Você está na página 1de 853

Completo

Português

Manual do Condutor
É proibida a cópia, revisão, tradução e distribuição desta publicação e de todas as restantes infor-
mações destinadas ao condutor, independentemente da forma ou método, sem uma autorização
escrita da Scania CV AB. Todos os direitos reservados pela Scania CV AB.

O manual do condutor contém informações relevantes para lhe permitir usar o veículo de forma
segura e correcta. Além disso, diz-lhe como deve usar o equipamento incluído no seu veículo. (Em
alguns casos, pode mesmo conter informações sobre equipamento não existente no veículo.) A
Scania parte do princípio de que qualquer pessoa que conduza um veículo Scania se encontra fa-
miliarizada com o conteúdo do respectivo Manual do Condutor e de que (se aplicável) concordou
com os direitos que a Scania se reserva. A Scania tem uma política de desenvolvimento contínuo,
por isso reserva-se o direito de fazer alterações no equipamento e na tecnologia fornecidos com o
veículo. Por esta razão, as informações contidas neste manual do condutor não podem ser usadas
para apoiar reclamações resultantes de tais alterações.

As actuais ECUs (Electronic Control Units), tacógrafos digitais, sistemas FMS (Fleet Manage-
ment Systems) e outros equipamentos dos veículos Scania permitem gravar e armazenar infor-
mações sobre as especificações do veículo, as alterações e a utilização do veículo. A Scania,
enquanto fabricante e fornecedor original do veículo e dos serviços que lhe estão associados, tem
todo o interesse em processar este tipo de dados operacionais (quer directamente, quer por inter-
médio de empresas que são membros da rede de oficinas ou de distribuidores autorizados da
Scania), sendo três os objectivos principais:

1. Fornecimento de serviços: O proprietário de um veículo Scania pode solicitar determinados


serviços relacionados com o processamento de dados operacionais junto de membros da Scania,
permitindo ao cliente avaliar as suas operações comerciais ou satisfazer as suas obrigações legais.

2. Maiores benefícios para o cliente: A Scania pode criar um ambiente para prestar a melhor as-
sistência possível ao cliente nas suas oficinas, fornecendo-lhe informações correctas sobre peças,
dados correctos do veículo, figuras e informações correctas nos produtos de informação forneci-
dos pela Scania.

3. Desenvolvimento do produto: A Scania pode melhorar o seu design e trabalho de engenharia


através da análise dos dados operacionais relacionados com as condições reais, com o objectivo de
aperfeiçoar os seus produtos, tornando-os ainda mais económicos e amigos do ambiente.

A Scania confirma e garante que os dados operacionais, processados em conformidade com o su-
pramencionado, não serão transmitidos a terceiros para outros fins que não os referidos, que os
dados operacionais não serão, em circunstância alguma, processados de forma a afectar a compet-
itividade do proprietário, que os dados específicos relacionados com o condutor do veículo não
serão processados nem identificados durante o processamento dos dados operacionais numa em-
presa Scania (na medida em que as informações em geral possam ser consideradas como dados
pessoais) e que o condutor será apenas identificado nos dados armazenados no âmbito de um
serviço solicitado pelo proprietário a uma empresa Scania.

Ao usar o termo "oficina Scania", referimo-nos geralmente às oficinas autorizadas Scania. Uma
oficina autorizada Scania foi aprovada pelo DOS (o padrão dos concessionários e oficinas Scania),
que abrange vários serviços diferentes para o cliente. As oficinas autorizadas Scania são respon-
sáveis por efectuar reparações ao abrigo da garantia, em conformidade com o estipulado na garan-
tia Scania. As oficinas autorizadas Scania possuem a formação, as ferramentas e o equipamento
necessários para diagnosticar avarias e efectuar reparações comuns nos veículos Scania. Quando,
por qualquer razão, uma oficina não consegue realizar aquilo a que se propôs, é possível obter aju-

Completo
2009-10-14
da junto da Assistência Scania e do distribuidor responsável. Muitas outras oficinas têm também
capacidade para realizar reparações nos veículos Scania; nestes casos a Scania respeita a opção e
fornece, mediante um determinado custo, toda a documentação, formação e ferramentas
necessárias. A Scania não pode avaliar a competência destas oficinas nem dar-lhes apoio caso as
reparações não sejam efectuadas de forma adequada. A Scania declina toda e qualquer responsa-
bilidade pelas reparações efectuadas por estas oficinas.

Completo
2009-10-14
Índice

Acerca do Manual do condutor......................................1


Leia primeiro.................................................................................1
Feedback para a Scania..................................................................1
Conselhos no manual do condutor ...............................................2
Carroçaria e modificações .............................................................2

Precauções de segurança ................................................5


Segurança durante a manutenção do veículo................................5
Perigo de incêndio e explosão.......................................................5
Regras de segurança para o extintor de incêndio .........................5

Ambiente .........................................................................9
Condução rentável ........................................................................9
Poluição atmosférica ...................................................................15
Verificar os óxidos de azoto ........................................................15
Verificar os óxidos de azoto ........................................................17
Limitador de fumo branco ..........................................................18
Manuseamento de substâncias perigosas ....................................19
Isocianatos ...................................................................................19

Verificações ....................................................................21
Pontos de verificação...................................................................21
Material inflamável......................................................................24
Verificar se existem fugas no sistema de travões ........................25
Verificar o dispositivo de bloqueio .............................................25
Verificar a unidade do reboque...................................................25
APS ..............................................................................................26

Visibilidade e luzes ........................................................30


Retrovisores e elevadores dos vidros...........................................30
Desembaciar o retrovisor ............................................................31

Completo
2009-10-14
Índice

Alavanca de sinal curto de máximos e do limpa-vidros ..............31


Iluminação standard ....................................................................33
Painel de luzes auxiliares .............................................................35
Luz de orientação de um veículo estacionado ............................39
Pirilampo giratório......................................................................40
Luz de sinalização do tejadilho ...................................................41

Travagem e passagens de caixa ....................................42


Passagens de caixa .......................................................................42
Passagens de caixa .......................................................................46
Passagens de caixa .......................................................................49
Passagens de caixa .......................................................................53
G670 ............................................................................................61
Redução do desgaste da embraiagem..........................................63
Caixa de velocidades automática Allison ....................................64
Caixa de velocidades manual com conversor de binário, ZF......73
Regular a alavanca das mudanças recolhível na cabina...............79
Opticruise ....................................................................................80
Travão de escape .......................................................................124
Retardador Scania .....................................................................127
Retardador Allison ....................................................................136
Travão de estacionamento ........................................................142
Válvula de bloqueio...................................................................146
Interruptor do travão do atrelado .............................................147
Travão do atrelado, alavanca.....................................................148
Manutenção de travagem em descidas......................................149
Ponto-morto automático ..........................................................151
ABS ............................................................................................151
EBS ............................................................................................153

Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de fixação à

Completo
2009-10-14
Índice

estrada e tracção .........................................................160


Botões no volante e volante ......................................................160
Bloqueio do motor de arranque ................................................163
Afinação do ralenti ....................................................................165
Ralenti afinado ..........................................................................167
Kick-down .................................................................................167
Acelerador manual.....................................................................167
Controlo de aceleração .............................................................170
Piloto automático ......................................................................171
Comando da velocidade de cruzeiro.........................................173
Comando da velocidade de cruzeiro.........................................176
Comando da velocidade de cruzeiro com Ecocruise................178
Comando da velocidade de cruzeiro adaptável.........................182
Comando da velocidade em declives ........................................190
Controlo da velocidade em declive, com regulação do
desfasamento .............................................................................192
Aviso de desvio da faixa Scania (LDW) ....................................194
Apoio ao motorista Scania ........................................................197
Suspensão pneumática...............................................................210
Níveis altenativos da suspensão do veículo...............................213
Elevador do eixo de apoio .........................................................214
Repartição de carga ...................................................................215
Eixo dianteiro ............................................................................219
Sistema de tracção integral .......................................................221
Bloqueio do diferencial no eixo traseiro ...................................222
Bloqueio do diferencial no eixo duplo ......................................224
Bloqueio do diferencial no eixo dianteiro.................................225
Bloqueio do diferencial na caixa de transferência.....................226
Mudança baixa na caixa de transferência ..................................227
Desengate das rodas motrizes ...................................................229
ESP ............................................................................................231
Controlo da tracção...................................................................232

Completo
2009-10-14
Índice

Instrumentos de informação sobre o veículo ............235


Grupo de instrumentos com visor ............................................235
Janela de símbolos .....................................................................239
Botão INFO ..............................................................................243
Menus no ecrã ...........................................................................244
Luzes indicadoras ......................................................................261
Símbolos no visor ......................................................................267
Informações do tacógrafo no visor ...........................................289
Símbolos da superestrutura.......................................................290
Verificar o nível do óleo do motor ...........................................297
Verificar o óleo da caixa de velocidades....................................299
IVD............................................................................................301
Monitorização da pressão dos pneus.........................................307
Tacógrafo ..................................................................................311
Tacógrafo digital .......................................................................318
Registo de dados da viagem ......................................................341
Tacógrafo digital .......................................................................341
Transferência sem fios para o tacógrafo ...................................363
Scania Interactor .......................................................................365
Iniciar sessão no Interactor .......................................................373
Funções básicas no Interactor ...................................................384
Terminar sessão e desligar o Interactor....................................396

Ambiente do condutor................................................398
Ergonomia.................................................................................398
Banco, básico .............................................................................400
Banco, médio .............................................................................401
Banco, luxo ................................................................................403
Banco reclinável ........................................................................405
Escada extensível .......................................................................405
Almofadas de aquecimento .......................................................406
Iluminação na cabina.................................................................406

Completo
2009-10-14
Índice

Luz de leitura, passageiro..........................................................409


Luz de cortesia ..........................................................................409
Outras luzes ...............................................................................409
Iluminação de fundo..................................................................410
Luz de leitura, condutor............................................................411
Sistema de climatização.............................................................411
Ventoinha ..................................................................................418
Ventilação para paragens curtas................................................419
Distribuição de ar ......................................................................420
Alçapão do tejadilho eléctrico ...................................................421
Aquecedor auxiliar.....................................................................423
Comando à distância para o aquecedor auxiliar .......................434
Comando à distância para o aquecedor auxiliar, rádio e leitor de
CD .............................................................................................441
Radio Medium...........................................................................450
Rádio com sistema de navegação ..............................................467
Alarme de fumo .........................................................................501
Acessórios ..................................................................................504

Segurança em caso de colisão.....................................505


Cinto de segurança....................................................................505
Pré-tensor do cinto de segurança .............................................506
Airbag ........................................................................................509

Fechos e alarme ...........................................................515


Fecho centralizado ....................................................................515
Comando à distância para o alarme, fechos e alguma iluminação
exterior.......................................................................................519
Imobilizador ..............................................................................522
Aviso acústico ............................................................................526

Completo
2009-10-14
Índice

Manutenção.................................................................540
Programa de manutenção .........................................................540
Grelha dianteira bloqueável ......................................................540
Bascular a cabina .......................................................................541
Unidade eléctrica central ..........................................................556
Baterias ......................................................................................570
Pega do interruptor principal da bateria...................................580
Carregamento ajustado da bateria ............................................583
Substituir as lâmpadas ...............................................................584
Escovas do limpa-vidros e líquido de lavagem. ........................600
Estojo de ferramentas................................................................602
O sistema de combustível..........................................................604
Agentes contaminantes no combustível....................................605
Filtro de combustível com separador de água ..........................607
Filtro de ar do motor.................................................................610
Ar de amissão do motor ............................................................615
Protecção do intercooler...........................................................617
Pneus e jantes ............................................................................618
Limpar jantes em alumínio .......................................................623
Trocar rodas ..............................................................................624
Drenar os depósitos de ar comprimido ....................................635
Verificar o curso do êmbolo na câmara de ar do travão...........636
Freio (Travão) a disco ...............................................................637
Limpeza interna ........................................................................641
Limpar o painel de controlo do sistema de climatização .........642
Limpeza externa ........................................................................643
Protecção anticorrosão..............................................................645
Retocar a pintura .......................................................................646
Encerar e polir...........................................................................647

Medidas de emergência ..............................................648


Interruptor principal da bateria ................................................648

Completo
2009-10-14
Índice

Martelo de emergência..............................................................650
Arranque auxiliar .......................................................................650
Tomada para arranque auxiliar .................................................654
Calços das rodas ........................................................................658
União de enchimento do circuito do travão de mão ................659
Sangrar o sistema de combustível .............................................661
Reboque e pronto-socorro ........................................................671
Manobrar...................................................................................693
Separar o veio de transmissão ...................................................694
Desengatar o travão de estacionamento sem ar comprimido.........
703
Pontos de elevação do chassis ...................................................707
Encher com ar ...........................................................................718

Combustível e lubrificantes.........................................720
Gasóleo ......................................................................................720
Aquecedor de combustível ........................................................728
Combustível, etanol ..................................................................730
Verificar o nível do óleo do motor ...........................................733
Óleo de motor ...........................................................................735
AdBlue .......................................................................................740
Líquido de arrefecimento..........................................................744
Fluido da embraiagem...............................................................748
Verificar o nível do óleo da caixa de velocidades......................750
Verificar o óleo da caixa de velocidades....................................752
Fluido da direcção assistida .......................................................754
Lubrificação automática do chassis...........................................755

Carregar e descarregar................................................759
Unidade de comandos para a suspensão pneumática ...............759
Unidade de comandos para a suspensão pneumática ...............764
Comando manual da suspensão ................................................769

Completo
2009-10-14
Índice

Quinta roda ...............................................................................769


Quinta roda ...............................................................................773
Quinta roda ...............................................................................777
Quinta roda ...............................................................................780
Interruptor da quinta roda ........................................................784
Controlar a carroçaria ...............................................................785
Accionar a plataforma ...............................................................788
Camião basculante para 2 lados ................................................791
Cadeado adicional .....................................................................795
Betoneira ...................................................................................801
Controlo no nível de som para o alarme de marcha-atrás .......806
Ligação do ar para o reboque....................................................807

Funções especiais .........................................................809


Tomada de força EG.................................................................809
Tomada de força EK.................................................................814
ADR...........................................................................................815
Comando à distância activado...................................................819
Frigorífico..................................................................................819
Informação acerca de Toll Collect ...........................................821
Buzina pneumática ....................................................................822
Fixar o veículo num ferry-boat .................................................822

Dados técnicos .............................................................827


Ficha de dados do chassis ..........................................................827
Chapa de identificação ..............................................................828
Pressão no sistema de travões ...................................................829
Pressão dos pneus......................................................................830

Completo
2009-10-14
Acerca do Manual do condutor

Acerca do Manual do condutor


Leia primeiro
Antes de conduzir o veículo, leia com atenção todo o manual do
condutor.
Leia e respeite sempre todos os conselhos e instruções dados no
manual do condutor.
O manual do condutor diz-lhe tudo o que precisa de saber sobre
o veículo para o poder conduzir sem se arriscar a danificar o
veículo nem a ferir-se.
Além disso abrange também a manutenção do veículo e como
efectuar pequenas reparações. Para mais informações sobre
reparações, consulte a literatura de assistência da Scania.

Feedback para a Scania


Se pretender fornecer a sua opinião sobre o conteúdo deste
Manual do Condutor, contacte o seu concessionário. O
concessionário poderá ajudá-lo a elaborar um relatório para
enviar para a fábrica da Scania. A Scania agradece quaisquer
sugestões relacionadas com possíveis melhorias, esforçando-se
continuamente por tornar este Manual do Condutor o mais útil
possível para o utilizador.

1 Completo
20091014
Acerca do Manual do condutor

Conselhos no manual do condutor

! ATENÇÃO
Este aviso é usado quando existe o risco de
ferimentos.

IMPORTANTE!
Este aviso é usado para chamar a atenção para
riscos de danos materiais no veículo ou outros
objectos.

NOTA:Nota:
Este aviso é usado para algumas operações
importantes.

Carroçaria e modificações

! ATENÇÃO
O website da carroçaria e as normas nele
estipuladas têm de ser aplicados em caso de
qualquer alteração na carroçaria/conversão.

Completo
20091014 2
Acerca do Manual do condutor

Tem de se contactar sempre uma oficina Scania ao realizar


quaisquer alterações na carroçaria/conversão ou, em caso de
dúvidas relativas a alterações na carroçaria/conversão, para ter
acesso a estas informações técnicas. Os veículos com falta de
equipamento ou funções que, consequentemente, não cumpram
os requisitos técnicos podem constituir um perigo e a sua
condução em estradas públicas pode ser ilegal.

! ATENÇÃO
Qualquer alteração ao veículo, em especial a
montagem pós-venda de equipamento eléctrico
ou alterações em componentes eléctricos e
respectivo software, têm de ser levadas a cabo de
forma profissional. Neste sentido, a cópia ilegal
de software poderá ser considerada como delito
de contrafacção. A Scania não assume qualquer
responsabilidade por consequências resultantes
de trabalho que não tenha sido levado a cabo de
modo profissional.

3 Completo
20091014
Acerca do Manual do condutor

! ATENÇÃO
A ligação directa com buses CAN do veículo ou
através da ficha de diagnóstico para obter dados
ou outra razão não é permitida. Isto pode ser
extremamente perigoso, uma vez que pode
afectar a funcionalidade dos sistemas do veículo,
por exemplo, motor ou travões. Nestes casos,
devem ser utilizadas as interfaces SCANIA FMS
e SCANIA BWS/BCS.

! ATENÇÃO
*A ficha de 66 pinos no painel da antepara existe
apenas para equipamento instalado em Scania e
só deve ser utilizada para conversão do veículo
com equipamento de origem.

IMPORTANTE!
A ligação directa aos terminais positivo e negativo
da bateria não é permitida.

Completo
20091014 4
Precauções de segurança

Precauções de segurança
Segurança durante a manutenção do
veículo
O trabalho realizado no veículo, como por exemplo inspecções e
revisões ou reparações, tem de ser realizado por alguém com um
conhecimento muito bom do trabalho envolvido, por forma a
evitar o risco de ferimentos ou de danos materiais e ambientais.
Em caso de dúvida, contacte uma oficina Scania.
Ao trabalhar em zonas fechadas com o motor a trabalhar,
proporcione uma ventilação adequada ou use um exaustor de
gases.
Ao efectuar qualquer tipo de trabalho que envolva riscos,
demarque sempre uma zona de segurança. Proteja-se a si próprio
e aos outros. Não corra riscos!

Perigo de incêndio e explosão


Evite chamas nuas, soldar e actividades semelhantes nas
proximidades de substâncias tais como óleo e Diesel, que são
combustíveis e explosivos.

Regras de segurança para o extintor de


incêndio

Instruções de uso - Instruções de segurança


Leia atentamente estas instruções de uso e transmita a
informação a outros eventuais utilizadores do extintor de

5 Completo
20091014
Precauções de segurança

incêndio. Deve fazê-lo antes de se montar/colocar o extintor no


devido local ou antes de ser usado pela primeira vez.
• Se possível, informe os utilizadores sobre o uso do
extintor e explique os riscos do uso incorrecto. Mantenha
as crianças afastadas dos extintores de incêndio.

• O texto das instruções e as figuras no extintor descrevem


o uso correcto.

• Não dirija o jacto do agente extintor directamente para


uma pessoa. Ao apagar chamas na roupa de uma pessoa,
mantenha uma distância segura de, no mínimo, 1 metro.

• Apenas Técnicos de Serviço qualificados com formação


de acordo com a norma sueca SS3656 estão autorizados a
abrir e efectuar manutenção no extintor.

• O recipiente poderá estar sob pressão. Não o deixe


exposto a forças exteriores nem use a força para o abrir.

• Peça a um Técnico de Serviço qualificado para


despressurizar recipientes ou acessórios danificados ou
enferrujados.

• Não é permitido proceder a quaisquer alterações, por


exemplo através de soldadura, ao recipiente.

• Mantenha o extintor limpo. Não use produtos de limpeza


agressivos; limpe apenas com um pano húmido.

• O recipiente deve ser apenas usado como extintor.

Completo
20091014 6
Precauções de segurança

• Não o exponha à luz directa do sol nem ao calor.


• Drene e despressurize o recipiente antes de o entregar a
uma empresa de tratamento de lixo para ser inutilizado.

• Fixe o extintor de forma apropriada no veículo. Deve ser


fixo em suportes especiais para que não caia nem sofra
danos resultantes das vibrações e do movimento do
veículo.

• Não entregue o extintor a terceiros sem estas instruções


de uso.

• Alteração da pressão máxima de 0 bar a 18,5 bar: 500


alterações de carga, no máximo.

Informação sobre a aplicação do extintor


incluindo o agente extintor (informação do
utilizador)

Temperaturas de uso ver instruções no extintor


(relacionadas com o agente
extintor):

Pressão de uso nominal ver instruções no extintor


(extintor de pressão contínua)
a +20 °C:

7 Completo
20091014
Precauções de segurança

A informação constante do autocolante no extintor relativamente


à sua área de aplicação, pressão de uso nominal, quantidade de
agente extintor e pressão do gás propulsor diz respeito a um
extintor completamente operacional, inclusive agente extintor.

Completo
20091014 8
Ambiente

Ambiente
Condução rentável

O seu veículo afecta o ambiente


Para reduzir o consumo de combustível e as emissões de gases de
escape, a Scania está constantemente a trabalhar no sentido de
aumentar a eficiência do motor e reduzir a resistência
aerodinâmica e resistência à rodagem dos seus veículos. Apesar
destes esforços, o seu veículo e a forma como o conduz têm
sempre um impacto inevitável sobre o ambiente.
Os gases de escape contêm, entre outros, dióxido de carbono,
óxidos de azoto e hidrocarbonetos.
• As emissões de dióxido de carbono contribuem para o
efeito de estufa, o qual é considerado o problema
ambiental mais difícil de ultrapassar.

• Os óxidos de azoto contribuem para a acidificação do solo


e da água, bem como para a eutrofização.

• Os hidrocarbonetos e os óxidos de azoto contribuem para


a formação de ozono ao nível do solo, o qual tem um
efeito nocivo sobre a vida humana, animal e vegetal.

9 Completo
20091014
Ambiente

Conduza de forma económica e reduza o


impacto ambiental
Uma condução económica traduz-se essencialmente numa
poupança de combustível permanente e a longo prazo. Quanto
menor for o consumo de combustível do seu veículo, tanto
menor será a quantidade de gases de escape que emite. Por
conseguinte, é possível economizar dinheiro e poupar o
ambiente reduzindo o consumo de combustível. Os factores que
mais afectam o consumo de combustível são o seu estilo de
condução e o estado do veículo conduzido.

O seu estilo de condução


• Planeie antecipadamente as suas viagens, a fim de evitar
grandes alterações de velocidade.

• Conduzir de forma económica e planear antecipadamente


uma viagem, tirando maior proveito da energia cinética
do veículo, traduz-se numa redução do consumo de
combustível que poderá ascender aos 10%.

• Reduzir a velocidade de 100 para 90 km/h diminui o


consumo de combustível em cerca de 10%.

• Use o retardador e o travão de escape para poupar os


travões das rodas.

• Um motor pré-aquecido sofre menos desgaste do que um


motor submetido a arranques a frio.

Completo
20091014 10
Ambiente

• Deixe o motor trabalhar ao ralenti durante cerca de 1


minuto depois de terminar a condução, antes de o
desligar. Caso contrário, existe o risco de ocorrerem
danos no turbocompressor.

Estado do veículo
• Submeter o motor e o sistema de combustível a revisões
regulares eleva a sua eficácia. A longo prazo, sai sempre
mais dispendioso desleixar a manutenção do veículo do
que respeitar os intervalos entre revisões recomendados.
Um veículo bem cuidado é sempre mais económico do
que um veículo que é descurado e sujeito a uma
manutenção insuficiente.

• Manter o veículo em bom estado prolonga a sua vida útil


e reduz o consumo de combustível.

NOTA:Nota:
Manter o filtro de ar limpo reduz
consideravelmente o consumo de combustível.

Mudanças de caixa de modo económico


Se o seu veículo estiver equipado com o sistema de mudanças de
caixa de modo económico, terá um regime de motor de
aproximadamente 1200 r.p.m. em velocidade de cruzeiro. Um
regime de motor baixo é sinónimo de baixo consumo de

11 Completo
20091014
Ambiente

combustível. Pode ser necessário proceder a mais passagens de


caixa.
Se o seu veículo estiver equipado com overdrive, poderá conduzir
em 11ª velocidade em velocidade de cruzeiro com carga elevada,
por exemplo em terreno íngreme ou com o veículo totalmente
carregado. Disporá de um melhor poder de tracção e não
necessitará de tantas passagens de caixa.
Se o seu veículo estiver equipado com Opticruise deve conduzir
em modo automático para obter o melhor conforto de condução
e o menor consumo de combustível.

Pneus
• Quando a pressão dos pneus é insuficiente, dá-se um
aumento da resistência à rodagem e, consequentemente,
do consumo de combustível. Além disso, o desgaste dos
pneus é acelerado, o que afecta igualmente a segurança da
condução. Manter os pneus à pressão correcta pode
reduzir o consumo de combustível até 5%.

NOTA:Nota:
Verifique frequentemente a pressão dos pneus.
Verifique a pressão dos pneus com estes frios.

Completo
20091014 12
Ambiente

• Utilize pneus adequados ao seu estilo de condução. Se


optar por pneus "Energy", verificará uma redução do
consumo de combustível entre 4 e 6%. Um piso do pneu
demasiado profundo aumenta desnecessariamente a
resistência à rodagem.

• Certifique-se de que os pneus duplos e as respectivas


jantes são do mesmo tipo e têm as mesmas dimensões.

Resistência do ar
• A resistência do ar é afectada pela velocidade de
circulação. Ao dobro da velocidade, a resistência do ar
aumenta quatro vezes. Quanto mais alto e mais largo for o
veículo, maior é a resistência do ar. O mesmo se aplica
quando existem sistemas de transporte no tejadilho, bem
como outros objectos salientes.

• Através da adaptação da carroçaria e da redução da altura


em 0,4 m, é possível economizar 2 litros de combustível
por cada 100 km a uma velocidade de 80 km/h.

• Coberturas e cargas planas são importantes.


• O posicionamento do deflector de ar é fundamental.
Quando mal posicionado, o deflector de ar é responsável
por um aumento de 4-5% no consumo de combustível.

Para posicionar o deflector de ar, contacte uma oficina Scania.

13 Completo
20091014
Ambiente

Conselhos de condução
• A tracção máxima e o funcionamento mais económico
obtêm-se dentro da área verde do conta-rotações.

IMPORTANTE!
Não acelere excessivamente o motor; isso
aumenta o consumo de combustível. Os motor
Scania são mais eficazes quando conduzidos
dentro da área verde do conta-rotações.
Conduzir no regime da zona vermelha pode
causar danos no motor.

• Antes de engatar uma velocidade mais alta, acelere só até


o conta-rotações ficar na parte inferior da área verde
depois da mudança de velocidade.

• Antes de engatar uma velocidade mais baixa, deixe o


regime do motor baixar até à parte inferior da área verde.
Evite a mudança de velocidade quando o motor tem
potência suficiente.

• Use a energia cinética. Solte o pedal do acelerador antes


de parar ou num declive e deixe o veículo deslizar.

Completo
20091014 14
Ambiente

IMPORTANTE!
Deixe a mudança engrenar e não desembraie.
Assim, evita danificar a caixa de velocidades.

• Conduza o mais suavemente possível e mantenha a


velocidade do veículo. Uma maior velocidade do veículo
implica um maior consumo de combustível.

• Evite deixar o veículo ao ralenti desnecessariamente.


Consulte a secção sobre o grupo de instrumentos para obter mais
informações sobre o conta-rotações e a área verde.

Poluição atmosférica
Os gases de escape contêm monóxido de carbono e óxidos de
nitrogénio. Garanta sempre uma boa ventilação ou utilize um
exaustor de gases. O vapor de ácido sulfúrico produzido quando
se carregam baterias, etc.., é corrosivo e pode causar danos nas
vias respiratórias. Certifique-se de que há água por perto para
que possa lavar facilmente os olhos.

Verificar os óxidos de azoto


Os requisitos legais especifiam que o conteúdo de óxidos azoto
dos gases de escape deve ser verificado. O objectivo ]e garantir
que o veículo emite a quantidade de óxidos de azoto para a qual
foi concebido. Estes requisitos especificam ainda que medidas
devem ser tomadas, se forem ultrapassados os valores limite
permitidos.

15 Completo
20091014
Ambiente

802c41e3

A função de controlo de NOx mede o nível de óxidos de azoto


nos gases de escape.
Quando o nível de óxidos de azoto medidos nos gases de escape
ultrapassa o limite inferior, aparece no grupo de instrumentos
um símbolo de aviso acompanhado pela mensagem de avaria
"Nível de emissões elevado".
Se o nível de óxidos de azoto ultrapassar o limite máximo
permitido, o binário máximo do motor é reduzido em 40%. O
símbolo de aviso é apresentado ao mesmo tempo.
Na próxima vez que o veículo parar, o binário é reduzido.
Depois de rectificada a avaria, a limitação e o aviso desaparecem.

NOTA:Nota:
Se o nível de óxidos de azoto nos gases de escape
for elevado, contacte a sua oficina Scania.

Se não for possível ler o valor de NOx ou se existir uma avaria


eléctrica no controlo de NOx, o binário de motor máximo é
reduzido em 40%. Isto acontece ao fim de 50 horas de
funcionamento. O número de horas que restam até o binário ser
reduzido é apresentado no grupo de instrumentos.
Na próxima vez que o veículo parar, após 50 horas de tempo de
funcionamento, o binário é reduzido.

Completo
20091014 16
Ambiente

Verificar os óxidos de azoto


Os requisitos legais especifiam que o conteúdo de óxidos azoto
dos gases de escape deve ser verificado. O objectivo ]e garantir
que o veículo emite a quantidade de óxidos de azoto para a qual
foi concebido. Estes requisitos especificam ainda que medidas
devem ser tomadas, se forem ultrapassados os valores limite
permitidos.
802c41e3

A função de controlo de NOx mede o nível de óxidos de azoto


nos gases de escape.
Quando o nível de óxidos de azoto medidos nos gases de escape
ultrapassa o limite inferior, aparece no grupo de instrumentos
um símbolo de aviso acompanhado pela mensagem de avaria
"Nível de emissões elevado".
Se o nível de óxidos de azoto ultrapassar o limite máximo
permitido, o binário máximo do motor é reduzido em 40%. O
símbolo de aviso é apresentado ao mesmo tempo.
Na próxima vez que o veículo parar, o binário é reduzido.
Depois de rectificada a avaria, a limitação e o aviso desaparecem.

NOTA:Nota:
Se o nível de óxidos de azoto nos gases de escape
for elevado, contacte a sua oficina Scania.

17 Completo
20091014
Ambiente

Se existir uma avaria no controlo do NOx, o binário do motor


máximo diminui em 40%. Isto acontece ao fim de 36 horas de
funcionamento. O número de horas que restam até o binário ser
reduzido é apresentado no grupo de instrumentos.
O binário é reduzido no primeiro arranque ao fim de 36 horas de
funcionamento.

Limitador de fumo branco


O limitador de fumo branco faz com que o motor emita gases de
escape mais limpos, ajudando-o a manter a temperatura de
funcionamento correcta.
80519778

NOTA:Nota:
O limitador de fumo branco não pode ser
accionado se o travão de mão não estiver
engatado. O mesmo acontece se houver alguma
anomalia no Opticruise, no ABS ou no travão de
escape.

Accione o limitador de fumo branco ao aquecer o sistema de


arrefecimento e a cabina com o motor a trabalhar ao ralenti.

Completo
20091014 18
Ambiente

Quando o motor estiver demasiado quente, o limitador de fumo


branco é desactivado automaticamente.

Não se esqueça de que o limitador de fumo branco aumenta


ligeiramente o ruído de escape devendo, por isso, ser usado com
prudência durante a noite.

Manuseamento de substâncias
perigosas
Substâncias perigosas, tais como fluido de arrefecimento, óleo de
motor, fluido hidráulico e afins, não devem ser deitadas para o
sistema de esgotos nem para o solo.

! ATENÇÃO
O refrigerante apenas pode ser utilizado por
pessoal autorizado.

Isocianatos
Os isocianatos são utilizados por exemplo em algumas tintas,
betumes, colas e espumas de plástico. A inalação de isocianatos
sob forma de vapor, poeira ou gás, poderá causar irritação nas
mucosas, provocando sintomas de asma e problemas nas vias
respiratórias, afectando negativamente os pulmões. Uma breve
exposição a estas substâncias pode causar hipersensibilidade
permanente.
O aquecimento de produtos que contêm isocianatos combinados
pode provocar a sua libertação. Isto aplica-se a esmerilagem,

19 Completo
20091014
Ambiente

soldadura, corte, etc.. Por isso, providencie uma ventilação


adequada na zona de trabalho. Devem usar-se máscaras de
oxigénio.

Completo
20091014 20
Verificações

Verificações
Pontos de verificação

Inspecção diária
Verifique diariamente os seguintes pontos:
• Pressão de todos os pneus do veículo. Verifique as rodas
interiores nos rodados duplos. Se não estiver disponível
equipamento de medição, examine visualmente os pneus e
bata-lhes com um martelo para se certificar de que
nenhum soa mais vazio do que os outros. Se um pneu soar
mais abafado do que os outros, tal indica que a pressão é
baixa

• Luzes e vidros em todo o veículo.


• Fixação da carga (bem presa) se o veículo estiver
carregado. Certifique-se de que a carga está
correctamente posicionada e presa.

• Nível do lava-vidros.
Devem ser lubrificados diariamente com massa os seguintes
pontos:
• Rolos por baixo do tambor
• A cinta do tambor.
• O mecanismo de bloqueio do tambor.

21 Completo
20091014
Verificações

• Pinos de bloqueio da protecção inferior.


• Juntas da calha do cimento.
Verifique também:
• O nível do óleo no reservatório de óleo do sistema
hidráulico.

• O nível do óleo na secção planetária.


Os pontos seguintes devem ser verificados diariamente antes da
utilização do elevador traseiro:
• Todo o equipamento de segurança: bandeiras, fita,
autocolantes e diagramas de carga.

• Tubos hidráulicos, para se certificar de que não


apresentam arranhões, dobras ou fugas.

• todos os braços de elevação, suportes, parafusos e uniões.


• Cabos eléctricos e respectivos olhais e ligações.
• Válvulas de protecção em caso de rebentamento de tubos
e fusíveis.

• Foles de protecção dos cilindros.


Lubrifique as uniões dos cilindros de inclinação e todos os
componentes móveis da plataforma, como palas e dobradiças.

Completo
20091014 22
Verificações

! ATENÇÃO
Use sempre um apoio da plataforma quando
trabalhar debaixo da plataforma, para evitar
ferimentos.

Inspecção semanal
Verifique semanalmente os seguintes pontos:
• Nível do óleo do motor.
• Nível do líquido de arrefecimento.
• Fluido da direcção assistida.
• Depósitos de ar; certifique-se de que nada mais que ar sai
quando são drenados.

• O dispositivo de bloqueio no gancho de reboque ou na


quinta roda, se o veículo estiver equipado com estes
componentes.

Verifique também:
• A elevação do elevador traseiro e as funções de descida e
oscilação utilizando as unidades de comandos.

• A velocidade necessária para baixar e oscilar o elevador


traseiro.

23 Completo
20091014
Verificações

• Que os tubos hidráulicos podem mover-se sem restrições.


• O interruptor do elevador traseiro na cabina.
• A luz avisadora do elevador traseiro.
• Danos ou rachas no suporte do chassis, uniões de tubos e
fixações do elevador traseiro.

• Danos ou desgaste da protecção inferior, rolamentos e


parafusos.

Verifique e lubrifique semanalmente as uniões do veio de


transmissão com massa.

Inspecção mensal
Lubrifique os componentes móveis do elevador traseiro, como os
rolamentos do cilindro de inclinação ou elevação.

Material inflamável
Se a sua carga for composta por material inflamável que pode
entrar em contacto com peças quentes do veículo durante os
processos de carga e descarga, deve eliminar quaisquer derrames
antes de iniciar a marcha. Limpe cuidadosamente para reduzir o
risco de incêndio.
As seguintes peças do veículo normalmente ficam muito quentes
durante a condução: tubo de escape, colector de escape, tubo
terminal de escape, turbocompressor e silencioso.
Exemplos de materiais inflamáveis são: tiras de madeira, cortiça,
papel rasgado e fibras.

Completo
20091014 24
Verificações

Verificar se existem fugas no sistema


de travões
Se notar que é necessário cada vez mais tempo para que o sistema
atinja a pressão correcta, contacte a oficina Scania mais próxima.
Para procurar fugas, proceda da seguinte forma:
1. Desligue o motor quando a pressão dos travões tiver
atingido os valores de funcionamento normais.

2. Aguarde 1 minuto até o ruído sibilante parar.

3. Carregue no pedal do travão e mantenha-o premido,


exercendo bastante força. Se a pressão diminuir
claramente no espaço de um minuto, é sinal da
existência de fugas, devendo estas ser reparadas.

Verificar o dispositivo de bloqueio


Ao ligar o semi-reboque ao tractor ou o reboque ao camião,
verifique se o dispositivo de bloqueio na quinta roda ou no
gancho de reboque está completamente aberto.

Verificar a unidade do reboque


8031dea9

25 Completo
20091014
Verificações

Se o tractor estiver equipado com uma rampa, verifique a parte


dianteira do chassis do semi-reboque. Tal é necessário, pois o
semi-reboque poderá engatar na rampa ao descrever curvas.

APS

Geral
O APS - Air Processing System - gere a pressão do ar e a
qualidade do ar no sistema pneumático para que funcione
correctamente e não sofra danos. O APS consiste principalmente
num desumidificador, válvula protectora de circuito e unidade de
controlo com sensor de pressão. O APS dispõe também de uma
válvula de segurança.
O objectivo do APS é:
• proteger o sistema de travões da humidade, para impedir
a fromação de gelo e a corrosão.

• proteger os vários circuitos de quedas de pressão.

Completo
20091014 26
Verificações

8031dea8

Desumidificador

Verificações antes da condução

• Drene os reservatórios de ar comprimido e verifique se sai


água. Pode existir água em pequenas quantidades. A
existência de grandes quantidades de água indica que o
desumidificador não está a funcionar ou que deve
substituir o elemento secador do ar condicionado.

Informações no grupo de instrumentos


80268ff1

Acende-se a branco. Consumo de ar elevado.

27 Completo
20091014
Verificações

80268ff1

Acende-se a amarelo. Consumo crítico de ar.

Quando o consumo de ar é elevado, o símbolo é apresentado a


branco no grupo de instrumentos, juntamente com texto. A
pressão é então de 9 bar ou inferior.
Pode conduzir o veículo sem consumo de ar, por ex., em estradas
públicas, ou pare e deixe o motor trabalhar ao ralenti durante
algum tempo para permitir que o veículo recupere.
Se o aviso for apresentado sem existir um consumo elevado de ar,
é possível que existam fugas. Verifique todo o veículo e a
combinação do veículo.
Se o consumo de ar for elevado durante um longo período, o
aviso é apresentado a amarelo e é gerado um código de avaria. O
símbolo em baixo é também apresentado ao mesmo tempo.

Este símbolo também é apresentado, se existir uma


8003655c

avaria no APS.

O código de avaria encontra-se activo até o sistema ser reposto.


Se o código de avaria se dever ao consumo elevado de ar, pode
demorar cerca de 20 minutos, desde que não seja utilizado ar e
não existam fugas. Se o veículo continuar a trabalhar, demora
mais. A pressão permanece a 9 bar ao longo deste período.

Completo
20091014 28
Verificações

Se existirem fugas maiores ou se existir uma avaria no APS, o


sistema não será reposto.

29 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

Visibilidade e luzes
Retrovisores e elevadores dos vidros

8017353e

Com o botão superior pode decidir se regula o retrovisor


esquerdo ou direito. Com o botão do meio pode regular o
retrovisor. Os dois botões inferiores comandam os elevadores
dos vidros.

Completo
20091014 30
Visibilidade e luzes

Desembaciar o retrovisor

80519040

Este interruptor serve para activar o desembaciador dos


retrovisores.

Alavanca de sinal curto de máximos e


do limpa-vidros

8029377f

1 2 4

Comando na alavanca de sinal curto de máximos e do limpa-


vidros.

31 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

1. Limpa-pára-brisas e lava-pára-brisas para pára-brisas e


faróis: prima a extremidade da alavanca.

2. Indicadores de mudança de direcção: mova a alavanca


para cima ou para baixo.

3. Comutação entre máximos e médios: puxe a alavanca na


sua direcção.

4. Limpa-pára-brisas: Rode o aro para arrancar ou para


mudar de velocidade.

Uma ligeira pressão na (1) extremidade da alavanca resulta numa


passagem do limpa-pára-brisas e uma pressão mais forte acciona
o lava-pára-brisas. Se o veículo estiver equipado com um sistema
de lavagem de alta pressão, este começará a funcionar ao mesmo
tempo que os lava-pára-brisas, com os faróis de médios ou
máximos ligados.
O tempo para a lavagem de alta pressão tem sempre a mesma
duração e não é determinado pelo tempo que se mantém o botão
premido. Para minimizar a utilização de líquido de lavagem, a
lavagem de alta pressão é activada a cada 3 vezes que o botão (1)
é mantido na posição de limpeza durante mais de 1 segundo.

Completo
20091014 32
Visibilidade e luzes

Iluminação standard

1 2 3

1. Botão dos faróis


2. Botão dos intermitentes
80044860
3. Botão de regulação da altura dos
faróis

1 2

1. Botão dos faróis


80044872

2. Botão dos intermitentes

Luzes de condução diurna com faróis


Quando o botão dos faróis está virado para a esquerda, estão
ligados os médios. São utilizados como luzes de condução diurna.
As luzes de condução diurna funcionam apenas se o motor estiver
a trabalhar. Os médios funcionam mesmo com o veículo parado.
Alguns veículos podem utilizar as luzes de nevoeiro como luzes
de condução diurna. As luzes de nevoeiro são activadas através de
um botão no painel de luzes auxiliares.

33 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

Luzes de condução diurna


As luzes de condução diurna acendem quando a chave da ignição
está na posição de condução e o interruptor rotativo dos faróis se
encontra na posição 0. As luzes de condução diurna apenas
acendem quando a chave da ignição está na posição de condução.
Consulte a secção relativa ao painel de luzes auxiliares, para
informações sobre como desactivar as luzes de condução diurna.

Luzes de presença
Quando o botão dos faróis está na posição central, as luzes de
presença acendem, independentemente da posição da chave da
ignição.

Sinal de máximos
Se a chave da ignição estiver na posição de condução, pode fazer-
se sinal de máximos, independentemente da posição do botão dos
faróis. Se a chave da ignição estiver na posição de rádio ou de
bloqueio, pode fazer-se sinal de máximos se o botão dos faróis
estiver na posição intermédia ou para a direita.

Máximos e médios
Com o botão dos faróis para a direita e a chave da ignição na
posição de condução, a alavanca dos indicadores de mudança de
direcção e do limpa-vidros funciona como um comutador entre
máximos e médios.

Completo
20091014 34
Visibilidade e luzes

Luz de sinalização de perigo


Quando a luz de sinalização de perigo é activada, o símbolo no
botão pisca com uma luz vermelha intensa.

Painel de luzes auxiliares


O painel de luzes auxiliares controla a iluminação auxiliar do
veículo.

1 2 4
1. Faróis de longo alcance na pala de
sol.
2. Faróis de longo alcance no pára-
choques.
3. Farol de nevoeiro.
3 5
4. Luzes de trabalho.
80044414

5. Luz de nevoeiro traseira.

O painel de luzes auxiliares controla a iluminação auxiliar do


veículo.
805a2f76

35 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

Os botões controlam as seguintes luzes:


1. Faróis de longo alcance na pala de sol.

2. Faróis de longo alcance no pára-choques.

3. Luzes de condução diurna.

4. Luzes de trabalho.

5. Luz de nevoeiro traseira.

Faróis de nevoeiro
Os faróis de nevoeiro funcionam em conjunto com com as luzes
de presença, os máximos e os médios. Em alguns países, é
proibido circular com os faróis de nevoeiro e os médios acesos ao
mesmo tempo. Os faróis de nevoeiro podem ser utilizados como
luzes de condução diurna em alguns veículos. Não existem faróis
de nevoeiro em veículos com luzes de condução diurna LED.

Faróis de longo alcance


Os faróis de longo alcance funcionam em conjunto com os
máximos. O veículo está programado para que os faróis de longo
alcance no pára-choques e na pala do sol não possam ser usados
em simultâneo. Existe uma função que pode ser activada numa
oficina Scania e que permite que os faróis de longo alcance do
pára-choques e da pala de sol se acendam simultaneamente.

Completo
20091014 36
Visibilidade e luzes

Luz de trabalho
Para que as luzes de trabalho funcionem, é preciso que pelo
menos as luzes de presença estejam acesas. Este veículo está
programado de forma a que as luzes de trabalho se apaguem
automaticamente se a velocidade ultrapassar os 20 km/h. Numa
oficina Scania pode alterar a definição das luzes de trabalho, para
que se mantenham acesas ou se apaguem automaticamente na
gama de velocidades entre 5 e 40 km/h.
Numa oficina Scania, pode também activar as luzes de trabalho
com função de luzes de marcha-atrás. Esta função activa
automaticamente as luzes de trabalho quando a marcha-atrás é
engatada. Depois de a função ser activada numa oficina Scania, o
próprio motorista pode ligar e desligar a função. Pode fazê-lo
premindo o botão das luzes de trabalho durante, pelo menos, 3
segundos. Com a função activa, o botão das luzes de trabalho
pisca quando engata a marcha-atrás.

Luzes de nevoeiro traseiras.


As luzes de nevoeiro traseiras funcionam em conjunto com os
máximos e os médios ou os faróis de nevoeiro e com a chave de
ignição na posição de condução. As luzes de nevoeiro traseiras
têm de voltar a ser activadas sempre que se tenha desligado os
máximos e os médios ou a ignição.

37 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

Luzes de condução diurna, desactivar e


activar
O veículo está equipado com luzes de condução diurna. As luzes
de condução diurna acendem quando a chave da ignição está na
posição de condução e o interruptor rotativo dos faróis se
encontra na posição 0. Pode desligar as luzes de condução diurna
de acordo com as seguintes instruções.

Botão das luzes de condução diurna. O LED no botão


acende quando as luzes de condução diurna estão
805a53df

acesas.

Proceda do seguinte modo para desactivar as luzes de condução


diurna:
1. Rode a chave de ignição para a posição de condução.

2. Rode o interruptor rotativo das luzes para a posição 0.

3. Prima o botão das luzes de condução diurna durante,


pelo menos, 3 segundos.

4. O LED no botão apaga-se quando soltar o botão.

Agora as luzes de condução diurna estão desactivadas e apenas é


possível voltar a acendê-las activando-as como descrito a seguir.

Proceda do seguinte modo para activar as luzes de condução


diurna:
1. Rode a chave de ignição para a posição de condução.

Completo
20091014 38
Visibilidade e luzes

2. Rode o interruptor rotativo das luzes para a posição 0.

3. Prima o botão das luzes de condução diurna durante,


pelo menos, 3 segundos. As luzes de condução diurna
acendem.

4. o LED no botão acende quando soltar o botão.

As luzes de condução diurna acendem na próxima vez que a chave


da ignição estiver na posição de condução e o interruptor rotativo
das luzes na posição 0.

Manutenção das luzes de condução diurna

O veículo dispõe de luzes de condução diurna com uma longa


vida útil. Se ocorrer qualquer avaria é necessário substituir a
unidade completa. Contacte uma oficina Scania para mais
informações.

Luz de orientação de um veículo


estacionado
Pode deixar as luzes de presença ou os médios activos durante um
curto espaço de tempo depois de estacionar o veículo.
A função pode ser activada no espaço de 10 segundos depois de
desligar o motor e rodar a chave de ignição para a posição de
bloqueio (I) ou posição de acessórios (II).

Posições da alavanca Acende(m)

Pisca direito Médios

39 Completo
20091014
Visibilidade e luzes

Posições da alavanca Acende(m)

Pisca esquerdo Luzes de presença

Sinal curto de máximos Médios ou luz de presença

As luzes de orientação permanecem acesas durante 40 segundos


após a activação. A seguir, as luzes de orientação apagam
automaticamente. É possível desligar as luzes de orientação,
deslocando a alavanca no espaço de 40 segundos após as luzes de
orientação acenderem.

Pirilampo giratório
80518fea

O LED indica que o pirilampo está activado.

Completo
20091014 40
Visibilidade e luzes

Luz de sinalização do tejadilho

8051900b

Usa-se este interruptor para ligar a luz de sinalização do


tejadilho.

41 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Travagem e passagens de caixa


Passagens de caixa
A caixa de velocidades inclui uma caixa de velocidades principal
de 3 velocidades com carretos de marcha atrás, um carreto de
mudança de gama e um carreto de divisão.

5H
1 5L
2H
2L
6H
6L
2 RH 4H
3H
RL 4L
3L
1H

802d2890
1L

1. Divisão 2. Gamas

IMPORTANTE!
Lembre-se que a linha motriz fica sujeita a um
enorme esforço quando se usam as velocidades
mais baixas.

Completo
20091014 42
Travagem e passagens de caixa

Carreto de mudança de gama


O carreto de mudança de gama duplica as três relações de
transmissão da caixa de velocidades principal. Com a gama baixa
engatada, usam-se as velocidades 1-2-3 e com a gama alta, usam-
se as velocidades 4-5-6. A passagem de caixa entre a gama alta e
baixa faz-se quando a alavanca das mudanças passa o ponto
morto.

Carreto de divisão
O carreto de divisão divide cada relação de transmissão em alta e
baixa. A marcha atrás também é dividida em alta e baixa.
A comutação entre engrenagem alta e baixa faz-se quando se
carrega no pedal da embraiagem.

Passagem de caixa em marcha atrás

IMPORTANTE!
As velocidades de marcha atrás só devem ser
engatadas na gama baixa, por forma a não
danificar a embraiagem.

1. Engate a marcha atrás.

2. Solte o pedal da embraiagem.

43 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Protecção contra o aumento excessivo do


regime do motor
Para proteger o motor e a embraiagem contra rotação excessiva,
é instalada uma protecção contra o aumento excessivo do regime
do motor, que evita que o motor passe para gama baixa a
velocidades entre os 20 e os 70 km/h. Isto pode variar em função
da relação do eixo traseiro e do tamanho dos pneus.
A protecção contra o aumento excessivo do regime do motor tem
uma função de monitorização, que bloqueia a gama baixa se
ocorrer uma interrupção ou um curto-circuito no circuito do
sensor.
Pode repor uma gama baixa bloqueada:
1. Parando o veículo.

2. Desligando o motor.

3. Rodando a chave para a posição de condução.

4. Engatando a gama baixa num espaço de 20 segundos


após rodar a chave para a posição de condução.

Completo
20091014 44
Travagem e passagens de caixa

Passagens de caixa ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

A gama alta tem de estar seleccionada ao rebocar e ao manobrar


o veículo.
Estacione sempre com:
• A caixa de velocidades em ponto morto.
• Gama alta
Ao estacionar, as posições altas para gama e engrenagem são
seleccionadas automaticamente, independentemente da posição
dos interruptores. Se os interruptores estiverem nas posições
baixas e o sistema ficar sem ar, é possível que se produzam ruídos
durante a acumulação da pressão do ar, aquando do arranque.

45 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não estacione com uma velocidade engatada.

Passagens de caixa
A caixa de velocidades é composta por uma caixa de velocidades
principal com 4 velocidades, com velocidade ultra-lenta e uma
parte com gama de 2 velocidades.

5 3

1 8
RL 6 4

2
802d2891

IMPORTANTE!
Lembre-se que a linha motriz fica sujeita a um
enorme esforço quando se usam as velocidades
mais baixas.

Completo
20091014 46
Travagem e passagens de caixa

Pode optar por conduzir em gama alta ou baixa através do


interruptor, na alavanca. O carreto de mudança de gama duplica
as relações de transmissão da caixa de velocidades principal. Com
a gama baixa engatada, usam-se as velocidades 1-2-3-4 e com a
gama alta, usam-se as velocidades 5-6-7-8. A passagem de caixa
entre a gama alta e baixa faz-se quando a alavanca das mudanças
passa o ponto morto. Um trinco eléctrico evita a selecção da
gama baixa a velocidades superiores a 30 km/h.

Arranque sempre em gama baixa, com a 1ª engatada, se o veículo


estiver carregado, por forma a não sobrecarregar a embraiagem
nem a caixa de velocidades.

IMPORTANTE!
Não use a gama alta ao fazer marcha atrás. Caso
contrário, poderá danificar a embraiagem.

47 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Passagens de caixa ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

A gama alta tem de estar seleccionada ao rebocar e ao manobrar


o veículo.
Estacione sempre com:
• A caixa de velocidades em ponto morto.
• Gama alta
Ao estacionar, a gama alta é seleccionada automaticamente,
independentemente da posição do interruptor. Se o interruptor
estiver em gama baixa e o sistema ficar sem ar, é possível que se
produzam ruídos durante a acumulação da pressão do ar,
aquando do arranque.

Completo
20091014 48
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não estacione com uma velocidade engatada.

Passagens de caixa
A caixa de velocidades inclui uma caixa de velocidades principal
de 3 velocidades com velocidades ultra-lentas e carreto de
marcha atrás, e carretos de mudança de gama e de divisão.

5H
5L
1 2H
2L
6H
6L
RH 4H
3H
RL 4L
2 3L
1H
1L
CH
802d2892

CL

1. Divisão 2. Gamas

49 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

IMPORTANTE!
Lembre-se que a linha motriz fica sujeita a um
enorme esforço quando se usam as velocidades
mais baixas.

Velocidades ultra-lentas
As velocidades ultra-lentas são para arranques com carga
extremamente pesada e funcionamento a velocidade ultra-lenta.
Não use as mudanças ultra-lentas para libertar as rodas. As
velocidades ultra-lentas são tão baixas que só são necessárias em
casos excepcionais.
Ao conduzir em velocidades ultra-lentas, pode optar entre
engrenagem alta e baixa.

Carreto de mudança de gama


O carreto de mudança de gama duplica as três relações de
transmissão da caixa de velocidades principal. Com a gama baixa
engatada, usam-se as velocidades 1-2-3 e com a gama alta, usam-
se as velocidades 4-5-6. A passagem de caixa entre a gama alta e
baixa faz-se quando a alavanca das mudanças passa o ponto
morto.

Completo
20091014 50
Travagem e passagens de caixa

Carreto de divisão
O carreto de divisão divide cada desmultiplicação em alta e baixa.
As velocidades ultra-lentas e de marcha atrás também são
divididas em alta e baixa. A comutação entre engrenagem alta e
baixa tem lugar quando se carrega no pedal da embraiagem.

Passagem de caixa em marcha atrás

IMPORTANTE!
As velocidades de marcha atrás só devem ser
engatadas na gama baixa, por forma a não
danificar a embraiagem.

1. Engate a marcha atrás.

2. Solte o pedal da embraiagem.

Protecção contra o aumento excessivo do


regime do motor
Para proteger o motor e a embraiagem contra rotação excessiva,
é instalada uma protecção contra o aumento excessivo do regime
do motor, que evita que o motor passe para gama baixa a
velocidades entre os 20 e os 70 km/h. Isto pode variar em função
da relação do eixo traseiro e do tamanho dos pneus.
A protecção contra o aumento excessivo do regime do motor tem
uma função de monitorização, que bloqueia a gama baixa se

51 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

ocorrer uma interrupção ou um curto-circuito no circuito do


sensor.
Pode repor uma gama baixa bloqueada:
1. Parando o veículo.

2. Desligando o motor.

3. Rodando a chave para a posição de condução.

4. Engatando a gama baixa num espaço de 20 segundos


após rodar a chave para a posição de condução.

Passagens de caixa ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

A gama alta tem de estar seleccionada ao rebocar e ao manobrar


o veículo.

Completo
20091014 52
Travagem e passagens de caixa

Estacione sempre com:


• A caixa de velocidades em ponto morto.
• Gama alta
Ao estacionar, as posições altas para gama e engrenagem são
seleccionadas automaticamente, independentemente da posição
dos interruptores. Se os interruptores estiverem nas posições
baixas e o sistema ficar sem ar, é possível que se produzam ruídos
durante a acumulação da pressão do ar, aquando do arranque.

! ATENÇÃO
Não estacione com uma velocidade engatada.

Passagens de caixa
A caixa de velocidades é composta por uma caixa de velocidades
principal com 4 velocidades e uma parte com gama de 2
velocidades.
A caixa de velocidades é composta por uma caixa de velocidades
principal com 4 velocidades, com velocidade ultra-lenta e uma
parte com gama de 2 velocidades.

53 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

H
8
7
7
6
H
5
L 4
3
2 8
L

141 506
1

8031a08c
H
8
7
7
6
H
5
L 4
3 C
L
2 8
C 1
141 512
8031a084

Completo
20091014 54
Travagem e passagens de caixa

IMPORTANTE!
Lembre-se que a linha motriz fica sujeita a um
enorme esforço quando se usa as velocidades mais
baixas.

Carreto de mudança de gama


Pode seleccionar condução em gama alta ou em gama baixa
através do interruptor, na alavanca. O carreto de mudança de
gama duplica as relações de transmissão da caixa de velocidades
principal. Com a gama baixa engatada, usam-se as velocidades 1-
2-3-4 e com a gama alta, usam-se as velocidades 5-6-7-8. A
passagem de caixa entre as gamas alta e baixa faz-se quando a
alavanca das mudanças passa o ponto morto. Um trinco eléctrico
impede a selecção da gama baixa a velocidades superiores a 30
km/h.
Arranque sempre em gama baixa, com a 1ª velocidade engatada,
se o veículo estiver carregado, por forma a não sobrecarregar a
embraiagem nem a caixa de velocidades.

Protecção contra o aumento excessivo do


regime do motor
Para proteger o motor e a embraiagem contra rotação excessiva,
é instalada uma protecção contra o aumento excessivo do regime
do motor, que evita que o motor passe para gama baixa a

55 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

velocidades entre os 20 e os 70 km/h. Isto pode variar em função


da relação do eixo traseiro e do tamanho dos pneus.
A protecção contra o aumento excessivo do regime do motor tem
uma função de monitorização, que bloqueia a gama baixa se
ocorrer uma interrupção ou um curto-circuito no circuito do
sensor.
Pode repor uma gama baixa bloqueada através de:
1. Paragem do veículo.

2. Desligando o motor.

3. Rodando a chave para a posição de condução.

4. Engatando a gama baixa num espaço de 20 segundos


após rodar a chave para a posição de condução.

Passagem de caixa em marcha atrás

IMPORTANTE!
As velocidades de marcha atrás só devem ser
engatadas na gama baixa, por forma a não
danificar a embraiagem.

1. Engate a marcha atrás.

2. Solte o pedal da embraiagem.

Completo
20091014 56
Travagem e passagens de caixa

Mudança de velocidade ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

A gama alta tem de estar seleccionada ao rebocar e ao manobrar


o veículo.
Estacione sempre com:
• A caixa de velocidades em ponto morto.
• A gama alta seleccionada.
Ao estacionar, a gama alta é seleccionada automaticamente,
independentemente da posição do interruptor. Se o interruptor
estiver em gama baixa e o sistema ficar sem ar, é possível que se
produzam ruídos durante a acumulação da pressão do ar,
aquando do arranque.

