Você está na página 1de 11

CONCURSO ANCINE 2008

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA AS PROVAS ESCRITAS

Cargo: Especialista em Regulação da Atividade Cinematográfica e Audiovisual

I – Conhecimentos Básicos

D1 - LÍNGUA PORTUGUESA

Compreensão, interpretação e reescritura de textos, com domínio das relações


Morfossintáticas, semânticas e discursivas: 1. Tipologia textual. 2. Paráfrase, perífrase,
síntese e resumo. 3. Significação literal e contextual de vocábulos. 4. Processos de
coesão textual. 5. Coordenação e subordinação. 6. Emprego das classes de palavras. 7.
Concordância. 8. Regência. 9. Estrutura, formação e representação das palavras. 10.
Ortografia oficial. 11. Pontuação. 12. Redação.

D2 - LÍNGUA ESTRANGEIRA / LÍNGUA INGLESA

1- Estratégias de leitura: compreensão geral do texto; reconhecimento de informações


específicas; capacidade de análise e síntese; inferência e predição; reconhecimento do
vocabulário específico em textos técnicos e/ou semi-técnicos; palavras cognatas e falsos
cognatos. 2 - Estratégias discursivas: tipo de texto; função e estrutura discursivas;
marcadores do discurso; elementos de coesão e coerência textual. 3 - Aspectos
gramaticais: tempos verbais; modais; uso de preposições, conjunções, pronomes;
concordância nominal e verbal; formação de palavras; relações de coordenação e
subordinação; expressões idiomáticas. 4 - Aspectos pragmáticos: o uso da língua inglesa
e sua variação contextual; atos da fala; atenuadores e agravadores pragmáticos;
marcadores de polidez; indiretividade.

D3 – CONHECIMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA

1 Conceitos de Internet e de Intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de


tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet/Intranet. 2.1
Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão,
de busca e pesquisa. 3 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias,
ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores,
conceitos de hardware e de software. 3.1 Procedimentos, aplicativos e dispositivos para
armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup). 3.2
Conceitos de organização e de gerenciamento de arquivos, pastas e programas,
instalação de periféricos. 3.3 Principais aplicativos para: edição de textos, planilhas e
apresentações.

D4 - RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

1- Noções Básicas de Lógica Matemática: Cálculo Proposicional; Argumentação;


Argumento Dedutivo e Argumento Indutivo. 2- A Teoria dos Conjuntos e Problemas
com Diagramas: Aplicações dos Diagramas de Venn-Euler. 3 - Questões Clássicas de
Raciocínio e Importantes Métodos Algébricos e Aritméticos: Regra de Três; Regra de
Sociedade; Regra do Falso Número; Princípio da casa dos pombos; Princípio
Multiplicativo e problemas de contagem. 4 - Seqüências Lógicas e Leis de Formação.
Descoberta da lei de formação de seqüências envolvendo números, letras, figuras
geométricas, palavras, etc.

II – Conhecimentos Complementares

D5 - FUNDAMENTOS DAS ATIVIDADES CINEMATOGRÁFICAS E


AUDIOVISUAIS

1. Legislação aplicável: Disposições constitucionais sobre direitos fundamentais,


cultura, comunicação e ordem econômica. Medida Provisória n.º 2.228/ 2001. Leis n.º
4.117/1962, 8.313/1991, 8.685/1993, 8.977/1995, 9.472/1997, 10.359/2001,
10.454/2002, 10.610/2002, 11.437/2006, 11.505/2007 e 11.652/2008. Decretos n.º
52.795/1963, 4.121/2002, 4.456/2002, 4.858/2003, 4.901/2003, 4.920/2003,
5.820/2006, 6.293/2007, 6.299/2007, 6.304/2007, 6.325/2007, 6.590/2008. 2. História
do cinema brasileiro. Os ciclos do cinema. A relação do Estado com o cinema:
intervenção econômica na produção e distribuição. Políticas de incentivo. As cotas
mínimas de exibição. A retomada da produção. 3. Características e funcionamento da
indústria cinematográfica e audiovisual brasileira. A cadeia produtiva e os segmentos de
mercado. Características do parque exibidor. 4. Tópicos atuais e relevantes nas áreas de
política, economia e sociedade, com ênfase no mercado cinematográfico e audiovisual.
A convergência tecnológica e o impacto das novas tecnologias. As novas relações de
direitos autorais no ambiente convergente. O sistema brasileiro de televisão digital. A
classificação indicativa. A televisão pública. As estratégias de promoção do pluralismo
e da diversidade. 5. Questões relevantes sobre a história das políticas nacionais das
comunicações no Brasil. Regulação da comunicação eletrônica no Brasil. 6. A política
internacional do audiovisual. Os serviços audiovisuais no âmbito da Organização
Mundial do Comércio. O audiovisual no âmbito da Convenção da Diversidade Cultural
da UNESCO. As políticas do audiovisual no âmbito do MERCOSUL: a RECAM.

