Você está na página 1de 32

ÁGUA NO PLANETA A situação da água no Brasil

(Fontes: SABESP/2007; Universidade da O Brasil detém 11,6% da água doce superficial


Água/2007) do mundo. Os 70 % da água disponível para uso
estão localizados na Região Amazônica. Os 30%
Todo mundo sabe que o Planeta Terra é formado restantes distribuem-se desigualmente pelo País,
por muita água, afinal, cerca de 2/3 de sua para atender a 93% da população.
superfície é dominada pelos vastos oceanos.
Esse aumento da escassez de água tem
Mas veja como ela está distribuída: promovido ações diversas, motivando a
implantação de programas de conservação
• 97,5% da água disponível na Terra é da água em diversos países para garantir o
salgada e está em oceanos e mares; atendimento das diferentes demandas pela
• 2,493% é doce, mas encontra-se em água, tanto no aspecto quantitativo quanto no
geleiras ou regiões subterrâneas qualitativo.
(aqüíferos), de difícil acesso;
• 0,007% é doce, encontrada em rios, Preocupada com este quadro e com o objetivo
lagos e na atmosfera, de fácil acesso de atuar na demanda, em 1996, a Companhia
para o consumo humano; de Saneamento Básico do Estado de São Paulo -
• 0,001% na atmosfera. SABESP adotou uma política de incentivo ao uso
racional da água, que envolve ações tecnológicas
e mudanças culturais para a conscientização da
Mesmo assim, durante milênios a água foi população quanto ao desperdício de água.
considerada um recurso infinito. A generosidade
da natureza fazia crer em inesgotáveis mananciais, Foi criado o Programa do Uso Racional da
abundantes e renováveis. Água - PURA, que tem como objetivo atuar
na demanda, incentivando o uso racional
Hoje, o mau uso, aliado à crescente demanda através de ações tecnológicas e medidas de
pelo recurso, vem preocupando especialistas conscientização dos clientes, visando enfrentar
e autoridades no assunto, pelo evidente a escassez de recursos hídricos tendo como
decréscimo da disponibilidade de água limpa seu foco principal as bacias hidrográficas com
em todo o planeta. condições críticas de disponibilidade hídrica.

Recurso natural de valor econômico, estratégico Abastecimento


e social, essencial à existência e bem estar do
homem e à manutenção dos ecossistemas
O objetivo principal do sistema de abastecimento
do planeta, a água é um bem comum a toda a
de água é fornecer ao usuário uma água de boa
humanidade.
qualidade para seu uso, quantidade adequada e
pressão suficiente.
O Banco Mundial informa que, em 10 anos,
40% da população mundial não terá mais água
Veja o caminho da água até ela chegar em nossas
suficiente para se sustentar.
torneiras:

1
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
A água é retirada de um manancial, que é um Escove os dentes com a torneira fechada. Abra-a
corpo d´água superficial ou subterrâneo. A apenas para enxaguar. O mesmo vale para o
captação da água no manancial é feita por um momento de fazer a barba.
conjunto de estruturas e dispositivos, construídos
ou montados junto ao manancial.

Um conjunto de bombas e adutoras (tubulações


de grande diâmetro) levam a água desde
a captação até a estação de tratamento de
água (ETA), onde a água é tratada de modo a
adequar as suas características aos padrões de
potabilidade.

Após o tratamento, a água é colocada em


reservatórios, que regulam as variações entre as
vazões e pressões na rede de distribuição. Esta Use adequadamente o vaso sanitário. Não o
rede, por sua vez, é formada por tubulações e utilize como lixeira ou cinzeiro e nunca acione a
acessórios que tem a função de colocar água válvula de descarga à toa, pois ela gasta muita
potável à disposição dos consumidores, de água.
forma contínua, em quantidade e pressão
recomendada. Mantenha a válvula de descarga sempre
regulada e conserte os vazamentos assim que
Dicas para economizar água eles forem notados.

Tome banhos rápidos. Cinco minutos no


chuveiro são suficientes para um bom banho.

Coloque um balde embaixo do chuveiro para


armazenar a água enquanto esquenta. Essa
água pode ser utilizada para outras atividades
da casa, tais como colocar a roupa de molho ou
lavar a roupa.

Ao lavar a louça, primeiro limpe os restos de


comida dos pratos e panelas com esponja e
sabão e, só daí, abra a torneira para molhá-los.
Ensaboe tudo que tem que ser lavado e abra a
torneia para novo enxágüe.

Só ligue a máquina de lavar louça quando ela


estiver cheia.

2
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
produto de extrema importância para a indústria,
mas, sobretudo, para a humanidade.

O PVC faz parte de nosso cotidiano

O PVC ocupa lugar de destaque entre os materiais


plásticos presentes no nosso cotidiano. Ele tem
papel importante na indústria e na sociedade,
pois está nas mais diversas aplicações, desde
produtos médico-hospitalares e embalagens
Junte bastante roupa suja antes de ligar a para alimentos até peças de alta tecnologia,
máquina e usar o tanque. Evite lavar uma peça como as usadas em equipamentos espaciais,
por vez. passando por produtos aplicados à habitação
e saneamento básico, dentre diversos outros
Caso use lavadora de roupa, procure utili- setores. A cada instante, onde encontramos
zála cheia e ligá-la no máximo três vezes por conforto e modernidade, encontramos o PVC.
semana. Sua presença tornou-se tão familiar que nem
mais a notamos.
Se as roupas são lavadas no tanque, deixe-as
de molho e use a mesma água para esfregar e O PVC é atóxico, leve, sólido, resistente,
ensaboar. Use água nova apenas no enxágüe e impermeável, estável e não propaga chamas.
aproveite esta última para lavar a área externa. Tem qualidades que o tornam adaptável a
múltiplos usos, da garrafa ao painel do carro,
sendo o único plástico utilizado para a fabricação
de bolsas de sangue. Sem dúvida, ele é parte
integrante de nosso dia-a-dia.

