Você está na página 1de 10

12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.

br | Jus Navigandi

Este texto foi publicado no Jus no endereço


https://jus.com.br/artigos/10440
Para ver outras publicações como esta, acesse https://jus.com.br

Exceções à vedação de convenções de pagamento em


moeda estrangeira
Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira

Sandro Alexander Ferreira

Publicado em 09/2007. Elaborado em 09/2007.

INTRODUÇÃO

No Brasil, a regra geral é de que são nulas as convenções de pagamento em


moeda estrangeira, conforme artigo 318 do Código Civil.

Art. 318. São nulas as convenções de pagamento em ouro ou em


moeda estrangeira, bem como para compensar a diferença entre o
valor desta e o da moeda nacional, excetuados os casos previstos na
legislação especial.

Art. 122. São lícitas, em geral, todas as condições não contrárias à lei, à
ordem pública ou aos bons costumes; entre as condições defesas se
incluem as que privarem de todo efeito o negócio jurídico, ou o
sujeitarem ao puro arbítrio de uma das partes.

Com o Plano Real, nossa moeda passou a ter curso forçado no país. Por esse
motivo, a regra é a vedação à circulação e utilização de moeda estrangeira.

Mas há diversas exceções, as quais, exemplificativamente, procuraremos tratar


nesse artigo.

EXCEÇÕES À VEDAÇÃO DE VINCULAÇÃO DE CONVENÇÕES À


MOEDA ESTRANGEIRA

A primeira exceção que apresentamos está prevista na Lei 10192-2001,


conversão da MPv n.º 2074-73-2001, que trata do Plano Real.

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 1/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

Lei 10192-2001 - Conversão da MPv nº 2.074-73, de 2001


(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Quadro/_Quadro%20Geral.htm#2074-73)
Dispõe sobre medidas complementares ao Plano Real e dá outras
providências.

Art. 1º As estipulações de pagamento de obrigações pecuniárias


exeqüíveis no território nacional deverão ser feitas em Real, pelo
seu valor nominal.

Parágrafo único. São vedadas, sob pena de nulidade, quaisquer


estipulações de:

I - pagamento expressas em, ou vinculadas a ouro ou moeda


estrangeira, RESSALVADO o disposto nos arts. 2º e 3º do Decreto-
Lei nº 857, de 11 de setembro de 1969
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del0857.htm#art2) , e na parte
final do art. 6º da Lei nº 8.880, de 27 de maio de 1994;
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8880.htm#art6)

A citada MPv 2074-73-2001 foi, na verdade, resultado de uma sucessiva série de


inúmeras medidas provisórias reeditadas, a saber:

Originária: 1.053 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1053.htm)

Edições:

1.079 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1079.htm) , 1.106


(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1106.htm) , 1.138
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1138.htm) , 1.171
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1171.htm) , 1.205
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1205.htm) , 1.240
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1240.htm) , 1.277
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1277.htm) , 1.316
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1316.htm) , 1.356
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1356.htm) , 1.398
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1398.htm) , 1.440
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1440.htm) , 1.488
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488.htm) , 1.488-13
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-13.htm) , 1.488-14
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-14.htm) , 1.488-15
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-15.htm) , 1.488-16
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-16.htm) , 1.488-17
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-17.htm) , 1.488-18
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1488-18.htm) , 1.540
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540.htm) , 1.540-20
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-20.htm) , 1.540-21
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-21.htm) ,1.540-22