D6 - FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (GESTÃO PÚBLICA


E FUNDAMENTOS DE DIREITO CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO)

1. Noções sobre Gestão Pública. Conceitos de Estado e sociedade. Formação do Estado


e da Administração Pública. Modelos teóricos de Administração Pública:
patrimonialista, burocrático e gerencial. Evolução da Administração Pública no Brasil.
Reformas de Estado no Brasil Recente: República Velha (1889-1930); Reforma
burocrática (1936); Período militar e a segunda reforma: Decreto-lei 200 (1967);
Programa Nacional de Desburocratização; Plano Diretor da Reforma do Aparelho do
Estado (1995). 2. Noções de Direito Constitucional. Princípios fundamentais.
Organização do Estado. Organização dos Poderes. Processo legislativo e hierarquia
normativa. Direitos e garantias fundamentais. Sistema Tributário Nacional. Princípios
gerais da atividade econômica. A ordem constitucional da cultura e das comunicações.
3. Noções de Direito Administrativo. Princípios da Administração Pública.
Administração direta e indireta. Servidores públicos e carreiras das agências
reguladoras: Leis n.º 8.112/1990 e 10.871/2004. Noções de Licitações e Contratos
Administrativos. Atos Administrativos: conceitos, requisitos, elementos, pressupostos e
classificação. Processo administrativo federal. Os controles interno e externo.
Responsabilização e Prestação de Contas. Controle e Desempenho. Transparência. Ética
no exercício da função pública: Decreto nº 1.171/1994.
D7 - FUNDAMENTOS DE ECONOMIA DA REGULAÇÃO

1. Conceitos: ofertas e demandas competitivas, equilíbrio, falha do mercado. 2.


Necessidade de regulação. 3. O papel regulador do Estado: pressupostos, objetivos e
instrumentos; finalidades e competências institucionais da Agência Nacional do Cinema
(ANCINE) na regulação e no desenvolvimento da indústria cinematográfica e
audiovisual brasileira. 4. Os impactos da regulação na estruturação e funcionamento do
mercado cinematográfico e audiovisual. As falhas no mercado de produção, distribuição
e exibição. 5. As relações entre regulação e defesa da concorrência. Questões
concorrenciais na indústria cinematográfica e audiovisual brasileira.

III – Conhecimentos Específicos

D8 - CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONFORME A ÁREA DE


OPÇÃO/GRUPO PROGRAMÁTICO (E51, E52, E53, E54 OU E55)