O PVC na construção civil e


arquitetura
Esses são segmentos que são responsáveis
pelo consumo de mais de 60% do mercado
brasileiro do PVC. No mundo, o percentual
se mantém similar. Versatilidade, facilidade de
design, durabilidade e baixa manutenção são
O PVC algumas das características que fazem com
(Fonte: Instituto do PVC)
que o PVC conquiste cada vez mais espaço em
edificações e obras públicas. Veja abaixo onde
O PVC é um produto de grande versatilidade e ele é utilizado:
que está mais presente no nosso dia-a-dia do
que podemos imaginar. • Tubos e conexões
• Calhas
Suas propriedades, características e relação • Eletrodutos
custo/benefício combinados, revelam suas • Esquadrias, portas e janelas
potencialidades de aplicação, tornando-o um • Recobrimentos de fios e cabos
elétricos

3
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
• Forros e divisórias Entretanto, a ação dos raios ultravioletas
• Galpões infláveis e estruturados provocará descoloração (perda de pigmento)
• Mantas de impermeabilização das peças.
• Persianas e venezianas
• Pisos Isso gera um “ressecamento” da superfície
• Revestimento de piscinas externa dos tubos e das conexões, aumentando
• Redes de distribuição de água po- a probabilidade de um rompimento por impactos
tável domiciliar e pública externos.
• Redes de saneamento básico domi-
ciliar e público Para evitar esse ressecamento, uma boa dica é
• Revestimentos de paredes pintar os tubos e conexões de PVC utilizando
sempre tintas à base de esmalte sintético.

A fabricação do PVC utilizado nos produtos Atenção: oriente sempre seus clientes a utilizar a
Amanco utiliza matérias-primas puras, de acordo tinta adequada para a proteção dos tubos.
com as normas brasileiras e internacionais,
passando por diversos testes de qualidade, Tinta látex, por exemplo, não oferece a proteção
garantindo: adequada.

• Uniformidade nas paredes internas Esse tipo de tinta, diluída em água, acaba
e externas descascando e perdendo a função de
• de tubos e conexões proteger.
• Resistência a impactos
• Uniformidade nas dimensões Além da exposição aos raios UV do sol, um outro
• Facilidade no manuseio e aplicação problema também pode fragilizar as instalações:
• Segurança na instalação o aquecimento dos tubos para fazer curvas e
• Durabilidade bolsas.

Com o passar do tempo, as paredes fragilizadas


Tubulações expostas pelo aquecimento não resistem à pressão da
água e às solicitações da própria instalação e
Os tubos e conexões de PVC podem ser acabam rachando.
expostos ao sol sem qualquer risco de perder sua
resistência à pressão hidrostática interna.

4
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Problemas causados por impacto Conceitos de pressão, vazão e
nas tubulações velocidade
Os rompimentos causados por forte impacto A pressão dinâmica mínima numa instalação
externo apresentam linhas de rompimento hidráulica predial exigida por Norma é de 5 kPa,
características em forma de estrela. ou seja, 0,5 m.c.a.

Assim, o ponto crítico da rede (via de regra, o


ponto de ligação do barrilete com a coluna que
abastece a residência), não pode ter menos de
0,5 metro de altura.

Geralmente, busca-se na superfície externa a


presença de sinais que identifi quem o impacto,
porém, nem sempre é possível a identifi cação
da marca externa.

Assim, se faz necessário um corte na peça


para visualizar o aspecto interno da trinca. Veja Além disso, é recomendado que se deixe um
mais alguns exemplos de danos causados por espaço embaixo do reservatório para a instalação
impacto. das tubulações e operação dos registros.

Esse espaço varia de 30 cm (reservatórios


domiciliares) e 60 cm (edifícios convencionais).

PRESSÃO é a força que a água exerce sobre


todas as superfícies internas da instalação.

Nas instalações, quanto maior a altura da caixa


d’água, maior será a pressão de água.

5
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Veja o esquema a seguir: 1 kgf/cm2 = 10 m.c.a.

Existem dois tipos de pressão: estática e


Apesar dos volumes armazenados nos dinâmica.
reservatórios serem diferentes, as pressões nos
chuveiros são iguais, pois os reservatórios estão
na mesma altura.

A unidade de medida da pressão mais comum


é o m.c.a., ou metros de coluna d’água.

Observem outras unidades de medida de


pressão na Tabela de Unidades de Pressão no fi
nal desta apostila.

Você pode medir a pressão de uma instalação


hidráulica utilizando um manômetro. Antes de explicarmos cada uma delas, vamos
entender um pouco melhor o conceito de Perda
de Carga.

Quando a água percorre o interior de uma


tubulação, suas partículas sofrem colisões ente
si e também contra as paredes internas da
tubulação, causando uma perda de energia.

Assim, podemos dizer que a água perde pressão,


ou seja, sofre uma perda de carga.

Quanto maior for a turbulência, maior será o


choque entre as partículas e maior será a perda
Normalmente, esses aparelhos fazem a medição de carga.
em kgf/cm2.
A perda de carga é infl uenciada pelo diâmetro
Para converter essa medida para metros de da tubulação, pela vazão, pela rugosidade das
coluna de água basta multiplicar a leitura paredes internas, curvas, desvios e comprimento
por 10. da tubulação.

