Você está na página 1de 12

05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

 Login (/user/login) |

5 - TESTE DE FRIEDMAN
Início (/) / Técnicas Não Paramétricas (/tecnicas-nao-parametricas) / 5 - Teste de Friedman

O teste de Friedman é uma alternativa não paramétrica para o teste de experimentos em blocos ao acaso (RBD -
Randon Blocks Design) na ANOVA regular. Ele substitui o RBD quando os pressupostos de normalidade não estão
assegurados, ou quando as variações são possivelmente diferentes de população para população. Este teste
utiliza os ranks dos dados ao invés de seus valores brutos para o cálculo da estatística de teste. Como o teste de
Friedman não faz suposições sobre a distribuição, ele não é tão poderoso quanto o teste padrão se as populações
forem realmente normais.

Milton Friedman publicou os primeiros resultados para este tipo teste. Ele recebeu o Prêmio Nobel de Economia
em 1976 e uma das publicações sobre sua descoberta foi o artigo "O Uso de Ranks para evitar a suposição de
normalidade implícitos na análise de variância ", publicado em 1937.

Figura 5.1: Milton Friedman (1912-2006).

Lembremos que o projeto RBD exige medidas repetidas para cada bloco em cada nível de tratamento. Suponha
que Xij, representa o resultado experimental do fator (ou "bloco") i com o tratamento j, onde i = 1, ..., b e j = 1, ..., k.

  Tratamentos

Blocos  1 2 ... k

1 X11 X12 ... X1k

2 X21 X22 ... X2k


 

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 1/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

b Xb1 Xb2 ... Xbk

Tabela 5.1: Tabela Cruzada dos Dados.

Para calcular a estatística de teste de Friedman, ordenamos as k observações da menor para a maior de forma
separada em cada um dos b blocos e atribuímos os ranks {1, 2, ..., k} para cada bloco da tabela de observações.
Assim, a posição esperada de qualquer observação sob H0 é (k + 1)/2. Sendo r(Xij) o rank da observação
Xij de nimos a soma de todos os ranks da coluna j (ou seja, de cada tratamento) por

Se H0 é verdadeira, o valor esperado de Rj é E(Rj)=b(k+1)/2. Desta forma, a estatística

é uma forma intuitiva para revelar as diferenças entre os tratamentos.

A estatística do teste de Friedman será dada por

Se Fj(t) = F(t+τj) é a função de distribuição do tratamento j, com j = 1, 2, ..., k, no teste de Friedman estamos
interessados em testar a hipótese H0: τ1 = τ2 = ... = τk contra a hipótese alternativa de que τ1, τ2, ..., τk não são todos
iguais. Neste caso, ao nível de signi cância α, rejeitamos a hipótese H0 se S ≥ sα, caso contrário não rejeitamos a
hipótese nula, em que a constante sα é escolhida de modo que a probabilidade de erro do tipo I seja igual a α.

Aproximação para amostras grandes


Sob H0, a estatística S tem, quando n tende ao in nito, uma distribuição qui-quadrado com k-1 graus de
liberdade. Neste caso, utilizando a aproximação qui-quadrado, rejeitamos H0 se , caso contrário não
rejeitamos H0, onde é tal que .

Observações repetidas
Se existem observações repetidas entre as k observações de um mesmo bloco, uma modi cação para a estatística
S é necessária. Neste caso substituímos S por

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 2/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

no qual gi  denota o número de grupos de observações repetidas no i-ésimo bloco e ti,j  é o tamanho do j-ésimo
grupo de observações repetidas no i-ésimo bloco. Em particular, se não há observações repetidas entre as
observações no i-ésimo bloco, então gi  = k e ti,j  = 1 para cada j = 1, ..., k. Se em todos os blocos não existem
observações repetidas, então S' se reduz a S.