OPÇÃO E51

1. Economia Política e Indústria do Audiovisual. Fundamentos econômicos e


políticos da indústria do audiovisual. Hollywood e as indústrias nacionais de cinema. As
emissoras de televisão: a exploração privada e os diferentes arranjos de exploração
pública. A desregulamentação da exploração da televisão a partir dos anos oitenta.
Oligopolização e globalização: as transnacionais da comunicação. As produtoras e
distribuidoras independentes. Reestruturação produtiva dos mercados de informação e
do entretenimento sob a égide da competitividade global e da aceleração tecnológica.
Efeitos da globalização econômica, da mundialização cultural e da convergência
multimídia nos produtos e negócios da mídia. Os fatores políticos, econômicos e
tecnológicos na configuração dos atuais sistemas e meios de comunicação. As
corporações midiáticas e suas formas de domínio e influência no mercado de bens
simbólicos. 2. Políticas e Estratégias da Comunicação. A comunicação como eixo
estratégico na definição de políticas públicas sociais e de políticas de programação.
Análise de estratégias comunicacionais nas esferas públicas e privadas, suas
conseqüências e implicações sociais. As diferentes formas de controle da informação na
ação política. O papel do Estado e da sociedade civil na formulação de medidas para a
democratização dos sistemas de comunicação. 3. Economia Empresarial e Gestão
Midiática. Noções sobre Economia da Mídia. Estruturas de mercado. Economias de
escala e de escopo. Estratégias corporativas. Concentrações verticais, horizontais e
diagonais. Efeitos da concentração do market share. Economia da mídia e políticas
públicas: princípios aplicáveis, pluralidade de informação e direito de acesso, regulação
da propriedade nas comunicações, concentração do mercado e promoção da
concorrência, regionalização da produção e ingresso de novos fornecedores de
conteúdo. Características do mercado cinematográfico: cadeia produtiva, estruturação
das rendas, falhas de mercado, barreiras à entrada e obstáculos à produção
independente, impactos de novas tecnologias. Características do mercado de televisão:
cadeia produtiva, modelos de financiamento das emissoras e programadoras, falhas de
mercado, windowing. Obrigações regulatórias das empresas audiovisuais: prestação de
informações e envio de relatórios; registro de empresas audiovisuais; registro de obras
audiovisuais; hipóteses de incidência, responsabilidade e recolhimento da Contribuição
para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional (CONDECINE);
cumprimento da cota de tela. 4. Dinâmica do Mercado Cinematográfico. Produção e
agentes envolvidos. Custos de produção: tipos e componentes orçamentários. Fases da
produção: pré-produção, produção propriamente dita, pós-produção. Causas de variação
dos custos de produção. Contratação e desenvolvimento do roteiro. Conceitos de obra
original, obras derivadas, remakes, seqüências, development deal e turnaround.
Estratégias de financiamento. Recursos próprios. Financiamento bancário. Garantia de
finalização (completion garantee). Aquisição antecipada por exibidores e distribuidores.
Blind bidding. Aquisição antecipadas por emissoras ou programadoras. Co-produção.
Recursos incentivados. Distribuição. Custos de distribuição. Relações entre
distribuidores e exibidores. Estratégias de distribuição: exclusiva (restringida ou
limitada), exibição em plataforma e estréia maciça. Blockbooking. Repartição da receita
de exibição e comissão de distribuição. Conceito de janelas de exibição e segmentos de
mercado. Produção independente. Características básicas: inovação, especialização,
promoção de novos talentos. Relação entre produtores independentes e as majors.
Relações contratuais típicas: pickup deal, first look deal, exclusive deal, housekeeping
deal. 5. Dinâmica do Mercado de Televisão. Sistemas de distribuição: radiodifusão,
televisão por assinatura (Cabo, MMDS e DTH), vídeo doméstico, vídeo sob demanda e
novas formas de distribuição. Estratégias de programação e constituição da grade.
Produção para televisão. Produção própria, comissionamento/terceirização, co-produção
e aquisição. Relação entre emissoras e produtoras independentes. Conceito de pitching.
Estratégias de merchandising, product placement e brand placement. 6. Utilização de
recursos incentivados. Mecanismos de fomento às atividades cinematográficas e
audiovisuais. Políticas de fomento da indústria cinematográfica e audiovisual: programa
nacional de apoio à cultura (Lei n.º 8.313/91 e alterações posteriores) e programa de
fomento à atividade audiovisual (Lei n.º 8.685/93 e alterações posteriores). A utilização
do mecanismo do inciso X do art. 39 da Medida Provisória n.º 2.228-1/2001. O Fundo
Setorial do Audiovisual. Mecanismos de fomento para o segmento de mercado de salas
de exibição. Classificação das empresas produtoras proponentes de projetos de
produção independente de obras audiovisuais. Elaboração, apresentação e o
acompanhamento de projetos de obras audiovisuais.

