Você está na página 1de 34

 Conceito e Classificação dos

Agentes de Risco_
(American Conference
Governmental Industrial
Hygienists_ACGIH)
Conceitos
Classificação do Riscos

 Agentes Físicos

 Agentes Químicos

 Agentes Biológicos

 Agentes Ergonômicos

 Agentes de Acidentes
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Agentes Físicos – Conceitos e Conseqüências
Ruído: Barulho ou som indesejável produzidos por máquinas, equipamentos ou
processos.
Efeitos à Audição
Sensação de Zumbido
Surdez Temporária
Ruptura do Tímpano
Surdez Permanente
Agentes Agressivos à Saúde e suas Consequências
Ruído
Efeitos no Trabalho
Problemas na comunicação
Baixa concentração
Desconforto
Cansaço
Nervosismo
Diminuição da produtividade
Agentes Agressivos à Saúde e suas Consequências
Ruído
Efeitos ao Organismo

Aumento da pressão arterial Impotência sexual


Desequilíbrio emocional
Ansiedade e tensão Contração dos músculos
Insônia
Estreitamento dos vasos sangüíneos
Alterações menstruais
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Vibrações
Vibrações Mecânicas: São oscilações, tremores, balanços, movimentos vibratórios e
trepidações produzidas por máquinas e equipamentos.

Vibrações Localizadas
Alterações Neuro-Vasculares
Problemas nas Articulações
Osteoporose
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Vibrações

Vibrações de Corpo Inteiro

Problemas na coluna vertebral


Dores lombares
Lesões nos rins
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências

Temperaturas Extremas

São condições térmicas rigorosas bastante diferentes


daquelas a que o organismo humano está habitualmente
submetido, onde o trabalhador realiza suas atividades
profissionais.
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Temperaturas Extremas
Calor Intenso Frio Intenso
Insolação Enregelamento dos membros
Prostração Térmica
Hipotermia
Desidratação
Ulcerações do frio
Queimaduras
Câimbras do calor
Fadiga
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências

Pressões Anormais

Pressões Anormais: são as pressões a que estão expostos trabalhadores que realizam
suas atividades abaixo ou acima do nível do mar.

Intoxicação pelo gás carbônico (CO2)


Embolia
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Radiações Ionizantes

Radiações Ionizantes: energia produzida por materiais artificiais ou naturais que


afetam gravemente o organismo humano como: césio, cobalto, aparelhos de RX,
ultra-sonografia, irídio, etc..

Anemia Alterações Genéticas


Câncer Queda de Cabelo

Leucemia Etc.
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências

Radiações não ionizantes


Energia eletromagnética encontrada em diversas formas:

Radiação Infravermelho - também chamada de calor radiante, é bastante comum


em indústrias siderúrgicas e metalúrgicas.

Radiação Ultravioleta - são encontradas em operações de solda elétrica, fusão de


metais, calor radiante do sol.
Agentes Agressivos à Saúde e suas Conseqüências
Radiações não ionizantes

Radiação a laser - - Encontradas nas atividades de levantamento topográficos,


medicinas, comunicações.
Radiação de microondas - são bastante utilizadas nas comunicações sendo
produzida em instalações de radar e rádio transmissores.

Queimaduras Câncer de pele


Catarata
Conjuntivite Alterações no SNC
Agentes Químicos
Conceitos
Agentes Químicos
Conceitos
São agentes ambientais causadores em potencial de doenças profissionais
devido a sua ação química sobre o organismo do trabalhador.