57 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

IMPORTANTE!
Lembre-se de que quando se usam as velocidades
mais baixas o grupo motopropulsor fica sujeito a
maior esforço.

Velocidade super-lenta
As velocidades ultra-lentas destinam-se a arranques com carga
extremamente pesada e funcionamento a velocidade ultra-lenta.
Não use as mudanças ultra-lentas para libertar as rodas. As
velocidades ultra-lentas são tão baixas que só são necessárias em
casos excepcionais.
Ao conduzir em velocidades ultra-lentas, pode optar entre
engrenagem alta e baixa.

Carreto de mudança de gama


Pode seleccionar condução em gama alta ou em gama baixa
através do interruptor, na alavanca. O carreto de mudança de
gama duplica as relações de transmissão da caixa de velocidades
principal. Com a gama baixa engatada, usam-se as velocidades 1-
2-3-4 e com a gama alta, usam-se as velocidades 5-6-7-8. A
passagem de caixa entre as gamas alta e baixa faz-se quando a
alavanca das mudanças passa o ponto morto. Um trinco eléctrico
impede a selecção da gama baixa a velocidades superiores a 30
km/h.

Completo
20091014 58
Travagem e passagens de caixa

Se o veículo estiver carregado, arranque sempre em gama baixa,


com a 1ª engatada, por forma a não sobrecarregar a embraiagem
nem a caixa de velocidades.

Protecção contra o aumento excessivo das


r.p.m.
Para proteger o motor e a embraiagem do aumento excessivo das
r.p.m., o veículo está equipado com uma protecção que impede a
mudança para a gama baixa a uma velocidade superior a 30 km/h.
Esta protecção tem uma função de controlo que bloqueia a gama
baixa caso haja uma interrupção ou um curto-circuito no circuito
do sensor.
Pode repor uma gama baixa bloqueada através de:
1. Paragem do veículo.

2. Desligue o motor do veículo

3. Rode a chave para a posição de condução.

4. Engate a gama baixa até 10 segundos depois de ter


rodado a chave para a posição de condução.

59 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Passagem de caixa em marcha atrás

IMPORTANTE!
As velocidades de marcha atrás só devem ser
engatadas na gama baixa, por forma a não
danificar a embraiagem.

1. Engate a marcha atrás.

2. Solte o pedal da embraiagem.

Passagens de caixa ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

A gama alta tem de estar seleccionada ao rebocar e ao manobrar


o veículo.

Completo
20091014 60
Travagem e passagens de caixa

Estacione sempre com:


• A caixa de velocidades em ponto morto.
• A gama alta seleccionada.
Ao estacionar, a gama alta é seleccionada automaticamente,
independentemente da posição do interruptor. Se o interruptor
estiver em gama baixa e o sistema ficar sem ar, é possível que se
produzam ruídos durante a acumulação da pressão do ar,
aquando do arranque.

G670
G670 é uma caixa com 6 velocidades com um padrão de mudança
de caixa semelhante ao de um carro.

5
3
1
6
4
2
8032836c

IMPORTANTE!
Lembre-se que a linha motriz fica sujeita a um
enorme esforço quando se usam as velocidades
mais baixas.

61 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Passagem de caixa em marcha atrás

IMPORTANTE!
Ao engatar a marcha atrás, o veículo tem de estar
parado, caso contrário a caixa de velocidades
poderá ficar danificada.

1. Carregue no pedal da embraiagem e aguarde até ser


possível engatar a marcha atrás sem ruído. Pode
demorar até 5 segundos.

2. Engate a marcha atrás.

3. Solte o pedal da embraiagem.

Passagens de caixa ao estacionar e ao


rebocar

IMPORTANTE!
Ao rebocar ou ao deslocar-se, o motor tem de
estar a trabalhar e o pedal da embraiagem tem de
estar solto. Caso contrário, a bomba de óleo não é
accionada, o que pode causar danos na caixa de
velocidades. Se não for possível pôr o motor a
trabalhar, tem de desmontar-se o veio de
transmissão ou os semieixos.

Completo
20091014 62
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não estacione com uma mudança engatada.

Redução do desgaste da embraiagem

Redução do desgaste da embraiagem


O veículo possui uma função que reduz o desgaste da
embraiagem. A embraiagem é exposta a desgaste quando o
arranque é feito com uma carga pesada. A função afecta a rotação
do motor, por forma a que não seja demasiado elevada ao
arrancar a partir de uma posição estacionária. A função limita o
regime máximo do motor 750 r.p.m. Em algumas situações é
necessário aumentar a rotação do motor. O procedimento é
descrito abaixo.

Aumentar o regime máximo do motor

Se bloquear qualquer dos bloqueios do diferencial num eixo


traseiro, o limite de rotação máxima do motor é aumentado para
1100 r.p.m. A performance é aumentada nessa posição. Depois
de premido o botão, o bloqueio do diferencial pode demorar
algum tempo a bloquear. Só é possível aumentar a rotação do
motor quando o bloqueio do diferencial estiver engatado.

63 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Aumento temporário do regime do motor

É possível aumentar temporariamente a rotação do motor,


premindo sem soltar o pedal do acelerador na posição de
kickdown. A rotação do motor aumenta então lentamente,
atingindo um máximo de 1100 r.p.m. Se soltar o pedal do
acelerador, a rotação do motor pára de aumentar. O aumento
temporário da rotação do motor funciona até o veículo atingir os
10 km/h.

Caixa de velocidades automática


Allison
De início, uma unidade de controlo nova ou uma unidade de
controlo de substituição para caixa de velocidades automática
adapta as passagens de caixa por forma a conseguir um bom
conforto na condução e uma vida útil longa da caixa de
velocidades.
Com o passar do tempo, a caixa de velocidades adapta-se para um
engate e desengate ideal dos discos da embraiagem. Isto significa
que a qualidade das passagens de caixa pode variar. Depois de
conduzir durante um curto período de tempo a velocidades
diferentes, a unidade de controlo muda para o modo normal, no
qual apenas efectua pequenas adaptações às passagens de caixa,
que não são detectadas pelo condutor.

Completo
20091014 64
Travagem e passagens de caixa

8036cba9

Mude de modo de condução deslocando a alavanca entre as


posições R, N, D e 1-5. Nas posições 1-5 as passagens de caixa
são levadas a cabo automaticamente com a velocidade mais
elevada possível seleccionada.

Nas posições 1-5 aumente a gama de velocidades pressionando a


alavanca para a direita. Cada pressão para a esquerda reduz a
gama de velocidades.

O botão MODE para selecção do modo de condução está situado


no painel de instrumentos.

65 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

1 2

1. Comando rotativo para


seleccionar modo de condução.
2. Botão MODE.
804a0d1a
3 3. Botão AUT para o retardador.

Mude de modo de condução, deslocando a alavanca entre as


posições R, N, D e 1-5. Nas posições 1-5 as passagens de caixa
são levadas a cabo automaticamente com a velocidade mais
elevada possível seleccionada.

Nas posições 1-5 aumente a gama de velocidades dando toques


na alavanca, na sua direcção. Cada toque na direcção oposta
reduz a gama de velocidades.

Indicar velocidades e modos de condução no visor do veículo.

1. Velocidade mais elevada possível.


1 2 3 A passagem de caixa é levada a
cabo entre a velocidade mais
22.00 baixa até à velocidade mais
elevada seleccionada.
2. Asterisco = programa de
condução secundário / Sem
asterisco = programa de condução
normal definido.
8046e6e8

3. Velocidade actual.

Completo
20091014 66
Travagem e passagens de caixa

Modos de condução
• R = marcha atrás.
• N = posição de ponto morto. Usa-se para ligar o motor,
para paragens longas e ao estacionar.

• D = modo de condução em frente normal. Todas as


velocidades são utilizadas.

• 1= modo de condução em frente, na qual só é usada a


velocidade mais baixa. O modo 1 destina-se a condução
em neve, lama, etc. e pode também ser usado para travar
com o motor a baixa velocidade.

• 2-5 = modos de condução em frente nos quais é


seleccionada a velocidade mais alta possível.

NOTA:Nota:
O selector do modo de condução deve estar
sempre na posição N para o motor arrancar.
Só é possível seleccionar as mudanças de marcha
em frente e a marcha atrás, se o regime do motor
for inferior a 900 r.p.m..

Botão MODE
Pode mudar entre o programa de condução normal e o programa
de performance através do botão MODE. No programa de

67 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

performance, a passagem para mudanças superiores ou inferiores


ocorre nos regimes mais elevados.
Quando se liga a ignição, a caixa de velocidades selecciona o
programa definido como normal. O programa de performance é
o normal nos veículos de serviço de emergência. Nos restantes
veículos, o normal é o programa de condução normal.
Prima o botão MODE para mudar de modo de condução. Se o
modo de condução seleccionado não for o definido como
normal, é indicado no visor do veículo com um asterisco.

Ficar preso
Se o veículo ficar preso e deixar o motor trabalhar a regimes
elevados, sem que as rodas se desloquem, a caixa de velocidades
depressa fica quente. Não deixe o motor trabalhar ao regime
mais elevado por mais 30 segundos, caso contrário a caixa de
velocidades sobreaquece. Vigie a temperatura da caixa de
velocidades.
Se a caixa de velocidades aquecer demasiado, terá de ser
arrefecida. Seleccione ponto morto e aumente o regime do
motor para cerca de 1500 r.p.m.. Após alguns minutos, a
temperatura deverá voltar ao normal.
Ao tentar libertar o veículo andando para a frente e para trás,
deixe o regime do motor baixar para ralenti antes de alternar
entre marcha em frente e marcha atrás.

Completo
20091014 68
Travagem e passagens de caixa

Conduzir em tempo frio


Para proteger a caixa de velocidades com o óleo da caixa a baixas
temperaturas, a unidade de controlo impõe limitações nas
velocidades que podem ser usadas a diferentes temperaturas.

-33 °C e temperaturas Apenas N disponível.


inferiores

-32 °C a -7 ºC R, N e 2 disponíveis.

-6 °C e temperaturas Disponíveis todas as


superiores velocidades.

Protecção em caso de velocidade excessiva


A caixa de velocidades tem alguma protecção contra o aumento
excessivo das r.p.m. do motor. Em determinadas situações, a
caixa de velocidades pode não reduzir mesmo que tenha
seleccionado uma gama de velocidades inferior com o selector do
modo de condução. Isto verifica-se quando existe um risco de
aumento excessivo das r.p.m. do motor na velocidade inferior.

Sistema de segurança
O sistema de segurança informa o condutor da existência de
avarias, através da unidade de controlo que se monitoriza a si
mesma e à caixa de velocidades. Se existir uma avaria num
componente ou na própria unidade de controlo, tal é remediado

69 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

automaticamente pela unidade de controlo para evitar que a caixa


de velocidades cause problemas. Além disso, o sistema de
segurança tenta minimizar danos na caixa de velocidades
resultantes de avarias.

Um símbolo de aviso amarelo, indicado no grupo de


instrumentos se existir uma avaria na caixa de
80016fde

velocidades.

A unidade de controlo lê as avarias na caixa de velocidades de três


formas diferentes.
1. Avarias de pouca importância que não afectam
directamente o funcionamento da caixa de velocidades:
O código de avaria é gravado e a caixa de velocidades
continua a funcionar normalmente.

2. Avarias que afectam de algum modo a caixa de


velocidades: O símbolo de aviso é indicado e o modo de
condução é desactivado. A caixa de velocidades continua
a funcionar com algumas limitações, consoante o tipo de
avaria.

Completo
20091014 70
Travagem e passagens de caixa

Solução: Tente reiniciar a caixa de velocidades, ver secção


"Reiniciar a caixa de velocidades".

NOTA:Nota:
Se desligar a ignição enquanto o símbolo de aviso
está indicado, quando voltar a ligá-la, a caixa de
velocidades estará em N (ponto morto). A caixa
de velocidades ficará em N até a avaria ter sido
solucionada.

3. Avarias que afectam gravemente o funcionamento da


caixa de velocidades: Se a avaria for grave e a caixa de
velocidades comutar para um modo de passagens de
caixa de emergência ou modo Limp Home. Exemplos de
avarias graves são, por exemplo, situações em que a
unidade de controlo não tem alimentação de tensão ou
quando se desliga. A velocidade que a caixa selecciona
depende da velocidade que estava engatada quando
ocorreu a avaria. O quadro mostra a selecção automática
da velocidade.

Velocidade engatada Modo de passagens de caixa


de emergência

1 3

2 4

71 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Velocidade engatada Modo de passagens de caixa


de emergência

3 4

4 4

5 4

6 5

N N

R N

Solução: Tente reiniciar a caixa de velocidades, ver secção


"Reiniciar a caixa de velocidades".

Reiniciar a caixa de velocidades


1. Pare o veículo.

2. Aplique o travão de mão.

3. Desligue o motor pelo menos 10 segundos para reiniciar


a unidade de controlo.

4. Ligue a ignição.

Se a avaria era temporária, o símbolo de aviso apaga e a caixa de


velocidades retoma o funcionamento normal. Se a avaria se

Completo
20091014 72
Travagem e passagens de caixa

mantiver, o símbolo de aviso é visualizado novamente. Contacte


a sua oficina Scania para fazer uma inspecção.

Caixa de velocidades manual com


conversor de binário, ZF
O seu veículo está equipado com uma caixa de velocidades
manual com 16 velocidades, ZF-Transmatic com conversor de
binário, GRSOH901R. A caixa de velocidades é constituída
pelos seguintes quatro componentes principais:

1 2 3 4
80339176

1. Conversor de torque (binário)

2. Retardador primário integrado

3. Acoplamento de disco

4. Caixa de velocidades

Conversor de binário
O conversor de binário proporciona transmissão contínua do
binário do motor para a caixa de velocidades. Quando o
conversor de binário está a funcionar e se carrega no pedal da
embraiagem na mesma altura em que se engata uma velocidade,

73 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

o binário do motor é limitado a 700 N.m; consulte a secção sobre


a embraiagem.
O conversor de binário tem uma embraiagem de bloqueio, que
abre e fecha automaticamente a velocidades diferentes,
consoante a carga. Com carga total, a embraiagem de bloqueio
fecha a cerca de 1200 rpm no veio primário da caixa de
velocidades. A embraiagem de bloqueio abre geralmente a 950
rpm, mas quando o pedal do acelerador está premido na posição
de kickdown, a embraiagem de bloqueio abre até 1100 rpm.
8051223e

Pode impedir manualmente que a embraiagem de bloqueio abra,


através do interruptor no painel de instrumentos. Nessa altura, a
embraiagem de bloqueio não abre quando a rotação do motor
baixa para menos de 950 rpm. Não pode, no entanto, fechá-la
activamente através do interruptor.
O bloqueio manual pode ser engatado quando a rotação do
motor ultrapassar as 270 rpm no veio secundário da caixa de
velocidades. Se a rotação do motor baixar para menos de 270 rpm
no veio secundário da caixa de velocidades, o bloqueio manual é
desengatado e o conversor de binário é activado. Isto porque não

Completo
20091014 74
Travagem e passagens de caixa

deveria ser possível pôr o veículo a trabalhar na posição de


bloqueio, correndo o risco de danificar a embraiagem.

Retardador
O efeito de travagem do retardador depende da rotação do motor
e significa que pode travar com uma carga elevada a velocidades
baixas. Consulte a secção sobre o retardador para obter mais
informações sobre como usar o retardador.
Poderá usar o retardador e o travão de escape para obter o efeito
máximo, se deixar o motor acelerar totalmente. Pode acelerar até
à zona vermelha no conta-rotações ao usar o retardador.

NOTA:Nota:
O funcionamento do retardador é interrompido
de imediato se se carregar no pedal da
embraiagem ou no pedal do acelerador.

Temperatura do óleo
803006bf

Se a temperatura do óleo na caixa de velocidades subir para mais


de 120 °C, é mostrada a temperatura actual juntamente com um

75 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

símbolo e o texto "temperatura do óleo do conversor", no grupo


de instrumentos.
Se a temperatura do óleo na caixa de velocidades subir para mais
de 150 °C, é mostrado um símbolo de aviso vermelho juntamente
com a temperatura actual e o texto "temperatura elevada do óleo
do conversor", no grupo de instrumentos.
Para reduzir a temperatura do óleo demasiado elevada, deve:
1. Mudar para uma velocidade inferior.

Se a temperatura não descer:

2. Pare o veículo, seleccione ponto morto e carregue no


pedal do acelerador. (Quando o motor é acelerado,
aumenta-se o arrefecimento do permutador de calor
através do qual passa o óleo).

Embraiagem
A embraiagem é hidráulica e com auto-afinação.

NOTA:Nota:
Tire o pé do pedal da embraiagem depois de
mudar de velocidade. A travagem com o
retardador pode ser afectada e a limitação do
binário pode ser activada se houver contacto com
o pedal da embraiagem.

Completo
20091014 76
Travagem e passagens de caixa

Protecção em caso de velocidade excessiva


A caixa de velocidades está equipada com dois dispositivos de
protecção em caso de velocidade excessiva:
1. Interbloqueio de gamas: impede o engate da gama baixa
se a velocidade for demasiado elevada.

2. Interbloqueio do sector: impede o engate da 1ª e da 2ª


velocidades na gama baixa se a velocidade for demasiado
elevada.

Padrão de passagens de caixa

8H
8L
6H
1 6L 4H
4L
2H 7H
2L 7L
RH 5H
RL 3H
5L
2 3L
1H
1L
80300594

1. Divisão 2. Gamas

A ZF-Transmatic possui uma caixa de velocidades principal de 4


velocidades com uma caixa de divisão e um carreto de mudança
de gama, que proporcionam um total de 16 velocidades de

77 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

marcha em frente (8x2). Seleccione as velocidades de divisão com


o botão de divisão situado no punho da alavanca das mudanças.
Seleccione as mudanças de gama com o selector de gama situado
por baixo do punho da alavanca das mudanças.

Instruções de condução
No arranque:
1. Verifique se o travão de mão está aplicado e a alavanca
das mudanças está em ponto morto.

2. Ponha o motor a trabalhar, carregue a fundo no pedal da


embraiagem e engate uma velocidade.

3. Solte imediatamente o pedal da embraiagem. O veículo


avança ligeiramente quando o conversor de binário
começa a funcionar.

NOTA:Nota:
Não mantenha o pedal no ponto em que a
embraiagem engata.

4. Solte o travão de mão, carregue no pedal do acelerador e


arranque.

Ao parar:
• Solte o acelerador e carregue no pedal do travão.

Completo
20091014 78
Travagem e passagens de caixa

Não precisa de desengatar ao parar, desde que tenha uma


mudança de arranque adequada engatada.

Conduzir em tempo frio


A caixa de velocidades funciona a temperaturas que podem ir até
aos -30 °C quando está cheia com um óleo aprovado. No
entanto, a temperaturas situadas entre -20 °C e -30 °C, a caixa de
velocidades precisa de ser aquecida antes de a condução ter
início. Ponha o motor a trabalhar e deixe-o trabalhar durante
cerca de 10 minutos para aumentar a rotação de ralenti.
Quando o tempo está tão frio que a temperatura desce para -30
°C ou menos, a caixa de velocidades tem de ser aquecida, por ex.
com ar quente. Depois ponha o motor a trabalhar e continue
como para as temperaturas situadas entre -30 °C e -20 °C.

IMPORTANTE!
Nunca aqueça a caixa de velocidades com chamas
nuas devida ao risco de incêndio.

Regular a alavanca das mudanças


recolhível na cabina
A posição da alavanca de mudanças recolhível pode ser ajustada
para uma adaptação ideal ao condutor.

79 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

1 2

1. Contraporca M6
803d89a5

2. Parafuso de articulação

Para regular a alavanca das mudanças:


1. Solte o fole da alavanca de mudanças e levante-o.

2. Solte a contraporca M6.

3. Rode o parafuso de articulação 0-180º para ajustar o


manípulo da alavanca de mudanças. Depois dos 180º, o
manípulo volta para a sua posição original.

4. Aperte a contraporca M6 até à posição correcta.

5. Pressione o fole da alavanca de mudanças.

Opticruise
O Opticruise é um sistema que permite que uma caixa de
velocidade efectue mudanças de velocidade automaticamente. As
avarias no Opticruise resultam geralmente numa deterioração do
funcionamento e/ou da performance do sistema. Se existir uma

Completo
20091014 80
Travagem e passagens de caixa

avaria, são gerados os respectivos códigos de avaria. Para mais


informações sobre códigos de avaria, consulte a secção sobre o
grupo de instrumentos.

NOTA:Nota:
Conduza em modo manual se o veículo
transportar uma carga móvel, por exemplo
líquidos e granulados. Se usar o modo
automático, o Opticruise detecta e efectua
mudanças de velocidade na sequência de
alterações na velocidade do veículo causadas pelo
movimento da carga.

2 1 1. Alavanca do Opticruise
2. Grupo de instrumentos
3. Botão do comando da velocidade
4
em declive
3
4. Interruptor no piso para programa
805e9696

de travagem com o motor

81 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

1. Posição R - Reverse.
1 2 5 6
2. Posição R - Reverse.
3. Posição D - Drive.
4. Programa H, condução em subida
- Hill.

3 4 7 8 5. Indicação de como inclinar o


controlo para efectuar a mudança
para uma velocidade mais alta ou
mais baixa.
6. Botão A/M para seleccionar modo
automático ou modo manual.
7. Posições do retardador.
8. Interruptor para activação
automática do retardador e do
comando da velocidade em
declive através do pedal do travão.
Para mais informações, consulte a
805b37ff

secção sobre o retardador.

NOTA:Nota:
Certifique-se de que não carrega no botão A/M
quando inclina o comando da coluna da direcção
na direcção oposta ao volante, pois comutará
entre o modo automático e o modo manual.

Completo
20091014 82
Travagem e passagens de caixa

2 1 1. Alavanca do Opticruise
2. Grupo de instrumentos
3. Botão do comando da velocidade
4
em declive
3
4. Interruptor no piso para programa

805e9697
de travagem com o motor

1. Posição R - Reverse.
1 2 5 6 2. Posição N - Neutral.
3. Posição D - Drive.
4. As setas mostram a posição da
alavanca sob carga da mola, que
alterna entre o modo normal e o
3 4 7 8 programa P, potência adicional -
Power.
5. Indicação de como inclinar o
controlo para efectuar a mudança
para uma velocidade mais alta ou
mais baixa.
6. Botão A/M para seleccionar modo
automático ou modo manual.
7. Posições do retardador.
8. Interruptor para activação
automática do retardador e do
comando da velocidade em
declive através do pedal do travão.
Para mais informações, consulte a
805af889

secção sobre o retardador.

83 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

NOTA:Nota:
Certifique-se de que não carrega no botão A/M
quando inclina o comando da coluna da direcção
na direcção oposta ao volante, pois comutará
entre o modo automático e o modo manual.

2 1

1. Alavanca do Opticruise
2. Grupo de instrumentos
3 3. Interruptor no piso para programa
805e9698

de travagem com o motor

1 2 5 6
805b3803

3 4

1. Posição R - Reverse.

2. Posição N - Neutral.

3. Posição D - Drive.

4. Programa H, condução em subida - Hill.

Completo
20091014 84
Travagem e passagens de caixa

5. Indicação de como inclinar o controlo para efectuar a


mudança para uma velocidade mais alta ou mais baixa.

6. Botão A/M para seleccionar modo automático ou modo


manual.

NOTA:Nota:
Certifique-se de que não carrega no botão A/M
quando inclina o comando da coluna da direcção
na direcção oposta ao volante, pois comutará
entre o modo automático e o modo manual.

2 1

1. Alavanca do Opticruise
2. Grupo de instrumentos
3 3. Interruptor no piso para programa
805e9699

de travagem com o motor

85 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

1. Posição R - Reverse.
1 2 5 6
2. Posição N - Neutral.
3. Posição D - Drive.
4. As setas mostram a posição da
alavanca sob carga da mola, que
alterna entre o modo normal e o
programa P, potência adicional -
3 4 Power.
5. Indicação de como inclinar o
controlo para efectuar a mudança
para uma velocidade mais alta ou
mais baixa.
6. Botão A/M para seleccionar modo
805b3803

automático ou modo manual.

NOTA:Nota:
Certifique-se de que não carrega no botão A/M
quando inclina o comando da coluna da direcção
na direcção oposta ao volante, pois comutará
entre o modo automático e o modo manual.

Informações no visor
A fila superior do visor mostra informações e mensagens de
avaria relativas ao Opticruise.

Completo
20091014 86
Travagem e passagens de caixa

12 3 4

80474e77
MH 9 11 22.00

1. Indica o modo de condução: M, se for manual, e A, se


for automático.

2. Indica o programa: H para Hill, C para Clutch mode ou


L para Limp Home.

3. Velocidade engatada.

4. Velocidade seguinte. Mostrado no modo manual. A


oficina Scania pode programar o veículo para que a
próxima velocidade também seja apresentada quando se
conduz em modo automático.

As mensagens do Opticruise são apresentadas no ecrã:


Se a indicação CLUTCH DOWN for apresentada: Carregue no
pedal da embraiagem. Quando está em C, o texto é apresentado
para lhe pedir que mude de velocidade.
Se a indicação CLUTCH UP for apresentada: Solte o pedal da
embraiagem.
A indicação START 1 é visualizada depois de a velocidade de
arranque ter sido definida, quando a definição da velocidade de
arranque tiver sido concluída e guardada.

87 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

A indicação SPLIT HIGH é visualizada quando são utilizadas


engrenagens altas durante o funcionamento da tomada de força.
A indicação SPLIT LOW é visualizada quando são utilizadas
engrenagens baixas durante o funcionamento da tomada de
força.
A indicação PTO EG é apresentada quando está engatada uma
tomada de força accionada pela caixa de velocidades. As
mudanças de velocidade não são então permitidas.
Se for apresentada a indicação CLUTCH MODE, significa que
o veículo está a mudar para o modo manual de mudanças de
velocidade. É agora necessário usar o pedal da embraiagem para
todas as mudanças de velocidade e conduzir em modo manual,
M.
Se for apresentada a indicação LOCKED GEAR, não será
possível efectuar mudanças de velocidade. Tem de ser usada a
velocidade que está engatada. Para mais informações, consulte a
secção relativa a avisos de avaria.
Se for apresentada a indicação CONFIG ERR, significa que não
existe uma configuração da unidade de comando; por exemplo,
foi ligada ao veículo uma unidade de comando errada. A
configuração tem de ser alterada numa oficina Scania.

Informações no ecrã
Informações relativas ao Opticruise e mensagens de avaria são
apresentadas no ecrã.

Completo
20091014 88
Travagem e passagens de caixa

12 3 4

805a67a3
MP 2 m 3 22.00

1. Indica modo de condução, M, se for manual, e A, se for


automático.

2. Indica o programa: P para Power ou C para Limited


function.

3. Velocidade engatada, m indica se está engatada a


velocidade para manobras.

4. Velocidade seguinte. Mostrado no modo manual. A


oficina Scania pode programar o veículo para que a
próxima velocidade também seja apresentada quando se
conduz em modo automático.

As mensagens do Opticruise são apresentadas no ecrã:


SPLIT HIGH: é visualizado quando são utilizadas engrenagens
altas durante o funcionamento da tomada de força.
SPLIT LOW é visualizado quando são utilizadas engrenagens
baixas durante o funcionamento da tomada de força.
PTO EG, Velocidade bloqueada: é visualizado quando se tenta
iniciar a condução com a tomada de força accionada pela caixa de
velocidades engatada. As mudanças de velocidade não são então
permitidas.

89 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Se for apresentada a indicação LOCKED GEAR, não será


possível mudar de velocidade. Tem de ser usada a velocidade que
está engatada. Para mais informações, consulte a secção relativa
a avisos de avaria.
Se for apresentada a indicação LIMITED FUNCTION, existe
uma avaria na caixa de velocidades ou na embraiagem. Contacte
uma oficina Scania.

Botão A/M
Pode optar entre programa automático, A, e modo manual, M,
carregando no botão A/M.

Modo A
No modo A, automático, o Opticruise muda de velocidade
automaticamente, com o veículo em movimento. O motorista
pode influenciar a escolha da velocidade dentro de determinados
limites, deslocando a alavanca do Opticruise na direcção do
volante ou na direcção oposta.

Modo A: Evitar passagens de caixa

Por exemplo, em estradas com superfícies escorregadias pode


manter a mudança que o Opticruise seleccionou. Se estiver a
conduzir em A, passe para Mcom o botão A/M durante a
condução. Deste modo, pode bloquear temporariamente a
velocidade que o Opticruise seleccionou. Volte ao modo A

Completo
20091014 90
Travagem e passagens de caixa

quando desejar que o Opticruise volte a efectuar


automaticamente as mudanças de velocidade.

Modo M
No modo M é o motorista quem selecciona a velocidade, mas o
Opticruise engata-a, desde que a selecção seja razoável em
relação à velocidade do veículo. O Opticruise engata o número
de velocidades para cima(+)ou para baixo(-)correspondente ao
número de vezes sucessivas que a alavanca do Opticruise é
deslocada na direcção do volante(+)ou na direcção oposta(-). A
embraiagem só é usada para arrancar, para parar e para conduzir
a velocidades muito baixas.

NOTA:Nota:
Se seleccionar uma velocidade demasiado baixa
relativamente à velocidade do veículo, a mudança
de velocidade não é efectuada. Tem de solicitá-la
nas circunstâncias apropriadas; consulte a secção
"Modo M: reduções extremas".

Modo M
No modo manual M é o motorista quem selecciona a velocidade,
mas o Opticruise engata-a, desde que a selecção seja exequível em
relação à velocidade do veículo. O Opticruise engata o número
de mudanças para cima(+)ou para baixo(-)correspondente ao

91 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

número de vezes sucessivas que a alavanca do Opticruise é


deslocada na direcção do volante(+)ou na direcção oposta(-).

NOTA:Nota:
Se seleccionar uma velocidade demasiado baixa
relativamente à velocidade do veículo, a mudança
de velocidade não é efectuada.

Modo M: Reduções extremas

Pode seleccionar uma velocidade que pode parecer


completamente implausível nas circunstâncias do momento, por
ex. 3ª durante a aceleração em 6ª.
Existem, no entanto, duas condições:
1. O veículo tem de estar a perder velocidade quando
seleccionar uma redução extrema.

2. Seleccione o programa H na alavanca do Opticruise.

Proceda da seguinte forma:


1. Acelere e desloque a alavanca do Opticruise várias vezes
sucessivamente, na direcção oposta à do volante, até a
velocidade pretendida aparecer no ecrã do veículo.

2. A rotação do motor aumenta automaticamente e a


velocidade é engatada quando o veículo atinge a
velocidade necessária.

Completo
20091014 92
Travagem e passagens de caixa

Posição N
A posição N, ponto morto, usa-se com o veículo parado e
durante o funcionamento da tomada de força. Nas caixas de
velocidades equipadas com uma caixa de divisão, deslocar o aro
para a posição N com o pedal da embraiagem premido permite
seleccionar engrenagens altas (+) ou baixas (-). Para mais
informações, consulte a secção sobre o funcionamento da tomada
de força.
Pode deslocar o aro da alavanca do Opticruise para N em
qualquer altura durante a condução. Ao mudar da posição D para
a posição N e novamente para D, o Opticruise lembra-se da
posição que tinha seleccionado antes de mudar.

Posição N
A posição N, ponto morto, usa-se com o veículo parado e
durante o funcionamento da tomada de força. Para mais
informações, consulte a secção sobre o funcionamento da tomada
de força. Pode deslocar o aro da alavanca do Opticruise para N
em qualquer altura durante a condução. Ao mudar da posição D
para a posição N e novamente para D, o Opticruise lembra-se da
posição que tinha seleccionado antes de mudar.

Posição R
Para deslocar o aro na alavanca do Opticruise para R, marcha
atrás, tem primeiro de o pressionar para depois o deslocar para R.

93 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Posição D
Na posição D, condução, as mudanças de velocidade são
efectuadas no regime normal do motor e com o veículo à
velocidade normal. Deste modo é garantida a melhor economia
de combustível e o maior conforto. O Opticruise pode saltar
velocidades. Não deixe o veículo em D quando parado.

Programa H

Neste programa, é dada prioridade à tracção, em detrimento do


consumo de combustível. Por essa razão, na condução em subida
e fora de estrada é mais frequente haver mudanças de velocidade
de etapa única do que de várias etapas.
Com o programa H combinado com o modo A, as mudanças de
velocidade são mais rápidas e ocorrem a regimes do motor mais
elevados. Ao passar para velocidades superiores, a rotação do
motor aumenta antes de a mudança seguinte ser engatada,
aumentando assim a força de tracção. As reduções também se
efectuam mais cedo do que o normal.
Pode usar o programa H em subidas com inclinação superior a
cerca de 6% se uma performance optimizada for prioritária
relativamente ao consumo de combustível. O modo manual pode
ser preferível em subidas com inclinação superior a cerca de
12%. O programa H combinado com o modo manual apenas é
usado para bloquear uma velocidade durante a condução em
terreno difícil, por exemplo.

Completo
20091014 94
Travagem e passagens de caixa

Programa P

Com o programa P, a performance da tracção e da aceleração


têm prioridade sobre o consumo de combustível. Por essa razão,
na condução em subida e fora de estrada é mais frequente haver
mudanças de velocidade de etapa única do que de várias etapas.
Se o programa P for combinado com o modo A, as mudanças de
velocidade demoram menos tempo e ocorrem em regimes de
motor mais elevados. Isto melhora a potência de tracção. As
reduções também se efectuam mais cedo do que o normal.
Pode usar o programa P se prioritizar uma performance
optimizada relativamente ao consumo de combustível.

Velocidade para manobras

O modo de manobras é usado para o seguinte: manobras,


condução de precisão, engatar e desengatar reboques. É
apresentado um m no ecrã quando é seleccionada uma
velocidade.
Quando está engatado o modo de manobras, o pedal do
acelerador tem uma sensibilidade mais elevada. A embraiagem
desengata quando o pedal do acelerador é completamente solto.
Não é necessário que o motorista pressione o pedal do travão
para a embraiagem desengatar.
Para activar o modo de manobras: mantenha a alavanca do
Opticruise inclinada afastada (-) do volante até a indicação m
acender no ecrã com a velocidade seleccionada.

95 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Para desactivar o modo de manobras: incline a alavanca do


Opticruise uma vez em direcção (+) ao volante, afastando-a
depois.

Besouro
O besouro ouve-se:
• se soltar o pedal da embraiagem ao mesmo tempo que a
velocidade de arranque está a ser engatada.

• se alterar a velocidade de arranque.


• quando aparece uma mensagem de avaria no ecrã.

Besouro
O besouro soa quando aparece uma mensagem de avaria no ecrã.

Programa de travagem com o motor


805e969a

O programa de travagem com o motor tem por função permitir


a melhor travagem possível com o motor em diversas condições
de condução. Isto funciona bem se tiver seleccionado A
juntamente com o programa H.

Completo
20091014 96
Travagem e passagens de caixa

Prima o interruptor do piso por breves instantes com o pedal do


acelerador completamente solto para engatar o programa de
travagem com o motor. As mudanças são seleccionadas por
forma a que o regime do motor seja superior ao normal. Se
mantiver o interruptor do piso premido, o travão de escape
também será engatado. O programa de travagem com o motor
mantém-se activado até se carregar no pedal do acelerador ou até
se activar o comando da velocidade de cruzeiro.

NOTA:Nota:
Se o veículo estiver equipado com retardador, o
programa de travagem com o motor pode ser
engatado automaticamente nas últimas fases da
travagem com o retardador. O objectivo é
fornecer ao retardador o melhor efeito possível
de arrefecimento e de travagem.

! ATENÇÃO
O travão de escape só é aplicado nas rodas
motrizes e é um travão potente, particularmente
quando usado em conjunto com o programa de
travagem com o motor. Por isso, deve usar o
travão de escape com cuidado em estradas com
piso escorregadio e com cargas ligeiras.

97 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Programa de travagem com o motor

805e969a

O programa de travagem com o motor tem por função permitir


a melhor travagem possível com o motor em diversas condições
de condução. Isto funciona bem se tiver seleccionado A
juntamente com o programa P.
Prima o interruptor do piso por breves instantes com o pedal do
acelerador completamente solto para engatar o programa de
travagem com o motor. As mudanças são seleccionadas por
forma a que o regime do motor seja superior ao normal. Se
mantiver o interruptor do piso premido, o travão de escape
também será engatado. O programa de travagem com o motor
mantém-se activado até se carregar no pedal do acelerador ou até
se activar o comando da velocidade de cruzeiro.

Completo
20091014 98
Travagem e passagens de caixa

NOTA:Nota:
Se o veículo estiver equipado com retardador, o
programa de travagem com o motor pode ser
engatado automaticamente nas últimas fases da
travagem com o retardador. O objectivo é
fornecer ao retardador o melhor efeito possível
de arrefecimento e de travagem.

! ATENÇÃO
O travão de escape só é aplicado nas rodas
motrizes e é um travão potente, particularmente
quando usado em conjunto com o programa de
travagem com o motor. Por isso, deve usar o
travão de escape com cuidado em estradas com
piso escorregadio e com cargas ligeiras.

Definir a velocidade de arranque

NOTA:Nota:
Com veículos muito carregados, tem de se usar a
1ª ou a 2ª como velocidade de arranque. Caso
contrário, a embraiagem será sujeita a desgaste
excessivo.

99 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Nos veículos com caixa de velocidades GR pode definir a


velocidade 1 ou 2 como velocidade de arranque. As caixas de
velocidades GR podem ser configuradas numa oficina Scania
para que a 3ª também possa ser usada como velocidade de
arranque.
Nos veículos com caixa de velocidades GRS pode definir
qualquer velocidade de 1 a 4 como velocidade de arranque. As
caixas de velocidades GRS podem ser configuradas numa oficina
Scania para que a 5ª ou a 6ª também possam ser usadas como
velocidades de arranque.
As velocidades de arranque disponíveis são especificadas na
fábrica.
Proceda da seguinte forma:
1. Certifique-se de que o veículo está parado e o pedal da
embraiagem está solto.

2. Desloque o aro na alavanca do Opticruise de N para P.

3. Seleccione uma velocidade de arranque deslocando a


alavanca do Opticruise na direcção do volante ou na
direcção oposta. Se tentar definir uma velocidade de
arranque mais alta que a permitida, a velocidade de
arranque automática é activada.

4. Desloque o aro na alavanca do Opticruise de P para N.


Quando tiver terminado, a velocidade de arranque é
mostrada no ecrã e a definição é guardada.

Completo
20091014 100
Travagem e passagens de caixa

Se pretender arrancar temporariamente numa velocidade


diferente da velocidade de arranque definida, desloque a alavanca
do Opticruise até a velocidade pretendida ser mostrada no visor.
Depois o veículo pode arrancar. A velocidade de arranque
programada mantém-se na memória do sistema.
O veículo pode ser configurado numa oficina Scania por forma a
que o motorista possa pedir uma velocidade diferente das
indicadas acima. O veículo pode também ser configurado para
que o motorista não possa seleccionar uma velocidade de
arranque definindo ou alterando a automática.

Definir a velocidade de arranque

NOTA:Nota:
Com veículos muito carregados, tem de se usar a
1ª ou a 2ª como velocidade de arranque. Caso
contrário, a embraiagem será sujeita a desgaste
excessivo.

Nos veículos com caixa de velocidades GR pode definir a


velocidade 1 ou 2 como velocidade de arranque. As caixas de
velocidades GR podem ser configuradas numa oficina Scania
para que a 3ª também possa ser usada como velocidade de
arranque.
Nos veículos com caixa de velocidades GRS pode definir
qualquer velocidade de 1 a 4 como velocidade de arranque. As

101 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

caixas de velocidades GRS podem ser configuradas numa oficina


Scania para que a 5ª ou a 6ª também possam ser usadas como
velocidades de arranque.
As mudanças de arranque disponíveis são especificadas na
fábrica.
Proceda da seguinte forma:
1. Certifique-se de que o veículo está parado.

2. Seleccione uma velocidade de arranque acedendo ao


menu de definições do veículo, seleccionando o menu de
velocidades de arranque e depois a velocidade. Use o
botão INFO do veículo para navegar nos menus.

Se pretender arrancar temporariamente numa velocidade


diferente da velocidade de arranque definida, desloque a alavanca
do Opticruise até a velocidade pretendida ser mostrada no visor.
Depois o veículo pode arrancar. A velocidade de arranque
programada mantém-se na memória do sistema.
O veículo pode ser configurado numa oficina Scania por forma a
que o motorista possa pedir uma velocidade diferente das
indicadas acima. O veículo pode também ser configurado para
que o motorista não possa seleccionar uma velocidade de
arranque definindo ou alterando a automática.

Completo
20091014 102
Travagem e passagens de caixa

Velocidade de arranque automática


START AUTO surge no ecrã, quando a função de velocidade de
arranque automática tiver sido activada ao definir a velocidade de
arranque.
Com a velocidade de arranque automática, o veículo selecciona a
velocidade de arranque em função de factores como o gradiente
da estrada e o peso total do veículo.
Com a velocidade de arranque automática, pode também alterar
temporariamente a velocidade de arranque sem guardar a
definição. Selecciona depois a velocidade de arranque
deslocando a alavanca do Opticruise para a velocidade
pretendida.

Velocidade de arranque automática


Com a velocidade de arranque automática, o veículo selecciona a
velocidade de arranque em função de factores como o gradiente
da estrada e o peso total do veículo.
Com a velocidade de arranque automática, pode também alterar
temporariamente a velocidade de arranque sem guardar a
definição. Selecciona depois a velocidade de arranque
deslocando a alavanca do Opticruise para a velocidade
pretendida.

103 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Kickdown
As mudanças de velocidade, para uma velocidade superior ou
inferior, ocorrem em regimes de motor mais elevados quando se
carrega no pedal do acelerador, da posição de borboleta
totalmente aberta para kickdown. As reduções ocorrem
consideravelmente mais cedo do que o normal. Pode usar a
posição de kickdown para acelerar rapidamente.

NOTA:Nota:
Quando carrega no pedal do acelerador para
kickdown o consumo de combustível aumenta.

Comando da velocidade de cruzeiro


Durante a condução com o comando da velocidade de cruzeiro
activado, o Opticruise efectua as mudanças de velocidade
automaticamente se estiver seleccionado o modo A (com ou sem
o programa P). No entanto, é possível influenciar a escolha da
mudança manualmente, tanto no modo A como no modo M, sem
desactivar o comando da velocidade de cruzeiro. Para mais
informações, consulte a secção sobre o comando da velocidade de
cruzeiro.

Travão de escape
O Opticruise pode activar automaticamente o travão de escape
para baixar rapidamente a rotação do motor ao passar para

Completo
20091014 104
Travagem e passagens de caixa

velocidades superiores. Isto é feito por períodos curtos e


conforme necessário.

Pôr o motor a trabalhar


Para pôr o motor a trabalhar, faça o seguinte:
1. Rode a chave da ignição para a posição de condução.

2. Certifique-se de que o aro na alavanca do Opticruise se


encontra na posição N. Carregue no pedal da
embraiagem se N não for apresentado continuamente
no ecrã. Quando N está continuamente visível, a caixa
de velocidades está em ponto-morto e pode soltar a
embraiagem.

3. Se não houver pressão de ar suficiente no sistema, tem


de manter o pedal da embraiagem pressionado quando
puser o motor a trabalhar.

4. Ligue o motor.

5. Desloque o aro na alavanca do Opticruise para A.


Quando o número da velocidade de arranque estiver
continuamente visível, a velocidade está engatada.

6. Solte o pedal da embraiagem, acelere e arranque.

A embraiagem só é usada para arrancar, parar e conduzir a


velocidades muito baixas.

105 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Mudar de velocidade
Se estiver a conduzir em modo A o Opticruise muda de
velocidade automaticamente, tendo em conta se está a conduzir
com o programa H. Pode alterar a velocidade seleccionada em
qualquer altura, inclinando a alavanca do Opticruise na direcção
do volante ou na direcção oposta. O Opticruise verifica se a
velocidade seleccionada é exequível.
O Opticruise efectua a mudança de velocidade com base na carga
do motor e na aceleração. Com cargas do motor elevadas, o
Opticruise efectua a mudança de velocidade a um regime de
motor mais elevado. Com cargas do motor baixas, o Opticruise
efectua a mudança de velocidade a um regime de motor mais
baixo.
Se precisar de usar a embraiagem para efectuar mudanças de
velocidade durante a condução (por exemplo, se tiver ocorrido
uma pequena avaria), o texto CLUTCH MODE é apresentado
no ecrã.
Durante a condução, pode deslocar o aro da alavanca do
Opticruise para a posição N em qualquer altura, por exemplo ao
aproximar-se de um semáforo, mas a rotação do motor deve ser
superior a 800 r.p.m. Se mudar de ideias e o veículo continuar em
movimento, é possível deslocar o aro para D ou H e voltar ao
modo , voltando assim ao modo A ou M. O Opticruise
selecciona, então, uma velocidade adequada, consoante a
velocidade do veículo.

Completo
20091014 106
Travagem e passagens de caixa

Marcha atrás

IMPORTANTE!
O veículo tem de estar parado para que o
Opticruise possa engatar a marcha atrás. Caso
contrário, ocorrerão danos na caixa de
velocidades, dado que as mudanças de marcha
atrás são extremamente lentas.

Pode pressionar o aro da alavanca do Opticruise e seleccionar R


durante a condução. Quando carregar no pedal da embraiagem e
o veículo parar, o Opticruise engata a marcha atrás.
Caso contrário, engate a marcha atrás da seguinte forma:
1. Carregue no pedal da embraiagem.

2. Pressione o aro na alavanca do Opticruise e seleccione


R. A marcha atrás é engatada.

3. Solte o pedal da embraiagem, acelere e arranque.

Nas caixas de velocidades equipadas com caixa de divisão, pode


optar entre marcha atrás baixa (R1) e marcha atrás alta (R2). Para
seleccionar marcha atrás baixa, desloque a alavanca do Opticruise
na direcção oposta à do volante e para seleccionar marcha atrás
alta, desloque-a na direcção do volante. Pode alternar entre
marcha atrás baixa e marcha atrás alta durante a condução, mas
para tal tem de usar a embraiagem. O Opticruise selecciona

107 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

automaticamente a marcha atrás usada por si da última vez, da


próxima vez que seleccionar R.
Se se tiver soltado o pedal da embraiagem com a caixa de
velocidades em ponto morto, a marcha atrás é engatada depois de
um tempo de espera intencional. Se se tiver engatado uma
velocidade de marcha em frente e o veículo tiver estado parado
durante algum tempo, pode engatar uma velocidade de marcha
atrás imediatamente, sem soltar primeiro a embraiagem.

Estacionar
Estacione sempre em N.
1. Carregue no pedal da embraiagem e rode o aro na
alavanca do Opticruise para N; N surge no ecrã.

2. Aplique o travão de mão.

NOTA:Nota:
Se a alavanca do Opticruise não estiver na
posição N, o sistema, ainda assim, coloca a caixa
de velocidades em ponto morto quando a ignição
é desligada com a chave. No entanto, a alavanca
do Opticruise mantém-se na posição em que foi
deixada.

Completo
20091014 108
Travagem e passagens de caixa

Pôr o motor a trabalhar


Para pôr o motor a trabalhar, faça o seguinte:
1. Rode a chave da ignição para a posição de condução.

2. Certifique-se de que o aro na alavanca do Opticruise se


encontra na posição N.

3. Quando N estiver continuamente aceso no ecrã. Ligue o


motor.

4. Desloque o aro na alavanca do Opticruise para D.


Quando o número da velocidade de arranque estiver
continuamente visível, a velocidade está engatada.

5. Acelere e arranque.

Mudar de velocidade
Se estiver a conduzir em modo A o Opticruise muda de
velocidade automaticamente, tendo em conta se está a conduzir
com o programa P. Pode alterar a velocidade seleccionada em
qualquer altura, inclinando a alavanca do Opticruise na direcção
do volante ou na direcção oposta. O Opticruise verifica se a
velocidade seleccionada é exequível.
O Opticruise efectua a mudança de velocidade com base na carga
do motor e na aceleração. Com cargas do motor elevadas, o
Opticruise efectua a mudança de velocidade a um regime de
motor mais elevado. Com cargas do motor baixas, o Opticruise

109 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

efectua a mudança de velocidade a um regime de motor mais


baixo.

Marcha atrás

IMPORTANTE!
O veículo tem de estar parado para que o
Opticruise possa engatar a marcha atrás. Caso
contrário, ocorrerão danos na caixa de
velocidades, dado que as velocidades de marcha
atrás não têm sincronização.

Pode pressionar o aro da alavanca do Opticruise e seleccionar R


durante a condução. Quando o veículo parar, o Opticruise engata
a marcha atrás.
Se o veículo estiver parado, engate a marcha atrás da seguinte
forma:
1. Pressione o aro na alavanca do Opticruise e seleccione
R. A marcha atrás é engatada.

2. Acelere e arranque.

Nas caixas de velocidades equipadas com caixa de divisão, pode


optar entre marcha atrás baixa (R1) e marcha atrás alta (R2). Para
seleccionar marcha atrás baixa, desloque a alavanca do Opticruise
na direcção oposta à do volante e para seleccionar marcha atrás
alta, desloque-a na direcção do volante. Não é possível

Completo
20091014 110
Travagem e passagens de caixa

seleccionar marcha atrás baixa ou marcha atrás alta com o veículo


em movimento. O Opticruise selecciona automaticamente a
marcha atrás usada por si da última vez, da próxima vez que
seleccionar R.

Estacionar
Estacione sempre em N.
1. Rode o aro na alavanca do Opticruise para N; N é
apresentado no ecrã.

2. Aplique o travão de mão.

NOTA:Nota:
Se a alavanca do Opticruise não estiver na
posição N, o sistema, ainda assim, coloca a caixa
de velocidades em ponto morto quando a ignição
é desligada com a chave. No entanto, a alavanca
do Opticruise mantém-se na posição em que foi
deixada.

O veículo está equipado com External Brake Request, XBR, o


que significa que o travão de serviço pode ser aplicado
automaticamente, quando o travão de escape estiver desengatado
durante as mudanças de velocidade.

111 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Velocidade super-lenta - apenas GRS905 e


GRSO905
Quando pretender conduzir muito devagar, tem à disposição
duas velocidades super-lentas: velocidade super-lenta baixaCLe
velocidade super-lenta altaCH.

IMPORTANTE!
Evite seleccionar a velocidade super-lenta com o
veículo em movimento. Tal pode causar roçar dos
carretos e, no pior dos casos, danos na caixa de
velocidades. A razão para tal reside no facto de as
velocidades super-lentas não terem sincronização
e serem extremamente baixas.

NOTA:Nota:
Não se deve confundir velocidade super-lenta
com velocidade de arranque. São duas coisas
distintas.

Para engatar uma velocidade super-lenta, faça o seguinte:


1. Carregue no pedal da embraiagem e pare o veículo.

2. Incline a alavanca do Opticruise na direcção oposta à do


volante, até a velocidade super-lenta pretendida aparecer
no ecrã. Se tiver soltado o pedal da embraiagem com a

Completo
20091014 112
Travagem e passagens de caixa

caixa de velocidades em ponto morto, a velocidade


super-lenta é engatada depois de um tempo de espera
intencional.

Quando o veículo tem uma velocidade super-lenta engatada,


pode seleccionar velocidades superiores, tanto manual como
automaticamente, sem usar o pedal da embraiagem. Para voltar a
seleccionar uma velocidade super-lenta, terá de parar o veículo.

Velocidade super-lenta - apenas GRS905 e


GRSO905
Quando pretender conduzir muito devagar, tem à disposição
duas velocidades super-lentas: velocidade super-lenta baixaCLe
velocidade super-lenta altaCH.

IMPORTANTE!
Evite seleccionar a velocidade super-lenta com o
veículo em movimento. Tal pode causar roçar dos
carretos e, no pior dos casos, danos na caixa de
velocidades. A razão para tal reside no facto de as
velocidades super-lentas não terem sincronização
e serem extremamente baixas.

113 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

NOTA:Nota:
Não se deve confundir velocidade super-lenta
com velocidade de arranque. São duas coisas
distintas.

Para engatar uma velocidade super-lenta, faça o seguinte:


1. Pare o veículo.

2. Incline a alavanca do Opticruise na direcção oposta à do


volante, até a velocidade super-lenta pretendida aparecer
no ecrã. A velocidade super-lenta está engatada.

Quando o veículo tem uma velocidade super-lenta engatada,


pode seleccionar velocidades superiores, tanto manual como
automaticamente. Para voltar a seleccionar uma velocidade
super-lenta, terá de parar o veículo.

Funcionamento da tomada de força


A PTO EK/ED é usada para tomadas de força accionadas pelo
motor.

Funcionamento da tomada de força


A PTO EG é usada para tomadas de força accionadas pela caixa
de velocidades. Para as caixas de velocidades com caixa de
divisão, podem ser fornecidas à tomada de força duas velocidades
diferentes com o mesmo regime do motor, consoante se tenha

Completo
20091014 114
Travagem e passagens de caixa

seleccionado engrenagens baixas ou altas enquanto a caixa de


velocidades estava em ponto morto.
Pode alterar a selecção de engrenagem manualmente com a
alavanca do Opticruise na posição N e o pedal da embraiagem
premido, deslocando a alavanca do Opticruise na direcção do
volante ou na direcção oposta.
Quando a tomada de força PTO EG, accionada pela caixa de
velocidades, está engatada, não podem ser efectuadas mudanças
de velocidade durante a condução. No entanto, é possível
efectuar mudanças de velocidade com o veículo parado. Se o
veículo for posto em movimento com uma tomada de força
accionada pela caixa de velocidades engatada, aparece PTO
EGno ecrã.

Funcionamento da tomada de força


A PTO EG é usada para tomadas de força accionadas pela caixa
de velocidades. Para as caixas de velocidades com caixa de
divisão, podem ser fornecidas à tomada de força duas velocidades
diferentes com o mesmo regime do motor, consoante se tenha
seleccionado engrenagens baixas ou altas enquanto a caixa de
velocidades estava em ponto morto.
Pode alterar a selecção de engrenagem manualmente com a
alavanca do Opticruise na posição N e o pedal da embraiagem
premido, deslocando a alavanca do Opticruise na direcção do
volante ou na direcção oposta. Não é possível passar de

115 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

engrenagens baixas para altas, ou vice-versa, com a tomada de


força activada.
Quando a tomada de força PTO EG, accionada pela caixa de
velocidades, está engatada, não podem ser efectuadas mudanças
de velocidade durante a condução. No entanto, é possível
efectuar mudanças de velocidade com o veículo parado. Se o
veículo for posto em movimento com uma tomada de força
accionada pela caixa de velocidades engatada, aparece PTO EG,
velocidade bloqueada no ecrã.

Se existir uma avaria


Avarias no Opticruise podem ser indicadas por:
• Apresentação de uma mensagem no grupo de
instrumentos.

• O sistema a não funcionar bem.


Neste caso, use o programa de mudança de velocidades de
emergência Limp Home. Contacte uma oficina Scania.

Se existir uma avaria


Avarias no Opticruise podem ser indicadas por:
• Apresentação de uma mensagem no grupo de
instrumentos.

• O sistema a não funcionar bem.


Contacte uma oficina Scania.

Completo
20091014 116
Travagem e passagens de caixa

Avisos de avaria

80016fde

Símbolo para o sistema de mudanças.

Este símbolo é apresentado no grupo de instrumentos quando


existe uma avaria no Opticruise. Em alguns casos, é também
apresentada a indicação CLUTCH MODE ou LOCKED
GEAR. Além disso, é gerado um código de avaria que pode ser
lido no ecrã.
Pode tentar repor o Opticruise, fazendo o seguinte:
1. Pare o veículo.

2. Rode a chave da ignição para a posição de bloqueio e


aguarde uns segundos para o veículo desligar
completamente.

3. Rode novamente a chave da ignição para a posição de


condução.

Se aparecer CLUTCH MODE no ecrã, isso significa que uma


avaria provocou o arranque automático de um dos dois
programas de mudanças de velocidade de emergência. A avaria
não é grave, mas significa que o veículo comuta para mudanças
de velocidade manuais. Tem agora de utilizar o pedal da
embraiagem para cada mudança de velocidade e de conduzir no

117 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

modo manual, M. O veículo pode ser programado numa oficina


Scania para ser apenas possível conduzir no modo de
embraiagem.
Se aparecer LOCKED GEAR no ecrã, deverá activar o
programa de mudanças de velocidade de emergência LIMP
HOME. Para mais informações, consulte a secção sobre como
activar o programa de mudanças de velocidade de emergência.
Consulte uma oficina Scania para detecção de avarias e resolução
do problema assim que possível.

Avisos de avaria
80016fde

Símbolo para o sistema de mudanças.

Este símbolo é apresentado no grupo de instrumentos quando


existe uma avaria no Opticruise. Se for apresentada a indicação
LOCKED GEAR ou LIMITED PERFORMANCE, existe uma
avaria na caixa de velocidades. É gerado um código de avaria que
pode ser lido no ecrã. Contacte uma oficina Scania.
Se existir uma avaria na embraiagem, active o programa de
passagens de caixa de emergência LIMP HOME. Para mais
informações, consulte a secção sobre activação do programa de
passagens de caixa de emergência. Contacte uma oficina Scania.

Completo
20091014 118
Travagem e passagens de caixa

Pode tentar repor o Opticruise, fazendo o seguinte:


1. Pare o veículo num local conveniente.

2. Rode a chave da ignição para a posição de bloqueio e


aguarde uns segundos para o veículo desligar
completamente.

3. Rode novamente a chave da ignição para a posição de


condução.

Activar o programa de mudanças de


velocidade de emergência

IMPORTANTE!
Ao usar o programa de mudanças de velocidade de
emergênciaLIMP HOME, a embraiagem tem de
estar a funcionar. Antes de activar o programa de
mudanças de velocidade de emergência, verifique
se há suficiente óleo da embraiagem no
reservatório. Caso contrário, a linha motriz pode
ser exposta a danos adicionais.

Proceda da seguinte forma:


1. Pare o veículo e desligue a ignição com a chave.

2. Certifique-se de que o aro na alavanca do Opticruise


está na posição N N.

119 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

3. Desloque a alavanca do Opticruise na direcção oposta ao


volante e mantenha-a nessa posição.

4. Rode a chave da ignição para a posição de condução e


espere até aparecer LIMP HOME no ecrã e ouvir o
besouro.

5. Solte a alavanca do Opticruise.

6. Incline a alavanca do Opticruise novamente na direcção


oposta ao volante, apenas por alguns segundos.

NOTA:Nota:
É importante que incline a alavanca do
Opticruise enquanto é apresentado o texto LIMP
HOME, caso contrário o programa de mudanças
de velocidade de emergência não será activado.

7. Quando o programa de mudanças de velocidade de


emergência é activado, aparece NL no ecrã do veículo.
Permanece activado até se desligar a ignição com a
chave.

Activar o programa de passagens de caixa de


emergência
Proceda da seguinte forma:
1. Pare o veículo e desligue a ignição com a chave.

Completo
20091014 120
Travagem e passagens de caixa

2. Certifique-se de que o aro na alavanca do Opticruise


está na posição N.