O p-valor é calculado da seguinte forma

Exemplo 5.1
Em uma avaliação de desempenho de veículos, seis motoristas avaliaram três carros (A, B e C) em um estudo
aleatório. O objetivo do estudo é estudar o desempenho dos veículos e supostamente, na análise dos motoristas,
a marca do veículo não in uencia na avaliação. Na tabela abaixo, temos as classi cações de cada carro, segundo
cada motorista, em uma escala de 1 a 10.
(/)
Carro Motorista Resposta

A 1 7

A 2 6

A 3 6

A 4 7

A 5 7

A 6 8

B 1 8

B 2 10

B 3 8

B 4 9

B 5 10

B 6 8

C 1 9

C 2 7
 

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 3/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

C 3 8

C 4 8

C 5 9

C 6 9

Inicialmente, montamos a tabela dos Ranks

Bloco A B C

1 1 2 3

2 1 3 2
 
3 1 2,5 2,5

4 1 3 2

5 1 3 2

6 1,5 1,5 3

Total 6,5 15 14,5

Neste caso, temos que os números de grupos de observações repetidas em cada bloco são g1  = 3,  g2  = 3,  g3  =
2,  g4  = 3,  g5  = 3 e  g6  = 2. Além disso, os tamanhos de cada grupo são dados por t1,1  =
t1,2 = t1,3 = t2,1 = t2,2 = t2,3 = t4,1 = t4,2 = t4,3 = t5,1 = t5,2 = t5,3 = 1 e, além disso, t3,1 = 1, t3,2 = 2, t6,1 = 2 e t6,2 = 1.

Neste caso, temos que a estatística S' é dada por

Neste caso o p-valor é

Comparações Múltiplas
 

No teste de Friedman, assim como no teste de Kruskal-Wallis, podemos realizar comparações múltiplas no teste
de Friedman. Quando a hipótese nula é rejeitada, temos que, ao menos um dos grupos é diferente dos demais.
Porém, não temos a informação de quais grupos são diferentes. Neste sentido, o procedimento de comparações
múltiplas nos permite determinar quais grupos são diferentes. Utilizamos um procedimento simples para
determinar quais os pares de grupos são diferentes.
 
Testamos a signi cância dos pares de diferenças entre os grupos i e j a partir da seguinte desigualdade.
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 4/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

em que

é o número de grupos;
é o número de blocos;
e é o soma dos postos (ranks) dos grupos e respectivamente, definidos na equação (5.1);
é a diferença observada;
é a diferença crítica.

Assim, se (5.2) ocorre podemos rejeitar a hipótese e concluir que Vale lembrar que,
neste teste de comparações múltiplas, se temos grupos, então o número de comparações é de Aplicamos
os conceitos no seguinte exemplo.

Exemplo 5.2 
Voltando ao exemplo 5.1. Temos o seguinte conjunto de dados.

clique aqui para efetuar o download dos dados utilizados nesse exemplo

(http://www.portalaction.com.br/sites/default/ les/manual/nao_parametricas/planilhas/teste_friedman.xls)

Carro Motorista Resposta

A 1 7

A 2 6

A 3 6

A 4 7

A 5 7

A 6 8

B 1 8

B 2 10

B 3 8

B 4 9

B 5 10

B 6 8

C 1 9

C 2 7  

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 5/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

C 3 8

C 4 8

C 5 9

C 6 9

No procedimento de comparações múltiplas, vamos seguir os seguintes passos:

1. Montamos a tabela de Ranks.

Bloco A B C

1 1 2 3

2 1 3 2

3 1 2,5 2,5

4 1 3 2

5 1 3 2

6 1,5 1,5 3

Total 6,5 15 14,5

2. Calculamos as diferenças observadas:

Comparação

A-B 6,5 15 8,5

A-C 6,5 14,5 8

B-C 15 14,5 0,5

3. Consultar na tabela da normal padrão o valor de Z:

4. Calcular a diferença crítica:

Veja a seguir os resultados obtidos pelo software Action para o mesmo exemplo.