6
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Existem dois tipos de perda de carga: Neste exemplo, vamos considerar com os dois
trechos têm mesma vazão, o mesmo diâmetro e
Distribuída: Ocorre ao longo da tubulação e é a mesma rugosidade das paredes internas.
ocasionada pelo atrito da água com as paredes
internas da tubulação. Os dois chuveiros estão na mesma altura (h) em
relação ao reservatório. Dessa forma, enquanto
Localizada: Ocorre nos locais onde a água sofre estiverem fechados ambos terão a mesma
mudanças de direção ou interferência de peças pressão estática.
e conexões (tês, joelhos, registros, etc.). Nesses
pontos há um aumento da turbulência e o Entretanto, quando abrirmos os chuveiros,
conseqüente aumento da perda de carga. passaremos a ter pressão dinâmica, ou seja,
haverá perda de carga ao longo da tubulação.
Agora que já aprendemos o conceito de Perda
de Carga, vamos entender as diferenças entre Como a vazão, o diâmetro e a rugosidade das
Pressão Estática e Pressão Dinâmica. paredes internas são iguais nos dois trechos, a
perda de carga será infl uenciada apenas pelo
Pressão Estática é a pressão medida quando comprimento da tubulação e pelas conexões e
a água não está em movimento. Neste caso, desvios presentes.
não há perda de carga e a pressão num
determinado ponto é medida pela altura deste É fácil visualizarmos que a água terá menos
ponto (um chuveiro, por exemplo) em relação obstáculos para percorrer o trecho entre o
ao reservatório. reservatório e o chuveiro P1, ou seja, teremos
uma menor perda de carga.
Pressão Dinâmica é a pressão medida quando a
água está em movimento, tendo relação direta O mesmo não ocorre no outro trecho, já que
com a perda de carga. existem muitas conexões e desvios entre o
reservatório e o chuveiro P2, ou seja, haverá uma
Os dois esquemas a seguir nos ajudarão a maior perda de carga para que a água chegue
entender um pouco melhor. Veja: até esse ponto.

Assim, podemos concluir que a pressão P1 será


maior que a pressão P2.

Portanto, a pressão estática será sempre maior


que a pressão dinâmica, pois não há perda de
carga, já que a água não está em movimento.

Um outro conceito muito importante para o


trabalho do instalador hidráulico é a VAZÃO.

Como todos devem saber, VAZÃO é o volume


de água que passa ou sai de um determinado
ponto (seção) da instalação dentro de uma
unidade de tempo.

7
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
É normalmente medida em litros por segundo. de bitola menor, 3/4”, a vazão é menor, porém a
velocidade é maior.

Não há critérios de projeto para a fi xação de


velocidades mínimas, mas as velocidades
máximas não devem ser maiores que 3,0 m/s
ou exceder os valores da tabela a seguir.

VELOCIDADES E VAZÕES MÁXIMAS


DIÂMETRO (mm) VELOCIDADE MÁXIMA (m/s)
20 1,98

Além da vazão, temos a VELOCIDADE, que se 25 ,21


trata da velocidade média de escoamento através 32 2,5
de uma seção, obtida dividindo-se a vazão pela 40 2,8
área da seção da tubulação (V=Q/A).
50 3
A velocidade é a medida da relação entre a 60 3
distância percorrida em uma unidade de tempo, 75 3
como, por exemplo, metros por segundo.
85 3
110 3

A limitação da velocidade tem o objetivo de


limitar ruídos na tubulação, especialmente em
locais que possam atrapalhar as atividades do
imóvel ou perturbar o sossego dos usuários
(hotéis, hospitais, residências, etc.), além de
reduzir os efeitos do Golpe de Aríete.

Manutenção preventiva
Observe na figura a seguir a relação existente
entre vazão e velocidade. Além da limpeza da caixa d’água, que deve ser
realizada a cada 6 meses, temos alguns outros
serviços que podem ser oferecidos ao cliente,
como a manutenção preventiva para evitar
problemas nas instalações.

Exemplos de serviços de manutenção preventiva


nas instalações de água fria: regulagem das
válvulas de descarga, e das válvulas redutoras de
pressão (quando houver), checar se pressão de
serviço está dentro do limite permitido, etc.

No Ramal A, de bitola 1 1/2”, temos maior vazão Lembrem-se que é sempre melhor evitar um
e menor velocidade, enquanto que no Ramal B, problema do que ter que consertá-lo depois.

8
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Adaptador Auto-Ajustável
Amanco para caixa d’água
O Adaptador Auto-Ajustável com Rosca Interna
para Caixa D’água Amanco é composto por um
corpo com flange fixo, vedação de borracha, um
flange auto-ajustável e uma porca de aperto.

É o flange auto-ajustável que garante o perfeito


ajuste da peça na caixa d’água, mesmo com Instale o corpo do Adaptador Auto-Ajustável
variação de espessura e curvas nas paredes. com flange fixo juntamente com a vedação de
borracha do lado de fora da caixa.
E com a rosca interna é possível instalar a
Torneira de Bóia diretamente no Adaptador, sem Atenção: O anel de borracha deve sempre ficar
a necessidades de utilizar uma Luva Roscável. junto ao flange fixo, pois ele vai garantir sua
vedação!
Utilize o diâmetro interno do anel de vedação
de borracha para marcar o furo na parede da
caixa d’água.

O flange auto-ajustável deve ser colocado


do lado interno da caixa d’água, no corpo do
Adaptador já instalado.

Com uma furadeira tipo serra copo, fure a parede


da caixa d’água.

O ajuste e a vedação do fl ange auto-ajustável


são feitos pelo formato cônico da rosca de aperto
que é conectada ao mesmo.

9
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Em seguida, coloque a porca de aperto e ajuste Em válvulas de descarga isso é muito comum,
manualmente. sendo identifi cado por um ruído característico,
principalmente ànoite, quando o silêncio do
ambiente é maior.

Para entender melhor como isso acontece,


vamos fazer uma comparação com um trem.

Na frente, temos a locomotiva e seus vagões.

Mas, se de repente, a locomotiva pára de uma


vez, todos os vagões se atropelam e quem sofre
o maior impacto é a própria locomotiva.

Agora, é só ir girando até que o Adaptador fi que No nosso caso, a locomotiva seria as conexões
fi rme na parede da caixa d’água. e os vagões, a água.

A vedação fica perfeita e não é necessário o


uso de qualquer outro tipo de vedante, como Juntas Soldáveis
massas, colas, borrachas, ou silicone.
passo a passo

Golpe de Aríete
Golpe de Aríete é causado pelo interrompimento
brusco do fluxo da água de uma tubulação,
como uma válvula de descarga desregulada ou
o fechamento brusco do registro de esfera.