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 2/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-22.htm) , 1.540-23
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-23.htm) , 1.540-24
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-24.htm) ,1.540-25
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-25.htm) , 1.540-26
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-26.htm) , 1.540-27
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-27.htm) , 1.540-28
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-28.htm) , 1.540-29
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-29.htm) , 1.540-30
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-30.htm) , 1.540-31
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1540-31.htm) , 1.620-32
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-32.htm) , 1.620-33
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-33.htm) , 1.620-34
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-34.htm) , 1.620-35
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-35.htm) , 1.620-36
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-36.htm) , 1.620-37
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-37.htm) , 1.620-38
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1620-38.htm) , 1.675-39
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-39.htm) , 1.675-40
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-40.htm) , 1.675-41
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-41.htm) , 1.675-42
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-42.htm) , 1.675-43
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-43.htm) , 1.675-44
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1675-44.htm) , 1.750-45
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-45.htm) , 1.750-46
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-46.htm) , 1.750-47
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-47.htm) , 1.750-48
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-48.htm) , 1.750-49
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-49.htm) , 1.750-50
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-50.htm) , 1.750-51
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1750-51.htm) , 1.875-52
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-52.htm) , 1.875-53
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-53.htm) , 1.875-54
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-54.htm) , 1.875-55
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-55.htm) , 1.875-56
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-56.htm) , 1.875-57
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1875-57.htm) , 1.950-58
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-58.htm) , 1.950-59
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-59.htm) , 1.950-60
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-60.htm) , 1.950-61
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-61.htm) , 1.950-62
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-62.htm) , 1.950-63
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-63.htm) , 1.950-64
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-64.htm) , 1.950-65
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-65.htm) , 1.950-66
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-66.htm) , 1.950-67

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 3/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-67.htm) , 1.950-68
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-68.htm) , 1.950-69
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-69.htm) , 1.950-70
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-70.htm) , 1.950-71
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/1950-71.htm) , 2.074-72
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Antigas/2074-72.htm)

A segunda exceção que apresentamos está prevista na Lei 9069-1995,


conversão da MPv n.º 1027-1995, que também trata do Plano Real.

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 4/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

Lei 9069-1995, conversão da MPv nº 1.027, de 1995


(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/Quadro/_Quadro%20Geral.htm#1027)
Dispõe sobre o Plano Real, o Sistema Monetário Nacional, estabelece as
regras e condições de emissão do REAL e os critérios para conversão
das obrigações para o REAL, e dá outras providências
(https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9069.htm)

Art. 1º A partir de 1º de julho de 1994, a unidade do Sistema Monetário


Nacional passa a ser o REAL (Art. 2º da Lei nº 8.880, de 27 de maio de
1994 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8880.htm#art2) ), que terá
curso legal em todo o território nacional.

§ 5º Admitir-se-á fracionamento especial da unidade monetária nos


mercados de valores mobiliários e de títulos da dívida pública, na
cotação de moedas estrangeiras, na Unidade Fiscal de Referência -
UFIR e na determinação da expressão monetária de outros valores que
necessitem da avaliação de grandezas inferiores ao centavo, sendo as
frações resultantes desprezadas ao final dos cálculos.

CAPÍTULO VII

Disposições Especiais

Art. 65. O ingresso no País e a saída do País, de moeda nacional e


ESTRANGEIRA serão processados exclusivamente através de
transferência bancária, cabendo ao estabelecimento bancário a
perfeita identificação do cliente ou do beneficiário.

§ 1º Excetua-se do disposto no caput deste artigo o porte, em


espécie, dos valores:

I - quando em moeda nacional, até R$ 10.000,00 (dez mil reais);

II - quando em moeda estrangeira, o equivalente a R$ 10.000,00


(dez mil reais);

III - quando comprovada a sua entrada no País ou sua saída do País, na


forma prevista na regulamentação pertinente.

§ 2º O Conselho Monetário Nacional, segundo diretrizes do Presidente


da República, regulamentará o disposto neste artigo, dispondo,
inclusive, sobre os limites e as condições de ingresso no País e saída do
País da moeda nacional.

§ 3º A não observância do contido neste artigo, além das sanções penais


previstas na legislação específica, e após o devido processo legal,
acarretará a perda do valor excedente dos limites referidos no § 1º deste
artigo, em favor do Tesouro Nacional.

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 5/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

A terceira exceção está prevista no Decreto-Lei 857-1969, que cuida


especificamente de consolidar e alterar a legislação sobre a moeda de pagamento
de obrigações exeqüíveis no Brasil.