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 6/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

Para entender como executar essa função do Software Action, você pode consultar o manual do usuário.
(/manual-nao-parametricos/teste-de-friedman-para-avaliacao-do-desempenho-de-tres-diferentes-carros)

‹ 4 - Teste de Kruskal Wallis (/tecnicas-nao- acima Modelo de Intensidade › (/tecnicas-nao-


parametricas/teste-de-kruskal-wallis) (/tecnicas- parametricas/modelo-de-intensidade)
nao-
parametricas)

Dúvidas sobre esse conteúdo? Comente:


29 Comentários Portal Action 
1 Entrar

Ordenar por Mais votados


 Recomendar ⤤ Compartilhar

Participe da discussão...

FAZER LOGIN COM

OU REGISTRE-SE NO DISQUS ?

Nome

Rodrigo Nunes Oliveira • 2 meses atrás


Olá administradores! Em primeiro lugar parabéns pela explicação, uma das mais detalhadas e
simples que encontrei na internet, excelente trabalho!
Estou implementando um algoritmo que utiliza o teste de Friedman, e estou com a seguinte
dúvida:
- No item 3 do exemplo, onde lê-se " Consultar na tabela da normal padrão o valor de Z:", eu
não consegui encontrar este valor de 2,3939, nas tabelas de distribuição normal padrão Z que
encontrei na web, não consegui localizar este valor. Poderiam me auxiliar com esta questão?
 
Me desculpe pela pergunta leiga, mas como sou de outra área, tenho um pouco de
dificuldade nos conceitos estatísticos. Obrigado!
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 7/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action
dificuldade nos conceitos estatísticos. Obrigado!
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Rodrigo Nunes Oliveira • 2 meses atrás

Olá Rodrigo! basta calcular o quantil da distribuição normal padrão (normal com média
zero e desvio padrão 1). Recomendo utilizar o Action Stat.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Adriana • 3 meses atrás


Oi, boa noite! Você poderia me ajudar? Esse teste pode ser aplicado para se analisar uma
amostra coletada em diferentes tempos em comparação a um controle?
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Adriana • 2 meses atrás

Olá Adriana! desde que os tempos sejam tratados como blocos, sim.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Lara • 3 meses atrás


Olá, bom dia! Gostaria de esclarecer umas dúvidas sobre como proceder com esse teste.
Tenho um bifatorial, duas variaveis independentes (tratamento 1 com 2 niveis, e tratamento 2
com 5 niveis, todos dados quantitativos) e dez variaveis dependentes, organizados em
parcelas sub-divididas e em blocos. Os dados são não paramétricos. Nesse caso como
proceder? Posso utilizar o teste de Friedmann? Procedo com os dados da interação trat 1 x
trat 2, ou tenho que separar os dados por tratamento e rodá-los individualmente? Outra
questão é rodo uma variavel dependente por vez, ou posso pedir pro programa rodá-las todas
de uma vez.? E caso dê significativo , qual proximo teste devo utilizar para verificar qual
grupo foi superior? Grata pela atenção.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Lara • 3 meses atrás

Olá Lara, neste caso você deve rodar uma variável dependente por vez. Caso
contrário seria análise multivariada.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

silvano oliveira • 3 meses atrás


Estou tentando aplicar para dados com medidas repetidas, onde tenho 11 medições da
mesma variável e ainda gostaria de verificar se há diferenças segundo uma outra variável de
estratificação dos dados (exemplo: grupo 1 e grupo 2), como faço? Obrigado.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > silvano oliveira • 3 meses atrás

Olá Silvano! basta ler a seção anterior. Bons estudos.


