Você está na página 1de 4

ARQUÉTIPO DE GANESHA

No hinduísmo, Ganexa ou Ganesha (sânscrito: गणेश ou


श्रीगणेश (quando usado para distinguir status de Senhor) (ou
“senhor dos obstáculos,” seu nome é também escrito como
Ganesa ou Ganesh e algumas vezes referido como
Ganapati) é uma das mais conhecidas e veneradas
representações de divindade. Ele é o primeiro filho de
Shiva e Parvati, e o esposo de Buddhi (também chamada
Riddhi Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati, e o esposo
de Buddhi (também chamada Riddhi) e Siddhi e Siddhi.
Ganesha é então considerado o mestre do intelecto e da
sabedoria. Ele é representado como uma divindade
amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro
braços e a cabeça de elefante com uma única presa,
montado em um rato. É habitualmente representado
sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da
outra. Em geral, antepõe-se ao seu nome o título Hindu de
respeito ‘Shri’ ou Sri.

Ganesha é o símbolo das soluções lógicas e deve ser


interpretado como tal. Seu corpo é humano enquanto que a
cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte
(vahana) é um rato. Desta forma Ganesha representa uma
solução lógica para os problemas, ou “Destruidor de
Obstáculos”. Sua consorte é Buddhi (um sinônimo de
mente) e ele é adorado junto de Lakshmi (a deusa da
abundância) pelos mercadores e homens de negócio. A
razão sendo a solução lógica para os problemas e a
prosperidade são inseparáveis.

Ele representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade,


poder e beleza. Ele também simboliza as capacidades
discriminativas que provê a habilidade de perceber a
distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.
Em termos gerais, Ganesha é uma divindade muito amada
e frequentemente invocada, já que é o Deus da Boa
Fortuna quem proporciona prosperidade e fortuna e
também o Destruidor de Obstáculos de ordem material ou
espiritual. 
Além disso, Ganesha é associado com o primeiro chakra,
que representa o instinto de conservação e sobrevivência e
de procriação. O nome desse chakra é muladhara.
Atributos Corporais

Cada elemento do corpo de Ganesha tem seu próprio valor


e seu próprio significado:

A cabeça de elefante indica fidelidade, inteligência e poder


discriminatório;

O fato dele ter apenas uma única presa (a outra estando


quebrada) indica a habilidade de Ganesha de superar
todas as formas de dualismo;

As orelhas abertas denotam sabedoria, habilidade de


escutar pessoas que procuram ajuda e para refletir
verdades espirituais. Elas simbolizam a importância de
escutar para poder assimilar idéias. Orelhas são usadas
para ganhar conhecimento. As grandes orelhas indicam
que quando Deus é conhecido, todo conhecimento também
é;

A tromba curvada indica as potencialidades intelectuais que


se manifestam na faculdade de discriminação entre o real e
o irreal;

Na testa, o Trishula (arma de Shiva, similar a um Tridente)


é desenhado, simbolizando o tempo (passado, presente e
futuro) e a superioridade de Ganesha sobre ele;

A barriga de Ganesha contém infinitos universos. Ela


simboliza a benevolência da natureza e equanimidade, a
habilidade de Ganesha de sugar os sofrimentos do
Universo e proteger o mundo;

A posição de suas pernas (uma descansando no chão e a


outra em pé) indica a importância da vivência e
participação no mundo material assim como no mundo
espiritual, a habilidade de viver no mundo sem ser do
mundo.

Os quatro braços de Ganesha representam os quatro


atributos do corpo sutil, que são: mente (Manas), intelecto
(Buddhi), ego (Ahamkara), e consciência condicionada
(Chitta). O Senhor Ganesha representa a pura consciência
– o Atman – que permite que estes quatro atributos
funcionem em nós;

A mão segurando uma machadinha, é um símbolo da


restrição de todos os desejos, que trazem dor e sofrimento.
Com esta machadinha Ganesha pode repelir e destruir os
obstáculos. A machadinha é também para levar o homem
para o caminho da verdade e da retidão;