Você está na página 1de 1

4 MOTOR

SÁBADO, 15 DE NOVEMBRO DE 2014 A GAZETA

VALE A PENA?

Vantagens e riscos de instalar chips


de potência ou reprogramar o motor DIVULGAÇÃO
Modificação pode —
deixar carros mais “O risco certo
ágeis, mas gera
controvérsias é perder a
garantia do
MAÍRA MENDONÇA
mmendonca@redegazeta.com.br fabricante,
Turbinar o carro é um so- uma vez que o
nho comum entre os mo-
toristas. Para quem não
veículo deixa
pode investir em propul- de ser original”
sores mais fortes, outras —
opções mais em conta es- MARCELO ALVES
tão disponíveis no merca- Professor de Engenharia
do,comoéocasodoschips
de potência. Mas é preciso
estar atento, pois a altera- ção coloque maior quanti-
ção do funcionamento dos dade de combustível ou
veículos exige cuidados e, que o limite de rotação do
nem sempre, é segura. motor seja aumentado.
De acordo com o repro- Já o reprogramador
gramador de ECU (Eletro- Wendel discorda. “Com a
nic Control Unit) Wendel reprogramaçãoocarrofica,
Anderson, a troca do chip em alguns casos, até mais
originaloureprogramação econômico, pois quanto
da central de gerencia- maioraforçadomotor,me-
mento do motor, que altera nos você pisa no acelerador
parâmetros de comporta- para atingir a velocidade
mento contidos na injeção desejada”, defende.
eletrônica, além de ser O professor Marcelo
maisbaratadoqueummo- Preço médio do serviço é de R$ 500, mas valor pode variar de acordo com o modelo do veículo e o motor alerta sobre outro ponto
tor potente, pode tornar os importante: “O risco certo
automóveis até 20% mais fessor do Senai, apesar de gidos pela legislação. parador não souber mu- CONSUMO é perder a garantia do fa-
ágeis. Isso melhora o de- o ganho de potência ser Quando os chipadores li- dar as informações que Quanto ao consumo, o bricante. Em um carro no-
sempenho em ultrapassa- real, há algumas questões beram os carros para an- podem ser alteradas, isso professor da Escola Poli- vo, ainda no período de
gens e retomadas de acele- que podem ser preocu- darem com mais velocida- pode acarretar problemas técnica da Universidade garantia, o fabricante se
ração e favorece as respos- pantes. Isso porque mui- de e maior curva de torque como batida de pino, ex- de São Paulo, Marcelo Au- exime, uma vez que o veí-
tas do motor em baixas ro- tas vezes as montadoras li- do motor, os limites po- cesso de consumo de com- gusto Alves, diz que a alte- culo deixa de ser original.
tações. O preço médio do mitam o desempenho dos dem ser ultrapassados. bustível, emissão em ex- ração do chip ou remapea- Já nos usados, o maior ris-
serviço é de R$ 500. veículos para torná-los Sendo assim, buscar cesso de gases e proble- mento para ganho de po- co é danificar o motor, pois
Mas para Everton Luiz mais econômicos e aten- bons profissionais para fa- mas internos dentro do ci- tência pode resultar em a modificação feita não le-
Peroni Almeida, enge- derem a limites de emis- zer esse tipo de mudança, lindro do motor”, elenca o menor economia, pois faz va em conta o projeto ori-
nheiro de produção e pro- sãodegasespoluentesexi- é fundamental. “Se o pre- professor Everton. com que o sistema de inje- ginal”, fala.

RENOVAÇÃO

Fluence muda para continuar no clube dos 4 DIVULGAÇÃO/RENAULT


Sedã médio da Renault tra novidade são luzes de CVT X-Tronic.
está com novo design e LED no para-choque e na
ganhou uma central parte traseira do carro. ITENS DE SÉRIE
multimídia Nas versões mais caras, De série, todos os mode-
Dynamique CVT Plus e los da linha trazem ar-con-
O Renault Fluence pas- Privilége, o Fluence tam- dicionado digital dual zo-
sou por sua primeira rees- bém ganhou uma central ne, direção elétrica, trio
tilização e chega renovado multimídia com tela sensí- elétrico, volante ajustável
em sua versão 2015. Com a vel ao toque de sete pole- em altura e profundidade,
missãodemanteraRenault gadas. Além dessas duas controle de cruzeiro e sis-
entre os quatro mais vendi- configurações, há mais tema de som CD/MP3 com
dos no segmento de sedãs duas disponíveis: Dyna- comandos satélite.
médios, ao lado dos líderes mique e Dynamique CVT. Na Privilége, a lista in-
Honda Civic e Toyota Co- Segundo a montadora, a clui ainda câmera de ré,
rolla, ele vem para disputar última deve responder por luzes de LED nas setas dos
posições com o Nissan Sen- 65% das vendas. retrovisores, seis air bags
tra e o Volkswagen Jetta. Os preços partem de R$ Principal mudança no visual foi na frente do carro, que ganhou luzes de LED (dianteiros, laterais e de
Uma das mudanças 66.890 (Dynamique) e che- cortina), novo revesti-
principais do sedã foi em gam a R$ 82.990 (Privilé- R$ 71.890 e R$ 74.890. equipado com motor 2.0 e 140 cv e 19,90 mkgf mento em couro com efei-
sua frente, que agora se- ge). As opções Dynamique 16V Hi-Flex, que entrega com gasolina. A trans- to matelassê, controles de
gue o design global da CVT e Dynamique CVT Plus MOTORIZAÇÃO 143 cavalos de potência missão pode ser manual estabilidade e de tração e
montadora francesa. Ou- saem, respectivamente, por O Renault Fluence é e 20,30 mkgf com etanol, de seis velocidades ou teto solar elétrico.