Você está na página 1de 22

Doutrina da Mensagem

Plenitude, Suprema Deidade, Desgaste


4 de Novembro de 2000

Rev. Lee Vayle

Tradução
Diógenes Dornelles
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle

Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3


Plenitude, Suprema Deidade, Desgaste
4 de Novembro de 2000
Irmão Lee Vayle
Vamos orar? Pai celestial, nos lembramos tantas vezes
de que o irmão Branham nos dizia: “Crês tu isto?”, ou
“Credes agora?”. E sabemos, Senhor, até o ponto onde a fé
interessa, é verdade de que nós cremos mas também nós
precisamos compreender que a fé [pode] se converter à visão.
Aí vem um tempo quando a fé se converte ao conhecimento e
a esperança se converte ao conhecimento sobre as bases de
que aquilo pelo qual nós temos tido fé, pelo qual nós
esperamos, tem chegado e está aqui. E sabemos de tantas
coisas que o irmão Branham trouxe a nós que agora estamos
aqui, Senhor, e esse é o nosso problema esta noite, de que não
temos na realidade as apreendido e as constituído nossas
como deveríamos estar fazendo nesse conhecimento seguro de que nós temos, Senhor, por uma
demonstração de Tua poderosa e vindicada Palavra.
Ajude-nos, Senhor, a compreender a vindicação que vai adiante e além do fato de que algo tem sido
provado; que isso entre no mais profundo de nossas almas, dando-nos vida e nos assegurando na rocha, da
qual somos uma parte. Exatamente como Jesus disse: “Eu estou no Pai, e Ele está em Mim e em vós, Eu
estou em vós e vós em Mim”, enunciando [essa grande realidade e confirmando-a] para nós. Sabemos que
isto é verdade, Senhor. Ajude-nos a conhecer nesta noite no sentido de que nós nunca o conhecemos antes,
porque devemos. Nós devemos seguir como nunca temos seguido antes, porque o tempo está curto, e temos
tão pouco tempo restando. Não importa a maneira, Senhor, é necessário nos ensinar, [apenas ensina-nos].
(...) Podemos confiar em Ti. E nós Te amamos e sabemos de que Tu irás nos acompanhar do começo ao fim.
Nós somente queremos viver1 da maneira que Tu quer nos ver vivendo. E nós Te daremos glória no Nome
de Jesus Cristo. Amém. Podeis se assentar.
1 Tenho estado fazendo menção a todos agora, e depois sobre o que está sucedendo aqui na América. E
eu tomei a minha pequena premissa ou tese da Bíblia neste ponto no tempo de Herodes, no tempo do
nascimento de Jesus, que foi o massacre dos inocentes. E nisto eu vejo a [homicida], a situação política na
América que tem, creio eu, até mesmo superado o europeu e quase as nações asiáticas também pelo seu
constante clamor pelo aborto quanto ao direito da mulher. E vemos uma porção, portanto, do massacre dos
inocentes. E nós não somente vemos isto, mas vemos que a ordem literal de Deus que Ele deu no princípio
(Sê frutífero e multiplicai e enchei a terra), tem sido convertido em uma tal coisa absurda, e o que você
chamaria de uma verdadeira desobediência a Deus que, até onde eu sei, é uma das últimas coisas que
estamos para ver, que é comparável com o tempo real de Jesus – da Sua primeira vinda. [Então estamos no
tempo do fim].
2 Tenho mencionado que o meu próprio pessimismo me dirigiu em direção a Gore,2 porque ele tem
ficado claramente a favor dos direitos da mulher, e eu observo também, o que eu nunca soube antes, onde
Nader3 é até mesmo mais cruel do que Gore é. E eu vejo onde o Sr. Bush4 está fazendo o seu melhor para
assumir uma posição muito boa e eu aprecio isto. Estou grato de que ele esteja, mas não importa aqui na
América quem vai ser o Presidente. Não há nada que Gore irá fazer para parar o aborto, e não há nada que
Bush possa fazer para pará-lo. Não há nada que alguém possa fazer porque as pessoas estão rebeldes, e elas
cercarão a Corte Suprema. A Corte Suprema não julgará por muito mais tempo. Eles legislarão, o qual eles

1
Do inglês “come through”, que também possui o sentido de “cumprir um dever” – N.T.
2
Al Gore (nascido em 1948), vice-presidente dos EUA durante o governo de Bill Clinton, ex-deputado e ex-senador – N.T.
3
Ralph Nader (nascido em 1934), advogado americano que foi candidato do Partido Verde às eleições presidenciais de 2000 nos
EUA – N.T.
4
George Walker Bush (nascido em 1946), que será eleito no ano seguinte como o quadragésimo-terceiro presidente dos Estados
Unidos, foi governador do estado do Texas e filho de George Herbert Walker Bush – N.T.
2
Doutrina da Mensagem
tem estado fazendo por um longo tempo desde que Brandeis5 sugeriu isto, se bem que já se havia pensado
nisso antes, creio eu, por Andrew Jackson.6 Não foi ele que contrariou a Corte Suprema uma vez, porque
eles estavam legislando ao invés de julgar? Eu acho, ou algo assim. Eu não sou muito bom em história
americana. Mas há pouco outro dia eu corri de um lado para o outro por isso. (...)
3 Então não importa para que direção você irá, este é o mundo do diabo. Ele está no comando. E
lembre-se de que ele foi um homicida desde o princípio. Agora, você não pode encontrar nenhum lugar na
Escritura onde o diabo na realidade matasse. O que matou foi Caim. [A congregação diz: “Amém” – Trad.]
E lembre-se, Jesus disse a Israel: “Vós sois de seu pai o diabo, e as obras de vosso pai vós fareis, e ele foi
um homicida desde o princípio, e a verdade não permaneceu nele”.7 Bem, você entende perfeitamente de
que Ele está falando ali sobre Caim. E na verdade Caim era idêntico ao seu pai, o diabo, no sentido de um
pai substituto,8 ou você pode dizer, um substituto, sabe, uma espécie de mamífero, um indivíduo que faça
para ele o seu trabalho sujo. E deste modo ele fez o que Satanás fez, que era iníquo, que foi perverter a
Palavra [para Eva, e depois a ação prosseguiu].
4 E você pode perverter a Palavra de muitas e muitas maneiras. Você pode acrescentar a Ela; você pode
tirar Dela. É assim que se muda Ela. Você pode tirá-La do contexto, você pode aplicá-La mal para fazer
alguma outra coisa, você pode colocá-La fora do elemento do tempo, você pode colocá-La em alguém que
não pertence e tirá-La fora de onde Ela pertence. Existem tantas e tantas maneiras de você poder perverter a
Palavra. Não é simplesmente acrescentando uma palavra ou tirando uma palavra, ainda que o irmão
Branham usasse isso o tempo todo. Porém um dia ele falou: “mudando a Palavra”. E assim foi onde eu
realmente saí fortemente, e sempre tenho sido forte nisso, de acrescentar uma palavra ou tirar uma palavra,
isto é verdade, mas sobre o que ele está falando? Mudando-A. Acrescentar ou tirar uma palavra fará isto, e é
para isso que você está olhando. Jamais mude a Palavra. O irmão Branham disse: “Diga o que eu digo”.
Muito bem, diga o que ele diz e faça mal uso disso; para onde você irá? Você tem uma coisa ruim aí.
[Iniqüidade por toda parte de novo].
5 Então hoje eu vejo que não importa o que nós fazemos aqui na América, estamos sobre uma ladeira
escorregadia, e não há nada que irá parar esta geração [em sua descida final]. Nada. Não importa o que for.
E eu não quero estar aqui quando isto acontece, isto é, dizer todas estas coisas que estão vindo sobre à terra.
Mas se elas estão vindo eu sei de uma coisa: eu estaria mais do que preparado para responder ao Senhor.
Tenho estado servindo a Ele por um longo, longo tempo; eu não tenho desistido de pregar por mais de
cinqüenta anos. Eu dei mais do que isto. E não estou desistindo neste momento embora talvez no próximo
momento. Mas Ele nos levará até o fim.
6 Agora eu tenho que entrar em perguntas e repostas esta noite. E antes de eu fazer isto, eu quero ler do
irmão Branham e tornar firme para que todo mundo saiba, cem por cento, certas coisas de que o irmão
Branham disse, e o que ele quis dizer quando ele disse isto. E a primeira coisa é: “O que quer dizer quando a
Bíblia diz: ‘A plenitude da Divindade corporalmente’?”. Agora, eu irei ler o que o irmão Branham disse, e
tenho lido isso vez após vez de novo; porém eu quero ler isto desta vez com a ênfase de que esta é uma
definição [que deve ser na verdade tomada como “imutável”].
7 Agora você diz: “O que é um pássaro?”. Bem, um pássaro é uma criação de Deus que tem em vista
voar. E você define isto. O que é um átomo? O que é um quiabo? O que é barro? O que é carvão? Você tem
uma definição. Mas muitas pessoas que tomam o que o irmão Branham disse, não chegam às definições. E
assim, se você não chega a uma definição, então cada vez que você lê algo que soa um pouquinho obtuso ou
que se move um pouquinho numa direção ou outra concernente ao Pai, particularmente, ou concernente o
Filho, então a mente não entra em marcha9 corretamente.
8 Por exemplo, se você estivesse na escola e você estivesse estudando certas coisas em química ou
física, o que eles chamam especialmente de ciência pura – e ciência pura é onde com certeza um e um fazem
dois e três e três fazem seis. Não há gradação aí. Ou três e três fazem seis ou isso não faz nada, porque tudo
na natureza está numa forma precisa. Então agora eu quero ler isto para você. E isto é sobre a plenitude da

5
Louis Brandeis (1856-1941), associado de justiça da Corte Suprema dos Estados Unidos – N.T.
6
Andrew Jackson (1767-1848) foi o sétimo presidente dos Estados Unidos (1829-1837) – N.T.
7
João 8:44 – N.T.
8
Do inglês “surrogate”, que também possui o sentido de “adotivo” – N.T.
9
Do inglês “gear”, que também possui o sentido de “engrenar” – N.T.
3
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
Divindade corporalmente. O que em cem por cento, isto quer dizer como um poste de amarração para que
você não comece a pensar: “Bem, a plenitude da Divindade corporalmente poderia ser: três e três fazem
cinco”, ou “Eu simplesmente não sei. Como eu lido com isso?”. [Então nós lemos:].
9 “O grande Jeová desceu e foi feito tangível (Isto é, de modo que você pudesse tocá-Lo) ao viver no
corpo de Seu próprio Filho, declarando e reconciliando o mundo Consigo mesmo. Cristo foi simplesmente
Deus, e Deus foi simplesmente Cristo. Os dois juntos formavam corporalmente a Divindade. Fez um pouco
menor do que os anjos para que Ele pudesse sofrer. Anjos não podem sofrer. Jesus foi o tabernáculo em
que Deus habitou”.10
10 Então o que é exatamente a plenitude da Divindade corporalmente? Deus habitando em Jesus, ponto
final. [“Amém”] Agora, o irmão Branham embelezou isto. Ele não precisava. Você não precisa dizer: “Três
e três fazem seis, deixe-me ver, um, dois, três, e três mais um, dois, três. Certo, um, dois, três, quatro, cinco,
seis; finalmente eu o tenho”. Esqueça isto; esqueça isto. O que é a plenitude da Divindade corporalmente?
Deus, Elohim, Jeová, habitando em Jesus Cristo o Seu Filho, ponto final. Você quer ir mais adiante, mas
você não precisa porque você já sabe que Ele nasceu da virgem Maria. Você sabe como o nascimento
virginal aconteceu; você entende isto. Então o que é a plenitude da Divindade corporalmente? Deus
habitando em Seu Filho, Jesus Cristo. Uma pessoa habitando em outra. [“Amém”] O inferior é o corpo, no
qual o Filho está habitando; o superior entrou no rio Jordão e ficou ali por aproximadamente três anos e
meio. Ele deixou Jesus no jardim do Getsêmani. Em outras palavras, a plenitude da Divindade
corporalmente é Deus Se encarnando em Seu Filho Unigênito. Certo? [“Amém”] [Esta é a definição]. Então
tudo bem, vamos tomar a próxima coisa que deveríamos olhar.
11 A próxima coisa que temos que olhar é a Suprema Deidade de Jesus Cristo. E novamente isto é o que
abala o povo. Agora ele está falando sobre a Suprema Deidade.
“Oh, que coisa, como eu gosto de pregar a Deidade, a Suprema Deidade de Jesus Cristo. Se você
pudesse alguma vez entender quem Ele era e o que Ele fez por vocês homens e mulheres, seus corações se
rasgariam dentro de vocês (que seria apenas rasgado aparte dentro de você) e vocês estariam desejando se
afastar do lixo do mundo para viver para Ele. Oh, quão maravilhoso e que Pessoa que Ele foi. Se você
reconhece a condescendência de Deus mesmo, Se desvelando, descendo até que Ele pudesse entrar em seu
coração...”11
12 Agora, isto soa muito bem. Agora, Deus descendo para entrar em seu coração soa como se Ele mesmo
descesse... Como poderia Deus entrar no coração de cada pessoa individual aqui? Então Deus está em mim,
e Deus está em John [McRae] e em cada um nesta fila da frente e para frente e para trás e... eu tenho Deus,
ele tem Deus e assim por diante... isso é impossível. A plenitude da Divindade corporalmente foi o único
lugar em que Deus já desceu e que na verdade ficou no corpo em que Ele desejava estar, e aquilo foi a
plenitude. E você não poderia por isto em qualquer profeta não importa o quanto Deus estivesse em
qualquer profeta, você não pode por isto em qualquer [outro] lugar. A plenitude da Divindade
corporalmente é única quando Deus desceu, pessoalmente – Deus mesmo desceu, Jeová Elohim – e habitou
naquele Filho. Ele entrou e Se tabernaculou no rio Jordão. E João viu aquele Espírito descendo como uma
pomba, iluminando sobre Ele e ficando ali. E a Voz disse: “Este é o Meu Filho amado em Quem Me
comprazo”.12 E como o irmão Branham interpretou: “Em Quem Me comprazo habitar”. E Ele estava. Então
esta é a plenitude da Divindade corporalmente. Tudo bem.
13 Agora, a Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo. Ele disse:
“...Aquele Todo-Poderoso, Grande Ser, humilhou-Se a Si mesmo e Se desvelou e entrou num corpo de
carne a fim de que qualquer um pudesse tocar com as suas mãos”.
Isto é muito, muito bom. Então nós compreendemos isto. Agora, vamos ir para mais alguns lugares
aqui. Agora ele está falando sobre Billy Graham que está falando sobre a Suprema Deidade do Senhor Jesus
Cristo. Mas vamos deixar isto claro, irmão, a compreensão da Suprema Deidade de Billy Graham não era o
que o irmão Branham entendia quando chegava ao Senhor Jesus Cristo, porque Billy é um trinitário. Ponto
final.