Esse interrompimento causa um forte impacto


da água com as peças do sistema, sobretudo nas
conexões do ramal onde aconteceu o Golpe.

A freqüência na ocorrência dos Golpes


pode causar rompimento por fadiga nessas Primeiro, corte o tubo no esquadro.
conexões.

10
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
As embalagens maiores (850g) são utilizadas
Lixe a extremidade do tubo e o interior da
para reposição das menores.
conexão até tirar o brilho das superfícies que
serão soldadas, para melhorar a eficiência do
No caso da Solução Limpadora, a embalagem
Adesivo Plástico Amanco.
menor (200 cm3) tem tampa flip-top.

Passe uma camada uniforme de Adesivo Plástico


Amanco na parte externa do tubo e na bolsa da
conexão, cobrindo apenas um terço de cada.

Não exagere na quantidade de Adesivo


Plástico.

Com uma estopa com Solução Limpadora


Amanco elimine todas as impurezas, inclusive
gordura, que podem impedir a ação do Adesivo
Plástico.

Encaixe as duas partes, girando levemente e


forçando o encaixe até o fundo da bolsa.

Para aplicação, utilize o pincel que vem na própria


embalagem de Adesivo Plástico Amanco.

Este pincel só acompanha as embalagens


de 175g.

11
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Nem sempre é possível medir esta quantidade
no dia-a-dia de trabalho, o recomendado é que
se utilize sempre uma camada fina de Adesivo
Plástico, sem deixar espaços vazios.

E atenção, o Adesivo Plástico não serve para


preencher espaços ou fechar furos.

Confira no final deste material as Fichas de


Emergência do Adesivo Plástico e da Solução
Retire o excesso de Adesivo Plástico e deixe
Limpadora Amanco, com informações impor-
secar.
tantes sobre o uso destes produtos.

Principais causas de problemas nas


instalações com juntas soldáveis

1- Golpe de Aríete (já explicado nesta apostila)

2- Excesso de Adesivo Plástico nas juntas:

Com o tempo, fragiliza as partes internas


da tubulação onde há excesso, causando
Aguarde uma hora para liberar o fluxo de água rompimento por fadiga.
e no mínimo 12 horas para fazer um teste de
pressão, para se assegurar que a junta foi bem Solução: utilizar a quantidade adequada de
feita. Adesivo Plástico.

Tabela de consumo de Adesivo e Solução


Limpadora.

CONSUMO APROXIMADO DE
ADESIVO E SOLUÇÃO LIMPADORA
DIÂMETRO ADESIVO SOL. LIMPADORA
(mm) (g/junta) (cm3/junta)
20 1 2
25 2 3
32 3 5
40 5 6
50 8 10
60 10 15
75 15 25
85 20 30
110 30 45

12
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
e os adesivos plásticos comuns podem não
ter a resistência necessária para esse tipo de
trabalho.

3- Falta de Adesivo Plástico nas juntas:

Soldagem ineficaz.

Solução: utilizar a quantidade adequada de


Adesivo Plástico. O Adesivo Extra Forte Amanco tem um
aditivo que retarda a “pega“, permitindo que
4- Rompimento por tensionamento: o instalador faça ajuses antes da soldagem
definitiva. Isso facilita a união em tubulações
de grandes diâmetros. Sua maior resistência
de soldagem torna o produto ideal para
tubulações acima de 50mm.

E além de toda essa segurança, o Adesivo


Plástico Extra Forte Amanco apresenta coloração
vermelha, tornando muito mais fácil localizar
onde foi realizada uma junta soldável e ajudando
a visualização da falta ou excesso do produto.

Adesivo Extra-Forte
Algumas construções, como os edifícios, por
exemplo, exigem tubos de diâmetros maiores.

As juntas soldáveis de diâmetros superiores


a 50 mm são submetidas a esforços maiores

13
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Para aplicar, você pode utilizar o pincel aplicador
que acompanha o produto.

O pincel só acompanha a embalagem menor


(frasco de 175g).

O frasco de 850g é utilizado geralmente para a


reposição do menor.

Aplique uma camada fina e uniforme na parte


interna da bolsa da conexão e na parte externa do
tubo, cobrindo cerca de um terço de cada.
Juntas Roscáveis

O primeiro passo é fazer o corte do tubo no


Depois é só encaixar a conexão no tubo, girando
esquadro.
lentamente e forçando o tubo até o fundo da
bolsa da conexão.
Para isso, fixe bem o tubo com uma morsa a
cerca de 15cm da ponta, sem apertar muito para
não ovalizar.

O rendimento do Adesivo Plástico Extra Forte


Amanco é surpreendente.
Posicione-se em frente à morsa para se certificar
que a serra está reta em relação ao tubo,
garantindo um corte no esquadro.

14
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Retire as rebarbas com o uso de uma rasqueta,
ou, na falta desta ferramenta, use lixa d’água.

Repita esta operação até a ponta do tubo ficar


rente ao cossinete.

Limpe bem.

Faça a rosca no tubo usando uma tarraxa.

Aplique a Fita Veda Rosca Amanco no sentido


da rosca (sentido horário).

Atenção: Não utilize os modelos de tarraxas para


tubos de aço, pois podem danificar o PVC.

Encaixe a tarraxa no tubo pelo lado do guia e


gire uma volta para a direita (no sentido horário),
retornando um quarto de volta para eliminar as
rebarbas do corte.

