. À chegada eram depois
esta segunda-feira cinco de seis arguidos obrigados a trabalhar sem descanso
acusados de tráfico de seres humanos e sem qualquer pagamento referia o
a penas efetivas de prisão, entre seis e Ministério Público, na acusação a que
sete anos. Quatro deles eram da mesma a agência Lusa teve acesso. O principal
família e tinham residência na área do foco de “recrutamento” era nas cidades
concelho da Covilhã. de Aveiro e Coimbra.
Destes, dois foram condenados a A alimentação dos trabalhadores era
sete anos de prisão efetiva, um a seis feita em quantidade reduzida e de fraca
anos de prisão e outro a cinco anos qualidade, sobretudo «salsichas e enlata-
de prisão suspensa na execução – por dos, arroz, massa e batatas e, esporadica-
colaborar com as autoridades - afirmou mente, carne», que se resumia a aparas
o juiz João Ferreira, durante a leitura de frango para dar aos cães. Segundo as
de sentença. Os quatro arguidos foram contas do Ministério Público, o grupo
condenados pela prática de oito crimes ter-se-á apoderado de, pelo menos, 215
de tráfico de seres humanos entre 2013 mil euros que deveriam ter sido pagos às
e 2018, um por sete crimes de tráfico vítimas. O juiz João Ferreira vincou ainda
de seres humanos e outro por seis. que, para além de condições de habitação
Todos os arguidos estavam acusados e alimentação indignas, as vítimas eram
de integrar um grupo que ludibriava sujeitas a ameaças e a violência física. O
homens em situações económicas vul- Tribunal deu como provada grande parte
neráveis (a maioria eram sem-abrigo) da acusação, com «algumas exceções
para irem para explorações agrícolas relevantes».