Você está na página 1de 4

Salmos de degraus

Os salmos é uma coletânea de 150 salmos, escritos por Davi, Moisés e Asafe.
Dentro desses salmos temos alguns que são chamados salmos de degraus, eles
caminham por elevação sempre de três em três. Eles estão do salmo 120 a 134.
Salmo 120:1 Na minha angústia, clamo ao SENHOR, e ele me ouve.
Salmo 121:1 Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?
Salmo 122:1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do
SENHOR.
Você vera essas sequências nos salmos que se seguem. Mas se olharmos para o
salmo 22 a 24 veremos uma sequência profética neles como os salmos de degraus.

1. O salmo 22 é um salmo que mostra a crucificação de Jesus.


Salmos 22:1 Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que se
acham longe de minha salvação as palavras de meu bramido?
Salmos 22:14 Derramei-me como água, e todos os meus ossos se
desconjuntaram; meu coração fez-se como cera, derreteu-se dentro de
mim.
Salmos 22:15 Secou-se o meu vigor, como um caco de barro, e a língua
se me apega ao céu da boca; assim, me deitas no pó da morte.
Salmos 22:16 Cães me cercam; uma súcia de malfeitores me rodeia;
traspassaram-me as mãos e os pés.
Salmos 22:18 Repartem entre si as minhas vestes e sobre a minha túnica
deitam sortes.
Toda a nossa vitória está baseado na obra da cruz, naquilo que Ele fez por nós,
por isso esse salmo vem primeiro.
Na cruz Ele nos amou de tal forma que nos concedeu dons, saúde, benção,
prosperidade, salvação e a vida de Deus.
Efésios 4:8 Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o
cativeiro e concedeu dons aos homens.
Na cruz ele recebeu o pior do homem e nós e nós recebemos o melhor de Deus.

O salmo 23 é cuidado de Deus para conosco enquanto ele está distante.

2. O salmo 24 é o retorno de Jesus para nos buscar.


Salmos 24:1 Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém,
o mundo e os que nele habitam.
Salmos 24:7-10 Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó
portais eternos, para que entre o Rei da Glória. 8 Quem é o Rei da
Glória? O SENHOR, forte e poderoso, o SENHOR, poderoso nas
batalhas. 9 Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais
eternos, para que entre o Rei da Glória. 10 Quem é esse Rei da Glória?
O SENHOR dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.
Nossa vida aqui é na esperança da nossa vida lá. Essa é a esperança de todo
cristão que um dia entraremos nos portais eternos e lá viveremos a vida eterna na
presença do nosso Deus e Pai.
Colossenses 1:27 aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza
da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a
esperança da glória;
Não há nada pior do que viver sem essa esperança. A vida dessas pessoas estão
baseadas nesta vida, no dinheiro, nos prazeres que essa vida pode oferecer. Mas nós
temos a ardente expectativa de estarmos na eternidade com aquele que nos amou e a
si mesmo se entregou por nós.

3. O salmo 23 mostra o seu cuidado conosco até que Ele venha


Na cruz Jesus nos comprou para Ele. Completou a boa obra para que fossemos
abençoados e abençoadores.
Quando Ele voltar, entraremos nos portais internos e estaremos com Ele para
todo o sempre.
Mas hoje como vivemos aqui? Vivemos debaixo dos cuidados do nosso amado
pastor.

a) Nada nos faltará


Salmos 23:1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
Nada nos faltará nos fala que de fato seremos supridos em tudo em nossa
vida aqui enquanto Ele não vem.
Mas precisamos do entendimento também que pode não nos faltar
aflições, lutas, tribulações, mas em todas essas coisas somos mais do
vencedores.
2 Coríntios 4:8-9 Em tudo somos atribulados, porém não
angustiados; perplexos, porém não desanimados; 9 perseguidos,
porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos;
Se enquanto durar a terra haverá frio e calor, verão e inverno, dia e noite,
teremos momentos de guerra e momentos sem guerra, mas mesmo passando
por esses momentos sabemos que o pastor está conosco.

