Você está na página 1de 14

Plantas que aumentam a

resistência às doenças
Estimulantes imunológicos

São agentes que ativam os mecanismo não


específicos de defesa do corpo contra organismos
infecciosos, particularmente patógenos virais e
bacterianos.
Echinaceae purpurea - raiz

Echinaceína, echinacosídeo, polissacarídeos


solúveis em água
Estímulo não-específico de defesas do hospedeiro
mediadas por células.
Alteração da gravidade de uma infecção tipo gripe.
1- 1º exame: admissão; 2- 2º exame: 2-4 dias tratamento; 3- 3º
exame: 6-8 dias tratamento. Colunas escuras: Echinacea;
colunas claras: placebo (50 pacientes).
** = p<0,05; *** = p <0,01 (Dorn, 1989)
Uso racional de echinacea
Indicações: tratamento dos sintomas dos resfriados comuns,
imunoestimulante.
Posologia : Extrato seco: 900 mg/dia. Normalmente 7 a 14 dias são
suficientes (imunoestimulante).
Contra-indicações: portadores de doença auto-imune, crianças,
gravidez, lactação, portadores do vírus HIV.
Precauções: Evitar o seu uso excessivo. Não usar durante a gestação
e amamentação. Hipersensibilidade.
Efeitos colaterais: náuseas, vômito, dores abdominais, diarréia.
Interações medicamentosas imunossupressores, inclusive
corticosteróides, antibióticos, ou citostáticos.
Especialidades Farmacêuticas contendo Echinacea:

Enax R
Imunocel R
Adaptógenos
Adaptógenos: são agentes conhecidos por
aumentar a resistência do corpo a influências
adversas de fatores de diferente natureza.
Sua ação deve ser não específica e deve
possuir uma ação normalizadora ( BREKHMAN &
DARDYMOV, 1969).
“drogas inteligentes”

Tem sido muito indicado no tratamento e


prevenção do stress
(KIM et al, 1970).
Panax ginseng – Araliaceae - raiz

Saponinas triterpênicas:ginsenosídeos,
panaxosídeos
Uso racional do ginseng
Indicação: estimulante e adaptógeno

Posologia: 50 a 100 mg do extrato seco / dia (10%


ginsenosídeos), 1 a 3 x /dia = 5 a 30 mg
ginsenosídeos/dia. Não tomar à noite. Usar durante 3
meses no máximo.

Contra-indicações: qualquer forma de hemorragia e


durante o período agudo de trombose coronariana.
Indivíduos extremamente energéticos, nervosos, tensos,
histéricos, maníacos ou esquizofrênicos devem evitar o
uso.

Precauções: não usar na gestação e no período de


amamentação
Uso racional do ginseng

Efeitos colaterais:. Incluem efeitos cardiovasculares


(hipertensão, edema), no sistema nervoso central (tontura,
insônia, nervosismo, euforia, dificuldade de concentração),
ação sobre o sistema endócrino (mastalgia), sobre o
sistema genitourinário (hemorragia vaginal e ação
estrogênica), diarréia matinal e erupções cutâneas.
A síndrome de abuso do ginseng insônia, nervosismo,
euforia, diarréia matinal e erupções.

Interações: anticoagulantes, fármacos cardioativos,


cafeína, fármacos antipsicóticos e durante a terapia
hormonal.
Chá verde – Camelia sinenensis

Polifenóis – antioxidante

Uva – Vitis vinifera

Resveratrol – antioxidante, protetor


coronário