10
Sermão “Hebreus Capítulo 6 – 3ª Parte” (15/09/1957), § 23 – N.T.
11
Sermão “Lei ou Graça” (6/10/1954), §§ 26-27 – N.T.
12
Mateus 3:17 – N.T.
4
Doutrina da Mensagem
14 Então temos um Pai e um Filho e um Espírito Santo. Bem, eu não posso compreender o Espírito Santo
separado, porque o Pai é o Espírito Santo. [“Amém”] Porque, como o irmão Branham demonstrou:
“Nenhum bebê pode ter dois pais”. Isto é absolutamente impossível. Jesus disse que Deus era o Seu Pai, e
as pessoas reconheceram isto, os israelitas e todos. Mas a Bíblia disse que o Espírito Santo veio sobre ela e
ela concebeu. Então o Espírito Santo não é uma pessoa e o Pai outra pessoa; o Pai é o Espírito Santo, porque
Deus é o Espírito Santo.
15 Agora este ser aqui, Jesus, não pode ser a Deidade. Ele é o Filho da Deidade. [“Amém”] Deus é o Rei,
Este é o Príncipe. Um é o Pai; o outro é o Filho. E o Filho tem a vida do Pai Nele, e o Pai tinha aquela vida
antes que o Filho tivesse aquela vida [embora seja a mesma vida]. Bem, é assim que isto se move, não é?
[“Isso mesmo”] Eu jamais vi nenhum moço ou moça que alguma vez nascessem deles mesmos, e depois
começassem a procurar por um pai.
“Tenho que descobrir alguém agora [para me gerar e um outro para me entregar13]”.
Oh, esqueça isto, [Risos – Trad.] é muito estúpido. Então o irmão Branham gritava: [“Amém” para
Billy] tão alto quanto ele podia, porque ele sabia que era verdade. (...)
16 Agora, o que ele disse que a Suprema Deidade era? A Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo é
Jeová, Deus manifestado na carne de Jesus, o Filho. [“Isso mesmo”] Novamente, falando sobre o centurião
romano, e o centurião disse: “Faça Você assim,”, ele disse, “faça como eu faço, apenas dê a Palavra e
qualquer um sob autoridade – minha autoridade, tem que me obedecer e as doenças estão sob a Sua
autoridade, então dê a Palavra e...”.
O que o romano estava fazendo? Ele estava reconhecendo a Suprema Deidade de Jesus Cristo. Vê?
“Apenas fale a palavra e o meu servo viverá”. O que Jesus disse? “Agora, jamais tenho visto fé como esta
em Israel”. Isso é o que eu estou tentando fazer vocês pessoas verem. Cristo está aqui”,14 ele diz.
17 Agora, novamente ele diz:
“Então descobrimos a verdadeira Suprema Deidade de Jesus Cristo. Todo o livro aqui é
simplesmente uma revelação de Jesus Cristo. Ele veio. Nós descobrimos que em várias vezes e de diversas
maneiras, Deus falava aos pais por meio dos profetas. Neste último dia, através de Seu Filho, Jesus Cristo,
Ele tem Se revelado. E o livro, de Gênesis a Apocalipse, nada é a não ser uma constante e perpétua
revelação do Senhor Jesus”.15
Agora novamente ele diz: “O grande Jeová desceu e foi feito tangível”. Então esta é a mesma coisa
para a qual estamos olhando. Quando você olha para a Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo, você não
pode diferenciar o Pai habitando no Filho.
18 Então a Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo não é ninguém mais a não ser o Deus Todo-
Poderoso, Jeová Elohim, tabernaculando em Seu Filho, e a plenitude da Divindade não é ninguém mais a
não ser o Deus Todo-Poderoso tabernaculando no Filho.
19 Então aí estão as suas definições, e é isto pelo qual você se posiciona, porque vez após vez você
correrá para as coisas que o irmão Branham disse, e sem a mente olhar atentamente para cada coisa em
particular que ele diz, mas tendo sido treinada no reino da trindade e do povo unicista, tem um terrível
trabalho: de simplesmente entender que o irmão Branham não era trinitário e que ele não era unicista. Ele
ficou no meio, não crendo que existem dois deuses, mas que Deus, quando Ele desejou e quando Ele fez
provisão para isto, capacitou a Si mesmo a habitar em Seu Filho Unigênito, que também veio aqui como
você e eu viemos, exceto pelo fato de que Ele, em Sua pré-encarnação, tinha tanta experiência diferente e
uma maneira diferente para Se chegar, [porque Ele foi unicamente gerado e então Se incorporou também
diferente de nós.
20 Então se você voltasse lá atrás quando Jesus andou sobre a terra e visse a Lázaro ressuscitado, e
sabendo que Jeová-Elohim estava habitando no Filho, você poderia dizer: “Aí está a Suprema Deidade”.
Porém você não poderia dizer isto quando você O visse na cruz. A Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo
é Deus manifestado na “carne Jesus”, quando você contempla o relacionamento “Pai-Filho” na forma de
carne. Depois de tudo, “Ele” deveria ser chamado “Deus conosco”].

13
Do inglês “deliver”, que também quer dizer “partejar” – N.T.
14
Sermão “O Cego Bartimeu” (27/01/1957), § 59 – N.T.
15
Sermão “Hebreus Capítulo 4” (1/09/1957), § 5 – N.T.
5
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
21 Agora, antes que eu trate de responder as perguntas, eu quero dizer isto, porque eu sei o que estou
dizendo (pelo menos eu acho que eu sei o que estou dizendo), e é muito fácil para eu pensar que todo mundo
segue junto com o que eu estou dizendo sobre as mesmas bases do meu próprio entendimento e o que eu
estaria dizendo concernente às determinadas condições que possam obter ou possam haver, as quais
poderiam estar relacionadas à mesma coisa que eu tenho estado tratando. Agora, você não sabe sobre o que
eu estou falando, [mas você saberá quando entrarmos nisto].
22 A pergunta que veio da última vez: “...em desgaste,16 o que significa quando o trabalho está
terminado, ou a pessoa está morta [ou retirada] e ninguém mais sucede”. Agora, isto é somente no último
dia. Quando Paulo deixou Éfeso, sendo jogado na prisão – até mesmo tido como morto, o revelador João
assumiu o comando de Éfeso por algum tempo. E depois que Paulo saiu de cena como mensageiro, Irineu
entrou em cena. E depois de Irineu, foi Columba, e depois Martin e dali por diante. Agora, de qualquer
forma no fim, você está chegando ao ponto onde não somente o irmão Branham haverá de sair de cena, mas
ninguém virá e tomará o seu lugar, [no sentido de haver outro mensageiro para a era da igreja].
23 Agora, eu sei que existe uma grande nuança e clamor de que Joseph irá suceder e as pessoas dizem:
“Eu encontro ele na Bíblia”, e isto e aquilo. Você não pode encontrar isto. É somente na sua imaginação e
na sua própria perversidade17 que você quer encontrar isto, porque você não quer concordar com a
realidade: está acabado! [“Isso mesmo”] O juízo passou! Ou estamos indo ou não estamos indo, ponto final!
[“Amém”] Agora, isso é tudo que há. Vê? [Isso é Mateus 12 onde fala dos gentios e da Presença de Deus e
do que ocorreu quanto aos gentios. Nós já tratamos disso muitas e muitas vezes].
24 Então tudo bem. Nós procuramos por um ministério quíntuplo. Agora, existem simplesmente tantos
ministros quíntuplos; bons, maus e indiferentes. Vamos supor que exista... Oh, vamos supor que exista
talvez trinta igrejas que certamente adoram de uma determinada maneira, e que elas amam ouvir a
explicação da Palavra pelas mensagens do irmão Branham da maneira que eles tem sido ensinados e
entendem isto. (...) Vamos supor que existem dois evangelistas que sejam parecidos e que eles vão a estas
igrejas. Então tudo bem, um daqueles evangelistas morre. Bem, isso quer dizer que ninguém pode se
levantar e assumir o seu lugar? Bem, ninguém irá levantar-se e assumir o seu lugar, mas isso não quer dizer
que ninguém possa ser colocado no campo por Deus [“Amém”] para ser o evangelista até que esteja tudo
acabado. E ele pode ser como o irmão Branham, que disse a um longo tempo atrás, a mais de trinta e cinco
anos atrás (porque ele tem estado morto por trinta e cinco anos dentro de alguns dias agora), ele disse: “Eu
simplesmente atravessei a América, e ela está toda enredada”. Ele disse: “Cinqüenta pessoas talvez,
vieram ao altar, e eu não sei se alguma delas se salvou”. Mesmo assim depois disso, quando eu estava indo
para Nova York, ele disse: “Ganhe todas as almas que você puder”.
25 Então talvez um dos evangelistas morra, mas isso não quer dizer que você não continue semeando a
semente como um evangelista no caso de haver somente mais um. Agora, o que acontece então com aquelas
trinta igrejas? Bem, pode ser que elas tivessem que esperar para conseguir aquele evangelista se ninguém
mais fosse levantado, o qual possivelmente alguém poderia ser levantado. Quem sabe? Eu não sei. Eu não
conheço a mente de Deus. Seja o que Deus quiser. Aquelas igrejas podem ter que esperar seu objetivo e
conseguir o homem em outra hora a cada dois anos e meio ou algo assim. Isso pode ser o melhor que eles
podem fazer.
26 O que acontece se existe uma dupla de mestres indo para aquelas trinta igrejas? Eu, eu mesmo
costumava ir a uma porção de igrejas. E quando eu ia a uma igreja, eu era diligente em deixar as pessoas
saberem que eu não era a autoridade. O pastor era. E se eu pregava sobre um assunto como a Presença, eu
lhes prevenia e dizia que eu iria ensinar alguma coisa que talvez eles não estivessem cientes e que eles
poderiam não concordar comigo. E se o pastor não concorda, venha logo atrás de mim e diga: “Eu não
concordo com o irmão Vayle. Eu não creio nisso de jeito nenhum”. E então eu diria para as pessoas aqui:
“Ouça a seu pastor; ele está aqui para acompanhar você do começo ao fim. Eu não estou”. Então se ele não
aprecia o meu ensino: ótimo e muito bem. Ele simplesmente não diz de modo nenhum, e é assim. Eu nunca
tive uma igreja que não recebesse a mensagem da Presença. Eu não tenho uma pista do que eles fazem com
isto.