OPÇÃO E52

1. Estatística. Teoria da probabilidade. Distribuições de probabilidade. Momentos das


distribuições. Amostragem. Inferência estatística. Estimação por ponto e por intervalo.
Independência estatística. Desvio-padrão. Variância. Covariância. Análise de variância.
Intervalo de confiança. Teste de hipóteses. Correlação. Regressão Linear. Simulação de
Monte Carlo. Séries temporais. Números índices. 2. Fundamentos de Economia
Aplicada. 2.1 Microeconomia. Equilíbrio geral. Bens Públicos. Subsídios, tributação,
eficiência econômica e distribuição da renda. 2.2 Estado e regulação. Regulação de
mercados. Regulação dos incentivos. Conceitos básicos: monopólios naturais, estruturas
de mercado, indústrias de rede, eficiência econômica, externalidades, bens públicos,
assimetria de informação. Falhas de mercado. Falhas de governo. Regulação econômica
e agências reguladoras. Órgãos reguladores no Brasil: histórico, características das
autarquias. Abordagens: teoria econômica da regulação, teoria da captura, teoria do
agente-principal; condicionamentos políticos da regulação. 2.3. Defesa da concorrência.
Análise de atos de concentração, práticas e condutas anti-competitivas. O sistema
brasileiro de defesa da concorrência. 2.4 Macroeconomia: papel dos gastos públicos.
Política fiscal e monetária: instrumentos, interação e efeitos sobre a demanda e o
produto. Títulos públicos, déficit e dívida pública. Inflação e déficit público.
Alternativas de financiamento do déficit público. Relação entre déficit público,
poupança interna e resultado das contas do setor externo. 2.5 Teoria do
desenvolvimento econômico. Marco histórico do desenvolvimento econômico
brasileiro. O modelo de desenvolvimento econômico e social atual. Cultura e
desenvolvimento econômico. Modelos de negócios e financiamento das atividades
cinematográficas e audiovisuais. 3. Fundamentos de Contabilidade. Princípios
contábeis fundamentais (aprovados pelo Conselho Federal de Contabilidade, pela
Resolução CFC n.º 750/93, publicada no DOU de 31/12/93, Seção I, pág. 21582).
Patrimônio: componentes patrimoniais: ativo, passivo e situação líquida (ou patrimônio
líquido). Diferenciação entre capital e patrimônio. Equação fundamental do patrimônio.
Representação gráfica dos estados patrimoniais. Fatos contábeis e respectivas variações
patrimoniais. Conta: conceito. Débito, crédito e saldo. Teorias, função e estrutura das
contas. Contas patrimoniais e de resultado. Apuração de resultados. Escrituração.
Conceito e métodos e processos. Lançamento contábil: rotina e fórmulas. Escrituração
de operações financeiras. Escrituração de operações típicas. Balanço patrimonial.
Avaliação de investimentos. Levantamento do balanço de acordo com a Lei n.º 6.404/76
(Lei das Sociedades por Ações) e alterações posteriores. Demonstração do resultado do
exercício: estrutura, características e elaboração de acordo com a Lei n.º 6.404/76 e suas
alterações. Apuração da receita líquida. Apuração do lucro bruto e do lucro líquido.
Destinação do lucro: participações, imposto de renda e absorção de prejuízos.
Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados: forma de apresentação de acordo
com a Lei n.º 6.404/76 e alterações. Transferência do lucro líquido para reservas.
Dividendo mínimo obrigatório. Capital de giro: origens e aplicações. 4. Fundamentos
de análise e avaliação de empresas e investimentos. Estrutura conceitual para a
elaboração e apresentação das demonstrações contábeis de acordo com a Deliberação
CVM n.º 539, de 14/3/2008. Diferenças entre contabilidade gerencial e contabilidade
financeira. O papel da informação não-financeira no processo gerencial. Balanced
Scorecard. Conceitos fundamentais em custos. Custo de oportunidade, custos
imputados e custos perdidos. Demonstração Financeira de acordo com os art. 176 a 188
da Lei n.o 6404/76 (texto atualizado). Avaliação de investimentos em coligadas e
controladas de acordo com os art. 248 a 250 da Lei n.º 6.404/76 e Instrução CVM n.º
247, de 27/3/96 (texto consolidado). Análise do retorno sobre o capital empregado:
componentes do retorno sobre o capital empregado, retorno sobre o ativo, alavancagem
financeira e retorno sobre o patrimônio líquido. Análise da rentabilidade. A equação de
DuPont e seus componentes: margem operacional e giro do ativo operacional, análise da
formação da margem. operacional. Análise da qualidade do lucro líquido. Análise de
liquidez: análise do fluxo de caixa, análise do ciclo operacional e análise do ciclo
financeiro. Análise do índice de cobertura das despesas financeiras líquidas. Análise
horizontal e vertical. Análise de tendências. Grupos de comparação. Limitações da
análise por indicadores. 5. Métodos e Técnicas de Pesquisa no Setor Público. Coleta
de dados e informações. Estudos de problemas no setor público: metodologia para
formulação de programas e definição de indicadores de resultados. Criação de cenários.
Métodos e técnicas de avaliação.

