Você está na página 1de 20

Termodinâmica I

Prof. Guilhermino J. M. Fechine

Alguns conceitos e definições

“É

a termodinâmica é a ciência da energia e da entropia”.

Essa é uma excelente definição, porém ainda não definimos nem energia nem entropia, por isso precisaremos de uma definição alternativa, que é:

“A termodinâmica é a ciência que trata do calor, do trabalho e daquelas propriedades das substâncias relacionadas ao calor e ao trabalho”.

A base da termodinâmica, como todas as ciências, é a observação experimental.

Todas as descobertas experimentais foram formalizadas através de certas leis básicas, conhecidas como:

- 1 a Lei da Termodinâmica;

- 2 a Lei da Termodinâmica;

- 3 a Lei da Termodinâmica;

- Lei zero da Termodinâmica.

A partir de agora iniciaremos o curso de Termodinâmica, primeiramente apresentando algumas definições e conceitos básicos da termodinâmica.

O Sistema Termodinâmico e o volume de controle

uma

quantidade de matéria, com massa e identidade fixas, sobre o qual nossa atenção é dirigida. Tudo que é externo ao sistema é denominado meio ou vizinhança. O sistema é separado da vizinhança pelas fronteiras do sistema e essas fronteiras podem ser móveis ou fixas.

Um

sistema

termodinâmico

é

definido

como

pelas fronteiras do sistema e essas fronteiras podem ser móveis ou fixas. Um sistema termodinâmico é

Essa mesma análise pode ser feita para equipamentos que apresentam um escoamento de massa para dentro ou para fora do mesmo. Para tal procedimento deve-se especificar um volume de controle que envolve o equipamento a ser considerado, e a superfície desse volume de controle é chamada superfície de controle.

volume de controle é chamada superfície de controle. Assim, um sistema é definido quando se trata

Assim, um sistema é definido quando se trata de uma quantidade fixa de massa e um volume de controle é especificado quando a análise envolve fluxos de massa.

Propriedades do sistema

- É uma característica do sistema, cujo valor depende das condições deste. Ex.: p, V, T,

- As propriedades de um sistema definem seu ESTADO;

- A Termodinâmica gira em torno da energia e das propriedades termodinâmicas que se ligam a ela e definem seu estado termodinâmico;

- As propriedades de estado também podem ser definidas como FUNÇÕES DE ESTADO

- As propriedades de um sistema podem ser classificadas como:

a) Intensivas: é independente da massa. Ex.: T, p e

massa específica;

b) Extensiva: é dependente da massa. Ex.: massa e

volume total.

Obs: As propriedades extensivas por unidade de massa, tais como volume específico, são propriedades intensivas.

“Se uma certa quantidade de matéria, em um dado estado, é dividida em duas partes iguais, cada parte possuirá as mesmas prop intensivas? E as prop extensivas o que ocorrerá com cada parte?”

Pontos de vista Macroscópico e Microscópico

Verifiquemos agora um problema sob o ponto de vista microscópico. Ex.: gás monoatômico, a P e T atmosféricas, contido num cubo com aresta igual a

25mm.

- Esse sistema contém cerca de 10 20 átomos;

- Três coordenadas são necessárias para descrever a posição e para a velocidade serão necessários três componentes de vetor velocidade;

- Serão pelo menos 6 x 10 20 equações para descrever o comportamento desse sistema.

Quase impossível!

Para resolução desse problema, utiliza-se a abordagem estatística, baseando-se na probabilidade, operando com valores “médios” das partículas.

Outra forma de abordar o problema é utilizando a termodinâmica clássica macroscópica, preocupando-se apenas com os efeitos totais ou médios de muitas moléculas. Sendo esses efeitos percebidos por nossos sentidos ou medidos por instrumentos. Ex.: Pressão que um gás exerce sobre as paredes de um recipiente. Essa pressão é devido a colisão das moléculas com as paredes, porém, essa pressão pode ser medida através de um manômetro.

Estado e Propriedade de uma substância

Verifiquemos agora um problema sob o ponto de vista microscópico. Ex.: gás monoatômico, a P e T atmosféricas, contido num cubo com aresta igual a

25mm.

- Esse sistema contém cerca de 10 20 átomos;

- Três coordenadas são necessárias para descrever a posição e para a velocidade serão necessários três componentes de vetor velocidade;

- Serão pelo menos 6 x 10 20 equações para descrever o comportamento desse sistema.

Quase impossível!

Processos e Ciclos

Quando o valor de pelo menos uma propriedade de um sistema é alterado, dizemos que ocorreu uma mudança de estado.