16
Do inglês “attrition”, que também significa “atrito”; “fricção”; “extirpação” – N.T.
17
Do inglês “waywardness”, que também significa “impertinência”; “capricho”; “desobediência” – N.T.
6
Doutrina da Mensagem
27 Mas de qualquer maneira, vamos supor que existe uma dupla de nós no campo, e que exista talvez
vinte – trinta igrejas aí fora e que temos dois homens ensinando o mesmo que eu ensino. Possuímos o
mesmo entendimento da Presença e da Divindade e aquelas várias coisas que o irmão Branham nos declarou
tão perfeita e fielmente. Bem, [o que aconteceria se eu morresse amanhã,] o que é um pensamento muito
agradável, e eu gostaria disso exceto pela minha esposa (...).
28 Bem, agora, o que aconteceria se eu saísse de cena? Ou o outro companheiro saísse de cena? Bem, ou
Deus levantaria alguém mais, e isto, para mim, embora eu não dissesse a Deus o que fazer, eu diria isto
neste último dia baseado na própria experiência do irmão Branham; é muito importante ter mestres
auxiliando o povo a amadurecer com a Palavra de Deus [então nós esperamos que houvesse outros]. Mas eu
não sei se Deus levantaria alguém. Mas Ele poderia; não quer dizer que Ele não levantará, porque aquela
pessoa tem sido tirada do campo. Porém nós sabemos que isto ficará cada vez menor e menor. Isso ficará
cada vez menor e menor [até que não exista mais semente – os filhos sejam capacitados e treinados].
29 Agora, vamos voltar ao pastor. Certo, o que acontece se um pastor morre? E pastores morrem; temos
visto isso acontecer. E também os pastores tem que se retirar, porque eles ficam tão terrivelmente enfermos,
que não há nada que eles possam fazer, então eles tem que sair. Isso quer dizer que aquela igreja agora não
pode ter um pastor? Isso não quer dizer, de modo nenhum, porque Deus pode levantar pastores. Como os
pastores são levantados? Eles são levantados na assembléia local, e assim são os mestres, e assim são os
profetas, e assim são todos os demais. Mas a assembléia local é onde eles são nascidos de novo, eles
recebem o seu ensino, o seu treinamento, e aí é onde eles aprendem; e sempre tem sido desta maneira. Eles
aprendem para levar a Palavra para o povo. Então tudo bem.
30 Deste modo poderia haver neste tempo pastores que tem se retirado e pastores que tem morrido, mas
as suas igrejas poderiam bem receber um pastor que está chegando e que surge dos postos, ou outro pastor
que sente que ele deveria se mudar. Agora, isto não quer dizer que porque o pastor sente que ele deveria se
mudar, que aquela igreja irá aceitá-lo. Mas se aquela igreja quer um pastor e o pastor está qualificado, e o
pastor sente (isto é, a vinda do pastor, provendo para que ele venha) se este ou aquele candidato, sabe,
aquele parado ali diz: “Certo, eu irei. Sinto-me guiado pelo Senhor porque o meu ministério aqui está
[terminado]. Está tudo acabado. Eu sinto que está. Eu quero vir aqui porque sinto que Deus está me
guiando”. E o laço espiritual é forte o suficiente ao ponto em que eles sabem que este homem é fiel e um
bom pastor e tem pastoreado por algum tempo e diz: “Sim, nós gostaríamos que você viesse”.
31 Mas eu entendo que existem igrejas que considerarão o que eu disse o outro dia e dirão: “Aha! Aí está
você, sem mais pastores. Nós prosseguiremos sem um”. E essas pessoas, eu sinto muito por elas, porque
elas estão se dirigindo para um problema. [“Amém”] O que é apropriado que aconteça é que alguém se
levante e assume o comando. [Leia Atos 20].
32 Agora, existe uma situação muito ruim da qual eu sei, mas que não influencia muitas pessoas, onde
este companheiro saiu de uma determinada igreja e ele foi a uma certa cidade e ele contou três histórias
diferentes. Uma história era financeira, outra história era de família e a terceira história foi: “Bem, eu voltei
para ajudar vocês pessoas na Mensagem”. E então ele assumiu o controle fechado, estocado e barrilado; e
você não pode sequer se assentar em um restaurante, mas eles mudarão você em volta... Se ele está na casa
de outro homem ele corre até a porta e aperta as mãos. Ele é o chefe.
33 Agora, no momento em que vocês pessoas que recebem esta fita ouvirem a isto e quiserem que isso
aconteça a vocês, sejam meus convidados, porque eu não serei doce e amável deste ponto em diante, porque
eu tenho purificado o ar por causa de todo mundo que pensa que eles sabiam o que eu estava dizendo, e isto
é o que eu estou dizendo: “Eu não estou dizendo o que você pensa que eu estou dizendo”. Vocês podem
conseguir um pastor... Por que você acha que julgamos tão duro aqui? Bem, esta igreja foi edificada sobre
uma coisa e você sabe disso: sou um mestre. E vocês pessoas vieram a mim e disseram – e tenho pessoas
suficientes [aqui], sentadas aqui, e eu posso intimar o seu blefe agora mesmo porque existe um grupo de
vocês sentados aqui – “Irmão Vayle, se você simplesmente pregar os seus sermões aqui primeiro antes de
você pegar na estrada, nós tomaremos conta de tudo. Nós não precisamos de você como um pastor. Estamos
simplesmente alegres em tê-lo”.
34 Não está correto, Bill Graham? Não está correto, Lloyd [Lusk]? Por favor. Tudo bem, é dessa forma
que esta igreja foi edificada sobre um sólido ministério de ensino da Palavra. Mas no minuto em que eu vi
que precisávamos ajudar eu desesperadamente trabalhei para ajudar. Eu não digo que eu não cometi erros ao
7
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
fazer tudo isso, mas você tem um pastor certo hoje. O que aconteceu? John saiu de onde ele estava. Eles
descobriram alguém? De certo modo. Outros ministros estão saindo. Eles encontrarão alguém? Eles podem
crer em Deus. Deus levantará alguém.
35 Agora, se não há alguém para ser levantado na assembléia, e você não pode conseguir alguém, as
pessoas deveriam ficar juntas e trabalhar como uma democracia. E aqui está o que o irmão Branham me
disse quando eu trabalhei com ele, e nós trabalhamos sobre este princípio quando não houvesse um pastor.
O que você faz? Você simplesmente elege, democraticamente, um homem em quem você tem confiança
como um bom cristão sincero, não como um pregador agora, mas como um bom e sincero cristão que você
sabe que você pode chamá-lo para orar a oração da fé o melhor que ele pode. Ele não será um hipócrita. Ele
não empinará o nariz como se: “Oh, estou aqui para orar, aleluia, tudo é maravilhoso”, sabe. Não, não, um
homem simplesmente devoto, interessado e sincero e um irmão gentil. Você o elege. Ele nem mesmo é um
ancião. Ele não tem que ser um diácono ou um ancião, embora fosse muito bom se ele fosse. Você o elege e
depois você também elege um secretário-tesoureiro. Agora, o que aquele homem faz para que você eleja
como o líder, ele apontará um líder de cântico para ajudá-lo se ele quiser um, senão ele abrirá a oração, verá
se a reunião está em ordem, o povo está confortável, as necessidades são satisfeitas da melhor maneira que
eles podem possivelmente fazê-lo. Lares são usados para ministrar ou de alguma forma você aluga uma sala
de um jeito ou de outro.
36 Agora, o homem que está com ele como secretário-tesoureiro coleta os dízimos, e na América é muito
simples. Tudo que você tem que fazer é solicitar à Receita Federal e você recebe um número e você pode
abrir uma conta bancária. E o que os irmãos fazem depois é tirar os dízimos e colocá-los numa conta
bancária. E o homem que está no cargo então, depois que o serviço de cântico e as orações e todos os
pedidos são levados, toca a fita, seja o que for que você queira fazer com a fita, e a reunião é despedida
depois que as necessidades são satisfeitas.
37 Agora, a próxima coisa é com os dízimos, eles oram e eles pedem ao Senhor para enviar um
evangelista ou um mestre ou alguém [para eles]. Agora, o que o irmão Branham categoricamente disse foi:
“Os dízimos serão colocados diretos lá no banco para que eles possam pagar os irmãos que chegam e
realmente tomam conta deles”. Agora, quando você ora pode ser que alguém já esteja muito bem com a
Palavra, como temos alguém nesta igreja aqui que eu não hesitaria nem por um minuto em confiar o púlpito
dessa presente congregação como a que temos aqui agora.
38 Temos outros que eu certamente confiaria para entrar e ficar de pé aqui neste púlpito. Não estou
falando como se eu fosse o pastor agora. John é, mas eu estou apenas dizendo a você os meus próprios
sentimentos sobre este assunto, porque estou envolvido neste assunto, porque isso foi trazido, a pergunta
respondida e eu tenho que ir bem a fundo nisto. Mas existem aqueles que são capazes, não talvez de pregar
todo o domingo, mas são capazes de ensinar muito bem e de ajudar as pessoas a aprender com o melhor de
suas capacidades o que o irmão Branham tem dito sobre como aplicar isto e se manter dentro da estrutura da
Palavra.
39 E assim eu tenho levado um longo tempo para explicar o que eu disse sobre desgaste. Não pense nem
por um minuto que iremos morrer depois de se ferir, um por um com os ministros que saíram de cena,
porque Efésios diz a você... E vamos ir a Efésios e ler isto para que você receba um entendimento do
ministério quíntuplo. Depois de ler Efésios eu não sei como que alguém pode dizer que não existe ministério
quíntuplo. Ou que eles não precisam de um pastor, deste e daquele. Esse é o mais flagrante abuso da
Escritura [“Amém”] que alguém poderia alguma vez usar à luz do senso comum, leitura normal.
40 Então, Isto diz aqui em Efésios 4:11-16 quando Ele ascendeu às alturas:
E Ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para
pastores e mestres, (um ministério quíntuplo completo) querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a
obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao
conhecimento do Filho de Deus, ao homem perfeito (isto é um maduro), à medida da estatura completa de
Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina,
pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. (Agora, Paulo apresentou isto em
Atos 20) Antes, falando (ou guardando) a verdade em amor, cresçamos em tudo Naquele que é a cabeça,
Cristo, do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa
operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.

8
Doutrina da Mensagem
41 E isto simplesmente quer dizer aqui, que Deus capacita o ministério quíntuplo, doa-o com cada coisa
em particular que se precisa para levar a igreja à perfeição que Deus quer, porque Deus está nisto. Ele o deu.
Então como no mundo pode alguém negar um ministério quíntuplo? Um ministério vivo a este ponto. E
quem no mundo desejaria sentar sem fazer nada e sem tentar conseguir um pastor ou um evangelista a
entrar, ou um mestre, ou um profeta se nós temos um? Eu amaria ter um por perto. Eu conheço Joe
Branham,18 porém ele não vai em qualquer lugar; então não adianta convidá-lo... Não, não, não.
42 Porém eu simplesmente não compreendo de onde as pessoas estão vindo se elas não seguem a isto. Eu
posso lhe dizer uma coisa: você não pode vir contra esta Palavra e contra o que o irmão Branham ensinou.
[“Amém”] Não há nenhum meio, porque o irmão Branham disse: “Se um pregador não prega doutrina, ele
não tem valor”. E a Bíblia distintamente diz: você não pode adorar sem a doutrina. E a doutrina é ensino. E
o ensino é onde você recebe todas as suas dores de cabeça ou todo o seu [auxílio], porque isso está tudo na
[mente], porque aí está onde o espírito conecta lá na alma. Jamais se esqueça disso. Nós falaremos sobre
algumas destas coisas [em outra ocasião].
43 Então isso cobre a questão mui completamente, e se alguém me interpreta mal, sinto muito, porque
você me interpreta mal deliberadamente, seja lá quem você for, se você está. Deixei isto claro? Hã? Agora,
se nós não tivéssemos um pastor aqui, agora... Vamos tomar o irmão Joe White como exemplo. Ele não está
em boa saúde. Não estou tentando livrar você de Joe, mas a questão é esta: ele sucedeu ao irmão Miller.
Certo? O irmão Miller faleceu. Se Joe sai de cena está você terminado? Agora, isso não é tolo? Isso não é
ridículo? Você diz: “Bem, agora, irmão White, você não poderia assumir aquele [pastorado]”. Quem diz que
ele não pode? Ele se sentiu guiado. O povo se sentiu guiado. Eles tem um bom pastor. Ele tem um belo
grupo. O que mais você quer? Eles irão ao longo do caminho adorando a Deus e fazendo bonito. E, que bom
seria dizer: “Oh, bem, eu acho que o desgaste começou. O irmão Miller está morto e então nós
simplesmente deixaremos isto estar”. Que espécie de tolice é essa? Bem, sabe, tenho que falar desta
maneira, porque se o povo fala de outra maneira... [“Amém”] sinto muito, mas tenho que responder-lhes de
bom coração. (...)
Certo. Aqui estão algumas perguntas que eu tenho estado negligenciando.
44 [Pergunta nº. 1]
“Ele vem em três nomes de Filho, (três nomes de Filho, isso está exatamente correto:) Filho do homem
(profeta), Filho de Deus (Espírito Santo), Filho de Davi (o Rei). O irmão Branham disse: ‘Quando Ele vem
novamente, Ele é o Filho de Davi’. Eu gostaria de compreender melhor por que...”.
Bem, isto... Ele está projetando isto para o Milênio. Veja, Jesus retorna à terra fisicamente três vezes.
E quando Ele vem fisicamente naquela terceira vez (...) Desta vez, esta grande segunda vinda que as pessoas
pensam que é o Arrebatamento, essa é a aparição. Mas quando Ele vem imortalizado, em carne humana
glorificada, Ele voltará a esta terra como o Filho de Davi, porque Ele está suposto a herdar o trono de acordo
com Davi por ser da tribo de Judá. E lembre-se que Davi foi o profeta rei. E Jesus é o Profeta Rei. Então
quando Ele retorna e estabelece o reino Milenial, haverá o templo de adoração. E um templo será edificado.
E o que mais haverá? Eu não sei. Porém Ele estará assentado sobre o trono de Seu pai Davi.
45 Agora Jesus está no trono do Pai. Este nunca foi o trono de Davi. Davi teve um trono terreno. E Jesus
nunca teve um trono terreno. Ele disse: “Meu Reino não é deste mundo ou o Meu povo lutaria. Ora”, Ele
disse, “Eu poderia chamar o Meu Pai agora e conseguir muitas legiões de anjos e simplesmente varrer a
coisa toda fora e assumir o comando”.19 Novamente Ele disse: “Se vós tivésseis crido que este Elias estava
por vir, o Reino de Deus viria a vós”. Outra vez, quando Ele expulsa demônios, Ele disse: “Se os demônios
são expulsos, o Reino de Deus é chegado a vós”.20 Porém Jesus não pôde assumir o reino então. Não era a
Sua hora para a conquista. Tem que ser um reino redimido, lavado em Sangue, purificado, [e povoado] com
os santos imortais.
46 Então Ele está voltando como o Filho de Davi, e Ele é chamado de o maior Filho de Davi. Ele é o
grande Filho de Davi. E lembre-se que o irmão Branham disse [que Jesus seria chamado] àquele grande
Super Casamento. Ele teria todos aqueles títulos aí dentro – [Filho do homem, Filho de Davi, Filho de
Deus].