3. Desloque a alavanca do Opticruise na direcção oposta ao


volante e mantenha-a nessa posição.

4. Rode a chave da ignição para a posição de condução e


aguarde até ouvir um besouro.

5. Solte a alavanca do Opticruise.

6. Desloque a alavanca do Opticruise na direcção oposta ao


volante e mantenha-a nessa posição até ouvir um
besouro e surgir no ecrã a indicação LIMP HOME.

NOTA:Nota:
É necessário repetir os passos 1 a 10 sempre que
se pára o veículo.
É importante que incline a alavanca do
Opticruise enquanto é apresentado o texto
"modo de funcionamento de emergência", caso
contrário o programa de passagens de caixa de
emergência não será activado.

Conduzir com o programa de mudanças de


velocidade de emergência
1. Carregue no pedal da embraiagem.

121 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
É importante que carregue no pedal da
embraiagem, pois o Opticruise engata uma
mudança após um determinado tempo. Se não
carregar no pedal da embraiagem, o veículo
poderá começar a deslocar-se. Isto pode também
provocar danos graves na linha motriz.

2. O programa engata agora a velocidade mais alta.


Seleccione uma velocidade de arranque adequada mais
baixa, utilizando a alavanca do Opticruise.

IMPORTANTE!
Não engate uma velocidade demasiado baixa. Isto
pode originar rotação excessiva do motor.

3. Solte o pedal da embraiagem, acelere e arranque. Mude


de velocidade manualmente e use a embraiagem para
cada mudança de velocidade.

Completo
20091014 122
Travagem e passagens de caixa

IMPORTANTE!
Pressione o pedal da embraiagem até a mudança
de velocidade ser concluída, a velocidade
seleccionada é apresentada no ecrã e é emitido um
sinal sonoro.

O Opticruise deixa de usar o programa de mudanças de


velocidade de emergência quando se desliga a ignição com a
chave.

Conduzir com o programa de mudanças de


velocidade de emergência
1. Rode o aro na alavanca do Opticruise para a posição D; é
seleccionada automaticamente a mudança mais baixa
possível.

2. Seleccione a posição M.

3. Desengate o travão de mão.

4. Mantenha o pé sobre o acelerador, sem grande pressão;


rode a chave para activar o motor de arranque. O veículo
começar a deslocar-se para a frente.

5. Passe para uma velocidade superior adequada.

123 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

6. Para desactivar o programa de mudanças de velocidade


de emergência, pare o veículo completamente.

! ATENÇÃO
Existe o risco de não conseguir passar para ponto
morto quando está activado o funcionamento de
emergência. Se isso acontecer, o veículo
continuará em frente enquanto o motor estiver a
trabalhar. Se for este o caso, deve manter o pedal
do travão pressionado até o motor parar.

O Opticruise deixa de usar o programa de mudanças de


velocidade de emergência quando o veículo pára completamente.

Travão de escape
O travão de escape é um travão auxiliar que trava apenas as rodas
motrizes. Em alguns locais, como por ex., no centro das cidades,
a utilização do travão de escape pode ser proibida durante a noite,
o que significa que poderá ser necessário desactivar o travão de
escape. O uso do travão de escape não é permitido em alguns
países, o que significa que esta função poderá ter sido
desactivada.

Completo
20091014 124
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
O travão de escape só é aplicado nas rodas
motrizes e é um travão potente. Por isso, deve
usar o travão de escape com cuidado em estradas
com piso escorregadio e com cargas ligeiras.

O partido máximo do efeito do travão de escape é obtido a


regimes elevados e nas velocidades mais baixas. Faça o melhor
uso do travão de escape reduzindo a velocidade a tempo e
deixando o motor funcionar a regimes elevados. Esta acção
também faz uso pleno das características de travagem do motor.
Para veículos equipados com Opticruise: Se o veículo continuar
a acelerar durante o efeito de travagem máximo com o travão de
escape com o comando da velocidade em declive, o Opticruise
passa para uma velocidade inferior, para poder aumentar a
velocidade e, com isso, dar mais potência ao travão de escape.

O interruptor do travão de escape encontra-se no


80519973

painel de instrumentos.

Deixe o interruptor do travão de escape ligado. O travão de


escape é desactivado assim que solta o pedal do travão.

125 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Com o interruptor do travão de escape ligado, o travão de escape


funciona quando se pressiona o pedal do travão.
Durante o controlo do ABS, o travão de escape é desengatado
automaticamente.

A alavanca do retardador tem


seis posições. Na posição mais
baixa, o travão de escape pode
802c418f

ser engatado.

O travão de escape pode ser programado para funcionar de uma


das seguintes formas:
• Quando o comando da velocidade em declive está
activado, o travão de escape é utilizado
independentemente de o interruptor do travão de escape
estar ou não premido.

• Quando a alavanca do retardador é deslocada para a


posição mais baixa, o travão de escape é utilizado
independentemente de o interruptor do travão de escape
estar ou não premido.

• Quando o comando da velocidade em declive está


activado ou quando a alavanca do retardador é deslocada
para a posição mais baixa, o travão de escape é utilizado
independentemente de o interruptor do travão de escape
estar ou não premido.

Completo
20091014 126
Travagem e passagens de caixa

• O travão de escape só está em utilização, se o respectivo


interruptor estiver premido.

Retardador Scania

Retardador, informações gerais


O retardador é um travão auxiliar que trava apenas as rodas
motrizes. Utilize o retardador para períodos longos de travagem,
poupando os travões das rodas para períodos curtos de travagem.
Isto reduzirá tanto o desgaste dos travões como o risco de
enfraquecimento da sua eficácia de travagem.

A alavanca do retardador
encontra-se do lado direito do
802c4890

volante.

127 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

1
0

802d3285

A alavanca do retadador está integrada na alavanca do Opticruise.

Função do retardador
O retardador é um travão hidráulico comandado pelo veio de
transmissão. O efeito máximo do retardador veroifica-se nos
regimes mais elevados. O sistema aumenta a quantidade e
pressão do óleo gradualmente à medida que a velocidade do
veículo vai diminuindo. Isto mantém a capacidade de travagem
em velocidades baixas.
O retardador é desengatado assim que o condutor acelera. Isto
aplica-se caso acelere com o pedal ou com o comando da
velocidade de cruzeiro. Nos veículos sem ABS ou EBS, o
retardador não é desengatado quando acelera.
Por outro lado, o facto de se acelerar não provoca a desactivação
do travão auxiliar enquanto o pedal da embraiagem estiver
aplicado. O veículo não avança mais rapidamente pelo facto de o
pedal da embraiagem estar a ser aplicado a pequenos intervalos.

Completo
20091014 128
Travagem e passagens de caixa

Desta forma, o travão auxiliar continua a travar mesmo quando


solta a embraiagem e acelera ao passar a uma velocidade inferior.

! ATENÇÃO
Não se deve travar com o retardador ao aplicar o
pedal da embraiagem durante mais de uns breves
segundos, pois o retardador pára então de travar.

Regimes elevados do motor proporcionam


um melhor efeito de travagem
A travagem com o retardador produz uma grande quantidade de
calor que tem de ser diminuída pelo sistema de arrefecimento
normal. O efeito de travagem do retardador é reduzido se o
sistema de arrefecimento não conseguir anular o calor gerado. A
rotação elevada do motor é a forma mais eficaz de arrefecimento
porque a bomba de água atinge o seu rendimento máximo.
Assim, quando utilizar o travão auxiliar, mantenha o motor a
trabalhar a mais de 1800 r.p.m.. Desta forma, é tirado o máximo
partido do efeito do retardador.

Economia de funcionamento
A economia de funcionamento não será afectada se deixar o
motor trabalhar a regimes elevados quando trava com o
retardador. O uso frequente do travão auxiliar pode reduzir

129 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

significativamente o desgaste dos travões, contribuindo para a


economia de custos.

Condução em declives

! ATENÇÃO
Não use os travões das rodas para manter uma
velocidade constante em declives.

Use o retardador durante períodos de travagem prolongados em


declive. Isto poupará os travões das rodas para quando precisar
realmente deles.

IMPORTANTE!
Utilize o pedal do travão em declives apenas para
adaptar a velocidade.

Condução em pisos escorregadios


Utilize os travões das rodas, aplicando suavemente o pedal do
travão. Isto fará travar todas as rodas no conjunto do veículo,
reduzindo o risco de derrapagem e bloqueio das rodas. Mantenha
uma maior distância de segurança.

Completo
20091014 130
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não use o travão auxiliar em pisos escorregadios.
Existe o risco de as rodas bloquearem, mesmo
que o veículo esteja equipado com ABS.

Como utilizar a alavanca do retardador


802c418f

A alavanca do retardador tem seis posições. Se deslocar a


alavanca do retardador para baixo, o travão auxiliar travará mais.
Entretanto, o símbolo do retardador acende-se no grupo de
instrumentos. Quando tiver deixado de travar, puxe a alavanca do
retardador para cima, para a posição 0. Se não o fizer, o travão
auxiliar começa a travar novamente, assim que soltar o
acelerador. O efeito de travagem da alavanca do retardador, em
alguns veículos, pode ser regulado na oficina.

131 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Retardador e ABS
Quando o ABS é accionado, o retardador é automaticamente
desactivado, voltando a ser activado, assim que o sistema de
travagem o permita. Contudo, tenha em conta que o ABS tem
um determinado tempo de resposta.

Como utilizar o pedal do travão 8003bf68

Com o botão AUT na posição 1, primeiro funciona o retardador


e depois os travões das rodas.
8004ce41

R B
À medida que se carrega no pedal do travão, o efeito de travagem
do retardador (R) vai aumentando. Quando tiver carregado um

Completo
20091014 132
Travagem e passagens de caixa

pouco no pedal, os travões das rodas (B) começarão também a


funcionar.

Retardador e EBS
O EBS pode também controlar o efeito de travagem do
retardador. Quando o EBS é accionado, o travão auxiliar é
automaticamente desactivado. O travão auxiliar é novamente
activado, assim que o sistema de travagem o permita. Contudo,
tenha em conta que o EBS tem um determinado tempo de
resposta.
Para mais informações, consulte a secção sobre EBS.

Estratégia de travagem
Quando o interruptor do retardador se encontra ligado ou o
botão AUT na alavanca do retardador se encontra na posição 1,
os travões das rodas vão funcionar quando travar com o pedal do
travão no curto período necessário para o retardador começar a
funcionar. O retardador depois funciona e utiliza os travões das
rodas, se não produzir força de travagem suficiente. Isto assegura
que se obtém uma resposta imediata ao travar com o pedal do
travão.

133 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Aquecimento manual
Para aquecer rapidamente o motor, o sistema de arrefecimento e
a cabina usando o retardador, faça o seguinte:
1. Carregue no pedal do acelerador.

2. Trave com a alavanca do retardador e continue a


acelerar.

IMPORTANTE!
Quando o veículo tiver atingido a temperatura de
funcionamento normal e se o pedal do acelerador
ainda estiver aplicado, terá de desligar
manualmente a alavanca do retardador.

3. Quando o veículo tiver atingido a velocidade pretendida,


pode accionar o piloto automático mantendo
simultaneamente a travagem com o retardador. Se o
pedal do acelerador estiver premido e o piloto
automático estiver activado, o retardador desliga
automaticamente quando o veículo atinge a temperatura
de funcionamento normal.

Aquecimento automático
Em tempo frio, pode aquecer-se rapidamente o motor, o sistema
de arrefecimento e a cabina usando o retardador. Para mais
informações, consulte a secção sobre o sistema de climatização.

Completo
20091014 134
Travagem e passagens de caixa

Símbolo do retardador

Cor amarela do símbolo do retardador no grupo de


80036b25

instrumentos

Se o símbolo do retardador acender a amarelo, é sinal de que


existe uma anomalia que está a impedir que o retardador trave. Se
o símbolo do retardador não apagar automaticamente, a primeira
coisa a fazer é desligar a ignição. Volte a ligar a ignição após 10
segundos aproximadamente. Isto indicar-lhe-á se ocorreram
avarias novas. Se a avaria persistir e o símbolo do retardador
voltar a acender, consulte uma oficina Scania. Conduza com
cuidado, deixando uma distância de segurança acentuada, para o
caso de se poder socorrer apenas dos travões das rodas.

Símbolo do ABS
80036560

Símbolo do ABS

Uma avaria no ABS pode dar origem a avarias subsequentes no


retardador. O símbolo do ABS e o símbolo do retardador

135 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

acendem em simultâneo. Para mais informações, consulte a


secção sobre o grupo de instrumentos.

Retardador Allison

Retardador, informações gerais


O retardador é um travão auxiliar que trava apenas as rodas
motrizes. Utilize o retardador para períodos longos de travagem,
poupando os travões das rodas para períodos curtos de travagem.
Isto reduzirá tanto o desgaste dos travões como o risco de
enfraquecimento da sua eficácia de travagem.

A alavanca do retardador
encontra-se do lado direito do
volante. O botão AUT está
localizado na alavanca do
805e9a00

retardador.

A alavanca do retadador está integrada no selector de mudanças.

Completo
20091014 136
Travagem e passagens de caixa

8036d6fc
Função do retardador
O retardador é um travão hidráulico comandado pelo veio de
transmissão. O efeito máximo do retardador é obtido nos
regimes de velocidade mais elevados do veículo. O sistema
aumenta a quantidade e pressão do óleo gradualmente à medida
que a velocidade do veículo vai diminuindo. Isto mantém a
capacidade de travagem em velocidades baixas.
O retardador é desengatado assim que o condutor acelera. Isto
aplica-se caso acelere com o pedal ou com o comando da
velocidade de cruzeiro.
A travagem por retardador gera muito calor que deve ser
dissipado. A unidade de controlo muda para uma velocidade
inferior, ligeiramente antes, para aumentar o regime do motor
durante a travagem com retardador, para que o sistema de
arrefecimento funciona de forma mais eficaz. O efeito de
travagem do retardador é reduzido, se o sistema de arrefecimento
não conseguir dissipar o calor gerado pelo retardador.

137 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Condução em declives

! ATENÇÃO
Não use os travões das rodas para manter uma
velocidade constante em declives.

Use o retardador durante períodos de travagem prolongados em


declive. Isto poupará os travões das rodas para quando precisar
realmente deles.

IMPORTANTE!
Utilize o pedal do travão em declives apenas para
adaptar a velocidade.

Condução em pisos escorregadios


Utilize os travões das rodas, aplicando suavemente o pedal do
travão. Isto fará travar todas as rodas no conjunto do veículo,
reduzindo o risco de derrapagem e bloqueio das rodas. Mantenha
uma maior distância de segurança.

Completo
20091014 138
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não use o travão auxiliar em pisos escorregadios.
Existe o risco de as rodas bloquearem, mesmo
que o veículo esteja equipado com ABS.

Como utilizar o pedal do travão


8003bf68

Com o botão AUT na posição 1, primeiro funciona o retardador


e depois os travões das rodas.
8004ce41

R B

139 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Quando pressionar o pedal do travão, o retardador trava, R.


Depois de pressionar ligeiramente o pedal, os travões das rodas,
B, também começam a travar.

Como utilizar a alavanca do retardador

802c418f

A alavanca do retardador tem seis posições. Se deslocar a


alavanca do retardador para baixo, o travão auxiliar travará mais.
Entretanto, o símbolo do retardador acende-se no grupo de
instrumentos. Quando tiver deixado de travar, puxe a alavanca do
retardador para cima, para a posição 0. Se não o fizer, o travão
auxiliar começa a travar novamente, assim que soltar o
acelerador. O efeito de travagem da alavanca do retardador, em
alguns veículos, pode ser regulado na oficina.

Retardador e ABS
Quando o ABS é accionado, o retardador é automaticamente
desactivado, voltando a ser activado, assim que o sistema de
travagem o permita. Contudo, tenha em conta que o ABS tem
um determinado tempo de resposta.

Completo
20091014 140
Travagem e passagens de caixa

Retardador e EBS
O EBS pode também controlar o efeito de travagem do
retardador. Quando o EBS é accionado, o travão auxiliar é
automaticamente desactivado. O travão auxiliar é novamente
activado, assim que o sistema de travagem o permita. Contudo,
tenha em conta que o EBS tem um determinado tempo de
resposta.
Para mais informações, consulte a secção sobre EBS.

Estratégia de travagem
Quando o interruptor do retardador se encontra ligado ou o
botão AUT na alavanca do retardador se encontra na posição 1,
os travões das rodas vão funcionar quando travar com o pedal do
travão no curto período necessário para o retardador começar a
funcionar. O retardador depois funciona e utiliza os travões das
rodas, se não produzir força de travagem suficiente. Isto assegura
que se obtém uma resposta imediata ao travar com o pedal do
travão.

Símbolo do ABS
80036560

Símbolo do ABS

141 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Uma avaria no ABS pode dar origem a avarias subsequentes no


retardador. O símbolo do ABS e o símbolo do retardador
acendem em simultâneo. Para mais informações, consulte a
secção sobre o grupo de instrumentos.

Temperatura do óleo
Uma mensagem de aviso indica no grupo de instrumentos se a
temperatura do óleo ficar demasiado elevada. Diminua a
utilização do retardador, neste caso, até a temperatura diminuir.

Travão de estacionamento
O travão de estacionamento encontra-se no painel de
instrumentos.

! ATENÇÃO
Antes de sair da cabina, aplique sempre o travão
de estacionamento.

O travão de estacionamento tem as seguintes posições:

1. Posição de condução
2. Posição de travagem de emergência
805f77da

3. Posição de travão de estacionamento

Completo
20091014 142
Travagem e passagens de caixa

Posição de condução
Quando a alavanca está na posição mais para a frente, 1, o travão
de estacionamento está desengatado, desde que exista suficiente
pressão de funcionamento no sistema.

Posição de travagem de emergência


Deslocando a alavanca da posição mais para a frente, 1, para o
ponto de pressão, 2, o travão de estacionamento do tractor e o
travão de serviço do reboque são gradualmente aplicados. Isto
pode fazer-se para travar de emergência um tractor e um
reboque. A luz avisadora do travão de estacionamento fica acesa
enquanto o travão estiver engatado.

Posição de travão de estacionamento


Puxe a alavanca para além do ponto de pressão, 2, para a posição
3. O travão de estacionamento do tractor será então aplicado e os
travões do reboque serão libertados.

NOTA:Nota:
Verifique se o travão de estacionamento está
bloqueado na posição 3, fazendo pressão nele. A
alavanca recua 2-3 mm quando é libertada.

143 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Se estacionar num declive, certifique-se de que a
composição fica imóvel. Aplique o travão de
estacionamento do reboque e, se necessário, calce
as rodas.

Desengate o travão de estacionamento puxando a alavanca para


si e empurrando-a para trás, para além do ponto de pressão 2.
O travão de estacionamento tem as seguintes posições:

1. Posição de condução
2. Posição de travagem de emergência
3. Posição de travão de estacionamento
805f77db

4. Posição de teste

Posição de condução
Quando a alavanca está na posição mais para a frente, 1, o travão
de estacionamento está desengatado, desde que exista suficiente
pressão de funcionamento no sistema.

Completo
20091014 144
Travagem e passagens de caixa

Posição de travagem de emergência


Deslocando a alavanca da posição mais para a frente, 1, para o
ponto de pressão, 2, o travão de estacionamento do tractor e o
travão de serviço do reboque são gradualmente aplicados. Isto
pode fazer-se para travar de emergência um tractor e um
reboque. A luz avisadora do travão de estacionamento fica acesa
enquanto o travão estiver engatado.

Posição de travão de estacionamento


Puxe a alavanca para além do ponto de pressão, 2, para a posição
3. O travão de estacionamento do tractor será então aplicado e os
travões do reboque serão aplicados.

NOTA:Nota:
Verifique se o travão de estacionamento está
bloqueado na posição 3, fazendo pressão nele. A
alavanca recua 2-3 mm quando é libertada.

! ATENÇÃO
Se estacionar num declive, certifique-se de que a
composição fica imóvel. Aplique o travão de
estacionamento do reboque e, se necessário, calce
as rodas.

145 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

Desengate o travão de estacionamento puxando a alavanca para


si e empurrando-a para trás, para além do ponto de pressão 2.

Posição de teste
Liberte os travões do reboque puxando a alavanca para a posição
4. Verifique se a combinação de veículo não começou a mover-se
e deixe a alavanca voltar à posição 3. O travão de estacionamento
do tractor continua aplicado.

Válvula de bloqueio
Se houver uma queda na pressão do sistema de travões para além
da regulação da válvula de bloqueio, o travão de mão do veículo
engata automaticamente. Ao formar-se novamente pressão no
sistema de travões e depois de a luz da pressão dos travões apagar,
é necessário carregar na válvula de bloqueio, por forma a
desengatar o travão de mão. Esta operação tem de ser efectuada
mesmo que o travão de mão esteja desengatado.

Prima a válvula de bloqueio para


PUSH TO SUPPLY fornecer ar ao circuito do travão
de mão e permitir o desengate do
8006487e

travão de mão.

Nos veículos equipados com travão de reboque, a válvula de


bloqueio possui uma dupla função.

Completo
20091014 146
Travagem e passagens de caixa

802f413f
1. Prima a válvula de bloqueio para fornecer ar ao circuito
do travão de mão do veículo. Isto é necessário para
poder desengatar o travão de mão.

2. Puxe a válvula de bloqueio para fora para aplicar os


travões do reboque. A seguir, prima a válvula de
bloqueio com cuidado para que esta volte à posição
normal, soltando os travões do reboque.

Interruptor do travão do atrelado


8051999b

Interruptor dos travões do reboque

O travão do reboque trava o reboque sem travar o veículo


propriamente dito. Carregue para accionar o travão do reboque.
O travão do reboque não pode ser activado se a velocidade for

147 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

superior a 4 km/h. O travão do reboque é automaticamente


desactivado se a velocidade for superior a 7 km/h.

Travão do atrelado, alavanca

A alavanca do travão do reboque


encontra-se no painel de
805e9a6f

instrumentos.

O travão do reboque é aplicado gradualmente à medida que se


inclina a alavanca.

! ATENÇÃO
A alavanca do travão do reboque só produz
efeitos sobre os travões do reboque.

! ATENÇÃO
Nunca use o travão do reboque ao estacionar.

Completo
20091014 148
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Lembre-se que as rodas podem bloquear durante
travagens a fundo.

Manutenção de travagem em descidas


805199ac

Interruptor de manutenção da travagem em descidas

IMPORTANTE!
Não utilize a função de manutenção da travagem
em descidas em pisos típicos de condições de
Inverno, devido ao risco de o veículo deslizar com
as rodas bloqueadas.

Utilize o interruptor de manutenção da travagem em descidas


para facilitar o arranque em descida.

Para utilizar a função de manutenção da travagem em descidas:


• Ligue a ignição do veículo.

149 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

• Prima o interruptor e o díodo acende.


• Quando carrega no pedal do travão, é emitido um
estaçlido, e em seguida, a pressão do travão é mantida de
forma a poder tirar o pé do pedal do travão. Quanto mais
aplicar no pedal do travão, mais é aplicada a função de
manutenção da travagem em descidas.

NOTA:Nota:
A função de manutenção da travagem em
descidas não é activada se a pressão de travagem
for muito baixa ou se o ABS tiver sido activado no
final da travagem.

A pressão do travão é mantida até largar o pedal da embraiagem


e o binário do motor aumentar. Deixa também de existir pressão
do travão também se deixar de carregar no pedal da embraiagem
totalmente com a caixa de velocidades em ponto motor.

! ATENÇÃO
Antes de sair do lugar do condutor, aplique
sempre o travão de mão.

A manutenção de travagem em descidas é lançada depois de


soltar completamente os pedais. O veículo pode então começar a
deslizar. É emitido um sinal sonoro e surge uma mensagem de

Completo
20091014 150
Travagem e passagens de caixa

texto no visor, antes de ser lançada a manutenção de travagem em


descidas.

A manutenção de travagem em descidas é lançada


imediatamente, quando engata uma mudança, solta o travão e
pressiona ligeiramente o pedal do acelerador.

Ponto-morto automático
Se activou o interruptor da manutenção de travagem em descidas
e aplicar o travão de mão ou travão de seviço, a caixa de
velocidades é automaticamente colocada em ponto-morto. A
velocidade seleccionada anteriormente pisca no grupo de
instrumentos.

Quando solta o travão, a caixa de velocidades volta à posição D.


Em alguns veículos, pode necessitar de engatar por si próprio
uma velocidade.

ABS

Informações gerais acerca do ABS

ABS ABS
8031dedb

151 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

ABS significa que o veículo está equipado com travões anti-


boqueio. As vantagens do ABS são maiores em caso de travagem
de emergência. Graças ao impedimento do bloqueio das rodas, a
distância de travagem é mais curta e a direcção é mais eficaz,
independentemente do tipo de piso da estrada.

NOTA:Nota:
A fricção é menor e a distância de travagem
maior em pisos escorregadios, mesmo para um
veículo com ABS.

A direcção melhorada com travões ABS reduz o risco de


ocorrência de acidentes em consequência de piões, mesmo que o
atrelado não tenha ABS.

IMPORTANTE!
O ABS não funciona a velocidades inferiores a 10
km/h.

Modo de funcionamento do ABS


Se uma roda começar a bloquear, a unidade de controlo envia
um sinal à válvula de comando do ABS na roda. A válvula de
comando alivia a pressão de travagem e a roda deixa de bloquear.

Completo
20091014 152
Travagem e passagens de caixa

Deste modo, obtém-se uma travagem muito rápida por acção da


bomba.
• Depois de rodar a chave da ignição para a posição de
condução, a unidade de controlo efectua um teste e
acciona as válvulas de comando, podendo ouvir-se vários
estalidos.

• O símbolo do ABS para o camião/tractor deve apagar-se


passados cerca de 3 segundos, se o sistema estiver em boas
condições.

• Se houver uma avaria, o ABS será desligado parcialmente


ou mesmo na sua totalidade. Se o veículo estiver equipado
com um travão de escape automático ou então com um
retardador no piso, estas funções estão sempre desligadas,
se a luz avisadora estiver acesa.

• Depois da reparação, o símbolo do ABS apaga logo que o


sistema receba sinais dos sensores das rodas. Para isto
ocorrer, o veículo terá verificado uma velocidade de 5-7
km/h.

EBS

Geral
EBS é um sistema de travagem electrónico que proporciona uma
aplicação mais rápida dos travões resultando numa distância mais
curta de travagem. Durante a travagem normal, o EBS distribui
a força de travagem entre os eixos, para que o desgaste nos calços

153 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

dos travões seja uniforme. Durante uma travagem brusca, a força


de travagem é distribuída de forma a que a estabilidade do veículo
permaneça a melhor possível.
O EBS inclui as funções de ABS, ESP e TC (controlo da
tracção). Para mais informações, consulte a secção sobre ABS,
ESP e TC.

! ATENÇÃO
Carroçaria, conversões e alteração nos
parâmetros do sistema da direcção ou coluna da
direcção afectam o sistema da direcção. Contacte
uma oficina Scania.

Se houver o risco de as rodas bloquearem quando se reduz para


uma mudança mais baixa ou quando é utilizado o retardador com
uma mudança engatada, o binário do motor aumenta
automaticamente.
Se o pedal do travão for aplicado com a ignição desligada, o
sistema EBS é activado.

Completo
20091014 154
Travagem e passagens de caixa

NOTA:Nota:
Se o veículo tiver estado parado durante mais de
30 segundos ou quando se liga a ignição, o
veículo detecta uma alteração na carga. Se tiver
havido alteração no peso da carga, o sistema EBS
não aplica o retardador durante as primeiras 3-6
travagens. Esta situação é normal.

Adaptação dos travões


A regulação da tensão na ligação do reboque resulta na adaptação
automática dos travões entre o veículo tractor e o reboque. A
força de travagem do reboque regula-se automaticamente
durante a condução.

Reserva
Se ocorrer uma avaria grave no EBS, um sistema de reserva
controlado por ar comprimido engata automaticamente. Um
aviso dos travões vermelho é visualizado no grupo de
instrumentos.

155 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Quando o sistema de reserva é engatado, a
pressão dos travões para o travão da roda deixa de
ser controlada por sinais electrónicos e passa a ser
controlada por ar comprimido. O sistema de
travões continua a ter a mesma força de
travagem, mas a sensação no pedal do travão é
diferente e é necessário aplicar muito mais força
para travar o veículo. Quando o sistema de
reserva é accionado, todas as funções electrónicas
como, por exemplo, ABS, TC e ESP, são
desactivadas.

Controlo de desgaste
O controlo do desgaste ajuda a distribuir a força de travagem de
modo a que o desgaste dos discos dos travões seja uniforme. Isto
significa que as peças dos travões de disco sujeitas a desgaste
podem, muitas vezes, ser substituídas ao mesmo tempo em todas
as rodas. Durante travagens bruscas, contudo, a estabilidade do
veículo tem precedência sobre o desgaste uniforme.
É possível verificar no grupo de instrumentos a espessura actual
dos calços dos travões em cada uma das rodas. Para mais
informações, consulte a secção sobre o grupo de instrumentos.

Completo
20091014 156
Travagem e passagens de caixa

Assistência à travagem de emergência


O EBS reforça a pressão de travagem durante travagem de
emergência, em situações de emergência.

Função de segurança para diferencial do eixo


O EBS evita que o bloqueio do diferencial do eixo traseiro seja
activado, se a diferença entre as velocidades das rodas do eixo for
superior a 3 km/h. A protecção dos diferenciais dos eixos é uma
função de segurança adicional. Para mais informações, consulte a
secção sobre o Opticruise.

IMPORTANTE!
A protecção aplica-se apenas aos diferenciais dos
eixos traseiros. A protecção não se aplica a
bloqueios de diferenciais longitudinais.

Informações de aviso
Símbolos e mensagens de avaria relativas ao EBS aparecem no
grupo de instrumentos. Em caso de avaria, poderão ser emitidos
códigos de avaria que podem também ser lidos no grupo de
instrumentos.

157 Completo
20091014
Travagem e passagens de caixa

! ATENÇÃO
Não conduza o veículo se a luz avisadora de
pressão dos travões baixa estiver a piscar ou se os
indicadores da pressão dos travões mostrarem
que a pressão é demasiado baixa. Contacte uma
oficina Scania se não conseguir fazer aumentar a
pressão para que as luzes avisadoras apaguem.

NOTA:Nota:
É apresentada uma mensagem de avaria durante
5 segundos quando se liga o atrelado. Esta
mensagem não significa que existe uma avaria, é
apenas uma verificação para garantir que a
mensagem de avaria está a funcionar. Se a
mensagem de avaria desaparecer num
determinado período de tempo, significa que o
sistema está a funcionar correctamente. A
mensagem de avaria só é apresentada se o
atrelado estiver equipado com EBS.

Completo
20091014 158
Travagem e passagens de caixa

Controlo dos travões


Se as luzes de aviso do controlo de travagem acenderem no grupo
de instrumentos, páre o veículo e efectue uma verificação dos
travões.
Proceda como indicado a seguir:
• Certifique-se de que o pedal do travão está solto.
• Desligue a alimentação e espere 5 segundos.
• Ligue a alimentação para repor a unidade de controlo.
• Espere 7 segundos.
• Carregue a fundo no pedal do travão e mantenha-o nessa
posição durante, pelo menos, 3 segundos.

• Solte o pedal do travão durante, pelo menos, 3 segundos.


Se o sistema de travagem estiver a funcionar correctamente, as
luzes apagam-se. Se as luzes não apagarem ou acenderem
novamente, contacte uma oficina Scania.

159 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Comando da velocidade de
cruzeiro, efeito de fixação à
estrada e tracção
Botões no volante e volante

805e9475

A imagem acima mostra todos os botões montados no volante.

As funções dos botões são as seguintes:


1. Rádio: mudar de faixa, estação, volume.

2. Rádio: selecção de uma fonte de som.

3. Telefone

4. Botão INFO.

Completo
20091014 160
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

5. Comando da velocidade de cruzeiro.

6. Comando da velocidade de cruzeiro adaptativo.

7. Comando da velocidade em declive.

Estão disponíveis informações detalhadas sobre como usar os


botões na secção do manual do condutor para cada função dos
botões.

Pressione a parte central do volante para activar a buzina.

Volante ajustável
O volante é ajustável em altura e ângulo, por forma a permitir
uma condução confortável.

! ATENÇÃO
Ajuste o volante com o veículo parado e antes de
arrancar certifique-se de que as definições estão
bloqueadas.

161 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

2
8003e0c9

1. Posição de abertura. 2. Posição de bloqueio.

Para regular a altura e o ângulo do volante, proceda da seguinte


forma:
1. Pressione o botão de regulação do volante para a posição
de abertura. Durante alguns segundos, poderá ajustar a
altura e o ângulo do volante. A regulação da altura do
volante não tem posições. O ângulo do volante tem 15

Completo
20091014 162
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

posições de condução fixas e uma posição de


estacionamento.

2. Para bloquear a definição, carregue no botão para a


posição de bloqueio. As definições também são
automaticamente bloqueadas após alguns segundos.

Em veículos com coluna da direcção ajustável, é possível colocar


o volante a um ângulo tal em que este fica paralelo ao piso da
cabina.

! ATENÇÃO
O volante só deve ser colocado na posição de
estacionamento, paralelo ao piso, com o veículo
estacionado.

Bloqueio do motor de arranque

Posição de bloqueio
805197e4

Nesta posição pode tirar a chave do motor de arranque. Pode


desligar o motor rodando a chave para esta posição ou para a

163 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

posição dos acessórios. Depois de retirar a chave, rode o volante


até o batente engatar.
A luzes de presença, os intermitentes de perigo e algumas outras
funções só podem ser usadas com a chave na posição de bloqueio.

NOTA:Nota:
Tire sempre a chave da ignição quando sair do
veículo para evitar que o veículo seja posto em
movimento por pessoas não autorizadas.

Posição de acessórios
80519825

Na posição de acessórios, o rádio do veículo funciona sem


qualquer limite de tempo.

Posição de condução
80519836

Na posição de condução, todo o sistema eléctrico está activado.


As luzes avisadoras relativas ao nível da bateria, pressão do óleo,
pressão dos travões, etc., acendem.

Completo
20091014 164
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Posição de arranque

8051983a

Na posição de arranque, o motor de arranque é ligado. Largando


a chave, esta volta à posição de condução. O veículo possui um
imobilizador de arranque electrónico. Isto significa que se não
conseguir ligar o motor, pode tentar ligá-lo novamente de
imediato. Não é necessário voltar a rodar a chave para a posição
dos acessórios.

Afinação do ralenti
Use os botões abaixo e o pedal do travão para afinar o ralenti.

1. Botão do comando da velocidade


de cruzeiro no volante
1
2. Interruptor principal do comando
2
805e92c6

da velocidade de cruzeiro

Use os botões abaixo e o pedal do travão para afinar o ralenti.

165 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

1. Interruptor ACC/RET
2. Interruptor principal do piloto
1 2
8051505d

automático

O ralenti pode ser afinado entre as 500 e 700 r.p.m. Cada vez que
se pressiona os botões verifica-se uma alteração de 10 r.p.m.

Certifique-se de que o interruptor principal do piloto automático


está accionado e que o motor está à temperatura de
funcionamento.

1. Pressione ligeiramente o pedal do travão e mantenha-o


nessa posição.

2. Carregue no botão RES durante, pelo menos, 3


segundos.

3. Pode agora afinar o regime do motor premindo + e - no


botão do piloto automático.

4. Guarde o novo ralenti premindo o botão RES durante,


pelo menos, 3 segundos.

5. Solte o pedal do travão.

Completo
20091014 166
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O ralenti programado é mantido mesmo quando se desliga o


motor. O ralenti pode também ser ajustado por uma oficina
Scania.

Ralenti afinado
Um consumo de energia demasiado alto em relação à capacidade
do alternador poderá causar a descarga das baterias do veículo. O
aumento temporário da velocidade de ralenti impede a descarga
das baterias, já que uma velocidade mais elevada do motor
aumenta a capacidade de carregamento.
A função é automaticamente activada sempre que necessário e
desactivada quando forem cumpridos os requisitos de aumento
da capacidade de carga.

Kick-down
O kick-down é utilizado para mudar para uma velocidade
inferior, por ex., ao efectuar uma ultrapassagem. O kick-down
pode, ainda, ser usado para retardar a mudança para uma
velocidade superior, por forma a que essa velocidade superior
possa ser engatada com o motor a uma rotação mais elevada.

Mantenha o pedal do acelerador na posição de kick-down para


evitar que o motor perca potência ao mudar para uma velocidade
superior durante a condução em subida.

Acelerador manual
O funcionamento do acelerador manual é semelhante ao do
comando da velocidade de cruzeiro. A diferença reside no facto
de o acelerador manual controlar o regime do motor em vez da
velocidade do veículo.

167 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

É possível, por exemplo, utilizar esta função para definir o regime


do motor quando se estiver a utilizar uma grua.

Activação
A função de acelerador manual pode ser utilizada quando o
veículo está parado, assim como em condução a velocidades
reduzidas de, no máximo 10 km/h.

1. Botão do comando da velocidade


de cruzeiro no volante
1
2. Interruptor principal do comando
2
805e92c6

da velocidade de cruzeiro

Para usar a função de acelerador manual, o interruptor principal


do comando da velocidade de cruzeiro terá de estar ligado.
Active a função de acelerador manual premindo + ou RES no
botão do comando da velocidade de cruzeiro existente no
volante.

Programar o regime do motor


Para alterar a velocidade pré-programada do acelerador manual,
(ou seja, a velocidade que se obtém quando se prime RES no

Completo
20091014 168
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

botão do comando da velocidade de cruzeiro existente no


volante):
1. Escolha a velocidade pretendida premindo + ou - no
botão do comando da velocidade de cruzeiro existente
no volante.

2. Guarde a nova velocidade pré-programada do


acelerador manual premindo RES durante, pelo menos,
3 segundos.

O regime do motor agora gravado mantém-se na memória até


efectuar uma nova alteração, mesmo depois de desligar o motor.
Depois de programar a velocidade do acelerador manual, poderá
também alterar a velocidade enquanto conduz, premindo por
breves instantes em + ou -. Contudo, as alterações efectuadas
deste modo, não ficam guardadas quando se desliga o motor.

Desactivação
Pode desactivar a função de acelerador manual premindo um
dos seguintes:
• OFF no botão do comando da velocidade de cruzeiro
existente no volante

• Pedal do travão
• Pedal da embraiagem
• 0 no interruptor principal do comando da velocidade de
cruzeiro

169 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Controlo de aceleração
Para reduzir o consumo de combustível e melhorar o conforto de
condução, o veículo é equipado com controlo da aceleração. Os
aperfeiçoamentos são mais evidentes a uma resistência de
rodagem reduzida, quando o veículo tem pouca carga ou durante
o funcionamento com muitas paragens e arranques,
O condutor só tem consciência do controlo da aceleração,
quando o veículo não consegue o binário total a uma resistência
de rodagem elevada.
A uma resistência de rodagem elevada, por exemplo, com muita
carga numa subida, o controlo de aceleração não afecta o binário
do motor.
O grau de controlo de aceleração pode ser regulado numa oficina
Scania.

Desactivação temporária
O controlo de aceleração pode ser temporariamente desactivada
a velocidades superiores a 30 km/h. para o fazer, pressione o
pedal do acelerador até à posição de kick-down. A uma
resistência de rodagem elevada, não é certo que o controlo de
aceleração influencie o binário do motor. Nesses casos, não faz
qualquer diferença pressionar o pedal do acelerador até à posição
de kick-down.

Completo
20091014 170
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Piloto automático

1. Interruptor ACC/RET, para


aumentar ou reduzir a velocidade
definida.
2. Interruptor principal do comando
da velocidade de cruzeiro. Para
activar ou desactivar o comando
da velocidade de cruzeiro e para
1 2
8051505d

voltar à velocidade definida.

Engatar o comando da velocidade de cruzeiro

NOTA:Nota:
É necessário que a velocidade do veículo seja de,
pelo menos 20 km/h para ser engatado o piloto
automático.
805152c3

171 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

1. Coloque o interruptor na posição central. O LED


acende-se. Se o piloto automático não for utilizado, o
interruptor pode ser colocado na posição 0.

2. Conduza à velocidade desejada.


805152c9

3. Prima + ou - e solte o pedal do acelerador.

Este interruptor é também utilizado para estabelecer a


velocidade, premindo + ou -. Uma ligeira pressão altera a
velocidade em 1 km/h. Se continuar a premir o interruptor, a
velocidade alterar-se-á até soltar o botão.

Retomar a velocidade estabelecida


Se desejar regressar à velocidade estabelecida, por exemplo após
uma travagem, prima RES no interruptor principal do piloto
automático.

Completo
20091014 172
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Desengatar o piloto automático


O piloto automático é desengatado se:
• Colocar o interruptor principal na posição 0.
• Premir o pedal de travão.
• Premir o pedal da embraiagem.
• Premir o pedal do acelerador durante muito tempo.
• Utilizar o travão de escape.
• Utilizar o retardador.

Comando da velocidade de cruzeiro

1. Botão do comando da velocidade


de cruzeiro no volante
1
2. Interruptor principal do comando
2
805e92c6

da velocidade de cruzeiro

O botão do volante encontra-se no volante e o interruptor


encontra-se no painel de instrumentos.

173 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Engatar o comando da velocidade de cruzeiro

NOTA:Nota:
É necessário que a velocidade do veículo seja de,
pelo menos, 20 km/h para ser engatado o
comando da velocidade de cruzeiro.
80515339

1. Coloque o interruptor na posição inferior. O LED


acende. Se o comando da velocidade de cruzeiro não for
utilizado, o interruptor pode ser colocado na posição 0.

2. Conduza à velocidade desejada.


805e9385

3. Prima + ou - e solte o pedal do acelerador. O comando


da velocidade de cruzeiro está agora engatado.

Completo
20091014 174
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Pode, então, regular a velocidade do veículo, premindo + ou -.


Uma ligeira pressão altera a velocidade em 1 km/h. Se continuar
a premir-se o interruptor, a velocidade vai-se alterando até se
soltar o interruptor.

Desengatar temporariamente o comando da


velocidade de cruzeiro e regressar à
velocidade estabelecida
Se desejar desengatar temporariamente o comando da velocidade
de cruzeiro, prima OFF no botão do volante. A velocidade
estabelecida permanece na memória até que o motor seja
desligado, desde que o interruptor principal esteja ligado.
Se desejar regressar à velocidade estabelecida, por ex., após uma
travagem, ou após desengatar temporariamente o comando da
velocidade de cruzeiro, utilizando OFF, prima RES no botão do
volante. Se, contudo, desejar engatar o comando da velocidade
de cruzeiro à nova velocidade, prima + ou -.

Desengatar o comando da velocidade de


cruzeiro
O comando da velocidade de cruzeiro é desengatado se:
• o interruptor principal for colocado na posição 0
• se premir OFF no botão do volante.
• se aplicar o pedal do travão

175 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

• se aplicar o pedal da embraiagem


• se premir o pedal do acelerador durante muito tempo
• se utilizar o retardador
• se utilizar o travão de escape.

Comando da velocidade de cruzeiro

Engatar o comando da velocidade de cruzeiro

NOTA:Nota:
É necessário que a velocidade do veículo seja de,
pelo menos, 20 km/h para ser engatado o
comando da velocidade de cruzeiro.
80515373

1. Coloque o interruptor do comando da velocidade de


cruzeiro e o comando da velocidade de cruzeiro
adaptativo na posição central. O comando da velocidade
de cruzeiro está agora engatado.

Completo
20091014 176
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

2. Conduza à velocidade desejada.

805e9385

3. Prima + ou - e solte o pedal do acelerador. O comando


da velocidade de cruzeiro está agora definido.

Pode, então, regular a velocidade do veículo, premindo + ou -.


Uma ligeira pressão altera a velocidade em 1 km/h. Se continuar
a premir-se o interruptor, a velocidade vai-se alterando até se
soltar o interruptor.

Desengatar temporariamente o comando da


velocidade de cruzeiro e regressar à
velocidade estabelecida
Se desejar desengatar temporariamente o comando da velocidade
de cruzeiro, prima OFF no botão do volante. A velocidade
estabelecida permanece na memória até que o motor seja
desligado, desde que o interruptor principal esteja ligado.
Se desejar regressar à velocidade estabelecida, por ex., após uma
travagem, ou após desengatar temporariamente o comando da
velocidade de cruzeiro, utilizando OFF, prima RES no botão do
volante. Se, contudo, desejar engatar o comando da velocidade
de cruzeiro à nova velocidade, prima + ou -.

177 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Desengatar o comando da velocidade de


cruzeiro
O comando da velocidade de cruzeiro é desengatado se:
• o interruptor principal for colocado na posição 0
• se premir OFF no botão do volante.
• se aplicar o pedal do travão
• se aplicar o pedal da embraiagem
• se premir o pedal do acelerador durante muito tempo
• se utilizar o retardador
• se utilizar o travão de escape.

Comando da velocidade de cruzeiro


com Ecocruise
O Scania Ecocruise é um sistema de economia de combustível
que usa a energia cinética do veículo funcionando, por isso,
melhor em troços de estrada com declive. O comando da
velocidade de cruzeiro, que tem de ser usado para que o
Ecocruise funcione, pode ser definido para qualquer velocidade
até 85 km/h.
Quando o veículo atinge o topo de uma colina, o sistema é
programado para evitar a aceleração até a inclinação desaparecer.
Isto, partindo do princípio que a velocidade não baixou mais de
20 km/h durante a subida.

Completo
20091014 178
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O Scania Ecocruise é um sistema de economia de combustível


que usa a energia cinética do veículo funcionando, por isso,
melhor em troços de estrada com declive. O comando da
velocidade de cruzeiro, que tem de ser usado para que o
Ecocruise funcione, pode ser definido para qualquer velocidade
até 89 km/h.
Quando o veículo atinge o topo de uma colina, o sistema é
programado para evitar a aceleração até a inclinação desaparecer.
Isto, partindo do princípio que a velocidade não baixou mais de
20 km/h durante a subida.

80403e9e

O Ecocruise não acelera no topo de uma colina.

Quando o veículo está a descer uma colina, não acelera


directamente para a velocidade de cruzeiro definida. Ao invés, o
sistema tenta usar a energia cinética e aumentar gradualmente o
accionamento do acelerador.

179 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

80403e9d
O Ecocruise usa a energia cinética criada nas descidas.

O Ecocruise usa a energia cinética que ocorre numa descida,


mantendo a velocidade mais elevada quando a estrada fica
nivelada. Em troços de estrada com declive, isto significa que o
veículo pode usar a energia cinética de uma descida na subida
seguinte.

Completo
20091014 180
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

80403e9c
Ao usar a energia cinética, o veículo consegue subir o declive seguinte a uma
velocidade superior à normal.

Ecocruise e Opticruise
Se activar o Ecocruise durante a condução no modo H, o
Opticruise engata automaticamente o modo N e a indicação H
desaparece do visor. Quando o Ecocruise é desactivado, o
Opticruise volta a engatar automaticamente o modo H.

181 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Comando da velocidade de cruzeiro


adaptável

! ATENÇÃO
O veículo não trava nem avisa automaticamente
relativamente a obstáculos fixos. O comando da
velocidade de cruzeiro adaptável regula a
distância aos veículos em marcha à frente.

O comando da velocidade de cruzeiro adaptável ajuda o condutor


a manter a distância em relação aos veículos que circulam à sua
frente. O veículo abranda automaticamente, se o comando da
velocidade de cruzeiro adaptável detectar um veículo a circular à
frente a uma velocidade mais lenta. O veículo segue o veículo à
frente com um intervalo de tempo predefinido. O veículo retoma
a velocidade de cruzeiro definida, assim que a situação do trânsito
o permitir. Utilize o comando de velocidade de cruzeiro
adaptável quando conduzir em autoestradas ou estradas
principais.

Completo
20091014 182
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

! ATENÇÃO
Não use o comando da velocidade de cruzeiro
adaptável em superfícies escorregadias. O
comando da velocidade de cruzeiro adaptável não
regula a distância em relação aos veículos à frente
consoante as condições da estrada.

1. Interruptor principal do piloto


automático e piloto automático
adaptável.
2. Interruptor para alterar a janela de
tempo relativamente ao veículo da
frente quando o piloto automático
80515b95

1 2 adaptável está activado.

Geral
O comando da velocidade de cruzeiro adaptável usa
essencialmente o retardador. Utilize o retardador ou comando da
velocidade em declive para travagens prolongadas numa descida.
Desta forma evita o desgaste desnecessário dos travões das rodas.

183 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Activar e desactivar o comando da


velocidade de cruzeiro
80515d0c

• Quando o interruptor está para cima, o comando da


velocidade de cruzeiro normal e o adaptável estão
desactivados.

• Quando o interruptor se encontra na posição central, o


comando da velocidade de cruzeiro está activado.

• Quando o interruptor está para baixo, o comando da


velocidade de cruzeiro normal e o adaptável estão
activados.

Não é possível activar o comando da velocidade de cruzeiro:


• Quando o sistema está a efectuar um auto-teste,
imediatamente após o arranque do motor.

• A velocidades inferiores a 20 km/h.


• Quando a embraiagem está a ser aplicada.
• Quando o travão de serviço está a ser utilizado.

Completo
20091014 184
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Ao mudar do comando da velocidade de cruzeiro adaptável para


o normal, a velocidade definida muda para a velocidade actual do
veículo, se for inferior à velocidade definida.

Prima a parte superior do interruptor para reduzir a


janela de tempo em relação ao veículo em frente.
Prima a parte inferior do interruptor para aumentar a
80515dbf

janela de tempo em relação ao veículo em frente.

Informações no grupo de instrumentos

A imagem surge bo visor quando


8050f33e

altera a janela de tempo.

A janela de tempo tem 5 níveis, sendo que 1 corresponde à


janela/distância de tempo mais curto e 5 corresponde à
janela/distância de tempo mais prolongado entre o seu veículo e
o veículo em frente. A imagem apresenta a janela de tempo,
através do número 5, uma barra com 5 linhas e o número de
linhas entre os veículos.

185 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Pode ser apresentada sob a forma de luz indicadora


8050f347

ou símbolo.

A luz indicadora verde acende quando é accionado o comando da


velocidade de cruzeiro adaptável e é identificado um veículo.
O símbolo acende a amarelo quando o sensor é bloqueado por
sujidade ou gelo, por exemplo.

Aviso de colisão
80576b05

O aviso é apresentado com um sinal acústico, quando a situação


de trânsito que se verifica pode implicar que trave bruscamente.
O sistema apenas realiza travagem limitada. Deve travar, por si
próprio, o veículo para usar toda a força de travagem. O aviso de
colisão é apresentado, quando o comando da velociade de
cruzeiro adaptável está activo.

Completo
20091014 186
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Situações de trânsito diferentes

8036a323

Curvas

! ATENÇÃO
Nas curvas, bem como antes e depois das curvas,
pode ser difícil para o comando da velocidade de
cruzeiro adaptável identificar a presença de
veículos em frente. Pode ser necessário travar o
veículo inesperadamente ou demasiado tarde.
8036a333

Posição lateral

187 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

! ATENÇÃO
Podem surgir problemas, se o seu veículo se
encontrar na faixa do lado, em relação ao veículo
que se encontra em frente. O comando da
velocidade de cruzeiro pode não conseguir
identificar o veículo em frente. Terá de travar por
si próprio para aumentar a distância.
8036a33f

Estradas escorregadias e berma

! ATENÇÃO
Em estradas escorregadias e quando os veículos
se deslocam na berma, pode ser difícil para o
comando da velocidade de cruzeiro adaptável
identificar os veículos que se encontram em
frente. Pode ser necessário travar o veículo
inesperadamente ou demasiado tarde.

Completo
20091014 188
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

8036a33e
Mudar de faixas

! ATENÇÃO
Os veículos que estão a mudar de faixa
imediatamente em frente do seu veículo não
podem ser identificados pelo comando da
velocidade de cruzeiro adaptável, até se
encontrarem dentro da zona de identificação.
Terá de travar por si próprio para aumentar a
distância em relação ao veículo que está a mudar
de faixa.

189 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Comando da velocidade em declives

Botão do comando da velocidade


805e8fbf

em declive no volante

O comando da velocidade em declive foi concebido para


travagens prolongadas em declive. Com o comando da
velocidade em declive activado, os travões das rodas estão
completamente passivos e frios. Isto melhora tanto a segurança
como a economia de funcionamento.
Para que o comando da velocidade em declive funcione, é
necessário que o ABS esteja accionado. Pode, no entanto,
continuar a activar o retardador.
Alguns veículos podem ser programados para permitir sempre o
uso do travão de escape com o comando da velocidade de
cruzeiro activado. O travão ao escape é usado pelo comando da
velocidade em declive como uma ajuda adicional para manter a
velocidade.
Se assim não acontecer, o interruptor do travão de escape tem de
estar ligado para que possa ser possível activar o travão de escape.

Completo
20091014 190
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O veículo pode ser programado para funcionar de uma das


seguintes formas:
• apenas através do botão do comando da velocidade em
declive

• ou através do botão do comando da velocidade em declive


e do pedal do travão.

A opção para accionar o comando da velocidade em declive pode


ser desactivada na oficina.
Em alguns veículos existe uma opção de programação que
impede que as luzes de travagem acendam enquanto o comando
da velocidade em declive estiver activado.

Usar o comando da velocidade em declive

Accione o comando da velocidade em declive do seguinte modo:


1. Coloque o botão AUT do retardador na posição 1.

2. Aplique os travões do veículo até atingir a velocidade


pretendida ou prima o lado do sinal de mais ou do sinal
de menos do botão do comando da velocidade em
declive. O comando da velocidade em declive é
accionado.

3. Efectue as mudanças de velocidade por forma a que a


rotação do motor fique acima das 1800 r.p.m., para obter
o melhor efeito de travagem.

191 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

A rotação do motor é regulada automaticamente se conduzir com


o Opticruise.
O veículo mantém a velocidade a que circula no momento até o
motorista acelerar e soltar completamente a embraiagem ou
travar de novo.
Se não for possível manter a velocidade durante o declive, é
provável que o regime do motor seja demasiado baixo. Se for este
o caso, passe a uma mudança inferior e volte a activar o comando
da velocidade em declive. Se, mesmo assim, continuar a não ser
possível manter a velocidade durante o declive, reduza a
velocidade do veículo.

Controlo da velocidade em declive,


com regulação do desfasamento
Alguns veículos possuem uma função (desfasamento de
travagem) que pode ser usada para estabelecer uma diferença de
velocidade entre o comando da velocidade em declive e o
comando da velocidade de cruzeiro.
Para usar esta função, o retardador deve estar no modo AUT 1.

75 km/h
O visor mostra a velocidade
definida quando o veículo
80509842

começa a travar.

Completo
20091014 192
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Definir o desfasamento de travagem


Quando chegar a um declive e desejar definir o desfasamento de
travagem, prima SET no botão do comando da velocidade em
declive. A velocidade de desfasamento de travagem é definida
cada vez que o botão é premido. Premir SET no botão sem soltar
é equivalente a premir o botão várias vezes sucessivamente.
Quando se prime SET, o visor do grupo de instrumentos
ilumina-se durante alguns segundos, podendo visualizar-se a
velocidade a que o veículo vai começar a travar.
O desfasamento de travagem só pode ser activado com o
comando da velocidade de cruzeiro ligado.

Desactivar o desfasamento da travagem


Pode desactivar o desfasamento da travagem em qualquer altura
carregando na parte OFF do botão do comando da velocidade
em declive.
Se carregar em OFF no botão do comando da velocidade de
cruzeiro existente no volante, quer o desfasamento de travagem,
quer o comando da velocidade de cruzeiro são desligados.
Se premir o pedal da embraiagem, desactiva o comando da
velocidade de cruzeiro. No entanto, o comando da velocidade em
declive mantém-se activo.

193 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Medida de poupança de combustível


Pode poupar combustível se desactivar temporariamente o
comando da velocidade em declive no final de uma descida. Isto
dá ao veículo alguma velocidade adicional na subida a seguir.
Proceda da forma seguinte, para desactivar temporariamente o
comando da velocidade em declive:
• Carregue no acelerador no final da descida, quando o
retardador estiver a funcionar. O comando da velocidade
em declive é temporariamente desactivado.

• O comando da velocidade em declive é automaticamente


activado durante a subida seguinte, quando o comando da
velocidade de cruzeiro começar a funcionar. O comando
da velocidade em declive está então pronto para travar na
próxima descida.

• Prima RES no botão do comando da velocidade em


declive, se mudar de ideia e pretender activar de imediato
o comando da velocidade em declive.

Aviso de desvio da faixa Scania (LDW)


O sistema de aviso de saída da via (LDW) Scania monitoriza a via
através de uma câmara instalada no pára-brisas e emite um aviso
sempre que a linha lateral da via é pisada inadvertidamente. Em
caso de desvio brusco para cima das linhas laterais, o sistema não
avisa o condutor.

Completo
20091014 194
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

IMPORTANTE!
O sistema de aviso de saída da via Scania funciona
apenas como um sistema de apoio. O condutor
deve manter-se atento para que o veículo não saia
da estrada nem da via.
Certifique-se de que o pára-brisas em frente à
câmara está limpo, de modo a não comprometer o
seu campo de visão.
80519878

Se o sistema de aviso de saída da via não funcionar, é apresentado


um símbolo no grupo de instrumentos.

LDW avisa com sinais acústicos através dos


altifalantes
LDW avisa através de um sinal acústico proveniente do
altifalante esquerdo ou direito, consoante o lado da estrada onde
foram ultrapassadas as marcas de faixa. Quando é emitido o aviso,
o volume da música no sistema hi-fi é automaticamente
reduzido.

195 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O aviso de desvio da faixa é emitido sob a forma de sinal acústico


quando:
• O motorista ultrapassa inadvertidamente as marcas da
faixa em que conduz.

O aviso de desvio da faixa não avisa quando:


• O motorista efectua um movimento intencional do
volante durante a condução normal.

• Foram activados os indicadores de mudança de direcção e


durante 2 segundos após ter sido desligado.

Activação e disponibilidade

Interruptor de LDW, aviso de desvio da faixa Scania.


LED verde aceso, LDW activado. LED amarelo aceso,
80519885

LDW disponibilidade limitada.

Quando se liga a tensão de arranque, o LDW é activado


automaticamente. A luz no interruptor no painel de
instrumentos acende a verde ou amarelo, indicando que o
sistema está activo.
• A luz verde acesa significa que o sistema está disponível e
emite avisos relativos a incumprimento.

Completo
20091014 196
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

• A luz amarela acesa significa que o sistema não está


disponível e não emite avisos.

O sistema pode ser desactivado através do interruptor,


apagando-se, então, a luz do interruptor.
O aviso de desvio da faixa está disponível quando:
• A velocidade excede os 65 km/h e o sistema consegue
identificar pelo menos uma linha.

A disponibilidade do aviso de desvio da faixa é limitada quando:


• A câmara não consegue ler as marcas de desvio da faixa,
devido à existência de neve, gravilha ou similares na
superfície da estrada.

• Não existem marcas de faixa claras.


• Se conduz numa curva apertada.
• O sol encandeia a câmara.