15
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Fique atento para que cada volta ultrapasse a CONSUMO APROXIMADO
outra em 0,5 cm, num total de voltas suficiente DE FITA VEDA-ROSCA
para vedar totalmente a junta.
DIÂMETRO LARGURA
COMPRIMENTO
DA FITA DA FITA
Importante: Não se deve aplicar Adesivo Plástico
em juntas roscáveis 1/2” 12 mm 0,30 metro
3/4” 12 mm 0,40 metro
Instale a conexão apenas com a mão. O uso
1” 18 mm 0,50 metro
inadequado de ferramentas pode danificar a
instalação. 1 1/4” 18 mm 0,90 metro
1 1/2” 18 mm 1,40 metros
2” 18 mm 2,00 metros
2 1/2” 18 mm 4,00 metros
3” 18 mm 5,00 metros
4” 18 mm 8,00 metros

Principais causas de problemas nas


instalações com juntas roscáveis

1- Golpe de Aríete (já explicado nesta apostila)


Atenção: Não é a força e o aperto excessivo que
2- Tensionamento:
fazem a vedação, mas sim uma junta feita com
cuidado e o material vedante adequado.
Na imagem a seguir, o trecho do tubo acoplado
é mais curto. Isto aumenta ainda mais a
rigidez da instalação e, consequentemente, o
tensionamento pela distância dos flanges.

Tensionamento no fundo da rosca

Figura a seguir mostra perfil da luva roscável com


o batente deformado pelo acoplamento da rosca
macho acima do limite de fio de rosca fêmea.

16
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Rosca deformada: excesso de esforço mecânico
aplicado no produto no rosqueamento com a
chave de grifo.

Tensionamento no início da rosca pelo


amassamento dos primeiros filetes

Rosca macho foi acoplada além do limite útil de


fios de rosca (“encavalamento” de peças).

* Material Dúctil: absorve a deformação


3- Rompimento por excesso de aperto: provocada pelo esforço mecânico, ocorrendo
o rompimento somente quando a deformação
No lado externo da bolsa, observam-se marcas ultrapassa o limite elástico do PVC.
de ferramenta, provavelmente chave de grifo,
usada para dar o aperto da rosca: excesso de Conexão com bucha de latão
esforço mecânico comprometeu a resistência
da peça. As conexões azuis com bucha de latão são
utilizadas nos pontos de água fria das instalações
com juntas soldáveis, para a instalação de
peças metálicas nas tubulações de PVC, como
registros, torneiras, válvulas, hastes de chuveiro,
etc., que são, normalmente, sujeitas a maiores
esforços externos, como choques, batidas e
substituições.

Além disso, as peças metálicas possuem um


padrão de rosca diferente das roscas de PVC,
o que torna necessário a padronização das
mesmas neste tipo de situação.

17
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Muitas vezes só percebemos um vazamento
muito tempo depois que ele começou, quando
um grande prejuízo já foi criado.

É por isso que a manutenção preventiva é tão


importante.

Vamos conhecer alguns testes* que podem ser


muito úteis para detectar vazamentos.

* Informações Sabesp - Como detectar


vazamentos

1. Hidrômetro

Confira o relógio de água (o hidrômetro).

Deixe todos os registros internos da residência


abertos (normalmente, esses registros são
instalados nas paredes de banheiros, áreas de
serviço e, em alguns casos, na cozinha).

Feche bem todas as torneiras, desligue os


aparelhos que usam água e não utilize os
sanitários.

Anote o número que aparece ou marque a


posição do ponteiro maior do hidrômetro.

Depois de uma hora, verifique se o número


É importante verificar a quantidade de fita veda- mudou ou o ponteiro se movimentou.
rosca e o aperto no momento de instalar uma
peça metálica nesta conexão.

O excesso de fita veda-rosca pode romper a


conexão, por isso, não exagere.

Na instalação, o aperto deve ser somente manual


para o ajuste final do metal sanitário na conexão.
Não é necessário usar chave de grifo.

Detectando Vazamentos
Se isso aconteceu, há algum vazamento na
Os vazamentos são a principal causa dos
casa.
reparos nas instalações e podem causar muitos
transtornos a seus clientes.

18
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
2. Tubos alimentados diretamente pela Em caso afirmativo, há vazamento na tubulação
rede pública alimentada pela caixa d’água.

Feche os registros. Abra uma torneira alimentada 4. Caixa d’água


diretamente pela rede pública (pode ser a do
tanque, se for o caso) e espere a água parar Feche o registro de saída do reservatório e
de sair. a torneira da bóia. Marque no reservatório o
nível da água e, após uma hora, verifique se
Coloque imediatamente um copo cheio de água ele baixou.
na boca da torneira.
Se isso ocorreu, há vazamento nas paredes do
Caso haja sucção da água do copo pela torneira, reservatório ou nas tubulações de alimentação
é sinal que existe vazamento no tubo alimentado da caixa d’água ou na tubulação de limpeza.
diretamente pela rede.
5. Vaso Sanitário

Jogue cinzas (de cigarro, por exemplo) no fundo


do vaso sanitário.

Se ela ficar depositada no fundo do vaso, ele está


livre de vazamentos.

3. Tubos alimentados pela caixa d’água

Feche todas as torneiras da casa alimentadas


pela caixa d’água, desligue os aparelhos que
usam esta água e não utilize os sanitários.

Feche bem a torneira de bóia da caixa d’água,


impedindo a entrada de água.
Se houver movimentação, é sinal de vazamento
Marque, na própria caixa d’água, o nível da água na válvula ou na caixa de descarga.
e verifique, após uma hora, se ele baixou.
Vazamentos = desperdício de
água
Um simples vazamento causado, por exemplo,
por um “courinho” de torneira danificado, pode
causar grandes desperdícios.

Gotejando, uma torneira chega a um desperdício


de 46 litros por dia. Isto é, 1.380 litros por mês.

19
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Ou seja, mais de um metro cúbico por mês ou Prefira sempre carregar tubos amarrados.
mil litros de água.

Um filete de mais ou menos 2 milímetros totaliza


4.130 litros por mês.

E um filete de 4 milímetros, 13.260 litros por mês


de desperdício.

Qualidade no Trabalho
Um trabalho de qualidade começa nos pequenos
detalhes, na preocupação em fazer reparos sem
improvisos, em utilizar produtos de qualidade e No transporte também é importante adotar
propor sempre a seus clientes uma manutenção cuidados especiais.
preventiva para evitar transtornos e problemas
que podem se agravar com o passar do Evite jogar os tubos de qualquer jeito, deixando-
tempo. os em situação de balanço.