OPÇÃO E53

1. Fundamentos de Direito Internacional Público. Relacionamento entre Direito


Internacional e Direito Interno. Fontes do Direito Internacional. Tratados Internacionais:
Convenção de Viena de 1969. Gênese, tratado em vigor, extinção: plano internacional e
plano interno. Expressão do consentimento: sistema brasileiro (competências,
pressupostos constitucionais). Sujeitos do Direito Internacional. Responsabilidade
internacional do Estado. Organizações Internacionais: teoria geral (definição,
classificação, criação, extinção, personalidade jurídica, estrutura orgânica, ordem
jurídica, privilégios e imunidades). Organização das Nações Unidas (ONU).
Organização Mundial do Comércio (OMC). Organização Mundial da Propriedade
Intelectual (OMPI). A UNESCO. 2. Direito da integração. Noções. Mercosul e União
Européia: marco jurídico, estrutura e funcionamento. 3. Relações Econômicas
Internacionais. Determinação de vantagens comparativas e padrões de comércio
internacional. Produtividade do trabalho e a teoria ricardiana das vantagens
comparativas. Papel das dotações relativas de fatores de produção. Modelo Heckscher-
Ohlin. Novas teorias. Modelo Venon e Linder. Vantagens comparativas e ganhos do
comércio internacional. Concorrência imperfeita e comércio internacional.
Concorrência monopolista e a determinação dos padrões de comércio internacional.
Comércio intra-firmas e suas implicações para o comércio internacional. Desafios à
teoria das vantagens comparativas: economias de escala. Balanço de pagamentos.
Efeitos do comércio internacional. Equilíbrio em economias abertas. Natureza dos
ganhos do comércio. Efeitos do comércio e de políticas protecionistas sobre a
distribuição de renda.. Comércio, crescimento e desenvolvimento econômico. Comércio
internacional e economias de escala. Comércio internacional e desenvolvimento
tecnológico. Comércio internacional e formação de capital. Comércio internacional e
padrões de consumo. Modelos de industrialização. Industrialização por substituição de
importações. Industrialização orientada para exportações. Instrumentos de proteção a
indústrias nascentes: implicações. Subsídios a exportações e comércio internacional.
Sistema multilateral de comércio. Organização Mundial do Comércio (OMC): textos
legais, estrutura, órgãos, funcionamento. Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio
(GATT). Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (GATS). Exceções às normas do
GATT e do GATS. Acordo sobre Medidas de Investimentos Relacionadas ao Comércio
(TRIMS). Acordo sobre Aspectos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio
(TRIPS). Órgão de Solução de Controvérsias: princípios básicos e funcionamento. 4.9.
Acordos sobre barreiras técnicas ao comércio. Regras de origem. Valoração aduaneira.
Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).
Sistema Geral de Preferências (SGP). Sistema Global de Preferências Comerciais entre
Países em desenvolvimento (SGPC). Processos de Integração Regional. Zona de
Preferência Tarifária. Área de Livre Comércio. União Aduaneira. Mercado Comum.
União Econômica. Política comercial brasileira. Instituições e normas da política
brasileira de comércio exterior. Políticas brasileiras de integração econômica e de
liberalização comercial. Compromissos internacionais do Governo brasileiro. Teoria do
investimento internacional: investimento de portfólio, investimento externo direto,
teoria da internalização da produção, problema da transferência, impacto do IED e das
empresas transnacionais. 4. Comércio Exterior. As instituições intervenientes no
comércio exterior e no Brasil: o papel dos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria e
Comércio, da Fazenda, das Relações Exteriores e do Banco Central e seus respectivos
órgãos pertinentes; a Câmara de Comércio Exterior O aparato administrativo de
comércio exterior: a Secretaria de Comércio Exterior (SECEX): estrutura e
competências. O Sistema Integrado de Comércio Exterior (SISCOMEX): importação e
exportação. A classificação aduaneira. Termos internacionais de comércio
(INCOTERMS). Importação. Requisitos administrativos. Licenciamento de
importações. Despacho aduaneiro. Tratamento tributário. Pagamentos internacionais.
Intervenção bancária no mecanismo de pagamento. Modalidades de pagamentos:
remessa antecipada; remessa sem saque; cobrança; crédito documentário. Câmbio.
Regimes aduaneiros. Exportações. Procedimentos administrativos e registros.
Incentivos às exportações brasileiras. Promoção de exportações: a Agência de
Promoção de Exportações (APEX); competências e linhas de ação. Defesa comercial no
Brasil. O sistema brasileiro de defesa comercial: estrutura e procedimentos. Medidas de
defesa comercial: direitos anti-dumping; direitos compensatórios; salvaguardas. 5.
Aspectos internacionais contemporâneos do Audioviosual. Blocos econômicos e o
mercado cinematográfico e do audiovisual. Instrumentos internacionais com implicação
na cooperação para o desenvolvimento da indústria cinematográfica e audiovisual.

