Você está na página 1de 12

Introdução

Neste trabalho irá conter informações relacionadas à Otite, que pode ser
definida como uma inflamação no conduto auditivo pode acorrer por diferentes
causas. As otites têm menos predisposição nos gatos, é mais comum em cães
que tenham orelhas longas e raças com muitos pêlos no conduto auditivo. Este
trabalho tem por objetivo identificar as causas da otite.

4
1. Otite

A Otite é uma doença que se dá através de inflamação no ouvido, exatamente


no conduto auditivo. (PETZ, 2018).

Ela pode atingir o ouvido externo, médio ou interno do animal, para um melhor
entendimento de como funciona o organismo do animal, é de grande
importância saber que dentro da orelha, vivem bactérias, fungos, ácaros, que
são significativos para o organismo. Mas quando o animal está com imunidade
baixa, eles se reproduzem mais do que o normal é causam problemas.

A otite se dá muito em raças que tem as orelhas caídas, porque a orelha acaba
tampando o canal auditivo do animal facilitando o acumulo de umidade,
servindo de ajuda para as bactérias. Outra razão para os animais ser mais
vulneráveis a ter otite é porque os canais auditivos deles são maiores e tem
formato de L, dificulta que o canal seja ventilado, assim causando um lar para
os micro-organismos indesejados. (DOG HERO, 2019).

Algumas raças apresentam otite com mais frequência como Golden Retriver,
Basset, Hound, Cocker Spaniel, Dachshund, Setter Irlandês e Labrador por
terem orelhas maiores.

As otites são classificadas em três tipos, Externa, Média ou Interna, a


classificação depende da onde vai estar a infecção. São elas:

Externa: É a mais comum, se dá no tecido que recobre o conduto auditivo dos


cães, é o cone que vai do ambiente até o tímpano, não tem tanta gravidade,
também é mais fácil de cuidar.

Média: Ocorre em uma parte mais funda do ouvido, depois do tímpano, pode
causar alterações neurológicas (assim como incoordenação, inclinação da
cabeça, e movimentos involuntários dos olhos).

Interna: Já a otite interna afeta partes mais funda do ouvido, dentro dos ossos
do crânio. Pode provocar as mesmas alterações que a Otite média, mas está
muito próximo ao encéfalo, e pode provocar encefalite que é muito grave.
(PETZ, 2019).

5
1.2 Sinais Clínicos

Os sintomas vão depender muito de qual tipo de otite o cachorro está


apresentando. Mas tem alguns sinais que são mais comuns:

- Muita coceira nas orelhas, o cachorro fica balançando a cabeça, coçando as


orelhas com as patas, esfregando as orelhas nos lugares;

- O cachorro pode ficar com a cabeça um pouco de lado;

- Secreções, em alguns casos, o animal pode apresentar secreção purulenta


nas orelhas;

- Pode ter mau cheiro nas orelhas do animal;

- Vermelhidão, crostas no ouvido ou escurecimento;

- Inchaço nas orelhas;

- Perda de audição;

- Dor intensa, o animal pode demostrar estar sentindo dor ao coçar, ou quando
alguém tocar em suas orelhas, ele pode ter a reação de querer morder;

- Ferimentos atrás das orelhas, de tanto coçar ele acaba se ferindo com as
unhas. (HALINA MEDINA, 2015).

- Tampões de cera ou excesso de cera no canal auditivo,

- Caminhas em círculos;

- O animal pode ter perda de equilíbrio. (VANESSA LOPES, 2016).

6
Figura 1 Aspecto de uma orelha saudável

Fonte: Clinipet, 2016.

Figura 2 Coçar orelha ou região da cabeça

Fonte: Aliados Blog, 2012.

Figura 3 Orelha com secreção purulenta

Fonte: Clinipet, 2016.

7
1.3 Diagnóstico

O diagnóstico é feito por um médico veterinário, através de exames completos


feitos do canal auricular, também através de um exame feito pelo microscópio
da secreção que está no ouvido do animal ou otoscópio para ver dentro do
conduto auditivo. Dependendo da situação também são necessários exames
laboratoriais, tais como, cultura e antibiograma, para verificar qual o agente
responsável que está causando a otite, e qual será o tratamento mais
adequando. Caso necessário se o animal estiver sentindo muita dor é
necessário sujeitar o animal a uma tranquilização, para melhor realizar os
exames diagnósticos. (SARA PENEDA, MV, 2012).

Saber a historia do seu cachorro é muito útil para o diagnostico, pois ajuda a
determinar as causas da otite, desse modo o médico veterinário pode ter uma
base se há algum trauma, fatores hereditários, alergias ou outros fatores.

Se o médico veterinário verificar que a otite é causada por outro problema


relacionado à saúde do animal, ele poderá pedir outros exames como biopsias,
radiografia, tomografia, estudos neurológicos ou testes de alergia. (VANESSA
LOPES 2016).

Figura 4 Otoscópio para ver dentro do conduto auditivo

Fonte: Blog.Petiko, 2019.