Apoio ao motorista Scania


O objectivo global do apoio ao motorista consiste em ajudar o
motorista a criar e a manter um estilo de condução que reduza o
consumo de combustível e o desgaste. O apoio ao motorista é de
fácil utilização e oferece sugestões de condução e uma
classificação da condução, no visor do grupo de instrumentos,
durante a condução.
O apoio ao motorista Scania atribui uma classificação da
condução em 4 categorias.

197 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

• condução em subidas: a forma como conduz em zonas


com elevações

• utilização dos travões: a forma como selecciona e utiliza


diferentes métodos de travagem

• anticipação. a sua capacidade para conduzir planificando


com antecedência

• opções de mudanças: a forma como usa as mudanças para


reduzir o consumo de combustível.

Funciona do seguinte modo

Quando trava, o apoio ao motorista avalia a forma como


selecciona e utiliza cada um dos sistemas de travagem. Durante a
travagem, o apoio ao motorista analisa vários parâmetros e
mostra as classificações através de símbolos. O mesmo princípio
se aplica às restantes categorias. O apoio ao motorista analisa,
classifica a condução e, por vezes, dá conselhos.

Visualização de condução e visualização de


classificações de condução
O apoio ao motorista tem dois menus principais - visualização de
condução e visualização de classificações de condução. Durante a
condução, concentre-se na visualização de condução, que alterna
entre a apresentação da classificação da condução e sugestões. A
visualização de classificações mostra uma classificação de
condução para cada categoria. Use o botão INFO para repor a

Completo
20091014 198
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

classificação de condução. Todas as classificações são repostas


quando a alimentação é desligada.

805ed2b3
1. Visualização de condução, com 2. A visualização de classificações
apresentação dinâmica das mostra a classificação de condução
classificações e sugestões. como percentagem para cada
categoria.

IMPORTANTE!
Concentre a sua atenção no trânsito. Veja a
visualização de classificações com o veículo
parado.

Visualizar o apoio ao motorista Scania no


visor
O apoio ao motorista está sempre activo. Contudo, apenas é
apresentado quando se activa a visualização no visor.
A visualização do apoio ao motorista no visor do grupo de
instrumentos é activada da seguinte forma:

199 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

1. Prima a seta para cima no botão INFO. Aceda ao menu


simbolizado por uma estrada.

2. Procure na lista do menu até aparecer a visualização de


condução do apoio ao motorista.

Para visualizar o apoio ao motorista: percorra o ecrã


para cima, utilizando o botão INFO no menu principal
8047c22b

do visor.

Utilizar o apoio ao motorista


Em qualquer altura pode visualizar a visualização de condução
do apoio ao motorista e ver a sua classificação média. O apoio ao
motorista avalia a sua condução, mesmo que sejam apresentadas
outras informações no visor. A Scania recomenda a visualização
de classificações com o veículo parado. Sob determinadas
circunstâncias, obter a máxima classificação de condução será
bastante difícil para o condutor. Com a prática, os seus resultados
vão ser cada vez melhores.

Apoio ao motorista durante a condução; um


exemplo
Neste exemplo, o apoio ao motorista avalia uma travagem e a sua
capacidade para planificar a condução - ou seja, um estilo de
condução em que faz uso da antecipação. O apoio ao motorista
alterna entre quatro visualizações diferentes. Após a última

Completo
20091014 200
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

visualização (4), o apoio ao motorista regressa à visualização de


condução (1).

1 2 3 4

805ed319
1. O apoio ao motorista mostra a visualização de condução.
Mostra uma classificação média de 70% para todas as
categorias.

2. Você inicia uma travagem bem planeada. O apoio ao


motorista regista este facto e atribui-lhe uma
classificação de 5 pontos (numa escala até 5) na categoria
de antecipação. A classificação média sobe um pouco.

No entanto, travou um pouco bruscamente com o pedal do


travão.

3. A travagem está concluída e começa a acelerar. A sua


classificação para a travagem é de um ponto (numa
escala até 5). A sua classificação média para todas as
categorias baixa um pouco.

4. O apoio ao motorista apresenta sugestões, com texto e


símbolos, relativamente à forma como pode alterar o seu
modo de condução, por forma a alcançar uma
classificação mais alta. O apoio ao motorista sugere que

201 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

use uma combinação de travões, através da activação do


botão AUT do retardador.

O que é o quê nas visualizações


A visualização de condução (A) e a visualização de classificações
(B) são as visualizações principais. A visualização de condução é
dinâmica e também apresenta conselhos e classificações de
condução específicas. Regressa automaticamente à visualização
da classificação média após mostrar um conselho e/ou uma
classificação. A visualização de classificações é estática e mostra
sempre uma classificação de condução para as várias categorias.

3 5 6 8
A B

805f37c0

1 2 4 7 9

A: Visualização de condução. B: Visualização de classificações

1. A classificação média para todas as categorias.

2. A percentagem (%) da máxima classificação de condução


média actual.

Completo
20091014 202
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

3. A barra mostra a sua classificação média actual para


todas as categorias

4. Ícone de antecipação.

5. Ícone de condução em subidas.

6. O traço (-) indica que a categoria não atribui uma


classificação de condução.

7. Reponha a zeros todos os valores, premindo o botão


INFO para a direita.

8. Ícone de utilização dos travões.

9. Ícone de selecção de mudanças.

Um número acinzentado mostra que uma determinada categoria


não está, no momento, classificada.

As 4 categorias
O apoio ao motorista Scania atribui uma classificação da
condução em 4 categorias. As categorias são as seguintes:
• condução em subidas
• utilização dos travões
• anticipação
• opções de mudanças

203 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O texto abaixo explica como o apoio ao motorista Scania analisa


a sua condução, gera uma classificação de condução e aconselha
sobre como melhorar essa classificação.

Condução em subidas
805f37c2

Ícone geral de condução em subidas.

Cumes
No cimo de uma elevação deve soltar o acelerador antes de
atingir o cume para permitir ao veículo usar a energia cinética
no cume e na descida. Se o fizer correctamente, o veículo
recupera a velocidade que tinha antes da subida. A classificação
de condução para condução no cume de uma elevação é
apresentada pelo ícone à esquerda na imagem.

Ícone para o cume de uma


805f37c3

elevação.

Inclinações acentuadas
Se tiver de travar numa descida acentuada, o sistema avalia o
índice de aceleração antes de iniciar a descida. Se tiver boa
capacidade de antecipação, o sistema espera que solte o
acelerador um pouco antes de a descida aumentar a velocidade
do veículo. O sistema espera que antecipe quando pode soltar o

Completo
20091014 204
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

acelerador e travar. É visualizada uma classificação de condução


com base na travagem junto do ícone à esquerda na imagem.

Ícone de condução em diferentes

805f37c6
tipos de inclinações.

Elevações em estradas que permitem a condução a velocidades


elevadas
Em inclinações acentuadas em estradas em que mantém uma
velocidade elevada, o sistema avalia o índice de aceleração pouco
antes de uma descida. Mesmo nesta situação, o sistema espera
que solte o acelerador um pouco antes da descida. Se não soltar
o acelerador, é maior o risco de vir a ser forçado a travar
desnecessariamente. A classificação para condução em
inclinações que permitem velocidades elevadas é idêntica à
apresentada no exemplo acima.

Ganhar velocidade antes de uma subida


O sistema reage de forma positiva quando aumenta a velocidade
antes de uma subida. Para reduzir o consumo de combustível, a
aceleração deve ocorrer, preferencialmente, no final de uma
descida . É visualizada uma classificação de condução com base
na travagem junto do ícone à esquerda na imagem. A
classificação de condução é dada como um bónus. Não lhe é
atribuída uma classificação inferior se não conseguir acelerar
desta forma.

205 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Ícone de ganhar velocidade antes


de uma subida Ganhar
velocidade antes de uma subida
resulta numa classificação mais

805f3824
alta.

SUGESTÃO
Não obterá uma classificação para condução em subidas se o
veículo estiver equipado com comando da velocidade de cruzeiro
adaptável e este estiver programado para regular a velocidade em
função de outro veículo. Não é atribuída classificação se o veículo
estiver equipado com um sistema Scania Ecocruise activado. Se
conduzir com o comando da velocidade de cruzeiro
convencional, espera-se que seja activo nestas situações. Pode
desactivar o comando da velocidade de cruzeiro antes da subida,
com o botão OFF e activá-lo com o botão RES.

Utilização dos travões

Ícone de utilização dos travões: a forma como


805f3826

selecciona e utiliza diferentes métodos de travagem.

O sistema analisa a sua escolha de método de travagem e a forma


como efectua a travagem.
Compara a forma como a sua utilização se divide entre o travão
de serviço habitual (travar com o pedal do travão), a travagem
com o motor e travões auxiliares, como retardadores e travões ao

Completo
20091014 206
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

escape. Obterá uma classificação de condução mais elevada se


usar frequentemente o travão do motor ou o travão auxiliar. O
sistema calcula continuamente em que medida o travão do motor
e o travão auxiliar podem contribuir em diferentes situações.
Durante travagens suaves com os travões de serviço, o motor
também trava, desde que não tenha colocado a alavanca das
mudanças em ponto morto. Nestas situações, pode conseguir
uma classificação de condução bastante alta, mesmo que não
tenha activado qualquer travão auxiliar ou tenha usado
deliberadamente o travão do motor. Quando tiver de travar mais
do que aquilo que os travões auxiliares conseguem, é atribuída
uma classificação de condução alta. Contudo, isto apenas
acontece se tiver usado a potência de travagem que os travões
auxiliares podem proporcionar.

SUGESTÃO
Travagens ligeiras e travagens a velocidades de arranque baixas
não dão origem a classificações de condução. O sistema
geralmente encoraja a utilização do retardador o mais possível.
Pode activar uma combinação de travões através de um botão na
alavanca do retardador. Consulte a secção sobre o retardador no
Manual do motorista, para mais informações.
Utilize activamente a alavanca do retardador e trave suavemente,
mesmo em área com construção.
Recorde que a classificação de condução relativa à travagem não
é atribuída até estar concluída a travagem. A travagem estará
concluída quando o veículo tiver parado ou quando acelerar.

207 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Antecipação

805f3827

Ícone de antecipação.

A antecipação é avaliada através de um único critério. Obterá


uma classificação de condução elevada relativamente à
antecipação, se começar a desacelerar muito tempo antes de
começar a travar. Se conduzir de forma irregular, o sistema
atribui-lhe uma classificação mais baixa.
Normalmente obtém uma classificação de condução
relativamente à antecipação logo que começa a travar usando o
pedal do travão ou a alavanca do retardador.

SUGESTÃO
Evite acelerar com a alavanca do retardador na posição de
travagem. Isso significa que o retardador trava assim que soltar o
acelerador.
Esta categoria encoraja a travagem com o motor. Quando a
velocidade de travagem com o motor diminui, sem que seja
necessário usar o pedal do travão ou qualquer travão auxiliar.

Selecção de mudanças

Ícone de selecção de mudanças; a forma como usa as


805f3828

mudanças para reduzir o consumo de combustível.

Completo
20091014 208
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

A classificação relativa a selecção de mudanças avalia a forma


como a sua escolha de mudanças afecta o consumo de
combustível. Se conduzir numa mudança que não traga
vantagens, o sistema apresentará uma sugestão da mudança para
a qual deverá passar. Se seguir essa sugestão ou conduzir em
mudanças mais adequadas, a sua classificação relativa às
mudanças irá melhorar. Se não efectuar as mudanças de
velocidade de acordo com a sugestão, a sua classificação baixa
passado algum tempo. Isto é ilustrado com 5 estrelas cinzentas
junto ao ícone de selecção. Uma excepção é a condução a baixa
rotação com binário elevado. Isto pode acontecer, por exemplo,
no cume de uma inclinação, em que conduza sem passar para
uma mudança mais baixa.

805f417a

O sistema oferece sugestões sobre as mudanças de velocidade. Se não efectuar


mudanças de velocidade, a sua classificação baixa.

SUGESTÃO
Não obterá qualquer classificação relativamente à selecção de
velocidades, se conduzir com o Opticruise na posição AUT.

209 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O sistema geralmente encoraja a conduzir a baixas rotações do


motor. Isto significa que o conselho para passar para uma
mudança mais baixa pode surgir um pouco tarde, numa subida,
por exemplo.

Suspensão pneumática
O sistema ELC controla a suspensão do veículo, verificando e
controlando a pressão do ar nos foles ao mesmo tempo que mede
o nível da suspensão. Isto garante que o nível actual da suspensão
do veículo é mantido, independentemente da carga sobre os
eixos. O sistema ELC detecta o nível da suspensão do veículo
através dos sensores eléctricos montados no chassis e ligados ao
eixo adequado, através de um braço articulado. Além disso, o
sistema ELC controla o eixo de apoio, levantando-ou ou
baixando-o conforme necessário.

Símbolos no grupo de instrumentos

Este símbolo aparece junto com o texto "anomalia na


80036b26

suspensão" quando há uma avaria no sistema ELC.

Comando lento da suspensão durante a


condução
Esta função garante que o nível da suspensão do veículo se
mantém constante, independentemente da carga sobre os eixos.

Completo
20091014 210
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

A suspensão do veículo é controlada automaticamente uma vez


por minuto.

NOTA:Nota:
O comando lento da suspensão só ocorre a
velocidades superiores a 1 km/h.

Comando rápido da suspensão durante a


condução
Quando o veículo é conduzido com extrema lentidão ou está
totalmente parado, a suspensão do veículo é controlada
automaticamente uma vez por segundo. Esta função destina-se a
garantir que o veículo mantém o seu nível de suspensão normal
durante a carga e a descarga. O comando da suspensão funciona
automaticamente mesma quando a função de standby está activa.

NOTA:Nota:
O comando rápido da suspensão só ocorre a
velocidades inferiores a 1 km/h.

Comando automático da suspensão quando


se liga a alimentação
Quando se liga a alimentação, a suspensão do veículo volta para
o nível em que estava quando se desligou a alimentação.

211 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Desengatar o travão de mão


O travão de mão dianteiro é desengatado automaticamente
durante o comando da suspensão traseira e durante a repartição
de carga e o levantamento do eixo de apoio, desde que o veículo
esteja parado e a alimentação desligada. Isto tem por objectivo
facilitar o comando da suspensão e a proteger o chassis.
O travão de mão é aplicado novamente se ocorrer o seguinte:
• A velocidade não for 0.
• O botão Stop na unidade de accionamento for premido.
• A unidade de accionamento for desligada.
• O comando da suspensão tiver sido concluído há mais de
4 segundos.

Tracção ideal
A função de Tracção Ideal destina-se a distribuir o peso durante
a carga, por forma optimizá-lo o mais possível para o eixo motor.
Este função que a distribuição do peso nos eixos varie, conforme
o peso total do bogie. O eixo motor suporta todo o aumento na
carga até ao peso máximo permitido no eixo motor. Depois, todo
o aumento de carga é colocado no eixo de apoio, até ao peso
máximo permitido no bogie. Esta distribuição do peso pelos
eixos é mantida se o veículo tiver carga excessiva.

Completo
20091014 212
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Distribuição do peso pelos eixos


A função de distribuição do peso pelos eixos garante que a
distribuição de carga entre o eixo motor e o eixo de apoio é
sempre a mesma.

Níveis altenativos da suspensão do


veículo
A função de nível alternativo da suspensão do veículo está
disponível em 2 versões diferentes:
• Um nível e esvaziar ar dos foles.
• Dois níveis alternativos.
Pode alterar a versão seleccionada previamente numa oficina
Scania.

NOTA:Nota:
A velocidade máxima permitida para alterar os
níveis da suspensão do veículo é de 30 km/h.
8051d5ad

213 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Use este interruptor para seleccionar um de dois níveis de


suspensão alternativos. O veículo passa para o nível da suspensão
superior na posição 1 e para o nível inferior na posição 2.
Quando o interruptor é deslocado para a posição central, a
suspensão do veículo passa para a sua posição normal.

Este símbolo aparece no grupo de instrumentos


quando a suspensão do veículo não está no nível
800362ba

normal.

Elevador do eixo de apoio


8051d63a

Interruptor do elevador do eixo de apoio

Prima brevemente a parte de cima do interruptor para elevar o


eixo de apoio. Prima brevemente a parte de baixo do interruptor
para baixar o eixo de apoio.

Com o veículo carregado, as opções de elevação do eixo de apoio


são limitadas.

Completo
20091014 214
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Repartição de carga
A repartição de carga é usada para aumentar temporariamente a
pressão sobre o eixo motriz como, por exemplo, se for necessária
tracção adicional.
8051d61a

Repartição de carga em conformidade com a


norma EC97/27

NOTA:Nota:
A repartição de carga funciona apenas se estiver a
conduzir a uma velocidade inferior a 30 km/h.

IMPORTANTE!
Lembre-se de arrancar com cuidado depois de
terem sido efectuadas repartições de carga
superiores a 13 toneladas. Caso contrário, a linha
motriz e o eixo traseiro podem ser danificados.

215 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Prima brevemente a parte superior do interruptor para efectuar


uma repartição de carga que aumentará a carga do eixo motriz
em 30%. Prima brevemente a parte inferior do interruptor para
interromper a repartição de carga.

Este símbolo é indicado no grupo de instrumentos


80036434

quando a repartição de carga está activada.

Se conduzir um veículo com eixo duplo, o bloqueio do


diferencial do eixo duplo tem de estar accionado para poder
efectuar a repartição de carga.

Este símbolo aparece no grupo de instrumentos


quando não é possível efectuar a repartição de carga
porque o bloqueio do diferencial do eixo duplo não
80036558

está accionado.

Informação sobre a distribuição


de carga é indicada no grupo de
8058f960

instrumentos.

Completo
20091014 216
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

A regulamentação relativa à repartição de carga máxima


permitida é regimentada por requisitos legais em cada país.

Repartição de carga manual

IMPORTANTE!
Lembre-se de arrancar com cuidado depois de
terem sido efectuadas repartições de carga
superiores a 13 toneladas. Caso contrário, a linha
motriz e o eixo traseiro podem ser danificados.

Em certos mercados, existe a opção de efectuar a repartição de


carga gradualmente, até a um limite predefinido.
A repartição de carga pode ser controlada através do interruptor,
da seguinte forma:
1. Para iniciar ou aumentar a repartição de carga, desloque
o interruptor para cima.

2. Para se reduzir a repartição de carga, desloque o


interruptor para baixo.

3. Com o interruptor da posição central, a repartição de


carga seleccionada mantém-se.

4. Se se mantiver o interruptor premido na posição inferior


por breves instantes (menos de 2 segundos), a repartição
de carga é desligada.

217 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Este símbolo é indicado no grupo de instrumentos


80036434

quando a repartição de carga está activada.

Se conduzir um veículo com eixo duplo, o bloqueio do


diferencial do eixo duplo tem de estar accionado para poder
efectuar a repartição de carga.

Este símbolo aparece no grupo de instrumentos


quando não é possível efectuar a repartição de carga
porque o bloqueio do diferencial do eixo duplo não
80036558

está accionado.

Informação sobre a distribuição


de carga é indicada no grupo de
8058f960

instrumentos.

A regulamentação relativa à repartição de carga máxima


permitida é regimentada por requisitos legais em cada país.

Completo
20091014 218
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Eixo dianteiro

Tracção às rodas dianteiras seleccionável


O veículo está equipado com tracção às rodas dianteiras
seleccionável. A tracção às rodas dianteiras seleccionável
permite-lhe influenciar a economia de funcionamento e a tracção
do camião.

Conduza com tracção às rodas dianteiras


Engate a tracção às rodas dianteiras, se estiver a conduzir:
• fora de estradas alcatroadas, (todo o terreno)
• em superfícies escorregadias
• numa inclinação muito acentuada.

Conduza sem tracção às rodas dianteiras


Conduza sem tracção às rodas dianteiras numa superfície de
estrada normal. Isto possibilita uma boa economia de
funcionamento e o camião é mais fácil de
manobrar,principalmente a baixas velocidades baixas.

Engatar e desengatar a tracção às rodas


dianteiras
Engate a tracção às rodas dianteiras, premindo o interruptor e
utilizando a embraiagem como para uma mudança de velocidade

219 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

normal. Se tiver uma caixa de velocidades automática, precisa


apenas de soltar o pedal do acelerador durante a activação. Pode
engatar a tracção às rodas dianteiras com o camião em
movimento, mas não quando as rodas estão a derrapar numa
superfície de estrada. Evite engatar a tracção às rodas dianteiras
a velocidades ou rotações do motor elevadas. Esse procedimento
vai sobrecarregar a embraiagem e a caixa de velocidades.
Desengate a tracção às rodas dianteiras, premindo o interruptor.
Não é necessário utilizar a embraiagem. Desengate a tracção às
rodas dianteiras, quando não for necessária.
8051d5fa

Interruptor para engatar a tracção às rodas dianteiras

IMPORTANTE!
Engate a tracção às rodas dianteiras apenas
quando as rodas estão a agarrar totalmente a
superfície da estrada. Se as rodas estiverem a
derrapar na superfície da estrada, o camião deve
estar parado, antes de engatar a tracção às rodas
dianteiras.

Completo
20091014 220
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

NOTA:Nota:
O sistema ABS pode desengatar
automaticamente a tracção às rodas dianteiras em
determinadas circunstâncias. Se esta situação se
verificar, pode voltar a engatar a tracção às rodas
dianteiras.

Sistema de tracção integral


Este veículo está programado com um sistema de tracção
integral. O sistema de tracção integral aumenta a tracção do
veículo, distribuindo o binário da caixa de velocidades principal
para os eixos dianteiro e traseiro através da caixa de transferência.
O sistema de tracção integral controla, ainda, vários dos
bloqueios do diferencial do veículo.

IMPORTANTE!
Se o veículo for rebocado com o eixo dianteiro
levantado, é necessário retirar os veios de
transmissão para evitar o risco de ocorrerem
danos na caixa de transferência. Se o veículo for
rebocado sem o eixo dianteiro levantado, é
necessário activar o mecanismo de desengate das
rodas motrizes para evitar o risco de ocorrerem
danos na caixa de velocidades principal.

221 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Bloqueio do diferencial no eixo


traseiro
O bloqueio do diferencial no eixo traseiro obriga as rodas
traseiras do lado direito e esquerdo a rodarem à mesma
velocidade para aumentar a tracção.

Interruptor para o bloqueio do diferencial do eixo


80519a17

traseiro

! ATENÇÃO
A direcção do veículo é afectada quando o
bloqueio do diferencial está engatado.

O símbolo pisca no grupo de instrumentos enquanto


80036433

estiver engatado um bloqueio do diferencial.

Completo
20091014 222
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

IMPORTANTE!
Nunca engate nem desengate um bloqueio do
diferencial com as rodas a derrapar.

IMPORTANTE!
Evite conduzir com o bloqueio do diferencial
engatado em superfícies de estrada boas.

A condução em superfícies de estrada boas com o bloqueio do


diferencial permanentemente engatado aumenta o consumo de
energia e o desgaste dos pneus e pode também encurtar o tempo
de vida útil dos componentes do veículo.

Engatar e desengatar o bloqueio do


diferencial
É possível engatar e desengatar o bloqueio do diferencial através
do interruptor durante a condução, desde que nenhuma roda
esteja a patinar. Se engatar o bloqueio do diferencial com as rodas
a patinar, existe o risco de o danificar. O grupo de instrumentos
indica se o bloqueio do diferencial está ou não engatado. Se não
for visualizado nenhum símbolo, conduza devagar em frente e
rode cuidadosamente o volante.

223 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Bloqueio do diferencial no eixo duplo


O bloqueio do diferencial no eixo duplo obriga os semieixos
dianteiro e traseiro a rodarem à mesma velocidade para aumentar
a tracção.

Interruptor para o bloqueio do diferencial no eixo


805199f5

duplo

O símbolo pisca no grupo de instrumentos enquanto


80036433

estiver engatado um bloqueio do diferencial.

IMPORTANTE!
Nunca engate nem desengate um bloqueio do
diferencial com as rodas a derrapar.

O interruptor controla o bloqueio do diferencial entre os eixos.


O bloqueio do diferencial proporciona melhor tracção, sem
afectar a direcção do veículo. Este bloqueio do diferencial tem de
estar engatado para que os bloqueios de diferencial dos eixos

Completo
20091014 224
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

traseiros sejam engatados. O símbolo no grupo de instrumentos


indica se o bloqueio do diferencial está engatado.

IMPORTANTE!
Evite conduzir com o bloqueio do diferencial
engatado em superfícies de estrada boas.

A condução em superfícies de estrada boas com o bloqueio do


diferencial permanentemente engatado aumenta o consumo de
energia e o desgaste dos pneus e pode também encurtar o tempo
de vida útil dos componentes do veículo.

Bloqueio do diferencial no eixo


dianteiro
O bloqueio do diferencial no eixo dianteiro obriga as rodas
dianteiras do lado direito e esquerdo a rodarem à mesma
velocidade para aumentar a tracção.

Interruptor para o bloqueio do diferencial do eixo


805198ae

dianteiro

225 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

O símbolo pisca no grupo de instrumentos enquanto


80036433

estiver engatado um bloqueio do diferencial.

IMPORTANTE!
Nunca engate nem desengate um bloqueio do
diferencial com as rodas a derrapar.

IMPORTANTE!
Evite conduzir com o bloqueio do diferencial
engatado em superfícies de estrada boas.

A condução em superfícies de estrada boas com o bloqueio do


diferencial permanentemente engatado aumenta o consumo de
energia e o desgaste dos pneus e pode também encurtar o tempo
de vida útil dos componentes do veículo.

Bloqueio do diferencial na caixa de


transferência
A função de bloqueio do diferencial na caixa de transferência
obriga os eixos dianteiro e traseiro a rodarem à mesma
velocidade, aumentando assim a tracção.

Completo
20091014 226
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Comutar para bloqueio do diferencial na caixa de


80519903

transferência

Engatar e desengatar o bloqueio do


diferencial
É possível engatar e desengatar o bloqueio do diferencial através
do interruptor durante a condução, desde que nenhuma roda
esteja a patinar. Se engatar o bloqueio do diferencial com as rodas
a patinar, existe o risco de o danificar. O grupo de instrumentos
indica se o bloqueio do diferencial está ou não engatado.
Se o veículo estiver equipado com ABS, o bloqueio do diferencial
na caixa de transferência é desengatado quando o sistema ABS
estiver a controlar a travagem. Isto acontece porque o sistema de
travagem necessita de medir a diferença de velocidade entre o
eixo dianteiro e o eixo traseiro. Quando o controlo do ABS sobre
a travagem termina e as rodas estão a rodar à mesma velocidade,
o bloqueio do diferencial volta a engatar automaticamente.

Mudança baixa na caixa de


transferência
Quando a mudança baixa está activada, fica disponível uma
relação de transmissão adicional de 1.5:1.

227 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

IMPORTANTE!
Risco de danos!
Quando o veículo for utilizado fora da estrada,
deverá engatar uma mudança baixa na caixa de
transferência. Deste modo, evitará danificar a
caixa de transferência.

Comutar para mudança baixa na caixa de


805199e3

transferência

Engate e desengate de uma mudança baixa


Para engatar e desengatar uma mudança baixa na caixa de
transferência, devem verificar-se as seguintes condições:
• O veículo tem de estar completamente parado.
• A alavanca das mudanças normal deve encontrar-se em
ponto morto.

• Deve carregar-se no pedal da embraiagem.


Engatar e desengatar a mudança baixa por meio do interruptor.
O grupo de instrumentos indica se a mudança baixa está engata
ou desengatada.

Completo
20091014 228
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Desengate das rodas motrizes


O desengate das rodas motrizes significa que pode pôr a caixa de
transferência em ponto morto durante o reboque ou quando
utiliza uma tomada de força na caixa de transferência.
80519a0a

Interruptor de desengate das rodas motrizes

Desactivação

IMPORTANTE!
Se o veículo estiver desligado ou sem ar
comprimido, deve desengatar os veios de
transmissão no eixo dianteiro e traseiro antes do
reboque. Deve levar a cabo este procedimento,
independentemente de o reboque ser efectuado
com ou sem o eixo dianteiro levantado.

Evite danificar a caixa de velocidades principal e a caixa de


transferência durante o reboque, agindo, antes de mais, da
seguinte maneira. Se a caixa de transferência estiver equipada
com tomada de força, faça o seguinte antes de activar a tomada
de força:

229 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

1. Ligue a ignição.

2. Coloque a alavanca das mudanças em ponto morto e o


interruptor de gama na posição superior, gama alta. Se o
veículo estiver equipado com caixa de velocidades
automática, desloque a alavanca selectora para N.

3. Accione o interruptor para desengatar as rodas motrizes.


O grupo de instrumentos indica que as rodas motrizes
estão desengatadas.

IMPORTANTE!
Enquanto as rodas motrizes estiverem
desengatadas, a caixa de velocidades principal
também terá de permanecer em ponto morto. Se
assim não fizer, a caixa de transferência será
danificada devido à falta de lubrificação. Esta
particularidade não se aplica a modelos especiais
equipados com uma tomada de força e/ou bomba
de óleo integrada.

Ligar
Para engatar a condução, é necessário o seguinte:
• O veículo tem de estar parado.

Completo
20091014 230
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

• O pedal da embraiagem tem de estar pressionado. Se o


veículo estiver equipado com caixa de velocidades
automática, a alavanca selectora tem de estar em N.

• O interruptor tem de estar desactivado.


O grupo de instrumentos indica que as rodas motrizes estão
engatadas.

ESP
O ESP activa o travão de serviço na roda em causa, os travões no
reboque e/ou reduz o binário do motor. Deste modo reduz-se o
risco de derrapagem e capotamento do veículo.

! ATENÇÃO
O ESP não deve ser activado durante a condução
em curvas muito inclinadas ou a velocidades
elevadas. O controlo ESP em tais situações
poderia tornar o veículo perigoso no meio do
trânsito.
Conduza com cuidado quando transportar cargas
móveis, ou quando o centro de gravidade da
carga for elevado.

231 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

805199c4

O ESP pode ser temporariamente desligado através do


interruptor TC (controlo da tracção). O símbolo ESP acende
com luz branca no grupo de instrumentos. Para mais
informações, consulte a secção relativa a TC (controlo da
tracção).

Controlo da tracção
O controlo da tracção, TC, evita a patinagem das rodas motrizes,
reduzindo o binário do motor e travando as rodas em patinagem.
O TC também evita as rodas motrizes de bloquearem, se soltar o
pedal do acelerador demasiado rapidamente. Isto consegue-se,
aumentando o binário do motor, quando existe uma tendência
para as rodas bloquearem.
Em termos gerais, isto proporciona:
• Mais estabilidade com um risco reduzido de derrapagem.
• Melhor capacidade em subidas.
• Maior facilidade de começar a conduzir a partir de uma
posição estacionária.

• Menos desgaste nos pneus e grupo motopropulsor.

Completo
20091014 232
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

• A direcção não é prejudicada, como acontece quando se


conduz com o bloqueio do diferencial activado.
8005c835

O controlo da tracção (TC) está normalmente activo. Pressione


brevemente o interruptor para mudar para a posição de todo-o-
terreno. O controlo de tracção (TC) passa então a controlar a
patinagem das rodas através dos travões e é desligada a limitação
do binário do motor durante a patinagem das rodas. Pode usar
esta posição de todo-o-terreno ao conduzir em lama, gravilha ou
neve funda.
800362b8

Quando as rodas patinam, o símbolo no grupo de instrumentos


acende. Quando a posição de todo-o-terreno é activada, o
símbolo pisca.

233 Completo
20091014
Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de

Se pressionar o interruptor durante um mínimo de 5 segundos, o


controlo de tracção (TC) é desligado e as rodas podem rodar a
velocidades diferentes em relação ao eixo dianteiro. Isto pode ser
usado ao conduzir em dinamómetros de rolos ou ao lavar as
rodas. Quando a velocidade do veículo ultrapassa 10 km/h ou
quando o interruptor é pressionado brevemente, esta função é
desligada e o controlo de tracção (TC) é activado.

O ESP é desligado na posição "off-road", mas continua activo em


caso de travagem.

Completo
20091014 234
Instrumentos de informação sobre o veículo

Instrumentos de informação
sobre o veículo
Grupo de instrumentos com visor

Grupo de instrumentos

1 2 3 2 4

8046a208

9 8 5 7 5 6 5

1. Conta-rotações 6. Indicador do nível de combustível


2. Indicadores de mudança de 7. Janela de símbolos
direcção 8. Indicador da temperatura do fluido
3. Luzes avisadoras e indicadoras para de arrefecimento
os máximos e faróis de nevoeiro. 9. Luzes para fabricantes de carroçaria
4. Velocímetro e fabricante de autocarros
5. Luzes indicadoras e avisadoras

235 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Grupo de instrumentos

1 2 3 3 2 4

60
0l/100 120
km

8046a20e
9 8 5 7 5 6 5

1. Indicador do regime do motor e 5. Luzes indicadoras e avisadoras


consumo de combustível 6. Indicador do nível de combustível
2. Indicadores de mudança de 7. Janela de símbolos
direcção
8. Indicador da temperatura do fluido
3. Luzes avisadoras e indicadoras para de arrefecimento
os máximos e faróis de nevoeiro.
9. Luzes para fabricantes de carroçaria
4. Indicador de velocidade e pressão
do óleo

Completo
20091014 236
Instrumentos de informação sobre o veículo

Conta-rotações
O conta-rotações indica o regime do motor em rotações por
minuto (r.p.m.). O conta-rotações tem quatro zonas:
• Branca: cerca de 500 r.p.m.
• Verde: entre 1.000 e 1.600 r.p.m. O menor consumo de
combustível e o binário máximo obtêm-se, quando o
regime do motor diminui para a zona verde.

• Azul: acima das 2.000 r.p.m. É nesta zona que o travão de


escape do motor é mais potente.

• Vermelha: cerca de 2.500 r.p.m. Se o regime do motor


estiver na zona vermelha, existe o risco de danos no
motor.

NOTA:Nota:
Seleccione uma mudança que mantenha o regime
na zona verde. É aqui que o motor funciona de
forma mais eficaz.

No entanto, nem sempre é possível ou apropriado conduzir na


zona verde. Se conduzir o veículo sem carga, normalmente não é
necessária uma potência do motor elevada, podendo conduzir a
um regime mais baixo. Ao conduzir com carga pesada ou em
declives acentuados, é necessária mais potência do motor, pelo
que pode manter um regime mais elevado.

237 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Indicador do nível de combustível


O indicador do nível de combustível mostra a quantidade de
combustível existente no depósito. Mantenha-se atento ao
indicador do nível de combustível. Deve sangrar o sistema de
combustível, se o depósito tiver sido drenado.

Indicador do líquido de arrefecimento


Este indicador assinala a temperatura do líquido de
arrefecimento do motor. Verifique o nível do líquido de
arrefecimento quando o indicador entrar na zona vermelha.

Temperatura elevada do líquido de


arrefecimento
A temperatura do líquido de arrefecimento tem uma gama de
funcionamento alargada para motores XPI. O indicador de
temperatura do líquido de arrefecimento pode direccionar-se
para o vermelho, sem entrar na zona vermelha. Isto significa que
a unidade de controlo está a controlar a temperatura. Neste caso,
não existe risco de danos no motor. Este é um comportamento
normal para o XPI. Enquanto condutor, não tem de efectuar
qualquer acção.

Completo
20091014 238
Instrumentos de informação sobre o veículo

Janela de símbolos
1. Informação da caixa de velocidades e apresentar a
1 hora.
2. Caixas para mensagens, texto de aviso e menus.
2
3. Caixa para símbolos de aviso.
4. Quilometragem, aviso de derrapagem e temperatura
3
exterior. O aviso de derrapagem é apresentado, quando
4
a temperatura exterior está próxima do ponto de
8046a346

congelamento.

1. Informação da caixa de velocidades e apresentar a


1 hora.
2 2. Campo programável. Pode seleccionar o que deve ser
apresentado.
3
3. Caixas para mensagens, texto de aviso e menus.

4 4. Caixa para símbolos de aviso.


5 5. Quilometragem, aviso de derrapagem e temperatura
exterior. O aviso de derrapagem é apresentado, quando
a temperatura exterior está próxima do ponto de
8046a3dc

congelamento.

239 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. Informação da caixa de velocidades e apresentar a


1 hora.
2
2. Campo programável. Pode seleccionar o que deve ser
apresentado.
3
3. Caixas para mensagens, texto de aviso e menus.

4 4. Caixa para símbolos de aviso.

5 5. Campo programável. Pode seleccionar o que deve ser


apresentado.
6
6. Quilometragem, aviso de derrapagem e temperatura
exterior. O aviso de derrapagem é apresentado, quando
8047668a

a temperatura está próxima do ponto de congelamento.

Apresentar avisos
Os avisos são apresentados, na forma de luz indicadora acesa ou
como símbolo com texto no visor. Se premir uma seta INFO, a
mensagem de avaria desaparece durante alguns segundos e
depois volta a aparecer. Se forem criadas várias mensagens que
são igualmente importantes, é apresentada a última mensagem
de avaria que foi criada. Prima a seta INFO para apresentar a
próxima mensagem de avaria durante alguns segundos.
Carregando na seta INFO opcional, confirma a mensagem de
avaria visualizada e esta desaparece do visor.
O visor apresenta mensagens diferentes que descrevem o que
está a acontecer em diferentes sistemas. O equipamento do
veículo determina o que é apresentado.

Completo
20091014 240
Instrumentos de informação sobre o veículo

Se o veículo tiver piloto automático com Ecocruise, o E


na ilustração indica que o Ecocruise está a influenciar
8047e92f

activamente a velocidade do veículo.

Consulte a respectiva secção para mais informações sobre luzes


indicadoras, mensagens diferentes e a medida apropriada.
Observe também os conteúdos no ínicia e o índice remissivo no
final do manual.

Visualização e mudança da hora


A hora é indicada na linha superior do visor. Utilize o grupo de
botões para mudar a hora.
• Prima demoradamente o botão do relógio, para activar a
função de mudança da hora.

• Alterne entre horas e minutos com uma breve pressão no


botão do relógio.

• Altere a hora com uma breve pressão nos botões de mais


ou de menos.

241 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Grupo de botões para o visor

1 2

1. Botão do relógio
2. Botão Zero
3. Botão Menos
80490b10

3 4 4. Botão Mais

Iluminação no painel de instrumentos

Botão dos faróis na posição de


80036ba9

médios.

Mude a iluminação dos instrumentos, rodando primeiro o botão


dos faróis para a posição de médios. Em seguida, utilize os botões
Mais e Menos no grupo de botões para aumentar ou reduzir a
iluminação dos instrumentos, um incremento de cada vez.
Existem 10 incrementos no total. A alteração afecta a iluminação
de, por exemplo, os interruptores, tacógrafo e grupo de
instrumentos.

Completo
20091014 242
Instrumentos de informação sobre o veículo

Botão INFO

805e8fbd

Botão INFO
805e8fbe

Botão INFO

Utilize o botão INFO para:


1. Activar o menu principal

2. Navegar no menu

243 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

3. Confimar conhecimento dos avisos.

Confirmar conhecimento dos avisos e mensagens de avaria

Os avisos e mensagens de avaria são apresentados no campo


principal. Prima na seta direita para confirmar conhecimento de
um aviso ou de uma mensagem de avaria. Vão permanecer como
símbolos na campo dos avisos. Se forem criadas várias mensagens
que são igualmente importantes, é apresentada a última
mensagem de avaria que foi criada. Prima a seta direita para
apresentar a mensagem seguinte. A secção correspondente
fornece mais informação acerca dos avisos, mensagens de avaria
e quaisquer acções.

Menus no ecrã

Árvore de menus
O menu principal indica com símbolos a divisão dos menus em
vários assuntos. O número de páginas em cada ramo da árvore de
menus varia, consoante o equipamento do veículo.

Completo
20091014 244
Instrumentos de informação sobre o veículo

806078e7

1. Informação do comando da 2. Dados instantâneos.


velocidade de cruzeiro, computador 3. Definições
de bordo e tempo de condução e
4. Informações sobre o veículo
apoio ao condutor Scania.

Use o botão INFO para percorrer os menus.

Use o botão INFO para aceder aos menus e para os percorrer. Se


a protecção de ecrã estiver activa, pode visualizar o menu
principal premindo o botão INFO em qualquer direcção.

245 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Use as setas do botão INFO do seguinte modo:

• No menu principal, prima a seta relevante para aceder a


um menu.

• Seta para cima ou para baixo: percorre os menus.


• Seta para a esquerda: volta para o passo anterior.
• Seta para a direita: guarda e confirma a selecção.

Premindo uma vez para a direita, confirma-se e


8046a81d

guarda-se a selecção.

Visualizar a informação de navegação no ecrã

Pode escolher visualizar a informação do sistema de navegação


no campo programável inferior do ecrã.
Proceda da seguinte forma para visualizar a informação do
sistema de navegação no ecrã:
1. Active o ecrã premindo o botão INFO.

2. Prima a seta para baixo.

3. Percorra o ecrã para baixo até ao campo programável


inferior.

4. Prima a seta para a direita.

5. Vá até à navegação.

Completo
20091014 246
Instrumentos de informação sobre o veículo

6. Prima a seta para a direita.

7. Prima a seta para a esquerda várias vezes até ver o menu


inicial.

1. Símbolo de que o ecrã da


informação de navegação está
activo.
2. Mostra cruzamentos, rotundas e
mudanças de faixa.
3. Mostra o tempo que falta para o
evento seguinte: cruzamento, stop
ou similar. O número de linhas
aumenta à medida que o veículo
se aproxima do evento. Quando a
distância é superior a 200 m é
805b719b

indicada apenas por números.

Ajuste a protecção de ecrã

É possível ajustar a protecção de ecrã para três situações


diferentes:
• Preto, sem visualização
• Logótipo Scania
• Logótipo V8, se o veículo possuir um motor V8.
Proceda do seguinte modo para alterar a protecção de ecrã:
1. Com o veículo parado, active o menu inicial do ecrã
premindo o botão INFO.

247 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

2. Prima a seta para baixo.

3. Vá até às definições pessoais.

4. Prima a seta para a direita.

5. Desça até à protecção de ecrã.

6. Prima a seta para a direita.

7. Seleccione a alternativa com a seta para cima ou para


baixo.

8. Prima a seta para a direita para seleccionar; vê-se um


ponto no círculo.

9. Prima a seta para a esquerda várias vezes até ver o menu


inicial.

Árvore de menus
Use o botão INFO para visualizar no ecrã a estrutura do menu
em árvore. A partir dos menus pode, entre outras coisas, efectuar
leituras de valores de medições, monitorizar o consumo e
personalizar a informação que pretende visualizar no visor. O
menu principal indica como os menus se dividem e vários
assuntos. Em alguns veículos, existem várias páginas em cada
ramo da árvore de menus.
Os conteúdos no menu principal são organizados da seguinte
forma:

Completo
20091014 248
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. Informação do comando da velocidade de cruzeiro,


computador de bordo e tempo de condução.

2. Dados instantâneos.

3. Definições, à base de texto.

4. Informação sobre o veículo: pesos das cargas,


monitorização da pressão dos pneus (TPM), bloqueios
do diferencial e tracção.

Os menus ficam activos quando a alimentação está ligada. Pode


também activar o menu sem a chave no bloqueio da ignição
Neste caso, o visor apresenta: hora, temperatura e data actuais.
Pode também percorrer as informações apresentadas sobre o
consumo médio de combustível, quilometragem e nível de
tensão. O ecrã apaga-se dez segundos depois de o botão INFO
ser premido pela última vez.

1. Informação do comando da velocidade de cruzeiro,


computador de bordo e tempo de condução

Aqui, pode definir e ler a informação do computador


de bordo; consultar a informação de funcionamento
actual e ler a informação do tempo de condução do
8047c22b

tacógrafo digital.

• Piloto automático
• Comando da velocidade em declives
• Piloto automático adaptável

249 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Informação de funcionamento. Esta informação é apresentada


em 3 páginas diferentes. Tenha e conta que a redefinição de uma
destas páginas afecta as 3 páginas.
• Distância total percorrida
• Velocidade média do veículo
• Consumo médio de combustível
• Restabelecimento da velocidade gravada
Tempo de funcionamento
• Tempo total de condução
• Tempo total de funcionamento ao ralenti
• Tempo total de funcionamento com tomada de força
• Restabelecimento da velocidade gravada
Consumo de combustível
• Total
• Ralenti
• Tomada de força
• Restabelecimento da velocidade gravada
Informação do tempo de condução
Se o veículo tiver um tacógrafo digital, é apresentada informação
como o tempo de condução, actividade em progresso e tempo de
descanso acumulado. Consulte a secção do manual do motorista

Completo
20091014 250
Instrumentos de informação sobre o veículo

relativa a: informação do tacógrafo no ecrã, para mais


informações.

2. Dados actuais

Aqui, pode visualizar informação acerca do consumo


8047c234

actual e dos níveis actuais.

• Pressão dos travões


• Pressão dos travões para o eixo de apoio, se existente
• Consumo de combustível
• Pressão do ar de admissão
• Tensão de carga Esta pode variar, se o veículo estiver
equipado com a função adaptada de carga da bateria

• Pressão do óleo no motor


• Nível de AdBlue
• Temperatura do óleo na caixa de velocidades
Informação acerca da pressão dos travões

A pressão dos travões é normalmente superior a 10 bar, mas pode


variar ligeiramente.
A pressão pode aumentar:
• Quando a temperatura exterior descer para 0°C? para
garantir que a válvula inferior não fique congelada.

251 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Ao travar com o motor, por exemplo, numa descida.


• Quando a suspensão pneumática para o eixo traseiro é
activada pela unidade de funcionamento da suspensão
pneumática.

A pressão pode diminuir:


• Depois de um consumo de ar elevado. A pressão pára aos
9 bar para repôr o APS. A pressão volta a um valor
normal, quando o sistema tiver sido reposto. Para mais
informações, consulte a secção sobre o APS.

Com pressões dos travões inferiores a 5,5 bar, a luz da pressão


dos travões começa a piscar e é emitido um sinal sonoro.

IMPORTANTE!
Se a luz da pressão dos travões começar a piscar,
pare imediatamente o veículo e identifique a causa
da queda de pressão.

3. Valores
8047c2a5

Definições são à base de texto.

As Definições incluem um menu à base de texto com dois modos


de visualização diferentes.
1. Estes menus são apresentados durante a condução:

Completo
20091014 252
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Avisos
• Definições para campos programáveis. Não se aplica a
todos os modelos de instrumentos.

2. Estes menus são apresentados com o veículo parado:


• Verificação do arranque
• Avisos
• Definições para campos programáveis.
• Informação sobre a viagem (TRIP)
• Definições pessoais
• Definições do veículo
• Dados do veículo
Avisos
• Todos os avisos que ainda se encontram activos são
apresentados aqui. Mudança engatada quando se desliga a
ignição.

Definições para campos programáveis


• Nos campos programáveis, pode escolher o que pretende
visualizar. O nível de equipamento do veículo determina
que opções se encontram disponíveis. Os campos
programáveis não estão disponíveis em todos os modelos
do grupo de instrumentos.

253 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Verificação do arranque
• Pode verificar o estado de diferentes sistemas: nível de
óleo no motor, nível de AdBlue, discos da embraiagem,
calços dos travões, monitorização da pressão dos pneus,
nível do óleo na caixa de velocidades e informação de
inspecção. O sistemas são apresentados consoante o
equipamento existente no veículo. É fornecida mais
informação acerca da verificação do arranque nesta
secção.

Conta-quilómetros parcial
• Pode gravar várias distâncias diferentes nos conta-
quilómetros parciais que são denominados trip 2 e trip 3.
O trip 1 encontra-se no ramo de verificação da velocidade
e computador de bordo do menu. Pode repor a
informação da distância para o trip 2 aqui, mas tem de
introduzir um código PIN para o trip 3. Trata-se de um
código de quatro dígitos que é 0000, quando o veículo é
novo. Introduza um novo código para gravar informação
acerca das distâncias que pretende gravar durante um
longo período.

Definições pessoais
Seleccione, a partir do seguinte:
• Idioma. Pode alterar o idioma do texto apresentado no
visor.

Completo
20091014 254
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Alterar unidades. Pode alterar a unidade para: distância,


consumo de combustível, volume, pressão e temperatura.
A alteração afecta também a maneira como a unidade de
temperatura do sistema de aquecimento é apresentada.

• Contraste do grupo de instrumentos. Não se aplica a


todas as versões do grupo de instrumentos.

• Protecção do ecrã.
• Definir relógio
• Zona económica, a zona verde no conta-rotações.
Existem dois tipos de configurações diferentes. 1. Não
dinâmica; os LEDs do conta-rotações estão
constantemente acesos. 2. Dinâmica: os LEDs acendem
quando as rotações do motor se encontram fora da gama
do melhor regime do motor. Os LEDs mostram o melhor
regime do motor no momento.

• Informação de inspecção.
Definições do veículo
Pode:
• Regule a apresentação do valor da carga sobre os eixos
que é indicado no ramo de veículo do menu e reponha-o
para o valor de entrega.

• Calibre a pressão dos pneus, TPM Siga sempre as


recomendações do fabricante dos pneus.

255 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Dados do veículo
Pode visualizar e examinar:
• Tempo total de funcionamento do motor (em horas).
• O VIN do veículo, Vehicle Identification Number
• Códigos de avaria através do IVD Para mais informação,
consulte a secção com o título IVD .

4. Informação sobre o veículo

O menu de informação sobre o veículo pode ser usado para


visualizar pesos da carga, estado dos bloqueios do diferencial e
pressões dos pneus. As funções apresentadas dependem do
equipamento do veículo.
Bloqueios de diferencial e tracção integral
• São indicados os bloqueios de diferencial que estão
accionados e o accionamento em diferentes eixos
motrizes.

Monitorização da pressão dos pneus, TPM


• Pode visualizar a pressão dos pneus em comparação com
o valor de referência. Para mais informações sobre a
monitorização da pressão dos pneus, consulte a secção
correspondente no Manual do motorista.

Completo
20091014 256
Instrumentos de informação sobre o veículo

Visualização de pesos do veículo


• A informação apresentada depende do equipamento do
veículo. Os manuais do motorista publicados a partir de
Maio de 2009 contêm informações pormenorizadas sobre
a função abaixo apresentada.

Pormenores da verificação do arranque.


Pode verificar os sistemas seguintes, se existentes no veículo. A
verificação de arranque encontra-se no menu de definições.
Visualização do nível do óleo
A quantidade de AdBlue no depósito de AdBlue.
Disco da embraiagem, espessura em %.
A espessura dos calços dos travões para cada roda, se o veículo
estiver equipado com EBS.
Espessura dos calços
Pressão dos pneus TPM
Nível do óleo na caixa de velocidades
Indicador de inspecção
Se o veículo estiver a aproximar-se da quilometragem definida
para inspecção, a distância restante até à próxima inspecção é
apresentada no arranque. A informação é apresentada por 5
segundos ou até ser desligada através do botão INFO. A
informação mostra o texto "Inspection in X km". Caso a distância

257 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

definida até à próxima inspecção tenha sido ultrapassada, é


indicada uma distância negativa.
Pode desligar a visualização desta informação no menu. Pare o
veículo, active o menu principal e seleccione o menu Definições.
Percorra para baixo até "Instrumentos" e depois seleccione
"Inspecção". Pode activar ou desactivar a função aqui. Com a
função desactivada, não é apresentada no arranque.
Continua a ser possível ver a distância até à próxima inspecção
quando a função não está activa. O veículo tem de estar parado.
Seleccione Definições e percorra até a Verificação do arranque.
Em seguida, desloque até ao indicador de Inspecção que
apresenta a distância que falta até à próxima inspecção.
A função é activada automaticamente activada novamente
quando o veículo tiver tido assistência numa oficina Scania.

Visualização de pesos do veículo


Para visualizar utiliza-se o botão INFO e percorre-se o menu de
informações do veículo.

Percorra o menu de informações do veículo para ver os


805f885e

pesos do veículo.

O ecrã dos pesos do veículo mostra uma imagem da carga por


eixo, peso da carga e peso bruto total do veículo. O peso bruto
total do veículo é o peso do veículo num determinado momento.

Completo
20091014 258
Instrumentos de informação sobre o veículo

• A carga por eixo é mostrada para os eixos com suspensão


pneumática.

• O peso da carga e o peso bruto total apenas são mostrados


para veículos com suspensão pneumática em todos os
eixos. A excepção é um veículo tractor 4X2 com
suspensão de molas no eixo dianteiro e suspensão
pneumática no eixo traseiro. Nesses casos, o peso da carga
pode ser mostrado se houver visualização da carga por
eixo do reboque.

Visualização de pesos do reboque

Para uma visualização completa de diferentes tipos de reboques,


o veículo tractor deve ter EBS.

Repor a zeros e calibrar o peso da carga

Reponha a zeros o peso da carga com o veículo descarregado,


para ver qual é o peso de uma nova carga. Também pode repor a
zeros o peso da carga para ver quanto pesa um conjunto de novos
itens, quando os adiciona a uma carga já existente. Reponha a
zeros antes de carregar, mas lembre-se de que nesta situação
apenas verá o peso da nova carga. A visualização das outras cargas
não é afectada pela reposição a zero.
O menu Definições contém a opção de calibragem do peso dos
eixos. Use esta opção para calibrar o peso dos eixos com o veículo
descarregado numa báscula de carregamento. A calibragem pode
dar valores mais exactos, pois os foles pneumáticos podem ir
esticando ao longo do tempo.

259 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Exemplos de visualização de pesos do veículo

A figura A mostra uma visualização completa de todos os pesos.


A figura B mostra um veículo tractor sem visualização do peso
bruto total do veículo e do peso do eixo dianteiro.

1. Peso da carga
2. Carga sobre os eixos
3. Peso bruto total do veículo
805f8860

4. Repor a zeros o peso da carga

NOTA:Nota:
O peso bruto total do veículo é o peso do veículo
num determinado momento, podendo, por isso,
ser diferente em momentos diferentes. O peso
bruto total não deve ser superior ao peso bruto
do veículo, para o qual o veículo é concebido e ao
peso do veículo que a estrada em que circula no
momento pode suportar. O peso bruto do veículo
está mencionado no livrete do veículo.

Tenha em conta o seguinte:


• Para os reboques é mostrado um peso para os eixos, ainda
que haja vários eixos. O valor refere-se ao peso
combinado de todos os eixos.

Completo
20091014 260
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Um eixo de apoio elevado tem sempre o valor de 0 kg.


• A carga por eixo só pode ser apresentada para os eixos
com suspensão pneumática.

Luzes indicadoras
A informação é apresentada através de uma luz indicadora acesa
no grupo de instrumentos.
• As cores VERDE e BRANCA indicam que a informação
não diz respeito a avarias no veículo.

• AMARELO indica que: há uma função activada ou que


existe uma avaria menos importante. Caso se trate de uma
avaria pouco importante, dirija-se à oficina Scania mais
próxima o mais rapidamente possível.

• VERMELHO indica avarias que possam causar danos no


veículo. Pare o veículo o mais depressa possível. Adopte a
medida de correcção descrita ou contacte uma oficina
Scania.

• VERMELHO e um SINAL ACÚSTICO indicam que se


trata de uma avaria do tipo mais grave. Pare
imediatamente o veículo.

O sinal acústico só é emitido com o motor a trabalhar.

261 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Para mais informações sobre luzes indicadoras e
as medidas que pode tomar, consulte a secção
adequada.
800362b5

Acende-se a vermelho

Foi apresentado um aviso vermelho. Permanece acesa mesmo


depois da confirmação do aviso.
800362b6

Acende a amarelo

Foi apresentado um aviso amarelo. Permanece acesa mesmo


depois da confirmação do aviso.

Completo
20091014 262
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a azul

Os máximos estão acesos.


80036430

Acende-se a amarelo

A luz de nevoeiro traseira está


ligada.
80036431

Pisca a vermelho com um sinal


acústico

A pressão dos travões é


8003655c

demasiado baixa, o que


significa que a eficácia de
travagem poderá estar
significativamente
comprometida.

Acende-se a amarelo

Avaria no APS.

263 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a vermelho

O travão de estacionamento
está aplicado.
80036432
Pisca a vermelho com um sinal
acústico

O travão de estacionamento
não é aplicado quando:

desligou a alimentação.

a alimentação está ligada e a


porta está aberta.

Acende-se a vermelho durante a


condução

A pressão no travão de
estacionamento desceu
abaixo de um determinado
nível e este está a começar a
ser aplicado. Pare o veículo o
mais depressa possível.

Completo
20091014 264
Instrumentos de informação sobre o veículo

Luz amarela a piscar

Existe o risco de o veículo

802c41e3
emitir gases de escape em
quantidade excessiva.

Acende-se a amarelo

Existe o risco de o veículo


emitir gases de escape em
quantidade excessiva.

Acende a vermelho com ou sem


sinal acústico

O cinto de segurança do
condutor não está apertado.
80016d98

Acende-se a verde

Retardador activado.
800362bd

265 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

TC Off-Road encontra-se
activado
800362b8
Luz amarela a piscar

TC está a funcionar, quando


o símbolo é apresentado.

Acende-se a amarelo

O bloqueio do diferencial
está engatado.
80036433

Acende-se a amarelo

Repartição de carga activada.


80036434

Acende-se a verde

Detectado veículo à frente.


8046a308

Completo
20091014 266
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

O eixo de apoio do tractor


está elevado.
800362b9

Acende-se a amarelo

O eixo de apoio do atrelado


800362bb

está elevado.

Acende-se a amarelo

Está engatada uma tomada de


força.
800362b7

Acende-se a amarelo

A suspensão do veículo não


está à altura normal.
800362ba

Altura da suspensão 1 ou 2
activada.

Símbolos no visor
A informação é apresentada como um símbolo com texto no
visor. Em alguns casos, é utilizado o mesmo símbolo para opções
diferentes. Leia o texto no visor. São sempre apresentados avisos

267 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

a vermelho e amarelo, juntamente com a luz indicadora da


mesma cor.

A informação visualizada no grupo de instrumentos pode ser de


tipos diferentes:
• BRANCO indica que a informação não está relacionada
com avarias no veículo.

• AMARELO indica que: há uma função activada ou que


existe uma avaria menos importante. Caso se trate de uma
avaria pouco importante, dirija-se à oficina Scania mais
próxima o mais rapidamente possível.

• VERMELHO indica avarias que possam causar danos no


veículo. Pare o veículo o mais depressa possível. Adopte a
medida de correcção descrita ou contacte uma oficina
Scania.

• VERMELHO e um SINAL ACÚSTICO indicam que se


trata de uma avaria do tipo mais grave. Pare
imediatamente o veículo.

Em alguns casos, o símbolo é apresentado a branco e o texto é


apresentado com um fundo colorido. Nestes casos, a cor de
fundo indica o grau de gravidade da avaria.

O sinal acústico só é emitido com o motor a trabalhar.

Completo
20091014 268
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Para mais informações sobre luzes indicadoras e
as medidas que pode tomar, consulte a secção
adequada.
800362b5

Acende-se a vermelho

Foi apresentado um aviso vermelho. Permanece acesa mesmo


depois da confirmação do aviso.
800362b6

Acende-se a amarelo

Foi apresentado um aviso amarelo. Permanece acesa mesmo


depois da confirmação do aviso.

269 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Foram disparados o pré-


80016d97
tensor do cinto e o airbag.

Avaria no sistema.

Acende-se a amarelo

Avaria na caixa de
velocidades.
80016fde

Acende-se a vermelho

Avaria grave na caixa de


velocidades.