Art 1º São nulos de pleno direito os contratos, títulos e quaisquer


documentos, bem como as obrigações que exeqüíveis no Brasil,
estipulem pagamento em ouro, em moeda estrangeira, ou, por
alguma forma, restrinjam ou recusem, nos seus efeitos, o curso legal do
cruzeiro.

Art 2º Não se aplicam as disposições do artigo anterior:

I - aos contratos e títulos referentes a importação ou exportação de


mercadorias;

II - aos contratos de financiamento ou de prestação de garantias


relativos às operações de exportação de bens de produção nacional,
vendidos a crédito para o exterior;

III - aos contratos de compra e venda de câmbio em geral;

IV - aos empréstimos e quaisquer outras obrigações cujo credor ou


devedor seja pessoa residente e domiciliada no exterior,
excetuados os contratos de locação de imóveis situados no território
nacional;

V - aos contratos que tenham por objeto a cessão, transferência,


delegação, assunção ou modificação das obrigações referidas no item
anterior, ainda que ambas as partes contratantes sejam pessoas
residentes ou domiciliadas no país.

Parágrafo único. Os contratos de locação de bens móveis que


estipulem pagamento em moeda estrangeira ficam sujeitos, para sua
validade a registro prévio no Banco Central do Brasil.

Art 3º No caso de rescisão judicial ou extrajudicial de contratos a que se


refere o item I do artigo 2º dêste Decreto-lei, os pagamentos decorrentes
do acêrto entre as partes, ou de execução de sentença judicial,
subordinam-se aos postulados da legislação de câmbio vigente.

A quarta exceção é a trazida pela Lei 8880-1994, que dispõe sobre o Programa
de Estabilização Econômica e o Sistema Monetário Nacional, institui a Unidade
Real de Valor (URV) e dá outras providência

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 6/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

Art. 6º - É nula de pleno direito a contratação de reajuste vinculado


à variação cambial, EXCETO quando expressamente autorizado
por lei federal e nos contratos de arrendamento mercantil celebrados
entre pessoas residentes e domiciliadas no País, com base em captação
de recursos provenientes do exterior.

DECISÕES JUDICIAIS SOBRE O USO DE MOEDA ESTRANGEIRA


NO BRASIL

O reajuste pelo dólar nos contratos de arrendamento mercantil - leasing - só é


possível se houver captação de recursos no exterior para pagamento do bem
arrendado. O ônus de provar tal circunstância é da instituição financeira,
conforme decidiu o Superior Tribunal de Justiça, no julgamento do Recurso
Especial nº 1.641 - RJ, Rel. Ministro Athos, 4ª Turma do STJ, julgado de
18/12/1990,

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 7/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

Ementa

Arrendamento mercantil. Leasing de veiculo automotor. Fabricado no


brasil. (...) O artigo 38 da Resolução n. 980/84 do banco central
extravasa o permissivo do Inciso v do artigo 2. Do decreto-lei n. 857/69,
contrariando, Assim, o disposto no artigo 1. Do aludido decreto-lei, que
veda a estipulação, em contratos exequiveis no brasil, de pagamento em
moeda estrangeira, a tanto equivalendo calcular a divida com
indexação ao dolar, e não ao indice oficial previsto na lei n.
6423/77. Juros e encargos. Incidencia da sumula 596 do pretorio
excelso. Recurso especial conhecido em parte, e nesta parte provido.

596STFAs disposições do Decreto 22.626 de 1933 não se aplicam às


taxas de juros e aos outros encargos cobrados nas operações realizadas
por instituições públicas ou privadas, que integram o sistema financeiro
nacional.

INF 310 STJ – Primeira Seção

CONTRATO. MOEDA ESTRANGEIRA. PAGAMENTO. CONVERSÃO.


MOEDA NACIONAL.