8
1.4 Tratamento

O tratamento sempre vai variar de acordo com a causa, normalmente é


necessário remover o excesso de cerúmen para que seja feito a aplicação do
remédio indicado. (PETZ, 2019)

Para o tratamento das otites, está relacionado ao uso de medicamentos tópicos


e limpeza dos ouvidos. Em alguns casos se faz necessário a medicação tópica
com antibióticos ou anti-inflamatórios. O remédio quem irá definir qual utilizar é
o médico veterinário. (HALINA MEDINA, 2015).

Há casos que a infecção pode ser um corpo estranho (um pedaço de algodão
ou sujeira, por exemplo), o tratamento é mais fácil, como a área afetada é mais
simples, o problema é tratado com uma boa higienização e administração de
antibióticos, caso tenha a presença de bactérias. (DOG HERO, 2019).

Se o canal auditivo do animal estiver obstruído por causa da infecção e o


crescimento do tecido, fazer uma cirurgia pode ser a única opção.

A otite pode ser conseqüência de outras doenças, assim como alergias ou


problemas hormonais, há necessidade de fazer um tratamento especifico para
essas doenças. (VANESSA LOPES, 2016).

Figura 5 Tratamento Otite

Fonte: Perito Animal, 2018.

9
Figura 6 Limpeza feita pelo médico veterinário

Fonte: Barkibu, 2018.

10
1.5 Prognóstico

Com relação ao prognóstico pode ser bom, reservado ou ruim, depende de


qual tipo de Otite o animal apresenta e qual é o grau de inflamação que está.

Caso seja uma otite externa tem um bom prognóstico, se não estiver em
estado avançado, se for visto no início o seu tratamento é possível.
(SANDRINE ROUGIER, 2005).

Mas se a Otite for média ou interna o prognóstico é mais reservado e o animal


pode até perder sua audição. (VANESSA LOPES 2016).

11
1.6 Prevenção

Para evitar a otite no seu cachorro é necessário que se tome algumas


precauções:

- Olhar o ouvido do seu cachorro todas as semanas para verificar se há alguma


secreção, mau cheiro, inchaço, ou outros sinais que possa ser de infecção;

- Caso seu cachorro tenha o hábito de nadar freqüentemente, tenha as orelhas


caídas ou alguma história de otite, tem que limpar sempre com freqüência os
ouvidos. A limpeza é feita pela parte externa do ouvido, com bolas de algodão
úmidas com um produto especifico que o médico veterinário vai lhe receitar,
nunca utilize água oxigenada, álcool, nem qualquer outra coisa;

- Se for necessário limpar os ouvidos do cachorro, perguntar para o médico


veterinário a forma adequada de limpar. (VANESSA LOPES, 2016).

- Manter a tosa do cachorro em dia, os pelos podem abafar as orelhas do


animal, assim aumentado as chance dele vir a ter uma inflamação;

- Colocar bolinhas de algodão no ouvido do cachorro na hora do banho, para


evitar que a água atinja os canais auditivos do cachorro. (VET QUALITY
CLÍNICA VETERINÁRIA, 2018).

12
2. Conclusão

Conclui-se que a Otite acomete mais os cães que tem suas orelhas grandes,
caídas e peludas. É uma doença fácil de ser tratada caso seja a Otite externa e
não esteja em nível elevado, mas se for a Média e a Interna é mais difícil para
tratar, e se estiver em nível avançado pode causar surdez e até levar o
cachorro a óbito por poder desenvolver infecções.

13
3. Bibliografia

Fonte: Otite canina: Aprenda quais são os sintomas e como tratar o seu pet -
Disponível em: <https://www.vetquality.com.br/otite-canina-sintomas-
tratamento/> Acesso em: 09 de Novembro 2019.

Fonte: Otite nos cães, tratamento com duas fórmulas. Um estudo comparativo
– Disponível em: <https://www.affinity-petcare.com/vetsandclinics/pt/otite-nos-
caes-tratamento-com-duas-formulas-um-estudo-comparativo/>. Acesso em: 03
de Novembro de 2019.

Fonte: Otite canina: o que é sintomas e tratamento – Disponível em


<https://love.doghero.com.br/doencas/otite-canina/> Acesso em: 03 de
Novembro 2019.

Fonte: Otite Canina: veja quais são as causas, sintomas e tratamento –


Disponível em: <https://www.petz.com.br/blog/saude-e-cuidados/otite-canina-
veja-quais-sao-as-causas-sintomas-e-tratamento/>. Acesso em: 03 de
Novembro 2019.

Fonte: Tipos de otite: conheça sobre a infecção de ouvido em pets –


Disponível em: <https://www.petz.com.br/blog/bem-estar/tipos-de-otite/>.
Acesso em: 03 de Novembro de 2019.

Fonte: Otite Canina – Dor de ouvido – Disponível em:


<https://tudosobrecachorros.com.br/otite-canina/>. Acesso em: 03 de
Novembro de 2019.

Fonte: Otite no Cão e no Gato – Disponível em:


<https://www.chv.pt/pt/unidades/dermatologia/otite/detalhe.html Otite canina:
Aprenda quais são os sintomas e como tratar o seu pet>. Acesso em 03 de
Novembro de 2019.

Fonte: Otite em cães - Sintomas e tratamento. - Disponível em:


<https://www.peritoanimal.com.br/otite-em-caes-sintomas-e-tratamento-
21110.html>. Acesso em: 09 de Novembro de 2019.

14
15