Acende a branco

Informações sobre a caixa de


8046a2ee

velocidades.

Completo
20091014 270
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Nível do óleo na caixa de


velocidades com conversor de
8033bfd5
binário baixo.

Acende-se a vermelho

Nível do óleo na caixa de


velocidades com conversor de
binário demasiado baixo.

Acende a branco

Temperatura do óleo no
conversor de binário superior
a 120°C. A temperatura
803006bf

actual é apresentada.

Acende-se a vermelho

Temperatura do óleo no
conversor de binário superior
a 150°C. A temperatura
actual é apresentada.

Acende-se a amarelo

Temperatura do óleo elevada


na caixa de velocidades
801ac34b

271 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Temperatura do óleo elevada

801ac342
no retardador.

Acende-se a amarelo

Avaria do retardador; não


existe travagem com
retardador disponível.
80036b25

Acende-se a amarelo

Avaria no eixo de apoio


direccionável.
80036b24

Acende-se a amarelo

Avaria do ABS do veículo.

Cubo da roda anormalmente


80036560

quente.

Completo
20091014 272
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a vermelho

O travão de estacionamento
está aplicado.
80036432
Pisca a vermelho com um sinal
acústico

O travão de estacionamento
não é aplicado quando:

a alimentação está desligada.

a alimentação está ligada e a


porta está aberta.

Acende-se a vermelho durante a


condução

A pressão no travão de
estacionamento desceu
abaixo de um determinado
nível e este está a começar a
ser engatado.

Acende-se a amarelo

O aviso de desvio da faixa,


LDW, não está a funcionar.
80369ae5

273 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Os calços dos travões estão


gastos.
80036ba4
Avaria no sensor do calço do
travão.

Acende-se a amarelo

Avaria que afecta o sistema de


travagem. O veículo tem total
8003655c

poder de travagem, mas não


tem total funcionalidade
EBS.

Os discos dos travões estão


demasiado gastos.

Avaria no sistema APS.

Consumo de ar elevado.

Acende-se a vermelho

Avaria do EBS do veículo.

Pressão baixa no travão de


estacionamento e no circuito
dos travões do reboque.

Completo
20091014 274
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende a vermelho com um sinal


acústico

80576b05
Tem de travar. A força de
travagem do comando da
velocidade de cruzeiro não é
suficiente.

Acende-se a amarelo

Avaria no sistema de
atenuação da colisão.

Acende a branco quando é


apresentado um aviso de
travagem amarelo ou vermelho.

Pare o veículo e verifique o


8003655b

travão. Ver secção sobre o


EBS.
8003655c

Acende-se a branco.

Indicador do comando da
804b98bb

velocidade em declive. Para


mais informações, consulte a
secção do manual do
motorista.

275 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

O TC permite que as rodas


rodem a velocidades
8003655d
diferentes.

Acende a branco

Funcionalidade ESP
reduzida.
8003655f

Luz amarela acende-se por


breves instantes

O comando ESP está activo.

Luz amarela contínua

Avaria no ESP; total ou


parcialmente desligado.

Completo
20091014 276
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende a branco

Consumo de ar elevado.

80268ff1
Acende-se a amarelo

Consumo de ar excessivo.
Pode também ser uma avaria
do sistema APS. Verifique a
existência de fugas em toda a
combinação do veículo.

Acende-se a amarelo

T Avaria no tacógrafo.

Não existe cartão ou papel no


801176b8

tacógrafo.

277 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende a amarelo no arranque

A embraiagem foi sujeita a


desgaste desnecessário.
8003655a
Acende-se a amarelo durante a
condução

Derrapagem acidental da
embraiagem.

A potência do motor é
temporariamente reduzida
para alguns tipos do motor.

Acende-se a amarelo

Baixo nível de óleo na


embraiagem.
805ab3dd

Acende-se a amarelo

Líquido de arrefecimento
com nível baixo no depósito
de expansão.
80036559

Completo
20091014 278
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a vermelho

A temperatura do fluido de
arrefecimento está demasiado
80036437
elevada.

Acende-se a vermelho

Avaria no circuito de carga.


80036b1f

Acende-se a vermelho

O grupo de instrumentos
perdeu o contacto com as
802c41d8

unidades de controlo com as


quais comunica.

Acende-se a amarelo

VIS Avaria interna no sistema de


8011823c

controlo.

O consumo de corrente
excede um determinado
nível.

Avaria do relé.

Avaria no botão do
interruptor principal da
bateria.

279 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

O coordenador não foi

80036b21
programado.

Acende-se a vermelho

Dados incorrectos ou
inexistência de dados
provenientes de outras
unidades de controlo.

Avaria no coordenador ou
avaria que afecta o
coordenador.

Acende a branco
8046a2a1

Deve ser efectuada uma


inspecção.

Acende a branco

Nível baixo do lava-vidros.


Mantém-se a indicação algum
803cbdab

tempo depois de encher.

Completo
20091014 280
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

A pressão do óleo no motor é


inferior a 1 bar.
80036435
Acende-se a vermelho durante a
condução

Pressão do óleo insuficiente


causará rapidamente danos
no veículo. Pare
imediatamente o veículo,
desligue o motor e verifique o
nível do óleo.

Acende-se a amarelo
8046a293

O nível de óleo do motor é


demasiado elevado ou
demasiado baixo.

Acende-se a vermelho

O nível do óleo do motor é


demasiado baixo.

281 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Luz amarela a piscar

Risco de elevado teor de

802c41e3
poluentes nos gases de escape
emitidos pelo veículo.

Acende-se a amarelo

Risco de elevado teor de


poluentes nos gases de escape
emitidos pelo veículo. Em
alguns casos o rendimento do
motor é reduzido em 40%.

Acende a branco

Motor demasiado quente e


803d71c8

potência do motor limitada.


Se possível, engate uma
velocidade mais baixa para
melhorar o arrefecimento.

Completo
20091014 282
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Avaria no motor.

80036b20
Interruptor principal da
bateria desligado:

menos de 90 segundos após


ter desligado a ignição, num
veículo com um catalisador
SCR.

antes de ter desligado a


alimentação mais de 10 vezes
seguidas.

Acende-se a vermelho

Avaria grave no motor.

Acende-se a amarelo

Avaria nos faróis de máximos


e médios.
803381d7

Acende a amarelo com um sinal


acústico

O manípulo dos faróis de


médios está ligado, mas a
alimentação está desligada.

283 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Luz indicadora e símbolo

Acende-se a amarelo

802c41e3
Risco de elevado teor de
poluentes nos gases de escape
emitidos pelo veículo. Em
alguns casos o rendimento do
802c41e3

motor é reduzido em 40%.

Acende-se a amarelo

O comando da velocidade de
cruzeiro adaptável não está a
funcionar.
8036d83d

Acende a branco com um sinal


acústico

O piloto automático
adaptável foi desligado
automaticamente.

Acende-se a amarelo

O sensor está bloqueado.


8050f347

Completo
20091014 284
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Avaria do ABS do reboque.

80479bb8 Acende-se a amarelo

Não existe ABS no atrelado


80479bb7

engatado no veículo.

Acende a branco

O travão do reboque foi


8046a284

aplicado através do
interruptor.

Acende-se a vermelho

Pressão dos travões baixa no


sistema de travão do atrelado.

Acende-se a amarelo

Avaria no circuito 1 da
direcção. O circuito 2 da
80036b22

direcção é automaticamente
activado.

285 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Avaria no circuito 2 da
direcção.
80036b23

Acende-se a amarelo

Avaria nos circuitos 1 e 2 da


803381d2

direcção; tanto fluxo como


pressão.

Acende-se a amarelo

Kg O eixo de apoio não pode ser


utilizado; pode provocar uma
sobrecarga no eixo motriz.
80036561

Acende-se a amarelo

Avaria no sistema de
80036b26

suspensão pneumática.

Acende-se a amarelo

A repartição de carga não está


disponível porque o
diferencial do eixo duplo não
80036558

está accionado. Apenas em


veículos com tracção em
ambos os eixos do boogie.

Completo
20091014 286
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

Transferência de carga,

8046a2c6
reboque.

Acende-se a amarelo

Avaria na tracção integral.


8013150f

Acende-se a amarelo

O nível do líquido de
arrefecimento no depósito de
expansão é demasiado baixo.
80036559

Acende-se a amarelo

O sistema de corte do motor,


na carroçaria, está activado.
80036438

Acende-se a amarelo

Avaria no imobilizador.
80030c8d

287 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Acende-se a amarelo

O alçapão das ferramentas


está aberto.
8047d548

Acende a branco

Pressão dos pneus baixa.


8046a2b1

Acende-se a amarelo

Pressão dos pneus demasiado


baixa ou demasiada elevada.

Acende-se a amarelo

Nível baixo de AdBlue no


depósito de AdBlue.
802c41de

Acende a branco

A manutenção de travagem
em descidas será lançada em
breve
802c41db

Completo
20091014 288
Instrumentos de informação sobre o veículo

Luz indicadora e símbolo

Acende-se a amarelo

802c41e3
O risco de o nível de agentes
contaminantes nos gases de
escape emitidos pelo veículo
será demasiado elevado, nível
de AdBlue no depósito
802c41de

AdBlue demasiado baixo.

Informações do tacógrafo no visor


O visor pode ser utilizado para apresentar informação actualizada
do tacógrafo. Utilize o botão INFO - prima para cima e percorra
no menu a informação do computador de bordo, informação de
funcionamento e informação do tacógrafo digital.

1 2 3

1
1. Cartão do condutor no tacógrafo
05:00 h 2. Actividade em progresso

00:15 h 3. Tempo utilizado para actividade


em progresso
06:00 h 4. Tempo acumulado de descanso
804eda43

5 4 5. Tempo total de trabalho hoje

289 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

A informação apresentada varia consoante o tipo de tacógrafo


existente no veículo.

Símbolos da superestrutura
O ecrã apresenta símbolos e texto para fornecer informação
sobre a superestrutura do veículo. A informação apresentada
depende da superestrutura que o veículo tem.
Existem 3 níveis diferentes de informação.
• Alarme, VERMELHO: Indica uma avaria grave e risco de
danos graves no veículo e ferimentos pessoais. Existe algo
no veículo com defeito ou em posição incorrecta. Pare o
veículo imediatamente e rectifique a avaria, conforme
indicado no Manual do Condutor ou na informação do
fabricante da carroçaria. Contacte uma oficina Scania, se
não conseguir rectificar o problema.

• Aviso, AMARELO: Significa que existe algo no veículo


que se encontra numa posição incorrecta ou
problemática. Pode ainda indicar uma avaria e potenciais
danos no veículo.

• Estado actual, BRANCO: Indica que existe uma função


activa e a funcionar conforme previsto.

Completo
20091014 290
Instrumentos de informação sobre o veículo

Vermelho - aviso

Dispositivo de reboque
desbloqueado
804e96d8

Superestrutura desbloqueada
804e96d4

Quinta-roda desbloqueada
804e96e4

Grua alargada
804e96e8

Perna de apoio
desbloqueadas
804e96ec

A plataforma não está na


posição normal.
804088aa

291 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Amarelo - aviso

Aviso de superestrutura

804e9706

Carroçaria basculante do
camião levantada
804e970a

Carroçaria basculante do
atrelado levantada
804e972c

Protecção inferior levantada


804e9730

Protecção inferior rebaixada


804e9734

Extensor do painel traseiro


do camião aberto
804e973c

Extensor do painel traseiro


do atrelado aberto
804e9741

Completo
20091014 292
Instrumentos de informação sobre o veículo

Carroçaria de caixa fechada


aberta/desbloqueda

804e9745
Carroçaria de caixa fechada
levantada
804e9749

Sobrecarga
804e974d

Ângulo máximo do atrelado


804e9752

Erro do sensor, chapa de


apoio de pés
804e9756

Carroçaria desmontável
desbloqueada
804e975a

293 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Branco - estado

Rolamento de accionamento
do eixo duplo activo
804e9798

Escavadora flutuante
804e979c

Extensor do painel traseiro


para areia activo
804e97a1

Extensor do painel traseiro


para areia activo
804e97ac

Dispositivo de reboque
804e980e

bloqueado

Plataforma bloqueada
804e9866

Superestrutura bloqueada
804e98b0

Completo
20091014 294
Instrumentos de informação sobre o veículo

Quinta-roda bloqueada

804e98fe
804e9938 Gancho activo

Na parte inferior esquerda do grupo de instrumentos, existem


símbolos para indicar, se o equipamento da superestrutura está
activo.

O símbolo tem três


significados diferentes:
804e9e71

Limitação da velocidade do
veículo

Limitação do regime do
motor

Limitação do binário do
motor

Equipamento externo em
funcionamento
804e9ec3

295 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Indicação da temperatura na zona de carga


Consoante o nível de equipamento, alguns veículos possuem
sensores de temperatura na carroçaria. É possível ver no ecrã do
grupo de instrumentos a temperatura da caixa de carga com
sistema de arrefecimento. Para ver essa informação usa-se o
botão INFO e percorre-se o menu de informações do veículo.

Use o botão INFO para percorrer o menu de


805f885e

informações do veículo.

Pode ser indicada a temperatura das caixas de camiões e/ou


reboque com um ou dois sensores por caixa. A temperatura é
indicada em graus Celsius ou Fahrenheit.
A imagem seguinte mostra um exemplo do aspecto que o ecrã
pode assumir.

Os números entre parêntesis


correspondem à temperatura
definida para a unidade de
refrigeração. Os números ao
centro indicam a temperatura
real. Os números dentro de
círculos correspondem aos vários
805f899d

sensores.

Completo
20091014 296
Instrumentos de informação sobre o veículo

Verificar o nível do óleo do motor


O nível do óleo do motor só é apresentado correctamente, se
todo o óleo estiver no cárter do óleo. É, por isso, melhor ler o
nível de óleo no visor, antes de iniciar a marcha.

NOTA:Nota:
Para apresentar o nível do óleo correctamente, o
veículo deverá estar numa superfície nivelada.
O símbolo de aviso de nível elevado ou reduzido
acende apenas durante o arranque e não durante
a condução.
Se existir uma avaria no sensor de nível do óleo,
aparece uma mensagem de avaria, Sensor
avariado, no visor.

Visualizar o nível de óleo no visor:


• Rode a chave de ignição para a posição de condução.
• Prima o botão INFO para seleccionar o menu Definições
e a verificação do Arranque.

• O nível do óleo é indicado sob a forma de uma barra


horizontal.

O nível do óleo actual é apresentado no visor depois de ter sido


ligada a corrente até o veículo atingir, no máximo, 10 km/h.

297 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Visualizar o nível do óleo com o motor


apenas desligado.
Se o motor esteve a trabalhar, o óleo precisa de algum tempo para
drenar para o cárter, antes de poder ser indicado um novo valor
no visor. O tempo de espera é apresentado no visor com a
mensagem "Aguardar". O tempo de espera depende da
temperatura do motor, quando foi desligado. Se o tempo de
espera for superior a 12 minutos, o visor indica "Aguardar > 12
min". Em alguns casos, pode demorar várias horas. Depende, por
exemplo, se o arranque do motor foi efectuado a frio, se o motor
trabalhou por pouco tempo e não atingiu a temperatura normal
de funcionamento.

Apresentar o nível do óleo com o motor a


trabalhar
Não é possível ler o nível do óleo, se tiver conduzido o veículo
mais depressa do que 10 km/h e permaneceu parado com o
motor a trabalhar. Se tentar obter uma leitura, é apresentada a
mensagem "Sem leitura disponível". Desligue o motor e espere
até o óleo ter drenado para o cárter.

Completo
20091014 298
Instrumentos de informação sobre o veículo

Verificar o óleo da caixa de


velocidades

Apresentar a temperatura do óleo da caixa


de velocidades
1. Prima o botão Info para apresentar os dados
instantâneos no visor.

2. Prima o botão INFO até a temperatura do óleo da caixa


de velocidades ser apresentada.

A temperatura normal de funcionamento da caixa de velocidades


é de 60-104 °C.

Apresentar a temperatura do óleo da caixa


de velocidades
Condições para indicar correctamente o nível do óleo:
• O veículo tem de estar em piso nivelado.
• O selector do modo de condução tem de estar na posição
N.

299 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
O nível do óleo só é indicado, quando o veículo
está completamente imóvel e a caixa de
velocidades atingiu a sua temperatura normal de
funcionamento.

1. Ligue o motor e deixe-o trabalhar ao ralenti.

2. Prima o botão INFO para apresentar as Definições no


visor.

3. Seleccione a opção de Verificação do arranque no menu.

4. Prima o botão INFO até a temperatura do óleo da caixa


de velocidades ser apresentada. Se o nível do óleo estiver
normal, aparece a indicação Nível do óleo OK.

5. Se o texto apresentado for Nível do óleo da caixa de


velocidades: temp. baixa, aqueça a caixa de velocidades
até à temperatura normal de funcionamento. Para mais
informações, consulte a secção Verificar a temperatura
do óleo.

Completo
20091014 300
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Se o texto apresentado for "Nível do óleo da
caixa de velocidades: nível baixo" ou "Nível do
óleo caixa de velocidades: nível elevado", por
favor contacte a sua oficina Scania.

IVD

IVD
É apresentada informação acerca dos sistemas do veículo em
IVD, In Vehicle Diagnostics,. Pode ler os códigos de avaria e
eliminar os códigos antigos. Os dados internos do veículo
relativos à hora, que são definidos em produção, são sempre
utilizados na função IVD. Não é possível alterar os dados
relativos à hora, ainda que não corresponda à hora local.
Pode aceder ao IVD, através do menu Definições, quando o
veículo estiver parado.
1. Prima o botão INFO para seleccionar Definições.

2. Seleccione Dados do veículo e, em seguida, Diagnos


IVD. Pode escolher entre diferentes submenus.

• Sistemas. Deve seleccionar o sistema que gostaria de


pesquisar aqui. Em seguida, tem duas opções: 1. Ler os
códigos de avaria. 2. Ler informação da ECU. A secção
que se segue contém mais informação.

301 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Limpar códigos de avaria. Aqui, pode escolher entre


"Apagar códigos de avaria" e "Repor códigos de avaria". É
possível esconder os códigos de avaria gerados até ao
momento. Apenas a oficina pode apagar os códigos de
avaria.

• Autoteste O teste verifica se as luzes indicadoras e outra


informação surgem correctamente no grupo de
instrumentos. Durante o teste, os ponteiros dos
indicadores movem-se, o visor apresenta vários padrões e
o aviso acústico soa durante alguns segundos.

Ler os códigos de avaria.

Apenas é possível ler códigos de avaria quando o veículo está


parado.
Seleccione o menu Definições e percorra até Dados do veículo.
Seleccione o sistema acerca da qual quer ver códigos de avaria.
Será apresentada uma das seguintes mensagens:
1. No DTCs, Diagnostic Trouble Code surge caso não
tenham sido gerados códigos de avaria relativos ao
sistema que seleccionou.

2. Se forem criados até 24 códigos de avaria, estes serão


apresentados por ordem cronológica, caso contrário,
serão apresentados sem ordem específica. Se forem
criados mais do que 80 códigos de avaria para o mesmo
sistema, é apresentada a indicaçãoTO MANY DTCs..

Completo
20091014 302
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
É necessário ligar os sistemas seguintes, para
visualizar os seus códigos de avaria: ATA, WTA,
AUS e CTS.

1 2 3

768 2

2007-10-17

07.53
8047ce77

Códigos de avaria

1. Um símbolo, uma esfera, indica que o código de avaria


estava activo quando foi identificado a partir da unidade
de controlo. Geralmente, isto significa que a causa da
avaria ainda está presente.

2. Número do código de avaria.

3. O número de vezes que ocorreu uma avaria com o


número de código de avaria especificado.

Por vezes, não consegue ver quantas vezes a avaria ocorreu. Não
consegue ver o número, se:
• Tiverem sido escondidos códigos de avaria antigos

303 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

• Se tiverem sido gerados 25 a 80 códigos de avaria.


Ler informação da ECU

A informação da ECU é composta por mensagens dos sistemas


electrónicos de controlo do veículo. No menu Ler informação da
ECU, pode visualizar:
• Referência do sistema que gerou o código de avaria.
• Nome do sistema de controlo que gerou o código de
avaria.

Para ter mais informação acerca dos códigos de avaria e o que


fazer, contacte uma oficina Scania.

Sistemas electrónicos de controlo


Os sistemas seguintes podem gerar códigos de avaria e são
suportados pela função IVD:

Abreviatura Sistema

ACC Sistema automático de


comando da climatização

ACS Sistema de controlo de


articulação para autocarro
articulado

Completo
20091014 304
Instrumentos de informação sobre o veículo

Abreviatura Sistema

APS Sistema de processamento de


ar (abastecimento de ar
comprimido)

ATA Aquecedor auxiliar, ar a ar

AUS Sistema áudio

AWD Tracção integral

BCS Sistema do chassis do


autocarro

BMS Sistema de controlo dos


travões

BWS Sistema de carroçaria

COO Coordenador

CSS Sistema de segurança em caso


de impacto

CTS Sistema de relógio e


temporizador

DIS Sistema de radar para AICC


(sensor de distância)

EMS Sistema de controlo do motor

305 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Abreviatura Sistema

GMS Sistema de controlo da caixa


de velocidades

ICL Grupo de instrumentos

LAS Sistema de fecho e alarme

LDW Aviso de desvio da faixa

RET Retardador

RTI Fleet Management System

RTC C 200

SMS Sistema de controlo da


suspensão

SMA Sistema de gestão da


suspensão em autocarros
articulados

TCO Tacógrafo

TPM Monitorização da pressão dos


pneus

VIS Sistema de visibilidade

WTA Aquecedor auxiliar, água a ar

Completo
20091014 306
Instrumentos de informação sobre o veículo

Monitorização da pressão dos pneus


IMPORTANTE!
A monitorização da pressão dos pneus não
substitui as verificações diárias. A verificação
manual dos pneus deve ser efectuada diariamente,
mesmo nos veículos com monitorização da
pressão dos pneus.

TPM, Tyre Pressure Monitoring, monitoriza a pressão de cada


pneu e apresenta a informação no grupo de instrumentos. TPM
só pode monitorizar a pressão dos pneus. Não pode alterar a
pressão actual nos pneus.

IMPORTANTE!
Os avisos são apresentados com base na pressão de
referência que foi definida. Pode alterar a pressão
de referência para cada eixo e ajustar os valores à
utilização do veículo.
8046a2b1

Aviso de pressão dos pneus incorrecta.

• É apresentado um aviso branco, quando a pressão de ar


no pneu é tão inferior à de referência, que o desgaste do
pneu e a economia de combustível são afectados.

307 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

• É apresentado um aviso amarelo, se existir uma pressão de


ar demasiado baixa no pneu, quando é significativamente
mais baixa do que a pressão de referência. Para reduzir o
risco de um furo, deve aumentar a pressão de ar.

• É apresentado um aviso amarelo, quando a pressão de ar


no pneu é significativamente superior à pressão de
referência.

• É também apresentado um aviso amarelo, se existir fuga


de ar dos pneus durante um longo período.

Os pneus afectados pelo aviso são indicados quando o valor que


apresenta a pressão de ar começa a piscar.
805254e5

Pneu com pressão incorrecta, números piscam.

IMPORTANTE!
Os sensores de pressão estão instalados nas jantes
e a unidade de controlo que se encontra no chassis
não deve ser coberto de tinta. A tinta pode
influenciar a comunicação sem fios.

Completo
20091014 308
Instrumentos de informação sobre o veículo

Visualizar pressão dos pneus


Utilize o botão INFO para navegar no menu de visualização.
1. Seleccione a informação do veículo, premindo a seta
esquerda no menu principal.

2. Percorra a pressão do pneu com a seta para baixo.

A pressão é apresentada para


805254f3

todos os pneus no veículo.

-.- É apresentada uma linha: O sensor de pressão dos


pneus enviou previamente um sinal, mas não existe
-.-
805254f7

contacto neste momento.

Em branco: O sensor de pressão dos pneus não envia


um sinal, desde a última ligação à alimentação com o
80525500

interruptor principal da bateria.

Quando o veículo está parado, é possível que os sinais de alguns


pneus não alcancem a unidade de controlo. A comunicação
funciona melhor quando o veículo está em andamento e as rodas
estão a rodar. Se o interruptor principal da bateria tiver sido
desligado ou se a corrente tiver sido desligada por qualquer outra

309 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

razão, pode demorar até 20 minutos para que todas as pressões


dos pneus voltem a ser apresentadas.

Visualizar pressões dos pneus do atrelado


Se o atrelado estiver equipado com TPM, pode visualizar a
pressão dos pneus do atrelado. Visualize as pressões dos pneus do
tractor da mesma forma.

Apresentar pressões dos pneus


80525504

do atrelado

Definir pressão de referência


Introduza a pressão de referência para os pares de rodas em cada
eixo. Só é possível alterar a definição com o veículo parado.
Consulte a secção sobre as pressões dos pneus para obter
informação acerca das pressões recomendadas.
Utilize o botão INFO para navegar no menu.
1. Seleccione Definições, no menu de ferramentas,
premindo a seta para baixo.

2. Percorra as definições do veículo e prima na seta para a


direita.

Completo
20091014 310
Instrumentos de informação sobre o veículo

3. Seleccione TPM, pressão de referência, e prima a seta


para a direita.

4. A pressão de referência pode agora ser definida. Prima a


seta para cima para aumentar ou a seta para baixo para
diminuir o valor.

• A definição começa com o eixo dianteiro.


• Prima a seta para a direita para definir o valor para os
pneus no próximo eixo.

• O valor definido é guardado, quando muda para o


próximo eixo ou sai.

5. Saia, premindo na seta para esquerda. A definição é


também concluída, quando tiver alterado ou verificado o
valor de todos os eixos.

Depois de alterar a pressão de referência, pode demorar 5-10


segundos, antes de surgir um novo valor.

Tacógrafo
O tacógrafo regista a velocidade, distância percorrida e tempo de
condução.

311 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Se o veículo estiver equipado com um interruptor
principal da bateria, o fusível para o alarme e o
tacógrafo não se encontra na unidade electrónica
central, mas sim na caixa da bateria.

Completo
20091014 312
Instrumentos de informação sobre o veículo

7 6 5

800128b9
1 2 8 9 10 11 12 13 3 4

1. Botão para abrir a gaveta. 7. Data


2. Botão para seleccionar um dos 8. Grupo de tempos para o Condutor
grupos de tempos para o Condutor 1.
1. 9. Está inserido o disco para o
3. Botão para seleccionar um dos Condutor 1.
grupos de tempos para o Condutor 10.Conta-quilómetros
2.
11.Símbolo de avaria
4. Botão para acertar o relógio e
12.Está inserido o disco para o
visualizar códigos de avaria.
Condutor 2.
5. Botão para acertar o relógio e
13.Grupo de tempos para o Condutor
percorrer os códigos de avaria.
2.
6. Relógio

Deve ser usado o mesmo tipo de discos dos tacógrafos analógicos


convencionais. O tacógrafo tem espaço para dois discos, um para
o condutor 1 e outro para o condutor 2.

313 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Não desligue a alimentação enquanto o processo
para abertura da tampa do disco estiver em
evolução. A abertura activada da tampa é indicada
através de um símbolo de processo no visor. Se a
alimentação for desligada, a tampa não vai
trancar correctamente quando voltar a ser
fechada.

Se, ainda assim, a alimentação for desligada, faça o seguinte:


1. Volte a ligar a alimentação e espere até o tacógrafo
terminar o processo de abertura da tampa (o visor voltou
à sua definição nomral).

2. Pressione a tampa para que ela boloqueie na posição


fechada.

3. Desligue a fonte de alimentação outra vez.

O tacógrafo encontra-se na consola do tejadilho.

Grupos de tempos
802937ec

Completo
20091014 314
Instrumentos de informação sobre o veículo

Com o botão nesta posição, é registado o tempo de condução


total. O tacógrafo passa automaticamente para o tempo de
condução quando o veículo se põe em andamento.
802937eb

Com o botão nesta posição, é registado o tempo de trabalho


passivo, tal como cargas, descargas, tempo de espera, etc.
802937ea

Com o botão nesta posição, são registadas as pausas e períodos de


descanso.
802937e9

Com o botão nesta posição, é registado o restante tempo de


trabalho. Este grupo de tempos é usado apenas em alguns países.

Acertar o relógio
Só é possível acertar o relógio com o veículo parado.
1. Prima M.

315 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

2. Prima o sinal de mais ou menos. Os dígitos dos minutos


começam a piscar e pode então acertar os minutos.

3. Acerte a hora premindo M. A data muda


automaticamente depois das 24:00.

4. Confirme premindo M durante mais de 2 segundos. O


menu principal aparece de novo.

NOTA:Nota:
A definição da hora para o suporte do disco é
automaticamente actualizada se a gaveta estiver
vazia. Se tiver acertado o relógio com o disco
inserido, pode retirá-lo e fechar a gaveta. A hora
é, então, actualizada automaticamente e pode
voltar a colocar o disco.

Mensagens de avaria
Este símbolo é apresentado no grupo de instrumentos quando
existe uma falha no tacógrafo.

T
801176b8

Completo
20091014 316
Instrumentos de informação sobre o veículo

As mensagens de avaria são automaticamente apresentadas no


mostrador do tacógrafo. Os códigos de avaria aparecem quando
se prime o botão M duas vezes:

Mensagem de avaria Código Acção


de
avaria

9053 Retirar os
discos e fechar
80012b52

a gaveta.
Depois voltar a
colocar os
discos.

9064 Confirmar se
os discos
80012b53

ficaram bem
colocados e se
não estão
danificados.

9060 Abrir e fechar a


gaveta uma vez.

A050 Parar o veículo


e inserir um
80012b54

disco para o
Condutor 1.

317 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Mensagem de avaria Código Acção


de
avaria

9051 Inserir os
discos. 9051

80012b55
9052 aplica-se ao
Condutor 1 e
9052 ao
Condutor 2.

Tacógrafo digital
O tacógrafo cumpre as directivas da UE. Indica e guarda
informações sobre a forma como o veículo foi conduzido e sobre
a maneira como foi despendido o tempo de trabalho do
motorista. Possui um relógio interno que regista as horas em
UTC, Universal Time Coordinated, que corresponde à hora
GMT.
O tacógrafo armazena a seguinte informação:
• as actividades do motorista
• eventos e mensagens de avaria
• velocidade durante as últimas 24 horas de condução
• distância percorrida.

Completo
20091014 318
Instrumentos de informação sobre o veículo

O tacógrafo possui uma memória que guarda dados


correspondentes a cerca de 1 ano de condução. A capacidade
máxima da memória é atingida mais rapidamente se a condução
gerar muitos eventos que são registados na memória.
O tacógrafo é verificado quando é instalado e sempre que é
calibrado. O tacógrafo pode ser verificado por um agente da
autoridade quando conduzir em estradas públicas.

Manual completo

Este manual é um resumo do manual completo do fabricante. A


pasta do Manual do Condutor contém um guia rápido do
fabricante impresso e o manual completo em CD.
Este manual completo pode também ser descarregado em
www.stoneridgeelectronics.info

319 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

8059a083
1. Ecrã. 8. Abra o suporte do cartão do
2. Impressora. primeiro motorista; prima 3
segundos. Alterar actividade -
3. Ranhura para o cartão do tacógrafo
pressão curta.
do primeiro motorista.
9. Abra o suporte do cartão do
4. Cancelar: um processo, retroceder
segundo motorista; prima 3
um passo, voltar ao menu anterior.
segundos. Alterar actividade -
5. Seta para cima. pressão curta.
6. Seta para baixo. 10.Ranhura para o cartão do tacógrafo
7. OK, confirmar conhecimento de do segundo motorista.
avisos.

Árvore de menus
Os menus são divididos por assunto e função. Use as teclas das
setas (5, 6) para percorrer, o botão OK (7) para seleccionar ou
confirmar e cancelar (4) para retroceder um passo na árvore de

Completo
20091014 320
Instrumentos de informação sobre o veículo

menus. A imagem mostra os menus principais e as selecções que


pode fazer em cada submenu, na árvore de menus.

805a6745

Árvore de menus do tacógrafo.

As diferentes vistas do ecrã


Quando o veículo está em movimento, a vista padrão do
tacógrafo é visualizada no ecrã. Proporciona informações sobre a
actividade, as pausas e a hora.

321 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Vista padrão do ecrã durante a

8059c29d
condução.

Vista padrão do ecrã:


1. A actividade actual do primeiro motorista e o tempo que
demorou.

2. Tempo total de pausa no último período de condução.

3. A actividade actual do segundo motorista e o tempo que


demorou.

4. Hora actual.

O ecrã pode ter as seguintes vistas durante a condução. Use as


setas para cima e para baixo para alternar entre as vistas.
1. Vista padrão: actividade, pausa e hora.

2. Informações gerais sobre as actividades do primeiro


motorista.

3. Informações gerais sobre as actividades do segundo


motorista.

4. Hora local, hora UTC, data e ano.

Completo
20091014 322
Instrumentos de informação sobre o veículo

5. Velocidade, distância e informações sobre o cartão


inserido.

Cartão de motorista

NOTA:Nota:
Apenas pode introduzir e retirar o cartão com o
veículo parado.

O cartão de motorista é um cartão de plástico com um microship


que armazena informação acerca do trabalho do motorista. O
cartão tem uma memória que guarda dados de cerca de 28 dias de
condução.
No cartão de motorista é armazenado o seguinte:
• veículos conduzidos
• horas de introdução e remoção
• estado do motorista
• actividades
• local onde começa e termina a condução
• leitura do conta-quilómetros
• eventos e mensagens de avaria
• identificação e dados da inspecção.

323 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Manuseie o cartão com cuidado. Evite dobrá-lo e mantenha-o


limpo. Se necessário, limpe o cartão com um pano macio limpo.
Antes de iniciar a viagem, introduza o cartão no suporte para
cartões esquerdo no tacógrafo. Introduza o cartão com o chip
virado para cima. Caso tenha efectuado qualquer outra tarefa
durante os turnos de trabalho após a sua última viagem, deverá
introduzir essa informação manualmente. Introduza também a
informação relativa à viagem que vai iniciar. Quando sair o
veículo, deve levar consigo o cartão de motorista, mesmo durante
visitas à oficina. O cartão de motorista é um documento de valor.
Leia o manual do fabricante ou o guia rápido para obter
informações detalhadas.

Alterar manualmente a actividade

As actividades são: condução, disponível, outro trabalho e pausa.


O tacógrafo muda automaticamente para a actividade de
condução quando o veículo se começa a deslocar. Quando o
veículo pára, a actividade é automaticamente alterada para Outro
trabalho. Apenas é possível alterar a actividade quando o veículo
está parado.
Proceda como se segue para alterar a actividade:
1. Prima 1 ou 2 junto aos suportes dos cartões (8,9) quando
pretender alterar a actividade.

2. O símbolo da nova actividade é mostrado no visor.

Completo
20091014 324
Instrumentos de informação sobre o veículo

Durante a viagem, as suas actividades são automaticamente


armazenadas no cartão. Quando terminar a viagem, introduza a
respectiva informação no tacógrafo antes de retirar o cartão.
Para obter informações detalhadas acerca da definição do
tacógrafo para diferentes situações, consulte o manual do
fabricante.

Indicar o país durante um turno de trabalho


O tacógrafo pergunta sempre em que país está quando começa
ou termina um turno de trabalho. A pergunta surge quando retira
ou introduz o cartão.
Em determinadas condições, pode precisar de alterar os países
durante um turno de trabalho sem retirar ou introduzir o cartão.
Efectue os seguintes procedimentos para alterar os países
durante um turno de trabalho:
1. Prima OK (7).

2. Prima a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar os


locais.

3. Prima OK (7).

4. Prima a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar os


países de início e fim.

325 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Aspecto da visualização quando

8059c342
um país é alterado.

5. Prima a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar um


país.

6. Prima OK (7) para guardar.

7. Prima cancelar (4) para retroceder.

Se escolher Espanha, terá de escolher também a região.

Conduzir fora da área de registo


Quando conduzir fora da área abrangida pelo registo no
tacógrafo, esta indicação tem de ser introduzida antes de iniciar
a condução.
Para indicar OUT terá de abrir o menu dos locais e seleccionar
OUT.

O símbolo OUT é apresentado no canto inferior direito


801ecf17

do visor.

Quando voltar a conduzir dentro da área de registo, esta


indicação tem de ser introduzida manualmente no tacógrafo. Isto
faz-se no menu dos locais. O tacógrafo cancela OUT se
introduzir ou retirar o cartão de motorista.

Completo
20091014 326
Instrumentos de informação sobre o veículo

Modo de transporte por ferry-boat/comboio


Para transportar o veículo por ferry-boat ou comboio, é
necessário activar o modo de transporte por ferry-boat/comboio.
Mude a actividade corrente para descanso. O tacógrafo guarda o
modo de transporte por ferry-boat/comboio como marca
temporal indicando a hora a que o modo de transporte por ferry-
boat/comboio foi activado. O modo de transporte por ferry-
boat/comboio não é uma actividade como a condução ou o
descanso.
O modo de transporte por ferry-boat/comboio é desactivado
quando o veículo volta a entrar em andamento.

O símbolo do modo de transporte por ferry-


boat/comboio é apresentado como actividade do lado
801ecf18

esquerdo do visor.

Efectue os seguintes procedimentos para activar o modo de


transporte por ferry-boat/comboio no tacógrafo:
1. Na visualização normal, prima OK.

2. Prima a seta para baixo (5) até o local ser visualizado no


menu.

3. Prima OK.

4. Prima a seta para baixo até o modo de transporte por


ferry-boat/comboio surgir no visor.

327 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

5. Prima OK. Agora o símbolo do modo de transporte por


ferry-boat/comboio é apresentado do lado esquerdo do
visor.

6. Prima Cancelar (4) 2 vezes para voltar ao menu


principal.

Segundo motorista
Se a condução do veículo for partilhada por dois condutores,
cada um introduz o seu cartão no tacógrafo. A pessoa que
conduz, o primeiro motorista, introduz o seu cartão no suporte
de cartão esquerdo. Se houver uma troca de condutor os cartões
terão de ser trocados. Quando o veículo inicia o movimento, o
tempo é automaticamente registado como a actividade
Disponível para o segundo condutor. O tempo para o segundo
condutor é também registado como Disponível quando o veículo
está parado, caso não seja introduzida qualquer outra actividade.
Para alterar a actividade para o segundo motorista, prima o botão
2 (9).

Avisos e mensagens de avaria


O tacógrafo regista e guarda todos os eventos e avarias sob a
forma de mensagens de avaria. Estas são apresentadas no visor.
Visualize e confirme os avisos da seguinte forma:
1. Prima OK (7) para aceitar o aviso.

Completo
20091014 328
Instrumentos de informação sobre o veículo

2. Prima OK novamente para apagar a informação do


visor.

Os avisos relevantes que tenha confirmado e apagado voltam a


ser visualizados na próxima vez que ligar a ignição.
Tome nota de todas as mensagens de aviso, descubra as causas e
proceda conforme recomendado pelo fornecedor. Para mais
informações, consulte o manual completo do fabricante.

Imprimir
A informação que é gravada no tacógrafo e no cartão pode
imprimir-se ou ver-se no visor.
Proceda como se segue para imprimir:
1. Comece pela visualização normal e prima OK (7). Surge
o menu de impressão.

2. Prima OK (7).

3. Prima a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar


Imprimir.

4. Seleccione a data com a seta para cima ou para baixo


(5,6). Pode seleccionar uma data que é gravada no cartão
do motorista.

5. Prima OK.

329 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

6. Use a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar se


pretende imprimir a informação ou visualizá-la no visor.

7. Prima OK (7).

8. Para cancelar e regressar à opção do menu anterior


prima o botão Cancelar. (4).

O manual do fabricante contém uma explicação acerca da forma


correcta de interpretar a impressão. Para cancelar uma impressão
em curso, prima o Cancelar (4) até ser visualizada uma mensagem
de aviso.
Existem 12 opções de impressão diferentes à escolha:
1. Cartão 24h: Actividades do condutor durante o dia
gravadas no cartão.

2. Veículo 24h: Actividades do condutor durante o dia


gravadas no tacógrafo.

3. Cartão eventos.

4. Eventos do veículo.

5. Dados técnicos.

6. Limite de velocidade excedido.

7. Actividades introduzidas manualmente.

8. Velocidade do veículo.

Completo
20091014 330
Instrumentos de informação sobre o veículo

9. Regime do motor.

10. Evento (D1/D2).

11. 24 horas hora local.

12. 24 horas hora local do veículo.

Alterar definições
É possível criar definições no tacógrafo quanto ao idioma, hora
local, hora UTC , inverter a iluminação do visor e efectuar testes
internos no tacógrafo.
Podem criar-se mais definições quando existem diferentes tipos
de cartão no tacógrafo. Para mais informações, consulte o
manual do fabricante.

Alterar definições diferentes


Estes são alguns exemplos de como pode alterar definições.
Começa-se sempre da mesma forma, independentemente do que
se pretende alterar.

Alterar idioma

O seu cartão de motorista contém informação acerca do idioma


em que o cartão foi emitido. O tacógrafo é automaticamente
definido para o idioma que o cartão de motorista indica. Se
mudar o idioma como a seguir se indica, o tacógrafo irá

331 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

seleccionar o novo idioma da próxima vez que introduzir o seu


cartão de motorista.
Proceda como se segue para alterar o idioma:
1. Comece pela visualização normal e prima OK (7).

2. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver as


definições.

3. Prima OK (7).

4. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver o


idioma.

5. Prima OK (7).

6. Use a seta para cima/baixo (5,6) para seleccionar um


novo idioma.

7. Prima OK (7) até o visor indicar que as alterações foram


guardadas.

8. Prima Cancelar (4) 2 vezes para voltar ao menu


principal.

Alterar UTC-tid

O tacógrafo usa Universal Time Coordinated interno; UTC.


UTC não é afectado por acertos da hora de Verão ou de Inverno.
Proceda como se segue para alterar a hora UTC :
1. Comece pela visualização normal e prima OK (7).

Completo
20091014 332
Instrumentos de informação sobre o veículo

2. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver as


definições.

3. Prima OK (7).

4. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver UTC.

5. Prima OK (7).

6. Prima OK (7) para deslocar a selecção para a área que


pretende alterar.

7. Prima a seta para cima/baixo (5,6) para proceder a


alguma alteração.

8. Prima OK (7) até o visor indicar que as alterações foram


guardadas.

9. Prima Cancelar (4) 2 vezes para voltar ao menu


principal.

NOTA:Nota:
Pode apenas acertar o UTC +/- 1
minuto/semana.

Alterar hora local

Pode visualizar a hora local no tacógrafo. A partir do UTC pode


acertar a hora local num máximo de +/-12 horas em intervalos de
30 minutos.

333 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. Comece pela visualização normal e prima OK (7).

2. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver o


menu de definições.

3. Prima OK (7).

4. Prima a seta para cima ou para baixo (5,6) até ver a hora
local.

5. Prima OK (7).

6. Prima a seta para cima/para baixo (5,6) para acertar a


hora indicada.

7. Prima OK (7).

8. Prima Cancelar (4) 2 vezes para cancelar e voltar à


selecção do menu anterior.

Manutenção
Feche todos os suportes e tampas sempre que não seja necessário
estarem abertas. A superfície exterior pode ser limpa com uma
solução de sabão suave. Evite o detergente pois pode danificar o
plástico.

NOTA:Nota:
Não exerça pressão sobre os suportes dos cartões
quando estiverem puxados para fora.

Completo
20091014 334
Instrumentos de informação sobre o veículo

Símbolos no visor do tacógrafo

Pessoas Significado

801ecf01 Empresa

Inspector
801ecf02

Motorista
801ecf09

Oficina/Inspecção
801ecf04

Fabricante
805b580f

Actividades Significado

Disponível
801ecf08

Condução
801ecf09

Período de descanso
801ecf0a

335 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Actividades Significado

Outro trabalho

801ecf14
801ecf15
Tempo de pausa guardado

Outros
801ecf16

Equipamento Significado

Primeiro motorista

1
801ecf33

Segundo motorista

2
801ecf39

Cartão do tacógrafo
801ecf3a

Visor
801ecf3b

Completo
20091014 336
Instrumentos de informação sobre o veículo

Equipamento Significado

Alimentação de corrente

801ecf3c

País onde se encontra


801ecf1c

Repositório externo ou dados


descarregados
801ecf3e

Impressora/imprimir
801ecf3f

Sensor
801ecf40

Veículo
801ecf41

Tamanho dos pneus


801ecf42

Papel
801ecf2c

337 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Circunstâncias especiais Significado

Transporte por ferry-


boat/comboio
801ecf18

Fora da área de registo


801ecf17

Hora Significado

Um dia

24 h
801ecf4a

Uma semana
801ecf4d

Duas semanas
801ecf4c

De ou para
801ed73d

Completo
20091014 338
Instrumentos de informação sobre o veículo

Outros Significado

Temperatura elevada ou
baixa
801ecf25

Temperatura baixa
801ecf24

Temperatura elevada
801ecf23

Suporte de cartão aberto


801ecf22

Saída do cartão
801ecf21

Hora
801ecf3d

Bloqueado
801ecf29

Total
801ecf28

Velocidade
801ecf27

339 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Outros Significado

Introdução de dados manual

801ecf26

Não activado
801ecf32

Confirmar
801ecf31

Ocupado
801ecf2f

Valores
805b5819

Protecção
801ecf1d

Fim do turno de trabalho


801ecf1b

Início do turno de trabalho


801ecf1a

Situação
801ecf19

Completo
20091014 340
Instrumentos de informação sobre o veículo

Consulte a documentação completa do fornecedor para obter


informação acerca das mensagens de avaria e outros símbolos.

Tacógrafo ADR
A versão ADR está aprovada para veículos de transporte de
materiais perigosos. Estes tacógrafos estão marcados com o
símbolo seguinte: 801dab73

A diferença entre o tacógrafo ADR e o tacógrafo normal reside


no facto de a alimentação ter de estar ligada se pretender:
• introduzir e retirar um cartão do motorista
• criar uma impressão.

Registo de dados da viagem


Consulte o manual do fornecedor em anexo para ver as
instruções do utilizador para o Registo de dados da viagem
Siemens VDO 3202.

Tacógrafo digital
O tacógrafo cumpre as directivas da UE. Indica e guarda
informações sobre a forma como o veículo foi conduzido e sobre
a maneira como foi despendido o tempo de trabalho do
motorista. Possui um relógio interno que regista as horas em

341 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

UTC, Universal Time Coordinated, que corresponde à hora


GMT.
O tacógrafo armazena a seguinte informação: alguns parâmetros
do veículo, todas as actividades do condutor, eventos, mensagens
de avaria, velocidade nas últimas 24 horas e a distância
percorrida.
O tacógrafo tem capacidade para armazenar, pelo menos, 365
dias de condução.

Manual completo

Este manual é um resumo do manual completo do fabricante. A


pasta do Manual do Condutor contém um guia rápido do
fabricante e o manual completo.
Este manual completo pode também ser descarregado em
http://dtco.vdo.com

NOTA:Nota:
Consulte a documentação do fornecedor para
obter informações relevantes e detalhadas sobre o
tacógrafo.

Completo
20091014 342
Instrumentos de informação sobre o veículo

1 11 10

803ed907
2 3 4 5 6 7 8 9

1. Janela de símbolos 6. Ejectar o cartão do tacógrafo do


2. Seleccionar uma actividade para o segundo condutor
primeiro condutor 7. Seleccionar uma actividade para o
3. Ejectar o cartão do tacógrafo do segundo condutor
primeiro condutor 8. Ranhura para o cartão do tacógrafo
4. Ranhura para o cartão do tacógrafo do segundo condutor
do primeiro condutor 9. Abrir o suporte do papel
5. Ligação para transferências e 10.Bordo destacável para o papel de
calibragem impressora
11.Botão do menu

Aplicação
Antes de iniciar a viagem, introduza o cartão no suporte para
cartões esquerdo no tacógrafo. Caso tenha efectuado qualquer
outra tarefa durante os turnos de trabalho após a sua última
viagem, deverá introduzir essa informação manualmente.
Introduza também a informação relativa à viagem que vai iniciar.

343 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Durante a viagem, as suas actividades são automaticamente


armazenadas no cartão. Quando terminar a viagem, introduza a
respectiva informação no tacógrafo antes de retirar o cartão.

Cartão do tacógrafo

NOTA:Nota:
Apenas pode introduzir e retirar o cartão com o
veículo parado.

O cartão do tacógrafo é um cartão plástico com um microchip


que regista informação relativa ao trabalho do condutor e à
distância percorrida. O cartão tem capacidade para armazenar
pelo menos 28 dias de condução.
Manuseie o cartão com cuidado. Evite dobrá-lo e mantenha-o
limpo. Se necessário, limpe o cartão com um pano macio limpo.

Introduzir o cartão
Introduza um cartão de cada vez e complete todas as entradas
antes de introduzir o cartão seguinte.
1. Se já estiver um cartão no tacógrafo, tem de ser
concluído antes o registo de informação no cartão.

2. Introduza o seu cartão com a seta virada para cima e para


a frente numa das ranhuras para cartão do tacógrafo.

3. Se o cartão for válido, surge o seu nome no visor.

Completo
20091014 344
Instrumentos de informação sobre o veículo

803ed994

Retirar o cartão
Retire o seu cartão quando tiver terminado a condução, quando
houver uma troca de condutores e quando houver uma troca de
veículos.
1. Carregue no botão para ejectar o cartão do tacógrafo.

2. Responda às perguntas no visor e receberá uma


mensagem indicando que o cartão vai ser ejectado.

Visor
Quando o veículo está em movimento, a informação sobre as
actividades do primeiro e do segundo condutor é apresentada no
visor:

345 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. Hora
1 2 3 4
2. Símbolo de hora local. O símbolo
fica visível se a hora local estiver
definida; caso contrário a hora
actual é indicada como UTC
5 6 7 8 9 (Universal Time Coordinated), que
corresponde à hora GMT.
3. Modo de funcionamento
4. Velocidade
5. Actividades actuais do primeiro
condutor
6. Símbolo que indica se foi
introduzido um cartão aprovado
para o primeiro condutor.
7. Distância total percorrida
8. Símbolo que indica se foi
introduzido um cartão aprovado
para o segundo condutor.
9. Actividades actuais do segundo
803edb89

condutor

Quando o veículo está em movimento, pode visualizar tempos


actuais premindo qualquer botão do menu.

Completo
20091014 346
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. O tempo de condução do primeiro


1 3 condutor, calculado desde a
última pausa de, pelo menos, 45
minutos.
2. As actividades actuais do segundo
2 condutor e o tempo que
demoraram.
803edba1
3. O tempo de descanso guardado do
primeiro condutor.

Quando o veículo está parado, pode visualizar os tempos actuais


do primeiro condutor premindo a seta para baixo. Para visualizar
os tempos actuais do segundo condutor, prima novamente a seta
para baixo.

1. O tempo de condução, calculado


1 2 desde a última pausa de, pelo
menos, 45 minutos.
2. Tempo de descanso total
aplicável, arredondado para
3
2 4 períodos de, pelo menos, 15
minutos.
3. Tempo de condução total durante
as duas semanas anteriores.
803edbac

4. Duração das actividades actuais.

Seleccionar actividade
Se a condução do veículo for partilhada por dois condutores,
cada um introduz o seu cartão no tacógrafo. Complete as

347 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

entradas antes de introduzir o cartão seguinte. O primeiro


condutor introduz sempre o seu cartão no suporte para o
primeiro condutor. Se houver uma troca de condutor os cartões
terão de ser trocados.
Quando o veículo arranca, o tempo é automaticamente registado
como "Condução" para o primeiro condutor e como
"Disponível" para o segundo condutor. Quando o veículo pára, a
actividade do primeiro condutor é automaticamente alterada
para "Outro trabalho". A actividade do segundo condutor
permanece indicada como "Disponível", a não ser que seja
manualmente especificado em contrário. Apenas é possível
alterar a actividade quando o veículo está parado.
Quando o veículo está parado, pode escolher-se entre:
• Trabalho - usado para qualquer trabalho activo, excepto a
condução.

• Disponível - usado quando o condutor está à espera para


iniciar a condução, por exemplo à espera de passageiros
ou que fiquem prontos determinados documentos.

• Pausas ou descanso.
Pode seleccionar manualmente a actividade mantendo o botão (2
ou 7) premido para seleccionar uma actividade até esta ficar
visível no visor.

Completo
20091014 348
Instrumentos de informação sobre o veículo

Introduzir informação manualmente: Breve


descrição geral
Não introduza um cartão ao efectuar entradas manuais.
Complete as entradas e depois já pode introduzir o cartão
seguinte.

NOTA:Nota:
Se algumas horas introduzidas manualmente
estiverem em sobreposição com outras, o
tacógrafo ajusta-as automaticamente.

NOTA:Nota:
Todas as horas têm de ser introduzidas como
UTC.

A informação sobre o trabalho que realizou e que não foi


automaticamente registada é introduzida manualmente.
A introdução manual de dados é cancelada se:
• o veículo começar a mover-se
• o cartão for retirado
• não introduzir dados no espaço de 60 segundos.
A tabela a seguir apresentada mostra as questões que lhe serão
colocadas quando introduzir o cartão no tacógrafo e as questões

349 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

que lhe serão colocadas subsequentemente, em função das


respostas que tiver dado.
Seleccione Sim ou Não, ou outra hora e país, com os botões para
cima/baixo. Confirme premindo OK no botão do menu.

Deseja introduzir informação manualmente?

Sim Não

O seu turno de trabalho anterior acabou neste Introduzir o


ponto? país onde
começa o
turno de
trabalho.

Completo
20091014 350
Instrumentos de informação sobre o veículo

Deseja introduzir informação manualmente?

Sim Não

Introduzir o tempo e a
actividade

Introduzir o país

O seu turno de trabalho actual começou neste


ponto?

Sim Não

Introduzir o tempo e a
actividade

Introduzir o país

Deseja confirmar as entradas manuais?

Sim Não

Pronto para condução Começar de Pronto para


novo do condução
início

Quando acabou o turno de trabalho anterior?

Se responder "Sim" à pergunta sobre se deseja introduzir dados


manualmente, ser-lhe-á perguntado se o seu turno de trabalho
anterior acabou quando retirou o seu cartão pela última vez.

351 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Confirme a hora e introduza a hora correcta para o final do turno


de trabalho, bem como a actividade que realizou durante o turno.
Depois introduza o país onde se encontra quando a actividade foi
realizada.

Quando começou o turno de trabalho actual?

A pergunta seguinte é se o seu turno de trabalho actual começou


quando introduziu o cartão no tacógrafo. Confirme a hora e
introduza a hora correcta para o início do turno de trabalho, bem
como a actividade que realizou durante o turno. Introduza o país
onde se encontra quando a actividade foi realizada.

Confirmar introdução de dados manual

Para confirmar a introdução de dados manual, responda "Sim";


o veículo fica pronto a ser conduzido. Se responder "Não", a
introdução de dados começa novamente do princípio.

Conduzir fora da área de registo


O menu OUT (saída) e transporte por ferry-boat/comboio
encontra-se no menu Indicar veículo.
Quando conduzir fora da área abrangida pelo registo no
tacógrafo, esta indicação tem de ser introduzida antes de iniciar
a condução.
O tacógrafo cancela OUT se introduzir ou retirar o cartão de
motorista.

Completo
20091014 352
Instrumentos de informação sobre o veículo

Símbolo indicador de que está a conduzir fora da área


801ecf17
de registo

Quando voltar a conduzir dentro da área de registo, esta


indicação tem de ser introduzida no tacógrafo.

Transporte por ferry-boat/comboio


Quando o seu veículo é transportado por ferry-boat ou comboio,
deve introduzir esta indicação no tacógrafo.
801ecf18

Símbolo para transporte por ferry-boat/comboio

Avisos e mensagens de avaria


O tacógrafo regista e grava todos os acontecimentos e avarias. O
condutor visualiza as mensagens de avaria no visor.
• Prima OK para aceitar o aviso.
• Prima OK novamente para apagar a informação do visor.
As excepções são os avisos específicos do fabricante.

Os avisos relevantes que tenha aceitado e apagado voltam a ser


visualizados na próxima vez que ligar a ignição.
Tome nota de todas as mensagens de aviso, descubra as causas e
proceda conforme recomendado pelo fornecedor.

353 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Imprimir
A informação que é gravada no tacógrafo e no cartão pode
imprimir-se. Só é possível imprimir com o veículo parado.
Para imprimir:
1. Prima OK para activar o menu.

2. Prima os botões para cima/para baixo para seleccionar a


opção de impressão.

3. Prima OK para seleccionar a opção de impressão


visualizada.

Para cancelar uma impressão em curso, prima o botão OK e


responda "Sim" à pergunta sobre se a impressão deve ser
cancelada.
Pode escolher entre 3 opções de impressão principais diferentes:
1. Imprimir motorista 1.

2. Imprimir motorista 2.

Pode optar por imprimir: actividades e eventos

3. Impressão do veículo.

Pode optar por imprimir: actividades do motorista, eventos do


veículo, desrespeito de velocidade, dados técnicos, perfis de

Completo
20091014 354
Instrumentos de informação sobre o veículo

velocidade e regime do motor. Pode optar por visualizar a


impressão seleccionada no visor ou no papel.

Trocar o papel da impressora


Para trocar o papel da impressora, prima o botão de abrir no
suporte do papel e coloque o rolo de papel novo como ilustrado
a seguir. 803ede2e

1 2 Posicionar o papel da impressora

1. Deixe o papel ficar para fora da extremidade do suporte


do papel.

2. Botão para abrir o suporte do papel.

IMPORTANTE!
Tenha cuidado ao trocar o papel, pois o suporte
do papel, na impressora, aquece durante a
impressão. Para evitar queimar os dedos, aguarde
que a impressora arrefeça antes de trocar o papel.

355 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Utilize apenas papel adequado a este tacógrafo.

Feche o suporte e as tampas sempre que não seja necessário


estarem abertas. A superfície exterior pode ser limpa com uma
solução de sabão suave. Evite detergentes que possam danificar o
plástico.

Definições da hora
UTC
O tacógrafo usa Universal Time Coordinated (UTC)
internamente. O UTC não é afectado por acertos sazonais.
1. Prima OK para activar o menu.

2. Seleccione a opção de indicar o veículo.

3. Prima os botões para cima/para baixo até visualizar


UTC.

4. Prima os botões para cima/para baixo para acertar a hora


indicada.

5. Prima OK para confirmar.

Completo
20091014 356
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Pode apenas acertar o UTC +/-1
minuto/semana. Se a hora tiver sido acertada
durante o período em curso, o menu UTC é
visualizado, mas não pode ser alterado.

Hora local
1. Prima um dos botões do menu para activar o menu.

2. Seleccione a opção de indicar o veículo.

3. Prima os botões para cima/para baixo até visualizar


"Hora local".

4. Prima OK.

5. Prima os botões para cima/para baixo para acertar a hora


local.

6. Prima OK para confirmar.

Manutenção
O tacógrafo é verificado quando é instalado e sempre que é
calibrado. O tacógrafo pode ser verificado por um agente da
autoridade quando conduzir em estradas públicas.