A questão cinge-se à possibilidade ou não de contratação em moeda


estrangeira, com pagamento a ser realizado pela conversão em moeda
nacional e, como questão secundária, se a conversão em moeda
nacional deve ocorrer no momento do ajuizamento da execução ou do
efetivo pagamento da dívida. A Min. Relatora esclareceu que a
discussão, nesse processo, não gira sob o foco da Lei do Plano Real e sim
sob a égide do DL n. 857/1969. O art. 1º do referido DL veda quaisquer
negócios jurídicos que estipulem pagamento em moeda estrangeira.
E, por sua vez, o art. 27 da Lei n. 9.069/1995, ao fixar índice oficial de
correção monetária, proíbe a indexação em moeda estrangeira. No
que concerne ao momento em que se deve proceder à conversão da
moeda estrangeira em nacional, os precedentes mais antigos deste
Superior Tribunal são no sentido de que deve a conversão ocorrer na
data da propositura da ação de execução, ao fundamento de que
proceder de modo diverso implicaria negar o curso legal de
nossa moeda. A jurisprudência mais recente adota
posicionamento diverso (REsp 119.773-RS, DJ 15/3/1999). Sob essa
ótica, extrai-se que respeitar o curso forçado da moeda nacional
não significa proibir a vinculação de um débito à variação
cambial, notadamente quando esse débito, como na hipótese, tem como
parâmetro caixas de laranja, que são usualmente cotadas em dólares
pelo mercado brasileiro (a própria Bolsa de Mercados Futuros da Bolsa
de Valores de São Paulo – Bovespa faz suas cotações diárias de produtos
agrícolas em dólares). A obediência ao curso forçado da moeda nacional
implica, indiscutivelmente, a proibição de o credor recusar-se a receber

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 8/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

o pagamento da dívida em reais e FAZ SURGIR A CONCLUSÃO DE


QUE O MOMENTO DA CONVERSÃO EM MOEDA NACIONAL É
O DO PAGAMENTO DA DÍVIDA, não o do ajuizamento da execução.
Precedentes citados: REsp 402.071-CE, DJ 24/2/2003; REsp 239.238-
RS, DJ 1º/8/2000, e REsp 83.752-RS, DJ 13/8/2001. REsp 647.672-
SP (http://www.stj.gov.br/webstj/processo/justica/jurisprudencia.asp?
tipo=num_pro&valor=REsp%20647672) , Rel. Min. Nancy Andrighi,
julgado em 14/2/2007.

CONCLUSÃO

Em resumo: a regra é a vedação do uso de moedas estrangeiras no Brasil, mas


nossa legislação prevê diversas ocasiões em que a moeda estrangeira pode ser
usada. Em geral, são situações de tributação, comércio exterior e seguro com
resseguro no exterior.

BIBLIOGRAFIA:

CENEVIVA, Walter, "Lei dos Notários e dos Registradores Comentada (Lei


8935/1994)", 4ª edição, São Paulo, Saraiva, 2002.

GUARIENTO, João Augusto Pires, "Contrato nacional - É nula cláusula de


pagamento fixado em moeda estrangeira"

http://conjur.estadao.com.br/static/text/42425,1
(http://conjur.estadao.com.br/static/text/42425,1)

ROSENVALD, Nelson, "Direito das Obrigações", 2ª edição, Rio de Janeiro,


Impetus, 2003.

Autor
Sandro Sandro Alexander Ferreira
Alexander
Ferreira delegado da Polícia Federal em Belo Horizonte (MG)

Informações sobre o texto


Como citar este texto (NBR 6023:2018 ABNT)

FERREIRA, Sandro Alexander. Exceções à vedação de convenções de pagamento


em moeda estrangeira. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano
12, n. 1549, 28 set. 2007. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/10440.

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 9/10
12/04/2020 Exceções à vedação de convenções de pagamento em moeda estrangeira - Jus.com.br | Jus Navigandi

Acesso em: 12 abr. 2020.

https://jus.com.br/imprimir/10440/excecoes-a-vedacao-de-convencoes-de-pagamento-em-moeda-estrangeira 10/10