E mais, antes mesmo de começar uma O contato com peças metálicas e salientes
instalação, o profissional deve se preocupar com também deve ser evitado.
o transporte e a estocagem dos produtos que vai
utilizar, para garantir o perfeito funcionamento
das instalações que vai fazer.

Observem esta imagem!

Os tubos devem ser organizados de forma


alinhada no caminhão, sempre retos, para não
se deformarem.

Aí temos um ótimo exemplo de como não


carregar os tubos.

Nunca arraste-os pelo chão, pois isso pode


causar avarias nas pontas e bolsas.

20
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
No momento de descarregar, não jogue os tubos
no chão, empilhe com cuidado de forma nivelada
sobre uma superfície plana.

Em caso de armazenamento por mais de 6


meses, deve-se proteger os tubos de PVC da
estocagem descoberta, pois o sol pode danificar
os produtos.

Para armazenar, vale a mesma regra. Deixe os Quanto às conexões, guarde-as sempre em
tubos sempre bem nivelados, organize-os com local coberto, não jogue e tome cuidado para
cuidado para evitar deformações. não danificá-las.

Outro cuidado necessário é guardar os tubos Os adesivos e solução limpadora são elementos
com pontas e bolsas alternadas, apoiando a inflamáveis e, portanto, devem ser transportados
primeira fileira numa estrutura de madeira plana e e guardados de forma segura, protegidos do sol
não deixando a pilha exceder 1,5 m de altura. e da chuva e em temperatura ambiente.

21
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Não esqueça de sempre verificar o prazo de O próximo passo é passar Pasta Lubrificante
validade na embalagem antes de utilizá-los. Amanco na parte visível dos anéis de borracha
da Luva de Correr e nas extremidades do tubo
Luvas de Correr cortado.

As Luvas de Correr permitem consertar os tubos


embutidos no próprio local do vazamento.

Primeiro, remova o revestimento da parede,


expondo o tubo na parte danificada.

Depois, retire um segmento do tubo danificado


num tamanho um pouco maior do que duas
luvas de correr.

Depois, vista as Luvas de Correr no pedaço de


tubo.

Em seguida, corte um pedaço de tubo da mesma


bitola e do mesmo comprimento do pedaço
retirado da instalação embutida.

Após o corte, retire as rebarbas das pontas Agora, basta colocar no local e correr o
do tubo utilizando uma rasqueta ou uma lixa equivalente a meia Luva para cada lado.
d’água.

Para finalizar o trabalho, refaça o reboco e


revestimento da parede.

22
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Registro de Esfera em PVC O primeiro passo para instalar o Registro de Esfera
em PVC Amanco é determinar o alinhamento da
Amanco tubulação, usando dois suportes.
O Registro de Esfera em PVC da Amanco tem
Em seguida, retire a porca e a bolsa destacável
12 opções de bitolas (6 roscáveis e 6 soldáveis),
do Registro.
oferecendo muitas vantagens em relação às
outras soluções que existem no mercado.

Ele resiste a pressões de até 16 kgf/cm2, possui


bolsas mais

reforçadas, design moderno, volante anatômico


e é muito

fácil de montar e desmontar.

Veja as partes que compõem este Registro.

É importante observar indicação do sentido


do fluxo de água que aparece no corpo do
produto.

Ele tem duplo anel de vedação da haste, que


garante sua perfeita estanqueidade.

Os anéis que acomodam a esfera são feitos


em teflon, um material macio que assegura
o acoplamento e funcionamento perfeitos da O passo seguinte é aplicar o Adesivo Plástico
esfera. Amanco por igual na extremidade da bolsa do
Registro e na ponta do tubo (no caso de Registros
É fundamental verificar a qualidade da água no Soldáveis).
local antes de instalar o Registro de Esfera de
PVC da Amanco. Cuidado para não exagerar na quantidade de
Adesivo, pois o excesso pode atacar a junta
Resíduos e sujeiras presentes na água soldável do Registro ou escorrer para dentro do
podem danificar a esfera, comprometendo o mesmo, provocando sua inutilização.
funcionamento do Registro.

23
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Outras dicas de instalação
Cambialidade entre as peças

Todos os fabricantes devem obedecer às


mesmas normas técnicas brasileiras para a
fabricação de tubos e conexões.

Isso permite que uma conexão de marca “x”


possa ser usada num tubo de marca “y”.
Se o tubo fosse roscável, deveria ser utilizada
a Fita Veda Rosca Amanco nas extremidades Entretanto, os parâmetros estabelecidos pela
dos tubos. NBR (Norma Brasileira) têm certa fl exibilidade de
valores que podem gerar pequenas diferenças
Coloque a porca da bolsa na extremidade entre produtos de diferentes fabricantes, mas
do outro tubo e, em seguida, solde a bolsa que, mesmo mínimas, podem causar difi
destacável nesta extremidade. culdades nas instalações.

Por essas razões, o ideal é que se utilize sempre


produtos da mesma marca numa instalação.

Tubulações suspensas

As tubulações suspensas sofrem algumas


solicitações que precisam ser consideradas para
garantir a qualidade das instalações.

As tubulações devem obedecer a um correto


espaçamento entre apoios, visando-se evitar
Aguarde a secagem do Adesivo Plástico por uns flechas excessivas, que podem ocasionar
5 minutos antes de rosquear manualmente a problemas, como vazamentos e interrupções.
porca no Registro e colocar carga na rede.

Atenção: O ajuste do torque deve ser feito através


da porca, com o Registro fechado. Somente na
posição fechada a esfera se auto-ajusta.

Oriente seus clientes a fechar o Registro sempre


gradualmente, para evitar golpes de aríete.

Caso a instalação do Registro de Esfera seja feita


no exterior da residência, lembre-se de proteger
os tubos contra a ação dos raios UV do sol.