357 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Feche todas as tampas do tacógrafo sempre que não seja


necessário estarem abertas. Isto é para evitar que entre sujidade
no tacógrafo.
Se necessário, limpe a superfície exterior com uma solução de
sabão suave. Evite soluções que possam danificar o plástico.
Evite o uso de força quando trocar o papel; consulte "Trocar o
papel".

Símbolos

Pessoas Significado

Empresa
801ecf01

Inspector
801ecf02

Motorista
801ecf09

Oficina/assistência
801ecf04

Fabricante
805b580f

Completo
20091014 358
Instrumentos de informação sobre o veículo

Actividades Significado

Disponível

801ecf08

Condução
801ecf09

Período de descanso
801ecf0a

Outro trabalho
801ecf14

Tempo de pausa guardado


801ecf15

Outros
801ecf16

Equipamento Significado

Primeiro motorista

1
801ecf33

Segundo motorista

2
801ecf39

359 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Equipamento Significado

Cartão do tacógrafo

801ecf3a

Entrada
805b59c3

Alimentação de corrente
801ecf3c

Dispositivo de memória
externo
801ecf3e

Impressora/imprimir
801ecf3f

Sensor
801ecf40

Veículos
801ecf41

Tamanho dos pneus


801ecf42

Completo
20091014 360
Instrumentos de informação sobre o veículo

Circunstâncias especiais Significado

Fora da área de registo

801ecf17

Transporte por ferry-


boat/comboio
801ecf18

Hora Significado

Um dia

24 h
801ecf4a

Duas semanas
801ecf4c

De ou para
801ed73d

361 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Outros Significado

Situação

801ecf19

Falha (Avaria)
805b59c2

Informação de
805b59c1

funcionamento

Início do turno de trabalho


801ecf1a

Fim do turno de trabalho


801ecf1b

Introdução de dados manual


801ecf26

Posição
805b59c0

Hora
801ecf3d

Total
801ecf28

Completo
20091014 362
Instrumentos de informação sobre o veículo

Outros Significado

Velocidade

801ecf27
Segurança
801ecf1d

Consulte a documentação do fornecedor para mais símbolos e


combinações.

Transferência sem fios para o


tacógrafo
O tacógrafo e o cartão de condutor podem ser ligados ao serviço
Scania para transferência sem fios de dados do tacógrafo. O
serviço efectua a transferência sem fios de dados do tacógrafo e
do cartão de condutor.
Os dados do tacógrafo são transferidos automaticamente. Os
dados do cartão de condutor são transferidos através de uma
ligação sem fios do veículo com o cartão de condutor introduzido
no tacógrafo.

363 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Ligação para transferência de dados do cartão de


8056baf8

condutor.

Transferir dados do cartão de condutor

A transferência demora cerca de 10 minutos e pode ser efectuada


com o veículo parado ou em movimento.
O número de transferências do cartão de condutor por veículo é
limitado. Contacte o proprietário do veículo para mais
informações sobre o serviço de transferência.
Para transferir dados do cartão do condutor, proceda da seguinte
forma:
1. Introduza o cartão de condutor na ranhura para o cartão
1 existente no tacógrafo e deixe-o lá ficar durante a
transferência.

2. Prima o interruptor de transferência.

3. O LED no interruptor acende durante a transferência.

Completo
20091014 364
Instrumentos de informação sobre o veículo

4. O LED no interruptor apaga-se quando a transferência


está concluída.

Se o LED no interruptor começar a piscar, é sinal de que ocorreu


um erro e a transferência falhou. Para cancelar a transferência,
prima o interruptor mais uma vez, para que o LED deixe de
piscar. Repita os passos 1 a 4 para fazer nova tentativa.
Se a transferência falhar, o LED no interruptor pisca durante 15
minutos, ou até que prima o botão.
A tensão de início de funcionamento tem de estar ligada quando
se inicia a transferência. Se a tensão for desligada durante a
transferência, a transferência é cancelada e terá de ser reiniciada.
Quando se processa uma transferência automática de dados do
tacógrafo, o LED acende e não é necessário mexer no
interruptor, no cartão de condutor nem no tacógrafo. Deixe a
tensão ligada enquanto o LED estiver aceso, caso contrário
interromperá a transferência. Se a transferência for
interrompida, será automaticamente iniciada nova tentativa
numa altura apropriada.

Scania Interactor
As funções básicas do Interactor são descritas neste manual do
condutor.
O computador de bordo é um instrumento auxiliar do condutor.
Permite o acesso a funções de comunicação e informação sobre o
veículo, etc.
O administrador pode limitar o número de funções a que pode
aceder, bem como personalizar essas funções.

365 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Contacte o seu concessionário Scania para obter mais


informações sobre as funções do Interactor e o programa de
administração.

Arrefecimento e aquecimento
Se a temperatura no interior do computador for inferior a zero
ao ligar, este é primeiro aquecido automaticamente. Nos climas
árcticos, deverá desligar completamente o computador ao sair do
veículo, para reduzir a carga na bateria do veículo. O computador
é desligado completamente se a temperatura ambiente se tornar
demasiado elevada.

Modo de funcionamento
8033d438

ON BLACK STANDBY OFF


PANEL

O computador possui quatro modos de funcionamento


diferentes:
1. Ligado - modo de funcionamento normal com o ecrã
ligado.

2. Ecrã preto - ecrã desligado para não distrair o condutor.

Completo
20091014 366
Instrumentos de informação sobre o veículo

3. Standby - um modo de poupança de energia no qual só


as comunicações funcionam, por ex, respondendo,
transmitindo alarmes.

4. Desligado - tanto o ecrã como o computador estão


completamente desligados.

Depois de ligar o computador, pode alternar entre os modos


"Ligado" e "Ecrã? preto" com o botão de ligar, no computador,
ou com a chave de ignição. Após um período de tempo no modo
de ecrã preto, o computador passa para o modo de standby. Após
um período de tempo em modo "standby", o computador
desliga-se.
Recomendamos que desligue sempre o Interactor antes de sair
do veículo. Desta forma evita-se consumo de energia
desnecessário, que descarrega a bateria do veículo.
Para reduzir o consumo de energia ao usar o Interactor com o
motor desligado, recomenda-se o seguinte:
• Rode a chave de ignição para a posição de rádio.
• Desligue o Interactor, rodando a chave da ignição para a
posição de bloqueio.

Para mais informações sobre o bloqueio do motor de arranque,


ver secção "Bloqueio do motor de arranque".

367 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

IMPORTANTE!
Desligue sempre o computador, antes de desligar
a alimentação com o interruptor principal da
bateria. Caso contrário, poderá danificar o
computador.

Transferir o Interactor de um veículo para


outro
Quando se transfere o Interactor de um veículo para outro, todos
os valores guardados são automaticamente apagados.

Cartão SIM
Para que haja comunicação entre o veículo e a rede GSM é
precisa uma assinatura com um operador de telecomunicações. O
cartão SIM tem de ser colocado no computador. O cartão SIM
recomendado pela Scania é fornecido junto com o computador.
Todas as definições necessárias para este cartão já estão
programadas no computador. Para o Interactor 500, pode
escolher um cartão SIM de outro operador de telecomunicações.
Contacte o seu administrador antes de trocar o cartão SIM.
Para que o Interactor possa comunicar com a Scania, é preciso
programar as definições no computador. Contacte o seu
fornecedor para mais informações.

Completo
20091014 368
Instrumentos de informação sobre o veículo

Ecrã de toque
Toque directamente nos botões do ecrã para usar as funções.

NOTA:Nota:
Evite usar objectos afiados no ecrã pois estes
podem riscá-lo.

Utilizador
Para iniciar uma sessão precisa de se registar como utilizador.
Para iniciar uma sessão, introduza o seu cartão no tacógrafo ou
inicie a sessão com o seu nome de utilizador. Esta função pode,
no entanto, ser limitada pelo administrador. Para mais
informações, consulte o guia do utilizador do programa de
Administração.
Antes de se registar como utilizador pode iniciar uma sessão no
Interactor usando o nome de utilizador Guest sem palavra-passe.

Computador
O computador é um Scania Interactor 300. Só pode usar
programas Scania.

369 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

1 2 1. Ligação USB

80334ebf
2. Botão para ligar

Ecrã

2
3
8033d688

O ecrã possui botões para:


1. Alternar entre: brilho máximo, brilho reduzido, brilho
automático ou ecrã preto.

2. Aumentar o volume do som.

3. Reduzir o volume do som.

Existe também um sensor de luz, para regular automaticamente


o brilho do ecrã.

Completo
20091014 370
Instrumentos de informação sobre o veículo

Os LEDs têm o seguinte significado:


• Verde: ecrã ligado.
• Amarelo: a aquecer.
• Vermelho: avaria no sistema. Contacte o serviço de apoio
ao Cliente do fornecedor!

Computador
O computador é um Scania Interactor 500 com sistema operativo
Windows.

1 2 1. Ligação USB
80334ebf

2. Botão para ligar

Ecrã
O ecrã possui comandos para:

371 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

80334eda

1 2

1. Regular o volume do som.

2. Regular o brilho de 0 a 100%. Existe também um sensor


de luz, para regular automaticamente o brilho do ecrã.

Os LEDs têm o seguinte significado:


• Verde: ecrã ligado.
• Amarelo: a aquecer.
• Vermelho: avaria no sistema. Contacte o serviço de apoio
ao Cliente do fornecedor!

Completo
20091014 372
Instrumentos de informação sobre o veículo

Iniciar sessão no Interactor

Iniciar sessão

Select driver

0000700110563

Guest 80526a55

1. Ligue o computador.

2. Introduza o seu nome de utilizador ou seleccione um da


lista.

3. Prima o botão superior.

4. Se tiver uma palavra-passe, o Interactor vai solicitá-la. É


apresentado o ecrã Iniciar.

Da primeira vez que iniciar uma sessão, será visualizado o acordo


de licença e as condições de utilização que tem de aceitar para
poder continuar a usar o Interactor. Se não aceitar o acordo de
licença, a sua sessão será terminada e não serão guardados
quaisquer dados.

373 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
Quando liga o computador, é-lhe perguntado se
pretende calibrar o ecrã. Isto é apenas necessário,
se o ecrã tiver sido susbtituído. O computador
continua a arrancar automaticamente se esta
questão for ignorada durante 2 segundos.

• Prima OK para aceitar o acordo de licença e prosseguir o


início da sessão.

O ecrã Start (Iniciar)


Depois de ter iniciado sessão, é apresentado o ecrã Start (Iniciar).
este ecrã dá-lhe acesso a funções do interactor.

NOTA:Nota:
O número de funções varia consoante o mercado.
O número de funções activas está limitado
durante a condução.

Completo
20091014 374
Instrumentos de informação sobre o veículo

Södertälje

Driver: Guest

? End of trip

80526af7

A visualização inicial pode incluir o seguinte:


1. Botão de ordem de transporte

2. Botão Order Support. Opção.

3. Botão Driver Log. Opção.

4. Botão Assistência Scania

5. Mapa. Toque na imagem para visualizar o mapa em todo


o ecrã.

375 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

6. Menu. O menu não se encontra disponível com o


veículo em movimento.

7. Retroceder. Quando usa uma função, o botão "Menu"


muda para Back (Retroceder). Prima Back (Retroceder)
para sair da função e voltar ao ecrã Start (Iniciar).

8. Dados de navegação

9. Campo de estado. Prima no campo para visualizar a


função.

10. Símbolos de estado

2 1 Vehicle Info

About 3 Settings

4 Log on

Exit
8052aa79

O menu dá-lhe acesso a:


1. Informação sobre o veículo

2. Sobre. Informação sobre a versão do Interactor em


utilização pelo veículo.

3. Valores

4. Iniciar sessão

Completo
20091014 376
Instrumentos de informação sobre o veículo

5. Sair

NOTA:Nota:
Por razões de segurança, não poderá aceder a
todas as funções quando o veículo estiver em
movimento.
80526b7d

1 2 3 4

Os símbolos de estado têm os seguintes significados:


1. Sem contacto entre o Interactor e sistemas do veículo. O
símbolo é também apresentado, se iniciar o Interactor,
quando a alimentação do veículo está desligada.

2. Sem cobertura GPS. Quando o símbolo é apresentado,


o mapa não indica a posição correcta.

3. Sem contacto com a rede GSM. O Interactor não pode


ser utilizado para comunicação.

4. GPRS. Sem contacto entre o Interactor e Fleet


Management Portal. O contacto é interrompido ou o
veículo não está ligado ao serviço.

377 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

NOTA:Nota:
A comunicação de e para o veículo é limitada ou
interrompida se o contacto com as redes GSM e
GPRS for fraco ou não existir.

Símbolos
8033d223

8033d224

8033d225
Geral Abrir Fechar
8033d226

8033d227

8033d228

Novo/Adicionar Eliminar/Anular Guardar


8033d229

8033d22a

8033d22c

Procurar Enviar Imprimir

Completo
20091014 378
Instrumentos de informação sobre o veículo

8033d258

8033d259
Menu Anterior

O ecrã Start (Iniciar)


Depois de ter iniciado sessão, é apresentado o ecrã Start (Iniciar).
A partir daqui, tem acesso às funções do Interactor.

NOTA:Nota:
O número de funções varia consoante o mercado.
O número de funções activas está limitado
durante a condução.

379 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Södertälje

Driver: Guest

? Start of trip 8052aa37

O ecrã Start (Iniciar) inclui o seguinte:


1. Botão de telefone

2. Botão de ordem de transporte

3. Botão SMS

4. Botão Order Support. Opção.

Completo
20091014 380
Instrumentos de informação sobre o veículo

5. Botão Driver Log. Opção.

6. Botão para programas pessoais

7. Botão de câmara

8. Botão Assistência Scania

9. Mapa. Toque na imagem para visualizar o mapa em todo


o ecrã.

10. Menu. O botão não se encontra disponível com o


veículo em movimento.

11. Retroceder. Quando usa uma função, o botão "Menu"


muda para Back (Retroceder). Prima Back (Retroceder)
para sair da função e voltar ao ecrã Start (Iniciar).

12. Dados de navegação

13. Campo de estado

14. Símbolos de estado

381 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

1 Address Book

2 Vehicle Info

3 Settings

Log on
4 Exit
8052aaa5

O menu dá-lhe acesso a:


1. Livro de endereços

2. Informação sobre o veículo

3. Valores

4. Iniciar sessão

5. Sair
80526b7d

1 2 3 4

Os símbolos de estado têm os seguintes significados:


1. Sem contacto entre o Interactor e sistemas do veículo. O
símbolo é também apresentado, se iniciar o Interactor,
quando a alimentação do veículo está desligada.

Completo
20091014 382
Instrumentos de informação sobre o veículo

2. Sem cobertura GPS. Quando o símbolo é apresentado,


o mapa não indica a posição correcta.

3. Sem contacto com a rede GSM. O Interactor não pode


ser utilizado para comunicação.

4. GPRS. Sem contacto entre o Interactor e Fleet


Management Portal. O contacto é interrompido ou o
veículo não está ligado ao serviço.

NOTA:Nota:
A comunicação de e para o veículo é limitada ou
interrompida se o contacto com as redes GSM e
GPRS for fraco ou não existir.

Símbolos
8033d223

8033d224

8033d225

Geral Abrir Fechar

383 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

8033d226

8033d227

8033d228
Novo/Adicionar Eliminar/Anular Guardar
8033d22a

8033d229
8033d22c

Enviar Imprimir Procurar


8033d22b

8033d258

8033d259

Lista telefónica Menu Anterior

Funções básicas no Interactor

Teclado virtual
Quando o veículo está parado, é possível introduzir texto em
algumas das funções. Poderá ligar o teclado externo ao
computador ou utilizar o teclado do ecrã. O teclado do ecrã é

Completo
20091014 384
Instrumentos de informação sobre o veículo

visualizado quando se selecciona um campo para inserção de


texto.

q w e r t y u i o p 1 ABC
CAPS
LOCK a s d f g h j k l ENTER 2 123

z x c v b n m ,; &@ ?! -+ 3 EXT

8049bbcf
.: /\ (< )>

1. Visualizar teclado com letras.

2. Visualizar teclado com números.

3. Visualizar teclado com caracteres especiais.

Assistência
Se o Interactor estiver ligado ao Fleet Management Portal, pode
contactar a Assistência Scania a partir do Interactor.
8052acbf

Botão Assistência Scania.

1. Prima o botão de Assistência Scania. O botão é apenas


apresentado, se o Interactor estiver ligado ao Fleet
Management Portal.

2. Introduza o número de telefone que a Assistência Scania


pode utilizar para o contactar.

3. Prima Enviar.

385 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

A Assistência Scania vai contactá-lo através do número de


telefone que indicou. Se a transmissão não for bem sucedida,
receberá uma mensagem a pedir que contacte a assistência Scania
por outra via.

Ordens de transporte
O escritório pode enviar-lhe ordens de transporte através do
Interactor. Pode escolher entre aceitar ou recusar uma ordem de
transporte. Durante a execução da ordem de transporte, pode
contactar o escritório e informar sobre como está a decorrer o
trabalho. Depois do trabalho acabado, pode confirmar que a
ordem de transporte foi concluída.
O Interactor trata todas as ordens de transporte, com respostas e
mensagens, como um cordão de mensagens. Se apagar uma
resposta e seleccionar OK na pergunta se "deseja apagar todo o
cordão de mensagens", a ordem de transporte apagada na
totalidade.

To Do

this is working fi.. 26/01/2006 14:39


Accept 26/01/2006 14:39
RE:this is work.. 26/01/2006 14:40
8033de1b

Quando recebe uma ordem de transporte, esta é visualizada no


campo de informações, no ecrã Start (Iniciar).

Completo
20091014 386
Instrumentos de informação sobre o veículo

Para apagar imediatamente a ordem de transporte sem enviar


uma resposta, assinale-a e prima o botão "Eliminar".

1 2 3
OK

this is working fine

8033de1e

Assinale a ordem de transporte e prima o botão "Abrir" para


visualizar a ordem de transporte na totalidade. No topo
encontram-se os botões seguintes:
1. Accept (Aceitar). Aceita a ordem de transporte e envia
uma resposta, que pode completar com uma mensagem.

2. Recusar. Recusa a ordem de transporte e envia uma


resposta, que pode completar com uma mensagem.

3. Responder. Envia uma resposta composta pela


mensagem e o seu próprio texto.

Alterne entre as mensagens usando as teclas das setas.


Durante a tarefa, se aceitou uma ordem de transporte, pode
enviar uma mensagem sobre essa ordem abrindo-a e premindo
"Responder".

387 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

Depois de concluir um pedido de transporte e quando pretende


fechá-lo para o eliminar:
1. Seleccione a resposta, na qual aceitou a ordem de
transporte, e abra-a.

2. Escreva a sua mensagem e prima "Enviar".

Para cancelar um pedido de transporte que aceitou fazer mas


não fez:
1. Seleccione a resposta, na qual aceitou a ordem de
transporte, e abra-a.

2. Prima "Cancelar".

3. Escreva a sua mensagem e prima "Enviar".

Mapa e navegação
Prima o ícone do mapa no ecrã Start (Começar) para visualizar o
mapa.

Completo
20091014 388
Instrumentos de informação sobre o veículo

8057bc74
Quando o veículo está parado, pode utilizar o seu dedo para arrastar o ícone do
mapa para uma nova localização.

1. Ampliar e reduzir

2. Tempo previsto de chegada ao endereço especificado.

3. Distância até à morada especificada.

4. Informação sobre a próxima manobra

5. Instrução de condução

6. Menu principal

389 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

7. Campo de visualização

8. Menu para visualização no campo de visualização

9. Não existem novas mensagens

Introduza um destino

8057be90
1. Prima em Menu.

2. Prima em Destino.

3. Prima em Endereço.

4. Introduza o nome da cidade e prima o nome para o


especificar como destino.

Completo
20091014 390
Instrumentos de informação sobre o veículo

8057be94
5. Introduza o endereço e prima o endereço para o
especificar como destino.

6. Introduza o número da rua e prima o número para o


especificar como destino. Se o número que introduzir
não for reconhecido pelo sistema de navegação, deve
seleccionar outro número. Caso contrário, o destino não
fica definido.

7. Prima Cruzamento para introduzir uma rua de


cruzamento.

391 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

8057bea2
8. Prima Terminar.

9. Prima Conduzir. Prima Editar se pretender alterar o


trajecto.

Adapte o trajecto ao veículo.

Pode efectuar definições no sistema de navegação de forma a


que este adapte o trajecto com base nas propriedades do veículo.
Ao introduzir a altura, a largura, o comprimento e o peso total
do veículo, o sistema de navegação pode evitar estradas, em que
o veículo não pode circular. Pode ainda efectuar definições que
permitam ao sistema de navegação evitar estradas com
portagens.
8058f553

1. Prima em Menu.

2. Prima em Definições

Completo
20091014 392
Instrumentos de informação sobre o veículo

3. Prima em Caminho.

8058f554

4. Prima a seta no menu de lista pendente Tipo de


Caminho (A) para indicar se o sistema de navegação
deve mostrar o trajecto mais rápido ou o mais curto.

5. Prima a seta no menu de lista pendente Estradas com


Portagens (B) para adicionar limitações para estradas
com portagens.

6. Prima Editar Restrição de Veículo (C) para alterar


informação sobre a altura, comprimento, largura e peso
total do veículo.

393 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

7. Introduza os dados do veículo.

8. Prima OK (D) para gravar as definições de restrição do


veículo.

9. Prima OK para gravar as definições do trajecto.

Imagem da câmara
A câmara é um acessório.

! ATENÇÃO
As imagens de câmara no Interactor não têm uma
função de segurança. Se houver uma câmara
ligada ao Interactor para visualização na traseira
do veículo, a sua função é meramente
complementar os retrovisores, sendo da
responsabilidade do condutor, se necessário,
solicitar ajuda nas manobras de marcha atrás,
para poder ter a certeza de que a traseira está
livre.
Tenha muito cuidado ao utilizá-la, pois o seu
campo de visão é limitado, pelo que as distâncias
visualizadas poderão ser incorrectamente
interpretadas. Além disso, se a carga do

Completo
20091014 394
Instrumentos de informação sobre o veículo

computador for elevada, a transferência da


imagem pode deteriorar-se, causando mesmo a
congelação da imagem. O indicador de actividade
roda uma vez por segundo quando a transmissão
da imagem se processa correctamente.

Toque na imagem para alternar entre o ecrã Start (Iniciar) ou o


modo de ecrã completo.

8052b13d

O indicador de actividade (1) roda uma vez por segundo, quando a transmissão da
imagem se processa correctamente.

395 Completo
20091014
Instrumentos de informação sobre o veículo

O administrador pode regular as definições da câmara no


programa de administração. Por exemplo, é possível especificar
que a imagem da câmara deve ser sempre visualizada ao fazer
marcha atrás.

Terminar sessão e desligar o Interactor

Terminar sessão

Address Book

Vehicle Info

Settings

Log on

Exit
8052ac03

Para terminar sessão:


1. Prima Menu.

2. Seleccione Sair.

Desligar
O Interactor pode ser desligado de duas maneiras.
1. Desligue a alimentação do veículo com a chave de
ignição.

ou:

Completo
20091014 396
Instrumentos de informação sobre o veículo

1. Seleccione "Terminar sessão", no menu.

2. Prima o botão Desligar.


8052ab10

Botão Desligar

NOTA:Nota:
O Interactor não se desliga, retirando o cartão do
tacógrafo ou simplesmente seleccionando Sair a
partir do menu.

397 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Ambiente do condutor
Ergonomia
Uma posição correcta quando sentado é imprescindível para
evitar tensões nas costas e pescoço. Eis 10 dicas sobre como se
sentar o mais correctamente possível. Mantenha os dois pés no
chão enquanto regula o banco.

9
10
1
6
8
4 7

2
8031deaa

1. Sente-se o mais encostado possível às costas do banco.

2. Regule a altura do banco por forma a que possa chegar


bem aos pedais, sem exercer demasiada pressão nas
ancas.

Completo
20091014 398
Ambiente do condutor

3. Verifique a posição do assento do banco, em


comprimento. Deve poder colocar dois ou três dedos
entre o assento e a parte posterior dos joelhos.

4. Regule a inclinação do banco por forma a obter uma


pressão igual sob as coxas.

5. Regule as costas do banco por forma a poder segurar o


volante confortavelmente, com os braços ligeiramente
dobrados e as costas encostadas às costas do banco. As
costas do banco devem ter uma inclinação de cerca de
15° a 20°. Uma inclinação superior pode causar
problemas no pescoço.

6. Regule a inclinação do volante por forma a que os seus


braços façam um ângulo de 95° a 135°.

7. É imprescindível que o apoio lombar esteja bem


regulado. Certifique-se de que tem as costas encostadas
às costas do banco e regule o apoio lombar
centralmente, na zona lombar. Regule o nível de apoio
lombar para manter a curva das costas equivalente à que
tem quando está de pé.

8. Regule os apoios laterais junto da zona superior do tórax


para garantir um bom apoio estável.

9. Regule o apoio de cabeça por forma a ficar a uma


distância de 2 cm do pescoço.

399 Completo
20091014
Ambiente do condutor

10. Os apoios de braço devem possibilitar apoio para os


braços e cotovelos sem tolher os movimentos. Devem
ajudar a aliviar a tensão no pescoço e nos ombros.

Mude de posição ao longo do dia por forma a melhorar a


circulação do líquido sinovial na coluna e para relaxar as costas.

Banco, básico

4
8051a28f

1 2 3

1. Regular a altura

2. Descida rápida

3. Regular o ângulo do apoio traseiro

4. Regular a posição longitudinal do banco

Completo
20091014 400
Ambiente do condutor

O banco também pode ser instalado com o seguinte:


• Almofada de aquecimento
• Comando de desengate do banco
• Luz avisadora de cinto de segurança não colocado

Banco, médio

7 8

10
8049a906

1 2 3 4 5 6

1. Almofada de aquecimento

2. Amortecedor

3. Regular o ângulo de todo o banco

4. Regular a altura

5. Descida rápida

401 Completo
20091014
Ambiente do condutor

6. Regular o ângulo do apoio traseiro

7. Apoio lombar inferior

8. Apoio lombar superior

9. Regular a almofada do banco em comprimento

10. Regular a posição longitudinal do banco

O banco também pode ser instalado com o seguinte:


• Comando de desengate do banco
• Apoio de braço
• Luz avisadora de cinto de segurança não colocado
• Pré-tensor do cinto de segurança

IMPORTANTE!
Se possui uma cabina R, não é possível ter um
apoio de braço do lado do banco do condutor
onde se encontra a alavanca das mudanças. Isto
deve-se ao facto de o apoio de braço entrar em
contacto com a alavanca das mudanças ao bascular
a cabina, ocasionando o engate de uma mudança.

Completo
20091014 402
Ambiente do condutor

Banco, luxo

8 9 10 6 7

11

12

8049a905
1 2 3 4 5

1. Almofada de aquecimento

2. Amortecedor

3. Regular o ângulo de todo o banco

4. Regular a altura

5. Descida rápida

6. Regular o ângulo do apoio do pescoço

7. Regular o ângulo do apoio traseiro

8. Apoio lombar superior

403 Completo
20091014
Ambiente do condutor

9. Apoio lombar inferior

10. Suporte lateral das costas do banco

11. Regular a almofada do banco em comprimento

12. Regular a posição longitudinal do banco

O banco também pode ser instalado com o seguinte:


• Comando de desengate do banco
• Apoio de braço
• Luz avisadora de cinto de segurança não colocado
• Pré-tensor do cinto de segurança
• Regulação automática da altura do cinto

IMPORTANTE!
Se possui uma cabina R, não é possível ter um
apoio de braço do lado do banco do condutor
onde se encontra a alavanca das mudanças. Isto
deve-se ao facto de o apoio de braço entrar em
contacto com a alavanca das mudanças ao bascular
a cabina, ocasionando o engate de uma mudança.

Completo
20091014 404
Ambiente do condutor

Banco reclinável

1. Ângulo das costas


2. Regulação do banco em
8003ea7e

1 2 comprimento

Os comandos correspondentes encontram-se no interior do


banco. As costas do banco podem ser rebatidas para servir de
mesa. O apoio de cabeça pode ser regulado manualmente. O
assento do banco pode ser levantado.

O banco pode também ter estas funções:


• Almofada de aquecimento
• Apoio de braço

Escada extensível

Escada para a cama superior


Está disponível uma escada extensível para a cama superior.
Encontra-se na parte de baixo da cama superior. Pode desdobrar
a escada com um par de manobras simples.

405 Completo
20091014
Ambiente do condutor

A escada está preparada para suportar um peso máximo de 140


quilos.
Durante a viagem, a escada tem de estar arrumada e fixada no seu
lugar.
Desdobre a escada do seguinte modo:
1. Solte a escada premindo o botão no alojamento.

2. Desloque a escada para baixo, na sua direcção.

3. Puxe a escada para fora até atingir o comprimento total.

Almofadas de aquecimento
As almofadas de aquecimento dos bancos têm três regulações:
Sem aquecimento, 25% de aquecimento ou 100% de
aquecimento.

NOTA:Nota:
Se o banco do passageiro não estiver ocupado,
certifique-se de que a almofada de aquecimento
está desligada. Tal pode encurtar a vida útil da
almofada de aquecimento.

Iluminação na cabina
A iluminação geral acende-se quando se abrem as portas. Uma
função de atraso automática mantém a iluminação geral acesa
durante 25 segundos, após as portas terem sido fechadas. O
mesmo acontece quando se retira a chave do motor de arranque

Completo
20091014 406
Ambiente do condutor

do interruptor do motor de arranque; a iluminação geral acende-


se durante 25 segundos.
O período de 25 segundos pode ser interrompido por:
• Ligação da alimentação
• Trancagem das portas
• Desligar manual da iluminação geral através de um
interruptor

A iluminação geral acende-se quando se abrem as portas e apaga-


se quando estas são fechadas.

O interruptor de iluminação geral encontra-se no


80519e61

painel de instrumentos.

Pode também utilizar o interruptor na camada inferior


80519e77

para desligar a iluminação geral.

407 Completo
20091014
Ambiente do condutor

O interruptor tem duas posições fixas e posição de retorno por


mola. O interruptor funciona como um interruptor principal
para toda a iluminação interior.
• Posição superior: A iluminação interior está toda
desligada, incluindo luzes de leitura, iluminação interna
de fundo, luz de cortesia e luzes na consola do tejadilho e
nas caixas de arrumação, e não pode ser ligada com
qualquer dos interruptores. A iluminação geral não se
acende quando se abrem as portas. As luzes nas caixas de
arrumação e na consola do tejadilho não se acendem
quando se abre o alçapão ou as caixas.

• Posição central: A iluminação interior pode ser


controlada manualmente. A iluminação geral acende-se
quando se abrem as portas e apaga-se cerca de 25
segundos após as portas terem sido fechadas.

• Posição inferior: A posição inferior corresponde a uma


mola de retorno e usa-se para ligar e desligar a iluminação
geral. Esta função pode ser usada para cancelar o período
de 25 segundos.

O interruptor tem três posições fixas:


• Posição superior: A iluminação geral fica apagada mesmo
quando se abrem as portas.

• Posição central: A iluminação geral acende-se quando se


abrem as portas e apaga-se quando estas são fechadas.

• Posição inferior: A iluminação geral acende.

Completo
20091014 408
Ambiente do condutor

Luz de leitura, passageiro

80519ea7

O interruptor tem três posições, duas fixas e uma de retorno por


mola:
• Posição superior: Luz de leitura do passageiro acesa.
• Posição centra: Nenhuma função.
• Posição inferior: A posição inferior corresponde a uma
mola de retorno e usa-se para ligar e desligar a iluminação
geral. Esta função pode ser usada para cancelar o período
de espera de 25 segundos após o fecho das portas, até a
iluminação geral se apagar.

Luz de cortesia
A luz de cortesia ilumina os degraus e o piso exterior, dos dois
lados do veículo. Acende-se juntamente com a iluminação geral,
por isso ilumina o piso da cabina mesmo quando as portas estão
fechadas e a iluminação geral está ligada.

Outras luzes
Todas as caixas de arrumação exteriores possuem luzes que se
acendem quando as caixas são abertas e se apagam quando se

409 Completo
20091014
Ambiente do condutor

fecham as portas. Os compartimentos de arrumação com


alçapões na consola do tejadilho também possuem luzes que se
acendem quando se abre o alçapão e se apagam quando este é
fechado. As luzes nos compartimentos de arrumação abertos, na
consola do tejadilho, acendem quando se liga a iluminação geral.

Iluminação de fundo
A luz interior de fundo é uma luz suave vermelha que pode ser
usada ao conduzir de noite.
80519eb2

O interruptor para a iluminação de fundo interior encontra-se no


painel de instrumentos.

O interruptor tem duas posições fixas e fica geralmente ligado. A


iluminação interior de fundo funciona quando o interruptor dos
faróis não está na posição 0.

Completo
20091014 410
Ambiente do condutor

Luz de leitura, condutor

80519ebd

O interruptor para a luz de leitura do condutor encontra-se no


painel de instrumentos.

Sistema de climatização
O sistema de climatização automático verifica e controla a
temperatura na cabina. A temperatura é regulada através do
aquecedor de pausa, ventoinha, distribuição de ar, painel do
tejadilho, aquecedor auxiliar e recirculação.

411 Completo
20091014
Ambiente do condutor

3
1 2 4 5

6 8
7

80173665
1. Aquecedor auxiliar 5. Abrir o alçapão do tejadilho
2. Recirculação 6. Comando da ventilação para
3. Interruptor para o modo económico paragens curtas e ventoinha

4. Fechar o alçapão do tejadilho 7. Definir a temperatura


8. Distribuição de ar

Completo
20091014 412
Ambiente do condutor

1 2 3

80036376
4 5 6 7

Os itens que se seguem encontram-se no painel:


1. Regulação da temperatura

2. Distribuição de ar

3. Ventoinha

4. Aquecedor auxiliar

5. Recirculação

6. Ar condicionado

413 Completo
20091014
Ambiente do condutor

7. Painel do tejadilho eléctrico

Em caso de condensação
Proceda da seguinte forma para evitar o embaciamento dos
vidros:
• Mude a distribuição de ar para modo de descongelação
para secar o ar.

• Prima o interruptor do ar condicionado. O ar


condicionado só pode funcionar com temperaturas
exteriores de cerca de +5°C a 0 °C.

• Prima o interruptor para iniciar a recirculação em tempo


húmido.

• Seleccione uma velocidade elevada da ventoinha.

Em caso de condensação
Proceda da seguinte forma para evitar o embaciamento dos
vidros:
• Regule a distribuição do ar para modo de descongelação
por forma a secar o ar no interior da cabina. O ar
condicionado só pode funcionar com temperaturas
exteriores de cerca de +5 a 0 °C.

• Prima o interruptor para iniciar a recirculação em tempo


húmido.

Completo
20091014 414
Ambiente do condutor

• Prima o interruptor ECON, se o modo económico tiver


sido activado.

• Seleccione uma velocidade elevada da ventoinha.

Recirculação
Prima o interruptor para iniciar a recirculação. Se estiver frio na
rua, pode aquecer a cabina mais rapidamente recirculando o ar.
Se estiver calor na rua, pode arrefecer a cabina recirculando o ar.

Regulação da temperatura
8031deab

Regule a temperatura conforme desejado, com os botões de


menos e mais. A temperatura na cabina pode ser definida entre
17°C e 27°C (63-81°F). Além disso, pode seleccionar as

415 Completo
20091014
Ambiente do condutor

definições Lo e Hi para o máximo efeito de aquecimento ou


arrefecimento.

Arrefecimento máximo
Se seleccionar Lo, a cabina é arrefecida o mais rapidamente
possível. O sistema de climatização automático activa a
ventoinha, a distribuição do ar e a recirculação do ar. Para
melhores resultados, regule os comandos da ventoinha e da
distribuição de ar para automático (AUT).

Aquecimento máximo
Se seleccionar Hi, a cabina é aquecida o mais rapidamente
possível, partindo do princípio de que o motor não atingiu a
temperatura total de funcionamento e a temperatura exterior for
inferior a cerca 0°C. O sistema de climatização automático
activa, se necessário, o travão de escape, retardador, aquecedor
auxiliar e limitador de fumo branco, se o veículo estiver equipado
com estas funções. Para melhores resultados, regule os comandos
da ventoinha e da distribuição de ar para automático (AUT).

Regulação da temperatura em caso de


anomalia
Se existir uma avaria no sistema de climatização, é apresentado
um número de 0 a 10. 0 significa 0% de aquecimento e 10
significa 100% de aquecimento. O sistema de climatização é

Completo
20091014 416
Ambiente do condutor

incapaz de controlar a temperatura automaticamente. Deve


controlar a temperatura e a ventoinha manualmente.
80036523

Er é também apresentado, se existir uma avaria. A anomalia pode


ser rectificada numa oficina Scania.

Interruptor para o modo económico


8003657c

O modo económico é activado através do interruptor ECON. O


sistema de climatização é controlado para que o consumo de
combustível seja menor.
Quando ECON está activado.
• o aquecuimento máximo da cabina não pode ser iniciado.
• o ar condicionado é desligado.

417 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Ventoinha

800371ec

4
3
2
1
0
800371f8

Este comando serve para regular a velocidade da ventoinha. A


ventoinha não ficará completamente imóvel, mesmo com o
comando na posição 0.

Este comando serve para regular a velocidade da ventoinha. A


posição normal é automático (AUT). A ventoinha não ficará
completamente imóvel, mesmo com o comando na posição 0.

Completo
20091014 418
Ambiente do condutor

Ventilação para paragens curtas

80037245

Regule aqui a ventilação para paragens curtas. Esta é usada para


ventilar a cabina durante paragens curtas. Rode o comando para
a posição P. O LED ao lado do símbolo acende e o comando
volta ao funcionamento automático (AUT), que é o modo
recomendado. Também pode optar por outro modo de
ventoinha, mas não se esqueça de que uma velocidade mais
elevada da ventoinha consome mais corrente da bateria.

A ventilação para paragens curtas desliga-se quando se roda a


chave para a posição D ou se roda o comando novamente para a
posição P. O LED apaga-se. Se a ventilação para paragens curtas
não for desligada manualmente, será desligada automaticamente
após 2 horas. Se quiser que a ventilação para paragens curtas se
mantenha ligada durante mais tempo, tem de manter o comando
na posição P por mais de 1,5 segundos, ao activar a ventilação.
Neste caso, a ventilação para paragens curtas só será desligada
após decorridas 8 horas.

419 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Distribuição de ar
1. AUT, modo automático. A
3 distribuição do ar é automática.
2. Ar para o piso e todas as janelas
2 4 3. Desembaciador, ar para o pára-
brisas
1 4. Ar para o painel
5. Ar para o painel, piso e janelas
5 laterais. O ar para os ventiladores
7
do painel não é aquecido, mas o ar
para o piso é aquecido.
6
6. Ar para o painel, piso e janelas
laterais
8017365d

7. Ar para o piso e janelas laterais

1. Ar para o piso e todas as janelas


2 2. Modo de desembaciador, ar para o
pára-brisas.
1 3 3. Ar para o painel de instrumentos
4. Ar para o painel de instrumentos,
piso e janelas laterais. O ar para os
ventiladores do painel vem do
exterior e não é aquecido. O ar
6 4
para o piso é aquecido.
5. Ar para o painel de instrumentos,
5 piso e janelas laterais
80173660

6. Ar para o piso e janelas laterais

Completo
20091014 420
Ambiente do condutor

Alçapão do tejadilho eléctrico

8051223f

Abrir o alçapão do tejadilho


80512240

Fechar o alçapão do tejadilho


80519ee3

Alçapão do tejadilho eléctrico

Abrir o alçapão do tejadilho para a posição de ventilação - premir


rapidamente.

Abrir completamente o alçapão do tejadilho - premir de novo


rapidamente. Se mantiver o botão premido por um período de
tempo mais longo, o alçapão abre até o botão ser solto.

Para fechar o alçapão do tejadilho para a posição de ventilação -


premir rapidamente.

Fechar completamente o alçapão do tejadilho premindo de novo


rapidamente ou mantendo o botão premido.

421 Completo
20091014
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
Entre a posição de aberto e ventilação existe um
dispositivo anti-entalamento.

! ATENÇÃO
Entre a posição de ventilação e fechado não há
dispositivo anti-entalamento. Por esta razão,
deve ter cuidado ao accionar o alçapão do
tejadilho.

Para abrir o alçapão para a posição de ventilação - prima


rapidamente a parte superior do interruptor.

Prima de novo rapidamente para abrir completamente o alçapão.


Se mantiver o interruptor premido por um período de tempo
mais longo, o alçapão abre até o interruptor ser solto.

Para fechar o alçapão para a posição de ventilação - prima


rapidamente a parte inferior do interruptor. Para fechar
completamente o alçapão, prima de novo rapidamente. Se
mantiver o interruptor premido por um período de tempo mais
longo, o alçapão fecha até o interruptor ser solto.

Completo
20091014 422
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
Entre a posição de aberto e ventilação existe um
dispositivo anti-entalamento.

! ATENÇÃO
Entre a posição de ventilação e fechado não há
dispositivo anti-entalamento. Por esta razão,
deve ter cuidado ao accionar o alçapão do
tejadilho.

Aquecedor auxiliar

Solfagem de parque
Este veículo está equipado com um aquecedor auxiliar a Diesel.
O aquecedor faz circular e aquecer o ar no interior da cabina. O
ar quente sai pelo banco do passageiro. Tenha em conta os avisos
e conselhos sobre os cuidados a ter e a utilização.

Solfagem de parque ao bloco do motor


Este veículo está equipado com um aquecedor que utiliza o calor
excessivo no líquido de arrefecimento do motor. O calor é
encaminhado para a cabina através de um sistema de
aquecimento.

423 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Active e desactive o aquecedor de paragem curta da seguinte


forma.
• Prima o interruptor do aquecedor auxiliar para activar e
desactivar o aquecedor.

• O aquecedor é desligado, se a temperatura do líquido de


arrefecimento se tornar muito reduzida.

• O aquecedor é automaticamente desactivado após 2


horas.
80519ef6

Interruptor para iniciar o aquecedor auxiliar.


80519f49

Interruptor para iniciar o aquecedor auxiliar.

Quando o sistema de ar condicionado é regulado para


aquecimento máximo, o aquecedor auxiliar pode também ser
ligado, mesmo que não tenha carregado no botão ou pré-
programado a ligação do aquecedor auxiliar. Pode sempre
desligar manualmente o aquecedor auxiliar.

Completo
20091014 424
Ambiente do condutor

Utilização e cuidados a ter com o aquecedor


auxiliar a Diesel
O aquecedor auxiliar é ligado e desligado premindo-se o
respectivo interruptor.

! ATENÇÃO
Para evitar acidentes que possam resultar em
ferimentos, é importante seguir as instruções
abaixo durante a utilização e manutenção do
aquecedor auxiliar.

É importante manter presentes os pontos que se seguem para


evitar ferimentos pessoais, durante o manuseamento do
aquecedor auxiliar.
• Não armazene substâncias inflamáveis perto dos sistemas
de admissão e de escape ou dos tubos do aquecedor
auxiliar.

• O aquecedor auxiliar não deve ser ligado enquanto o


veículo estiver estacionado numa garagem.

• O aquecedor auxiliar deve ser desligado ao reabastecer.


• É proibido o uso do aquecedor auxiliar em sítios onde
possa ocorrer a formação de fumos ou gases altamente
inflamáveis como, por ex., terminais de cereais.

425 Completo
20091014
Ambiente do condutor

• Não obstrua a entrada ou a saída do aquecedor auxiliar.


• O tecto de abrir e as janelas devem estar fechados durante
a utilização do aquecedor auxiliar. A razão para tal é o
facto de na eventualidade de ser aspirado ar quente para
fora, através do tecto de abrir e das janelas, ser criada uma
sucção na cabina. A sucção pode ter como resultado a
aspiração dos gases de escape para a cabina, através de
pequenas fugas no piso.

IMPORTANTE!
A bomba a combustível do aquecedor auxiliar
pode deixar de funcionar se não for utilizada
durante longos períodos de tempo. Para evitar
que isto aconteça, existe uma função automática
que coloca bomba a combustível do aquecedor
auxiliar em funcionamento a intervalos regulares.

IMPORTANTE!
Para evitar que o aquecedor auxiliar seja
danificado ou a sua vida útil reduzida, é
importante observar os pontos a seguir
apresentados, durante a utilização e manutenção
do aquecedor auxiliar.

Completo
20091014 426
Ambiente do condutor

É importante não esquecer os seguintes aspectos, para evitar que


o aquecedor auxiliar seja danificado ou a sua vida útil reduzida:
• Não deve utilizar biodiesel.
• Se possuir um aquecedor auxiliar do tipo aquecedor de
água, este não deve ser accionado se não estiver cheio com
líquido de arrefecimento.

• Para proteger um aquecedor auxiliar do tipo aquecedor


de água contra corrosão, o líquido de arrefecimento tem
de conter pelo menos 10% de anticongelante durante
todo o ano. Em áreas em que não exista risco de danos
por congelamento, apenas é necessário adicionar um
agente anti-corrosivo.

Substituir a câmara de combustão do


aquecedor
É necessário substituir a câmara de combustão dez anos após o
início de funcionamento do aquecedor auxiliar. Esta operação
deve ser efectuada por uma oficina autorizada. O proprietário do
veículo é responsável por assegurar a substituição da câmara de
combustão.

Aquecedor auxiliar a diesel

Ligar e usar o aquecedor auxiliar

O aquecedor auxiliar é ligado e desligado premindo-se o


respectivo interruptor.

427 Completo
20091014
Ambiente do condutor

O veículo está equipado com um aquecedor auxiliar a diesel, para


aquecer a cabina e o motor. A utilização do aquecedor torna os
arranques a frio mais fáceis e aumenta o tempo de vida útil do
motor. O calor é encaminhado para a cabina através de um
sistema de aquecimento. Tenha em conta os avisos e conselhos
sobre os cuidados a ter e a utilização.

Útil saber sobre o aquecedor

Quando o aquecedor auxiliar é ligado, este processo tem várias


fases. Primeiro, a bomba de água começa a funcionar e a
ventoinha do ar de combustão e a vela de incandescência são
activadas. Passado um minuto, começa a funcionar a bomba de
combustível. Após este processo inicial, o aquecedor atinge
gradualmente a potência total. O método como o aquecedor
começa a funcionar e a fornecer calor pode variar consoante o
momento. Isto é normal e deve-se a factores como a temperatura
do sistema de arrefecimento.
A forma como o aquecedor fornece calor é afectada pelos
seguintes factores:
• A temperatura exterior.
• A temperatura no interior da cabina
• A temperatura do líquido de arrefecimento e do motor.

Completo
20091014 428
Ambiente do condutor

A forma como o aquecedor


auxiliar começa a funcionar e
fornece calor depende de: 1.
temperatura exterior 2.
Temperatura do líquido de
arrefecimento 3. Temperatura no
805f417d

interior da cabina

Ligar o aquecedor com o motor quente


Sob determinadas condições, o aquecedor não responde de
forma perceptível quando é ligado através do interruptor. Nem a
ventoinha e a bomba de combustível começam a funcionar, nem
se inicia a combustão. Isto acontece porque o líquido de
arrefecimento no sistema de arrefecimento está a uma
temperatura elevada. O aquecedor liga automaticamente quando
a temperatura no sistema de arrefecimento baixa.

Usar o aquecedor quando está muito frio


Quando a cabina e o motor estão muito frios, pode demorar
muito tempo até se sentir calor na cabina. Isto deve-se ao facto
de o aquecedor ter de aquecer primeiro o líquido de
arrefecimento no sistema de arrefecimento. Depois de ter sido
aquecido o líquido de arrefecimento, o calor é conduzido até à
cabina através do sistema de aquecimento normal da cabina. O
aquecedor é programado pelo fabricante para funcionar com a
potência total durante um período máximo de 2 horas. Passado

429 Completo
20091014
Ambiente do condutor

esse tempo, baixa para um modo de potência mais baixa durante


cerca de 15 minutos, voltando depois à potência total. Os modos
de funcionamento diferentes do aquecedor com a potência
máxima e períodos mais curtos com potência mais baixa são
normais. Não vale a pena voltar a ligar o aquecedor, pois isso
apenas atrasará mais o regresso do aquecedor à potência total.

Desligar o aquecedor auxiliar

Depois de premir o interruptor para desligar o aquecedor, são


necessários cerca de 3 minutos até este estar completamente
desligado.

Paragem de emergência

O aquecedor durará mais se o desligar através do interruptor. Se


tiver de desligar o aquecedor em situações de emergência,
proceda da seguinte forma:
• Desligue o interruptor principal do veículo e o
interruptor principal da bateria ou desligue o aquecedor
da bateria.

• Retire o fusível do aquecedor. Encontra-se na unidade


eléctrica central e apresenta o símbolo que se mostra na
figura abaixo.

Símbolo do fusível do aquecedor auxiliar. O fusível


encontra-se na unidade eléctrica central, que está
localizada no painel de instrumentos, à frente do
803cdb9c

banco do passageiro.

Completo
20091014 430
Ambiente do condutor

Quando o aquecedor pára

O aquecedor desliga automaticamente nas seguintes situações:


• O aquecedor não conseguiu iniciar a combustão após 2
tentativas.

• O aquecedor aquece excessivamente.


• A tomada de força está activada (aplica-se a veículos
ADR).

• Se a tensão descer abaixo dos 20 V.


• Se a tensão subir acima dos 30,5 V.

! ATENÇÃO
Para evitar acidentes que possam resultar em
ferimentos, é importante seguir as instruções
abaixo durante a utilização e manutenção do
aquecedor auxiliar.

Importante

É importante observar os pontos seguintes, a fim de evitar


ferimentos durante a utilização do aquecedor auxiliar:
• Não armazene substâncias inflamáveis perto dos sistemas
de admissão e de escape ou dos tubos do aquecedor
auxiliar.

431 Completo
20091014
Ambiente do condutor

• O aquecedor auxiliar não deve ser ligado enquanto o


veículo estiver estacionado numa garagem.

• O aquecedor auxiliar deve ser sempre desligado ao


reabastecer.

• É proibido o uso do aquecedor auxiliar em sítios onde


possa ocorrer a formação de fumos ou gases altamente
inflamáveis como, por ex., terminais de cereais.

• Não obstrua a entrada ou a saída do aquecedor auxiliar.


• O tecto de abrir e as janelas devem estar fechados durante
a utilização do aquecedor auxiliar. A razão para tal é o
facto de na eventualidade de ser aspirado ar quente para
fora, através do tecto de abrir e das janelas, ser criada uma
sucção na cabina. A sucção pode ter como resultado a
aspiração dos gases de escape para a cabina, através de
pequenas fugas no piso.

IMPORTANTE!
A bomba a combustível do aquecedor auxiliar
pode deixar de funcionar se não for utilizada
durante longos períodos de tempo. Para evitar
que isto aconteça, existe uma função automática
que coloca bomba a combustível do aquecedor
auxiliar em funcionamento a intervalos regulares.

Completo
20091014 432
Ambiente do condutor

IMPORTANTE!
Para evitar que o aquecedor auxiliar seja
danificado ou a sua vida útil reduzida, é
importante observar os pontos a seguir
apresentados, durante a utilização e manutenção
do aquecedor auxiliar.

É importante não esquecer os seguintes aspectos, para evitar que


o aquecedor auxiliar seja danificado ou a sua vida útil reduzida:
• Não deve utilizar biodiesel.
• Se possuir um aquecedor auxiliar do tipo aquecedor de
água, este não deve ser accionado se não estiver cheio com
líquido de arrefecimento.

• Para proteger um aquecedor auxiliar do tipo aquecedor


de água contra corrosão, o líquido de arrefecimento tem
de conter pelo menos 10% de anticongelante durante
todo o ano. Em áreas em que não exista risco de danos
por congelamento, apenas é necessário adicionar um
agente anti-corrosivo.

Substituir a câmara de combustão do


aquecedor
É necessário substituir a câmara de combustão dez anos após o
início de funcionamento do aquecedor auxiliar. Esta operação

433 Completo
20091014
Ambiente do condutor

deve ser efectuada por uma oficina autorizada. O proprietário do


veículo é responsável por assegurar a substituição da câmara de
combustão.

Comando à distância para o aquecedor


auxiliar

Tue

2 4

3
1. Activar o aquecedor auxiliar
OK +
2. Programar o aquecedor auxiliar
3. Despertador
4. Função de besouro
5
5. Use os botões de mais e menos e
80038947

confirme a selecção.

Completo
20091014 434
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
As funções do comando à distância podem ser
afectadas quando o interruptor principal da
bateria tiver sido desligado e o veículo não tiver
arrancado.

Activar o aquecedor auxiliar


80037762

Ligue e desligue o aquecedor auxiliar utilizando este botão.


Aumente ou diminua, para alterar a temperatura.
Se tiver um aquecedor e a alimentação estiver desligada, será
apresentada uma escala relativa, entre 1 e 10, em vez da escala da
temperatura.

Despertador
80037763

435 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Proceda da seguinte maneira, para regular o despertador:


1. Prima o botão do despertador.

2. Use os botões de mais e menos para definir a hora.


Prima OK.

3. Use os botões de mais e menos para definir os minutos.


Prima OK.

O besouro é desligado automaticamente após três minutos, ou


quando se prime o botão do despertador ou OK.

Função de besouro
80037764

Se premir este botão quando o despertador estiver em


funcionamento, o besouro silencia-se durante 10 minutos.

Programar o aquecedor auxiliar

NOTA:Nota:
Não é possível programar o aquecedor auxiliar se
conduzir um veículo ADR.

Completo
20091014 436
Ambiente do condutor

É possível programar a hora a que o aquecedor auxiliar deve ser


ligado e o período durante o qual deve estar ligado. Pode
programar-se 3 horas de arranque diferentes por dia, com uma
semana de antecedência.

NOTA:Nota:
O comando à distância para o aquecedor auxiliar
possui um elemento inibidor, que impede a
introdução de horas sobrepostas entre si. Se
tentar fazê-lo, surge no visor uma mensagem
indicando que a hora está ocupada.
800378a3

Programar o aquecedor auxiliar

Na parte direita do visor é apresentado o mesmo símbolo do


botão quando tiver sido efectuada a pré-programação.

1. Carregue no botão de programação do aquecedor


auxiliar.

437 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Tue

800378a4

2. Seleccione o dia indo para cima ou para baixo. Prima


OK.

Tue
800378a5

3. Seleccione a posição do programa, existem três por dia.


Prima OK.

Completo
20091014 438
Ambiente do condutor

Tue

800378a6

4. Seleccione a hora. Prima OK.

Tue
800378a7

5. Seleccione os minutos. Prima OK.

Tue
800378a8

439 Completo
20091014
Ambiente do condutor

6. Seleccione o período durante o qual o aquecedor auxiliar


deve estar ligado. Quando vai para cima ou para baixo, o
intervalo altera-se 30 minutos de cada vez. O tempo
máximo é de 8 horas. Prima OK.

Tue
800378a9

7. Seleccione se a programação deve estar activa ou não.


Pode seleccionar entre ligado, desligado e tudo
desligado. Ligado significa que o programa específico
apresentado no visor deve estar activo. Desligado
significa que o programa apresentado não está activo.
Por esse motivo, o aquecedor auxiliar não começará a
funcionar à hora indicada no visor. Tudo desligado
significa que todas as horas introduzidas estão inactivas.

Completo
20091014 440
Ambiente do condutor

Comando à distância para o aquecedor


auxiliar, rádio e leitor de CD

Tue

1
3 1. Activar o aquecedor auxiliar
4 2. Programar o aquecedor auxiliar
6
2 3. Despertador
4. Função de besouro e aquecimento
prolongado ("sleep in")
5 OK +
7 5. Leitor de CDs
6. Rádio
7. Volume
8
8. Use os botões de mais e menos e
80037360

confirme a selecção.

441 Completo
20091014
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
As funções do comando à distância podem ser
afectadas quando o interruptor principal da
bateria tiver sido desligado e o veículo não tiver
arrancado.

Aquecedor auxiliar
80037762

Ligue e desligue o aquecedor auxiliar utilizando este botão.


Aumente ou diminua, para alterar a temperatura.
Se tiver um aquecedor e a alimentação estiver desligada, será
apresentada uma escala relativa, entre 1 e 10, em vez da escala da
temperatura.

Despertador
80037763

Completo
20091014 442
Ambiente do condutor

Proceda da seguinte maneira, para regular o despertador:


1. Prima o botão do despertador.

2. Use os botões de mais e menos para definir a hora.


Prima OK.

3. Use os botões de mais e menos para definir os minutos.


Prima OK.

4. Escolha entre besouro, rádio ou besouro + rádio usando


os botões de mais e menos. Prima OK.

O besouro é desligado automaticamente após três minutos, caso


não tenha premido o botão do despertador ou OK. O rádio é
desligado automaticamente após 30 minutos, caso não tenha
premido o botão do rádio, o botão do despertador ou OK. Se
rodar a chave para a posição de condução o rádio não é desligado.

Função de besouro
80037764

Se premir este botão quando o despertador estiver em


funcionamento, o besouro, ou o rádio, silencia-se durante 10
segundos.

443 Completo
20091014
Ambiente do condutor

"Sleep-in" automático
É possível também activar o "sleep in" automático com o botão
da função de besouro. Prima o botão e do rádio ou do leitor de
CDs, dependendo de qual dos dois está ligado nesse momento,
desliga automaticamente após 30 minutos. Se não estiver ligado
nenhum deles quando premir o botão é ligado o rádio. Para
desligar a função de "sleep-in" automático carrega-se novamente
no botão.

Leitor de CDs
80037765

Este botão serve para ligar e desligar o leitor de CDs. Prima o


símbolo de mais ou menos para mudar de faixa. Prima sem soltar
o símbolo de mais ou menos para se deslocar para a frente ou para
trás.

Rádio
80037766

Completo
20091014 444
Ambiente do condutor

Este botão serve para ligar e desligar o rádio. Escolha entre as


frequências pré-seleccionadas premindo o símbolo de mais ou
menos. Prima sem soltar o símbolo de mais ou menos para
procurar uma nova estação de rádio.

Volume
80037767

Altere o volume premindo este botão e, em seguida, o símbolo de


mais ou menos.

Programar o aquecedor auxiliar

NOTA:Nota:
Não é possível programar o aquecedor auxiliar se
conduzir um veículo ADR.

É possível programar a hora a que o aquecedor auxiliar deve ser


ligado e o período durante o qual deve estar ligado. Pode
programar-se 3 horas de arranque por dia, com uma semana de
antecedência.

445 Completo
20091014
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
O comando à distância para o aquecedor auxiliar
possui um elemento inibidor, que impede a
introdução de horas sobrepostas entre si. Se
tentar fazê-lo, surge no visor uma mensagem
indicando que a hora está ocupada.
800378a3

Programar o aquecedor auxiliar

Na parte direita do visor é apresentado o mesmo símbolo do


botão quando tiver sido efectuada a pré-programação.
1. Carregue no botão de programação do aquecedor
auxiliar.

Tue
800378a4

Completo
20091014 446
Ambiente do condutor

2. Seleccione o dia indo para cima ou para baixo. Prima


OK.

Tue

800378a5

3. Seleccione a posição do programa, existem três por dia.


Prima OK.