OPÇÃO E54

1. Direito da Propriedade Intelectual. Dimensão civil-constitucional da proteção da


criação intelectual. Normas internacionais de proteção à propriedade intelectual.
Proteção das marcas e signos distintivos. Lei n.º 9.279/96. Proteção ao direito do autor.
Lei n.º 9.610/1998. Distinções entre o sistema de copyright e direito de autor. Conceito
de criação, originalidade, obras protegidas e formatos. Direitos morais e patrimoniais de
autor. Limites e exceções aos direitos de autor. Direitos conexos. Cessão de direitos e
características contratuais. Obras derivadas. Licenciamento de produtos. Direitos
autorais nas obras audiovisuais. As entidades de gestão coletiva dos direitos autorais das
obras audiovisuais: experiências internacionais. O papel do ECAD. Os direitos das
entidades de radiodifusão. A propriedade intelectual na era digital: medidas contra a
pirataria, novas modalidades de negócios, medidas tecnológicas de proteção,
compensação por cópia privada, função social da propriedade intelectual, direito de
acesso, licenças colaborativas e “creative commons”. 2. Direito Constitucional.
Constituição: conceito e classificação. Normas constitucionais: classificação.
Preâmbulo, normas constitucionais programáticas e princípios constitucionais.
Disposições constitucionais transitórias. Hermenêutica constitucional. Princípios da
razoabilidade e da proporcionalidade. Direitos e garantias fundamentais. Colisão de
direitos e ponderação de interesses. Princípio da legalidade e da reserva legal. Princípio
da isonomia. Princípio do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa. As
críticas contemporâneas ao princípio da supremacia do interesse público. Poder
constituinte. Controle de constitucionalidade: sistema brasileiro, ações típicas e
processo constitucional. Regime constitucional da propriedade e sua função social.
Estado federal: conceito e sistemas de repartição de competência. Estado Democrático
de Direito: fundamentos constitucionais e doutrinários. Organização dos Poderes:
mecanismos de freios e contrapesos. União: competência. Estados: autonomia e
competências. Distrito Federal e Municípios: competências. Princípio da
subsidiariedade. Administração pública: princípios constitucionais. Servidores públicos:
princípios constitucionais. Poder Legislativo: organização, atribuições, processo
legislativo e espécies normativas constitucionais. Poder Executivo. Presidente da
República: poder regulamentar e edição de medidas provisórias. Ministro de Estado.
Poder Legislativo: prerrogativas e vedações. Poder Judiciário: organização. Supremo
Tribunal Federal: organização e competência. Súmula Vinculante. Conselho Nacional
de Justiça e do Ministério Público. Superior Tribunal de Justiça: organização e
competência. Justiça federal: organização e competência. Ministério Público: princípios
constitucionais. Advocacia Pública: representação judicial e extrajudicial das pessoas
jurídicas de direito público, consultoria e assessoramento jurídico do Poder Executivo,
organização e funcionamento. Limitações constitucionais do poder de tributar. Ordem
econômica e ordem financeira. Intervenção do Estado no domínio econômico. Ordem
constitucional da comunicação e da cultura. Direitos econômicos, sociais e culturais
(DESC). Direitos difusos coletivos e individuais homogêneos. Direitos sociais, sua
efetivação e exigibilidade. 3. Direito Administrativo. Conceito de administração
pública sob os aspectos orgânico, formal e material. Fontes do direito administrativo:
doutrina e jurisprudência na formação do direito administrativo. Descentralização e
desconcentração da atividade administrativa. Relação jurídico-administrativa.
Personalidade de direito público. Conceito de pessoa administrativa. Teoria do órgão da
pessoa jurídica: aplicação no campo do direito administrativo. Classificação dos órgãos
e funções da administração pública. Competência administrativa: conceito e critérios de
distribuição. Avocação e delegação de competência. Ausência de competência: agente
de fato. Hierarquia. Poder hierárquico e suas manifestações. Autarquias. Agências
reguladoras e executivas. Fundações públicas. Empresa pública. Sociedade de economia
mista. Entidades paraestatais. Fatos da administração pública: atos da administração
pública e fatos administrativos. Formação do ato administrativo: elementos;
procedimento administrativo. Validade, eficácia e auto-executoriedade do ato
administrativo. Atos administrativos simples, complexos e compostos. Atos
administrativos unilaterais, bilaterais e multilaterais. Atos administrativos gerais e
individuais. Atos administrativos vinculados e discricionários. Mérito do ato
administrativo, discricionariedade. Controle do ato administrativo. Ato administrativo
inexistente. Atos administrativos nulos e anuláveis. Teoria das nulidades no direito
administrativo. Vícios do ato administrativo. Teoria dos motivos determinantes.
Contrato administrativo: discussão sobre sua existência como categoria específica;
conceito e caracteres jurídicos. Formação do contrato administrativo: elementos.
Licitação: conceito, modalidades e procedimentos; dispensa e inexigibilidade de
licitação. Execução do contrato administrativo: princípios; teorias do fato do príncipe e
da imprevisão. Extinção do contrato administrativo: força maior e outras causas.
Espécies de contratos administrativos. Convênios administrativos. Poder de polícia:
conceito; polícia judiciária e polícia administrativa; liberdades públicas e poder de
polícia. Principais setores de atuação da polícia administrativa. Serviço público:
conceito; caracteres jurídicos; classificação e garantias. Usuário do serviço público.
Concessão de serviço público: natureza jurídica e conceito; regime jurídico financeiro.
Extinção da concessão de serviço público; reversão dos bens. Permissão e autorização.
Bens públicos: classificação e caracteres jurídicos. Natureza jurídica do domínio
público. Utilização dos bens públicos: autorização, permissão e concessão de uso;
ocupação; aforamento; concessão de domínio pleno. Limitações administrativas:
