Você está na página 1de 3

Rubel

Informação geral

Nome completo Rubel Brisolla

Nascimento 10 de abril de 1991 (28 anos)

Origem Volta Redonda, RJ

Nacionalidade Brasileiro

Gênero(s)  MPB
 Hip-Hop
 Folk
 Indie pop

Ocupação(ões)  Cantor
 compositor
 músico

Instrumento(s)  Vocal
 violão

Período em atividade 2013–presente

Rubel Brisolla (Volta Redonda, 10 de abril de 1991), mais conhecido pelo nome
artístico de Rubel, é um cantor, compositor, músico brasileiro[1], roteirista e fundador da
agência/selo musical Dorileo.
Em setembro de 2018 o álbum Casas recebeu nomeação ao Grammy Latino na
categoria Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa[2].

Índice

 1Carreira
o 1.12011–2016: Início da carreira e Pearl
o 1.22017-presente: Casas
 2Discografia
 3Videoclipes
 4Trilhas Sonoras
 5Referências

Carreira[editar | editar código-fonte]


2011–2016: Início da carreira e Pearl[editar | editar código-fonte]
Em 2011 Rubel foi estudar Cinema na Universidade do Texas e Austin e durante esse período
começou a escrever as primeiras canções. Em 2013, lançou seu primeiro trabalho
intitulado Pearl[3]. A canção "Quando Bate Aquela Saudade" fez um enorme sucesso na internet,
ganhando videoclipe em setembro de 2015 com direção do próprio Rubel[4].

2017-presente: Casas[editar | editar código-fonte]


Em 2017 Rubel foi contemplado pelo edital da Natura Musical para lançar seu segundo álbum[5].
Em março de 2018 foi lançado o álbum Casas[6], com parcerias de Emicida e Rincon Sapiência.,
estabelecendo um diálogo entre MPB e influências de Hip-Hop e R&B. A canção "Partilhar"
entrou para a trilha sonora da telenovela Malhação: Vidas Brasileiras, e a canção "Quando Bate
Aquela Saudade" entrou para a trilha da supersérie "Onde Nascem os Fortes". Em setembro de
2018 o álbum Casas recebeu nomeação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Rock
ou Música Alternativa em Língua Portuguesa[2].
A turnê do disco Casas passou por mais de 60 cidades, incluindo Nova Iorque, Lisboa, Porto, e
alguns dos principais festivais do país, como o Coala, Queremos, Rock the Mountain, e lotou
alguns dos principais palcos do país, como Circo Voador, Vivo Rio, Opera de Arame, Tom Brasil,
Auditório Ibirapuera, etc.

Discografia[editar | editar código-fonte]


Álbuns de estúdio

 Pearl (2013)
 Casas (2018)
Singles

 Medo Bobo (2019)

Videoclipes[editar | editar código-fonte]


 O Peso do Meu Coração, de Qinho (roteirista e diretor)
 Quando Bate Aquela Saudade (co-roteirista e diretor)
 Ben (co-roteirista e diretor)
 Colégio (co-roteirista e diretor)
 Chiste (co-roteirista e diretor)

Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]


 Onde Nascem os Fortes (2018), Quando Bate Aquela Saudade
 Malhação: Vidas Brasileiras (2018), Partilhar
 Shippados (2019), Quando Bate Aquela Saudade e Partilhar

Referências
1. ↑ Tinoco, Pedro (24 de julho de 2015). «O paradoxo de Rubel, uma discreta estrela pop». Veja.
Consultado em 21 de novembro de 2018
2. ↑ Ir para:a b «Confira a lista dos artistas brasileiros indicados ao Grammy Latino». O Estado de S.
Paulo. 20 de setembro de 2018. Consultado em 21 de novembro de 2018
3. ↑ Moia, Marina (28 de outubro de 2016). «Entrevista: Rubel fala sobre o próximo álbum e suas
inspirações recentes». Nação da Música. Consultado em 21 de novembro de 2018
4. ↑ «Rubel lança novo clipe para o single "Quando Bate Aquela Saudade"». A Gambiarra. 28 de
setembro de 2015. Consultado em 21 de novembro de 2018
5. ↑ «Na reta final, carioca Rubel lidera votação popular da Natura Musical». O Globo. 20 de outubro
de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2018
6. ↑ Ferreira, Mauro (28 de julho de 2018). «Rubel vai além do folk e recebe os rappers Emicida e
Rincon Sapiência em 'Casas', álbum que ecoa Los Hermanos». G1. Consultado em 21 de
novembro de 2018