Você está na página 1de 2

Universidade Federal do Cariri Fundamentos de Matemática Discreta

Lista de exercícios 1
Professor: Thiago Marcilon

obs: O aluno pode usar a técnica que achar mais adequada para resolver as questões abaixo.

Exercício 1. Prove que a+b
2 ≥ ab para todo real positivo a e b.

q n+1 −1
Prove que para todo inteiro n ≥ 0.
Pn i
Exercício 2. i=0 q = q−1

Conjecture uma fórmula fechada para o somatório e prove-a.


Pn 1
Exercício 3. i=1 i·(i+1)

Exercício 4. Prove que o número de nós em uma árvore enraizada qualquer é o número de arestas
mais 1.

Exercício 5. Prove que a + b e an + bn têm a mesma paridade para todo a, b e n inteiros positivos.

Seja f (k, n) = ni=k 1/i. Conjecture uma fórmula fechada para o somatório i=1 f (i, n),
P Pn
Exercício 6.
a qual deve depender apenas de n, e prove-a.

Exercício 7. Prove que 48 divide 72n − 1 para todo natural n.

Exercício 8. Prove que, se um número não é divisível por nenhum número primo menor ou igual
à sua raiz quadrada, então ele é primo.

Exercício 9. Seja f (x, y) uma função denida para todo x e y naturais tais que x ≥ y de forma
que:

• f (n, 0) = f (n, n) = 1 para todo n ≥ 0; e

• f (x, y) = f (x − 1, y − 1) + f (x − 1, y) para todo x > y > 0.

Prove que = 2n para todo inteiro n ≥ 0.


Pn
i=0 f (n, i)

1-1
1-2

Exercício 10. Seja (


0 se x = 1
f (x) =
2 · f (x/2) + x se x ≥ 1
prove que f (x) ≤ x · log2 x para todo inteiro x ≥ 1.

Exercício 11. Determine cada número k entre 1 e 99 tal que não existem inteiros diferentes de
zero x e y que satisfazem a equação x + y = k − xy e prove que a sua resposta está correta.

Exercício 12. Mostre um tabuleiro de dimensões n × m pode ser ladrilhado por peças de dimensão
2 × 2 se e somente se n e m são ambos pares.

Exercício 13. Mostre um tabuleiro de dimensões n × m pode ser ladrilhado por peças de dimensão
1 × 2 se e somente se ou n ou m ou ambos são pares.

Exercício 14. Os irmãos Adriana e Beto resolveram jogar o seguinte jogo: inicialmente, eles es-
crevem em um quadro o número zero. Eles então vão se alternando escolhendo números de 1 à 3,
somando o número escolhido ao número no quadro. O vencedor é aquele que zer o número no
quadro chegar em 12. Por exemplo, começando com Adriana, se a sequência de jogadas alternadas
forem 1, 2, 1, 3, 1, 3, 1, temos que Adriana é a vencedora.
Considerando que Adriana começa o jogo, mostre que existe uma estratégia que Beto pode seguir
de forma que, independente de como Adriana jogar, ele sempre vencerá a partida.

√ √ √
Exercício 15. Prove que existem 55 · (( 1+2 5 )n − ( 1−2 5 )n ) maneiras de se chegar ao topo de uma
escada com n degraus subindo um ou dois degraus de cada vez.