18
Joseph Branham, o filho do profeta – N.T.
19
João 18:36; Mateus 26:53 – N.T.
20
Mateus 12:28 – N.T.
9
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
47 [Pergunta nº. 2]
“Na Bíblia, na Mensagem, nosso Senhor Jesus Cristo é referido como Jesus Cristo. Em outros lugares
Ele é referido como Cristo Jesus. Existe significância nestes nomes ou nos títulos sendo revelados?”.
Eu creio, absolutamente, que existe, porém eu nunca tenho compreendido. Eu não creio nem por um
minuto que você invocasse “Cristo Jesus” e “Jesus Cristo” sob as mesmas circunstâncias idênticas. Se eles
são, ainda assim tem que haver um significado até onde eu posso ver, porque “Cristo” significa “o Ungido”,
e “Jesus” é “Jeová Salvador”. E assim, então, quando você encontra o Ungido Jeová Salvador, então você
está olhando até mesmo para além disso agora; você está olhando para Cristo que está – como uma forma de
espírito, você diria, no meu entendimento, visto que a Bíblia é tão precisa que eles até mesmo usam um
artigo, como “o” para salientar dentro dos sete, e quando vem como o Espírito Santo, eu creio que é
Haggionai, algo assim, eles tem que usar o artigo como definido, fazendo você saber que isto é uma
referência a Elohim. Então existe algo aí dentro. Eu nunca soube o que era. Eu me recordo que há anos e
anos atrás alguém me falou um pouco sobre isto, porém ele não me contou o suficiente para fazer algum
sentido para mim. Mas eu concordo que existe alguma coisa aí dentro.
48 [Pergunta nº. 3]
“É Cristo Deus habitando em William Branham, ao ponto de fazer, fazer William Branham se tornar
o Cristo quando Deus habita nele?”.
Não, William Branham simplesmente continua William Branham, mas ele se torna Deus para o povo.
Ele simplesmente se torna Deus para o povo. E isso está baseado na Bíblia onde em Deuteronômio eles
disseram a Moisés: “Nós não queremos ver a Coluna de Fogo novamente. Nós não queremos sentir a terra
tremendo. Não queremos sentir o terremoto. Estamos absolutamente terrificados pela Presença de Deus.
Moisés, suba lá e fique você por nós, e depois, quando você descer aqui, fique você por Deus, e nós
ouviremos simplesmente como se estivéssemos ouvindo a Deus”. Então Moisés sobe e Deus disse: “Eles
disseram bem o que eles disseram. Nunca mais aparecerei a eles novamente, mas Eu usarei um profeta
como Moisés. No entanto, Eu quero fazer uma estipulação acerca de Moisés: ele não é como todos os outros
profetas. Os outros profetas Eu posso tratar com sonhos e em visões. Mas com o Meu profeta e servo
Moisés, não é assim. Eu tratarei com ele face a face, além das visões e dos sonhos, o que significa que Eu
aparecerei a ele de uma forma visível para que ele possa compreender e apreender o que Eu estou dizendo”.
Então Ele foi até aqui, como diz Paulo, Deus estava nos profetas.
49 E o irmão Branham falou de Deus sendo velado em Moisés, Moisés velado com a Palavra. Moisés era
Deus quando velado com a Palavra. Quando Deus contatou com Moisés e saiu de Moisés, estando Moisés
sozinho, então já não era mais Deus em Moisés. Moisés era Moisés. E depois o irmão Branham disse que...
concernente a Jesus, que Ele era mais do que um profeta. E algumas pessoas querem fazer isto se referir a
William Branham. Isso não é verdade. Você não pode comparar [ou igualar] William Branham a Jesus. E
ninguém pode, porque cada um dos profetas nasceu por meio do sexo, concebidos em pecado, formados em
iniqüidade e simplesmente postos assim completamente – ponto final. Jesus foi diferente – [absolutamente
diferente]. Como eu expliquei a você, quando eles adoraram Jesus – isso está no Livro de Apocalipse – eles
não O adoraram por Quem Ele era, mas pelo o que Ele fez, e Ele nunca teria feito o que Ele fez exceto por
Quem Ele era. Agora, tente ficar em volta disso. Estou sendo muito, muito definitivo, como eu fui no início,
sabe, a plenitude da Divindade corporalmente e a Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo. Então jamais se
afaste de suas definições.
50 [Pergunta nº. 4]
“Você frequentemente tem dito que o batismo com o Espírito Santo cessa. Quando que ele cessa?”.
Bem, isso está aqui em Efésios. Em Efésios é a Noiva de Deus que volta a Deus de modo que não haja
erro; e observe que isso corre por toda a escala... Bem, olhe, eu simplesmente irei ler isto porque eu não
estou com nenhuma grande pressa.
“Paulo, apóstolo” (todo o capítulo) “de Jesus Cristo pela vontade de Deus”. Agora note, ele é um
apóstolo de Jesus Cristo pela vontade de Deus. Não diz que ele é um apóstolo de Jesus pela vontade de
Jesus. Então existem duas pessoas aqui: uma é Deus e uma é Jesus. Chame-O de Jesus... E lembre-se,
quando é Jesus Cristo, também poderia dizer: “Jesus que é o Cristo”, que significa isto, o Filho Unigênito,