△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Guilherme Braghirolli • 4 meses atrás


Boa tarde, percebi que usando o teste de Friedman, os resultados ficam diferentes de acordo
com o ordenamento dos meus dados..Tenho 4 tratamentos A,B,C,D e 9 indivíduos. De acordo
 
com qual das colunas devo ordenar os dados para que o resultado seja correto? No exemplo
citado não percebi um ordenamento..Obrigado
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 8/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action
citado não percebi um ordenamento..Obrigado
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Guilherme Braghirolli • 3 meses atrás

Olá Guilherme! poderia enviar seu conjunto de dados para


estatistica@estatcamp.com.br?
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Sabrina Gonçalves • 5 meses atrás


Bom dia, gostaria de saber se alguém de vocês sabem algum script para fazer a tabela de
comparação entre os fatores no "R", estou usando R cmdr, mas não sei programar, consegui
usar várias ajudas de colegas e tutoriais, me falta apenas esse script!

Abraços
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Dorival Leão Mod > Sabrina Gonçalves • 4 meses atrás

Você pode realizar o teste utilizando o Action Stat....,

http://www.portalaction.com...
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Suéllen Martinelli • 7 meses atrás


Olá pessoal, obrigada pela matéria sobre o assunto! Apesar disso, ainda estou tendo
dificuldades em localizar algo que explique com clareza o significado de cada amostra a ser
aplicada com o Friedman no Minitab. Eu entendi na teoria como funciona, mas gostaria de
fazer isso pelo Minitab, para que eu pudesse gerar tanto esse comparativo mostrado no final
desse artigo, assim como gráficos. No Minitab, ele me dá um espaço para comparar 3
amostras consecutivas, sendo que preciso comparar 4, além de eu não saber em qual espaço
vai cada amostra. Vocês poderiam me ajudar?
Desde já, muito obrigada! ;)
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Suéllen Martinelli • 6 meses atrás

Olá Suéllen! Desculpe, mas não avaliamos resultados de outros softwares.


△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Aylton Junior • 7 meses atrás


Boa tarde,

estou analisando meus dados no SAS pelo teste de Friedman, entretanto não consigo aplicar
o teste de média e não encontrei nenhum modelo de script (Dunnett no meu caso, para
comparar minhas médias com o grupo no tempo 0), sei que é possível pois todos os artigos
do tema aplicam o Dunnett após o teste de Friedman. Teria algum modelo ou informação
sobre sua aplicação no SAS?
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Aylton Junior • 6 meses atrás


Olá Aylton! Desculpe, mas não avaliamos resultados de outros softwares.  
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 9/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action
△ ▽ • Responder •

Ruan CMont • 8 meses atrás


Olá, o teste pode ser aplicado para analisar um set de dados de curva de crescimento em
ordem crescente, onde os blocos contendo os "carros" referem-se aos organismos e o as
linhas (contendo no exemplo acima os motoristas) são ocupadas pelo tempo de medição.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Ruan CMont • 8 meses atrás

Olá Ruan! pode ser apicado, pois trata-se de um método não paramétrico.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Antonio Pedro Fragoso Woycikie • 9 meses atrás


Boa tarde,

Qual a tabela usada para obter o valor de Z, na comparação multipla???

Obrigado.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Antonio Pedro Fragoso Woycikie • 9 meses atrás
Olá Antônio! basta calcular o quantil da Z para um percentil de alpha/k(k-1). Bons
estudos.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Ingrid Rodrigues • 10 meses atrás


Bom dia,
Tenho dois parâmetros que quero comparar para 5 diferentes tratamentos. Você sabe se o
teste Friedman seria adequado?
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Ingrid Rodrigues • 10 meses atrás


Olá Ingrid! tudo bem? a preferência é primeiro usar um modelo paramétrico. Mas caso
não seja este o problema, pode ser aplicado sem problemas.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Magno • um ano atrás


Bom dia,
O "Teste de Friedman" foi utilizado em um estudo piloto de compatibilidade eletromagnética.
Basicamente o Teste de Friedman foi utilizado para verificar se uma perturbação elétrica era
devido ao sinal injetado intencionalmente no ambiente ou se era proveniente de ruído.
Captou-se 30 replicas subsequentemente dessa perturbação elétrica injetada
intencionalmente e avaliou-se com o Teste de Friedman. Usou-se também o F de Cohen para
avaliar a quantidade de amostras necessárias.