Utilize tintas à base de esmalte sintético. Além do mais, isto causa um mau aspecto ao
conjunto.

24
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Os esforços que atuam numa tubulação são a terra deve ser compactada a cada 10 cm, até
de diversas origens, como a dilatação, por atingir a cota do terreno.
exemplo.

Por isso, as braçadeiras (ou abraçadeiras) de fi


xação devem ter folga sufi ciente para permitir
uma leve movimentação da tubulação (dilatação/
contração), com exceção dos pontos fi xos
previstos em projeto.

Na tabela a seguir, você encontra o espaça-


mento adequado entre as braçadeiras, de acordo
com o diâmetro do tubo e o tipo de junta.

ESPAÇAMENTO MÁXIMO ENTRE APOIOS Esse cuidado é extremamente importante para


TUBULAÇÃO DE PVC PARA ÁGUA FRIA evitar a ovalação ou deformação da tubulação.
DIÂMETRO DIÂMETRO
ESPAÇAMENTO A NBR 5626 - Instalação predial de água fria não
SOLDÁVEL ROSCÁVEL (máx)
prevê uma profundidade ideal para as tubulações
20 mm 1/2” 0,80 metro
enterradas de água fria.
25 mm 3/4” 0,90 metro
32 mm 1” 1,10 metros Utilizamos como referência os 80 cm de
40 mm 1 1/4” 1,30 metros profundidade até a geratriz superior do tubo
enterrado, conforme a NBR 9822 - Execução
50 mm 1 1/2” 1,50 metros
de tubulações de PVC rígido para adutoras e
60 mm 2” 1,60 metros redes de água.
75 mm 2 1/2” 1,90 metros
85 mm 3” 2,10 metros
110 mm 4” 2,50 metros

E atenção! Jamais utilize fi os, arames e barras de


ferro com a função de apoio às tubulações.

Tubulações enterradas

As tubulações enterradas são mais comuns nas


instalações de esgoto, mas também podem ser
necessárias nas instalações de água fria.

Para fazer este procedimento corretamente,


devem ser instaladas em valas com aterros,
sem a presença de pedras e corpos estranhos e

25
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Caixas D´água e Cisternas
Amanco Tinabrás
As Caixas D´água Amanco Tinabrás dividem-se
em dois modelos, com 2 ou 3 camadas, cada
uma oferecendo 11 opções de tamanho para
as mais variadas necessidades arquitetônicas,
de abastecimento ou reservação.

Caixa D´água Tripla Camada Caixa D´água Dupla Camada

Tamanhos disponíveis: 310L, 500L, 750L,


Tamanhos disponíveis: 310L, 500L, 750L, 1.000L, 1.750L, 2.500L, 6.000L, 8.000L, 10.000L,
1.000L, 1.750L, 2.500L, 6.000L, 8.000L, 10.000L, 12.000L e 15.000L.
12.000L e 15.000L.
• Camada Externa Cinza: Proteção
• Camada Externa Bege: Com maté- contra os raios UV, tem função
rias-primas virgens estabilizadas, estrutural, garantindo resistência ao
protege contra os raios UV, tem fun- longo do tempo, e superfície lisa,
ção estrutural, garantindo resistên- que facilita a limpeza.
cia ao longo do tempo, e superfície • Camada Interna Branca: Gera a
lisa, que facilita a limpeza. percepção de higiene/ limpeza. Sua
• Camada Preta: Evitar passagem de superfície interna extremamente
luz para o interior da caixa d’água, lisa permite fácil limpeza, sem a
mantendo a qualidade da água, necessidade de uso de escovas e
protegendo contra a proliferação produtos químicos.
de fungos, algas, bactérias e lodo
no interior da caixa.
• Camada Branca: Gera a percepção
de higiene/limpeza. Pela superfície
interna extremamente lisa, permite
fácil limpeza, sem a necessidade de
uso de escovas e produtos químicos.

26
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Caixas D´água Amanco Tinabrás - Cisternas
Instalação

• Instalar sobre base plana, lisa e


limpa
• Realizar furação somente com serra
copo
• Colocação das flanges nas laterais
indicadas na caixa

Tamanhos disponíveis: 2.100L, 3.300L, 6.000L


e 10.000L.

Armazenamento de água potável como apoio à


rede pública: garante a qualidade da água.

Pode ser instalada SOMENTE enterrada e/ou no


subsolo, protegida da luz solar.
Importante: As caixas não acompanham as
flanges. Estas devem ser adquiridas à parte Também pode ser utilizada como armazenagem
ou no kit de instalação. Não é recomendado a de águas de chuvas para limpeza de pátios e para
perfuração do fundo da caixa para instalação de uso em regas diversas.
dreno de limpeza.
Mais rápido de instalar.
Diferencial: Atendem a todos os requisitos da
norma técnica brasileira e também tem o selo Facilidade de limpeza pelo seu interior na cor
de qualidade do PBQP-h - Programa Brasileiro branca e superfície lisa.
de Qualidade e Produtividade do Habitat.
Por ser impermeável, impede a entrada de raízes
Requisitos da Norma atendidos: e infiltrações.

• Aspectos visuais Cisternas - Instalação


• Marcação indelével e impressas
• Dimensões • Escavar um buraco, deixando 15 cm
• Resistência ao impacto, queda livre de margem em todo o perímetro
e impacto localizado • Nivelar a base e fazer um contra-
• Resistência à deformação sob ação piso de 10 cm de espessura
da água • Encher completamente a Cisterna
• Massas com água e, simultaneamente,
• Toxicidade preencher o espaço entre o tanque
• Volume útil e volume nominal e o terreno com uma mistura de
• Estanqueidade terra (80%) e cimento (20%), adicio-
• Exposição ao sol nando água para a compactação
• Luminosidade

27
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
• Fechar o buraco com laje, deixando
abertura para a tampa para futura
manutenção e limpeza.