Tue
800378a6

4. Seleccione a hora. Prima OK.

447 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Tue

800378a7

5. Seleccione os minutos. Prima OK.

Tue
800378a8

6. Seleccione o período durante o qual o aquecedor auxiliar


deve estar ligado. Quando vai para cima ou para baixo, o
intervalo altera-se 30 minutos de cada vez. O tempo
máximo é de 8 horas. Prima OK.

Completo
20091014 448
Ambiente do condutor

Tue

800378a9

7. Seleccione se a programação deve estar activa ou não.


Pode seleccionar entre ligado, desligado e tudo
desligado. Ligado significa que o programa apresentado
no visor deve estar activo. Desligado significa que o
programa apresentado não está activo. Por esse motivo,
o aquecedor auxiliar não começará a funcionar à hora
indicada no visor. Tudo desligado significa que todas as
horas introduzidas estão inactivas.

449 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Radio Medium

Importante

IMPORTANTE!
Lembre-se que a segurança rodoviária é da mais
elevada importância. Deve por isso familiarizar-se
com o rádio e todas as suas definições antes de
iniciar a marcha. Regule o volume de modo a
poder ouvir sons importantes provenientes do
exterior, tais como as sirenes de um veículo de
emergência. Lembre-se que a exposição
prolongada a níveis de volume elevados pode
danificar a sua audição.

Leia as instruções antes de usar o rádio pela primeira vez.

! ATENÇÃO
O rádio inclui um laser de classe 1 que pode
danificar a visão. Contacte uma oficina Scania
para trabalhos de reparação ou detecção de
avarias.

Completo
20091014 450
Ambiente do condutor

O manual completo encontra-se em Scania.com

Este manual contém informação seleccionada do manual


completo. Pode ser transferido de Scania.com/manuals.

Vista geral

805568d3
1. Botão multi-funções:

• Premir brevemente: ligar o rádio e colocar em MUTE,


desligar temporariamente o som.

• Premir prolongadamente: desligar o rádio.


• Rodar: regular o volume.
2. BND: premir brevemente - escolher banda e
comprimento de onda. Premir prolongadamente:
Pesquisar e gravar estações automaticamente

3. Ejectar CD.

451 Completo
20091014
Ambiente do condutor

4. Compartimento de CD.

5. Visor

6. Abrir menu.

7. Botão basculante: percorrer menus, seleccionar faixa ou


pasta, pesquisar estações.

8. AUD: abrir menu de definições áudio.

9. Botão TA: Activar informações de trânsito ou


interromper um boletim de trânsito

10. Botões de estação 1-6: Funções diferentes, dependendo


da fonte e actividade áudio. Consulte o capítulo
entitulado Guia rápido.

11. RDS: Activar ou desactivar RDS. O rádio define o


emissor mais forte para a estação seleccionada.

12. SRC: Seleccionar fonte de áudio, rádio, cd/mp3 ou


AUX

Se o veículo apresentar um grupo de instrumentos com um visor


grande, pode optar por visualizar informações do rádio. As
informações sobre como activar a visualização encontram-se no
capítulo sobre o grupo de instrumentos.

Completo
20091014 452
Ambiente do condutor

Guia rápido

Iniciar o rádio e seleccionar a fonte de áudio

Proceda da seguinte maneira para iniciar o rádio e seleccionar a


fonte de áudio que pretende ouvir.
1. Prima prolongadamente o botão multifunções (1).

2. O rádio inicia.

3. Prima SRC (12) para seleccionar CD ou AUX.

Se CODE surgir no visor, tem de introduzir um código de 4


dígitos; consultar secção: Protecção anti-roubo através de código

Ouvir os discos MP3

Utilize os botões conforme indicado a seguir para ouvir os


discos MP3.
80556a51

SRC: Seleccionar o RDS: Activar RDS. 1. Paus. Parar ou


modo de escuta O rádio define o iniciar reprodução.
emissor mais forte
para a estação
seleccionada.

453 Completo
20091014
Ambiente do condutor

2. RPT: TRK - DIR 3. RND: DIR - 4. SCAN: TRK -


- OFF . Repetir ALL - OFF . OFF. Amostras de
faixa. Reprodução cada faixa.
aleatória de todas
as faixas numa
pasta ou num disco
completo.

5. SCRL: ON - TA: Activar a AUD: Abrir menu


OFF. Mostrar reprodução de de definições
título de faixa. boletins de áudio.
trânsito.

As setas para cima e para baixo do botão basculante mudam a


pasta, DIR. As setas para a direita e para a esquerda mudam a
faixa, TRK.

Os ficheiros de música WMA com DRM (Digital Rights


Management), provenientes de serviços de música online não
podem ser reproduzidos neste rádio. A reprodução de ficheiros
WMA só pode ser garantida, se tiverem sido criados com a versão
8 Windows Media Player.

Ouvir CDs

Utilize os botões conforme indicado a seguir para ouvir os CDs.


80556a51

Completo
20091014 454
Ambiente do condutor

SRC: Seleccionar o RDS: Activar RDS. 1. Paus Parar ou


modo de escuta O rádio define o iniciar reprodução.
emissor mais forte
para a estação
seleccionada.

2. RPT: TRK - 3. RND: CD - OFF 4. SCAN: TRK -


OFF. Repetir uma Reprodução OFF. Amostras de
faixa ou uma pasta. aleatória de todo o cada faixa.
disco.

5 - 6: Sem função TA: Activar a AUD: Abrir menu


reprodução de de definições
boletins de áudio.
trânsito.

As setas para a direita e para a esquerda do botão basculante


mudam a faixa, TRK.

Útil saber quando se ouve CDs

O leitor de CDs pode ler CDs com faixas áudio standard, bem
como ficheiros MP3 e WMA. Não misture diferentes formatos
no mesmo disco. Utilize apenas discos com 12 cm de diâmetro.
Os discos pequenos (8 cm) podem ficar presos e danificar o
sistema mecânico. Se um disco gravado não tocar, é
frequentemente devido à combinação: software de gravação,
gravador de CD e marca do CD.

455 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Ouvir rádio

Utilize os botões conforme indicado a seguir para ouvir rádio.

80556a51
SRC: Seleccione o RDS: Activar RDS 1 - 6: Estações
modo de escuta. O rádio define o predefinidas.
emissor mais forte
para a estação
seleccionada.

TA: Activar a reprodução de boletins de AUD: Abrir menu


trânsito. de definições
áudio.

Ouvir música com a entrada AUX

Os botões 1-6 não são usados quando a fonte de áudio está ligada
à entrada AUX. A abreviatura AUX indica mais uma fonte áudio
auxiliar. Pode tratar-se de um computador, leitor de MP3, iPod
ou equipamento semelhante. Deve ter um cabo com uma ficha
áudio comum de 3,5 mm na extremidade que liga ao rádio. Se o
som da sua fonte áudio se tornar demasiado fraco ou demasiado
forte, pode utilizar o botão MENY para regular o GAIN (volume
de entrada).

Completo
20091014 456
Ambiente do condutor

Ouvir música a partir do USB (opção)

Alguns veículos têm uma porta USB no rádio que pode ser
utilizada para ligar o dispositivo USB e ouvir ficheiros de música.
Proceda como habitualmente para ouvir música a partir de um
dispositivo USB.
1. Desligue o rádio.

2. Ligue o dispositivo USB.

3. Inicie o rádio

4. Pressione, SRC até ser apresentada a indicação USB no


visor.

5. Seleccione a faixa e prima a tecla de reprodução.

6. Desligue o rádio, antes de desligar o dispositivo USB do


rádio.

O dispositivo USB deve ser formatado em FAT16 ou FAT32


para que o rádio possa reconhecê-lo. A Scania não garante que
todos os dispositivos USB disponíveis no mercado possam ser
utilizados com o rádio.

Ajuste as propriedades áudio


Pressione AUD para abrir o menu de propriedades áudio.
Percorra o menu com o botão basculante. Prima a seta para
cima ou para baixo para percorrer as várias propriedades. Seta

457 Completo
20091014
Ambiente do condutor

direita ou esquerda: seleccionar nova definição. Prima AUD


para sair do menu AUD. As propriedades áudio que se seguem
podem ser ajustadas:
• Loudness: amplificar agudos e graves.
• Staging: melhorar o som estéreo.
• Bass: aumentar ou diminuir as baixas frequências.
• Middle: aumentar ou diminuir as médias frequências.
• Treble: aumentar ou diminuir as frequências elevadas.
• Balance: distribui o volume entre os altifalante direito e
esquerdo.

O volume é regulado com o botão multi-funções (1). Pode


encontrar mais informação sobre como regular Staging e Gala na
secção Utilizar o botão MENU.

Pesquisar e gravar estações manualmente

Pesquise e grave estações da seguinte maneira:


1. Comece a ouvir uma estação de rádio. Pressione o botão
multi-funções e SRC.

2. Prima a seta para cima ou para baixo do botão


basculante. A pesquisa na escala de frequência é
efectuada em pequenos incrementos.

Completo
20091014 458
Ambiente do condutor

3. Prima a seta para cima ou para baixo do botão


basculante. O rádio procura e reproduz a estação mais
próxima na banda do momento.

4. Grave uma estação, premindo qualquer botão de 1 a 6


durante mais de 2 segundos. Um sinal acústico indica
que a estação está gravada.

Pesquisar e gravar estações automaticamente


1. Comece a ouvir uma estação de rádio. Pressione o botão
multi-funções e SRC.

2. Pressione várias vezes BND até ser apresentada a


indicação FMT.

3. Pressione BND durante mais de 2 segundos.

4. Quando é apresentada a indicação T-STORE no visor, a


pesquisa foi iniciada.

5. Quando a pesquisa estiver concluída, o rádio emite a


estação gravada no botão 1.

Proceda da seguinte forma, para reproduzir estações gravadas


automaticamente: Prima BND.. Seleccione: FMT. Prima
qualquer tecla, de 1 a 6.

Ouvir informação de trânsito, TA

Prima TA para ouvir informações de trânsito. É apresentada a


indicação TA no visor. Pode definir o volume das informações de

459 Completo
20091014
Ambiente do condutor

trânsito, utilizando o botão MENU e definindo TAVOLUME.


Veja a figura da página seguinte, que indica como encontrar o
menu correcto. Se o rádio não conseguir encontrar informações
de trânsito na área geográfica em que o veículo se encontra, surge
a indicação NO TP no visor.

Utilize o botão MENU


Pressione o botão MENU para abrir o menu principal do rádio.
O menu pode ser utilizado para alterar as definições das funções
do rádio. Percorra o menu com a seta para cima e para baixo do
botão basculante. Seleccione alternativas com a seta direita ou
esquerda do botão basculante. Quando estiver satisfeito com uma
definição, pressione a seta para baixo para o próximo menu ou
pressione MENU para sair do menu.

Completo
20091014 460
Ambiente do condutor

REGION REG ON REG OFF

HIGHCUT HIGCUT OFF HIGCUT 1 HIGCUT 2

SENSITIV SENS DX SENS LOW


TAVOLUME 1 - 32

GAIN -9 - +9
ONVOLUME 1 - 20

GALA GALA OFF GALA 1 - 5

CODE ON ----

SLEEP 5 - 60

BEEPTONE ON OFF

PTY ON OFF

RDS TEXT TEXT OFF TEXT ON

STAG-LSP R-O-L 1 - 10
STAG SUB OFFSET -10 - +10
RESET N Y
8061e2ba

Conteúdo de MENU
• REGION: Off - On. Rádio selecciona estações locais. O
RDS deve estar activado.

• HICUT: OFF - 1. 2. Regula a redução de ruído.

461 Completo
20091014
Ambiente do condutor

• SENSITIV: DX - LO. Sensitiv. Regula a sensibilidade do


rádio quando pesquisa estações de rádio. DX: o rádio
pesquisa todas as estações passíveis de recepção. LO
(local): o rádio pesquisa apenas as estações com melhor
recepção.

• TAVOLUME: 1-32. Volume de informações de trânsito


comparativamente ao volume base.

• GAIN: -9 - +9. Regule o volume de entrada a partir de


uma fonte áudio externa.

• ONVOLUME. Volume no arranque


• GALA. Controlo do volume com base no ruído e na
velocidade.

• CODE. Protecção anti-roubo


• SLEEP. O tempo em que o rádio está activo durante
escuta sem a ignição ligada.

• BEEPTONE. Beeptone: aviso acústico ligado ou


desligado.

• PTY. Pesquisa estações com informações de programa.


• RDSTEXT. Apresentação da informação RDS da estação
de rádio no visor. Apenas apresentado se o RDS estiver
activar.

• STAG -- LSP: Melhorar o som estéreo.

Completo
20091014 462
Ambiente do condutor

• STAG -- SUB. Melhorar a reprodução de base.


• RESET. Repor o rádio para as definições de fábrica.

Protecção anti-roubo através de código


O rádio tem protecção anti-roubo que é activada, através da
introdução de um código de 4 dígitos. A protecção anti-roubo
não está activada no momento da entrega do veículo. Quando o
veículo é entrega da fábrica, existe um papel com o código por
baixo do tapete de borracha na unidade eléctrica central. Se o
código for activado, deve ser introduzido sempre que o rádio
esteve sem alimentação. Guarde o código de maneira a evitar o
acesso não autorizado.
Leia as instruções antes de iniciar.

Activação da protecção anti-roubo

Instruções de activação da protecção anti-roubo:


Proceda da seguinte forma para activar a protecção anti-roubo:
1. Prima MENU.

2. Prima a seta para baixo até surgir a indicação CODE.

3. Prima a seta direita uma vez; é apresentada a indicação


OFF.

4. Prima a seta direita e é apresentada a indicação - - - -.


Isto significa que pode começar a introduzir o código,
ver passo 5.

463 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Utilize os botões de estação (10) para introduzir os dígitos.

5. Pressione o botão de estação 1 até surgir o primeiro


dígito do código no visor.

6. Pressione o botão de estação 2 até surgir o segundo


dígito do código no visor.

7. Pressione o botão de estação 3 até surgir o terceiro


dígito do código no visor.

8. Pressione o botão de estação 4 até surgir o quarto dígito


do código no visor.

9. Depois de introduzir todos os dígitos: Pressione sem


soltar o botão 5 até surgir a indicação CODE OFF.

10. Prima a seta direita e é apresentada a indicação ON.

11. Confirme a activação, pressionando MENU. Em


seguida, saia do menu.

A protecção anti-roubo está agora activada. Se não tive tempo


para efectuar todas as entradas antes do rádio sair do menu, deve
começar do início.

Desactivação da protecção anti-roubo

Instruções de desactivação da protecção anti-roubo:


Desactivação significa que não é necessário voltar a introduzir o
código se for desligada a alimentação do rádio.

Completo
20091014 464
Ambiente do condutor

Proceda da seguinte forma para desactivar a protecção anti-


roubo.
1. Prima MENU

2. Use a seta para baixo, para chegar até CODE.

3. Prima uma vez a seta direita do botão basculante; é


apresentada a indicação ON.

4. Prima a seta direita e é apresentada a indicação - - - -.


Isto significa que pode começar a introduzir o código.

Utilize os botões de estação (10) para introduzir os dígitos.

5. Pressione o botão de estação 1 até surgir o primeiro


dígito do código no visor.

6. Pressione o botão de estação 2 até surgir o segundo


dígito do código no visor.

7. Pressione o botão de estação 3 até surgir o terceiro


dígito do código no visor.

8. Pressione o botão de estação 4 até surgir o quarto dígito


do código no visor.

9. Depois de introduzir todos os dígitos, pressione sem


soltar o botão de estação 5 durante, pelo menos, 4
segundos.

465 Completo
20091014
Ambiente do condutor

10. É apresentada a indicação CODE ON no visor. Prima a


seta esquerda e é apresentada a indicação OFF.

11. Confirme a desactivação, pressionando MENU. Em


seguida, saia do menu.

O código está agora desactivado.

É apresentada a indicação - - - - no visor, se introduzir o código


errado. Pode introduzir o código mais duas vezes. Após uma
terceira tentativa falhada, a função é bloqueada durante 1 hora e
o rádio entra automaticamente no modo SLEEP. Se tentar
activar o código durante essa hora, surge a indicação WAIT 1 H
no visor. Se cortar a corrente ou desligar o rádio durante o
período de espera, o período de espera é reposto e deve aguardar
um hora completa antes de efectuar uma nova tentativa.

Introduzir código se o rádio tiver estado sem alimentação

Deve voltar a introduzir o códifo, se o rádio tiver estado sem


alimentação. Após 3 tentativas falhadas para introduzir o código,
deve esperar pelo menos uma hora.
Proceda como se segue para introduzir o código:
1. Ligue o rádio

2. O visor apresenta a indicação CODE e, em seguida, - - -


-.

3. Pressione o botão de estação 1 até surgir o primeiro


dígito do código no visor.

Completo
20091014 466
Ambiente do condutor

4. Pressione o botão de estação 2 até surgir o segundo


dígito do código no visor.

5. Pressione o botão de estação 3 até surgir o terceiro


dígito do código no visor.

6. Pressione o botão de estação 4 até surgir o quarto dígito


do código no visor.

7. Pressione o botão de estação 5 durante, pelo menos, três


segundos.

8. O rádio inicia e está pronto para utilização.

Rádio com sistema de navegação

Informação importante

IMPORTANTE!
O equipamento de navegação não deve ser usado
para planear viagens com o camião em
andamento. Pare antes de indicar um novo
destino ou alterar as definições do sistemas! O
equipamento de navegação deve ser usado de
forma a não pôr em perigo quem o usa nem os
restantes utentes da estrada. A segurança
rodoviária é mais importante que tudo o resto. Se
não concentrar toda a sua atenção na situação de
trânsito, o risco de acidentes graves torna-se

467 Completo
20091014
Ambiente do condutor

elevado. O trajecto com a orientação que o


equipamento de navegação calcula é uma mera
sugestão. Deve assumir sempre um
comportamento de condução exemplar e prestar
atenção à situação do trânsito no momento. Os
sinais, notificações e regras de trânsito
temporários têm sempre prioridade sobre a
orientação dada pelo equipamento de navegação.
Se usar navegação com propriedades do veículo,
terá de se certificar de que sabe o que acontece no
trajecto que o navegador sugeriu. Isto aplica-se,
por exemplo, a capacidade das estradas, pontes,
legislação local, etc.
Estude todas as funções antes de iniciar a
condução. Apenas use o rádio e outras funções
quando a situação de trânsito o permitir.
O navegador proporciona orientação durante a
navegação. Só deverá seguir as instruções se não
estiver a infringir o código da estrada!
O navegador Scania foi concebido para ser usado
em camiões. Ajuste o volume à situação de
trânsito no momento.
Deverá poder ouvir distintamente e em qualquer
altura o som de veículos de emergência.

Acerca do manual

Leia as instruções antes de usar o rádio pela primeira vez.

Completo
20091014 468
Ambiente do condutor

Use acessórios aprovados pela Scania. Contacte o seu


concessionário para mais informações sobre os acessórios
adequados

Manual completo

Este manual é um resumo. Está disponível para transferência um


manual completo em www.scania.com/manuals

Apresentação geral dos comandos e das


funções básicas

80556a44

1. Seta para a esquerda ou para a direita. Pressão breve:


Procura automática de estação de rádio ou mudança de

469 Completo
20091014
Ambiente do condutor

faixa do CD. Pressão prolongada: Avanço/retrocesso


rápido.

2. Compartimento para CDs e DVD de navegação.

3. Botões de função: Altera a função com base naquilo que


aparece no ecrã.

4. Ejectar CD e DVD.

5. Visualização dia/noite. Pressão breve: Iluminação do


ecrã para dia ou noite. Pressão prolongada: Ligar ou
desligar o ecrã.

6. Activar menu de engarrafamento de trânsito.

7. Botão de funções múltiplas, com função por pressão e


por rotação.

• Num menu: Rodar - seleccionar, alterar. Premir -


confirmar.

• Em modo de rádio: Rodar - definir estação.


• Em modo de CD: Rodar - seleccionar faixa.
8. ESC: Sair de um menu.

9. MAP: Alternar entre visualizações de mapas diferentes.

10. NAVI: Abrir menu de navegação.

Completo
20091014 470
Ambiente do condutor

11. AUX: Abrir menu de fonte de áudio externa.

12. CD: Abrir menu de reprodução de CD/MP3.

13. RADIO: Abrir menu de reprodução de rádio.

14. INFO: Abrir menu de definições do sistema.

15. Botão de funções múltiplas, com função por pressão e


por rotação.

• Rodar: Regular o volume.


• Pressão breve: Ligar o rádio.
• Pressão prolongada: Desligar o rádio.
• Pressão breve: Desligar mensagens de trânsito.
O rádio pode ser controlado através dos botões existentes no
volante. Para mais informações, consulte a secção sobre o volante
no Manual do Condutor. Esta informação encontra-se no
capítulo intitulado Comando da velocidade de cruzeiro,
aderência à estrada e tracção.

Seleccionar o idioma
Pode seleccionar um idioma para a navegação por voz e para os
menus. Os idiomas disponíveis encontram-se no DVD em anexo.
Proceda do seguinte modo para seleccionar um idioma:

471 Completo
20091014
Ambiente do condutor

1. Introduza o DVD em anexo no compartimento para


CD/DVD do rádio.

2. Prima INFO (14).

3. Prima Syst. settings (3).

4. Prima Language (3).

5. Seleccione o idioma com a seta para cima ou para baixo


(3).

6. Confirme a sua selecção com OK (3).

7. O rádio assume o idioma e apresenta syst.settings.

8. Prima ESC (8). O idioma foi alterado e visualiza-se o


menu info.

Iniciar o rádio e seleccionar o modo áudio


Ligue e desligue o rádio premindo o botão de funções múltiplas
do lado esquerdo (15). Se a unidade estava ligada quando foi
desligada a ignição, liga automaticamente quando a chave é
rodada para a posição de rádio. A unidade é activada no modo
(rádio, CD, navegação) que estava a ser usado quando se desligou
o veículo.
Se a tensão tiver sido desligada, é apresentada uma mensagem de
aviso quando se liga o rádio. Prima (3) para confirmar que leu a
mensagem e pretende continuar.

Completo
20091014 472
Ambiente do condutor

Pode ligar o rádio sem ter a chave na posição de rádio. Se o rádio


for ligado sem a chave, desliga-se passado uma hora.
É possível seleccionar os seguintes modos áudio:
• Rádio, prima RADIO.
• CD, introduza um CD ou MP3. Prima CD (12).

Pode também usar:

• Carregador de CDs ou outro equipamento externo.


Prima AUX (13).

• Navegação, prima NAVI (10).

Ajustar as propriedades áudio


E possível fazer os seguintes ajustes para cada fonte áudio:
• Treble: altas frequências.
• Middle: frequências de gama média.
• Bass: baixas frequências.
Ajustes de balance e fader aplicam-se a todas as fontes áudio.
• Balance: distribuição do volume entre os canais de áudio
direito e esquerdo.

Proceda da seguinte forma para ajustar os parâmetros áudio:


1. Prima INFO (14).

2. Prima SOUND (3).

473 Completo
20091014
Ambiente do condutor

3. Ajuste (3) os valores que pretende alterar.

4. Prima ESC (8) para sair do menu.

Usar GALA, controlo do volume em função da


velocidade
Pode programar o rádio para adaptar o volume à velocidade do
veículo. Pode definir em que medida o volume deve ser alterado
relativamente à velocidade. Um valor GALA baixo produz uma
alteração quase imperceptível, enquanto um valor GALA elevado
produz uma grande alteração de volume a velocidades diferentes.
Proceda do seguinte modo para alterar o valor GALA:
1. Prima INFO (14).

2. Prima Syst. settings (3).

3. Prima Volume (3).

4. Prima GALA (3) para alterar o valor, + valor mais


elevado ou - valor mais baixo.

5. Prima ESC (8) para sair do menu.

Iniciar o modo de rádio


Iniciar o modo de rádio é o primeiro passo de várias das
operações seguintes. No modo de rádio, o menu do rádio é
apresentado e é reproduzida uma estação.

Completo
20091014 474
Ambiente do condutor

Proceda do seguinte modo para iniciar o modo de rádio:


1. Com o rádio desligado, prima o botão de funções
múltiplas do lado esquerdo (15).

2. Prima RADIO (13). O modo de rádio é iniciado.

Seleccionar a banda
Pode escolher entre diferentes bandas: FM1, FM2, FM3, MW e
LW.
1. Inicie o modo de rádio.

2. Prima RADIO (13) repetidamente para seleccionar a


banda. Prima FM1 para ouvir o rádio.

Pesquisa automática de estações de rádio


1. Inicie o modo de rádio.

2. Prima a seta para a direita ou para a esquerda (1).

3. O rádio reproduz a primeira estação que encontrar.

4. Prima novamente para procurar outra estação.

Memorizar estações manualmente


É possível memorizar 6 estações para cada banda Fm.
1. Inicie o modo de rádio.

2. Prima RADIO para seleccionar uma banda.

475 Completo
20091014
Ambiente do condutor

3. Procure uma estação utilizando a função de pesquisa


automática.

4. Prima prolongadamente qualquer botão de função (3).


Um som indica que a estação está memorizada.

Memorizar estações automaticamente


Uma pesquisa automática memoriza as 6 estações com sinal mais
forte na banda FM2. Após a pesquisa, os nomes das estações são
mostrados no ecrã.
1. Inicie o modo de rádio.

2. Prima Autostore (3).

3. Um som indica que o rádio está a procurar estações.

4. O rádio reproduz as primeiras 6 estações memorizadas.

Usar estações memorizadas


As estações memorizadas são apresentadas no menu do rádio.
Prima (3) para ouvir uma estação memorizada.

Seleccionar estações de uma lista


É possível abrir uma lista de estações de banda FM que o rádio
está a receber no momento.
1. Inicie o modo de rádio.

Completo
20091014 476
Ambiente do condutor

2. Prima List (3).

3. Seleccione uma estação com a seta para cima ou para


baixo (3).

4. Prima OK (3) para confirmar a sua selecção. A estação


seleccionada é reproduzida.

Activar RDS
Active as funções RDS para melhor recepção de rádio e para
ouvir informações de trânsito.
Seleccione TA ON para ouvir a informação de trânsito.
Seleccione RDS Reg. Auto para o rádio procurar a emissora mais
forte da estação que está a ouvir. Se o veículo sair da área de
recepção da estação, o rádio passa para outra estação.
Seleccione OFF para o rádio passar para a emissora mais forte
quando a recepção fica fraca.

Proceda como se segue para activar RDS:


1. Inicie o modo de rádio.

2. Prima Settings (3).

3. Seleccione a função RDS que pretende activar. Prima (3)


para confirmar a sua selecção.

4. Prima ESC (8) para regressar ao menu básico do rádio.

477 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Utilizar o leitor de CDs


O leitor de CD pode reproduzir CDs de 12 cm do tipo CD-R e
CD-RW com áudio, MP3 ou faixas WMA. Problemas na
reprodução de CDs gravados em casa podem dever-se a fraca
qualidade dos discos ou a problemas no processo de gravação.
Nunca utilize discos sujos ou estragados no leitor de CD.

! ATENÇÃO
O leitor de CD utiliza um laser de classe 1, que
pode ser perigoso para os humanos. Nunca
efectue reparações nem abra o invólucro exterior.
Deixe as reparações ao cuidado de uma oficina
Scania.

IMPORTANTE!
Nunca use CDs pequenos (8 cm), pois danificam
o leitor de CD. A Scania não aceita qualquer
responsabilidade por danos ocorridos na
sequência da utilização de CDs estragados ou não
aprovados.

Visor do leitor de CD durante a reprodução de um CD normal.

Completo
20091014 478
Ambiente do condutor

8054e511
1. Mix Cd: reprodução aleatória. 7. Uma faixa para a frente.
2. Scan: é reproduzido um breve 8. Avanço rápido.
trecho de cada faixa. Prima para 9. Track Repeat: prima para repetir
iniciar; prima novamente para uma faixa; aparece Rpt. Track. no
desligar. visor. Prima novamente para
3. Retrocesso rápido. desactivar a repetição.
4. Uma faixa para trás. 10.Syst. settings: definições.
5. Parar e iniciar reprodução. 11.Estado da reprodução.
6. Pausa na reprodução. Prima
novamente para iniciar a partir do
mesmo ponto da faixa.

Ler discos MP3


Os discos MP3 são reproduzidos da mesma forma que os CDs
normais. O título e a duração da faixa são apresentados no visor.
m disco MP3 comporta mais ficheiros áudio (faixas) do que um
CD áudio normal. Um disco MP3 é frequentemente constituído

479 Completo
20091014
Ambiente do condutor

por pastas que contêm outras pastas ou ficheiros áudio. Use o


Browser para procurar no disco. Para reproduzir todas as canções
de um disco, prima Mix folder uma vez para aparecer MIX CD.

MP3
Rammstein
Sennsucht

Scan Play 0:18 Track Repeat

Mix Folder Browser

80575933
NDR 2

1. Mix Folder, Mix CD: reproduz uma 7. Uma faixa para a frente.
faixa numa pasta ou em todo o 8. Avanço rápido.
disco aleatoriamente.
9. Track Repeat:: prima para repetir
2. Scan: reprodução breve de todas as uma faixa; aparece Rpt Track no
faixas do disco. visor. Prima novamente para
3. Retrocesso rápido. desactivar a repetição.
4. Uma faixa para trás. 10.Browser: gestor de ficheiros para os
5. Parar e iniciar reprodução. ficheiros de música (faixas) no disco
MP3.
6. Pausa na reprodução. Prima
novamente para iniciar a partir do 11.Estado da reprodução
mesmo ponto da faixa. 12.Propriedades da faixa que está a
ouvir.

Completo
20091014 480
Ambiente do condutor

Usar AUX
Pode ligar-se dois tipos de unidades diferentes à entrada AUX 1.
Uma fonte áudio, como um IPod, leitor de MP3 ou computador.
2. Uma fonte de vídeo. Prima AUX (11) para abrir o menu AUX.
Seleccione a fonte áudio que ligou.

Repor definições de fábrica


É possível repor as definições de fábrica no rádio. Todas as
definições do rádio são repostas, mas as definições do sistema de
navegação permanecem inalteradas.
Proceda da seguinte forma para repor as definições de fábrica:
1. Prima INFO.

2. Prima Syst. settings. (3).

3. Prima Factory set. (3).

4. Prima YES (3) para repor.

5. Prima ESC (8) para sair do menu.

Usar o sistema de navegação


Este manual contém informação seleccionada do manual
completo.
Obtenha o manual completo em www.scania.com/manuals.
Contém instruções adicionais para todas as funções do sistema de
navegação.

481 Completo
20091014
Ambiente do condutor

O sistema de navegação do rádio ajuda-o a planear a sua viagem.


O sistema de navegação sugere trajectos e oferece orientação por
voz, mapas ou símbolos. O sistema de navegação mostra
informação da estimativa do tempo e da distância de condução
restantes.
Em alguns veículos, podem surgir símbolos do trajecto no grupo
de instrumentos. Use o botão INFO do veículo para activar o
ecrã. Para mais informações, leia a secção intitulada Menus e
navegação no Manual do condutor.
Para alguns países na directoria de mapas do DVD o sistema de
navegação pode sugerir um trajecto que seja adequado às
características do veículo: comprimento, altura, peso e carga.
Consulte a secção: Usar as características do veículo para a
navegação. A caixa do DVD contém informação sobre que áreas
do mapa ou que países suportam a navegação com base nas
características do veículo. Se tiver seleccionado uma área do
mapa que não suporte a navegação com base nas características
do veículo, o sistema de navegação apresenta um camião com
uma cruz por cima.

A imagem mostra que o mapa não suporta a


navegação com base nas características do veículo.
Usar o sistema de navegação como um auxiliar na
80576bf6

selecção do trajecto.

Através da função de TMC, navegação dinâmica, o sistema de


navegação pode, por vezes, encontrar trajectos alternativos para
evitar condicionamentos temporários de trânsito. Para mais
informações, consulte a secção relativa à Navegação com TMC.

Completo
20091014 482
Ambiente do condutor

IMPORTANTE!
Usar o sistema de navegação como um auxiliar. A
navegação com base nas características do veículo
é uma forma de o sistema de navegação sugerir
um trajecto. Esteja atento a alterações novas,
temporárias ou desconhecidas ao longo do
trajecto.
Preste sempre toda a atenção às condições do
trânsito. Altere ou adicione um destino apenas
com o veículo parado.

Instalar software de navegação


O software do sistema de navegação é carregado na primeira vez
que é introduzido o DVD de navegação.
Instale o software da seguinte forma:
1. Introduza o DVD com o lado brilhante virado para
baixo. O disco é puxado para dentro automaticamente.

2. O sistema de navegação carrega o software


automaticamente.

O sistema de navegação tem de ser calibrado antes de ser


utilizado pela primeira vez; veja abaixo.

3. Aguarde alguns minutos antes de prosseguir com a


calibragem de acordo com as instruções.

483 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Calibrar o sistema de navegação


O sistema de navegação do rádio tem de ser calibrado antes de ser
utilizado pela primeira vez. Isto tem de ser feito depois de
instalado o software de navegação.
Proceda como se segue para calibrar o sistema de navegação:
1. Ligue o rádio e deixe-o ligado.

2. Introduza o DVD no rádio.

O sistema de navegação é calibrado enquanto o veículo é


conduzido. Use estradas principais.

3. A calibragem está concluída após 50 km de condução.

Iniciar o sistema de navegação e seleccionar


o destino
Primeiro tem de abrir o menu para seleccionar o destino.
Proceda como indicado a seguir:
1. Introduza o DVD no compartimento de CDs.

2. Prima NAVI (10).

Por vezes, o sistema de navegação apresenta o menu de


características do veículo. Pode efectuar alterações conforme
necessário. Prima NAVI ou aguarde.

3. Prima Destination (3).

Completo
20091014 484
Ambiente do condutor

4. Prima New destination (3). O menu New destination


abre.

Agora tem de seleccionar o seguinte, pela ordem indicada: país,


cidade, rua e, eventualmente, número da porta.
Se introduzir uma letra errada, corrija usando o botão (3) na seta do
lado direito.
Seleccionar o país
1. Prima Country (3).

2. Rode o botão de funções múltiplas direito (7) para


seleccionar letras e prima (7) para confirmar o nome do
país seleccionado.

3. Prima OK (3) para confirmar e sair do menu de selecção


de país.

Seleccionar cidade ou código postal.

4. Prima Town/Postcode (3).

5. Rode o botão de funções múltiplas direito (7) para


seleccionar letras e prima (7) para confirmar o nome da
cidade seleccionada.

6. Prima OK (3) para confirmar e sair do menu de selecção


de cidade.

485 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Seleccionar morada e número de porta.

7. Prima Street (3).

8. Rode o botão de funções múltiplas direito (7) para


seleccionar letras e prima (7) para confirmar o nome da
morada seleccionada.

9. Prima OK (3).

10. Prima OK (3) para confirmar e sair do menu de selecção


de morada.

11. Prima Housenumber (3).

12. Rode (7) para seleccionar números e prima (7) para


confirmar a morada seleccionada.

Seleccionar destinos no mapa

Se tiver seleccionado uma cidade, pode premir Dest. on map.


Pode então seleccionar um destino, utilizando os botões (3) e o
mapa que é apresentado. Amplie ou reduza o mapa, rodando o
botão de funções múltiplas direito.

Iniciar a navegação, Route guidance


Uma vez seleccionado um destino, pode iniciar a navegação e a
visualização do trajecto.
1. Prima Route guidance (3).

Completo
20091014 486
Ambiente do condutor

2. O sistema de navegação calcula o trajecto e começa a


apresentá-lo no ecrã. Prima OK, se necessário.

Opções de visualização da informação do trajecto:


• Símbolos.
• Mapa.
• Mapa e símbolos.

Prima MAP (9) para alternar entre diferentes opções de


visualização da informação do trajecto.

• Para iniciar a orientação por voz, prima (3), o símbolo do


altifalante e I.

Apresentação da informação do trajecto no grupo de


instrumentos

Alguns veículos podem mostrar a informação do trajecto no visor


do grupo de instrumentos. Use o botão INFO do veículo para
navegar no visor. Para mais informações, consulte a secção do
Manual do condutor intitulada Menus no visor.

Desligar a navegação
1. Prima NAVI (10).

2. P menu de navegação abre e são-lhe apresentadas duas


opções de escolha:

487 Completo
20091014
Ambiente do condutor

• Desligar a orientação de trajecto; o seu trajecto


permanece na memória sem necessidade de voltar a
introduzir o DVD. Prima Stop guidance (3).

• Para continuar com a orientação do percurso, prima MAP


(9).

Símbolos no ecrã durante a navegação

Uma vez iniciada a navegação em direcção a um destino, são


apresentados símbolos no ecrã.

Símbolos Explicação

Distância até ao destino


80576312

Tempo de condução restante


80576b13

Pode também visualizar a


hora de chegada com base no
relógio do rádio.

Escala do mapa
80576b1b

Orientação do mapa (Norte


80576b20

ou sentido de deslocação do
veículo)

Completo
20091014 488
Ambiente do condutor

Símbolos Explicação

Escala do mapa automática.


A

80576bb2
80576bb8
Visualização do mapa com
miras

Abrir Ecrã de orientação


80576bc8

Abrir definições do menu,


80576bcc

Settings

Repetir instrução de voz


80576bd2

Navegação dinâmica e
80576bd6

recepção das emissoras TMC


acessíveis.

Apresentação de satélites
80576bda

GPS disponíveis.

A imagem mostra que o mapa


80576bf6

não suporta a navegação com


base nas características do
veículo.

A imagem mostra que o mapa


80576bfb

suporta a navegação com base


nas características do veículo.

489 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Usar a função de corredor


Se tiver sido seleccionado um trajecto e pretender ouvir um
CD/MP3, pode usar a função de corredor. A função de corredor
significa que o sistema de navegação pode guardar informação
sobre o trajecto seleccionado numa área (corredor) à volta do
trajecto. Para tal, o sistema de navegação tem de poder carregar
a informação necessária antes de o DVD ser retirado. O sistema
de navegação pode guardar um corredor de cada vez depois de ter
sido introduzido o trajecto completo, com indicação do país,
cidade, rua e, eventualmente, número da porta.
Proceda do seguinte modo para usar a função de corredor:
1. Seleccione e introduza um destino completo.

2. Prima o botão de ejecção do CD (4). O sistema de


navegação indicará se o DVD pode ser retirado.

3. Aguarde até o sistema de navegação ter acabado de


gravar e prima o botão de ejecção do DVD (4).

O corredor está agora gravado e é possível usar o leitor de CD.


O sistema de navegação indicará quando precisar novamente do
DVD.

Gravar a morada de casa


É possível gravar no menu New Destination um destino
introduzido. É boa ideia gravar a morada de casa como um

Completo
20091014 490
Ambiente do condutor

destino. Isto torna mais fácil a utilização do sistema de


navegação.
Proceda do seguinte modo para gravar uma morada de casa:
1. Prima NAVI (10).

2. Prima Destination (3).

3. Prima Advanced (3).

4. Prima Edit home (3).

Pode agora introduzir uma nova morada ou usar a morada


actual como morada de casa.

5. Introduza uma morada nova para especificar uma nova


morada de casa.

6. Prima HERE para usar a morada actual.

7. Prima SAVE.

Navegar usando o TMC


Um sistema de navegação com TMC activado oferece orientação
de trajecto actualizada se surgirem incidentes de trânsito
temporários ao longo do trajecto planeado. Isto é feito através de
TMC, Traffic Message Channel. Pode utilizar TMC se as
estações de rádio na zona do percurso transmitirem TMC. Se
surgirem incidentes de trânsito temporários ao longo do trajecto

491 Completo
20091014
Ambiente do condutor

planeado, o novo trajecto é apresentado com uma mensagem de


voz. Pode haver alturas em que o sistema de navegação não é
capaz de encontrar um novo trajecto. Em tais situações, continua
com o trajecto original.
Se o destino estava activo na última vez em que usou NAVI (10)
acederá ao menu de destinos quando premir NAVI.

Activar e usar a função TMC

A função TMC está sempre activa por defeito. Proceda como se


segue para activar ou desactivar a função TMC:
1. Prima NAVI (10).

2. O menu de navegação é apresentado com o símbolo de


TMC na parte inferior do ecrã. Isto indica que a função
TMC está activa.

3. Prima Route options (3).

4. Prima TMC (3) para alternar entre ON e OFF.

5. Prima ESC (8) para sair do menu.

Indicação de condicionamentos temporários


de trânsito
Pode indicar manualmente um condicionamento temporário de
trânsito. Se tal ocorrer durante a condução, o sistema de
navegação sugere estradas alternativas. Pode fazê-lo mesmo sem
a função TMC activada. O sistema de navegação pode apresentar

Completo
20091014 492
Ambiente do condutor

sugestões, desde que esteja a dirigir-se para um destino definido


e com orientação de trajecto.
Proceda da seguinte forma para obter a sugestão de outra
estrada, caso haja um condicionamento de trânsito:
1. Prima desvio caso haja um condicionamento de trânsito
(6).

2. Prima Congest. ahead (3).

3. Rode o botão de funções múltiplas direito (7) e


introduza a distância até ao condicionamento de
trânsito.

4. Confirme premindo (7).

5. O trajecto é calculado com base nas novas condições.

Apagar um condicionamento de trânsito introduzido.

Proceda do seguinte modo para apagar um condicionamento de


trânsito introduzido manualmente.
Prima (6) e seleccione Congest. ahead. Cancel (3).

Usar destinos gravados


O sistema de navegação grava automaticamente os 10 destinos
mais recentes. Pode aceder a estes destinos a partir da memória e
usá-los novamente.

493 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Proceda do seguinte modo para usar um destino gravado:


1. Prima NAVI (10).

2. Prima Destination (3).

3. Prima Last 10 (3).

4. Seleccione um dos destinos com (3).

5. O sistema de navegação calcula o trajecto e dá início à


orientação.

Utilizar características do veículo durante a


navegação
Se tiver introduzido as características do veículo e a carga, o
sistema de navegação calcula o trajecto com base nesta
informação. Note que nem todos os mapas de todos os países
suportam esta função. A capa do DVD apresenta uma lista das
zonas da Europa que suportam as características do veículo.
As características que podem ser introduzidas são as dimensões,
o peso, características diversas e tipo de carga.

Completo
20091014 494
Ambiente do condutor

IMPORTANTE!
Use o sistema de navegação como um auxiliar.
Navegar com as características do veículo é uma
forma de o sistema de navegação poder fazer
sugestões sobre o trajecto. Esteja atento a
alterações novas, temporárias ou desconhecidas
ao longo do trajecto.
Preste sempre muita atenção às condições do
trânsito. Altere ou adicione um novo destino
apenas com o veículo parado.

Introduzir as características do veículo e da carga

Proceda da seguinte forma para introduzir as características do


veículo e da carga.
1. Prima NAVI (10).

2. Prima Settings (3).

3. Prima Veh.settings (3).

4. Seleccione Dimensions, Weight, Miscellaneous ou


Load.

5. Rode o botão de funções múltiplas do lado direito (7)


para definir os valores actuais.

6. Prima (7) para confirmar um valor seleccionado.

495 Completo
20091014
Ambiente do condutor

7. Prima ESC para gravar e voltar às definições do veículo.

8. Prima (3) para seleccionar um dos outros títulos que se


aplicam às características do veículo. Repita os passos 4-
5.

9. Saia do procedimento de definição premindo ESC.

O sistema de navegação calcula um novo trajecto se as


características do veículo forem alteradas durante a navegação.

Indicação de características do trajecto


Quando selecciona um trajecto, pode seleccionar propriedades
diferentes para esse trajecto. Pode seleccionar entre as seguintes
opções:
Seleccione entre as seguintes opções:
• Trajecto: Mais rápido, mais curto ou Econ, o que
optimiza o tempo e a distância.

• Auto-estrada: com ou sem auto-estrada.


• Ferry-boat: com ou sem ferry-boat.
• Estradas com portagens: com ou sem estradas com
portagens.

• TMC: com ou sem navegação dinâmica. O TMC


monitoriza as condições de trânsito existentes e avalia
trajectos alternativos, evitando os condicionamentos de
trânsito.

Completo
20091014 496
Ambiente do condutor

Proceda do seguinte modo para seleccionar opções de trajectos:


1. Prima NAVI (10).

2. Prima opções de Route (3).

3. Prima (3), lado esquerdo no parâmetro que pretende


alterar.

4. Prima ESC (8) para sair do menu.

As suas escolhas estão agora guardadas e são usadas para calcular


o trajecto até um destino seleccionado.

Sinalização da posição do veículo


Se o veículo se encontrar numa área sem cobertura GPS, pode
assinalar manualmente a posição do veículo no mapa.
Proceda da seguinte forma para assinalar a posição do veículo:
1. Prima NAVI (10).

2. Prima Settings (3).

3. Prima Pos. on map (3). Surge um mapa.

4. Pode agora usar as setas (3) para assinalar a localização


do veículo. Altere a escala do mapa com (7).

5. Prima OK (3) para confirmar e gravar a posição


seleccionada.

497 Completo
20091014
Ambiente do condutor

Protecção anti-roubo através de código


O rádio dispõe de protecção anti-roubo, que é activada através da
introdução de um código. O código não está activado no
momento da entrega. Quando o veículo é entregue vindo da
fábrica, encontra-se um papel com o código por baixo do tapete
de borracha na unidade eléctrica central. Quando o código for
activado, deve ser introduzido sempre que o rádio tenha estado
sem alimentação. Guarde o código de maneira a evitar o acesso
não autorizado.
Leia as instruções antes de activar a protecção anti-roubo. Tome
nota de como alterar um número mal introduzido.

Activação da protecção anti-roubo


Proceda da seguinte forma para activar a protecção anti-roubo
através de código.
Dispõe de 3 tentativas para introduzir o código correcto. Após a
terceira tentativa, o rádio fica bloqueado durante uma hora.
Antes de poder fazer nova tentativa, é necessário desligar
completamente o rádio durante uma hora.
1. Prima INFO (16).

2. Prima Syst.settings (3).

3. Prima Pin code (3).

4. Prima Yes (3).

Completo
20091014 498
Ambiente do condutor

5. Seleccione um número rodando o botão de funções


múltiplas do lado direito (7).

6. Confirme o número premindo o botão de funções


múltiplas do lado direito (7).

7. Após introduzir quatro números, confirme o código


premindo OK (3).

8. Após introduzir todos os números, confirme premindo


OK (3).

Corrigir um número mal introduzido

Se introduzir um ou mais números incorrectamente, pode


corrigi-los antes de confirmar o código.
1. Prima (3) na seta do lado direito do ecrã.

Pode premir várias vezes se vários números estiverem errados.


Um dos números fica amarelo cada vez que se prime.

2. Seleccione um novo número rodando o botão de


funções múltiplas do lado direito (7).

3. Prima o botão de funções múltiplas do lado direito (7) e


o novo número surgirá no ecrã.

Desactivação da protecção anti-roubo


Proceda da seguinte forma para desactivar a protecção anti-
roubo.

499 Completo
20091014
Ambiente do condutor

1. Prima o botão INFO do rádio (16).

2. Prima Syst.settings (3).

3. Prima Pin code. (3).

4. Prima NO (3).

5. Seleccione um número rodando o botão de funções


múltiplas do lado direito (7).

6. Confirme o número seleccionado premindo OK (3).

7. Após introduzir todos os números, confirme premindo


OK (3).

Introduzir um código quando a alimentação de corrente tenha


sido desligada do rádio

O código código tem de ser novamente introduzido se o rádio


tiver estado sem alimentação. Se introduzir o código
incorrectamente, aplicam-se as mesmas condições da secção
sobre a desactivação da protecção anti-roubo. Após 3 tentativas
falhadas para introduzir o código, deve esperar pelo menos uma
hora.
Proceda como se segue para introduzir o código:
1. Seleccione um número rodando o botão de funções
múltiplas do lado direito (7).

Completo
20091014 500
Ambiente do condutor

2. Confirme o número seleccionado premindo o botão de


funções múltiplas do lado direito (7).

3. Proceda do mesmo modo para os restantes números.

4. O rádio inicia.

Dispõe de 3 tentativas para introduzir o código correcto. Após a


terceira tentativa, o rádio fica bloqueado durante uma hora.
Antes de poder fazer nova tentativa, é necessário desligar
completamente o rádio durante uma hora.

Alarme de fumo
O alarme de fumo dispara quando detecta partículas de fumo. O
alarme de fumo pode reagir a partículas no fumo de um cigarro
e, até certo ponto, a poeiras.
Durante o funcionamento normal, o botão pisca a intervalos de
45 segundos. O alarme começa a um nível sonoro baixo e
aumenta para um nível mais alto após cerca de 50 segundos.

IMPORTANTE!
As condições externas afectam o tempo de vida
útil do alarme de fumo.

501 Completo
20091014
Ambiente do condutor

8003cd59

O alarme de fumo situa-se por cima da porta do condutor ou no


tejadilho, do lado do condutor.

Verificar o alarme de fumo

IMPORTANTE!
Verifique o funcionamento do alarme de fumo
pelo menos uma vez por semana e depois de um
período de férias ou de ausência prolongada.

Para verificar se o alarme de fumo está a funcionar, mantenha o


botão premido durante 5-10 segundos. O alarme deverá então
disparar e o botão deve piscar enquanto estiver premido.

Completo
20091014 502
Ambiente do condutor

NOTA:Nota:
Após a verificação, o alarme de fumo passa
automaticamente para o modo temporizador.

Se o alarme disparar sem qualquer motivo, é provável que esteja


sujo. O alarme de fumo terá de ser então substituído.
O alarme de fumo deve ser sempre verificado durante a
manutenção na oficina.

Função de temporização
Visto que o alarme também pode disparar por outras razões que
não o fumo de incêndio, existe uma função de temporização, que
permite ao condutor desligar temporariamente o alarme de
fumo. Pode usar-se esta função quando alguém está a fumar.
Carregando brevemente no botão, o alarme de fumo desliga por
10 minutos. O mesmo se aplica quando o alarme dispara. Na
função de temporização, o botão pisca a intervalos de 10
segundos.

Substituir a bateria
Quando chegar a altura de substituir a bateria, o botão pisca e o
alarme de fumo emite um sinal acústico a intervalos de 45
segundos. Este sinal de alarme dispara cerca de um mês antes de
a bateria ficar completamente descarregada. A bateria dura 1 a 2
anos consoante a quantidade de alarmes e períodos de elevadas

503 Completo
20091014
Ambiente do condutor

temperaturas. O alarme de fumo leva uma bateria de 9 volt, tipo


6R61, 6LR61 ou 1604 A.

Acessórios
Os acessórios fixos devem ser instalados pós-venda numa oficina
Scania.

Se o veículo estiver equipado com tomadas eléctricas, pode ligar


acessórios portáteis a elas. As tomadas estão marcadas como
sendo de 12 V ou 24 V e estão normalmente instaladas no painel
de instrumentos.

IMPORTANTE!
A tensão nas tomadas de 24 V pode variar. Por
isso, certifique-se de que os acessórios ligados às
tomadas de 24 V podem suportar tensões
contínuas até 30 V. Se assim não for, existe o risco
de os acessórios serem danificados.

Completo
20091014 504
Segurança em caso de colisão

Segurança em caso de colisão


Cinto de segurança

Use os cintos de segurança de forma correcta


A protecção fornecida pelo cinto é melhor se o cinto abdominal
estiver colocado o mais abaixo possível na zona das ancas. O cinto
diagonal deve estar o mais perto possível do ombro, sem ficar
demasiado perto do pescoço. Certifique-se de que o cinto não
está torcido nem a roçar em quaisquer arestas afiadas.
O cinto nunca pode estar lasso. Verifique com cuidado,
especialmente se usar roupas volumosas.

! ATENÇÃO
Para reduzir o risco de lesões em caso de colisão,
o condutor e os passageiros devem usar sempre
cinto de segurança durante a deslocação do
veículo.

505 Completo
20091014
Segurança em caso de colisão

Utilizar as camas

! ATENÇÃO
Para reduzir o risco de lesões em caso de colisão,
as camas só deverão ser usadas com o veículo
parado.

Pré-tensor do cinto de segurança


803397f2

Para aumentar a protecção do condutor, o cinto de segurança


está equipado com um pré-tensor. O pré-tensor do cinto de
seguranção está sempre activado, para o caso de uma eventual
colisão frontal e diminui o movimento corporal para a frente. No

Completo
20091014 506
Segurança em caso de colisão

entanto, não está concebido para ser accionado, se o carro


capotar, for atingido de um dos lados ou se se verificar uma
colisão menor.

Após a colisão

! ATENÇÃO
O cinto de segurança, o pré-tensor do cinto de
segurança e os restantes componentes do sistema
têm de ser inspeccionados após cada colisão.
Mesmo o cintos de segurança e os componentes
que não foram usados na colisão têm de ser
inspeccionados e substituídos caso apresentem
indícios de danos ou outros defeitos.

A Scania recomenda a substituição de todas os componentes dos


cintos de segurança que foram usados numa colisão. Não é
necessária a substituição após uma colisão ligeira, quando uma
oficina Scania não encontrar qualquer dano e considerar que o
cinto funciona bem.

507 Completo
20091014
Segurança em caso de colisão

Destruição

! ATENÇÃO
Os pré-tensores dos cintos de segurança têm de
ser eliminados de forma segura antes de destruir
o veículo.

Símbolos no grupo de instrumentos


80016d97

Símbolo amarelo

O símbolo poderá acender se o pré-tensor tiver disparado.


Quando o símbolo acende durante a condução, significa que
ocorreu uma avaria. Esta avaria poderá significar que não vai
ocorrer activação do pré-tensor do cinto de segurança em caso de
colisão. O pré-tensor do cinto de segurança deve ser
inspeccionado imediatamente numa oficina Scania.
A função normal do cinto de segurança está operacional mesmo
que o símbolo acenda.

Completo
20091014 508
Segurança em caso de colisão

Códigos de falha (avaria)


Se existir uma avaria no pré-tensor do cinto de segurança, são
gerados os respectivos códigos de avaria. Consulte a secção
relativa ao grupo de instrumentos para obter mais informações
sobre como ver os códigos de avaria.

Airbag

! ATENÇÃO
É especialmente importante utilizar o cinto de
segurança em veículos equipados com airbag. Isto
garante ama posição correcta no banco se o
airbag insuflar.

O cinto ajuda-o a manter-se na posição correcta, para que o


airbag o proteja da melhor forma. Se não usar cinto de segurança
está a pôr em risco a sua segurança.

IMPORTANTE!
O airbag tem de ser substituído no máximo 15
anos após a data de fabrico.

509 Completo
20091014
Segurança em caso de colisão

Insuflação do airbag durante uma colisão


frontal

803397f1

Tem início o processo de colisão.

Completo
20091014 510
Segurança em caso de colisão

A unidade de controlo detecta o


atraso e emite um sinal que
insufla o airbag.
Simultaneamente, o pré-tensor
803397f0

do cinto de segurança dispara.

Quando o airbag está totalmente


insuflado, encosta à cabeça e ao
803397ef

corpo do condutor.

511 Completo
20091014
Segurança em caso de colisão

O peso do condutor empurra o ar


para fora do airbag, amortecendo
803397ee

assim o impacto.

Após a colisão

! ATENÇÃO
O cinto de segurança, o pré-tensor do cinto de
segurança e os restantes componentes do sistema
têm de ser inspeccionados após cada colisão.
Mesmo o cintos de segurança e os componentes
que não foram usados na colisão têm de ser
inspeccionados e substituídos caso apresentem
indícios de danos ou outros defeitos.

Completo
20091014 512
Segurança em caso de colisão

Se for activado um sistema com airbag, os cintos de segurança


têm de ser substituídos. Isto também se aplica ao lado do
passageiro, se estiver equipado com pré-tensor do cinto de
segurança.

Destruição

! ATENÇÃO
Os airgabs têm de ser eliminados de forma segura
antes de destruir o veículo.

Todos os trabalhos que impliquem a eliminação de airbags têm


de ser realizados por uma oficina Scania.

Símbolos no grupo de instrumentos


80016d97

Símbolo amarelo

Um símbolo amarelo acende durante alguns segundos ao ligar a


ignição, se o veículo estiver equipado com airbag. O símbolo
poderá também acender se o airbag tiver disparado.
Se o símbolo acender durante a condução, isso significa que
ocorreu uma avaria algures no sistema. Esta avaria poderá

513 Completo
20091014
Segurança em caso de colisão

significar que não vai ocorrer activação do airbag em caso de


colisão. O sistema deve ser inspeccionado imediatamente numa
oficina Scania.
A função normal do cinto de segurança está operacional mesmo
que o símbolo acenda.

Códigos de falha (avaria)


As avarias no airbag podem também levar à emissão de códigos
de avaria. Pode ler os códigos de avaria no grupo de
instrumentos. Consulte a secção relativa ao grupo de
instrumentos para obter mais informações sobre como ler os
códigos de avaria.

Completo
20091014 514
Fechos e alarme

Fechos e alarme
Fecho centralizado

Trancar e destrancar
Pode trancar e destrancar o fecho centralizado do veículo do
seguinte modo:
• Rode a chave da ignição na fechadura da porta.
• Carregue no interruptor do fecho centralizado.
80030f89

• Use o trinco no manípulo interior da porta.

515 Completo
20091014
Fechos e alarme

80065213

NOTA:Nota:
As portas têm de estar fechadas para que seja
possível efectuar a trancagem.

Trancagem e destrancagem
Pode activar e desactivar a trancagem centralizada do veículo da
seguinte forma:
• Rode a chave de ignição na fechadura da porta.
• Prima o botão de trancagem ou de destrancagem do
comando à distância uma vez.

• Utilize o trinco, no manípulo interior da porta.

Completo
20091014 516
Fechos e alarme

80065213

Trancagem automática
Se destrancar o veículo com o comando à distância, o veículo é
trancado automaticamente após determinado tempo se não abrir
uma porta e se a chave da ignição não estiver na posição de
arranque. Esta função pode se alterada numa oficina Scania.

Trancar e destrancar
Pode trancar e destrancar o fecho centralizado do veículo do
seguinte modo:
• Carregue uma vez no botão de trancar ou destrancar no
comando à distância.

• Rode a chave da ignição na fechadura da porta.


• Use o trinco no manípulo interior da porta.

517 Completo
20091014
Fechos e alarme

80065213

Para activar o alarme terá de efectuar a trancagem através do


botão de trancar no comando à distância.

NOTA:Nota:
Se o alarme estiver activado, terá de efectuar a
destrancagem através do botão de destrancar no
comando à distância, caso contrário o alarme será
activado.

Trancar o veículo com a chave da ignição na


posição de condução
É possível programar o veículo de modo a poder trancá-lo com a
chave da ignição na posição de condução, por exemplo, quando

Completo
20091014 518
Fechos e alarme

estiver a usar o elevador traseiro. Proceda como indicado a


seguir:
1. Deixe a chave da ignição na posição de condução.
Aplique o travão de mão.

2. Tranque o veículo carregando no botão do comando à


distância.

Comando à distância para o alarme,


fechos e alguma iluminação exterior
O comando à distância pode ser utilizado para accionar o sistema
de fecho centralizado, testar todas as luzes exteriores e activar a
iluminação de segurança.
O comando à distância tem um díodo que pisca quando um dos
botões é pressionado. Se o díodo não piscar, a bateria deve ser
substituída.