É adequada esta abordagem?


△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Magno • um ano atrás


 
Olá Magno, tudo bem? quanto a utilização do teste de Friedman não vejo problema,
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 10/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

visto que este é um teste não paramétrico. O teste de Friedman estamos avaliando a
diferença entre as pseudo-medianas. Agora o teste F você estará apenas testando as
variâncias. Neste último caso é necessário testar as médias, mas para isto teste a
normalidade dos dados antes. Bons estudos.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Magno > Equipe Portal • 10 meses atrás


Muito obrigado!
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Samylla • um ano atrás


Oi gostaria de saber se esse teste é indicado para analisar os resultados obtidos com um
questionário feito com escala Likert de 5 pontos. Onde a população é 125 e foram feitas 9
perguntas.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Samylla • um ano atrás


Olá Samylla!! tudo bem? Para este conjunto de dados o modelo mais adequado é o
multinomial para dados nominais ou ordinais. Bons Estudos.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Flávia • um ano atrás


Gostaria de saber se o teste de Friedman é indicado quando tenho dois grupos (pequenos,
n=7) e duas avaliações de cada grupo (avaliação inicial e final)?
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

Equipe Portal Mod > Flávia • um ano atrás

Olá Flávia !! tudo bem? O teste de Friedman pode ser feito com dois grupos, porém
temos que ter os blocos no experimento. Neste caso, recomendo utilizar o Kruskal-
Wallis. Bons estudos.
△ ▽ • Responder • Compartilhar ›

TÉCNICAS NÃO PARAMÉTRICAS (/TECNICAS-NAO-PARAMETRICAS)


1 - Teste de Wilcoxon - Amostra Única (/tecnicas-nao-parametricas/teste-de-wilcoxon-amostra-unica)
2 - Teste de Wilcoxon-Mann-Whitney - Amostras Independentes (/tecnicas-nao-parametricas/teste-de-wilcoxon-mann-whitney-amostras-
independentes)
3 - Teste de Wilcoxon Pareado (/tecnicas-nao-parametricas/teste-de-wilcoxon-pareado)
4 - Teste de Kruskal Wallis (/tecnicas-nao-parametricas/teste-de-kruskal-wallis)
5 - Teste de Friedman (/977-5-teste-de-friedman)
Modelo de Intensidade (/tecnicas-nao-parametricas/modelo-de-intensidade)
Referências Bibliográficas (/tecnicas-nao-parametricas/referencias-bibliograficas)

 
SOBRE O PORTAL ACTION
http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 11/12
05/08/2017 5 - Teste de Friedman - Técnicas Não Paramétricas | Portal Action

O Portal Action é mantido por Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade e por DIGUP - Desenvolvimento
de Sistemas e Consultoria Estatística, com o objetivo de disponibilizar uma ferramenta estatística em conjunto
com uma fonte de informação útil aos pro ssionais interessados.

 ESTATCAMP (http://www.estatcamp.com.br)
LINKS IMPORTANTES

Home (http://www.portalaction.com.br/)
Action Stat (/sobre-o-action)
Sobre o Action Stat (/sobre-o-action)
Action Stat Pro (/action-stat-pro)
Action Stat Quality (/action-stat-quality)
Download (/content/download-action)
Manual do Usuário (/manual-action-stat)
FAQ (/faq-page)
Ambiente de Aprendizado (/ambiente-virtual-de-aprendizado)
Serviços (/servicos)
Loja (http://loja.portalaction.com.br)
Contato (/contato)

FACEBOOK

Portal Action
5,6 mil curtidas

Curtir Página

Seja o primeiro de seus amigos a curtir


CONTATO
isso.

  28 de Setembro,2066 - B, São Carlos - SP | CEP 13560-270

 Telefone: (16) 3376-2047

 E-Mail: estatistica@estatcamp.com.br
 

http://www.portalaction.com.br/977-5-teste-de-friedman 12/12