10
Doutrina da Mensagem
em Quem Deus habita, que na verdade desceu para ser o Seu Messias, porque Cristo é Mashiah. A palavra
hebraica [para Cristo é Messias].
51 Tudo bem, “apóstolo de Jesus” que é o Cristo, porém “pela vontade de Deus”; é dessa maneira que eu
tenho aí. “Estou falando a vós, santos em Éfeso, para os fiéis em Cristo. Estou me endereçando a vós, a
Noiva – exatamente como João fez à dama eleita. – Graça e paz seja convosco de Deus nosso Pai e do
Senhor Jesus Cristo”. Agora note que graça e verdade e graça e paz sempre vem juntos. Se não há graça,
não há verdade; se não há graça; não há paz. Mas quando você recebe a graça, é conferida a você a verdade
e a paz, e a verdade vos libertará e isso quer dizer que você está na paz. É sobre isso que eu estava falando a
vocês pessoas aqui na igreja antes que eu começasse a lidar com estas perguntas e respostas que vai para as
pessoas que recebem as fitas. E eu agora lhe digo: envie-as a coisa toda, tudo que eu tenho dito aqui desde
antes de eu ter começado com as perguntas e respostas. Nós enviaremos a coisa toda. Vocês fizeram uma
fita dessa primeira parte? [O irmão Vayle pergunta aos irmãos que operam o equipamento de gravação –
Ed.] Certo, vocês tem uma fita aqui; consigam esse vídeo. Certo. Enviem tudo isso; deem a eles a coisa
toda, porque é importante compreender o que eu estou dizendo do que eu disse anteriormente.21
52 Note: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. Analise isto: “bendito seja o Deus e
Pai”, ou, que é o Pai de nosso Senhor, que é o mestre, Jesus, Jeová Salvador, que é o Messias, que tem nos
abençoado... Agora, Quem tem efetuado a benção? Deus! Vê? Nos lugares celestiais em Cristo. Como
também nos elegeu em Deus antes da fundação do mundo, (E também em Cristo, falaremos sobre isto mais
tarde.) para que fôssemos santos e irrepreensíveis perante Deus – perante Deus (Agora, assim é como nós
deveríamos ser) em Deus. Em amor tendo nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo a Deus
mesmo, segundo o beneplácito da vontade de Deus, para louvor da glória de Deus e da graça de Deus, em
que Deus nos fez agradáveis no Amado.
53 Agora você diz: “Jesus fez isto”. Não, Jesus criou o meio para Deus nos aceitar. Isso é chamado de “a
satisfação de Deus”. Ele está perfeitamente satisfeito com Cristo. E se Ele está perfeitamente satisfeito com
Cristo, então Ele está perfeitamente satisfeito conosco sob a aliança do Pai com o Filho [“Amém”]. Em
outras palavras, como tenho dito a você em Romanos várias e várias vezes... Romanos 5:1: (...) “Portanto
tendo sido justificados pela fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”. Isso não quer
dizer que você e eu temos paz: “Oh, simplesmente temos paz agora para com Deus”. Deus está em paz
conosco. Há muito tempo não estamos mais [em risco de sermos julgados]. Há muito tempo que não há
mais guerra – [lutando contra Deus]. Isto é graça, paz, verdade, tudo. Agora, as pessoas ficam confusas
sobre isto. Foi isso que eu disse algum tempo atrás: perverter a Palavra é quando você aplica algo para si
mesmo quando é aplicado a Deus. E as pessoas hoje estão aplicando as coisas para si mesmas como Noiva,
que foram aplicadas ao irmão Branham, como em “Fé Perfeita”, [“Isso mesmo”] [uma de suas mensagens].
54 Olhe, eu não estou interessado em conseguir fitas das pessoas. Eu não tenho tempo para ouvi-las. Eu
não as ouviria de qualquer jeito. Mas se você quiser obtê-las, pegue as fitas de qualquer um que você quiser
sobre “Fé Perfeita”, e veja se eles creem no que eu creio sobre isto, e você encontrará uma grande
diferença: a maioria deles está trabalhando para ser alguém. E eu já tenho lhes dito que a fé perfeita é
quando Deus deu a você a revelação perfeita por meio de uma Mensagem vindicada e que agora, com sua
revelação perfeita, você tem a fé perfeita, porque fé é revelação.
55 Sabe de uma coisa? Se você crê nisso, ou alguém aqui realmente prega isto, você verá pessoas curadas
à esquerda e à direita. Todas as grandes coisas que as pessoas querem fazer. Livre-se disto! [“Sim”] Ponha
isto nas mãos de Deus. Dê glória a Deus. Veja se Deus faz isto. Oh, eu poderia contar a vocês algumas
histórias. Elas não seriam histórias ruins, somente para a glória de Deus, do que as pessoas tem sofrido por
causa de Cristo, e não dadas às coisas do diabo que estão neste mundo.
56 Agora, tudo bem:
Em quem temos a redenção (versículo 7) por meio do Sangue de Jesus, a remissão dos pecados,
segundo as riquezas da graça de Deus, que Ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência;
descobrindo-nos o mistério da Sua vontade, segundo o Seu beneplácito, que propusera em Si mesmo...
Vê? Isto é o que eu tenho pregado para vocês desde o princípio, a essencialidade de Deus e de Sua
Deidade (que eu chamo de “Deidicidade”) a fim de fazer você entender que cada coisa que Deus fez estava
21
O Rev. Lee Vayle refere-se à sua mensagem de pré-culto pregada antes deste sermão, intitulada: “Descanse! O Juízo Está
Terminado” – N.T.
11
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
Nele de acordo com O quê e Quem Ele era. E isto não poderia ser diferente, então para quê tentar mudá-Lo?
Oh, que coisa.
57 ...De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as
que estão nos céus como as que estão na terra; Nele, digo, em Quem também fomos feitos herança, havendo
sido predestinados, conforme o propósito Daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da Sua
vontade...
Isso é o que eu tenho estado ensinando a você, tentando fazer você ver: Deus é Deus, e Ele agirá como
Deus. Ele fará o que Deus quer, e Ele não pode impedir a Si mesmo porque Ele não pode mudar. Não é bom
termos um Deus assim? [“Amém”, “Isso mesmo”] Vê? Isso é onde as pessoas não entendem: a
predestinação é um ato de amor.
“Oh, você quer dizer que Deus aceitará este e não aceitará aquele? Oh, que coisa, isso não é amor”.
Oh, cale-se! [“Sim”] Aqui diz que é em amooor que Ele nos predestinou. [“Isso mesmo”][O amor
predestina. A predestinação é a manifestação do amor. Agora ouça:] (...)
58 Com o fim de sermos para louvor da Sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo; em Quem
também vós estais, depois que ouvistes a Palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo Nele
também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para
redenção da possessão adquirida, para louvor da Sua glória.
Agora, o que é a “redenção da possessão adquirida”? O irmão Branham disse: “Um dia você
descobrirá que você sempre foi salvo”. Isto é a sua alma. O que precisa de redenção? Seu corpo. Então isto
fala de ressurreição. [Agora, não que Deus não tenha nos trazido de volta quanto às nossas almas, mas isto
fala de “corpos”].
59 Então, quando o Espírito Santo cessará? Agora, isto é um termo. Vamos mudá-lo. Quando que Deus
finalmente irá parar de assoprar sobre o povo o fôlego de Deus ou o Espírito Santo, de modo que Ele não
faça mais isto? Quando o último filho estiver dentro, o escolhido. Agora, isso poderia estar correto agora.
Agora, os judeus tem 144.000 que entrarão. Agora lembre-se, a virgem néscia não tem o Espírito Santo.
Você sabe por que eles não tem o Espírito Santo? Porque os seus vasos não podem transportar isto.
60 O que é o vaso do Espírito Santo? Diga-me alguém em voz alta. Palaaavra! O conduto do Espírito
Santo é a Palaaavra! Eles não tem a Palavra, e eles não podem ter a Palavra. Não, eles estão na
organização. Eles estão em cativeiro. Eles estão perdendo isto. Eles são pessoas boas. Eles são virgens. Eles
são parte da mistura. Eles são parte do tecido. Porém eles não foram cortados do molde, e no molde estas
virgens sábias são trazidas à perfeição por um ministério quíntuplo, os quais são apóstolos, profeta, mestre,
evangelista, pastor, cada um em particular com a Palavra e nada mais a não ser a Palavra. [“Amém”]
[O irmão Vayle pergunta quanto tempo se passou e alguém responde: “Cinqüenta e cinco minutos” –
Trad.] Então tudo bem, esta é a sua resposta bem aí.
61 [Pergunta nº. 5]
“Tem Deus, a este ponto, parado de batizar com o Espírito Santo?”.
Não que eu saiba, porém quando o último eleito entra, isso é exatamente o que estará acontecendo, não
importa quantos sejam batizados, quantas vezes, sob qual título, sob quais nomes, sob seja o que for. Agora,
eles poderiam ser virgens néscias, mas o Espírito Santo não virá sobre eles pelo batismo com o Espírito
Santo. Não. Mas aqueles que são, serão filhos treinados, como eles foram quando eles estavam cruzando a
terra de Canaã. [O Espírito Santo não é dado somente para colocar ou batizar você no corpo de Cristo,
porém Ele é dado para ensinar você e guiar você em toda a verdade, e isto é especialmente para hoje].
62 E o que foi que Deus disse? “Oh, quando as pessoas entrarem nesta terra, o povo em volta delas dirão:
‘Oh, com que grande Palavra vocês entraram’.” A mesma coisa conosco. Somos os únicos em dois mil anos
com a revelação literalmente cumprida, até mesmo aquelas que não foram conhecidas desde antes da
fundação do mundo, porque Paulo ou ninguém mais explicou, além de William Branham, como que o Filho
Jesus nasceu. Descubra isto. Você não pode encontrar isto na Bíblia. Você tem uma sugestão disso; você
tem uma impressão de que Ele é, mas você não sabe como, e só o irmão Branham nos contou. Só o irmão
Branham verdadeiramente nos explicou a semente.
63 Descubra para mim um livro escrito por qualquer um, puritanos e tudo mais, os grandes autores.
Mostre-me uma pessoa. E existem somente dois livros que eu saiba que reterá água. Tenho tido a ambos.
12
Doutrina da Mensagem
Um é do Dr. Pink, o outro é um grande livro. Eu o tenho em casa. Ele não é uma leitura digna. Não
compreende a semente de modo algum. Se você realmente compreende a semente, você saberá do que eu
estou falando esta noite. Se você não entende, você não entenderá. É simples assim; simples assim. Vê?
64 Então, tudo bem. Quando que isso cessa? Quando que Deus para de dar do Seu Espírito – selando as
pessoas? Quando a última pessoa... E não haverá uma a menos. Não haverá uma a mais, porque “perfeito”
significa “consumação ao ponto onde isso está completamente acabado. Está terminado”. Eu
frequentemente ilustro com a bola de boliche. Vamos supor que você fez uma bola de boliche no espaço, ou
uma bola de gude no espaço. Sem gravidade formará uma bola de gude perfeita. Agora, leve-a para a terra e
se você deixar cair uma mancha nela, ela não mais é perfeita. Se você põe um alfinete nela, ela não mais é
perfeita. Você não pode fazer isto; não pode fazer isto; não pode fazer isto. Perfeito; perfeito. Consumado.
Então você não pode acrescentar nada e você não pode tirar nada. E o irmão Branham disse: “Não haverá
nenhum a mais, nenhum a menos”. Isso é compreensível.
65 Então quando aquela última pessoa entra, e filho treinado, aquilo que disse Irineu, Ele virá. Quando o
último membro eleito da Noiva, o corpo de Cristo entrar... O irmão Branham acrescentou “filho treinado”. E
o irmão Branham foi mais correto do que Irineu. Irineu apenas foi ensinado por Policarpo, um aluno de
João; William Branham foi ensinado por Deus. [“Amém”] Agora, pelo o que vocês pessoas são ensinadas?
Oh que coisa, agora estamos chegando realmente ao bom sentimento, não estamos? Bem, a Bíblia não diz:
“Todos os Seus filhos serão ensinado por Deus”?22 Absolutamente, isto é Isaías. Todos os filhos de Deus
são ensinados por Deus.
66 [Pergunta nº. 6]
“Em João 1:1, sabemos que a Palavra é Deus. O que significa ‘a Palavra estava com Deus’?”.
Bem, nós já entramos nisto. E, vamos voltar a João 1:1. Ele é sempre interessante porque as pessoas
simplesmente não querem crer em João 1:1 do modo como o irmão Branham ensinava. Isto é, algumas
pessoas. Eu não presto atenção, sabe, isso cabe à pessoa. Eu ensino apenas aqui em St. Paris.
No princípio era a Palavra... Agora, vamos começar bem aí e entender que Deus nunca teve um
princípio; Ele sempre foi. Isso é ilustrado por um círculo. Se alguém mostrasse a você um círculo, poderia
você me dizer onde o círculo começou? Você não pode dizer onde ele termina. É um retrato do infinito. A
aliança de casamento que você troca quando você se casou, se você os troca, significa o quê? A mesma
coisa. Então quando você fala sobre um princípio você fala sobre algo que tem a ver com o Deus eterno, o
que Ele fez, Ele mesmo e ninguém mais, sozinho, bem aí. Ele fez isto. Então alguma coisa dentro da
eternidade que chamamos de “tempo”... Evidentemente que alguma coisa começou, o qual chamamos de
tempo.
67 Agora, vamos entender isto. Se você não entende o que eu disse há pouco, por favor, explique o irmão
Branham quando ele disse: “O tempo e a eternidade tem se fundido”.23 Bem, vá em frente, alguém. Temos
alguns sujeitos espertos aqui. Agora, hei, Bob [Irmão Simpson – Ed.], você está trabalhando em um PhD.
Você é um sujeito muito inteligente. Creio que você [Peter Gatchell – Ed.] não está mais perdendo tempo
em trabalhar no seu? Temos algumas pessoas aqui que são um pouco mais do que inteligentes. Falem-me
sobre isto. Você não pode fazer isto. Então por que tentar fazer algo sobre isto? Isto é quando o tempo
evidentemente se fundiu com a eternidade. Agora, quando o nosso tempo se funde, isto simplesmente quer
dizer “corrida até o fim”, “voltou para de onde veio”. Então aqui está, evidentemente, um segmento da
história. Eu não colocaria isto de qualquer maneira. Eu não creio que alguém poderia por isto de qualquer
forma diferentemente. Você pode dizer: “Eu creio que isto começou quando Deus deu à luz a Seu Filho”.
[Isso está bom por tudo que eu sei].
68 No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus.
Então tudo bem, eu disse a você aqui, ao analisar gramaticalmente isto, para deixar apenas uma parte
disto de fora. “No princípio era a Palavra, e a Palavra era Deus”. Puro e simples. [“Amém”] Então tudo
bem, leia isto desta maneira: “No princípio era Deus e a Palavra, e Deus estava com a Palavra e Deus era a
Palavra”.

22
Isaías 54:13 – N.T.
23
Ver Mensagens “Queríamos Ver a Jesus” (1/05/1958); “A Ele Ouvi” (11/06/1956) e outras – N.T.
13
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
Sem diferença. Se a coisa toda é Deus, porque é isso que diz aqui, exceto que você tem que se lembrar,
existe alguma informação aqui [que não muda nada sobre Deus mesmo, mas que Deus está evidentemente
surgindo em algum tipo de manifestação que é requerida para Sua glória].
69 Todas as coisas foram feitas por Ele... Todas as coisas foram feitas por Quem? Por Deus. Quem é
Ele? Ele é a Palavra. Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. Nele
estava a vida, e a vida era a luz dos homens.
Ou, “no princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus”.
70 Então Isto lhe diz bem aí que o que já existia naquele tempo em particular tinha que ser absolutamente
algo do qual seria perfeitamente uma parte de Deus ou teria que vir Dele de tal maneira que isto não poderia
ser qualquer coisa senão Deus. Bem, sabe, isso não é difícil de se entender.
71 Se eu tivesse um balde de água pura, H²O, nada mais a não ser hidrogênio e oxigênio, e eu abrisse a
torneira e derramasse a água e a colocasse bem em cima daquela garrafa, ou daquele balde de água (seja do
que for que você queira chamar isto – daquele jarro de água), aquilo seria simplesmente o que sairia dali e
seria aquilo que estava ali dentro. Agora, isso não é o que João 1:1 diz. Estou apenas ilustrando para mostrar
a você que se todo o H²O estava ali naquele único lugar, isso é tudo que havia. Por que se você tem qualquer
H²O em qualquer tempo, você teria que literalmente tirar isto dali. Que seria H²O.
72 Então, se não há nada ali a não ser Deus, o que haveria então a não ser Deus na ocasião em que isto
diz: “No princípio era a Palavra”, ou que Deus existia, e que naquele tempo, no princípio, a Palavra existia,
e Ela era Deus? Então em outras palavras, seja o que fosse na realidade que saísse tinha que ser
essencialmente o que existia para começar quanto ao que havia, como o centro ou a substância para que isto
saia, de modo que literalmente esta seja aqui a mesma coisa que está ali dentro. Isso é tudo que eu posso
dizer a você. Assim é como eu estou olhando para isto, porque quando aqui diz: “com Deus”, e “é” Deus,
Isto mostra que os dois são na verdade um. Porque você não pode ter algo que “está” e que está “com” e “é”
o qual é aquele centro primário real sem isto ser indivisível, uma união de um. [O irmão Branham disse que
isto é difícil de se explicar, mas para ele isto era uma parte de Deus. Bom].
73 Ou seja, coloque isto desta maneira: se eu tivesse uma semente e nessa semente estivesse uma vida –
vamos supor que ela é uma semente de rabanete – essa semente de rabanete tem tudo nela para produzir um
rabanete de modo que quando esse rabanete é formado, você possa dizer que é um rabanete, mas você não
está realmente cem por cento certo disso; e ainda assim você está cem por cento certo, porque ela é um
rabanete, e o que está nesse rabanete é uma vida que estava na semente que produziu um rabanete de modo
que o rabanete é na verdade agora a parte visível do que era invisível, porém ela ainda é o rabanete. [É
complicado, mas eu penso que é assim].
74 Bem, agora, o que aconteceria se Deus decidisse fazer a mesma coisa? Agora, com um rabanete você
tem que ter os elementos. Você tem que ter a terra e todas estas coisas aí dentro – as químicas. Porém ele
não está falando agora sobre químicas, e ele não está falando agora sobre o Seu Filho. Ele está lhe dizendo
que bem aqui no princípio, Deus começou literalmente a Se mostrar, e Ele nunca criou. Não, não, não. Ele
não criou. Não senhor. Tudo que existia era Deus. Então quando Deus agora começou a “se tornar”, como o
irmão Branham usava o termo – ou vir à manifestação, ou a declaração de Si mesmo, a projeção de Si
mesmo, Deus Se movendo – o que existia absolutamente tinha que ser Deus, porque não existe mais nada ali
a não ser Deus. [Deus Se mostrando, você pode dizer].
75 Agora, volte ao seu rabanete. O rabanete é uma vida. Ele é uma vida da semente. Você não pode vê-la,
porém ela está ali. Volte à vida do cavalo, a vida do cachorro. Você não pode vê-la. Ela tem que ter um
transportador. E aquele transportador é como a vida real que está ali que vem à manifestação. Então sobre o
que estamos falando? Eu estou falando especificamente que quando você fala sobre “no princípio era a
Palavra, e a Palavra estava com Deus”, você está falando sobre a expressão que você vê aqui que contém o
Expressor [e que é o Expressor]. Então quando você olha para um rabanete, [é a mesma coisa].
76 Agora, este é um exemplo terrível, mas o irmão Branham disse: “Você pode encontrar Deus em
continuidade na natureza”, e isto é exatamente o que eu estou fazendo. Então que o Senhor me ajude e me
perdoe se eu não estiver dizendo a coisa precisamente e reverentemente como deveria ser, porque eu não
quero denegrir a Deus. Porém eu quero que você obtenha a idéia de que você está tão familiar com a
natureza, e a natureza para qual você olha, que você diz: “Isto é um cavalo. Isto é uma vaca. Isto é um