Gases
Substâncias que nas CNTP (Condições Normais de Temperatura e Pressão)
estão no estado gasoso como: metano, monóxido de carbono, etc.
Agentes Químicos
Poeira

Partículas sólidas em
suspensão no ar derivadas
de esmerilhamento,
trituração, impacto, manejo
de materiais, etc.
Agentes Químicos
Fumos
Partículas sólidas
suspensas no ar geradas
pelo processo de
condensação de vapores
metálicos como: chumbo,
antimônio, manganês,
ferro, etc.
Agentes Químicos
Névoas

Partículas em
suspensão
derivadas de:
pintura por pistola,
spray, processo de
lubrificação, etc.
Agentes Químicos

Neblina São gotículas em suspensão


formadas pela condensação de
gás ou vapor, pela dispersão
de líquido por formação de
espuma, ou ainda, por
atomização.
Agentes Químicos

Fase gasosa de uma


Vapores substancia que nas Condições
Normais de Temperatura e
Pressão é sólida ou líquida
como: vapor de gasolina,
álcool, benzeno, etc.
Agentes Químicos

SUBST. COMPOSTOS OU
PRODUTOS QUÍMICOS EM
GERAL
Podem englobar qualquer uma das
formas de riscos químicos
apresentadas anteriormente como:
soda cáustica, ácidos, cálcio, etc.
Agentes Químicos

VIAS DE PENETRAÇÃO - CONSEQÜÊNCIAS

VIA RESPIRATÓRIA

Asma

Bronquites

Pneumoconioses
Agentes Químicos

VIAS DE PENETRAÇÃO - CONSEQÜÊNCIAS

Via Cutânea

Alterações na circulação e oxigenação


do sangue

Dermatoses

Anemia
Agentes Químicos

VIAS DE PENETRAÇÃO - CONSEQÜÊNCIAS

Via Digestiva

Intoxicação acidental
Agentes Biológicos
São microorganismos presentes no ambiente de trabalho, causadores de doenças
com as quais pode o trabalhador entrar em contato no exercício de suas
atividades profissionais.

Principais agentes biológicos:


Vírus Fungos

Bactérias Bacilos

Parasitas Protozoários
Agentes Biológicos
Conseqüências à saúde do trabalhador:

Tuberculose Malária

Brucelose Febre amarela

Febre tifóide AIDS


Gripe Cólera
Tétano Leptospirose
Outros agentes causadores
de males ao trabalhador,
mas não considerados
Riscos Ambientais.
Agentes Ergonômicos
Situações de inadaptação das condições de trabalho às características
psicofisiológicas dos trabalhadores como: desorganização do trabalho,
sobrecarga muscular, fadiga, etc..

ERGONOMIA

Conjunto dos conhecimentos científicos necessários para alcançar o ajustamento


mútuo ideal entre o homem e seu trabalho, cujos resultados se medem em
termos de eficiência humana e bem-estar no trabalho.
Agentes Ergonômicos
Principais Fatores Ergonômicos
Esforço físico intenso
Levantamento e transporte manual de peso
Exigência de postura inadequada
Controle rígido de produtividade
Imposição de ritmos excessivos
Trabalho em turno e noturno
Jornada de trabalho prolongada
Monotonia e repetitividade
Agentes Ergonômicos
Conseqüências à saúde o trabalhador

Cansaço Dores musculares


Fraqueza Hipertensão arterial

Alterações do sono Taquicardia


Angina Infarto

Diabetes DORT
Alterações da libido e da vida social

Doenças do aparelho digestivo (gastrite, úlcera, etc.)


Agentes de Acidentes
Agentes de Acidentes
Alguns riscos de acidentes
Arranjo físico inadequado
Máquinas e equipamentos sem proteção
Ferramentas inadequadas ou defeituosas
Iluminação inadequada
Eletricidade
Probabilidade de incêndio ou explosão
Animais peçonhentos
Armazenamento inadequado
Outras situações de risco.
Agentes de Acidentes

Medidas de Controle dos Agentes Agressivos à Saúde


Relativas ao Ambiente

Substituição do produto tóxico


Mudança do processo ou equipamentos
Enclausuramento ou confinamento
Ventilação
Umectação
Segregação
Manutenção e conservação
Ordem e limpeza.
Agentes de Acidentes

Medidas de Controle dos Agentes Agressivos à Saúde

Relativas ao Trabalhador
Equipamento de proteção individual

Limite de tolerância

Vacinação

Controle médico permanente.