conceito. Tombamento. Servidões administrativas. Requisição da propriedade privada.
Ocupação temporária. Desapropriação por utilidade pública: conceito e fundamento
jurídico; procedimentos administrativo e judicial; indenização. Desapropriação por
interesse social: conceito, fundamento jurídico e espécies. Controle interno e externo da
administração pública. Sistemas de controle jurisdicional da administração pública:
contencioso administrativo e sistema da jurisdição una. Controle jurisdicional da
administração pública no direito brasileiro. Responsabilidade patrimonial do Estado por
atos da administração pública. Teorias subjetivas e objetivas da responsabilidade
patrimonial do Estado. Responsabilidade patrimonial do Estado por atos da
administração pública no direito brasileiro. Agentes públicos: servidor público e
funcionário público; natureza jurídica da relação de emprego público; preceitos
constitucionais. Servidores públicos. Direitos, deveres e responsabilidades dos
servidores públicos civis. Improbidade administrativa. Formas de provimento e
vacância dos cargos públicos. Procedimento administrativo. Instância administrativa.
Representação e reclamação administrativas. Pedido de reconsideração e recurso
hierárquico próprio e impróprio. Prescrição administrativa. 4. Direito Civil,
Empresarial e Comercial. Aplicação da lei no tempo e no espaço, interpretação da lei,
analogia. Princípios gerais do direito e eqüidade. Das pessoas naturais e jurídicas. Do
domicílio. Das diferentes classes de bens. Dos fatos jurídicos. Do negócio jurídico. Dos
atos jurídicos lícitos e ilícitos. Da prescrição e da decadência. Da prova. Do direito das
obrigações: modalidades, transmissão, adimplemento e extinção das obrigações. Do
inadimplemento das obrigações. Dos contratos em geral. Das várias espécies de
contratos. Da responsabilidade civil. Das preferências e privilégios creditórios. Do
direito das coisas: posse, propriedade, usufruto e uso. Das garantias reais e pessoais:
penhor, hipoteca, anticrese, fiança, aval e alienação fiduciária em garantia.
Responsabilidade civil do Estado e do particular. Do direito de empresa. Do empresário.
Sociedades comerciais: conceito, ato constitutivo, personalidade jurídica, contrato
social, tipos de sociedade de pessoas, direitos e deveres dos sócios, administração e
gerência. Sociedade por quotas de responsabilidade limitada. Sociedade por ações. O
Código de Defesa do Consumidor. Direito Bancário: sistema financeiro nacional.
Direito Securitário. Títulos de crédito: conceito, características e classificação.
Recuperação de empresa e falência. 5. Direito Econômico, Financeiro e Gestão
Regulatória. Finanças públicas na Constituição de 1988. Orçamento. Conceito e
espécies. Natureza jurídica. Princípios orçamentários. Normas gerais de direito
financeiro (Lei n.º 4.320, de 17/3/1964). Fiscalização e controle interno e externo dos
orçamentos. Despesa pública. Conceito e classificação. Princípio da legalidade. Técnica
de realização da despesa. pública: empenho, liquidação e pagamento. Disciplina
constitucional e legal dos precatórios. Receita pública. Conceito. Ingressos e receitas.
Classificação: receitas originárias e receitas derivadas. Preço público e sua distinção
com a taxa. Dívida ativa da União de natureza tributária e não-tributária. Crédito
público. Conceito. Empréstimos públicos: classificação, fases, condições, garantias,
amortização e conversão. Dívida pública: conceito, disciplina constitucional,
classificação e extinção. Ordem constitucional econômica: princípios gerais da atividade
econômica. Ordem jurídico-econômica. Conceito. Ordem econômica e regime político.
Ordem econômica internacional e regional. Aspectos da ordem econômica
internacional. Aspectos da ordem econômica regional. Sujeitos econômicos.
Intervenção do Estado no domínio econômico. Liberalismo e intervencionismo.
Modalidades de intervenção. Intervenção no direito positivo brasileiro. Estado e
regulação. Regulação de mercados. Regulação dos incentivos. Conceitos básicos:
monopólios naturais, estruturas de mercado, indústrias de rede, eficiência econômica,
externalidades, bens públicos, assimetria de informação. Falhas de mercado. Falhas de
governo. Regulação econômica e agências reguladoras. Órgãos reguladores no Brasil:
histórico, características das autarquias. Abordagens: teoria econômica da regulação,
teoria da captura, teoria do agente-principal; condicionamentos políticos da regulação.
Defesa da concorrência. Lei n.º 8.884/1994. Análise de atos de concentração, práticas e
condutas anti-competitivas. 6. Direito Tributário. O Estado e o poder de tributar.
Direito tributário: conceito e princípios. Tributo: conceito e espécies. Código Tributário
Nacional. Normas gerais de direito tributário. Norma tributária. Espécies. Vigência e
aplicação. Interpretação e integração. Natureza. Obrigação tributária: conceito, espécies,
fato gerador (hipótese de incidência), sujeitos ativo e passivo, solidariedade, capacidade
tributária, domicílio tributário. Crédito tributário. Conceito. Natureza. Lançamento.
Revisão. Suspensão, extinção e exclusão. Prescrição e decadência. Repetição do
indébito. Responsabilidade tributária. Responsabilidade por dívida própria e por dívida
de outrem. Solidariedade e sucessão. Responsabilidade pessoal e de terceiros.
Responsabilidade supletiva. Garantias e privilégios do crédito tributário. Sistema
Tributário Nacional. Princípios gerais. Limitações do poder de tributar. Impostos da
União. Impostos dos estados e do Distrito Federal. Impostos dos municípios. Repartição
das receitas tributárias. Dívida ativa e certidões negativas. 7 Direito Internacional.
Fundamentos do Direito Internacional Público. Fontes do Direito Internacional: tratados
e fontes extra-convencionais. Relações comerciais entre Estados. Direito Internacional e
os blocos econômicos. 8. Processo Legislativo. Dimensão constitucional: artigos de 21
a 24 e de 44 a 75 da Constituição Federal. Regimento Interno da Câmara dos
Deputados: artigos de 14 a 225, de 252 a 258, 278 e 280. Regimento Interno do Senado
Federal. Regimento Comum do Congresso Nacional.
OPÇÃO E55