14
Doutrina da Mensagem
porco. Isto é um mosquito. Isto é uma mosca de frutas.24 Isto é um mosquito tsé-tsé.25 Isto é uma mosca de
casa”. Isto é uma borboleta. Existem mil espécies de borboletas. Você pode nomear a cada uma delas, e
cada uma delas é sobre o que você está falando e é a vida ou a semente, e as sementes possuem vidas, porém
elas não são como a vida animal e a vida do inseto e tudo mais, porém tudo é uma vida. Cada coisa
específica que existe.
77 E quando a Bíblia disse: “produza a terra os animais”.26 A terra não pode produzir animais; isso tem
sido provado. Não existe tal coisa como geração espontânea. Anos atrás eles pensavam que estas pequenas
moscas e coisas que se formaram e as pequenas quantidades de fungos e bolor, eram alguma coisa que
simplesmente surgiu espontaneamente. Então o que eles fizeram um dia é que eles esterilizaram um frasco e
esterilizaram algumas coisas e eles as puseram no frasco, e isto simplesmente ficou ali. Nada. Então você
diz: “Bem, a vida tem que ter uma fonte de vida”. Qualquer um entende isto. Então quando você fala sobre
isto: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus”, você está dizendo
exatamente o que João queria que você soubesse: havia uma expressão. Deus o Expressor. Ele Se expressou.
[Ele era uma expressão]. Agora, isto é o melhor que eu posso lhe dizer.
78 Agora deixe-me ver se eu posso encontrar isto escrito aqui embaixo. Tudo bem, eu escrevi isto abaixo
dos estudantes. “Logos”, de acordo com o sábio, vem do grego e era melhor do que a palavra hebraica para
esta mesma coisa que era “memra”. Agora, o “memra”, “menorah” (Seja do que for que você queira
chamá-lo. Isto somente tem diferentes soletrações e diferentes maneiras de se dizer isto. Porém eu
simplesmente digo “memra”. Assim é fácil: m-e-m-r-a.) era um castiçal de nove ramos que representava
Deus. Então agora temos o castiçal, e eu tinha isto no quadro aqui, e eu teria desenhado isto novamente se
eu tivesse um quadro. Nove deles, aqui, assim, isso mesmo; quatro e cinco; nove. Três três, perfeito. Cada
um um título de Jeová.
79 Agora, isto foi Deus [em um símbolo], e quando eles viram isto, eles visualizaram Jeová-Elohim,
Curador, Provedor, Pastor, Bandeira, Paz, e assim por diante, Santificador, Redentor, e assim por diante, até
chegar aos nove. Agora, isso estava tudo bem, mas João descobriu algo melhor. E foi o grego que disse:
“Agora, só um minuto, este memra aqui, o qual é estéril, é apenas um símbolo. Isto é literalmente algo que
você olha e dá a você o entendimento de que Deus é um indivíduo soberano, dinâmico,
compartimentalizado de uma maneira para nós a fim de entendermos, tendo demonstrado absolutamente que
Ele é o Provedor, Curador, Redentor”, e daí por diante. E isto estava tudo bem. Porém isto não continha
Deus. Isto não era Deus. Agora, se eles tivessem criado um Deus assim, isto seria idolatria. Isto não poderia
ter feito isto. Isso era apenas um representativo. Porém esta palavra é melhor. Porque o memra não poderia,
sob qualquer grau ou forma, ter qualquer coisa mais do que somente dizer: “Sim, há um Deus aí, e Ele tem
estas grandes propriedades”.
80 Então João estava dizendo: “Veja, no princípio era a Palavra que foi a expressão”, como eles dizem,
“de um pensamento”. Mas você não pode fazer isto aqui com Deus. Ele não é a expressão de um
pensamento. Deus está literalmente Se expressando a Si mesmo quanto a Quem e exatamente cem por cento
do que Ele é. Então, o que Ele está fazendo? Ele está tomando sobre Si mesmo, de dentro de Si mesmo, de
modo que Ele possa mostrar de dentro de Si mesmo, manifestando completamente e exatamente o que Ele é.
E aqui começa por dizer: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus”,
dizendo a você que em algum ponto, veio ali de Deus e nada mais ali, como a semente de rabanete, a vida
nela, que começa a produzir aquilo que era a verdade. E assim, portanto, você está agora olhando para isto,
que é absolutamente Deus mesmo. E o que Ele é? Ele é o Criador. E aqui diz que todas as coisas foram
feitas por Deus e sem Ele nada do que foi feito se fez.
81 Mas aqui em cima, lendo novamente: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a
Palavra era Deus”, ou aqui diz: “No princípio era a expressão”; no princípio era aquilo que existia e que não
poderia ser literalmente tocado pelo homem, mas que estava ali a fim de tornar Deus... ou começar a tornar
Deus tangível, para tornar Deus onde Ele pudesse descer e ser tocado, e assim por diante. E depois aqui diz:
“o mesmo estava no princípio com Deus”. Está repetindo Isto.

24
Inseto cujas larvas se alimentam de frutas – N.T.
25
Mosquito africano que transmite doenças perigosas – N.T.
26
Gênesis 1:24 – N.T.
15
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
82 Então o que ele está dizendo a você aqui, em repetição, é fazer você entender que isso está
absolutamente cem por cento correto, como “em verdade, em verdade”, “verdadeiramente,
verdadeiramente”, você não pode escapar disto. Eu quero que você conheça lá atrás, nada a não ser Deus.
Agora, isto veio de lá, veio lá de dentro, e isso é tudo que havia, do qual começou a coisa toda e que
terminou no magnífico Deus habitando no maravilhoso Filho, Jesus. [Deus tinha Se tornado tangível.
Exatamente. Visto, ouvido, tocado].
83 Agora, entre isso e a carne, existe uma Coluna de Fogo; existe um redemoinho; eu não sei o que mais.
Várias coisas. Oh, Deus descendo numa forma de anjo, Deus descendo numa forma humana, assoprou em
um grupo de pó, entrou nisto, saiu disto. Deus descendo e habitando em Moisés. Deus fazendo isto. [A
Palavra. Deus manifestado].
84 Então é isto que João está dizendo aqui, que a Expressão contém o Expressor. Não pode haver
manifestação exceto do que havia em primeiro lugar para começar, e de si mesmo produzir a expressão.
Então Isto diz a você que Deus é absolutamente soberano nesta Expressão aqui. [Nós vemos Deus].
85 Agora, todas as coisas foram feitas por Ele. Agora, não me interessa se a Bíblia diz que Deus criou
todas as coisas por Cristo Jesus. Isso está simplesmente dizendo a você que Deus fez isto, e Ele tinha um
meio para fazer isto, e Ele fez isto pelo Seu Filho. Aqui diz que Deus estava em Cristo redimindo o mundo,
ou reconciliando o mundo. Não importa se isto foi feito através do Filho; era Deus fazendo isto. Você
compreende? É para isto que estamos olhando aqui. [Deus – Jeová-Elohim. Dê glória a Ele].
86 Agora, se você não crê na exatidão, eu quero fazer uma pergunta a você: de onde Jesus veio quando
não havia nada de onde vir exceto de Deus? Porque Deus não havia criado uma mínima coisa sequer. Bem,
aí está a sua resposta. João está cem por cento com isto.
87 Agora estamos lendo novamente aqui, (...) o memra é apenas uma figura fria que é solidamente
desvinculada a Deus, a menos que Deus lhes dissesse Quem Ele era, e eles tentaram fazer algo sobre isto a
fim de fazer o quê? Conservá-Lo em mente. Essa é a razão pela qual eles fizeram pequenas caixas,
chamadas de filactérios, e eles puseram pequenos versículos da Escritura ali dentro e os amarraram em suas
testas, e eles caminhavam e a caixa ia boing, boing, boing, e eles pensavam: “Oh, sim, o Senhor é a minha
vida, o Senhor é a minha luz, o Senhor...”, boing, boing, boing. “O Senhor é a minha luz”, bang, bang, bang.
“O Senhor é o meu Pastor”, boing, boing, boing. Sim, atavam em seus pulsos – toda vez que você se
movimentava. O que você acha dos sinos e das romãs que estavam nos mantos de Aarão? Todas aquelas
coisas eram para fazer você se lembrar. [De quê? De Deus, a Palavra].
88 Então o memra estava lá. Então eles olhavam para isto e diziam: “Oh, sim, sim, este é o grande Deus,
Jeová-Elohim. Ele é o meu Pastor, Ele é o meu Provedor, Ele é o meu Curador, Ele é o meu Santificador,
Ele é o meu Redentor, Ele é a minha Paz, Ele é a minha Bandeira”, e assim por diante. Vê? Mas quando
você chega aqui, você está chegando ao ponto onde você não está olhando para uma vida que é intangível ao
olhar para algo que você simplesmente sente ou que está aqui como um representativo; você está olhando
agora para a VIDA, e a vida é de Deus, porque observe que aqui diz:
Nele... (Deus) estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas
não a compreenderam. (Agora observe:) Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio
para testemunho, para que testificasse da luz... (Bem, sobre o que você está falando? Você está falando com
respeito a Jesus. Vê?). Ele (João) não era a luz, mas foi enviado para que testificasse daquela luz.27
89 E ao mesmo tempo lembre-se de que a missão de João era ir à frente do Senhor Deus de Israel, e
tornar retos os caminhos para os Seus pés. Agora, isto é a suprema Deidade de Jesus Cristo bem aí, porque
Deus está Nele. Isso é corporalmente a plenitude da Divindade que João teve que ir adiante. E João foi na
frente. Por quê? Porque João batizou Jesus naquele tempo e Deus entrou. O caminho foi feito. “Deixe assim
por enquanto”,28 a lavagem do sacrifício, e etc., [para um ministério e depois para uma vida entregue pelo
pecado].
90 Agora: “...Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo”. Agora,
novamente aí eu penso que eu poderia fazer uma exceção ao pensamento aqui de “todo o homem” como se
todo o homem estivesse incluído e você está incluindo homens como os filhos de Caim. Hã?
27
João 1:4-8 – N.T.
28
Mateus 3:15 – N.T.
16
Doutrina da Mensagem
Agora você diz: “Irmão Vayle, por que você está nos confundindo?”.
Porque eu quero confundir você, e ao mesmo tempo eu quero te esclarecer.
91 Eu quero lhe fazer uma pergunta: quem Deus disse que era um homem? Adão, [certo?] Ele chamou o
nome dele de Adão. “Homem” é um termo genético. É um termo de espécie. O que Deus fez foi um homem
da mesma maneira como Ele fez um macaco e um gorila e um orangotango e um rinoceronte e um
ornitorrinco e uma baleia e um cavalo e uma mula e tudo mais. Ele é uma espécie.
92 E eu estou errado ao pensar – e eu não sei. Eu não sou William Branham. Estou apenas falando, e eu
posso cometer erros. Mas mostre-me uma pessoa fora da semente que esteja iluminada. E eu quero dizer
realmente luz agora, não apenas quando o irmão Branham veio à Índia e ele disse: “Agora, qual de vocês
pessoas invoca ao seu deus e dê a este homem sua visão? Oh”, ele disse, “Vocês estão terrivelmente
quietos. Oh, vocês estavam fazendo uma porção de barulho algum tempo atrás. Alguém de vocês venha
para cima”. Eles não subiriam. Porém ele disse: “Agora, se eu oro no nome de Jesus, ao meu Deus, e Ele
der a visão...”. E você sabe o que aconteceu? Eles pensaram, corretamente, que Deus estava em William
Branham, e que fez isto.. E se os guardas não o tivessem protegido, eles teriam rasgado suas roupas, seus
sapatos e tudo, porque eles queriam “tocar em Deus, tocar em Deus, tocar em Deus!”. E eles tinham mais na
cabeça do que os cristãos tem, e ainda assim eles nada tinham na cabeça de modo nenhum.[Risos – Trad.]
[Bem, isso foi dito da maneira que eu queria dizer isto. Eu espero que você entenda].
93 Luz. Ele estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não O conheceu. (Agora, isso
poderia seguir para Jesus e o Pai no sentido de que a Jesus é dado o crédito como um agente da criação,
porém Deus fez a criação.) Ele veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam. Mas, a todos quantos
O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no Seu nome; (E essa palavra
“filhos” está errada. Ela é “nascidos” de Deus. Assim, portanto, “homem” não é um termo que designa o
masculino. Ele designa a raça, certo? Certamente que designa) os quais nasceram não do sangue, nem da
vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. (Agora, Caim não nasceu pela vontade de
Deus, mas pela vontade do homem, eu posso lhe dizer isto. Agora, Abel nasceu pela permissão de Deus,
absolutamente; e pela vontade de Deus, porque eles foram procriar e geraram filhos) E a Palavra (Deus) Se
fez carne, e habitou entre nós, e vimos a glória de Deus, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça
e de verdade.
94 Não foram os filhos. Mas o Filho teve isto, porque foi produzido por meio Dele. E vamos deixar isto
claro; não come você a vida da maçã ao comer a maçã, estando a vida na semente a qual você não come?
Hã? Perdi você? Agora, certamente que eu não perdi você. Vou ler de novo. E Deus, ou o que Isto realmente
está dizendo aqui, Deus com isso... começando lá atrás, Deus Se tornando – como o irmão Branham sempre
usava esse termo e eu amo isto, o Deus Se tornando – começou lá atrás. Agora, desde o princípio aquilo que
tudo começou vem até aqui Se tornando carne e habita em nosso meio (tabernaculou) e nós contemplamos a
glória de Deus, a glória como a do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.
95 Então o homem empertigou-se através da plataforma como um pavão, mas ele não era um pavão. E
Jesus manifestou Deus, porém Ele não era Deus. Deus Se manifestou através Dele. Entende o que eu estou
dizendo? Aqui diz que Isto era a glória de Deus. Mas Quem recebe o crédito? [Uma vez que eles viram
somente Jesus, Jesus foi aclamado – glorificado!!]
96 Tudo bem, vamos ir um pouco mais adiante. Jesus disse: “Curai o enfermo, ressuscitai os mortos”.
Ninguém pode curar o enfermo e ressuscitar os mortos, mas lhes foi dito para fazerem isto. E como isto foi
feito? Deus fez isto por meio deles. Essa é a razão pela qual você tem um tempo tão terrível neste tempo do
fim, a verdadeira unção e a falsa palavra. Então as pessoas estão debaixo da trindade e do Só-Jesus e o
enfermo está sendo curado e tudo... “Oh, aí está. Aí está. Temos uma conexão. Aí está”. Isso provou
diferente. [Não era assim].
97 João testificou Dele, e clamou, dizendo: Este era Aquele de Quem eu dizia: O que vem após mim é
antes de mim, porque foi primeiro do que eu. (E agora você poderia falar bem sobre Jesus aí, porque isto é
verdade. E de Sua... E nós falamos sobre Deus) E todos nós recebemos também da Sua plenitude, e graça
por graça. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. Deus nunca foi
visto por alguém. O Filho unigênito, 29 que está no seio do Pai, Esse O revelou.
29
João 1:18, segundo a versão em inglês do Rei Tiago. Porém os manuscritos mais antigos do original grego trazem “monogenes
theos” que quer dizer “Deus unigênito” – N.T.
17
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle

98 Agora, Isto diz a você bem aqui: “Ninguém viu a Deus naquele tempo”. Então o que quer dizer tudo
isto sobre este corpo ser a Palavra, “e a Palavra está com Deus e a Palavra era Deus”, e dizendo a você agora
que Se torna carne? Mas todavia, quando você viu a carne de Jesus, você viu a Deus. Oh, mas você não viu,
porque você não teria sabido exceto que Jesus lhe dissesse. Então o Filho Unigênito O levou adiante pelas
palavras, e Ele disse: “O Pai em Mim faz as obras. O Pai em Mim diz a você todas estas coisas, Eu não
tenho nenhum pensamento Meu próprio, Eu não tenho nenhum poder de Mim mesmo. É Deus fazendo
isto”.
99 E eles disseram: “Oh, que coisa... Bem, isso é ótimo, mas eu não sei. Quem é Você?”.
“Eu sou Aquele de Quem isto é falado”.
“O que é isto?”.
“Bem, se você estudasse Moisés, você saberia. Eu sou o Messias, o Filho de Deus”.
[“Blasfêmia!”].
Tão logo Ele foi “declarado”, o que significa “ser levado adiante pelas obras”... E eu lhe direi uma
coisa, eu disse isto muitas e muitas vezes, muitas... Em meus trinta anos, trinta e cinco anos e bem mais
tenho estado pregando esta Mensagem: você não pode entender qualquer coisa que Deus faz a menos que
alguém explique a você o que é isto e por que tem sido feito. Você não pode fazer isto.
100 Então quando Jesus veio e Deus estava Nele, e estas grandes coisas foram acontecendo, como o sol
descendo em fúria flamejante sobre a humanidade, tempestades solares, trovões girando, assim é como o
cataclísmico foi. E tudo que eles podiam fazer era ficar para trás como Moisés na montanha: “Huh, algo está
errado, eu não entendo”. Certamente que você não compreende a menos que alguém conte a você.
101 Você acha que eu teria compreendido o irmão Branham a menos que ele o explicasse? Por que você
acha que eu continuo explicando às pessoas do modo como eu continuo explicando e esperando que eu
esteja fazendo um bom trabalho, para que assim eles o captem? Porque você não pode entender isto até
que lhe seja dito.
Bem, eu sei que você provavelmente diz: “Bem, irmão Vayle, eu tenho o Espírito Santo”.
102 Eu tenho algo mais elevado. Eu tenho um ofício de Deus como um mestre. Então vá em frente, seja o
seu próprio santo mestre ou seja lá o que for que você queira fazer. Por mim está tudo bem. Eu não tenho
luta com ninguém. Na realidade, sou grato por ter pessoas que rejeitam qualquer responsabilidade que eu
tenho aqui. É por essa razão que eu amo públicos pequenos. O menor é o melhor. Então pelo menos eu sei
que estou seguro de que eu estou certo pelo tamanho. Você me compreende? Oito pessoas fizeram a arca.
Não estou tentando rejeitar o povo. Estou apenas tentando dizer a você: “Veja, você tem que encarar isso
como isso está escrito e parar de menear”. [“Isso mesmo”]
103 Eu lhe direi uma coisa claramente: se não sou a Noiva, não há nada debaixo do alto céu que me
tornará Noiva. Não me interessa o que eu faça. E não me interessa o que Deus faça a mim e por mim, isso
não adiantará, porque para começar eu tenho que ser uma semente de Deus. [“Amém”, “Aleluia”]
104 Agora, você sabe que eu estou aqui em cima e quem eu sou, e eu sei que você está aí embaixo e quem
você é. Nós compreendemos um ao outro, somos semente ou não semente – ponto final. E da semente,
somos virgens sábias ou néscias. Quem sabe? Porém eu lhe direi uma coisa: se você pertence a um público
pequeno, você tem uma chance melhor de ser virgem sábia. [“Amém”] E eu creio de todo o meu coração,
que se você entende, como o cremos aqui, você é uma virgem sábia (...). Eu sei que as pessoas não creem
nisso. (...)
105 Eu creio que antes que isto acabe, você descobrirá que as pessoas que creem em Só-Jesus tem
rejeitado o verdadeiro entendimento do irmão Branham de um Deus e de Seu Filho, que acabarão dizendo:
“Somos Deus. Somos uma parte de Deus”, porque agora mesmo tenho dito isto. Todos são uma parte de
Deus, sabe, e esta é a mesma besteira que tem sido ensinada no decorrer de todas as eras desde Caim, que
recusou dizer que ele era semente da serpente.
“Somos todos filhos de Deus. Somos todos filhos de Deus”.
106 Agora, os maometanos vem desta maneira, e o católico vem desta maneira, e, é claro, o judeu vem
desta outra maneira, e o hindu vem desta outra maneira, e os confucianos vem desta outra maneira, e outros
vem desta outra maneira e “Todos nós vamos a Deus”. Todos eles irão para o inferno. [“Sim”, “Amém”] Eu
não estou triste em dizer isto e não estou me alegrando com isto. Estou apenas dizendo a verdade. Eu não
18
Doutrina da Mensagem
posso evitar isto. Não estou condenando ninguém. Elas são pessoas boas, sem problema, como disse o
irmão Branham: “Você vai à igreja para se tornar uma pessoa melhor”. Não tenho nenhum problema com
isso. A coisa é, verdade é verdade, e como o próprio irmão Branham disse e eu fico com isto: “Se não
somos a Noiva, há uma Noiva aí fora em algum lugar, e pela graça de Deus eu não ficarei em Seu
caminho”. Agora, eu não posso dizer isto porque eu não sou um profeta. Eu poderia ficar no caminho Dela,
mas eu certamente espero que eu não fique.
107 E eu lhe digo: eu acho que isto é tão importante que se eu perco isto e estou aqui em cima pelo menos
obtendo uma chance de dizer “Aleluia”, eu direi “Aleluia” para esta coisa maravilhosa que Deus fez, porque
você... Ouça, se você vê o que eu vejo, não há maneira de que você possa dizer qualquer coisa senão que
isto é incomparável. Isto é absolutamente incomparável, absolutamente. Agora: “...O Filho Unigênito, que
está no seio do Pai, Esse O revelou”. E este é o registro de João quando os judeus enviaram sacerdotes e
assim por diante. Certo, isto é o que eu disse aí.
108 Então tudo bem, Logos por outro lado é animado30 mas o memra não, e [Logos] é relacionado a nós,
porque Deus condescendeu ou Ele condescende em direção ao homem, melhor do que Ele estar distante.
“Logos” significa ambos a forma exterior pela qual o pensamento interior é expressado e o pensamento
interior em si. É exatamente por este motivo que o Logos é uma palavra perfeita. Ele diz: “Olhe, Deus
começou a Se expressar, e Ele não tem feito isto pela criação, embora você possa ver Deus na criação. Isto
está indo além de Deus fazendo algo que você vê com o qual você trabalha. Este é Deus mesmo agora Se
manifestando”. E você pode entender o que ele está dizendo, porque isto termina com Deus habitando em
carne humana. Porém não uma carne humana como a sua e a minha. Esqueça isto. Não, não, esta é iníqua.
(...)
Tudo bem. Onde está o restante das perguntas? Aqui diz:
109 [Pergunta nº. 7]
“A aliança feita com o Seu Filho, é a de que Deus prometeu redimir a semente que está em Cristo?
Você explicaria?”.
Isto é exatamente verdade. A redenção está no [e através do] Filho. O Sangue derramado é para a
ovelha. O bom pastor dá a sua vida pela ovelha. “Eu sou o bom pastor, e Eu dou a Minha vida pelas
ovelhas”.31 E isto é exatamente verdade. Esta foi a aliança. Como disse aqui: “Quem irá por nós? Um corpo
Tu Me preparaste. Eu farei a Tua vontade, oh Deus”.32 E qual era a vontade? Era o sacrifício. Por quê?
Porque aquilo era o Sangue de Deus que foi derramado. Atos 20 lhe diz isto.
110 Sou um crente muito, muito forte na aliança de Deus com o Seu Filho. Eu creio nela acima de todas as
outras alianças, porque se ela não sustentasse nada sustentaria [“Amém”]. Você sabe por quê? Porque cada
um de nós que estava em Deus foi colocado em Jesus. Eu posso ir a 1 João e eu posso encontrar isso ali
também. A luz que iluminou a todo o homem que veio ao mundo – sendo “todo o homem” um termo
genético, sendo “todo o homem” a espécie de Deus, cada um em particular então tem uma parte de Deus.
Cada partícula daquela vida estava colocada em Jesus, depois desceu e colocou-se em Adão e depois se
processou através de Eva e dali por diante. Nós falaremos algo sobre isto, porém não agora. Essa é outra
pergunta. Tudo bem.
111 [Pergunta nº. 8]
“Isso é em referência ao princípio de que o irmão Vayle nos contou há anos atrás: quais foram eles e
se existem mais princípios dos quais podemos usar para estudar a Mensagem e a Bíblia?”.
Bem, eu não me lembro daqueles princípios muito bem, mas o irmão Branham usava a abordagem de
Larkin.33 Porém aqui está o que eu chamo de princípios. Os princípios, para mim, são a doutrina.
Exatamente como eu disse antes de começarmos as perguntas e respostas, não há proveito em você falar
sobre o fogo de Deus caindo, antes que seja o tempo para o fogo de Deus cair. Não há proveito em falar
sobre um arrebatamento, até que seja o tempo para um arrebatamento. Não há proveito em falar sobre