Ex.: Retirada do peso da figura ao lado. Pressão e o volume especifico

da figura ao lado. Pressão ↓ e o volume especifico ↑ O caminho definido pela sucessão

O caminho definido pela sucessão de estados através dos quais o sistema percorre é chamado de Processo. Uma vez que as propriedades descrevem o estado de um sistema apenas quando ele está em equilíbrio, como poderemos descrever os estados de um sistema durante um processo, se o processo real só ocorre quando não existe equilíbrio?

A resposta está no estado de quase-equilíbrio! E processos que não são de quase-equilíbrio, os não- equilíbrio, como será feita a descrição do sistema?

Quando um sistema, num dado estado inicial, passa por um certo número de mudanças de estado, ou processos, e finalmente retorna a estado inicial, diz-se que o sistema executa um Ciclo.

Desta

forma,

no

final

do

ciclo,

todas as propriedades

apresentam os mesmos valores iniciais.

Unidades de massa, comprimento, tempo e força

Aqui utilizaremos o Sistema Internacional, SI, onde:

- Unidade de força: 1N = 1 kg m /s 2

- Unidade comprimento: 1 ft = 0,3048 m; 12 in = 1 ft

- Unidade de massa: 1 lbm = 0,453 kg

- Unidade de tempo: segundos, minutos e hora

Energia “Energia tem sido definida como a capacidade de produzir um efeito.” A energia pode ser acumulada num sistema e que também pode ser transferida de um sistema par ao outro.

Na termodinâmica clássica a energia pode ser acumulada num sistema e também pode ser transferida de um sistema para o outro.

Consideremos como sistema um gás, a uma dada pressão e temperatura, contido num tanque. Do ponto de vista molecular, identifica-se três formas de energia:

- Energia

potencial

moléculas);

intermolecular

(forcas

entre

- Energia cinética molecular (velocidade de translação);

- Energia intramolecular (estrutura molecular e atômica).

Tomando como exemplo a figura a seguir, e do ponto de vista macroscópico, nós precisamos apenas nos preocupar com a quantidade de calor que está sendo transferida e na mudança das propriedades detectadas a cada instante.

e na mudança das propriedades detectadas a cada instante. Questões como a molécula de água acumula

Questões como a molécula de água acumula energia não nos interessa. Apenas estaremos preocupados como a energia é acumulada nas moléculas.

Volume específico e massa específica

O volume específico é definido como o volume ocupado pela unidade de massa e é designado pelo símbolo “v”. A massa específica é definida como a massa associada à unidade de volume.

“A massa específica é igual ao inverso do volume específico”

definida como a massa associada à unidade de volume. “A massa específica é igual ao inverso

Pressão Normalmente, fala-se pressão quando lidamos com líquidos e gases e falamos de tensão quando tratamos dos sólidos. 1Pa = 1 N/m 2 1 atm = 101325 Pa 1 lbf/in 2 = 6894,757 Pa

gases e falamos de tensão quando tratamos dos sólidos. 1Pa = 1 N/m 2 1 atm

Temperatura, Energia Térmica e Calor

A definição de temperatura em termos de conceitos não é simples de ser feita. Essa definição pode ser melhor entendida usando o fato que quando um corpo muda sua temperatura, outra propriedade muda também.

calor

T1

que quando um corpo muda sua temperatura, outra propriedade muda também. calor T1 t=0 T1>T2 T1>T2
que quando um corpo muda sua temperatura, outra propriedade muda também. calor T1 t=0 T1>T2 T1>T2

t=0

T1>T2

T1>T2

que quando um corpo muda sua temperatura, outra propriedade muda também. calor T1 t=0 T1>T2 T1>T2

T2

que quando um corpo muda sua temperatura, outra propriedade muda também. calor T1 t=0 T1>T2 T1>T2

t=t1

T1=T2

• Quando T1=T2 diz-se que os corpos estão em equilíbrio térmico;

• Tais considerações nos leva a inferir que o corpos tem uma propriedades física que determina se eles estarão em equilíbrio térmico. Essa propriedade é chamada TEMPERATURA, e pode-se dizer que quando os dois blocos estão em equilíbrio térmico eles possuirão a mesma temperatura.

Isolante ideal (parede adiabática) • Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma
Isolante ideal (parede adiabática) • Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma
Isolante ideal (parede adiabática) • Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma
Isolante ideal (parede adiabática) • Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma
Isolante ideal (parede adiabática) • Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma

Isolante ideal (parede adiabática)

• Quando o sistema sofre um processo enquanto fechado em uma parede adiabática, com nenhuma interação térmica com a vizinhança, esse processo é chamado de PROCESSO ADIABÁTICO;

• Um processo que ocorre a temperatura constante é chamado de PROCESSO ISOTÉRMICO;

• Para saber se dois sistemas têm a mesma temperatura não é necessário colocá-los em contato térmico entre si, bastando verificar se ambos estão em equilíbrio térmico com um terceiro corpo, chamado termômetro.

LEI ZERO DA TERMODINÂMICA