1. Implementação e avaliação de Políticas Públicas. Modelos de formulação e


avaliação de políticas públicas. Elaboração, análise, avaliação e gerenciamento de
projetos. 2. Teoria do desenvolvimento econômico. Marco histórico do
desenvolvimento econômico brasileiro. O modelo de desenvolvimento econômico e
social atual. Cultura e desenvolvimento econômico. Economia da Cultura. Modelos de
negócios e financiamento das atividades cinematográficas e audiovisuais. 3. Gestão e
Políticas Públicas da Cultura. Cultura, bens, valores e patrimônio cultural. Bens
materiais e imateriais. Formas de expressão cultural. Desenvolvimento cultural.
Exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional. Multiculturalismo
e identidade nacional. Preservação e proteção de culturas populares. Promoção do
patrimônio cultural brasileiro. Produção cultural e conhecimento cultural. Danos e
ameaças ao patrimônio cultural. Organização administrativa do sistema de cultura.
Política cultural e ações governamentais. Normas gerais sobre cultura: competência
legislativa da União, dos Estados e do Distrito Federal. Incentivo à produção e ao
conhecimento de bens e valores culturais. Fomento à atividade audiovisual. Cinema e
desenvolvimento da indústria cinematográfica nacional. 4. Políticas e Estratégias da
Comunicação. Fundamentos econômicos e políticos da indústria do audiovisual.
Hollywood e as indústrias nacionais de cinema. As emissoras de televisão: a exploração
privada e os diferentes arranjos de exploração pública. A comunicação como eixo
estratégico na definição de políticas públicas sociais e de políticas de programação.
Análise de estratégias comunicacionais nas esferas públicas e privadas, suas
conseqüências e implicações sociais. As diferentes formas de controle da informação na
ação política. O papel do Estado e da sociedade civil na formulação de medidas para a
democratização dos sistemas de comunicação. 5. Utilização de recursos incentivados.
Mecanismos de fomento às atividades cinematográficas e audiovisuais. Políticas de
fomento da indústria cinematográfica e audiovisual: programa nacional de apoio à
cultura (Lei n.º 8.313/91 e alterações posteriores) e programa de fomento à atividade
audiovisual (Lei n.º 8.685/93 e alterações posteriores). A utilização do mecanismo do
inciso X do art. 39 da Medida Provisória n.º 2.228-1/2001. O Fundo Setorial do
Audiovisual. Mecanismos de fomento para o segmento de mercado de salas de exibição.
Classificação das empresas produtoras proponentes de projetos de produção
independente de obras audiovisuais. Elaboração, apresentação e o acompanhamento de
projetos de obras audiovisuais. 6. Métodos e Técnicas de Pesquisa no Setor Público.
Coleta de dados e informações. Estudos de problemas no setor público: metodologia
para formulação de programas e definição de indicadores de resultados. Criação de
cenários. Métodos e técnicas de avaliação. 7. Estatística. Teoria da probabilidade.
Distribuições de probabilidade. Momentos das distribuições. Amostragem. Inferência
estatística. Estimação por ponto e por intervalo. Independência estatística. Desvio-
padrão. Variância. Covariância. Análise de variância. Intervalo de confiança. Teste de
hipóteses. Correlação. Regressão Linear. Simulação de Monte Carlo. Séries temporais.
Números índices. 8. Noções de planejamento e gestão financeira. Orçamento Público:
conceito, princípios e diretrizes orçamentárias, processos de elaboração,
acompanhamento e fiscalização, métodos, técnicas e instrumentos segundo a
Constituição de 1988. Plano Plurianual - PPA, Lei de Diretrizes Orçamentárias e
Financeiras - LDO e Lei Orçamentária Anual - LOA. Lei de Responsabilidade Fiscal –
LRF. Classificação econômica da Receita e da Despesa pública Conceito e estágios da
Receita e da Despesa pública. 9. Fundamentos de Contabilidade Pública. Plano de
contas das agências reguladoras. Demonstrações contábeis. Auditoria no setor público:
princípios, normas técnicas, procedimentos, avaliação de controles internos, papéis de
trabalho, relatórios e pareceres. Sistema Integrado de Dados Orçamentários do Governo
Federal – SIDOR – e Sistema Integrado de Administração.