30
Do inglês “animated”, que também significa “vivo”; “dinâmico”; “vigoroso”; “energético” – N.T.
31
João 10:11 – N.T.
32
Hebreus 10:5-7 – N.T.
33
O Rev. Lee Vayle tratou um pouco sobre este tema em Deidade 1 (2/10/1999), § 12 e amplamente no sermão “O Três
Princípios Básicos da Escritura” (29/11/1987) – N.T.
19
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
qualquer coisa, a menos que seja tempo para isto.34 Ou seja, você tem que possuir todos os eventos os quais
faça você entender. Você tem que entender a doutrina. E parte disso é escatologia, a qual lida com profecia e
aquelas outras coisas que existem no grego; e se você quer estudar um monte de palavras estúpidas do
grego, sabe, você pode se tornar um teólogo. Uma [praga] em grego, e uma [praga] para os teólogos. Até
onde estou interessado, a escatologia é mais ou menos céu e inferno e o que está no meio. Isso cobre tudo.
112 Mas você tem que entender, número um: a grande doutrina é a Divindade. Absolutamente! Número
dois: você tem que entender Jesus e a respeito de tudo que Ele é. Você absolutamente tem que compreender
a semente, que até mesmo precede Jesus sobre as bases do por que você tem que tê-Lo. Você não teria a
menos que houvesse uma semente que precisasse ser redimida. E depois você tem que voltar novamente à
Divindade e compreender as operações de Deus mesmo, Sua essencialidade e intrinsecalidade. E é assim
onde o irmão Branham usava a terminologia. Ele disse: “O fundo clama ao fundo. O menininho precisava
de enxofre em seu corpo, então ele mastigava um pedal de bicicleta”.35
113 Eu não possuía essa teologia. Minha teologia era expressar [desta maneira]: não há nada perdido; está
apenas fora do lugar. Além do mais, nunca há uma pergunta sem uma resposta. Assim, portanto, a resposta
existe antes da pergunta. Eu acho que a minha era um pouco melhor que a do irmão Branham. Finalmente,
um dia, eu corri atrás de Irineu. E Irineu disse: “Deus sendo um Salvador, era necessário predestinar um
pecador a fim de dar a Ele mesmo razão e propósito de ser”. Isto é Efésios. E eu levei isto para o irmão
Branham. Ele disse: “É isto”. E daquela hora em diante, isto é exatamente o que ele usou. E se você não
entende isto, você chegaria a lugar nenhum no estudo de sua Bíblia, porque você acabará dizendo: “Bem
agora, só um minuto, Deus pegou este, e Ele odiou este. Agora, aqui está o pobre velho Isaque, e aqui está
Rebeca, e aqui está o mesmo homem com o mesmo sêmen e ela está com os mesmos óvulos. Bem, não há
diferença. E Deus odiou Esaú antes que Ele nascesse? Eu não posso comprar isto”.
114 Bem, se você não compreende [a semente, você não aceitará isto]. E o irmão Branham disse: “Deus
não disse: ‘Eu tirarei este e deixarei aquele; Eu simplesmente escolho este e deixo aquele’”. Mas ele não
foi a nenhum outro, porém ele nem precisava ir, porque você e eu que estamos sentados aqui
compreendemos o que ele estava dizendo. Nós estávamos Nele ou não estávamos Nele. Vê? É por essa
razão que Caim recusou crer que ele era semente da serpente. “Eu não sou semente da serpente”. E quando
ele disse isto, ele disse: “Eu não preciso de uma oferenda de sangue. Eu sou um filho de Deus”. E Abel
disse: “Eu sou um filho de Deus, mas eu sou nascido em pecado. Eu irei morrer. Tenho que ter a oferenda
de sangue”. Ele derramou o sangue do cordeiro e ele teve até mesmo o seu próprio sangue derramado.
[Assim, portanto, doutrina]36.
115 [Pergunta nº. 9]
“Quando irmão Branham falou sobre o pai de Tiago e João, ele disse que o Antigo Testamento é o
fundamento do Novo Testamento, e de que não somos judeu-cristãos”.
Eu não me lembro muito dele fazendo esta declaração, de que não somos... Bem, nós certamente não
somos judeu-cristãos na base de que cremos como os judeus. Somos cristãos, ponto final. O judeu-cristão é
usado somente sobre o termo de que o Novo Testamento veio do Antigo. E o Deus Jeová do Antigo
Testamento é o Jesus do Novo sobre as bases de que você entende que o irmão Branham estava falando
sobre Jeová manifestado em carne. Vê?
116 E eles disseram algo assim: “Nós não temos o Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Nós temos o Deus de
Paulo, que não era o mesmo Deus”. Bem, nós possuímos o mesmo Deus. Nós possuímos exatamente o
mesmo Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Mas o que os judeus não entenderam é que o Deus de Abraão,
Isaque e Jacó era o Deus de Paulo. De maneira nenhuma eles aceitariam isto. Paulo era para eles,
absolutamente um homem mau.
117 Mas quando você vai no decorrer da história, estude a genealogia e você descobrirá que se você pode
achar a si mesmo de volta a Abraão, você irá bem lá atrás por todo o caminho até Deus. Sem problema,
ponto final. E isso tem que estar na genealogia, e Esaú não está na genealogia.

34
Sermão “Descanse! O Juízo Está terminado”, § 10 – N.T.
35
Sermão “O Fundo Clama ao Fundo” (24/06/1954), § 8 – N.T.
36
Estas palavras encontram-se somente no áudio – N.T.
20
Doutrina da Mensagem
118 Agora, pegue a genealogia de José e de Maria; ainda que você se recorde de que Maria era a
incubadora. José não providenciou nada exceto o nome para a sua esposa e da tribo da qual eles eram, Judá.
E Jesus segundo a carne tinha que ser nascido na tribo de Judá, então, convenientemente, ela se casou com
José para dar a respeitabilidade, e ela gera o Filho de Deus que é Jesus. E isso é bastante respeitável e
maravilhoso, porém as pessoas não compreenderam. Eles não entenderiam. É por essa razão que José estava
disposto a repudiá-la secretamente.
119 O anjo de Deus apareceu e disse: “Não”. Ele disse: “Não, não, não, não faça isto. Case com a mulher,
porque ela é a sua esposa e a criança é pelo Espírito Santo”.
Então ele disse: “Muito bem, será exatamente assim”.
E é dessa maneira que foi. E assim, segundo a carne, quando você os segue bem lá atrás, você vai lá
para atrás até Abraão e vai lá para atrás até Deus. [Este é um princípio de FÉ e Romanos 5 e 6].
120 Então é o mesmo Deus. Existe só um Deus. O Deus do Senhor Jesus Cristo é o Deus de Abraão,
Isaque e Jacó; é o Deus de Paulo; é o Deus de William Branham; é o Deus de você e o meu. E eu gosto da
terminologia, embora, melhor do que nunca dizer, como o “Senhor Deus de nosso profeta William
Branham”. Eu não posso separar Deus de William Branham, porque se eu fizesse, eu teria que separar
Deuteronômio 18 dele, e então automaticamente, agora mesmo dizer: “Bem, o Deus que William Branham
representou não era Jeová-Elohim”. Bem, ele tinha que ser Deuteronômio 18.
121 Então é para isso que eu estou olhando aqui no meu entendimento, onde vamos desde lá detrás:
Senhor Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Porém, nós não usamos aqueles termos como Israel usava aqueles
termos. Sabemos disso; entendemos isto. Porém nós compreendemos mais avançado do que isto. Nós
compreendemos com João [sobre] a Palavra ou Deus. Em outras palavras, seja o que for que “havia com” e
estava agora “está com” e era carne. E Deus “se tornou carne e habitou entre nós, e contemplamos a Sua
glória, que Ele manifestou através de Seu Filho Unigênito”. Então o povo ficou para trás e disse: “Oh, que
poder este homem tem com Deus”. Não, “Oh, Deus está dentro deste homem”. Vê? Há uma grande
diferença bem aí.
122 Então é para isto que eu estou olhando aqui. Eu espero que responda as suas perguntas sobre isto,
porque isto nos leva bem o suficiente até o fim – exceto para algumas perguntas para outra hora – as quais
nós poderíamos ver o que acontece.
Então tudo bem. Vamos inclinar nossas cabeças em oração.
Pai celestial, viemos a Ti nesta hora Te agradecer pelo companheirismo que tivemos juntos, e pelo
amor que Tu tens derramado em nossos corações por Tua Palavra e por Ti mesmo e pela realização de como
que até mesmo tantas coisas podem chegar à nossa inteligência espiritualmente revelada, e podemos ver
como isto é bom. Podemos ver, portanto, como que Tu, Senhor, estavas nos profetas. E nós vimos a
tangibilidade. E vimos a declaração de forma que Tu fostes completamente levado adiante, por assim dizer,
pelas Palavras e Tu estavas manifestado ali.
Porém os profetas não eram Deus. Sabemos que Jesus não era Deus, ainda que Tu manifestasses e
resplandeceste a Tua glória através Dele, e as pessoas não compreenderam – só alguns poucos, mas,
exatamente como o Teu próprio servo Daniel, que disse: “Os sábios entenderão”.37 E aquelas virgens sábias
entenderam. E hoje, obrigado, Senhor, por sermos as virgens sábias que entenderam, e assim é onde temos a
nossa credibilidade dentro de nós mesmos concernente a Ti, porque cremos que a evidência, Senhor, de que
Tu habitas em nós pelo Teu Espírito é dizer “Amém” às palavras que o profeta trouxe e crer na Mensagem
da hora e Te agradecer pelo mensageiro a quem nós encarecidamente amávamos e amávamos estar com ele,
e brevemente, Senhor, esperançosamente, ele estará aqui de volta ao comando de Ti, Pai, a fim de ficar,
estar conosco até nós sermos raptados. Nós apreciamos tudo esta noite e Te amamos, e que as pessoas
possam em nosso meio serem curadas, que elas possam estar exultantes nesta noite em seus espíritos e
agradecidas, e ficarem firmes como nunca antes. E nós Te damos glória no Nome de Jesus. Amém.
Agora, essa é a razão de você estar aqui esta noite. De ser fortalecido. Eu espero que você esteja
fortalecido. Que isto seja admitido até mesmo pelos meus inimigos, e eu acho que eu possuo alguns deles,
não importa como eu pregue, quão rude eu seja no começo, eu trago isto completamente até o fim e mostro

37
Daniel 12:12 – N.T.
21
Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº 3 – Lee Vayle
a você exatamente como você é e como você fica, e tudo isso em Cristo, as boas coisas de Deus entregues a
nós.
[O irmão Vayle prossegue com o culto de comunhão – Ed.]

Obs.: As palavras contidas entre colchetes nesta tradução são de notas acrescentadas pelo Rev.
Lee Vayle ao áudio original.

Tradução: Diógenes Dornelles

E-mail: diogenes.dornelles@yahoo.com.br
MSN: diogenes.dornelles@hotmail.com
Se você deseja esta ou outras mensagens impressas gratuitamente escreva para o Pr D. Rosendo:

radiounife@hotmail.com
www.doutrinadamensagem.com.br

Esta mensagem intitulada “Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº. 3; Plenitude, Suprema
Deidade, Desgaste” (Godhead – Q&A #3; Fullness, Supreme Deity, Attrition) foi pregada pelo
Rev. Lee Vayle, em 4 de novembro de 2000, sábado à noite, na Igreja do Evangelho da Graça,
em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em abril
de 2010, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 1 h e 42 min.)
22

Interesses relacionados