b) Nos faz repousar em pastor verdejantes


Salmos 23:2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me
para junto das águas de descanso;
Só repousa em pastos verdejantes aqueles que sabem que o pastor está
perto.
c) Leva-me para junto das águas de descanso
Salmos 23:2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me
para junto das águas de descanso;
A água na Bíblia pode ser duas coisas, a palavra e o espírito. A palavra
nos trás descanso porque é nessa que apoiamos a nossa fé. O Espírito nos trás
descanso por que quando ele está conosco ele peleja as nossas guerras.
Êxodo 33:14 Respondeu-lhe: A minha presença irá contigo, e eu
te darei descanso.

d) Refrigera a minha alma


Salmos 23:3 refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da
justiça por amor do seu nome
O Refrigério é para quem está em uma alta temperatura, debaixo de
muita pressão por causa da ansiedade.
Toda refrigeração acontece com a água da palavra de Deus. Então existe
uma palavra de Deus para nós que nos trás refrigério

e) Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, Ele está comigo
Salmos 23:4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não
temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu
cajado me consolam.
Deus tem caminhos bons para minha vida, ele nunca prepararia
caminhos do vale da sombra da morte para nós, pelo contrário ele descreu cada
um dos meus dias, e isso sempre debaixo da sua benção.
Mas se você observar o texto ele diz que “ainda EU que ande”, isso quer
dizer que eu é que ando pelo vale da sombra da morte. Mas veja, o seu amor
por mim é tão grande que mesmo que eu vá para lugares ruins, ele estará
comigo e me trará de volta

f) Ele prepara uma mesa na presença dos meus adversários


Salmos 23:5 Preparas-me uma mesa na presença dos meus
adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice
transborda.
A mesa aqui aponta para duas situações, a primeira é que mesa é lugar
onde todos sentar para conversar, é um lugar de reconciliação. Davi estava
dizendo que queria ter paz com todos os seus inimigos. Isso não aconteceu com
Davi, mas Salomão teme seu reinado em paz.
A segunda situação é que as vezes não depende de você reconciliar, seus
inimigos não querem, então neste ponto o senhor prepara uma mesa na
presença dos seus inimigos. Era comum nas guerras quando um rei vencia, ele
preparava uma mesa e colocava o rei vencido. O senhor está dizendo eu vou
humilhar seus inimigos e te exaltar diante deles.

g) Unge a minha cabeça com óleo


Salmos 23:5 Preparas-me uma mesa na presença dos meus
adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice
transborda.
Esse ato de u agir a cabeça com óleo ao mesmo tempo que era uma
unção, uma autoridade dada, era também uma proteção. As moscas são
representantes de demônios e elas são espantadas pelo óleo. Quem tem óleo na
cabeça os demônios não c conseguem ingerir.

h) Bondade de misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida


Salmos 23:6 Bondade e misericórdia certamente me seguirão
todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para
todo o sempre.
Todos os nossos dias longe dos nosso senhor serão acompanhados de bondade
e misericórdia. Ser bom com alguém é cercá-lo de mimos, agrados. E ser
misericordioso e nunca dar e tratar-lo como ele merece.

i) Habitarei na casa do senhor para todo o sempre


Salmos 23:6 Bondade e misericórdia certamente me seguirão
todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para
todo o sempre.
Davi encontrou a casa de Deus, um lugar que ele queria habitar
eternamente.
Salmos 84:1-3 Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR
dos Exércitos! 2 A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do
SENHOR; o meu coração e a minha carne exultam pelo Deus
vivo! 3 O pardal encontrou casa, e a andorinha, ninho para si,
onde acolha os seus filhotes; eu, os teus altares, SENHOR dos
Exércitos, Rei meu e Deus meu!
Quando encontramos a presença de Deus, o lugar onde podemos habitar
em paz, segurança com a alma refrigerada, sendo totalmente cuidado pelo
senhor mesmo passando pelo vale da sombra da morte, nos resta permanecer
neste lugar eternamente.