Você está na página 1de 3

Relatório Caso do Segundo Problema

Parte 1- Função base matemática para o caso problema:

v(x)= 10,1x4-5,12x3+9,18x2-5,84x-5,66 (1)

Para determinar o valor da incógnita x, basta calcular o valor da raiz do polinômio da


velocidade, ou seja, onde v(x) é nula.

B) DETERMINAÇÃO DO INTERVALO QUE CONTÉM A RAIZ DO POLINÔMIO V(X):


O intervalo que contém a raiz foi determinado por tentativa e erro de x em função de
v(x) no intervalo de números reais [0,92;0,93] (tabela 1) e com a ajuda do gráfico (figura
1). (Franco, 2006; Ruggiero, 1996).

3.00000

2.50000

2.00000

1.50000

1.00000

0.50000

0.00000
0.88 0.9 0.92 0.94 0.96 0.98 1 1.02
-0.50000

-1.00000

Figura 1: Gráfico plotado no intervalo [0,92;0,93].

Tabela 1: Relação de valores para determinação do intervalo que contém a raiz de v(x).

Tabela 1: Valores de v(x) em função de


x para determinar o valor inicial
x v(x)
0,9 -0,58607
0,91 -0,30465
0,92 -0,01416
0,93 0,28560
0,94 0,59482
0,95 0,91370
0,96 1,24244
0,97 1,58123
0,98 1,93029
0,99 2,28981
1 2,66000
Pelo Teorema de Bolzano, o intervalo que contém a raiz foi determinado como
[0,92;0,93].

C) CÁLCULO DA RAIZ PELO MÉTODO DA BISSECÇÃO, SECANTE/CORDA,


NEWTON RAPHSON:
O cálculo da raiz levou em consideração a precisão de Ɛ= 10-4 como critério de parada
do processo de iteração (repetição). A tabela 2 mostra os valores da raiz do polinômio
(1) de acordo com os critérios de parada (Franco, 2006; Ruggiero, 1996).

Tabela 2: número de iterações, valor do critério de parada raiz, valor da raiz do


polinômio v(x), e o valor do polinômio para a raiz.

Método de Valor da Raiz P(Xk) Valor do Erro Número de


determinação (Xk) Relativo iterações
da Raiz
Bissecção 0,92055 0,00199 8,49YE-5 7
Secante/Corda 0,92098 -3,1E-6 7,609E-6 2
s
Newton- 0,92048 4,7E-8 3,4568E-5 3
Raphson

D) CONSIDERAÇÕES FINAIS E CONCLUSÕES:


 A determinação do intervalo inicial [a;b] garante a convergência dos métodos,
porque nesse intervalo contém uma raiz do polinômio v(x), garantido pelo
Teorema de Bolzano que, por v(a).v(b)<0 e, também, porque o polinômio é
contínuo neste intervalo (gráfico 1).
 A convergência do método de Newton-Raphson é mais rápida do que os outros
métodos, conforme a comparação do número de iterações dos métodos (tabela
2).
 O valor da raiz determinada pelos métodos nem sempre é exatamente igual
entre si e a adoção de qual método deve selecionar depende do interesse de
precisão e da situação real do caso-problema. Se optarmos pelo menor valor do
polinômio na raiz, a fração do número de ciclos de propagação é igual a
x=0,92048.

E) REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

RUGGIERO, MAG. LOPES VLR. Cálculo Numérico: Aspectos Teóricos


Computacionais. Pearson, 1996.

FRANCO, NB. Cálculo Numérico. Pearson, 2006.

MONTEIRO MTT. Métodos Numéricos: exercícios resolvidos aplicados à


Engenharia outras Ciências. Universidade do Minho, 2012.