1. Ligue a iluminação de segurança.


2. Tranque as portas.
3. Teste as luzes exteriores. Todas as
lâmpadas se acendem em
sequência.
80574543

4. Destranque as portas.

519 Completo
20091014
Fechos e alarme

O comando à distância pode ser utilizado para armar o


alarme,accionar o sistema de fecho centralizado, testar todas as
luzes exteriores, activar a iluminação de segurança e activar o
alarme de emergência. Pode encontrar mais informações sobre as
funções na secção "Alarme".
O comando à distância tem um díodo que pisca quando um dos
botões é pressionado. Se o díodo não piscar, a bateria deve ser
substituída.

1. Ligue a iluminação de segurança.


2. Tranque as portas e arme o
alarme.
3. Teste as luzes exteriores. Todas as
lâmpadas se acendem em
sequência.
4. Arme o alarme sem o detector de
movimento do cabo e sensor de
inclinação do veículo. Adequado,
quando estacionado num ferry-
boat.
5. Destranque as portas e desarme o
alarme.
6. Arme o alarme sem o detector de
movimento. Pode ser utilizado
como protecção de entrada,
805547ee

enquanto dorme na cabina.

Completo
20091014 520
Fechos e alarme

Iluminação de segurança e teste da


iluminação exterior
A iluminação de segurança torna mais segura a deslocação até ao
veículo, se não existirem fontes de iluminação perto do veículo.
As luzes da iluminação exterior, as luzes de presença e a luzes dos
indicadores de mudança de direcção.
A iluminação de segurança e o teste da iluminação exterior são
automaticamente desligados:
• após 1 minuto.
• após carregar novamente no botão relevante,
• quando se roda a chave da ignição para a posição de
condução

• quando o veículo inicia a marcha.


Alarme de emergência

Active o alarme de emergência, premindo o botão sem soltar.


Desactive-o, premindo o símbolo de destrancagem.

Substituir a bateria

A bateria encontra-se na parte de trás do comando à distância.


Abra a tampa, inserindo uma chave de fendas no orifício existente
no logotipo Scania e retirando com cuidado. A bateria é uma
bateria de lítio, 3V CR 2430.

521 Completo
20091014
Fechos e alarme

Cancelar registo e registar o comando à distância

Se perdeu o comando à distância e pretende que este seja


bloqueado, pode fazê-lo numa oficina Scania. Leve o código PIN
que é comum ao comando à distância e ao imobilizador. O
código PIN está na posse do proprietário do veículo. O
proprietário do veículo pode solicitar a ajuda de uma oficina
Scania, se tiver perdido o código PIN.

Imobilizador
O imobilizador constitui uma protecção anti-roubo electrónica
que apenas permite que o veículo seja posto a trabalhar com a
chave da ignição correcta.

O autocolante indica que o veículo está equipado com


803204dd

um imobilizador.

Códigos

NOTA:Nota:
Aquando da entrega do veículo, é fornecido um
saco contendo outros documentos e chaves.
Neste saco encontram-se o código PIN para o
imobilizador, etc. e o código de encriptação.
Cada conjunto de chaves possui apenas um único
código PIN e um único código de encriptação.
Guarde os códigos em lugar seguro.

Completo
20091014 522
Fechos e alarme

O código PIN é necessário para:


• acrescentar várias chaves da ignição,
• substituir o coordenador ou a unidade de comando do
motor.

O código de encriptação é necessário para:


• substituir o coordenador ou a unidade de comando do
motor.

Chaves da ignição
Para pôr o veículo a trabalhar tem de usar a chave da ignição
correcta. O veículo verifica se a chave é a correcta sempre que é
ligado.
802937d1

523 Completo
20091014
Fechos e alarme

NOTA:Nota:
Coloque no seu porta-chaves apenas uma chave
da ignição. Esta regra aplica-se a todos os tipos e
marcas de veículos. Várias chaves da ignição no
mesmo porta-chaves podem originar anomalias e
impedir o arranque do veículo.

Chaves da ignição novas


Aquando da entrega do veículo, receberá duas ou mais chaves da
ignição. Se precisar de mais chaves da ignição ou de um novo
conjunto de chaves da ignição, pode encomendá-las numa oficina
Scania. As chaves da ignição têm de ser programadas com o
código PIN ou o código de encriptação que é específico para o
imobilizador do veículo. Por esta razão não é possível
encomendar nem copiar uma chave normal.

Chaves da ignição perdidas


Se perder uma chave da ignição, deve consultar uma oficina
Scania para substituir todas as chaves da ignição e cilindros das
fechaduras.

Aprovação do tipo de rádio


O imobilizador é constituído por um transmissor e um receptor.
Tem de, por isso, ter aprovação do tipo de rádio, em

Completo
20091014 524
Fechos e alarme

conformidade com a legislação nacional de cada país. A


aprovação do tipo de rádio aplica-se aos seguintes países:

A B DK EST
FR FIN F D
GR H IS IRL
I L NL N
P E S RO
80030c91

CH TR GB

França também inclui Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica,


Nova Caledónia e Reunião.
8033624a

CZ SK
80030cf9

80030cfb
80336255
80336254
80030cfc

525 Completo
20091014
Fechos e alarme

Aviso acústico

O autocolante indica que o veículo está equipado com


8032885b

alarme.

Interruptor principal da bateria e alarme

NOTA:Nota:
O fusível para o alarme e para o tacógrafo
encontra-se na caixa da bateria.

Se o interruptor principal da bateria estiver desligado


• o veículo continua a ser monitorizado pelo alarme
• o alarme pode ser armado e desarmado com o comando à
distância

• o comando à distância pode ser utilizado para destrancar


as portas.

Trancar as portas e armar o alarme


• Pressione o botão de trancar no comando à distância para
trancar o sistema de fecho centralizado do veículo e arme
o alarme.

Completo
20091014 526
Fechos e alarme

• Se todas as portas e alçapões estiverem bem fechados, os


indicadores de mudança de direcção piscam duas vezes e o
LED no cabina começa a piscar.

• Quando o alarme está armado, o LED na cabina pisca


uma vez de dois em dois segundos.

• Se ocorrer uma avaria, como por exemplo um alçapão que


não esteja bem fechado, o LED na cabina e os indicadores
de mudança de direcção piscam rapidamente durante 5
segundos.

Se uma porta não estiver completamente fechada quando tranca


o veículo, essa porta permanece por trancar. Mas o alarme é
activado, mesmo que nem todas as portas e alçapões estejam bem
fechados.

Desactivar o alarme e destrancar


Para desactivar o alarme, pressione o botão de destrancar no
comando à distância. Os indicadores de mudança de direcção
piscam uma vez e o LED pára de piscar. Se o alarme tiver
disparado, desligue-o utilizando o botão de destrancar do
comando à distância.

527 Completo
20091014
Fechos e alarme

Pode destrancar as portas de diferentes maneiras, consoante as


definições do veículo:
• Destrancar individualmente: Para desactivar o alarme e
destrancar a porta do condutor, pressione uma vez o
botão de destrancar no comando à distância. Pressione
duas vezes para destrancar ambas as portas.

• Destrancar simultaneamente: Prima o botão de


destrancar no comando à distância uma vez para
desactivar o alarme e destrancar as duas portas.

Mais funções e alteração de definições

Uma oficina Scania pode activar funções e alterar algumas


definições do alarme. Entre outras, as funções que podem ser
activadas são:
• retrancagem
• trancagem automática.
• zonas de alarme, work alert.
Contacte uma oficina Scania para mais informações.

Completo
20091014 528
Fechos e alarme

Disparar o alarme de emergência

80519e47

Interruptor do alarme de emergência

O alarme de emergência pode ser disparado de duas formas:


• Pressione o interruptor do alarme de emergência na
cabina durante, pelo menos, 2 segundos. A sirene soa e os
indicadores de diracção piscam.

• Pressione sem soltar qualquer botão do comando à


distância durante, pelo menos, 2 segundos.

O comando à distância é programado de fábrica com a função do


alarme de emergência activada. A função do alarme de
emergência do comando à distância pode também ser
desactivado por uma oficina Scania.
O alarme de emergência pode ser desactivado de duas formas:
• Pressione o botão de destrancagem no comando à
distância.

• Pressione o interruptor do alarme de emergência durante,


pelo menos, 2 segundos.

529 Completo
20091014
Fechos e alarme

Corte de emergência
Se tiver activado o alarme com um comando à distância que
depois perdeu ou ficou danificado, pode efectuar um corte de
emergência usando a chave da ignição normal.
Proceda como indicado a seguir:
1. Destranque a porta do condutor com a chave da ignição,
o alarme é disparado.

2. Abra a porta do condutor.

3. Insira a chave na ignição e rode-a para a posição de


condução. O alarme é desligado quando a chave é
verificada e autorizada.

Símbolos e códigos do alarme


O alarme é disparado quando qualquer um dos sensores de
alarme emite o sinal. O LED pisca então uma vez por segundo e
o alarme soa. Pode ver qual dos sensores accionou o alarme
verificando os códigos do alarme no visor. Para mais
informações, consulte a secção sobre o grupo de instrumentos.
Os símbolos de alarme são apresentados no visor durante 20
segundos. Os códigos de alarme podem ser apagados numa
oficina Scania.
Se se esquecer de fechar uma porta ou alcapão antes de armar o
alarme, não é gerado qualquer código de alarme.

Completo
20091014 530
Fechos e alarme

Alarme - Portas da cabina

80568860

Vermelho

8192 Porta do condutor aberta.

8225 Avaria no motor de


trancagem da porta do
condutor.

8201 O motor de trancagem da


porta do condutor disparou o
alarme.

8216 Avaria no sensor do alarme da


porta do condutor.

8193 Porta do passageiro aberta.

8226 Avaria no motor de


trancagem da porta do
passageiro.

8202 O motor de trancagem da


porta do passageiro disparou
o alarme.

8217 Avaria no sensor do alarme da


porta do passageiro.

531 Completo
20091014
Fechos e alarme

Alarme - Arrumo exterior

80568868

Vermelho

8195 Caixa de arrumação do lado


do condutor aberta

8196 Caixa de arrumação do lado


do passageiro aberta

8219 Avaria no sensor da caixa de


arrumação do lado do
condutor.

8220 Avaria no sensor da caixa de


arrumação do lado do
passageiro.

Alarme - Painel da grelha


dianteira
80568875

Vermelho

Completo
20091014 532
Fechos e alarme

8197 Painel da grelha dianteira


aberto.

8221 Avaria no sensor do painel da


grelha dianteira.

Alarme - Alçapão do tejadilho


80568881

Vermelho

8198 Alçapão do tejadilho aberto.

8222 Avaria no sensor do alçapão


do tejadilho.

Alarme - Bloqueio da
carroçaria
80568864

Vermelho

533 Completo
20091014
Fechos e alarme

8203 O motor de bloqueio para a


porta do espaço de carga
disparou o alarme.

8227 Avaria no motor do bloqueio


da porta do espaço de carga.

Alarme - Sensor de
movimento na carroçaria
80568934

Vermelho

8208 Sensor de movimento na


carroçaria activado.

8209 Sensor de movimento na


carroçaria desactivado.

Alarme - Sensor auxiliar


80034dec

Vermelho

Completo
20091014 534
Fechos e alarme

8199 Sensor auxiliar aberto.

8223 Avaria no sensor auxiliar 1.

8200 Sensor auxiliar 2 aberto.

8224 Avaria no sensor auxiliar 2.

Alarme - Ignição
80034dec

Vermelho

8213 Veículo arrancou com o


alarme activo.

8204 Ignição desactivada.

8210 BBS - Bateria de apoio e


sirene desactivadas.

8211 Avaria de comunicação com o


BBS.

535 Completo
20091014
Fechos e alarme

Alarme - Alarme de
emergência

80034dec

Vermelho

8214 Interruptor do alarme de


emergência activado.

8215 Alarme de emergência


activado através do comando
à distância.

Alarme - Sensor de inclinação


805688d0

Vermelho

8205 Sensor de inclinação


activado.

Completo
20091014 536
Fechos e alarme

Alarme - Sensor de
movimento na cabina

805688f6
Vermelho

8206 Sensor de movimento na


cabina activado.

8207 Sensor de movimento na


cabina desactivado.

Alarme - Sirene
8046a26c

Vermelho

2012 Sirene desactivada

2013 Falha de comunicação da


sirene

Sirene
A sirene tem uma bateria de reserva que fornece alimentação à
própria e a todo o sistema de alarme durante 2 dias, no máximo,

537 Completo
20091014
Fechos e alarme

quando a alimentação principal falha. A bateria deve ser


verificada regularmente por uma oficina Scania.

Sensor de movimento
O veículo está equipado com sensores de movimento para a
cabina. Alguns veículos possuem também sensores de
movimento para o espaço de carga. O sensor de movimento só é
activado quando o alarme é armado. O sensor não detecta
movimentos do ar nem objectos pequenos. Isto significa que a
ventilação para paragens curtas pode ser ligada quando o alarme
está totalmente armado.

Tecto de abrir
O alçapão do tejadilho eléctrico pode ser deixado aberto na
posição de ventilação quando o alarme está armado. Mas, se o
alçapão do tejadilho for aberto para além da posição de
ventilação, o alarme dispara se estiver armado aquando da
abertura.
O painel manual do tejadilho não tem sensor de alarme.

Mais ligações
O sistema de alarme possui ligações para sensores de alarme
adicionais, um motor de trancagem adicional e sensores de
movimento. Existem ligações para ligar, por exemplo, um
pirilampo rotativo, luzes de assistência, uma câmara e sensores
extra.

Completo
20091014 538
Fechos e alarme

Contacte uma oficina Scania para ligar e programar estas


ligações.

Leve o código PIN quando for à oficina


Leve o código PIN se pretender que uma oficina Scania
reprograme, actualize ou adicione novas funções ao alarme. O
código é também necessário para renovar o comando e para que
a oficina possa programar comandos adicionais para o veículo.

NOTA:Nota:
Não existe qualquer relação entre o código PIN e
o número do chassis. O código PIN é necessário
durante a programação.

539 Completo
20091014
Manutenção

Manutenção
Programa de manutenção
O programa de manutenção do seu veículo depende das
respectivas especificações e da utilização que lhe dá. Contacte
uma oficina Scania para obter o programa de manutenção
correcto específico para o seu veículo.

Grelha dianteira bloqueável


8031dec2

Se a grelha dianteira for bloqueável, abra-a com o auxílio de um


manípulo existente no pilar da porta. Segure no manípulo pela
seta e puxe para cima até ouvir dois "cliques".

Completo
20091014 540
Manutenção

Bascular a cabina

Mecanismo basculante da cabina

805ed052

A bomba basculante da cabina está localizada do lado esquerdo,


por trás do degrau traseiro.
Quando é baixada correctamente, a cabina é bloqueada por dois
fechos mecânicos, que abrem por accionamento hidráulico
durante o basculamento.

541 Completo
20091014
Manutenção

! ATENÇÃO
Durante a condução, a válvula da bomba deve
estar em posição de baixar. Caso contrário, o
sistema hidráulico pode bascular a cabina,
causando ferimentos ou danos.

! ATENÇÃO
Segure a cabina com um apoio de cabina,
quando estiver basculada.

! ATENÇÃO
O veículo deve estar numa superfície plana
quando a cabina é basculada. Nunca bascule a
cabina com o veículo numa inclinação superior a
10%. Tal pode sobrecarregar a bomba de
bascular a cabina e/ou a bomba basculante da
cabina. A presença de demasiados objectos
pesados na cabina poderá ter o mesmo efeito.
Não permaneça à frente ou atrás da cabina
durante o processo de bascular.

Completo
20091014 542
Manutenção

Mecanismo basculante da cabina

805ed0b4
A bomba basculante da cabina está situada em frente do degrau de entrada do
passageiro.

Quando é baixada correctamente, a cabina é bloqueada por dois


fechos mecânicos, que abrem por accionamento hidráulico
durante o basculamento.

! ATENÇÃO
Durante a condução, a válvula da bomba deve
estar em posição de baixar. Caso contrário, o
sistema hidráulico pode bascular a cabina,
causando ferimentos ou danos.

543 Completo
20091014
Manutenção

! ATENÇÃO
Não trabalhe debaixo de uma cabina basculada
até à posição intermédia. Bascule sempre a cabina
até à posição máxima.

! ATENÇÃO
O veículo deve estar numa superfície plana
quando a cabina é basculada. Nunca bascule a
cabina com o veículo numa inclinação superior a
10%. Tal pode sobrecarregar a bomba de
bascular a cabina e/ou a bomba basculante da
cabina. A presença de demasiados objectos
pesados na cabina poderá ter o mesmo efeito.
Não permaneça à frente ou atrás da cabina
durante o processo de bascular.

Verificar o nível do óleo na bomba


basculante da cabina
Esta operação é aplicável a todas as cabinas à excepção das
cabinas R com tejadilho alto.

Completo
20091014 544
Manutenção

O nível do óleo deve estar:


• 30 mm abaixo do bordo do orifício de enchimento ou 2
mm acima da parte superior do êmbolo.

NOTA:Nota:
Nunca encha a bomba basculante da cabina com
óleo quando a cabina estiver basculada.

Tipo de óleo na bomba basculante da cabina


A temperaturas superiores a -20 °C, a bomba basculante da
cabina deve ser atestada com óleo hidráulico com a classe de
viscosidade 22 ou 32 cST , se as temperaturas forem de +40 °C,
ou óleo ATF Dexron de grau II ou III.
A temperaturas inferiores a -20 °C, até, no máximo, -40 °C, a
bomba basculante da cabina deve ser atestada com óleo
hidráulico com a classe de viscosidade 1500 cST.

Verificar o nível do óleo na bomba


basculante da cabina
Esta operação é aplicável apenas às cabinas R com tejadilho alto

545 Completo
20091014
Manutenção

! ATENÇÃO
Não retire o bujão de enchimento do óleo da
bomba basculante da cabina sem ter primeiro
lido as instruções que se seguem.

O sistema hidráulico para bascular a cabina está sob pressão


interna constante. Antes de retirar o bujão de enchimento do
óleo, é necessário despressurizar o sistema.
1. Coloque a válvula da bomba na posição para bascular.
Bombeie durante cerca de 20 movimentos. Depois disto,
a cabina deverá já estar ligeiramente levantada.

2. Volte a colocar a válvula da bomba na posição para


baixar. A cabina volta à sua posição inicial.

3. Retire o bujão de enchimento do óleo da bomba


basculante da cabina.

4. Ateste a bomba basculante da cabina com óleo da


especificação correcta. O nível do óleo deve estar 30 mm
abaixo do bordo do orifício de enchimento ou 2 mm
acima da parte superior do êmbolo.

5. Reinstale o bujão de enchimento do óleo.

Completo
20091014 546
Manutenção

Veículos com préfiltro


Os veículos com um préfiltro e uma admissão de ar elevada
dispõem de um tubo que deve ser desligado, antes da cabina ser
basculada. Abra a braçadeira (1), antes de bascular a cabina.
Prenda a braçadeira quando baixar a cabina.

1
Abra a braçadeira (1) e solte o
tubo, antes de bascular a cabina.
Prenda a braçadeira, depois de
804d1740

baixar a cabina.

Bascular

! ATENÇÃO
Para bascular a cabina, o motor deve estar
desligado, o travão de mão aplicado e a caixa de
velocidades em ponto morto.

547 Completo
20091014
Manutenção

A cabina é basculada da seguinte forma:


1. Aplique o travão de mão.

2. Coloque a alavanca das mudanças em ponto morto.

NOTA:Nota:
Existe o risco de poder ser engrenada uma
mudança ao bascular a cabina.

3. Desligue o motor.

4. Certifique-se de que não há objectos soltos na cabina,


que possam cair e estragar-se ou causar danos.

A alavanca está localizada sob a


8031dec1

grelha superior dianteira.

5. Abra a grelha superior dianteira e retire a alavanca.


Deixe a grelha dianteira aberta.

6. Feche as portas.

Completo
20091014 548
Manutenção

7. Coloque a válvula da bomba na posição para bascular.


Use o adaptador ou a alavanca.

Posicionar a válvula da bomba


para inclinar a cabina para cima
ou para baixo. A figura acima
mostra a posição da válvula
durante o basculamento. A figura
abaixo mostra a posição da
válvula quando se baixa a
cabina. Use a alavanca ou o
adaptador para colocar a válvula
80065588

da bomba na posição correcta.

8. Coloque o adaptador no pino da bomba.

9. Monte a alavanca no adaptador. Recorde que a alavanca


deve ser movimentada para cima e para baixo,
mantendo-se paralela ao comprimento do veículo.

8. Monte o adaptador. 9. Monte


805ed04e

a alavanca no adaptador.

549 Completo
20091014
Manutenção

10. Comece a bascular. O fecho da cabina abre


automaticamente. Certifique-se de que o fecho da
cabina abre completamente antes de a bomba atingir a
pressão total.

! ATENÇÃO
Se for necessário pôr o motor a trabalhar com a
cabina basculada, assegure-se de que a alavanca
das mudanças está em ponto morto.

11. Bascule sempre a cabina ao máximo, ou seja, até que esta


caia para a frente sob o seu próprio peso.

12. Volte a colocar a válvula da bomba na posição para


baixar.

Bascular

! ATENÇÃO
Para bascular a cabina, o motor deve estar
desligado, o travão de mão aplicado e a caixa de
velocidades em ponto morto.

Completo
20091014 550
Manutenção

! ATENÇÃO
A cabina "CewCab" não pode ser basculada para
além do seu estado de equilíbrio. Isto torna o
apoio da cabina ainda mais importante.
O risco de esmagamento é maior durante o
processo de abaixamento.
Certifique-se de que não se encontra ninguém
perto da cabina que está a ser levantada ou
baixada.

O apoio da cabina deve ser usado


sempre que a cabina está
801ed8ab

basculada.

A cabina "CrewCab" é basculada da seguinte forma:


1. Aplique o travão de mão.

2. Coloque a alavanca das mudanças em ponto morto.

551 Completo
20091014
Manutenção

NOTA:Nota:
Existe o risco de poder ser engrenada uma
mudança ao bascular a cabina.

3. Desligue o motor.

4. Certifique-se de que não há objectos soltos na cabina,


que possam cair e estragar-se ou causar danos.

5. Abra a grelha superior dianteira e retire a alavanca.


Deixe a grelha dianteira aberta.

6. Feche as portas.

7. Coloque a válvula da bomba na posição para bascular;


use a alavanca.

Posicionar a válvula da bomba


para inclinar a cabina para cima
ou para baixo. A figura acima
mostra a posição da válvula
durante o basculamento. A figura
abaixo mostra a posição da
válvula quando se baixa a
cabina. Use a alavanca para
colocar a válvula da bomba na
80065588

posição correcta.

Completo
20091014 552
Manutenção

8. Comece a bascular. O fecho da cabina abre


automaticamente. Certifique-se de que o fecho da
cabina abre completamente antes de a bomba atingir a
pressão total.

9. Bascule a cabina até esta atingir o ângulo de abertura


total. O ângulo de abertura da cabina "CrewCab" é um
ângulo raso.

10. Monte o apoio de cabina. Faça-o com muito cuidado!

! ATENÇÃO
Se for necessário pôr o motor a trabalhar com a
cabina basculada, assegure-se de que a alavanca
das mudanças está em ponto morto.

Baixar
Prossiga como indicado a seguir:
1. Certifique-se de que a alavanca das mudanças está em
ponto morto. Certifique-se de que as portas estão
fechadas.

553 Completo
20091014
Manutenção

! ATENÇÃO
Ao baixar a cabina, não coloque as mãos na
borracha do guarda-lamas. Caso contrário, corre
o risco de esmagamento.

2. Verifique se a válvula da bomba está em posição de


descida e coloque a cabina na posição inicial.

IMPORTANTE!
Certifique-se de os fechos da cabina engatam
devidamente. São eles que mantêm a cabina no
lugar durante a condução.

! ATENÇÃO
Ao conduzir, a válvula da bomba deve estar em
posição de baixar. Caso contrário, o sistema
hidráulico pode bascular a cabina, causando
ferimentos ou danos.

Completo
20091014 554
Manutenção

Bascular com bomba basculante eléctrica


O veículo dispõe de uma bomba basculante eléctrica da cabina
que é activada com um interruptor de bloqueio na cabina e um
interruptor na bomba basculante manual.
Bascular
1. Siga as instruções indicadas na secção sobre o
basculamento da cabina. Tenha em atenção os avisos!

2. Prima o interruptor de bloqueio na cabina.

3. Prima sem largar o interruptor da bomba eléctrica até a


cabina estar totalmente inclinada.

4. Depois de a cabina estar totalmente inclinada, monte o


apoio da cabina. Tenha em conta que a cabina é
levantada para um ângulo mais plano do que os outros
tipos de cabina.

O interruptor da bomba basculante eléctrica encontra-


8052bc0f

se localizado por cima da bomba manual.

Baixar
Siga as instruções indicadas na secção sobre baixar a cabina.
Tenha em atenção os avisos.

555 Completo
20091014
Manutenção

Unidade eléctrica central

A unidade eléctrica central está


localizada no painel de
80554799 instrumentos, à frente do banco
do passageiro.

Abra a unidade central eléctrica da seguinte forma:


1. Abra a tampa do painel de instrumentos, à frente do
banco do passageiro.

2. Dobre o tapete de borracha para cima.

3. Desaperte os parafusos. Use a chave Torx do estojo de


lâmpadas e ferramentas.

Na tampa da unidade eléctrica central encontra-se uma lista de


fusíveis e relés.
Um rádio instalado em produção poderá ter um fusível separado
na parte de trás.

! ATENÇÃO
Quando substituir fusíveis, desligue sempre a
corrente.

Completo
20091014 556
Manutenção

IMPORTANTE!
Coloque sempre um fusível do valor indicado na
lista e de tipo equivalente ao fusível original.

NOTA:Nota:
Se o veículo estiver equipado com um interruptor
principal da bateria, o fusível para o alarme e o
tacógrafo não se encontra na unidade eléctrica
central, mas sim na caixa da bateria.

Símbolos para fusíveis e relés

Fusíveis
803cf109

Relés
803cf108

557 Completo
20091014
Manutenção

Visibilidade e luzes

Desembaciador do pára-
brisas
803cf102

Lava-faróis
805125bd

Luzes interiores
803cdb75

Luz de travagem
803cdb74

Pirilampo
803cdb73

Luz de marcha atrás


803cdb71

Luzes de presença e luzes


laterais, lado esquerdo
803cdb6f

Completo
20091014 558
Manutenção

Visibilidade e luzes

Luzes de presença e luzes


laterais, lado direito
803cdb6e

Luzes de fundo interiores


803cdb6d

Luzes de presença e luzes


laterais no atrelado, lado
esquerdo
803cdb83

Luzes de presença e luzes


laterais no atrelado, lado
direito
803cdb82

Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de fixação à


estrada e tracção

Piloto automático
803cdb81

559 Completo
20091014
Manutenção

Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de fixação à


estrada e tracção

Piloto automático adaptável


803cdb80

Aviso de partida da pista


803cf101

Bloqueios do diferencial
traseiro
803cdb7f

Sistema de tracção
integral/ABS
803cdb7e

Eixo traseiro direccionado


com bloqueio no reboque
803cdb7d

Elevador do eixo de apoio


803cdb7c

Suspensão pneumática
803cdb7b

Completo
20091014 560
Manutenção

Comando da velocidade de cruzeiro, efeito de fixação à


estrada e tracção

Bloqueio do diferencial
803cdb7a
dianteiro

Indicador de pressão dos


pneus
803ce1fc

Motor, caixa de velocidades e travões

ABS/EBS no reboque
803cdb90

Aquecedor de combustível
803cdb8e

Sistema de controlo das


emissões
803cdb8d

561 Completo
20091014
Manutenção

Motor, caixa de velocidades e travões

Sistema de controlo do motor

803cdb8c

ABS/EBS
803cdb8a

Opticruise, caixa de
velocidades automática
803cdb89

Secador de ar
(Desumidificador)
803cdb88

Ventoinha de arrefecimento
803cdb96

Comando da climatização

Comando da climatização
803cdb97

Completo
20091014 562
Manutenção

Comando da climatização

Comando da climatização
para cabina "crew cab"
803cf0ec

Ventoinha do comando da
climatização
803cdb96

Solfagem de parque
803cdb9c

Elevadores dos vidros, retrovisores e tecto de abrir

Regular o retrovisor
803cdb9a

Elevador do vidro, lado do


condutor
803cdb99

Elevador do vidro, lado do


passageiro
803cdbbc

563 Completo
20091014
Manutenção

Elevadores dos vidros, retrovisores e tecto de abrir

Recolhimento do retrovisor

803cdbbb
803cdbba Tecto de abrir

Desembaciamento do
retrovisor
803cdbb9

Aviso de tecto de abrir aberto


803cdbb8

Instrumentos de informação e de comunicação do veículo

Tacógrafo
803cdbb5

Grupo de instrumentos
803cdbb4

Completo
20091014 564
Manutenção

Instrumentos de informação e de comunicação do veículo

Coordenador

803cdbb3

Diagnóstico
803cdbd5

Portagem
803ce1f9

Inicialização do sistema FMS


803cdbd4

Bloqueios, alarme e rádio

Bloqueio do motor de
arranque
803cdbb3

Interactor
80512620

565 Completo
20091014
Manutenção

Bloqueios, alarme e rádio

Fecho centralizado

803cdbcf

Rádio
803cdbce

Alarme
803cdbcd

Alcolock
803ce1f8

Equipamento de carroçaria, tomadas de força e chassis

Tomada de força 1
803cdb9e

Tomada de força 2
803cdb98

Completo
20091014 566
Manutenção

Equipamento de carroçaria, tomadas de força e chassis

Equipamento de carroçaria

803cdb9d

Lubrificação automática do
chassis
803cdbeb

Cabina

Bascular a cabina
803cdbe0

Isqueiro
803cdbe3

Tomada 24V
803cdbdd

Tomada 12V
803cdbcc

567 Completo
20091014
Manutenção

Cabina

Frigorífico

803cdbdc

Módulo de cozinha
803cf0eb

Aquecimento do banco
803cdbdb

Degrau recolhível
803cf0ea

Sistema de segurança

Scania Alert
803cdbec

Alarme de marcha atrás


desligado
803cdbe4

Completo
20091014 568
Manutenção

Sistema de segurança

Airbag

803cdbe2

Pré-tensor do cinto de
segurança
803cdbe1

Alimentação de corrente

Atraso na alimentação
80512625

Interruptor principal da
bateria
803cdbdf

Relé para alimentação 15,


posição de condução
803cf0e9

Relé para luz de presença


803cf0e8

569 Completo
20091014
Manutenção

Alimentação de corrente

Relé para o equipamento


eléctrico que não é activado,
803cf0e7
antes do arranque do motor.

Baterias

Informações gerais sobre baterias


As baterias fornecem energia quando o motor não está a
trabalhar. O restante consumo de energia fica a cargo do
alternador.
As baterias Scania são de grande capacidade e proporcionam uma
corrente elevada para arranques a frio.

Carga, informações gerais


• Se as baterias forem usadas para produção de energia,
devem ser recarregadas no espaço de um ou dois dias.

• Repetidos arranques e longos períodos ao ralenti levam a


uma carga menos eficaz do que longos períodos de
funcionamento. Carregue as baterias se estas não forem
carregadas enquanto o veículo circula. Ver secção sobre
carga.

• É mais difícil carregar a bateria a baixas temperaturas.

Completo
20091014 570
Manutenção

Riscos

IMPORTANTE!
As baterias contêm ácido sulfúrico diluído
altamente corrosivo. Certifique-se de que as
baterias estão bem seguras.

! ATENÇÃO
Se entrar ácido para os olhos, ou se esse ácido
entrar em contacto com a pele ou com a roupa,
lave imediatamente com água.
Se entrar ácido para os olhos, procure
imediatamente assistência médica.
Não permaneça perto das baterias quando puser
o motor a trabalhar por meio de uma bateria
auxiliar. As baterias podem explodir, pois há
formação de oxi-hidrogénio enquanto estão a
carregar.
Curtos-circuitos podem causar queimaduras e
incêndio.

571 Completo
20091014
Manutenção

Verificar o nível de electrólito

8006a580

Capacidade da bateria Nível de fluido X

140 Ah 20-25 mm

180 Ah 20-25 mm

225 Ah 30-35 mm

Verifique se o nível do fluido está em conformidade com os


valores da tabela. Um nível abaixo do bordo superior das placas
causará danos irreversíveis na bateria.

IMPORTANTE!
Use apenas água destilada para atestar.

Completo
20091014 572
Manutenção

• Reponha o nível com água destilada, conforme e quando


necessário.

• Se necessário, reponha o nível com água destilada antes


de carregar a bateria. Assim evita-se a acumulação de água
à superfície dos elementos, onde poderia congelar a baixas
temperaturas.

• Lembre-se de que o nível da água pode aumentar quando


se carrega uma bateria que esteja completamente
descarregada.

Carga
Carregue as baterias sempre que for necessário para evitar falha
das mesmas.

! ATENÇÃO
Ao carregar baterias, forma-se um gás inflamável.
É proibido fumar e não devem ser deixados nas
imediações quaisquer aparelhos que possam
libertar faíscas.

573 Completo
20091014
Manutenção

NOTA:Nota:
Antes de carregar a bateria, desligue sempre o
cabo de massa (negativo).
Nunca ligue equipamento de 12 V, por exemplo
um rádio, a apenas uma das baterias. A outra
bateria poderia ficar sobrecarregada.

Carga lenta
A carga lenta é sempre preferível, excepto nos casos de verdadeira
emergência. O nível de corrente deve situar-se aproximadamente
a 10% da capacidade da bateria. Uma bateria com capacidade de
180 Ah deve ser carregada com cerca de 20 A.

Carga rápida
A carga rápida implica o carregamento da bateria com corrente
elevada durante um curto período de tempo.
Não submeta as baterias a carga rápida. O esforço sobre as
baterias é muito grande durante a carga rápida e tal pode
comprometer a vida útil das mesmas.

Completo
20091014 574
Manutenção

IMPORTANTE!
É necessário desligar um terminal de cabo antes
de proceder ao carregamento rápido da bateria.
Caso contrário, corre-se um elevado risco de as
unidades de controlo do veículo serem
danificadas.

Carga de compensação
Se não tencionar utilizar o veículo por um longo período de
tempo, submeta as baterias a uma carga de compensação, de
forma a evitar danos nas mesmas.

Manutenção
O estado exterior das baterias deve ser verificado com
regularidade. Óxido, sujidade e humidade podem provocar
corrente de corte e, consequentemente, a descarga das baterias.
O óxido poderá também causar más ligações e perda de tensão.
Recomendação sobre a manutenção:
• Certifique-se de que as baterias, respectivos terminais,
cabos e caixas estão limpos. Lave com água quente.

575 Completo
20091014
Manutenção

• Certifique-se de que os terminais dos cabos da bateria não


estão danificados. Aplique vaselina nos terminais da
bateria e nos terminais dos cabos. Terminais de cabos de
bateria corroídos resultam num contacto deficiente e,
consequentemente, numa redução da corrente.

Substituir a bateria
801a3d86

IMPORTANTE!
Entregue as baterias usadas para recolha e
processamento ambiental adequado.

Completo
20091014 576
Manutenção

NOTA:Nota:
Sempre que seja necessário substituir uma
bateria, é importante substituir ambas as baterias
ao mesmo tempo. Se apenas for substituída uma
das baterias, será reduzido o tempo de vida útil de
ambas as baterias.

Desmontar

+ +
8031dec0

Solte primeiro o cabo de massa (terminal negativo) e depois as


restantes ligações.

IMPORTANTE!
Não desligue as baterias com o motor a trabalhar.
O alternador e outros componentes eléctricos
podem sofrer danos.

577 Completo
20091014
Manutenção

NOTA:Nota:
Não bata nos terminais da bateria. Os pinos dos
terminais e as placas dos elementos podem soltar-
se.

Montar

2 1

+ +
8031debf

Ligue primeiro o cabo positivo 1 e depois o cabo de massa 2 ao


terminal negativo da bateria. Aperte bem os terminais dos cabos.

IMPORTANTE!
Não confunda as ligações da bateria, pois poderia
danificar imediatamente o alternador ou outros
componentes eléctricos.

Completo
20091014 578
Manutenção

Substituir baterias montadas na extremidade


traseira do chassis.

IMPORTANTE!
Utilize apenas baterias originais Scania, quando
for necessária uma substituição. São baterias
adequadas aos requisitos relativos a baterias
montadas na extremidade traseira do chassis.

Densidade do ácido da bateria


803397f7

Verifique a densidade do ácido com um densímetro.

Densidade do Estado de Tensão no Acção


electrólito carga (%) terminal (V) recomendada
(kg/dm³)

>1.26 100-85 >12.6 OK

579 Completo
20091014
Manutenção

Densidade do Estado de Tensão no Acção


electrólito carga (%) terminal (V) recomendada
(kg/dm³)

1.26-1.20 85-50 12.6-12.2 Carga

<1.20 50-0 <12.2 Substituir a


bateria

A densidade do ácido da bateria é também conhecida por


densidade do electrólito.
A densidade do electrólito pode ser medida imediatamente após
a utilização da bateria. É, no entanto, preferível deixá-la repousar
durante uma hora ou mais.

NOTA:Nota:
A densidade do electrólito deve ser medida em
todos os elementos.

O resultado da medição da densidade do electrólito é


influenciado pela temperatura. A leitura é um pouco mais alta a
temperaturas baixas, 0 °C ou inferiores.

Pega do interruptor principal da


bateria
O veículo consome alguma energia, mesmo quando está
estacionado. O objectivo do interruptor principal da bateria é o

Completo
20091014 580
Manutenção

de poupar tensão da bateria durante paragens mais longas


durante a condução. Quando o interruptor principal da bateria
está desligado, apenas o tacógrafo é alimentado.

IMPORTANTE!
Desligue sempre o Interactor antes de desligar a
alimentação, utilizando o interruptor principal da
bateria. Caso contrário, poderá danificar o
computador.

581 Completo
20091014
Manutenção

80293794

O interruptor principal da bateria encontra-se junto da caixa da bateria.

! ATENÇÃO
Desligue o motor antes de desligar o interruptor
principal da bateria.

Completo
20091014 582
Manutenção

O interruptor principal da bateria


está desligado. Apenas o

800461ad
tacógrafo é alimentado.

O interruptor principal da bateria


800461ae

está ligado.

Carregamento ajustado da bateria


A capacidade de carregamento da bateria depende da
temperatura da mesma. Uma bateria fria tem menos capacidade
de aceitar carregamento do que uma bateria quente. As baterias
frias atingem, portanto, um estado de carga melhor, se forem
carregadas com uma tensão de carga elevada.
A função de carregamento ajustado da bateria implica que a
tensão de carga do alternador seja ajustada à temperatura da
bateria. A tensão de carga, portanto, aumenta, quando a bateria
está fria e diminui, quando a bateria está quente. A tensão de
carga é definida automaticamente e não pode ser controlada
manualmente. Pode verificar o nível de tensão de carga no grupo
de instrumentos. O valor pode variar entre 26 V e 30 V.
A função de carregamento ajustado da bateria pode ser
desactivada numa oficina Scania.

583 Completo
20091014
Manutenção

Substituir as lâmpadas

! ATENÇÃO
Desligue sempre a corrente antes de substituir
lâmpadas.

IMPORTANTE!
Não toque nas lâmpadas; utilize luvas.
Não toque no reflector dos faróis com os dedos.

Substituir uma lâmpada H4, indicadores de


mudança de direcção e luzes de presença

Substituir a lâmpada do farol H4


1. Retire a ficha da lâmpada.

2. Solte a mola.

3. Substitua a lâmpada.

Completo
20091014 584
Manutenção

Substituir o indicador de mudança de direcção e colocar as


lâmpadas

Lâmpada do indicador de
803397f6

mudança de direcção

1. Desaperte os dois parafusos no indicador de direcção e


abra o indicador.

8031ded9

2. Desaperte os quatro parafusos do farol.

585 Completo
20091014
Manutenção

3. Dobre o braço do lipa-vidros para baixo, se necessário, e


retire o farol para fora.

4. Substitua a lâmpada em causa. Para os indicadores de


mudança de direcção e luzes de presença, rode o suporte
da lâmpada no sentido contrário ao dos ponteiros do
relógio.

Substitua as lâmpadas para os faróis, coloque


as lâmpadas e indicadores de mudança de
direcção

NOTA:Nota:
Substitua as lâmpadas aos pares para assegurar
que a iluminação é o mais equivalente possível.

Substituir a lâmpada dos máximos


800f7067

1. Solte a tampa.

2. Retire a ficha.

Completo
20091014 586
Manutenção

3. Solte a mola em dois sítios.

4. Substitua a lâmpada.

Substituir a lâmpada de xénon para os faróis de médios

! ATENÇÃO
Tensão letal. A corrente para a lâmpada tem que
ser desligada durante a substituição. Desligue a
ligação eléctrica para o alojamento do farol.

! ATENÇÃO
A lâmpada pode explodir devido a pressão
excessiva se a retirar ou soltar depois de ter
estado acesa recentemente. Espere pelo menos 3
minutos depois de a apagar para a retirar.
8057c009

587 Completo
20091014
Manutenção

1. Pressione a parte superior da ligação eléctrica para a


soltar do alojamento do farol.

2. Solte os parafusos que fixam a tampa.

3. Afaste a tampa.

8057c008

4. Puxe a ligação eléctrica para baixo para a separar da


unidade de ignição.

5. Pressione o grampo de fixação na direcção da unidade de


ignição e desloque-a para o lado para a soltar dos
trincos.

Completo
20091014 588
Manutenção

8057c007

6. Puxe a lâmpada de xénon para fora a direito. A unidade


de ignição (A) e a lâmpada de xénon (B) não podem ser
separadas. A lâmpada de xénon e a unidade de ignição
devem ser substituídas em conjunto.

NOTA:Nota:
Coloque a lâmpada de xénon de modo a que as
molas de fixação fiquem do lado de fora da
unidade de ignição. Caso contrário, existe o risco
de se soltarem.

589 Completo
20091014
Manutenção

Coloque a lâmpada de xénon de


modo a que as molas de fixação
fiquem do lado de fora da
8057c006

unidade de ignição.

7. Coloque a nova lâmpada de xénon no respectivo


alojamento. A tomada eléctrica deve estar virada para
baixo.

8. Pressione a lâmpada de xénon na posição. Só é possível


fixar o grampo de fixação, se a lâmpada de xénon for
pressionada totalmente para baixo no respectivo
alojamento.

Completo
20091014 590
Manutenção

8057c00f

9. Pressione o grampo de fixação no sentido da lâmpada de


xénon. Fixe o grampo de fixação nos trincos.

10. Ligue a ligação eléctrica na parte inferior da lâmpada de


xénon.

11. Fixe a tampa à parte traseira do alojamento da lâmpada

12. Ligue a ligação eléctrica ao alojamento do farol.

IMPORTANTE!
As lâmpadas de xénon contêm pequenas
quantidades de mercúrio. As lâmpadas de xénon
usadas devem ser tratadas como resíduos
perigosos de acordo com a legislação local.

591 Completo
20091014
Manutenção

Substituir a lâmpada da luz de presença

Deve desligar a ligação eléctrica


da lâmpada de xénon antes de
substituir a lâmpada da luz de
800f7039

presença.

Substitua conforme indicado em seguida.

1. Solte os dois fixadores à volta da lâmpada e puxe a


lâmpada para fora.

2. Substitua a lâmpada.

Substituir a lâmpada do indicador de mudança de direcção


803397f5

1. Desaperte os quatro parafusos do farol.

Completo
20091014 592
Manutenção

2. Dobre o braço do lipa-vidros para baixo, se necessário, e


retire o farol para fora.

3. Substitua a lâmpada em causa. Para os indicadores de


mudança de direcção, rode o suporte da lâmpada no
sentido contrário ao dos ponteiros do relógio.

Substituir as lâmpadas dos faróis e dos faróis


de nevoeiro no pára-choques
80114573

1. Desaperte os parafusos que prendem o pára-choques.

2. Desmonte o pára-choques.

593 Completo
20091014
Manutenção

80072222

3. Desaperte os dois parafusos exteriores do suporte da


lâmpada.

4. Incline para fora o suporte da lâmpada.


80072223

5. Rode no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio,


para soltar o suporte de lâmpada respectivo.

6. Substitua a lâmpada.

Completo
20091014 594
Manutenção

Substituir as lâmpadas dos faróis no


anteparo

80072224

1. Desaperte os parafusos.
80072225

2. Solte a mola e substitua a lâmpada.

Substituir as lâmpadas das luzes traseiras


1. Desaperte os parafusos de fixação colocados no vidro.

595 Completo
20091014
Manutenção

2. Empurre a lâmpada para dentro, rode-a no sentido


contrário ao dos ponteiros do relógio e retire-a.

3. Certifique-se de que a lente fica bem colocada, quando


voltar a montar.

Substituir a luz de sinalização no tejadilho


8008285e

1. Retire os parafusos na parte superior da luz.

2. Retire a tampa.

Completo
20091014 596
Manutenção

3. Substitua a lâmpada.

Substituir a luz de sinalização no tejadilho

8008285d

1. Retire os parafusos da lente.

2. Substitua a lâmpada.

Piscas
Existem quatro símbolos no grupo de instrumentos; dois para os
piscas do tractor e dois para os do atrelado.
Os símbolos para o tractor não se iluminam se uma das luzes
dianteiras ou todas as luzes traseiras estiverem avariadas.

597 Completo
20091014
Manutenção

NOTA:Nota:
Não monte mais de 3 lâmpadas (21 W) nos piscas
dianteiros em cada lado. Se o fizer, os piscas
dianteiros deixarão de funcionar.

Símbolo do atrelado; consulte a descrição relativa ao símbolo do


tractor.

Lâmpadas

Função Base Potência

Luzes interiores BA15s 15 W

Luzes dos degraus SV8.5 21 W

Luzes de leitura, BA9s 4W


luz inferior do
beliche

Máximos PX26d 70 W

Faróis de xénon PK32d-3 35 W

Luzes de presença, BA15s 5W


luzes traseiras

Completo
20091014 598
Manutenção

Função Base Potência

Indicadores de BA15s 21 W
direcção, luzes de
marcha atrás, luzes
de travões, luz de
nevoeiro traseira

Indicadores de BAU 15s 21 W


direcção, luz
amarela

Faróis H4 P43t 75 W/70 W

Faróis de nevoeiro, P14.5s 70 W


pára-choques

Faróis de longo P14.5s 70 W


alcance, pára-
choques

Faróis de longo PK22s 70 W


alcance, anteparo

Luz de sinalização BAY9s 21 W


do tejadilho no
tejadilho

599 Completo
20091014
Manutenção

Função Base Potência

Luz de sinalização SV8.5 10 W


do tejadilho por
cima do pára-
brisas

NOTA:Nota:
Use apenas lâmpadas de 21 W para os
indicadores de direcção. Se não o fizer, a
indicação no grupo de instrumentos não
funcionará correctamente.

Escovas do limpa-vidros e líquido de


lavagem.

Escova do limpa-vidros
As escovas do limpa-vidros podem ser limpas com o mesmo tipo
de álcool usado no líquido do lava-vidros.

Completo
20091014 600
Manutenção

80099645

IMPORTANTE!
Substituir as escovas danificadas ou irregulares. As
escovas danificadas podem riscar o vidro.

Os bicos do lava-vidros estão presos à escova. Desmontar os


bicos do lava vidros ao substituir as escovas.

601 Completo
20091014
Manutenção

Líquido do lava-vidros

80099646

Atestar o líquido do lava-vidros

Estojo de ferramentas
O estojo de ferramentas do veículo varia consoante a
especificação e pode incluir as seguintes peças:

Completo
20091014 602
Manutenção

2 3 4 5 6

7 8 9 10
805ca7e0

603 Completo
20091014
Manutenção

1. Tubo flexível 6. Apoio de chave para porcas das


2. Manivela rodas, secção superior

3. Ferramenta para abrir 7. Apoio de chave para porcas das


rodas, secção inferior
4. Cabo da chave para porcas das
rodas 8. Chave para porcas das rodas

5. Ferramenta de bloqueio 9. Chave para porcas das rodas


10.Adaptador para inclinar a cabina.

O sistema de combustível
O veículo está equipado com um motor de nível de emissões
Euro 5. O motor tem um sistema common rail chamado XPI.
Durante determinados tipos de funcionamento, o ruído de
combustão do motor pode parecer forte. Esta situação é normal.
A unidade de controlo do motor adapta-se regularmente aos
injectores para criar o melhor desempenho possível do motor e a
melhor economia de combustível. Durante a adaptação, o motor
apresenta uma velocidade de ralenti irregular com o travão de
escape activo. Esta situação é absolutamente normal.
A adaptação ocorre mais frequentemente:
• Quando o veículo é novo.
• Depois de desmontados os componentes do sistema de
combustível.

O sistema de combustível funciona sob pressão de combustível


elevada. É por isso importante que o combustível não contenha
água, o que pode provocar corrosão. Dado que o sistema de
combustível é também extremamente sensível a contaminação,

Completo
20091014 604
Manutenção

todas as operações do sistema, como a de substituição do filtro de


combustível, devem ser efectuadas numa oficina Scania.
O sistema de gestão do motor está equipado com uma série de
funções de segurança, para proteger o motor e o sistema de
arrefecimento. Enquanto condutor, vai notar a aplicação destas
funções, através da redução do binário do motor.
Alguns exemplos de quando pode ocorrer uma redução de
binário pela unidade de controlo do motor são:
• quando a temperatura do líquido de arrefecimento ou do
intercooler aumenta.

• quando os valores de emissões são mais elevados.

Agentes contaminantes no
combustível

Água ou microrganismos
São permitidas pequenas quantidades de água no combustível. É
permitida uma quantidade máxima de 0,02% no Diesel (EN 590)
e uma quantidade máxima de 0,05% no bio-combustível (EN
14214). Estas quantidades de água não afectam o funcionamento
do motor. O armazenamento prolongado e incorrecto do
combustível pode resultar na acumulação de mais água. Se estas
grandes quantidades de água entrarem no motor, causarão danos.
Para verificar se existe água no combustível, ilumine o depósito
com uma luz de inspecção. A água no combustível surge como
pequenas bolhas prateadas ou uma fina película de gelo. Como é

605 Completo
20091014
Manutenção

mais pesada que o gasóleo, a água acumula-se no fundo do


depósito.
Se tiver no depósito uma quantidade de água tão grande que
ocorre a formação de uma fina película de gelo, deve dirigir-se à
oficina para se proceder à descontaminação. Se o nível da é
estiver tão elevado que esteja próximo da entrada do tubo
chupador, deve solicitar um reboque até à oficina Scania para a
descontaminação.
Na relação da água com o combustível podem crescer micro-
organismos. Podem causar uma película castanha ou preta
viscosa e uma descoloração do combustível.
A água e os micro-organismos podem bloquear o filtro de
combustível, levando a um funcionamento irregular ou a uma
paragem do motor. Podem ainda atravessar o filtro e formar
camadas prejudiciais em diferentes partes do sistema de injecção.

Em caso de contaminação

IMPORTANTE!
Os aditivos de combustível podem conter
substâncias que são perigosas para o meio-
ambiente e para a saúde. Tenha o cuidado de
seguir as instruções do fabricante relativas ao
manuseamento e dosagem.

Completo
20091014 606
Manutenção

Se o sistema de combustível do veículo estiver contaminado, este


deve ser totalmente limpo de combustível e água. Os depósitos
devem ser drenados e limpos, mecanicamente e através de
lavagem a vapor/alta pressão, e, em seguida, secos. Os tubos e
outros componentes do sistema de combustível devem ser
lavados e secos com ar. É importante que não fique qualquer
fluido no sistema, depois de limpar.
Substitua sempre os filtros de combustível. No caso de
contaminação séria e prolongada, os injectores e a bomba
injectora podem ter de ser substituídos.
Localize a fonte de contaminação. Determine e rectifique a causa
da contaminação, para que a infecção não volte a ocorrer. Trata-
se normalmente de combustível armazenado durante muito
tempo, com pouco movimento e sem drenagem da condensação.
Por exemplo num contentor, barril ou depósito auxiliar.
Quando o sistema de combustível tiver sido cuidadosamente
limpo, é possível adicionar um agente anti-bacteriano no
primeiro reabastecimento, por forma a garantir uma limpeza
bem sucedida. O uso continuado pode danificar o sistema de
combustível e não é recomendado.

Filtro de combustível com separador


de água

Filtro de combustível com separador de água


O filtro de combustível com separador de água encontra-se
localizado na parte dianteira do chassis, por trás da cabina.

607 Completo
20091014
Manutenção

Consoante o modelo do veículo, pode estar localizado do lado


direito ou do lado esquerdo. Os intervalos de substituição são
iguais aos dos filtros de combustível comuns.

Drenar a água

Drene o filtro de combustível com separador de água


regularmente. A quantidade de água acumulada depende do
clima e da quantidade de combustível. Em determinadas
circunstâncias, pode portanto ser necessário drenar o filtro
diariamente.
Se houver água no combustível, verifique se há água no depósito
de combustível. Ilumine o interior do depósito com uma luz de
inspecção. A água no combustível surge como pequenas bolhas
prateadas ou uma fina película de gelo. Se existir água no
depósito, consulte a secção "Contaminantes no combustível".

1. Torneira de corte.
2
803003b3

2. Válvula para drenagem.

Completo
20091014 608
Manutenção

1. Filtro substituível.
8047c7fc

2 2. Válvula para drenagem.

Para esvaziar o filtro, proceda da seguinte forma:


• Desligue o motor e coloque um recipiente por baixo da
válvula.

• Abra a válvula de drenagem, desapertando-a com cuidado


(2).

• Liberte a ]agua até o combustível começar a sair.


• Volte a apertar a válvula.
• Deite fora o líquido drenado de uma forma responsável
para o ambiente.

IMPORTANTE!
Respeite o ambiente! Evite derramamentos.
Utilize um recipiente adequado.

609 Completo
20091014
Manutenção

Filtro de ar do motor
O ar é aspirado pela abertura lateral do filtro. Depois passa pelo
elemento filtrante de papel, sendo aspirado para o motor ou o
turbocompressor através da abertura superior.
Na parte inferior do filtro, existe uma válvula de borracha que
funciona como meio de drenagem. A água que entra no filtro de
ar fica aí acumulada. A válvula de borracha abre quando a pressão
da água for superior à pressão no filtro de ar.

Indicador de sujidade

O indicador encontra-se no
8028b309

degrau do lado direito.

O desempenho do motor é afectado caso o filtro não deixe passar


ar suficiente para o motor. Também leva normalmente a um

Completo
20091014 610
Manutenção

aumento no consumo de combustível e na quantidade de fuligem


dos gases de escape. Para além disso, aumenta o risco de
ocorrência de danos no turbocompressor.
O indicador tem duas janelas: a mais pequena indica, através da
mudança de cor, que é necessário substituir o filtro e a maior é
graduada. Quando a janela pequena está a vermelho, deve
substituir-se o filtro.

Reponha o indicador, fazendo


8028b311

pressão no centro.

611 Completo
20091014
Manutenção

Substituir o filtro
Proceda como indicado a seguir:

80114573

1. Desmonte o alojamento do pára-choques. O pára-


choques está fixo com três parafusos. Isto não se aplica a
veículos com pára-choques em aço.
8028b39a

2. Solte as molas que fixam a tampa do filtro.

Completo
20091014 612
Manutenção

8028b39d

3. Substitua o elemento do filtro.

4. Certifique-se de que a tampa e a válvula de borracha


para eliminação do pó estão limpas. Se necessário, limpe
o alojamento do filtro internamente com muito cuidado.

5. Reponha o indicador, consulte a secção sobre o


indicador de sujidade.

613 Completo
20091014
Manutenção

Substituir o filtro
O alojamento do filtro encontra-se localizado por trás da cabina.
Alguns tipos de cabina necessitam de inclinação. Para mais
informações, consulte a secção relativa à inclinação da cabina.
Proceda como indicado a seguir:

Solte as molas que fixam a tampa


80479665

do filtro.
8047966c

Levante a tampa.

Completo
20091014 614
Manutenção

Rode o elemento do filtro e puxe-

8047969b
o para fora com cuidado.

Certifique-se de que a tampa e a válvula de borracha para


eliminação do pó estão limpas. Se necessário, limpe o alojamento
do filtro internamente com muito cuidado.

Monte um novo elemento do


filtro, rodando e pressionando-o
para dentro. Rode a válvula de
borracha para baixo, quando
804796b6

voltar a montar a tampa do filtro.

Reponha o indicador. Para mais informação, consulte a secção


sobre o indicador de sujidade.

Ar de amissão do motor
Ao conduzir em neve muito solta, deve alterar o ponto de entrada
para o ar de amissão do motor.

O motor normalmente recebe o ar de admissão na secção


dianteira do veículo. Neste veículo, a disposição pode ser
alterada, de modo a que o ar de admissão seja retirado da zona do
turbocompressor. Isto é feito, através de um botão existente por
baixo da grelha.

615 Completo
20091014
Manutenção

NOTA:Nota:
O modo de inverno só deve ser utilizado, durante
a condução em neve muito solta, como por
exemplo durante escavação de neve.

A condução no modo de inverno durante outras condições de


inverno e a temperaturas superiores a +5ºC pode reduzir a
potência do motor e aumentar o consumo de combustível.

A condução prolongada com as definições incorrectas pode


danificar o motor.

8031ded7

Botão em W (na figura): modo de inverno. Botão em S: modo de verão.

Completo
20091014 616
Manutenção

8033aa16
Pega esticada: modo de inverno. Pega retraída: modo de verão.

Protecção do intercooler
O ar de combustão para o motor é arrefecido pelo intercooler.
Foi desenvolvida uma protecção para reduzir o efeito de
arrefecimento e minimizar a formação de gelo no intercooler.

617 Completo
20091014
Manutenção

IMPORTANTE!
Quando a temperatura exterior é inferior a 5°C, a
protecção do intercooler deve ser aplicada. Se a
temperatura exterior for superior a 5°C, pode
retirar-se a protecção do intercooler, caso
contrário, existe o risco de ocorrerem danos no
motor.

Pneus e jantes

! ATENÇÃO
Nunca encha o pneu que não esteja montado no
veículo. A roda pode saltar se o pneu rebentar.
O sistema de ar comprimido do veículo pode ser
utilizado, quando encher os pneus. Para reduzir o
risco de um furo, use apenas o circuito de
estacionamento que fornece uma pressão máxima
de 8,5 bar.
Encha apenas pneus que não estejam danificados
e que apresentem uma profundidade do perfil
satisfatório.
Adapte sempre a pressão dos pneus à carga. A
pressão de enchimento incorrecta pode afectar a
aderência à estrada.

Completo
20091014 618
Manutenção

Os camiões modernos estão equipados com eixos dianteiros


concebidos para fornecer uma direcção de resposta rápida e
transmitindo ao condutor uma sensação de boa aderência à
estrada, sendo fáceis de manobrar. No entanto, este tipo de
veículos exigem rodas com um elevado padrão de desempeno e
jantes com elevados requisitos relativamente a desempeno lateral
e radial. Deve seguir as instruções do manual do proprietário
para evitar vibrações no eixo dianteiro, provocadas pelas rodas.

! ATENÇÃO
Nunca substitua pneus ou jantes se não dispuser
do equipamento adequado ou da experiência
necessária.

Marque a posição da jante em


relação ao cubo, de forma a que