Cisternas - Instalação

As Caixas D´água e Cisternas Amanco Tinabrás


possuem exclusiva Tampa Rosca

• Vedação perfeita
• Evita a entrada de poeiras, impur-
ezas, insetos e roedores
• Preserva a qualidade d’ água
• Elimina possibilidade de entrada do
mosquito da Dengue
• Em ambientes externos, não corre-
se o risco de a tampa ser deslocada
pelo vento Torneiras de Bóia

28
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Torneiras de Bóia • Não contém mercúrio
• Acompanha cabo de 1,5 m
• 12 modelos de torneiras-bóia para • Bivolt (110/220v)
alta-vazão, altapressão e para uso • 15 A.
com água quente
• Haste de latão
• Mecanismo de latão forjado
• Bóia de plástico nas bitolas ½”, ¾”,
1”, 1.1/2” e 2”
• Bóia de latão nas bitolas ½”, ¾”,
2.1/2”, 3” e 4”
• Bóia de plástico - vazão total nas
bitolas 3/4” e 1”

TB 3/4” Plástico

Tabela Técnica

TABELA DE UNIDADES DE PRESSÃO


TB 2” Plástico PARA MULTIPLIQUE
PARA
CONVERTER DE POR
kgf/cm2 mca 10,0
kgf/cm2 l bf/pol 2 14,2
kgf/cm2 kPa 100,0
kgf/cm2 bar 0,98
TB 3/4” Latão

Unidade de medida de Pressão - Legenda

kgf/cm2 Quilograma-força por centímetro quadrado


mca Metros de coluna de água
lbf/pol2² Libras por polegada quadrada
TB 1” Plástico - Vazão Total s/pressão
kPa Quilo Pascal
bar Pressão barométrica

Eletronível Automático Anotações

• Uso em caixas d’ água, cisternas,


tanques e poços

29
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Adesivo Plástico Amanco

FICHA DE EMERGÊNCIA
Número de Risco: < 30 >
Número da ONU: < 1133>
Classe ou Subclasse de Risco: < 03 >
Descrição da Classe ou Subclasse de
AMANCO BRASIL S/A. Risco: Líquido Inflamável
FONE: 0800-701-8770
Nome Apropriado para o embarque:

ADESIVOS CONTENDO LÍQUIDO INFLAMÁVEL


Aspecto Líquido/Viscoso.
Cor Clara
Odor Característico.

EPI Luva de PVC, óculos ampla visão, vestimenta de manga comprida.

RISCOS

Fogo Produto inflamável, pode formar misturas explosivas no ar.

A inalação, ingestão ou contato com a substância, podem causar irritação e dermatite. Se


Saúde
inalado prolongadamente pode causar dores de cabeça.

Meio Ambiente Tóxico à fauna/flora aquática e solo.

EM CASO DE ACIDENTE
Eliminar fontes de calor, não fumar e sinalizar o perigo. Fazer diques de contenção, utilizar
Vazamento
os EPI’S indicados e recolher o material em recipiente adequado.

No combate a incêndio, resfriar tanques, tambores ou bombonas expostas ao fogo. Para


Fogo princípios de incêndio utilizar extintores para fogo classe B. Em caso de incêndio de
proporções maiores pode-se utilizar água na forma de neblina.

Recolher o material armazenando em recipientes impermeáveis e identificando-os para


Poluição posterior disposição final, de acordo com a legislação local, estadual e federal vigente.
Remover a vítima da zona de perigo, levar para um local arejado e retirar roupas
Envolvimento contaminadas. Contato com a pele e olhos lavar com água em abundância. Se ingerido
de Pessoas não causar vômitos. Se o acidentado estiver inconsciente, praticar primeiros socorros e
chamar um médico.

Informações Informar ao médico o grau de exposição ao produto. Informar que o produto contém
ao Médico solventes cetônicos e hidrocarbonetos.

Nome do Fabricante AMANCO BRASIL


ou Importador 0800-7018770

30
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO
Solução Limpadora Amanco

FICHA DE EMERGÊNCIA Número de Risco: < 30 >


Número da ONU: < 1993 >
Nome Apropriado para o embarque: Classe ou Subclasse de Risco: < 03 >
Descrição da Classe ou Subclasse de
AMANCO BRASIL S/A. Risco: Líquido Inflamável
FONE: 0800-701-8770 Líquido Inflamável
Mistura de Solventes
Aspecto Líquido.
Cor Clara
Odor Característico.

EPI Luva de PVC, óculos ampla visão, vestimenta de manga comprida.

RISCOS

Fogo Produto inflamável, pode formar misturas explosivas no ar.

A inalação, ingestão ou contato com a substância, podem causar irritação e dermatite. Se


Saúde inalado prolongadamente pode causar dores de cabeça.

Meio Ambiente Tóxico à fauna/flora aquática e solo.

EM CASO DE ACIDENTE

Eliminar fontes de calor, não fumar e sinalizar o perigo. Fazer diques de contenção, utilizar
Vazamento
os EPI’S indicados e recolher o material em recipiente adequado.

No combate a incêndio, resfriar tanques, tambores ou bombonas expostas ao fogo. Para


Fogo princípios de incêndio utilizar extintores para fogo classe B. Em caso de incêndio de
proporções maiores pode-se utilizar água na forma de neblina.

Recolher o material armazenando em recipientes impermeáveis e identificando-os para


Poluição
posterior disposição final, de acordo com a legislação local, estadual e federal vigente.

Remover a vítima da zona de perigo, levar para um local arejado e retirar roupas
Envolvimento contaminadas. Contato com a pele e olhos lavar com água em abundância. Se ingerido
de Pessoas não causar vômitos. Se o acidentado estiver inconsciente, praticar primeiros socorros e
chamar um médico.

Informações Informar ao médico o grau de exposição ao produto. Informar que o produto contém
ao Médico solventes cetônicos e hidrocarbonetos.

Nome do Gerador AMANCO BRASIL


ou Importador 0800-7018770

31
MANUAL DE TREINAMENTO - ÁGUA FRIA
Anotações

32
DOUTORES DA CONSTRUÇÃO